Você está na página 1de 5

Remuneração

Profª. Claudia Marinho

NOMES: _____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

1. Faça no excel a tabela abaixo com 14 colunas e 14 linhas.

Instrução Experiência Complexidade Erros Contatos Supervisão


Total de
Cargo
Pontos
Letra Pontos Letra Pontos Letra Pontos Letra Pontos Letra Pontos Letra Pontos

2. Na coluna Cargo, coloque os 12 cargos a serem avaliados (os mesmos da tabela abaixo).

Cargo Média de Mercado (R$)


Jardineiro 1200,00
Recepcionista 1250,50
Auxiliar Administrativo 1.310,00
Assistente Financeiro 1.515,98
Técnico Mecânico 1.720,59
Analista Fiscal Jr. 1.865,35
Soldador 2.155,16
Comprador Pleno 2.990,00
Analista Financeiro Pleno 3.784,44
Coordenador de Produção 5.490,13
Supervisor de RH 7.860,00
Gerente de Operações Logísticas 9.175,03

3. Pegar a tabela de análise de cargos (no final) e para cada cargo analisar de acordo com a exigência de
uma empresa fictícia todos os 6 fatores. Exemplo: na minha empresa, o Auxiliar de Limpeza precisa de
ensino médio completo, vou colocar letra B equivalente a ensino médio completo na coluna letra e 43 na
coluna pontos...fazer isso para todos os outros 5 fatores. Ao analisar todos os cargos, vocês terão toda a
tabela completa. Cada empresa é diferente da outra, portanto não haverá uma análise idêntica à outra
para todos os cargos.
4. Somar todos os pontos para cada cargo (cada linha). Colocar em Total de Pontos. Depois de pronto,
classifique os cargos em ordem crescente de pontos. Esta é a primeira tabela: Classificação de Cargos.

Segunda etapa:

5. Se um cargo só recebesse a letra A em todos os fatores o número de pontos mínimo possível seria 100
(confiram na tabela). Logo, 100 é o menor valor de pontos possível e será referência para a próxima
tabela.
6. Some os maiores valores de cada fator de análise (todos os maiores graus, as últimas letras de cada
fator; ex: instrução letra F=118; experiência G=141, etc...). Assim encontrarão o maior número possível de
pontos, ou seja, o cargo mais complexo da empresa terá esse número de pontos. Soma: ___________.
7. Defina, aleatoriamente, o número de classes para sua empresa (escolha um número de 11 a 15):
___________________.
Remuneração
Profª. Claudia Marinho

8. Subtrair o menor valor (100) do maior (item 6) e dividir pelo número de classes (item 7). Vocês acharão
intervalo entre cada classe: _____________. Ex: se o número encontrado for 12 a primeira classe será do
número encontrado no item 5 +12 (no exemplo 100-112). Assim, a próxima classe vai de 113-
125(=113+12) e assim por diante. Faça a distribuição para todas as classes. Vocês verão que a última
classe irá coincidir com o maior valor ou ficará muito próximo dela, caso tenha havido arredondamento.
Esta tabela é a de Distribuição de Pontos. Exemplo:

Classe Pontos
1 100 – 112
2 113 – 125
... ...

Terceira Etapa

9. Construa, a tabela salarial (6 colunas X No. de Classes - linhas) localizando todos os cargos analisados
nas classes abaixo. Coloque o número da classe, o intervalo de pontos definido no item 8, o cargo,
salários mínimo, médio (Média de mercado já dada) e máximo.

Classe Intervalo Pontos do Cargo Mínimo Médio Máximo


de Pontos Cargo

10. Entregar a tabela Classificação de Cargos, Distribuição de Pontos, a Tabela Salarial e análise abaixo.
- Você acha que sua tabela salarial ficou próxima dos dados de mercado?
- Qual a porcentagem foi usada para reajuste horizontal dos salários? Por quê?
- O que você melhoria na sua tabela? Por quê?
Remuneração
Profª. Claudia Marinho

Tabelas com os fatores de análise de cargo

1 – INSTRUÇÃO
Este fator avalia o grau de Escolaridade exigido do ocupante do cargo para desempenho de suas funções
GRAUS DESCRIÇÃO PONTOS
A Ensino Médio Cursando 17
B Ensino Médio Completo/ Técnico cursando 43
C Ensino Superior Incompleto/ Curso Técnico 69
D Ensino Superior Completo 91
F Cursos de Especialização, MBA, pós-graduação 118

2 – EXPERIÊNCIA
Este fator avalia o tempo necessário para desempenhar plena e eficientemente as tarefas do cargo, considerando
que o ocupante possua os conhecimentos requeridos.
GRAUS DESCRIÇÃO PONTOS
A Até 6 meses 13
B De 6 meses a 1 ano 22
C De 1 a 2 anos 47
D De 2 a 3 anos 74
E De 3 a 4 anos 94
F De 4 a 5 anos 120
G Acima de 5 anos 141

