Você está na página 1de 10

2.

Na palavra e na Eucaristia, que atualizam a


salvaçã o, os cristã os buscam a energia, para dar
testemunho ao irmã o.
3. É missã o da igreja no mundo a mensagem de
vida anunciar. E a serviço do Reino de Cristo, a
bondade de Deus proclamar.
4. Cada bispo unido ao Papa é da Igreja o guia e
Hoje pela manhã, nas igrejas catedrais, é celebrada pastor. Que a Palavra de Deus leva aos homens, e
a Missa, com a Consagração do Óleo do Crisma, e a do povo é fiel servidor.
Bênção do Óleo dos Catecúmenos e o Óleo dos
Enfermos. O clero, reunido com seu bispo, recorda 2. SEJAMOS UM
a instituição do sacerdócio ministerial por Jesus, Ir. Miria Kolling
antes de sua Paixão, e renovam, as Promessas Sejamos um para que o mundo creia, sejamos
Sacerdotais. Nesta Liturgia, vamos celebrar com um para que que o mundo creia, sejamos um
profunda fé e gratidão, todos esses mistérios irmãos, sejamos um irmãs, e o mundo há de
celebrativos, no espírito de unidade e fraternidade. crer. (Bis)
1. Assim como Jesus está no pai, como também o
MISSA DO SANTO CRISMA Pai está no Filho sejamos nó s perfeitos na
unidade e o mundo reconheça o amor de Deus.
I – RITOS INICIAIS 2. O novo mandamento eis o sinal amarmos uns
aos outros como irmã os é nisto que seremos
* REFRÃOS ORANTES PARA AMBIENTE conhecidos sua igreja seu rebanho-comunhã o.
3. O corpo e uma só fé um só batismo um só
1. Louvarei a Deus, seu nome bendizendo. espirito uma só esperança um só senhor um é pai
Louvarei a Deus, é vida nos conduz! de todos ninguém nada nos vai no separar.
4. Em Cristo-Corpo somos os seus membros, nó s
2. O nosso olhar se dirige a Jesus. O nosso olhar se todos batizados no espírito com dons diversos
mantém no Senhor! (2x). graças diferentes é a igreja edificada no amor.

3. Aquele que vos chamou. Aquele que vos 3. O SENHOR EM ESPÍRITO POUSA
chamou é fiel, é fiel. Fiel é aquele que vos chamou. Pe. Ney Brasil
O Senhor em Espírito pousa e consagra para a
I – RITOS INICIAIS nobre missão de levar a seu povo oprimido a
mensagem da libertação.
Animador: Irmãos e irmãs, estando próximos de 1. Um canto novo ao Senhor, ó terra todas, cantai!
celebrar os mistérios centrais da nossa Salvação, Louvai seu nome bendito, diariamente aclamai!
toda a comunidade arquidiocesana se reúne hoje, Sua gló ria, seus grandes feitos, aos povos todos
junto com todo o clero, para a bênção dos Santos contai.
Óleos. A solene liturgia desta manhã é uma 2. Ele é o maior dos senhores: merece nosso
singular ação de graças a Deus, da parte de todos louvor; e mais do que aos deuses todos nó s lhe
nós, pelo dom dos sacerdotes em nossas devemos temor. Os outros deuses sã o nada, ele é
comunidades. Neste espírito de unidade iniciemos do céu criador.
a nossa celebração. 3. Sabei que o Senhor é rei e traz justiça a esta
terra. Alegrem-se o mar e os peixes e tudo o que o
* CÂNTICOS DE ABERTURA mundo encerra: os campos plantas, montanhas e
as arvores da floresta.
1. A IGREJA PRESENTE 4. Ele é o Senhor do universo e faz justiça a seu
Ir. Miria Kolling povo. Aos povos há de julgar, reinando no mundo
1. A Igreja se torna presente e acontece nas todo. Por isso a ele cantai, ó terras, um canto
comunidades que celebram a fraternidade, novo!
reunidas no amor e na oraçã o.
Jesus Cristo firmou a Igreja, no seu Sangue Bispo: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito
Redentor. E hoje quer que no mundo ela seja Santo!
um sinal de seu amor. (Bis) Todos: Amém!

