Você está na página 1de 56

Breve guia da Oração de Jesus

escrito para todos os cristãos:

“Para as crianças, os jovens e os pais” (1 Jo. 2,12-13)


ÍNDICE
Introdução................................................. .................................................. .................................................. .... 1

“Ore sem cessar” - todos ........................................... .................................................. ............................... 1

O poder da oração de Jesus ............................................. .................................................. ................................ 2

Oração mental e incessante - mandamento de Deus ........................................... ............................................... 2

Como começar?.............................................. .................................................. .................................................. . 3

Simplicidade ................................................. .................................................. .................................................. .... 4

Oração de Jesus - atividade principal ou secundária? .......................................... .................................................. ............. 4

Repita sempre e em toda parte ............................................. .................................................. .................... 5

FORMAS DE USAR A ORAÇÃO ............................................. .................................................. ............................... 5

Uso gratuito ................................................ .................................................. .................................................. ....... 5

Uso formal ................................................ .................................................. ................................................. 6

Preparação curta ................................................ .................................................. ...................................... 6

Silêncio interior ................................................ .................................................. .............................................. 7

FÓRMULA ................................................. .................................................. .................................................. ....... 7

Devemos adicionar “pecador” no final (... misericórdia de mim, pecador)? .................................................. .................... 8

“Tem misericórdia de mim” - oração por todas as pessoas ....................................... .................................................. .......... 8

NOME - “JESUS” (grego: Ιησούς (Iēsous), hebraico: ‫ ( ישו‬Yeshua)) ............................................... ................... 8

PRESENÇA ................................................. .................................................. .................................................. ....... 9

Etapa................................................. .................................................. .................................................. ..... 10

Corpo - Templo ............................................... .................................................. ............................................... 10

ATENÇÃO................................................. .................................................. .................................................. ... 11

Mente - errante ............................................... .................................................. .......................................... 12

Pensamento do Único .............................................. .................................................. ....................................... 13

PRÁTICA ................................................. .................................................. .................................................. ...... 13

Quantidade................................................. .................................................. .................................................. .... 14

Passo a passo............................................... .................................................. .................................................. 15

Não coloque muita pressão sobre si mesmo .......................................... .................................................. ....... 15

Nunca abandone a oração ............................................... .................................................. ................................. 16

ESTÁGIOS DE ORAÇÃO ............................................... .................................................. ........................................... 16


Oral ................................................. .................................................. .................................................. ........... 16

Mental ( noético) ................................................ .................................................. ............................................ 17

Oração do coração ............................................. .................................................. ......................................... 17

Garganta ................................................. .................................................. .................................................. ... 18

Coração................................................. .................................................. .................................................. ..... 18

TÉCNICAS PSICOSSOMÁTICAS ................................................ .................................................. ....................... 19

Arrependimento................................................. .................................................. ................................................. 20

Respirando ................................................. .................................................. .................................................. .. 20

Postura ................................................. .................................................. .................................................. ..... 21

REGRA DE ORAÇÃO ................................................ .................................................. .................................................. . 21

Não ter uma regra definida (fixa) .......................................... .................................................. ....................... 22

Tendo uma regra moderada .............................................. .................................................. ................................. 22

Boas regras de oração ............................................... .................................................. ...................................... 23

Hora de orar ............................................... .................................................. ............................................. 23

Tempo, ritmo ............................................... .................................................. ............................................. 23

Prostrações ................................................. .................................................. ................................................ 24

Corda de oração ................................................ .................................................. .................................................. 24

MAIS SAGRADA MÃE DE DEUS ............................................. .................................................. ........................... 25

Ore à Mãe de Deus pelo dom da oração de Jesus ....................................... ............................................ 25

A oração é o presente .............................................. .................................................. ........................................ 26

E o que você tem que não recebeu? .................................................. ................................... 26

ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL ................................................ .................................................. ...................................... 26

Não existem guias espirituais ........................................... .................................................. ...................... 26

Leitura................................................. .................................................. .................................................. ..... 27

Pai espiritual ................................................ .................................................. ............................................. 27

Deus - mestre da oração ............................................ .................................................. ............................ 28

DELUSION ................................................. .................................................. .................................................. ..... 28

PENSAMENTOS ................................................. .................................................. .................................................. ... 29

Lute com os pensamentos ............................................... .................................................. ................................. 30

Dois pensamentos astutos e duplo destro .......................................... ................................................ 31


Pensamentos positivos................................................ .................................................. ......................................... 32

Poder dos pensamentos .............................................. .................................................. ................................... 32

REMEBRÂNCIA DA MORTE ............................................... .................................................. .................................. 33

TENTAÇÕES ................................................. .................................................. ................................................ 33

Não se desespere na batalha ............................................. .................................................. .................................. 34

Renda-se à vontade de Deus ............................................ .................................................. ............................ 36

Recomende tudo a Deus por meio da oração ............................................ .................................................. .......... 36

OBJETIVO E FRUTOS DA ORAÇÃO ............................................ .................................................. ..................... 37

Meta ................................................. .................................................. .................................................. .......... 37

Frutas ................................................. .................................................. .................................................. ......... 38

Paz ................................................. .................................................. .................................................. .... 38

Alegria................................................. .................................................. .................................................. ......... 39

Humildade ................................................. .................................................. .................................................. 39

Saúde ................................................. .................................................. .................................................. ... 40

DISPOSIÇÃO (para acompanhar a oração) ............................................ .................................................. .................. 41

Fé................................................. .................................................. .................................................. .......... 41

Perdoe e não ofenda ninguém ............................................ .................................................. .................. 41

Amor ................................................. .................................................. .................................................. .......... 42

Livre de preocupações ............................................... .................................................. ............................................. 43

Ação de graças................................................. .................................................. ............................................... 43

Humildade ................................................. .................................................. ................................................ 44

Anjos e oração ............................................... .................................................. ............................................. 44

Demônios ................................................. .................................................. .................................................. ........ 45

Cristo é tudo ............................................... .................................................. .................................................. ...... 46

CONCLUSÃO ................................................. .................................................. .................................................. 47

Orações finais ................................................ .................................................. ................................................ 48

Referências:................................................ .................................................. .................................................. .... 49

Literatura:................................................ .................................................. .................................................. ...... 50


Introdução
Proponho dedicar este discurso a expor o mais brevemente possível os aspectos mais importantes da Oração de
Jesus e as visões de bom senso sobre esta grande cultura do coração que encontrei nos escritos
dos santos padres. [ 41]

O objetivo desta apresentação é explicar como praticar a oração de Jesus e apontar sua necessidade fundamental em nosso
serviço espiritual a Deus. Em suma, para lembrar a todos os que se esforçam por sua própria salvação do antigo ensino dos
santos padres sobre essa atividade mental, principalmente porque as pessoas têm alguma apreensão obscura e obscura
sobre a oração de Jesus. [ 12]

Outra razão pela qual falo sobre este assunto é o conselho de São Gregório Palamas: “não só devemos cumprir o
mandamento de Deus de orar em nome de Jesus Cristo sem cessar, mas devemos também mostrar este método de
oração a todos: aos religiosos, aos os leigos, os sábios e os simples, os homens, as mulheres e as crianças. Em tudo, sem
exceção, devemos tentar despertar o zelo pela oração incessante ”. [ 5]

A todos aqueles que têm sede de verdadeiramente glorificar a Deus, ouso oferecer estas palavras não como um
ensinamento, mas como um conselho fraterno, compartilhando com vocês o que li e vivenciei na prática. Não confiando
em minhas próprias forças, mas apenas esperando pela força todo-poderosa de meu Senhor, rejeitando minha própria
sabedoria e tudo que não é apoiado pelas Sagradas Escrituras ou pelos escritos inspirados por Deus dos Santos Padres,
eu presto contas de tudo de que eu mesmo precisei muito em um ponto, quando tive sede de virtualmente cada palavra
que vou falar com você. Claro que não vou discutir tudo, mas apenas o mais importante, essência do assunto que todos
precisam. [ 3]

“Ore sem cessar” - tudo


A quem se dirigem as palavras de São Paulo “Orai sem cessar” (1.Tess 5,17)? Só aos escolhidos ou
a todos sem exceção? Sim, eles são dirigidos a todos. Portanto, este mandamento deve ser
cumprido. [ 53]

Que ninguém pense, meus irmãos cristãos, que é dever apenas dos padres e monges orar sem cessar, e não
dos leigos. Não não; é dever de todos nós, cristãos, permanecer sempre em oração. [ 36] Os mandamentos são
os mesmos para leigos e monges e há apenas um Paraíso. [ 37]

O apóstolo Paulo ordena que todos os cristãos, sem exceção, ofereçam oração mental e espiritual. Ele ordena a
todos que orem sem cessar e isso não pode ser alcançado exceto com a oração mental no coração. Portanto, sem
medo, dê liberdade à sua alma: “reze sem cessar”. Você está apenas cumprindo o mandamento do apóstolo dos
gentios. [ 55]

Vejam, meus irmãos, que é dever de todos os cristãos, pequenos e grandes, sempre praticar a oração mental: Senhor
Jesus Cristo, tem piedade de mim! Mas o que dizem os leigos? "Estamos sobrecarregados por questões e preocupações
mundanas; como é possível orarmos incessantemente?" Eu respondo a eles que Deus não ordenou nada impossível para
nós, mas apenas o que podemos fazer. Portanto, isso também pode ser realizado por todos que buscam a salvação de
sua alma. Pois se fosse impossível, seria impossível para todos os leigos

1
em geral, então não deveríamos encontrar um número tão grande de pessoas que realizaram no mundo esta obra de
oração incessante devidamente. [ 36]

O Padre Tadej disse que encontrou leigos que tinham o mais alto nível de oração. [ 42] Ele disse: “Eu pensava que todos
os monges, padres e bispos possuíam a graça gratuita * de Deus”. Para minha surpresa, todos aqueles anos que passei
com monges e padres e encontrei apenas um monge em quem a graça dada gratuitamente por Deus podia ser notada.
Apenas um monge! Pelo contrário, tenho visto muitos leigos que possuíam a graça gratuita de Deus. [ 49]

O Padre Macário de Optina foi visitado por um homem em busca de conselhos, que também tinha um nível tão elevado de oração que o
Padre Macário ficou sem saber o que responder. Tudo o que ele pôde dizer foi: “Mantenha a humildade, mantenha a humildade”. [ 1]

Os santos padres não apenas nos pedem, não apenas nos imploram, eles até nos imploram que não desprezemos seu apelo e
tomemos seriamente a atividade mental, ou seja, a invocação incessante do nome de Deus. [ 60] Diz São João Crisóstomo:
“Imploro-vos, irmãos, que nunca abandonem a regra desta oração” .

Poder da oração de Jesus


A oração incessante como mandamento de Deus e dom de Deus é inexplicável para a razão humana. [ 60] Esta oração é um
grande presente do Céu para cada pessoa e para a humanidade em geral. [ 41] Esta oração simples de uma frase é tão
poderosa que o intelecto humano não é capaz de compreendê-la. [ 22]

É curto na forma, mas contém o Grande e o Incontestável. É composto de poucas palavras, mas tem um grande poder
efetivo. Suas palavras estão cheias do poder inconcebível de Deus, como o próprio Deus, cujo Nome a oração contém, é
inconcebível. Suas palavras são sagradas, porque contêm o nome de Deus santo. Seu nome é santo. A Santíssima Virgem
conhecia este segredo: “Porque grandes coisas fez por mim aquele que é poderoso, e santo é o seu nome” (Lc. 1:49) [ 60]

Oração "Senhor Jesus Cristo, tem misericórdia de mim" é uma arma contra o diabo e não é apenas uma arma simples, mas uma
bomba nuclear. [ 68]

A Oração de Jesus assume uma dimensão metacósmica. [ 41] Você deve saber que este nome guarda uma
profundidade imperceptível. [ 57] Brilhando no coração, a luz do Nome de Jesus ilumina todo o universo. [ 59]

Oração mental e incessante - mandamento de Deus


Que seja conhecido que o próprio Deus, já no paraíso, deu a oração mental divina ao primeiro homem criado (como
testemunhou santo Nilo do Sinai). [ 60]

A oração mental, a oração do coração é comandada por Deus tanto no Antigo quanto no Novo Testamento. “Amarás o
Senhor teu Deus com todo o teu coração, e com toda a tua alma, e com toda a tua mente, e com todos

*
O estado daqueles que recebem a graça de Deus gratuitamente é igual ao estado dos anjos e santos. Essas pessoas são guiadas pelo
Espírito Santo e não têm pensamentos originários deste mundo. Quando o padre Tadej diz 'a graça concedida gratuitamente', ele
provavelmente também se refere ao dom da oração incessante.

2
sua força. Este é o primeiro mandamento. "(Marcos 12:30). Obviamente, o mandamento principal e exaltado não
pode ser cumprido exceto pelo noético (grego: noētikos, a partir de noein pensar, de nous a mente) oração, oração
do coração. Portanto, a oração é principalmente o cumprimento do primeiro e principal mandamento desses dois,
mandamentos nos quais estão concentrados a Lei, os Profetas e o Evangelho. [ 13]

Se você entende o que é dito em um sentido místico por São Paulo, que “nós não lutamos contra carne e sangue,
mas. . . contra a maldade espiritual nos lugares elevados ”(Efésios 6:12), você também entenderá a parábola do
Senhor, que Ele falou“ para que os homens sempre devem orar e não desanimar ”(Lucas 18: 1). [ 30]

A oração incessante é a expressão máxima de nosso amor a Deus. É o caminho mais místico e excelente, o caminho do
amor, que é indiretamente indicado pelo santo apóstolo quando diz: “E ainda assim vos mostro um caminho mais
excelente” (1 Co 12,31). Devemos estar engajados nesta atividade como em um serviço divino, como em uma
manifestação de nosso amor pelo Senhor Jesus Cristo. Porque a lembrança de Deus gera amor por ele. [ 60]

O que quer que um homem ame, ele deseja a todo custo estar perto de forma contínua e ininterrupta, e
se afasta de tudo que o impede de estar em contato e morar com o objeto de seu amor. É claro, portanto,
que quem ama a Deus também deseja estar sempre com ele e conversar com ele. Isso acontece em nós
através da oração pura . [ 51]

Sabemos que o Senhor Salvador se fez homem. E nós o conhecemos como um homem. Você vê como Ele chegou perto de nós,
para estar perto de nós não apenas em espírito, mas também em corpo. Pois nós somos sua descendência. Nós somos dele.
Portanto, visto que somos Seus, devemos nos aproximar Dele com nosso coração. Quando pensamos frequentemente em
alguém, começamos a amar essa pessoa. Voce entende? É impossível amar alguém se não lhe dermos atenção por muito tempo
e se não lhe dedicarmos pensamentos. Da mesma forma, pensamos em Deus: incessantemente, sabendo que está
exclusivamente em Sua autoridade todo poder, toda força. Ele é todo-poderoso, tudo pertence a ele. Então, por que devemos nos
dirigir a outra pessoa, a quem mais devemos ir? Quem é mais poderoso para nos ajudar do que Ele? Você sabe, vamos aprender
a nos aproximar Dele com nosso coração. E Ele está lá, no coração; Ele não está longe, Ele está no centro da vida e anima a vida. [ 49]

Como começar?
Você sabe o que fazer, vá e faça. Sim mas como? Como você e eu podemos adquirir essa oração interior viva e profunda?
[59]

Nenhum conhecimento especializado ou treinamento é necessário antes de iniciar a Oração de Jesus. Para o
iniciante, é suficiente dizer: simplesmente comece. Para caminhar, é preciso dar um primeiro passo; para nadar,
é preciso jogar-se na água. É o mesmo com a Invocação do Nome. Há uma grande diferença entre pensar ou
falar sobre oração silenciosa e orar de verdade. Como os nadadores iniciantes, só aprendemos nos molhando. [ 59]

Para começar, você não precisa de nenhum livro especial ou outros adereços, não há necessidade de algumas explicações
acadêmicas, para alguma teologia de alto nível e filosofar. Você só precisa do amor e do desejo de se unir a Deus.

3
O Senhor, tendo dado a você a sabedoria para ansiar pelo trabalho em oração, reconhece que você foi chamado para essa
obra. É bom diante de Deus. Ele mesmo ajudará a estabelecer o fundamento. É Ele quem sempre que uma oração é dita, e
até mesmo cada palavra separada de oração é pronunciada com a Sua ajuda. Ele deseja estar com você durante todo o
tempo de oração e o contempla. Ele observará como você O ama, testemunhando seu amor por meio da lembrança Dele
em oração. [ 3]

Simplicidade
A ação da oração é simples - essas são palavras casuais de uma criança falando com o pai. [ 12] Deus quer que nossa
alma seja simples, sem muitos pensamentos e muito conhecimento; como uma criança que espera tudo de seus
pais. É por isso que o Senhor disse: “Se vocês não se tornarem como crianças, não poderão entrar no Reino de
Deus”. (Mt 18: 3). [ 37] Não finja ser um homem sábio na oração; leia com simplicidade e atenção, e tenha a crença de
uma criança de que o Senhor está perto e ouve as palavras de sua oração. [ 3]

Sua oração deve ser assim: simples, simples e humilde com uma fé infantil, sem esperar a resposta de Deus. Não espere
ver Sua mão ou Seu rosto. Nada como isso! Acreditar. Se você fala com Deus, então você realmente fala com Deus. [ 39]

Quantas falsidades foram contadas sobre esta oração sagrada ?! Mas as coisas são simples: você acredita que o Senhor
Jesus Cristo é o seu único Salvador? Se você crê, clame “Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, tem misericórdia de mim”. [ 53]

Oração de Jesus - atividade principal ou secundária?


Quando você acorda de manhã, você deve saber, não apenas com sua mente, mas com seu coração que sua principal
atividade diária é a oração de Jesus, e outros assuntos mundanos são o pano de fundo sobre o qual a oração funciona.
Esse conhecimento deve ser traduzido em determinação da vontade. A oração deve ser considerada como o trabalho
central de sua vida, e tudo o mais como uma função secundária. Portanto, faça de sua oração a primeira prioridade em
sua vida. [ 25]

É tolice não acreditar em Deus, mas é ainda mais tolice acreditar Nele e ao mesmo tempo tratá-lo como um fator menor
em nossa vida, deixar apenas um cantinho em nossa mente e coração para Ele, dar-lhe migalhas de nossa vida, partir
para a comunhão com Deus apenas pausas entre os assuntos mundanos. Dizemos nossas orações rapidamente, apenas
para cumprir nosso dever e, então, passar para algo aparentemente mais importante. [ 25]

Devemos sentir com nosso coração o Deus infinitamente próximo e vivo. Devemos despertar um sentimento sincero e vivo
por Deus, nosso Salvador. Então, a oração mental incessante não é “uma atividade mecânica pesada”, mas uma respiração
de vida. Não devemos respirar o ar da oração incessante apenas quando surge a necessidade, mas porque não podemos
deixar de respirar: na verdade, é uma necessidade fundamental e um alimento espiritual. Tal atividade resulta de um
sentimento vivo em relação ao Deus vivo. [ 60]

Somos surdos por tudo o que vem do reino divino e, portanto, não ouvimos a sinfonia divina celestial do mundo
angelical, que ressoa no nome de Deus santo. Portanto, invocar o nome de Deus não encanta e alegra nossa alma.
Para nós, essa invocação é difícil ... enfadonha ... cansativa. Não nos agrada. Nós não

4
ouvir a alegria do céu nele. É infinitamente mais fácil e confortável para nós deixar nossa mente vagar
sem sentido do que repetir este nome alegre. [ 60]

Somos egocêntricos, ou seja, apaixonados por nossa própria vontade e pensamentos. [ 40] É muito mais interessante para
nós entreter-nos em nossos pensamentos do que permanecer em oração sem pensamentos e imagens, unidos ao
Senhor.

Não permita que nada a não ser o nome do Senhor te encante, não concorde com mais nada, e conheça apenas a
oração atenta em todos os momentos e em qualquer lugar [ 3], porque a contemplação de Deus ou a oração do coração é
mais elevada do que qualquer outra obra e é o ápice das virtudes, sendo o amor de Deus. [ 17]

Repita sempre e em qualquer lugar


O Élder Ambrósio de Optina instrui todos os cristãos a praticar a oração de Jesus constantemente. Seja andando,
sentando, deitado, bebendo, comendo, falando ou fazendo algo, devemos recitar esta oração com humildade.
Devemos continuar a orar sempre, sem limitações de tempo ou espaço. [ 1]

Ocupe-se com a oração sempre dia e noite, tarde, manhã, em casa e fora, no trânsito e no trabalho, em pé,
caminhando, deitado e sentado, durante a regra e fora de todas as regras. Em todos os momentos, faça a oração:
onde você está, aí você ora. [ 3] O mistério da oração não é realizado em um momento específico e em um lugar
específico. Se você associar o ato da oração com horas, tempo ou lugar, você passará o resto do tempo em
ocupações ociosas. [ 35]

O Senhor ama quando o invocamos incessantemente e abrimos nossos corações a ele. A oração não é algo que
começamos, terminamos e pronto. Você fica na frente de um ícone, diz o que deseja e segue seu próprio caminho. Essa
não é a oração. [ 49] O cristão deve sempre se lembrar de Deus, não só quando entra em uma casa de oração, porque Ele
diz: “Pois onde estiver o seu tesouro, aí estará também a sua mente” (Mt.6: 21). O deus de uma pessoa é algo a que seu
coração está apegado e algo pelo qual anseiam. O Senhor é o Deus de cada um, se o coração deles sempre O desejar. [ 64]

Então treine para ir dormir, repita a oração; adormecer com ele. E ao acordar, seu primeiro pensamento, sua primeira
palavra e ação é a oração de Jesus. [ 13] Gregório, o Teólogo, também ensina todos os cristãos a dizer o nome de Deus em
oração com mais freqüência do que respirar [ 36], porque a lembrança de Deus é mais importante para nós do que o ar que
respiramos. [ 60]

FORMAS DE USAR A ORAÇÃO

Uso livre
Por uso “gratuito” entende-se a recitação da oração enquanto estamos engajados em nossas atividades habituais ao longo do
dia. Esse uso “gratuito” da Oração de Jesus nos permite preencher a lacuna entre nossos “momentos de oração” explícitos - seja
nos cultos da igreja ou sozinhos em nosso próprio quarto - e as atividades normais da vida diária. Une tempo de oração e
tempo de trabalho, transforma nosso trabalho em oração, traz Cristo em tudo o que fazemos, permite encontrar Cristo em
todos os lugares. Não existem regras rígidas, mas variedade e flexibilidade. [ 59]

5
Cada trabalho também é uma oração. Quando fazemos nosso trabalho com o coração, nossos pensamentos estão conectados a esse trabalho, o

que significa que trabalhamos para Deus. Nós erroneamente pensamos que trabalhamos para as pessoas. Os Santos Padres costumavam rezar:

“Ó Senhor, livra-me do esquecimento”! Eles oravam assim em todos os momentos - para se libertar do esquecimento. Porque nos perdemos nas

coisas terrenas, nos objetos, no trabalho ... Esquecemos que Deus está presente em todos os lugares e que o trabalho que fazemos é Seu trabalho

também. [ 49]

Quando você orar (durante o dia na frente das pessoas), faça-o em segredo. Não mostre externamente sua oração incessante. Se
possível, esconda até mesmo das pessoas mais próximas a você. Da mesma forma, você “entra no quarto” (Mt 6: 6) da sua alma,
fecha a porta, para que ninguém que esteja te observando possa dizer: “ele está orando”. Deixe sua oração ser um segredo mais
íntimo. [ 55] Tendo escondido a sua virtude, não se encha de orgulho, imaginando que alcançou a retidão. Pois a justiça não é
apenas esconder suas boas ações, mas também nunca ter pensamentos proibidos. [ 30]

Uso formal
“Uso formal” é quando oramos em silêncio e (por exemplo, em nosso quarto ou em uma cela monástica).

