Você está na página 1de 31

UNIP INTERATIVA

Projeto Integrado Multidisciplinar


Curso Superior de Tecnologia - Análise e Desenvolvimento de Sistemas

PROJETO DE UMA LAN PARA UMA CAFETERIA


A ESSÊNCIA E O SABOR DO CAFÉ

Polo Norte
São Paulo - SP
2018
UNIP INTERATIVA
Projeto Integrado Multidisciplinar
Curso Superior de Tecnologia - Análise e Desenvolvimento de Sistemas

PROJETO DE UMA LAN PARA UMA CAFETERIA


A ESSÊNCIA E O SABOR DO CAFÉ

Nome(s) Completo(s) do(s) Aluno(s):


Curso: Curso Superior de Tecnologia - Análise e
Desenvolvimento de Sistemas
Semestre:

Polo Norte
São Paulo - SP
2018
RESUMO

O Objetivo desse trabalho é realizar a construção da Infraestrutura


da Cafeteria A Essência e o sabor do Café, visando a instalação e a
configuração dos equipamentos necessários para a comunicação de dados
e informações.

Utilizando de meios de comunicação, interatividade, planejamento


e da Tecnologia para melhorar e interagir com os colaboradores e
prestadores de serviços, uma experiência ainda melhor de estrutura e
facilidades de acesso.

Dessa forma, utilizar a computação como aliada para a expansão


da informação e do conhecimento para todos os usuários e facilitar ainda
mais os recursos e a comunicação geral da cafeteria.

Palavras-Chave: Construção, Infraestrutura, Comunicação, Tecnologia,


Cafeterias, Rede, Computação, Informação.
ABSTRACT

The objective of this work is to construct the Cafeteria Infrastructure


The Essence and the taste of the Café, aiming at the installation and
configuration of the equipment necessary for the communication of data and
information.

Utilizing media, interactivity, planning and technology to improve


and interact with employees and service providers, an even better
experience of structure and access facilities.

Thus, use computing as an ally to expand information and


knowledge for all users and further facilitate the resources and general
communication of the cafeteria.

Keywords: Construction, Infrastructure, Communication, Technology,


Cafes, Network, Computing, Information.

SUMÁRIO
INTRODUÇÃO..............................................................................................................6
1. APRESENTAÇÃO DA CAFETERIA A ESSÊNCIA E O SABOR DO CAFÉ ...........7
2. EXPANSÃO DA CAFETERIA A ESSÊNCIA E O SABOR DO CAFÉ .....................7
3. MISSÃO, VISÃO E VALORES .................................................................................7
4. A MATRIZ E SUAS FILIAIS .....................................................................................8
5. A ESTRUTURA DAS UNIDADES DE NEGÓCIOS .................................................9
5.1. OS RECURSOS TECNOLÓGICOS .............................................................9
6. OS RECURSOS DA MATRIZ E ACESSIBILIDADE EM TODAS AS UNIDADES . .9
7. POLÍTICA DE ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL.......................................10
8. METODOLOGIA DA ESTRATÉGIA DE NEGÓCIO ..............................................10
8.1 ESTRUTURA DO NEGÓCIO ......................................................................11
8.2 MARKETING DO NEGÓCIO .......................................................................11
9. PROJETO E INFRAESTRUTURA DA REDE........................................................11
10. ESTRUTURA FÍSICA DOS COMPONENTES DA MATRIZ E DAS FILIAIS........12
10.1 COMPUTADORES.....................................................................................12
10.2 SERVIDORES............................................................................................13
10.3 SWITCH.....................................................................................................14
10.4 ROTEADOR WIRELESS...........................................................................16
10.5 CABOS E CONECTORES DE REDE........................................................17
10.6 MULTIFUNCIONAL....................................................................................18
10.7 SMART TV.................................................................................................19
10.8 SMARTPHONES........................................................................................20
11. PROJETO DE REDE FÍSICA...............................................................................21
12. PROJETO DE REDE LÓGICA.............................................................................21
12.1 TOPOLOGIA DA REDE............................................................................21
12.2 SEGURANÇA DA REDE...........................................................................22
13. PROTOCOLO TCP/IP..........................................................................................22
14. CUSTOS DE INFRAESTRUTURA DA MATRIZ E DAS FILIAIS..........................26
CONCLUSÃO..............................................................................................................28
REFERÊNCIAS...........................................................................................................29
6

INTRODUÇÃO

A Tecnologia e a Informação das coisas, estão cada dia mais


aplicadas na palma de nossas mãos. É de extrema importância esse
benefício em prol da população, visando conscientizar e informar sobre
diversas questões que acontecem no País e no Mundo.
Com as facilidades e avanços tecnológicos, podemos realizar as
operações de forma mais simplificada e de fácil entendimento, afim de inserir
como um todo no mercado de trabalho, ajudando os colaboradores e
prestadores de serviços nas resoluções dos problemas.
No decorrer deste trabalho, veremos as formas de
aprendizado, tecnologias disponíveis no mercado e como levar as
informações e resoluções na Cafeteria A Essência e o sabor do Café, afim
de gerenciar sua infraestrutura geral, planejamento financeiro e todo o seu
potencial de gerenciamento como empresa.
7

