Você está na página 1de 208

o

5
Fu
nd
a
An

m
o

en
t al

si no
En

a
s

i
re

af
o a
S
a

r
z

g
L
ia

eo
ar
M

G
|
ha
on
or
N
da
u ar
Ed
ia
ar
M

SSE_GEO_5F_UN1.indd 1 30/06/2021 13:28


Geografia
5o ano – Ensino Fundamental
Maria Eduarda Noronha
Maria Luíza Soares

EDITORAS EDITORAÇÃO ELETRÔNICA


Isabela Nóbrega Alexsandro Santana
Márcia Regina Silva Beatriz Veiga Pessoa
Ligia Barros
REVISÃO DE TEXTO Roseane R. Nascimento
Elenita Maciel Wilton Amaro

REVISÃO TÉCNICA ILUSTRAÇÕES


Angelita Ferrari Bruna Andrade
Gabriela Arruda Edvaldo André
Maria Renata Eloy
DIREÇÃO DE ARTE
Wilton Carvalho COORDENAÇÃO EDITORIAL
Multi Marcas Editoriais Ltda.
PROJETO GRÁFICO
Danielle Vilela Rua Neto Campelo Júnior, 37 – Mustardinha
Recife – PE – CEP: 50760-330
CNPJ: 00.726.498 / 0001-74
IE.: 021 538-37

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei no 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.

Fizeram-se todos os esforços para localizar os detentores dos direitos das fotos, das ilustrações e
dos textos contidos neste livro. A Multi Marcas Editoriais pede desculpas se houve
alguma omissão e, em edições futuras, terá prazer em incluir quaisquer créditos faltantes.

SSE_GEO_5F_UN1.indd 2 19/06/2021 11:06:20


APRESENTAÇÃO

Querida criança,

Este livro foi escrito especialmente para você.


Com ele, você conhecerá diferentes espaços da Terra — mundo em que vivemos,
a divisão política do Brasil, o ser humano e o meio ambiente, entre outros.
Todas as atividades foram propostas com a intenção de ajudar no seu processo
de formação como indivíduo que está sempre buscando novidades e conhecimen-
tos. Por isso, aproveite o seu livro da melhor maneira possível e tenha um excelente
ano de estudos.

Um abraço,

As autoras

©Ingo Bartussek / stock.adobe.com

SSE_GEO_5F_UN1.indd 3 28/06/2021 19:46


SUMÁRIO

CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 3
A Terra: o mundo em que vivemos 06 A Região Sul 108
Os continentes e os oceanos 12 A economia da Região Sul 116
As coordenadas geográficas 16 A cultura da Região Sul 121
A atmosfera 22 A Região Sudeste 128
A litosfera 27 A economia da Região Sudeste 139
A hidrosfera 33 A cultura da Região Sudeste 147
A biosfera 41 Os limites e as fronteiras 152
O Brasil na América do Sul 43 Os caminhos e os percursos 160
A divisão política do Brasil 46 Dinâmica para trabalhar o socioemocional 168
A população brasileira 50
As diferenças étnico-culturais e as desigualda- CAPÍTULO 4
de sociais 54 As trajetórias 170
Dinâmica para trabalhar o socioemocional 56 Os endereços 175
A Região Centro-Oeste 179
CAPÍTULO 2 A economia da Região Centro-Oeste 185
A Região Norte 58 A cultura da Região Centro-Oeste 188
A economia da Região Norte 65 A tecnologia, o trabalho e a sociedade 193
A cultura da Região Norte 69 A energia utilizada nas produções industrial,
A Região Nordeste 72 agrícola e extrativa 196
Os aspectos físicos da Região Nordeste 76 O ser humano e o meio ambiente 199
A economia da Região Nordeste 82 Os problemas ambientais 203
A cultura da Região Nordeste 88 Os órgãos do poder público: soluções para a
As mudanças provocadas pelo crescimento melhoria da qualidade de vida 205
das cidades 91 Dinâmica para trabalhar o socioemocional 208
As transformações dos espaços 95
Os espaços e os modos de vida urbano e rural
98
Os problemas da cidade e do campo: serviços
públicos e cidadania 103
Dinâmica para trabalhar o socioemocional 106

SSE_GEO_5F_UN1.indd 4 29/06/2021 13:35


©Lumistudio/stock.adobe.com

CAPÍTULO
1
SSE_GEO_5F_UN1.indd 5 12/06/2021 11:19:16
A Terra: o mundo em que vivemos

É possível afirmar que o Universo é o conjunto de todas as coisas que existem,


fisicamente, no tempo e no espaço. Ele é formado por bilhões de galáxias, entre
as quais encontramos a Via Láctea, onde está localizado o Sistema Solar. É nesse
sistema que se localiza a Terra, planeta em que vivemos. O Universo é formado por
bilhões de estrelas, planetas, satélites naturais, meteoros e outros astros. Chama-
mos de astros todos os corpos celestes existentes no universo.

Estrelas
As estrelas são astros luminosos, ou seja,
possuem luz própria. Podem ter tamanhos e
cores variados. O Sol é a única estrela do Sistema
Solar, servindo como fonte de energia, luz e ca-
lor. Em torno do Sol, giram diversos outros astros.
©robert / stock.adobe.com

Planetas
Os planetas são astros que não têm luz própria e giram em torno de uma estrela.
O Sistema Solar é formado por oito planetas, que se apresentam na seguinte ordem
de distância em relação ao Sol: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno,
Urano e Netuno.
Os planetas do Sistema Solar podem ser classi-
ficados em grupos de acordo com o seu tamanho ou
a sua composição. Mercúrio, Vênus, Terra e Marte
são considerados planetas pequenos e rochosos,
sendo compostos, entre outros elementos, por ro-
chas e metais. Júpiter, Saturno, Urano e Netuno são
chamados de planetas gigantes e gasosos, sendo
compostos, principalmente, por gases.
©Destina / stock.adobe.com

Você sabia?
Satélites artificiais são objetos lançados no espaço que orbitam ao redor da Terra, sen-
do utilizados, entre outras coisas, para obter informações sobre a atmosfera, imagens de
territórios e transmissão de sinais de rádio, televisão, telefone, etc.

6 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 6 28/06/2021 19:46


©marcel / stock.adobe.com

Satélites
Os satélites naturais giram em torno dos
planetas e também não possuem luz própria.
A Lua é o único satélite natural da Terra, o que
significa que é o único corpo celeste que gira,
naturalmente, em volta do nosso planeta.

Terra
A Terra é o planeta em que vivemos. Ela apresenta o formato geoide, semelhan-
te a uma esfera achatada nos polos. É o quinto maior planeta do Sistema Solar e o
terceiro, em sequência, a partir do Sol.
A Terra realiza diversos movimentos, sendo a rotação e a translação os principais
entre eles.

Rotação

Rotação é o movimento que o planeta Ter-


ra realiza em torno de si mesmo, sendo sua
principal consequência os dias e as noites.
Um giro completo leva, aproximadamente, 24
horas, ou um dia. Durante a rotação, o lado do
planeta que está voltado para o Sol recebe os
raios solares, permanecendo iluminado. Nessa
face da Terra, é dia. O lado do planeta que não
está voltado para o Sol não recebe luz Solar.
Nessa face, é noite.

Translação

Translação é o movimento que a Terra realiza


em torno do Sol. Para realizá-lo, nosso planeta
leva, aproximadamente, 365 dias e 6 horas. A
principal consequência desse movimento são
as estações do ano: primavera, verão, outono
e inverno.

Você sabia?
Os anos bissextos possuem 366 dias em razão do acúmulo das seis horas que restam
dos anos não bissextos ao longo de quatro anos e que, somadas, totalizam 24 horas, ou
1 dia. Esse dia é acrescentado no mês de fevereiro (29).

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 7

SSE_GEO_5F_UN1.indd 7 12/06/2021 11:19:17


As camadas da terra

A Terra é um organismo vivo com idade calculada entre 4,5 e 5 bilhões de anos. A
estimativa da idade do nosso planeta pelos cientistas ocorre por meio da análise dos
materiais que compõem a sua estrutura. Assim, com base em métodos de pesquisa
e tecnologias avançadas, o conhecimento sobre o interior da Terra tem se torna-
do cada vez maior, embora ainda esteja praticamente limitado à sua camada mais
superficial. As camadas que formam nosso planeta são três: crosta terrestre, manto
e núcleo.

Crosta terrestre

É uma camada sólida que envolve a Terra, formada por diversas rochas e minerais. Pode
atingir de 40 a 60 km de espessura na área continental e 6 km na área oceânica.

A crosta terrestre é fragmentada em placas tectônicas, que flutuam sobre o magma e se des-
locam lentamente, possibilitando a movimentação dos continentes e causando fenômenos
como terremotos, maremotos e abalos sísmicos em geral.

O território brasileiro está localizado no centro da Placa Sul-americana, que possui 32


milhões de quilômetros quadrados. Por esse motivo, nosso país não recebe diretamente a
influência da movimentação das placas.

8 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 8 19/06/2021 11:06:31


Manto

É a camada intermediária, localizada logo abaixo da crosta terrestre. Possui uma espessura
de 2.900 km e é constituída pelo magma, uma substância pastosa e de temperatura elevada.
É no manto que têm origem grandes fenômenos geológicos, como o vulcanismo, os terre-
motos e a formação de montanhas. Sua parte mais externa é chamada de manto superior e
é constituída por um material com mais plasticidade, com temperaturas e densidades me-
nores. Sua camada mais interna, por sua vez, é chamada de manto inferior e possui uma
consistência semilíquida e mais densa.

Núcleo

É a parte mais interna e central da Terra, apresenta temperaturas que podem chegar a mais
de 6.000 °C, predominando, em sua composição, o níquel e o ferro. É dividido em núcleo
externo e núcleo interno.
©Destina / stock.adobe.com

Manto Manto Núcleo Núcleo


superior inferior externo interno
CROSTA
TERRESTRE MANTO NÚCLEO

A Terra é o único planeta do Sistema Solar que possui condições adequadas à vida, pois
possui uma litosfera, que compõe sua parte sólida; uma hidrosfera, que compõe sua parte
líquida; e uma atmosfera, que compõe sua parte gasosa. A presença dessas camadas permi-
te a existência da biosfera, camada em que há vida na Terra.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 9

SSE_GEO_5F_UN1.indd 9 12/06/2021 11:19:19


ATIVIDADES

1 Leia o poema e identifique em cada estrofe o período do dia que está mencio-
nado. Anote ao lado de cada estrofe.

Minha sombra

De manhã, a minha sombra,


com meu papagaio e o meu macaco,
começaram a me arremedar.
E, quando eu saio,
a minha sombra vai comigo
fazendo o que eu faço,
seguindo os meus passos.
Manhã

Depois é meio-dia.
E a minha sombra fica do tamaninho
de quando eu era menino.
Depois é tardinha.
E a minha sombra tão comprida
brinca de pernas de pau.
[...]
Tarde

E, de noite, quando escrevo,


fazer como você faz,
como eu fazia em criança:
minha sombra,
você põe a sua mão
por baixo da minha mão,
vai cobrindo o rascunho dos meus poemas
sem saber ler e escrever.
Noite

LIMA, Jorge de. Minha sombra.


In: Lisboa, Henriqueta. Antologia poética para a infância e a juventude. Rio de janeiro: INL, 1961.

10 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 10 19/06/2021 11:57:08


2 Complete o quadro conceituando o que se pede.

Rotação É o movimento que a Terra realiza em volta de si mesma.

Translação É o movimento que a Terra realiza em volta do Sol.

Estrelas São astros que emitem luz própria e calor.

Planetas São astros que não possuem luz própria.

São astros que não possuem luz própria e giram ao redor de outro
Satélites
astro sem luz própia.

3 Marque V para as frases verdadeiras ou F para as frases falsas.

V A Terra realiza diversos movimentos, sendo os principais a rotação e a translação.

F A Terra não apresenta um formato geoide.

V A Terra está sempre em movimento.

F As principais unidades de tempo do movimento de translação são o dia e a noite.

4 Pense e responda: o que aconteceria com a duração dos dias e das noites se a
rotação da Terra fosse mais lenta?
Sugestão de resposta: os dias e as noites seriam mais longos.

5 Numere corretamente.

1. Manto 2 é a camada mais interna da Terra.


2. Núcleo
3. Crosta terrestre 1 é a camada intermediária entre a crosta terrestre
e o núcleo.

3 é a camada mais externa da Terra, onde o ser huma-


no habita.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 11

SSE_GEO_5F_UN1.indd 11 12/06/2021 11:19:23


Os continentes e os oceanos

O planeta Terra é formado por terras emersas e imersas. As terras imersas estão
nos oceanos, e as terras emersas formam os blocos continentais ou massas con-
tinentais, que são resultado da divisão geológica da Terra, determinada por impo-
sições naturais. Como as placas tectônicas que formam a crosta terrestre flutuam
sobre o magma, esses blocos estão em lento e constante movimento, de forma que
a Terra nem sempre apresentou a configuração atual. Diversas teorias procuraram
explicar tal movimentação, sendo a mais aceita a Teoria da Deriva Continental,
criada em 1912 por Alfred Wegener. De acordo com essa teoria, no passado, havia
apenas um único bloco continental, denominado Pangeia, que passou por fragmen-
tações e junções com o decorrer das eras geológicas até chegar à disposição que
conhecemos hoje. Esse supercontinente estaria rodeado por uma grande massa de
água denominada Pantalassa.

Cerca de 225 milhões de anos atrás Cerca de 65 milhões de anos atrás

Cerca de 150 milhões de anos atrás Atualmente

12 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 12 12/06/2021 11:19:23


Entretanto, essa configuração atual não é definitiva, pois as placas tectônicas
continuam a se movimentar, em velocidades e direções diferentes, poucos centíme-
tros ao longo de vários anos.
Embora haja controvérsias entre os estudiosos quanto ao critério para a defini-
ção, é possível afirmar que os continentes são formados de acordo com a divisão
política instituída pelos seres humanos. Atualmente, a Terra é formada por seis con-
tinentes: África, América, Antártida, Ásia, Europa e Oceania.
As terras imersas, por sua vez, podem ser cobertas por água, formando os ocea-
nos, mares, rios, lagos e outros corpos hídricos, que constituem a maior parte da
superfície terrestre. Apesar de existir apenas um oceano global, a grande massa de
água que cobre 71% da Terra é dividida geograficamente em regiões distintas. His-
toricamente, há cinco oceanos reconhecidos: Atlântico, Pacífico, Índico, Ártico e
Antártico.

Divisão dos continentes

Fonte: IBGE (Diretoria de Geociências, Coordenação de Estruturas Territoriais)

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 13

SSE_GEO_5F_UN1.indd 13 28/06/2021 19:46


ATIVIDADES

1 Preencha as lacunas de maneira que as frases se tornem verdadeiras.

a. A Terra é o quinto maior planeta do Sistema Solar.

b. A Terra tem a forma esférica ligeiramente achatada nos polos.

c. À forma da Terra, damos o nome de geoide .

d. A Terra é o único ponto do Sistema Solar onde comprovadamente existe


vida humana.

e. A Terra, assim como os outros corpos do Universo, não está parada. Ela realiza

dois movimentos principais.

2 Observe o planisfério a seguir e, depois, responda às perguntas.

Oceano Glacial Antártico

a. Qual é o continente mais próximo do nosso?

Continente africano.

b. Qual é o continente maior?

Continente asiático.

14 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1 14 29/06/2021 17:15:14


3 Pesquise e observe atentamente o planisfério terrestre e, depois, indique a que
continente se refere cada uma das informações a seguir.

a. É formado por uma grande ilha e por ilhas menores. Oceania

b. O Japão e a Coreia do Sul fazem parte desse continente. Ásia

c. É dividido em três partes: Norte, Central e Sul. América

d. É banhado ao Norte por mares e situado ao Sul da Europa. África

e. Está situado no ponto extremo Sul da Terra: o Polo Sul. Antártida

4 Complete as frases abaixo corretamente.

Teoria da Deriva Continental – blocos continentais


oceanos – continentes – Pangeia

a. Os blocos continentais são grandes extensões de terras emersas,


limitadas pelas águas dos oceanos.

b. Há milhões de anos, não havia divisões entre os blocos continentais. Todas as

terras formavam um único bloco continental, a Pangeia .

c. A Teoria da Deriva Continental é a mais aceita para explicar a atual


configuração dos continentes e oceanos da Terra.

d. Os continentes e oceanos que co-

nhecemos atualmente foram originados das grandes massas de terra que se sepa-
raram devido à movimentação das placas tectônicas.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 15

SSE_GEO_5F_UN1.indd 15 12/06/2021 11:19:24


As coordenadas geográficas

As coordenadas geográficas consistem da união de linhas imaginárias horizontais


(paralelos) e verticais (meridianos) e têm a finalidade de localizar qualquer elemen-
to na superfície terrestre.

Polo Norte
Linha do N
Paralelos Equador Hemisfério
Norte
As linhas traçadas na direção hori-
zontal são chamadas de paralelos.
A Linha do Equador é o principal pa- O L
ralelo, dividindo a Terra em dois hemis-
férios: Hemisfério Norte, da Linha do
Equador até o Polo Norte, e Hemisfério
Sul, da Linha do Equador até o Polo Sul. Hemisfério
Sul
S Polo Sul

Meridianos N Meridiano
de Greenwich

As linhas traçadas na direção ver-


tical são chamadas de meridianos e
vão de um polo a outro. O principal
O L
meridiano é o de Greenwich, dividindo
a Terra em dois hemisférios: Oeste, ou
Ocidental, e Leste, ou Oriental.
Hemisfério Hemisfério
Oeste Leste
S

16 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 16 12/06/2021 11:19:25


A posição dos paralelos e dos meridianos é indicada pela latitude e pela longitu-
de, respectivamente.

Latitude Polo Norte

Latitude Norte
É a distância, medida em graus, to-
mando como ponto referencial a Linha
do Equador.
Assim, um ponto qualquer na Terra
Paral dor)
estará a uma distância de até 90° Nor- elo central
(Linha do Equa
te ou 90° Sul do paralelo central.
Latitude Sul
Polo Sul

Polo Norte

Longitude no central (Greenwich


)

É a distância, medida em graus, to- Longitude


mando como ponto referencial o Meri- Oeste Longitude
diano de Greenwich. Assim, um ponto Leste
qualquer na Terra estará a uma distân-
Meridia

cia de até 180° Oeste ou 180° Leste do


principal meridiano.
Polo Sul

Além da Linha do Equador, existem outros quatro paralelos que merecem des-
taque: Círculo Polar Ártico, Trópico de Câncer, Trópico de Capricórnio e Círculo
Polar Antártico, que delimitam as zonas térmicas do planeta.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 17

SSE_GEO_5F_UN1.indd 17 19/06/2021 11:06:39


Zonas térmicas

As zonas térmicas são faixas territoriais limitadas por paralelos que retêm frações
de luz e calor do Sol de forma diferente entre si. Existem três tipos de zona térmica: as
glaciais, ou polares; as temperadas; e a tropical, intertropical ou tórrida.
As zonas térmicas se distribuem pelo globo da seguinte forma:

Entre o Polo
Norte e o
Círculo Polar
Ártico, locali-
za-se a Zona
Polar Norte, Entre o Círculo
ou Glacial Polar Ártico e o
Ártica. Trópico de Cân-
cer, localiza-se a
Zona Tempera-
da Norte.

Entre o Trópico de Cân- Entre o Trópico de Capri- Entre o Polo Sul e o


cer e o Trópico de Capri- córnio e o Círculo Polar Círculo Polar Antártico,
córnio, localiza-se a Zona Antártico, localiza-se a localiza-se a Zona Polar
Tropical, ou Tórrida. Zona Temperada Sul. Sul, ou Glacial Antártica.

As zonas polares apresentam temperaturas baixíssimas ao longo de todo o ano,


porque recebem incidência menos direta de raios solares. Nas zonas temperadas, a
incidência dos raios solares acontece de forma variada, por isso as estações do ano
são bem definidas nessas zonas. A Zona Tropical, ou Tórrida, recebe uma incidência
mais direta de raios solares; por esse motivo, o clima, em geral, é quente ao longo
de todo o ano e as estações não são tão nítidas, sendo observadas apenas duas va-
riações no perfil climático: um período chuvoso e outro menos chuvoso.

18 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 18 19/06/2021 11:06:40


Os fusos horários e a Linha Internacional de Data

O Meridiano de Greenwich é referência para os fusos horários, ou as zonas ho-


rárias. Cada fuso horário corresponde a uma área delimitada entre dois meridianos
que, por convenção, adota a mesma hora para todos os lugares nela existentes.
Os meridianos que delimitam os fusos horários possuem longitudes exatamente
divisíveis por 15°. Assim, ao redor do planeta, há 24 fusos horários, totalizando os
360° referentes à esfericidade da Terra, formando uma circunferência completa.
Dentro das áreas dos fusos, todos os locais devem apresentar a mesma hora.
Todavia, é preciso levar em consideração o fuso horário civil, ou seja, locais que,
mesmo fazendo parte de um fuso horário teoricamente diferente, adotam a hora de
outro fuso horário por razões de ordem prática.

Observe, no mapa abaixo, a configuração dos fusos horários práticos do mundo.

Fonte: Atlas Geográfico. 3. Ed. Rio de Janeiro: IBGE, 1986. Adaptado.

A Linha Internacional de Data é uma linha imaginária que, por convenção, localiza-se no
lado oposto ao meridiano de Greenwich. Ao cruzar essa linha, há, necessariamente, uma
mudança de data: no sentido de Leste para Oeste, diminui-se um dia no calendário; no
sentido de Oeste para Leste, aumenta-se um dia no calendário.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 19

SSE_GEO_5F_UN1.indd 19 19/06/2021 11:06:40


ATIVIDADES

1 Relacione as colunas adequadamente.

Definições:
Polo Sul é o principal meridiano.

é o principal paralelo.
Paralelos

localiza-se no hemisfério Sul.


Meridianos
localiza-se no hemisfério Norte.

Polo Norte
linhas imaginárias que circulam a
Terra no sentido Leste-Oeste.
Linha do Equador
é o hemisfério que fica a oeste do
meridiano de Greenwich.
Hemisfério Oriental
linhas imaginárias que circulam a
Terra no sentido Norte-Sul
Hemisfério Ocidental

é o hemisfério que fica a Leste do


Meridiano de Greenwich meridiano de Greenwich.

2 Escreva V (verdadeiro) ou F (falso) nas frases abaixo.

V O globo terrestre é dividido em linhas conhecidas por coordenadas geográficas.

F As coordenadas geográficas servem tanto para a localização no planeta como


para a determinação do horário.

V As coordenadas horizontais são chamadas de paralelos; e as verticais, de me-


ridianos.

20 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 20 28/06/2021 19:46


3 Por que as zonas glaciais apresentam temperaturas baixíssimas ao longo de
todo o ano?

Porque recebem pouca incidência de raios solares.

4 Responda.

a. Qual é o nome do paralelo central responsável pela divisão imaginária do planeta


em hemisférios Norte e Sul?

Linha do Equador.

b. E qual é o meridiano principal?

É o Meridiano de Greenwich.

c. Quais são os outros paralelos que merecem destaque?

São o Círculo Polar Ártico, o Trópico de Câncer, o Trópico de Capricórnio e o Círculo

Polar Antártico.

5 Responda às perguntas a seguir de acordo com o que foi estudado.

a. O que é utilizado para indicar a posição dos paralelos e dos meridianos?

São utilizadas a latitude e a longitude.

b. O que é latitude?

É a distância, medida em graus, tomando como ponto referencial a Linha do Equador.

c. O que é longitude?

É a distância, medida em graus, tomando como ponto referencial o Meridiano de

Greenwich.

6 A respeito dos paralelos e meridianos, relacione:

2 são responsáveis por delimitar os fusos horários ou as zonas


1. Paralelos
horárias do planeta.
2. Meridianos
1 são responsáveis por delimitar as zonas térmicas do planeta.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 21

SSE_GEO_5F_UN1.indd 21 19/06/2021 11:57:08


A atmosfera

Atmosfera é a camada de ar que envolve o nosso planeta. Essa camada é fina, com
gases sem cheiro, sem cor e sem gosto, e fica presa à Terra pela ação da gravidade.
Vista do espaço, a Terra é parecida com uma bola azul brilhante. Essa cor carac-
terística do nosso planeta se deve ao efeito dos raios solares sobre a atmosfera.
A atmosfera terrestre é formada por camadas. De acordo com características
como a variação das transições de temperatura, as camadas da atmosfera são:

Troposfera

É a camada na qual vivemos e respiramos. Ela vai do nível do mar até 16 km


de altitude. Nessa camada, ocorrem os fenômenos climáticos, como chuvas e
relâmpagos. Também é nela que os aviões voam e em que ocorre a poluição do
ar. Sua temperatura pode variar de 15 °C a -85 °C, dependendo da localidade
do planeta.

Estratosfera

É a segunda camada da atmosfera. Ocupa uma faixa que começa do fim da


troposfera — 16 km de altitude — até 50 km acima do solo. Nela, a temperatura
pode variar de -5 °C a -70 °C. É nessa camada que está localizada a camada de
ozônio, que filtra os raios ultravioleta do Sol e nos protege de seus efeitos noci-
vos. Nesse ponto da estratosfera, o ar se aquece até a temperatura atingir cerca
de 10 °C. Também é nessa camada que começa a difusão da luz solar, que faz o
céu ficar azul aos nossos olhos. Aviões supersônicos e balões de medição climá-
tica podem atingir essa camada.

Mesosfera

Inicia-se no final da estratosfera e vai até 80 km de altitude acima do solo. Nessa


camada, a temperatura se comporta da seguinte forma: à medida que a altura em
relação ao solo aumenta, a temperatura diminui. A temperatura — muito fria, pois,
lá, não há gases ou nuvens que absorvam a energia solar — pode variar entre
-10 °C até -100 °C.

22 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 22 19/06/2021 11:57:08


Termosfera

Inicia-se no final da mesosfera e vai até 500 km de altitude. É a camada mais


extensa e na qual estão os ônibus espaciais e ocorre a aeroluminescência, fenô-
meno de emissão de ondas eletromagnéticas. Atinge altas temperaturas, poden-
do chegar a 1.000 °C, pois nela há o oxigênio atômico, gás que absorve a energia
solar em grande quantidade.

Exosfera

É a última camada da atmosfera, antecedendo o espaço sideral. Praticamente


não existem gases nessa camada. É nela que ocorre o fenômeno da aurora boreal
e na qual permanecem os satélites de transmissão de informações e telescópios
espaciais. Para atravessar essa camada, as naves espaciais precisam ser cons-
truídas com material que resista às altas temperaturas.

Exosfera

Termosfera

Mesosfera

Estratosfera
Troposfera

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 23

SSE_GEO_5F_UN1.indd 23 29/06/2021 13:35


Camada de ozônio

A camada de ozônio está localizada na estratosfera e funciona como um filtro que


protege a Terra contra a radiação solar. Os gases poluentes na atmosfera destroem
essa proteção, abrindo buracos pelos quais entram mais intensamente os raios so-
lares; dentre eles, os ultravioleta. Esses raios, quando em excesso, fazem muito mal
à vida das plantas, dos animais e das pessoas. O maior buraco na camada de ozônio
está sobre a Antártida.

NA
SA

Imagem do buraco na camada de


ozônio, fornecida por um satélite
em setembro de 2010.

Você sabia?
Nas regiões das grandes cidades e dos polos industriais, a atmosfera concentra grande
quantidade de gases poluentes. Os principais causadores dessa poluição são os veículos
e as fábricas.
Uma das consequências desses poluentes é o aumento do aquecimento global. É o cha-
mado efeito estufa, que deixa entrar o calor do Sol, mas não deixa que parte dele seja
irradiado de volta para o espaço. Quando a Terra recebe a luz do Sol, ela reflete parte
do calor de volta ao espaço. Se a atmosfera estiver poluída com acúmulo de dióxido de
carbono, esse calor não consegue ultrapassá-la, acentuando o efeito estufa natural. A
temperatura média na Terra fica mais alta devido a esse calor excedente.
O progresso tecnológico alcançado no último século teve um custo alto. Os gases po-
luentes lançados na atmosfera pelas fábricas e pelos milhões de carros que transitam
diariamente nas grandes cidades vêm transformando o Planeta Azul em um caldeirão
fervente. A Organização das Nações Unidas (ONU) prevê que, em 100 anos, a tempe-
ratura do globo aumente 5,8 °C.
O calor excessivo traz diversas ameaças, desde surtos de dengue e malária até prejuízos
nas colheitas, principalmente em países pobres; sem falar no eventual desaparecimento
de praias e cidades litorâneas com o degelo das calotas polares.

Revista Superinteressante. São Paulo: abril/jul, 2003.

24 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 24 19/06/2021 11:06:42


ATIVIDADES

1 Releia as informações sobre a atmosfera e complete as frases abaixo.

A atmosfera terrestre é composta por camadas .

A troposfera é a camada na qual vivemos e respiramos.

Ela vai do nível do mar até 16 km de altitude. Nessa camada, ocorrem os fenômenos
climáticos , como chuvas e relâmpagos.

2 Complete os espaços e preencha a cruzadinha.

a. É uma camada fina de gases sem d. É nela em que ocorre o fenômeno da


cheiro, sem cor e sem gosto: aurora boreal:

Atmosfera. Exosfera.

b. É a única camada na qual os seres e. Nessa camada, a temperatura aumenta


vivos podem respirar naturalmente: à medida que a altitude aumenta:

Troposfera. Termosfera.

c. Na parte superior dessa camada, a


temperatura pode chegar a 100 °C ne- A
a.
gativos:
T
Mesosfera.
e. T E R M O S F E R A

b. T R O P O S F E R A

c. M E S O S F E R A

d. E X O S F E R A

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 25

SSE_GEO_5F_UN1.indd 25 12/06/2021 11:19:28


3 Escreva a resposta de cada uma das perguntas a seguir.

a. As camadas da atmosfera são iguais? Por quê?

Não. Cada camada da atmosfera tem característica própria. Muitas vezes, os gases

que compõem uma camada são diferentes dos gases que compõem outra camada.

b. Por que houve o desenvolvimento da vida na Terra?

A vida na Terra só pôde se desenvolver por causa dos gases que compõem a cama-

da baixa.

c. O que é diferente de uma camada para a outra?

Além dos gases, a temperatura de cada camada também varia.

d. Como está estruturada a atmosfera?

A atmosfera está estruturada em cinco camadas: troposfera, estratosfera, mesosfe-

ra, termosfera e exosfera.

4 Pesquise e faça a correspondência entre as colunas de maneira que se comple-


tem corretamente as afirmativas.

A . A estratosfera é a segunda E ... os raios ultravioleta do Sol e nos


camada da atmosfera e.. protege dos seus efeitos nocivos.

B. Na termosfera, ocorre... D ... é nela que está a camada de ozônio.

C. Muitos aviões circulam... A ... está, aproximadamente, entre 16


e 50 km de altitude.
D. A estratosfera é muito impor-
tante, porque... B ... a aeroluminescência, fenômeno de
emissão de ondas eletromagnéticas.
E. A camada de ozônio filtra...
F ... difusão da luz solar, que faz o céu
F. É também na estratosfera que ficar azul aos nossos olhos.
começa a...
C ... na troposfera.