Uma experiência de quietude é essencial para cada pessoa que deseja aprender a arte da oração. Para conseguir essa
experiência, não se deve necessariamente retirar-se para o deserto. Mas é preciso reservar alguns minutos todos os dias,
entrar no quarto, “fechar a porta e orar a Deus que está em secreto” (Mt 6, 6). Nossa tentação ou engano usual é que
estamos sempre muito ocupados e sempre corremos para fazer algo extremamente importante: acreditamos que, se
gastarmos muito tempo em oração, não teremos a oportunidade de fazer essas coisas importantes. [ 14]

A falta de gosto pela solidão e pelo silêncio é uma das doenças mais comuns da pessoa moderna. Muitos até têm medo
de ficar quietos, sozinhos ou de ter tempo livre: sentem-se mais confortáveis estando constantemente ocupados; eles
precisam de palavras, impressões; sempre se apressam para ter a ilusão de uma vida abundante e saturada. Mas a vida
em Deus começa quando as palavras e os pensamentos silenciam, quando os cuidados do mundo são esquecidos e
quando um lugar na alma humana é liberado para ser preenchido por Ele. [ 14]

Preparação curta

Antes de começarmos a orar (em particular), seria útil e útil se por alguns minutos olharmos para trás em nossos
pecados e paixões e pensar sobre o estado miserável de nossa alma e que sem Deus não podemos fazer nada. Ou
então, se alguém pensar apenas brevemente sobre a morte e o julgamento de Deus ou o fogo do inferno sem
imagens e imagens, eles serão movidos à humildade, seu coração se amolecerá como uma cera e a mente parará
de vagar, estará focada e atento. Essa contemplação fecha e confina a mente. Com essa disposição contrita, você
pode começar sua oração mental incessante de uma frase. [ 22]

"Você já se sentou no banquinho?" meu mais velho costumava perguntar. "Espere um minuto! Não comece a orar antes
de focar seus pensamentos na morte e nas coisas que virão após a morte! Considere esta noite como a sua última.
Considerando todos os outros dias e noites em sua vida, você tem certeza que eles têm passou e trouxe você a este
ponto em sua vida. Considerando esta noite, você não tem certeza se isso o levará a um novo dia ou se o levará à morte
que se aproxima. Muitas pessoas vão morrer esta noite! Como você sabe que ganhou ser um deles? " [ 22]

6
Se hoje fosse seu último dia, como você oraria? Ore agora como você oraria então. Você pecou?
Arrepender-se. “Eis que agora é o tempo aceito” (2 Cor. 6: 2)

Silêncio interior
Há silêncio exterior e interior. Interior mais difícil de encontrar, mas é duradouro. E quanto a minha mente? Se eu não tiver silêncio
interior, posso estar tão ocupado em minha mente quanto estou em Nova York, mesmo se eu morar no deserto [ 28]

Mas hesicasmo (grego: hesychia - quietude, descanso, quietude, silêncio) não é apenas sobre a Oração de Jesus. É sobre
quietude e silêncio internos. A quietude interior não é apenas vazio. É um foco na consciência da presença de Deus no
fundo do nosso coração. Uma das coisas essenciais que devemos lembrar constantemente é que Deus não está lá fora
em algum lugar. Ele não está apenas na caixa do altar. Pode ser a morada de Sua glória. Mas Deus está em todo lugar. E
Deus habita no fundo de nossos corações. Quando podemos chegar a essa consciência de Deus habitando nas
profundezas de nossos corações, e manter nossa atenção focada nesse âmago, os pensamentos desaparecem. [ 19]

FÓRMULA
Basicamente, existem duas formas principais; Longo: “Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, tem misericórdia de mim
(pecador)”, e curto: “Senhor Jesus Cristo, tem misericórdia de mim”. Forma curta ou longa não importa. [ 28] Cada um é
livre para descobrir, por experiência pessoal, a forma particular de palavras que mais se adapta às suas necessidades. [ 59]

São Gregório do Sinai diz que a forma abreviada é mais adequada para iniciantes. Para eles, ele recomenda apenas cinco
palavras. [ 32] [11] ( “Ainda sou como o principiante”, disse o ancião Nicodemos de Karoulia, depois de mais de cinquenta anos
orando no Monte Athos). Da mesma forma, o apóstolo disse: “Prefiro falar cinco palavras com o meu entendimento, do
que dez mil palavras em outra língua” (1.Cor 14:19). [ 12]

A oração pode ser dividida em duas partes: “Senhor Jesus Cristo, tem misericórdia de mim”, e então “Jesus, Filho de Deus, tem
misericórdia de mim”. A fórmula precisa empregada pode, é claro, ser variada de tempos em tempos, por muito tempo pois isso não é
feito com muita frequência: pois, como adverte São Gregório do Sinai, “As árvores que são transplantadas repetidamente não geram
raízes”. [ 59] [11]

Havia alguns monges cujo serviço para Deus consistia em três palavras divinas: “Senhor” - “Jesus” - “Cristo”. [ 26] O Élder
Porfírio certa vez saiu para passear com um homem e, de vez em quando, pronunciava espontaneamente as palavras:
“Senhor Jesus Cristo”. O homem estava pensando: “Por que ele não diz a oração completa, como somos ensinados, mas
apenas a metade?” Quando o coração está inundado com o amor divino, não há necessidade de fazer a oração inteira. [ 39]
Outro ancião disse: “Em todo o mundo espiritual e material, vejo apenas duas palavras: JESUS CRISTO” [ 26]

O centro, coração e um elemento essencial e invariável é a inclusão do nome divino 'Jesus' (hebraico: Salvador).
[ 59]

7
Devemos adicionar “pecador” no final (... misericórdia de mim, pecador)?
O acadêmico Vladeta Jerotic diz: “Aquela coisa de 'pecar' é uma história sem fim. Enfatizar demais o pecado é
masoquismo ”. [ 63] Humildade (humildade) não é apenas uma palavra simples que pronunciamos: “Eu sou um pecador” ou
algo semelhante. Humildade é verdade. Quando o homem compreende que não é nada; que ele não era nada antes de
Deus criar tudo: nada. “E o que você tem que não recebeu?” (1 Cor. 4: 7). [ 18]

Podemos ouvir muitas pessoas dizerem: “Sou um pecador, sou mau…. “. É uma espécie de doença psicológica. Eles
apenas falam como se fossem humildes. A verdadeira humildade, que é um dom de Deus, não fala, não pretende ser
humilde, nem usa alguns gestos para mostrar quase humildade. A pessoa humilde acredita que todas as coisas
dependem de Cristo. O humilde não fala, mas o sente por dentro. Ore para que Deus lhe dê humildade divina. Não um
expresso apenas com palavras: "Eu sou indigno, o menos de tudo ..." Esse tipo de humildade é simplesmente um

ato satânico. A humildade divina é um presente de Deus. Voce entende? Presente. Graça. [ 39]

“Tem misericórdia de mim” - oração por todas as pessoas


Somos todos um e devemos orar tanto pelos vivos quanto oramos pelos que partiram. Não devemos dizer: "Senhor Jesus
Cristo, tenha misericórdia de fulano" ou "tenha misericórdia de nós", mas devemos dizer "Senhor Jesus Cristo,
tenha misericórdia de mim. "Como ele explicou, uma vez que a Igreja de Cristo é um só corpo, dentro do" tem misericórdia de
mim "estão incluídos todos os vivos e os mortos. E se a oração não se estende a todas as pessoas, então não é eclesial Ore pela
Igreja, pelo mundo, por todas as pessoas. Todo o Cristianismo está contido na oração de Jesus. [ 39]

NOME - “JESUS” (grego: Ιησούς (Iēsous), hebraico: ‫( ישו‬Yeshua))


A oração de Jesus tem um poder especial porque o santo nome de Jesus está contido nela. Existem muitas
referências ao nome de Jesus na literatura cristã primitiva. Nós lemos em O pastor de Hermas ( segundo século): “O
nome do Filho de Deus é grande e sem limites e sustenta todo o universo”. Dizemos “Jesus” e repousamos na
plenitude e na totalidade que já não nos podem ser tiradas. O nome de Jesus então se torna um portador de todo
o Cristo. Isso nos traz à Sua presença total. [ 14] O próprio Senhor Jesus Cristo está presente no Nome - Jesus. [ 26]

De acordo com a secular tradição ortodoxa, o poder e a energia de Deus estão presentes no santo nome de Jesus. No
início do século XX, o monge Hilarion, um eremita do Cáucaso, escreveu em seu livro notável Nas Montanhas do Cáucaso: “O
Filho de Deus… na plenitude da sua natureza divina está presente tanto na Sagrada Eucaristia como nas igrejas cristãs. Ele
também está plena e inteiramente presente em seu nome, com toda a sua perfeição e com a totalidade da sua divindade
”. O monge Hilarion citou as seguintes palavras de São João de Kronstadt: “Que o nome do Senhor ... seja por você, em vez
do próprio Senhor ... O nome do Senhor é o próprio Senhor ...” Discussões acaloradas surgiram no Monte Athos na
década de 1910 por volta estas palavras e em torno do ensino dos 'adoradores do Nome' ( imyaslavtsi). Estes últimos
foram acusados de inexatidão dogmática, nomeadamente em confundir o nome de Deus com a sua essência. No
entanto, no que diz respeito ao livro de Hilarion, ele está muito em sintonia com a tradição hesicastta da veneração do
nome de Jesus. Lamentavelmente, com a eclosão de discussões em torno do nome de Jesus, este livro foi considerado um
manifesto dos 'adoradores do Nome'. Banido da distribuição pelos censores eclesiásticos russos, permaneceu
virtualmente desconhecido. [ 14]

8
Palavras: “Senhor Jesus Cristo” - são palavras vivas. O Senhor está perto de você: Ele está na sua boca e no seu coração.
Quando dizemos: “Senhor Jesus Cristo”, nesse Nome, como diz o Apóstolo Paulo é o próprio Senhor. (Rom 10: 8). [ 32]

São Gregório do Sinai não teve medo de dizer que a oração é Deus. [ 26] Em uma passagem elaborada, onde ele carrega um
epíteto sobre o outro em seu esforço para descrever a verdadeira realidade da oração interior, ele termina repentinamente com
uma simplicidade inesperada: “Por que falar longamente? A oração é Deus, que opera todas as coisas em todos os homens. ” A
oração é Deus, não é algo que inicio, mas algo em que compartilho; não é principalmente algo que eu faço, mas algo que Deus
está fazendo em mim: na frase de São Paulo, “não eu, mas Cristo em mim” (Gl 2,20). [ 59]

É necessário que a mente se concentre no nome de Jesus Cristo e veja nele o próprio Cristo. Sim, mas como ver? Todos os
escritos dos santos padres proíbem estritamente imaginar qualquer imagem, conceito visual, forma, forma ou figura. [ 26] Não
desvie a atenção das palavras de oração, para qualquer imagem externa ou para um ícone de Cristo. Associe a imagem interior
do Senhor com o nome do Senhor Jesus Cristo como seu ícone mental, acreditando que o próprio Senhor Jesus Cristo está
presente no Nome como em Sua imagem invisível. Deixe Seu nome mais doce ser para você em vez de Ele mesmo. [ 50]

PRESENÇA
O Senhor é onipresente. [ 49] Procure estar sempre atento à presença de Deus. Ao direcionar todas as nossas obras para
a glória de Deus, obtemos uma constante lembrança de Deus, ou em outras palavras, andar diante de Deus. Andar
diante de Deus consiste em não fazer nada sem lembrar que você está na presença de Deus. [ 53]

Sempre pratique estar diante de Deus. Isso significa: tenha sempre em mente que o Senhor está olhando para você.
Devemos acordar com Ele, deitar com Ele, trabalhar, comer e andar com Ele. O Senhor está em todo lugar e em todas as
coisas. Dizem os Santos Padres: “Assim que acordares, volta imediatamente a tua atenção para o Senhor, une os teus
pensamentos ao Senhor e continue assim durante o dia para lembrar sempre, sempre de Deus”. [ 49]

Quando oramos, devemos acreditar que o Senhor nos ouve e nos vê. [ 49] Lembre-se de que Deus vê todos os seus
pensamentos. [ 16] Ele se levanta e examina sua mente, pensamento, atividade mental e raciocínio. Ele observa se você O busca
de todo o coração ou preguiçosamente e negligentemente. [ 60]

Viva com a convicção sempre antes de sua consciência de que Deus está em você e que Ele vê tudo o que está dentro de você.
Essa consciência do olho de Deus olhando para o seu ser interior não deve ser acompanhada por nenhum conceito visual, mas
deve ser confinada a uma simples convicção ou sentimento. Um homem em uma sala quente sente como o calor o envolve e
penetra. [ 53]

Deus está em toda parte e sempre conosco e em nós. Mas nem sempre estamos com Ele, porque nos esquecemos Dele e
nos permitimos fazer coisas que não deveríamos fazer na Sua presença. Há um ditado bonito na Filocália: “Deus vê todos
os homens, mas só aqueles que vêem Deus, que nada percebem durante a oração”. [ 32]

A oração incessante levará à obtenção da fé, porque aquele que ora continuamente começa a sentir a
presença de Deus. Esse sentimento, aos poucos, pode crescer e se fortalecer tanto que eventualmente o

9
o olho da alma verá Deus em Sua providência mais claramente do que o olho físico vê as coisas materiais; coração
sentirá a presença de Deus. [ 12]

Pai, a energia divina está mais perto de nós quando vamos à igreja ou mais perto quando visitamos o Monte Athos? Não,
está sempre conosco, continuamente. [ 49] Pai, tenho um desejo em meu coração: vir morar com o senhor no Monte Athos.
Preste atenção no que vou te dizer: sim, você pode vir. Mas, como você mora no mundo, vá para a sua casa, feche a porta,
baixe as cortinas, jejue, leia, reze com uma corda de oração e voilà: você estará na Montanha Sagrada.

Etapa
Todo cristão está presente no palco. Diz São Paulo: Todo o planeta é palco, teatro „Pois somos feitos espetáculo para o
mundo“ (1 Cor 4, 9). Cada um de nós veio aqui para desempenhar um papel crucial e histórico. A audiência é de um lado
são anjos brancos e anjos negros do outro lado, que podem ver através da pessoa. Nada pode ser escondido deles. Eles
podem até ler nossos pensamentos por movimentos corporais (caso contrário, eles não podem ler pensamentos que só
Deus pode). Se fizermos algo bom, algo belo, os anjos brancos aplaudem dizendo bravo, enquanto os anjos negros
choram rangendo os dentes de raiva. No entanto, se fizermos algo mal, os anjos negros ficarão felizes e os anjos brancos
chorarão. Assim, de alguma forma, entramos neste palco para desempenhar um papel e será visto se prestamos mais
boas ações para Deus, ou mais ações más para o diabo. [ 6]

Podemos fazer uma analogia com os reality shows modernos em que as câmeras cobrem todos os cantos e não há lugar para os
competidores se esconderem. As câmeras gravam sem parar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Os concorrentes estão cientes
disso e, subconscientemente, sabem que o público os está observando (acompanhando cada palavra e movimento). Mas, às
vezes, eles se esquecem das câmeras e dizem ou fazem algo que não deveriam fazer. Algo semelhante está acontecendo no
mundo espiritual, só que ali as “câmeras” estão fora e dentro da alma, no coração, em todos os lugares. “E não há criatura
escondida da sua vista, mas todas as coisas estão nuas e abertas aos olhos do Senhor” (Hb 4:13).

Corpo - Templo
“Não sabes que és templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em ti?” (1 Coríntios 3:16). “Ou não
sabes que o teu corpo é templo do Espírito Santo que está em ti, que tens de Deus e que não és teu?” (1
Co 6:19). “Vocês não se conhecem, que Jesus Cristo está em vocês?” (2 Cor. 13: 5) “Pois vós sois o templo
do Deus vivo. Como Deus disse: habitarei neles e andarei entre eles. Eu serei o seu Deus e eles serão o
meu povo ”(2 Coríntios 6:16).

São Basílio, o Grande, disse: A oração é boa quando imprime na alma uma concepção clara de Deus. Esta é de fato a
habitação de Deus - ter Deus estabelecido em si mesmo por meio da memória. Assim, nos tornamos o templo de Deus. [ 17]
Jesus Cristo mostrou claramente que o serviço a Deus dura enquanto estivermos vivos. Não estamos apenas falando que
os cristãos devem ir à igreja no Dia do Senhor para adorar, mas principalmente que carregamos a igreja conosco. Este
corpo é o templo do Deus vivo.

No caso da oração noética, que se realiza no coração, pode-se sentir muito claramente que dentro dele, no
coração, alguém veio morar, Que reza dentro “com gemidos que não podem ser

10
proferida ”(Rm 8:26). Uma pessoa que se torna o templo do Espírito Santo, em quem o Espírito Santo entrou e
habita no coração, sente vividamente no coração o Seu poder e energia. Portanto, tal pessoa não se convence de
ter se tornado templo do Espírito Santo por alguns sofismas filosóficos ou teológicos, mas, pelo contrário,
reconhece e tem consciência de ser templo do Espírito Santo por sua experiência direta e pessoal. Porque o Espírito
Santo pode ser sentido e ouvido internamente, cantando no coração. Portanto, o espírito humano é uma
testemunha do Espírito de Deus, uma testemunha dos fatos básicos concretos de que o corpo se tornou templo de
Deus, desde que o Espírito Santo veio habitar no coração. Este estado é descrito pelo apóstolo Paulo quando diz: o
Espírito de Deus clama interiormente: “Aba, Pai”. Então, o Espírito Santo em nós clama ao Pai: “Meu Pai” (cf. Gl 4, 6)
”. [ 21] “O Espírito testifica ao nosso espírito que somos filhos de Deus” (Rm 8:16).

Diz São Basílio o Grande: “O verdadeiro sábio considera o seu corpo como residência e porto seguro da alma, quer
se esteja na praça pública, na festa, na montanha, no campo ou no meio da multidão. Tal pessoa sempre se vê
dentro do próprio mosteiro interior, traz a mente de volta a si mesma, pensando apenas em Deus ”.

