Você está na página 1de 2

27. ORAÇÃO INICIAL celebração, que o coloca sobre o altar.

(Mostrando o pão consagrado:)


Ó Deus, que fizeste Maria participar da Todos se inclinam e cantam um breve P – Eis o Cordeiro de Deus, aquele que
páscoa de Jesus, teu filho, faze que todo refrão eucarístico ou de adoração.) tira o pecado do mundo!
o teu povo passe das sombras da morte (35º Curso: 04.08, p. 49, faixa 43)
T – Senhor, eu não sou digno(a)...
à claridade da tua luz. Por Cristo, nosso T – Eu sou o Pão que vem do céu! / Festa da Assunção de Nossa Senhora – Ano C
Senhor. Amém. Quem crer em mim, / irá viver! (Comunhão: canto nº 17 deste folheto.) 21 de agosto de 2022 – Ano XXXIX – Nº 2244
P – Nós te bendizemos, ó Deus santo, 36. ORAÇÃO PESSOAL
RITO DA PALAVRA Senhor nosso, por Cristo, nosso Salva-
dor. Em Maria elevada à glória do céu, (Tempo de silêncio.) “MINHA ALMA ENGRANDECE O SENHOR”
28. LEITURAS BÍBLICAS manifestas teu rosto materno conso- 37. ORAÇÃO PÓS-COMUNHÃO
(Ver n. 6, 7, 8 e 9 deste folheto.) lando o teu povo na esperança de um
mundo novo. Deus de bondade, bendito sejas pela RITOS INICIAIS
(Pausa) 5. ORAÇÃO
29. MEDITAÇÃO (45º Curso: 08.14, p. 60, faixa 30) P – Oremos. (Pausa para oração)
T – Nós te damos muitas graças, te palavra e pela comunhão que nos deste
(Partilha da Palavra.) nesta festa da Assunção de Maria. For- A – Celebramos, hoje, as maravilhas P – Tende compaixão de nós, Senhor. Deus eterno e todo-poderoso, que ele-
rogamos, ó Senhor.
que Deus realizou na vida de Maria. T – Porque somos pecadores. vastes à glória do céu em corpo e alma
30. PROFISSÃO DE FÉ P – Por este sinal do corpo do teu Filho, talece nossos passos vacilantes e com- Ela acolheu o projeto do Pai e, com a imaculada Virgem Maria, Mãe do
expressamos nosso desejo de corres- pleta em nós o que teu amor começou. isto, ensina-nos a ser servos e servas de P – Manifestai, Senhor, a vossa mise-
(Ver n. 11 deste folheto.) ricórdia. vosso Filho, dai-nos viver atentos às
ponder com mais fidelidade à missão Por Cristo, nosso Senhor. T – Amém. Deus. No dia dedicado à oração pelas coisas do alto, a fim de participarmos
31. ORAÇÃO DOS FIÉIS que nos deste e invocamos sobre nós o vocações para a vida consagrada, ini- T – E dai-nos a vossa salvação. da sua glória. Por nosso Senhor Jesus
(Ver n. 12 deste folheto.) teu Espírito. 38. COLETA FRATERNA ciemos nossa celebração, cantando. P – Deus todo-poderoso tenha compai- Cristo, vosso Filho, na unidade do Es-
T – Nós te damos muitas graças, te (É o momento de trazer donativos ou xão de nós, perdoe os nossos pecados e pírito Santo. T – Amém.
32. GESTO DA PAZ 1. CANTO DE ABERTURA nos conduza à vida eterna.
rogamos, ó Senhor. oferta em dinheiro para as necessida-
P – Irmãos e irmãs, por sua morte e res-
des da comunidade, enquanto a assem-
(48º Curso: 10.20, p. 28, faixa 11)
T – Amém. LITURGIA DA PALAVRA
surreição, o Cristo nos reconciliou. Em (Quem preside convida a assembleia a De alegria vibrei no Senhor, / pois
silêncio, rezemos pela paz. um breve momento de louvor e agrade- bleia canta. o canto n. 13 deste folheto.) P – Senhor, tende piedade de nós. A – Escutemos a Palavra. Ela fala da
vestiu-me com sua justiça, / ador-
cimento espontâneos.) nou-me com jóias bonitas, / como T – Senhor, tende piedade de nós. ação de Deus na vida de Maria e em
39. AVISOS nossa vida.
RITO DA COMUNHÃO 34. ORAÇÃO DO SENHOR esposa do Rei me elevou. P – Cristo, tende piedade de nós.