1♫
Bispo: Irmã os eleitos segundo a presciência de 1. GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS
Deus Pai, pela santificaçã o do Espírito Santo para Eleandro Telles
obedecer a Jesus Cristo e participar da Bênçã o da Glória a Deus nas alturas e paz na terra, aos
aspersã o do Seu Sangue, Graça e paz vos sejam homens por ele amados. E paz na terra, aos
concedidas abundantemente! homens por ele amados (Bis).
Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no 1. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus pai todo
amor de Cristo! poderoso, nó s vos louvamos, vos bendizemos, vos
adoramos, nó s vos glorificamos, vos damos
* ATO PENITENCIAL graças, por vossa imensa gló ria.
2. Senhor Cristo Jesus, unigênito Filho, Senhor
Bispo: O Senhor Jesus Cristo, que nos convida à Deus, Cordeiro de Deus, filho de Deus Pai. Vó s que
Mesa da Palavra e da Eucaristia, nos chama a tirais o pecado do mundo, tende piedade de nó s.
conversã o. Reconheçamos ser pecadores e Vó s que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa
invoquemos com confiança a Misericó rdia do sú plica, vó s que estais à direita do Pai, tende
nosso Bom Deus! piedade, tende piedade de nó s!
3. Só vó s sois Santo, só vó s, Senhor, só vó s
1. SENHOR, SERVO DE DEUS Altíssimo, Cristo Jesus com o Santo Espírito na
1. Senhor, servo de Deus, que libertastes a nossa gló ria de Deus Pai. Amém, amém, amém, amém!
vida, tende piedade de nó s!
Senhor tende piedade de nós! 2. GLÓRIA! ANJOS NO CÉU
2. Ó Cristo, nosso irmã o, que conheceis nossa André Zamur
fraqueza, tende piedade de nó s! Glória, glória! Anjos no céu cantam todos, seu
Cristo tende piedade de nós! amor! E na terra, homens de paz: Deus merece
3. Senhor, Filho de Deus, que vos tornastes o louvor!
obediente, tende piedade de nó s! 1. Deus e Pai, nó s vos louvamos, adoramos,
Senhor tende piedade de nós! bendizemos; damos gló ria ao vosso nome, vossos
dons agradecemos.
2. SENHOR QUE FAZEIS 2. Senhor nosso, Jesus Cristo, Unigênito do Pai,
1. Senhor, que fazeis passar da morte para a vida vó s, de Deus, Cordeiro Santo, nossas culpas
quem ouve a vossa palavra, tende piedade de nó s. perdoai!
Senhor, tende piedade de nós. (Bis) 3. Vó s que estais junto do Pai, como nosso
2. Cristo, que quisestes ser levantado da terra intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei
para atrair-nos a vó s, tende piedade de nó s. nosso clamor!
Ó Cristo, tende piedade de nós. (Bis) 4. Vó s somente sois o Santo, o Altíssimo, o
3. Senhor, que nos submeteis ao julgamento da Senhor, com o Espírito Divino, de Deus Pai no
vossa cruz, tende piedade de nó s. esplendor!
Senhor, tende piedade de nós. (Bis) 3. GLÓRIA, GLÓRIA, GLÓRIA A DEUS
3. SENHOR QUE DEIXASTES Adenor Leonardo Terra
1. Senhor que deixastes ferir, do teu sangue vem a Glória, glória, glória a Deus, nas alturas e na
paz, aqui estou, perdoa-me. terra paz aos homens. (bis)
Kyrie eleison, kyrie eleison kyrie eleison 1. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo
2. Ó Cristo, elevado na cruz, és amigo do pecador, poderoso nó s vos louvamos nó s vos bendizemos
aqui estou, perdoa-me. nó s vos adoramos nó s vos glorificamos.
Christe eleison, Christe eleison Christe eleison. 2. Nó s vos damos graças por vossa imensa gló ria.
3. Senhor, da morte vencedor, verdadeiro Filho Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus
de Deus, aqui estou, perdoa-me. Cordeiro de Deus Filho de Deus Pai.
Kyrie eleison, kyrie eleison kyrie eleison. 3. Vó s que tirais o pecado do mundo tende
piedade de nó s vó s que tirais o pecado do mundo
Bispo: Deus todo-poderoso tenha compaixã o de acolhei a nossa sú plica.
nó s, perdoe os nossos pecados e nos conduza a 4. Vó s que estais à direita do Pai tende piedade de
vida eterna! nó s. Só vó s sois o Santo, só vó s o Senhor só vó s o
Todos: Amém! Altíssimo Jesus Cristo com o Espírito Santo, na
gló ria de Deus Pai.
* HINO DE LOUVOR