Podemos viver no mundo como no deserto. Como diz São João Crisóstomo: “Devemos levar nossa alma para um
deserto desolado. Nesse deserto, a oração de Jesus construirá um mosteiro espiritual secreto para quem ora ”.
“Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, tem piedade de mim”. Esta é a rocha que servirá para a construção das
paredes do mosteiro secreto. Dizendo a oração, a pessoa deita uma pedra após a outra, dia após dia, ano após
ano, constrói-se paredes invisíveis ao redor da alma, que a separam dos assuntos mundanos. Ele é um monge
secreto sem tonsura que vive no mosteiro secreto. Para todos ao seu redor, ele parece viver no mundo, mas na
verdade ele se juntou ao mosteiro da oração noética. ” [ 55]

ATENÇÃO
Um pai à beira da morte disse: “ O monge deve ser como o Querubim e o Serafim: todos os olhos ”. [ 45]

A atenção deve ser a coisa principal na oração. O que significa orar com atenção? Significa manter a mente
nas palavras da oração e ouvi-las com atenção contínua. Este é o caminho para a oração atenta. [ 60] Mas, nós
desviamos nossa atenção da oração para outra coisa. Portanto, quando você orar, preste atenção às
palavras que você está dizendo. Mantenha sua atenção aí. Não pense em mais nada. [ 49]

Você não ouve sua própria oração, então como você espera que Deus ouça você e ouça sua oração? Você gostaria
que Deus se lembrasse de você quando você ora e você nem mesmo tem consciência de si mesmo? [ 12] É muito
bom orar constantemente e ocupar nossa mente conversando com Deus. No entanto, é esse o nosso caso? Muitas
vezes nos distraímos da oração seguindo os pensamentos que seduzem nossa mente, ao invés de nos afastarmos
deles e ao invés de ficarmos angustiados com eles, o que seria um sinal de desacordo de nossa vontade com
aqueles que nos sugerem todo tipo de coisas inadequadas . [ 34]

São João da Escada assim o expressa: “Procure restaurar, ou mais exatamente, encerrar o seu pensamento nas
palavras da oração. Se por causa de sua infância, ele se cansa e vagueia, conduza-o novamente ”[ 62] Ele aconselha que

11
a mente deve ser bloqueada nas palavras da oração e deve ser forçada a voltar cada vez que ela se afasta dela. [ 13] Nunca
se canse de trazer sua mente de volta sempre que ela se dispersar. Deus verá seu trabalho e enviará Sua graça
para recuperar a mente. [ 22]

Se você cair, isto é, se você esquecer a oração e se entreter com um pensamento, então levante-se. E toda vez que você
se lembrar da oração após a queda, comece de novo e ouça, para que a oração ressoe em sua mente e coração. [ 3]

Devemos sempre nos encorajar a não esquecer e negligenciar a oração. Assim que percebemos que nossa oração está “diluída”,
enfraquecida e começou a vacilar e vagar, é necessário que nos esforcemos para corrigir isso imediatamente e que trabalhemos
zelosamente para restabelecer o poder de nossa oração. Como fazer isso? Nossa alma deve se lembrar, deve se concentrar e
então começar a orar com atenção. Deve descartar todos os pensamentos, todas as preocupações, não deixar a mente divagar e
deve dizer: “A partir de agora vou rezar”. [ 22]

As hostes angelicais não são escravizadas por seus pensamentos ou pelas coisas deste mundo. Eles contemplam as
coisas criadas, mas seus pensamentos não são escravizados por elas, pois o centro de seus pensamentos está na
servidão apenas ao poder de Deus, pelo qual amam toda a criação. Quanto a nós, quando vemos um objeto que nos
atrai, imediatamente nos apegamos a ele. Se isso durar por um período de tempo, então esse objeto se torna nosso
ídolo. Um objeto toma o lugar em nossos corações que pertence a Deus, não importa se é um objeto inanimado ou um
pároco. [ 49]

A salvação e a ascensão gradual à perfeição cristã são possíveis em qualquer lugar e sob quaisquer circunstâncias, desde
que a oração mental seja praticada. O Padre John de Kronstadt disse: “Esteja atento e guarde a sua mente”. Ele expressou
de maneira engenhosa, simples, breve e clara a essência dos ensinamentos dos Santos Padres sobre “Guarda do
Coração”, “Vigilância” e “Atividade mental”. [ 60] A alma deve estar constantemente pronta e alerta e sempre em contato
com a sede espiritual, ou seja, Deus. Só então se sentirá seguro, cheio de esperança e alegria. [ 37]

Mente - errante
Abba Isaías diz: Eu me considero um cavalo sem dono, quem o encontrar dá uma carona, vem outro e dá
uma carona, e assim por diante. [ 59]

Alguns santos padres disseram: nossa mente é uma errante; está acostumado a viajar pelo universo. Ele vagueia o tempo todo. E
não pode se acalmar até que o Poderoso venha para acalmá-lo. [ 49] Após a queda, nossa mente é semelhante a um galgo que
tende a correr, como em uma corrida irresistível e imparável. [ 57] Tente evitar que sua mente escape da concentração total nas
palavras. Ele tentará exatamente como um animal selvagem encurralado ou enjaulado busca continuamente encontrar uma
saída.

Não estamos totalmente presentes reunidos aqui e agora. Contemplar significa, antes de tudo, estar presente onde se
está - estar aqui e agora (na presença de Deus). Mas geralmente nos vemos incapazes de impedir nossa mente de vagar
aleatoriamente no tempo e no espaço. Lembramos o passado, antecipamos o futuro, planejamos o que fazer a seguir;
pessoas e lugares vêm antes de nós em uma sucessão interminável. [ 59]

12
Onde quer que esteja nosso corpo, deve estar também nossa mente; não que nosso corpo esteja em um lugar e nossa
mente em outro lugar. [ 68]

Às vezes, a mente se envolve em pensamentos carnais e terrenos e tem prazer nisso. Às vezes está envolvido em
outras paixões, às vezes paira indiferentemente aqui e ali. Onde quer que vá, onde quer que pare, encontra algum
tipo de prazer. Portanto, aqueles que pretendem alcançar o objetivo da oração incessante devem reunir sua mente
dispersa (grego: nous), o andarilho que espreita a cada esquina, para ordenar e organizar. [ 22]

A mente que mantém Deus dentro de si mesma e constantemente se lembra Dele é deificada. Sabendo que Ele habita em
nós e nós Nele, estamos nos movendo no Senhor como peixes na água. Ele está em toda parte, e nós nadamos Nele, mas
assim que saímos Dele mentalmente, morremos espiritualmente. [ 49] Aquilo que acontece com um peixe fora d'água,
acontece com a mente que saiu da lembrança de Deus e vagueia na lembrança do mundo. [ 17]

É por isso que devemos começar a treinar nosso “errante mental sem corpo”, ou seja, nossa mente. Porque,
essencialmente, ele é um filho pródigo que deixou algo natural para ele - a comunhão com Deus. [ 60]

Pensamento de um
É trabalho da mente aceitar apenas um pensamento - o da oração. O resto dos pensamentos são os estranhos que
passam, que são desnecessários para a mente, e quem começa a conversar com eles não evitará o mal. Nada pode
conquistar a mente quando o nome de Deus está com ela. [ 3]

Para interromper a agitação contínua de seus pensamentos, você deve vincular a mente a um pensamento, ou apenas o
pensamento de Um. Por meio da lembrança de Jesus Cristo, diz São Filoteu do Sinai, reúna o seu intelecto disperso. [ 59]

PRÁTICA
Temos que praticar. A oração também precisa de prática. Ao repetir a oração sem cessar, adquire um hábito e a oração
torna-se algo natural. Depois de praticar a oração algum tempo, a graça de Deus nos é dada por si mesma, quando a
oração se torna autopropulsora (como uma locomotiva): segue sem nossa vontade, sem nossa vontade. [ 49]

Você já ouviu falar da oração de Jesus? Sim, eu ouvi. E você já tentou aprender? Sim, eu tentei. E como foi?
Mal. Não se desespere. Apenas repita persistentemente e no devido tempo - a oração virá. [ 8]

A arte da oração, como qualquer outra arte, não pode ser dominada teoricamente, mas por meio do aprendizado ao longo da
vida. Alguém quer aprender uma arte apenas com as palavras? Em primeiro lugar, passa-se algum tempo trabalhando, depois
estraga o trabalho, depois o conserta e novamente o estraga. Assim, aos poucos, com a ajuda de Deus, que observa a intenção e
o empenho de cada um, vai-se aprendendo a arte com esforço e paciência. E vamos aprender a arte das artes através das
palavras, sem fazer isso? Como isso é possível? Portanto, vamos cuidar de nosso eu interior e praticar diligentemente, enquanto
ainda temos tempo. [ 7]

13
Chega de leitura, devemos praticar. Chega de olhar como os outros vão, devemos ir por conta própria. Você está
procurando a vida interior? Entre no seu eu interior. [ 53]

Da mesma forma, aqueles que estão atentos ao estudo espiritual, mas apenas para se divertir, sem empregá-lo para seu
progresso espiritual, parecem agricultores que estão entediados demais para agarrar o arado e, em vez disso, agarrar um
ponto na sombra densa. Lá eles lêem livros agrícolas continuamente e aprendem muitas teorias, mas na prática eles
permanecem inativos e miseráveis. [ 37]

Em uma cidade, dois irmãos se casaram quase ao mesmo tempo. A primeira noiva era uma médica, uma mulher muito
inteligente e de caráter forte. O segundo era mais bonito, inteligente, alegre, mas não muito intelectual. À medida que se
aproximava o dia do parto para os dois, eles decidiram experimentar um novo método denominado “parto sem dor”. O
primeiro, o médico, compreendeu muito rapidamente todo o mecanismo deste procedimento e após duas ou três aulas
de exercícios adequados, abandonou o treino, confiante de que entendia tudo e de que na data devida perceberia o seu
conhecimento. A segunda noiva tinha uma ideia muito primitiva sobre a anatomia, mas ela estava disposta a lidar não
com o lado teórico do problema, mas simplesmente e de todo o coração comprometida com os exercícios prescritos.
Depois de praticar o suficiente, ela foi dar à luz. E o que você acha? A primeira, no momento do parto, logo que
começaram as dores do parto, esqueceu todas as teorias e deu à luz com grande sofrimento, “com dores” (Gn 3,16). O
outro, porém, deu à luz sem dores e quase sem esforço. Algo semelhante acontece conosco. Pessoas educadas
contemporâneas compreenderão facilmente o “mecanismo” da oração mental. Basta que orem com zelo por duas ou três
semanas, para ler alguns livros, e aí está, podem até escrever seu próprio livro sobre oração. Mas no leito de morte,
quando todo o nosso organismo é violentamente dilacerado, quando o cérebro perde a clareza mental e o coração sente
fortes dores de fraqueza, todo o nosso conhecimento teórico desaparece, e com eles pode ser a oração também. É por
isso que é necessário orar por muitos anos. Devido à repetição persistente de longo prazo, a oração se torna o estado
natural de nosso ser. Somente com tal oração, nosso nascimento no mundo de cima poderia ser “sem dor” (Is 66: 7). [ 41]

Quantidade
É óbvio que a oração incessante não pode ser propriedade de um novato; mas para se tornar eventualmente capaz de
orar incessantemente, ele deve praticar orações frequentes. A oração frequente no devido tempo transforma-se
automaticamente em oração incessante. Aquele que não se treina para a oração frequente, nunca receberá o dom da
oração incessante de Deus. [ 13]

Ore tanto quanto você puder. Deus concede uma oração pura àquele que ora zelosamente, resolutamente,
regularmente, mesmo que ore de forma impura e desatenta. [ 62] Se não houver oração verbal, fraca e imperfeita, então
também não haverá a oração perfeita, interior, mental e do coração. Deus dará uma oração pura e abençoada apenas
para aquele que oferece sua oração impura e pecaminosa. [ 60]

Um escritor espiritual experiente disse que, para aprender a fazer qualquer coisa bem, é necessário fazê-lo com a maior freqüência
possível [ 5] A constância na oração é a única maneira de alcançar as alturas da oração verdadeira e pura. [ 22]

Deus deixou para a liberdade e capacidade do homem apenas o fluxo constante de oração. Deus nos manda orar incessantemente,

em todos os momentos e em todos os lugares. É aqui que está o segredo da verdadeira oração, da fé, de guardar o

14
mandamentos, e da salvação é encontrada. O homem tem a habilidade de orar regular e freqüentemente. Os Padres da Igreja
confirmam isso claramente. Diz São Macário Magno: «Rezar com frequência está na nossa vontade, mas rezar verdadeiramente é um
dom da graça». [ 5]

O inimigo está nos afastando da oração por todos os meios: “Que absurdo é repetir a mesma coisa, quando
nem a mente nem o coração estão participando da oração, é melhor substituí-la por outra coisa”. Não dê
ouvidos a ele. Ele está mentindo. Continue com a oração frequente e não será infrutífero. [ 54] Você deve saber
que se orarmos de coração, nenhuma palavra é fútil, o Senhor ouve cada palavra que dizemos.
[20] Ele vê todos os nossos esforços. Nem uma única oração é inútil.

“Estou preocupado porque minha mente está distraída durante a oração de Jesus.” Não se confunda, apenas ore
incessantemente. A mente está distraída, mas mesmo assim a boca e o coração são santificados com esta oração, que é
uma ferramenta poderosa. Não temos nada maior ou mais importante do que esta oração. [ 33]

São João Carphatos escreve na Phiokalia que, quando recitamos a Oração de Jesus, dizemos: 'Tem misericórdia de mim,
pecador', Deus secretamente responde a cada petição com: 'Filho, seus pecados estão perdoados.' E ele diz ainda que,
no momento em que oramos, não diferimos dos santos, dos bem-aventurados e dos mártires. E São João Crisóstomo diz
que o homem pecador se torna puro no momento em que faz a oração. [ 5]

Devemos sempre nos obrigar a repetir esta oração e invocar constantemente o Senhor, mesmo com pensamentos
distraídos e mente escravizada. Embora sejamos distraídos, não devemos nos permitir negligenciá-lo, mas em
qualquer caso devemos nos esforçar para voltar a ele e nos alegrar por ter voltado a ele. [ 46]

Passo a passo
Nunca devemos nos apressar em nosso esforço ascético. É fundamental descartar qualquer ideia de atingir o máximo no
menor tempo possível. Uma ascensão gradual à oração é o mais confiável. [ 41] Moderação em todas as coisas, da mesma
forma na oração. Tudo virá com o tempo, apenas devemos ser diligentes.

Não desanime nas falhas. Não alimente pensamentos de que você alcançará certas coisas em um determinado momento. [ 3] Expulse
inteiramente de sua mente todos os pensamentos de tarefa e quantidade. [ 59]

Na oração, grande zelo e diligência, esforços e esforços indizíveis são necessários, mas o mais importante e o mais
necessário é a ajuda de Deus. No entanto, apesar de tudo isso, dezenas de anos podem se passar antes que alguém
entre no reino da oração de Jesus. [ 26]

Não coloque muita pressão sobre si mesmo


Não deixe a oração se tornar um trabalho tedioso. A pressão pode provocar uma reação interna, pode causar danos. Muitas
pessoas ficaram doentes com a oração porque se pressionaram. Certamente, você pode fazer isso, quando se tornar um trabalho
tedioso, mas não é saudável. Você não precisa se esforçar nisso quando tem amor divino. Onde você estiver, em um banquinho,
em uma cadeira, em um carro, em qualquer lugar, na rua, na escola, no escritório, no trabalho você pode dizer a oração: “Senhor
Jesus Cristo, tem misericórdia de mim”, suavemente, sem pressão, sem esforço. Você acabou de rezar calmamente, sem
ansiedade ou força. [ 39]

15
Dentro da pessoa de oração, o coração ora sem compulsão e a própria graça realiza a oração no
coração. Mas você se humilha tanto quanto pode. Se você se humilhar, receberá um presente
maior de Deus. [ 44]

Não tenha preguiça de dizer a oração. Cristo aceita conversar incessantemente conosco, e nós somos indiferentes. Evitamos a
união com Deus por meio da oração em amor, que muitas vezes percebemos como uma tarefa. Quando entendemos a
necessidade da misericórdia de Deus, só então oramos sem colocar pressão sobre nós mesmos. Assim sentiremos a
necessidade desta oração e não nos cansaremos. Rezar não cansa, mas dá descanso. Só é cansativo se não compreendermos o
verdadeiro significado disso, não compreendermos o verdadeiro significado dos Santos Padres. [ 37]

Nunca abandone a oração


Em todas as suas tentações, você não deve abandonar a oração. Se você não consegue orar com o coração, ore com a mente
ou com os lábios: ore de qualquer maneira, apenas não saia da oração. [ 1]

O homem nunca deve abandonar a oração em nenhuma circunstância. O fundamental é não chegar ao ponto do desespero e da
inatividade, para não sair da oração! [ 3]

Deus olhou para você agora. Ele ilumina e orienta você. Você trabalha em sua localização atual. Ore sem cessar
com os lábios e mentalmente. Quando sua língua ficar cansada, deixe sua mente assumir a oração, e quando a
mente ficar cansada, deixe a língua assumir, apenas nunca pare. [ 18]

Minha filha, eu te imploro, pelo amor de Deus, não pare nem por um momento, rezando a oração de Cristo. [ 22]

ESTÁGIOS DE ORAÇÃO
Existem três estágios básicos de oração: oral, mental e a oração do coração (alguns autores mencionam ainda
mais: cinco, seis ...)

Mesmo que conheçamos os estágios da oração, não é aconselhável pensar em qual estágio estamos, mas
devemos prosseguir com humildade. Além disso, ter orgulho da oração é tolice. Não é razoável. É semelhante a
um mendigo que se orgulha do seu pedaço de pão pelo qual implorou ao seu mestre. [ 57]

Oral
Os santos padres aconselham aqueles que estão aprendendo a Oração de Jesus a recitá-la em voz alta primeiro. Se você
quer avançar na oração mental e no coração, aprenda a estar atento com a oração vocal e audível: A oração vocal por si
mesma (sem quaisquer métodos físicos) se transformará na oração mental e do coração. A continuidade exterior levará à
oração incessante interior. Através do desejo externo, o interno é adquirido: adquirimos o espírito de oração. [ 60]

Mais tarde, quando chegamos à oração mental, é bom que às vezes você diga em voz alta “Senhor Jesus Cristo,
tem misericórdia de mim”, para que seus sentidos ouçam, seus ouvidos ouçam. Por nossa natureza, somos a alma
e o corpo, e eles influenciam um ao outro. [ 39] O som que sai - som de suas palavras - vai atrair o

16
mente para prestar atenção às palavras da oração. Dessa forma, a mente gradualmente se acostumará a
ser concentrada em vez de distraída. [ 22]

A oração vocal de Jesus deve ser recitada alto o suficiente para que você possa ouvir a si mesmo. [ 13]

Esta é a história de um dos filhos espirituais do Élder Porfírio, contada sobre como ele os ensinou a orar. Ele nos colocou
em direção ao leste, dois de nós à sua esquerda e dois à direita, com ele no meio. “Agora vamos orar noeticamente.
Primeiro, direi as palavras e você as repetirá. Mas tenha cuidado, sem ansiedade ou força, você dirá as palavras com
calma, humildade, com amor e doçura. ” O Ancião começou com sua voz fina, delicada e eloqüente: “Senhor Jesus Cristo,
tem misericórdia de mim”. Ele disse muito devagar, palavra por palavra, sem forçar em nada. Era como se ele tivesse
Cristo diante de si e implorasse, com uma pausa após a palavra “Cristo”, colorindo suas palavras “tem misericórdia de
mim” com um tom suplicante. E repetíamos isso a cada vez, tentando imitar sua postura, o timbre de sua voz e, se
possível, sua disposição espiritual. Em algum momento, o Ancião parou de dizer a oração em voz alta e apenas continuou
sussurrando em seus lábios. Fizemos a mesma coisa. Quanto tempo demorou nossa oração noturna? Não me lembro.
Tudo de que me lembro é que o Ancião nos transmitiu uma emoção que não consigo expressar com palavras humanas.
Depois de um tempo, ele quebrou aquele silêncio divino e disse: “Vamos interromper agora esta oração comum. Continue
por conta própria. ”

Mental ( noético)
A oração mental de Jesus é chamada de “mental” porque é dita na mente. De agora em diante, a oração, que nasce nas
profundezas secretas do nous e não nos lábios, não é mais pronunciada, mas é pensada na mente. Existem pessoas cujas
mentes são naturalmente desenvolvidas muito antes dos exercícios de oração, que podem abordar diretamente a oração
mental, ignorando completamente o estágio verbal. [ 3]

Oração do coração
É chamado de coração mental porque o coração ora com a mente nele. Ou seja, todo o homem interior ora. O
coração sente as palavras da oração e responde a elas com simpatia. Essa resposta sensual aparece naturalmente
no fundo do peito, na região do coração. A atenção está sendo atraída para este lugar em si, e é mais fácil mantê-la
lá. [ 3]

Ore a Deus de coração. A oração fervorosa significa a oração do coração. O Senhor não quer algumas
palavras filosóficas. Pensamos com a cabeça, mas quando tudo vem do coração, essa é a concentração de
todo o poder mental no coração. Quando oramos, devemos fazê-lo com o coração, porque Deus é o Deus do
coração. Ele é o centro da vida de todas as criaturas vivas. Ele é o originador da vida e não devemos
procurá-lo em outro lugar. Ele espera que O aceitemos e acreditemos nele lá (no coração). [ 49]

Ao pronunciar as palavras, esteja ciente delas e sinta-as. Isso deve ser praticado. Se você apenas sabe que ora ao
Senhor, isso não é o suficiente. Mas quando você o compreende com o seu coração, você sente que está falando
com o próprio Senhor. Quando você fala com o coração, então você tem a oração do coração. [ 32]

A disposição orante é uma característica natural de todo ser humano. Quando o Senhor visita alguém por meio de
difíceis provações pessoais ou pela perda de um ente querido mais próximo, essa pessoa imediatamente começa a orar
com todo o coração e com toda a alma. Isso significa que todos possuem a fonte da verdadeira oração. Que
17
a fonte é aberta ou por meio de nossa retirada orante para a quietude interior ou repentinamente pelas
“mãos do Deus vivo”. [ 29]

Garganta

É conveniente para os novatos fazerem a oração onde ela ocorre naturalmente, ou seja, onde o homem tem o
órgão da fala, ou seja, na garganta onde o alimento está sendo engolido. Aqui, na base do pescoço, e não em
qualquer outro lugar, tente ficar com a atenção, envolvendo diligentemente a mente com as palavras da oração. [ 3]
Se a atenção da mente não está na garganta, estará na cabeça. Se você orar com a cabeça, que está cheia de
pensamentos e lembranças, verá todos os tipos de imagens. A atenção deve ser reduzida. Não podemos ir ao
fundo do coração, o coração é profundo, mas podemos ir à garganta. Lá, por onde passa o ar, aí você pára.
Quando você desce para aquele lugar, os pensamentos param. Pare aí! [ 32]

Coração

A graça em si leva a mente que ora às profundezas do seu coração. O Senhor une o coração com a mente e Ele
mesmo habita com a oração no coração, porque o nome do Senhor é inseparável do próprio Senhor. [ 3] O homem
deve sempre viver com o nome do Senhor Jesus, para que o coração absorva o Senhor e o Senhor o coração, e os
dois se tornem um. [ 61]

Onde está o coração? É aí que você sente alegria e preocupação, raiva e compaixão. O poder da alma é a mente e,
embora seja espiritual, ainda assim tem sua sede no cérebro. Da mesma forma, o poder da espiritualidade, ou o
espírito do homem, embora espiritual, tem sua sede na parte superior do coração, perto do mamilo e ligeiramente
acima dele. Ao orar, a atenção da mente deve estar acima do coração (na parte superior do coração), na parte
superior esquerda do peito. [ 50]

Desça de sua cabeça em seu coração. Certifique-se de manter seu pensamento com Jesus não apenas na cabeça,
mas direcione-o para o peito. [ 2] Quando a oração desce ao coração, não haverá dificuldade em orar, pois a cabeça
ficará vazia de pensamentos. Todos os pensamentos estão na cabeça, eles seguem uns aos outros e é impossível
controlá-los. Enquanto a mente permanecer na cabeça, ela estará exposta ao choque constante com as fantasias.
Como nuvens de mosquitos no verão, os pensamentos se acotovelam e a mente não tem tempo para se
concentrar em uma coisa. [ 53]

É por isso que a mente deve rejeitar e expulsar todas as idéias do demônio no coração, não permitindo que nenhum pensamento
mundano permaneça ali, tornando-se assim pobre de espírito, que é privado de pensamentos mundanos. [ 22] A mente deve
repousar lá (no coração), sem quaisquer pensamentos, sem qualquer imagem visual. Visto que a mente está em constante
movimento e não pode ficar ociosa, dê-lhe algum tipo de ocupação, dê-lhe a oração com o nome do Salvador, com o nome de
Jesus. [ 49]

A vida está no coração, então você deve viver lá. Não pense que isso se aplica apenas ao perfeito. Não, isso se
aplica a todos que começam a buscar o Senhor. [ 53]

18
Cristianismo Interior

O Evangelho é um segredo divino interior, que é aceito por meio de um sentimento vívido do coração. O
sentimento interior vívido do coração é a fé abençoada e empírica. Sem essa bendita aceitação empírica, o
Evangelho é (no melhor dos casos) uma “história” divina, uma nova moral cristã, embora apenas até o
Getsêmani. Essa aceitação externa do Evangelho não é permanente. Ou seja, até que venha a primeira tentação,
eles clamam a Ele: “Hosana” e após o abalo da fé externa, do culto externo, gritam “Crucifica-o, crucifica-O”, ou
vão embora para a noite escura. [ 60]

Tendo recebido o cristianismo externa e superficialmente, a humanidade o aceitou como uma religião de moralidade renovada e
não como uma religião de milagres, não como a religião da ressurreição e do aparecimento eficaz de uma existência nova,
incomum e diferente. Eles seguem o caminho amplo e bem conhecido de habilidades e técnicas, ou seja, pelo caminho das leis
canônicas, ordenanças, da piedade exterior. Este é o caminho para “os muitos que são chamados”. No entanto, existem alguns
que encontram a salvação nesse caminho. [ 60]

Os escolhidos vão das ordenanças externas para o serviço interno, para a atenção. Devem elevar suas mentes
para o Topo, devem intensificar “a oração mental” e se apegar ao interior (atenção aos pensamentos), apegar-se à
atividade imaterial dos santos padres; só isso pode nos afastar da vida material, corporal e corruptível. O caminho
nos é indicado: do externo ao interno, em direção à atenção aos pensamentos e à oração incessante. Quem está
dentro está no caminho certo. Conforme testemunhado pelos santos padres, apenas a vida interior é a verdadeira
vida cristã. [ 60]

TÉCNICAS PSICOSSOMÁTICAS
Existem vários psicossomáticos (grego: psicopata - alma, somatos - corpo) ajudas, orientações técnicas utilizadas
na realização desta oração, considerando sentar, postura do corpo, respiração, ...

