Você está na página 1de 9

AGENTE ADMINISTRATIVO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (PARTE 6)


PROCESSO DECISÓRIO
Prof. Petronio Castro
EMBASA - AGENTE ADMINISTRATIVO
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - PARTE 6

O inteiro teor desta apostila está sujeito à proteção de direitos autorais.


Copyright © 2017 Loja do Concurseiro. Todos os direitos reservados. O conteúdo
desta apostila não pode ser copiado de forma diferente da referência individual
comercial com todos os direitos autorais ou outras notas de propriedade retidas, e
depois, não pode ser reproduzido ou de outra forma distribuído. Exceto quando
expressamente autorizado, você não deve de outra forma copiar, mostrar, baixar,
distribuir, modificar, reproduzir, republicar ou retransmitir qualquer informação,
texto e/ou documentos contidos nesta apostila ou qualquer parte desta em
qualquer meio eletrônico ou em disco rígido, ou criar qualquer trabalho derivado
com base nessas imagens, texto ou documentos, sem o consentimento expresso
por escrito da Loja do Concurseiro.

Nenhum conteúdo aqui mencionado deve ser interpretado como a concessão


de licença ou direito de qualquer patente, direito autoral ou marca comercial da
Loja do Concurseiro.

2
EMBASA - AGENTE ADMINISTRATIVO
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - PARTE 6

1. Processo Decisório

CONHECIMENTOS O processo decisório é complexo e depende tanto das


características individuais do tomador de decisões
ESPECÍFICOS - PARTE 6 quanto da situação em que está envolvido e da maneira
como percebe a situação.

PROGRAMA:
7. Processo decisório.

7. PROCESSO DECISÓRIO

As organizações são bem ou mal-sucedidas em


decorrência das decisões que seus membros – O processo de tomada de decisão é constituído por seis
principalmente seus administradores – tomam em etapas sequenciais:
relação ao seu presente e ao seu futuro. A organização
é um sistema de decisões em que cada pessoa participa 1. Identificação da situação;
consciente e racionalmente, escolhendo e decidindo 2. Diagnóstico da situação;
entre alternativas mais ou menos racionais que se lhes
3. Desenvolvimento de alternativas;
apresentam pela frente, de acordo com sua
personalidade, motivações, atitudes e percepções. 4. Avaliação de alternativas;
A decisão é um processo de análise e escolha entre 5. Seleção e implementação;
várias alternativas disponíveis do curso de ação que a
6. Monitoração e feedback.
pessoa deverá seguir, ou seja, optar ou selecionar, entre
várias alternativas do curso de ação aquela que pareça Muitas vezes a etapa 6 é apenas o início de um novo
mais adequada. processo de tomada de decisão.

Existem alguns elementos comuns na tomada de


decisão, independente do nível hierárquico: 1. Identificação da situação: tudo começa com a
 Tomador de decisão identificação de uma oportunidade ou de um
problema.
 Objetivos
Oportunidade: situação pela qual a organização pode
 Sistema de preferência ou valores superar as metas estabelecidas;
 Estratégia Problema: ocorre quando o desempenho
 Situação organizacional não é satisfatório, colocando em risco a
capacidade da organização de alcançar seus objetivos.
 Resultado
 A identificação de uma situação nem sempre é
óbvia e depende muito da qualidade e
Assim, todo tomador de decisão está inserido em uma competência dos administradores;
situação/contexto, pretende alcançar objetivos, tem  As decisões dependem da correta identificação
preferências pessoais e segue estratégias. do problema ou oportunidade à qual pretende
O importante é que o processo decisório se assenta na responder;
racionalidade, ou seja, na adequação aos objetivos que  Apesar de ser uma etapa normalmente
se pretende alcançar. Assim, as decisões são adequadas desprezada por muitos administradores, a
ou não em relação aos objetivos pretendidos. identificação do problema ou oportunidade é

3
EMBASA - AGENTE ADMINISTRATIVO
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - PARTE 6

uma etapa CRUCIAL para eficácia do processo Dois cuidados nessa etapa:
decisório;
1) Resistir à tentação de aceitar a primeira opção
 É imprescindível que os administradores viável;
avaliem o progresso da organização e monitorar 2) Resistir à tentação de analisar a viabilidade de cada
as tendências do ambiente a seu redor. alternativa à medida que são propostas e
2. Análise e diagnóstico da situação: identificação dos desenvolvidas;
objetivos a alcançar e análise das causas que estão na - Ambos podem impedir a geração de outras
origem da situação. possibilidades de ação que sejam mais satisfatórias.
 Sem objetivos claros, é difícil pensar em - Uma boa técnica para essa etapa é o uso do
alternativas que permitam resolver os brainstorming ou ‘tempestade de ideias’.
problemas ou aproveitar as oportunidades;
-
 Eles possibilitam avaliar o que seria uma
solução eficaz par responder à situação; Brainstorming é o nome dado à uma técnica grupal –
ou individual – na qual são realizados exercícios mentais
 Antes de gerar alternativas para solução do com a finalidade de resolver problemas específicos.
problema ou aproveitar a oportunidade, é Popularizado pelo publicitário e escritor Alex Faickney
preciso analisar as causas subjacentes; Osborn, o termo no Brasil também é conhecido como
Questionamentos para um bom diagnóstico: ‘Tempestade de ideias’. Tal técnica vem sendo
considerada a espinha dorsal em muitas áreas, como a
1º) quais indícios demonstram a existência do
publicidade, o marketing, a Gestão de Processos, bem
problema?
como todas as ramificações da engenharia.
2º) o que pode ter contribuído para o surgimento do
problema?
3º) quais pessoas estão envolvidas? De que forma elas Caraterísticas das boas alternativas:
podem contribuir para solucionar a situação? 1) Devem ser abrangentes – representar um leque de
4º) como se pode medir a magnitude do problema ou opções variadas;
da oportunidade? 2) Devem ser genuínas – representar uma verdadeira
5º) qual a urgência da decisão? alternativa e não apenas uma opção fraca;

6º) a situação está isolada ou tem interconexões com 3) Devem ser exequíveis – possíveis de implementação
outros eventos? com recursos e capacidades da organização;
4) Devem ser numerosas – pra representar uma
escolha verdadeira, mas não excessivas, para não
3. Desenvolvimento de alternativas: geração de cursos dificultar sua avaliação e escolha.
alternativos de ação.
 As boas decisões emergem de um conjunto de
4. Avaliação de alternativas: avaliação e comparação
alternativas cabíveis e não de uma simples
dessas alternativas para permitir a seleção da melhor.
opção entre “sim” e “não”.
Começa com a identificação dos principais impactos de
 Nas decisões programadas, essa etapa é mais
cada alternativa:
simples e rápida, pois as alternativas já estão
previstas nas regras e procedimentos da 1. Impacto financeiro (custos e benefícios);
organização; 2. Benefícios (vantagens para a organização);
 As decisões complexas e não programadas 3. Ativos intangíveis (impacto no RH);
exigem a geração de diferentes alternativas,
especialmente quando existem prazos a 4. Tempo (demora, atrasos, adiamentos);
cumprir; 5. Recursos (capital, pessoas, tecnologia, etc.);
6. Risco (provável sucesso e fracasso de cada
alternativa).

4
EMBASA - AGENTE ADMINISTRATIVO
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - PARTE 6

5. Seleção e implementação da melhor alternativa:  Decisões Não Programadas (não estruturadas):


escolha da alternativa que melhor se adapte aos constituem novidades, são inéditas e tendem a
objetivos e valores da organização. ser tomadas dentro de regras improvisadas.
Não existem critérios claros, as alternativas são
 Assim que tiver sido escolhida a melhor
imprecisas e há incerteza se a solução proposta
alternativa ela deve ser implementada, sob
solucionará o problema.
risco de paralisia no processo decisório.
 A implementação é a transformação da decisão
em uma ação ou conjunto de ações que Quadro-Característica das decisões programadas e
possibilitem a realização dos objetivos ou a não-programadas
resolução do problema.
Decisões Programadas Decisões Não-
 As ações vão desde a alocação de recursos e a programadas
delegação de responsabilidade à definição de
 São computacionais e  Baseadas em
cronogramas e orçamentos, passando pela
rotineiras julgamentos
comunicação da decisão aos envolvidos.
 Dados adequados  Dados inadequados

6. Monitoração e feedback: monitorar a implementação  Dados repetitivos  Dados novos


e avaliar sua eficácia no alcance das metas  Condições estáticas  Condições dinâmicas
estabelecidas.
 Certeza  Incerteza
 Permite a coleta de informações e de feedback
sobre a decisão, o que possibilitará avaliar se  Baseadas em regras e  Baseadas em julgamento
uma nova decisão ou alguma retificação serão métodos já estabelecidos pessoal
necessárias. Geralmente as decisões não-programadas são tomadas
 O processo de tomada de decisão é contínuo e no nível intermediário das empresas, enquanto as
sempre implicará novos problemas e decisões programadas são remetidas no nível
oportunidades, que, por sua vez, precisarão de operacional.
novas decisões.

2. Tipos de Decisão 3. Condições para a Tomada de Decisão


A tomada de decisões surge sempre em reação a um As decisões podem ser tomadas dentro de quatro
problema. O problema ocorre quando existe alguma condições:
diferença entre o estado atual das coisas e o estado
desejável. O importante é entender que a existência de  Certeza: significa que todas as informações do
um problema ou a necessidade de uma decisão que o tomador de decisões necessita estão
depende basicamente da percepção de cada pessoa ou inteiramente disponíveis, e que ele tem
organização. completo conhecimento das várias alternativas
de curso de ações, pois dispõe de informações
As decisões organizacionais variam em complexidade, e precisas, mensuráveis e confiáveis sobre os
podem ser classificadas em dois grupos: resultados das alternativas que estão sendo
 Decisões Programadas (estruturadas): são consideradas.
tomadas, em situações repetitivas, de acordo  Risco: significa que uma decisão tem objetivo
com métodos e técnicas já estabelecidos. São bem-definido e dispõe de boas informações,
decisões estruturadas porque os critérios de porém os resultados futuros associados a cada
desempenho são claros, as informações são alternativa dependem do acaso.
adequadas e as alternativas são facilmente
especificadas, além de existir uma relativa  Incerteza: nessa situação, o tomador de
certeza de que a alternativa escolhida será decisões conhece as metas que deseja alcançar,
bem-sucedida. mas tem pouco ou nenhum conhecimento ou
informação para utilizar.

5
EMBASA - AGENTE ADMINISTRATIVO
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - PARTE 6

 Turbulência ou Ambigüidade: sob condições de  A chave é especificar com clareza as


certeza, risco e incerteza, o objetivo final é responsabilidades dos envolvidos.
claro. Porém, sobre condições de turbulência,
 Informação e clareza são essenciais.
até mesmo o objetivo pode não ser claro. A
turbulência também ocorre quando o ambiente
está mudando rapidamente. Representa a 5. Formas de Participação de Grupos na Tomada de
situação mais difícil de decisão. Decisão (DECISÕES EM GRUPOS)
A principal característica é a influência que cada pessoa
recebe das demais.
4. Quem deve tomas decisões? Nem sempre a decisão é democrática.
A discussão pode ser acalorada, mas no final de um
longa reunião, as pessoas podem concordar. não
porque achem que seja a melhor mas por estarem
cansadas demais para continuar.
Individualmente a pessoa pode tomar a decisão que
quiser. em grupo dificilmente isto acontece.
DECISÃO AUTOCRÁTICA
 Não precisam de discussão. informação ou As principais vantagens da tomada de decisão
acordo. participativa são:
 São momadas para acelerar o processo de  Perspectiva ampla de definição e análise do
resolver ptoblema. problema.
 Muitas são estratégicas ou de acionistas ou de  Obtenção de um conjunto maior de fatos e
oonteúdo estritamente técnico nas quais a alternativas, os quais ampliarão o
participação pode não trazer benefício algum. conhecimento facilitando a análise do
problema.
 Esclarecimento, através de discussão de
DESCISÃO COM PARTILHADA
problemas ambíguos, reduzindo a incerteza
 São tomadas por gerentes junto com a equipe. quanto às alternativas.
 Não podem ser impostas. precisam de  Estímulo à participação dos membros e apoio à
discussão. participação e aconselhamento por decisão.
parte das pessoas afetadas.
 Não signiñca que o tomador da decisão seja
Mas existem desvantagens, como:
forçado a concordar com os outros. Não é
aberto o direito de tomar a decisão final Esta  Consumo de tempo e desperdício de recursos,
regra deve ficar muito clara. para evitar se as técnicas forem utilizadas para decisões
conflitos. programadas.
 Redução de desacordos e diversidade de
opinião, que pode empobrecer a discussão.
DECISÃO DELEGADA
 Ausência de um foco claro na responsabilidade
 São tomadas pela equipe ou pessoa que
pela decisão.
recebeu poder para isto.
 Não precisam ser aprovadas ou revistas pela
administração.
 A pessoa ou grupo assume plena
responsabilidade pelas decisões.

6
EMBASA - AGENTE ADMINISTRATIVO
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - PARTE 6

6. O processo decisório e o sistema de informações QUESTÕES SOBRE PROCESSO DECISÓRIO


gerenciais (Sistemas Administrativos).
Os sistemas de administração elaborados por Likert
procuram descrever o perfil organizacional da
instituição, bem como desenvolver uma série de escalas 01. (CESPE - 2013 - CNJ - Analista Judiciário - Área
constituídas de indicadores como a tomada de decisão; Administrativa) Com referência a organização e
comunicação na organização; influência e interação processo decisório, julgue o próximo item.
entre seus membros; estabelecimento de metas e ainda Em uma organização, o processo decisório visa à
o desempenho da organização. resolução de problemas, mas não ao aproveitamento
Os sistemas de Administração das organizações são de oportunidades.
usados com o objetivo de tornar o processo decisório Certo - Errado
mais ágil e consistente, permeando toda a organização
e também o ambiente externo.
02. (FGV - 2009 - SEFAZ-RJ - Fiscal de Rendas)

Estilos de Liderança de Likert Em um processo decisório, uma oportunidade diz


respeito à(s) seguinte(s) fase(s):
- Sistema I - Autoritário Coercivo (coercitivo)
a) identificação da situação.
- Sistema II - Autoritário Benevolente
b) diagnóstico da situação.
- Sistema III - Consultivo
c) desenvolvimento de oportunidades.
- Sistema IV - Participativo
d) avaliação de alternativas.
e) seleção e implementação.
No quadro abaixo apresentam-se as principais
distinções entre cada um dos quatro sistemas
desenvolvidos por Likert, no que se refere ao tema
Processo Decisório.
03. (CESPE - 2012 - ANAC - Analista Administrativo -
Área 1) Julgue os itens subsequentes, que tratam da
Autoritário Autoritário Consultivo Participativo organização racional do processo decisório e do
Coercitivo Benevolente processo racional de solução de problemas.
O processo O processo É efetuada O processo Disponibilidade de informações, conhecimento do
está decisional consulta aos decisional é assunto, tempo existente e conflito de interesses são
totalmente está níveis totalmente fatores que afetam a decisão.
centralizado centralizado inferiores e é delegado e
na cúpula da na cúpula, permitida a descentralizado. Certo - Errado
organização, existindo delegação e A cúpula apenas
a qual apenas a define políticas e
monopoliza delegação de participação controla os
todas as decisões das pessoas. resultados.
04. (CESPE - 2011 - Correios - Analista de Correios -
decisões. simples e
rotineiras. Administrador)
A teoria da decisão é o conjunto de procedimentos e
métodos de análise que procuram assegurar a
coerência, a eficácia e a eficiência das decisões tomadas
em função das informaçõesdisponíveis, antevendo
cenários possíveis.
L.F.A. M. Gomes et al. Tomada de decisão gerencial:
enfoque multicritério. 3.ª ed. São Paulo: Atlas, 2009
(com adaptações)

7
EMBASA - AGENTE ADMINISTRATIVO
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - PARTE 6

Tendo o fragmento de texto acima como referência 07. (IADES - 2013 - EBSERH - Assistente Administrativo)
inicial, julgue os próximos itens, relativos ao processo O processo decisório envolve decisões programadas
decisório. e decisões não programadas. Sobre as decisões
programadas assinale a alternativa incorreta.
Os aspectos emocionais e afetivos influenciam o
processo decisório e restringem a capacidade a) Aplicam-se a situações que não têm precedentes.
racional dos indivíduos.
b) Ocorrem com frequência na organização.
Certo - Errado
c) São as mais fáceis de serem tomadas.
d) São mais fáceis de serem estruturadas em etapas.
e) São repetitivas.
05. (IADES - 2013 - EBSERH - Assistente Administrativo)
Administrar implica, na maioria das vezes, em fazer
escolhas: o quê?, quem?, como fazer? Sobre o 08. (CESPE - 2013 - CNJ - Analista Judiciário - Área
processo decisório, assinale a alternativa incorreta. Administrativa) Com referência a organização e
processo decisório, julgue os próximos itens.
a) O processo decisório é influenciado pelas
características pessoais de quem está tomando a As decisões do tipo não programadas ou descritivas
decisão. são aquelas preparadas uma a uma para tratar de
problemas que não foram resolvidos mediante a
b) O processo decisório pode ser estruturado em etapas
aplicação de soluções padronizadas.
que vai desde o diagnóstico da situação-problema, até a
implantação da alternativa escolhida. Certo - Errado
c) Diante das várias alternativas encontradas para a
solução da situação-problema, o administrador deve 09. (CONSULPLAN - 2010 - Prefeitura de Resende - RJ -
escolher a mais adequada para alcance dos objetivos. Administrador)
d) A decisão envolve escolha, o que implica dizer que, O processo decisório compreende a decisão
uma vez escolhida uma alternativa, deve-se abandonar propriamente dita. Decisão é uma escolha entre
as demais. possibilidades para solucionar problemas. Os
e) Não há racionalidade na escolha da alternativa mais principais tipos de decisões tomadas pelos gestores
adequada para alcance dos objetivos. são as decisões programadas e as decisões não
programadas. Em relação às decisões não
programadas, pode-se afirmar que:
a) Devem ser tomadas pelos consultores externos à
06. (FCC - 2010 - BAHIAGÁS - Analista de Processos organização quando solicitados.
Organizacionais - Administração) Nas organizações, as
b) Não é necessária a realização de um diagnóstico, a
decisões rotineiras e as decisões causadas por
criação de alternativas e a escolha de um curso de ação
variáveis diversas são denominadas,
considerado original.
respectivamente,
c) Dependem exclusivamente da reação dos liderados
a) contínuas e de informações gerenciais.
em relação ao superior, quando envolve o
b) de apoio a decisões e não-estruturadas. estabelecimento de um procedimento padrão.
c) estruturadas e de apoio a decisões. d) São tomadas para solucionar problemas que as
soluções padronizadas não são suficientes para
d) recorrentes e de informações gerenciais.
resolver.
e) estruturadas e não-estruturadas.
e) Devem ser tomadas por escalões de níveis mais
baixos na organização.

8
EMBASA - AGENTE ADMINISTRATIVO
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - PARTE 6

10. (ESAF - 2013 - MF - Analista Técnico - 13. (AOCP - 2012 - BRDE - Assistente Administrativo) O
Administrativo) Sobre as decisões, pode- se afirmar: sistema existente nas organizações que são usados
com o objetivo de tornar o processo decisório mais
( ) as decisões não programadas diferem-se das
ágil e consistente, permeando toda a organização e
programadas por se relacionarem com dados
também o ambiente externo, é denominado
novos ou inadequados.
a) sistema de objetivos e valores organizacionais.
( ) são condições de tomada de decisão a certeza,
o risco, a incerteza e a turbulência (ou b) sistema técnico de conhecimento e tecnologia.
ambiguidade).
c) sistema físico-social de clima e cultura organizacional.
( ) a condição em que o administrador tem
d) sistema de informações gerenciais.
objetivos bem definidos, dispõe de
informações, mas os resultados futuros são e) sistema aberto interna e externamente.
associados ao acaso é a incerteza.
a) C - C - E
b) C - E - C 14. (ESAF - 2012 - Receita Federal - Auditor Fiscal da
c) E - C - E Receita Federal) Entre as afirmativas sobre o processo
decisório, assinale a opção correta.
d) C - C - C
a) Em um sistema autoritário benevolente, o processo
e) E - E - E
de decisão é altamente descentralizado, com delegação
ampla de autoridade.
11. (CESPE - 2011 - EBC - Técnico - Administração) b) Em qualquer sistema de gestão, o processo decisório
julgue os itens seguintes, a respeito de noções de é controlado por políticas e diretrizes e pela delegação
administração e de procedimentos administrativos de autoridade.
e organizacionais.
c) Em um sistema participativo, o processo de decisão
envolve decisões tomadas sempre no nível operacional.
O processo decisório é composto por etapas que se d) Em um sistema consultivo, o processo de decisão é
iniciam com a identificação do problema ou participativo-consultivo e a decisão final acontece em
oportunidade, o diagnóstico, a geração de qualquer nível hierárquico.
alternativas, a escolha de uma alternativa e a
e) Em um sistema autoritário coercitivo, o processo de
avaliação da decisão. Ao deparar-se com um
decisão é altamente centralizado, sobrecarregando o
ambiente instável, imprevisível e sujeito a influências
nível institucional.
de diversos elementos, o administrador deve lançar
mão de decisões programadas, preestabelecidas e já
utilizadas anteriormente.
Certo - Errado

12. (CESPE - 2012 - ANAC - Analista Administrativo - GABARITO


Área 1) Julgue os itens subsequentes, que tratam da
organização racional do processo decisório e do QUESTÕES SOBRE PROCESSO DECISÓRIO
processo racional de solução de problemas. 01. E 04. C 07. A 10. A 13. D
Uma decisão autocrática poderá ser utilizada com 02. A 05. E 08. C 11. E 14. E
vistas à aceleração do processo decisório.
03. C 06. E 09. D 12. C
Certo - Errado

Você também pode gostar