♫2
Bispo: Oremos (Pausa): Ó Deus, que ungistes o Leitura do Livro do Apocalipse de Sã o Joã o.
Vosso Filho ú nico com o Espírito Santo e O A vó s graça e paz da parte de Jesus Cristo, a
fizestes Cristo e Senhor, concedei que, testemunha fiel, o primeiro a ressuscitar dentre
participando da Sua consagraçã o, sejamos no os mortos, o soberano dos reis da terra. A Jesus,
mundo testemunhas da Redençã o que Ele nos que nos ama, que por seu sangue nos libertou dos
trouxe. Por nosso Senhor, Jesus Cristo, Vosso nossos pecados e que fez de nó s um reino,
Filho, na unidade do Espírito Santo. sacerdotes para seu Deus e Pai, a Ele a gló ria e o
Todos: Amém! poder, em eternidade. Amém. Olhai! Ele vem com
as nuvens, e todos os olhos o verã o - também
II – LITURGIA DA PALAVRA aqueles que o traspassaram. Todas as tribos da
Animador: Irmãos, Cristo confiou aos sacerdotes a terra baterã o no peito por causa d’Ele. Sim.
tarefa de anunciar a Sua Palavra e a Verdade que Amém! 'Eu sou o Alfa e o Ô mega', diz o Senhor
liberta. Ouçamos com reverência as leituras. Deus, 'aquele que é, que era e que vem, o Todo-
poderoso'.
Primeira Leitura: Is 61,1-3a.6a.8b-9 Palavra do Senhor!
Leitura do Livro do Profeta Isaías. Todos: Graças a Deus!
O Espírito do Senhor Deus está sobre Mim,
porque o Senhor me ungiu; enviou-Me para dar a * ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
boa-nova aos humildes, curar as feridas da alma,
pregar a redençã o para os cativos e a liberdade 1. GLÓRIA E LOUVOR
para os que estã o presos; para proclamar o Glória e louvor, a vós, ó Cristo!
tempo da graça do Senhor e o dia da vingança do O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele
nosso Deus; para consolar todos os que choram, me ungiu com a unçã o para anunciar a Boa-nova
para reservar e dar aos que sofrem por Siã o uma aos pobres.
coroa, em vez de cinza, o ó leo da alegria, em vez
da afliçã o. Vó s sois os sacerdotes do Senhor, 2. LOUVOR E HONRA
chamados 'ministros de nosso Deus'. Eu os Louvor e honra a vós, Senhor Jesus, Senhor
recompensarei por suas obras segundo a Jesus.
verdade, e farei com eles uma aliança perpétua. O Espírito do Senhor sobre mim fez a sua unçã o,
Sua descendência será conhecida entre as naçõ es, enviou-me aos empobrecidos a fazer feliz
e seus filhos se fixarã o no meio dos povos; quem proclamaçã o!
os vir há de reconhecê-los como descendentes
abençoados por Deus! 3. JESUS CRISTO
Jesus Cristo, sois bendito o ungido de Deus Pai.
Palavra do Senhor! (Bis)
Todos: Graças a Deus! O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele
me consagrou com a unçã o para anunciar a Boa-
Salmo Responsorial - (Sl 88/89) nova, proclamar a libertaçã o.
Melodia: Irmã Miria Kolling Evangelho: Lc 4,16-21

Senhor, eu cantarei eternamente o Vosso amor. Diácono: O Senhor esteja convosco!


Todos: Ele está no meio de nó s!
1. Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor, e o Diácono: Proclamaçã o do Evangelho de Jesus
ungi, para ser rei, com meu ó leo consagrado. Cristo segundo Lucas!
Estará sempre com ele minha mã o onipotente, e Todos: Gló ria a Vó s Senhor!
meu braço poderoso há de ser a sua força.
2. Minha verdade e meu amor estarã o sempre Naquele tempo: Jesus veio à cidade de Nazaré,
com ele, sua força e seu poder por meu nome onde se tinha criado. Conforme seu costume,
crescerã o. entrou na sinagoga no sá bado, e levantou-se para
Ele, entã o, me invocará : Ó Senhor, vó s sois meu fazer a leitura. Deram-lhe o livro do profeta
Pai, sois meu Deus, sois meu Rochedo onde Isaías. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem
encontro a Salvaçã o! em que está escrito: 'O Espírito do Senhor está
sobre mim, porque Ele me consagrou com a
Segunda Leitura: Ap 1,5-8 unçã o para anunciar a Boa Nova aos pobres;

3♫
enviou-me para proclamar a libertaçã o aos fraqueza e cada dia realize melhor entre vó s a
cativos e aos cegos a recuperaçã o da vista; para imagem viva do Cristo Sacerdote, Bom Pastor,
libertar os oprimidos e para proclamar um ano da Mestre e Servo de todos.
graça do Senhor.' Depois fechou o livro, entregou- Todos: Cristo, ouvi-nos. Cristo, atendei-nos.
o ao ajudante, e sentou-se. Todos os que estavam
na sinagoga tinham os olhos fixos n’Ele. Entã o Bispo: Deus nos guarde a todos em sua caridade,
começou a dizer-lhes: 'Hoje se cumpriu esta e nos conduza, pastores e ovelhas, à vida eterna.
passagem da Escritura que acabastes de ouvir.' Todos: Amém.

Palavra da Salvação! (Não se diz o Creio. Omite-se a oração dos fiéis).


