Você está na página 1de 18

NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL

CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

0 18.08.2022 EMISSÃO INICIAL RRPG RRPG RRPG

REV DATA NATUREZA DA REVISÃO ELAB. VERIF. APROV.

EMPREENDIMENTO:

CONSTRUTORA JUNGLE LTDA


CNPJ: 43.415.096/0001-61
ÁREA:

SEGURANÇA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE

TÍTULO:

NR 7 – PCMSO “PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL”


(NR – 07 PORTARIA 3.214/78)

ELABORADOR MÉDICO DO TRABALHO Médico Trabalho: CRM Nº


RRPG DRº. RENATO RUBENS PERÉA GARCIA RRPG 12689

CÓDIGO DOS DESCRITORES DATA Folha: de


| | | | -- | | | | | -- | | | | 18.08.2022 1 18

REVISÃO

Vigência: AGO 2022 à JUL 2023


NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

ÍNDICE

Controle das Revisões ................................................................................................................................3


1. PERFIL DA EMPRESA ......................................................................................................................4
1.1 Quadro Horário e Estrutura da Empresa .............................................................................................5
1.2 Número de Funcionários por Função ...................................................................................................5
2. OBJETIVOS .......................................................................................................................................5
2.1 Justificativa Legal ...............................................................................................................................5
2.2 Planejamento e Diretrizes ....................................................................................................................6
3. DESENVOLVIMENTO DO PCMSO ....................................................................................................6
3.1 Exame Médico Admissional ................................................................................................................6
3.2 Exame Médico Periódico .....................................................................................................................7
3.3 Exame de Retorno ao Trabalho ..........................................................................................................7
3.4 Exame de Mudança de Risco Ocupacional ..........................................................................................7
3.5 Exame Médico Demissional ................................................................................................................8
3.6 Atestado de Saúde Ocupacional - ASO ..............................................................................................8
3.7 Prontuário Médico ..............................................................................................................................9
3.8 Intercorrências ....................................................................................................................................9
3.9 Situações Especiais ............................................................................................................................9
3.10 Local de Guarda .................................................................................................................................9
4. ANÁLISE OCUPACIONAL ...............................................................................................................10
4.1 Quadro de Exames por Função ........................................................................................................11
5. CRONOGRAMA DE AÇÃO ..............................................................................................................15
6. VACINAÇÃO ....................................................................................................................................15
7. RELATÓRIO ANALÍTICO .................................................................................................................15
7.1 Relatório Anual (NR7 – Quadro III) ...................................................................................................16
8. CONSIDERAÇÕES FINAIS...............................................................................................................16
9. RESPONSABILIDADES ...................................................................................................................16
10. CONCLUSÃO ...................................................................................................................................17
Calendário de Vacinação ..........................................................................................................................18

Página 2 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

CONTROLE DAS REVISÕES

Nº Data Nº Revisão Motivo da Revisão

01 18.08.2022 00 Elaboração do Documento

Página 3 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

1. PERFIL DA EMPRESA:

RAZÃO SOCIAL: CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

NOME FANTASIA: CONSTRUTORA JUNGLE

CNPJ: 43.415.096/0001-61

ENDEREÇO: TV DEZ DE NOVEMBRO, N° 1131, SALA 01

BAIRRO / CEP: RECREIO, CEP: 68.371-035

CIDADE / MUNICÍPIO: ALTAMIRA – PA

GRAU DE RISCO: 03

CONTATO: (93) 99171-9668

CNAE (CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS) PREPONDERANTE:

43.99-1-03 - OBRAS DE ALVENARIA

CNAE (CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS) SECUNDÁRIOS:

41.20-4-00 - 42.12-0-00 - 42.13-8-00 - 42.22-7-01 - 42.92-8-01 - 42.92-8-02 - 42.99-5-01 - 42.99-5-99 -


43.11-8-01 - 43.11-8-02 - 43.13-4-00 - 43.19-3-00 - 43.21-5-00 - 43.22-3-01 - 43.22-3-02 - 43.22-3-03 -
43.29-1-04 - 43.29-1-05 - 43.29-1-99 - 43.30-4-01

MÉDICO ELABORADOR: DRº. RENATO RUBENS PERÉA GARCIA

• MÉDICO DO TRABALHO

CRM/PA: 12689

DATA REGISTRO: 18.08.2022

Página 4 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

1.1. QUADRO HORÁRIO E ESTRUTURA DA EMPRESA:


Os trabalhadores cumprem carga horaria definido por acordo coletivo com base na clt.

