Você está na página 1de 37

PROJETO BÁSICO

OBJETO: CONSTRUÇÃO DE GUARITAS

DATA: 17/JULHO/2022
PROJETO BÁSICO

1 - DO OBJETO:

A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa de Construção Civil para prestar serviços de
construção de guaritas nos acessos do bairro Pontal Oceânico, conforme especificado em projeto, com
fornecimento de mão de obra qualificada, ferramental específico, em conformidade com o disposto no Memorial
Descritivo:

1.1 - LOCAL: O local destinado a aplicação dos serviços contratados é sito à Rua Luiz Carlos Sarolli - cabeceira do
rio e Rua Hebe Camargo - Pórtico / Recreio dos Bandeirante - Rio de janeiro/RJ.

1.2 – As condições técnicas particulares da construção encontram-se discriminadas no ANEXO “A” do presente
PB.

2 - DAS OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES DA LICITANTE

2.1- A LICITANTE, além do fornecimento das ferramentas, equipamentos e utensílios necessários para a perfeita execução
dos serviços, deverá considerando-se a eventual necessidade de atendimentos aos sábados, domingos e feriados, bem
como o terceiro turno, de acordo com a complexidade das instalações dos sistemas, das instalações prediais, e da
continuidade dos serviços administrativos desenvolvidos na área de construção, obrigando-se a:
2.1.1- Providenciar o transporte das equipes dos equipamentos que necessitem sofrer manutenção corretiva, que não
possa ser efetuada no próprio local de instalação, até o local onde será executada a manutenção, sem ônus adicional.

2.1.2- Disponibilizar números de telefones móvel, fixo, rádio e e-mail que possibilite contato imediato entre a
FISCALIZAÇÃO e o preposto da LICITANTE, de forma permanente, incluindo dias não úteis, para atendimento de
emergências.

2.1.3- Atender às emergências em decorrência das obras em andamento, no prazo de até 04 (quatro horas),
contadas do momento do chamado inclusive sábados, domingos e feriados. As emergências são aquelas que
possam ocasionar prejuízos ou comprometer a segurança de pessoas, serviços, equipamentos e outros bens, e
que possam ser solucionadas por profissionais com a devida qualificação técnica.
2.1.4- Executar os serviços sob acompanhamento e supervisão técnica dos profissionais de nível superior
indicados pela LICITANTE na fase de habilitação da licitação. Os responsáveis técnicos somente poderão ser
substituídos por profissionais com experiência equivalente ou superior à exigida por ocasião da licitação e
mediante prévia aprovação da AAPO.

2.1.5- Executar os serviços que impliquem desligamentos de energia, e outros que possam comprometer o
normal funcionamento do bairro, nos dias ou horários não comerciais.

2.1.6- Elaborar e manter os registros diários em livro de ordens que deverão conter, no mínimo:
 Discriminação dos serviços executados, com data e local deles.
 Medições efetuadas.
 Resumo das anormalidades e fatos ocorridos no período, incluindo falta de energia etc.
 Resumo dos serviços executados com indicação das pendências, as razões de sua existência e os que
dependam de solução por parte da AAPO.
 Sugestões sobre ações preventivas, corretivas ou modernizações cujas necessidades tenham sido
constatadas.
 Relação de funcionários e efetivo diário.

2.1.7- Deverá cumprir e fazer cumprir as normas de segurança e medicina do trabalho emitidas pelo Ministério do Trabalho
e Emprego, outros órgãos competentes e, em especial, estabelecer, implementar e assegurar o cumprimento da Norma
Regulamentadora n.º 9, NR – 9, Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA, aprovada pela Portaria MTB n.º
3.214, de 08 de junho de 1978, e alterações posteriores, que regulamenta o art. 163 da Consolidação das Leis do Trabalho,
e garantir, custear e indicar médico do trabalho, de acordo com a Norma Regulamentadora n.º 7 – NR 7 – Programa de
Controle Médico e Saúde Ocupacional - PCMSO.

2.1.8- Fornecer e exigir o uso de Equipamentos de Proteção Individual – EPI, conforme constatada a sua necessidade no
PPRA. Difundir normas e procedimentos de segurança relativos à correta operação e manutenção de equipamentos
elétricos, mantendo em seu quadro de pessoal os profissionais de segurança em número e qualificação requeridos pelas
normas legais.

2.1.9- Relatar à AAPO toda e qualquer irregularidade, inclusive de ordem funcional, constatada durante a execução dos
serviços, cujo saneamento dependa de autorização para execução ou de providências por parte da AAPO, especialmente
se representar risco para o patrimônio público ou privado.

2.1.10- Arcar com todos os custos necessários à completa execução dos serviços, incluindo transporte, ferramental,
equipamentos de segurança, insumos etc.
2.1.11- Manter vínculo empregatício formal, expresso, com os seus empregados, sendo responsável pelo pagamento de
salários e todas as demais vantagens, recolhimento de todos os encargos sociais e trabalhistas, além de seguros e
indenizações, taxas e tributos pertinentes, conforme a natureza jurídica da LICITANTE, bem como por quaisquer acidentes
ou mal súbito de que possam ser vítimas, quando em serviço, na forma como a expressão é considerada na
legislação trabalhista, ficando ressalvado que a inadimplência da LICITANTE para com estes encargos não transfere à AAPO
a responsabilidade por seu pagamento, nem poderá onerar o objeto do contrato.