Todos: Gló ria a Vó s Senhor!
III – BÊNÇÃO DOS ÓLEOS E
(Em silêncio o povo recebe a Bênção com o Livro CONSAGRAÇÃO DO CRISMA
dos Santos Evangelhos)
ACOLHEI, Ó REDENTOR
* HOMILIA Pe. Ney Brasil
Acolhei, ó Redentor, nossos hinos de louvor!
* RENOVAÇÃO DAS PROMESSAS SACERDOTAIS 1. O ó leo a ser consagrado desceu do trono
fecundo; por nó s vai ser ofertado a Quem salvou
Terminada a homilia, o Bispo dirige-se aos esse mundo!
presbíteros com estas palavras: 2. Quem na fraqueza se abisma seja em vigor
restaurado graças à unçã o desse crisma que o faz
Bispo: Filhos caríssimos, celebrando cada ano o do Cristo soldado!
dia em que o Senhor Jesus comunicou o seu 3. Quem no Batismo lavado a fronte ao crisma
sacerdó cio aos Apó stolos e a nó s, quereis renovar oferece, já pela Graça habitado, com sete dons se
as promessas que um dia fizestes perante o vosso enriquece!
Bispo e o povo de Deus? 4. Do Pai à Virgem descido, de novo ao Pai
Padres: Quero! regressais, e ao amigo entã o prometido, à s nossas
almas mandais.
Bispo: Quereis unir-vos e conformar-vos mais 5. Seja festivo esse dia, dele se faça memó ria: Ó leo
estreitamente ao Senhor Jesus, renunciando a vó s de santa alegria já nos promete a vitó ria!
mesmos e confirmando os compromissos do
sagrado ministério que, levados pelo Amor do Diácono: EIS O Ó LEO DOS ENFERMOS!
Cristo, assumistes com alegria em relaçã o à Todos: Demos graças a Deus!
Igreja, no dia da vossa ordenaçã o sacerdotal? Diácono: EIS O Ó LEO DOS CATECÚ MENOS!
Padres: Quero! Todos: Demos graças a Deus!
Diácono: EIS O Ó LEO PARA O SANTO CRISMA!
Bispo: Quereis ser fiéis distribuidores dos Todos: Demos graças a Deus!
mistérios de Deus, pela missã o de ensinar, pela
Sagrada Eucaristia e demais celebraçõ es *BÊNÇÃO DO ÓLEO DOS ENFERMOS
litú rgicas, seguindo o Cristo, Cabeça e Pastor, nã o Animador: Com o Óleo dos Enfermos os sacerdotes
levados pela ambiçã o dos bens materiais, mas ungem os doentes, dando-lhes o alívio no momento
apenas pelo amor aos seres humanos? do sofrimento.
Padres: Quero!
Bispo: Ó Deus, Pai de toda consolaçã o, que pelo
Bispo: E vó s, caríssimos filhos e filhas, rezai pelos Vosso Filho quisestes curar os males dos
vossos presbíteros, para que o Senhor derrame enfermos, atendei à oraçã o de nossa fé: enviai do
profusamente os seus dons sobre eles e, como céu o Vosso Espírito Santo Pará clito sobre este
fiéis ministros do Cristo, Sumo Sacerdote, vos ó leo generoso, que por Vossa bondade a oliveira
conduzam À quele que é a fonte da salvaçã o. nos fornece para alívio do corpo, a fim de que
Todos: Cristo, ouvi-nos. Cristo, atendei-nos. pela Vossa santa + bênçã o seja para todos que
com ele forem ungidos proteçã o do corpo, da
Bispo: E orai também por mim, para que eu seja alma e do espírito, libertando-os de toda dor, toda
fiel à missã o apostó lica confiada à minha fraqueza e enfermidade. Dignai-vos abençoar