1.2. NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS POR FUNÇÃO:

Nº Funções Qtd
1. AUXILIAR ADMINISTRATIVO 02

2. VIDRACEIRO 02

3. MESTRE DE OBRAS 02

4. PEDREIRO 07

5. SERVENTE DE OBRAS – AJUDANTE DE PEDREIRO 07

6. MEIO OFICIAL 05

7. GESSEIRO 02

8. APONTADOR DE MÃO-DE-OBRA 01

9. CARPINTEIRO 02

10. ARMADOR DE ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO 02

11. PINTOR 02

12. ELETRICISTA 02

2. OBJETIVOS
O presente programa tem como objetivo a promoção, prevenção e preservação da saúde dos
trabalhadores da CONSTRUTORA JUNGLE LTDA, com postos de trabalho distribuídos e organizados de
acordo com os riscos ocupacionais a que estão expostos, identificados e caracterizados pelo Programa
de Gerenciamento de Riscos - PGR, do ano correspondente.
Além disto, busca estabelecer uma sistemática de medidas de proteção e promoção à saúde
do trabalhador visando à redução dos riscos ocupacionais, através da elaboração e do desenvolvimento
de um Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - PCMSO, baseados nos termos legais da
Norma Regulamentadora (NR-7).

2.1. JUSTIFICATIVA LEGAL


A NR-7 estabelece a obrigatoriedade da elaboração e implementação por parte de todos os
empregadores e instituições que admitam empregados, do P.C.M.S.O. – Programa de Controle Médico de
Saúde Ocupacional, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto de seus
trabalhadores.
a. Deverá ter caráter de prevenção, rastreamento e diagnóstico precoce dos agravos à saúde,
relacionados ao trabalho, inclusive, de natureza subclínica, além da constatação da existência de casos
de doenças profissionais ou danos irreversíveis à saúde dos trabalhadores.
b. Tem por finalidade, estabelecer procedimentos para a realização de exames médicos
ocupacionais no ambiente da Empresa.
c. Deverá obedecer a um planejamento em que estejam previstas as ações de saúde a serem
executadas durante o ano, devendo as mesmas serem objeto de Relatório Anual.

Página 5 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

2.2. PLANEJAMENTO E DIRETRIZES:


O PCMSO é parte integrante do conjunto mais amplo de iniciativas da Empresa no campo da
saúde dos seus empregados e está articulado com o disposto nas demais NR´s.
O PCMSO da empresa CONSTRUTORA JUNGLE LTDA considera as questões incidentes
sobre o indivíduo e coletividade de empregados, privilegiando o instrumental clínico-epidemiológico,
utilizando-se de uma anamnese clínica e ocupacional registrada em ficha específica, cujo objetivo é a
abordagem da relação entre saúde e trabalho.
O PCMSO tem caráter de prevenção, rastreamento e diagnóstico precoce dos agravos à saúde
com relação ao trabalho.
Este PCMSO foi planejado e implantado com base nos riscos à saúde dos empregados desta
unidade podendo ser alterado a qualquer momento, em seu todo ou em parte sempre que o for detectado:
mudanças em riscos ocupacionais decorrentes, alterações nos processos de trabalho, novas descobertas
médicas em relação a efeitos de riscos existentes, mudanças de critérios de interpretação dos exames ou
ainda reavaliações do reconhecimento dos riscos.
Este PCMSO foi elaborado de acordo com as informações contidas no PGR da empresa
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA.