P – Antes de recebermos o Corpo de
40. BÊNÇÃO FINAL 1. Transborda o meu coração / em belos T – Cristo, tende piedade de nós. 6. PRIMEIRA LEITURA
33. MOMENTO DE LOUVOR P – O Deus que olhou para Maria volte
Cristo, sinal de reconciliação e vínculo versos ao rei, / um poema, uma canção / P – Senhor, tende piedade de nós. Leitura do Livro do Apocalipse de
P – Demos graças a Deus, repartindo de união fraterna, rezemos juntos como
seu olhar para nós e nos faça caminhar com a língua escreverei: São João (11,19a; 12,1.3-6a.10ab) –
T – Senhor, tende piedade de nós.
entre nós o Pão consagrado, memória o Senhor nos ensinou:na esperança de um mundo novo, agora De todos és o mais belo, /a graça desa- 19a
Abriu-se o Templo de Deus que está
viva do Senhor. Com Maria, canta- T – Pai nosso... pois vosso é o reino, o
brochou. / Em teu semblante, em teus 4. HINO DE LOUVOR no céu e apareceu no Templo a arca da
e sempre. lábios / pra sempre Deus te abençoou. Aliança.
mos as suas maravilhas: Ele enche de poder e a glória para sempre. (48º Curso: 10.20, p. 50, n. 23)
bens os famintos. T – Em nome do Pai e do Filho e do 12,1
Então apareceu no céu um grande
2. Valente, forte, herói. / Pela verdade a Glória a Deus nas alturas! (bis)
35. COMUNHÃO Espírito Santo. Amém. lutar, / a justiça a defender, / vitorioso sinal: uma mulher vestida de sol, tendo
(O ministro extraordinário da comu- E paz na terra aos homens por ele ama- a lua debaixo dos pés e sobre a cabe-
nhão eucarística traz o Pão consa- P – Jesus, Pão descido do céu, vem e P – Bendigamos ao Senhor. tu serás.
dos. ça uma coroa de doze estrelas. 3Então
grado e entrega-o ao presidente da sacia nossa fome de tua presença. T – Damos graças a Deus. Lutas com arma e poder, / o inimigo a apareceu outro sinal no céu: um grande
correr, / eterno é teu trono, ó Deus, / é Nós vos louvamos./ Nós vos bendize-
Dragão, cor de fogo. Tinha sete cabeças
retidão para valer! mos. / Nós vos adoramos./ Nós vos glo- e dez chifres e, sobre as cabeças, sete co-
ENTENDENDO A LITURGIA 3. Ó rei, amas a justiça, / odeias sem- rificamos. / Nós vos damos graças / por roas. 4Com a cauda, varria a terça parte
pre a maldade; / com o óleo da alegria / vossa imensa glória. das estrelas do céu, atirando-as sobre a
Anotações: 3. Próximo domingo, 28, último domingo de agosto, comemo-
ungiu-te o Deus da verdade. Glória a Deus nas alturas! (bis) terra. O Dragão parou diante da Mulher
1. Hoje comemora-se o Dia da Vida Religiosa Consagrada. ra-se o Dia de Oração pelas vocações leigas e do ministério que estava para dar à luz, pronto para
2. Dia 27, sábado, 8ª Romaria Vocacional para Trindade. dos catequistas. Faça-se menção especial na Oração dos Fiéis. Os mais suaves perfumes, / as tuas ves- Senhor Deus, Rei do céu, / Deus Pai
tes exalam; / no teu palácio luxuoso / todo-poderoso. devorar o seu Filho, logo que nascesse.
belos acordes te embalam.
