Você está na página 1de 11

Introdução Governança Corporativa

Buscar vantagem competitiva no mercado, se manter a frente dos concorrentes. Interação


entre partes interessadas, juntamente a maximação dos resultados esperados para cada uma,
sem que ocorra prejuízo dos interesses individuais

Busca

Maior transparencia

Maior responsabilidade dos gestores

Maior disciplina

Decisões assertivas

Principais Stakeholders

Governo, acionistas, clientes, sindicatos, colaborados, sociedade, meio ambiente,


fornecedores.

8 P’s da governança corporativa

Propriedade

Princípios

propósitos

Papeis

Poder

Praticas

Pessoas

Perpetuidade

Histórico e evolução

Iniciou o tema em 1950. Em 80 se tornou uma ciência administrativa. Um gestor não vai
cuidar do dinheiro da empresa do mesmo jeito que o seu.
Estrutura organizacional

Um grupo estruturado de pessoas, em busca de um objetivo em comum. Tem seu inicio com
os objetivos. Especifica os papeis, relações e procedimentos que possibilitam a ação
coordenada dos seus membros.

Todas as organizações soa formadas por componentes

-Objetivos compartilhados

-Estrutura – divisão dos trabalhos e das tarefas, definições de regras

-pessoas

Suas principais funções são:

- possibilitar a variedade de atividades;

Proporcionar aos funcionários a coordenação das atividades;

Definir a orientação da empresa perante seu mercado

A principal funções da estrutura é conseguir controlar a influencia de diversas variações que


acontecem em uma empresa.

Organograma

É a representação gráfica de estrutura de uma organização, que mostra suas funções, seus
departamentos e cargos, especificando como estes se relacionam. Ele permite:

- Estrutura de uma organização;

- Posição de cada gestor na estrutura da organização;

- Linhas de autoridade formal, que permitem verificar quem tem autoridade sobre quem é o
responsável sobre determinada área ou função na organização.

Processo organizacional

Recursos -> humanos, materiais, financeiros, informação, espaço, tempo

Organização transforma esses recursos em objetos (produtos e ou serviços)

A estrutura organizacional corresponde ao conjunto de relações formais entre os grupos,


departamentos e indivíduos.

Integração com o contexto organizacional

Organização: um grupo de pessoas que são organizadas de forma sistemática para realizar um
objetivo em comum.
As organizações são entendidas como órgãos sociais e compostas de dois ambientes

Ambiente interno: dentro da sua organização;

Ambiente externo: fora dos muros da empresa, mas que exercem influência dentro da
organização.

Amplitude de controle

É o numero de subordinados que cada gestor vai ter dentro da empresa. Aguda ou achatada.

Transparência e prestação de contas

Governança corporativa: conjunto de regras, procedimentos, atitudes e instituições que


condicionam a ação dos administradores nos sentidos de atender aos interesses dos
stakeholders.

Como buscar as melhores práticas de gestões?

Fazendo uso dos principais básicos da GC

Transparência, equidade, prestação de contas (accountability), responsabilidade corporativa

Transparência ou disclousure

Corresponde a propiciar para as partes as informações que sejam de seu interesse, e não
apenas as exigidas por leis. Corresponde a mis do que a “obrigação de informar”. Gerar clima
de confiança.

Inclui:

-Divulgação da estrutura e instrumentos de governança e da gestão societária da companhia;

-Relatório anual da administração

-Políticas e diretrizes de governança

-Política de transação com partes relacionadas

-Política de divulgação de informações relevantes;

Prestação de Contas ou acountability

Apresentar de forma clara de suas contas, sendo inerente a quem administra os recursos de
terceiros. Demonstra a preocupação com os atos tomados por quem tem poder.

Os eventos, relatórios e ferramentas relacionadas a prestação de contas incluem:

- assembleia de acionais/cotitas

-Reuniões e registro de atas do conselh de admistraçia, comitês do conselho de adm e


diretoria;
-Planejamento estratégico e plano de negócios

-Gestão transparente do orçamento e custeios.

Equidade e Responsabilidade Corporativa

Equidade

Equidade é caracterizada pelo tratamento justo e com isonomia de todos os sócios. Acarreta
igualdade entre os sócios do capital e as partes interessadas. É essencial que haja um
alinhamento de interesses entre acionistas controladores, minoritários e administradores.

