Sequência Didática- Narrativas de Aventura Passo 1: Perguntar para as crianças o que elas sabem sobre as narrativas de aventuras, quais

são as ações dos personagens etc. Passo 2: Leitura das três primeiras narrativas com a interpretação textual. Robison Crusóe. Se possível mostrar o livro, a capa, trazer dados do autor (A inspiração de Daniel Defoe Para escrever seu romance, Daniel Defoe inspirou-se na história verídica de Alexander Selkirk, um marinheiro escocês. A seu próprio pedido, em razão das péssimas condições do navio em que viajava, ele foi abandonado numa ilha do arquipélago Juan Fernández, no Pacífico Sul. Lá viveu de 1704 a 1709, quando foi resgatado por um navio inglês que passava pela ilha.) Fazer a interpretação textual: A) O naufrágio 1. Qual era a alegria inicial de Robinson Crusoé? 2. Onde o navio estava na manhã seguinte? 3. Com que material o náufrago fez sua primeira jangada? 4. Em que local do navio Robinson encontrou as armas que tanto necessitava? 5. Quais eram as preciosidades do náufrago? 1. 2. 3. 4. 5. 6. B) Outras visitas ao navio Como era a construção que Robinson fez desta vez? Qual animal ele encontrou ao retornar à ilha? Quais materiais o náufrago trouxe na terceira viagem de navio? Quantas viagens Robinson fez até o navio? Por que ele desistiu de ir mais uma vez até o navio? O que aconteceu na manhã quando o náufrago acordou? C) Robinson Crusoé 1. Quantos anos Robison Crusóe já havia vivido naquela ilha? 2. Durante quanto tempo ele viveu sozinho? 3. No texto, Robinson Crusoé menciona como estava se sentindo após viver tanto tempo nesse ambiente tão hostil e qual era seu plano para o futuro? 4. Quem são as personagens da narrativa de aventura que você leu? 5. Quem lidera as ações principais da narrativa? 6. Quem auxilia o líder a alcançar esses objetivos? Passo 3. Propor que o alunos reescrevam um texto dos que eles leram, mesmo que imperfeito somente para que o professor possa perceber o que ele tem que trabalhar. Passo 4: Ampliar o repertório dos alunos com mais narrativas de aventura. A) A criatura Interpretação textual 1.O garoto do jogo enfrentou muitos perigos. Copie e preencha a tabela a seguir em seu caderno, informando como ele agiu para superar alguns desses perigos. Ele é arrastado pela correnteza em direção a uma cachoeira. Uma fera faminta o ameaça. Ele precisa fugir antes que a fera acorde. 2. O início do texto descreve uma tempestade. a) Identifique os elementos que a caracterizam. b) A que outros elementos naturais o texto se refere?

No primeiro parágrafo Almyr relata os problemas causados pelo mau tempo. Complete no caderno o esquema representativo da segunda narrativa. Releia o final da narrativa. desenvolvimento e desfecho). Texto A Criatura Situação Complicação Ação Complicação Complicação Ação Complicação Desfecho inicial O garoto Ação O garoto Em um aproximaO garoto salta cenário -se da consegue sobre uma sombrio. Situação inicial Complicação Ação das Desfecho Crusoé e SextaOs selvagens personagens Os selvagens -Feira preparamchegam à ilha e Crusoé e Sextasão derrotados se para a viagem ameaçam Sexta-Feira atacam os e Sexta-Feira em clima de -Feira e Crusoé.c) Como o texto caracterizou esse espaço inicial da narrativa? 3. garoto uma pedra. arrastado pela correnteza do rio. que desfecho você esperava para essa narrativa? Comparação entre os textos Com base em duas narrativas de aventura. Passo 4: Produção coletiva de uma das narrativa estudadas. Deve-se chamar a atenção para os marcadores de parágrafos e também da pontuação presente nos diálogos ao longo do texto. provavelmente. liberta seu pai. Que problema foi esse? 3. Vamos agora estudar as particularidades de cada texto. qual era. selvagens. ele relata a luta para vencê-los. . qual diferença você pode observar entre as situações iniciais das duas narrativas? B) De costas para o ano-novo (Amyr Klink) 1. tranquilidade. que representa a sequência narrativa do primeiro texto estudado. Reescrita coletiva de uma das histórias lidas: Nesta reescrita o professor atua como escriba. reconhecemos as características gerais desse gênero. para que todos troquem conhecimentos e passem a dominar melhor o gênero. Chamando atenção para os elementos da narrativa. a) Pela reação de Eugênio diante da mensagem na tela do computador. o objetivo do jogo? b) O garoto do jogo também parecia ter um objetivo. golpear a moto surge o criatura com de corrida. 2. Observe o esquema a seguir. Qual era? c) Depois de o garoto do jogo ter superado tantas adversidades. Transcreva as palavras que Amyr usa para descrever as condições do tempo e do mar. cachoeira. Com base nos esquemas propostos. Ele conseguiu vencer a tempestade? Encontre no texto um trecho que justifique sua conclusão. dando ao leitor a dimensão de quanto tempestade cresceu? 2. No segundo. Escreva duas ações realizadas para vencer a tempestade? 4. 1. Além do mau tempo. o navegador teve de enfrentar mais um grave problema. bem como a estrutura do gênero narrativo (introdução.