5
E ela deu à luz um filho homem, que
Senhor, Filho único, / Jesus Cristo! veio para governar todas as nações com
LEITURAS BÍBLICAS: 2ª-f.: Nossa Senhora Rainha, memória – Is 9,1-6; Sl 112(113); Lc 1,26-38. 3ª-f.: 2Cor 10,17-11,2; Sl 148; Mt 13,44-46. 4. Princesas são tuas damas, / a mãe- Senhor Deus, / Cordeiro de Deus, / Fi- cetro de ferro. Mas o Filho foi levado
4ª-f.: Ap 21,9b-14; Sl 144(145); Jo 1,45-51. 5ª-f.: 1Cor 1,1-9; Sl 144(145); Mt 24,42-51. 6ª-f.: 1Cor 1,17-25; Sl 32(33); Mt 25,1-13. Sábado: 1Cor 1,26- -rainha lá está, / toda de ouro adornada, / lho de Deus Pai. para junto de Deus e do seu trono. 6aA
31; Sl 32(33); Mt 25,14-30. Domingo: 22º Domingo do Tempo Comum – Eclo 3,19-21.30-31; Sl 67(68); Hb 12,18-19.22-24a; Lc 14,1.7-14. à sua direita a pousar. mulher fugiu para o deserto, onde Deus
Glória a Deus nas alturas! (bis)
“Escuta, ó filha, atenção! / O rei de ti lhe tinha preparado um lugar.
se encantou, / esquece os teus, a tua Vós que tirais o pecado do mundo, /
CÚRIA ARQUIDIOCESANA tende piedade de nós!
10ab
Ouvi então uma voz forte no céu,
casa, / adora o rei, o teu Senhor!” proclamando: “Agora realizou-se a
Praça Dom Emanuel, s/n - Centro - Caixa postal 174 CEP 74001-970 - Goiânia - Goiás – Fone: (62) 3223-0759 - curia@arquidiocesedegoiania.org.br Vós, que tirais o pecado do mundo, / salvação, a força e a realeza do nosso
2. SAUDAÇÃO acolhei a nossa súplica! Deus, e o poder do seu Cristo”.
P – Em nome do Pai... – Palavra do Senhor. T – Graças a Deus.
T – Amém. Vós que estais sentado à direita do Pai, /
tende piedade de nós! / tende piedade (Tempo de silêncio)
P – A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, de nós!
o amor do Pai e a comunhão do Espírito 7. SALMO 44 (45)
Santo estejam convosco. Porque só vós sois o santo. / Só vós sois
o Senhor. / Só vós sois o altíssimo, / Je- (Salmos e Aclamações / Ano A: 12.10 – vol. III, p.38)
T – Bendito seja Deus que nos reuniu
no amor de Cristo. sus Cristo. À vossa direita se encontra a rainha, /
com veste esplendente de ouro de Ofir.
3. ATO PENITENCIAL Com o Espírito Santo, / na glória de
Deus Pai.
10b
As filhas de reis vêm ao vosso en-
P – De coração contrito e humilde, aproxi- contro, ce à vossa direita se encontra a
memo-nos do Deus justo e santo, para que Amém! rainha / com veste esplendente de ouro
tenha piedade de nós, pecadores. Glória a Deus nas alturas. de Ofir.
11
Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: / grandece o Senhor, 47e o meu espírito se
. LITURGIA EUCARÍSTICA
a todas as coisas e não cessais de reunir Atendei às preces da vossa família, que 19. ORAÇÃO
“Esquecei vosso povo e a casa pater- alegra em Deus, meu Salvador, 48porque o vosso povo, para que vos ofereça em está aqui, na vossa presença. Reuni em P – Oremos. (Pausa para oração)
na! / 12bQue o Rei se encante com vos- olhou para a humildade de sua serva. Do- toda parte, do nascer ao pôr do sol, um vós, Pai de misericórdia, todos os vos-
sa beleza! / bPrestai-lhe homenagem: é ravante todas as gerações me chamarão 13. CANTO DE PREPARAÇÃO sacrifício perfeito. sos filhos e filhas dispersos pelo mundo Ó Deus, que nos alimentastes com o sa-
vosso Senhor! bem-aventurada, 49porque o Todo-pode- DAS OFERENDAS T – Santificai e reuni o vosso povo! inteiro. cramento da salvação, concedei-nos, pela
16
Entre cantos de festa e com grande roso fez grandes coisas em meu favor. O T – Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos! intercessão da Virgem Maria elevada ao
(26º Curso: 09.03, p. 19, faixa 17) Por isso, nós vos suplicamos: santificai
alegria, / ingressam, então, no palácio seu nome é santo, 50e sua misericórdia se pelo Espírito Santo as oferendas que vos céu, chegar à glória da ressurreição. Por
1. Sobe a Jerusalém, Virgem oferente, Acolhei com bondade no vosso reino os
real”. estende, de geração em geração, a todos os apresentamos para serem consagradas, a nossos irmãos e irmãs que partiram desta Cristo, nosso Senhor. T – Amém.