26 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 26 19/06/2021 11:06:43


A litosfera

Litosfera é a camada sólida da Terra, localizada em sua porção mais externa.


A superfície da litosfera é formada
por diferentes tipos de rocha e de mi-
neral, que constituem o solo. Os princi-
pais minerais são o silício, o alumínio e
o magnésio. Já as rochas são divididas Litosfera
em magmáticas, metamórficas e sedi-
mentares. As magmáticas também são
chamadas de ígneas, e são divididas em
intrusivas e extrusivas (vulcânicas).
Sua profundidade varia entre 50 e 100
km, e sua temperatura amena garante a ©teracreonte / stock.adobe.com

vida dos seres. É na superfície da litosfera que vivemos e encontramos os oceanos,


os mares e a vegetação que conhecemos.
É uma camada que está em permanente mudança devido à ação dos agentes
internos e externos. Os agentes internos são o tectonismo, o vulcanismo e os aba-
los sísmicos (terremotos e maremotos), que atuam no interior da Terra, provocando
alterações que chegam até a parte externa da litosfera. Os agentes externos corres-
pondem aos fenômenos atmosféricos, como os ventos, as precipitações, as tempe-
raturas, as águas correntes, entre outros; e a ação antrópica (humana).

Rocha sedimentar Rocha metamórfica Rocha magmática ou ígnea

Arenito Mármore Escória


©aleks-p / stock.adobe.com ©Voennyy / stock.adobe.com ©PRILL Mediendesign / stock.adobe.com

Os agentes internos do relevo


Chamamos de tectonismo os movimentos das placas tectônicas, blocos gigantes de terra que
formam a litosfera e que, ao se deslocarem, movimentam tudo que o está sobre eles. Buscando
explicar esses movimentos, em 1967, o cientista James Morgan e outros pesquisadores criaram
a Teoria da Tectônica de Placas, afirmando que placas flutuam sobre o magma, substância
pastosa e de temperatura elevada situada no manto terrestre, camada abaixo da litosfera.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 27

SSE_GEO_5F_UN1.indd 27 29/06/2021 14:28


Ainda de acordo com essa teoria, existem regiões nas quais as placas se apro-
ximam ou se afastam entre si. Ao se aproximar, as placas criam zonas de conver-
gência, nas quais ocorre fricção de uma placa sobre a outra. Ao se afastar, as placas
criam zonas de divergência, nas quais ocorre o distanciamento das placas.
Os movimentos das placas tectônicas ocorrem devido às forças do interior da
Terra. Essas forças podem gerar movimentos de orogênese, epirogênese e trans-
formante, que é quando as placas vizinhas se deslocam lateralmente.

©Roberto / stock.adobe.com Kim Vermaat Photography / stock.adobe.com

Movimentos de orogênese são movimen-


tos que causam dobramentos na superfície
terrestre devido à plasticidade das placas. Movimentos de epirogênese causam
Ocorrem quando as forças são exercidas rebaixamento, levantamento ou desloca-
de forma horizontal na litosfera. Quan- mento das placas. Ocorrem quando as
do esses movimentos ocorrem, uma das forças são exercidas verticalmente sobre
placas é absorvida pelo manto e a outra é a litosfera. Esses movimentos formam as
dobrada, formando as grandes cadeias de chamadas falhas, ou seja, desnivelamen-
montanhas e as cordilheiras. Como exem- tos do relevo. Como exemplo, temos a
plo, temos a Cordilheira dos Andes. de San Andreas, nos Estados Unidos.

©2011-2016 RGB des Rene Gruber / stock.adobe.com ©ftomarchio / stock.adobe.com

Casa destruída pelo terremoto


Erupção do Etna, na Sicília, Itália.
na Itália.

28 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 28 19/06/2021 11:06:50


Outros importantes agentes internos do relevo são os abalos sísmicos e o
vulcanismo.
Abalos sísmicos são fenômenos de sismo, ou seja, de vibração, causados pelo
movimento das placas tectônicas, dos gases no interior da Terra e por atividades
vulcânicas. Quando ocorrem em terras emersas, são chamados de terremotos. Em-
bora no Brasil não haja incidências recentes de terremotos, em algumas localidades
podem-se sentir tremores de terra.
Os locais onde os tremores de terra ocorrem com mais intensidade são as regiões
Norte e Nordeste, porém com pouca frequência.
©Oleksii Nykonchuk / stock.adobe.com

Cidade em ruínas, após tsunami. Vulcão Osorno – Chile


Kim Vermaat Photography / stock.adobe.com
©naoko / stock.adobe.com

Quando ocorrem no assoalho marinho, Vulcanismo é a liberação do magma do


os abalos sísmicos são chamados de ma- interior da Terra para a superfície.
remotos, podendo formar os tsunamis, Além da lava quente, que devasta tudo
ondas gigantes que causam grande des- por onde passa, os vulcões costumam
truição ao atingir áreas ocupadas pelo ser liberar grande quantidade de fumaça,
humano. A maior ocorrência de tsunamis poeira e gás. Atualmente, não há vulcões
está no Oceano Pacífico. ativos no Brasil.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 29

SSE_GEO_5F_UN1.indd 29 12/06/2021 11:19:38


Observe a imagem.

Círculo de fogo do Oceano Pacífico

A movimentação das placas e a liberação dos gases internos do planeta fazem


com que os continentes estejam em constante transformação, mudando sua forma e
características.
Desmatamento

©guentermanaus / stock.adobe.com
Além de todos os acontecimentos na-
turais, podemos citar, ainda, a ação do
homem na dinâmica do planeta Terra. A
influência da atividade humana é bas-
tante presente, pois o homem tem utili-
zado indiscriminadamente os recursos
naturais, causando danos irreversíveis
ao meio ambiente. Destruição da floresta tropical – Amazônia

A destruição do solo e de sua vegetação altera a composição do planeta, mudando


as condições do clima e interferindo em toda a natureza.

Erosão do solo
Acredita-se que, se não
houver um uso consciente
dos recursos naturais (água,
ar e solo), haverá conse-
quências drásticas para a
vida na Terra.
©nirutft, Mirko, meryll / stock.adobe.com

É importante repensarmos a utilização da litosfera e de todos os seus elementos de forma


consciente.

30 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 30 19/06/2021 11:06:57


ATIVIDADES

1 O que você compreende por litosfera?

Sugestão de resposta: é a camada sólida da Terra, localizada em sua porção mais

externa.

2 Explique, com suas palavras, a Teoria da Tectônica de Placas.

Resposta pessoal. O aluno deverá abordar a movimentação das placas tectônicas

sobre o magma, ressaltando o fato de que, ao se deslocarem, as placas movimen-

tam tudo o que está sobre elas.

3 Reescreva as frases a seguir, tornando-as verdadeiras.

a. A litosfera é a parte da Terra formada pelas águas.

A litosfera é a parte da Terra formada por rochas e minerais.

b. Na parte mais interna da litosfera, encontramos o solo e as rochas.

Na parte mais externa da litosfera, encontramos o solo e as rochas.

4 Existem alguns países que estão localizados no encontro de placas tectôni-


cas, como é o caso do Japão. Em lugares desenvolvidos, já existem maneiras
de minimizar os estragos feitos pelos abalos sísmicos. Pesquise e escreva uma
dessas maneiras.
Sugestão de resposta: no Japão, por exemplo, existem edifícios que possuem siste-

mas com espécies de amortecedores de tremores de terra.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 31

SSE_GEO_5F_UN1.indd 31 19/06/2021 11:06:57


5 Observe a imagem e escreva o que está sendo representado.

As placas tectônicas e sua movimentação.

6 Complete o quadro com as definições dos seguintes agentes internos:

ABALOS SÍSMICOS VULCANISMO TECTONISMO

São fenômenos de É a liberação de mag- São os movimentos

sismo causados por ma do interior da Terra das placas tectônicas.

movimentos no inte- para a superfície.

rior da Terra.

32 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 32 12/06/2021 11:19:42


A hidrosfera

Hidrosfera é a camada formada por água, nos estados sólido, líquido e gasoso,
que recobre a maior parte da superfície terrestre.
©Atstock Productions / stock.adobe.com

©Atstock Productions / stock.adobe.com


©prasitphoto / stock.adobe.com

A água é uma substância abundante na Terra, representando cerca de 3 da su-


4
perfície terrestre.
A água teve origem com os ciclos de aquecimento e resfriamento da Terra. Du-
rante os períodos de resfriamento, o vapor de água proveniente desse processo físi-
co foi condensado em forma de chuva, depositando-se sobre as partes mais baixas
da superfície.
Podemos encontrar água:

Na atmosfera, em forma de nuvens. Nos continentes, rios, lagos e aquíferos.

Nos oceanos e nas calotas polares. No organismo dos seres vivos.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 33

SSE_GEO_5F_UN1.indd 33 19/06/2021 11:06:59


Os oceanos e os mares compõem a maior parte da água líquida encontrada no
planeta.
Eles apresentam grande importância para o equilíbrio da natureza.
Principais oceanos:
Oceano Ártico

@Mathias / stock.adobe.com
Oceano Pacífico
Copyright 2015 Christopher Boswell / stock.adobe.com

Oceano Atlântico

@ViDi Studio / stock.adobe.com


©Pakhnyushchyy / stock.adobe.coml/Stock.adobe.com

Oceano Antártico

@robert / stock.adobe.com

Oceano Índico

Os mares são massas de água salga-


da que estão localizadas próximo aos
continentes, sendo menos profundos do
que os oceanos.
Nos oceanos, encontramos as algas
@ViDi Studio / stock.adobe.com

e fitoplânctons, principais responsá-


veis pela produção do oxigênio, por
meio da fotossíntese e da absorção de
dióxido de carbono.

34 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 34 29/06/2021 13:35


A água realiza um movimento na natureza conhecido como ciclo hidrológico, que
ocorre por meio da evaporação das águas dos lagos, rios, mares e oceanos, por
meio da evapotranspiração dos vegetais e da condensação do vapor da água, na
forma líquida, para os rios, aquíferos e oceanos.
Observe o esquema.

Armazenamento de
água na atmosfera

Armazenamento de Precipitação Condensação


água no gelo
Evapotranspiração

Escoamento
superficial Evaporação

Escoamento superficial
proveniente do gelo
Queda no rio

Armazenamento de
Armazenamento de água nos oceanos
Infiltração água doce

Descarga
Armazenamento de
do aquífero
água subterrânea

O Sol aquece as águas, que evaporam se acumulando na atmosfera em forma de


vapor de água. As nuvens se formam e se precipitam em forma de chuva. A água da
chuva se infiltra no solo e escoa para os oceanos, mares, rios e lagos.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 35

SSE_GEO_5F_UN1.indd 35 19/06/2021 11:07:02


A água doce em seu estado líquido é encontrada principalmente nos rios, lençóis
freáticos e lagos; e em seu estado sólido, nas geleiras. Uma pequena quantidade
está na forma de vapor, encontrada no ar.

Oceanos: 97,2%

Água na atmosfera: 0,001%

Água no subsolo: 0,62%

Calotas de gelo e geleiras: 2,15%

Águas superficiais
(rios, lagos e biomassa): 0,029%

No Brasil, encontramos cerca de 12% de toda a água doce do planeta, concentra-


da nas bacias hidrográficas, que são áreas de drenagem para um curso de água (em
geral, um rio principal e seus afluentes).

Bacia Amazônica Bacia do Rio São Francisco

©gustavofrazao / stock.adobe.com ©André Frutuôso / stock.adobe.com

Bacia do Rio Paraguai Bacia do Rio Uruguai

©reisegraf / stock.adobe.com ©Guillermo / stock.adobe.com

36 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 36 12/06/2021 11:19:48


Por ser um país de grandes dimensões, o Brasil possui uma ampla rede hidrográ-
fica. Observe o mapa.

Regiões hidrográficas

Fonte: Divisão Hidrográfica Nacional Resolução no 32 do


Conselho Nacional de Recursos Hídricos, de 15 de outubro de 2003.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 37

SSE_GEO_5F_UN1.indd 37 28/06/2021 19:46


Dentre as principais bacias, podemos citar:

Bacia Amazônica

É a maior de todas, sendo formada pelo Rio Amazonas e seus afluentes.

Bacia do São Francisco

Tem como principal rio o São Francisco, que nasce em Minas Gerais, na Serra da Canastra,
e cruza o sertão do Nordeste. Este rio é conhecido popularmente como Velho Chico e re-
presenta uma esperança para os nordestinos, pois, mesmo em uma região de seca, é um rio
perene, porque sua nascente se localiza fora da região do semiárido.

Outras formas de apresentação da água são os lençóis freáticos e os aquíferos.


Os lençóis freáticos são reservatórios de água subterrâneos, provenientes da infil-
tração da água das chuvas. Já os aquíferos são formações geológicas que podem
armazenar águas subterrâneas. Suas rochas são porosas, funcionando como “es-
ponjas” capazes de reter a água e liberá-la, formando lagos e lagoas, por exemplo.
Um importante aquífero brasileiro é o Guarani, que é uma das maiores reservas de
água doce do planeta. Suas águas são de boa qualidade e representam uma reserva
para o abastecimento da população e para a realização de atividades econômicas.
O ser humano sempre teve e terá grande dependência da água para a realização
de diferentes atividades.

©gpointstudio / stock.adobe.com

nophamon Yanyapong / stock.adobe.com

38 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 38 12/06/2021 11:19:49


©Stanislav Komogorov / stock.adobe.com Belinda Pretorius/ stock.adobe.com

A preservação e o uso consciente da água também são importantes para garantir


a existência dos seres vivos.
Para isso, alguns cuidados e procedimentos devem ser adotados, e o desperdício
deve ser combatido.

Evitar lavar o carro com mangueira. Evitar lavar a calçada com mangueira.

©Pixel-Shot / stock.adobe.com ©photosaint / stock.adobe.com

Fechar a torneira ao escovar os dentes. Fechar a torneira ao lavar os pratos.

DGL IMAGES LTD / stock.adobe.com Alena Ozerovat / stock.adobe.com

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 39

SSE_GEO_5F_UN1.indd 39 12/06/2021 11:19:51


ATIVIDADES

1 Analise as afirmativas e marque sim ou não.

a. A hidrosfera também permite que a b. O vapor de água da atmosfera conden-


vida se desenvolva em nosso planeta. sa-se e precipita-se em forma de gás.

X Sim Não Sim X Não

c. As nuvens se originam de pequenas d. A Terra é o único planeta do Sistema


gotas de água ou gelo que flutuam na Solar no qual existem condições adequa-
biosfera da Terra. das à vida.

Sim X Não X Sim Não

2 Pesquise e escreva o nome de alguns estados brasileiros que estão sendo atin-
gidos por enchentes nos últimos anos.

Resposta pessoal

3 Observe a imagem e comente com seus colegas sobre a distribuição de água no


planeta.
Professor, o aluno deve perceber que há grandes diferenças na distribuição de água
no planeta.

Pouca ou nenhuma escassez de água

Escassez física de água

Não avaliado

Escassez econômica de água

Próximo da escassez física de água

40 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 40 19/06/2021 11:07:08


A biosfera

Biosfera vem do grego bio, que significa vida. Então, biosfera é a parte da Terra
onde estão os seres vivos. Isso quer dizer que devemos pensar em todos os seres
vivos que habitam a intersecção entre a atmosfera, a litosfera e a hidrosfera. Estudar
a biosfera é estudar os seres vivos e sua distribuição pela superfície terrestre.
Atmosfera
Biosfera
É o conjunto de todos os ecossistemas
da Terra, que são muitos.

Biosfera
designua / stock.adobe.com
Ecossistema
É o conjunto de todos os animais e Hidrosfera
vegetais em harmonia com os outros Litosfera
elementos naturais.

Os ecossistemas são formados pelos fatores bióticos e abióticos que atuam numa
mesma região. Chamamos de fatores bióticos os animais, as plantas, enfim, os se-
res vivos. Fatores abióticos são os elementos naturais não vivos, como água, luz do
sol, solo, gelo, vento, etc.
Os fatores bióticos e abióticos de uma região, em geral, têm uma relação de equi-
líbrio. Se algum elemento for muito alterado, essa relação se tornará desequilibrada.
Poluir um rio, por exemplo, poderá causar modificações em todo o sistema.
Os seres humanos, que são seres vivos, fazem parte da biosfera. Eles podem se
fixar e viver em quase todos os locais do planeta, porque conseguem se adaptar
aos diversos ambientes. Dessa forma, as pessoas adaptam seu lar da maneira que
precisam, provocando mudanças positivas ou negativas à biosfera: uma mudança
positiva foi a descoberta da agricultura, e uma mudança negativa é a poluição lan-
çada na biosfera.

Você sabia?
Hábitat é o lar das plantas e dos animais. Os seres que vivem na superfície terrestre depen-
dem uns dos outros e mantêm relação com as condições do ambiente. Esse ambiente ideal
para cada ser vivo constitui o seu hábitat.

Nicho ecológico é o local restrito de um hábitat onde existem condições ambientais


especiais para a vida de determinada espécie.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 41

SSE_GEO_5F_UN1.indd 41 28/06/2021 19:46


ATIVIDADES

1 Marque apenas as alternativas corretas.

X Biosfera é o conjunto de todos os ecossistemas.

Os seres humanos não fazem parte da biosfera.

X Chamamos de fatores bióticos: os animais, as plantas, enfim, os seres vivos.

X Biosfera vem do grego bio, que significa vida.

X Os ecossistemas são formados por fatores bióticos e abióticos.

2 Faça a correspondência de maneira que as afirmações se completem


corretamente.

A. Fatores bióticos B São os elementos naturais não vivos, como


B. Fatores abióticos água, Sol, solo, gelo, vento, etc.
A São os animais, as plantas, os seres vivos.

3 Leia as palavras abaixo e relacione-as às informações correspondentes.

1. Hábitat
2 É o local restrito de um hábitat onde
2. Nicho
existem condições ambientais especiais
para a vida de determinada espécie.

1 É o lar das plantas e dos animais.

42 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 42 28/06/2021 19:46


O Brasil na América do Sul

Já vimos que o continente americano está dividido em três partes, sendo uma de-
las a América do Sul. Nela, estão localizados vários países, entre eles, o Brasil, que
ocupa quase a metade desse espaço geográfico.

Guiana
Venezuela
Suriname
Colômbia Guiana Francesa

Equador Linha do Equador

Brasil
Peru

Bolívia

Paraguai

córnio
Trópico de Capri
Argentina

Uruguai
Chile Oceano
Atlântico

Oceano
Pacífico

O Brasil ocupa uma área de 8.515.767.049 km2. Nosso país faz limite com quase
todos os países da América do Sul, menos com o Chile e o Equador.

Conheça os vizinhos do Brasil:

Guiana Francesa (Departamento Ultramarino da Fran-


Ao Norte
ça)*; Suriname; Guiana; e Venezuela
A Noroeste Colômbia

A Oeste Peru e Bolívia

A Sudoeste Paraguai e Argentina

Ao Sul Uruguai

A Sudeste, Leste e Nordeste Oceano Atlântico

* Guiana Francesa não é um país, pois é parte do território francês.


Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 43

SSE_GEO_5F_UN1.indd 43 29/06/2021 13:35


ATIVIDADES

1 Pesquise e responda.

a. Quais são os continentes do planeta Terra? América, Ásia, Antártida, África,

Europa e Oceania.

b. Em qual continente nós vivemos? América.

c. Como o continente americano está dividido? Está dividido em América do

Norte, Central e do Sul.

d. Qual é o nome do nosso país? Brasil.

e. Quais são os oceanos do planeta Terra? Atlântico, Pacífico, Índico, Ártico

e Antártico.

f. Quais são os oceanos que banham o continente americano? Oceanos Pacífico

e Atlântico.

g. Qual é oceano que banha o Brasil? Oceano Atlântico.

h. De acordo com o mapa da América do Sul, qual o país que ocupa a segunda maior
área territorial? O país que ocupa a segunda maior área na América do Sul

é a Argentina.

i. Qual é o oceano que banha esse país? Oceano Atlântico.

j. Que oceano banha o Chile e o Equador? O Oceano Pacífico.

44 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 44 12/06/2021 11:19:53


2 Observe o mapa da América do Sul e responda.

a. Qual é o maior país da América do Sul?

É o Brasil.

b. Qual é a sua área?


Área: 8.515.767.049 km2.

c. Quantos países fazem parte da América do Sul?

Doze países fazem parte.

d. Quais países não fazem fronteira com o Brasil?

Chile e Equador.

e. Quais países / territórios fazem fronteira com o Brasil? Guiana; Suriname;

Venezuela; Colômbia; Peru; Bolívia; Paraguai; Uruguai; Argentina; e a Guiana

Francesa (Departamento Ultramarino da França).

3 Escreva o nome dos vizinhos do Brasil.

AO NORTE A NOROESTE A OESTE

Suriname, Guiana, Colômbia Peru e Bolívia

Venezuela e a Guiana

Francesa

A SUDOESTE AO SUL A SUDESTE, LESTE


E NORDESTE

Paraguai e Argentina Uruguai Oceano Atlântico

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 45

SSE_GEO_5F_UN1.indd 45 29/06/2021 13:35


A divisão política do Brasil

O Brasil é um país de grande extensão territorial. Suas terras ocupam a maior par-
te da América do Sul.
Mas como administrar um país tão grande?
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) dividiu o território brasileiro
em cinco grandes regiões geográficas: Norte, Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste.
Cada região é formada por estados que apresentam semelhanças no relevo, no
clima, na vegetação, no modo de vida da população e nas atividades econômicas.
No total, o Brasil é formado por 26 estados e pelo Distrito Federal.
Observe o mapa do Brasil.

Verifique que as terras brasileiras são


mais largas ao Norte e mais estreitas ao
Sul. Os pontos extremos são:

A Leste a Ponta do Seixas, na Paraíba.


Ao Norte a nascente do rio Aliã, no Monte Caburaí, no Estado de Roraima.
A Sudoeste o Arroio Chuí, no Rio Grande do Sul.
A Oeste a Nascente do Rio Moa, na Serra da Contamana, no Acre.

Você sabia?
No Distrito Federal, está localizada a cidade de Brasília, capital do Brasil e sede do po-
der central do País, o Governo Federal.
Cada estado do Brasil tem a sua capital, que é a cidade mais importante e a sede do
governo estadual.

46 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 46 19/06/2021 11:07:13


Veja os estados que formam cada região.
Região Norte Região Nordeste
Estado Capitais Bandeira Estado Capitais Bandeira
Maranhão São Luís
Acre Rio Branco
Piauí Teresina
Amazonas Manaus
Ceará Fortaleza

Pará Belém Rio Grande


Natal
do Norte
Roraima Boa Vista Paraíba João Pessoa

Pernambuco Recife
Amapá Macapá
Alagoas Maceió
Rondônia Porto Velho
Sergipe Aracaju
Tocantins Palmas Bahia Salvador

Região Sul Região Centro-Oeste


Estado Capitais Bandeira Distrito Federal Brasília

Paraná Curitiba Estado Capitais Bandeira

Santa Ca- Florianó- Mato Grosso Cuiabá


tarina polis Mato Grosso Campo
Rio Grande Porto Ale- do Sul Grande
do Sul gre Goiás Goiânia

Região Sudeste

Estado Capitais Bandeira

Espírito Santo Vitória

Rio de Janeiro Rio de Janeiro

São Paulo São Paulo

Minas Gerais Belo Horizonte

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 47

SSE_GEO_5F_UN1.indd 47 19/06/2021 11:07:22


ATIVIDADES

1 Escreva o nome de cada região brasileira.

Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

2 Marque um x nas frases corretas.

X O Brasil é um país de grande extensão territorial.

X As regiões são formadas por estados que apresentam semelhanças no relevo, no


clima, na vegetação, no modo de vida da população e nas atividades econômicas.

O Brasil está dividido em quatro grandes regiões.

3 Pesquise e escreva o nome completo do Brasil.

República Federativa do Brasil.

4 Como está dividido politicamente o território brasileiro?

Está dividido em 26 estados e o Distrito Federal.

5 Observe o mapa, pinte e escreva o nome da região em que você mora.

Resposta pessoal

48 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 48 28/06/2021 19:46


6 Sublinhe o significado correto de IBGE.

a. Instituto Brasileiro de Geografia Escolar.


b. Instituto Brasileiro de Geografia Estudantil.
c. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

7 Qual é a região que apresenta a maior quantidade de estados?

É a Região Nordeste, que é formada por nove estados.

8 Qual é a região formada por quatro estados?

É a Região Sudeste.

9 Responda.

a. Onde está situada Brasília?

Brasília está localizada no Distrito Federal.

b. Qual é a cidade mais importante de um estado?

A capital é a cidade mais importante de um estado.

10 Numere a segunda coluna de acordo com a primeira.

1. Região Norte 4. Região Sudeste


2. Região Sul 5. Região Centro-Oeste
3. Região Nordeste

3 Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas,


Sergipe e Bahia.
1 Acre, Amazonas, Pará, Roraima, Amapá, Rondônia e Tocantins.

4 Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

5 Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal.

2 Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 49

SSE_GEO_5F_UN1.indd 49 19/06/2021 11:07:23


A população brasileira

No Brasil, segundo a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísti-


ca (IBGE), órgão responsável pela contagem da população brasileira, há cerca de
211,8 milhões de habitantes.
A maioria da população se encontra nas áreas urbanas (cidade), que têm maior
quantidade de pessoas que as áreas interioranas (área rural).
A pirâmide abaixo mostra que o envelhecimento da população brasileira aumen-
tou em 2019, se comparado a 2012. Esta mudança pode ser observada pela menor
porcentagem encontrada em 2019 nos grupos etários mais jovens (base da pirâ-
mide), ao mesmo tempo em que houve aumento nas porcentagens dos grupos de
idade que ficam no topo da pirâmide.

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,


Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2012/2019.

Entretanto, como as pessoas estão cada vez mais concentradas nas áreas urbanas,
o crescimento da população tem diminuído por causa da redução da natalidade.
Ao longo dos últimos 500 anos, o povo brasileiro foi sendo constituído por pes-
soas que migraram para o Brasil e foram somadas à população nativa. Cada grupo
humano ficou mais especificamente em um determinado local.
Os indígenas continuam, há 10 mil anos, no espaço que hoje chamamos Brasil.
Esse grupo humano está espalhado por todo o território nacional, mas, na Região
Norte, há uma presença mais forte deles e menor quantidade de negros e brancos.

50 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 50 12/06/2021 11:20:04


Depois, vieram os europeus, mais especificamente os portugueses, para coloni-
zar o Brasil. Os portugueses também trouxeram os negros africanos para trabalhar
como escravos nas lavouras de cana-de-açúcar. Portanto, esses grupos predo-
minam na Região Nordeste. Nessa região, também podemos encontrar a presença
indígena.
Depois da Independência, outros europeus começaram a vir para cá em maior
quantidade. Dentre esses europeus, estão italianos, alemães e espanhóis. De forma
mais tímida, vieram também os asiáticos e os árabes. Todos esses grupos humanos
foram prioritariamente para a Região Sudeste. Entretanto, nessa região, os africa-
nos e os indígenas também estão presentes. Na Região Sul, predominaram os gru-
pos humanos europeus, como alemães, italianos e eslavos.

Relações entre migrações e condições de infraestrutura


Domínio Público

Imigrantes italianos na Hospedaria dos Imigrantes de São Paulo – 1890.

Atualmente, grande parte da população brasileira não vive no local onde nasceu.
Essas pessoas migraram, isto é, mudaram-se para outro local, seja outra cidade ou
outro estado.
Geralmente, elas migram à procura de melhores condições de vida, como traba-
lho, educação, condições de saúde e outros serviços. Fatores culturais e políticos
também influenciam nos movimentos migratórios. Até certo tempo atrás, as pes-
soas viviam no campo, porém, com o rápido crescimento da população em busca de
oportunidades, muitas migraram para as cidades.
A cidade representa a concentração de pessoas, local onde elas procuram in-
fraestrutura básica e serviços essenciais, como saúde, educação, lazer, transporte e
ofertas de mercado.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 51

SSE_GEO_5F_UN1.indd 51 28/06/2021 19:47


Migrações brasileiras

Recentemente, no Brasil, têm acontecido migrações internacionais para países


como Estados Unidos da América, Portugal, Itália, Inglaterra, França, Canadá, Aus-
trália, Suíça, Alemanha, Polônia, Bélgica, Países Baixos, Japão, Paraguai e Israel.
Na verdade, isso é quase um movimento inverso ao que aconteceu no passado.
Os países que os brasileiros mais emigraram são os Estados Unidos da América e
Portugal.

©Rawf8 / stock.adobe.com
Nova Iorque, EUA.

As pessoas emigram por diversos motivos: condições políticas desfavoráveis,


situação econômica precária, perseguições religiosas, guerras, casamento com
estrangeiro, clima, entre outros motivos.
Ocorre também o inverso: pessoas chegando ao Brasil pelos mesmos motivos
que levam os brasileiros a viajar. Da Bolívia e do Peru, por exemplo, chegam muitos
grupos de pessoas que têm se fixado mais em São Paulo para conseguir trabalho; e
da Venezuela, que buscam proteção no Brasil.

Você sabia?
Etnia é uma coletividade de indivíduos com características biológicas semelhantes que
geralmente compartilham a mesma cultura e a mesma língua. Vários grupos étnicos
constituem o povo brasileiro. Conheça alguns aspectos sobre eles:

Indígena: grupo humano que vive no Brasil desde antes da sua colonização.
Branco: grupo humano mais conhecido por colonizar países conquistados.
Negro: grupo humano vindo da África.
Amarelo: grupo humano do Oriente.

52 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 52 28/06/2021 20:15


ATIVIDADES

1 Escreva a resposta a cada uma das 2 Migração é o deslocamento espa-


perguntas a seguir. cial de um indivíduo ou de parte da
a. Qual é a estimativa da população total população de um local para outro.
do Brasil? Marque a principal causa das mi-
grações no Brasil.
É de cerca de 211,8 milhões de habitantes.

Religiosa X Econômica
b. Onde se encontra a maioria da popu-
Ambiental Cultural
lação brasileira?

Encontra-se nas áreas urbanas, que têm


3 Quais são os motivos que fazem
maior quantidade de pessoas que as as pessoas se mudarem do campo
para ir tentar a vida na cidade?
áreas interioranas.
Sugestão de resposta: As pessoas pro-
c. Qual é a interpretação que podemos
curam infraestrutura básica e serviços
dar à forma da pirâmide da população
brasileira? essenciais, como saúde, educação,

A base representa a população brasi- lazer, transporte e ofertas de mercado.

leira, que é jovem e tem até 19 anos; o

cume é formado por idosos; e o centro


4 Faça uma estimativa do número de
corresponde à população adulta. pessoas que residem em sua rua.

Resposta pessoal
d. O que mudou na pirâmide de 2019 em
comparação ao ano de 2012?

Aumentou a porcentagem de idosos e


5 Pesquise e escreva o nome de
diminuiu a dos mais jovens. países que apresentam população
superior ao Brasil.
e. Por que o crescimento demográfico
tem diminuído? China, Índia, Estados Unidos, Indonésia,
Por causa da redução da natalidade. Paquistão.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 53

SSE_GEO_5F_UN1.indd 53 28/06/2021 19:47


As diferenças étnico-culturais e as
desigualdades sociais

Vários povos fazem parte da histó-


ria do Brasil. Percebemos isso pelas
diferenças físicas e culturais entre
as pessoas. Chamamos essa mistura

Photomorphic Pte. Ltd. / stock.adobe.com


de miscigenação. A miscigenação
pode ser observada nos traços
físicos das pessoas, nos costumes
e nas tradições. É a mistura de
diferentes povos, como indígenas,
africanos, europeus e asiáticos.