2.1.12- Apresentar as Equipes devidamente uniformizadas e identificar os seus profissionais através de crachás, contendo
fotografia recente, nome e função, e exigir seu uso em local visível. A LICITANTE não poderá repassar os custos de qualquer
dos itens de uniforme e dos equipamentos de proteção individual a seus empregados.

2.1.13- Disponibilizar o ferramental mínimo e instrumentos necessários à execução dos serviços, sendo a guarda destes de
sua exclusiva responsabilidade.

2.1.14- Manter em condições de limpeza e organização os ambientes de acesso restrito ao pessoal de serviço, tais como
sede da AAPO, áreas públicas sob administração da AAPO etc.

2.1.15- Reparar, corrigir, remover, reconstruir ou substituir a suas expensas, no total ou em parte, os defeitos ou
incorreções resultantes da má qualidade da execução dos serviços e/ou materiais empregados.

2.1.16 - Designar preposto, aceito pela Administração, para representá-la na execução do contrato, no local de prestação
dos serviços, e instruí-lo quanto à necessidade de acatar as orientações da AAPO, inclusive quanto ao cumprimento das
normas internas.

2.1.17- Responder por quaisquer danos materiais ou pessoais ocasionados a AAPO e/ou a terceiros, por seus empregados,
dolosa ou culposamente, nos locais de trabalho.

2.1.18- Repor, no prazo máximo de cinco dias úteis, após a devida comprovação de responsabilidade, qualquer objeto da
AAPO e/ou de terceiros que tenha sido danificado ou extraviado por seus empregados.

2.1.19- Fornecer a AAPO, antes do início dos serviços e sempre que houver alteração dos dados, a relação dos empregados
integrantes da Equipe, acompanhada de comprovação da capacidade profissional e cópia do documento de identidade.

2.1.20- Orientar os seus empregados de que não poderão se retirar da SEDE da AAPO ou instalações, portando
volumes ou objetos, sem a devida autorização do responsável e liberação no posto de vigilância.

2.1.21- Substituir, no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas, sempre que exigido pela AAPO e independentemente
de qualquer justificativa por parte desta, qualquer profissional integrante das equipes de trabalho cuja atuação,
permanência e/ou comportamento sejam julgados inadequados, prejudiciais, inconvenientes ou insatisfatórios dos
associados ou ao interesse do Serviço.

2.1.22- Providenciar, às suas expensas, o transporte, destinação e descarte dos resíduos, detritos e entulhos resultantes da
prestação de serviço, observando a legislação ambiental pertinente.
2. 2- Apresentar, quando exigido pelo AAPO, os seguintes documentos:

2.2.1- Registro de emprego e cópia das páginas da carteira de trabalho e Previdência Social, atestando a
contratação;

2.2.2- Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), comprovando a realização dos exames médicos (admissional e
periódicos e, se for o caso, de retorno ao trabalho e de mudança de função);

2.2.3- Anotação de Responsabilidade Técnica - ART da obra junto ao CREA;

2.2.4- Cronograma de execução atualizada a cada 15 dias;

2.2.5- Livro de Ordens / registro diário de obras;

2.2.6- PCMSO, PPRA, ASO, PCMAT e demais relatórios regulamentares referentes aos programas de riscos
ocupacionais.

3 - Obrigações Gerais:

a) A Contratada será a única responsável por todos os ônus tribitários federais, estaduais e municipais ou
obrigações concernentes à legislação social, trabalhista, fiscal, securitária ou previdenciária, bem como por todos
os gastos e encargos inerentes a mão-de-obra necessária à perfeita execução do objeto contratutal, entendendo-
se como ônus tributários: pagamento de impostos, taxas, contribuições de melhoria, constribuições parafiscais,
empréstimos compulsórios, tarifas e licenças concedidas pelo Poder Público.
b) A Contratada será a única, integral e exclusiva responsável, em qualquer caso, por todos os danos e prejuízos
de qualquer natureza que causar a AAPO ou a terceiros, provenientes da prestação dos serviços, respondendo
por si e por seus sucessores, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade, a fiscalização ou
acompanhamento da AAPO.
c) A Contratada se obriga a manter todas as condições de habilitação e qualificação exigidas, em compatibilidade
com as obrigações por ela assumidas durante a execução da respectiva prestação de serviço.
d) A Contratada se responsabilizará durante a execução do serviço a manter a fiscalização, assistência e
formalidades necessárias ao bom cumprimento das funções durante a execução contratual.
e) A Contratada, promoverá, por sua conta, a cobertura, mediante seguro, dos riscos a que se julgar exposta em
vista das responsabilidades que lhe cabem na execução do objeto deste PB, devendo reparar e indenizar danos
de qualquer natureza causados a AAPO ou a terceiros, provenientes da ação ou omissão sua ou de seus prepostos,
na execução dos serviços contratados ou delas decorrentes.
f) Compete, ainda, à Contratada:
 Prestar todo e qualquer esclarecimento ou informação solicitada pela fiscalização da AAPO.
 Garantir acesso, a qualquer tempo, da Fiscalização da AAPO ao serviço em questão.
 Cientificar, imediatamente, à Fiscalização da AAPO de qualquer ocorrência anormal ou acidente que se
verificar no serviço.
 Corrigir, prontamente, quaisquer erros ou imperfeições dos trabalhos, atendendo assim, as reclamações,
exigências ou observações feitas pela fiscalização da AAPO.
 Atender as medidas técnicas e administrativas determinadas pela Fiscalização da AAPO.
 No prazo de 10 (dez) dias a contar da data de recebimento da autorização para o início da execução
contratual, a Contratada deverá apresentar da AAPO o comprovante da devida ART dos tecnicos
responsaveis pela execução do contrato paga junto ao CREA-RJ.
 Deverão ser utilizadas peças originais, visando à manutenção das características e confiabilidade das peças.
 Havendo rejeição dos serviços, no todo ou em parte, a contratada deverá refazê-los no prazo estabelecido
pela Fiscalização da AAPO, observando as condições estabelecidas para a prestação.
 Na impossibilidade de serem refeitos os serviços rejeitados, ou na hipótese de não serem os mesmos
executados, o valor respectivo será descontado da importância mensal devida à contratada, sem prejuízo
da aplicação das sanções cabíveis.

g) Prestar todos os serviços deste PB de acordo com as normas técnicas atualizadas da ABNT, atendendo as Leis
Federais, Estaduais e Municipais vigentes, referentes ao objeto deste termo de referência, e dos manuais dos
fabricantes dos materiais/equipamentos, utilizando mão-de-obra especializada bem como aquisição de peças e
materiais de aplicação imediata, mediante a constatação da real necessidade pelos responsáveis técnicos
qualificados e credenciados pelo CREA, lotados no CONTRATANTE de acordo com a orientação e Fiscalização da
AAPO.
h) Os serviços deverão ser executados por técnicos capacitados ao desempenho de suas atividades e instalações
correlatas.
i) Especificar serviços/materiais que devam ser executados/fornecidos e que não estejam cobertos/descritos
neste PB, submetendo à análise e aprovação do CONTRATANTE.
j) Responsabilizar-se pelos padrões de qualidade requeridos aos serviços especializados e materiais fornecidos
por terceiros, mediante a avaliação e aprovação técnica com a emissão de relatórios.
k) A CONTRATADA se obriga a utilizar somente materiais novos e de primeira qualidade, sem defeitos ou
deformações e todos os serviços deverão ser executados com esmero e perfeição. A contratada se obriga também
a corrigir, as suas expensas, os serviços que apresentarem defeitos ou incorreções resultantes de sua execução.
Fica terminantemente proibida a reutilização de materiais assumindo toda e qualquer responsabilidade por dano
e prejuízo causados por si ou seus prepostos, quando no exercício de suas obrigações.
4 – DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATANTE

a) Efetuar os pagamentos devidos à CONTRATADA, nas condições estabelecidas em CONTRATO.


b) Fornecer à CONTRATADA, documentos, informações e demais elementos que possuir ligados ao futuro
CONTRATO.
c) Assegurar aos técnicos credenciados pela CONTRATADA o acesso aos equipamentos e locais para realização
de serviços, resguardadas as normas de sigilo e segurança impostas pelo CONTRATANTE.

d) Destinar local para alocação das instalações provisórias da CONTRATADA para a guarda das ferramentas e
equipamentos.

5 – DO PRAZO E DO PAGAMENTO

5.1 - O prazo global para execução dos serviços, será de 60 (sessenta) dias, contados partir da autorização de
início de serviços que se fará após a assinatura do contrato.

5.2 - O pagamento será mensal.

6 – DO PREPOSTO

6.1 - O licitante vencedor deverá manter preposto aceito pela Administração, durante o período de vigência do
contrato, para representá-lo administrativamente, sempre que for necessário, o qual deverá ser indicado
mediante declaração em que deverá constar o nome completo, nº CPF e do documento de identidade, além dos
dados relacionados à sua qualificação profissional;

6.2 - O preposto, uma vez indicado pela empresa e aceito pela Administração, deverá apresentar-se à unidade
fiscalizadora, em até 5 (cinco) dias úteis, após a assinatura do contrato, para firmar, com o servidor designado
para esse fim, o Termo de Abertura do Livro de Ordens, destinado a registrar as principais ocorrências durante a
execução do contrato, bem como para tratar dos demais assuntos pertinentes à execução do contrato, relativos
à sua competência;

6.3 - O preposto deverá estar apto a esclarecer as questões relacionadas às faturas dos serviços prestados;

6.4 - A empresa orientará o seu preposto quanto à necessidade de acatar as orientações da Administração,
inclusive quanto ao cumprimento das Normas Internas e de Segurança e Medicina do Trabalho.
7 – UNIDADE FISCALIZADORA

A fiscalização e acompanhamento da execução dos serviços prestados caberão ao(s) representante(s) da AAPO,
sendo eles:
- Eng. Apoena Calil

- Eng. Luis Delmiro

8 – SUBCONTRATAÇÃO

Os serviços constantes destas especificações não poderão ser subcontratados, devendo ser executados por
pessoal próprio da CONTRATADA, que deverá ser a única responsável por sua boa execução.

