Você está na página 1de 3

Qual o real valor do seu imóvel?

O Fluminense, Letícia Mota, 24/set Localização, vista e estado de conservação são fatores determinantes para avaliação do preço de um imóvel. Um apartamento de frente, em um prédio com elevador, garagem e cômodos espaçosos num edifício antigo no "miolo" de Icaraí pode valer mais do que imóveis em novos e luxuosos empreendimentos do Jardim Icaraí, considerada área nobre da cidade. Qual o critério para avaliar um imóvel? Segundo José Henrique Gonçalves, corretor da Abidon Nazareth Imóveis, a localização é um fator determinante para definir o preço e probabilidade de venda. A comparação entre casas e apartamentos também serve como parâmetro para definir o valor. Em geral, o preço é definido por um corretor, porém, a ajuda de um especialista é sempre bem-vinda. O arquiteto ou engenheiro registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) está habilitado a fazer essa avaliação, que tem um custo e pode demorar até duas semanas para ser realizada. A apreciação deve seguir parâmetros da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Um laudo para compra e venda, que não envolva perícia judicial, não sai por menos que R$ 800. No caso de inventário de patrimônio ou análise de um bem que será oferecido como garantia, esse valor pode dobrar. Já o corretor faz a avaliação gratuitamente e em pouco tempo, baseado nos valores utilizados pelos mercado. Gonçalves afirma que o corretor aprende na prática diária a determinar o valor de um imóvel. "Temos que verificar vários fatores para avaliar um bem. Se o imóvel recebe o sol da manhã, a idade do prédio, se há área de lazer, se o prédio tem elevador, se a vista é devassável, quantos metros quadrados de área construída existem, o tamanho dos cômodos, se a documentação está em ordem" explica. Análise de corretores também é válida De acordo com José Augusto Viana Neto, do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), o corretor aprende as técnicas de avaliação no curso de Técnico em Transações Imobiliárias (TTI), obrigatório para obter o registro no conselho. "Eles têm embasamento para realizar as avaliações. Baseados em conhecimentos adquiridos no curso de TTI, os corretores podem, por

"Moro em um apartamento. A proprietária afirmou que a avaliação dos corretores foi minuciosa. e que ela não acha que seria necessário contratar um perito para determinar o valor de venda de seu apartamento. o valor para a venda poderia aumentar em até R$ 100 mil" explicou. Os problemas técnicos apontados por peritos também podem. verificar se há manchas de umidade nos cômodos que fazem divisa com o banheiro". "O preço de avaliação que me foi dado é parecido com imóveis do mesmo tamanho e condições que andei pesquisando por aí. mas na maioria das vezes os preços são próximos. que são extremamente importantes na avaliação dos imóveis. . declarou. por exemplo. o corretor desenvolve técnicas próprias para determinar de forma correta o valor de um bem. como as redes hidráulica e elétrica. porém com mais embasamento técnico. Tudo isso influencia no valor final". mas os quesitos utilizados por ele para a avaliação foram parecidos. fatores. que tem vista parcial para a praia. "O trabalho de um corretor também é minucioso. Peritos em determinar preços Para determinar o preço de um imóvel.exemplo. O primeiro corretor avaliou em R$ 280 mil. em sua maioria. se a vista do imóvel é para um paredão de prédios ou para a praia de Icaraí. afirma Vilhena. infiltrações. em sua maioria. se os pisos estão em boas condições. A advogada Ana Paula Souza descobriu que as avaliações podem ser diferentes. A diferença foi pouca. Segundo Roberto de Vilhena. serem detectados por eles". O profissional verifica se há ou não rachaduras nas paredes. parecidos com os das avaliações dos corretores. O engenheiro civil com pós-graduação em Avaliações e Perícias e membro do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (Ibape). sem área de lazer. diretor operacional da Júlio Bogoricin Imóveis. Alberto Barth lembra que o conhecimento técnico dos profissionais conta pontos na análise de itens estruturais. declarou. arquitetos e engenheiros levam em consideração. e fica num imóvel antigo. declarou. por isso não achei necessário pagar cerca de R$ 1 mil para avaliar meu apartamento". o segundo avaliou em R$ 300 mil. "Por estar em contato direto com todo tipo de imóvel. no Centro de Icaraí. os corretores são profissionais tão habilitados quanto os peritos para avaliar um patrimônio. Eles explicaram que se a vista da praia fosse total e o prédio tivesse play ou piscina.

padrão construtivo. acabamentos e estado de conservação.O especialista explica que vários itens são analisados para adequar o valor final ao imóvel em questão. favelas. será checada a viabilidade das modificações". Aspectos que alteram os valores * Localização * Vista * Idade do imóvel * Elevadores e área de lazer * Documentação (quando o bem está em inventário dificulta o processo) * Iluminação solar (sol pela manhã ou à tarde) * Metragem e tamanho dos cômodos * Vagas na garagem * Valor de condomínio * Se o imóvel é de frente ou de fundos * Tipo de vizinhança . Se o comprador quiser reformar. a idade do imóvel e o fato do prédio ter elevador ou não são fatores determinantes para o preço maior ou menor do imóvel" enumerou Paola. "A proximidade de áreas de lazer. explicou Barth. praia. "Observamos características do condomínio. O passo seguinte para a determinação do valor é a inspeção do imóvel. Erros cometidos durante a construção como paredes fora do prumo indicam de pronto uma desvalorização e devem ser apontados no laudo.

Interesses relacionados