sem igual. / Vai, apresenta ao Pai teu
(Tempo de silêncio) que o respeitam. Menino: Luz que chegou no Natal. / E, fim de que se tornem o Corpo e o Sangue vida e todos os que morreram na vossa 20. HINO MARIANO
51
Ele mostrou a força de seu braço: junto à sua Cruz, quando Deus morrer, de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nos- amizade. Unidos a eles, esperamos tam-
8. SEGUNDA LEITURA dispersou os soberbos de coração. 52Der- so, que nos mandou celebrar este mistério. bém nós saciar-nos eternamente da vossa (42º Curso: 03.12, p. 49, faixa 33)
fica de pé. / Sim, ele te salvou, / mas o
Leitura da Primeira Carta de São rubou do trono os poderosos e elevou os ofereceste por nós com toda fé! T – Santificai nossa oferenda, ó Senhor! glória, por Cristo, Senhor nosso. Ave, Rainha do céu; / ave, dos anjos Se-
Paulo aos Coríntios (15,20-27a) – Ir- humildes. 53Encheu de bens os famintos, e T – A todos saciai com vossa glória! nhora; / ave, raiz, ave, porta; / da luz do
mãos: 20Cristo ressuscitou dos mortos 2. Nós vamos renovar este sacrifício de Na noite em que ia ser entregue, ele to-
despediu os ricos de mãos vazias. 54Socor- mou o pão, deu graças, e o partiu e deu mundo és aurora.
como primícias dos que morreram. Jesus: / morte e ressurreição; vida que Por ele dais ao mundo todo bem e toda
reu Israel, seu servo, lembrando-se de sua brotou de sua oferta na cruz. / Mãe, a seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, Exulta, ó Virgem tão bela, / as outras
21
Com efeito, por um homem veio a graça.
misericórdia, 55conforme prometera aos vem nos ensinar a fazer da vida uma e comei: isto é o meu Corpo, que será seguem-te após; / nós te saudamos:
morte e é também por um homem que nossos pais, em favor de Abraão e de sua Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós,
vem a ressurreição dos mortos. 22Como oblação: / culto agradável a Deus / é fa- entregue por vós. Deus Pai todo-poderoso, na unidade do adeus! / E pede a Cristo por nós!
descendência, para sempre”. zer a oferta do próprio coração.
em Adão todos morrem, assim também Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele to- Espírito Santo, toda a honra e toda a gló- Virgem Mãe, ó Maria! / Virgem Mãe, ó
56
Maria ficou três meses com Isabel; de- mou o cálice em suas mãos, deu graças
em Cristo todos reviverão. 23Porém, pois voltou para casa. 14. ORAÇÃO ria, agora e para sempre. Maria! (bis)
cada qual segundo uma ordem determi- novamente, e o deu a seus discípulos, T – Amém.
nada. Em primeiro lugar, Cristo, como – Palavra da Salvação. P – Orai, irmãos e irmãs, para que nos- dizendo: Tomai, todos, e bebei: este é 21. AVISOS DA COMUNIDADE
primícias; depois, os que pertencem a T – Glória a vós, Senhor. so sacrifício seja aceito por Deus, Pai o cálice do meu Sangue, o Sangue da 16. RITO DA COMUNHÃO
Cristo, por ocasião da sua vinda. 24A se- todo-poderoso. nova e eterna aliança, que será derra- RITOS FINAIS
(Tempo de silêncio) T – Receba o Senhor por tuas mãos P – Rezemos, com amor e confiança, a
guir, será o fim, quando ele entregar a mado por vós e por todos para remissão oração que o Senhor Jesus nos ensinou:
realeza a Deus-Pai, depois de destruir 10. HOMILIA este sacrifício, para glória do seu dos pecados.
nome, para o nosso bem, e de toda a T – Pai nosso... 22. BÊNÇÃO FINAL
todo principado e todo poder e força. (Após a homilia, pausa para reflexão.) Fazei isto em memória de Mim.
25
Pois é preciso que ele reine até que santa Igreja. (Continuar o rito conforme o Missal Romano.) P – O Senhor esteja convosco.
