Você está na página 1de 14
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
TREINAMENTO ADMISSIONAL
FUNDAMENTAÇÃO LEGAL
NR-18 - Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria
da Construção;
Item 18.28.1 - Todos os empregados devem receber
treinamentos admissional e periódico, visando a garantir a
execução de suas atividades com segurança;
Item 18.28.2 - O treinamento admissional deve ter carga
horária mínima de 6 (seis) horas, ser ministrado dentro do
horário de trabalho, antes de o trabalhador iniciar suas
atividades.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
TREINAMENTO ADMISSIONAL
CONTEÚDO - Item 18.28.2
informações sobre as Condições e Meio Ambiente de Trabalho;
riscos inerentes a sua função;
uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual - EPI;
informações sobre os Equipamentos de Proteção Coletiva - EPC.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
TREINAMENTO ADMISSIONAL
CONTEÚDO RECOMENDADO
informações sobre a empresa onde os trabalhadores estão
iniciando suas atividades;
informações sobre benefícios oferecidos pela empresa;
Política de Saúde e Segurança da Empresa;
apresentação do mestre, encarregado e engenheiro da obra;
abordar assuntos sobre a saúde do trabalhador.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
TREINAMENTO ADMISSIONAL
MATERIAL DIDÁTICO - Item 18.28.4
Fornecer no treinamento cópias dos procedimentos e operações
a serem realizadas com segurança.
REGISTRO DO TREINAMENTO ADMISSIONAL
a empresa deve providenciar lista de presença para que a
mesma seja assinada pelo trabalhador que será treinado;
a empresa deve arquivar a lista de presença assinada que é um
registro do treinamento.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
FUNDAMENTAÇÃO LEGAL
NR-6 - Equipamento de Proteção Individual - EPI;
Item 6.3 - A empresa é obrigada a fornecer aos empregados,
gratuitamente, EPI adequado ao risco, em perfeito estado de
conservação e funcionamento, nas seguintes situações :
sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa
proteção contra os riscos de acidentes do trabalho ou de doenças
profissionais;
enquanto as medidas de proteção coletiva estiverem sendo
implantadas;
para atender a situações de emergência.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
CA - Certificado de Aprovação no MTE
Item 6.2 - O Equipamento de Proteção Individual, de
fabricação nacional ou importado, só poderá ser posto à venda
ou utilizado com a indicação do Certificado de Aprovação - CA,
expedido pelo órgão nacional competente em matéria de
segurança e saúde no trabalho do Ministério do Trabalho e
Emprego.
CONSULTA DO CA
Site : www.mte.gov.br ;
itens: Inspeção do trabalho/Segurança e saúde/Equipamentos
de Proteção Individual(EPI).
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
Item 6.6.1 - CABE AO EMPREGADOR QUANTO AO EPI :
adquirir o adequado ao risco de cada atividade;
fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo órgão nacional
competente em matéria de segurança e saúde no trabalho;
orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e
conservação;
substituir imediatamente, quando danificado ou extraviado;
responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica;
comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
Item 6.7.1 - CABE AO EMPREGADO QUANTO AO EPI :
usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina;
responsabilizar-se pela guarda e conservação;
comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne
impróprio para o uso;
cumprir
adequado.
as
determinações
do
empregador
sobre
o
uso
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
FUNÇÃO x EPI
Administração em geral
Almoxarife
Estucador
Carpinteiro (operador de
Serra circular)
Carpinteiro de formas
Armador
Eletricista
Bombeiro hidráulico
Operador de Betoneira
Operador de Guincho
Pintor
Pedreiro
Servente
Soldador
USO EVENTUAL
USO OBRIGATÓRIO
Capacete
Óculos de
segurança
Óculos
para
soldagem
Máscaras contra
poeiras
Máscaras de
soldador
Máscara contra
vapores
Protetor Facial
Abafador de
Ruído
Protetor
auricular
Avental de
raspa de couro
Avental de PVC
Luva
raspa
e/ou de
vaqueta
Luva de látex ou
PVC
Luvas
para
eletricistas
(borracha)
Ombreiras de
couro
Botas de
borracha
Botina de couro
Cinto de
segurança Pára-
quedista
Uniforme de
brim
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
OS - ORDEM DE SERVIÇO
FUNDAMENTAÇÃO LEGAL
NR-1 - Disposições Gerais;
Item 1.7.b - CABE AO EMPREGADOR :
elaborar ordens de serviço sobre segurança e medicina do
trabalho, dando ciência ao empregado, com os seguintes
objetivos:
prevenir atos inseguros no desempenho do trabalho;
divulgar as obrigações e proibições que os empregados devam
conhecer e cumprir;
dar conhecimento aos empregados de que serão passíveis de
punição, pelo descumprimento das ordens de serviço expedidas;
determinar os procedimentos que deverão ser adotados em
caso de acidente do trabalho e doenças profissionais;
adotar medidas determinadas pelo MTE;
adotar medidas para eliminar ou neutralizar a insalubridade e
as condições inseguras de trabalho.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
OS - ORDEM DE SERVIÇO
Item 1.8.a - CABE AO EMPREGADO :
cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança
e medicina do trabalho, inclusive as ordens de serviço expedidas
pelo empregador.
FINALIDADE DA ORDEM DE SERVIÇO
é por meio da Ordem de Serviço que o empregador repassa ao
empregado conhecimentos sobre ações que deve desenvolver e
recomendações que deve atender, visando à sua segurança
contra possíveis acidentes e/ou doenças do trabalho.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
OS - ORDEM DE SERVIÇO
CONTEÚDO RECOMENDADO
1ª PARTE - Citar recomendações comuns a todas as funções;
2ª PARTE - Citar recomendações específicas para cada função;
ATENÇÃO !
A Ordem de Serviço não deve ser uma “receita de bolo” que
será repetida para todas as funções e para qualquer tipo de obra;
A ordem de serviço deve ser elaborada de acordo com a Política
de Saúde e Segurança da Empresa, respeitando as peculiaridades
da obra onde a mesma será implementada.
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
OS - ORDEM DE SERVIÇO
FERRAMENTA DE GESTÃO
protetora do empregado, que recebe informações voltadas
para a sua segurança pessoal;
protetora do empregador, que minimiza sua responsabilidade
contra o mau empregado que ao acidentar-se o acusará de não
cumprir as normas trabalhistas;
“A Ordem de Serviço deve integrar a lista de
documentos considerados de máxima importância
em uma empresa organizada.”
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA
XXIVXXIV ENCONTROENCONTRO DEDE SAÚDESAÚDE EE SEGURANÇASEGURANÇA NONO
TRABALHOTRABALHO NANA INDÚSTRIAINDÚSTRIA DADA CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DODO RIORIO DEDE
JANEIROJANEIRO
PALESTRANTE
Jane Carneiro Belém
Engª Civil e de Segurança do Trabalho
SECONCI-RIO
CONTATO
jane@seconci-rio.cm.br
Telefone : 2101-2555 - ramal 2574