3. DESENVOLVIMENTO DO PCMSO:
O PCMSO deve incluir a realização obrigatória dos seguintes exames médicos:

3.1. EXAME MÉDICO ADMISSIONAL:


Deve ser realizado antes que o empregado assuma suas atividades. Constituído de avaliação
clínica e ocupacional, podendo ser acompanhado de exames complementares (de audiometria,
toxicológicos, radiológicos, etc.), conforme os riscos inerentes à função do trabalhador (vide tabela de
exames médicos, a partir da página 10 deste documento).
O exame clínico deve obedecer aos prazos e à seguinte periodicidade:
• No exame admissional: ser realizado antes que o empregado assuma suas atividades;
• No exame periódico: ser realizado de acordo com os seguintes intervalos:
• Para empregados expostos a riscos ocupacionais identificados e classificados no PGR e para
portadores de doenças crônicas que aumentem a susceptibilidade a tais riscos:
• A cada ano ou a intervalos menores, a critério do médico responsável;
• Para os demais empregados, o exame clínico deve ser realizado a cada dois anos.

Os objetivos destes exames são:


• Avaliar se o trabalhador é capaz de desenvolver as atividades propostas com segurança e
eficiência, isto é, procurar detectar problemas de saúde que predisponha a acidentes do trabalho e
doenças profissionais;
• Identificar alterações de saúde que possam ser agravadas pelo exercício da atividade laboral;
• Identificar alterações de saúde que necessitem de tratamento, correções ou trabalho de
manutenção.

Página 6 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

3.2. EXAME MÉDICO PERIÓDICO:


Elaborado com o mesmo critério do exame admissional, porém segue intervalos mínimos de
tempo abaixo discriminados:
Para trabalhadores expostos a riscos ou situações de trabalho que impliquem no
desencadeamento ou agravamento de doença ocupacional, ou ainda, para aqueles que sejam portadores
de doenças crônicas, os exames devem ser repetidos anualmente ou com intervalos menores, a critério
do médico coordenador, ou se notificado pelo médico agente da inspeção do trabalho, ou ainda, como
resultado de negociação coletiva de trabalho;

Os objetivos dos Exames Periódicos são:


Avaliar as repercussões da atividade de trabalho na saúde do funcionário;
• Procurar diagnosticar precocemente as alterações de saúde relacionada ou não com trabalho;
• Detectar precocemente desvios e falhas de medidas de controle ambiental.

3.3. EXAME DE RETORNO AO TRABALHO:


Realizado após afastamento por motivos de saúde, igual ou superior a 30 (trinta) dias, para
avaliação e determinação da atual capacidade laboral do funcionário. Deve ser feito no primeiro dia de
volta a atividade.

Os objetivos deste exame são:


Avaliar se o trabalhador, após recuperação de sua saúde, mantém a capacidade de
desenvolver a mesma atividade laboral desenvolvida antes do afastamento, com segurança e eficiência,
isto é, procurar detectar alterações de saúde (sequelas e/ou limitações físicas e/ou mentais) que
predisponham o trabalhador a acidentes de trabalho e doenças profissionais;
No caso de inaptidão à função anteriormente exercida, caracterizar as limitações físicas e/ou
mentais que o trabalhador é portador, visando orientar os profissionais de recursos humanos na
reabilitação profissional deste trabalhador.

3.4. EXAME DE MUDANÇA DE RISCO OCUPACIONAL.


O exame de mudança de risco ocupacional deve, obrigatoriamente, ser realizado antes da data
da mudança, adequando-se o controle médico aos novos riscos.

Os objetivos deste exame são:


• Avaliar se o trabalhador é capaz de desenvolver a nova tarefa da qual vai ser responsável, com
segurança e eficiência, isto é, procurar detectar alterações de saúde que predisponham os acidentes de
trabalho e doenças profissionais;
• Identificar alterações de saúde que possam ser agravados pelo exercício da nova atividade
laboral;
• Orientar o trabalhador sobre as Medidas Primárias de Saúde, com orientações e
recomendações quanto aos novos riscos da atividade profissional a ser desenvolvida, e como promover e
proteger sua saúde.