P – Suba até vós, ó Deus, o nosso sa- Eis o mistério da fé!
todos os seus inimigos estejam debai- 11. PROFISSÃO DE FÉ 17. CANTO DA COMUNHÃO
T – Ele está no meio de nós.
xo de seus pés. 26O último inimigo a crifício, e, pela intercessão da Virgem T – Anunciamos, Senhor, a vossa mor-
P – Cheios de confiança, professemos Maria, elevada ao céu, acendei em te e proclamamos a vossa ressurreição. P – O Deus de bondade, que pelo Filho
ser destruído é a morte. 27aCom efeito, (48º Curso: 10.20, p. 96, n. 50)
a nossa fé. nossos corações o desejo de chegar até Vinde, Senhor Jesus! da Virgem Maria quis salvar a todos,
“Deus pôs tudo debaixo de seus pés”. T – Creio em Deus Pai... O Senhor fez em mim maravilhas, / e vos enriqueça com sua bênção.
vós. Por Cristo, nosso Senhor. Celebrando agora, ó Pai, a memória do Santo é o seu nome, / e Santo é o seu
– Palavra do Senhor. T – Graças a Deus. T – Amém.
12. ORAÇÃO COMUNITÁRIA vosso Filho, da sua paixão que nos sal- nome! / Magnificat! / Magnificat! T – Amém.
(Tempo de silêncio) va, da sua gloriosa ressurreição e da sua
P – A Virgem Maria, mãe do Salvador, 15. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III 1. Glorifica minha alma ao Senhor, / de P – Seja-vos dado sentir sempre e por
9. ACLAMAÇÃO AO assunta ao céu, intercede por nós e por ascensão ao céu, e enquanto esperamos a alegria eu exulto em Deus, / pois sobre toda parte a proteção da Virgem, por
(Prefácio da Assunção de Nossa Senhora) sua nova vinda, nós vos oferecemos em
EVANGELHO toda a humanidade. Rezemos confiantes. mim quis derramar seu amor: / canto os quem recebestes o autor da vida.
P – O Senhor esteja convosco. ação de graças este sacrifício de vida e louvores seus!
(Salmos e Aclamações / Ano A: 12.10 – vol. III, p. 39) 1. Mãe da santa Igreja, ... santidade. T – Amém.
T – Ele está no meio de nós. 2. De sua serva Ele viu a pobreza, / e P – E vós, que vos reunistes hoje para
Aleluia, aleluia, / aleluia, aleluia! / T – rogai a Deus por nós. T – Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!
P – Corações ao alto. chamada serei de bendita, / feliz eu sou, celebrar sua solenidade, possais colher
Aleluia, aleluia, / aleluia, aleluia! (bis) 2. Auxílio dos cristãos, T – O nosso coração está em Deus. Olhai com bondade a oferenda da vossa amada pelo Senhor, / meu Deus e meu a alegria espiritual e o prêmio eterno.
Maria é elevada ao céu, / alegram-se os 3. Socorro dos aflitos, Igreja, reconhecei o sacrifício que nos Salvador.
P – Demos graças ao Senhor, nosso Deus. reconcilia convosco e concedei que, ali- T – Amém.
coros dos anjos. / Maria é elevada ao 4. Consolo dos doentes, 3. Seu amor para sempre se estende /
céu, / alegram-se os coros dos anjos. T – É nosso dever e nossa salvação. mentando-nos com o Corpo e o Sangue
5. Protetora dos pais e mães de família, sobre todos aqueles que O temem; / é P – Abençoe-vos Deus todo-poderoso,
Na verdade é justo e necessário, é nosso do vosso Filho, sejamos repletos do Es-
P – O Senhor esteja convosco. 6. Modelo das virgens consagradas, pírito Santo e nos tornemos em Cristo um compaixão, misericórdia sem fim, / Pai e Filho e Espírito Santo! T – Amém.
dever e salvação dar-vos graças, sempre para com o povo seu!
T – Ele está no meio de nós. e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, só corpo e um só espírito. 23. DESPEDIDA
7. Inspiradora de religiosas e religiosos,
P – Proclamação do Evangelho de Jesus Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, T – Fazei de nós um só corpo e um só 4. Manifesta o poder do seu braço, /
Cristo segundo Lucas. 8. Servidora do Pai,
Senhor nosso. espírito! orgulhosos, soberbos, dispersa, / derruba P – Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
T – Glória a vós, Senhor. 9. Esposa do Espírito, os maus, o humilde eleva aos céus: / T – Graças a Deus.