Observe cuidadosamente, no entanto, que a essência dessa conquista consiste em um chamado sincero e sem distrações
por nosso Senhor Jesus Cristo e não apenas na descida ao coração por meio da respiração e do sentar-se em um lugar
isolado e mal iluminado. Os santos Padres apresentam essas e outras sugestões semelhantes como auxílio à lembrança.
Do hábito de estar recolhido e atento nasce o hábito da oração pura da mente e do coração. [ 5]

A Oração de Jesus pode ser praticada em sua plenitude, sem nenhum método físico (psicossomático). [ 59] O
mecanismo acima é totalmente substituído pela enunciação sem pressa da prece, por um breve descanso ou
pausa após cada prece, por uma respiração suave e sem pressa e pelo fechamento do intelecto nas palavras da
prece. Todos os métodos descritos pelos Padres são vistos apenas como ajudas e meios para obter atenção. O que
importa e o que é obrigatório é a atenção interior do coração. [ 53]

Não preste atenção aos batimentos cardíacos ao fazer a oração (como mencionado no livro O Caminho de
um Peregrino), apenas evite que sua mente se desvie da oração - este é o centro e o objetivo da oração. [ 22]

19
A graça de Deus é sempre concedida como um dom gratuito e não pode ser obtida automaticamente por nenhum
método ou técnica. Só a técnica essencial é a humildade e o amor. [ 59]

Arrependimento
Em primeiro lugar, é muito importante para o uso adequado e seguro dos métodos psicossomáticos na oração mental estar
atento ao sentimento de arrependimento na alma. [ 50] O primeiro mandamento do Novo Testamento é o arrependimento:
“Arrependei-vos e crede no evangelho” (Mc 1:15) [ 60], então se esforce para trazer arrependimento com sua oração. [ 13]

Nesta oração, não busque estados espirituais elevados. [ 60] Peça arrependimento em sua oração e nada mais, nem
por luzes divinas, nem milagres, nem profecias, nem dons espirituais - nada além de arrependimento. [ 37 Não
busque nada, exceto a visão de suas próprias transgressões e a purificação das paixões. [ 60] Aquele que discerne e
conhece os próprios pecados é maior do que aquele que ressuscita os mortos com a oração. Aquele a quem é
dado ver a si mesmo é maior do que aquele a quem é dado ver os anjos. [ 17] Porque o último se comunica e vê com
os olhos corporais e o primeiro passa a se conhecer com os olhos espirituais. [ 49]

A oração de Jesus é uma oração de arrependimento. É uma forma de encontrar a alma, ou seja, o caminho para Deus. A alma
pecaminosa pode retornar a Deus somente por meio do arrependimento. Não há outro caminho. Este é o caminho correto e
seguro dos santos padres. É também a única forma acessível e aberta. Todos os outros caminhos estão fechados para nós. O
verdadeiro arrependimento, de acordo com São Marcos o Asceta, consiste em três virtudes mentais, três ações: limpeza da
mente, perseverança paciente das aflições e oração incessante. [ 60]

Respirando
Agora, depois de conhecermos o contexto de arrependimento e humildade da oração, podemos voltar com
segurança às técnicas psicossomáticas e dizer algo sobre a respiração. O método é simples: Freqüentemente, a
primeira parte, “Senhor Jesus Cristo”, é dita ao inspirar, e a segunda parte, “tem misericórdia de mim”, ao
expirar. [ 59] Ao inalar, a pessoa é limpa, revivida e santificada. Quando exala, a pessoa limpa, revive e santifica a
criação, embora isso não seja feito por ele, mas pela graça de Deus. [ 22]

Os antigos ascetas associavam a oração de Jesus à respiração. Este método é usado por alguns ascetas
contemporâneos. A vida humana flui em ritmos específicos e, quando a oração é unida a esses ritmos, ela obtém ajuda.
Não se trata apenas de um processo mecânico que mata o espírito, mas é outra coisa que é como o apoio da mão do
amigo que ajuda quem sobe por uma estrada de montanha íngreme. [ 25]

Este método ajuda a obter a oração incessante. Aquele que está praticando esta forma de oração dirá a oração
enquanto inspira e expira, mesmo que esteja fazendo outra coisa. A oração se apegará à respiração da pessoa.
Assim que alguém inspira, ele começa a pronunciar a prece mesmo que não queira, porque esse método leva
a excelentes resultados. [ 22]

Irmãos, respirem sempre Cristo, diz Santo Antônio Magno. Inspire Jesus, expire Jesus, então você saberá quem é
Jesus. [ 22] Deixe a lembrança de Jesus ser unida a cada respiração sua, e então você saberá o valor da quietude. [ 62]

20
Alguns pais dizem que devemos diminuir a respiração. Não devemos controlar a respiração de maneira que não
respiremos ou para prender a respiração. Não. Devemos respirar devagar, silenciosamente e pacificamente (não
apressadamente) - isso significa conter sua respiração. [ 32]

Postura
Nenhuma postura particular é essencial. [ 59] A postura também ajuda (geralmente recitada na posição sentada, mas também
pode ser dita em pé, a cabeça inclinada sobre o peito ...). A postura é importante para ajudar a manter sua atenção focada. [ 19]

Sempre diga a oração: sentado ou em sua cama ou caminhando ou em pé. Você não deve orar apenas durante o
descanso. A luta é necessária: em pé, sentado. Quando você ficar cansado, sente-se e depois levante-se novamente
para superar a sonolência. [ 18]

É melhor orar com os olhos fechados. [ 59] Ao se esforçar para concentrar a mente no seu eu interior, em vez
de deixar o olhar vagar de um lado para o outro, deve-se fixá-lo no peito, o que ajuda muito. Quando o olhar
é voltado para fora, a mente se dispersa externamente. Ao contrário, quando o olhar está fixo no lugar do
coração, ele naturalmente atrairá a mente, redirecionando-a de fora para dentro. [ 36]

Os pais nos aconselham que devemos inclinar a cabeça em direção à parte superior do peito, e então tentar
separar a mente de tudo e colocá-la no peito, no coração. Enquanto inclinamos a cabeça, devemos obrigar nossa
mente a entrar lá. Devemos tentar unir a mente ao coração, o que, é claro, não devemos imaginar. [ 22]

São João de Kronstadt diz: “Pegue o seu coração, como com a sua mão, e segure-o”. [ 32]

REGRA DE ORAÇÃO
Qualquer regra do livro de orações deve ser substituída pela oração mental de Jesus. [ 3] O Élder Ambrósio de Optina também
coloca a oração de Jesus acima de todas as outras regras. “Que Deus abençoe a descontinuação da regra padrão e a adesão
incessante à oração de Jesus, que pode acalmar a alma mais do que manter uma regra de oração longa.” [ 1]

Aquele que mantém uma regra extensa tende à vanglória e à auto-estima ao segui-la. Se por algum motivo alguém não
consegue segui-lo, eles ficam preocupados. Mas quem se apega incessantemente à oração de Jesus, vive sempre com
espírito de humildade, como quem nada faz e não tem de que se orgulhar. [ 1]

Cada grito nosso do coração é oração: não apenas palavras, formas. Significa liberdade no sentido técnico, mas
oração espiritual ininterrupta. Saudade, choro é o que importa; enquanto escova os dentes, lava o rosto ... outro, o
lado técnico da oração vem por si só. [ 42] Não conte apenas com regras externas ou método de oração. Quem se
contenta em “cumprir com precisão”, cai facilmente na autossatisfação e é arrogante como o fariseu diante de si e
dos outros. Com tal atitude, sua oração não tem valor diante de Deus.

Santo Isaac, o Sírio, aconselha a não nos sobrecarregarmos com a quantidade de versos lidos e a não sermos escravos da
regra, porque não há paz na atividade escravista. Existe uma “regra de escravidão” e uma “regra de liberdade”. O
primeiro consiste em recitar um número fixo de salmos e orações em cada Ofício: aquele que está sujeito a esta regra,
está inalteravelmente vinculado à obrigação ... de seguir os detalhes do número, comprimento e

21
caráter da quantidade (de orações) ... Pelo contrário, a “regra da liberdade” não fixa a sequência e a quantidade de
orações a serem lidas e não estabelece um limite de tempo para cada uma dessas orações. [ 14]

Não ter uma regra definida (fixa)


Não faça promessas se ninguém o forçar, porque cumpri-las traz confusão e, se cumpri-las, não evitará a
autocomplacência ou mesmo o orgulho. Este é um bom caminho: não prometa, mas tudo o que é necessário
cumpre com a ajuda de Deus. Não acumule regras de oração com a atitude de "Certamente vou mantê-las". [ 3]

Veja os grandes esportistas: eles não violam nenhuma regra, mas ao mesmo tempo vão além de todas as regras. Não existem
regras para um grande jogador.

Não se imponha nada (como regra imutável), ou você entrará em ansiedade e guerra. Não fique preso a uma regra, mas
siga-a tanto quanto Deus o fortalecer. Nossos Padres perfeitos não tinham uma regra fixa, mas mantiveram sua regra
durante o dia: um pouco de salmodia, rezando um pouco em voz alta, examinando um pouco os pensamentos, cuidando
um pouco da comida, fazendo tudo isso com o medo de Deus. Porque se diz: “Portanto, quer comais quer bebais, ou
façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Coríntios 10:31). [ 58]

Não dê regras a si mesmo, não defina suas próprias regras para você mesmo [ 45] falando: “A partir de agora vou
guardar todos os dias, essa é a minha regra”. E você impôs uma regra a si mesmo. “O Espírito sopra onde quer”
(Jo 3: 8). A liberdade é necessária; não deve se tornar uma forma sobre a qual você pode dizer: “Eu quebrei a
regra”. E quem te deu essa regra? Você deu a si mesmo. Pelo contrário, se você tem sucesso e consegue algo,
você diz: “Veja como eu fiz bem!”. Assim que você pensa isso - você caiu. [ 42]

Ter uma regra moderada


Porém, é bom ter uma regra com um certo número de orações de Jesus para que a oração não seja deixada ao
acaso e não cedamos à preguiça. A imoderação ou deficiência, a negligência ou o zelo excessivo são
prejudiciais à oração e podem causar frieza ou sobrecarga física e mental. Uma regra regular e moderada,
como a rega diária da planta, nutre a oração e a torna mais forte. [ 53]

Uma regra moderada ilumina a mente e evita perturbações da mente. [ 17]

Devemos razoavelmente seguir 'o caminho real (do meio)' dos Santos Padres e não assumir trabalhos excessivamente
difíceis, que podem levar um asceta à arrogância: é melhor ter uma regra curta e mantê-la constantemente, do que uma
regra excessiva regra com interrupções ou algo que às vezes é abandonado completamente. O Senhor aceitará até
mesmo uma regra curta que é seguida com humildade. Não importa quais regras mantemos, mas como as mantemos. É
mais útil continuar com uma atividade moderada do que às vezes presa excessivamente e às vezes abandonar até o
necessário devido ao grande cansaço. [ 1]

Não tenha uma regra grande, mas tenha como regra a "Regra sem fim", que é a oração constante. [ 3]

22
Boas regras de oração

Uma das regras mais bonitas é “A Regra de Theotokos” baseada na oração da saudação angelical 150 vezes:
“Virgem de Theotokos, alegra-te, Maria cheia de graça, o Senhor está contigo; bendita és tu entre as mulheres, e
bendito é o Fruto do teu ventre, pois geraste o Salvador de nossas almas ”. Esta regra foi dada pela própria Mãe de
Deus por volta do século oitavo, e em certa época todos os cristãos a guardaram. Nós ortodoxos nos esquecemos
disso, e São Serafim de Sarov nos lembrou dessa regra e abençoou seus filhos espirituais para mantê-la todos os
dias. Qualquer um que manteve essa regra milagrosa permaneceu grato ao pai de Serafim por toda a vida.
Cumprindo esta ordem da Rainha dos Céus, comecemos a ler a Regra da Mãe de Deus, todos os dias 150 vezes a
oração “Mãe de Deus e Virgem, alegrai-vos, Maria cheia de graça etc… ”Esta regra nos dá um grande poder e ajuda
na batalha contra o mal. A Rainha do Céu sempre nos ajudará de acordo com sua promessa verdadeira. Aquele
que mantém esta regra está sob seu patrocínio especial. [ 43]

No Mosteiro de Optina, os irmãos são obrigados a cumprir a chamada “Regra da Cela dos Quinhentos”, onde se pronuncia
300 orações de Jesus, depois 100 orações à Mãe de Deus, 50 ao anjo da guarda e 50 a todos os santos. Embora esta regra
de oração seja obrigatória apenas para monges, seria ótimo se as pessoas que vivem na Palavra também cumprissem
esta regra, se possível. [ 54] Esta regra, em caso de fraqueza ou por falta de tempo, pode ser distribuída ao longo do dia. [ 1]

Na Sagrada Lavra de São Sabbas o Santificado (em Jerusalém) não existem livros de orações, toda a regra é rezada com o
cordão de oração (a maioria delas são as orações de Jesus, depois orações à Santíssima Mãe de Deus, aos santos ...). Os
noviços têm que orar com 1.500 nós e 150 prostrações (grego: metanoia), enquanto os monges fazem 3.000 nós e 300
prostrações. Mas a regra mais importante ali é o seu vizinho: ajudar seu irmão, fazer um favor a alguém. O irmão está
acima da oração, acima de qualquer regra, [ 42] porque o amor é maior do que a oração. [ 62]

Hora de oração
Quanto ao tempo de oração: como você vive no mundo e tem muitos cuidados, ore sempre que tiver um
tempo livre. Mas sempre se obrigue para não se tornar negligente. [ 18]

Faça um esforço! Não duas horas, três horas, uma frase pode ser um milagre. As pessoas tendem a pensar tecnicamente:
“Quanto tempo? Quantos nós? ” etc. [ 42]

Você deve estabelecer uma série de orações (no início, defina-se para dizer 100 orações de Jesus sem pressa e
com atenção), ou um limite de tempo para a oração (10-15 minutos pela manhã e à noite), mas não muito de uma
vez , e aumentar gradualmente. Com o tempo, você ainda pode multiplicar o número de orações ditas (ou o
tempo para oração). [ 13]

Tempo, ritmo

23
Devemos fazer a oração para agradar nossas almas, como a alma quer em determinado momento. Portanto, diremos:
„Senhor ... Jesus ... Cristo ... tem piedade de mim ... Senhor ... Jesus ...”, e a mente observará a alma como um maquinista
observa um motor de trabalho. [ 22]

O intervalo entre as palavras deve se ajustar ao seu próprio ritmo. Alguns querem ir bem devagar e outros um pouco mais
rápido. A melhor maneira é não pronunciá-lo muito rápido (pois a mente se desvia das palavras) e não muito lento (pois a mente
fica sonolenta). [ 37] Quando você chegar ao final da oração, comece imediatamente a dizê-la novamente. Faça como uma
corrente contínua. Diga palavras uma após a outra, sem inserir quaisquer outras palavras ou pensamentos que tentem
interferir. [ 57] Assim, o pensamento não pode penetrar, não pode entrar furtivamente, porque uma palavra vai atrás de outra
palavra. Não ceda a nenhum pensamento. [ 32]

São Nicodemos da Montanha Sagrada compara o ritmo da oração com o ritmo e o ritmo de uma conversa
comum. [ 50] Ancião (russo: starets) Parfenii de Kiev comparou o movimento fluente da oração a um riacho
que murmura suavemente. [ 59]

Os padres nos dão mais um conselho útil: as palavras da oração devem ser ditas sem a menor pressa, [ 60] de
modo que a mente pode incluir em cada palavra. [ 13]

Prostrações
É muito útil para quem começa a aprender a oração de Jesus adicionar algumas prostrações e reverências à regra de
oração, dependendo da força de cada um. [ 13]

Quando você orar, faça prostrações, envolva corpo e alma na oração. [ 39] Quando você se cansar de
prostrações, mude para laços da cintura. As prostrações e reverências aquecem o corpo e de alguma forma o
exaurem, e essa condição facilita a atenção e o escrúpulo. [ 13]

Não se preocupe com o número de arcos. Preste toda a atenção na qualidade de sua oração realizada com prostrações.
Os arcos executados em número, e não animados pelo correto funcionamento da mente e do coração, são mais
prejudiciais do que proveitosos. Depois de executá-los, o asceta começa a se alegrar. “Pronto”, diz a si mesmo como o
fariseu mencionado no Evangelho, “Deus me concedeu novamente hoje para fazer (digamos) 300 prostrações! Glória a
Deus! Isso é fácil? Nestes tempos, 300 prostrações! Quem mantém essa regra hoje em dia? ” [ 13]

O número mínimo de prostrações deve ser trinta, diz Santo Isaac, o Sírio. [ 17]

Corda de oração
Corda de oração não serve apenas para medir número de vezes, mera quantidade. Se você tem algo em suas mãos,
isso o ajudará a manter o ritmo regular da oração. O cordão de oração é dado, para que o homem não se esqueça de
orar. [ 1]

Imite um bom soldado que sai do quartel sempre com sua arma automática “à mão”. Portanto, você também
carregue o cordão de oração sempre em suas mãos e tenha cuidado. É a corda que puxamos um, dois, cinco, dez

24
tempos para descongelar o óleo espiritual, de modo que nossa máquina espiritual de oração incessante comece a funcionar por conta
própria. [ 37] Como o círculo da corda de oração é infinito, o nome de Cristo é sempre invocado. [ 2]

Quando for possível, devemos fazer a oração de Jesus com um cordão de oração, e quando for impossível, a oração deve
estar sempre na mente, mesmo sem um cordão de oração. [ 33] Alguns dos anciãos disseram: “Siga sua respiração em vez
do cordão de oração”. [ 12] Outro presbítero aconselhou seus filhos espirituais a orar uma parte da regra de oração
privada sem um cordão de oração para que aprendessem a orar sem ele .