Responsabilidade Corporativa

Entende que os agentes de governança têm de zelar pela viabilidade econômico-financeira das
organizações. Concede a empresa uma visão de longo prazo, ampliando os caminhos
relacionados aos social e ao ambiente.

Principais Ferramentas

- politica de responsabilidade corporativa e de compliance;

- Balanço social ambiental

- Demonstração do valor adicionando

IBGC

Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, fundado em 1995. Órgão de referência para


gestores. Guia e orientação.

Ser referência de GC, contribuindo para o desempenho sustentável das organizações e


influenciando os agentes de nossa sociedade.”

Valores

- proativíssimo

- Diversidade

- Independência;

- coerência

Modelo de governança segundo o IBGC outsider system e insider system


OCDE

Organização para a cooperação e desenvolvimento econômico.

Organização multilateral;

Elaborou os princípios da GC para ajudar os países membros na avaliação melhoria


institucional.

Benefícios da governança corporativa

Missão, visão e valores

A organização possui um formato que visa transformar os recursos em produtos ou serviços


serão entreuges ao consumidor, assim, todas aelas possuim caraceristicas comuns:

- finalidade, razão de existir

Pessoas

Estrtura

Aspectos

Processo, coordenação, eficiência, eficácia.

Função de um gestor

Planejar, organizar, dirigir, controlar.

Missão: razão de ser daempresa, proposito de existência de uma organização.

Visão: um sonho, de onde que chegar, palpável. Possível de ser alcançada.

Valores: princípios que regem a organização. Principais caracteriscas que a organização tem
como essências.

A organização precisa da missão, visão e valores para por em pratica a GC (governança


corporativa).
GC e a garantia da longevidade da organização

Boas praticas de governança podemos citar:

Definição de uma hierarquia dentro da empresa

Adoção de um conselho consultivo

Uma das principais funções da aplicação e aumentar a eficiencia do negocio

Indicadores de benefícios

Estabelecer parâmetros que possibilitem criar indicadores que avaliem as praticas adotadas.

IGCBRA (índice de Governança Corporativa), questionário de 15 perguntas.

Melhorar as imagem da organização e marca

Alinhamento de interesses.

Alinhamento de interesses

- adequeda estruturação dos diversos organios da alta administração da empresa

Equilibrio entre o tratamento das questões externas e internas da empresa

Capacitação e interesse para trabalhar com essas quest~oes amplas e estratégicas

Interligação estruturada entre as questões estratégicas e táticas.

A teoria da firma e a concepção de valor

Teoria da firma

A teoria da firma defende que as firmas são organizações que produzem e comercializam bens
e serviços.

Conjuntos de contratos coordenados. Os estudos dos custos de transa~ção estão fixados nos
estudos da nova economia institucional

Dois piladres:

Racionalidade limite: contratos são limiados

Oportunimos: individuio voltado para o próprio interesse.

Os custos de transaão são:

Elaboração e negociação dos contratos

Mensuração da fiscalilação e direitos.


Concepção de valor

Concepção de valor -> os determinantes dos custos de transaão são: incerteza, frequencia e a
espefificadade.

Incerteza

Podem ocorrer situações imprevisíveis.

Frequencia

Quantidade de vezes as transações ocorrem. Acabam ocorredendo mais vezes e diminuem os


custos de transação;

Especifidade dos ativos

Transações com pequenos números, sendo possível avaliar o seu grau, considerando o
aspecto mais importante de uma transação.

Como obter valor? Boa gestão, gerenciar custos de transação.

Insumos(input) -> processamento -> saída(output)

O capitalismo moderno

Finalidade da GC -> proteger o patrimônio dos stakeholder. Maiores atratividades e valor da


empresa. Precisa seguir alguns pilares: transparência de info, equidade no tratamento dos
acionistas. Prestação de contas, respeito as leis, responsabilidade corporativa.

Missão, visão e valores passam a ter um reflexo significativo no desdobrar dessa consciência
corporativa que uma boa governança busca despertar.

Estrutura de propriedade

contextualização

Para que a governança seja eficiente, é necessário uma interação entre o ambiente
institucional e o comportamento dos indivíduos. (governança pode ser usada em mei????)

A estrutura de propriedade é:

Mecanismos de governaça.

Tipos:

Contole definido: acordo com acionistos, mais 50% de ações da companhia

Controle difuso: bolsa de valores, menos 50%


Controle disperso ou pulverizado: não existe um pode de controle definido

Regras e aplicações

Sociedade limitadas e anonimas

Sociedade limitadas

Conhecida como sociedade por cotas de responsabilidade limitada, constituída por duas ou
mais pessoas que se responsabilizam de forma solidaria e de forma limitada ao valor de suas
cotas. LTDA.