Página 7 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

3.5. EXAME MÉDICO DEMISSIONAL:


No exame demissional, o exame clínico deve ser realizado em até 10 (dez) dias contados do
término do contrato, podendo ser dispensado caso o exame clínico ocupacional mais recente tenha sido
realizado há menos de 135 (centro e trinta e cinco) dias, para as organizações graus de risco 1 e 2, e há
menos de 90 (noventa) dias, para as organizações graus de risco 3 e 4.
Os objetivos do Exame Médico Demissional são:
• Avaliar as repercussões da atividade laboral na saúde do trabalhador, diagnosticando as
alterações de saúde relacionadas ou não com o trabalho;
• Avaliar se o trabalhador está apto a desenvolver a sua função laboral com segurança e
eficiência, isto é, procurar detectar alterações de saúde que predisponham a acidentes de trabalho e/ou
doenças profissionais;
• Detectar alterações de saúde que, embora não relacionadas com o trabalho e não motivadoras
de inaptidão necessitem de tratamento médico especializado (ou término do mesmo) antes da demissão.

3.6. ATESTADO DE SAÚDE OCUPACIONAL – ASO:


Para cada exame médico realizado, o médico emitirá o ASO em 2 (duas) vias: a 1ª via é
arquivada no local de trabalho do empregado, à disposição da fiscalização do Ministério do Trabalho; a 2ª
via será entregue ao empregado, mediante recibo na 1ª via.

O ASO deverá conter no mínimo:


a) razão social e CNPJ ou CAEPF da organização;
b) nome completo do empregado, o número de seu CPF e sua função;
c) a descrição dos perigos ou fatores de risco identificados e classificados no PGR que
necessitem de controle médico previsto no PCMSO, ou a sua inexistência;
d) indicação e data de realização dos exames ocupacionais clínicos e complementares a que
foi submetido o empregado;
e) definição de apto ou inapto para a função do empregado;
f) o nome e número de registro profissional do médico responsável pelo PCMSO;
g) data, número de registro profissional e assinatura do médico que realizou o exame clínico.
Conselho Regional de Medicina.

Resultado de Exames Médicos:


Apto: é o indivíduo cujo exame indica que o mesmo está preparado fisicamente para a função
a que se propõe e não possui limitações físicas que requerem considerações especiais, impedindo ou
dificultando determinadas atividades;
Inapto: é o indivíduo que apresenta limitações físicas ao desempenho da função, consideradas
as condições de saúde que possam ser agravadas pelo exercício dessa função ou que constituam risco
em potencial para si, para terceiros ou para o patrimônio da empresa;

Nota:
• Não cabe ao médico notificar o candidato de sua admissão ou não, função essa de
responsabilidade gerencial e administrativa da empresa.

Página 8 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

• É de responsabilidade do médico examinador orientar o funcionário, quanto a presença de


anormalidades em seus exames e orientá-lo a procurar um médico ou serviço de sua livre escolha para
complementação diagnóstica ou tratamento específico;
• Não cabe ao médico notificar o candidato de sua admissão ou não, função essa de
responsabilidade gerencial e administrativa da empresa.
• Sempre que ocorrer acidentes ou doenças do trabalho, deverá ser comunicado ao médico
coordenador, gerencia ou departamento de pessoal, para que seja emitido Comunicação de Acidente do
Trabalho – CAT, com a seguinte destinação (conforme ordem de serviço do INSS nº 329, de 26.10.93):
1ª via ao INSS
2ª via ao SUS
3ª via ao sindicato dos trabalhadores
4ª via à empresa
5ª via ao segurado ou dependente
6ª via à DRT/Ministério do Trabalho.

3.7. PRONTUÁRIO MÉDICO:


O prontuário do empregado deve ser mantido pela organização, por 20 (vinte) anos após o seu
desligamento, exceto em caso de previsão diversa constante nos Anexos desta NR.
Em caso de substituição do médico responsável pelo PCMSO, a organização deve garantir que
os prontuários médicos sejam formalmente transferidos para seu sucessor.
Podem ser utilizados prontuários médicos em meio eletrônico desde que atendidas as
exigências do Conselho Federal de Medicina.

3.8 INTERCORRÊNCIAS:
A verificação, através de exame clínico e/ou complementar, de exposição excessiva a agentes
presentes no ambiente de trabalho ou doença ocupacional de um funcionário, deverá ser comunicada à
Direção da empresa pelo médico coordenador ou pela chefia da unidade.

