Você está na página 1de 10

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN

Faculdade de Ciências Exatas e Naturais – FANAT


Departamento de Física – DFIS
Curso: Licenciatura em Física

Ellen Mileide Amorim Costa

Relatório
Estágio em Ensino de Física III

Mossoró/RN
2021
Ellen Mileide Amorim Costa
Relatório de Estágio de Ensino de Física III
do Curso de Licenciatura em Física da
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
– Campus Central, sob orientação do
Professor Dr. Carlos Antonio Lopez Ruiz .
O Estágio foi realizado na instituição
Centro de Educação Integrada Professor Eliseu Viana
no semestre letivo 2021.1
da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).
1. Introdução

Este relatório foi redigido pela discente Ellen Mileide Amorim Costa, com o objetivo de
descrever e informar acerca do estágio obrigatório e supervisionado em ensino de Física durante o
semestre 2021.1. A professora supervisora foi Maria Veras de Lima Rafael, que é professora no
Centro de Educação Integrada Professor Eliseu Viana (CEIPEV), mesma instituição na qual foi
realizado o estágio de maneira remota.
As turmas em que as aulas foram ministradas tinham 40 alunos matriculados (cada) e eram
turmas de 3ª série do ensino médio, denominadas como 3º C e D.

2. Descrição

2.1 Conteúdo das Aulas Ministradas

Tabela 1 – Conteúdo das Aulas Ministradas

Número da Aula Data Conteúdo


Propriedades magnéticas da
matéria; ímãs e bússolas;
aplicação do ensino de
magnetismo nas diferentes
culturas e literaturas; objetos
1 13/08/21 que os ímãs são capazes de
atrair; o processo de imantação;
relação dos ímãs com as
bússolas; domínios magnéticos;
ímãs permanentes e
temporários;
O magnetismo e o planeta
Terra; Introdução das ideias dos
2 20/08/21 conceitos de campo elétrico e
campo magnético; Experimento
do PhET: “O ímã e a bússola”;
Campo elétrico; Campo
magnético; Experimento de
3 27/08/21 Oesterd; Ideia de Eletroímã;
O campo magnético da Terra;
Eletroscópio eletrônico;
Linhas de campo;
Força magnética; Regra da mão
4 03/09/21 esquerda; Módulo da Força
Magnética; Força Magnética
em Nível Microscópico;
Cinturão de Van Allen;
Motores Elétricos; Motor
5 10/09/21 elétrico didático; Geradores;
Geradores simples: dínamo e
alternador; Centrais Elétricos;
Como a eletricidade é
transmitida até as nossas
casas?; O Efeito Joule; Alta
6 17/09/21 tensão da eletricidade;
Explicação da equação:
Potência de Gerador;
Eletricidade no Brasil; História
da Eletricidade no Brasil; Rede
de transmissão local;
Ondas eletromagnéticas; Luz:
partícula ou onda?; Ondas
eletromagnéticas nas
telecomunicações;
Características das ondas
7 24/09/21 eletromagnéticas; O espectro
eletromagnético; Interação da
luz com a matéria; Absorção,
reflexão e refração da luz;
Dispersão da luz; Polarização
da luz;

2.2 Sequências Didáticas

AULA 1

• Tema: Propriedades Magnéticas da Matéria;

• Conteúdos: Ímãs e bússolas; aplicação do ensino de magnetismo nas diferentes culturas e


literaturas; objetos que os ímãs são capazes de atrair; o processo de imantação; relação dos
ímãs com as bússolas; domínios magnéticos; ímãs permanentes e temporários;

• Habilidades (BNCC):

- (EM13CNT101) Analisar e representar, com ou sem o uso de dispositivos e de aplicativos


digitais específicos, as transformações e conservações em sistemas que envolvam
quantidade de matéria, de energia e de movimento para realizar previsões sobre seus
comportamentos em situações cotidianas e em processos produtivos que priorizem o
desenvolvimento sustentável, o uso consciente dos recursos naturais e a preservação da vida
em todas as suas formas;

- (EM13CNT103) Utilizar o conhecimento sobre as radiações e suas origens para avaliar as


potencialidades e os riscos de sua aplicação em equipamentos de uso cotidiano, na saúde, no
ambiente, na indústria, na agricultura e na geração de energia elétrica;

- (EM13CNT104) Avaliar os benefícios e os riscos à saúde e ao ambiente, considerando a


composição, a toxicidade e a reatividade de diferentes materiais e produtos, como também o
nível de exposição a eles, posicionando-se criticamente e propondo soluções individuais
e/ou coletivas para seus usos e descartes responsáveis;
• Tempo de duração: 1h;