3 – COMPLEXIDADE DAS TAREFAS


Este fator se refere ao nível de complexidade das tarefas à habilidade necessária para agir em situações novas,
sem instruções específicas, incluindo os vários graus de decisão, desde a mais simples e rotineira até a que
representa grandes dificuldades. É também considerada a minúcia das instruções recebidas por escrito ou
oralmente.
GRAUS DESCRIÇÃO PONTOS
Tarefas repetitivas e que não apresentam dificuldades para o profissional. As
A atividades se realizam sob a orientação do supervisor ou com instruções 18
completamente detalhadas.
Tarefas rotineiras executadas com base em procedimentos bem definidos.
Atividades executadas sob orientação constante e direta do supervisor. O
B 41
ocupante do cargo decide sobre alternativas de fácil escolha, nas raras de ação
independente.
Tarefas especializadas que exigem conhecimento de detalhes do trabalho a ser
executado. O ocupante do cargo toma decisões, dentre alternativas conhecidas.
C 72
Recebe supervisão direta e acompanhamento na execução das tarefas mais
difíceis.
Planejamento e execução de tarefas complexas, em que somente instruções
generalizadas estão disponíveis. Exigem sólidos conhecimentos técnicos.
D 98
Discernimento, ação independente e julgamento são freqüentemente
requeridos para avaliação de situações e recomendação de ações.
Planejamento e/ou execução de trabalho complexo, que exige solução de
problemas com relação aos quais não existe padrão preestabelecido;
E 123
necessidade de interpretar resultados e decidir questões que implicam alto grau
de responsabilidade. Recebe supervisão geral.

4 - RESPONSABILIDADE POR ERROS


Este fator considera a freqüência e a possibilidade de ocorrência de erros que podem incidir em perdas para a
Instituição.
Remuneração
Profª. Claudia Marinho

GRAUS DESCRIÇÃO PONTOS


O trabalho exige atenção e exatidão normais e a influência de erros nos custos
A 23
será mínima.
O trabalho exige atenção e exatidão razoáveis, para evitar erros que possam
B 39
causar moderada influência nos custos.
O trabalho exige: consideráveis atenção e exatidão, para evitar erros que
C 70
possam causar considerável influência nos custos.
O trabalho exige atenção e exatidão elevadas, para evitar erros em decisões
D que envolvam lucros ou perdas. Um erro pode causar grandes perdas 97
financeiras.

5 - RESPONSABILIDADE POR CONTATOS / RELACIONAMENTO


Este fator avalia a responsabilidade por contatos internos/externos, necessários ao desenvolvimento dos
trabalhos. Deve-se considerar os objetivos dos contatos, analisando se eles visam somente obter ou fornecer
informações, ou se envolvem habilidade para influenciar outras pessoas.
GRAUS DESCRIÇÃO PONTOS
Contatos pessoais limitados a assuntos de rotina, fornecendo e obtendo 18
A
informações necessárias para a execução do trabalho.
Contatos regulares com outros departamentos para fornecer ou obter 41
B
informações. Requer tato para evitar interpretações erradas.
Contatos freqüentes internos e /ou externos, que requerem tato, discernimento 73
C
e certo grau de persuasão.
Contatos repetidos que envolvem estratégia, senso de oportunidade e 98
D capacidade de transmitir idéias, para divulgação de planos que necessitam de
adesão de outros para a obtenção de resultados positivos.

6 - LIDERANÇA / RESPONSABILIDADE POR SUPERVISÃO


Este fator mede responsabilidade de planejar, programar, distribuir e acompanhar os trabalhos sob sua
responsabilidade e os executados por seus subordinados.
GRAUS DESCRIÇÃO PONTOS
A O trabalho não envolve supervisão. 11
Supervisiona indiretamente tarefas variadas, dando suporte técnico-
B 21
especializado para a realização dos trabalhos.
Supervisiona área de menor complexidade, distribuindo, orientando,
determinando e inspecionando trabalhos. Possui pouco poder de delegação de
C 40
autonomia aos subordinados e utiliza parte de seu horário de trabalho na
execução do mesmo tipo de serviço dos demais membros do grupo.
Supervisiona área de alguma complexidade empregando a maior parte do seu
tempo na supervisão, coordenação e distribuição de tarefas. Determina e
D 61
mantém o fluxo de operação sem verificar constantemente os detalhes do
trabalho.
Supervisiona área de maior complexidade com responsabilidade para
E determinar trabalhos, reduzir custos e propor mudança de fluxo de operação. 77
Direciona e cobra subordinados por resultados.

Dados somente para conhecimento

Fator de Análise Peso


Instrução 17
Experiência 13
Complexidade da Tarefa 18
Remuneração
Profª. Claudia Marinho

Responsabilidade por Erros 23


Responsabilidade por Contatos 18
Responsabilidade por Supervisão 11

Você também pode gostar