9 – FISCALIZAÇÃO

9.1 - Não obstante a contratada seja a única e exclusiva responsável pela execução dos serviços, a AAPO se reserva
o direito de, sem de qualquer forma restringir a plenitude dessa responsabilidade, exercer a mais ampla e
completa fiscalização sobre os serviços, por meio de associados ou contratados formalmente designados, como
gestores e fiscais do Contrato, para executar, operacionalmente, as ações de acompanhamento físico, controle e
fiscalização do contrato.

9.2 - Por FISCALIZAÇÃO entende-se a atividade exercida de modo sistemático pela AAPO e seus prepostos,
objetivando a verificação do cumprimento das disposições contratuais, técnicas e administrativas, em todos os
seus aspectos.

9.3 - A Contratada deverá facilitar, por todos os meios ao seu alcance, a ampla ação da FISCALIZAÇÃO, permitindo
o acesso aos serviços em execução, bem como atendendo prontamente às solicitações que lhe forem efetuadas.

9.4 - Todos os atos e instruções emanados ou emitidos pela FISCALIZAÇÃO serão considerados como se fossem
praticados pela AAPO.

9.5 - A atuação ou a eventual omissão da FISCALIZAÇÃO durante a realização dos trabalhos não poderá ser
invocada para eximir a Contratada da responsabilidade pela execução dos serviços.

9.6 - A FISCALIZAÇÃO tem autonomia para exercer, dentre outras, as seguintes atividades:
a) prestar e solicitar aos prepostos da contratada todas as informações e esclarecimentos que
eventualmente venham a ser solicitados (Fiscal do Contrato);
b) requerer à Contratada substituição de uniformes inadequados ou inaplicáveis aos serviços;
c) exercer rigoroso controle sobre o cronograma de rotinas de execução dos serviços, aprovando os
eventuais ajustes que ocorrerem durante o desenvolvimento dos trabalhos;
d) avaliar eventuais acréscimos ou supressões de serviços necessários ao perfeito atendimento do
objeto do contrato;
e) solicitar à Contratada a substituição de qualquer peça ou qualquer empregado que embarace ou
dificulte a ação da FISCALIZAÇÃO ou cuja presença no local dos serviços seja considerada
prejudicial ou inadequada ao andamento dos trabalhos;
f) examinar as Carteiras Profissionais dos empregados colocados a seu serviço, para comprovar o
registro de função profissional.

10 – DA FISCALIZAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO FISCAL, TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA

10.1 - Para fins de acompanhamento do adimplemento de suas obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias,
a CONTRATADA deverá apresentar, mensalmente, prova de que:

a) está pagando os salários de seus empregados, incluídas as horas extras devidas e outras verbas que, em razão
da percepção com habitualidade, devam integrar os salários; ou a repartição das cotas, em se tratando de
cooperativas, até o quinto dia útil de cada mês seguinte ao vencimento ou na forma estabelecida no Estatuto, no
último caso;

b) estar em dia com o vale-transporte e o auxílio-alimentação de seus empregados;

c) anotou as Carteiras de Trabalho e Previdência Social de seus empregados; e

e) encontra-se em dia com os recolhimentos dos tributos, contribuições e encargos, incluindo aqueles relativos
aos empregados vinculados ao contrato.

10.2 - A CONTRATADA será obrigada a reapresentar a Certidão Negativa de Débito junto ao INSS (CND) e a
Certidão Negativa de Débitos de tributos e Contribuições Federais e o Certificado de Regularidade do FGTS (CRF),
sempre que expirados os respectivos prazos de validade.

10.3 - No primeiro mês da prestação dos serviços, a contratada deverá apresentar a seguinte documentação,
devidamente autenticada:

a) relação dos empregados, contendo nome completo, cargo ou função, horário do posto de trabalho, RG e CPF,
com indicação dos responsáveis técnicos pela execução dos serviços, quando for o caso;

b) CTPS dos empregados admitidos e dos responsáveis técnicos pela execução dos serviços, quando for o caso,
devidamente anotada pela contratada; e

c) exames médicos admissionais dos empregados da Contratada que prestarão os serviços.