1. Apresentação da Cafeteria A Essência e o Sabor do Café

A Essência e Sabor do Café é uma cafeteria que nasceu em 1993


na cidade de São Paulo, na Av. Paulista, no bairro Bela vista. No início
contava com apenas uma unidade de negócios com 40 m², que era
suficiente para atender a demanda de clientes que trabalhavam e residiam
na região. Com o aumento na consumação de café no país, muitos
investidores resolveram entrar no ramo, abrindo novas cafeterias e
ampliando comércios já existentes, impulsionando o desejo dos proprietários
da Essência e Sabor do Café de abrir mais unidades.

2. Expansão da Cafeteria A Essência e o Sabor do Café

Assim, hoje a cafeteria conta com 19 unidades de negócios


padronizadas com aproximadamente 150 m², espalhadas pela capital
Paulistana. Sem contar a Matriz que tem uma área de aproximadamente 300
m², destinada também à área administrativa e um pequeno espaço
destinado a consumação dos produtos da Essência e Sabor do Café.

3. Missão, Visão e Valores

A missão da cafeteria é: “Proporcionar uma sinfonia de sabores nos


paladares, oferecendo uma vasta experiência de altíssima qualidade, nossa
missão transpassa os sentimentos despertados pelo café, é de transmitir a
cada momento da degustação uma experiência empírica conectada ao
relacionamento com a vida”.
A visão da cafeteria é: “Estar entre os líderes no ramo de cafeteria
a princípio em São Paulo, mas a longo prazo no Brasil, proporcionando
qualidade, conforto e mantendo os princípios que nos tornaram referência
em qualidade”.
Os valores da cafeteria são: amor, inovação, simplicidade e fé. Os
fatores-chaves de sucesso da cafeteria são: qualidade, organização, espaço,
higiene, sabor e atendimento.
8

4. A Matriz e suas Filiais

A matriz está situada na Avenida Paulista, 2300 – Bela Vista, São


Paulo – SP. As unidades de negócios estão situadas nos seguintes
endereços:
 Avenida Rebouças Neto, 3970 – Pinheiros, São Paulo – SP;
 Avenida Brigadeiro Faria da Silva, 2996 – Jardim Paulistano, São Paulo –
SP;
 Avenida Presidente Juscelino Oliveira, 2041 – Vila Olímpia, São Paulo – SP;
 Rua Maestro Caetano, 769 – Bela Vista, São Paulo – SP;
 Rua Gomes de Freitas Neto, 1740 – Vila Olímpia, São Paulo – SP;
 Rua José Vergueiro, 215 – Vila Mariana, São Paulo – SP;
 Rua Oscar Faria, 1356 – Pinheiros, São Paulo – SP;
 Rua Nova Jersey, 771 – Brooklin Paulista, São Paulo – SP;
 Shopping Itápolis SP – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232 - Jd. Paulistano;
 Shopping Cidade das Flores - Avenida Magalhães da Silva, 12.000 (Marginal
Pinheiros - pista local);
 Piero Shopping - Avenida Roque Patrício Júnior, 1089;
 Shopping Villa Nova - Avenida das Nações do Alto, 4777, Alto de Pinheiros;
 Itápolis Alphaville - Alameda Rio Negro, 111;
 Osasco Especial Shopping - R. Ten. Alexandre Pires de Azevedo, 81 -
Centro, Osasco;
 R. Dr. Veiga Neto, 133 - Higienópolis, São Paulo - SP, 01238-000 (Shopping
Higienópolis);
 Rodoviária Tietê - Av. Cruzeiro do Sul, 1800 - Santana, São Paulo – SP;
 Av. Ibiapina, 3103 - Indianópolis, São Paulo - SP, 04029-902 (shopping
Ibirapuera);
 Rod. Hélio Smidt, s/nº - Cumbica, Guarulhos - SP, 07190-100 (Aeroporto de
Guarulhos);
 Av. Interlajes, 2255 - Interlagos, São Paulo - SP, 04661-200 (Shopping
Interlagos).
9

5. A Estrutura das Unidades de Negócios

As unidades de negócio funcionam das 08h às 22h diariamente e


contam com aproximadamente 5 operadores de caixa; 10 atendentes e
operadores de vendas; 10 baristas/funcionários da cozinha; 5 funcionários
dedicados aos serviços gerais; 1 gerente de vendas e 3 coordenadores de
atendimento. Os funcionários se revezam em turnos, de forma que existam
sempre funcionários nos caixas, no atendimento/operação de vendas, nos
serviços gerais e coordenando o atendimento.