♫4
para nó s, ó Pai, o Vosso ó leo santo, em nome de esta unçã o de ó leo nos traz à s nossas faces a
nosso Senhor Jesus Cristo, que convosco vive e serenidade e a alegria. Também mandastes que
reina na unidade do Espírito Santo. vosso servo Moisés, pela infusã o deste ó leo,
Todos: Amém! constituísse sacerdote seu irmã o Aarã o, já
purificado pela á gua. E a tudo isso se acrescenta
*BÊNÇÃO DO ÓLEO DOS CATECÚMENOS honra ainda mais alta quando nosso Senhor Jesus
Animador: Com o Óleo dos Catecúmenos os Cristo, vosso Filho, exigindo que Joã o o batizasse
sacerdotes ungem aqueles que serão batizados, nas á guas do Jordã o, e sendo-lhe enviado o
para que possam assumir com coragem a filiação Espírito Santo sob a forma de uma pomba,
divina. proclamastes pelo testemunho de uma voz que
em vosso Filho Unigênito estava todo o vosso
Bispo: Ó Deus, força e proteçã o de Vosso povo, amor e claramente confirmastes ser ele por
que fizestes do ó leo, Vossa criatura, um sinal de excelência o Ungido com o ó leo de alegria,
fortaleza: dignai-vos abençoar + este ó leo, e anunciado pelo profeta Davi.
concedei o dom da força aos catecú menos que Todos os concelebrantes estendem a mão direita
com ele forem ungidos; para que, recebendo a em direção ao crisma até o fim da oração, em
sabedoria e virtude divinas, compreendam mais silêncio.
profundamente o Evangelho do Vosso Cristo, Por isso, nó s vos suplicamos, ó Pai, que
sejam generosos no cumprimento dos deveres santifiqueis este ó leo com a vossa + bênçã o.
cristã os e, dignos da adoçã o filial, alegrem-se por Infundi-lhe a força do Espírito Santo, pelo poder
terem renascido e viverem em Vossa Igreja. Por de vosso Cristo, que deu o seu nome ao santo
Cristo, nosso Senhor. crisma, com o qual ungistes vossos sacerdotes e
Todos: Amém! reis, vossos profetas e má rtires. Fazei que este
ó leo do crisma seja sacramento de perfeita
*CONSAGRAÇÃO DO CRISMA salvaçã o e vida para os que vã o ser renovados nas
Animador. O Óleo do Crisma consagra para a á guas do Batismo. Santificados por essa unçã o, e
missão de testemunhas e ministros de Jesus Cristo. sanada a corrupçã o original, tornem-se templo da
O bispo derrama os perfumes no óleo e confecciona vossa gló ria e manifestem a integridade de uma
o crisma em silêncio, a não ser que já tenha sido vida santa. Segundo disposiçã o da vossa vontade,
preparado. Em seguida, convida a assembleia a cumulados da honra de reis, sacerdotes de
rezar. Acompanhemos. profetas, revistam-se de um dom incorruptível.
Bispo: Meus irmã os e minhas irmã s, roguemos a Para os que renascerem da á gua do Espírito, seja
Deus Pai todo–poderoso que abençoe e santifique crisma de salvaçã o, fazendo-os participantes da
este crisma para que recebam uma unçã o interior vida eterna e herdeiros da gló ria celeste. Por
e tornem-se dignos da divina redençã o os que Cristo, nosso Senhor.
forem ungidos em suas frontes. Todos: Amém!
O bispo, se for oportuno, sopra sobre o vaso do
crisma e diz, de braços abertos, uma das orações Outra esta oração, à escolha do bispo:
de consagração: Bispo: Ó Deus, autor dos sacramentos e
Bispo: Ó Deus, autor de todo crescimento e todo dispensador da vida, damos graças à inefá vel
progresso espiritual, recebei com bondade a bondade, pois prefigurastes na antiga aliança o
homenagem que a Igreja, pela nossa voz, vem mistério do ó leo santificador, e, ao chegar a
prestar-vos com alegria. Fizestes no princípio que plenitude dos tempos, quisestes manifestá -lo de
a terra produzisse á rvores frutíferas, e entre elas modo especial em vosso Filho amado. Pois,
a oliveira, cujos frutos fornecem este ó leo tã o rico quando o vosso Filho, Senhor nosso, salvou os
com que se prepara o santo crisma. E Davi, homens pelo mistério pascal, encheu o Espírito
antevendo com espírito profético os sacramentos Santo a vossa Igreja e enriqueceu-a
da vossa graça, cantou a nossa alegria ao sermos maravilhosamente de dons celestes, para que por
ungidos pelo ó leo. Nas á guas do dilú vio, ao serem meio dela se completasse no mundo a obra da
lavados os pecados do mundo, uma pomba salvaçã o. Por este sagrado mistério do crisma,
anunciou a paz restituída à terra, trazendo um distribuís aos homens as riquezas da vossa graça,
ramo de oliveira, imagem do futuro dom, que a fim de que vossos filhos e filhas, renascidos da
agora se manifesta claramente, pois, apagada á gua do Batismo sejam confirmados pela unçã o
toda mancha de culpa pelas á guas do Batismo, do Espírito e, semelhantes entã o ao vosso Cristo,

5♫
participem de sua missã o de profeta, sacerdote e Pe. Frei Luiz Turra
rei. Eis que venho ó Pai, para fazer vossa vontade.
Todos os concelebrantes estendem a mão direita (bis)
em direção ao crisma até o fim da oração, em 1. Bem confiante esperei no Senhor, pois ele
silêncio. escutou e atendeu o meu brado.
Por isso, nó s vos pedimos, ó Pai, que pelo poder 2. Sacrifício nenhum satisfaz, mas vossa vontade
da vossa graça esta mistura de perfume e ó leo quereis que se faça.
seja para nó s um sinal da vossa + bênçã o. 3. Nã o fecheis os meus lá bios Senhor, jamais
Derramai profusamente em nossos irmã os e deixareis de anunciar a justiça.
irmã s, que receberem esta unçã o, os dons do 4. Proclamei sem cessar vosso amor, também
Espírito Santo. Fazei resplandecer de santidade proclamei vossa fidelidade.
os lugares e as coisas ungidos com este ó leo 5. Sou tã o fraco e tã o pobre Senhor, que venha de
sagrado. Fazei sobretudo que vossa Igreja cresça vó s proteçã o e auxilio.
pelo ministério deste ó leo, até atingir a medida de
plenitude em que, no fulgor da luz eterna, sereis Bispo: Orai irmã os e irmã s, para que o nosso
tudo para todos, com Cristo, no Espírito Santo, Sacrifício seja aceito e agradá vel por Deus Pai
pelos séculos dos séculos. Todo Poderoso!
Todos: Amém! Todos: Receba o Senhor por Tuas mã os este
Sacrifício, para a gló ria do Seu nome, para o nosso
IV – LITURGIA EUCARÍSTICA em e de toda a Santa Igreja!