Todos esses povos deram origem ao povo brasileiro. Entretanto, o Brasil está
entre os países que mais apresentam desigualdade social, a qual está presente nas
condições de moradia, de emprego e de acesso a serviços públicos. Isso acontece
porque a distribuição de renda é feita de modo desigual: poucas pessoas têm muito,
e muitas pessoas têm pouco. A desigualdade social tem provocado sérios conflitos
entre as pessoas, além da persistência da fome e de doenças. A luta contra a pobre-
za extrema é, sem dúvida, um dos maiores desafios da nossa civilização.

©Donatas Dabravolskas / stock.adobe.com

Vista aérea da Praia de Ipanema e Leblon e da Favela do Vidigal, Rio de Janeiro.

54 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 54 19/06/2021 11:07:31


ATIVIDADES

1 Muitos povos ajudaram a formar a população brasileira e contribuíram com a


cultura de nosso país. Como podemos perceber a miscigenação dos povos?
Podemos perceber nos traços físicos das pessoas e também nos costumes e nas

tradições.

2 Marque a frase que justifica a afirmação abaixo.

O Brasil tem uma grande diversidade cultural.

O Brasil não tem cultura própria.

X Nossa cultura é resultado da influência de vários povos.

3 Leia e responda.

a. Poucas pessoas têm muito, e muitas pessoas têm pouco.


b. Muitas pessoas têm muito, e poucas pessoas têm pouco.

Qual dessas alternativas explica a distribuição de renda no Brasil?


Alternativa a.

4 Em sua opinião, o que poderia ser feito para melhorar a distribuição de renda no
Brasil?

Resposta pessoal

5 Em sua opinião, em qual área a desigualdade social aparece com maior destaque?

Resposta pessoal

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 55

SSE_GEO_5F_UN1.indd 55 12/06/2021 11:20:08


Dinâmica para trabalhar
o socioemocional

Balão do desejo Vivenciando


1 Pensar nos planos para este ano
Descrição:
1. Distribui-se, entre os participantes, lhe deixou:
um balão (cada um deve escolher a cor que
quiser), três tiras pequenas de papel e uma
caneta.
2. Pede-se que todos escrevam nas
tiras de papel as perguntas:
• Qual o seu objetivo neste ano?
• O que você espera do ano que está
iniciando?
• O que você está disposto a dar?
2 O que você mais deseja para este
3. Pede-se para cada um responder a
ano na escola?
essas perguntas.
4. Cada um escreve o nome em cada Resposta pessoal
tira, depois responde às perguntas e as
enrola bem fino.
5. Pede-se para colocar, então, as três
tiras dentro do balão, enchê-lo e amarrá-lo. 3 O que foi mais fácil para você es-
6. Todos ficam em pé e jogam os ba- crever? Resposta pessoal
lões para o alto, sem deixá-los cair por um
minuto. O que espera.
7. Depois, cada um pega um balão qual-
O que está disposto a dar.
quer, desde que não seja o seu. Estoura-o
e fica com as tiras que estão dentro dele.
8. Em círculo, sentados, os participantes 4 O quanto você gostou das respos-
começam a ler as perguntas e respostas tas que leu? Pinte a barrinha até
que as tiras têm. chegar na carinha que representa o
9. Em seguida, cada um fala algo de sua quanto você gostou.
vida particular. O próximo a apresentar-se
será o dono das perguntas e respostas que
estavam no balão de quem acabou de se
apresentar.
10. O educador se apresenta ao final. Resposta pessoal

56 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN1.indd 56 19/06/2021 11:07:32


©WavebreakMediaMicro/stock.adobe.com

CAPÍTULO
2
SSE_GEO_5F_UN2.indd 57 19/06/2021 10:23:11
A Região Norte

A Região Norte ocupa quase metade do território brasileiro. É a mais extensa das
cinco regiões brasileiras, mas, devido à grande quantidade de rios e florestas, é a
que possui menor população. Quanto à divisão político-administrativa, é composta
por 7 estados.
REGIÃO NORTE

A Região Norte tem como limites: ao Norte,


a Venezuela, a Guiana, o Suriname e a Guia-
na Francesa; ao Sul, a Bolívia, Mato Grosso e
Goiás; a Leste, o Maranhão, o Piauí e a Bahia;
e, a Oeste, o Peru e a Colômbia.

História da formação da Região Norte

Os primeiros habitantes da Região Norte foram os indígenas, que apresentavam


uma diversificada quantidade de tribos e aldeias, do período pré-colombiano até a
chegada dos europeus.
A Região Norte também foi explorada pelos caminhos do movimento das Bandeiras.
Na época em que o Brasil era colônia, os missionários vieram para a região à pro-
cura de indígenas para catequizar. Eles reuniram os nativos em aldeias chamadas
missões. As missões deram origem a várias cidades.
No final do século XIX, brasileiros de outros estados, principalmente nordesti-
nos, vieram para a Região Norte a fim de trabalhar na extração da borracha.
Na metade do século XX, muitas famílias estrangeiras, como as japonesas,
vieram trabalhar nas colônias agrícolas. Os japoneses iniciaram a plantação da
pimenta-do-reino e da juta. Duran- ©Pulsar Imagens/stock.adobe.com

te as décadas de 1960, 1970 e 1980,


os governantes militares implantaram
um grande plano de integração dessa
região com as demais regiões do Brasil,
incluindo a construção de várias rodo-
vias (como a rodovia Transamazônica),
a instalação de indústrias e a criação da
Zona Franca de Manaus. Rodovia Transamazônica, BR 230.

58 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 58 19/06/2021 10:43:04


Aspectos físicos da Região Norte

Relevo

São encontradas três formas principais de relevo na região: planícies, depressões


e planaltos, predominando os terrenos de baixas altitudes.
A principal planície da Região Norte é a Planície Amazônica, que possui diversas
áreas inundadas pelo Rio Amazonas e pelos seus afluentes.

Rio Amazonas.
Michel Uyttebroeck Piccaya sprl / stock.adobe.com

Clima

O clima predominante é o equatorial, cuja característica principal é ser quente


e úmido. No final da tarde, quando o Sol desaparece, a temperatura volta a cair, o
que provoca a condensação do vapor de água e, portanto, a precipitação em forma
de chuvas, conhecidas como chuvas de convecção, ou chuvas de hora certa. Isso
ocorre porque, quando o Sol aparece, a temperatura aumenta e, como consequên-
cia, aumenta também a evaporação das águas dos recursos hídricos e a evapotrans-
piração dos seres vivos (plantas e animais), o que aumenta a quantidade de vapor
de água na atmosfera ao longo de todo o dia.

Hidrografia

A Bacia Hidrográfica do Rio Amazonas é


a principal bacia da Região. As chuvas que
alimentam os rios dessa bacia hidrográfica
são bem marcadas, e o período da estia-
gem é entre os meses de junho e setembro.
Ainda nessa bacia, encontramos a Ilha do
Bananal, a maior ilha genuinamente fluvial
do mundo. Os rios, em geral, são extensos
e caudalosos, drenando terras de altitude, Lagoa na bacia do rio Amazonas.
normalmente, pouco elevada. ©SL-Photography/stock.adobe.com

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 59

SSE_GEO_5F_UN2.indd 59 19/06/2021 10:49:55


Vegetação
A Região Norte possui uma biodiversi-
Quanto às formações vegetais, a maior dade muito importante para o Brasil. A
parte da Região Norte é coberta pelo bioma grande diversidade de fauna e flora da
Amazônia, ou seja, por uma floresta ombró- Floresta Amazônica é explicada pela
fila densa, correspondente à Floresta Ama- combinação de diversos elementos:
a latitude e o relevo determinaram a
zônica, que é uma floresta tropical. Na parte
temperatura; e os ventos, a umidade e
norte da região, é possível encontrar a sava- a quantidade de água dos rios. Assim,
na estépica, correspondente aos campos de o clima e a umidade, juntos, possi-
Roraima. No sul da região, ocorre o contato bilitam o desenvolvimento de tanta
entre diferentes tipos de vegetação. diversidade.

Demografia da Região Norte

Apesar de ser a maior das regiões brasileiras, a Região Norte é a menos povoa-
da, ou seja, sua densidade demográfica é a menor entre todas as regiões. A maior
parte da população da Região Norte é descendente de povos indígenas, que hoje
se encontram bastante reduzidos, embora ainda existam tribos que nunca tiveram
contato com outros grupos sociais por viverem em locais de difícil acesso na Flores-
ta Amazônica. A população vem aumentando devido ao surgimento de novas áreas
agrícolas nas últimas décadas, que atraem migrantes de todo o País para a Região.
Com esse povoamento, a população puramente indígena diminuiu, e a população
cabocla, resultante da mistura entre indígenas e brancos, aumentou. Há um maior
contingente populacional nas áreas urbanas, especialmente nas capitais e nas mar-
gens dos rios, onde vivem as populações ribeirinhas.
Observe os dados do gráfico.

REGIÃO NORTE: DENSIDADE DEMOGRÁFICA POR ESTADO (2019)


8
7,47
7
6,91
6
5,37 5,94 5,66
5
4
3
2,70 2,66
2
1
0
Roraima Amazonas Acre Amapá Tocantins Pará Rondônia
Fonte: IBGE / Elaboração: Fapespa.
60 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 60 12/06/2021 11:30:49


Alguns tipos humanos bastante característicos da Região Norte são os ribeiri-
nhos, seringueiros, barqueiros e vaqueiros.

Os ribeirinhos vivem nas margens dos rios Os seringueiros se dedicam à extração do


e, em geral, residem em palafitas. látex da seringueira.

©guentermanaus/stock.adobe.com ©underverse/stock.adobe.com

Os barqueiros praticam a pesca e movi- Os vaqueiros vivem nos campos em Roraima


mentam o comércio interno. e em alguns locais da Ilha de Marajó (PA).

©Aliaksandr Marko/stock.adobe.com ©Carrie/stock.adobe.com

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 61

SSE_GEO_5F_UN2 61 12/06/2021 11:30:55


ATIVIDADES

1 Observe o mapa da Região Norte e responda ao que se pede.

a. Pinte cada estado da Região Norte de uma cor diferente e, abaixo, crie uma
legenda com o nome dos estados com as cores que você pintou.

b. Escreva, no mapa, a capital de cada estado.


Resposta pessoal

Boa vista
Amapá
Roraima
Macapá

Manaus
Belém
Amazonas Pará

Acre
Porto Velho Palmas
Rio Branco
Rondônia
Tocantins

2 Escreva, abaixo, as principais características populacionais da Região Norte.

A densidade demográfica da Região Norte é a menor de todas as regiões brasileiras.

A maior parte da população dessa região é descendente de povos indígenas, mas,

com o aumento populacional ocorrido nos últimos anos, nota-se a forte presença de

caboclos.

3 Em que áreas da Região Norte ocorre uma maior concentração de pessoas?

O maior contingente populacional ocorre nas áreas urbanas, especialmente nas

capitais e nas margens dos rios, onde vivem as populações ribeirinhas.

62 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 62 12/06/2021 11:30:56


4 Sobre os aspectos físicos da Região Norte, responda às perguntas a seguir.

a. Quais são as principais formas de relevo encontradas na Região Norte?

São as planícies, as depressões e os planaltos, predominando os terrenos de baixas

altitudes.

b. Qual é a principal planície da Região Norte?

A principal planície da Região Norte é a Planície Amazônica, que possui diversas

áreas inundadas pelo Rio Amazonas e seus afluentes.

c. Escreva, abaixo, as características climáticas da Região Norte.

O clima predominante é o equatorial, cuja característica principal é ser quente e

úmido, ocasionando grande evaporação das águas dos rios e a evapotranspiração

dos seres vivos ao longo do dia. Também é comum a ocorrência de chuvas de con-

vecção, ou chuvas de hora certa.

d. Qual é a principal bacia hidrográfica da Região Norte?

É a Bacia Hidrográfica do Rio Amazonas.

e. Descreva, abaixo, a vegetação da Região Norte.

A maior parte da Região Norte é coberta por uma floresta ombrófila densa, corres-

pondente à Floresta Amazônica, que é uma floresta tropical. Na parte norte da re-

gião, é possível encontrar a savana estépica, correspondente aos campos de Rorai-

ma. No sul da região, ocorre o contato entre diferentes tipos de vegetação.

5 Complete o quadro abaixo com o nome dos países e dos estados que fazem
limite com a Região Norte.

NORTE SUL LESTE OESTE


Venezuela Mato Grosso Maranhão Peru
Suriname Goiás Piauí Colômbia
Guiana Francesa Bolívia Bahia
Guiana

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 63

SSE_GEO_5F_UN2 63 12/06/2021 11:30:56


6 Leia o texto e responda. 7 Observe as fotos a seguir e marque
aquelas que representam a maioria
A devastação da Floresta Amazônica da população da Região Norte.

A devastação da Floresta Amazônica tem


aumentado devido à expansão de ativi-
dades agropecuárias na região. Os fazen-
deiros derrubam a vegetação e provocam
queimadas com o objetivo de aumentar
ou renovar áreas de cultivo e de pastagens.
X
Porém, algumas vezes, as queimadas ficam
incontroláveis e destroem grandes áreas de
floresta, deixando a flora e a fauna em risco
de extinção.
A devastação também é causada pelo
garimpo ilegal, pela exploração ilegal da
madeira, pelo avanço das cidades e pela
industrialização nas áreas urbanas.
X
©WavebreakmediaMicro, lev dolgachov, ©gustavofrazao /stock.adobe.com

a. Por que a devastação da Floresta


Amazônica tem aumentado?
8 Relacione os tipos humanos a suas
Devido à expansão de atividades agro- características.

pecuárias, ao garimpo ilegal, à explora-


1. Ribeirinhos
ção ilegal da madeira e à industrializa- 2. Seringueiros
3. Barqueiros
ção na região.
4. Vaqueiros
b. Qual é o objetivo dos fazendeiros ao
derrubar a vegetação e provocar quei- 2 Dedicam-se à extração do látex da
madas? seringueira.
O objetivo é aumentar ou renovar áreas
1 Vivem nas margens dos rios e, em
de cultivo e de pastagens.
geral, residem em palafitas.

c. O que a destruição da Floresta Ama- 4 Vivem nos campos em Roraima e


zônica pode ocasionar? em alguns locais da Ilha de Marajó.
Pode colocar a flora e a fauna em risco
3 Praticam a pesca e movem o co-
de extinção. mércio interno.

64 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 64 12/06/2021 11:31:15


A economia da Região Norte

As atividades econômicas mais importantes da Região Norte são o extrativismo e


a indústria, sendo também fundamental a contribuição da agricultura, da pecuária e
do ecoturismo.

Extrativismo

No extrativismo vegetal, destaca-se a exploração do látex e da madeira de espé-


cies como a seringueira, a castanheira e o buriti; no animal, a atividade pesqueira;
e, no extrativismo mineral, ferro (na Serra dos Carajás) e, em menor quantidade,
jazidas de alumínio, estanho, manganês, níquel, cassiterita, petróleo e gás natural.
Além disso, a região tem uma jazida de diamantes dentro da reserva indígena dos
Cinta Larga.
O extrativismo se destaca em virtude da imensa diversidade de flora e fauna da
Floresta Amazônica.
©Ricardo/stock.adobe.com

Guaraná da Amazônia.
©Artinun /stock.adobe.com
©Chris/stock.adobe.com

Caça a piranhas com arco na Floresta Amazônica. Extração de látex.


Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 65

SSE_GEO_5F_UN2 65 12/06/2021 11:31:20


Agricultura

A agricultura é marcada pela variedade dos cultivos


e pelo uso de máquinas agrícolas. As lavouras mais
comuns são as de arroz, guaraná, cacau, mandio-
ca, maracujá, cupuaçu, coco e pimenta-do-reino.
Atualmente, o cultivo de maior destaque é o da
soja, especialmente no estado do Tocantins (TO).

photoschmidt 2017/stock.adobe.com

Pecuária

Na pecuária, destaca-se a criação extensi-


va, na qual os animais são criados soltos em
pastos, que são formados a partir da queima-
da das matas nativas. Devido à necessidade
de áreas limpas para os pastos, o desenvol-
vimento dessa atividade econômica na re-
gião ocasionou inúmeros desmatamentos,
principalmente nos estados que hoje fazem
parte da Amazônia Legal (Mato Grosso, Pará,
Tocantins, Maranhão e Rondônia). Podemos
destacar, ainda, a criação de búfalos, na Ilha
de Marajó (PA).
Alf Ribeiro/stock.adobe.com

Indústria

O setor industrial da Região Norte se localiza, em


grande parte, na Zona Franca de Manaus. É formado,
principalmente, por indústrias de bens de consu-
mo relacionadas às matérias-primas do extrativismo
vegetal, animal e mineral da região. Na Zona Franca,
também é possível encontrar muitas indústrias de
equipamentos eletroeletrônicos e de informática.

©kbarzycki/stock.adobe.com

66 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 66 19/06/2021 10:54:25


Comércio e prestação de serviços

As atividades ligadas ao setor de serviços, como bancos, escolas e universidades,


concentram-se, principalmente, nas capitais, que apresentam o comércio mais de-
senvolvido. O turismo é uma atividade que contribui para o crescimento da região. É
cada vez maior o número de turistas que visitam os estados do Norte atraídos pelas
belezas naturais e culturais do local. Os turistas se encantam ao conhecer o magnífico
bioma Amazônia e ao realizar atividades como a navegação fluvial em barcos típicos
da região.

Alguns dos pontos turísticos de destaque na Região Norte:

No Pará: o Mercado Ver-o-Peso, o Theatro da Paz, as praias e os campos da Ilha de Marajó.

No Amazonas: a Zona Franca de Manaus, a Festa de Parintins e o Teatro Amazonas.


©Pulsar Imagens/stock.adobe.com

Teatro da Paz, Belém/PA.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 67

SSE_GEO_5F_UN2.indd 67 29/06/2021 13:42


ATIVIDADES

1 Marque as duas principais atividades econômicas de maior destaque na Região


Norte.

X Extrativismo Pecuária Agricultura Ecoturismo X Indústria

2 O extrativismo é tão importante para a Região Norte em virtude de quê?

Sugestão de resposta: Em virtude da imensa diversidade de flora e fauna da Floresta

Amazônica e das grandes jazidas de minerais.

3 Escreva, abaixo, uma consequência negativa do desenvolvimento da pecuária


na Região Norte.
O desmatamento.

4 Complete as lacunas das afirmativas a seguir.

variedade
a. A agricultura é marcada pela dos cultivos e pelo uso de

máquinas agrícolas.

b. A
extração do minério de ferro em Carajás faz parte do extrativismo

mineral na Região Norte.

5 Observe as fotos da Região Norte e escreva o nome das atividades econômicas


que estão sendo realizadas. Ao final, pesquise e escreva como cada uma delas
está relacionada à floresta.
Agricultura Extrativismo

Desmatamento para Extração da vegetação

estabelecer áreas de da floresta e extração

plantio. de animais por meio da

caça e da pesca.
©Андрей Яланский, ©Dudarev Mikhail /stock.adobe.com

68 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 68 12/06/2021 11:31:29


A cultura da Região Norte

Durante o ciclo econômico de extração da borracha, a Região Norte recebeu di-


versos migrantes, que contribuíram não apenas para o desenvolvimento dos centros
urbanos, como também para a cultura.

©Rob/stock.adobe.com
Teatro Amazonas

Foi nessa época que alguns dos mais bonitos teatros do Brasil foram erguidos na
região, como o Teatro Amazonas, em Manaus; e o Theatro da Paz, em Belém. Na Re-
gião Norte, há danças, lendas, gastronomia, artesanato e folguedos característicos.
Algumas danças típicas são a marujada, o carimbó, as cirandas e o boi-bumbá.

Boi-bumbá Carimbó

wikimedia.org wikimedia.org

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 69

SSE_GEO_5F_UN2 69 12/06/2021 11:31:32


No folclore, é possível encontrar inúmeras lendas indígenas, como a da Iara, da
Cobra Norato, da Sapucaia-Roca, do Barba Ruiva, da Vitória-Régia, do Curupira e
do Uirapuru.

Com uma gastronomia muito própria, a Região Norte manteve muitas tradições da
culinária indígena. O pato ao tucupi, a caldeirada de tucunaré, a maniçoba e o taca-
cá, entre outros, fazem parte do cardápio tradicional.
No artesanato, a presença indígena também é muito forte. Peças feitas com palha
e cerâmica são bastante comuns, com destaque para a arte marajoara.

©guentermanaus /stock.adobe.com ©anderus/stock.adobe.com

Além dos folguedos típicos das


tribos indígenas, há outros que são
muito populares na Região Nor-
te, como o Círio de Nazaré, em
Belém; e o Festival Folclórico de
Parintins, no Amazonas. Este último
consiste numa disputa entre o Boi
Garantido, no qual predomina a
cor vermelha, e o Boi Caprichoso,
no qual predomina a cor azul. O
desfile acontece no mês de junho e
tem atraído muita gente.
wikimedia.org/wikipedia

70 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 70 12/06/2021 11:31:36


ATIVIDADES

1 Sabemos que a cultura da Região Norte é muito conhecida em todo o Brasil. Cite
algumas manifestações culturais, seguindo as indicações.

Folclore Danças típicas Gastronomia Folguedos e festas


Lendas como a da Iara, Marujada, carimbó, Pato ao tucupi, cal- Círio de Nazaré e Festi-
da Cobra Norato, do ciranda e boi-bumbá. deirada de tucunaré, val Folclórico de Parin-
Barba Ruiva, da Vitória- maniçoba e tacacá. tins.
-Régia, do Curupira e
do Uirapuru.

2 Observe o caça-palavras e encontre o nome de cinco lendas da Região Norte.

R B A R B A * R U I V A A N U D V

C O B R A * N O R A T O R T A X P

P Y S * I C J M T A R E M E S A I

M E S A X Q K J T G T O Á R E S I

S U I R A P U R U D E I R A F W A

V L F D I E L A Q E W R I B O R R

Q U A D R * C X S T D T O R G S A

V I T Ó R I A * R É G I A S J O T

3 Observe o mapa da Região Norte e selecione um de seus estados para pesqui-


sar e descrever seus principais pontos turísticos.

REGIÃO NORTE
Resposta pessoal

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 71

SSE_GEO_5F_UN2 71 12/06/2021 11:31:37


A Região Nordeste

A Região Nordeste é a terceira mais extensa das cinco regiões brasileiras. Com
uma área de, aproximadamente, 1.558.196 km2, seu território corresponde a cerca
de 18% de todo o território nacional. É a região com a maior quantidade de estados:
nove ao total.

História da formação do Nordeste

O Nordeste foi, primordialmente, habitado pelos indígenas,


que, antes da colonização, eram empregados pelos euro-
peus na extração do pau-brasil em troca de especiarias:
era o escambo. Foi durante o período de colonização que
muitos morreram, devido às constantes batalhas contra
os senhores de engenho, às doenças e à escravidão a que
foram submetidos.

As sub-regiões do Nordeste

A Região Nordeste é uma região


bastante diversificada, possuindo tanto
paisagens com vegetação e água abun-
dantes como paisagens que sofrem,
eventualmente, com a seca extrema.
Observe algumas imagens que mostram
a diversidade de paisagens que com-
Cachoeira em Bonito/PE
põem essa Região. ©patriciaarau /stock.adobe.com

Parque Nacional da Serra da Capivara/PI Logoa do Abaeté/BA


©Tiago/stock.adobe.com @ Ademir Rodrigues/stock.adobe.com

72 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 72 28/06/2021 19:19


Devido à diversidade de paisagens, a Região Nordeste é estudada de acordo com
suas sub-regiões: Zona da Mata, Agreste, Sertão e Meio-Norte.

1
A Zona da Mata (indicada pelo no 4 no mapa) é a faixa mais
2 próxima ao litoral. Nessa sub-região, a temperatura é amenizada
pela maritimidade, e o clima apresenta a maior quantidade de
3 chuvas. A cobertura vegetal nativa é a Mata Atlântica, atualmente
muito devastada devido à grande ocupação populacional.
4

O Agreste (indicado pelo no 3 no mapa) é a região de transição


1
entre a Zona da Mata e o Sertão. O início dessa sub-região cor-
2 responde a uma área de planalto, o Planalto da Borborema, que
funciona como uma barreira natural, impedindo que as nuvens e,
3 consequentemente, as chuvas cheguem às sub-regiões seguintes.
Por essa razão, à medida que se avança para o interior da Região
4 Nordeste, o clima se torna mais seco.

1
O Sertão (indicado pelo no 2 no mapa) é a área onde predomi-
na o clima semiárido (quente e seco), com curtos períodos de
2
chuva, trazendo dificuldades para a agricultura e a agropecuária,
castigando seus habitantes. A vegetação típica é a caatinga, for-
3
mada por plantas adaptadas à pouca quantidade de água, como
os cactos.
4

1
O Meio-Norte (indicado pelo no 1 no mapa) abrange uma parte
2
do Maranhão e do Piauí. A vegetação predominante é composta
pelo cerrado e pela Mata de Cocais, onde ocorrem várias espé-
3
cies de palmeira, destacando-se o babaçu e a carnaúba.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 73

SSE_GEO_5F_UN2 73 12/06/2021 11:31:46


A importância do litoral nordestino

A formação dessa região remonta à própria origem do nosso país. Os primeiros


colonizadores europeus que chegaram ao Brasil, mais de 500 anos atrás, instala-
ram-se no litoral nordestino e, ali, fundaram vários povoados. O tempo passou, e
esses povoados cresceram e se tornaram importantes cidades, como Salvador e
Recife, respectivamente no Estado da Bahia e no de Pernambuco.
A Região Nordeste tem a maior costa litorânea e é toda banhada pelo Oceano
Atlântico, sendo, portanto, de fácil acesso pelo mar. O Arquipélago de Fernando de
Noronha, as ilhas de São Paulo e São Pedro e a reserva biológica do Atol das Rocas
fazem parte da Região. A maioria das capitais nordestinas se situa no litoral, à exce-
ção de Teresina, capital do Estado do Piauí.

Praia de Fortaleza-CE
©phaelshoots/stock.adobe.com

Praia de Maragogi-AL
©Gessiane/stock.adobe.com

74 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 74 19/06/2021 11:00:46


ATIVIDADES

1 Marque, com um x, a alternativa correta.

a. A Região Nordeste é composta de:

seis estados. cinco estados. X nove estados.

b. A parte mais povoada do Nordeste é a parte costeira, banhada pelo:

Oceano Pacífico. X Oceano Atlântico. Oceano Índico.

c. A Região Nordeste possui uma área de aproximadamente:

3.869.637 km2 X 1.558.196 km2 15.521.123 km2

2 Observe um mapa político e escreva, abaixo, os limites da Região Nordeste.

A Região Nordeste limita-se, ao Norte e a Leste, com o Oceano Atlântico; ao Sul,

com os estados de Minas Gerais e do Espírito Santo; e, a Oeste, com os estados do

Tocantins, de Goiás e do Pará.

3 Por que o litoral nordestino possui importância histórica para o Brasil?

Sugestão de resposta: Porque a formação dessa região remonta à própria origem

do nosso país. Os primeiros colonizadores europeus que chegaram ao Brasil, mais

de 500 anos atrás, instalaram-se no litoral nordestino e, ali, fundaram vários po-

voados. O tempo passou, e esses povoados cresceram e se tornaram importantes

cidades, como Salvador e Recife, respectivamente no estado da Bahia e no de Per-

nambuco.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 75

SSE_GEO_5F_UN2.indd 75 28/06/2021 19:19


Os aspectos físicos da Região Nordeste

Relevo
O relevo da Região Nordeste é muito diversificado, predominan-
do os planaltos, as planícies e as depressões. A costa é formada,
praticamente, de planícies e tabuleiros costeiros. Mais para o
interior, no Agreste, é possível identificar o Planalto da Borbo-
rema, e, no Sertão, encontramos depressões, como a Sertaneja/
São Francisco; chapadas, como a Diamantina; serras, como a do
Espinhaço; além de tabuleiros e planícies interiores.
Bjanka Kadic/stock.adobe.com

Clima
O clima semiárido domina grande parte da região, que, even-
tualmente, sofre com secas e escassez de recursos hídricos.
Uma alternativa para a exploração desses recursos seria a uti-
lização de poços, mas a água subterrânea é, em geral, salobra;
e o processo de dessalinização requer elevados investimentos
financeiros.
Bjanka Kadic/stock.adobe.com

Vegetação
A Região Nordeste possui uma vegetação bastante variada, de
acordo com suas sub-regiões, sendo comum a vegetação de
Mangue e a Mata Atlântica na Zona da Mata, o Cerrado no Oeste
da Bahia e Piauí e Sul do Maranhão, a Caatinga no Sertão e a
Floresta Amazônica e a Mata dos Cocais no Meio-Norte.

©kleberpicui/stock.adobe.com

Hidrografia
A hidrografia é caracterizada pela presença de rios temporá-
rios (que secam no período de estiagem), localizados, prin-
cipalmente, no Sertão, e de rios perenes (que nunca secam),
sendo o principal deles o Rio São Francisco. Entre as bacias
hidrográficas, destacam-se a Bacia do Rio São Francisco e a do
Rio Parnaíba. Embora suas bacias representem 18% das bacias
hidrográficas do País, a hidrografia nordestina é considerada
modesta devido aos regimes irregulares de chuva.
©André Frutuôso/stock.adobe.com

76 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 76 29/06/2021 13:42


Demografia da Região Nordeste

O Nordeste, onde vive cerca de 30% da população brasileira, é a segunda região


mais populosa do País, ficando atrás apenas da Região Sudeste. Sua densidade
demográfica é de, aproximadamente, 36 habitantes por km2.

©Brastock/stock.adobe.com
Cidade de Natal/RN

Há uma grande concentração populacional na Zona da Mata, especialmente nas


capitais que possuem uma área de influência que abrange as cidades vizinhas, for-
mando as chamadas Regiões Metropolitanas (RMs). Teresina é a única capital que
forma, com as cidades próximas, uma Região Integrada de Desenvolvimento Eco-
nômico (Ride), além de ser a única capital que não está no litoral. As Rides possuem
ação mais ampla que as RMs, pois englobam municípios de mais de uma unidade da
Federação.

©Renato/stock.adobe.com

Cidade de Recife/PE

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 77

SSE_GEO_5F_UN2.indd 77 19/06/2021 12:05:43


©kleberpicui/stock.adobe.com
Devido às secas típicas do Sertão, há
cidades no interior da Região Nordeste com
baixa densidade populacional. Todavia, é
importante ressaltar que, se compararmos
a população que vive no Sertão nordestino
com a de biomas semiáridos semelhantes
que existem no mundo, essa região pode
ser considerada bastante povoada.