• Descrição da aula: Logo no início da aula, foi feita uma reflexão acerca da imagem do início
do capítulo do livro, que serviu para relacionar a atração dos corpos e introduzir a ideia do
que seria o Magnetismo para os alunos. Depois, foi mostrado a presença do Magnetismo
também em manifestações culturais, usando o exemplo do super herói pertencente aos X-
Man, chamado de Magneto. Então, chegamos na parte onde falamos sobre o que seria o ímã
e as formas que ele pode ser (natural ou artificial); Foi feito o questionamento sobre o que
os alunos achavam sobre um ímã se quebrar, e esse foi mais um momento onde eles
puderam participar e dar opiniões, juntamente com as explicações que eles possuem de
acordo com seu conhecimento prévio. A partir disso, introduzimos, juntos, a ideia dos polos
de um ímã, onde vemos os ímãs no nosso cotidiano, também sobre o processo de imantação
e onde ele se aplica, a relação do ímã com a bússola e a relação da eletricidade com o
magnetismo. Então discutiu-se sobre os domínios magnéticos, se era possível desmagnetizar
um ímã (outro momento onde os alunos participaram novamente dando opiniões sobre o que
eles achavam) e, para finalizar, foram feitas três questões a nível de ENEM, onde, foram
selecionados alunos para realizar a resolução destas questões. Um desses alunos era Roberto
e o outro João Victor Silva. Foi passada uma atividade para casa da página 72 do livro
didático, que falava sobre o Magnetismo e o Planeta Terra.

AULA 2

• Tema: O magnetismo e o planeta Terra;

• Conteúdos: Introdução das ideias dos conceitos de campo elétrico e campo magnético;
Experimento do PhET: “O ímã e a bússola”;

• Habilidades (BNCC):

- (EM13CNT101) Analisar e representar, com ou sem o uso de dispositivos e de aplicativos


digitais específicos, as transformações e conservações em sistemas que envolvam
quantidade de matéria, de energia e de movimento para realizar previsões sobre seus
comportamentos em situações cotidianas e em processos produtivos que priorizem o
desenvolvimento sustentável, o uso consciente dos recursos naturais e a preservação da vida
em todas as suas formas;

- (EM13CNT103) Utilizar o conhecimento sobre as radiações e suas origens para avaliar as


potencialidades e os riscos de sua aplicação em equipamentos de uso cotidiano, na saúde, no
ambiente, na indústria, na agricultura e na geração de energia elétrica;

- (EM13CNT104) Avaliar os benefícios e os riscos à saúde e ao ambiente, considerando a


composição, a toxicidade e a reatividade de diferentes materiais e produtos, como também o
nível de exposição a eles, posicionando-se criticamente e propondo soluções individuais
e/ou coletivas para seus usos e descartes responsáveis;

• Tempo de duração: 1h;

• Descrição da aula: Os primeiros minutos da aula foram utilizados para discutirmos sobre a
atividade para casa. Os alunos tiveram oportunidade de tirar dúvidas e explanarem o que foi
entendido por eles. Além disso, foram respondidas algumas perguntas que os alunos fizeram
sobre os ímãs, como: “Por que, na presença de um ímã, a TV fica fora do ar?” e “Um ímã
funcionaria normalmente no vácuo?”. Após isso, foi feita a introdução no capítulo sobre
Campo Elétrico. Falou-se sobre o conceito de campo e os 3 tipos de campo existentes na
Física, além das características de um campo de interação. Então, houve a oportunidade dos
alunos falarem o que acham sobre a seguinte pergunta que foi feita: “Já parou pra pensar
onde está o campo gravitacional da Terra?” e também “Qual a fonte do campo gravitacional
da Terra?”. Então, foi apresentado para os alunos a forma de representar, vetorialmente, o
campo gravitacional e a equação utilizada para se calcular, onde também foi inserido o
conceito de força gravitacional. Deu-se sequência introduzindo o conceito de campo
elétrico, a sua definição matemática e resolvemos questões.
A atividade para casa foi um experimento realizado no simulador PhET, denominado “A
bússola e a Terra”, onde, foi aplicado um questionário acerca do experimento. Alguns alunos
tiveram dificuldade por conta de só portarem celular e não conseguirem acessar o link ou
não carregar quando abriram. Então, eu fiz novamente (quando estava compartilhando a
tela) e a partir disso, eles conseguiram responder a análise experimental.