Hoje, a Virgem Maria, Mãe de Deus, foi Que ele faça de nós uma oferenda per- Senhor da história é Deus!
(1,39-56) – Naqueles dias, 39Maria par- 10. Mãe do Salvador, elevada à glória do céu. Aurora e esplen- feita para alcançarmos a vida eterna com
tiu para a região montanhosa, dirigindo-se (Preces da espontâneas) dor da Igreja triunfante, ela é consolo e os vossos santos: a Virgem Maria, Mãe 5. Deus sacia de bens os famintos, / CELEBRAÇÃO DA PALAVRA
apressadamente, a uma cidade da Judeia. esperança para o vosso povo ainda em de Deus, São José, seu esposo, os vossos mas despede os ricos sem nada; / de
P – Escutai-nos, Senhor, e conduzi-nos coração acolhe o seu servidor, / fiel ao (Onde não houver Missa.)
40
Entrou na casa de Zacarias e cum- fiéis ao vosso chamado. Por Cristo, nos- caminho, pois preservastes da corrupção Apóstolos e Mártires, N., (o santo do dia
da morte aquela que gerou, de modo ine- seu grande amor!
primentou Isabel. 41Quando Isabel ouviu so Senhor, a quem juntos suplicamos: ou o padroeiro) e todos os santos, que 24. ACOLHIDA
a saudação de Maria, a criança pulou no fável, vosso próprio Filho, feito homem, não cessam de interceder por nós na vos- 6. Glória ao Deus dos pequenos e
seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito
T – Jesus, mestre divino, que cha- autor de toda a vida. sa presença. pobres, / que confiam a Ele sua vida, / (Após a acolhida, entoar o canto de
mastes os apóstolos a vos seguirem, pois cumprirá sua promessa de paz, / abertura. Ver n. 1 deste folheto.)
Santo. 42Com um grande grito, exclamou: continuai a passar pelos nossos ca- Enquanto esperamos a glória eterna, T – Fazei de nós uma perfeita oferenda!
“Bendita és tu entre as mulheres e bendito com os anjos e com os santos, vos acla- por todas as gerações! 25. SAUDAÇÃO
minhos, pelas nossas famílias, pelas E agora, nós vos suplicamos, ó Pai, que
é o fruto do teu ventre! 43Como posso me- nossas escolas e continuai a repetir mamos, jubilosos, cantando (dizendo) a este sacrifício da nossa reconciliação es- 18. MOMENTO DE SILÊNCIO P – Em nome do Pai...
recer que a mãe do meu Senhor me venha o convite a muitos dos nossos jovens. uma só voz: tenda a paz e a salvação ao mundo intei- T – Amém.
T – Santo, Santo, Santo...
E ORAÇÃO PESSOAL
visitar? 44Logo que a tua saudação che- Dai coragem às pessoas convidadas. ro. Confirmai na fé e na caridade a vossa
gou aos meus ouvidos, a criança pulou de Dai força para que vos sejam fiéis na Na verdade, vós sois santo, ó Deus do Igreja, enquanto caminha neste mundo: o Ref. meditativo: (48º Curso: 10.20, p. 121, n. 71) 26. RITO PENITENCIAL
alegria no meu ventre. 45Bem-aventurada missão de apóstolos leigos, sacerdo- universo, e tudo o que criastes proclama vosso servo o papa N., o nosso bispo N., Se alguém me quer servir, / se alguém (Quem preside motiva a assembleia
aquela que acreditou, porque será cumpri- tes, diáconos, religiosos e religiosas, o vosso louvor, porque, por Jesus Cristo, com os bispos do mundo inteiro, o clero me quer servir! / Se alguém me quer ao pedido de perdão. Após, rezar o
do, o que o Senhor lhe prometeu”. para o bem do Povo de Deus e de vosso Filho e Senhor nosso, e pela força e todo o povo que conquistastes. servir: / siga-me, / siga-me! Confesso a Deus ou entoar um canto
46
Então Maria disse: “A minha alma en- toda a humanidade. Amém. do Espírito Santo, dais vida e santidade T – Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja! (Tempo de silêncio) apropriado.)

Você também pode gostar