Devido, entre outros fatores, à seca, à grande desigualdade social e à presença


de latifúndios, muitos nordestinos nascidos no interior da região, sem condições de
sobreviver, ainda migram para as áreas urbanas. Esse fenômeno de migração popu-
lacional é conhecido como êxodo rural. Nos últimos anos, o Nordeste tem se tor-
nado uma região com grande potencial econômico, e algumas capitais já recebem
mais migrantes do que os que saem. Em outras palavras, a Região Nordeste tem se
tornado um local interessante para as pessoas habitarem.
©Ric Ergenbright/Danita Delimont/stock.adobe.com

©Leila Fugii/stock.adobe.com

Quanto à formação da população nordestina, é possível dizer que houve grande


miscigenação das três principais etnias que formaram o Brasil: indígena, branca e
negra, embora a presença de cada uma delas não seja igualitária em cada estado.
No Maranhão, por exemplo, há uma grande presença de caboclos, originários da
mistura de brancos e indígenas, e cafuzos, originários da mistura de negros e indí-
genas. No Piauí, no Ceará, no Rio Grande do Norte e na Paraíba, é mais acentuada
a presença de caboclos. Em Pernambuco, em Alagoas, em Sergipe, na Bahia e em
parte do Maranhão, a presença de mulatos (mistura de brancos e negros) é mais
significativa. Inclusive, atualmente, Salvador é a cidade brasileira com a maior
quantidade de afrodescendentes. A contribuição de holandeses também é forte na
ancestralidade da população nordestina, mas foi pouco estudada até o momento.

78 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 78 12/06/2021 11:32:08


Tipos característicos da Região Nordeste
O povo da minha terra,
cada um tem seu fazer.
No que faz, ninguém erra, até parece um lazer!

Zélia Wanderley

Vaqueiro
Cuida do gado no Sertão e no Agreste.

Rendeira
Típica do Ceará e de Pernambuco, trança linhas com bilros para
fazer a renda de roupas, almofadas, etc.

Coletor de coco
É conhecido no Nordeste como tirador de coco. Para pegar o
©Carlos Hernandez, Marco, Vitaly Sokolovskiy, ©R.M. Nunes, ©Wagner, ©Takorn/stock.adobe.com

coco, ele sobe nos coqueiros, utilizando uma forma típica de


amarrar as cordas nas pernas.

Baiana
Vende comidas típicas, como acarajé, vatapá e tapioca, e delicio-
sas frituras.

Jangadeiro
Por sua coragem, são chamados de dragões do mar. Sua vida está
entre as idas ao mar ou ao rio e as vindas desses locais.

Barranqueiro
Vive às margens do Rio São Francisco e transporta pessoas e mer-
cadorias. É chamado também de barqueiro; na proa do barco,
leva a carranca.

Carranca
Cabeça de madeira esculpida na proa das em-
barcações, representando uma figura humana
ou animal feroz, supostamente para espantar os
maus espíritos e os perigos existentes no rio.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 79

SSE_GEO_5F_UN2.indd 79 19/06/2021 11:27:48


ATIVIDADES

1 Acerca da Região Nordeste, responda às perguntas a seguir.

a. Quais são as formas de relevo predominantes?

São os planaltos, as planícies e as depressões.

b. Qual é a principal consequência da presença do clima semiárido na região?

A ocorrência de secas, com a escassez de recursos hídricos.

c. Como é caracterizada a hidrografia?

A hidrografia da região é caracterizada pela presença de rios temporários (que

secam no período de estiagem), localizados, principalmente, no Sertão, e de rios

perenes (que nunca secam), sendo o principal deles o Rio São Francisco.

d. Quais são as formações vegetais predominantes?

A vegetação de Mangue e a Mata Atlântica na Zona da Mata, o Cerrado no Oeste da

Bahia e Piauí e Sul do Maranhão, a Caatinga no Sertão e a Floresta Amazônica e a

Mata dos Cocais no Meio-Norte.

80 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 80 12/06/2021 11:32:20


2 Escreva quais são as características mais marcantes da Região Nordeste quanto
ao seu povoamento.

Quanto à formação da população nordestina, é possível dizer que houve grande

miscigenação das três principais etnias que formaram o Brasil: indígena, branca e

negra, embora a presença de cada uma delas não seja igualitária em cada estado.

3 Leia as características da população e relacione-as aos estados da Região Nor-


deste que as apresentam.
A B C

Há grande presença de
caboclos (originários É mais acentuada a pre- A presença de mulatos
da mistura de brancos sença de caboclos. é mais significativa.
e indígenas) e cafuzos
(originários da mistura
de negros e indígenas).

A/C Maranhão B Rio Grande do Norte C Alagoas

B Piauí B Paraíba C Sergipe

B Ceará C Pernambuco C Bahia

4 Por que muitos nordestinos que nascem no interior ainda migram para diversas
áreas urbanas?

Devido, entre outros fatores, à seca, à grande desigualdade social e à presença de

latifúndios.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 81

SSE_GEO_5F_UN2 81 12/06/2021 11:32:20


A economia da Região Nordeste

No Nordeste, há diversos polos específicos da economia: gesseiro, tabagista,


hortifrúti, têxtil, industrial, tecnológico, enfim, existe muita variedade de atividades
econômicas.

©Ridvan/stock.adobe.com
Extrativismo
©Yogeetha Aenakshi/stock.adobe.com

No extrativismo vegetal praticado na Região


Nordeste, destacam-se a extração do babaçu, no
Maranhão; e a extração de carnaúba, no Piauí,
no Ceará e no Rio Grande do Norte. Merecem
destaque, ainda, o extrativismo da castanha-de-
-caju, do coco, do buriti e da piaçava.
©Bergringfoto/stock.adobe.com

No extrativismo animal, desenvolve-se a pesca


litorânea, explorando-se, principalmente, crustá-
ceos (camarão, lagosta, siri, aratu e caranguejo) e
peixes (atum, tainha, agulha, cavala e cioba); das
águas doces, também se extraem o surubim, a
traíra e a tilápia.

82 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 82 12/06/2021 11:32:27


O principal produto do extrativismo mineral é o petró-

©Lukasz Z/stock.adobe.com
leo, com maior exploração nos estados do Maranhão, do
Rio Grande do Norte, de Alagoas, de Sergipe e da Bahia,
cuja sondagem foi iniciada na cidade de Camaçari (na Ba-
hia), município que possui um polo industrial petroquímico
composto por várias empresas. Outros produtos minerais
da região são o sal, no estado do Rio Grande do Norte,
produto de exportação cujas grandes salinas encontram-
-se em Mossoró; o calcário; o mármore; o chumbo e o
cobre, que também já são utilizados em muitas fábricas; e
a argila (barro), com a qual os artesãos fazem esculturas,
cinzeiros, panelas e jarros, que são comercializados em
larga escala. Destaca-se, também, a extração da gipsita
na região do Araripe, no Estado de Pernambuco.

Agricultura

A agricultura é uma atividade econômica sempre presente e importante para o


Nordeste, que produz e exporta diversos gêneros alimentícios e também abastece o
mercado interno com cana-de-açúcar, cacau, fumo, algodão e soja.
O Agreste é a área de maior concentração agrícola, e os principais produtos culti-
vados são milho, feijão, café, arroz, batata-doce, sisal, mandioca, algodão e frutas
tropicais de grande variedade. O Sertão, hoje, é também um grande produtor agrí-
cola, principalmente nos municípios às margens do Rio São Francisco, em que se
pratica a agricultura irrigada, com destaque para o cultivo de frutas.

©lzf /stock.adobe.com

©lzf/stock.adobe.com

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 83

SSE_GEO_5F_UN2 83 12/06/2021 11:32:30


Pecuária

A criação de gado tem destaque na região, estando os maiores rebanhos bovinos


localizados na Bahia, seguida pelo Maranhão, pelo Ceará, por Pernambuco e pelo
Piauí. No Sertão, muitos criadores costumam ter prejuízos devido às constantes se-
cas. Também merecem destaque as criações de caprinos, suínos, ovinos e aves.

©FiledIMAGE/stock.adobe.com ©Countrypixel/stock.adobe.com

Indústria
Há uma diversidade muito grande de indústrias no Nordeste, estando a maioria
localizada nas capitais ou em Regiões Metropolitanas, geralmente próximas ao li-
toral. Alguns destaques são o polo industrial têxtil de Fortaleza, no Ceará, e o Com-
plexo Portuário de Suape, em Pernambuco.
Cacio Murilo de Vasconcelos/stock.adobe.com

Porto de Suape - Cabo de Santo Agostinho / PE.

84 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 84 28/06/2021 19:20


Prestação de serviços

No que diz respeito à prestação de serviços, é possível apontar áreas que têm se
desenvolvido bastante: ciência, tecnologia, softwares, engenharia elétrica, compu-
tação, biotecnologia, saúde, dentre outras.

Turismo

O turismo é uma prestação de serviço que gera bastante emprego e renda para a
Região Nordeste, pois as belas praias e o clima tropical do litoral atraem turistas de
todas as partes do Brasil e do mundo.
O Nordeste também conta com grandes festividades, como o São João e o Car-
naval, que atraem muitos turistas para a região. Subindo e descendo ladeiras, os
foliões brincam em Salvador e Olinda. No Recife, com o maior bloco do mundo — O
Galo da Madrugada —, o Carnaval começa em um grande desfile no sábado de Zé-
-Pereira (tocador de zabumba). Além dos interesses comerciais, há também o inte-
resse histórico em cidades como Olinda, São Luís e Salvador, que foram construídas
no Período Colonial.
Produção

© 2016 - Ronaldo Melo/stock.adobe.com

Olinda / PE. Chapada Diamantina / BA.


©lazyllama/stock.adobe.com

Praia de Pajuçara – Maceió / AL.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 85

SSE_GEO_5F_UN2.indd 85 29/06/2021 13:42


ATIVIDADES

1 Procure, no caça-palavras, seis produtos da economia do Nordeste.

R B F I Q U L C D P A L G O D Ã O

E V A S L O U E A C D O S A L X P

C A C A U C J j T A R E M E M A I

M E S A X Q K J T G T O R R I S N

S U O C A F É C A D S I R A L W T

P E T R Ó L E O Q E W R I B H R O

Q U H D P O C X S T D T O R O S R

M X V I A A T T K L E V N S J O T

2 Sobre a economia da Região Nordeste, descreva as características de cada ati-


vidade econômica a seguir.


a. Agricultura: Atividade econômica sempre presente e importante para o Nordeste,

que produz e exporta diversos gêneros alimentícios e também abastece o mercado

interno com cana-de-açúcar, cacau, fumo, algodão e soja.


b. Pecuária: A criação de gado tem destaque na região, estando os maiores reba-

nhos bovinos localizados na Bahia, seguida pelo Maranhão, pelo Ceará, por Per-

nambuco e pelo Piauí.

c. Indústria: Há uma diversidade muito grande de indústrias no Nordeste, estando a


maioria localizada nas capitais ou em Regiões Metropolitanas, geralmente próximas

ao litoral. Alguns destaques são o polo industrial têxtil de Fortaleza, no Ceará, e o

Complexo Portuário de Suape, em Pernambuco.

86 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 86 19/06/2021 11:29:26


3 Acerca do extrativismo na Região Nordeste, relacione corretamente.

babaçu camarão

chumbo coco
Extrativismo mineral
sal castanha-de-caju

Extrativismo animal
piaçava buriti

Extrativismo vegetal
petróleo gipsita

caranguejo atum

4 Leia e descubra as respostas.

O que é, o que é?

a. Sou um arquipélago com uma bela reserva biológica. Quem sou eu?

Sou o Arquipélago de Fernando de Noronha.

b. Sou um parque nacional conhecido pelas minhas dunas, lagoas e águas. Quem eu
sou?

Sou o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

c. Sou um parque conhecido pelas descobertas e estudos arqueológicos. Quem eu


sou?

Sou o Parque Nacional da Serra da Capivara.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 87

SSE_GEO_5F_UN2.indd 87 19/06/2021 11:30:13


A cultura da Região Nordeste

A riqueza cultural nordestina é imensa e se deve, entre outras coisas, ao fato de


esta ter sido a primeira região a ser colonizada e, portanto, a primeira a estabelecer
o contato entre as culturas indígena, europeia e africana mais intensamente.
A cultura popular da Região Nordeste se manifesta por meio de elementos como o
artesanato, a culinária, as danças e as festas típicas, os ditados populares, as su-
perstições, a literatura de cordel, os brinquedos artesanais, as adivinhações, etc.
©marinice100/stock.adobe.com

©matheus /stock.adobe.com
São João. Frevo.
MARCELO KRELLING/stock.adobe.com

©Birute Vijeikiene/stock.adobe.com

Tapioca. Artesanato com barro.

O artesanato é um ponto forte da cultura local. Os bordados e o artesanato


feito com barro são manifestações típicas da cultura nordestina.

As danças e festas populares também merecem destaque, com manifestações típicas como o
bumba meu boi, o maracatu, a ciranda, o forró, o frevo, o Carnaval e as festas juninas.

88 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 88 19/06/2021 11:34:47


Na culinária, é possível destacar alimentos bastante comuns, como arroz de cuxá,
bolo de rolo, baião de dois, carne de sol, queijo de coalho, vatapá, acarajé, canji-
ca, arroz de coco, bobó de camarão, cozido, buchada, sururu, tapioca, mungunzá,
muitos doces, dentre outros. No cardápio do nordestino, são comuns os frutos do
mar, as carnes bovina, caprina, suína, de aves e muitas frutas regionais. Algumas
delas são seriguela, cajá, buriti, cajarana, umbu, macaíba, cupuaçu, pitomba, jam-
bo, manga e caju.
@GMAIL.COM/stock.adobe.com

Thiago Lemos/stock.adobe.com
Acarajé Bobó de camarão
©Dihandra/stock.adobe.com

© 2018 - Carina Esmeriz/stock.adobe.com


Bolo de rolo Mungunzá

Na literatura, o Nordeste desponta


wikimedia.org
como berço de grandes nomes, como
Jorge Amado, Raquel de Queiroz, José
Lins do Rego, José de Alencar, João
Cabral de Melo Neto, Maria Firmina dos
Reis, Graciliano Ramos, Manuel Bandeira,
Gonçalves Dias, Viriato Correia, Ferreira
Gullar, Jarid Arraes e Ariano Suassuna.
Além disso, merece destaque a literatura
de cordel, que está presente na região desde a época da colonização e é apreciada
pela população na sua versão impressa e na tradição oral. Esta última é apresenta-
da por cantadores e/ou emboladores.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 89

SSE_GEO_5F_UN2 89 12/06/2021 11:33:02


ATIVIDADES

1 Escreva um pouco sobre a 4 A culinária nordestina é bem di-


cultura popular nordestina. versificada. Comente um pouco
sobre isso.
Sugestão de resposta: A cultura popular
Na culinária nordestina, há uma grande
da Região Nordeste é resultado da mis-
diversidade de pratos típicos, como baião
cigenação das culturas europeia, africa-
de dois, bobó de camarão, carne de sol,
na e indígena.
bolo de rolo e uma grande variedade de

pratos feitos com milho, coco e mandioca.


2 Como o folclore nordestino se
manifesta?
5 Escreva o nome de algumas perso-
Por meio de muitos elementos, como o nalidades importantes da literatura
do Nordeste.
artesanato, a culinária, as crendices, as

lendas, etc. Jorge Amado, Raquel de Queiroz, José

Lins do Rego, José de Alencar, João

Cabral de Melo Neto, Maria Firmina dos

3 Numere corretamente. Reis, Graciliano Ramos, Manuel Bandeira,

Gonçalves Dias, Viriato Correia, Ferreira


1. Danças
2. Festa Gullar, Jarid Arraes e Ariano Suassuna.
3. Lenda
4. Prato típico 6 Acerca da literatura de cordel, bas-
tante apreciada na cultura nordesti-
1 Xaxado e baião na, responda a questão abaixo.

a. Como pode ser apresentada essa


4 Vatapá
literatura?
Pode ser apresentada na versão impres-
3 Caipora
sa e na tradição oral.
2 Missa do Vaqueiro

90 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 90 19/06/2021 11:36:46


As mudanças provocadas pelo crescimento
das cidades

As metrópoles
Donatas Dabravolskas Photography/stock.adobe.com

Metrópole é uma palavra que tem origem grega na junção de metra (mãe, ventre)
e polis (cidade), que pode se interpretar como cidade-mãe (de outras cidades). Ela
é usada para designar grandes cidades que exercem enorme influência na região em
que estão localizadas.
Região Metropolitana é o conjunto de cidades que são ligadas entre si, seja fisica-
mente, seja pelo fluxo de pessoas, de serviços e de produtos. Elas têm grande impor-
tância econômica, política ou cultural dentro das redes urbanas em que estão inseridas.
Normalmente, encontramos, nas metrópoles, serviços mais especializados,
centros comerciais avançados com produtos mais sofisticados e com infraestrutura
mais desenvolvida. Graças a essa facilidade de serviços, a população da metrópole
é bastante numerosa. Apesar da grande massa de pessoas dentro delas, as metró-
poles também são frequentadas por pessoas que moram em cidades vizinhas, na
área de sua influência. Mesmo sem morar nas metrópoles, essas pessoas trabalham
e resolvem negócios nelas. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
considera que, atualmente, nosso país tem 74 regiões metropolitanas.

A hierarquia urbana

Quanto mais uma cidade oferta bens e serviços, maior sua influência na região em
que está inserida e mais importante ela se torna na rede urbana. Exemplos de ele-
mentos que aumentam a importância de uma cidade nessa rede são grandes univer-
sidades, centros de tecnologia e pesquisa avançados, aeroportos com conexões de
voos para o exterior, etc.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 91

SSE_GEO_5F_UN2 91 12/06/2021 11:33:07


Observe o mapa da hierarquia urbana do Brasil.

740 km

Escala: 1:32.000.000
0 320 740 km

1 cm aprox. 320 km

Nesse conjunto de cidades que formam a rede urbana, estão as que se tornaram
os centros mais importantes do país, graças à sua dominação na circulação de pes-
soas, dinheiro, negócios e produtos diversos. O órgão que determina a hierarquia
urbana é o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
O crescimento populacional traz consigo vários problemas, de origem social, am-
biental e econômica, como, por exemplo, a poluição; os engarrafamentos; a violên-
cia; o desemprego; a desigualdade social; os locais inadequados para habitação; e a
saúde, a educação pública e a infraestrutura deficientes.
Todos esses problemas estão interligados, e, por isso, existe uma necessidade
de implementação de políticas para a solução deles e para melhorar a qualidade de
vida da população das cidades.

92 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 92 28/06/2021 20:18


ATIVIDADES

1 O que é uma região metropolitana?

É o conjunto composto pela metrópole e pelas cidades que ela influencia.

2 Pesquise e escreva brevemente como é a metrópole mais próxima de onde você


vive.
Resposta pessoal

3 Pinte corretamente o mapa da hierarquia urbana do Brasil de acordo com a


legenda.

Metrópole global
Metrópole nacional
Metrópole regional
Centro regional

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 93

SSE_GEO_5F_UN2.indd 93 19/06/2021 11:37:33


4 Pesquise e escreva.

a. Qual é o maior problema da comunidade em que você mora?

Resposta pessoal

b. Para saber quantas pessoas existem em um país, deve ser feito um recenseamento.
Explique, com suas palavras, como ele é feito.

Resposta pessoal

5 Liste alguns problemas que são consequência do crescimento populacional.

Sugestão de resposta: poluição, violência, engarrafamentos, desemprego, desi-

gualdade social, moradias inadequadas e saúde e educação precárias.

6 O crescimento populacional de uma região é sempre positivo? Justifique.

Não, pois o crescimento populacional traz consigo vários problemas, de origem

social, ambiental e econômica, como, por exemplo, a poluição; os engarrafamentos;

a violência; o desemprego; a desigualdade social; os locais inadequados para habi-

tação; e a saúde, a educação pública e a infraestrutura deficientes.

7 Você considera a implementação de políticas públicas uma solução para


melhorar a qualidade de vida da população das cidades? Justifique.
Resposta pessoal

94 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 94 19/06/2021 12:12:59


As transformações dos espaços

Com o decorrer do tempo, os espaços humanos sofrem transformações. Existem


espaços que mudam sem parar, enquanto outros parecem que nunca foram tocados
pela ação do tempo. O que define e motiva essas transformações são as necessi-
dades das pessoas que ocupam esses espaços e promovem as mudanças em um
determinado momento.

O ritmo das mudanças

Nos espaços mais urbanizados, onde há um fluxo diverso de ideias e pessoas,


essas mudanças acontecem com ritmo mais acelerado do que em espaços que são
ligados à tranquilidade da vida no campo. Na cidade, um prédio de apartamentos
que foi construído há dez anos pode ser derrubado amanhã e dar lugar a um shop-
ping novo em folha. Já no campo, um velho casarão do século XIX pode estar com
as mesmas telhas de quando foi construído.

Roman Babakin/stock.adobe.com

Edmund Lowe/stock.adobe.com

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 95

SSE_GEO_5F_UN2 95 12/06/2021 11:33:16


O espaço conta histórias
Observando os espaços e sabendo quem promoveu mudanças neles (e quando
estas aconteceram), podemos entender a história do local: saber como as pessoas
viviam em outros tempos e perceber melhor como é a dinâmica do local nos dias de
hoje. Para fazer essas observações, podemos usar mapas antigos, fotos aéreas ou
de satélite da paisagem e fotografias tiradas pelas pessoas nos locais.
Analisando esses elementos, podemos perceber que a paisagem à qual estamos
acostumados nem sempre era (nem será) igual desde o início: podemos ver que, em
alguns locais, a avenida principal começou como uma estrada de barro, que existia
uma praça onde hoje em dia existe um estacionamento e que mesmo onde está nos-
sa casa era só um terreno vazio.

©Edvania/stock.adobe.com

Os espaços carregam consigo sua história, com suas paisagens naturais, suas
pontes, suas praças, seus lagos, seus rios, seus casarões antigos, suas estações
de trem e seus prédios de apartamentos. Portanto, antes de nos empolgarmos com
a construção de uma nova loja de departamentos ou de um novo cinema, devemos
nos perguntar: o que vai sair para dar espaço a essas novas obras? A cidade precisa
mesmo de mais uma loja? O espaço antigo não pode realmente ser reaproveitado e
usado em favor da sociedade?
Não devemos ficar presos ao passado, negando o presente em detrimento do
futuro e proibindo qualquer mudança nos espaços, porém devemos sempre levar
em consideração que, quando a paisagem local é modificada, destruída ou simples-
mente desprezada, a história ligada a ela corre o risco de desaparecer.

96 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 96 12/06/2021 11:33:23


ATIVIDADES

1 O que define e motiva as transformações que acontecem nos espaços?

O que define e motiva essas transformações são as necessidades das pessoas que

ocupam esses espaços.

2 Responda.

a. Como podemos observar as transformações dos espaços?

Podemos usar mapas antigos, fotos aéreas ou de satélite da paisagem e fotografias

tiradas pelas pessoas nos locais.

b. Essas transformações são sempre positivas? Justifique.

Não, pois quando a paisagem local é modificada, destruída ou simplesmente des-

prezada, a história ligada a ela corre o risco de desaparecer.

3 O que pode servir como ferramenta para entender a história de um local?

Mapas antigos, fotos aéreas ou de satélite da paisagem e fotografias tiradas pelas

pessoas nos locais.

4 Complete o texto corretamente.

história
Os espaços carregam consigo sua ,

paisagens naturais
com suas , suas pontes,

casarões antigos
suas praças, seus lagos, seus rios, seus

prédios
suas estações de trem e seus de apartamentos.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 97

SSE_GEO_5F_UN2.indd 97 28/06/2021 19:20


Os espaços e os modos de vida urbano e rural

Os municípios são bem diferentes entre si, apresentando variadas condições de


vida. Podem estar em uma área urbana ou em uma área rural.
A vida na área interiorana, ou área rural, é bem diferente daquela na área metro-
politana, ou área urbana. Geralmente, em pequenas cidades do interior, instalados
próximos às prefeituras, ficam o posto de saúde, a escola, a igreja, a praça e o cen-
tro comercial. Tudo é muito próximo.
No Brasil, existem cidades na área rural que são grandes e bem desenvolvidas,
mas o que caracteriza a área interiorana é a vida do homem do campo, dedicada ao
trabalho da agricultura e à criação de animais.

Johan Larson/stock.adobe.com

No interior — campo ou área rural —, as pessoas não encontram largas avenidas


nem uma urbanização desenvolvida. Muitas vezes, moram em pequenos povoados
chamados de distritos municipais.
A vida no campo é geralmente calma, e as pessoas têm hábitos mais simples, sem
muita correria ou estresse, costumam acordar muito cedo para o trabalho. Um dos
maiores benefícios é um estilo de vida mais saudável, com o ar puro, principalmente
onde há vegetação alta — árvores preservadas do desmatamento.
Assim como na cidade, as pessoas que vivem no campo aproveitam os domin-
gos e feriados para seu divertimento. O futebol, os passeios, as conversas na praça
principal, as festas culturais ou a visita aos municípios vizinhos são comuns.

98 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 98 19/06/2021 11:42:55


Nas cidades, há um movimento mais intenso, concentrando a maior parte da
população. Em cada cidade, há uma área que centraliza lojas comerciais, bancos,
hotéis, escritórios, igrejas, etc. Essa área é chamada de centro da cidade.
Gubin Yury/stock.adobe.com

Toda cidade conta, além do seu centro, com partes importantes, como os bairros
e o subúrbio. Devido ao fato de muitas pessoas da área rural se deslocarem para as
metrópoles, procurando melhoria de vida, estas se encontram superlotadas, a ponto
de seus moradores enfrentarem sérios problemas, como transporte coletivo defi-
ciente, poluição, violência, falta de moradia e desemprego.
Subúrbios são formados em locais afastados do centro das cidades. Nos subúr-
bios, não só moram as pessoas das comunidades urbanas mais simples ou aquelas
que buscam tranquilidade, mas também pequenos produtores em sítios, granjas e
chácaras, que colaboram com o abastecimento da cidade com seus produtos horti-
frutigranjeiros (verduras, carne, ovos, frutas e leite), cultivados no que chamamos
de cinturão verde.
©tonymonti/stock.adobe.com

Muitos municípios, embora tenham sua pre-


feitura, já se incorporaram às metrópoles. Por
causa dessa junção, criou-se a Região Metropo-
litana — área que comporta a metrópole e as
cidades que a rodeiam. Os grandes centros se
unem não só devido à urbanização, mas tam-
bém em relação ao desenvolvimento social.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 99

SSE_GEO_5F_UN2 99 12/06/2021 11:33:30


São alguns exemplos de grandes centros:

©phaelshoots/stock.adobe.com
São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e
Curitiba.
As metrópoles podem ter diversos tamanhos,
dependendo do número de habitantes, ou seja,
da sua população.
Na metrópole — cidade ou município que
apresenta os equipamentos urbanos mais
modernos, como portos, aeroportos, comércio,
sistema viário — encontram-se, geralmente, as
sedes governamentais, estaduais e municipais.
Paisagem urbana de São Paulo.

As necessidades básicas de uma cidade são de responsabilidade do seu governo.

O número de escolas deve ser coerente com a


Educação
população estudantil.

A população deve ser bem servida para poder se


Transporte locomover de uma área a outra em um tempo ade-
quado.

Devem existir postos de saúde, hospitais, ambula-


Saúde tórios e maternidades que atendam bem ao públi-
co.

A cidade deve possuir saneamento básico com


Rede de água e de esgoto
tratamento dos dejetos.

A área urbana deve contar com parques, quadras e


Lazer pistas para o desporto, jardins zoológicos e botâ-
nicos.

As diversas redes — como correios, telefonia,


Comunicação radiodifusão, teledifusão — devem facilitar a vida
dos moradores.

O policiamento deve ser preparado para assegurar


Segurança
a ordem.

100 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 100 12/06/2021 11:33:34


ATIVIDADES

1 Complete as afirmações a seguir escrevendo informações que as tornem corre-


tas.

a. Os municípios apresentam as mais variadas condições de


vida .

urbanas
Eles se localizam em áreas rurais
e em áreas .

b. é
Cinturão verde a área
suburbana onde se encontram

pequenos produtores em granjas, sítios, chácaras, entre outros.

c. As
plantações abastecimento
do cinturão verde colaboram para o

da cidade com seus produtos


hortifrutigranjeiros (verduras, carne, ovos, frutas e

leite).

d. Região
metropolitana área
é a que comporta a


metrópole e as
cidades que a
rodeiam .

e. Nos
subúrbios , não só moram as pessoas das comunidades urbanas

mais simples ou aquelas que buscam tranquilidade, mas também pequenos

produtores
.

2 Marque, com um x, a área do município onde você mora. Resposta pessoal

Centro da cidade Área rural

Subúrbio Cinturão verde

Área urbana

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 101

SSE_GEO_5F_UN2 101 12/06/2021 11:33:35


3 Escreva o seu endereço completo. Não se esqueça do CEP de seu bairro ou da
sua rua.

Resposta pessoal

4 Escreva o complemento das frases a seguir.

a. O que caracteriza a área interiorana é...

a vida do homem do campo, dedicada ao trabalho da agricultura e à criação de animais.

b. Distrito municipal é...

um pequeno povoado.

c. A vida no campo é...

geralmente calma, as pessoas têm o hábito de acordar muito cedo para o trabalho.

d. Um dos maiores benefícios da vida no campo é...

ter um estilo de vida mais saudável, com o ar puro.

5 A partir de tudo o que você já estudou, faça um relatório sobre a vida metropoli-
tana e a vida interiorana, confrontando os pontos positivos e negativos.
Vida urbana Vida interiorana

Pontos positivos: Pontos positivos:

Resposta pessoal Resposta pessoal

Pontos negativos: Pontos negativos:

Resposta pessoal Resposta pessoal

102 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2 102 12/06/2021 11:33:35


Os problemas da cidade e do campo:
serviços públicos e cidadania

A cidadania está relacionada ao conjunto de direitos e deveres que uma pessoa


tem, ou seja, à ligação entre a pessoa e o governo (Estado). Podemos dizer que uma
pessoa é cidadã quando participa da vida política, econômica e social de um país.
Assim, o governo deve disponibilizar serviços para toda a população. Essa parti-
cipação é muito importante porque é através dela que os cidadãos escolhem quem
fará parte da administração pública, do governo.

PHOTOMORPHIC PTE. LTD./stock.adobe.com


Administração pública é o conjunto de órgãos, serviços e agentes do gover-
no que devem satisfazer as necessidades da sociedade. Alguns exemplos dessas
necessidades são: segurança, saúde, educação e cultura. A administração pública
emprega pessoas — os funcionários, ou servidores públicos — para que eles aten-
dam às pessoas da sociedade da melhor forma possível.
Os servidores, ou funcionários públicos, prestam serviços e atendem à população
pelo governo. Então, serviço público é o conjunto de atividades e serviços disponí-
veis para a população executado pelos servidores públicos e mantido pelo governo.

Outro ponto importante é você saber que os serviços públicos visam ao bem-estar comum
de todas as pessoas da sociedade.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 103

SSE_GEO_5F_UN2 103 12/06/2021 11:33:39


Serviços públicos

O serviço prestado pelos funcionários públicos deve obedecer a alguns princípios:


legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

Legalidade
Significa que tudo o que os funcionários públicos fizerem deve
estar previsto em lei.