* PREPARAÇÃO DAS OFERENDAS Bispo: Nó s Vos pedimos, ó Deus, que a força


deste Sacrifício destrua em nó s o homem velho,
1. BENDITO ÉS TU renove nossa vida e nos traga a Salvaçã o. Por
Frei José Moacyr Cristo, nosso Senhor.
1. Bendito és tu, ó Deus criador, revestes o mundo Todos: Amém!
da mais fina flor; restauras o fraco que a ti se
confia. E junto aos irmã os, em paz, o envias. Prefácio: O Sacerdócio de Cristo e o Ministério
Ó, Deus do universo, és Pai e Senhor, por tua Sacerdotal
bondade recebe o louvor! (bis)
2. Bendito és tu, ó Deus Criador, por quem Bispo: O Senhor esteja convosco!
aprendeu o gesto de amor: colher a fartura e ter a Todos: Ele está no meio de nó s!
beleza. De ser a partilha dos frutos na mesa! Bispo: Coraçõ es ao alto!
3. Bendito és tu, ó Deus criador, fecundas a terra Todos: O nosso coraçã o está em Deus!
com vida e amor! a quem aguardava um canto de Bispo: Demos graças ao Senhor nosso Deus!
festa. A mesa promete eterna seresta! Todos: É nosso dever e nossa salvaçã o!

2. ESTE SACRIFÍCIO Bispo: Na verdade, é justo e necessá rio, é nosso


Pe. Luiz Henrique Elói e Silva dever e salvaçã o dar-vos graças, sempre e em
Este sacrifício de Louvor, aceitai, Senhor. Este todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e
sacrifício de Louvor, aceitai, Senhor. todo-poderoso. Pela unçã o do Espírito Santo,
1. Que poderei retribuir ao Senhor Deus, por tudo constituístes Vosso Filho unigênito Pontífice da
aquilo que ele fez em meu favor, que ele fez em nova e eterna Aliança. E estabelecestes que Seu
meu favor. ú nico Sacerdó cio se perpetuasse na Igreja. Por
2. Elevo o cá lice da minha salvaçã o, invocando o isso, Vosso Filho, Jesus Cristo, enriqueceu a Igreja
nome santo do Senhor, o nome santo do Senhor. com um Sacerdó cio real. E, com bondade fraterna,
3. Vou cumprir minhas promessas ao Senhor escolhe homens que, pela imposiçã o das mã os,
Deus, na presença do seu povo reunido, do seu participem do seu Ministério Sagrado. Em nome
povo reunido. de Cristo, estes renovam para nó s o Sacrifício da
4. Por isso oferto um sacrifício de louvor, Redençã o humana, servindo aos fiéis o banquete
invocando o santo nome do Senhor, o santo nome da Pá scoa. Presidindo o povo na caridade, eles o
do Senhor. alimentam com vossa Palavra e o restauram com
Vossos sacramentos. Dando a vida por Vó s e pela
3. EIS QUE VENHO salvaçã o de todos, procuram assemelhar-se cada

♫6
vez mais ao pró prio Cristo, testemunhando, TOMAI TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO
constantes, a fidelidade e o amor para Convosco. MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA
Por essa razã o, com os anjos do Céu e com as ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E
mulheres e os homens da terra, unidos a todas as POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS.
criaturas, proclamamos, jubilosos, a vossa gló ria, FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.
cantando a uma só voz: Celebrante: Eis o mistério da fé!
Todos: Salvador do mundo salvai-nos, vós que
* SANTO, SANTO, SANTO nos libertastes pela cruz e ressurreição.
1. SANTO
Ir. Miria Kolling Celebrante: Celebrando, pois, a memó ria da
1. Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! morte e ressurreiçã o do vosso Filho, nó s vos
O céu e a terra proclamam, proclamam a vossa oferecemos, ó Pai, o pã o da vida e o cá lice da
gló ria. O Santo, o Justo, o verdadeiro Deus! salvaçã o e vos agradecemos porque nos tornastes
Hosana, hosana, hosana nas alturas! (Bis) dignos de estar aqui na vossa presença e vos
2. Bendito o que vem em nome do Senhor! servir.
Bendito o que vem em nome do Senhor! O Santo, Todos: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!
o Justo, o Verdadeiro Deus!
Celebrante: E nó s vos suplicamos que,
2. SANTO participando do Corpo e Sangue de Cristo,
Marco Frisina sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só
Santo, santo, santo, Senhor, Deus do universo, os corpo.
céus e a terra proclamam a vossa gló ria. Hosana Todos: Fazei de nós um só corpo e um só
nas alturas (bis)! Bendito o que vem em nome do espírito!
Senhor! Hosana nas alturas! Hosana nas alturas
(bis). Celebrante: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja
que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela
3. SANTO cresça na caridade, com o papa..., com o nosso
Pe. Ney Brasil bispo... e todos os ministros do vosso povo.
Santo, Santo, Santo sois o Senhor. Santo, Santo, Todos: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!
Santo sois o Senhor, nosso Deus.
1. Senhor Deus do universo, o céu e a terra Celebrante: Lembrai-vos também dos nossos
proclamam vossa gló ria, hosana nas alturas. irmã os e irmã s que morreram na esperança da
2. Bendito o que vem em nome do Senhor. ressurreiçã o e de todos os que partiram desta
Hosana nas alturas, hosana nas alturas. vida: acolhei-os junto a vó s na luz da vossa face.
Todos: Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!
* ORAÇÃO EUCARÍSTICA II
Celebrante: Enfim, nó s Vos pedimos, tende
Celebrante: Na verdade, ó Pai, vó s sois santo e piedade de todos nó s e dai-nos participar da vida
fonte de toda santidade. Santificai, pois, estas eterna, com a Virgem Maria, Mã e de Deus, com os
oferendas, derramando sobre elas o vosso Santos Apó stolos, com Sã o José, Sã o Miguel e
Espírito, a fim de que se tornem para nó s o Corpo todos os que neste mundo Vos serviram a fim de
e o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor Vos louvarmos e glorificarmos por Jesus Cristo,
nosso. Vosso Filho.
Todos: Santificai nossa oferenda, ó Senhor! Todos: Concedei-nos o convívio dos eleitos!