5.1 Os Recursos Tecnológicos

Os recursos tecnológicos existentes em cada unidade são:


 1 Servidor de Rede;
 2 terminais de caixa interligados às redes de computadores;
 2 computadores para a Coordenação de Atendimento e Gerência da Loja
interligados às redes de computadores;
 2 computadores utilizado na área de baristas e funcionários de cozinha;
 2 Smart TVs interligadas à Internet e com acesso à TV por assinatura;
 1 Multifuncional interligada à rede;
 Infraestrutura de rede em cabeamento estruturado para os terminais de
caixa, computadores e multifuncional;
 Smartphones para todos os atendentes e operadores de vendas;
 Ponto de Acesso sem fio que disponibiliza acesso à internet para os clientes.

6. Recursos da Matriz e Acessibilidade em todas as Unidades

Na matriz, além de existir uma estrutura mínima de unidade de


negócios para vendas, está situado toda administração da empresa,
contando com as áreas de recursos humanos e departamento pessoal,
financeira, criação, TI, operação e administrativa. Uma observação
10

importante é que todas as unidades de negócios estão preparadas para


atender pessoas com deficiência, com infraestrutura adequada para
cadeirantes, funcionários que conhecem e praticam a linguagem brasileira
de sinais e cardápios em braile.

7. Política de Ética e Legislação Profissional

Conduzir o negócio de forma ética e profissional, visando a


qualidade dos serviços, produtos e atendimento. Seguindo respeitosamente
as normas e leis vigentes no país.
A empresa visa pelo bom relacionamento entre seus funcionários e
colaboradores, fazendo com que se tenha um bom ambiente de trabalho,
pois achamos necessária a comunicação para que haja total harmonia,
respeito e companheirismo. Com essa politica ética vigente, procuramos
manter os padrões de qualidade empregatício, atendimento e qualidade dos
produtos, mantendo assim sempre uma excelente imagem do
estabelecimento, para que nossos clientes se sintam à vontade, enquanto
degustam sua bebida.

Fica a Cargo da Empresa:


 Manter os padrões de qualidade ressaltados pela mesma
 Ouvir as demandas de seus funcionários e clientes, tomando assim as
melhores decisões para atende-las.
 Comprometer-se em resolver comportamentos de seus colaboradores e
funcionários caso estes fujam a regra de ética e conduta da empresa.
 Tomar as decisões cabíveis junto a seus colaboradores para que a mesma
obtenha lucros e bons resultados no mercado financeiro.
 Arcar com total responsabilidade perante as leis regentes, estando sempre
em concordância com a fiscalização sanitária, para comidas e bebidas.

8. Metodologia da Estratégia de Negócio

O café é uma paixão nacional e o sonho de muitos


empreendedores é abrir uma cafeteria. Para que o sonho se torne realidade
11

algumas dicas são preciosas: comece com um bom planejamento, contrate


os profissionais certos e invista em equipamentos e produtos adequados.
O fator determinante para quem quer abrir uma cafeteria é
entender tudo sobre café, não apenas sobre o tradicional, mas os demais
tipos também devem ser estudados. Isso facilitará na contratação de
funcionários, compra de equipamentos e no próprio planejamento do
negócio.
Uma das opções é contratar um barista, que é o profissional
especializado em cafés, ele conhece desde a classificação de grãos até
receitas de bebidas diferenciadas. Investir em um especialista pode ser o
grande diferencial do seu negócio e impactar no aumento das vendas.

8.1 Estrutura do Negócio

 Salão
 Balcão
 Estoque de Matéria-Prima
 Depósito de Material de Limpeza
 Cozinha
 Banheiros para Clientes
 Banheiros para Funcionários
 Escritório

8.2 Marketing do Negócio

É importante ressaltar, que o marketing conta como fator decisivo


no sucesso de uma empresa, pois é através do mesmo que será feito o
chamariz inicial de clientes, a partir desse ponto além do marketing, será
feita a divulgação pelos próprios clientes. Que além de efetuar a
divulgação irá endossar com comentários sobre atendimento, qualidade dos
produtos, ambiente, higienização e outros fatores decisivos para um grande
sucesso.
12

9. Projeto e Infraestrutura da Rede

 Instalação, montagem e configuração da rede local da Matriz e


das Filiais, incluindo os Servidores de dados e aplicações;
 Planejar a Topologia física do projeto, dando ênfase aos
computadores e seus servidores;
 Gerenciamento da Topologia de forma Hierárquica;
 Sinal e Gerenciamento Wi-Fi para os equipamentos e acesso
aos clientes;
 Protocolo de camada 3 TCP/IP para suportar todos os hosts;
A estrutura da rede é de total importância para a transmissão das
informações e dados sobre as vendas de cada estabelecimento. Para isso, é
necessário atender a todas as demandas de acesso, seja ela os
computadores, os servidores, Multifuncional, caixas registradoras e por fim
os clientes.