MAIS SAGRADA MÃE DE DEUS


Implore à Mãe da Luz, a Puríssima Mãe de Deus para ajudá-lo, porque ela é o nosso maior consolo depois de Deus.
Quando alguém chama seu nome Santo, eles instantaneamente sentem sua ajuda. Ela é a mãe. Enquanto ela viveu na
terra, como ser humano, ela sofreu as mesmas coisas, assim como nós sofremos agora. Por causa disso, ela é muito
compassiva com as almas tristes e corre para ajudá-las. [ 22]

Não falamos nem uma palavra, e ela já quer nos ajudar de tão perto que está. Quando nos voltamos para o Theotokos (grego:
Θεοτόκος - “ aquele que deu à luz a Deus ”), Nossa doce Mãe mostra um grande amor. Oh, se ao menos seu santo nome
estivesse sempre em nossos lábios. Tenha paciência, porque a Rainha Theotokos, Nossa Senhora Santíssima, não nos
abandonará. Ela ora por nós. [ 18] Mãe de Deus é rápida em nos ouvir e nos ajudar. [ 53]

Peça à Sempre-Virgem a bênção de cada momento de sua vida e da vida de seus vizinhos. A Mãe Pura de Deus dá
Cristo a uma alma. Ore fervorosamente ao Todo-Puro e você estará com Seu Filho - lembre-se disso, diz o ancião
Zosima. “Santíssima Mãe de Deus, coloco nas tuas mãos cada momento da minha vida e da vida dos meus
próximos. Um homem"

São Serafim ensinava que à tarde se repetisse a oração de Jesus com o acréscimo: “Senhor Jesus Cristo, tem piedade de
mim, pela Mãe de Deus”, como ele mesmo costumava fazer. [ 50] Também poderíamos orar assim: “Senhor Jesus Cristo,
por amor da Mãe de Deus, tem misericórdia de mim.”, Ou podemos dirigir-nos especificamente ao Santíssimo Theotokos
orando: “Santíssima Mãe de Deus, salva-nos” ou dizendo a saudação angelical: “Mãe de Deus e Virgem, alegra-te…, etc.” [ 47]

Ore à Mãe de Deus pelo dom da oração de Jesus

Quem pode louvar bastante a oração mental divina, que a própria Mãe de Deus costumava praticar, edificada pela
orientação do Espírito Santo. [ 38] [60]

É necessário rezar à Santíssima Mãe de Deus e Intercessora de todos os Cristãos - Rainha dos Céus e da terra
pelo dom inestimável da oração de Jesus, porque lhe é concedida a bênção para que possa dar a oração de Jesus
às pessoas que a pedirem dela por aquele presente celestial. Portanto, aquele que com destino e de coração se
dirige à Mãe de Deus e pede um dom da oração, inevitavelmente a obterá, que é um penhor inquestionável da
grande misericórdia de Deus. [ 26]

São Máximo Kavsokalyvites, que vivia no Monte Athos, por dois anos implorou persistentemente à Mãe de Deus que
lhe concedesse o dom da oração mental incessante e a Virgem Theotokos atendeu ao seu pedido . [ 25]

25
A Oração de Jesus foi revelada pela primeira vez à Santíssima Mãe de Deus, enquanto ela habitava no Santo dos
Santos. Posteriormente, a Bem-Aventurada Virgem Maria ensinou aos apóstolos essa oração sagrada e divina e
eles a transmitiram a todo o mundo cristão. [ 38]

Gregory Palamas diz: “Sem ela, nenhum dos dons de Deus seria dado aos anjos ou ao homem”. Por meio do Theotokos,
recebemos uma infinidade de presentes. Já que ela nos deu o maior presente - o próprio Cristo, por que ela não nos deu
o resto? Portanto, enquanto rezamos à Santíssima Mãe, devemos dizer com ternura: “Santíssima Mãe de Deus,
salva-nos” e não simplesmente “Intercede por nós”. [ 57]

A oração é o presente

É muito importante perceber que a oração é sempre dada por Deus: do contrário, podemos confundir o dom da graça com
alguma conquista nossa. [ 53] Deus concede a oração de Jesus no tempo devido, não àqueles que se orgulham de seu zelo de
corpo e alma, mas ao sentimento espiritual da mais profunda humildade e contrição, arrependimento sincero, com uma
oração constante, moderada e diligente. [ 4]

Aqueles que se adiantam na oração têm a firme certeza de que, apesar de todos os esforços da pessoa, a oração é obra
da graça de Deus. São Simeão, o Novo Teólogo, afirma claramente que ninguém pode louvar a Deus por si mesmo, mas é
a graça de Deus que habita na pessoa, que louva e glorifica a Deus e reza dentro da pessoa. [ 22]

A graça de Deus é necessária, mas nossa própria luta pessoal também é necessária. Precisamos dar um passo e Deus dará dez
passos. Precisamos trabalhar, mas não acreditar em nossas próprias boas obras. A sinergia é necessária; A cooperação do
homem com Deus. [ 39]

E o que você tem que não recebeu?


“E se você recebeu, por que se vangloria como se não tivesse recebido?” (1 Cor. 4: 7)

Não se vanglorie, homem, da riqueza que obteve sem trabalho. Para o Doador, prevendo sua grande dor,
enfermidade e ruína, pelo menos o salva até certo ponto por esses dons imerecidos. [ 62]

Como quem usa o ar para viver, sabendo que sem ele não pode viver, não merece elogios, mas pelo contrário
tem o dever de louvar Aquele que o criou e lhe deu a capacidade de respirar e o abençoou com saúde, para que
ele respire e viva. Da mesma forma, devemos ser gratos a Deus, pois Ele, por Sua graça, criou a oração, o
conhecimento, a força, as virtudes, a nós e tudo ao nosso redor. [ 40] Orar é respirar. Se respiramos, vivemos e
cuidamos disso durante toda a vida. [ 22]

ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL

Não existem guias espirituais


A raridade da oração de Jesus decorre principalmente da falta de professores e guias espirituais nesta atividade de
salvar almas (se talvez haja alguns professores em algum lugar, é difícil encontrá-los e alcançá-los). [ 26]

26
Mesmo no 14 º século, São Gregório do Sinai reclamou que ele percorreu todo o Monte Athos, e entre milhares de
monges ele finalmente descobriu três monges cheios de graça que possuíam algum conhecimento da oração interior.
Santo Inácio Brianchaninov escreveu há cem anos: “Eles são raros em nossos tempos. Podemos até dizer com
segurança que não existe nenhum. Por causa do desaparecimento final dos mestres espirituais, os escritos dos Santos
Padres permanecem a única fonte onde uma alma faminta e sedenta pode vir a adquirir o conhecimento essencial e
necessário na luta espiritual ”. [ 60]

Leitura
Os Santos Padres podem nos guiar em nosso caminho interior com seus escritos divinamente inspirados. Ou seja, não existem guias
espirituais contemporâneos. Os pais espirituais e os anciãos abençoados, que podiam nos mostrar de maneira inequívoca o caminho da
salvação, desapareceram. Portanto, devemos pegar os escritos dos Santos Padres como salvar “destroços” do navio apostólico. [ 60]

Aquele que pratica cuidadosamente a oração e já está avançado nela, deve consultar freqüentemente os escritos
dos Santos Padres sobre a oração, a fim de se controlar e se orientar apropriadamente. [ 13] Portanto
os anciãos aconselham aqueles que praticam a oração, a ler principalmente livros sobre oração. [ 25]

Se você disser que não tem professor para tal atividade, então o próprio Senhor lhe ordena que aprenda com as
Escrituras, pois Ele diz: “Pesquisa as Escrituras, porque nelas encontrará a vida eterna” (Jo. 5:39). [ 56] As orientações
do Evangelho e dos escritos dos Padres contêm instruções completas para a oração do coração. Mergulhe neles
com humildade.

Ler ilumina a alma para a oração do dia-a-dia, diligente e sem distrações. [ 17] A leitura ilumina a mente
e ajuda a orar, é a fonte da oração pura. [ 18]

Podemos aprender a orar com o livro A Filocália: inclui um ensino completo sobre a oração incessante interior,
escrito pelos Santos Padres entre os 4 º e 15 º séculos. Este livro é tão bom e tão útil que é considerado o principal
professor de contemplação espiritual. Como diz o bendito Nikifor: “Leva à salvação fácil e sem esforço”. Este livro é
maior do que a Bíblia Sagrada? Não, não é maior ou mais sagrado que a Bíblia, mas contém explicações claras
sobre tudo o que é misterioso para nós na Bíblia Sagrada, porque nossa mente débil não pode se elevar a tais
alturas. Vamos fazer uma comparação: o Sol é uma estrela magnífica, luminosa e maravilhosa, mas não podemos
olhá-lo a olho nu. Para olhar para ele e suportar seus raios flamejantes, temos que usar o vidro, um objeto
artificial, infinitamente menor e mais escuro que o Sol. Bem, a Bíblia Sagrada é o sol luminoso, e a Filokalia é o
nosso vidro. [ 5]

Pai espiritual
Se você quer encontrar alguém que lhe ensine a orar, escolha um ancião quieto e humilde, que não julgue
ninguém, que não se irrite, não grite, não comande. Porque existem alguns anciãos que ainda não se superaram e
ainda assim se consideram adequados para guiar os outros. Eles estudaram o lado técnico externo da oração, o
botão não adquiriu seu espírito. Pense nisso, como pode alguém que constantemente clama “tem misericórdia de
mim, pecador” julgar os outros? [ 8]

27
Um exemplo de guia espiritual autêntico é o arquimandrita Ambrósio de Miljkovo, um discípulo dos famosos Anciões
Optina. Ele irradiava um amor incrível e extraordinário que podia ser notado. Isso significa que ele entendeu bem a vida
com a ajuda dos anciãos Optina. Ele entendeu e pegou o que é melhor e mais precioso - o amor. Ele concretizou em sua
vida esse amor abrangente. Ele era simplesmente incrível. Ele fascinava com seu amor a todos com quem falava ou quem
estava apenas em sua companhia. Ele nunca se zangou com nenhum monge ou novato e nunca pronunciou uma palavra
áspera. Ele sofreu muito, mas perdoou tudo. Todas as suas preocupações e problemas ele lançou sobre o Senhor e
lamentou apenas para ele . [ 49]

Se alguém não consegue encontrar um pai espiritual como o ancião Ambrose, então é melhor usar o meio-termo com
conselhos fraternos . [ 42]

Que Deus nos ilumine como caminhar, porque os guias autênticos desapareceram e cada um de nós percorre o seu
caminho. Deixe Deus ser o verdadeiro Guia para todos nós. [ 22] O próprio Cristo será seu professor na oração incessante
do coração.

Deus - mestre da oração


Tendo começado a fazer a oração de Jesus, o homem se submete à orientação do Senhor, e o próprio Deus conduz essas
pessoas. [ 3] Nessa conquista mais importante em nossa vida interior, a oração de Jesus e o próprio Cristo nos oferecem uma
ajuda insubstituível. Por meio dessa oração, ele se torna um residente permanente do nosso coração.

Aquele que ora freqüentemente não precisa de orientação, porque a própria oração o ensinará. [ 53] [22]

„A oração mística não é ensinada“ - disse o Élder Porphyrios. [ 39]

ILUSÃO
Dizer que a invocação do nome de Jesus leva à ilusão é em si uma ilusão. Iludido é aquele que
não invoca o nome do Filho de Deus e não aquele que o invoca.

Somente aqueles que agem presunçosamente e de acordo com seus próprios ditames caem na ilusão. Da mesma forma, São
Gregório do Sinai, quando nos ordena que não tenhamos medo ou duvidemos quando estamos aprendendo a oração, também
indica as duas causas da ilusão: a obstinação e a presunção. É porque os santos padres querem que permaneçamos imaculados
por tais coisas que eles nos ordenam que pesquisemos as Sagradas Escrituras e sejamos instruídos por elas, tendo um irmão
como bom conselheiro, como diz Pedro de Damasco. Pois se um homem busca a Deus com obediência, questionamento e
humildade, ele sempre será protegido de danos pela graça de Cristo. [ 56]

Ninguém jamais se machucou ou caiu em engano espiritual por causa desta oração. Alguns caíram na ilusão e foram
espiritualmente feridos não por causa da oração mental, mas por causa do esforço irracional, estúpido e orgulhoso da
mente em direção aos estados espirituais mais elevados, que são inadequados para uma pessoa imersa em paixões. A
pessoa presunçosa e autoconfiante luta por algo além de sua dignidade e estado, e com orgulho espiritual, corre para
uma oração com visões. [ 60]

28
Não há perigo de ilusão na oração se a dissermos sem distração, sem forma, com a mente simples e sem qualquer
imagem ou figura. A mente deve estar livre de qualquer idéia divina ou humana. Não devemos imaginar nosso Senhor
Cristo ou a Senhora Theotokos, ou qualquer outra pessoa ou representação. A mente deve estar apenas no coração, no
peito e em nenhum outro lugar. O coração deve fazer a oração como uma máquina, enquanto a mente deve observar as
palavras da oração como um espectador comum. [ 22]

Orar não pode machucar ninguém, se eles não forem orgulhosos e se não desprezarem os outros. [[ 26]

PENSAMENTOS
Enquanto oramos, não pensamos (não pensamos) - porque ele não era nada. O Senhor quer que estejamos em paz e
quietos, sem quaisquer pensamentos, ou seja, que nosso coração esteja calmo. Os Santos Padres dizem que ao orar,
deve-se supor como ninguém mais no mundo: apenas Deus e o homem falando com Deus. Ninguém mais. Em todo o
universo não há mais ninguém, apenas os dois. Voce entende? [ 49]

Não se deve pensar em nada enquanto ora. [ 22] Quando você orar, não forme nenhuma imagem em sua mente,
afaste todas as imagens de sua mente. Não tente visualizar Cristo! Os Santos Padres enfatizaram que a oração
deve ser sem imagens mentais. [ 39]

É necessário que a mente se concentre nas palavras da oração e descarte todo pensamento: pensamentos pecaminosos
e justos, maus e até bons. [ 54] Quando decidimos começar a falar com Deus, todos os pensamentos são deixados de lado
e então o diálogo com Deus se torna possível.

Tente tornar seu intelecto surdo e mudo durante a oração; você então será capaz de orar. [ 14] Deixe que os
pensamentos batam à porta da sua mente e fale alto: não responda, seja surdo e mudo. [ 60] “Mas, como surdo, não
ouço; e sou como o mudo que não abre a boca, e sou como o homem que não ouve ”(Salmo 38:13)

Na hora da oração, quando nossas mentes se desviam para coisas sujas, ou se essas coisas caem sobre nós de má
vontade, não devemos começar uma guerra argumentativa com o inimigo. Pois, mesmo se todos os advogados do
mundo se reunissem, eles não seriam capazes de prevalecer sobre um único pequeno demônio por meio da
argumentação, uma vez que somente com desprezo alguém pode afastá-lo. [ 37] Como diz Santo Isaac, o Sírio: “Não abra a
porta!” Se você vir quem é, se você sabe que alguém tem má fama, feche a porta e afaste-o com a oração de Jesus:
“Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, tem misericórdia de mim”. Rejeite-o assim. [ 22]

Quando o diabo vier e puxar a manga da sua camisa para tirá-lo do curso, não se vire para iniciar uma conversa ou
disputa com ele. Você continua em seu caminho. Ele vai puxar a manga da sua camisa, mas você continua seu caminho e
em algum lugar ele vai se cansar e vai te deixar em paz. [ 39] “E não saúdes a ninguém no caminho” - (Lc 10: 4).

Quando um homem persistentemente se apega à oração e não abandona o nome de Cristo de si mesmo, então
esse homem se convence de que não pode viver sem oração. Caso contrário, os pensamentos do inimigo
imediatamente dominam sua mente e as paixões o escravizam. [ 3] O maligno foi liberado para tentar o poder
mental humano e perturbá-lo dia e noite. Se a mente cai, tudo cai. [ 48] Com todas as nossas forças, apeguemo-nos a
Cristo, pois sempre há aqueles que lutam para privar nossa alma de Sua presença; e deixe-nos
29
toma cuidado para que Jesus não se retire por causa dos maus pensamentos que povoam nossa alma “multidão estando naquele
lugar” (Jo 5, 13). [ 10]

Está escrito: “Nem todo aquele que me diz: 'Senhor, Senhor' entrará no reino dos céus; mas aquele que faz a vontade de
meu Pai ”(Mt. 7:21). A vontade do Pai é indicada nas palavras: “Vós que amais o Senhor, odeias o mal” (Salmo 97:10).
Portanto, devemos orar a oração de Jesus Cristo e odiar nossos pensamentos malignos. Desta forma, fazemos a
vontade de Deus. [ 15]

Lute com os pensamentos


A provocação vem primeiro, depois nossa união com ela, ou a mistura de nossos pensamentos com os
dos demônios perversos. Terceiro, vem nosso assentimento à provocação, com os dois conjuntos de
pensamentos misturados planejando como cometer o pecado na prática. Em quarto lugar, vem a ação
concreta - isto é, o próprio pecado. Se, entretanto, o intelecto está atento e vigilante, e imediatamente
repele a provocação contra-atacando e contradizendo e invocando o Senhor Jesus, suas consequências
permanecem inoperantes; pois o diabo, sendo um intelecto sem corpo, pode enganar nossas almas
apenas por meio de fantasias e pensamentos. Davi estava falando sobre essas provocações do diabo
quando disse: 'De madrugada destruí todos os ímpios da terra, para exterminar todos os malfeitores
da cidade do Senhor' (Salmo 101: 8);
32). [ 15]

Nas decisões feitas pelos Padres, uma distinção é feita entre coisas diferentes, como atração, ou coito, ou
consentimento, ou cativeiro, ou luta, ou a assim chamada paixão na alma. E esses homens abençoados definem
atração como uma concepção simples, ou uma imagem de algo encontrado pela primeira vez e que se alojou no
coração. A relação sexual é a conversa com o que se apresentou, acompanhada de paixão ou desapego. E o
consentimento é a inclinação da alma para o que foi apresentado a ela, acompanhada de deleite. Mas o cativeiro é
um estupro forçado e involuntário do coração ou uma associação permanente com o que foi encontrado, o que
destrói a boa ordem de nossa condição. Luta, de acordo com sua definição, é o poder igual à força de ataque, que é
vitorioso ou então sofre derrota de acordo com o desejo da alma. E eles definem paixão em um sentido especial
como aquilo que se esconde inquietantemente na alma por um longo tempo, e por meio de sua intimidade com a
alma a leva finalmente ao que equivale a um hábito, uma deserção total auto-incorrida. [ 62]

A Escritura diz que temos autoridade para “ derrubar imaginações ”( 2 Cor. 10: 4). Abandonar os maus pensamentos internos é um
sinal de amor a Deus e não é um pecado, visto que o surgimento de um pensamento não é um pecado, mas uma conversa
amigável da mente com ele é um pecado. Se não o amamos, por que nos demoramos nisso? Não é possível que algo que
odiamos do fundo do nosso coração converse por muito tempo com o nosso coração. Se, no entanto, isso acontecer, significa que
nosso envolvimento maligno está presente. [ 30]

Os Santos Padres dizem: “Se rejeitarmos a sugestão dos espíritos malignos, a vitória é obtida sem luta”. Eles
falaram por experiência própria: se a provocação for rejeitada, a vitória está ganha sem luta! ” [ 49]

“Desventurada filha da Babilônia! ... Bem-aventurado aquele que agarrar e lançar as tuas crianças contra a rocha ”(Sl 137:
8-9). Conforme explicado pelos Santos Padres, "os pequenos" são pensamentos apaixonados e os apaixonados

30
movimentos (o início de pensamentos). Assim que esses pensamentos e movimentos surgem, assim que eles começam,
logo no início, em sua “infância”, por assim dizer, devemos cortá-los e não permitir que cresçam. Portanto, enquanto eles
ainda são jovens e não se fortaleceram ainda, eles devem ser destruídos, lançados contra a rocha. E a rocha é Cristo.
Golpeie-os com o nome de Jesus, destrua com a oração de Jesus aquelas crianças da Babilônia.
[33]

Palavras do Salmo: “Todas as nações me cercaram, mas em nome do Senhor eu as destruirei. Eles me cercaram,
Sim, eles me cercaram; Mas em nome do Senhor eu os destruirei ”(Salmos 118: 11-12) são totalmente
compreendidos pelos praticantes da oração de Jesus, embora ninguém nunca tenha explicado isso a eles. Esta é,
entre outras, uma das partes mais claras da oração de Jesus nos Salmos. [ 33]

Dois pensamentos astutos e duplo destro


Compreenda dois pensamentos e tema-os. Um diz: “Você é um santo”, o outro, “Você não será salvo”. Ambos os
pensamentos vêm do inimigo e não há verdade neles. Mas pense assim: eu sou um grande pecador, mas o
Senhor é misericordioso. Ele ama muito as pessoas e perdoará meus pecados. [ 44]

Assim, Deus em Sua bondade inexprimível organizou todas as coisas de uma maneira maravilhosa para nós; e se
queres compreender isto e ser como deves, deves lutar para adquirir as virtudes de modo a poder aceitar com
gratidão tudo o que vier, seja bom ou pareça mau, e para não te perturbares em todas as coisas. E mesmo quando
os demônios sugerem algum pensamento que provoque orgulho para enchê-lo de auto-exaltação, você deve se
lembrar das coisas vergonhosas que eles lhe disseram no passado e deve rejeitar esse pensamento e se tornar
humilde. E quando eles novamente sugerirem algo vergonhoso, você deve se lembrar desse pensamento que
provoca orgulho e, portanto, rejeitar essa nova sugestão. Assim, por meio da cooperação da graça e por meio de
recolhimento, você faz os demônios expulsarem os demônios, e não são levados ao desespero por causa de suas
sugestões vergonhosas, ou expulsos de sua mente por causa de sua própria vaidade. [ 40]

O beato apóstolo Paulo confirma em um versículo: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem
daqueles que amam a Deus (Rm 8:28)”. Dizendo que »todas as coisas contribuem para o bem«, abrange todos juntos, não
só o que se considera afortunado, mas também o que se considera infortúnio. Em outro versículo, o mesmo apóstolo diz
que passou por ambos: “pelas armas da justiça, à direita e à esquerda, pela glória e desonra, por má e boa fama; como
enganadores e ainda verdadeiros; como desconhecido e ainda bem conhecido; como morrendo e, eis que vivemos; como
castigado e não morto; como tristes, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos ”(2 Cor 6: 7-10). Ele
nem se exalta por causa da fortuna, nem está desanimado por causa do infortúnio, mas anda no caminho da retidão e
segue o caminho real com paz de espírito. Esses homens perfeitos são chamados nas Sagradas Escrituras de “dupla mão
direita”. Tal homem foi Eúde, que usou ambas as mãos como destra, conforme está escrito no livro de Juízes (Juízes 3:16) . Estaremos
também absortos pela perfeição, se não nos tornarmos altivos e vaidosos por causa da boa sorte (que é considerado o
lado direito), nem se, lutando corajosamente, cairmos no desespero por causa da má sorte (o que é chamado de lado
esquerdo). Então nos tornaremos verdadeiramente “duplamente destros”, como o mestre dos gentios que testifica de si
mesmo: “Não que fale segundo a necessidade, pois aprendi a estar contente em qualquer estado em que estou. Eu sei
como ser humilhado e sei como ser abundante. Em tudo e em tudo

31
coisas eu fui instruído tanto a estar farto quanto a ter fome, tanto a ter abundância quanto a sofrer necessidades. Posso todas as
coisas em Cristo que me fortalece (Fp 4: 11-13). [ 67]

Pensamentos positivos
Devemos ter em mente que Deus “não pode” nos ajudar, mesmo que realmente queira, a menos que adquiramos uma forma positiva
de pensar. A espiritualidade de uma pessoa é definida pela qualidade de seus pensamentos. [ 37] Nosso agradar a Deus e nosso serviço a
ele depende de nossos pensamentos. [ 60]

Não vale a pena ir à igreja para receber a Sagrada Comunhão, se tivermos maus pensamentos dentro de nós. Nossos
pensamentos determinam nossas vidas. Por isso, devemos estar em paz, quietos, cheios de amor e bondade. Porque a vida na
terra se manifesta por meio de nossos pensamentos. Se tivermos pensamentos pacíficos, tranquilos e gentis e formos mansos,
essa será a nossa vida. Se prestarmos atenção às circunstâncias em que vivemos, entramos nessa “mentalidade mundana” e
perdemos a paz e a calma. [ 49]

Os Santos Padres dizem sobre os pensamentos: “Qualquer pensamento destrói a paz e nos perturba, este é do inferno e
deve ser rejeitado, não aceito”. [ 49] Se algum pensamento nos perturba, podemos rejeitá-lo. Somos livres para pensar em
outra coisa. É fácil dizer, mas na realidade é uma batalha corpo a corpo com Satanás. [ 44] “Levando cativo todo
pensamento à obediência de Cristo” (2 Coríntios 10: 5).

