Você está na página 1de 19

FENÔMENOS 

ONDULATÓRIOS
PROFESSOR SAMUEL MOREIRA
REFLEXÃO
QUANDO OCORRE?
É o fenômeno que ocorre quando uma onda incide sobre um obstáculo e retorna ao 
meio de propagação.

Onda bate e volta!


CARACTERÍSTICAS:

 Mesma FREQUÊNCIA (f)
 Mesmo COMPRIMENTO (λ)
 Mesma VELOCIDADE (v)
EXEMPLOS DE REFLEXÃO

Ex.1: Sonares. Ex.2: Eco. Ex.3: Olhar‐se no espelho.


REFRAÇÃO
QUANDO OCORRE?
É o fenômeno que ocorre quando uma onda passa de um meio para outro de 
características distintas.

Onda bate e passa!

CARACTERÍSTICAS:

 Mesma FREQUÊNCIA (f)
 Altera‐se o COMPRIMENTO (λ)
 Altera‐se a VELOCIDADE (v)
EXEMPLOS DE REFRAÇÃO

Ex.1: Desvio da luz (refração) na água. Ex.2: Onda refratada em corda.
MAIS EXEMPLOS DE REFRAÇÃO

Ex.3: Desvio das ondas (refração) do mar Ex.4: Onda luminosa refratada na água.
INTERFERÊNCIA
QUANDO OCORRE?
A interferência de ondas é o fenômeno que ocorre em virtude do encontro 
simultâneo de duas ondas que se propagam no mesmo meio e com sentidos 
opostos.

INTERFERÊNCIA CONSTRUTIVA INTERFERÊNCIA DESTRUTIVA


MAIS EXEMPLOS DE INTERFERÊNCIA: 
BLOQUEADORES DE CELULAR EM PRESÍDIOS
RESSONÂNCIA
QUANDO OCORRE?
É o fenômeno que acontece quando um sistema físico recebe energia por meio de 
perturbações com frequência igual a uma de suas frequências naturais de vibração. 
Assim, o sistema físico passa a vibrar com amplitudes cada vez maiores. 

Ex.1: Copo de cristal entrando em ressonância ao receber um som com sua mesma frequência natural.
MAIS EXEMPLOS DE RESSONÂNCIA

Ex.2: Diapasão entrando em 
Ex.1: Ponte de Tacoma quebra ao  ressonãncia.
entrar em ressonância.
MAIS EXEMPLOS DE RESSONÂNCIA

Ex.3: Ressonância magnética.
DIFRAÇÃO
O QUE É?QUANDO OCORRE?
Difração é a capacidade das ondas de desviar ou contornar os obstáculos que 
encontram durante sua propagação, bem como o espalhamento ou alargamento 
das ondas após atravessar fendas e orifícios.
EXEMPLOS DE DIFRAÇÃO
EXERCÍCIO
(UNCISAL) Leia a seguinte situação descrita por um aluno ao seu professor de física.
Professor, a minha casa fica próxima a um morro. Do outro lado do morro, existe uma
antena de rádio e, próximo a ela, um holofote. Não tenho nenhuma dificuldade em
sintonizar o sinal da emissora de rádio, mas não consigo ver a luz emitida pelo holofote.
Sei que as ondas emitidas pela antena e pelo holofote são ambas eletromagnéticas; sei
também que diversos fenômenos que ocorrem com as ondas eletromagnéticas
dependem da frequência da onda. Mas, então, professor, qual propriedade física explica
esse fenômeno?
Considerando‐se as figuras I e II, que ilustram a situação descrita pelo aluno, qual é a
propriedade ondulatória que explica o fenômeno descrito?
a) Refração, que ocorre quando há mudança na direção de propagação de uma onda
sonora.
b) Ressonância, que relaciona a frequência da onda às dimensões físicas da região de
propagação.
c) Interferência, que ocorre quando ondas eletromagnéticas de diferentes
frequências se sobrepõem.
d) Linearidade, que é a capacidade de uma onda se propagar sempre em linha reta
em meios homogêneos.
e) Difração, que explica a capacidade de uma onda contornar obstáculos conforme
seu comprimento de onda.
POLARIZAÇÃO
O QUE É?QUANDO OCORRE?

Polarização de ondas é o fenômeno no qual uma onda transversal, vibrando em 
várias direções, tem uma de suas direções de vibração selecionada
ACÚSTICA
• TIMBRE DO SOM
• ALTURA DO SOM
• VOLUME DO SOM

Você também pode gostar