3.9 SITUAÇÕES ESPECIAIS:


TEMPORÁRIOS = deverão seguir, se houver esta situação, a mesma rotina de exames que os
funcionários efetivos, ficando a responsabilidade da execução dos exames a cargo da Agência.
TERCEIRISTAS = a empresa Terceirizada é responsável pelos exames ocupacionais dos
empregados, em consonância com este PCMSO.
Em ambos os casos, cabe CONSTRUTORA JUNGLE LTDA comunicar à clinica de saúde
ocupacional da existência desses funcionários para que esta proceda à auditagem dos exames,
verificando se o atestado está em conformidade com a NR7.

3.10 LOCAL DE GUARDA:


Este documento deverá ficar arquivado nessa unidade com o nome CONSTRUTORA JUNGLE
LTDA, para atender às exigências legais caso seja solicitado numa eventual fiscalização.

Página 9 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

3.10.1. PRIMEIROS SOCORROS:


Deverá existir no ambiente da empresa uma maleta de primeiros socorros para eventuais
emergências, deve ser do conhecimento de todos os funcionários.
Todos os funcionários deverão receber treinamento para Atendimento Pré-hospitalar de acordo
com previsto no cronograma anual do PGR/PCMSO.

3.10.2 PROCEDIMENTOS EM CASOS DE ACIDENTES COM VÍTIMA


1- Em casos de acidentes, o acidentado deve ser socorrido aplicando-se as técnicas de
primeiros socorros, de acordo com a gravidade da lesão, conforme instruções recebidas em treinamentos
para emergências. Após os primeiros socorros, o acidentado deve ser enviado para atendimento médico
ambulatorial e hospitalar.
2- Em caso de acidente com vítima fatal, o local deve ser isolado e a remoção da vítima só
poderá ser feito após a presença da Segurança Pública, no local, e registro de boletim de ocorrência. A
empresa deve fazer comunicação imediata, após a ocorrência do acidente, a Segurança Pública e ao
Ministério do Trabalho.
3- A empresa deverá colher dados necessários para preenchimento e registro da CAT e
acompanhar, o acidentado até o hospital para o qual foi encaminhado, para prestar apoio social ao
acidentado e sua família.

Maleta de emergência/Plano de Emergência


Localização: A maleta de emergência deve estar localizada em local de fácil acesso e de
conhecimento dos funcionários, bem como o plano de emergência do estabelecimento.
Controle: O responsável deve checar os medicamentos a cada três meses, para verificar a
validade e a substituição dos mesmos (quando necessário).

Composição Mínima:
• Gazes esterilizadas e antisséptico: 3
• Anti – Séptico: 3
• Esparadrapo rolo de 15 cm largura: 2
• Luva látex tamanho 7,5 (par) pacote
• Band-Aid, pinça e termômetro: 1
• Algodão e água oxigenada 2
• Tesoura 1

3.10.3. RECOMENDAÇÕES:
Indicação: De acordo com atividade desenvolvida sugerimos que os demais itens façam parte
do kit primeiros socorros: colar cervical, soro fisiológico, Tala de madeira 30cmx2cm.

4 ANÁLISE OCUPACIONAL:
Abaixo, quadro exames por funções correlacionadas ao risco ocupacional e exames
complementares necessários.

Página 10 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

4.1. QUADRO DE EXAMES POR FUNÇÃO:

CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

Setor: ADMINISTRATIVO
GES: 01
Nº Colaboradores Expostos: 02

Função:
• AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Riscos Nocivos à Saúde:

• Agente Físico: Ausência de fatores de risco – CÓDIGO 09.01.001


• Agente Químico: Ausência de fatores de risco – CÓDIGO 09.01.001
• Agente Biológico: Ausência de fatores de risco – CÓDIGO 09.01.001
• Agente Ergonômico: Posturas incômodas ou pouco confortáveis por longos períodos;
• Agente Acidente: Arranjo físico inadequado e queda do mesmo nível;

PERIODICIDADE

EXAMES Mudança de
Retorno ao
Admissional Periódico Demissional Risco
Trabalho
Ocupacional

Serão compostos de exame


clínico e complementares em
função do risco acima
Consulta Ocupacional - identificado ou outros sempre
X Anual X
Exame Clínico que houver necessidade de
acordo com orientação do
médico coordenador e
examinador.