AULA 3

• Tema: Campo elétrico e magnético;

• Conteúdos: Campo Elétrico; Campo Magnético; Experimento de Oesterd; Ideia de


Eletroímã; O campo magnético da Terra; Eletroscópio eletrônico; Linhas de campo;

• Habilidades (BNCC):

- (EM13CNT101) Analisar e representar, com ou sem o uso de dispositivos e de aplicativos


digitais específicos, as transformações e conservações em sistemas que envolvam
quantidade de matéria, de energia e de movimento para realizar previsões sobre seus
comportamentos em situações cotidianas e em processos produtivos que priorizem o
desenvolvimento sustentável, o uso consciente dos recursos naturais e a preservação da vida
em todas as suas formas;

- (EM13CNT103) Utilizar o conhecimento sobre as radiações e suas origens para avaliar as


potencialidades e os riscos de sua aplicação em equipamentos de uso cotidiano, na saúde, no
ambiente, na indústria, na agricultura e na geração de energia elétrica;

- (EM13CNT104) Avaliar os benefícios e os riscos à saúde e ao ambiente, considerando a


composição, a toxicidade e a reatividade de diferentes materiais e produtos, como também o
nível de exposição a eles, posicionando-se criticamente e propondo soluções individuais
e/ou coletivas para seus usos e descartes responsáveis;

• Tempo de duração: 1h;

• Descrição da aula: Nesta aula, o primeiro conceito a ser debatido acerca da quantificação do
Campo Elétrico, a representação de Linhas de Força, a direção e o sentido do vetor campo
elétrico. Então, introduziu-se a ideia sobre Experimento de Oesterd, em seguida a Lei de
Ampère e em seguida, Campo Magnético, Indução Magnética, o Experimento de Faraday, a
Regra da mão direita, Campo Magnético Terrestre;

AULA 4

• Tema: Força Magnética;


• Conteúdos: Força magnética; Regra da mão esquerda; Módulo da Força Magnética; Força
Magnética em Nível Microscópico; Cinturão de Van Allen;

• Habilidades (BNCC):

- (EM13CNT101) Analisar e representar, com ou sem o uso de dispositivos e de aplicativos


digitais específicos, as transformações e conservações em sistemas que envolvam
quantidade de matéria, de energia e de movimento para realizar previsões sobre seus
comportamentos em situações cotidianas e em processos produtivos que priorizem o
desenvolvimento sustentável, o uso consciente dos recursos naturais e a preservação da vida
em todas as suas formas;

- (EM13CNT103) Utilizar o conhecimento sobre as radiações e suas origens para avaliar as


potencialidades e os riscos de sua aplicação em equipamentos de uso cotidiano, na saúde, no
ambiente, na indústria, na agricultura e na geração de energia elétrica;

- (EM13CNT104) Avaliar os benefícios e os riscos à saúde e ao ambiente, considerando a


composição, a toxicidade e a reatividade de diferentes materiais e produtos, como também o
nível de exposição a eles, posicionando-se criticamente e propondo soluções individuais
e/ou coletivas para seus usos e descartes responsáveis;

• Tempo de duração: 1h;

• Descrição da aula: Os temas Blindagem Eletrostática e a Gaiola de Faraday, ficaram


pendentes na aula 3, pois não deu tempo comentar, então, a aula 4 foi iniciada com essas
discussões. Em seguida, iniciou-se a ideia de força magnética, associando-a com as
tecnologias atuais, que se baseiam em eletricidade e magnetismo. Também foi feita a
definição matemática de força magnética e as regras: da mão direita, da mão esquerda e a
regra do tapa e quais são cada uma das suas determinações. Após isso, discutiu-se sobre a
formação dos Cinturões de Van Allen (como aplicação dos auroras boreais e como são
formadas).

AULA 5

• Tema: Motores e Geradores;

• Conteúdos: Motores Elétricos; Motor elétrico didático; Geradores; Geradores simples:


dínamo e alternador; Centrais Elétricos;

• Habilidades (BNCC):

- (EM13CNT101) Analisar e representar, com ou sem o uso de dispositivos e de aplicativos


digitais específicos, as transformações e conservações em sistemas que envolvam
quantidade de matéria, de energia e de movimento para realizar previsões sobre seus
comportamentos em situações cotidianas e em processos produtivos que priorizem o
desenvolvimento sustentável, o uso consciente dos recursos naturais e a preservação da vida
em todas as suas formas;
- (EM13CNT103) Utilizar o conhecimento sobre as radiações e suas origens para avaliar as
potencialidades e os riscos de sua aplicação em equipamentos de uso cotidiano, na saúde, no
ambiente, na indústria, na agricultura e na geração de energia elétrica;