10. Estrutura Física dos componentes da Matriz e das Filiais

Será estruturada para atender toda a demanda de forma tranquila e


que não comprometa nenhum dano possível para os equipamentos em
geral.
Para isso, devem se manter os equipamentos em ambientes
refrigerados e sem calor excessivos, afim de não comprometer seu
funcionamento e assim não perder desempenho nos processos diários.
Os componentes eletrônicos serão compostos em: Computadores,
Switchs, Multifuncional, Smart Tv, Roteadores e Servidores.

10.1 Computadores

A configuração escolhida para ter um ótimo desempenho e suportar


todas as aplicações foi da marca LG, modelo Desktop All in One 24V570-
CBJ21P1, pois possui uma ótima configuração e por ser um modelo tudo em
um, ajudando também na sua organização.
13

 Processador Intel Core i3 de 7º Geração 7100U, clock de 2.4Ghz


/ 3,1Ghz ( 3MB Cache);
 Memória 4GB DDR4 2133MHz ( Expansível até 8GB );
 1TB HDD;
 Placa de Vídeo Intel HD Graphics 500;
 Sistema Operacional Windows 10 Home ( 64bit ) Linguagem
Português – BR.

Figura 1 - Computadores

10.2 Servidores

A função dos Servidores é proporcionar o gerenciamento de rede e


dados. Ele controla os parâmetros de configurações que os computadores
serão configurados. Enviando e recebendo dados, sejam eles arquivos,
informações de transações e recebimento de dados.
O Servidor escolhido é da Marca Dell, modelo Torre PowerEdge
T130. Modelo de total confiança e de uma marca reconhecida no Mundo.
14

 Dell Servidor PowerEdge T130 BCC;


 Processador Intel Xeon E3 – 1220 v6 de 3Ghz, Cache de 8Mb, 4
Núcleos / 8 Segmentos, Turbo ( 72W );
 Memória UDIMM de 8GB, 2400 MT/S, ECC;
 Armazenamento HDD 1TB 7.200 RPM Sata 6Gbps 3.5in
 Gerenciamento de Sistemas Integrado – iDRAC8 Basic
 Placa de Rede – LOM On-Board de 1GBE Dual Port ( LOM
BCM5720 GbE ).

Figura 2 – Servidores

10.3 Switch

O switch funciona como transporte de dados de um computador de


origem para os computadores de destino. Isso porque os Switchs criam uma
espécie de canal de comunicação exclusiva entre a origem e o destino.
Dessa forma a rede não fica presa a um único computador no envio de
15

informações. Isso aumenta o desempenho da rede já que a comunicação já


está sempre disponível.

Os Switches utilizados serão da Marca Dell, modelo X1018 de 16


portas de rede.
 Switch Dell X1018 de 16 portas;
 Portas de Comunicação 10/100/1000 BaseT Gigabit Ethernet
com sensor automático das portas;
 Portas de Fibra SFP/SFP+: 2FP;
 Capacidade da malha do Switch: Até 36Gbit/s. Taxa de
encaminhamento: 26,8Mpps;
 VLAN – Suporte para até 4.096 VLANs baseadas em porta.
 Gerenciamento: Senha local e endereços IP restritos para
acesso seguro ao Switch. Espelhamento de portas que fornece a
capacidade de espelhar oito portas de origem e espelhamento de VLAN para
aprimorar o monitoramento e a solução de problemas no tráfego na rede.

Figura 3 - Switch
16

10.4 Roteadores Wireless

Os roteadores Wireless têm o papel importante em transmitir o sinal


da rede por meio das antenas que emitem a conexão. Será utilizada para
conexão da Multifuncional, Smart TVs e Smartphones.
Utilizaremos os Roteadores Wireless da MultiLaser, modelo RE184.
 Marca MultiLaser, modelo RE184 Dual Band;
 4 Portas de rede RJ-45 10/100 Mbps;
 4 Antenas de 5 dBi com Banda de 2.4Ghz;
 Frequência de Banda: 802.11 AC/A/N, 802.11 B/G/N, 802.3;
 Taxa de Wireless: 300 MBPS.
17

Figura 4 – Roteadores Wireless

10.5 Cabos e Conectores de Rede

Os cabos de rede que serão utilizados são os da versão Cat5e que


são de uso padrão na maioria das empresas e residências, além do seu
baixo valor de investimento. A conexão é a padrão RJ-45 que é utilizada na
maioria dos roteadores e switchs no mercado global.
 Cabo de Rede padrão Cat5e;
 Velocidade de transmissão: 100 Mbps;
 Construção com função de redução de interferência e perda de
sinal.
18

Figura 5 – Cabo de Rede Cat5e

10.6 Multifuncional

A função da Multifuncional será na parte de impressões,


digitalizações de documentos ou imagens ou na cópia de documentos
diversos.
O modelo que será utilizado será a Multifuncional HP Deskjet ink
Advantage 2676, trazendo um ótimo design, custo x benefício e função
Wireless.
 Marca HP, Modelo Deskjet ink Advantage 2676;
 Função: Imprime, Copia e Digitaliza Documentos e Fotos;
 Cartuchos Coloridos e Preto;
 Função Wireless que dispensa o uso de cabos;
 Memória Interna: 512 MB DDR3.
19

Figura 6 – Multifuncional

10.7 Smart Tv

As Smarts TVs estão cada vez mais presentes em nosso convívio.