Como podemos parar os pensamentos ruins e negativos? É melhor cantarolar do que lamentar. Cantar. Há quem diga:
“Quem canta não tem maus pensamentos”. [ 49]

Poder dos pensamentos


Somos um dispositivo de pensamento incrivelmente preciso. Nossos pensamentos são uma enorme energia (enorme poder)
dentro de nós. Portanto, nossos pensamentos influenciam não apenas o sistema nervoso dos seres racionais, mas também o
mundo animal e vegetal. Tudo espera de nós amor e carinho. É por isso que devemos orar incessantemente. [ 49]

Nosso “computador” interno (a mente) é muito mais preciso que o computador real. Mas nosso “computador” não está
limpo e nosso monitor está quebrado. Não vemos as coisas como são, parece-nos que tudo virou de cabeça para baixo. Se
estivéssemos quietos, quietos, sinceros, simplórios e atentos, nossa tela estaria absolutamente limpa e não precisaríamos
de sinais de rádio, telefone, nada. Podíamos ver ao longe, além das galáxias, não apenas coisas na Terra. Quando alguém
nos envia um pensamento, estamos instantaneamente “conectados” e podemos conversar. A energia da mente é muito
mais precisa do que as linhas telefônicas. Você apenas pensa em alguém e você está imediatamente conectado, você está
em contato imediatamente. [ 49]

A oração é um telefone sem fio que pode nos ajudar a nos comunicarmos diretamente com Deus. Digite um número no telefone
de oração, ligue para Deus e Ele atenderá. Você pode ouvi-lo claramente e senti-lo perto de você. A oração vem primeiro pela
boca, depois vai para a mente e depois para o coração. Então começamos a ver uma “peça teatral” diante de nossos olhos. A
partir desse momento, nada pode ser dito. [ 9]

Uma pessoa que está em constante relacionamento com Deus através da oração irradia a paz: na família, na
companhia, no campo, em todos os lugares. Uma alma mansa e humilde, que tudo perdoa e ama
32
todos, irradia a paz, e na companhia dessas pessoas somos (com a ajuda de Deus) libertos de pensamentos
depressivos e pesados. Significa muito para alguma família quando um de seus membros está orando. A oração atrai a
graça de Deus. Cada membro da família sente isso, mesmo aqueles cujos corações esfriaram. [ 49]

REMEBRÂNCIA DA MORTE
A oração viva de Jesus é inseparável de uma lembrança viva da morte. Uma lembrança viva da morte está ligada à
oração viva ao Senhor Jesus que aboliu a morte e deu aos homens a vida eterna com Sua sujeição temporária à
morte. [ 13] Para um maior progresso na oração mental, os pais do deserto egípcio uniram a oração com a
lembrança da morte. [ 50] Castigue sua alma com o pensamento da morte e, por meio da lembrança de Jesus Cristo,
concentre seu intelecto disperso. [ 10]

Nesta vida, somos estrangeiros e recém-chegados, e não sabemos quando seremos tirados daqui. [ 24] Não sabemos
quando chegará um telegrama da capital de Deus, a Jerusalém celestial. [ 22]

Certa vez foi perguntado a um homem: "O que a graça trouxe para você?" Ele respondeu: "Quando acordo de manhã, sinto-me
como um homem que não tem certeza se viverá até a noite." Disse o questionador: "Mas nem todos sabem disso?" Ele
respondeu: 'Certamente que sim. Mas nem todos sentem isso. "

Para aquele que percebeu que o fim do mundo material está próximo e que, com sentimentos sinceros, percebeu
o seu próprio fim inevitável e inevitável, nenhuma outra oração poderia ser mais apropriada e mais adequada: ela
não diz muito, mas diz muito. Aquele que pensa na morte e na iminência de ser julgado diante de Deus pode ter
apenas uma preocupação contínua: como obter para si a misericórdia do Senhor nosso Deus antes do seu fim.
Esta atividade de oração é transformada em um grito nunca silencioso da alma: "tenha misericórdia de mim." [ 60]

Diga a si mesmo: ó minha alma, precisamos nos apressar, o tempo voa e não dá para trazê-lo de volta ou
pará-lo. Devemos recolher o tesouro para a nossa jornada final: o tesouro é o nome de Jesus Cristo que, nos
tempos que virão, se tornará tudo para você. [ 25]

Se a alma tem Cristo consigo, ela não será desgraçada por seus inimigos, mesmo na morte, quando subir para a
entrada do céu; mas então, como agora, irá enfrentá-los com ousadia. Mas que não se canse de invocar o Senhor
Jesus Cristo, o Filho de Deus, dia e noite até o momento de sua partida desta vida mortal, e Ele o vingará
rapidamente de acordo com a promessa que Ele mesmo fez ao falar de o juiz injusto (Lucas 8: 1-8). Na verdade,
Ele o vingará tanto nesta vida quanto depois que ele sair de seu corpo. [ 15]

TENTAÇÕES
Saiba que se você seguir o Senhor e aderir aos Seus ensinamentos divinos, você cairá em tentações neste caminho. A
carne, o mundo e Satanás são seus inimigos, mas você é seu próprio inimigo tanto quanto eles. De agora em diante,
recusando-se a seguir os desejos de sua vontade, você sai da vida pacífica e a guerra constante torna-se seu destino.
Aproximando-se de fazer a Oração de Jesus, prepare-se não para uma existência pacífica, mas

33
para suportar todas as tristezas imagináveis, trazidas a você pela carne, o mundo, Satanás e seu próprio amor.
[ 3]

Mais profundamente Cristo está entrelaçado em nosso coração, cada vez mais o diabo se retira, gritando e
uivando por causa da derrota do mal desprezado. O eco desses gritos inaudíveis, mas reais, são ataques de
tentações que nos assaltarão. [ 57]

Os Santos Padres dizem: Saberemos que somos amados pelo Senhor se Ele nos conduzir por grandes aflições,
sofrimentos e tribulações. Sempre que em seu caminho você encontra paz imutável, cuidado, você está no caminho
errado. [ 49] Nesse caso, você está muito longe dos caminhos divinos trilhados pelos pés cansados dos santos.
Enquanto você caminha a caminho da cidade do Reino e se aproxima da cidade de Deus, este será um sinal para
você: a força das tentações que você encontra. E quanto mais você se aproxima e avança, mais tentações se
multiplicam contra você. Sempre que, portanto, você perceber em sua alma diversas e mais fortes tentações em
seu caminho, saiba que naquele momento sua alma de fato entrou secretamente em um nível novo e mais alto, e
que a graça foi adicionada a ela no estado em que foi encontrada ; pois Deus conduz a alma às aflições das
provações na exata proporção da magnitude da graça que Ele concede. [ 17]

Um bom sinal de que estamos no caminho que conduz à vida divina é a circunstância de nossa oração vir
acompanhada de aflições internas e externas, que nos fazem sentir pressionados de direita e esquerda. Os
Padres, no entanto, dizem que esta é uma ordem usual das coisas, como uma consequência inevitável da oração,
[ 60] porque a atividade piedosa da oração leva ao encontro com muitas energias adversas escondidas na
atmosfera. [ 41]

A vontade da graciosa providência é que nós, ao nos submetermos a ela, carreguemos a tribulação de nossa vontade sem
perturbação. Hoje em dia, a salvação consiste em humilde submissão a esta providência. Temos que acreditar firmemente que
não fomos criados para a vida eterna por anciãos e pais espirituais, mas por várias tribulações. As adversidades são nossos guias
espirituais e professores em nossa vida de oração. Deus não governa nosso caminho por meio de anciãos, mas com uma
infinidade de adversidades. Portanto, a obediência precisa ser mostrada a cada tribulação que se aproxima: devemos nos curvar
a ela até o chão (como um pai espiritual) e beijar sua mão sagrada (como a mão dos anciãos), que nos abençoa. [ 60]

Não se desespere na batalha


A batalha é o destino de um guerreiro e você deve lutar e não fugir da disputa. É melhor não ficar desanimado,
mas antes prestar atenção à oração, lutar e lutar. E você apenas ore e ore, atendendo à oração, mas não
resmungue sobre as tentações que lhe são enviadas para o seu próprio bem. Não se desespere, faça a oração. Não
se desespere com os fracassos, abandone-se à vontade de Deus e, ao fazer isso, colherá o fruto do sucesso dentro
dos seus fracassos. [ 3]

Lembre-se, irmão, que por maiores que sejam as tentações, por mais horríveis que pareçam, nunca se
desespere de ficar deprimido, mas, em vez disso, dedique toda a sua atenção à oração que recita. A
oração é chamada de “bastão” porque o homem se apóia nela e fica firme. Se ele é atraído por
pensamentos e desejos, fica fascinado com o que viu em um sonho ou com algo da rotina diária, então,

34
tendo-se lembrado da oração, ele voltará a ela e obterá paz de espírito, e novamente fará as pazes com a
graça e continuará sua marcha adiante. [ 3]

O Élder Silouan diz: “Por toda a vida, a alma luta com os pensamentos, mas não desanime por causa dessa luta, porque o
Senhor ama um lutador valente. O Senhor me disse: 'Mantenha sua mente no inferno e não se desespere'. [ 44]

Mesmo que caia cem vezes por dia, o justo se levantará e isso será contado para eles como uma vitória. Oração significa
exatamente isso: arrependimento incessante e invocação incansável da graça divina. [ 22] Você sempre quebra a lei de Deus. Da
mesma forma, chame o Salvador o tempo todo e você será salvo. Há uma história de pais do deserto: Um dia um jovem monge
veio a um velho pai do deserto e disse: O que devo fazer, Pai, porque continuo caindo no mesmo pecado. E ele respondeu: Se
você cair, levante-se e se arrependa. E se eu cair de novo? Então levante-se e se arrependa novamente. E quanto tempo devo
fazer assim? Continue fazendo isso até o dia da sua morte.

A vida neste mundo temporário é semelhante a escrever cartas em um tablet. Todos, quando quiserem, podem
adicionar ou deletar palavras ou reorganizar as letras. Mas a vida futura é semelhante a um manuscrito, escrito em uma
folha em branco, na qual é proibido adicionar ou apagar e carimbado com o selo do rei. É por isso que enquanto
estamos neste mundo inconstante, estejamos atentos a nós mesmos. E embora tenhamos autoridade sobre o
manuscrito terrestre, no qual escrevemos com nossas próprias mãos, vamos nos esforçar para fazer bons acréscimos de
uma vida justa e apagar nele todas as falhas de nossas ações passadas. Isso porque, enquanto estamos neste mundo,
Deus não afixa Sua marca - nem aos virtuosos nem aos maus - até a hora de deixarmos esta vida. [ 17]

Ouça as palavras do professor do ensino fundamental que fala aos seus alunos:

Ele veio até minha mesa com o lábio


trêmulo, a lição acabou.
“Você tem uma nova folha para mim, querida professora?
Eu estraguei este aqui. ”
Peguei o lençol dele, todo sujo e manchado, e
dei-lhe um novo sem manchas. E em seu coração
cansado eu chorei,
"Faça melhor agora, meu filho."

Eu fui e cheguei ao trono com o coração trêmulo;


o dia acabou.
“Você tem um novo dia para mim, querido Mestre? Eu
estraguei este aqui. ”
Ele pegou meu dia, todo sujo e manchado,
e me deu um novo sem manchas. E em
meu coração cansado ele chorou,
"Faça melhor agora, meu filho." (Autor anônimo)

Quando o Padre Tadej era um jovem monge, uma pergunta o perturbava: “Por que aquele que busca sinceramente ao
Senhor sofre tanto? Senhor, eu não aguento mais ”. Eu deito na cama. Em meu sonho, me vi no topo da colina. Eu vejo
um exército indo de leste a oeste. Não terrestre, mas um exército celestial. Todos são iguais.

35
Apenas um está dando um passo à frente de todos os outros. Eles estão cantando: "Para o Rei da Glória, para o Rei
Celestial, estamos lutando para derrotar o mal." Comecei a cantar com eles: “Para o Rei da Glória, para o Rei
Celestial, estamos lutando para derrotar o mal”. Como vamos derrotar o mal? Com amor. “Para o Rei da Glória,
para o Rei Celestial, estamos lutando para derrotar o mal.” [ 49]

Renda-se à vontade de Deus


Você não deve se concentrar em tudo o que acontece com você durante o tempo da oração, sejam tentações boas
ou ruins ou algo que pareça pleno de graça. Coloque toda a sua esperança no próprio Senhor - Ele mesmo
trabalha com a Sua graça em sua oração. [ 3] Entregue seu coração a Cristo e Ele cuidará de tudo o mais. [ 39]

Você deve estar totalmente relaxado. Não tome as preocupações desta vida muito sobre você, mas preserve sua
paz e viva com Deus. Não dê tanta importância a eventos externos. Esteja mais dentro, no coração, com o Senhor,
e deixe os eventos externos irem. Apenas seja gentil, quieto e gentil com todos, e não preste atenção em mais
nada. [ 49]

Oração dos Anciãos Optina: “Concede-me, ó Senhor, que com paz de espírito eu possa enfrentar tudo o que este novo dia trará.
Conceda-me que me dedique totalmente à Tua Santa Vontade ... Quaisquer que sejam as notícias que receba durante o dia,
ensina-me a aceitar com tranquilidade, na firme convicção de que todas as eventualidades cumprem a Tua Santa Vontade ... etc. ”

Não deseje que aconteça apenas o que você acha que é bom, mas o que agrada a Deus, e você ficará calmo e
satisfeito em sua oração. [ 45] A experiência me ensinou: será a vontade de Deus; tudo vem de Deus. É assim que
você se humilha. Se por outro lado você diz: por que isso e não aquilo, falta-lhe humildade. Não era a vontade
de Deus que eu fosse no domingo, Ele queria que eu fosse na segunda-feira. Deus não queria na terça, Ele
queria na quarta. Deus organizou assim. [ 23]

Recomende tudo a Deus através da oração


Quando oramos a Deus de coração, e quando lançamos sobre Ele todos os nossos cuidados e cuidados com o nosso
próximo, então ficamos aliviados e, por assim dizer, nossas rédeas são soltas. Antes éramos amarrados mentalmente, e
agora estamos relaxados, porque deixamos tudo aos pés do Senhor, para que Ele resolva. Se não aprendermos isso,
estaremos, dia após dia, mais e mais sobrecarregados. É por isso que temos que aprender a nos desafogar mentalmente.
Assim que sentirmos que estamos sobrecarregados, devemos nos voltar para o Senhor e recomendar a Ele todos os
nossos problemas e os problemas do próximo. Todos os meus problemas e problemas de meus vizinhos, que reclamaram
comigo de alguma coisa ou de suas fraquezas, eu me comprometo ao Senhor e à Santíssima Mãe para resolvê-los. Bem, o
Senhor e a Santa Mãe realmente os resolvem. Deixe todas as suas preocupações para Deus, dê a Ele você mesmo, sua
família, entregue tudo a Deus. [ 49]

Não sabemos o que vai acontecer nem com nós dois, daqui a três minutos. Não temos autoridade sobre o
futuro. Portanto, devemos nos libertar disso (preocupações). Devemos entregar tudo nas mãos de Deus. Ele
é o único planejador que sabe o que acontecerá com este mundo. E devemos nos libertar da pressão dos
pensamentos: o que vai acontecer, como vai ser. Devemos estar livres disso e ser libertos do Senhor. [ 49]

36
O Senhor é o único portador de todos os nossos cuidados, dificuldades, aborrecimentos, fraquezas e
enfermidades, tanto físicas como mentais. Ele é o Portador, que pode carregar qualquer coisa, porque Ele é
poderoso, poderoso e onipotente. Devemos desabafar e entregar ao Senhor todas as nossas fraquezas e
enfermidades que vieram para nos sobrecarregar mentalmente. Entregue-o por meio da oração. Este é o
propósito da oração: nos unirmos ao Senhor, e não nos preocuparmos com o amanhã, como diz o Evangelho:
“Hoje basta o seu mal”. (Mt 6:34). Portanto, não fique ansioso com o amanhã. Mas nos preocupamos muito. Não
apenas sobre o amanhã, mas ainda além, e é assim que nos sobrecarregamos. E somos seres racionais criados
para uma carga de um dia. É por isso que precisamos de oração incessante. [ 49]

OBJETIVO E FRUTOS DA ORAÇÃO

Meta
Por melhores que sejam a oração, o jejum, a vigília e todas as outras práticas cristãs, não constituem o objetivo da
nossa vida cristã. Embora seja verdade que eles servem como meio indispensável para alcançar esse fim, o verdadeiro
objetivo de nossa vida cristã consiste na aquisição do Espírito Santo de Deus, [ 47] para que nós, pessoas que vivem na
terra, sejamos como anjos no céu que são guiados pelo Espírito Santo. [ 49]

O jejum é um meio, não uma meta. O objetivo mais elevado é o que Deus ordenou a todas as pessoas: “Portanto, sejam perfeitos,
como também o vosso Pai que está nos céus é perfeito” (Mt 5:48). [ 6] ' Seja perfeito ', o que é impossível, mas vamos nos esforçar por
essa perfeição. [ 63]

Todos são chamados para serem santos. Cada alma nasce sagrada. Grandes e pequenos, todos devem ser santos. [ 49] “É difícil
se tornar um santo?” Alguém perguntou ao ancião Porphirios. Ele apenas sorriu e disse: “É muito fácil. Basta pensar em Deus o
tempo todo ”. [ 39]

São Simeão diz: “No último e grande dia, a alma não será julgada se jejuou ou fez certas boas ações na vida. Mas,
cada alma será cuidadosamente examinada se tem algo em comum com Cristo Salvador ”. Uma alma tem Seu
traço de caráter? Somos chamados a ser pessoas de oração, trabalhadores que fazem o bem, mas se não
trabalharmos para edificar nosso caráter, então todo o nosso trabalho será em vão. É por isso que devemos tentar,
com a ajuda de Deus, desenvolver um caráter semelhante ao de Cristo. Sabemos que Ele era manso, quieto e
meigo, por isso devemos nos esforçar para ser assim: ser filhos da luz, filhos do amor, filhos de Deus, filhos do
Senhor. Sim, para se tornar Seus filhos, para ter Seu caráter, o caráter de Deus, caráter de paz, amor e bondade.
Mas não temos força própria para isso, por isso temos que pedir isso ao Senhor. Como é impossível que lâmpadas
acendam sem eletricidade, da mesma forma não podemos viver sem o Senhor, como Ele diz: “Pois sem Mim nada
podeis fazer” (Jo. 15: 5). [ 49]

O que resta agora é que nos esforcemos e aprendamos a ser bons, pois transitaremos para a vida eterna com nossos
traços de caráter. Traços de caráter são a base para o trânsito para a vida eterna. Se estivermos em paz e quietos, iremos
para a categoria dos anjos e dos santos. [ 49]

37
Frutas
Não diga, depois de passar muito tempo orando, que nada foi ganho; pois você já ganhou algo. E que bem maior
existe do que apegar-se ao Senhor e perseverar na união incessante com Ele? [ 62] Mas que outras e maiores
recompensas você pode desejar disso quando, como eu disse, você está mentalmente sempre diante da face de
Deus e constantemente conversando com Ele - conversando com Deus, sem o qual nenhum homem pode ser
abençoado aqui ou em outro vida. [ 36]

Imagine como é grande o dom de podermos nos voltar para Deus em todos os momentos, em qualquer lugar e em todas as
circunstâncias, e Ele nos ouvirá. Esta é a maior honra que temos. É por isso que devemos amar a Deus. [ 39] O que é mais belo do
que suplicar a Cristo a cada momento e dizer Seu santo nome com esses lábios de barro? Existe uma honra maior? [ 22] Não há
nada mais elevado para um homem do que conversar por meio da oração mental com o Deus existente, estando diante dEle
com sua mente, implorando pelo perdão de seus pecados. [ 3]

Certa vez, havia um jovem que foi até o mais velho e perguntou: “Para que serve a oração? Porque eu rezo e não
vejo resultado ”. O mais velho disse ao jovem monge: “Por favor, leve o meu cesto de palha trançada ao rio e
traga-me um pouco de água”. Então ele pegou a cesta, foi até o rio, pegou um pouco de água, mas a água vazou. O
menino tentou várias vezes, mas sempre voltava com uma cesta vazia. Por fim, ele ficou doente e cansado e
perguntou ao mais velho: “Por que você me força a fazer uma tarefa sem sentido, quando a água não pode ser
carregada em palha trançada?” O ancião respondeu: “Olhe para a cesta. É o mesmo que costumava ser ”? O
menino disse: “Não, a princípio a cesta estava suja, mas agora está limpa, brilhante, como nova. E o ancião disse:
“Este é o poder da oração. Limpa você, embora você não sinta,

O Nome de Deus, quando invocado, mata todas as paixões, embora não saibamos como. [ 60]

O que o homem ganha com a oração nesta vida? Paz e alegria. [ 25] [49] Os frutos da verdadeira oração devem ser o
amor a Deus e ao próximo. [ 1]

Paz
Todas as pessoas que se voltam para Deus de todo o coração (com a oração mental de Jesus) recebem graça de graça.
Então, no devido tempo, queira você ou não, a oração correrá por si mesma dentro de você. Depois disso, você sentirá
tanta alegria e paz, que não são desta palavra. “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não como o mundo dá, eu dou a
você. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize ”(João 14:27) diz o Senhor que é“ o caminho, a verdade e a vida
”(João 14: 6). [ 49]

Santo Isaac, o Sírio, diz: “Preserve sua paz interior a qualquer custo. Não troque sua paz interior por nada
no mundo. ” [ 49]

O papel dos cristãos neste mundo é purificar a atmosfera na terra e espalhar a atmosfera do reino de Deus. O
mundo deve ser conquistado preservando a atmosfera do céu dentro de nós, porque se perdermos o reino de
Deus dentro de nós (Lc. 17:21), não salvaremos a nós mesmos ou aos outros. Aquele que carrega o reino de Deus
dentro de si o transmitirá imperceptivelmente aos outros. As pessoas serão atraídas por nossa paz e cordialidade,
desejarão estar em nossa companhia e, gradualmente, a atmosfera do céu as dominará. Isto
38
nem é preciso falar com as pessoas sobre isso: o céu irradiará de nós mesmo quando estivermos em silêncio ou
quando falarmos as coisas mais comuns; irradia de nós, mesmo quando não temos consciência disso. [ 49]

Alegria

A oração de Jesus enche a alma de serenidade e alegria no meio das mais difíceis tentações e de todas as
ansiedades e vaidades da vida. [ 54]

Cristo está em nós por meio da lembrança Dele, pois esta lembrança O move para dentro de nós e nos enche de
alegria, como diz santo Davi: “Lembrei-me de Deus, e me alegrei” (Sl 77: 3) [ 46] Lembre-se de Deus em todos os
momentos, em todos os lugares e em todas as circunstâncias. Louve Aquele que em Sua providência lhe deu vida. Em
suma, se tudo o que você faz se torna uma ocasião para glorificar a Deus, você orará incessantemente. Deste modo, a
sua alma sempre se alegrará, como recomenda São Paulo (1Ts 5,16). Pois, como explica São Dorotheos, a lembrança de
Deus alegra a alma; e ele aduz Davi como testemunha. (Salmos 77: 3) [ 40]

Preserve sua paz interior a qualquer custo e seja sempre espiritualmente alegre. Sempre. Devemos estar sempre alegres, sempre de
bom humor, a qualquer custo. Porque as hostes espirituais da maldade em lugares altos se esforçam para que sempre estejamos
tristes. [ 49]

Cristo quer que as pessoas sejam felizes. Ele fica feliz quando vê que estamos felizes. Quanto mais você ama a Jesus
Cristo, mais feliz você será e menos preocupado ficará. [ 39] “Alegrem-se sempre”, diz o apóstolo. (1 Tes. 5,16) e
novamente em outro lugar: „Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrai-vos! ”(Fp 4: 4).

Todos recebem as ricas bênçãos de Deus, mas apenas algumas pessoas agradecem a Ele e são gratas e alegres em
Cristo. [ 37]

Humildade

Gradualmente, a atenção da mente é fortalecida e isso constitui um fruto da oração. Com a intensificação da
atenção, o homem começa a ver em si mesmo cada vez mais o mal vindo do coração. Parece que quem ora
está parado, ou parece que piorou ainda mais. Ele ora novamente e vê novamente seus aparentes fracassos.
Os ataques são repelidos repetidamente com a oração; como resultado, a mente os revela cada vez mais, e o
homem começa a se humilhar nessa guerra. Ele deve aprender a se submeter à vontade de Deus; isso é
exatamente o que é necessário. [ 3]

Grace aceita a boa predisposição de um homem e o ensina a confiar não em si mesmo, mas no Deus
salvador, o instrui a guerrear com o nome de Deus, abre ao homem seu próprio desamparo e nada, e o
humilha. Todas as vitórias são alcançadas por Jesus Cristo e o que é exigido dele é apenas a compulsão para
a oração e atenção a ela. [ 3]

A prática da oração incessante obviamente vai contra o orgulho. Pois é claro que o homem se inclina para a humildade
se, sabendo que não pode alcançar nenhuma virtude sem a ajuda de Deus, ele nunca cessa de orar, pedindo a Deus que
lhe mostre sinceridade. Assim, um homem que ora sem cessar, se consegue algo, sabe por que o alcançou e não pode se
orgulhar disso; pois ele não pode atribuí-lo aos seus próprios poderes, mas atribui todas as suas realizações a Deus,
sempre rende graças a Ele e constantemente o invoca, tremendo de medo de que ele seja

39
privado de ajuda. Assim, ele ora com humildade e se torna humilde pela oração. Quanto mais ele progride na virtude,
maior se torna sua humildade, e conforme sua humildade cresce, ele recebe ajuda e novamente progride em
humildade. [ 7]

Quão doce é o conhecimento que é obtido da experiência real e do treinamento diligente, e que poder dá ao homem que através de muita experiência o

encontrou dentro de si, o mesmo é conhecido por aqueles que tiveram certeza e viram a ajuda dele oferece-os. Eles aprendem a fraqueza de sua natureza e a

ajuda do poder divino quando Deus primeiro retém Seu poder deles [enquanto eles estão em meio a tentações]. Assim, Ele os torna cônscios da impotência de

sua natureza, da severidade das tentações e da astúcia do inimigo. Assim, Ele os dá a entender contra quem eles devem lutar, que tipo de natureza eles estão

vestidos, como eles são protegidos pelo poder divino, o quão longe eles avançaram no caminho. A que altura o poder de Deus os elevou, e quão impotentes

eles são diante de todas as paixões quando o poder divino é retirado deles. Por meio de todas essas coisas, eles adquirem humildade, apegam-se a Deus,

buscam Sua ajuda com expectativa e perseveram na oração. De onde eles poderiam ter recebido todas essas bênçãos, se eles não tivessem experimentado os

muitos males que Deus permitiu que eles passassem? Como diz o apóstolo: 'E para que não fosse exaltado acima da medida pela abundância das revelações,

foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás.' (2. Cor. 12: 7). Mas, pela experiência de muitas intervenções da ajuda divina nas tentações, o

homem também adquire uma fé firme. Doravante ele não tem medo e ganha coragem nas tentações com o treinamento que adquiriu. apegar-se a Deus,

buscar Sua ajuda com expectativa e perseverar na oração. De onde eles poderiam ter recebido todas essas bênçãos, se eles não tivessem experimentado os

muitos males que Deus permitiu que eles passassem? Como diz o apóstolo: 'E para que não fosse exaltado acima da medida pela abundância das revelações,

foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás.' (2. Cor. 12: 7). Mas, pela experiência de muitas intervenções da ajuda divina nas tentações, o

homem também adquire uma fé firme. Doravante ele não tem medo e ganha coragem nas tentações com o treinamento que adquiriu. apegar-se a Deus,

buscar Sua ajuda com expectativa e perseverar na oração. De onde eles poderiam ter recebido todas essas bênçãos, se não tivessem experimentado os muitos males que Deus p
[17]

Saúde
A oração é um medicamento preventivo e o remédio mais poderoso para a cura de todas as doenças do corpo e da
alma. [ 22], [5] Sem a vontade de Deus, não podemos adoecer nem morrer. Pequena fé, afaste-se de nós. [ 18]

"Você está doente de novo?" perguntou o ancião Anatoly de Optina a uma mulher. “Significa que você não se lembra do
meu remédio. Eu já te disse: diga a oração de Jesus constantemente e você terá saúde. Não lhe dei esse conselho sem
motivo, mas tendo-o examinado na prática. ” [ 2]

O nome do Senhor Jesus Cristo é santo e santifica quem o invoca: santifica a boca, a língua, o
coração e todo o corpo. Ele santifica até mesmo o ar que os cerca. É o Espírito. Traz vida, muda,
transfigura e diviniza. Com o poder do Nome, o corpo é curado das doenças e a alma das paixões.
[ 60]

O Élder Tadej relata: “Meu pai era um homem quieto, calmo e manso, uma pessoa incrivelmente boa. Ele nunca,
em toda a sua vida, adoeceu, porque tinha paz interior e, portanto, seus órgãos internos funcionavam sem
pressão. Ele viu sua vida como uma peça de teatro; quando alguém o insultava, ele não ficava ofendido, ficava
quieto e tranquilo. ”[ 49]

Quando alguém se humilha, então vem a saúde e a salvação: tanto física quanto psíquica. [ 49]

40
DISPOSIÇÃO (para acompanhar a oração)


Acreditamos em um Deus. Nosso único Deus é a Santíssima Trindade. Uma essência (grego: ousia) em três pessoas, unidas ao amor.
Esse é o nosso Deus. [ 68]

A oração de Jesus não é um talismã. Seu poder vem da fé no Senhor e de uma profunda união da mente e do
coração com ele. [ 53] Não há nada automático ou 'mágico' na Oração de Jesus. Nossa oração deve ser sempre
pessoal, face a face. Quando pronunciamos o Nome de Cristo, invocando-O para a comunhão conosco, então Ele,
que cumpre tudo, nos ouve e entramos em contato vivo com ele. [ 41]

O ponto essencial na oração de Jesus não é o ato de repetição em si, não como nos sentamos ou respiramos, mas para
com quem falamos. A oração de Jesus não é apenas um artifício para nos ajudar a nos concentrar ou relaxar. Não é
simplesmente um pedaço de 'Yoga Cristão', um tipo de 'Meditação Transcendental', ou um 'Mantra Cristão' ... É, pelo
contrário, uma invocação dirigida especificamente a outra pessoa - a Deus feito homem, Jesus Cristo, nosso Salvador e
Redentor pessoal ... O contexto da oração de Jesus é antes de tudo um de fé. A invocação do Nome pressupõe que quem
faz a oração crê em Jesus Cristo como Filho de Deus e Salvador ... Por trás da repetição de uma forma de palavras deve
existir uma fé viva no Senhor Jesus - em quem ele é e em que ele fez por mim pessoalmente. Em segundo lugar, o
contexto da oração de Jesus é de comunidade. Não invocamos o Nome como indivíduos separados, contando apenas
com nossos próprios recursos internos, mas como membros da comunidade da Igreja [ 14] [59]

Como membros (1 Coríntios 12:27) da Igreja (corpo de Cristo - Colossenses 1:24), é melhor confessar e comungar
com frequência, mas não se aflija se isso acontecer raramente. Não abandone a oração atenta, e o seu
compromisso será percebido pelo Senhor como a própria Eucaristia. A Theotokos não comungou nem uma única
vez antes de alcançar a plenitude da pureza e se tornar a Mãe do Filho de Deus, por meio da oração mental. O
mistério da Sagrada Eucaristia ainda não havia sido estabelecido. A preciosidade da Eucaristia não depende da
freqüência ou raridade, mas do tremor diante da santidade dela e da compreensão de sua própria indignidade.
Aqueles que partiram para o deserto não viram um único rosto humano e, com raras exceções, não participaram
da Sagrada Eucaristia, mas foram precisamente eles "de quem o mundo não era digno" (Hb. 11:38), que eram
grandes aos olhos de Deus, e não aqueles que comungavam com frequência. Lembre-se do amor de Deus por
você e observe a Eucaristia com dignidade. Não imites o traidor Judas. Satanás entrou nele ao mesmo tempo que
a comunhão (na última ceia) e ele comungou para a condenação pessoal sem fim. [ 3]

Perdoe e não ofenda ninguém


Tendo decidido comprometer-se com a oração para que se torne a parte mais importante da sua vida, você
deve cumprir este mandamento de Deus: perdoar a todos por tudo e reconciliar-se com todos. [ 55]
A primeira preparação consiste em rejeitar o ressentimento e a condenação de nossos vizinhos. Esta preparação é
ordenada pelo próprio nosso Senhor: “Quando estiveres orando, perdoa, se tens alguma coisa contra alguém” (Mc
11,25). [ 13]

41
É impossível que uma pessoa de oração seja maliciosa com alguém ou que se recuse a perdoar qualquer tipo de
transgressão. Tudo se transforma em cinzas quando se aproxima da chama da oração de Jesus. [ 22] Você deve
ignorar as fraquezas de seus irmãos (vizinhos). Você aceitará o que eles quiserem e da maneira que quiserem.
Eles querem assim? Que assim seja. Eles querem de outra maneira? Que seja o contrário. Desse modo, as
paredes que nos separam de nossos irmãos são destruídas. É assim que estamos unidos a Cristo. [ 39]

Ao abordar a oração de Jesus, é necessário que se esteja rodeado de precaução e atenção como se fosse um muro
de pedra, para não ofender o próximo: nem com palavras, nem com atos, nem com o olhar, nem com o
pensamento. [ 26] A menor reclamação contra o seu vizinho afeta sua alma e, como resultado, ela não pode orar.
Quando o Espírito Santo encontra sua alma em tal estado, não se atreve a se aproximar. [ 39]

Se nós, por nossas fraquezas e hábitos pecaminosos ou por desatenção e distração, insultamos e ofendemos alguém, é
necessário usar todos os meios possíveis disponíveis e apaziguar nosso irmão, pedir perdão e torná-lo tranquilo e
sossegado. Observe, isso é muito importante na oração. Se você não respeitar isso, não terá sucesso na oração, mesmo
que pratique a oração por anos, dia e noite. Examinamos isso durante toda a nossa vida e, por experiência própria,
introduzimos uma lei e uma regra que é absolutamente essencial nos comprometermos a não ofender ninguém, de
forma alguma. Em segundo lugar, manter incessantemente o amor sincero ao próximo. [ 26]

Amor
“Quem me ama”, diz o Senhor, “guardará os meus mandamentos” (Jo. 14:15); e “este é o meu mandamento, que
vos ameis uns aos outros” (João 15:12). Assim, quem não ama o próximo deixa de guardar o mandamento e,
portanto, não pode amar ao Senhor. [ 31] Porque quem não tem bondade e amor para com o irmão não conhece a
Deus. “Porque Deus é amor” (1.Jo 4, 8), exclama João, Filho do Trovão e discípulo amado de Cristo. [ 51]

Todos os mandamentos de Cristo estão contidos em um: “Amarás”. [ 66] Aqueles que estão próximos de Deus oram
pelos outros e desejam que todos possam habitar na presença de Deus. Ninguém pode alcançar Deus se não
passar primeiro pelas outras pessoas. O que as Sagradas Escrituras dizem sobre isso? 'Pois quem não ama a seu
irmão, a quem viu, não pode amar a Deus, a quem não viu.' "(1 Jo. 4:20). Não diz isso? Portanto, as pessoas cheias
de graça oram para todos e compreensão para todos. [ 39]

A pessoa que possui a Deus em toda a riqueza do amor, totalmente arrebatada no anseio divino, se eleva até mesmo acima de
sua própria fé, como o santo Apóstolo expressa claramente quando diz: E agora permanece a fé, a esperança, o amor, esses
três; mas o maior deles é o amor '(1 Co 13: 13). [ 65] O amor não precisa de uma lei. O amor é a lei acima de todas as leis. É a Nova
Lei ou Novo Testamento de Cristo. [ 66]

Se você ama o Senhor Jesus Cristo, você cumpriu os dois grandes mandamentos de amor. Porque, Ele é Deus e é o nosso vizinho
mais próximo. Os dois mandamentos de amor dependem Dele e se relacionam principalmente com Ele pessoalmente. Nos
tempos antigos, as pessoas não podiam amar o Deus invisível. Jesus Cristo é Deus manifesto e um verdadeiro Homem.
Deus-Homem, que se manifestou como Deus de amor e sofreu como Homem de amor pelo nosso amor. Em verdade vos digo, é
fácil amar tal Deus e tal próximo. E por meio dele todos os seus (filhos). [ 66]

42
Devemos pedir a Deus, como nossos pais, de todo o coração: “Ajude cada alma e não se esqueça de mim também,
Senhor! Ajude a todos a terem paz e a amá-lo, como os anjos te amam. Dá-nos forças para te amar como a Mãe
Santíssima e os teus santos anjos te amam. Dê-me também aquela força para amá-lo imensamente. ” Porque ninguém é
forte o suficiente para lutar contra o amor. O amor é um poder inconcebível. Porque Deus é amor. [ 49]

Livre de preocupações

Aquele que é conscientemente despreocupado, aplica toda a Escritura. [ 45]

Os Santos Padres dizem: a oração exige uma vida absolutamente despreocupada, porque mesmo a menor
preocupação atrapalha a oração. Estamos distraídos na oração. Não nos submetemos à vontade de Deus.
Acreditamos que devemos pensar em tudo porque o Senhor se preocupa muito com todo o mundo e todo o
universo. Nós nos perguntamos: “Ele está pensando em nós ou não?” - É claro que temos pouca fé e não confiamos
nele. O Senhor pensa em tudo. Isso significa que cada evento, cada ninharia que acontece conosco e ao nosso
redor, aponta para a providência de Deus e Sua permissão. Nada no cosmos acontece sem a providência e
permissão divinas. Tudo o que é nobre e sublime é a providência de Deus. Tudo o que vemos como caótico, Ele
sabe porque permite e até onde o permite. Portanto, não preste muita atenção às preocupações desta vida, mas
preserve sua paz e viva com Deus. Deixe estar. [ 49]

Deus dá tudo o que é necessário para a vida a quem se entrega a Deus (através da oração), como um general se
preocupa com um soldado que saiu de casa. [ 25]

Deus carrega em Suas mãos aquele que vive em Cristo. Não é preciso se preocupar com nada. Pessoas boas vêm de todos
os lados e protegem a pessoa como a pupila do olho. Quem se esforça em oração verdadeiramente descansa à sombra
do Senhor. E ele não se preocupa com nada. Tudo vem por si mesmo. [ 8]

Eu me comprometi totalmente com a vontade de Deus e, portanto, não preciso dizer nada, presumir ou me
preocupar com nada, porque o Senhor está perto. "Não vos inquieteis de nada", promete o Espírito Santo a mim e a
todos os que verdadeiramente crêem em Cristo, "mas em tudo, pela oração e súplica, e com ação de graças, os
vossos pedidos sejam apresentados a Deus" (Fl 4: 6). [ 13]

Ação de graças
O Apóstolo ordena a ação de graças quando oramos: “Continue na oração e vigie com ação de graças”. (Col. 4: 2)
Ele diz que a ação de graças é ordenada pelo próprio Deus: “Orem sem cessar; dai graças por tudo, porque esta é
a vontade de Deus para vós em Cristo Jesus ”(1 Tes. 5:17). [ 13] Prepare-se para agradecer por tudo, ouvindo as
palavras do santo apóstolo. Embora você possa estar em apuros, angústia ou doença, sob tensão física, agradeça
a Deus por tudo. [ 58]

Devemos também glorificar ao Senhor por causa da atração, ou seja, por causa do desejo de orar sem cessar.
[60]

Precisamos da oração, para que assim que acordemos pela manhã, sejamos imediatamente gratos por Sua
misericórdia por termos vivido a noite toda. Quando chega a noite, agradecemos por tudo, porque o Senhor é o
Doador da vida, Aquele que dá a vida. É assim que mostramos nosso amor por Ele e Ele nos abraça.