- (EM13CNT104) Avaliar os benefícios e os riscos à saúde e ao ambiente, considerando a


composição, a toxicidade e a reatividade de diferentes materiais e produtos, como também o
nível de exposição a eles, posicionando-se criticamente e propondo soluções individuais
e/ou coletivas para seus usos e descartes responsáveis;

• Tempo de duração: 1h;

• Descrição da aula: Nesta aula, discutiu-se acerca dos motores e geradores. Não foi possível
adiantar muito, por conta de alguns empecilhos, como por exemplo os alunos usando o
horário da aula para consultar a profª Veras sobre as notas das provas, o que consumia
20/25min da aula. Foi o dia mais complicado de todos para se ministrar a aula. Além de que,
o computador começou a dar problema, travando e não foi possível compartilhar o slide.
Então, discutiu-se a atividade passada, eles disseram o que eles leram e encontraram acerca
das pesquisas históricas sobre as instalações das usinas elétricas do Brasil. Depois, o
computador retornou e foi possível transmitir o slide pelo computador, mas aí, houve outra
interrupção: o pai de uma aluna começou a falar com Veras, reclamando que a nota da filha
estava baixa e ela estava chorando, isso tomou mais uns 15 minutos de discussão. Quando
ele saiu da chamada, só restaram 5 minutos, de modo que não deu pra concluir tudo o que
foi planejado. Desta forma, como aconteceram muitas coisas que atrapalharam o decorrer da
aula, o conteúdo atrasou.

AULA 6

• Tema: Energia Elétrica

• Conteúdos: Como a eletricidade é transmitida até as nossas casas?; O Efeito Joule; Alta
tensão da eletricidade; Explicação da equação: Potência de Gerador; Eletricidade no Brasil;
História da Eletricidade no Brasil; Rede de transmissão local;

• Habilidades (BNCC):

- (EM13CNT101) Analisar e representar, com ou sem o uso de dispositivos e de aplicativos


digitais específicos, as transformações e conservações em sistemas que envolvam
quantidade de matéria, de energia e de movimento para realizar previsões sobre seus
comportamentos em situações cotidianas e em processos produtivos que priorizem o
desenvolvimento sustentável, o uso consciente dos recursos naturais e a preservação da vida
em todas as suas formas;

- (EM13CNT103) Utilizar o conhecimento sobre as radiações e suas origens para avaliar as


potencialidades e os riscos de sua aplicação em equipamentos de uso cotidiano, na saúde, no
ambiente, na indústria, na agricultura e na geração de energia elétrica;

- (EM13CNT104) Avaliar os benefícios e os riscos à saúde e ao ambiente, considerando a


composição, a toxicidade e a reatividade de diferentes materiais e produtos, como também o
nível de exposição a eles, posicionando-se criticamente e propondo soluções individuais
e/ou coletivas para seus usos e descartes responsáveis;
• Tempo de duração: 1h;

• Descrição da aula: Nesta aula, discutimos sobre a transformação da energia elétrica e a rede
doméstica. Depois, foi explicado acerca da estrutura e o funcionamento do transformador,
um pouco da história do primeiro transformador, construído por Joseph Henry. Em seguida,
foi falado sobre o caminho da energia elétrica até a rede doméstica. E então, foi feito o
questionamento: “Já perceberam que alguns materiais esquentam quando conectados na
tomada?”, para poder introduzir a ideia do Efeito Joule, as utilidades do Efeito Joule, o
porquê da eletricidade ser transmitida em alta tensão para falar de potência dissipada, fios e
cabos condutores. Em seguida, foi comentado acerca das Centrais Elétricas, que são
baseadas no princípio de indução eletromagnética. Também foi falado sobre as Usinas de
transição e o tipo de usina mais usada no Brasil, enaltecendo como ocorre a transformação
de energia potencial gravitacional das águas em energia elétrica.