10.4 - A documentação mencionada deverá, no último mês de prestação dos serviços (extinção ou rescisão do
contrato), estar acompanhada de cópias autenticadas em cartório - ou cópias simples acompanhadas de originais
para conferência pelo servidor que as receber – da seguinte documentação adicional:

a) termos de rescisão dos contratos de trabalho dos empregados utilizados na prestação dos serviços contratados,
devidamente homologados, quando exigível pelo sindicato da categoria;

b) guias de recolhimento rescisório da contribuição previdenciária e do FGTS; e

c) extratos de depósitos feitos nas contas vinculadas individuais do FGTS de cada empregado demitido.

10.5 - As inconsistências ou dúvidas verificadas na documentação entregue terão o prazo máximo de 7 (sete) dias
corridos, contados a partir do recebimento da diligência pela Contratada, para serem formal e documentalmente
esclarecidas.

10.6 - Uma vez recebida a documentação, o fiscal do contrato deverá apor a data de entrega na AAPO e assiná-
la.

10.7 - A ausência da apresentação dos documentos mencionados ensejará a retenção do valor do pagamento da
parcela(s) devida(s), que só poderá ser realizado mediante a regularização da falta.

10.8 - O descumprimento reiterado das disposições acima e a manutenção da Contratada em situação irregular
perante as obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias implicará rescisão contratual, sem prejuízo da
aplicação das penalidades e demais cominações legais.

11 – DA QUALIFICAÇÃO TÉCNICA

11.1 - Comprovação de qualificação para a execução do serviço licitado, constituído por uma declaração,
concedida por pessoa jurídica de direito público ou privado, atestando que a licitante executou serviços descritos
neste PB, nos prazos pactuados e com qualidade satisfatória.

11.2 - Para participação no certame as empresas deverão comprovar registro no CREA.


podendo ser representadas por seu responsável técnico
11.3 - Atestados de Capacidade Técnica, através de um ou mais atestados, expedidos por pessoas jurídicas de
direito público ou privado, distintas, devidamente registrado no CREA, que comprove de forma clara e precisa,
ter a licitante prestado serviços que sejam compatíveis com o objeto da licitação.
11.4 - Atestados de Comprovação de capacidade técnica, através de um ou mais atestados, expedidos por pessoas
jurídicas de direito público ou privado, devidamente registrado no CREA, que comprove de forma clara e precisa,
ter os Responsáveis Técnicos da empresa licitante, prestado serviços que seja compatível com o objeto da
licitação.

11.5 - Comprovação do vínculo empregatício dos responsáveis técnicos com a licitante, através de cópia da CTPS
e/ou livro de registro de empregados, obrigatoriamente acompanhado da cópia do recolhimento do FGTS onde
constem os nomes dos referidos funcionários, ou da sua participação na sociedade através da cópia da última
alteração contratual.

11.6 - Sob pena de inabilitação ou desclassificação, todos os documentos apresentados pelos licitantes, deverão
referir-se a um mesmo CNPJ, o qual corresponderá àquele constante na proposta, ficando vedada a hipótese de
utilizar simultaneamente CNPJ da matriz e filiais.

12 – DA VISTORIA

12.1 – Vistoriar, facultativamente as instalações do prédio, com o objetivo de conhecer os locais e as condições
para a prestação dos serviços, objeto desta licitação, devendo ser agendada com a AAPO, na rua Luiz Carlos
Sarolli, 1365, telefone (21) 96618 - 4468

12.2 - A LICITANTE ao apresentar a proposta, considerar-se-á como tendo vistoriado todas as instalações
assinaladas, entendendo-se como vistoria: “A constatação de um fato em imóvel, mediante exame
circunstanciado dos elementos que o constituem, objetivando uma avaliação precisa dos serviços e materiais
necessários”.

12.3 - A opção pela vistoria constitui direito e ônus da LICITANTE, com vistas à elaboração precisa e técnica de
sua proposta, mas que não ostenta caráter eliminatório do certame para fins de exame de habilitação. Se,
facultativamente, a LICITANTE resolva não vistoriar os locais onde serão prestados os serviços objeto da licitação,
caso vitoriosa no certame, não poderá alegar desconhecimento das condições dos locais como pretexto para
eventual inexecução total ou parcial do contrato ou atrasos em sua implementação.

13 – DAS SANÇÕES

13.1 - São consideradas infrações ao contrato:

12.1a) apresentar documentação falsa;

12.1b) ensejar o retardamento da execução do objeto

12.1c) falhar na execução do contrato;

12.1d) fraudar na execução do contrato;


12.1e) comportar-se de modo inidôneo;

12.1f) cometer fraude fiscal; e

12.1g) fizer declaração falsa.

b) as infrações ao contrato serão aplicadas multas de até 0,5% (cinco décimos por cento) do valor do contrato
por dia de paralisação da prestação dos serviços de forma injustificada, quando configurada a inexecução parcial,
sem prejuízo da rescisão unilateral da avença;

13.5 - Será configurada a inexecução parcial do objeto quando houver paralisação da prestação dos serviços de
forma injustificada.

