Você está na página 1de 624

#EUFAÇOPARTE

#EUFAÇOPARTE
SEQUÊNCIA
#EUFAÇOPARTE
DIDÁTICA
#EUFAÇOPARTE
Caderno do professor

#EUFAÇOPARTE O

#EUFAÇOPARTE ANO

#EUFAÇOPARTE
#EUFAÇOPARTE
Matemática

#EUFAÇOPARTE
#EUFAÇOPARTE
#EUFAÇOPARTE
#EUFAÇOPARTE
Expediente
#EUFAÇOPARTE
#EUFAÇOPARTE
JOÃO AZEVEDO LINS FILHO
Governador do Estado da Paraíba

ANA LÍGIA COSTA FELICIANO


Vice-Governadora do Estado da Paraíba

#EUFAÇOPARTE
CLAUDIO BENEDITO SILVA FURTADO
Secretário de Estado da Educação e da Ciência e
Tecnologia

#EUFAÇOPARTE
GABRIEL DOS SANTOS SOUZA GOMES
Secretário Executivo de Gestão Pedagógica

ELIS REGINA NEVES BARREIRO


Secretária Executiva de Adm. de Suprimentos e

#EUFAÇOPARTE
Logística

RUBENS FREIRE RIBEIRO


Secretário Executivo da Ciência e Tecnologia

#EUFAÇOPARTE
VALMIR HERBERT BARBOSA GOMES
Coordenador Geral - INTEGRA EDUCAÇÃO PB

SÂMEA DAMÁSIO DA MOTA SILVA


Especialista em Gestão - INTEGRA EDUCAÇÃO PB

#EUFAÇOPARTE
ANA LÚCIA DE FREITAS OLIVEIRA
JULYENE DA SILVA COSTA BARROS
Especialistas Pedagógica - INTEGRA EDUCAÇÃO PB

#EUFAÇOPARTE
MANUELLA DE SOUZA HONÓRIO
Especialista em Protagonismo Infanto-juvenil -
INTEGRA EDUCAÇÃO PB

DARIO GOMES DO NASCIMENTO JUNIOR

#EUFAÇOPARTE
Especialista em Tecnologia da Informação -
INTEGRA EDUCAÇÃO PB

DENISE DA SILVA NASCIMENTO


NÍVIA MARIA RODRIGUES DOS SANTOS
Especialistas em Regime de Colaboração -
INTEGRA EDUCAÇÃO PB
#EUFAÇOPARTE
Equipe elaboradora
#EUFAÇOPARTE
#EUFAÇOPARTE
Ana Lúcia de Freitas Oliveira
Ariana Costa Silva
Elenice Helena de Souza Brito Silva

#EUFAÇOPARTE
Fabiana Vieira Barbosa
Isabella Hellen Estevão da Silva
Isabelle de Araújo Pires

#EUFAÇOPARTE
Jaciara Nitchelie Cantalice Marques
Jakson Gomes Cassimiro dos Santos
Jennifer Adrielle Trajano Lima

#EUFAÇOPARTE
Julyene da Silva Costa Barros
Kelyane Barboza de Abreu
Marcos Aurélio da Silva Sousa

#EUFAÇOPARTE
Nadirjane Medeiros Carneiro Nascimento
Patrícia Silva Rosas de Araújo
Ruana Raissa Vieira Pinheiro

#EUFAÇOPARTE
Sueleide Castro Fernandes
Suzy Kelly de Oliveira Gama

#EUFAÇOPARTE
Revisão
#EUFAÇOPARTE
Isabelle de Araújo Pires
Patrícia Silva Rosas de Araújo
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA
COMISSÃO EXECUTIVA DO INTEGRA EDUCAÇÃO PARAÍBA

NOTA TÉCNICA

Prezado/a professor,

Durante todo ano letivo de 2021 a Comissão do INTEGRA EDUCAÇÃO


PARAÍBA desenvolveu sequências didáticas interdisciplinares para
serem aplicadas do 1º ao 5º ano e servirem de material norteador para
a construção de outros materiais do professor em sua prática docente,
conforme orientações presentes nas Diretrizes Operacionais do
programa INTEGRA EDUCAÇÃO PARAÍBA. Todo o conjunto de atividades
ordenadas e articuladas estão de acordo com a Base Nacional
Comum Curricular (BNCC) e Proposta Curricular do Estado da Paraíba
para os anos iniciais do Ensino Fundamental, buscando garantir a
alfabetização na idade certa e ampliar as aprendizagens no ciclo
complementar.
O material passou por modificações ao longo do ano, com vistas
ao aperfeiçoamento qualitativo das atividades em função da
constante busca por uma aprendizagem significativa. Também,
entendemos que os contextos mudam e precisamos adaptar os
materiais, tornando-os mais práticos e diligentes. Por esse motivo, se
notará diferenciação na estrutura das SD em cada volume.
É importante dizer que as SD contemplam o ensino em três
perspectivas – remoto, híbrido, presencial. As atividades promovem
práticas dinâmicas para a aprendizagem ativa, presencial, assim como
propõem aplicativos, sites, vídeos, jogos, interação metaverso, leituras
diversas, tudo direcionado para cada espaço de aprendizagem
específico. Escolhemos uma estrutura que vai agregando os valores e
necessidades de cada momento. As nomenclaturas se modificam
“apontando para a direção do vento”, ora conectando saberes, ora
registrando saberes. No entanto, todo o material tem uma proposta
inovadora e visionária de educação com aprofundamento progressivo.

Nos volumes, você encontrará os seguintes elementos:


● Apresentação do tema considerando a interdisciplinaridade, do
objetivo geral e do processo de avaliação da sequência didática;
● Quadro com as Unidades Temáticas, as Práticas de Linguagens, as
Habilidades da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e os
Componentes Curriculares que serão trabalhados na sequência;
● Quadro com o desenvolvimento das aulas, contendo: número de
aulas, gênero textual (apenas na SD de Língua Portuguesa), objetivos de
aprendizagem e objetos de conhecimentos;
● Descrição e contextualização dos momentos (aulas), uma pequena
introdução do que será abordado na sequência didática;
● Bloco de habilidades por aulas: as habilidades que serão trabalhadas
nas aulas de modo específico.
● Em Língua Portuguesa, temos o bloco de habilidades por Prática de
Linguagem, seguindo a progressão do gênero textual, escopo precípuo
de cada aula: Leitura/escuta; Oralidade; Análise Linguística/Semiótica e
Escrita Autônoma/compartilhada;
● Em Matemática temos o bloco de habilidades alinhado às Unidades
Temáticas de Matemática e da interface interdisciplinar;
● Quadro “Para saber mais” com indicações complementares de
leituras e curiosidades sobre o tema tratado;
● Espelho de expectativa de resposta: as respostas das questões
propostas (atividades objetivas) e o que se espera que o estudante
desenvolva (para atividades subjetivas);
● Caderno do professor com as orientações para o desenvolvimento
das atividades;
● Caderno de atividade para os estudantes.