Celebrante: Estando para ser entregue e Celebrante: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a
abraçando livremente a paixã o, ele tomou o pã o, vó s, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do
deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, Espírito Santo, toda a honra e toda a gló ria, agora
dizendo: e para sempre.
TOMAI TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO Todos: Amém.
QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.
Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o * RITO DA COMUNHÃO
cá lice em suas mã os, deu graças novamente, e o
deu a seus discípulos, dizendo:

7♫
Bispo: Obedientes à palavra do Salvador e 1. NA EUCARISTIA
formados por Seu divino ensinamento, ousamos Ir. Miria Kolling
dizer: 1. É na Eucaristia que nó s renovamos nossa vida,
Todos: Pai nosso, que estais nos Céus, santificado nosso compromisso de ser luz e sal de Deus.
seja o Vosso Nome; venha a nó s o Vosso Reino; Somos na Igreja o sacramento do Reino
seja feita a Vossa vontade assim na terra como no celestial de união, de amor, na vivência plena e
Céu. O pã o nosso de cada dia nos dai hoje; total da mesma vida do Senhor.
perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nó s 2. Nã o se faz Igreja sem Eucaristia: força para o
perdoamos a quem nos tem ofendido; e nã o nos nosso testemunho é o Senhor, o altar, a cruz.
deixeis cair em tentaçã o; mas livrai-nos do mal. 3. Por Deus consagrados em favor dos homens,
somos enviados para a todos anunciar a salvaçã o.
Bispo: Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai- 4.Em comunidade, somos para o mundo o sinal
nos hoje a Vossa paz. Ajudados pela Vossa do Reino e dos valores que aqui constroem o céu.
misericó rdia, sejamos sempre livres do pecado e 5. Para o Pai voltados, como Jesus Cristo, com o
protegidos de todos os perigos, enquanto, irmã o buscamos a justiça, o amor, o bem, a luz.
vivendo a esperança, aguardamos a vinda do 6. Deus se faz encontro, Deus se faz presença para
Cristo Salvador. prolongarmos o seu Corpo, a sua voz, num sim
Todos: Vosso é o reino, o poder e a gló ria para total.
sempre!
2. TUA IGREJA É
Bispo: Senhor Jesus Cristo, dissestes aos Vossos Ir. Miria Kolling
Apó stolos: “Eu vos deixo em paz, eu vos dou a Tua Igreja é um corpo, cada membro é
minha paz”. Nã o olheis os nossos pecados, mas a diferente; e há no Corpo, certamente, coração,
fé que anima Vossa Igreja; dai-lhe, segundo o ó meu Senhor. Dele nasce à caridade, dom
Vosso desejo, a paz e a unidade. Vó s, que sois maior, mais importante nele, enfim, achei
Deus, com o Pai e o Espírito Santo. radiante minha vocação: o amor!
Todos: Amém! 1. Que loucura nã o fizeste, vindo ao mundo nos
salvar! E depois que tu morreste, ficas vivo neste
Bispo: A paz do Senhor esteja sempre convosco! altar!
Todos: O amor de Cristo nos uniu! 2. Os teus santos compreenderam teu amor sem
Diácono: Irmã os e irmã s, ofertemos uns aos dimensã o; e loucuras cometeram, em sua pró pria
outros o dom da paz vocaçã o.
3. Sou pequeno, igual criança, cheio de limitaçõ es;
Todos: Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mas é grande minha esperança: sinto muitas
mundo, tende piedade de nó s! Cordeiro de Deus, vocaçõ es!
que tirais o pecado do mundo, tende piedade de 4. Quero ser um missioná rio até quando o sol der
nó s. Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do luz. Dá -me por itinerá rio toda terra, ó Jesus!
mundo, dai-nos a paz! 5. O martírio, eis meu sonho. Dar-te o sangue, de
uma vez! A mil mortes me disponho; sofrerei com
Bispo: Felizes os convidados para a Ceia do intrepidez!
Senhor! Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado 6. Tantas vocaçõ es sentindo, que martírio, meu
do mundo! Senhor. Alegrei-me, descobrindo, minha vocaçã o:
Todos: Senhor, eu nã o sou digno (a) de que o amor.
entreis em minha morada, mas dizei uma palavra 7. Sentimento é coisa vaga. Por meus atos
e serei salvo (a). provarei que o amor com amor se paga: toda cruz
abraçarei.
* CÂNTICOS DE COMUNHÃO
Animador: Amados, a Igreja é somente, um corpo, 3. O MEU CORPO E SANGUE
com membros diferentes; e há no Corpo, o coração, Adenor Leonardo Terra
do Senhor. Pois, dai, que nasce à caridade, o dom O meu Corpo e meu Sangue vos dou. O Pão vivo
mais importante. Onde nossa vocação se revela: maná da Aliança, a serviço da vida e do povo
vocação ao amor! Comunguemos o Senhor para que caminha na luz da esperança.
nos dar força na caminhada.