Impessoalidade
Refere-se ao fato de que o funcionário público deve prestar um
serviço da mesma forma para todas as pessoas. Não deve existir
diferença no atendimento às pessoas.

Moralidade
Quer dizer que o serviço que um funcionário público prestar
deve ser ético.

Publicidade
É a obrigatoriedade de divulgar os atos administrativos do
governo. Isso é importante para que toda a população tenha
conhecimento do que o governo, que o próprio povo elegeu,
está fazendo.

Eficiência
O Estado deve prestar seus serviços com a maior eficiência pos-
sível. A eficiência requer que o Poder Público se atualize com os
novos processos tecnológicos, de modo que a execução seja mais
proveitosa com o menor custo.

Muitas vezes, há problemas porque as pessoas da sociedade nem sempre fisca-


lizam os atos da administração pública. Então, em muitos casos, acontece desvio de
dinheiro público, mau atendimento às pessoas, entre outros.

104 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 104 19/06/2021 11:46:02


ATIVIDADES

1 Escreva a resposta a cada uma das perguntas a seguir.

a. Podemos dizer que a cidadania é o conjunto de quê?


É o conjunto de direitos e deveres que uma pessoa tem.

b. Quais são os benefícios que a cidadania dá às pessoas de uma sociedade?

Através da cidadania, a população tem direito aos serviços públicos e à participação

na vida política, econômica e social.

c. Quando podemos dizer que uma pessoa é cidadã?

Quando participa da vida coletiva, exerce seus direitos e cumpre seus deveres.

d. Todas as pessoas de uma sociedade são consideradas cidadãs? Explique sua


resposta.
Sugestão de resposta: Sim, pois a cidadania está relacionada ao conjunto de direi-

tos e deveres que uma pessoa tem na sociedade da qual faz parte.

2 Cidadania é a participação do cidadão na vida política, econômica e social.


Pesquise e escreva alguns exemplos de como os cidadãos participam da vida
pública. Elabore cartazes com ilustrações e exponha o resultado da sua pesqui-
sa com uma apresentação para toda a turma.

Resposta pessoal

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 105

SSE_GEO_5F_UN2.indd 105 19/06/2021 11:53:15


Dinâmica para trabalhar o socioemocional

Barco de valores Vivenciando


Primeiramente, os educandos veem um
1 Pensar em todos os benefícios que
mapa do planeta que mostra os oceanos. O
a água lhe proporciona o faz sentir...
educador guia os olhares para observarem
Resposta pessoal
a integração das águas e realiza questões
sobre o que acontece na atualidade com
ela. É importante se lembrar da rede dos
rios que se integram com a maioria desses
mares e como eles se interligam com-
pletamente. Após o diálogo, o educador
distribui papéis e orienta os educandos
para a construção de um barquinho. De-
pois de pronto, o educador explica que
esse barquinho passará por todas essas
águas e levará mensagens positivas para
as pessoas sobre a importância de agra- 2 Das mensagens que escreveram
decer às águas. Pede que escrevam, no para a água, de qual você mais
barquinho, algumas frases que façam as gostou?
pessoas refletirem e também agradecerem
às águas. Após a escrita, solicita que todos Resposta pessoal
se levantem e coloquem seu barquinho
na mão, como se estivessem navegando,
movimentando a mão em várias direções.
O educador esclarece que eles irão andar
pela sala mostrando seu barco navegando
e, quando for dado um sinal, eles param
em frente a um colega para ler as frases do
barco. Dá o sinal, e eles andam; outro sinal
é dado para eles pararem e lerem o que
está escrito no barco do colega. Segue a
atividade, pedindo para pararem algumas
vezes. Por fim, convida-os para ficarem em
círculo e falarem o que mais leram e qual o
aprendizado que tiveram nessas leituras. 3 Elabore um cartaz com atitudes
de preservação da água. Depois,
WENDELL, Ney. Praticando a gratidão em sala de apresente-o para toda a turma.
aula. Recife: Prazer de Ler, 2015. Resposta pessoal

106 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN2.indd 106 29/06/2021 13:42


©InsideCreativeHouse/stock.adobe.com

CAPÍTULO
3
SSE_GEO_5F_UN3.indd 107 12/06/2021 11:37:41
A Região Sul

A Região Sul ocupa a menor área do território brasileiro. Seu território corresponde
a cerca de 6,75% e é dividido por apenas três estados.

História da formação da Região Sul

Os primeiros habitantes da Região Sul foram os indígenas. Posteriormente, vieram os padres


jesuítas espanhóis para catequizá-los. Esses religiosos fundaram aldeias, denominadas missões,
ou reduções. Os indígenas que habitavam as missões criavam gado, ou seja, dedicavam-se à
pecuária, trabalhavam na agricultura e aprendiam ofícios.
Embora os indígenas tenham sido os primeiros habitantes, hoje constituem uma parcela
muito pequena da população.
Os bandeirantes paulistas atacaram as missões para aprisionar os indígenas. Com isso,
os padres jesuítas e os indígenas abandonaram o local, e o gado ficou solto pelos campos.
Muitos paulistas foram, aos poucos, fixando-se no litoral de Santa Catarina. Eles fundaram as
primeiras vilas no litoral.
Os paulistas se interessaram, também, pelo comércio do gado. Os tropeiros, isto é, os co-
merciantes de gado, reuniam o gado espalhado pelos campos. Eles levavam os animais para
vender nas feiras de gado em Sorocaba. No caminho por onde as tropas passavam, surgiram
povoados. Os tropeiros também organizaram as primeiras estâncias, ou seja, fazendas de
criação de gado.
Para defender as estâncias que tinham sido criadas, o governo português mandou cons-
truir fortes militares na região. Em volta dos fortes, surgiram povoados. Durante muitos anos,
os portugueses e os espanhóis lutaram pela posse de terras do Sul. As brigas continuaram e
apenas foram resolvidas com a assinatura de tratados. Esses tratados determinaram os limites
das terras localizadas no Sul do Brasil.
A população da Região Sul aumentou muito com a chegada dos primeiros imigrantes
europeus, entre 1850 e 1930. Os primeiros foram os açorianos, depois vieram os alemães,
italianos, poloneses, ucranianos, entre outros. Foram atraídos devido às vantagens ofereci-
das pelo governo da época, como doação de terras, e por causa da semelhança do clima da
Região com o da Europa.
A história da Região Sul é marcada por uma grande imigração europeia, pela Guerra dos
Farrapos, também chamada de Revolução Farroupilha, e, depois, pela Revolução Federalis-
ta, sendo o seu principal evento o Cerco da Lapa.
Os imigrantes fundaram colônias que se tornaram cidades importantes. As terras do norte e
oeste do Paraná e do oeste de Santa Catarina foram as últimas regiões a serem povoadas. O nor-
te do Paraná foi povoado com a criação de colônias agrícolas financiadas por uma companhia
inglesa. Pessoas de outros estados do Brasil e de mais de 40 países vieram para a região trabalhar
como colonos no plantio de café e de cereais.
No oeste catarinense, desenvolveram-se a pecuária e a exploração da erva-mate e da madeira.

108 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 108 28/06/2021 17:28:18


Os aspectos físicos da Região Sul

Relevo

O relevo da Região Sul é bem diversi-

©Nido Huebl/stock.adobe.com
ficado. Predominam áreas de planalto,
com destaque para os planaltos e as
serras do Leste-Sudeste, os planaltos e
as chapadas da Bacia do Paraná e o Pla-
nalto Sul-Rio-Grandense, onde são en-
contradas elevadas serras se estenden-
do por grande parte de Santa Catarina e
do Paraná e pelo Norte do Rio Grande do
Sul, como a Serra do Mar e a Serra Geral.
Ao Sul, apresentam-se serras de me-
nor altitude e também largas planícies.
Nessa parte, localizam-se os chamados
pampas, que são caracterizados pela
presença de colinas suaves, cobertas
por vegetações rasteiras. Serra Gaúcha/RS.

A Região Sul apresenta ainda duas depressões principais: a Depressão Periférica


da Borda Leste da Bacia do Paraná e a Depressão Periférica Sul-Rio-Grandense.
É possível observar, também, em menor quantidade, a presença de planícies
litorâneas no Rio Grande do Sul, como a planície da Laguna dos Patos e a planície da
Lagoa Mirim, que formam uma paisagem bastante homogênea.

Scheridon / Wikimedia Commons


Arroio do Padre,
Rio Grande do Sul.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 109

SSE_GEO_5F_UN3.indd 109 29/06/2021 13:46:34


Clima

Quanto ao clima, a Região Sul é a única que apresenta o clima subtropical, por
estar abaixo do Trópico de Capricórnio, com a característica de ser superúmido e
sem seca, por causa da influência do movimento dos ventos e da maritimidade, que
distribuem, de forma regular e em toda a região, as chuvas que abastecem suas
bacias hidrográficas. Por isso, as estações do ano são quase totalmente definidas,
com temperaturas médias entre 10 °C e 15 °C. É a única região onde é possível nevar
no Brasil durante o inverno, havendo também a presença das geadas. Isso ocorre
porque a temperatura também é influenciada pelos ventos: no verão, são originários
do Sudeste e, por serem mais quentes, provocam calor seguido de chuvas fortes;
no inverno, vêm de frentes frias com massas de ar oriundas do Polo Sul e, por serem
frios, provocam a queda da temperatura seguida de geadas e neve.

Hidrografia

A característica mais marcante da hidrografia da Região Sul é a forte presença de lagos


e lagoas, sendo a maior delas a Lagoa dos Patos, que recebe as águas do Rio Guaíba.
As principais bacias hidrográficas da Região Sul são as dos rios Paraná e Uruguai e as
bacias do Sul-Sudeste, formadas por um conjunto de pequenas bacias independentes.
Por causa do relevo, que diminui de altitude na direção Leste-Oeste, grande parte dos
rios da Bacia do Prata segue essa direção em seu percurso. Já os rios que compõem as
bacias costeiras do Sul fazem percurso semelhante ao dos demais rios brasileiros, na
direção Oeste-Leste.

Vegetação

A vegetação da Região Sul é bem variada.


Nas áreas mais elevadas, predomina a Mata de Araucárias, ou Mata dos Pinhais.
Essa mata foi muito devastada, principalmente por causa do desenvolvimento da
agricultura e da indústria madeireira.
©Jair/stock.adobe.com

110 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3 110 29/06/2021 17:20:17


No litoral e na Serra do Mar, encontramos áreas de Mata Atlântica. A vegetação
costeira é composta por mangues e restingas.

©Ronaldo Almeida/stock.adobe.com
Mata Atlântica.

Outro tipo de vegetação bastante encontrado na região é formado pelos Campos,


conhecidos como Pampas, caracterizados pela vegetação de gramíneas, formada
por ervas e plantas rasteiras.
Os Campos se estendem, em grande parte, pelo território do Rio Grande do Sul.
Sua vegetação é rasteira e com pequenas árvores. Essa região onde predominam os
campos é conhecida como Pampas gaúchos, ou Campanha gaúcha.
A prática das atividades agrícola e pecuária prejudica o meio ambiente, então
devem ser feitas de maneira sustentável.
O desmatamento torna o solo pobre, ocorrendo a erosão e o desaparecimento da
vegetação original.

©Celli07/stock.adobe.com

Pampa gaúcho.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 111

SSE_GEO_5F_UN3.indd 111 12/06/2021 11:37:47


Paisagens da Região Sul

A imigração europeia durante o século XX influenciou a arquitetura de vilas e cidades.


As serras catarinense e gaúcha possuem paisagens especiais que são muito visitadas
durante o inverno por sua beleza, como as das cidades de Gramado e de Canela.
Mundo a Vapor / wikipedia.org

©Marcus Sulista/stock.adobe.com
Museu Mundo a Vapor — Canela/RS. Igreja de São Pedro — Gramado/RS.

No verão, as temperaturas são elevadas, o que atrai o público às praias do Paraná,


de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.
Outra beleza natural, considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, são
as Cataratas de Foz do Iguaçu, que atraem turistas do Brasil e do mundo.
©Jair/stock.adobe.com

©Nido Huebl/stock.adobe.com

Ilha do Mel - Paraná. Cataratas de Foz do Iguaçu.

112 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 112 18/06/2021 19:20:01


Demografia da Região Sul

A Região Sul é a menor das regiões do Brasil. Sua área é de 576.774,31 Km2, maior
que a França, mas menor do que o Estado do Amazonas (Norte) e o de Mato Grosso
(Centro-Oeste). Segundo o IBGE (2019), sua densidade demográfica é de, aproxi-
madamente, 53,19 hab./Km2. Com uma população de 29.975.984 habitantes, estan-
do entre as três mais populosas do Brasil, é superada apenas pelas regiões Sudeste
e Nordeste e tem um crescimento demográfico de 1% ao ano. Comparando-a com
outras regiões, tem cerca do dobro de habitantes das regiões Norte e Centro-Oeste.
As terras que hoje pertencem à Região Sul do Brasil eram habitadas por diferen-
tes povos indígenas. Posteriormente, espanhóis e portugueses passaram a disputar
o espaço da Região. Outros imigrantes também a povoaram. Os que mais se desta-
caram foram os alemães, que se instalaram no Norte e Nordeste do Estado de Santa
Catarina, em Curitiba, no Norte e Oeste do Paraná e em locais específicos do Rio
Grande do Sul. Já os italianos se instalaram, principalmente, na Serra Gaúcha e no
Sul de Santa Catarina e introduziram as lavouras de uva e a consequente produção
de vinho.
Entretanto, é comum a presença de árabes, poloneses, ucranianos, russos, entre
outros. Por isso, os brancos são maioria no Sul, aproximadamente 79,6% da população.
Um dos fatores que colaboraram para a concentração da imigração europeia na
região foi a necessidade de mão de obra nas diversas lavouras.
Um dado interessante é que a população da Região Sul apresenta maior índice de
alfabetização: quase 95%. Esse índice explica, em parte, seu bom desenvolvimen-
to econômico, pois a população escolarizada tem melhores condições de trabalho.
Portanto, as zonas urbana e rural são bem desenvolvidas em toda a região, embora
haja menor quantidade de pessoas nas regiões da campanha gaúcha, onde a ativi-
dade econômica principal é a pecuária, que emprega poucas pessoas. Além disso,
há o emprego de tecnologia e mecanização na agricultura e na pecuária. Esse fato
faz com que haja miséria e pobreza nas cidades da área, mesmo sendo um local que
apresenta bons índices de desenvolvimento humano.
©pikselstock/stock.adobe.com

Outro dado interessante é que o Sul


apresenta a maior expectativa de vida
do Brasil, ou seja, as pessoas da Região
apresentam longevidade maior que a
das pessoas de outras regiões.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 113

SSE_GEO_5F_UN3.indd 113 12/06/2021 11:37:52


ATIVIDADES

1 Complete a tabela a seguir com as informações solicitadas sobre a Região Sul.

Estado Sigla Capital


Paraná PR Curitiba

Santa Catarina SC Florianópolis

Rio Grande do Sul RS Porto Alegre

2 Sublinhe as frases corretas.

a. A Região Sul é a menor em extensão territorial.

b. A Região Sul é formada por quatro estados.

c. Indígenas, negros e mestiços constituem uma pequena parte da população da Região.

Agora, reescreva a frase incorreta, tornando-a correta.

A Região Sul é formada por três estados.

3 Complete o mapa abaixo com o


nome dos estados da Região Sul Paraná

e suas respectivas capitais. Pinte Curitiba


cada estado de uma cor diferente.

Santa Catarina
Florianópolis
Rio Grande
do Sul
Porto Alegre

114 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 114 12/06/2021 11:37:53


4 Complete as informações abaixo.

a. A Região Sul faz fronteira com o Uruguai ao Sul e com a


Argentina eo Paraguai , ao Oeste.

b. Ela é composta por três estados: Paraná , Santa Catarina e


Rio Grande do Sul .

c. A Região Sul é a única do Brasil que se localiza na Zona Temperada .

d. Os rios Paraná e Uruguai são os mais extensos da


Região Sul.

5 Por que o índice de alfabetização da Região Sul favorece o seu desenvolvimento


econômico?

Porque a população escolarizada tem melhores condições de trabalho.

6 Marque, com um x, as afirmativas corretas.

Os padres jesuítas alemães catequizaram os indígenas e fundaram as aldeias


denominadas missões.

X Os bandeirantes paulistas aprisionaram indígenas e se fixaram no litoral, fundando


as primeiras vilas.

X Os tropeiros, comerciantes de gado, organizaram as primeiras fazendas de


criação de gado.

X Os imigrantes europeus foram atraídos para a região, devido às vantagens ofe-


recidas pelo governo e, também, pelo fato de o clima ser muito parecido com o
da Europa.
Agora, reescreva as frases incorretas, tornando-as corretas.

Os padres jesuítas espanhóis catequizaram os indígenas e fundaram aldeias deno-

minadas missões.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 115

SSE_GEO_5F_UN3.indd 115 12/06/2021 11:37:53


A economia da Região Sul

A sua ocupação teve por base a agricultura

©Zé Paiva/stock.adobe.com
em pequenas propriedades rurais e a policultura,
isto é, o cultivo de vários produtos agrícolas em
uma mesma propriedade.
Mesmo sendo a menor região do País, o Sul é
uma das mais industrializadas, sendo os pro-
dutos agropecuários — carne e laticínios — e
vinícolas os principais. Além dessas atividades,
destacam-se as indústrias de confecção de
roupas e calçados. É, por isso, considerada uma
das regiões mais ricas do Brasil, ficando atrás
apenas da Região Sudeste. A atividade econô-
mica é bem variada.

Extrativismo

O extrativismo, mesmo não sendo a principal atividade econômica, é bastante


significativo em todas as suas categorias: vegetal, animal e mineral. No extrativismo
vegetal, as árvores, obtidas principalmente da Mata de Araucárias, são empregadas
nas indústrias, como o pinheiro-do-paraná e a imbuia, que são utilizados na fabri-
cação de móveis; a erva-mate, no consumo do chimarrão; e outras espécies, para a
produção de papel e celulose.
A pesca de camarão, tainha e sardinha e a extração de carvão mineral também são
de grande importância para a economia da região. O produto da pesca dá uma ideia do
tamanho da indústria extrativa animal: chega a 25% de toda a produção nacional.

Agricultura

A agricultura é bastante diversificada, moderna e mecanizada. Entre os cultivos mais


importantes, destacamos a soja, o arroz, o milho e o trigo. Dada a grande diversidade de
cultivos, a Região Sul é, muitas vezes, chamada de celeiro agrícola do Brasil.
A agricultura é praticada especialmente em pequenas e médias propriedades
familiares. As formas de cultivo mais comuns são a monocultura comercial e a poli-
cultura de subsistência, sendo as plantações de milho, aveia, feijão, cebola, maçã,
arroz e cevada responsáveis por boa parte da fonte de renda da região.

116 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 116 12/06/2021 11:37:54


Pecuária

A pecuária é uma atividade muito significativa,

©ROBERT NAPIORKOWSKI/stock.adobe.com
sendo os rebanhos bovinos e ovinos os mais nu-
merosos. Há as criações extensiva e intensiva; no
Rio Grande do Sul, predomina a pecuária extensiva,
dada a presença da campanha gaúcha, que é uma
mesorregião excelente para a pastagem de animais
destinados ao corte; mas também há as criações
intensivas, quando os animais se destinam ao for-
necimento de leite. No Paraná, um rebanho bem
expressivo é o suíno; e, em Santa Catarina, as cria-
ções de ostra, mexilhão e camarão são abundantes.

Indústria

As atividades industriais da Região Sul também são bem expressivas: grande


número de trabalhadores, diversidade de indústrias, facilidade de obtenção de
energia, oferta de matéria-prima, boa rede de transportes e mercado consumidor
com poder de compra. As indústrias se localizam, em geral, próximo aos locais da
matéria-prima que utilizam, por exemplo: as indústrias madeireiras estão perto da
Mata de Araucárias; os frigoríficos e as indústrias de laticínios, dos criadouros; e as
indústrias de alimentos, das plantações. As indústrias mais fortes são as que estão
ligadas às atividades de agricultura e pecuária; cidades como Londrina e Maringá são,
inclusive, as maiores representantes do título de “celeiro do Brasil”, por possuírem a
maior produção de grãos do País.
©Tyler Olson/stock.adobe.com

©nito/stock.adobe.com

As indústrias siderúrgicas utilizam o carvão mi-


Os frigoríficos ficam próximo aos criadouros.
neral para o funcionamento dos altos-fornos.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 117

SSE_GEO_5F_UN3.indd 117 12/06/2021 11:37:57


Comércio e prestação de serviços

O turismo também faz parte das atividades econômicas da região. Durante o ve-
rão, as praias do litoral catarinense e paranaense recebem turistas de todo o Brasil
e estrangeiros. Pontos turísticos que se destacam são as Cataratas de Foz do Igua-
çu, em Foz do Iguaçu, Paraná; e, no Rio Grande do Sul, a Região Serrana, onde, no
inverno, chega a nevar.
©Nido Huebl/stock.adobe.com

©Zig Koch/stock.adobe.com
Parque Nacional do Iguaçu/PR. Joinville/SC.
©Zig Koch/stock.adobe.com

©diegograndi/stock.adobe.com

Parque Estadual de Vila Velha -


Gramado/RS.
Ponta Grossa/PR.

118 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 118 12/06/2021 11:38:00


ATIVIDADES

1 Na imagem a seguir, temos os dois tipos de vegetação que predominam na Região


Sul. Marque de acordo com a legenda.

1. Mata de Araucárias 2. Campos


©gustavofrazao/stock.adobe.com

©Nido Huebl/stock.adobe.com
2 1

Agora, preencha a tabela.

Vegetação Localização

Mata de Araucárias Paraná e Santa Catarina

Campos Rio Grande do Sul

2 Observe algumas belezas da Região Sul, pesquise e escreva o nome delas.


©Pedro Turrini Neto/stock.adobe.com

©Nido Huebl/stock.adobe.com

Gramado Cataratas de Foz do Iguaçu

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 119

SSE_GEO_5F_UN3.indd 119 18/06/2021 19:26:06


3 Que tipo de agricultura é predominante na Região Sul?

Policultura de subsistência e monocultura comercial.

4 Quais os principais produtos e atividades econômicas da Região Sul?

Os principais produtos são os agropecuários – carne e laticínios – e vinícolas, além

das indústrias de confecção de roupas e calçados.

5 Cite pontos turísticos da Região Sul.

Sugestão de resposta: Cataratas de Foz do Iguaçu, Gramado, serras catarinense e

gaúcha, Museu Mundo a Vapor, em Canela, as praias da região, etc.

6 Pesquise e cite os produtos da Região Sul:

De exportação

Carne, lã, madeira, celulose, carvão, cereais, têxteis e alimentos.

De importação

Máquinas, acessórios industriais, veículos, produtos químicos e hospitalares.

120 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 120 28/06/2021 17:28:40


A cultura da Região Sul

A cultura da Região Sul foi e ainda é muito influenciada pelas tradições dos imi-
grantes que ocuparam o território. Além disso, tem-se bastante contato com argen-
tinos e uruguaios, devido às fronteiras. Esse fato torna a região muito rica e diversi-
ficada no que se refere a vestuário, culinária, literatura e dança.
Os alemães ocuparam, principalmente, os estados de Santa Catarina e do Rio
Grande do Sul. Eles fundaram importantes cidades, como Blumenau, Pomerode,
Itajaí, Brusque e Joinville.
Outros imigrantes que chegaram à Região Sul foram os italianos. Eles se dirigiram
principalmente para o Rio Grande do Sul e fundaram cidades, como Garibaldi, Bento
Gonçalves e Caxias do Sul.
Há ainda a presença de imigrantes ucranianos, russos e poloneses.
Kociolek / wikipedia.org

Família de imigrantes ucranianos no Brasil, em 1891.


Domínio público

Imigrantes italianos.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 121

SSE_GEO_5F_UN3.indd 121 12/06/2021 11:38:04


Os gaúchos dos Pampas ou das cidades não dispensaram a bombacha, o lenço
e o poncho, peças de roupas típicas europeias. Não se pode esquecer do chimarrão
(bebida típica) e do churrasco.
A maioria das danças gaúchas é de origem portuguesa, mas se destacam também
as danças espanholas. Podemos citar algumas: o anu; o balaio; o chico sapateado,
ou chiquinho; a chimarrita; o xote de duas damas, entre outras.
Os indígenas também contribuíram para a cultura da Região Sul, podemos citar o
hábito de consumir ervas, milho, mandioca, fumo e mel.
Os africanos deixaram como herança a feijoada, suas danças e ritos.
Os tropeiros, homens que conduziam tropas de mulas transportando vários pro-
dutos para serem comercializados, influenciaram no consumo do chimarrão, do café
e do feijão-tropeiro.

Duas festas importantes são comemoradas no Rio Grande do Sul:


Ricardo André Frantz / wikipedia.org

Reprodução
A Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, em
que centenas de barcos e muitos fiéis devotos A Festa da Uva, tradição de antepassados,
participam da procissão fluvial; é também cha- em Caxias do Sul.
mada pelo povo de Festa da Melancia.

As danças tradicionais do Paraná são:


Reprodução

Reprodução

Quebra-mana
Fandango.
(mistura de valsa e sapateados).

122 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 122 12/06/2021 11:38:05


Na culinária, destacamos: o pirão de peixe, o camarão, a marreca, o pão alemão
de milho e o churrasco.
©Nelea Reazanteva/stock.adobe.com

©AGPhotography/stock.adobe.com

©Alexander Raths/stock.adobe.com

No folclore, as lendas mais conhecidas são: Negrinho do Pastoreio, Boitatá,


Curupira, Gralha-azul, Fonte dos Amores, Virgem Aparecida, Itararé, Sepé Tiaraju,
Boiguaçu; enfim, lendas, em geral, relacionadas às matas.
Os tipos característicos mais comuns são: o coletor de erva-mate e uva; o nativo
descendente das missões indígenas; o madeireiro, que extrai a madeira, princi-
palmente da Mata de Araucárias; o pescador, que mora no litoral; e, em especial, o
agricultor, que cuida da propriedade da família.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 123

SSE_GEO_5F_UN3.indd 123 12/06/2021 11:38:08


Santa Catarina recebeu grande influência dos colonos italianos e alemães. Nessa
região, há uma grande quantidade de casas com arquitetura tipicamente europeia.
©SANDRO SALOMON/stock.adobe.com

©SANDRO SALOMON/stock.adobe.com
Alguns eventos conhecidos são: o Boi de Mamão, o Boi na Vara e a Oktoberfest,
conhecida como a Festa da Cerveja.

W.Feistler/wikipedia.org
André Ganzarolli Martins/wikipedia.org

124 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 124 28/06/2021 17:28:49


ATIVIDADES

1 Complete as lacunas com informações sobre a cultura da Região Sul.

a. A cultura da Região Sul foi e ainda é muito in-

fluenciada pelas tradições dos imigrantes que ocuparam o território.

b. Também é influenciada por ter bastante contato com argentinos e

uruguaios , devido às fronteiras.

c. Esse fato a torna rica e diversificada .

d. Há influência europeia no vestuário , na culinária , na

literatura e na dança .

2 Marque, dentre as construções a seguir, aquela que corresponde à construção


com referências europeias na Região Sul.

©diegograndi/stock.adobe.com ©Leo Souza/stock.adobe.com ©Paulo Nabas/stock.adobe.com

3 Escreva o nome de algumas nacionalidades de imigrantes que contribuíram


para a formação da cultura da Região Sul.

portugueses italianos alemães

russos ucranianos poloneses

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 125

SSE_GEO_5F_UN3.indd 125 28/06/2021 17:28:52


4 Pesquise e cite algumas características da Região Sul preenchendo a tabela
abaixo. Sugestão de resposta:

FESTAS POPULARES
DANÇA BEBIDA
E CULTOS

Festa da Uva,
Cateterê, chimarrita, Oktoberfest, Festa de
Chimarrão, vinho
jardineira, etc. Nossa Senhora dos
Navegantes, etc.

LENDAS PRATOS TÍPICOS ARTESANATO

Boitatá, Negrinho Churrasco, arroz


Rendas, trançado
do Pastoreio, de carreteiro,
de vime, etc.
Curupira, etc. barreado, etc.

5 Numere a 2a coluna de acordo com a 1a.

1. Bebida típica 3 Arroz de carreteiro

2. Festa popular
1 Chimarrão

3. Prato típico
2 Festa da Uva

3 Churrasco

2 Fandango

126 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 126 29/06/2021 13:46:34


6 Pesquise e responda.

a. Qual é a bebida muito comum na culinária da Região Sul?

É a bebida conhecida como chimarrão.

b. Qual é a comida mais apreciada na Região?

É o churrasco.

c. Como ele é preparado?

É preparado apenas com carne e sal.

7 Escreva algumas contribuições deixadas pelos:

indígenas O hábito de consumir ervas, milho, mandioca, fumo e mel.

tropeiros O chimarrão, o café e o feijão-tropeiro.

africanos A feijoada, a cachaça, suas danças e seus ritos.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 127

SSE_GEO_5F_UN3 127 29/06/2021 17:20:17


A Região Sudeste

A Região Sudeste é formada por quatro estados, ocupando 11% do território brasileiro.
É a região mais populosa e é também a mais desenvolvida economicamente do País.
Sua divisão política é composta pelos estados de Minas Gerais (MG), do Espírito
Santo (ES), de São Paulo (SP) e do Rio de Janeiro (RJ).

Avenida Ipiranga, República, São Paulo. Cristo Redentor, Rio de Janeiro.

Fotos: ©VictorAbreu, @nevin, @Maarten Zeehandelaar/stock.adobe.com


A Região Sudeste tem como limites:
ao Norte, o Estado da Bahia; a Leste, o
Oceano Atlântico; a Oeste, os estados
de Goiás e do Mato Grosso do Sul; e, ao
Sul, o Estado do Paraná. Assim, pode-
mos perceber que os limites da Região
Sudeste (Norte: Região Nordeste; Sul:
Região Sul; e Oeste: Região Centro-
-Oeste) fazem dela uma região de tran-
sição entre a Região Nordeste e a Região
Sul.
Cidade colonial de Ouro Preto em Minas Gerais.

128 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3 128 29/06/2021 17:20:20


O processo de desenvolvimento econômico da região trouxe melhores condições
de vida para uma parte da população. Por outro lado, também gerou problemas eco-
nômicos e sociais, tais como: crescimento de comunidades, aumento de casos de
violência e da insegurança, falta de assistência médica de qualidade nos hospitais
públicos e falta de moradia, o que aumentou o número de pessoas sem-teto, e a
deficiência na qualidade da educação pública.