Por fim, professor, as atividades sugeridas podem ser adaptadas,


desde que seus objetivos sejam alcançados, pois as habilidades
propostas têm seus objetivos específicos que precisam ser
consolidados. No entanto, o professor tem autonomia para desenvolver
outras atividades, a fim de complementar ou ampliar os processos de
aprendizagens. Destarte, o material é inovador e pioneiro. Aproveite a
oportunidade!
M
M
aa
t
te
em
m
áá
t
ti
ic
ca
ANO
ANO a

SEQUÊNCIAS
SEQUÊNCIAS

DIDÁTICAS
DIDÁTICAS

Volume
Volume 1
1
5

Matemática
e Ciências
TEMA
Os números como ferramenta de
conscientização da preservação da água e
a importância da coleta seletiva.
OBJETIVO GERAL
Discutir acerca do consumo consciente da água assim como a importância da coleta
seletiva para a preservação do meio ambiente, a partir de imagens, textos e vídeos que
tratam desses conteúdos com foco na leitura, escrita e ordenação dos números naturais
e racionais.

PROCESSO DE AVALIAÇÃO CONTÍNUA


Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se
o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento das
habilidades ou se é necessário que você proponha novas ações
pedagógicas para ajudá-los na superação das dificuldades
identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

Números (EF05MA01) Ler, escrever e ordenar números


naturais até ordem das centenas de milhar com
compreensão das principais características do
sistema de numeração decimal.
(EF05MA02) Ler, escrever e ordenar números
racionais na forma decimal com compreensão das
principais características do sistema de numeração
decimal, utilizando, como recursos, a composição e
decomposição e a reta numérica.

(EF05CI04) Identificar os principais usos da água


Matéria e energia
e de outros materiais nas atividades cotidianas para
discutir e propor formas sustentáveis de utilização
desses recursos.
(EF05CI05) Construir propostas coletivas para
um consumo mais consciente e criar soluções
tecnológicas para o descarte adequado e a
reutilização ou reciclagem de materiais consumidos
na escola e/ou na vida cotidiana.
Desenvolvimento da Sequência Didática

Aulas Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


específicos

Aula 01 Apresentar como se dá o consumo de Ciências


água nas regiões do Brasil e a sua escassez; Consumo consciente.
Desenvolver, a partir dos dados, as Matemática
características dos números naturais no Sistema de numeração decimal: leitura,
que diz respeito a ordem e classe, escrita e escrita e ordenação de números naturais
ordenação. (de até seis ordens).

Aula 02 Apresentar dados que informam a Ciências


quantidade de água utilizada nas atividades Consumo consciente.
cotidianas e na agropecuária; Matemática
Reforçar a ideia de decomposição dos Sistema de numeração decimal: leitura,
números naturais e trabalhar a noção de escrita e ordenação de números naturais
maior e menor em números grandes; (de até seis ordens).

Aula 03 Conscientizar sobre a importância Ciências


da coleta seletiva e expor o tempo de Reciclagem.
decomposição de alguns materiais no meio Matemática
ambiente. Sistema de numeração decimal: leitura,
Reforçar os conteúdos já vistos nas duas escrita e ordenação de números naturais
aulas anteriores com os dados coletados; (de até seis ordens).

Aula 04 Apresentar a coleta seletiva como meio Ciências


de transformação social e a partir dos dados Reciclagem.
coletados desenvolver a noção de números Matemática
racionais, no que tange a ordem, leitura, Números racionais expressos na forma
decomposição e escrita. decimal e sua representação na reta
numérica (de até seis ordens).
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em 4 aulas, relacionando habilidades


da disciplina de Matemática e Ciências, a fim de levar o/a estudante a
compreender o sistema de numeração decimal e suas características e os
números racionais. No que diz respeito ao componente de Ciências, será
desenvolvida no/a estudante a ideia de um consumo consciente sobre os
recursos naturais, com atenção especial ao consumo de água.
Além disso, também será apresentado a importância da coleta seletiva
não tão somente para evitar danos ao meio ambiente, como poluição e a
sua consequente degradação, como também para gerar fonte de renda para
muitos trabalhadores desempregados. No que diz respeito à matemática,
todos os dados coletados a partir desses estudos serão observados e levados
para o desenvolver no/a estudante habilidades como ler, escrever e ordenar
números naturais de até seis ordens. Ainda na matemática, notamos a
presença de números reais como representantes de medidas de capacidade
e preços.
Aula Contextualização do tema: “Consumo consciente da água”. O professor/a

01
vai iniciar um debate na sala de aula a respeito da importância do consumo
consciente da água, questionando os/as estudantes em como funciona a utilização
da água em suas residências e como eles fazem para evitar o desperdício.

Professor/a, após uma discussão a respeito do consumo consciente da água e a


importância do seu acesso para toda a população, considere a tabela abaixo e comente
com os/as estudantes a diferença na quantidade de água utilizada por região. Faça
perguntas do tipo: “Vocês percebem as regiões onde o consumo é maior e onde o
consumo é menor?”, “Vocês têm alguma ideia do motivo pelo qual na região Nordeste a
quantidade de água utilizada é menor?”
Após a discussão apresente o seguinte gráfico de colunas para os/as estudantes e partir
dele, sugerimos trabalhar os conceitos de classes e ordens de números naturais.

Situação geradora de aprendizagem


Figura 1 – Uso de água por família (per capita) por região

Fonte: Contas Econômicas Ambientais da Água do Brasil 2013-2017 (CEAA) / Agência


Nacional de Águas (ANA) (Adaptado). Disponível em https://agenciadenoticias.ibge.
gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/27607-em-2017-o-
brasil-consumia-6-3-litros-d-agua-para-cada-r-1-gerado-pela-economia

Professor/a escolha três regiões (ou mais) e considere o gasto por pessoa no ano, a
partir dos dados fornecidos no gráfico. Por exemplo: Sugerimos que você considere as
regiões Nordeste, Sul e Sudeste. Nesse caso, o consumo per capita anual de água nessas
regiões seriam 30.295, 44.165 e 52.195 litros, respectivamente.
01 Considere os seguintes números:

30.295 44.165 52.195


• Para cada número no quadro acima preencha a tabela abaixo:

CLASSE DOS MILHARES CLASSE DAS UNIDADES SIMPLES

Centena de Dezena de Unidade de Centena Dezena Unidade


milhar milhar milhar

02 Para cada número abaixo, identifique a classe e ordem do algarismo


sublinhado:

a) 30.295

R:

b) 44.165

R:

c) 52.195

R:
03 Agora, faça o mesmo para cada algarismo sublinhado na tabela abaixo:

NÚMERO CLASSE ORDEM

985.003

135.049

2.450

Professor/a, agora sugerimos a leitura do título e subtítulo da reportagem abaixo e a


partir dele, gerar um debate entre os/as estudantes a respeito do acesso à água potável
em suas residências. Sugerimos questionamentos do tipo: “Na sua casa tem caixa de
água?” “Costuma ter racionamento de água no seu bairro?” “Como vocês lidam com a
falta de água?” Comente a quantidade de pessoas que não tem acesso a água potável na
Paraíba, de modo que eles entendam que é um número bastante grande. Esse momento
é de reflexão e de conscientização.

