Você está na página 1de 3

LICENCIATURA EM : FILOSOFIA

PRÁTICA DE ENSINO: TRAJETÓRIA DA PRÁXIS (PE:TP)

POSTAGEM 1

ATIVIDADE 1 - TEXTO DISSERTATIVO

NOME : WILSON MONTEIRO DE OLIVEIRA

RA : 2044402

POLO DE MATRÍCULA : PENÁPOLIS - SP

ANO DE POSTAGEM : 2022


2

REALIDADE DENTRO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA

É fato que hoje no Brasil nós vivemos em uma sociedade em todos os sentidos
muito violenta, isso causa um reflexo dentro da educação.

Na revista veja em sua 15ª edição, o estudo ainda trás um ranking de 163 países,
classificados de acordo com o nível de violência ano 2021, o Brasil ficou na
posição de número 128, atrás de outras nações sul-americanas como Chile (49),
Equador (88) e até mesmo a Bolívia (105).17 de jun. de 2021

Não é novidade que na escola os educadores como professor André teria


problemas , por ser tratar de assunto atual , dentro de uma sala de aula com
muitos alunos que mescla a parte social ,desigualdade social ,religião
,homossexualidade ,transtorno mental ,incompatibilidades de gênios e etc
,sempre vai ter um Carlos na sala de aula ou mais, dentro corpo docente todos
estão obtendo um meio de arriscar para minimizar a situação por causas de
retaliações pessoais, cada professor tem um método para situação, cada escola
tem uma estratégia e na verdade a cada ano que passa a situação piora .

Aprovar o aluno só para livrar dele não seria melhor situação , tornaria uma
sociedade ainda mais leiga e Perigosa, sim muitos professores fica receoso de
reportar ocorrido a polícia e de sofrer represálias, é de notar que tem professores
que tem partido para outras cidades por que sofreu ameaças de aluno ,
vivenciei um professor de física que veio de São Paulo anos atrás quando
terminava meu ensino médio , segundo o professor disse que o aluno estava
armado o procurando para atirar nele ,na verdade quem tem que fugir é o
professor , é fato de nossa realidade Brasileira .

A violência não deveria fazer parte do cotidiano de escolas, por quê a educação
é para todos que querem aprender e essa parte da sociedade desmotivada
atrapalha quem quer aprender , deveria existir uma lei rígida para quem é como
o jovem Carlos , a lei no Brasil estatuto da Criança e do adolescente (ECA)
deveria estar alinhada com o setor educacional, na verdade a lei brasileira ela é
mal elaborada precisa ser revista em todos os setores da sociedade e alinhada.
3

Para finalizar professor André, procurou todos os meios para resolver o


problema, mas infelizmente professor André arriscando em fazer o quê e certo
podia perder a própria vida, porque o Brasil não tem lei de apoio para
professores infelizmente , seu amigo policial até o advertiu .

Como professor também penso o que vamos fazer como estratégia ? Seria
essa lei de 28 de agosto de 2015 do diário Oficial do Distrito Federal Lei nº
5.531 cria medidas de proteção para o professor, servidor e empregado da
educação e assegura a autoridade desses profissionais na sala de aula.

A legislação dá ao mestre a prerrogativa de advertir, oralmente ou por escrito, o


estudante em caso de indisciplina; apreender objetos inadequados para o local;
e retirá-lo da sala de aula. Se houver ameaça ou violência contra o profissional,
a direção da escola poderá afastar o professor até que o risco termine. Deve
também acionar órgãos da segurança pública e denunciar o caso ao Ministério
Público do Distrito Federal e Territórios, além de comunicar o fato aos pais ou
responsáveis pelo agressor, se ele for menor de 18 anos , infelizmente no Brasil
de hoje a lei precisa ser alinhada com postura educacional não apenas no papel
,essa lei afasta o profissional como proteção , ela precisa ser alinhada com a
lei (ECA) com sanções mais rígidas para o menor infrator de imediato .

https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2015/08/28/lei-reforca-autoridade-do-
professor-em-sala-de-aula/

https://veja.abril.com.br › mundo

Você também pode gostar