43
Quando a alma gosta da oração do coração, ela não pode se separar de seu Pai. Está sempre com Ele, seja falando
com alguém, seja fazendo algum trabalho. A alma está continuamente com Ele e se move em Sua presença como
os anjos e os santos se movem. Esta é uma promessa do Reino Celestial já aqui na terra. [ 49]

Humildade
O que significa ser humilde? O ancião me respondeu: “É muito simples. É verão agora, e você está
esperando pelo outono, quando haverá menos trabalho no campo. ” "Sim pai, é verdade." “Então,
quando o outono chegar, você estará esperando pelo inverno, e então novamente pelas festas, e
quando eles passarem, você esperará a primavera, depois a Páscoa - resplandecente ressurreição de
Cristo?” "É o verdadeiro pai." "No momento, você é um novato, mas você vê, você espera para se tornar
um rassóforo?" "Sim, Pai." “E então, você vê, você vai esperar pela tonsura, e então se tornar um
hieromonge. Tudo isso significa que você não se humilha. Mas, quando você não se importa se é
primavera ou outono, verão ou inverno, festas ou Páscoa, se você é um novato ou um
monge-esquema, e quando você viverá no presente, porque 'o dia é suficiente o mal disso '(Mt 6:34), 8]

Como alguém pode ser humilde? Deve-se submeter-se à vontade de Deus. É preciso estar satisfeito e grato
a Deus por tudo: pelo lugar onde o Senhor os colocou e pelo fluir da vida. Do contrário, se alguém exige
muito (tem muitos pedidos), tortura-se. [ 49]

O verdadeiro caminho para a humildade é o nosso próximo. Humildade diante do próximo e diante das circunstâncias é
humildade diante de Deus. Ele serve como um fundamento secreto para o arrependimento real, como um fundamento
para a “oração mental”. A “oração mental” não é aceita sem humildade interior perante o nosso próximo e perante as
circunstâncias: não condiz com a arrogância da alma. [ 60]

Dizem os Santos Padres: o ideal da vida cristã não é fazer milagres, nem curar os enfermos, nem ressuscitar os
mortos, mas a humildade absoluta. [ 49]

Minha avó Anica tinha apenas uma pequena oração que ela freqüentemente recitava: "Deus, por que você precisa
de mim (uma inútil)?" Esta foi a mulher mais humilde e com o maior amor que já conheci na minha vida. “Com os
santos dá descanso, ó Cristo, às almas de Teus servos que adormeceram, pais, avós e nossos irmãos e irmãs que
jazem aqui, e Cristãos Ortodoxos que jazem em todos os lugares e concede a eles Teu Reino e participação em
Teu inefável e bênção eterna e perdoa-lhes todas as suas transgressões, tanto voluntárias como involuntárias. ”

A Puríssima Mãe de Deus ama uma alma humilde. Santíssima Mãe de Deus, por tuas orações, obtém um espírito
humilde para nós. [ 44]

Anjos e oração
Clame a oração e seu anjo da guarda enviará a você uma fragrância espiritual! Os anjos se alegram muito quando uma
pessoa ora com a oração do nosso mais doce Jesus. [ 22]

44
Você deve saber que os anjos nos estimulam a orar e estão conosco enquanto oramos, regozijando-se e ao mesmo tempo
orando por nós. Portanto, nós os enfurecemos se nos tornarmos negligentes e aceitarmos pensamentos adversos. Porque,
embora eles se esforcem tanto por nós, não queremos orar a Deus nem por nós mesmos, mas negligenciamos nosso serviço a
Deus, deixando seu Deus e Mestre e entrando em conversa (por meio de pensamentos) com demônios impuros. [ 34]

Deus quer que nos tornemos como os anjos. Os anjos apenas glorificam a Deus. Esta é sua oração, glorificação de
Deus e nada mais. Deus também nos deu a possibilidade de nossa oração ser uma doxologia sem fim, uma oração
angelical. É aqui que reside o grande segredo. Quando entramos nesta oração, glorificaremos a Deus continuamente,
deixando tudo para Ele, assim como nossa Igreja ora: “Recomendamos toda a nossa vida a Cristo nosso Deus”. Esta é a
“matemática superior” da nossa religião! [ 39]

A paz perfeita dos santos anjos está em seu amor a Deus e no amor mútuo. Este também é o caso com
todos os santos desde o início dos tempos. [ 31]

Se você deseja servir a Deus em seu corpo como um ser sem corpo, ganhe a oração incessante escondida no coração, e
sua alma será como um anjo antes mesmo da morte. É por isso que os Padres nos sugerem que nos habituemos à
“atividade mental”, atividade angelical, aqui, enquanto ainda estamos na terra. Porque, ali, a alma continuará fazendo
exatamente o que está acostumada a fazer aqui. Começamos a viver a vida divina eterna aqui, lutando mentalmente pela
oração incessante. [ 60]

Se não virmos o Senhor agora nesta vida, nunca O veremos; se não nos unirmos com Ele agora, nunca seremos
unidos. Mas é impossível ver o Senhor e estar unido a Ele por qualquer meio que não seja a oração abençoada. A
oração de Jesus é o caminho mais curto e rápido para chegar a Deus. [ 26]

Demônios
Desprezem as paixões, não se preocupem com o diabo. Volte-se para Cristo. [ 39]

Abba Abraham, que era discípulo de Abba Agathon, certa vez perguntou a Abba Poemen: "Por que os demônios
me atacam?" E Aba Poemen disse a ele: "Os demônios atacam você? Os demônios não nos atacam quando
seguimos nossas vontades, porque então nossas vontades se tornam demônios e elas mesmas nos perturbam
para obedecê-los. pessoas com quem os demônios lutam, é Moisés e homens como ele. " [ 45]

O primeiro e maior inimigo de alguém não é o diabo. A pessoa é o seu pior inimigo porque não escuta os outros,
mas escuta o que os pensamentos lhe dizem. Embora tenhamos tantos Santos Padres para imitar lendo seus
escritos, nosso ego nos derrota muitas vezes. Quem se derrota é um grande mártir e vencedor diante de Deus. [ 23]

Um santo diz: “Se alguém não se machuca, ninguém pode machucá-lo, nem mesmo o diabo” [ 49 ]

45
Cristo é tudo
Quando a graça aumenta, você se torna o filho do rei. Se você perguntar a essa pessoa: de quem são as roupas que você veste?
É do Senhor, alguém responderá. E o pão e a comida que você come? Meus senhores. E o dinheiro que você tem? Meus
senhores. Então, o que é seu? " "Nada. Eu sou terra, lama e poeira. ” [ 18]

Porque, segundo as palavras de santo Dionísio Areopagita, o amor divino não vê e não conhece nada além
do seu objeto: o bendito Teófilo cheio de amor ardente por Deus, não pensou em nada além de Jesus Cristo:
Jesus era seu respirando, Jesus era a sua vida, Jesus estava sempre no seu coração e, como São Paulo, já não
vivia, mas Cristo vivia nele (Gl 2,20). [ 32]

Deus é aquele que está mais perto de nós, com quem podemos falar continuamente. Pois Deus está à sua vista; Deus está em sua
mente, em sua fala, em sua respiração, em sua comida - para onde quer que você olhe, Deus está lá. [ 18]

Senhor Jesus Cristo é tudo para nós. Sem Ele, não podemos estar vivos nem por um momento - seja na vida espiritual, seja na
vida física. "Porque dele, por ele e para ele são todas as coisas" (Rim 11:36). Deus é, por assim dizer, o ar espiritual que respiram
todos os anjos, almas dos santos e todos os viventes, especialmente as pessoas piedosas. Você não pode estar vivo nem por um
momento sem Deus e, na verdade - a cada segundo você vive por Ele: “Porque nele vivemos, nos movemos e existimos” (Atos
11:28). [ 26]

A vida é uma energia divina, que se origina de Deus - a fonte da vida, da qual os anjos e os humanos recebem a
vida. Essa energia está sempre conosco. E Deus é o único doador de vida. Estamos vivos graças à energia de Deus;
não temos vida própria, a vida nos é dada, a vida é uma dádiva. A vida é uma só, e há uma fonte de vida que
penetra e sustenta tudo. Portanto, temos que amar nosso próximo por causa de Deus. Deus está em todos, nos
incrédulos também, caso contrário: se Ele não estivesse neles, eles estariam vivos? [ 49]

Cristo é tudo. No entanto, ele ainda é um amigo, e grita: "Vós sois meus amigos" (Jo 15,14), não quero que me vejas de
outra forma, não quero que me vês dessa forma, que eu sou Deus, eu sou a Palavra de Deus, eu sou uma Hipóstase
(Pessoa) da Santíssima Trindade. Eu quero que você me veja como um dos seus, como seu amigo. Eu quero que você me
abrace .Eu quero que me sintam em suas almas. Eu, seu amigo, que, na verdade, é a fonte da vida. Nosso amigo! Nosso
irmão! Mas como ele grita! Que profundidade se esconde nela! Grande profundidade. Em outras palavras, é coragem.
Cristo não quer medo. [ 39]

Parece-nos que o amor de Deus está longe, que Deus está muito longe de nós. Mas, na verdade, nos afastamos de Deus. E Ele
não pode ser separado de nós, porque Ele é vida. Ele é amor. Oh, se ao menos tivéssemos um amor assim por Ele e nos
aproximássemos Dele como nosso amigo sincero. No entanto, não nos aproximamos Dele desta forma, mas de alguma forma
reservada, de alguma forma oficialmente. Além disso, quando oramos ou fazemos algo bom, somos excessivamente formais.
Mas o que Ele pede de nós é que sejamos naturais. Ele nos mostrou como viveu entre nós: simples, humilde e mansamente. Foi
assim que o Senhor nos criou e é assim que devemos nos aproximar Dele. Como uma criança inocente, é assim que devemos nos
aproximar Dele. [ 49]

46
CONCLUSÃO
E assim, depois de todas essas razões convincentes pelas quais a constância da oração, apesar da fraqueza
humana, é tão poderosa e certamente está ao alcance da capacidade e da vontade do homem, decida
experimentá-la pelo menos por um dia no início. Observe a constância de sua oração para que invocar o nome de
Jesus Cristo receba mais tempo do que qualquer outra ocupação; e essa preferência pela oração sobre as
preocupações mundanas mostrará a você que esse dia não foi perdido, mas o aproximou da salvação; que na
balança da justiça divina a oração frequente supera suas fraquezas e ações e expia os pecados daquele dia no livro
da vida, coloca você no caminho da justiça e lhe dá esperança de alcançar a santidade e a vida eterna. [ 5]

Bem-aventurados aqueles que têm Cristo como eixo do coração e giram alegremente em torno do Seu Santo Nome, repetindo noética e
incessantemente: "Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, tem misericórdia de mim. [ 37]

Bem-aventurado aquele que viu a Luz do mundo formada em si mesmo, pois concebeu Cristo em si mesmo; ele será
contado como sua mãe, como Cristo, em quem não há mentira, disse. [ 48] Assim como a Virgem Santa o carregou dentro
do seu corpo, também aqueles que receberam a graça do Espírito Santo o carregam em seus corações, como disse o
apóstolo: „Mas temos este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós “(2.Cor
4: 7). [ 16]

Viva sua vida e alegre-se. Dentro da alma de quem pratica a oração de Jesus, como o peregrino (“ O Caminho de um
Peregrino ”), é sempre primavera. Não se apegue a nada. Não viva nem no passado nem no futuro. Apenas viva no
momento real e presente e em todas as circunstâncias agradeça a Deus. Tudo está passando. Santo Tikhon de
Zadonsk, meu patrono, escreveu: “Tudo corre como um rio. Quando criança eu era pobre, vivia miseravelmente e
isso passou; Fui para a escola, desamparado, todo mundo ria de mim - e passou; Me formei em teologia como o
melhor aluno da turma, virei professor, todos passaram a me respeitar
- e isso passou; Tornei-me bispo, fui conduzido de carruagem, estive presente no Tribunal, vi coisas boas e más,
todos tentaram me agradar - e passou; Eu me aposentei, fui oprimido, começaram as doenças - e isso passou;
depois vem a velhice e o repouso eterno ”. Então, essa é a nossa vida ... Devemos aprender essa habilidade da
oração incessante, e em todas as coisas ser alegres. [ 52]

Quando, ao orar, você está acima de todas as outras alegrias, saiba que realmente alcançou a oração. [ 34]

Para uma vida boa e santa que agrade a Deus, nada é tão importante quanto o amor. Ame e faça o que quiser, diz
Santo Agostinho. Ore e pense o que quiser, pois seus pensamentos serão purificados pela oração. Ore e faça o que
quiser, e suas ações se tornarão devotas, frutíferas e benéficas para sua salvação. Ore sempre, não importa o quão
mal seja, e não se deixe perturbar por nada; seja feliz no espírito e em paz, pois a oração direcionará sua vida e lhe
dará compreensão. [ 5]

Se você se esforça para encontrar Deus apenas com a oração, então nem mesmo respire sem orar. Olhe, mas não
aceite visões, porque Deus é informe, inconcebível e incolor. Ele é perfeito. “Ele não se encaixa (em) nosso raciocínio e
em nosso intelecto age como uma brisa leve. [ 18]

47
O Divino está além de explicação e compreensão. Deus está além do espírito, além de tudo o que os humanos podem
pensar. Deus é perfeito, incompreensível e abençoado para sempre. [ 22] A única coisa que pode ser compreendida sobre
Ele é Sua infinidade e impossibilidade de conhecê-lo. [ 31]

O que deve ser feito por nós que queremos ser salvos? Para todos os que querem ser salvos, só resta uma maneira: a maneira
interior de guardar a mente e a oração incessante. Devemos nos empenhar na atividade mental com todas as nossas forças até
o dia da nossa morte, para que Cristo Senhor habite em nossa mente, como disse Simeão, o Novo Teólogo. [ 60] “Mas nós temos a
mente de Cristo” (1 Cor. 2:16)

Nestes últimos dias, quando o espírito do anticristo poluiu a terra, o mar e tudo o que respira, Deus está
espalhando, no seio da Igreja, a ação da oração mental como um orvalho consagrado da graça, como o
vento que o profeta Elias sentiu. (1 Reis 19:12), como um antídoto que dá saúde e salvação à alma e ao corpo,
tanto nos dias atuais como nos que virão. [ 22]

A partir de agora, ore, ore e ore sem cessar! Milagres criados por oração fervorosa não podem ser descritos ou
explicados! [ 22] Tenhamos como nosso trabalho e ocupação contínuos a invocação de Seu santo e mais doce
nome, sempre carregando-o na mente, no coração e na boca, continuamente nos forçando a que Nele e com Ele
respiremos, vivamos e durmamos, e acordar, caminhar, comer e beber - e geralmente, fazer qualquer coisa. [ 27]

Esta é a voz dos Santos Padres e do Espírito Santo de Deus. [ 60] Um homem .

Orações finais
E que o Senhor tenha o prazer de dizer de nós o que disse de Saul: Ele é um vaso Meu escolhido, para levar o meu
nome (Atos 9:15). [ 14]

Pois tu és o nosso Deus e não conhecemos outro senão tu, e invocamos o teu nome. [ 68] Ó SENHOR, nosso Senhor, quão excelente
é o teu nome em toda a terra (Sl 8: 1). Pois tu engrandeceste a tua palavra acima de todo o teu nome (Salmos 138: 2).

Deixe o Senhor guiá-lo pelo Espírito em sua futura atividade mental e sagrada, pelas orações dos santos. Um
homem. [ 27]

Com anjos louvemos, com arcanjos cantemos a nosso Senhor Jesus Cristo, a quem seja glória e
poder juntamente com o Pai e o Espírito Santo, agora e sempre e para sempre. Um homem. [ 31]

O Deus de paz, que trouxe nosso Senhor Jesus Cristo de volta dos mortos para se tornar o grande Pastor das ovelhas
pelo sangue que selou uma aliança eterna, pode torná-lo pronto para fazer sua vontade em qualquer tipo de boa ação; e
transformar-nos a todos no que for aceitável a si mesmo, por meio de Jesus Cristo, a quem seja glória para todo o
sempre. Amém "(Hb 13: 20-21). [ 5]

Agora ao Rei eterno, imortal, invisível, o único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém
(1Tm 1:17).

Δι 'ευχών των Αγίων Πατωνων ημών, Κύριε Ιησού Χριστέ ο Θεός ημών, ελέησον ημάς. Αμήν
48
Referências:

1. Ambrósio de Optina 37. Paisios do Monte Athos


2. Anatole de Optina 38. Paisius Velichkovsky
3. Anthony Golynsky-Mihailovsky 39. Porfírios de Kafsokalivia
4. Agapius de Valaam 40. Pedro de Damasco
5. O caminho de um peregrino 41. Sophrony Sakharov
6. Danilo Krstic 42. Sava Djordjevic
7. Abba Dorotheus 43. Sava de Pskov e Krypetsk
8. Dorotheus de Konevic 44. Silouan, o Atonita
9. Demetrius Gagastatis 45. Provérbios dos pais do deserto
10. Philotheos do Sinai 46. Simeão de Tessalônica
11. Gregório do Sinai 47. Serafim de Sarov
12. Hariton de Valaam 48. Symeon, o Novo Teólogo
13. Inácio Brianchaninov 49. Tadej de Vitovnica
14. Hilarion Alfeyev 50. Teodósio de Karoulia
15. Hesychius de Jerusalém 51. Teodoro de Edessa
16. Abba Isaías 52. Tikhon Vilmuasson
17. Isaac, o Sírio 53. Teófano, o Recluso
18. José, o Hesicastista 54. Barsanuphius de Optina
19. Jonah Paffhausen 55. Valentine Sventitsky
20. João de Kronstadt 56. Elder Basil
21. John Romanides 57. Hierotheos Vlahos
22. Efraim de Philotheou (Arizona) 58. Barsanuphius e John
23. Efraim Katounakia 59. Kalistos Ware
24. Efraim, o Sírio 60. John Zhuravsky da Letônia
25. Raphael Karelin 61. João Crisóstomo
26. Hilarion Caucasiano 62. John Climacus
27. Kallistos e Inácio Xanthopoulos 63. Vladeta Jerotic
28. Lazarus El Anthony 64. Macarius o grande
29. Leônida de Optina 65. Diadochos de Photiki
30. Marque o Asceta 66. Nikolai Velimirovich
31. Máximo, o Confessor 67. John Cassian
32. Nikodim de Karoulia 68. Nikon of New Skete
33. Nikon of Optina
34. Nilo do Sinai
35. Niketas Stethatos
36. Gregory Palamas

49
Literatura:

• Elder Ambrose of Optina por Sergius Chetverikov. Disponível em: http://www.amazon.com/ElderAmbrose-Optina-

Chetverikov / dp / 0938635603 / ref = sr_1_1? S = books & ie = UTF8 & qid = 1401357229 & sr = 11 &
keywords = ambrose + optina

• Nossos Pensamentos Determinam Nossa Vida: A Vida e os Ensinamentos do Élder Thaddeus de Vitovnica. Disponível
através de: http://www.amazon.com/Our-Thoughts-Determine-Lives-Teachings/dp/1887904190

• YOUTUBE: Padre Tadej 1-6. Disponível em: https://www.youtube.com/user/vladimiris13/

• “Ensinamentos dos anciãos sobre como viver a santidade. Santíssima Mãe de Deus dá o Cristo à alma. ".
Disponível através de: http://user.transit.ru/~maria/neporochn_12.htm

• O Caminho de um Peregrino. Disponível em: http://www.amazon.com/Way-Pilgrim-ContinuesHis/dp/0932727301

• The Philokalia: The Complete Text (Vol. 1,2,3,4). Disponível em:


http://www.amazon.com/Philokalia-Volumes-1-4-GEH-
Palmer / dp / B0083SDO18 / ref = sr_1_3? S = books & ie = UTF8 & qid = 1401215779 & sr = 13 &
keywords = philokalia

• A Arte da Oração: Uma Antologia Ortodoxa de Igumen Chariton. Disponível em:


http://www.amazon.com/The-Art-Prayer-Orthodox-Anthology/dp/0571191657

• Sobre a Oração de Jesus, de Inácio Brianchaninov. Disponível em:


http://www.amazon.com/Prayer-Jesus-Ignatius-
Brianchaninov / dp / 1590302788 / ref = sr_1_2? S = books & ie = UTF8 & qid = 1401216575 & sr = 12 &
keywords = Ignatius + Brianchaninov

• Oração e silêncio. Bispo Hilarion (Alfeyev) Disponível em:


http://www.orthodoxytoday.org/articles-2009/Hilarion-Prayer-And-Silence.php

• Elder-Ephraim-Katounakia. Disponível em: http://www.amazon.com/Elder-Ephraim-KatounakiaVassiliadou-Christo

transl / dp / 9607407334 / ref = sr_1_2? s = books & ie = UTF8 & qid = 1401217063 & sr = 12 &
keywords = Ephraim + Katounakia

• Conselhos da Montanha Sagrada. Élder Ephraim de Philotheou e Arizona. Disponível em:


http://www.amazon.com/Counsels-Holy-Mountain-Selected-Homilies/dp/0966700023

• “Site de Oração de Jesus”. Disponível em: http://www.orthodoxprayer.org/Jesus%20Prayer.html

50
• “Não se ressinta, não reaja, mantenha a quietude interior do Abade Jonah Paffhausen”. Disponível em:
http://silouanthompson.net/2011/10/do-not-resent-do-not-react-keep-inner-stillness/

• Élder Joseph, o Hesicastista. Disponível em: http://www.amazon.com/Elder-Joseph-HesychastStruggles-

Experiências / dp / 9607735129 / ref = pd_sim_b_2? Ie = UTF8 & refRID = 1DKNEKHT37MAMG3697BN

• “Monge Hilarion. Nas montanhas do Cáucaso ”. Disponível em:


http://www.hesychasm.ru/library/Name/caucasus/mount0.htm

• Elder Porphirios. Disponível em:

o http://www.amazon.com/Wounded-Love-Elder-
Porfírios / dp / 9607201191 / ref = sr_1_1? S = livros & ie = UTF8 & qid = 1401292499 & sr = 11 &
palavras-chave = ancião + porfírios

o http://www.amazon.com/Elder-Porphyrios-spiritual-child-
lembra / dp / 9606890287 / ref = sr_1_6? s = livros & ie = UTF8 & qid = 1401292499 & sr = 16 &
palavras-chave = ancião + porfírios

o http://www.amazon.com/Porphyrios-Testimonies-Experiences-Klitos-
Joannidis / dp / 9606890236 / ref = sr_1_5? S = books & ie = UTF8 & qid = 1401292499 & sr = 15 &
keywords = Elder + Porphyrios

• Élder Paisios do Monte Athos, do Élder Isaac. Disponível em: http://www.amazon.com/ElderPaisios-Mount-Athos-I

• São Silouan, o Atonita da Arquimandrita Sophrony. Disponível em:


http://www.amazon.com/Saint-Silouan-Athonite-Archimandrite-Sophrony/dp/0881411957

• Na oração. por Archimandrite Sophrony. Disponível em: http://www.amazon.com/On-PrayerArchimandrite-Sophro

• Os provérbios dos padres do deserto. Disponível em: http://www.amazon.com/Sayings-DesertFathers-Alphabetical-

Coleção / dp / 0879079592 / ref = sr_1_1? S = books & ie = UTF8 & qid = 1401293299 & sr = 11
& keywords = DIZER + de + o + SANTO + PAIS

• Introdução aos Escritos Filocálicos do Ancião Basil. Disponível em:


http://orthodoxinfo.com/praxis/hesychios.aspx

• Uma Noite no Deserto da Montanha Sagrada do Metropolita Hierotheos Vlachos. Disponível em:
http://www.amazon.com/Night-Desert-Holy-Mountain-

51
Discussão / dp / 9607070313 / ref = sr_1_1? S = livros & ie = UTF8 & qid = 1401294264 & sr = 11 &

palavras-chave = A + Noite + em + o + Deserto + de + o + Santo + Montanha

• “O poder do nome. Dom Kallistos Ware ”. Disponível através de ::


http://www.oodegr.com/english/psyxotherap/dyn_onom1.htm

• Conheceu. Kallistos Ware. A Oração de Jesus. YOUTUBE disponível através de ::


https://www.youtube.com/watch?v=d1-lBqTodZ0

• Kallistos Ware: The Jesus Prayer & Hesychasm: Disponível através de:
https://www.youtube.com/watch?v=y-EnYXZQ7-s&index=21&list=PLECD4B5EF3FE1C43B

52

Você também pode gostar