Os exames abaixo relacionados poderão ser realizados de acordo a avaliação do médico coordenador.
o O exame de Audiometria será realizado, no mínimo, no momento da admissão, no 6º, (sexto) mês após a mesma,
anualmente a partir de então e na demissão.
o No caso do exame de Espirometria, se o último exame foi realizado há menos de UM ANO, o empregado não
precisará repetir o exame no demissional.
o Caso as funções realizem trabalhos em altura, deverão ser submetidos também a exames de Glicemia, Acuidade
Visual, ECG, EEG;

Página 11 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

Setor: OPERACIONAL
GES: 02
Nº Colaboradores Expostos: 30

Função:
• VIDRACEIRO - MESTRE DE OBRAS – PEDREIRO - MEIO OFICIAL - SERVENTE DE OBRAS –
AJUDANTE DE PEDREIRO – GESSEIRO - APONTADOR DE MÃO-DE-OBRA – CARPINTEIRO -
ARMADOR DE ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO;

Riscos Nocivos à Saúde:

• Agente Físico: Ruído e radiação não ionizante;


• Agente Químico: Poeira respirável;
• Agente Biológico: Ausência de fatores de risco – CÓDIGO 09.01.001
• Agente Ergonômico: Posturas incômodas ou pouco confortáveis, transporte manual de peso;
• Agente Acidente: Queda de nível diferente e perfuração / corte;

PERIODICIDADE

EXAMES Mudança de
Retorno ao
Admissional Periódico Demissional Risco
Trabalho
Ocupacional

Consulta Ocupacional -
Exame Clínico X Anual X
Serão compostos de exame
clínico e complementares em
função do risco acima
identificado ou outros sempre
Audiometria X Anual X
que houver necessidade de
acordo com orientação do
médico coordenador e
examinador.

Espirometria X Anual

Os exames abaixo relacionados poderão ser realizados de acordo a avaliação do médico coordenador.
o O exame de Audiometria será realizado, no mínimo, no momento da admissão, no 6º, (sexto) mês após a mesma,
anualmente a partir de então e na demissão.
o No caso do exame de Espirometria, se o último exame foi realizado há menos de UM ANO, o empregado não
precisará repetir o exame no demissional.
o Caso as funções realizem trabalhos em altura, deverão ser submetidos também a exames de Glicemia, Acuidade
Visual, ECG, EEG;

Página 12 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

Setor: OPERACIONAL
GES: 03
Nº Colaboradores Expostos: 02

Função:
• PINTOR

Riscos Nocivos à Saúde:

• Agente Físico: Radiação não ionizante;


• Agente Químico: Produtos Químicos;
• Agente Biológico: Ausência de fatores de risco – CÓDIGO 09.01.001
• Agente Ergonômico: Posturas incômodas ou pouco confortáveis e transporte manual de peso;
• Agente Acidente: Queda de mesmo nível;

PERIODICIDADE

EXAMES Mudança de
Retorno ao
Admissional Periódico Demissional Risco
Trabalho
Ocupacional

Consulta Ocupacional -
Exame Clínico X Anual X

Serão compostos de exame


clínico e complementares em
função do risco acima
identificado ou outros sempre
Hemograma X Anual X
que houver necessidade de
acordo com orientação do
médico coordenador e
examinador.

Espirometria X Anual

Os exames abaixo relacionados poderão ser realizados de acordo a avaliação do médico coordenador.
o O exame de Audiometria será realizado, no mínimo, no momento da admissão, no 6º, (sexto) mês após a mesma,
anualmente a partir de então e na demissão.
o No caso do exame de Espirometria, se o último exame foi realizado há menos de UM ANO, o empregado não
precisará repetir o exame no demissional.
o Caso as funções realizem trabalhos em altura, deverão ser submetidos também a exames de Glicemia, Acuidade
Visual, ECG, EEG;
o (1) Dispensável, caso o último exame tenha sido realizado há menos de 90 dias.