13.6 - Será configurada a inexecução total do objeto, quando:


a) houver atraso injustificado, do início dos serviços, por mais de 7 (sete) dias após a emissão da ordem de início
dos serviços;
b) todos os serviços executados não forem aceitos pela fiscalização por não atenderem às especificações deste
Projeto Básico, durante 30 (trinta) dias consecutivos de prestação dos serviços.

13.7 - A sanção de multa poderá ser aplicada à contratada juntamente com a de impedimento de licitar e
contratar.

14– PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS

Os licitantes deverão cotar o preço global para execução dos serviços de construção especificados neste PB em
cumprimento ao memorial descritivo (ANEXO “A”); com base nas planilhas orçamentárias apresentadas na
proposta; assim como o cronograma físico - financeiro. Caso em que incluirá as despesas legais, dissídios,
encargos sociais, BDI e custos indiretos incidentes, bem ainda deduzindo quaisquer descontos que venham a ser
concedidos, observadas as composições especificadas neste PB.

15 – DA VIGÊNCIA

O prazo de vigência do contrato será de 165 (cento e cinquenta) dias, correspondentes ao prazo de execução de
60 (sessenta) dias, prazo de aceite provisório de 15 (quinze) e prazo de aceite definitivo de até 90 (noventa) dias,
a contar da data de assinatura do contrato, podendo ser estendido, por mútuo acordo entre as partes, mediante
termo aditivo, e desde que haja alterações dos serviços previstos.
ANEXO A
MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO “A”

MEMORIAL DESCRITIVO

Trata o presente relatório da descrição dos serviços a serem executados à Rua Luiz Carlos Sarolli - cabeceira do
rio e Rua Hebe Camargo - Pórtico - Recreio dos Bandeirante - Rio de janeiro/RJ, com intervenções nos setores
indicados no projeto de arquitetura.

1-Obras civis

Serviços:
1.1 - Pintura:
Lixamento, emassamento e pintura de todas as paredes, de todos os ambientes, usando tinta PVA aveludada fosca com cor
estabelecida pela FISCALIZAÇÃO.

Preparação: Lixar, raspar, eliminar partes soltas, remover bolor/fungos, gorduras etc., tratar infiltração de umidade;

Emassamento: tem como principal finalidade, corrigir pequenas imperfeições existentes na superfície, deixando o
acabamento mais liso.

Acabamentos: As cores deverão seguir o padrão do AAPO, obedecendo as definições já usadas no edifício. Exemplo:
internas em PVA aveludada e externa em acrílico fosco; tetos e demais paredes branco neve interna em PVA etc.

1.2 - Esquadrias:
Instalação de porta em vidro temperado incolor e = 10 mm, incluindo metais acessórios e mola de piso; Instalação de porta
de madeira de canela ou cedro em compensado folheada nas duas faces incluindo ferragens acessórias de alto padrão de
acabamento, a porta deverá ser lixada e envernizada com verniz sintético min. de duas demãos.
1.3 - Piso:
Instalação de piso em placas de 50 x 50 cm com e = 2 cm do tipo porcelanato de cor a ser determinado pela FISCALIZAÇÃO;
sobre a base regularizada, deverá incluir os acabamentos de bordo e em todos os casos deverá ser executada considerando
todas as suas etapas.

1.4 - Fechamentos:
Paredes em alvenaria ou bloco de concreto conforme projeto ou a ser definida pela FISCALIZAÇÃO. As portas externas e
janelas serão utilizados vidro liso e > =8mm. Incluindo as ferragens metálicas em inox ou cromadas; deverá ser instalado
elementos vazados sob o platô da guarita "2" para escamento de águas de chuvas para o canal;

1.5 - Pintura:

Deverá ser utilizada tinta de primeira qualidade, com aplicação de massa PVA internamente e acrílica externamente nas
paredes e tetos em cor a ser definida pela fiscalização.

1.6 - Revestimento:

Deverão ser apresentados 3 (três) opções de revestimento para escolha pela fiscalização.

1.7 - Estrutura:

Serão em concreto armado e deverá ser construído o platô (laje) de concreto armado em nível elevado de forma a preservar
a guarita das chuvas intensas e alagamentos recorrentes no trecho; apresentar estudo e parecer técnico sobre a
estabilidade da laje do pavimento no trecho da construção para recebimento da carga adicional pela construção as
estruturas deverão atender ao dispositivo da NBR 6118 mais atualizada; na guarita nº "1" deverá ser construída fundações
profundas por meio de estaca do tipo broca ou correlata e a infraestrutura solidarizada às fundações diretas existentes;

1.8 - Telhado:

Será em telha gavam-me ou aço naval com injeção de policarbonato; os toldos serão em polietileno com montantes em
ferro galvanizado e pintado com tinta eletrostática, a fixação deverá ser reforçada para resistir a ventos de até 120 km/h;
as lajes deverão ser impermeabilizadas com manta asfáltica e proteção mecânica.

1.9 - Demolições e retiradas:


Remoção de todo o material residual deverá ser removido para o seu destino de descarte conforme legislação ambiental
vigente.