♫8
1. Irmã os agradecemos ao Senhor louvando
demos graças a seu nome. É ele que nos dá o pã o (O bispo segurando o báculo e abençoa a
do céu. Pã o vivo que sacia toda fome. assembleia)
2. É Ele que educa sua igreja guiando-a por Bispo: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai + e
caminhos sempre novos. E a cruz que é loucura Filho+ e Espírito + Santo!
para muitos, é sinal de amor e graça para os Todos: Amém!
povos.
3. É ele que perdoa nossas faltas e envolve-nos Diácono: Ide em paz e que o Senhor vos
em graça e compaixã o. Aos pobres e pequenos acompanhe!
deste mundo dedica especial predileçã o. Todos: Graças a Deus!
4. E chama a todos nó s, seu povo amado a sermos
educados na irmandade, fazendo a experiência * CÂNTICO FINAL
que liberta a vida construída na igualdade.
5. Senhor uni em Cristo o vosso povo, lembrai-vos 1. NÓS SOMOS O POVO DE DEUS
de que sois misericó rdia. Fazei-nos construir um Jocy Rodrigues
mundo novo na paz e na justiça e na concó rdia! 1. Nós somos o Povo de Deus, um povo que vai
caminhando, caminhando, caminhando. Na
* Oração pós-Comunhão estrada escura deste mundo somos a luz que vai
Bispo: Nó s Vos suplicamos, ó Deus todo– iluminando, iluminando, iluminando. Nossa
poderoso, que, renovados pelos Vossos lei está no Evangelho: é o amor, vivemos na
Sacramentos, possamos ser por toda parte o bom liberdade, liberdade. Queremos justiça e paz,
odor do Cristo. Que vive e reina para sempre! justiça e paz, somos filhos da verdade, da
Todos: Amém! verdade.
2. Busquemos o Reino de Deus, que é fonte de
V – RITOS FINAIS libertação, libertação, libertação. O Cristo vive em
nossa vida, dele esperamos nossa salvação, a
* ENTREGA DOS SANTOS ÓLEOS salvação, a salvação. 3. O Reino de Deus é dos
pobres, dos que trabalham pela paz, dos que
* BÊNÇÃO SOLENE trabalham pela paz. Dos que lutam pela justiça e
avançavam sempre, sem olhar pra trás, avançam
Bispo: O Senhor esteja convosco! sem olhar pra trás.
Todos: Ele está no meio de nó s!

Diácono: Inclinai-vos para receber a bênçã o. 2. DEIXA TUA TERRA, TEU MUNDO
Jorge Trevisol
Bispo: A nossa proteçã o está no nome do Senhor! 1. Deixa tua terra, teu mundo, preciso de ti! Vem,
Todos: Que fez o céu e a Terra! abandona tua casa, te quero falar abençoarei uma
Bispo: Bendito o que vem em nome do Senhor! grande naçã o vai logo profetizar! Eu preciso do
Todos: Agora e para sempre! teu amor!
Como é bonito, Senhor. Do meio do povo
Bispo: O Pai de misericó rdia, que vos deu um escutar tua voz! É muito lindo saber. Que
exemplo de amor na Paixã o do Seu Filho, vos sempre caminhas no meio de nós! (Bis)
conceda, pela vossa dedicaçã o a Deus e ao 2. Sei das angú stias do povo: ouvi teu clamor!
pró ximo, a Graça da Sua Bênçã o! Sabes, eu vou libertá -lo: preciso de ti! Vai
Todos: Amém! denunciar toda dor e opressã o. Vai que contigo
estarei, eu preciso do teu amor!
Bispo: O Cristo, cuja morte vos libertou da morte
eterna, conceda-vos receber o dom da Vida! 3. QUERO OUVIR TEU APELO
Todos: Amém! Ir. Miria Koling
1. Quero ouvir teu apelo, Senhor, ao teu chamado
Bispo: Tendo seguido a liçã o de humildade de amor responder. Na alegria te quero servir, e
deixada pelo Cristo, participeis igualmente de Sua anunciar o teu reino de amor.
Ressurreiçã o! E pelo mundo eu vou, cantando o teu amor,
Todos: Amém! pois disponível estou para servir-te, Senhor.

9♫
2. Dia a dia, tua graça me dá s. Nela se apoia o meu
caminhar. Se está s ao meu lado, Senhor, o que,
entã o, poderei eu temer.

♫ 10

Você também pode gostar