Você está na página 1de 10

Arquiteturas dos Sistemas de apoio à Decisão

Diferentes autores identificam diferentes componentes de um SAD.

Segundo Sprage , Carlson e Haag at al. Existem 3 componentes fundamentais de um SAD.

-Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD);

Um Sistema Gestor de Base de Dados (SGBD) é o conjunto de programas de

computador ( softwares ) responsáveis pelo gerenciamento de uma base de dados.

Objetivo - O principal objetivo é retirar da aplicação cliente a responsabilidade de

gerenciar o acesso,

manipulação e organização dos dados.

Exemplos -

Firebird

, mySQL e Oracle

- Sistema Gerenciador de Modelagem Básica (MBMS);

o Gerenciador de Modelagem que faz a representação de eventos,

fatos ou situações.

Objetivo - O principal objetivo é representar eventos futuros e criar consultas de previsão que podem ser usadas na análise e no planejamento empresarial, também nos planejamentos em engenharia civil, arquitetura e urbanismo.

Exemplos - modelos de otimização , modelos goal-seeking

-Sistema de Geração de Diálogo e Gerenciamento (DGMS);

E o Gerenciador de Interface com o Usuário que é claro que melhora a

interatividade do usuário

com o sistema.

Arquitetura Funcional de SADs

componentes

principais

Banco de Modelos

Banco de Dados

SGBD SGM Gerador de SAD
SGBD
SGM
Gerador de SAD

-financeiros;

-de análises estatísticas; -de gerenciamento de projeto;

-de análises estatísticas; -de gerenciamento de projeto; Banco de Dados externo Recupera dados sobre estoque,
Banco de Dados externo
Banco de
Dados
externo

Recupera dados sobre estoque, vendas,

finanças,

pessoal,

Acesso a outros sistemas computacionais

Acesso a banco de dados externos

a outros sistemas computacionais Acesso a banco de dados externos gerenciador de diálogo (Interface com o
gerenciador de diálogo (Interface com o usuário)
gerenciador de diálogo
(Interface com o usuário)

3

Ciclo 2

SAD orientado a Regras de Negócio

a regra de negócio se aplica diretamente ao desenvolvimento de determinada plataforma de software voltada para um sistema de informação. É a regra de negócio que especifica as particularidades das funcionalidades a serem desenvolvidas.

que especifica as particularidades das funcionalidades a serem desenvolvidas. • Caracteristica • Orientado ao negócio

Caracteristica

Orientado ao negócio

Estudo de caso

Login é a regra de negócio mais utilizada.

Regras de definição de como será o login e a senha afetam diariamente a vida de usuários.

de como será o login e a senha afetam diariamente a vida de usuários. http://www.cepe.com.br/diario_pesquisa.php
de como será o login e a senha afetam diariamente a vida de usuários. http://www.cepe.com.br/diario_pesquisa.php
de como será o login e a senha afetam diariamente a vida de usuários. http://www.cepe.com.br/diario_pesquisa.php

http://www.cepe.com.br/diario_pesquisa.php

Ciclo 3

DOLAP

Desktop On Line Analytical Processing DOLAP

são ferramentas que disparam uma consulta de

uma estação cliente para o servidor

para que possa ser analisado pelo usuário.

Esse tipo de análise é utilizado para fornecer

portabilidade aos dados.

Essa arquitetura oferece a vantagem de reduzir o tráfego na rede e melhora o desempenho de processamento do servidor, pois todo o trabalho

de analise das informações e feita pela máquina

cliente.

Cognos 8 Business Intelligence

Cognos 8 Business Intelligence

Servidores OLAP:

Servidor DOLAP e ROLAP

Tipo de ferramenta Front-End

Módulo de Análise e Interrogações Ad-hoc Cognos PowerPlay .

Linguagem de Interrogação: SQL.

Módulo de Reporting - Cognos ReportNet

Tipo de Relatórios: Parametrizável

Tipo de Navegação: Suporta Navegação