1.10 - Instalações hidrossanitários:


deverão ser regularizados junto ao concessionário de serviços públicos responsável, deverá ser utilizada tubulação de PVC
soldada, reservatório em polietileno, utilizar biodigestor compatível com a sua funcionalidade; as louças e metais sanitários
deverão ser apresentados à fiscalização para sua aprovação.
CONSIDERAÇÕES GERAIS
a) Deverá ser reencaminhada toda a tubulação existente, que não mantenha a coerência estética com o ambiente.

b) Sistema de refrigeração: Cada guarita deverá assistida por equipamento de ar-condicionado de janela compatível com
a carga térmica calculada.

c) Extintor de incêndio: Cada guarita deverá assistida por equipamento extintor de incêndio atendendo a classificação de
risco aplicável para o ambiente.

d) Todos os materiais recolhidos deverão ser entregues à FISCALIZAÇÃO.

e) Eventuais divergências entre os projetos, especificações e descritivo deverá ser esclarecida pela FISCALIZAÇÃO fazendo
constar em Livro de registro de ordens/diário de obras.

f) Estas instruções visam esclarecer a utilização correta dos materiais ou equipamentos, atendendo de uma forma clara, e
de acordo com as normas da ABNT, às necessidades do projeto.

g) Deverá ser realizado o alinhamento técnico entre a empresa de instalação do controle de acesso e a construtora
e construída a infraestrutura ao meio de transmissão para instalação das cancelas.

2- Obras elétricas:

A parte elétrica, deverá atender aos padrões das ABNT – NBR 5410, atuais e outras normas vigentes aplicáveis.
Deverá ser requerida a instalação de energia junto a concessionaria LIGHT e instalado os padrões de energia atendendo ao
RECOM do fornecedor de energia;
Os quadros de distribuição serão divididos em circuitos de iluminação e de tomadas de uso específico e de uso geral, e a
planta humanizada das salas define as posições de tomadas e interruptores e pontos de luz, tendo sempre em vista as
cargas de uso específico, como ares – condicionados, aquecedores de alimentos, chuveiros elétricos, micro-ondas etc.
Especificamente, na parte externa, as derivações da rede elétrica dos quadros de distribuição de cada setor ou pavimento
serão transportadas de forma subterrânea até os seus devidos pontos de luz ou tomadas.

Dos detalhes da instalação elétrica observa-se que os eletrodutos deverão ser embutidos na parede, quando não possível,
recoberta por um fechamento de alvenaria ou gesso acartonado. A localização de tomadas altas deverá ser feita para ligação
de luz de emergência, alimentação

de equipamentos de rede de dados, ventiladores e Tevês etc. Todas as tomadas, interruptores, disjuntores, terminais,
conectores, chaves elétricas, e afins deverão possuir etiquetadas com a

voltagem correspondente; os circuitos do QGBT deverão ser identificados e anilhados os cabos, fazendo constar na face
interna da porta o mapa de circuitos alimentados por cada quadro, o nome e registro do profissional técnico instalador,
dados da empresa instaladora e seu telefone de contato.
3- Descrições diversas:

TABELA DE FORNECIMENTOS BASICOS


Item Descrição Quantidade
1 Piso Cerâmico Interno Esmaltado Borda Arredondada Estampa Mármore vpc 58004/0.58x0.58cm Viva Cerâmica
2 Revestimento para Parede Interna Brilhante Borda Arredondada Estampa Mármore 6040/0. 32X54.2cm Viva Cerâmica
3 Revestimento para Parede Interna Brilhante Borda Arredondada Cor Branco 6029/0.32X54.2cm Viva Cerâmica
4 Revestimento para Parede Acetinado Borda Reta Natura Filetto Beige Textura Madeira 0.38x0.74cm Savane
5 Argamassa Quartzolit
6 Massa acrílica Coral 25 kg
7 Fundo preparador para parede 18L Coral
8 Selador acrílico Branco Coral 18L
9 Tinta acrílica Fosca Standard Coral Palha 18L
10 Rejunte Quartzolit 5 kg
11 Vaso sanitário c/cx acoplada 3/6L Eco Plus Celite 2
12 Kit Gabinete de Banheiro 1 (uma) Porta com Cuba e Espelheira Siena Branco/Marrom Móveis Bechara 2
13 Caixa d’água Polietileno 1.000L Azul Fortlev 4
14 Torneira para Pia de Banheiro Bica Alta Cromada Londrina Sensea 2
15 Torneira Leão Jardim Metal Cromado Com Bico 1130 2
16 Tubo de PVC de 100mm 6m Tigre (ou similar)
17 Joelho de PVC de 100mm Tigre (ou similar)
18 Tubo de PVC de 25mm 3m Tigre (ou similar)
19 Joelho de PVC de 25mm Tigre (ou similar)
20 “T” de PVC de 25mm Tigre (ou similar)
21 Registro de Gaveta de ¾ Kit completo Fabrimar (ou similar)
22 Sifão sanfonado universal ABS Plástico cromado + válvula
23 Kit conexões para instalação de caixa d’água Fortlev
24 Dispenser para papel higiênico Elite (ou similar) 2
25 Ralo clic up 10cm 2
26 Janela Basculante Alumínio Pintado Branco 0,60x1,00m Linha Soft MGM 2
27 Porta Laminada de Giro Alumínio Branco 2,10x0,70m Lado Direito Linha Soft MGM 2
28 Porta com Batente de Giro de Madeira Sarrafeada Decorada Pintura UV Tauari Lado Esquerdo 2,10x0,80m Pinhal 2
Portas