Com a facilidade de se conectar com a internet, se torna mais intuitiva e
menos complicada de acessar conteúdo exclusivos disponíveis por diversos
fabricantes.
O modelo utilizado para as cafeterias é o LG43LJ5500.
 Marca LG, Modelo LG43LJ5500;
 Resolução Full HD, Frequência 60hz;
 Som virtual Surround plus;
 Smart TV webOS 3.5.
20

Figura 7 – Smart TV

10.8 Smartphones

O uso do Smartphone hoje em dia é essencial para todas as


pessoas, seja para uso pessoal como para o uso corporativo. Ter a liberdade
de se manter conectado aonde for sendo atualizado na hora certa sobre o
recebimento de dados e informações.
O modelo utilizado será o Samsung Galaxy A6+. Um celular com
bom custo x benefício, e da atualidade repleto de recursos.
 Marca Samsung, Modelo A6+;
 Processador Qualcomm Snapdragon 450, 1.8GHz 8 Core;
 Memória RAM 4GB;
21

 Memória Interna 64Gb, Expansível por Micro SD de até 256Gb;


 Sistema Operacional: Android 8.0.

Figura 8 – Smartphones

11. Projeto de Rede Física

Em relação à tecnologia, disposição geográfica (interna) da


empresa, metragens, etc., faremos uma breve descrição das características
da empresa e sua distribuição funcional. Este projeto de rede será utilizado
como padrão para as filiais, prevendo a expansão das redes existentes. A
Matriz por ter um espaço geográfico maior será estruturada de forma mais
abrangente, porém seguindo os requisitos apresentados. Cada escritório
possui a capacidade para abrigar cerca de até 10 funcionários. Dentre os
materiais e equipamentos serão usados cabos UTP Categoria 5e para
22

conexão dos equipamentos, LAN Gigabit, equipamentos de alta


confiabilidade e protocolo TCP/IP. O acesso a rede externa (WAN) será
provido por duas operadoras de telefonia, por meios físicos distintos (fibra
ótica e WiMax), para garantirmos a redundância do acesso, seja por meio
físico ou contratual. As operadoras escolhidas ficarão responsáveis pela
instalação, configuração e manutenção dos equipamentos com SLA mínimo
de duas horas, 24 x 7.A largura de banda definida será de 10Mbps, podendo
crescer à medida que for necessária. Todo o tráfego externo será conduzido
pelo servidor Proxy localizado no departamento de TI da Matriz e suas
Filiais.

12. Projeto de Rede Lógica


12.1 Topologia da Rede

Consideramos a utilização de um cabeamento para cada estabelecimento


(cabeamento horizontal) que se conectará ao backbone (cabeamento
central). Em cada loja existirá um local para onde convergem todos os cabos
da estrutura, interligando os dispositivos da rede a um Patch Panel, que será
ligado ao backbone central. O switch que irá atuar como um ponto central da
rede num formato de estrela. Em cada estabelecimento será utilizado um
switch para centralizar os dispositivos. Os switches farão a verificação de
destino dos pacotes e em caso de necessidade irá repassar os pacotes para
o roteador que fará acesso Wireless (WAN-Internet). O roteador, por sua
vez, será configurado para atender os critérios da rede. A rede será
segmentada por sub-redes, de forma a agrupar os dispositivos de mesmo
nível, restringir o acesso não autorizado e segmentar o domínio de colisão
dos pacotes em trânsito. Os servidores da Matriz e das Filiais estarão
diretamente conectados em seus switches de forma a prover uma camada
compartilhada de acesso aos diversos dispositivos da rede.

12.2 Segurança da Rede

O acesso à rede compartilhada dos estabelecimentos se dará por


meio do cadastro e liberação de endereço MAC das placas de rede dos
23

equipamentos, para que haja o controle das conexões, que a princípio


ficarão ativas e com os endereços IP, dentro de cada faixa, cedidos
automaticamente via DHCP do servidor Proxy. Em relação à segurança de
acesso aos sites, o servidor Proxy conterá regras simplificadas bloqueios a
sites indesejados e controle de portas, evitando assim, que a rede seja
invadida por intrusos. No quesito compartilhamento de arquivos, o serviço
ficará disponível e registrados no domínio ESSENCIACAFE_XX, onde XX
significa o domínio de determinado escritório, para aumentar a segurança e
permitir o uso de perfis bem definidos para cada filial. Estes
compartilhamentos serão acessados somente entre as lojas registradas por
MAC na rede interna e com login e senha válida no domínio
ESSENCIACAFE_XX. Será oferecido, para as lojas, um sistema de backup
online exclusivo. O serviço roda todos os dias, às 02h00min da manhã,
inclusive nos feriados e finais de semana. A recuperação pode ser feita
mediante solicitação à administração da Matriz, que abrirá o chamado junto
à equipe de TI local.