AULA 7

• Tema: Ondas eletromagnéticas;

• Conteúdos: Luz: partícula ou onda?; Ondas eletromagnéticas nas telecomunicações;


Características das ondas eletromagnéticas; O espectro eletromagnético; Interação da luz
com a matéria; Absorção, reflexão e refração da luz; Dispersão da luz; Polarização da luz;

• Habilidades (BNCC):

- (EM13CNT101) Analisar e representar, com ou sem o uso de dispositivos e de aplicativos


digitais específicos, as transformações e conservações em sistemas que envolvam
quantidade de matéria, de energia e de movimento para realizar previsões sobre seus
comportamentos em situações cotidianas e em processos produtivos que priorizem o
desenvolvimento sustentável, o uso consciente dos recursos naturais e a preservação da vida
em todas as suas formas;

- (EM13CNT103) Utilizar o conhecimento sobre as radiações e suas origens para avaliar as


potencialidades e os riscos de sua aplicação em equipamentos de uso cotidiano, na saúde, no
ambiente, na indústria, na agricultura e na geração de energia elétrica;

- (EM13CNT104) Avaliar os benefícios e os riscos à saúde e ao ambiente, considerando a


composição, a toxicidade e a reatividade de diferentes materiais e produtos, como também o
nível de exposição a eles, posicionando-se criticamente e propondo soluções individuais
e/ou coletivas para seus usos e descartes responsáveis;

• Tempo de duração: 1h;

• Descrição da aula: Nesta aula, inciou-se o conteúdo de ondas eletromagnéticas, onde, a


primeira discussão foi acerca da dualidade da luz (partícula ou onda?), e então, foi definido
o conceito de onda eletromagnética, as características das ondas eletromagnéticas, o
espectro eletromagnético, podendo definir em visível, para poder definir os tipos de ondas
eletromagnéticas do espectro visível, que são definidas por diferentes frequências e
comprimentos de ondas, que são Raios X, Raios Gama, Raios UV, a luz, etc. Depois, falou-
se sobre os fenômenos de absorção, reflexão e refração das ondas, bem como a luz se
dispersa e, por fim, as anomalias visuais relacionadas à percepção das cores, como, por
exemplo, a mais conhecida, que é o daltonismo. Foi feito também o teste de daltonismo
através de uma imagem, no qual, os alunos participaram.

3. Recursos Didáticos

• Os recursos didáticos para promoção das aulas foram apresentação de slides por meio do
LibreOffice Impress e também o uso do livro didático (Física em Contextos 3);

4. Metodologia

A metodologia utilizada foi basicamente expor o conteúdo e sempre dar espaço para as
perguntas, para, desta maneira, os alunos ficarem envolvidos e participarem das discussões. Além
disso, sempre foi importante associar o conteúdo que estava sendo dado com o cotidiano dos
alunos, falando sempre em aplicabilidades, de modo que eles veriam a Física no dia a dia a partir
daquilo que foi estudado, como forma, também, de estar preparando-os para o Exame Nacional do
Ensino Médio (ENEM).
A principal estratégia foi trazer a Física em meios culturais, como filmes, personagens
fictícios, etc, porque são coisas que os alunos gostam e, associando a estes, tornaria a aula mais
interessante. Tudo isso compartilhado por meio de slides, vídeos, trechos de HQ’s e simuladores
virtuais para tornar mais interessante para os alunos, já que o estágio foi de maneira 100% remota.
As principais dificuldades encontradas na implementação das aulas foram os pontos que já
foram citados anteriormente na discrição de algumas aulas, como: problemas técnicos na plataforma
Google Meet, ou de rede ou de funcionamento do computador, assim como o uso do tempo da aula
para discussões que desviavam o foco das aulas por parte dos alunos e também a falta de interesse
dos alunos, mesmo com todos os recursos e estratégias, muitos ainda ficam em silêncio por
vergonha ou preguiça.
Sobre o acompanhamento da realização do estágio pelos professores supervisores da escola
e da universidade, foram extremamente positivos, de modo que os professores estiveram sempre
dispostos a auxiliar, dar sugestões e tirar dúvidas da estagiária, o que resultou em pontos
progressistas.

III. Conclusões

O estágio supervisionado em Ensino de Física foi essencial para que eu pudesse entender
melhor e aperfeiçoar minha visão da sala de aula, que é o ambiente onde pretendo atuar quando
formada. Aprendi em vários aspectos, inclusive a lidar com situações inesperadas, a trabalhar sob
pressão (já que o ritmo de trabalho era intenso pois sempre temos que conciliar com as disciplinas
que pagamos na universidade) e também como decisões que tinham que ser tomadas rapidamente.
Pude aprender o quão é importante a sala de aula, principalmente porque atuei como
professora, pois é uma experiência que só se consegue na prática e é importante para fixação de
conteúdos, assim como as dúvidas dos alunos, que nos motiva a sempre estar pesquisando mais e
mais.

Você também pode gostar