Figura 2 – Print de uma reportagem do G1, 2012.

Fonte: G1. Disponível em: http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2012/09/familias-


sofrem-com-falta-de-agua-potavel-em-zona-rural-do-sertao-da-pb.html
04 Segundo a reportagem, em 2012, 880 mil pessoas não têm acesso à água
potável na Paraíba. Escreva o número 880 mil por extenso e os demais,
descritos na tabela abaixo:

NÚMERO POR EXTENSO

880.000

253

27.010

139
Aula Olá professor/a!! Na aula anterior foi gerado um debate a respeito do consumo

02
de água nas regiões do Brasil e a dificuldade no seu acesso por uma grande
parcela da população. Agora é hora de discutir com os/as estudantes sobre como
acontece esse consumo de forma mais específica. Nas atividades domésticas e na
agropecuária.

Sugerimos que você convide os/as estudantes um a um e peça que eles/as


comentem sobre como é a duração no uso da água em suas atividades domésticas,
com por exemplo, tomar banho, escovar os dentes, lavar os pratos, etc. Sugerimos
a exposição do vídeo “O Aquafone 10. É hora de economizar”, disponível em
https://www.youtube.com/watch?v=kei2oXI81jI.

Situação geradora de aprendizagem


Figura 1 – Print do vídeo “O Aquafone 10. É hora de economizar”

No vídeo são apresentados


alguns gastos de água (em
litros) de acordo com o tempo
de uso. Observe alguns recortes
feitos e com eles as frases do
Codalino.

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=kei2oXI81jI.

Figura 2 – Print do vídeo “O Aquafone 10. É hora de economizar” (1:18min)

“Uma mangueira aberta por


30 min desperdiça mais de 560
litros de água.”

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=kei2oXI81jI.


Figura 3 – Print do vídeo “O Aquafone 10. É hora de economizar” (1:37min)

“Uma torneira aberta por


5 min desperdiça 80 litros"

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=kei2oXI81jI.

Professor, agora vamos trabalhar com a ideia de valor relativo e valor absoluto.
Lembre-se que o valor absoluto não depende da posição do algarismo (da sua ordem),
já o valor relativo depende da ordem. Por exemplo: Se temos o número 985, o valor
absoluto do 8 é 8, mas o seu valor relativo é

(80 = 8 x 10)

pois o algarismo 8 está na ordem das dezenas.

01 Segundo o vídeo, uma torneira aberta ao escovarmos os dentes gasta 80 litros


a cada 5 minutos. Assim, em um mês ela gastaria cerca de 691.200 litros.
Identifique o valor absoluto e relativo dos algarismos 6, 9 e 2 no número
691.200.

ALGARISMO VALOR ABSOLUTO VALOR RELATIVO

02 Como seria o número 691.200 escrito por extenso?

R:
03 No número 560, qual o valor absoluto e relativo do número 6 e 0?

ALGARISMO VALOR ABSOLUTO VALOR RELATIVO

Professor/a, agora sugerimos perguntar aos/às estudantes se eles/elas têm ideia do


gasto de água para produzir, por exemplo, um quilo de carne de frango. Ou então,
um quilo de banana. Com auxílio das imagens abaixo, levante um debate entre os/as
estudantes a respeito do quanto é consumido de água dentro da agropecuária.

Figura 4 – Gráfico de setores do consumo de água

Fonte: Internet. Disponível em: https://escolakids.uol.com.


br/geografia/as-atividades-que-mais-consomem-agua.htm
(adaptado).

Figura 5 – Consumo de água em alguns produtos dentro da agropecuária

Fonte: Internet. Disponível em: https://sindaguams.org.br/wp-content/uploads/2017/03/infografico_dia-da-agua.jpg


04 Agora, vamos explorar a ideia de maior e menor. Escreva em ordem descrente
de gastos de água, cada alimento descrito na figura 5.

ALIMENTO GASTO (KG/LITRO)

05 Para cada alimento abaixo, escreva por extenso seu gasto de água por quilo:

ALIMENTO GASTO DE ÁGUA ESCRITO POR EXTENSO

BANANA (KG)

LEITE (KG)

MANTEIGA (KG)

05 Para cada alimento abaixo, escreva em algarismos seu gasto de água por quilo:

POR EXTENSO EM ALGARISMOS

MIL TREZENTOS E QUARENTA E CINCO

QUATRO UNIDADES DE MILHAR, CINCO


CENTENAS E 7 UNIDADES
CENTO E CINCO MIL E SETENTA E OITO
Aula Professor/a, nas aulas anteriores você e os/as estudantes conversaram sobre

03
o consumo e desperdício de água. Inicie a aula relembrando o que foi visto e
perguntando o que mudou nesta semana a respeito da forma que cada um gastava
a água.

Agora é hora de falar um pouco sobre materiais recicláveis e a importância da


coleta seletiva para o meio ambiente. Converse com os/as estudantes a respeito do
que eles acham da coleta seletiva e se eles costumam fazê-la em suas residências.
Após esse debate, com auxílio das imagens, reforce a importância da coleta
seletiva.
Nessa aula iremos trabalhar os conceitos de composição e decomposição de
números naturais e também, reforçar a ideia de ordenação entre os números
naturais.

Situação geradora de aprendizagem


Observe a imagem abaixo do tempo de decomposição de cada grupo de material
da coleta seletiva.

Figura 1 – Tempo de decomposição

Fonte: Internet. Disponível em: https://www.atividadeseducacaoinfantil.com.br/


ecologia/ensinar-reciclagem-criancas/

01 Escreva em ordem decrescente de tempo de decomposição, cada material


descrito na figura acima.