13. Protocolo TCP/IP

O TCP/IP (também chamado de pilha de protocolos TCP/IP) é um


conjunto de protocolos de comunicação entre computadores em rede. Seu
nome vem de dois protocolos: o TCP (Transmission Control Protocol -
Protocolo de Controle de Transmissão) e o IP (Internet Protocol - Protocolo
de Internet, ou ainda, protocolo de interconexão). O conjunto de protocolos
pode ser visto como um modelo de camadas (Modelo OSI), onde cada
camada é responsável por um grupo de tarefas, fornecendo um conjunto de
serviços bem definidos para o protocolo da camada superior. As camadas
mais altas, estão logicamente mais perto do usuário (chamada camada de
aplicação) e lidam com dados mais abstratos, confiando em protocolos de
camadas mais baixas para tarefas de menor nível de abstração.
O TCP/IP foi desenvolvido em 1969 pelo U.S. Department of
Defense Advanced Research Projects Agency, como um recurso para um
projeto experimental chamado de ARPANET (Advanced Research Project
Agency Network) para preencher a necessidade de comunicação entre um
24

grande número de sistemas de computadores e várias organizações


militares dispersas. O objetivo do projeto era disponibilizar links (vínculos) de
comunicação com alta velocidade, utilizando redes de comutação de
pacotes. O protocolo deveria ser capaz de identificar e encontrar a melhor
rota possível entre dois sites (locais), além de ser capaz de procurar rotas
alternativas para chegar ao destino, caso qualquer uma das rotas tivesse
sido destruída. O objetivo principal da elaboração de TCP/IP foi na época,
encontrar um protocolo que pudesse tentar de todas as formas uma
comunicação caso ocorresse uma guerra nuclear. A partir de 1972 o projeto
ARPANET começou a crescer em uma comunidade internacional e hoje se
transformou no que conhecemos como Internet. Em 1983 ficou definido que
todos os computadores conectados ao ARPANET passariam a utilizar o
TCP/IP. No final dos anos 1980 a Fundação Nacional de Ciências em
Washington, D.C, começou a construir o NSFNET, um backbone para um
supercomputador que serviria para interconectar diferentes comunidades de
pesquisa e também os computadores da ARPANET. Em 1990 o NSFNET se
tornou o backbone das redes para a Internet, padronizando definitivamente o
TCP/IP.
O TCP/IP sempre foi considerado um protocolo bastante pesado,
exigindo muita memória e hardware para ser utilizado. Com o
desenvolvimento das interfaces gráficas, com a evolução dos processadores
e com o esforço dos desenvolvedores de sistemas operacionais em oferecer
o TCP/IP para as suas plataformas com performance igual ou às vezes
superior aos outros protocolos, o TCP/IP se tornou um protocolo
indispensável. Hoje ele é tido como “The Master of the Network” (O Mestre
das Redes), pois a maioria das LANs exige a sua utilização para acesso ao
mundo externo. O TCP/IP oferece alguns benefícios, dentre eles:
 Padronização: um padrão, um protocolo roteável que é o mais completo e
aceito protocolo disponível atualmente. Todos os sistemas operacionais
modernos oferecem suporte para o TCP/IP e a maioria das grandes redes se
baseia em TCP/IP para a maior parte de seu tráfego.
 Interconectividade: uma tecnologia para conectar sistemas não similares.
Muitos utilitários padrões de conectividade estão disponíveis para acessar e
25

transferir dados entre esses sistemas não similares, incluindo FTP (File
Transfer Protocol) e Telnet (Terminal Emulation Protocol).
 Roteamento: permite e habilita as tecnologias mais antigas e as novas a se
conectarem à Internet. Trabalha com protocolos de linha como PPP (Point to
Point Protocol) permitindo conexão remota a partir de linha discada ou
dedicada. Trabalha como os mecanismos IPCs e interfaces mais utilizados
pelos sistemas operacionais, como sockets do Windows e NetBIOS.
 Protocolo Robusto: escalável, multiplataforma, com estrutura para ser
utilizada em sistemas operacionais cliente/servidor, permitindo a utilização
de aplicações desse porte entre dois pontos distantes.
 Internet: é através da suíte de protocolos TCP/IP que obtemos acesso à
Internet. As redes locais distribuem servidores de acesso à Internet (proxy
servers) e os hosts locais se conectam a estes servidores para obter o
acesso à Internet. Este acesso só pode ser conseguido se os computadores
estiverem configurados para utilizar TCP/IP.