©Copyright by Vadim Nefedov/stock.adobe.com


História da formação da Região Sudeste

O povoamento da Região Sudeste teve início com a fundação da Vila de São Vi-
cente, no século XVII, por jesuítas espanhóis; com os indígenas, que já habitavam a
região, deu-se um processo de miscigenação, que só aumentou quando da chegada
do negro africano ao País para trabalhar como escravo nas plantações, no início,
de cana-de-açúcar e, mais tarde, de café. O fenômeno das bandeiras, na região de
São Paulo, assim como o ciclo do ouro, na região de Minas Gerais, aumentou o fluxo
de migrantes para o Sudeste.
Anos depois, com a Lei Eusébio de Queirós proibindo a entrada de escravos no
Brasil, em 1850, houve uma grande necessidade de mão de obra nas fazendas de
café. Esse acontecimento foi responsável pela vinda dos imigrantes italianos, espa-
nhóis e alemães.
Em seguida, vieram os libaneses, os sírios e os japoneses. Mais recentemente,
chegaram os chineses e os coreanos.
Com tanto fluxo de imigrantes, a região possui diversificadas misturas culturais
na culinária, nas festas típicas, na religiosidade, entre outros.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 129

SSE_GEO_5F_UN3.indd 129 18/06/2021 19:59:15


©Manuel/stock.adobe.com
Como você pôde perceber ao lado,
a foto representa o bairro que é con-
siderado o maior reduto da comuni-
dade japonesa fora do Japão: o bairro
da Liberdade, em São Paulo/SP. O
bairro oferece, a quem aprecia a sua
cultura, uma ambientação típica ao
ar livre, arquitetura colorida, alegre e
uma deliciosa gastronomia.

Aspectos físicos da Região Sudeste

Relevo

O relevo da Região Sudeste é bastante diversificado. Os planaltos, as serras e as


chapadas constituem sua maior parte, sendo os mais importantes os planaltos e as
serras de Leste-Sudeste, onde estão localizadas as Serras do Mar, da Mantiqueira e
do Espinhaço; e os planaltos e as chapadas da Bacia do Paraná. Também são en-
contradas depressões em toda a Região, com destaque para a Depressão Sertaneja
e a do São Francisco, em Minas Gerais. Nesse local, as chapadas do Rio São Fran-
cisco enriquecem ainda mais a paisagem.
É possível observar a presença de planícies litorâneas e interioranas, além de
tabuleiros costeiros.
Essas planícies são comumente chamadas de baixadas, como a Baixada Flumi-
nense, no Rio de Janeiro.
©JCLobo/stock.adobe.com

Serra da Mantiqueira.

130 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 130 29/06/2021 13:46:35


Clima

Os climas predominantes são o tropical e o tropical de altitude, embora variem


quanto à temperatura (entre quente e subquente) e à umidade (entre semiúmido e
superúmido). Porém a parte mais ao Sul da região apresenta o clima subtropical,
pois está abaixo do Trópico de Capricórnio, e o Norte de Minas Gerais apresenta o
clima semiárido.
A característica mais marcante dos climas da Região Sudeste é a forte influên-
cia do relevo na temperatura e nas chuvas. As áreas mais baixas, próximo ao lito-
ral, possuem temperaturas mais altas, enquanto as áreas com relevo mais elevado
apresentam temperaturas mais baixas. O relevo é responsável ainda pelas chama-
das chuvas orográficas, que ocorrem quando os ventos marítimos tentam ultrapas-
sar relevos elevados, que formam barreiras. Esses ventos se resfriam, condensam e
se precipitam em forma de chuva.

©gustavofrazao/stock.adobe.com
Praia da Cocanha, Caraguatatuba/SP.

Hidrografia

Os recursos hidrográficos da Região


©art_rich/stock.adobe.com
Sudeste são, basicamente, os rios de
planalto — normalmente com cachoei-
ras, o que dá grandes possibilidades de
aproveitamento energético, embora di-
ficulte a navegação. Presentes em toda
a parte, os rios compõem as diversas
bacias hidrográficas e fazem com que
a Região tenha grande potencial para o
aproveitamento hidrelétrico. Dentre as
suas bacias hidrográficas, destacamos a
Bacia do Paraná, a do São Francisco e as
Bacias do Leste-Sudeste-Sul.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 131

SSE_GEO_5F_UN3.indd 131 18/06/2021 20:06:16


Vegetação

A vegetação nativa do litoral é a Mata Atlântica. Já em Minas Gerais, predominam


o Cerrado e a Caatinga (esta se encontra mais ao Norte do Estado).
©ericatarina/stock.adobe.com

©Leonidas/stock.adobe.com
Parque Estadual PETAR, Alto Ribeira/SP. Serra da Mantiqueira/SP-MG-RJ.

Vegetação natural

As vegetações predominantes da Região Sudeste são o Cerrado e a Mata Atlânti-


ca. O Cerrado está presente nos estados de São Paulo e de Minas Gerais. Já a Mata
Atlântica se encontra em áreas litorâneas.
Os manguezais também se encontram no litoral, na área de contato entre a água
doce dos rios e a água salgada do mar, como o manguezal da praia da Costa das
Algas, em Santa Cruz, no Espírito Santo.
A vegetação nativa do Sudeste sofre intensa intervenção humana. Originalmente,
o Sudeste apresentava extensas formações vegetais. Com a intensa ocupação da
Região, as florestas foram devastadas, e, hoje, os principais trechos preservados
estão localizados nas encostas da Serra do Mar e da Serra da Mantiqueira.
©daboost/stock.adobe.com

132 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 132 12/06/2021 11:38:24


Demografia da Região Sudeste

A Região Sudeste é a mais populosa do País. Além disso, é a mais urbanizada


e mais povoada, com uma alta densidade demográfica, que pode ser atribuída ao
fato histórico de ter recebido inúmeros imigrantes, tanto de outras regiões do Bra-
sil como vindos de outros países. Segundo o censo de 2010, realizado pelo IBGE,
os maiores centros urbanos e industriais do Brasil estão no Sudeste. É onde vivem,
aproximadamente, 80 milhões de pessoas.

©Cleber/stock.adobe.com

Grande parte da população do Sudeste se concentra em São Paulo. No seu in-


terior, a maior concentração ocorre no Triângulo Mineiro e no Noroeste do estado
de São Paulo, onde estão localizadas duas importantes cidades, respectivamente
Uberlândia e Ribeirão Preto.
Nessa Região, são localizadas três grandes metrópoles brasileiras: São Paulo
(a cidade mais rica do País), Rio de Janeiro e Belo Horizonte. São cidades que ofe-
recem boa infraestrutura para receber empresas e indústrias. As cidades de São
Paulo e Rio de Janeiro são consideradas metrópoles globais, por terem expressiva
influência econômica.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 133

SSE_GEO_5F_UN3.indd 133 12/06/2021 11:38:26


Entre 1940 e 1950, a industrialização da Região Sudeste se desenvolveu de forma
expressiva, contribuindo para o surgimento de empresas públicas e privadas pro-
dutoras de matérias-primas — energia elétrica, aço e combustível — e de bens de
consumo, como indústrias que confeccionam produtos diretamente para o mercado
consumidor (veículos e eletrodomésticos). Esse crescimento atraiu a população do
campo, que procurava melhores condições de vida, além de migrantes de todo o
restante do País. Esse fenômeno migratório de grande fluxo é conhecido como êxo-
do rural e ajudou a compor a população da região.
A maioria dos migrantes era de camponeses que não podiam comprar a sua pró-
pria terra. Eles vinham na esperança de trabalhar nas indústrias e nas atividades de
comércio e de prestação de serviços, que se desenvolviam rapidamente nas cidades
do Sudeste, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro. Alguns imigrantes
chegaram a construir territórios onde há a presença maciça de pessoas do seu país
de origem, como a cidade de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, fundada pelos suí-
ços; os bairros, em São Paulo, da Liberdade, ocupado pelos japoneses, e do Bixiga,
ocupado pelos italianos; e o interior do Espírito Santo e a região de Petrópolis, no
Rio de Janeiro, onde os alemães se instalaram. Além desses, outros estrangeiros
também fizeram história no Brasil: espanhóis, andaluzes, libaneses, sírios, etc.
Hoje, os fluxos migratórios para o Sudeste já não ocorrem tão intensamente, pois
a região é incapaz de absorver todos os trabalhadores que se deslocam para lá.
Assim, novas possibilidades econômicas têm sido procuradas em outras regiões do
Brasil, com destaque para a Centro-Oeste.

©marchello74/stock.adobe.com ©Donatas Dabravolskas/stock.adobe.com

Rio de Janeiro/RJ. São Paulo/SP.

©ROBERT NAPIORKOWSKI/stock.adobe.com
Belo Horizonte/MG.

134 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 134 28/06/2021 17:29:12


ATIVIDADES

1 Preencha o quadro com as informações que estão faltando.

Região Sudeste
Sigla Estado Capital

RJ Rio de Janeiro Rio de Janeiro

MG Minas Gerais Belo Horizonte

ES Espírito Santo Vitória

SP São Paulo São Paulo

2 Explique a frase.

Das cinco regiões brasileiras, a Região Sudeste é a que possui a economia mais
desenvolvida.

Resposta pessoal

3 Observe o mapa e responda.

a. Registre, no mapa, os estados da


Região Sudeste.

b. Pinte, de azul, o maior estado e, de


Minas Gerais vermelho, o menor.

Espírito Santo
c. Que estados estão localizados no
litoral?
São Paulo Rio de Janeiro
Espírito Santo, Rio de Janeiro e

São Paulo.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 135

SSE_GEO_5F_UN3.indd 135 18/06/2021 20:07:12


4 Complete.

Os primeiros habitantes da Região Sudeste foram os indígenas .

Os portugueses fundaram as primeiras vilas, mas a população aumentou

com os imigrantes .

5 De acordo com o que foi estudado, escreva os acontecimentos importantes


durante a formação da população da Região Sudeste.

a. Que tipo de trabalho os negros africanos realizaram no Sudeste?

Os negros africanos trabalharam nas minas e nas plantações de café e cana-de-

-açúcar.

b. Que acontecimento importante ocorreu para incentivar a vinda dos imigrantes


italianos?

Houve necessidade de mão de obra nas fazendas de café, devido à criação da Lei

Eusébio de Queirós, que decretava a proibição do tráfico negreiro a partir de 1850.

6 Observando a imagem do bairro da Liberdade, em São Paulo, escreva o que o


bairro oferece em termos culturais para a região.
©Manuel/stock.adobe.com

Sugestão de resposta:

O bairro da Liberdade é o maior reduto

da comunidade japonesa fora do Japão.

O bairro oferece sua arquitetura, sua

culinária, enfim, sua cultura.

136 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 136 12/06/2021 11:38:30


7 Complete as frases.

a. O relevo da Região Sudeste possui grande quantidade de planaltos

elevados e serras .
b. Antes da colonização, a vegetação que predominava no litoral era a
Mata Atlântica .
c. A vegetação litorânea foi quase extinta devido ao cultivo do café

e da urbanização .
d. O Sudeste possui a maior densidade demográfica do Brasil.

8 Relacione de acordo com os códigos.

BS Bacias secundárias

BSF Bacia do São Francisco

BSF Sua nascente se localiza em Minas Gerais e corta alguns estados do Nordeste.

BS São formadas pelos rios: Doce, Paraíba do Sul, Ribeira, entre outros.

9 Fale um pouco sobre a importância dos rios da Região Sudeste para a produção
de energia.

Por ser uma região de planalto, os rios são aproveitados pelas usinas hidrelétricas

para a produção de energia. No Sudeste, encontramos a Usina Hidrelétrica de Três

Marias (Rio São Francisco), a de Furnas (Rio Grande) e o Complexo Hidrelétrico de

Urubupungá (Rio Paraná).

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 137

SSE_GEO_5F_UN3.indd 137 12/06/2021 11:38:31


10 Identifique, pintando no mapa, os tipos de vegetação existentes no Sudeste.

2
1
1 Cerrado
1 2 Caatinga
4 4 3 Vegetação litorânea
3
4 Mata Atlântica
4 5 5 Campos
3
1
3

11 Escreva, no quadro abaixo, as características dos climas da Região Sudeste.

CLIMA CARACTERÍSTICA

Tropical de É típico de áreas elevadas. As chuvas estão mais


Altitude concentradas no verão.

Possui uma boa distribuição de chuvas e grande


Subtropical
variação de temperatura.

Está presente nas baixadas litorâneas, possui altas


Tropical
temperaturas, chuvas no verão e seca no inverno.

Ao norte de Minas Gerais, apresenta clima mais


Semiárido
quente e menos úmido.

12 Elabore um pequeno texto explicando por que a vegetação da Região Sudeste


foi devastada.

Resposta pessoal

138 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 138 28/06/2021 17:29:16


A economia da Região Sudeste

A Região Sudeste possui atividades econômicas bastante diversificadas, que vão


desde a sua indústria bem desenvolvida até a agricultura, a pecuária e o extrativis-
mo. O desenvolvimento da economia do Sudeste teve início nos séculos XVIII e XIX
com o cultivo do café, que atraiu muitos imigrantes europeus. Com o dinheiro do
café, os fazendeiros investiram na instalação de indústrias, especialmente no esta-
do de São Paulo.
O Sudeste, além de ter a maior concentração de indústrias do País, tem também
suas atividades agropecuárias bem desenvolvidas, com destaque para a produção
de café, cana-de-açúcar e laranja.

Extrativismo

Por conta da indústria bem desenvolvida, as atividades de extrativismo não de-


sempenham papel essencial na economia da região, salvo a extração de petróleo. A
maior zona de extração petrolífera do País se encontra na Bacia de Campos, no Rio
de Janeiro. Ocorre também a extração de minério de ferro, cujas jazidas estão loca-
lizadas, principalmente, no Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais; e de minerais,
como o sal marinho e o manganês, obtidos, respectivamente, no Rio de Janeiro e em
Minas Gerais.
Além do ferro e do manganês, a região extrai o ouro, a bauxita, a cassiterita, o
urânio, o calcário, o mármore e as pedras preciosas. Minas Gerais é considerado o
estado mais rico em recursos minerais na Região Sudeste do Brasil.
A atividade extrativista vegetal é quase inexpressiva na região, mesmo assim,
percebe-se a extração de madeiras na Mata Atlântica ao norte do Espírito Santo e a
exploração, em Minas Gerais, do Cerrado para obtenção de lenha.
©German/stock.adobe.com

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 139

SSE_GEO_5F_UN3.indd 139 12/06/2021 11:38:31


O extrativismo animal tem destaque com a pesca, importante no Rio de Janeiro e
em São Paulo.
©noomhh/stock.adobe.com

Indústria

Até o fim do século XIX, não existiam indústrias no Brasil. Todos os produtos que
eram industrializados vinham para o Brasil trazidos de outros países.
O café foi o produto que gerou as condições necessárias para a industrialização.
Após o declínio da indústria do café, nos anos de 1920 a 1930, outras indústrias, que
surgiram graças à primeira, floresceram de forma mais independente, especialmente
as de transformação de matéria-prima, marcadamente a siderúrgica, a petroquímica, a
automobilística e a naval.
A industrialização da Região Sudeste é, por esse motivo, bastante intensa e diver-
sificada, merecendo destaque a região do ABC Paulista, formada pelos municípios de
Santo André, São Bernardo e São Caetano do Sul, no estado de São Paulo. Alguns dos
produtos beneficiados nas indústrias do Sudeste são os minérios, a hidroeletricidade
e o petróleo, principalmente na Bacia de Campos (RJ).
©ipopba/stock.adobe.com

140 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 140 12/06/2021 11:38:32


Agricultura

A agricultura no Sudeste tem elevado padrão técnico e grande produtividade. Os


principais produtos cultivados são: o café, a laranja, a cana-de-açúcar e uma varie-
dade de frutas.
Os solos são férteis, e o café tem destaque no interior de Minas Gerais. O Sudeste
também é responsável pela maior parte da produção de cana-de-açúcar do Brasil.
A produção de laranja é realizada, principalmente, em São Paulo e equivale a
aproximadamente 80% da produção nacional.
Outros produtos cultivados no Sudeste: algodão, milho, arroz, mamona e amendoim.
©vientocuatroestudio/stock.adobe.com

Pecuária

©chayakorn lotongkum/stock.adobe.com
A pecuária praticada é, principalmente,
intensiva; e a qualidade do gado é bas-
tante alta, especialmente a dos bovinos e
dos suínos. Devido ao grande número de
rebanhos bovinos, a região é uma grande
produtora de leite, que atende tanto à po-
pulação local como à indústria de laticínios
e derivados. A produção de carne bovina
e suína permite a instalação e o desen-
volvimento de frigoríficos e indústrias de
laticínios. A criação de aves e a produção
de ovos se concentram no estado de São
Paulo e são as maiores do País.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 141

SSE_GEO_5F_UN3.indd 141 12/06/2021 11:38:36


©alexandre macieira/EyeEm/stock.adobe.com
Comércio e prestação de serviços

Outra atividade econômica que gera


bastante emprego e renda no Sudeste é
o turismo, responsável por grande parte
das atividades econômicas da Região.
Por exemplo: o Carnaval mundialmente
famoso do Rio de Janeiro atrai milhões
de turistas. Desfile de Escola de samba no Rio de Janeiro.

São Paulo conta com um grande potencial urbano de hotéis, boa gastronomia e
entretenimento; Minas Gerais, com suas cidades ricas em história; e o Espírito Santo,
com suas belas praias e belezas naturais.
©Vitor Marigo/stock.adobe.com

Não podemos nos esquecer das


praias do Rio de Janeiro, como a de
Copacabana (abaixo) e a de Ipanema,
e dos atrativos turísticos mais famosos
da região, como o Corcovado e o Pão de
Açúcar (à esquerda).

Pão de Açúcar, Rio de Janeiro/RJ.


©lazyllama/stock.adobe.com

Praia de Copacabana, Rio de Janeiro/RJ.

142 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 142 18/06/2021 20:08:49


ATIVIDADES

1 Relacione a 2a coluna de acordo com a 1a.

1. Agricultura 5 Extração de minérios.

2. Pecuária 1 Cultivo de soja e laranja.

3. Extrativismo animal 4 Extração de madeira.

4. Extrativismo vegetal 2 Criação de bovinos e suínos.

5. Extrativismo mineral 3 Pesca.

2 Releia o texto sobre a economia da Região Sudeste e relate que tipo de atividade
econômica é desenvolvida:

a. Na agricultura.

O cultivo da cana-de-açúcar, a soja e a laranja.

b. Na pecuária.

Criação de gado bovino, suíno e aves.

c. No extrativismo.

Ferro, manganês, bauxita, madeira, pesca, etc.

3 Observando a distribuição das indústrias por região, responda.

a. Qual região apresenta mais indústrias?

A Região Sudeste.

b. Qual região apresenta menos indústrias?

A Região Norte.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 143

SSE_GEO_5F_UN3.indd 143 12/06/2021 11:38:39


4 Sublinhe as frases corretas.

a. No Brasil, sempre existiram indústrias de transformação.

b. Até o século XIX, os produtos industrializados que existiam aqui eram importados,
ou seja, vinham de outros países.

c. Foi na Região Nordeste, que já desenvolvia a cafeicultura, que se deu início à in-
dustrialização no Brasil.

d. Muitas indústrias e multinacionais surgiram no Sudeste.

e. Hoje, no Brasil, as regiões Sudeste e Norte têm o maior número de indústrias.

5 Preencha a cruzadinha de acordo com os itens abaixo.

a. Nome dado ao imenso transporte marítimo de turistas muito comum na Região


Sudeste.
b. A atividade econômica que movimenta boa parte da economia da Região Sudeste.
c. Região do Brasil onde se centraliza a maior quantidade de shoppings.
d. Grande arrecadação na Região Sudeste, o que contribui para a boa qualidade de
vida da população.

b. c.
C S d.
O U I

M D M

É E P

a. T R A N S A T L Â N T I C O

C T S

I E T

O O

144 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 144 28/06/2021 17:29:28


6 Complete a tabela com os produtos desenvolvidos na pecuária, na agricultura e
no extrativismo.

Atividade Econômica
Pecuária Agricultura Extrativismo

Carne bovina e suína, ovos, Cana-de-açúcar, café, Petróleo, sal marinho,

leite e outros laticínios. algodão, milho, arroz, ferro, manganês, ouro,

laranja, mamona, amen- bauxita, cassiterita, urâ-

doim e outras frutas. nio, calcário, mármore e

pedras preciosas.

7 Assinale a afirmativa verdadeira e reescreva as falsas, corrigindo-as.

x A Região Sudeste é a mais urbanizada do Brasil.

A vegetação nativa do litoral é o Cerrado.

A Mata Atlântica se encontra no estado de Minas Gerais.

A vegetação nativa do litoral é a Mata Atlântica.

A Mata Atlântica se encontra em áreas litorâneas.

8 Complete de acordo com alguns aspectos da Região Sudeste.

Clima Tropical e tropical de altitude

Características dos rios Rios de planaltos

Relevo Planaltos, serras e chapadas

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 145

SSE_GEO_5F_UN3.indd 145 28/06/2021 17:29:29


9 Pinte o produto que tem destaque no interior de Minas Gerais.

soja milho algodão

uva café

10 Quais atividades econômicas se desenvolveram na Região Sudeste?

O extrativismo mineral, a agricultura, a pecuária, a industrialização e o turismo se

desenvolveram na região.

11 A respeito do comércio e prestação de serviços na Região Sudeste, complete:

a. O turismo gera bastante emprego e renda no Sudeste.

b. O carnaval mundialmente famoso do Rio de Janeiro atrai

milhões de turistas .

c. São Paulo conta com um grande potencial urbano de hotéis , boa

gastronomia e entretenimento ; Minas Gerais, com suas cidades

ricas em história; e o Espírito Santo, com suas belas praias e

belezas naturais .

146 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 146 12/06/2021 11:38:39


A cultura da Região Sudeste

A Região Sudeste apresenta grande pluralidade cultural, com manifestações de


origens indígena, africana, europeia e asiática.
As manifestações culturais da região ocorrem por meio de elementos como:

Fandango: dança encontrada nas cidades do litoral paulista.


Batuque: dança de origem africana muito popular no interior de São Paulo, nas
festas juninas ou na Festa do Divino Espírito Santo.

©Jessica Blanc/stock.adobe.com
Carnaval: evento muito prestigiado por
turistas do mundo todo.
©Paulo Nabas/stock.adobe.com

Folia de Reis: ocorre no período do Na-


tal, de 24 de dezembro a 6 de janeiro. É o
dia dedicado aos Santos Reis.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 147

SSE_GEO_5F_UN3.indd 147 12/06/2021 11:38:41


A culinária do Sudeste brasileiro

A culinária é bem diversificada e herdou pratos da culinária dos indígenas, dos


africanos e dos imigrantes europeus e asiáticos.
Os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro são considerados os dois maiores
centros gastronômicos do País. Podemos perceber a mistura de culturas nos principais
pratos servidos na Região.
Observe os exemplos.
©ALLEKO/stock.adobe.com

©lcrribeiro33@gmail/stock.adobe.com
O pão de queijo é um prato muito apreciado
O feijão-preto é bastante apreciado em todos os estados do País, principalmente
na culinária carioca. em Minas Gerais.
©HLPhoto/stock.adobe.com

©Евгений Вершинин/stock.adobe.com
A moqueca de peixe é um prato muito A forte imigração japonesa influenciou
conhecido na culinária capixaba. a culinária dos paulistanos.

No interior de São Paulo e de Minas Gerais, concentrou-se a população que foi


caracterizada como caipira. A cultura caipira ainda resiste na maior parte do interior da
Região Sudeste, assim como continuam fortes as modas de viola, os causos (histórias
faladas), os mutirões e os festejos.
A catira, ou cateretê, é uma dança típica, folclórica, da cultura caipira. Os dança-
rinos são acompanhados por dois violeiros, e suas vestimentas são semelhantes às
roupas usadas por boiadeiros.
Um ponto turístico da cidade de São Paulo é o bairro da Liberdade, conhecido
como o maior reduto da comunidade japonesa da capital, o qual congrega a maior
colônia japonesa do mundo fora do Japão.
Por causa da grande concentração de diferentes pessoas, há uma mistura muito
grande de adeptos das diversas religiões. É possível encontrar facilmente: católicos,
judeus, budistas, islâmicos, espíritas e adeptos das religiões de matriz africana.

148 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 148 12/06/2021 11:38:44


ATIVIDADES

1 Leia as palavras do quadro e separe-as nas colunas adequadas.

samba – lobisomem – tutu à mineira – Carnaval – ciranda – romarias


angu mineiro – Iara

dança festas populares

samba Carnaval

ciranda romarias

pratos típicos lenda

angu mineiro Iara

tutu à mineira lobisomem

2 Circule, no caça-palavras, o nome de sete manifestações culturais da Região


Sudeste.

M U A R D B N E I R A T A T L

C A T I R A O Ç W S A M B A W

R W E T C T B I B U V L T V G

Q U A X G U A R X A N G U S P

J R H P E Q X E S H L A R N S

A H U A C U V A Q U E J A D A

D I L D A E P E E R Ó Z E O A

C U S C U Z • P A U L I S T A

U A C I R A N D A I T A E S O

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 149

SSE_GEO_5F_UN3.indd 149 18/06/2021 20:10:46


3 Preencha a cruzadinha com informações sobre a Região Sudeste.

a. Uma de suas atividades econômicas está relacionada à extração ou à coleta de


recursos do meio ambiente.
b. Tem o maior parque industrial da América do Sul
c. Cidade onde fica um dos principais aeroportos do país.
d. Dança característica da Região Sudeste.

b.
d. S A M B A

c. R I O * D E * J A N E I R O

*
P

a. E X T R A T I V I S M O

©Eli Coory/stock.adobe.com

©Donatas Dabravolskas/stock.adobe.com

©studioflara/stock.adobe.com

150 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 150 18/06/2021 20:28:40


4 Observe as fotos e escreva, nos espaços abaixo, o nome dos pratos típicos de
Minas Gerais.
©Sławomir Fajer/stock.adobe.com ©Art by Pixel/stock.adobe.com ©barkstudio/stock.adobe.com

Carne de porco Pão de queijo Tutu de feijão


©Marcelo/stock.adobe.com ©André Polvani/stock.adobe.com

Angu Feijão-tropeiro

5 Marque o prato que é bem apreciado na culinária do Rio de Janeiro. Depois, es-
creva, dentre os pratos abaixo, qual o que você mais aprecia.
©shabbydecor/stock.adobe.com ©FomaA/stock.adobe.com ©Art by Pixel/stock.adobe.com

FEIJÃO-PRETO MOQUECA ACARAJÉ


©Minhyoung/stock.adobe.com ©Art by Pixel/stock.adobe.com

Resposta pessoal

PIZZA CHURRASCO

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 151

SSE_GEO_5F_UN3.indd 151 18/06/2021 20:29:21


Os limites e as fronteiras

O L

Observando o planeta Terra, percebemos que os continentes possuem vários


países. Cada país possui o seu território nacional, ou seja, o espaço onde vive um
determinado povo.
Para a Geografia, território é um espaço geográfico com seus limites definidos
natural ou artificialmente.

A linha que separa esses


territórios chama-se limite.

152 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 152 18/06/2021 20:33:07


Podemos encontrar limites:

©Dmitry/stock.adobe.com
Naturais

Quando são determinados por elemen-


tos naturais de uma paisagem, como rios,
montanhas, etc.

Fronteira tripla, junção trilateral do Paraguai,


da Argentina e do Brasil. Confluência dos rios
Iguaçu e Paraná. Cidades: Ciudad del Este,
Puerto Iguazú, Foz do Iguaçu.
SergioPT / wikipedia.org

Artificiais

Quando são determinados por elemen-


tos construídos pelos seres humanos, tais
como linhas imaginárias, estradas e placas.

Placa da fronteira entre os países Portugal e Espanha.

Veja, no mapa abaixo, os limites do estado de Pernambuco.

Limites do estado de Pernambuco

O L

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 153

SSE_GEO_5F_UN3.indd 153 28/06/2021 17:29:50


No Brasil, a rigor, dizemos que:

Reprodução
• Limite é estabelecido entre os
municípios.

Fábio Rodrigues Pozzebom / ABr


• A divisa é determinada entre os
26 estados e o Distrito Federal.

Reprodução
• A fronteira é determinada entre
os países.

Na maioria das vezes, as fronteiras políticas são determinadas por meio de acor-
do entre os países envolvidos; porém, nem sempre são estabelecidas de maneira
pacífica.
As fronteiras existem para que seja possível identificar onde se inicia e termina
um país, evitando, por exemplo, que um exerça domínio sobre o outro e isso acabe
gerando conflitos políticos ou até mesmo guerras.

154 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 154 12/06/2021 11:38:57


Alguns países exigem dos seus visitantes um documento de identificação e uma
autorização emitida pelo consulado, chamada de visto. Sem ele, as pessoas não
podem passar no aeroporto e são enviadas de volta para seu país de origem.
Luis Dantas / wikipedia.org

Embaixada dos Estados Unidos, em Brasília/DF.

©Artwell/stock.adobe.com

Passaporte com carimbos de autorização para entrada em outros países.

Alguns países, porém, não exigem visto ou autorização prévia para entrada de
pessoas estrangeiras. Determinados acordos, firmados entre os países, amenizam
as exigências de visto de permanência e permitem a circulação das pessoas, como
a União Europeia e o Mercado Comum do Sul (Mercosul). Mesmo assim, ocorrem
incidentes diplomáticos entre os países, tais como os registrados nos aeroportos da
Europa, onde é comum o impedimento da entrada de inúmeros brasileiros, que são
deportados de volta para o Brasil.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 155

SSE_GEO_5F_UN3.indd 155 12/06/2021 11:38:58


Algumas pessoas concordam e outras discordam da livre abertura das fronteiras
de alguns países. As que concordam afirmam que isso facilita o intercâmbio cultural
e amplia as possibilidades da economia dos países envolvidos. Já as que discordam
afirmam que isso facilita o tráfico de drogas e armas, por exemplo.

Divisas e fronteiras do Brasil

Escala: 1:32.000.000
0 320 740 km

1 cm aprox. 320 km

Região Norte Região Sudeste

Região Nordeste Região Sul

Região Centro-Oeste

Pela imagem apresentada no mapa, percebe-se que o Brasil faz fronteira terres-
tre com: Uruguai, Argentina, Paraguai, Bolívia, Peru, Colômbia, Venezuela, Guiana,
Suriname e o Departamento Ultramarino Francês da Guiana Francesa, totalizando
uma extensão fronteiriça da ordem de 16.886 quilômetros.

156 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 156 28/06/2021 17:29:55


Como vimos, podemos observar.

No encontro dos rios Paraná e Iguaçu, é possível ver as fronteiras entre Brasil,
Argentina e Paraguai.
©Leonid Andronov/stock.adobe.com

Nos mapas, as fronteiras, os limites e as divisas — naturais ou artificiais — são


representados por linhas.

Divisas entre estados do Brasil Rios da Região Norte do Brasil


©Paulo Nabas/stock.adobe.com

Exemplo de limites artificiais. Exemplo de limites naturais.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 157

SSE_GEO_5F_UN3.indd 157 29/06/2021 13:46:36


ATIVIDADES

1 Desenhe o mapa do estado onde você mora.

Resposta pessoal

2 Com base no mapa que você desenhou acima, escreva:

a. O nome dos estados que fazem divisa com o seu.

Resposta pessoal

b. Você sabe quais são os limites naturais do seu estado? Cite alguns deles.

Resposta pessoal

c. Seu estado faz fronteira com algum país? Cite-o.

Resposta pessoal

158 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 158 12/06/2021 11:39:00


3 Leia a reportagem a seguir.

Navio italiano resgata centenas de imigrantes


Mais de 4.200 imigrantes clandestinos, resgatados nos últimos
dias no Mediterrâneo, continuam a chegar aos portos italianos.