Página 13 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

Setor: OPERACIONAL
GES: 04
Nº Colaboradores Expostos: 02

Função:
• ELETRICISTA

Riscos Nocivos à Saúde:

• Agente Físico: Ruído e radiação não ionizante;


• Agente Químico: Ausência de fatores de risco – CÓDIGO 09.01.001
• Agente Biológico: Ausência de fatores de risco – CÓDIGO 09.01.001
• Agente Ergonômico: Posturas incômodas ou pouco confortáveis;
• Agente Acidente: Queda de nível diferente e risco de choque elétrico;

PERIODICIDADE

EXAMES Mudança de
Retorno ao
Admissional Periódico Demissional Risco
Trabalho
Ocupacional

Consulta Ocupacional -
Exame Clínico X Anual X

Audiometria X Anual X
Serão compostos de exame
clínico e complementares em
Glicemia em Jejum (1) X Anual X função do risco acima
identificado ou outros sempre
que houver necessidade de
acordo com orientação do
Acuidade Visual X Anual
médico coordenador e
examinador.

ECG X Anual

EEG X Anual

Os exames abaixo relacionados poderão ser realizados de acordo a avaliação do médico coordenador.
o O exame de Audiometria será realizado, no mínimo, no momento da admissão, no 6º, (sexto) mês após a mesma,
anualmente a partir de então e na demissão.
o No caso do exame de Espirometria, se o último exame foi realizado há menos de UM ANO, o empregado não
precisará repetir o exame no demissional.
o (1) Dispensável, caso o último exame tenha sido realizado há menos de 90 dias.

Página 14 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

5. CRONOGRAMA DE AÇÃO:
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

2022 - 2023
ATIVIDADE

AGO

MAR

ABR
NOV
OUT

DEZ

JAN

JUN
SET

FEV

JUL
MAI
P X
Campanha contra (AIDS/HIV)
R

P X
Palestra sobre higiene pessoal e Doenças
Sexualmente Transmissíveis
R

P X
Treinamento de APH –
Atendimento Pré Hospitalar
R

P X
Vacinação (febre amarela, hepatite e tétano)
R

• Treinamento para correta higienização das mãos P X


• Orientação como proceder em caso de suspeitas
e em casos confirmado no novo coronavírus. R

Legenda: P = Previsto - R = Realizado

6 VACINAÇÃO:
É recomendável que todos os empregados nas atividades estejam imunizados contra o tétano,
através da vacinação especifica (dupla adulto), Hepatite “B” e Febre Amarela, que poderá ser aplicada
nos postos de saúde municipais. A Empresa deve ter disponível para fiscalização a copia da carteira de
vacinação de cada funcionário.

7 RELATÓRIO ANALÍTICO:
O médico responsável pelo PCMSO deve elaborar relatório analítico do Programa, anualmente,
considerando a data do último relatório, contendo, no mínimo:
a) o número de exames clínicos realizados;
b) o número e tipos de exames complementares realizados;
c) estatística de resultados anormais dos exames complementares, categorizados por tipo do
exame e por unidade operacional, setor ou função;
d) incidência e prevalência de doenças relacionadas ao trabalho, categorizadas por unidade
operacional, setor ou função;
e) informações sobre o número, tipo de eventos e doenças informadas nas CAT, emitidas pela
organização, referentes a seus empregados;
f) análise comparativa em relação ao relatório anterior e discussão sobre as variações nos
resultados.