O modelo ou arquitetura TCP/IP de encapsulamento busca


fornecer abstração aos protocolos e serviços para diferentes camadas de
uma pilha de estruturas de dados (ou simplesmente pilha).
No caso do modelo inicial do TCP/IP, a pilha possuía quatro
camadas:

Camada Exemplo

HTTP, HTTPS, FTP, DNS


Essa parte contém todos os protocolos para um serviço específico
de comunicação de dados em um nível de processo-a-processo
4 - Aplicação
(por exemplo: como um web browser deve se comunicar com um
(5ª, 6ª e 7ª
servidor da web). [protocolos de routing como BGP e RIP, que,
camada OSI)
por uma variedade de razões, são executados sobre TCP e UDP
respectivamente, podem também ser considerados parte da
camada de aplicação]

TCP, UDP, SCTP


3 - Transporte
Essa parte controla a comunicação host-a-host. [protocolos como
(4ª camada
OSPF, que é executado sobre IP, podem também ser
OSI)
considerados parte da camada de rede]

2 - Internet Para TCP/IP o protocolo é IP, MPLS


26

Essa parte é responsável pelas conexões entre as redes locais,


(3ª camada estabelecendo assim a interconexão. [protocolos requeridos como
OSI) ICMP e IGMP é executado sobre IP, mas podem ainda ser
considerados parte da camada de rede; ARP não roda sobre IP]

Essa é a parte conhecida como física pois trata-se das


1 - Enlace
tecnologias usadas para as conexões como: Ethernet, Wi-Fi,
(Interface com
Modem, etc. No modelo OSI, essa camada também é física,
Rede)
porém, é dividido em duas partes: física e enlace de dados. A
(1ª e 2ª
física é a parte do hardware e a enlace de dados é a parte lógica
camada OSI)
do hardware; mac address.

As camadas mais próximas do topo estão logicamente mais perto


do usuário, enquanto aquelas mais abaixo estão logicamente mais perto da
transmissão física do dado. Cada camada tem um protocolo de camada
acima e um protocolo de camada abaixo (exceto as camadas da ponta,
obviamente) que podem usar serviços de camadas anteriores ou fornecer
um serviço, respectivamente.
Enxergar as camadas como fornecedores ou consumidores de
serviço é um método de abstração para isolar protocolos de camadas acima
dos pequenos detalhes de transmitir bits através, digamos, de ethernet, e a
detecção de colisão enquanto as camadas abaixo evitam ter de conhecer os
detalhes de todas as aplicações e seus protocolos.
Essa abstração também permite que camadas de cima forneçam
serviços que as camadas de baixo não podem fornecer. Por exemplo, o IP é
projetado para não ser confiável e é um protocolo best effort delivery. Isso
significa que toda a camada de transporte deve indicar se irá ou não
fornecer confiabilidade e em qual nível.
O TCP (Transmission Control Protocol - Protocolo de Controle de
Transmissão), é um protocolo orientado a conexões confiável que permite a
entrega sem erros de um fluxo de bytes.
O UDP fornece integridade de dados (via um checksum) mas não
fornece entrega garantida; já o TCP fornece tanto integridade dos dados
quanto garantia de entrega (retransmitindo até que o destinatário receba o
pacote).

Tabela dos IPs e configurações:


27

 Mascára de sub-rede 255.255.255.128


 Faixa de IPs: 192.168.0.1 - 192.168.0.126
 IPs das PAs 192.168.0.11 - 192.168.0.60
 IPs reservados para crescimento de 20% 192.168.0.61-
192.168.0.072
 Geteway padrão – Roteador 192.168.0.1
 IP do servidor de Rede 192.168.0.2
 IP do servidor de Serviços 192.168.0.3
 IP dos PCs da Administração 192.168.0.4 e 192.168.0.5
 IP dos PCs da Recepção 192.168.0.6

14. Custos de Infraestrutura da Matriz e das Filiais

 Servidor Dell PowerEdge T130;


Valor unitário: R$ 3.299,00;
Valor para as 20 lojas sendo 20 unidades ao todo: R$ 65.980,00.

 Computador LG 24V570-C.BJ21P1;
Valor Unitário: R$ 2.850,00;
Valor Para as 20 lojas sendo 120 computadores ao todo: R$
342.000,00.

 Smart Tv LED 43’’ LG 43LJ5500;


Valor Unitário: R$ 2.102,00;
Valor para as 20 lojas sendo 40 Tvs ao todo: R$ 84.084,00.

 Multifuncional HP DeskJet INK Advantage 2676;


Valor Unitário: R$ 319,00;
Valor para as 20 lojas ao todo 20 unidades: R$ 6.380,00.