tudo se inclinava com o desproporcional “carinho” da amiga lá fora. as reticências foram empregadas várias vezes. como retornar à nave-mãe? (C) Faltava pouco para alcançar a segurança da nave-mãe.. Em local acontece a aventura de Lucas? 2. A palavra alvo pode ser substituída por: (A) azul (B) branco (C) verde (D) preto 4. “Os círculos cada vez mais se estreitam mais. . Que tipo de efeito elas podem causar no leito? B) Cem dias entre a terra e o mar 1) Explique o título.. Ele precisa buscar uma encomenda no comboio –abastecedor sem ser atingidos por inimigos. a) Quem era o visitante? b) Quem é Amyr Klink? c) Onde você colheu informações sobre ele? d) Como ele viaja? C) Aventura espaço-especial 1.. Que termo você empregaria no lugar de “vertiginosa” para dar ênfase à ideia de velocidade? Se precisar. O que significa impele o navio? Tente deduzir pelo texto. O que havia de mais perigoso no trajeto de Lucas? 3. Assinale a alternativa que mostra que o enredo encaminha a história para o final. Justifique.. A aventura vivida por Lucas é real ou imaginária.Passo 5: Ampliar o repertório dos alunos com mais narrativas de aventura. O que aconteceu com o navio? 3. 6. A) Manuscritos encontrados numa garrafa Interpretação textual 1.. depois que a baleia se afastou do seu barco? 7) Explique: “. (A) Lucas é uma aventura que salva o mundo de terríveis monstros (B) Lucas vive uma aventura espacial .. 2) Qual foi o espetáculo que impressionou o navegador? 3) O que seria “ Uma noite de ardentia”? 4) O que ele quer dizer com “. estamos mergulhando loucamente nas garras de um redemoinho. (C) Lucas não vive nenhuma aventura... Qual é o nome do herói vivido por Lucas e como ele chama o seu veiculo de transporte? 5. Assinale a alternativa que melhor resume e aventura vivida por Lucas. passei a noite pensando nos míseros dez milímetros de madeira que me separavam dos dentes de tão ásperos visitantes”. (D) Lucas foge da Terra para o planeta mais distante do sol. Como o autor descreve o local desta aventura? 2.” Nesse trecho. (D) Chegueiiiiiiiiiiiiii ! Estou a salvo. recorra ao dicionário..” a) Qual era o carinho? b) Quem era a amiga? 5) Por que ele ficou tenso? 6) Ele conseguiu dormir. caso contrário recorra ao dicionário. 4.. 5. 6. (B) E agora.

(1) skate (3) Casa (2) Lucas (4) Centro comercial ( ) nave-mãe ( ) comboio. bem como os elementos presentes na narrativa. melhorando-a. desenvolvimento (como acontece a história). Percebendo quais elementos faltaram. Relacione elementos fantasiosos aos elementos reais. porém. Esta atividade serve de avaliação para verificar como cada criança se apropria do gênero depois de todas as histórias lidas. perceba se avançaram na escrita. Preencha o quadro de acordo com o texto Fato que deu origem à Problemas enfrentados Momento de maior aventura pela personagem perigo (5) Casinha do cachorro (6) Rugidos monstruosos Desfecho Passo 5: Organização e sistematização do conhecimento: estudo detalhado dos elementos do gênero. As aventuras são narradas. Características das Narrativas de Aventura São narrativas marcadas pela presença de um herói que se lança ao desconhecido e ao perigo. suas situações de produção e circulação Passo 6: Reescrita em duplas: Pedir que as crianças reescrevam em duplas uma das histórias lidas. o que poderia ser melhor escrito etc. use de parâmetro para esta comparação a primeira reescrita individual. Passo 9: Fazer a escrita de criação quando o gênero permitir. Os cenários dessas aventuras podem variar. são sempre lugares que favorecem fortes emoções e em que o herói coloca sua vida em risco em nome de um bem coletivo maior. Passo 8: Fazer a revisão textual individual. se não aconteceu isso. . por exemplo. Como são histórias maiores precisarão de ajuda do colega. É importante lembrar que nesta reescrita alguns elementos da história devem estar presentes.abastecedor ( ) prancha cósmica ( ) superjaula do monstro ( ) latidos ( ) skatista metalizado 8. O professor poderá montar na lousa um roteiro como. no presente do indicativo ou no pretérito perfeito. Existe um objetivo a ser alcançado e na busca dessa realização surgem situações de perigosas e desafiadoras. desfecho (como terminou a história). Faça o levantamento dos pontos mais relevantes que deve continuar trabalhando para que todos possam alcançar o objetivo que é se apropriar o gênero: narrativas de aventura. predominantemente. Introdução (local. personagens o que estavam fazendo primeiramente). o foco nesta atividade é verificar a sequencia de acontecimentos. porém não podemos exigir que a criança se lembre exatamente da história. Passo 7: Fazer a reescrita individual de uma das histórias lidas.(E) Depressa quanto é? 7.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful