Você está na página 1de 5

Oficinas de escrita • Exposição

2
Manual Digital
Exposição
Quais são as características de uma exposição?

Porque é que o sangue é vermelho e não azul?


Talvez tenhas lido ou ouvido nalgum lado que os reis e as Estrutura:
rainhas têm sangue azul, mas não é verdade. Ninguém Título
tem sangue azul. Sempre foi vermelho.
Introdução: apresentação do
Se observares com atenção as veias nos teus braços,
assunto (a cor do sangue)
elas parecem conter sangue azul. Mas isto deve-se ao
 esenvolvimento:
D
facto de as tuas veias estarem muito próximas da superfície
justificação para a cor
da pele, e a pele só deixa passar certas cores da luz – é
vermelha do sangue
por isso que o sangue no interior delas parece ser azul
quando visto de fora. Mas, no interior das tuas veias, continua  onclusão: curiosidade
C
a ser vermelho. relacionada com o tema
O que é que confere a cor vermelha ao sangue? A cor
deve-se a uma importante substância química existente
Marcas linguísticas:
no sangue chamada hemoglobina, que transporta o oxi-
génio dos teus pulmões para todo o corpo, fornecendo- frases declarativas e
te montes de energia para te moveres. Embora a hemoglo- interrogativas
bina nunca seja azul, o facto é que pode mudar um pouco  redomínio da 3.ª pessoa e
p
de cor. do presente do indicativo
Porém, alguns animais têm de facto sangue azul. Sabes vocabulário técnico
quais são? Os polvos, as lulas, as lagostas, os chocos e os uso de conectores
caranguejos-ferradura.
Dr. Christian Jessen • médico e apresentador de programas de televisão
Grandes perguntas de gente miúda com respostas simples de gente
graúda, org. de Gemma Elwin Harris, Ed. Presença, 2013 (p. 9, adaptado)

Que passos seguir na redação de uma exposição?

1.º Escolhe o tema que vais abordar.


Por exemplo: Os desertos.

LAB7PICP © Porto Editora

27
2 Caderno do Professor

LAB7PICP © Porto Editora


2.º Regista algumas perguntas sobre o tema para orientar a recolha de informação. Elas são os tó-
picos a desenvolver no texto; por isso, apresenta-as numa ordem adequada. Por exemplo:

Tema Perguntas / Tópicos a desenvolver


a. O que é um deserto?
b. Todos os desertos são iguais?
c. Onde existem desertos?
Os desertos
d. Qual é o maior deserto do mundo?
e. Há vegetação e animais nos desertos? E pessoas?
f. Como é que os habitantes do deserto se protegem do calor?

Observação: Poderás começar por ler alguma informação sobre o tema e só então formular as

questões / os tópicos a que vais dar resposta no teu texto.

3.º Pesquisa (em livros e/ou na Internet) a informação de que precisas para responder às perguntas
formuladas. Procura a informação em mais do que um documento, confrontando-a.

in www.infopedia.pt (consult. em 25-05-2020) Atlas das espécies em perigo,


Ed. Campo das Letras, 2008 (p. 58)

Atenção: Anota as fontes consultadas para poderes indicá-las no final do texto.


28
Oficinas de escrita • Exposição

2
4.º Regista as respostas às perguntas anteriormente formuladas e, de seguida, resume-as por
palavras tuas. Este passo é muito importante, pois o teu texto não deve ser uma cópia da infor-
mação pesquisada.

Por exemplo:

Pergunta / Tópico Transcrição da informação Resumo por palavras próprias


“Muitas pessoas pensam nos desertos Há vários tipos de desertos: de areia,
como locais de areia, mas só um de rochas, de montanhas, de barro e
Todos os desertos são quinto dos desertos tem areia. Há lama, de sal.
iguais? também planícies rochosas,
montanhas, desertos de barro e lama,
e até mesmo desertos de sal.”

5.º Escreve o texto a partir da informação pesquisada. Podes estruturá-lo da seguinte forma:

Escolhe um título sugestivo.

Apresenta o assunto, no primeiro parágrafo.


Podes explicar a razão da tua escolha e porque consideras que tem interesse.

Algumas expressões para apresentar o assunto:


• Sabiam que… • Neste texto…• O meu objetivo é explicar… • Atualmente, fala-se muito
de… • Escolhi falar-vos de…

Apresenta a informação recolhida, distribuída por parágrafos. Expõe as ideias e explicações


de forma ordenada e clara, para que os leitores não se percam e as compreendam. Evita repe-
tições desnecessárias.

Consulta as páginas 272-273 do teu Manual para observares algumas palavras e expressões que
permitem relacionar as frases e os parágrafos e organizar a informação de um texto.

Escreve, eventualmente, um parágrafo final: encerra o assunto, reforçando uma ideia impor-
tante.

6.º Refere as fontes de informação, após o texto.



Por exemplo:
Fontes consultadas:
– Deserto, in www.infopedia.pt, Porto Editora (consult. em 25-05-2020)
LAB7PICP © Porto Editora

– Atlas das espécies em perigo, Ed. Campo das Letras, 2008, pág. 58
– Miranda Macquitty, Desertos, Ed. Verbo, 1998

29
2 Caderno do Professor

LAB7PICP © Porto Editora


7.º Avalia e aperfeiçoa o texto. Podes orientar-te pela seguinte grelha:

Exposição Sim Não

Comecei por apresentar o assunto a tratar.


Distribuí os tópicos a abordar por parágrafos.
Apresentei, para cada tópico, toda a informação necessária.
Apresentei factos, definições e exemplos.
Escolhi um título.
Usei um vocabulário preciso e evitei as opiniões pessoais.
Procurei substituir palavras e expressões repetidas.
Utilizei conectores para ligar as frases e parágrafos do texto.
Adequei a linguagem do texto ao público a que se destina.
Referi as fontes de informação.

Atividades
1. Para cativares os leitores, tenta que o primeiro parágrafo da tua exposição seja interessante.
Observa este exemplo, retirado de um texto sobre aves:

Existem em todas as regiões do planeta, do polo norte ao polo sul, das


montanhas às planícies, dos desertos às grandes cidades. Conquistaram a
terra, o céu e até as ondas do mar… São as aves, claro! E quando as vemos
planar bem alto, não podemos deixar de pensar…
Quem me dera voar também!
Maria Ana Peixe Dias, Inês T. do Rosário e Bernardo P. Carvalho,
Lá fora – Guia para descobrir a natureza, 4.ª ed., Ed. Planeta Tangerina, 2018 (p. 149)

1.1. Com um colega, redige o início de uma exposição sobre o tema mar e praia.

2. Na exposição de um tema, é fundamental que a informação surja bem organizada. É, pois, importante
que, na fase da planificação do texto, ordenes as perguntas / tópicos que vais desenvolver numa
sequência adequada.

30
2.1. As perguntas seguintes foram retiradas de um texto sobre répteis.
Oficinas de escrita • Exposição

2
Numera-as pela ordem que te pareça mais adequada.

Que estratégias de defesa utilizam?

Que espécies de répteis existem?

As cobras são más?

O que é um réptil?

Sabes o que é um herpetólogo?

O que comem? E quem os come?

3. Articula os parágrafos e frases do texto seguinte, escolhendo o conector adequado em cada caso.

O que são répteis?


ou seja
Chamam-lhes animais de “sangue frio”, se lhes
tocarmos, na primavera ou no verão, podem até estar bem quen-
tinhos. O que acontece é que os répteis são animais que têm por isso
uma temperatura do corpo que pode variar conforme a tempera-
tura exterior, , o calor não é criado pelo próprio mas
corpo (como acontece connosco), mas vem de fora.
Para perceberes melhor: antes de tomar o seu pequeno-almoço
isto é
um réptil precisa de se aquecer, senão não tem energia suficiente
para apanhar alimento. se veem tantas vezes lagar-
tixas ao sol! A estes animais, os biólogos chamam ectotérmicos. É por isso que
os anfíbios, os répteis passam a maior parte do
tempo em terra e não na água, o seu corpo precisa Em resumo
de escamas para não desidratar, , para não perder
demasiada água.
Ao contrário de
: um réptil é um animal de sangue frio com o
LAB7PICP © Porto Editora

corpo coberto de escamas e que quase sempre rasteja.


Maria Ana Peixe Dias, Inês T. do Rosário e Bernardo P. Carvalho,
Ob. cit. (p. 200, adaptado)

4. Redige uma exposição sobre os desertos. Segue as fases que atrás te apresentámos: planificação,
redação e avaliação / revisão.

31

Você também pode gostar