Página 15 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

7.1 RELATÓRIO ANUAL (NR7 – QUADRO III)

Responsável: Data: _____/_____/______


Assinatura:

(Nº Resultados
Nº de Exames
Natureza do Nº de Exames Nº de Exames Anormais X 100)
SETOR exame Realizados Anormais – (Nº Anual de
para o Ano
Seguinte
Exames)

8. CONSIDERAÇÕES FINAIS:
A Empresa deve adotar além das normas estabelecidas neste programa todas as normas
legais que se relacione com os trabalhos que executarem em especial as seguintes normas
regulamentadoras:

NR 1 – DISPOSIÇÕES GERAIS
NR 5 – COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES ( CIPA )
NR 6 – EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
NR 9 – PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS
NR 18 – CONTROLE E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

9. RESPONSABILIDADES:
COMPETE A CLÍNICA: Realizar exames ocupacionais previstos no PCMSO e de acordo com
a orientação do médico do trabalho, responsável pelo monitoramento biológico. Designar,
profissionais e/ou entidades devidamente capacitados, equipados e qualificados para realização dos
exames complementares previstos nos itens, quadros e anexos deste programa.
Compete a empresa CONSTRUTORA JUNGLE LTDA, implementar o Programa de Controle
Médico de Saúde Ocupacional - PCMSO, e implantar medidas com o objetivo de promover e preservar a
saúde do conjunto dos trabalhadores desta entidade.

Página 16 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

10. CONCLUSÃO:
As ações previstas neste Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional visam o
controle, redução e eliminação de riscos a saúde dos trabalhadores da empresa, CONSTRUTORA
JUNGLE LTDA, através de controle médico e monitoramento da exposição dos trabalhadores a agentes
agressivos a saúde destes. Ao implementar as instruções contidas nos programas PGR e PCMSO, os
funcionários exercerão suas atividades laborais em condições salubres, proporcionando assim, melhor
qualidade de vida e consequentemente maior produtividade, com redução de absenteísmo e acidentes no
trabalho.

Medico Elaborador do PCMSO:


DRº. RENATO RUBENS PERÉA GARCIA - MEDICO DO TRABALHO - CRM/PA 12689.

Altamira – PA, 18 de Agosto de 2022.

Elaborador do PCMSO:

RENATO RUBENS Assinado de forma


digital por RENATO
PEREA RUBENS PEREA
GARCIA:51744147272 GARCIA:51744147272
_____________________________________
RENATO RUBENS PERÉA GARCIA
MEDICO DO TRABALHO CRM/PA 12689

Responsável da empresa pela implementação do PCMSO:

_____________________________________
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA
CONSTRUTORA JUNGLE
CNPJ: 43.415.096/0001-61

Página 17 de 18
NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL
CNPJ: 43.415.096/0001-61
CONSTRUTORA JUNGLE LTDA

CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO

Grupo Alvo Idade Vacina Dose Doenças Evitadas

Hepatite B (grupos vulneráveis) 3 doses (a depender


Vacina Hepatite B da situação vacinal Hepatite B
(recombinante) anterior)

Febre Amarela
Uma dose a cada 10
Vacina Febre Amarela Febre Amarela
Adolescentes Até 19 anos anos
(atenuada)

Uma dose a cada 10


Duplo tipo adulto Difteria e Tétano
anos

Sarampo, Caxumba e
Tríplice Viral Dose única
Rubéola

Hepatite B (grupos vulneráveis) 3 doses (a depender


Vacina Hepatite B da situação vacinal Hepatite B
(recombinante) anterior)

Febre Amarela
Uma dose a cada 10
Vacina Febre Amarela Febre Amarela
Adultos 20 a 59 anos anos
(atenuada)

Uma dose a cada 10


Duplo tipo adulto Difteria e Tétano
anos

Sarampo, Caxumba e
Tríplice Viral Dose Única
Rubéola

Hepatite B (grupos vulneráveis) 3 doses (a depender


Vacina Hepatite B da situação vacinal Hepatite B
(recombinante) anterior)

Febre Amarela
Uma dose a cada 10
Vacina Febre Amarela Febre Amarela
anos
(atenuada)
60 anos ou
Idosos
mais Uma dose a cada 10
Duplo tipo adulto Difteria e Tétano
anos

Influenza, Sazonal e
Influenza Sazonal Dose Anual
Gripe

Pneumocócica 23-valente
(Pn23) Infecções causadas
Dose Única
Vacina Pneumocócica 23- pelo penumococo
valente (polissacarídea)

Página 18 de 18

Você também pode gostar