MATERIAL TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO


02 Preencha o quadro, conforme o exemplo:

CM DM UM C D U DECOMPOSIÇÃO NÚMERO

4 8 0 2 0 40.000 + 8.000 + 20 48.020

1 2 6 0 0 0

1 2 0 0

3 5 0 0 3

03 Observe a imagem abaixo sobre o tempo de decomposição de determinados


materiais do nosso cotidiano.
Figura 2 - Tempo de decomposição de materiais

Fonte: Internet. Disponível em: https://www.arteblog.net/2017/12/12/veja-como-pintar-


garrafas-de-vidro-e-decore-a-casa-com-elas/

a) Separe aqueles materiais que não fazem parte de grupos da coleta seletiva
e identifique seu tempo de decomposição.
R:
b) O lixo radioativo dura cerca de 250 mil anos para se decompor. Decomponha
o número 250.000 e identifique a ordem e classe dos algarismos 2 e 5.
R:

04 Componha os seguintes números abaixo, conforme o exemplo:

MATERIAL TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO

2.000 + 100 + 50 + 3 2153

100.000 + 5 + 2

800 + 30 + 7

20.000 + 300 + 10 + 3

Professor/a seria interessante, após a parte matemática da atividade, gerar um


pequeno debate com os/as estudantes sobre a importância de reutilizar materiais que até
então eram jogados fora. Evitando, assim, o descarte exagerado e, consequentemente,
maiores prejuízos para o meio ambiente.
Aula Professor/a faça um breve comentário lembrando o que foi visto na aula

04
anterior a respeito da importância da coleta seletiva. Aproveite e abra espaço
para discussão sobre a coleta seletiva enquanto meio de transformação social, se
vista como geradora de emprego. Pergunte aos estudantes se eles/as costumam
ver catadores de materiais recicláveis nas ruas de seu bairro e o que eles acham a
respeito. No entanto, é importante ressaltar que é um trabalho pouco valorizado.
Nessa aula, sugerimos trabalhar com os números racionais, no que diz respeito
a sua decomposição em parte inteira e decimal, sua escrita e ordenação.

Situação geradora de aprendizagem

01 Observe um trecho da reportagem de 2015 que traz informações sobre


catadores de latinhas e o valor delas por quilo.

Figura 1 – Print de uma reportagem do Jornal “Estado de Minas”

Fonte: JORNAL DO ESTADO DE MINAS. Disponível em: https://www.em.com.br/app/


noticia/economia/2015/05/11/internas_economia,646262/catadores-precisam-juntar-
19-1-mil-latinhas-para-ganhar-um-salario.shtml.

a) Identifique no texto acima todos os números racionais cuja parte decimal


não é zero.
R:
b) Segundo o texto, o maior aumento ficou por conta do custo do quilo do
jornal que passou de R$0,08 para R$0,10. Qual número racional é maior?
Justifique.

R:

c) Escreva na reta numérica abaixo os valores 0, 10; 0,90; 3,08

0 1 2 3 4

02 Complete o quadro:

NÚMERO PARTE INTEIRA PARTE DECIMAL ESCRITA

255,84

75

3,08

0,90

875,55

03 Complete com os símbolos de < ou >:

a) 0,08 0,90

b) 75 0,75

c) 255,06 255,4

d) 755 75,5
2
5

Matemática
e Ciências
TEMA
O alerta dos números na saúde alimentar

OBJETIVO GERAL
Discutir os problemas que cercam a nossa saúde alimentar com auxílio de imagens,
reportagens e tabelas, com base na resolução e elaboração de problemas envolvendo as
operações de adição e subtração de números naturais e racionais.

PROCESSO DE AVALIAÇÃO CONTÍNUA


Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se
o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento das
habilidades ou se é necessário que você proponha novas ações
pedagógicas para ajudá-los na superação das dificuldades
identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

Matemática (EF05MA07) Resolver e elaborar problemas de


Números adição e subtração com números naturais e com
números racionais, cuja representação decimal seja
finita, utilizando estratégias diversas, como cálculo
por estimativa, cálculo mental e algoritmos.

(EF05CI08) Organizar um cardápio equilibrado


Ciência
com base nas características dos grupos alimentares
Vida e evolução
(nutrientes e calorias) e nas necessidades individuais
(atividades realizadas, idade, sexo, etc) para a
manutenção da saúde do organismo.
(EF05CI09) Discutir a ocorrência de distúrbios
nutricionais (como obesidade, subnutrição etc) entre
crianças e jovens, a partir da análise de seus hábitos
(tipos e quantidades de alimento ingerido, prática de
atividade física etc).
Desenvolvimento da Sequência Didática

Aulas Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


específicos

Aula 01 Conscientizar os/as estudantes sobre a Matemática


prática de hábitos saudáveis; Problemas: adição e subtração de
Resolver problemas envolvendo adição de números naturais e números racionais
números naturais. cuja representação decimal é finita.

Ciências
Hábitos alimentares.

Aula 02 Apreender a importância do cálculo do Matemática


IMC; Problemas: adição e subtração de
Desenvolver hábitos alimentares números naturais e números racionais
saudáveis; cuja representação decimal é finita.
Solucionar problemas que envolvem
subtração com números naturais. Ciências
Hábitos alimentares.

Aula 03 Compreender a importância de um Matemática


cardápio alimentar saudável e bem Problemas: adição e subtração de
distribuído; números naturais e números racionais
Aprender adição, a partir das discussões cuja representação decimal é finita.
sobre obesidade infantil.
Ciências
Hábitos alimentares.

Aula 04 Entender o uso da tabela nutricional nas Matemática


embalagens de alimentos; Problemas: adição e subtração de
Resolver problemas que envolvem a números naturais e números racionais
operação de subtração com números cuja representação decimal é finita.
racionais.
Ciências
Hábitos alimentares.

Aula 05 Interpretar situações-problema com Matemática


adição e subtração de números naturais Problemas: adição e subtração de
e números racionais cuja representação números naturais e números racionais
decimal é finita; cuja representação decimal é finita.
Elaborar e resolver problemas que
envolvam números naturais e racionais.
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em cinco aulas. Dentro dessas


cinco aulas, estão compreendidas as habilidades de Matemática e
Ciências. Trataremos a resolução de problemas de adição e subtração de
números naturais e racionais e também, a elaboração de alguns problemas
envolvendo essas operações. No que diz respeito a habilidade de Ciências,
toda a sequência traz para a sala de aula temas como a importância de
um cardápio alimentar saudável e bem distribuído, e alguns distúrbios
alimentares que acometem a população.
Aula Professor/a, inicie a aula conversando com os/as estudantes a respeito da

01
importância de uma alimentação saudável. Fale a respeito do quanto uma
alimentação equilibrada contribui, por exemplo, para um bom desempenho na
sala de aula, para a prática de exercícios físicos, para a concentração e para a
memória. Faça perguntas do tipo: “Qual sua alimentação favorita?”, “Vocês
consideram sua alimentação saudável?”, “Quem costuma cozinhar na sua
casa?”, “Quais ingredientes vocês costumam usar?”. Permita que todos/as se
expressem dentro de suas realidades. Com auxílio da imagem abaixo, apresente
a turma a Pirâmide nutricional, bastante conhecida, que aponta como deve ser a
distribuição dos alimentos dentro das nossas refeições diárias. Após a discussão,
sugerimos trabalhar com a resolução de problemas que envolvem adição de
números naturais.

Situação geradora de aprendizagem

Figura 1 – Pirâmide alimentar

Fonte: SÓ NUTRIÇÃO. Disponível em: https://www.sonutricao.com.br/


conteudo/alimentacao/piramidealimentar.php.
01 Segundo a imagem acima é importante consumir, no máximo, 9 porções de
massas e pães, por dia. Dessa forma, o consumo ao mês pode chegar até 270
porções. O mesmo acontece com os tubérculos e raízes e os cereais. Qual o
máximo de elementos energéticos que é saudável consumir ao mês?

R:

02 João foi ao nutricionista e lhe foi sugerido o uso da pirâmide alimentar. Sendo
assim, ele organizou o seguinte quadro:

CONSTRUTORES REGULADORES ENERGÉTICOS

Leites e Carnes, feijão Tubérculos e


Leguminosas Frutas Verduras Pães e massas Cereais
derivados e ovos raízes

90 30 30 150 150 180 270 270

a) Com base no quadro, quanto de construtores e energéticos foi consumido pelo


João, ao mês?

R:

b) Ainda com base no quadro, quantas porções ao todo foram consumidas por João?

R:

03 Clara convidou suas amigas para fazer cookies de chocolate em sua casa.
Além de alguns ingredientes em menor quantidade, a receita pedia 400g de
manteiga, 500g de açúcar mascavo, 300g de açúcar demerara, 900g de farinha
de trigo e 500g de gotas de chocolate. Quantas gramas ao todo foram usadas
para o preparo dos cookies?

R:
04 Com auxílio do quadro de sistemas de numeração, efetue as adições abaixo,
como no exemplo:

CM DM UM C D U

1 2 8 0 1
+
4 3 8 2

1 7 1 8 3

a) 80.536 + 109.800 =

CM DM UM C D U

b) 1.980 + 28.410 =

CM DM UM C D U

c) 250.065 + 66.750 =

CM DM UM C D U

+
Aula Professor/a, sugerimos continuar trabalhando questões alimentares e dentro

02
desse conteúdo explorarmos a tabela do IMC (índice de massa corporal) que é
dado pela divisão do quilo pela altura e nos dá um indicativo de como está nossa
saúde alimentar. A partir dela, vamos trabalhar alguns probleminhas. Uma
sugestão interessante (caso seja possível) seria você pedir aos estudantes que
em casa, com ajuda dos pais, realizassem essa medição para durante a aula eles
compararem com os/as colegas.

Situação geradora de aprendizagem


Figura 2 - Quadro do IMC

Fonte: RICARDO GOZZANO. Disponível em: https://www.


ricardogozzano.com.br/calculadora-imc/.

01 Observe o quadro do IMC e responda:

a) Se o IMC da Maria for de 23, quanto ela deveria aumentar para que ela ficasse
sobrepeso?

R:

b) A obesidade grau II traz bastantes riscos para a nossa saúde. Ela pode nos deixar
mais propensos a ter hipertensão, problemas cardiovasculares e diabetes tipo II. O
Pedro foi ao médico e verificou que o seu IMC está em 32. Quanto faltaria para que o
Pedro estivesse com obesidade grau II?

R:
c) O IMC do João é de 17 e o do Tiago é de 33. Qual a diferença entre os IMC 's de cada
um? Qual a classificação do João e do Tiago?

R:

No preparo de um bolo para o casamento da sua filha, Suely precisava de 2500


02 g de farinha de trigo. Ela abriu seu armário e observou que só tinha 1750 g de
farinha de trigo. Quanto ela precisa comprar para que possa cozinhar o bolo?

R:

03 João decidiu fazer um churrasco em sua casa e convidou alguns amigos. Na


sua casa já tinha 2400g (2,4kg) de carne e 1300g (1,3kg) de linguiça. Para a
quantidade de pessoas que estariam presentes, seria necessário 5000 g (5 kg)
de carne ao todo. Quanto ainda seria necessário comprar?

R:

04 O Francisco precisava colher 10.000 kg de legumes em sua horta, para


distribuir em uma cidadezinha vizinha. No primeiro dia ele colheu 3600 kg
e no segundo dia, 2750 kg. Quanto ele teria que colher no terceiro dia para
atender a demanda solicitada.

R:
Observe um trecho de uma reportagem chamada “ A Desnutrição da Criança
Nordestina e suas Consequências”, publicada na página on-line Gazeta de
Alagoas:

A DESNUTRIÇÃO DA CRIANÇA NORDESTINA E SUAS CONSEQUÊNCIAS

A fome alimentar é, pois, caros leitores o maior fabricante de distrofias e


má nutrição proteica em nossa região

Figura 3 - Quadro Criança Morta (1944) Óleo sobre tela 180 x 190 cm -
Portinari - Série Retirantes

Fonte: VERMELHO. Disponível em: https://vermelho.org.


br/2017/08/10/a-fome-voltou/.

CALORIAS

[...]

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda para o trabalhador


braçal até 4.000 calorias diárias como sendo a quota necessária para que
ele execute o seu trabalho sem desgaste do organismo; no mínimo 3.000
calorias. Pois bem, o homem da zona rural do Nordeste brasileiro, segundo
pesquisas da própria OMS, do Banco Mundial e do Instituto de Nutrição de
Pernambuco, não consome mais que 1.870 calorias/dia, assim como sua
mulher. É a subnutrição lhe exaurindo as forças, e fazendo com que, apesar
de todo o progresso da medicina, sua média de vida esteja em torno de 49
anos. É que o problema é social, econômico e político e não médico. Apesar
do aumento das populações, a produção agrícola da região nordestina de
alimentos básicos vem caindo assustadoramente: o arroz, o milho, o feijão e
a mandioca, nutrientes essenciais à mesa da grande quantidade de pessoas
pobres, cada dia vai se tornando mais difícil de ser adquirida. Resultado:
subnutrição.

[...]

Fonte: GAZETA WEB. Disponível em: http://gazetaweb.globo.


com/gazetadealagoas/noticia.php?c=253097 (texto adaptado).
05 Segundo essa reportagem, o brasileiro precisa de no mínimo 3000 calorias
para executar bem seu trabalho. No entanto, o trabalhador nordestino
só consome cerca de 1870 calorias ao dia. Quanto ainda é necessário ele
consumir para que obtenha um bom rendimento em seu trabalho?

R:
Aula Professor/a, nas duas aulas seguintes sugerimos falar um pouco a respeito de

03
alguns distúrbios alimentares. Traremos para discussão alguns dados sobre a
obesidade. Considere perguntas do tipo: “Vocês gostam de praticar esportes?”,
“Quem da sala gosta de comer hambúrguer, biscoito ou tomar refrigerante?”
"Quem gosta de comer salada e/ou legumes no almoço?”. Novamente, é
importante ter atenção e empatia ao falar de temas como esse, uma vez que
pode ter na sala de aula estudantes que tenham distúrbios alimentares. A partir
dos dados apresentados, vamos explorar a resolução de problemas envolvendo
operações de adição com números racionais.

Situação geradora de aprendizagem

01 Observe a figura abaixo e responda as questões:

Figura 4 – Dados do IBGE (2010) a respeito da obesidade infantil

Fonte: Internet. Disponível em: https://www.camara.leg.br/noticias/418449-


camara-promove-hoje-seminario-sobre-obesidade-infantil/.
Professor/a, aqui é interessante usar o quadro que divide o número racional
em parte inteira e parte decimal. Por exemplo:

C D U, d c m

2 2, 1 8
+
5, 3

2 7, 4 8

a) Qual a porcentagem de meninos entre 5 e 9 anos que estão em excesso de


peso e obesidade?

C D U, d c m

b) Qual a porcentagem de meninas entre 5 e 9 anos que estão em excesso de


peso e obesidade?

C D U, d c m

c) Qual a porcentagem de meninos entre 5 e 19 anos que estão em excesso


de peso e obesidade?

C D U, d c m

d) Qual a porcentagem de meninas entre 5 e 19 anos que estão em excesso


de peso e obesidade?

C D U, d c m

+
Professor/a, antes da resolução da próxima questão, você pode junto a imagem
abaixo, gerar uma discussão com a turma, sobre quais tipos de alimentos eles
costumam consumir no almoço/jantar, se eles gostam de feijão, arroz, macarrão,
carne, frango, ovos, entre outros.

02 Observe a seguinte imagem:

Figura 5 – Alimentos mais presentes na mesa da população brasileira

Fonte: AGÊNCIA DE NOTÍCIAS. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-


noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/23012-incerteza-sobre-alimentacao-diminui-mas-
qualidade-ainda-preocupa.

a) Qual a quantidade (em porcentagem) de carnes consumidas?

R:
b) Quantos brasileiros (em porcentagem) vivem em condições de insegurança
alimentar grave e moderada?

R:

03 Observe abaixo a tabela de preços do supermercado próximo a casa do Pedro.

PRODUTO PREÇO (R$/KG)

TOMATE 3,59

CENOURA 2,00

MACAXEIRA 4,99

BATATA DOCE 3,49

CEBOLA 2,50

a) Se Pedro for ao supermercado e comprar 1 kg de tomate e 1 kg de batata doce,


quanto ele pagará?

R:

b) A mãe do Pedro percebeu que também precisava de 1kg de cebola e 1kg de cenoura
e pediu que Pedro voltasse ao mercado. Quanto o Pedro precisou levar ao mercado
para comprar esses dois itens?

R:
Aula Professor/a, agora sugerimos continuar com temas de saúde alimentar,

04
distúrbios relacionados à alimentação. Com auxílio das imagens é possível
sempre endossar o discurso da importância de uma alimentação saudável,
lembrando sempre que se alimentar bem, diz muito sobre a questão social e
também distribuição de renda.

Situação geradora de aprendizagem

01 Observe abaixo a tabela nutricional do ovo:

Figura 6 – Tabela nutricional do ovo cozido

Fonte: Internet. Disponível em https://perdendobarriga.com.br/tabela-nutricional-do-ovo/

a) Qual a diferença entre a quantidade de gordura total da clara e da gema?

C D U, d c m

-
b) Qual a diferença entre a quantidade de proteína da clara e da gema?

C D U, d c m

02 Considere o quadro de preços da aula anterior:

PRODUTO PREÇO (R$/KG)

TOMATE 3,59

CENOURA 2,00

MACAXEIRA 4,99

BATATA DOCE 3,49

CEBOLA 2,50

a) Suponha que Marcos foi ao supermercado e comprou 1 kg de tomate, 1 kg de


cenoura e 1 kg de cebola. Ele pagou tudo com R$20,00. Quanto sobrou de troco?

R:

b) Quando já estava se aproximando do caixa, ele percebeu que esqueceu de levar


um 1kg de macaxeira. E agora? Qual seria o troco do Marcos?

R:
03 A imagem abaixo representa o aumento da obesidade entre os anos de 2002 e
2019, no Brasil.
Figura 7 – Aumento da obesidade no Brasil

Fonte: INSTITUTO BAIANO DE OBESIDADE. Disponível em: https://www.


institutobaianodeobesidade.com.br/noticias/2114/aumento-da-obesidade-no-brasil-
1-em-cada-4-brasileiros-acima-de-18-anos-esta-obeso-aponta-pesquisa-do-ibge/.

a) De acordo com a imagem, qual a diferença entre a taxa de obesidade entre o ano
de 2002 e 2019 ?

R:

b) Discuta com os seus colegas a respeito da obesidade infantil e aponte pequenas


sugestões para ajudar no combate à obesidade. Depois, escreva essas sugestões.

R:
Aula Professor/a, chegamos na última aula da sequência. Aqui, sugerimos trabalhar

05
com a elaboração de problemas que relacionam as duas operações com os
números naturais e racionais. Se os/as estudantes apresentarem dificuldades
para a elaboração, faça a mediação, ajudando-os/as a construírem.

Situação geradora de aprendizagem

01 Para cada situação abaixo, elabore um problema e em seguida, encontre sua


solução:

a) Maria e Joana foram ao mercado comprar algumas frutas. Elas compraram maçãs
e bananas.
Escreva um problema que envolva o valor de cada fruta, o valor que eles pagaram e o
troco recebido.

R:

b) Observe o quadro abaixo do ICM, já mencionada nas aulas anteriores e responda


aquilo que se pede:
Figura 8 - Quadro do IMC

Fonte: RICARDO GOZZANO. Disponível em: https://www.


ricardogozzano.com.br/calculadora-imc/.

c) Com base no quadro acima, escolha um IMC para Tiago e Lucas e elabore um
problema que envolva as operações de adição e subtração com esses dados.

R:
02 Pedro e Marcos estavam fazendo uma dieta alimentar. Ambos criaram um
desafio para ver quem comeria mais calorias/dia. O quadro abaixo representa
o que cada um consumiu e a caloria de cada alimento.

PEDRO CALORIAS MARCOS CALORIAS

CAFÉ DA MANHÃ 500 CAFÉ DA MANHÃ 450

ALMOÇO 1000 ALMOÇO 1100

JANTA 700 JANTA 900

a) Quantas calorias Pedro consumiu nessas três refeições?

R:

b) Quantas calorias Marcos consumiu nessas três refeições?

R:

c) Elabore um problema que envolva a operação de subtração com os dados acima.

R:
3
5

Matemática
e Geografia
TEMA
Compreendendo o espaço que vivemos a
partir das operações de multiplicação

OBJETIVO GERAL
Resolver problemas de multiplicação a partir de discussões sobre a dinâmica
populacional.

PROCESSO DE AVALIAÇÃO CONTÍNUA


Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se
o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento das
habilidades ou se é necessário que você proponha novas ações
pedagógicas para ajudá-los na superação das dificuldades
identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

Matemática (EF05MA08) Resolver e elaborar problemas de


Números multiplicação e divisão com números naturais e
com números racionais cuja representação decimal
é finita (com multiplicador natural e divisor natural
e diferente de zero), utilizando estratégias diversas,
como cálculo por estimativa, cálculo mental e
algoritmos.

(EF05GE01) Descrever e analisar dinâmicas


Geografia
populacionais da Unidade de Federação em que vive,
O sujeito e o seu lugar no mundo
estabelecendo relações entre migrações e condições
de infraestrutura.

Desenvolvimento da Sequência Didática

Aulas Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


específicos

Aula 01 Compreender o crescimento populacional Matemática


nos Centros Urbanos; Problemas de multiplicação e divisão
Resolver problemas envolvendo de números racionais cuja representação
multiplicação de números naturais com os decimal é finita por números naturais.
dados apresentados nas pesquisas.
Geografia
Dinâmica populacional.

Aula 02 Entender sobre o movimento de êxodo Matemática


rural nas últimas décadas; Problemas de multiplicação e divisão
Solucionar problemas que envolvem de números racionais cuja representação
multiplicação com números racionais. decimal é finita por números naturais.

Geografia
Dinâmica populacional.

Aula 03 Elaborar e resolver problemas que Matemática


envolvem a operação de multiplicação com Problemas de multiplicação e divisão
números naturais e racionais. de números racionais cuja representação
decimal é finita por números naturais.

Geografia
Dinâmica populacional.
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em 3 aulas. Dentro dessas aulas,


estão compreendidas as Habilidades de Matemática e Geografia. Trataremos
a resolução de problemas de multiplicação de números naturais e racionais
e também, a elaboração de alguns problemas envolvendo essas operações.
No que diz respeito à habilidade de Geografia, discutiremos a dinâmica
populacional, com ênfase na urbanização e no movimento de êxodo rural.
Aula Professor/a, compreender o espaço em que vivemos e o nosso lugar no

01
mundo é importante para nos fazermos sentir parte do meio. Inicie conversando
com os/as estudantes sobre o tamanho da população residente da cidade em que
vivem. Faça perguntas do tipo: “Vocês tem ideia da quantidade de habitantes da
sua cidade?” “As pessoas que vivem nas áreas rurais também fazem parte do nosso
município?" “Vocês moram ou conhecem pessoas que vivem em áreas rurais?”,
“Se vivem em área rurais, tem vontade de morar na área urbana? Por que?”.
Para desenvolver a habilidade de Matemática, iremos trabalhar com
alguns problemas envolvendo a operação de multiplicação.

Situação geradora de aprendizagem

01 A partir do censo de 2000 e 2010, descrevemos a quantidade de habitantes da


Paraíba no quadro ao lado:

Quadro 1 - Quantidade de habitantes da Paraíba

Ano População urbana População rural Total

2000 2.447.212 996.613 3.443.825

2010 2.838.678 927.850 3.766.528

Fonte: IBGE. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/


pb/pesquisa/23/27652?detalhes=true&indicador=28914.

Figura 1 – Mapa da Paraíba

Fonte: BAIXAR MAPAS. Disponível em http://www.


baixarmapas.com.br/mapa-da-paraiba-mesorregioes/.

A partir das informações no quadro acima, é possível perceber que tivemos


um aumento populacional de aproximadamente 320 mil habitantes durante os
dez anos. No entanto, o crescimento na área urbana foi bem maior do que na área
rural. Esse movimento se dá pelo que chamamos de êxodo rural, a população
rural está migrando para os centros urbanos em busca, principalmente, de
oportunidades de emprego e qualidade de vida. Abaixo duas imagens: uma que
representa a zona urbana e outra que representa a zona rural.
Figura 2 – Área urbana

Fonte: BRASIL ESCOLA. Disponível em https://brasilescola.uol.


com.br/brasil/aspectos-populacao-paraiba.htm.

Figura 3 – Área rural

Fonte: JORNAL DA PARAÍBA. Disponível em https://www.


jornaldaparaiba.com.br/vida_urbana/128492.html.

Com base nas informações, responda o que se pede:

a) Se a população rural em 2060 for o dobro do que foi em 2010, de quanto será essa
população?

Professor, aqui você pode motivar o/a estudante a efetuar a multiplicação


927.850x2 de duas maneiras: decompondo o número 927.850 ou usando o
algoritmo da multiplicação. Observe abaixo:

927.850 x 2 = (900.000 + 20.000 + 7.000 + 800 + 50) x 2


927.850 x 2 = 900.000 x 2 + 20.000 x 2 + 7.000 x 2 + 800 x 2 + 50 x 2
927.850 x 2 = 1.800.000 + 40.000 + 14.000 + 1.600 + 100
927.850 x 2 = 1.855.700

927.850
x 2

1.855.700
b) Se a população urbana em 2100 for o triplo do que foi em 2000, de quanto será
essa população?

R:

02 Vamos trabalhar agora com multiplicação por arredondamento. Para cada


caso abaixo, arredonde os termos e obtenha um resultado estimado das
multiplicações.

Professor/a, lembre que a técnica de arredondamento funciona da seguinte


maneira: se a unidade for maior que 5, arredondamos para a dezena seguinte e
se a unidade for menor que 5, arredondamos para a dezena anterior.

a) 98 x 21

R:

b) 197 x 6

R:

c) 102 x 88

R:
03 Para cada multiplicação da questão anterior, calcule o valor exato através do
algoritmo da multiplicação.

98 197 102
x 21 x6 x 88

04 Uma região da zona rural do interior da Paraíba tem cerca de 102 casas. Se em
cada casa moram 5 pessoas, quantas pessoas ao todo moram nessa região?

R:

05 Seu João tem uma plantação de feijão e em cada lote de terra, ele consegue
plantar 135 sacas. Se em suas terras ele possui 22 lotes de terra, quantas sacas
ao todo ele plantou?

R:
Aula Professor/a, vamos continuar falando sobre as dinâmicas populacionais no

02
que diz respeito ao movimento de êxodo rural. No entanto, vamos focar nos
problemas de multiplicação com os números racionais.