 Switch Networking x1026;


28

Valor Unitário: R$ 2.299,00;


Valor para as 20 lojas sendo 20 unidades ao todo: R$ 45.980,00.

 Roteador 1200ac Band Bivolt Multilaser – RE184;


Valor Unitário: R$ 157,60;
Valor para as 20 lojas sendo 20 unidades ao todo: R$ 3.152,00.

 Smartphone Galaxy A6+;


Valor Unitário: R$ 1.999,00;
Valor para os funcionários das 20 lojas com base em 4 vendedores
por loja, totalizando 80 aparelhos: R$ 160.000,00.

 Cabo de Rede Cat5e;


2 caixas com 100 metros de cabo, totalizando 200 metros: R$ 120,00.

 Conector RJ-45;
Kit com 1000 peças: R$ 120,00.

Valor Total do Projeto para as 20 lojas totaliza-se em R$ 707.572,00.

CONCLUSÃO

Após o término das pesquisas feitas no decorrer do


desenvolvimento deste trabalho, foi possível notar a suma importância da
tecnologia e das inovações que vivemos na atualidade, que facilitam as
operações e manuseio dos dados. Seja através das facilidades que a
tecnologia proporciona no uso de equipamentos aos usuários, colaboradores
29

e prestadores de serviços, e na gestão de recursos que aprimoram a rede de


dados no geral.
Concluímos, que é de extrema importância todas as etapas de
gestão em uma empresa, pois cada uma tem funções distintas e de muita
importância para o bem comum da empresa, gerando um ótimo ambiente de
trabalho e visando o lucro necessário para a empresa expandir seus
negócios e futuras negociações no Brasil e no Mundo.

  

REFERÊNCIAS

Unip Universidade Paulista EAD, 2018. AVA. Disponível em: <


https://ava.ead.unip.br/bbcswebdav/pid-360084-dt-content-rid-2420033_1/
institution/Conte%C3%BAdos%20das%20Disciplinas%20Espec
%C3%ADficas/PIM%20-%20REGULAR/GEST%C3%83O%20ANALISE
30

%20DE%20DESENVOLVIMENTO%20DE%20SISTEMAS/Projeto
%20Integrado%20Multidisciplinar%20III/Manual%20PIM%20I.pdf >. Acesso
em 20 set. 2018.
SEBRAE, 2017. Abertura de Empresa – Como montar um café.
Disponível em:
<http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/sp/cursos_eventos/como-
montar-um-cafe,300ff3b6328bc510VgnVCM1000004c00210aRCRD >.
Acesso em 20 set. 2018.
LG, 2018. Loja Virtual Oficial do Brasil. Disponível em: <
https://www.lg.com/br/computadores/lg-24V570-CBJ21P1-i3 >. Acesso em
21 set. 2018.
Dell, 2018. Loja Virtual Oficial do Brasil. Disponível em: <
https://www.dell.com/pt-br/work/shop/servidores-armazenamento-rede/
poweredge-t130/spd/poweredge-t130/ent-bpt130iibpt3 >. Acesso em 21 set.
2018.
Dell, 2018. Loja Virtual Oficial do Brasil. Disponível em: <
https://www.dell.com/pt-br/work/shop/cty/switches-inteligentes-gerenciados-
dell-networking-série-x/spd/networking-x-series?view=configurations >.
Acesso em 21 set. 2018.
MultiLaser, 2018. Loja Virtual Oficial do Brasil. Disponível em: <
https://www.multilaser.com.br/roteador-1200ac-dual-band-bivolt-multilaser-
re184/p > Acesso em 21 set. 2018.
Raquel Freire, 2018. TechTudo. Cabo RJ-45 tem diferentes tipos de
velocidades; veja o que muda. Disponível em: <
https://www.techtudo.com.br/listas/2018/03/cabo-rj-45-tem-diferentes-tipos-e-
velocidades-veja-o-que-muda.ghtml > Acesso em 21 set. 2018.
HP, 2018. Loja Virtual Oficial do Brasil. Disponível em: <
https://www.lojahp.com.br/Informatica/impressoramultifuncional/JatodeTinta/
Multifuncional-HP-DeskJet-Ink-Advantage-2676-com-Impressora-Copiadora-
Scanner-Wireless-11549796.html?recsource=busca-int&rectype=busca-62 >
Acesso em 21 set. 2018.
LG, 2018. Loja Virtual Oficial do Brasil. Disponível em: <
https://www.lg.com/br/tv/lg-43LJ5500 > Acesso em 21 set. 2018.
31

Samsung, 2018. Loja Virtual Oficial do Brasil. Disponível em: <


https://www.samsung.com.br/galaxya6/ > Acesso em 21 set. 2018.
Wikipédia, 2018. TCP/IP. Disponível em: <
https://pt.wikipedia.org/wiki/TCP/IP > Acesso em 21 set. 2018.

Você também pode gostar