Este domingo, atracou ao porto de peia permanece incapaz de encontrar


Augusta, na Sicília, o navio Fenice, da uma estratégia comum que permita
marinha italiana, com 454 pessoas a enfrentar a crise da imigração ilegal.
bordo, imigrantes originários da Líbia. A sugestão de Bruxelas de um siste-
[...] ma de quotas para a redistribuição de
Este ano tem sido marcado por um refugiados foi rejeitada pelos líderes
tráfico intenso de imigrantes ilegais. europeus.
Cerca de 35.500 pessoas chegaram
Disponível em: <http://pt.euronews.com/2015/05/31/
à Itália entre o início de 2015 e a pri- navio-italiano-resgata-centenas-de-imigrantes-17-
meira semana de maio. A União Euro- -mortos/>. Acessado em: 1o jun. de 2020.

Responda.

a. De que país eram os imigrantes que atracaram na Itália?

Eram da Líbia.

b. Qual você acredita que seja a motivação das pessoas que saem da sua terra e
arriscam a vida para entrar em outro país?

Sugestão de resposta: É possível que essas pessoas estejam à procura de oportu-

nidades que não terão em seu país, como melhores condições de emprego, renda,

moradia, segurança e qualidade de vida, refugiados de conflitos étnicos, religiosos,

políticos.

c. Pesquise a respeito das condições de imigrantes clandestinos que viajam preca-


riamente para entrar em outro país e, resumidamente, escreva sobre isso.

Resposta pessoal

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 159

SSE_GEO_5F_UN3.indd 159 12/06/2021 11:39:00


Os caminhos e os percursos

Observe.

G Marta está se despedindo de seus pais


PPIN
SHO porque vai ao shopping encontrar com os
amigos. Como mora perto, vai caminhan-
do pela rua até chegar à esquina.
Sempre que precisamos nos deslocar
de um local para outro, é necessário per-
correr um caminho, que pode ser uma rua
ou uma avenida, por exemplo.
Para chegar a um local, não basta ca-
minhar. Antes, precisamos traçar o per-
curso para chegar até o nosso destino.

As vias terrestres são classificadas de acordo com suas características; por


exemplo, algumas permitem velocidades maiores, enquanto outras exigem veloci-
dades menores.
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), as vias urbanas são ruas,
avenidas, vielas ou caminhos abertos à circulação pública. Elas se dividem em quatro
tipos de via: vias de trânsito rápido, vias arteriais, vias coletoras e vias locais.

Via de trânsito rápido – via com trânsito livre e sem travessia de pedestres em nível.
Via arterial – geralmente controlada por semáforo, possibilitando o trânsito entre as regiões
da cidade.
Via coletora – coleta e distribui o trânsito para entrada ou saída das vias de trânsito rápido
ou arteriais.
Via local – geralmente não semaforizada e destinada apenas ao acesso local ou a áreas restritas.

Já as vias rurais se distinguem pela existência ou não de pavimentação. As estradas


são vias rurais não pavimentadas, e as rodovias são vias rurais pavimentadas, com
qualquer tipo de cobertura de solo, como asfalto ou pedregulhos. Quando indicadas
pelas letras BR, as rodovias são federais; e, quando indicadas pelas siglas dos esta-
dos aos quais pertencem, são estaduais. Os tipos de rodovia estão listados abaixo:
As rodovias radiais são as que partem da capital federal, em qualquer direção,
para ligá-la a capitais estaduais ou a pontos periféricos importantes.

160 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 160 29/06/2021 13:46:37


As rodovias longitudinais são as que cortam o País na direção Norte-Sul.
As rodovias transversais são as que atravessam o País na direção Leste-Oeste.
As rodovias diagonais são as que atravessam o País nas direções Nordeste-Su-
deste e Noroeste-Sudoeste.
As rodovias de ligação apresentam qualquer direção não apresentada nas cate-
gorias anteriores e ligam pontos importantes entre as rodovias federais ou permitem
acesso a instalações e áreas estratégicas.
Uma outra via é a ferroviária, ou férrea. Por ela, são transportadas pessoas e mer-
cadorias por meio de trilhos de ferro.
Mapa ferroviário do Brasil

Fonte: Confederação Nacional do Transporte.

Devido à grande extensão territorial do Brasil, as ferrovias constituem a melhor forma


de deslocamento interno, mas a grande maioria do transporte é de cargas.
Em alguns locais, a grande quantidade da vegetação precisa ser retirada para dar vez às
linhas férreas e às rodovias, mas isso deve ser feito de maneira planejada e sustentável.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 161

SSE_GEO_5F_UN3.indd 161 28/06/2021 17:29:59


Vias hidroviárias
©Mariakray/stock.adobe.com

As vias hidroviárias, ou hidrovias,


também são bastante utilizadas para o
transporte de passageiros e de merca-
dorias. Elas podem ocorrer em oceanos
e mares ou em rios e lagos.
Em todos os caminhos, há portos marí-
timos que organizam e controlam o trân-
sito das embarcações e das mercadorias.
Em relação ao transporte marítimo,
faz-se necessário o cumprimento das
medidas de segurança impostas às em-
barcações e à tripulação para evitar os
acidentes graves e a destruição do meio
ambiente.

Vias aéreas

O transporte aeroviário também é uma opção de deslocamento. Apesar de ser


mais dispendioso, ou seja, mais caro, é bastante utilizado para encurtar distâncias.

©aapsky/stock.adobe.com
As vias aéreas são utilizadas, princi-
palmente, por aviões e helicópteros, que
têm suas atividades controladas pelos
aeroportos espalhados por todo o Brasil.
Durante as últimas três décadas, hou-
ve um aumento significativo na quan-
tidade de voos e de pessoas utilizando
esse transporte, por causa da moderni-
zação das aeronaves, dos investimentos
em tecnologia e do maior acesso das
pessoas às aeronaves, devido à diminui-
ção do valor das passagens aéreas.

O mesmo não se pode afirmar em relação ao transporte de mercadorias, uma vez


que as aeronaves não conseguem transportar grande quantidade de carga, pois
seria muito dispendioso. Porém, são excelentes alternativas para transportar cargas
sensíveis ou de grande valor financeiro.

162 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 162 12/06/2021 11:39:02


Todas as vias apresentadas oferecem vantagens e desvantagens no que se refe-
re ao caminho, ao percurso e aos gastos com manutenção que se deseja realizar, e
algumas medidas sempre devem ser adotadas para que a locomoção seja feita de
forma segura para todos os envolvidos.
©Monkey Business/stock.adobe.com

No decorrer da história, muitos acidentes foram registrados nas mais diversas vias.
©Joe Arrigo/stock.adobe.com

©Panumas/stock.adobe.com

Assim, as vias terrestres, hidroviárias e aeroviárias contam com normas de segu-


rança para evitar acidentes e desastres, como os muitos que ocorrem por imprudên-
cia ou falta de atenção.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 163

SSE_GEO_5F_UN3.indd 163 12/06/2021 11:39:06


ATIVIDADES

1 Você pode usar diferentes caminhos para chegar à sua escola? Justifique sua
resposta. Trace um caminho ilustrando o que você vê ao longo do percurso para
chegar à escola e, depois, descreva-o.

Resposta pessoal

Resposta pessoal

164 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 164 12/06/2021 11:39:06


2 Todos os caminhos para a escola são iguais? Por quê?

Não, pois depende do local onde a escola foi construída e do local onde o estudante

mora.

3 Cite as características das rodovias apresentadas.

Partem da capital federal em qualquer direção, para ligá-la a


Radiais capitais estaduais ou a pontos periféricos importantes do País.

Cortam o País na direção Norte-Sul.


Longitudinais

Atravessam o País na direção Leste-Oeste.


Transversais

Atravessam o País nas direções Nordeste-Sudeste e Noroes-


Diagonais te-Sudoeste.

Apresentam qualquer direção não contemplada nas outras ca-


De ligação tegorias e ligam pontos importantes entre as rodovias federais

ou permitem acesso a instalações e áreas estratégicas.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 165

SSE_GEO_5F_UN3.indd 165 12/06/2021 11:39:06


4 Pesquise imagem do campo e da cidade e escreva quais são as diferenças das
visões durante o trajeto dos alunos quando vão à escola no campo e na cidade.

Campo

Sugestão de resposta: Os alunos podem passar por plantações, estradas, rios,

animais, sítios, fazendas, chácaras, etc.

Cidade

Sugestão de resposta: Os alunos podem passar por praças, lojas, bancos, ruas

asfaltadas, avenidas, edifícios, hospitais, igrejas, supermercados, etc.

166 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 166 12/06/2021 11:39:06


5 Pesquise, em jornais ou na Internet, e, depois, responda às questões.

a. Na sua cidade, há portos e aeroportos? Caso sim, escreva o nome deles.

Resposta pessoal

b. Quais as principais rodovias do seu município? Elas ligam a sua cidade a quais
outros locais?

Resposta pessoal

c. Como ocorre o transporte hidroviário em sua cidade?

Resposta pessoal

d. Existem vias férreas onde você mora? Como estão organizadas?

Resposta pessoal

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 167

SSE_GEO_5F_UN3.indd 167 28/06/2021 17:30:06


Dinâmica para trabalhar o socioemocional

Neste encontro, a ênfase é a reflexão Vivenciando


sobre a ideia de como viver bem em grupo.
Para tanto, sugere-se a dinâmica abaixo.
1 Complete, oralmente as frases
Materiais: Papel de desenho; lápis ou abaixo. Em seguida, marque um x na
canetas; fita adesiva; papel pardo; caneta frase que foi mais fácil completar.
hidrocor. Resposta pessoal

Quando alguém é injusto comigo...


Dividir a turma, formando vários grupos
com três alunos cada um. Pedir para cada
Quando alguém é justo comigo...
trio copiar e completar em uma folha de
papel as seguintes frases anotadas, pre- Quando não dou minha opinião no
viamente, em um grande cartaz. grupo...

1. Quando alguém é injusto comigo... Quando meu colega não dá sua


opinião no grupo...
2. Quando alguém é justo comigo...
3. Quando não dou minha opinião no
2 Numa escala de 0 a 10, o quanto
grupo...
4. Quando meu colega não dá sua opi- você acha fácil expressar suas opi-
nião no grupo... niões? Registre pintando a escala.

Pedir para que cada trio, em plenário,


apresente suas respostas, representando-
-as por meio de gestos, expressões fa-
ciais, músicas, entre outras formas de Resposta pessoal
expressão de seus sentimentos. A plateia
deve ser estimulada a identificar a ideia
3 De que maneira você prefere ex-
central contida em cada dramatização.
Incentivar a turma a elaborar, coletiva- pressar suas opiniões?
mente, um grande cartaz com frases, tex-
tos e ilustrações que expressem atitudes Conversando. Por gestos.
que todos devem ter para viver em grupo.
Esse cartaz, cujo título pode ser: “Viver Por expressões faciais.
bem em grupo é...”, deverá ficar exposto,
servindo de “inspiração” para as regras de Através da música.
convivência do próprio grupo.
CANDAU, Vera Maria; SACAVINO, Susana Beatriz et al.
Sou criança, tenho direitos: oficinas pedagógicas de
Outros. Quais? Resposta pessoal
direitos humanos. Petrópolis: Vozes, 1998.

168 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN3.indd 168 28/06/2021 17:30:08


©Irina Schmidt/stock.adobe.com

CAPÍTULO
4
SSE_GEO_5F_UN4.indd 169 19/06/2021 09:14:53
As trajetórias

O globo terrestre nos oferece uma ideia das dimensões do nosso planeta.
O deslocamento de pessoas e mercadorias nas terras continentais e nas extensões
aquáticas ocorre de diversas formas, utilizando técnicas e equipamentos cada vez
mais modernos.
Observe.
©Yuri Bizgaimer / stock.adobe.com Gorodenkoff Productions OU / stock.adobe.com

Utilização do GPS para guiar a rota. Estação de trabalho de um controlador de voo.

©anderm / stock.adobe.com
A movimentação de pessoas e veícu-
los por diferentes locais sempre foi um
grande desafio nos centros urbanos e
nas áreas rurais. Algumas regiões, como
as desérticas e as árticas, exigem um
esforço ainda maior para a locomoção.
Encontrar um endereço sem conhecê- FOTO VER
-lo pode ser uma tarefa difícil quando
não temos referenciais que ajudem nes- ORIGINAL
sa localização.
Assim, os mapas, os pontos de referên-
cia e o conhecimento do maior número de
informações a respeito de um local aju-
dam a encontrar um determinado ponto.

Deserto de Merzouga, Marrocos.

170 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 170 29/06/2021 14:53:15


Diante de todos os recursos tecnológicos, torna-se
quase impossível não encontrar o que se procura.
©S
ca
nra

Utilizando os recursos adequados e informações


il
/ st
ock

corretas, é possível realizar deslocamentos para


.ad

qualquer ponto do mundo.


obe
.co
m

Distâncias longas ou curtas precisam de diferentes tipos de transporte.

© Markus Mainka / stock.adobe.com ©Konstantin / stock.adobe.com

Diferentes vias de acesso podem ser utilizadas, mas estas nem sempre estão bem
sinalizadas e nem sempre oferecem segurança às pessoas que as utilizam.
Alguns locais são de difícil acesso e exigem que sejam adotadas providências
antecipadas para que se encontre o destino.
©zgphotography / stock.adobe.com

FOTO VER
ORIGINAL

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 171

SSE_GEO_5F_UN4.indd 171 28/06/2021 19:53:10


Feita a escolha do tipo de transporte mais adequado à situação, e, consequente-
mente, das vias de acesso, traça-se uma trajetória. Nela, devem constar:

A SUA ORIGEM E O SEU DESTINO.

Ao longo de uma trajetória, podem ser observados muitos aspectos interessan-


tes, tais como: as edificações encontradas, os diferentes tipos de paisagem, as
dificuldades naturais e o trânsito.
De maneira mais prática, vejamos:

Pense no trajeto que você realiza para chegar à sua escola.

Ainda em casa, você traça um caminho.

Quem vai de carro precisa utilizar as vias adequadas a esse tipo de veículo.
É possível observar as construções que existem no caminho, e, caso esteja
chovendo, pode-se observar, também, quais transtornos isso causa, como
está o trânsito — lento, com acidentes nas vias, etc.

Toda essa descrição fez parte do seu trajeto de casa até a escola.

172 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 172 12/06/2021 11:42:47


ATIVIDADES

1 Observe a imagem abaixo.

Quais dificuldades podem ser vivenciadas nesse trajeto?

Dificuldades no trânsito de pessoas e veículos, por falta de faixa de pedestres, se-

máforos, placas indicativas, etc.

2 Em regiões mais afastadas e com dificuldades naturais, os trajetos são mais


complicados. Resposta pessoal

Como você imagina realizar um percurso nesses locais? Converse com seu pro-
fessor e seus colegas de classe.

©ALEXMAR/stock.adobe.com ©Volodymyr Shevchuk/stock.adobe.com

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 173

SSE_GEO_5F_UN4.indd 173 28/06/2021 19:53:14


3 Observe a imagem.

Cite algumas características que você consegue observar e escreva um trajeto que
você realizaria da sua casa à praia mais próxima.
Resposta pessoal

©Alexander Ozerov /stock.adobe.com

4 Este é o trajeto de Joana até sua escola.

Escola
Igreja

Escreva um pequeno texto descrevendo o trajeto feito por Joana.

Joana vira à esquerda, atravessa a faixa, vira novamente à esquerda, passa pelo

campinho, atravessa a rua, passa pela praça, atravessa na faixa, vira à direita, passa

em frente à igreja e atravessa a rua para chegar à escola.

5 Algumas pessoas costumam passear no local onde moram, caminhando, de


bicicleta, etc. Escolha um transporte para dar uma volta no bairro. Com a ajuda
de um mapa, faça um trajeto especificando sua partida e o caminho que será
percorrido.

Resposta pessoal

174 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 174 29/06/2021 14:53:15


Os endereços

Observe.

Amigo, faltam dados.


Quem é o destinatário?
Qual é o endereço?

s
Correio

Você percebeu o problema na situação acima? Para entregar uma encomenda a


alguém via Correios, é preciso uma série de informações.

• Primeiramente, o nome da pessoa que vai receber a encomenda.


• Em seguida, as informações completas do endereço de entrega.

Pense em como seria complicado ir a uma festa sem saber o endereço.


Observe.

CONVITE
Dia: 18/05/2022
Local: Rua da Felicidade, 05
Bairro da Esperança
CEP: 52396-870 - Recife/PE
A partir das 15h. Com o endereço completo, o deslocamento
fica mais fácil. Além disso, oferecer um ponto
de referência o torna ainda mais preciso.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 175

SSE_GEO_5F_UN4.indd 175 29/06/2021 15:12:53


Para entregar as encomendas, as cartas, os telegramas, as revistas, os jornais
e as correspondências em geral, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos os
separa de acordo com o endereçamento.
O endereço deve conter:

Logradouro – pode ser rua, avenida, travessa,


via, viaduto, quadra, dentre outros.

©MarceloTeixeiradeOliveira/stock.adobe.com

Outro importante dado é o número do local.


©christian cantarelli/stock.adobe.com

Esse número indica o início do logradouro até


o seu destino. Os números, à direita, são pares e,
à esquerda do logradouro, são ímpares.
Alguns endereços pedem um complemento.
Para quem mora em um prédio, o complemento
seria o número do apartamento, por exemplo, e,
em alguns casos, o número do bloco.
Por isso, faz-se necessário que as edificações
exponham seu número, facilitando a localização
do endereço.
No endereço, devem constar ainda o nome do
bairro e da cidade, juntamente com a sigla do
estado.
Por fim, foi criado, pelos Correios, o Código
de Endereçamento Postal (CEP), com o objetivo
de facilitar a entrega das correspondências. ©auremar/stock.adobe.com

176 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 176 12/06/2021 11:42:55


Assim, o Brasil foi dividido em dez áreas.
• 0xxxx: Grande São Paulo (01000-09999)
• 1xxxx: Interior e litoral de São Paulo (11000-19999)
• 2xxxx: Rio de Janeiro (20000-28999) e Espírito Santo (29000-29999)
• 3xxxx: Minas Gerais (30000-39999)
• 4xxxx: Bahia (40000-48999) e Sergipe (49000-49999)
• 5xxxx: Pernambuco (50000-56999), Alagoas (57000-57999), Paraíba (58000-
58999) e Rio Grande do Norte (59000-59999)
• 6xxxx: Ceará (60000-63999), Piauí (64000-64999), Maranhão (65000-
65999), Pará (66000-68999), Amapá (68900-68999), Amazonas (69000-
69299 e 69400-69899) e Roraima (69300-69399)
• 7xxxx: Distrito Federal (70000-73699), Goiás (73700-76799), Rondônia
(76800-76999), Tocantins (77000-77999), Mato Grosso (78000-78899) e Mato
Grosso do Sul (79000-79999)
• 8xxxx: Paraná (80000-87999) e Santa Catarina (88000-89999)
• 9xxxx: Rio Grande do Sul (90000-99999)

REGIÃO 0 (Sede São Paulo)


Grande SP
REGIÃO 1 (Sede Santos)
Interior SP 6
5
REGIÃO 2 (Sede Rio de Janeiro)
RJ e ES
REGIÃO 3 (Sede Belo Horizonte)
MG 7 4
3
REGIÃO 4 (Sede Salvador)
1
BA e SE
REGIÃO 5 (Sede Recife) 8 2
PE, AL, PB e RN 0

REGIÃO 6 (Sede Fortaleza) 9


CE, PI, MA, PA, AM, AC, AP e RR
REGIÃO 7 (Sede Brasília-DF)
DF, GO, RO, TO, MT e MS

REGIÃO 8 (Sede Curitiba) REGIÃO 9 (Sede Porto Alegre)


PR e SC RS

Apenas as regiões com mais de 50 mil habitantes nas áreas urbanas possuem o
CEP, mas também podemos encontrar alguns locais que possuem mais de um CEP.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 177

SSE_GEO_5F_UN4.indd 177 28/06/2021 19:53:19


ATIVIDADES

1 Você ou sua família costuma enviar cartas ou encomendas pelos Correios? Em


caso afirmativo, relate como é essa experiência.

Resposta pessoal

2 Pesquise mais informações a respeito da Empresa Brasileira de Correios e Telé-


grafos. Escreva-as no espaço abaixo e, em seguida, apresente suas conclusões
para seus colegas de classe.

Sugestão de resposta: Os Correios tiveram sua origem no Brasil em 25 de janeiro de

1663 e, desde então, vêm se modernizando, criando e disponibilizando serviços de

qualidade que correspondam às expectativas dos seus clientes. A empresa realiza

importante função de integração e de inclusão social, papel indispensável para o

desenvolvimento nacional. Lado a lado com a vertente social, os Correios oferecem

soluções, com tecnologia de ponta, para atender às necessidades de comunicação

das empresas e das instituições em um mercado cada vez mais competitivo. É o caso

do Sedex, criado em 1982, que se tornou um dos principais serviços da empresa e

lidera o setor de encomendas expressas no Brasil. Nos últimos anos, o serviço pas-

sou a contar com outras modalidades, como o e-Sedex, Sedex 10, Sedex 12, Sedex

Hoje e Sedex Mundi, agilizando ainda mais a entrega de encomendas.

178 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 178 12/06/2021 11:42:56


A Região Centro-Oeste

A Região Centro-Oeste é a segunda maior do país em extensão territorial, ficando


atrás, apenas, da Região Norte.

Nesta Região, está o Distrito Federal e nele está Brasília, a capital do Brasil.

©nickalbi/stock.adobe.com
Vista panorâmica de Brasília, a capital do Brasil.

A Região Centro-Oeste é a única que faz limite com todas as outras regiões do
Brasil. Suas divisas e fronteiras são: ao Norte, os estados do Amazonas e Pará; a
Nordeste, o Estado do Tocantins; a Leste, os Estados da Bahia, de Minas Gerais e de
São Paulo; a Oeste, o Estado de Rondônia e a Bolívia; ao Sul-Sudeste, o Estado do
Paraná; e, ao Sul-Sudoeste, o Paraguai.

História da formação da Região Centro-Oeste


A Região Centro-Oeste começou a ser habitada com o início das missões religiosas
e com a entrada dos bandeirantes, nos séculos XVI e XVII, em busca de minas para a
exploração de ouro e pedras preciosas. A descoberta das minas atraiu muitas pessoas,
resultando na fundação das primeiras vilas e povoados, que, com o tempo, transforma-
ram-se em cidades, como Cuiabá (MT) e Campo Grande (MS). Com o objetivo de ocu-
par o interior do País, o Governo Federal criou projetos para desenvolver a Região. Com
isso, vieram migrantes do Sul e do Sudeste para trabalhar na pecuária e na agricultura.
Outros fatores que incentivaram o povoamento da região foram as ofertas de
emprego, sobretudo na área da construção civil e no setor de serviços do comércio.
Essas duas áreas exigiam menor qualificação, o que atraiu uma grande migração
de trabalhadores, principalmente do Nordeste, intensificada com a construção de
Brasília, no governo de Juscelino Kubitschek, na década de 1950.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 179

SSE_GEO_5F_UN4 179 29/06/2021 17:24:15


Os aspectos físicos

Relevo

Existem diversas formas de relevo na Região Centro-Oeste, com destaque para


as planícies, os planaltos, as chapadas (planaltos de topos planos) e as depres-
sões. A altitude do relevo é, em geral, baixa. Há planícies interiores por toda a re-
gião, sendo a principal a Planície do Pantanal. Diversas áreas dessa planície são
inundadas pelas águas durante a época de chuvas, o que propicia o desenvolvimen-
to de diversas espécies da fauna e flora. As chapadas são uma presença marcante
na paisagem, atraindo um número expressivo de pessoas interessadas no ecoturis-
mo. São exemplos: as chapadas dos Parecis, dos Veadeiros e dos Guimarães.

©Stewart/stock.adobe.com

Clima

A continentalidade é um fator decisivo que influencia todo o clima da Região


Centro-Oeste, que é a mais interiorana do Brasil. Embora o clima da maior parte
da região seja tropical continental, apresentando verão chuvoso e inverno seco, é
possível identificar, em duas regiões de transição, áreas com climas específicos: a
Norte-Nordeste, clima equatorial, e a Sul-Sudeste, clima tropical de altitude.
A temperatura pode variar ao longo do ano, mas fica acima dos 18 °C. Isso acon-
tece também porque a temperatura das áreas a Oeste da Região, especialmente dos
estados de Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, é influenciada pela massa de ar
polar atlântica que chega por meio do Vale do Rio Paraguai.

180 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4 180 29/06/2021 17:24:16


Hidrografia

A Região Centro-Oeste possui muitos rios, agrupados em três grandes bacias hi-
drográficas: a Bacia Amazônica, para onde se deslocam grandes rios, como o Xingu;
a Bacia Platina, que se subdivide na Bacia do Rio Paraná — que, por sua vez, ocupa
parte considerável do Centro-Oeste — e na Bacia do Rio Uruguai — que ocorre ape-
nas na Região Sul; e a Bacia do Tocantins- Araguaia, formada pelos rios de mesmo
nome e seus respectivos afluentes.
Essas bacias são alimentadas pelas chuvas mais intensas e concentradas durante
o verão, quando as águas inundam e alagam grande parte do território central, por-
que são distribuídas de forma irregular. Esse fenômeno ocorre porque, como o verão
é muito quente, a pressão atmosférica intensifica a presença de ventos úmidos com
fortes chuvas.

©Jeroncio/stock.adobe.com
Rio Tocantins.

Vegetação

Com relação às formações vegetais naturais, é possível indicar a presença mar-


cante do Cerrado na maior parte do território da região e o bioma do Pantanal. Além
delas, encontramos trechos da Floresta Amazônica ao norte.

©Leonardo Merçon/ nstituto Últimos Refúgios/stock.adobe.com ©Rosamarela/stock.adobe.com

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 181

SSE_GEO_5F_UN4.indd 181 29/06/2021 14:53:17


Demografia da Região Centro-Oeste Alguns fatores têm contribuído para
a procura e o povoamento da região: o
A Região Centro-Oeste é a menos aumento da atividade agrícola, as estra-
populosa do País, possuindo a segunda das em boas condições, as terras com
menor densidade demográfica, com apro- preços acessíveis e a possibilidade de
ximadamente 8,26 habitantes por km2, progredir com relativa facilidade.
perdendo apenas para a Região Norte. Os tipos humanos mais comuns na
A região foi povoada com certa dificul- região são: o vaqueiro do Pantanal, o
dade. No Brasil Colônia, o povoamento boiadeiro de Goiás, o ervateiro, o serin-
resultou do transporte de gado às fa- gueiro, o castanheiro, o peão, o garim-
zendas que começaram a se instalar. Na peiro e o indígena.
década de 1940, o Governo Federal criou
projetos de desenvolvimento para o Cen- O povoamento passou a ter certa faci-
tro-Oeste. A Região recebeu vários imi- lidade quando foram construídas as es-
grantes do Sul e do Sudeste para trabalhar tradas de ferro e, em seguida, rodovias e
na agropecuária. A chegada dos migran- hidrovias.
tes vindos da Região Sul colaborou para o Outro fator que foi um grande propulsor
desenvolvimento da agricultura e de parte do povoamento foi a criação de Brasília,
da infraestrutura de algumas cidades. que fez com que muitas pessoas que fo-
ram trabalhar na sua construção ficassem
©MARCIA COBAR/stock.adobe.com

por lá; além disso, muita gente de todo


o País migrou para a região à procura de
uma vida melhor. Os primeiros habitantes
de Brasília foram chamados candangos.

A maior parte da população do Centro-


-Oeste está concentrada na área urbana.
Atualmente, as áreas rurais são ocupadas,
principalmente, por grandes fazendas de
Casarão Colonial / GO criação de gado de corte e por fazendas
modernas, onde são cultivados cereais.
A descoberta do ouro atraiu muitas
©Luan/stock.adobe.com

pessoas. Povoados foram fundados e,


com o tempo, transformaram-se em ci-
dades. O desenvolvimento das diversas
regiões brasileiras provocou o cresci-
mento das atividades agrícolas e pecuá-
rias no Centro-Oeste, acelerando o seu
povoamento. Catedral de Brasília / DF

182 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 182 12/06/2021 11:43:00


ATIVIDADES

1 Complete as lacunas das afirmativas a seguir com informações corretas sobre a


Região Centro-Oeste.

a. A Região Centro-Oeste é a segunda maior em território.

b. As bacias hidrográficas são alimentadas pelas chuvas


mais intensas e concentradas durante o verão.

c. A altitude do relevo da Região Centro-Oeste é relativamente

baixa .

d. A planície do Pantanal tem uma formação recente.

e. A capital do Brasil é Brasília , que está localizada no

Distrito Federal .

2 Marque um x nas afirmativas corretas.

a. A Região Centro-Oeste está localizada no litoral.

b. X O povoamento do Centro-Oeste é resultado do fluxo migratório de nordesti-


nos e sulistas.

c. X Brasília, capital do Brasil, situa-se no Distrito Federal.

d. A caatinga é a vegetação que se destaca para o desenvolvimento da região.

e. A Região Centro-Oeste é a mais populosa do país.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 183

SSE_GEO_5F_UN4.indd 183 29/06/2021 14:53:17


3 Complete a tabela a seguir com as informações solicitadas sobre a Região
Centro-Oeste a partir da bandeira de cada estado.

Estado Sigla Capital


Goiás GO Goiânia

Estado Sigla Capital


Mato Grosso MT Cuiabá

Estado Sigla Capital


Mato Grosso do Sul MS Campo Grande

4 Relacione os grupos étnicos da região com suas características.

1. Vaqueiros
4 Influência forte nos costumes da região.
2. Peões
3. Garimpeiros 5 Presença marcante na construção e no desenvolvimento de Brasília.
4. Indígenas
1 Trabalhadores que desenvolvem a atividade pecuarista.
5. Imigrantes
2 Trabalham em fazendas de gado.

3 Homens que exploram metais preciosos.

5 Por meio de uma pesquisa descubra a alternativa correta de acordo com o rele-
vo da Região Centro-Oeste.
a. Relevo com solos férteis de terra roxa, característico nos estados de Goiás e do
Mato Grosso do Sul.

Planície do Pantanal Planalto Meridional Planalto Central

b. É uma área inundável pelo Rio Paraguai e seus afluentes.

Planície do Pantanal Planalto Meridional Planalto Central

c. É formado por um grande bloco rochoso sobre os quais se apoiam camadas de


rochas sedimentares.

Planície do Pantanal Planalto Meridional Planalto Central

184 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 184 28/06/2021 19:53:24


A economia da Região Centro-Oeste

A economia da Região Centro-Oeste Agricultura


está baseada nas atividades do setor
primário, principalmente na pecuária e na A agricultura é outra importante ati-
agricultura. Esse fato está relacionado às vidade econômica. Destaca-se o cultivo
grandes extensões territoriais sem ocu- de soja, milho, arroz, cana-de-açúcar,
pação, pois essas atividades, em geral, algodão e trigo. Uma boa parte da pro-
necessitam de grande espaço. dução é destinada ao fornecimento para
o setor secundário, como matéria-prima
Pecuária para outros alimentos.
O Centro-Oeste tem instrumentos
A maioria dos rebanhos é de bovinos, agrícolas de alta tecnologia; isso fez com
e pratica-se a criação extensiva — ou que se tornasse a principal região agríco-
seja, os animais são criados soltos no la do país. O problema é que essas áreas
pasto — para o corte, porque, nesse tipo estão ocupadas por vegetação natural,
de criação, há dificuldade no aproveita- que é gradualmente eliminada para dar
mento do leite. O rebanho para o forne- lugar a novas plantações e pastagens.
cimento de leite se localiza apenas no
sul da região.

