Você está na página 1de 4

78.

As famílias da tabela foram dividas em A (representativos) e B (transição), sendo


identificadas por letras e números
79. As ligações químicas correspondem à união dos átomos para a formação das
substâncias químicas.
#Ligação Iônica: Também chamada de ligação eletrovalente, esse tipo de ligação é
realizada entre íons (cátions e ânions), daí o termo "ligação iônica".
#Ligação Covalente: Também chamada de ligação molecular, as ligações covalentes
são ligações em que ocorre o compartilhamento de elétrons para a formação de
moléculas estáveis, segundo a Teoria do Octeto; diferentemente das ligações iônicas,
em que há perda ou ganho de elétrons.
#Ligação Metálica: As ligações metálicas são resultantes da interação entre elétrons
livres e os cátions fixos, ou seja, um conjunto de cátions imersos em uma nuvem de
elétrons
80. Fenômeno que se produz entre corpos químicos, que estão em contato, e que dá
origem a novas substâncias.
#Eletrólise: É um reação química não-espontânea que envolve uma reação de
oxirredução, a qual é provocada por uma corrente elétrica
#Fotólise: É o processo de degradação de moléculas orgânicas por meio da radiação
luminosa
#Pirólise: É um tipo de reação química de decomposição ou análise, na qual o calor do
fogo decompõe uma substância, originando dois ou mais produtos
81. Transformações gasosas são processos em que um gás sofre mudanças em sua
pressão, volume ou temperatura.

#Isocórica: Transformação isocórica ou isovolumétrica é quando um gás, submetido a


um sistema fechado, sofre alteração de temperatura e pressão, mas mantém o
volume.

#Isobárica: Na transformação isobárica dos gases, a pressão permanece constante e o


volume aumenta ou diminui proporcionalmente à variação da temperatura.

#Isotérmica: Um gás sofre transformação isotérmica quando tem sua pressão e volume
alterados, mas sua temperatura é mantida constante.

82. #Fórmula Percentual: A fórmula percentual ou centesimal indica a massa de cada


elemento químico que existe em 100 partes de massa (100 g, 100 kg) da substância.
#Fórmula Molecular: A fórmula molecular indica o número real de átomos de cada tipo
de elemento químico que aparece na molécula
#Fórmula Mínima: A fórmula mínima ou empírica nos fornece a menor relação de
proporção entre os elementos de um composto.

83. O Grau de pureza (p) é dado pela divisão entre a massa da substância pura e a
massa total da amostra.

84. O rendimento de reações químicas é a porcentagem do rendimento teórico que se


alcança na prática.

85. A quantidade de matéria está relacionada ao número de partículas que compõe


um sistema, ou seja, se o número de partículas é alto, a quantidade de matéria
também será.

86. Fontes energéticas são recursos dos quais se pode obter energia

#Renováveis: Energia renovável é aquela que vem de recursos naturais que são
naturalmente reabastecidos, como sol, vento, chuva, marés e energia geotérmica.

#Não renováveis: As fontes não renováveis são aquelas que se utilizam de recursos
naturais que não se disponibilizam continuamente na natureza.

87. Biomassa é uma fonte de energia renovável que utiliza elementos orgânicos como
restos de animais e plantas.

88. Combustíveis fósseis são combustíveis formados por meio de processos naturais,


como a decomposição de organismos mortos soterrados

89. Energia nuclear ou energia atômica é a energia liberada em uma reação nuclear, ou
seja, em processos de transformação de núcleos atômicos

90. A lei das tríades, formulada em 1829, foi um passo importante para a elaboração


da Tabela Periódica, proposta por Mendeleiev, e baseou-se na observação dos
aumentos regulares de massas atómicas de elementos com propriedades químicas
semelhantes.

91. Essa foi proposta por John A. R. Newlands (1837-1898), em 1864. Ele colocou os
elementos agrupados de sete em sete, em ordem crescente de massa atômica, e
observou que o primeiro elemento tinha propriedades semelhantes ao oitavo, e assim
por diante.
92. Cem 1862, por Alexandre Béguyer de Chancourtois (1819-1886). Os elementos
eram agrupados em ordem crescente de massa atômica em formato de um parafuso,
ou seja, na forma de um espiral de 45°, em que havia 16 elementos em cada volta.

93. Os elementos químicos estão dispostos em ordem crescente de número atômico, o


que faz com que eles estejam posicionados em colunas horizontais (períodos) e
colunas verticais (famílias).

94. Os ciclos biogeoquímicos são processos que garantem que os elementos circulem
pelo meio abiótico e pelo meio biótico, promovendo seu reaproveitamento.

95. O ciclo da água é um ciclo biogeoquímico que garante a circulação da água pelo
meio físico e pelos seres vivos, garantindo o movimento contínuo dessa substância.

96. Ciclo do carbono garante que esse elemento circule pelo meio ambiente e também
pelos seres vivos. Os processos de fotossíntese e respiração são essenciais nesse ciclo.

97. O ciclo do nitrogênio é um importante ciclo biogeoquímico. Ele garante a circulação


do nitrogênio, utilizado, por exemplo, na formação das proteínas e dos ácidos
nucleicos.

98. O ciclo do fósforo é relativamente simples, uma vez que não possui formas que
passam pela atmosfera e os organismos só o utilizam na forma de íon fosfato.

99. O ciclo do enxofre é o conjunto de processos pelos quais o enxofre se desloca para
os minerais e os sistemas vivos.

100. Poluição é a introdução de substâncias ou energia de forma acidental ou


intencional no meio ambiente, com consequências negativas para os seres vivos.
Considera-se poluente qualquer substância presente no ar e que, pela sua
concentração, possa torná-lo impróprio, nocivo ou ofensivo à saúde, causando
inconveniente ao bem estar público, danos aos materiais, à fauna e à flora

101. O pH é representado numa escala que varia de 0 a 14. Ela mede a acidez e
basicidade de uma solução.

102. A qualidade da água pode ser representada através de diversos parâmetros, que


traduzem as suas principais características físicas, químicas e biológicas. E a qualidade
do ar em cada estação é determinada pelo poluente de pior situação

103. A alquimia é uma prática experimental milenar que utiliza princípios da ciência,
filosofia e magia para promover transformações na matéria.
104. A tabela periódica está organizada em sequências de elementos químicos por
ordem crescente de número atômico. Esse número corresponde à quantidade de
prótons no núcleo do átomo.

105. Atualmente se sabe que a composição química das estrelas em geral é


praticamente a mesma: aproximadamente 90% de hidrogênio e aproximadamente
10% de hélio; e o universo: 75% de hidrogênio e 24% de hélio

106. Foi um químico genial, cientista multifacetado e pedagogo russo, criador da


primeira versão da tabela periódica dos elementos químicos, prevendo as
propriedades de elementos que ainda não tinham sido descobertos.

107. Para verificar se os átomos eram maciços, Rutherford bombardeou uma fina


lâmina de ouro com pequenas partículas de carga positivas, denominada partículas
alfas, emitidas por um material radioativo proveniente do polônio.

108. O modelo atômico de Schrödinger definiu as prováveis regiões onde os elétrons


podem ser encontrados e os movimentos de ondas estacionárias.

#Modelo Quântico: O modelo de átomo dado pela mecânica quântica é o mais


moderno e complexo, ele baseia-se na forma matemática da estrutura atômica

Você também pode gostar