Características:

Responsabilidade dos socios; capital social é dividio em cotas que podem ser iguais ou não;
exclusão de socio; obrigação dos sócios devem repor lucros e demais quantias retiradas.

Sociedade anônima

Pratica de divisão dos podres entre o conselho de administração e a diretoria

Proteção do acionista minoritora

Responsabilização do acionista controlador

Diversificação ampla dos instrumentos de fiscalização

Diferenciação entre companhia aberta e fechada

Definição dos interesses fundamentais que representa a sociedade anônima.

Companhias abertas e empresas estatais

Companhias abertas – devem seguir os requisitos da GC

Promove a colocação de valores mobiliários nas bolsas de valores ou em mercados de balcão.

Valores mobiliários são: ações, bônus de subscrição, debentures e notas promissórias de


distribuição publica.

Empresas estatais

São organizações gerenciadas pelo governo, possuem atuação de forma publica; impactam
diretamente na sociedade, visto que o estado gerencia empesas publicas de saúde, serviços.

A governana publica capacidade de governar, decidir e implementar potilicas publicas


atendendo os interesses da sociedade.
Fundos de investimento e de pensão

Importante que tenham transparência. Genreciado por outras pessoas que controlam recursos
de terceiros.

- adesão aos princípios de governaça

O impacto a participação ativa dos participantes no compartamento da entidade

A governança dos próprios fundos de pensão

O papel dos administradores destas entidades

Promover uma gestão melhor do dinheiro que pertence a outras pessoas, evitando conflitos
de interesses e problemas maiores com altas quantias que circulam nesse meio.

São opções de investimento para proporciona uma aposentaria complementar, como forma de
aumentar os recursos recebidos pelo INSS. Pertecem a chamada de previdência fechada, que
trabalham na empresa com esse serviço podem participar.

O fundo de investimento é uma espécie de condomínio de investidores.

compliance

significa executar ou cumprir. A empresa precisa estar em conformidade, cumprindo aquilo


que lhe é regulamentado de forma interna e externa.

Deve ser iniciado no topo da organização, no nível estratégico para o nível operacional.

Nível estratégico – tomadas de decisão mais abrangente, maior impacto dentro da


organização.

Nivel tático: ocorrem as ações que coodernam as ativadades de níveis bases.

Nível operacional: respondesavel por coordenar a execução.

Tripe do compliance

Estado de adesão -> cultura organizacional

Conformidade (operação)

Gestão de ética dos negócios (alta administração) – toda ética de uma empresa vem de cima
para baixo.

Atribuições e deveres

atribuições e deveres

administradores que ocupam cargos


conselho administrativo

direção executiva

comitê de auditoria

auditoria independente

auditoria interna

Responsabilidade civil, normal e aplicações

Habilidades necessárias

Capacitação e sensibilidade

Assimétrica de informações

Quando as partes envolvidas possuem informações diferentes ou, ainda, quando não possuem
o mesmo acesso a todas as informações.

Teoria da agencia

Busca explicar a relação entre as partes no mundo empresarial, levando em consideração os


dois atores fundamentais do processo: os principais e os agentes.

Resolução de problemas entre os principais, que são os acionistas da empresa, e seus agentes,
que são os executivos da organização.

Interesses stakeholders

Procedimentos para a divulgação de informações confidenciais

Comunicação ferramenta mais poderosa que o ser humano e as organizações podem utilizar
em prol do crescimento.

Ruido é tudo aquio que iinterfere na comunicação, ocasionando perda de informação durante
a transmissão da mensagem.

Conceito econômico de utilidade

Conceito econômico de utilidade

A economia estuda a ação econômica do homem, envolvendo essensicalmente o processo de


produção.

Conceito de utilidade

Mensura o grau de satisfação obtido em uma aquisição ou comportamento. É um conceito


relativo e varia conforme o individuo.

Utilidade marginal
É o incremento de satisfação que um indivíduo recebe do consumo de uma unidade adicional
deste bem ou serviço.

Racionalidade das escolhas

Ator politico racional, Colocando em jogo as preferencias do individuo e seu agir estratégico.
Leva em conta as crenças e desejos são critérios de escolhas.

Contrato e mecanismos de incentivo

Você também pode gostar