As localidades onde mais se pratica a


pecuária são: o Cerrado de Goiás e Mato
Grosso e a Planície do Pantanal. Nesse
caso, a vegetação do Cerrado não tem
boa qualidade para a alimentação dos
animais, e, por esse motivo, o rebanho
tem baixo rendimento, ou seja, tem pou-
ca carne.
No Pantanal, a pecuária praticada se
caracteriza por ser extensiva e apre-
sentar baixa qualidade dos rebanhos
©Carrie/stock.adobe.com

bovinos e bufalinos. O maior problema


da pecuária nessa região é quando há
inundações, que obrigam o rebanho a ir
para as áreas mais altas.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 185

SSE_GEO_5F_UN4.indd 185 12/06/2021 11:43:02


Extrativismo

Podemos dizer que o ouro é um dos principais minérios explorados na região,


junto ao diamante e ao ferro. As reservas de minérios ainda são pouco conhecidas;
mesmo assim, detêm importantes jazidas: ferro, manganês, níquel, cristal, ouro e
diamante são alguns exemplos.
©Kenjo/stock.adobe.com

©Levent Knonuk/stock.adobe.com

©RHJ/stock.adobe.com
OURO FERRO DIAMANTE

Outras atividades econômicas, como as indústrias, têm pouca expressividade na economia


do Centro-Oeste.

A Floresta Amazônica, há muitas décadas, vem sofrendo queimadas e sendo des-


matada para a realização de atividades como a agropecuária, a mineração e a extração
de madeira. O mais preocupante é que, com o tempo, as áreas devastadas se tornam
impróprias para qualquer atividade por causa do processo de desertificação (fenôme-
no que corresponde à redução da capacidade produtiva do solo). Entretanto, algumas
estratégias tecnológicas têm sido implantadas na agricultura e na pecuária, no sentido
de minimizar suas consequências para o meio ambiente: técnicas de controle de erosão
e técnicas modernas de recuperação do solo.
©TTstudio/stock.adobe.com

©Brastock/stock.adobe.com

Exemplo de mina Exemplo de queimada

186 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 186 12/06/2021 11:43:03


ATIVIDADES

1 Complete as lacunas das afirmativas a seguir com informações corretas sobre a


economia da Região Centro-Oeste.

a. A economia da Região Centro-Oeste está baseada, principalmente,

nas atividades do setor primário: agricultura e pecuária .

b. Esse fato está relacionado a grandes extensões territoriais sem

ocupação , pois essas atividades, em geral, necessitam de grandes

áreas para sua realização.

2 Escreva V (verdadeiro) ou F (falso) nas afirmações abaixo.

V A maior parte da população do Centro-Oeste se concentra na área urbana.

V As áreas rurais são ocupadas principalmente por grandes fazendas de criação


de gado.

F A agropecuária não teve papel importante na distribuição da população dessa


região.

V A soja é um dos produtos cultivados na Região Centro-Oeste.

3 Na Região Centro-Oeste, encontramos a terra roxa, conhecida pela sua fertili-


dade. Pesquise o nome de plantas encontradas nesse tipo de terra.

Resposta pessoal

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 187

SSE_GEO_5F_UN4.indd 187 12/06/2021 11:43:03


A cultura da Região Centro-Oeste

A Região Centro-Oeste vem sendo povoada por pessoas de todas as partes do Brasil.

Culinária e história

Através da culinária, é possível compreender a história e a cultura da Região


Centro-Oeste. As comidas típicas dessa região mostram indícios da história da ocu-
pação nessas terras.
A região possui uma gastronomia variada e tem a culinária marcada pela pecuá-
ria, com o consumo de carnes caprina, suína e bovina. Teve contribuição também da
culinária indígena, que pode ser notada no uso de raízes e de condimentos. O pato
no tucupi é um prato típico muito apreciado. Há pratos exóticos, mas também pratos
simples. A maioria deles é à base de peixes de água doce: pintado, pacu, pacupeba,
piabuçu, piraputanga e dourado. É comum consumir, como acompanhamento, arroz,
pirão e farofa de banana. O caldo de piranha é um dos pratos que faz grande sucesso.
São consumidas carnes exóticas, como as de javali, capivara e jacaré.
Também são produzidos licores, conservas e sobremesas variadas.

Festas populares

Um dos principais folguedos é a Festa do Divino de Pirenópolis. Entretanto, outras


festas, como a cavalhada, a tourada e as festas juninas, também são muito conhecidas.
Marcelo Camargo/Agência Brasil/Wikimedia

Mauro Cruz/Wikimedia Commons

Cavalhada. Mascarados de Pirenópolis.

Além dos folguedos, há, ainda, danças típicas, como a folia de reis, ou reisado, o
cururu, a congada e o tambor.

188 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 188 12/06/2021 11:43:04


Variação linguística

A Região Centro-Oeste, assim como as outras, possui características próprias na


maneira que seus habitantes têm ao falar.
No caso, a língua local, que era indígena, sofreu influência de variantes paulistas
devido à presença dos bandeirantes. Assim, as palavras e expressões variam de
acordo com os estados.
Veja alguns exemplos.

Lavar urubu: Estar desempregado.


Vacilou: Deixou passar rápido.
Gás: Muito rápido.
Arruinou: Piorou o estado de saúde.
Bolicho: Mercearia.
Priscar: Ficar agitado.

Lendas e mitos

As lendas mais conhecidas na Região


Apesar de conhecidas em todo o território
Centro-Oeste são: Arranca-língua, Pai
brasileiro, as lendas do Saci-pererê e do
do Mato, Onça da Mão Torta, Mãe de Lobisomem se originaram no Centro-Oeste
Ouro, Saci-pererê, Lobisomem, Chico do Brasil.
Rei, entre outras.

©AlexandreMoreira/stock.adobe.com
Pontos turísticos

O turismo nessa região se destaca,


principalmente, por proporcionar contato
com a natureza. O ecoturismo e tudo o
que envolve as belezas naturais estão
presentes no Estado do Mato Grosso Chapada dos Guimarães – Mato Grosso/MT.
do Sul, no complexo do Pantanal e na
©GCastellon/stock.adobe.com

famosa beleza de Bonito. Essas duas


partes da região atraem visitantes de
todos os cantos do mundo. Além desses
lugares, o Centro-Oeste possui pontos
bastante visitados, como a região de
Caldas Novas e a Chapada dos Guima-
rães, no Mato Grosso. Bonito – Mato Grosso do Sul/MS.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 189

SSE_GEO_5F_UN4.indd 189 28/06/2021 19:53:28


Brasília foi uma cidade planejada pelo arquiteto Lúcio Costa e teve os seus prin-
cipais prédios públicos projetados pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Apresenta uma
beleza arquitetônica muito apreciada, que a fez ganhar o título de Patrimônio da
Humanidade.

©evenfh/stock.adobe.com

Um local bastante visitado na região é o Parque Indígena do Xingu, que é um


parque no qual a tradição do povo Xingu ainda tem sido preservada, mesmo sendo
aberto à visitação. Além desse, há muito interesse no Parque Nacional das Emas,
local onde o Cerrado também é preservado.

Pedro Biondi/ABr/Wikimedia Commons

190 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 190 28/06/2021 19:53:31


ATIVIDADES

1 Escreva o que quer dizer cada uma destas expressões.

a. Gás - muito rápido

b. Bolicho - mercearia

c. Priscar - ficar agitado

Agora, escreva uma frase usando cada uma delas.

Resposta pessoal

2 Pesquise e escreva, ao lado dos pontos turísticos, o local correspondente.

a. Marco zero da América do Sul: Cuiabá

b. Gruta subterrânea de São Miguel : Bonito -MS

c. Pantanal: Mato Grosso / Mato Grosso do Sul

d. Cidade com arquitetura planejada: Brasília

3 Pesquise a localização desses pontos turísticos da Região Centro-Oeste e


escreva-a abaixo de cada um deles.

a. Praça dos Três Poderes c. Pantanal

Distrito Federal Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

b. Chapada dos Veadeiros d. Catedral Metropolitana

Goiás Brasília

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 191

SSE_GEO_5F_UN4.indd 191 29/06/2021 14:53:17


4 Observe as informações que existem em um guia turístico. Depois, forme um
grupo com seus colegas para montar um guia turístico de cada região brasileira.

5 Organize grupos em sua turma para trabalhar cada uma das lendas abaixo. Pesqui-
se, em livros ou Internet, como é a história da lenda que ficou sob a responsabilida-
de do seu grupo e, depois, socialize-a.Resposta pessoal

Pai do mato Lobisomem

Saci-pererê Mãe de ouro

Onça da mão torta Chico rei

6 Escreva por que o pantanal é tão procurado por aqueles que praticam ecoturismo.

O pantanal é um local de beleza ímpar, pois possui grandes ecossistemas e deslum-

brantes espécies de seres vivos que compõem a flora e a fauna locais.

7 Escreva, nos quadros indicados, algumas representações do folclore da Região


Centro-Oeste. Depois, escolha uma delas, faça uma pesquisa e comente abaixo.
Resposta pessoal

Lendas Festas

Danças Pratos típicos

Resposta pessoal

192 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 192 12/06/2021 11:43:08


A tecnologia, o trabalho e a sociedade

Antigo Atual
Na Antiguidade, o homem procurou suprir
suas necessidades inventando e utilizando
novos instrumentos e se valendo da energia
dos animais, do fogo, da água e do vento
para realizar suas atividades, que, apesar de
não serem naturais, eram de baixo impacto
para o meio ambiente.

Esse processo, porém, foi deixado de lado no século XVIII, com a chegada da Re-
volução Industrial, que dinamizou a produção de bens e mudou o ritmo da vida das
pessoas, que, até então, era puramente ligado à natureza e ao campo. Coisas como
jornada de trabalho, estradas de ferro e navios a vapor começam a mudar o mundo.
Apesar de tudo, o aumento no impacto ambiental ainda era pequeno, mas, a cada
nova técnica de extração criada, a cada nova ferramenta de produção desenvolvida,
essa agressão ao ambiente aumentava.
No século XIX, as cidades e populações cresceram enormemente, impulsionadas
pelos avanços trazidos pela Revolução Industrial, que ainda não havia terminado.
Surgiram novas fontes de energia, que movimentam motores mais avançados, como
o dos automóveis. Surgiu também a energia elétrica, que, com suas lâmpadas de
filamentos, pôs fim às lamparinas a gás. A partir desse período, a poluição do ar e da
água começaram a ser perceptíveis.
Na década de 1950, no século XX, o desenvolvimento da tecnologia, ampliado
após as duas Guerras Mundiais, fez com que a indústria e a poluição alcançassem
níveis nunca antes possíveis, e esses níveis só têm aumentado.
Hoje em dia, os elementos naturais (água, ar e terra) sofrem grandes impactos
causados pelo ser humano e que provocam grandes mudanças ambientais no mun-
do. É necessário que se pense nas consequências da poluição em escalas local e
global e que se busquem tecnologias que, se não reverterem os malefícios da polui-
ção, ao menos não contribuam para aumentá-la.

As mudanças nas formas de trabalho

Podemos dizer que a Revolução Industrial foi um verdadeiro divisor de águas no


que diz respeito às técnicas de trabalho. Antes dela, por exemplo, atividades como
trabalho em lavouras eram praticamente as mesmas desde a Idade Média.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 193

SSE_GEO_5F_UN4 193 29/06/2021 17:24:16


Título
O plantio manual nos roçados podia levar o dia inteiro.

Com o desenvolvimento de máquinas agrícolas, esse


tempo passou para poucas horas.

Extrair madeira podia levar dias. Além de remover


manualmente os galhos, os lenhadores usavam animais
de tração para carregar a madeira. Se não tivessem
animais, carregavam eles mesmos.

Com o desenvolvimento de ferramentas de corte, a


madeira pode ser extraída e levada diretamente para
a cadeia de produção.

A Revolução Industrial não parou apenas nas técnicas de produção. Com a agilidade
do ritmo da linha de produção, a forma de trabalho e até o ritmo do dia a dia das pessoas
foi se modificando. O desenvolvimento de novas tecnologias nos séculos seguintes
mudaria até a forma de fornecer produtos.

Antes, o ritmo da produção era ditado pelo próprio


trabalhador, que fazia seu próprio horário, de acordo
com a necessidade ou simples vontade.

Com a industrialização, o que dita o ritmo do trabalho


é a demanda da fábrica e o horário estabelecido no
contrato.

Antigamente, a única forma de vender uma mercado-


ria era expor em algum local, seja numa loja ou numa
feira livre.

Com o desenvolvimento de tecnologias, ter um espaço


físico para vender produtos se tornou opcional. Com a
Internet, podemos comprar e vender mercadorias no
conforto do nosso lar.

194 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 194 28/06/2021 19:53:33


ATIVIDADES

1 Complete a frase com a alternativa correta.

Os ciclos de poucos danos à natureza foram deixados de lado no século XVIII, com a chegada
da Revolução…

… Cubana. … dos Bichos. X … Industrial.

… do Neolítico. … Francesa.

2 O que acelerou o desenvolvimento da tecnologia na primeira metade do século XX?

A Guerra de Independência. X As duas Guerras Mundiais.

A Guerra do Paraguai. A invenção do motor a explosão.

3 Pinte os quadros com afirmativas corretas.

A poluição não é um problema nosso.

A poluição não tem nada a ver com a indústria.

É necessário que se pense nas consequências da poluição.

É vital desenvolver tecnologias que minimizem a poluição.

Os ciclos naturais sofrem grandes impactos e provocam grandes mudanças


ambientais.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 195

SSE_GEO_5F_UN4.indd 195 12/06/2021 11:43:10


A energia utilizada nas produções industrial,
agrícola e extrativa

As pessoas sempre utilizaram fontes de energia em suas necessidades básicas


de sobrevivência. Usavam dessas fontes para cozinhar, aquecer o ambiente, produ-
zir combustíveis, entre outras atividades.
Entretanto, essas fontes de energia foram sendo mais utilizadas, principalmente no
setor industrial, que depende muito de energia para o funcionamento da linha de pro-
dução. É nas indústrias que se faz boa parte dos bens que consumimos e utilizamos.
As principais fontes de energia poluentes não renováveis são:

Petróleo
A mais utilizada no mundo para mover máquinas pesadas e automóveis.

Gás natural
Combustível fóssil que se encontra na natureza, normalmente em reservatórios
profundos no subsolo, associado ou não ao petróleo.

Carvão mineral
É a segunda fonte de energia mais usada pela indústria.

Energia nuclear
Esta é a energia produzida nas usinas termonucleares, que utilizam o urânio e outros
elementos como combustível para a geração de energia. É bem menos poluente do que
petróleo e carvão mineral. O perigo está no vazamento.

©engel.ac/stock.adobe.com

196 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 196 12/06/2021 11:43:11


Tendo o objetivo de reverter esse quadro, vários estudos sugeriram fontes de
energia limpas e renováveis. São elas:

©bayazed/stock.adobe.com
Hidrelétrica
Energia liberada por uma queda-d’água.
Essa é a mais utilizada no Brasil, graças
à quantidade de rios em nosso país.

©engel.ac/stock.adobe.com
Eólica
Gerada a partir do vento, ainda pouco
usada.

©Rudolf Geiger/stock.adobe.com
Solar
Captada pelo aquecimento de placas,
ainda pouco utilizada devido ao investi-
mento inicial elevado.

©Andrei Merkulov/stock.adobe.com
Biomassa
Gerada a partir da decomposição de
materiais orgânicos, como esterco,
restos de alimento e resíduos agrícolas.
©Alexandr Mitiuc/stock.adobe.com

Energia maremotriz
Fornecida a partir do movimento das
águas dos oceanos para uma estação.
Os especialistas em energia afirmam
que será uma das principais fontes de
energia do futuro.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 197

SSE_GEO_5F_UN4.indd 197 12/06/2021 11:43:13


ATIVIDADES

1 As pessoas sempre utilizaram fontes de energia em suas necessidades básicas


de sobrevivência. Dê sua opinião sobre a importância das fontes de energia
para o desenvolvimento do País.

Resposta pessoal

2 Qual é o nome da empresa que fornece energia elétrica para a sua casa?

Resposta pessoal

3 Explique, com suas palavras, como funcionam as fontes de energia abaixo:

a. Eólica: Resposta pessoal

b. Solar: Resposta pessoal

4 Pesquise e escreva a diferença entre energia renovável e energia não renovável.

Sugestão de resposta: A energia renovável, é aquela que se regenera, seja de modo

espontâneo, seja pela intervenção humana. A energia não renovável é aquela que,

quando esgotada, não se regenera, ou se regenera muito lentamente.

5 Se você pudesse escolher uma fonte de energia para usar, qual você escolheria?
Por quê?

Resposta pessoal

198 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 198 28/06/2021 19:53:36


O ser humano e o meio ambiente

O equilíbrio ecológico tem sofrido muitos impactos


por causa do aumento da ocupação humana sobre os
mais diversos ecossistemas.
Isso acontece porque os seres humanos não
conseguem se instalar num local sem prejudicar o
meio ambiente ou os outros seres vivos que nele
vivem.
O grande desafio da nossa sociedade é desenvol-
ver a tecnologia e manter o equilíbrio da natureza, já
que é cada vez maior a falta de recursos naturais.
Desde a década de 1980, as consequências
da interferência dos seres humanos na paisagem
se tornam muito mais profundas: o efeito estufa,
as chuvas ácidas, as ilhas de calor nas cidades, o
buraco na camada de ozônio, a poluição das águas,
o desmatamento, a extinção de espécies animais
e vegetais, o esgotamento de recursos naturais
não renováveis, etc., todos esses acontecimentos
fazem com que a gente pare e pense em que mundo
quer viver no futuro. ©bdavid32/stock.adobe.com

O desenvolvimento sustentável

Existem pessoas que estão tentando propor formas de viver sem prejudicar a
natureza.
Esse é um dos princípios do desenvolvimento sustentável. Com o desenvolvimen-
to sustentável, os seres humanos convivem em harmonia com a natureza. Para isso,
investem em pesquisas tecnológicas para a exploração da matéria-prima de tal forma
que se leve em consideração não só a atual, mas também as futuras gerações.
Muitas nações estão procurando encontrar meios de explorar sem destruir o meio
ambiente ou, pelo menos, diminuindo os impactos ambientais.
Mas já podemos sentir as consequências do que os seres humanos já fizeram. No
Brasil, por exemplo, quando os portugueses chegaram, grande parte das terras do nosso
país era coberta por matas. Muitas dessas matas foram derrubadas e destruídas.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 199

SSE_GEO_5F_UN4.indd 199 12/06/2021 11:43:14


Degradação dos ecossistemas

Quando há o rompimento do equilíbrio natural (o desmatamento das florestas,


por exemplo), prejudica-se a relação vegetação-solo, que possibilita o desenvolvi-
mento das vidas vegetal e animal.

©FERNANDO MARTINHO/stock.adobe.com

Você sabia?
Os arrecifes também são chamados de recifes. São formados por rochas submersas
logo abaixo das águas dos oceanos. Em geral, ficam próximo à costa e em locais com
pequena profundidade.
Esses ecossistemas marinhos se desenvolvem em águas tropicais e têm grande bio-
diversidade. Por isso, muitos biólogos e oceanógrafos estudam a importância desses
ecossistemas para a vida no mar. Existem muitos problemas que afetam os ecossistemas
marinhos, e um dos principais é a poluição que atinge os mangues, pântanos e arrecifes,
pois é muito grande a quantidade de gente que mora na costa.
A maior parte da poluição dos oceanos vem do continente. Essa poluição é levada
para os oceanos pelos rios, pelos ventos e pelas chuvas. Alguns dos principais poluentes
são: agrotóxicos utilizados na agricultura, materiais plásticos, metais, lixo das indústrias,
madeira, óleo, petróleo, lixo radioativo e, principalmente, esgotos sem tratamento
lançados pelos países mais pobres no mar. Muitos desses poluentes trazem sérias con-
sequências para a cadeia alimentar marinha. Os animais que vivem no mar se contami-
nam com esses poluentes, e, às vezes, as pessoas comem esses animais contaminados.
A preservação ambiental no nosso país é cada vez mais discutida. É possível ver,
constantemente, nos meios de comunicação, matérias esclarecendo e informando sobre
o assunto e denunciando o mau uso dos recursos naturais.

200 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 200 12/06/2021 11:43:15


Poluição dos cursos de água e dos oceanos

Sabemos que a água é o líquido mais


precioso da Terra, pois é essencial para
a vida dos seres vivos.
A água salgada existe em maior quan-
tidade (cerca de 97,3%), e podemos
encontrá-la nos mares e nos oceanos. Já
a água doce é encontrada nas nascentes,
nos rios, nos lagos e nas geleiras, e só a
encontramos em 2,7% da água no plane-
ta, mas apenas 1% do total está acessível
ao ser humano.

Poluir a água significa torná-la imprópria para o consumo.


A água pode ser contaminada pelo acúmulo de lixo e detritos junto de fontes e
cursos de água; pelos esgotos domésticos que, muitas vezes, são lançados nos rios
ou nos mares; pelos resíduos tóxicos jogados pelas fábricas; e pelos produtos tóxicos
utilizados pelos agricultores.
A água poluída tem um cheiro desagradável e não deve ser usada nem bebida,
pois, por ela, podemos contrair algumas doenças como diarreia, hepatite, cólera,
febre tifoide, amebíase e esquistossomose.

Outro tipo de poluição que vem prejudicando


o meio ambiente são as marés negras, cau-
sadas pelo derramamento de petróleo por um
petroleiro, geralmente em consequência de
um acidente. O petróleo derramado se alastra
flutuando sobre as águas, formando extensas
manchas negras — por isso o nome de marés
negras. Causam severos danos à fauna e flora
marinhas, muitas vezes de forma irreversível.
A poluição está cada vez mais degradando
o meio ambiente, e é necessário que algumas
decisões sejam tomadas. A sociedade deve se
engajar em campanhas educativas juntamente
com o poder público, que deve orientar a po-
pulação para a importância de manter a água
sempre limpa.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 201

SSE_GEO_5F_UN4.indd 201 28/06/2021 19:53:40


ATIVIDADES

1 Escreva a resposta para cada uma das perguntas.

a. O que tem acontecido com o equilíbrio ecológico?

O equilíbrio ecológico tem sofrido muitos impactos.

b. Por que isso tem acontecido com o equilíbrio ecológico?

Porque houve aumento da ocupação humana nos mais diversos ecossistemas.

c. De que forma os seres humanos têm interferido no equilíbrio ecológico?

Os seres humanos não conseguem se instalar num local sem prejudicar o meio

ambiente e os outros seres vivos que vivem nele.

d. Em relação ao equilíbrio ecológico, qual é o grande desafio que a nossa sociedade


tem atualmente?

O grande desafio é desenvolver a tecnologia mantendo o equilíbrio da natureza.

e. Por que é importante vencer esse desafio?

Porque é cada vez maior a falta de recursos naturais.

202 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 202 19/06/2021 09:45:49


Os problemas ambientais

©toa555/stock.adobe.com

Um dos problemas graves que es-


tamos vivendo é a degradação do meio
ambiente, em geral, impulsionada pela
necessidade de aumentar a produção
agrícola ou por causa da industrialização.

Cinco das várias Regiões Metropolitanas brasileiras se encontram à beira-mar,


e metade da população brasileira mora a menos de 200 km da costa. Nos próximos
anos, estima-se que 60% da população mundial estarão morando no litoral, o que
significa um número ainda maior de hotéis, casas e, consequentemente, uma maior
quantidade de lixo nas praias e no mar.
Atualmente, a poluição do ar, o desmatamento, a extinção de espécies, a degra-
dação do solo e a superpopulação representam grandes ameaças ao planeta. Infe-
lizmente, a maioria dos problemas ambientais são provocados por diversas ações
humanas. Esses problemas afetam a fauna, a flora, as águas, o ar, etc.

Diferentes tipos de poluição

A poluição é definida como degradação da qualidade ambiental, quer direta ou


indiretamente. Podemos identificar diferentes tipos de poluição.
Poluição sonora – aquela causada pelo excesso de ruídos, como os causados por
carros, máquinas pesadas, entre outros. Apesar de já fazer parte da convivência nos
centros urbanos, é prejudicial.
Poluição visual – nas cidades, é representado pelo excesso das imagens de out-
doors, cartazes e outros meios de comunicação.
Poluição atmosférica – aquela causada, principalmente, pelas indústrias e pelos
automóveis. Afeta a qualidade do ar que respiramos.
Poluição da água – a poluição de rios, lagos, mares, etc. É uma das formas mais
comuns de poluição. Durante toda a sua história, o ser humano procurou locais
próximo a cursos de água para se estabelecer, o que, consequentemente, compro-
mete a qualidade desses corpos de água devido a poluentes de origem industrial ou
residencial neles.
Poluição do solo – todo resíduo que é jogado no solo sem cuidado algum carac-
teriza poluição.
Os agrotóxicos e os defensivos agrícolas usados indiscriminadamente podem
provocar a contaminação do solo.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 203

SSE_GEO_5F_UN4.indd 203 12/06/2021 11:43:17


ATIVIDADES

1 Nas grandes cidades, encontramos vários problemas ambientais em lagos, mares


e rios poluídos. Pinte os círculos que mostram ações que podem ser praticadas
para diminuir os problemas com o meio ambiente.

X Economizar água. Cortar muitas árvores.

X Reciclar o lixo. X Não fazer queimadas.

Prender animais silvestres em gaiolas.

2 Quais problemas ambientais estão sendo mostrados nas imagens abaixo?


Como eles afetam o meio ambiente?
©ALF Ribeiro/stock.adobe.com ©Bashkatov/stock.adobe.com

O desmatamento. Devasta as florestas e A poluição do ar. Causa danos à saú-

os recursos naturais, comprometendo o de humana, à vegetação e aos animais,

equilíbrio do planeta. desfigura a paisagem, provoca altera-

ções climáticas, etc.

3 Por que é importante preservar ambientes naturais?

Resposta pessoal

4 Leia e faça o que se pede.

Com o crescimento das cidades e o aumento da população, o lixo tem sido um problema
ambiental grave.

Escreva uma frase sobre a importância da reciclagem de lixo para o meio ambiente.

Resposta pessoal

204 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 204 12/06/2021 11:43:18


Os órgãos do poder público: soluções para a
melhoria da qualidade de vida

A Lei no 6.938, de 31 de agosto de 1981, foi decretada pelo Congresso Nacional e


sancionada pelo então presidente da República, João Figueiredo. No segundo artigo,
ficou acordado que “A Política Nacional do Meio Ambiente tem por objetivo a preserva-
ção, melhoria e recuperação da qualidade ambiental propícia à vida, visando assegurar,
no País, condições ao desenvolvimento socioeconômico, aos interesses da segurança
nacional e à proteção da dignidade da vida humana”.
Um dos órgãos criados pela lei foi o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama),
que é responsável pela proteção e melhoria da qualidade ambiental.

Em 2012, foi sancionada a Política Nacional de Mobilidade Urbana (12.587/2012),


que é um instrumento da política de desenvolvimento urbano que objetiva a integra-
ção entre os diferentes modos de transporte e a melhoria da acessibilidade e mobi-
lidade das pessoas e cargas no território do município.

Os canais de comunicação nos espaços

As formas de gestão do espaço urbano, o uso e a ocupação dos ambientes, o


acesso à residência digna, à mobilidade urbana, que, juntos, fazem o direito às
cidades, devem ser construídos de maneira bem pensada e com a participação da
população, afinal nosso país é uma república democrática.

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 205

SSE_GEO_5F_UN4.indd 205 12/06/2021 11:43:19


Segundo várias leis vigentes, além da participação das pessoas, essa gestão
deve acontecer com transparência, ou seja, sem segredos entre os governantes e as
pessoas.
Por conta disso, é necessário que todas as decisões que afetam a vida das pes-
soas e os espaços sejam realizadas em audiências públicas e debates abertos com
a população, o governo local e associações que representem as comunidades. É
através desse diálogo direto entre os gestores das cidades e a população que se
formam soluções para os desafios cotidianos das cidades e se evitam problemas
como desvio de dinheiro público ou investimentos errados em obras que não benefi-
ciam ninguém.
As populações de comunidades que não contam com esse tipo de espaço devem
pressionar o poder local (Prefeitura, Câmara de Vereadores e Governo Estadual) para
que esses canais de diálogo entre governo e governados sejam implementados, e
todos possam ser ouvidos.

©Lucas Reis/stock.adobe.com

206 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 206 12/06/2021 11:43:21


ATIVIDADES

1 As prefeituras de várias cidades implantaram atividades físicas gratuitas para a


população, com o objetivo de melhorar a saúde das pessoas. Qual é a sua opinião
sobre essa atitude?

Resposta pessoal

2 Desenhe espaços urbanos em que deficientes físicos têm seu direito de ir e vir
garantido por meio de obras de acessibilidade.

Resposta pessoal

3 Explique a frase a seguir.

Moradia é um direito de todos os cidadãos.

Resposta pessoal

Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental 207

SSE_GEO_5F_UN4.indd 207 19/06/2021 09:30:35


Dinâmica para trabalhar o socioemocional

Montanha coletiva Vivenciando

Cada educando recebe uma folha de 1 Desenhe suas emoções.


ofício ou cartolina e material de desenho Resposta pessoal
O que você estava sentindo...
e pintura. O educador explica-lhes que
eles deverão desenhar pessoas traba- antes da dinâmica? depois da dinâmica?
lhando em qualquer situação. Depois
que acabarem essa parte da ativida-
de, são disponibilizados pedaços de
fita adesiva para eles transformarem o
2 De 0 a 10, qual nota você daria para
papel em um cubo, enrolando um pou-
os cubos que montaram?
co. Com os cubos prontos, o educador
explica aos educandos que eles terão de
criar uma montanha no meio da sala, e a
ideia é que ela seja a mais alta possível,
somente empilhando um cubo sobre o Resposta pessoal
outro. A regra principal é prestar aten-
ção à construção como um todo e não 3 Você acha que conseguiria montá-
só à sua parte, ajudando um ao outro. -los sem ajuda de seus colegas?
O educador dá o sinal e pede para eles
irem bastante devagar, auxiliando-os Sim Não Resposta pessoal
com a palavra em alguns momentos,
4 Marque as opções necessárias.
mas deixando-os livres para realizar a
atividade. Ao término da tarefa, todos se
Durante a dinâmica, você:
reúnem ao redor da obra, e o educador
Resposta pessoal
pergunta-lhes quais foram as dificul-
dades, as conquistas e os aprendizados
precisou e pediu ajuda.
que cada um teve, além de argumentar
com eles sobre a imagem e sobre o que a precisou e não pediu
obra representou para todos. ajuda.

WENDELL, Ney. Praticando a gentileza em sala de ajudou um amigo.


aula. Recife: Prazer de Ler, 2012.
ofereceu ajuda.

208 Geografia • 5o ano • Ensino Fundamental

SSE_GEO_5F_UN4.indd 208 19/06/2021 09:32:56

Você também pode gostar