29 Ar Condicionado Split 9000 Btus Consul Frio Maxi Refrigeração E Maxi Economia - Cbn09cbbcj 220v 2
30 Peitoril em Mármore Cotto Branco Legg
31 Peitoril em Mármore Cotto Branco Legg
Fotos Ilustrativas e Descrição dos materiais

Área interna da Guarita e Banheiro (Conforme especificação no Projeto)


Piso cerâmico Interno Esmaltado Borda Arredondada Estampa Mármore vpc 58004
0.58x0.58cm Viva Cerâmica (ou similar)
Código 90713182 Referência Leroy Merlin

Área interna do Banheiro (Conforme especificação no Projeto)


Revestimento para Parede Interna Brilhante Borda Arredondada Estampa Mármore 6040
32X54,2cm Viva Cerâmica (ou similar)
Código 90883492 Referência Leroy Merlin

Área interna do banheiro (Conforme especificação no Projeto)


Revestimento para Parede Interna Brilhante Borda Arredondada Cor Branco 6029
32X54,2cm Viva Cerâmica Código 90883485 Referência Leroy Merlin
Área externa da Guarita (Conforme especificação no Projeto)
Revestimento para Parede Acetinado Borda Reta Natura Filetto Beige
0.38x0.74cm Savane Código 90695122 Referência Leroy Merlin

Vaso sanitário c/cx acoplada 3/6L Eco Plus Celite (ou similar)
Código3601865565 Referência Leroy Merlin

Kit Gabinete de Banheiro 1 (uma) Porta com Cuba e Espelheira Siena Branco/Marrom
Móveis Bechara (ou similar)
Código 90636945 Referência Leroy Merlin
Torneira para Pia de Banheiro Bica Alta Cromada Londrina Sensea (ou similar)
Código 89315415 Referência Leroy Merlin

Torneira Leão Jardim Metal Cromado Com Bico 1130 (ou similar)
Código 1567851768

Janela Basculante Alumínio Pintado Branco 0,60x1,00m Linha Soft MGM (ou similar)
Código 90172726 referência Leroy Merlin
Janela de Correr Alumínio Pintado Branco 1,00x1,00m Linha Soft MGM (ou similar)
Código 90172894 Referência Leroy Merlin

Porta Laminada de Giro Alumínio Branco 2,10x0,70m Lado Direito Linha Soft MGM (ou similar)
Código 90173104 referência Leroy Merlin

Porta com Batente de Giro de Madeira Sarrafeada Decorada Pintura UV Tauari Lado Esquerdo 2,10x0,80m Pinhal Portas (ou similar)
Código 90949313 Referência Leroy Merlin
Caixa d'água

CORTE LONGITUDINAL AA
Escala 1:50
Caixa d'água

CORTE TRANSVERSAL BB
3
Escala 1:50
FACHADA ENTRADA
Escala 1:50
FACHADA SAÍDA
Escala 1:50
Telha translúcida

Telha sanduíche

Estrutura
Existente

Telha sanduíche

Telha translúcida

PLANTA COBERTURA
Escala 1:50
FACHADA
SAÍDA

B
Guarita
A Banhº P1
0.70
2.10
9.47m² A
Estrutura 1.53m²
Existente

Área a demolir

P2
2.10
0.80
7
B

FACHADA
ENTRADA

PLANTA-BAIXA - GUARITA AVENIDA DAS AMÉRICAS


Cancela

Saída

Calçada Cancela

Guarita
9.47m²
Estrutura
Existente Banhº P1
0.70
2.10

1.53m²

Área a demolir

P2
0.80
2.10
Meio fio Cancela

Entrada

Cancela
Caixa d'água

CORTE TRANSVERSAL BB
Escala 1:50
FACHADA FUNDOS
Escala 1:50
FACHADA PRINCIPAL
Escala 1:50
Projeção Construção

Telha sanduíche

Telha sanduíche

Telha translúcida

PLANTA COBERTURA
Escala 1:50
FACHADA
SAÍDA
5

B
FACHADA FACHADA
PRINCIPAL 4 6 FUNDOS
Banhº
1.68m²

A A

7
FACHADA
Projeção Cobertura ENTRADA
B

PLANTA-BAIXA
1
Escala 1:50
Cancela

Cancela
CALÇADA

ROTATÓRIA TUBULAÇÃO RIO


Banhº
1.68m²

0.70 P1
2.10

0.80
P2
2.10

CALÇADA

Projeção Cobertura Cancela

RUA LUIZ CARLOS SAROLLI - RECREIO

Cancela

Você também pode gostar