Situação geradora de aprendizagem

01 Segundo as pesquisas de censo demográfico, disponíveis no site do IBGE, a


população brasileira nos anos de 1980, 2000 e 2010 foram respectivamente,
120,7; 174,8 e 195,7 (em milhões). Ou seja,

Quadro 2 - A população brasileira nos anos de 1980, 2000 e 2010

Ano Total (em milhões)

1980 120,7

2000 174,8

2010 195,7

Fonte: DADOS DO BANCO MUNDIAL. Disponível em https://


data.worldbank.org/country/brazil.

Com base nessas informações, responda o que se pede

a) De quanto será a população brasileira em 2050, se ela for o dobro


da população de 1980?

R:

b) A China é o país mais populoso do mundo. Seu número de habitantes chega a ser
6 vezes o número de habitantes do Brasil. Com base nessa informação, de quanto foi,
aproximadamente, a população da China em 1980, 2000 e 2010?

R:
Professor/a, sugerimos após o término dessa questão, fazer uma interpretação
dos resultados e observar o crescimento da população urbana se comparado
com o crescimento da população rural.

Pedro visitou uma feira orgânica do seu bairro. Ele gostaria de melhorar sua
02 alimentação e resolveu fazer compras de legumes e verduras. O quadro de
preços abaixo dispõe dos valores por kilo de cada alimento.
Quadro 3 - Quadro de preços

PRODUTO PREÇO (KG)

ABOBRINHA 2,49

BATATA 3,00

CENOURA 1,99

CEBOLA 2,35

BERINJELA 4,57

Fonte: Elaboração própria

a) Pedro comprou 2 kg de batata, 1 kg de cenoura e 2 kg de berinjela.


Quanto Pedro gastou na feira?

R:

b) Chegando em casa, Pedro percebeu que havia esquecido da abobrinha. Voltou à


feira e comprou 3 kg de abobrinha. Quanto Pedro gastou?

R:
Maria tinha um sonho de ser professora. Quando chegou no ano de início da
03 faculdade ela precisou sair da sua casa no campo, onde morava com os seus
pais, para morar na cidade. Decidiu comprar um computador e dividiu seu
pagamento em 10 parcelas de R$ 219,90. Quanto foi o computador que Maria
comprou?

R:

Francisco comprou 10 estacas de madeira para construir uma cerca em sua


04 residência. Cada estaca tinha 1,35 m.

a) Qual a quantidade total, em metros, que ele comprou?

R:

b) Se cada metro de estaca custou R$5,00, de quanto foi o gasto Francisco?

R:
Aula Professor/a, nessa aula iremos trabalhar somente com a habilidade de

03
Matemática. Sugerimos a construção e elaboração de alguns problemas que
envolvam operações de multiplicação e divisão de números naturais e racionais.

Situação geradora de aprendizagem

01 Vamos elaborar e resolver um problema que envolva uma feira de legumes.

Figura 4 – Barraca de feira

Fonte: PIXABAY. Disponível em https://pixabay.com/pt/illustrations/o-


vendedor-da-fruta-banca-de-frutas-4117003/.

Observe o quadro e preencha os valores. Em seguida, crie uma situação onde


a Maria vai ao mercado e compra algumas coisas para sua refeição. Ela costuma
comprar sempre em grande quantidade, mais de um kilo de cada produto. Seu
problema precisa conter operações de multiplicação.

Quadro 3 - Quadro de preços

R:
PRODUTO PREÇO (KG)

BATATA DOCE 2,49

CEBOLA 3,00

CENOURA 1,99

MACAXEIRA 2,35

INHAME 4,57

Fonte: Elaboração própria


02 Observe a figura abaixo:

Figura 5 - Sala de aula

Fonte: NOVA ESCOLA. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/11093/qual-e-a-


melhor-forma-de-organizar-as-carteiras-na-sala-de-aula.

Elabore um problema que envolva a operação de multiplicação e a


quantidade de carteiras na sala de aula.

R:

03 Patrícia estava fazendo economias para comprar um presente para sua


mãe. Chegado o dia de comprar o presente, ela quebrou o seu cofrinho. Ele
continha moedas R$0,25, R$0,50, e R$1,00. Elabore um problema que envolva
a quantidade de moedas de cada valor para obter o valor total que Patrícia
tinha em seu cofrinho. Lembre que nesse problema é preciso usar a operação
de multiplicação.

R:
04 Agora, vamos trabalhar com o cálculo mental. Para cada caso abaixo,
descubra em qual número cada criança pensou.
Figura 6 – Criança pensando

a) Pedro pensou em um número, multiplicou por 20 e obteve 100. Em qual número


Pedro pensou?

R:

b) Maria pensou em um número, multiplicou por 6 e adicionou 60, obtendo 90. Qual
o número que Maria pensou?

R:
4
5

Matemática
e História
TEMA
A Matemática na História dos Povos Antigos

OBJETIVO GERAL
Apresentar a Geometria e suas características, sob o prisma da História.

PROCESSO DE AVALIAÇÃO CONTÍNUA


Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se
o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento das
habilidades ou se é necessário que você proponha novas ações
pedagógicas para ajudá-los na superação das dificuldades
identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

Matemática (EF05MA16) Associar figuras espaciais a suas


Geometria planificações (prismas, pirâmides, cilindros e cones)
e analisar, nomear e comparar seus atributos.
(EF05MA17) Reconhecer, nomear e comparar
polígonos, considerando lados, vértices e ângulos,
e desenhá-los, utilizando material de desenho ou
tecnologias digitais.

História (EF05HI03) Analisar o papel das culturas e das


Povos e culturas: meu lugar no religiões na composição identitária dos povos
mundo e meu grupo social antigos.
Desenvolvimento da Sequência Didática

Aulas Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


específicos

Aula 01 Discutir a importância cultural e religiosa Matemática


das pirâmides para os povos egípcios. Figuras geométricas espaciais:
Diferenciar poliedros e corpos reconhecimento, representações,
arredondados. planificações e características.
Nomear poliedros.
Relacionar figuras espaciais com objetos História
do nosso dia a dia. O papel das religiões e da cultura para a
formação dos povos antigos.

Aula 02 Identificar planificações de sólidos. Matemática


Compreender os elementos dos poliedros Figuras geométricas espaciais:
(vértices, faces e arestas). reconhecimento, representações,
planificações e características.

Aula 03 Desenhar e medir ângulos através do Matemática


transferidor. Figuras geométricas planas:
características, representações e ângulos.

Aula 04 Identificar figuras poligonais, não Matemática


poligonais e seus elementos. Figuras geométricas planas:
Compreender a diferença entre polígonos características, representações e ângulos.
regulares e não regulares.
Conhecer o Tangram e sua história. História
O papel das religiões e da cultura para a
formação dos povos antigos.

Aula 05 Aprender sobre duas classes de polígonos: Matemática


Triângulos e quadriláteros. Figuras geométricas planas:
características, representações e ângulos.
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em 5 aulas. Dentro dessas aulas,


estão compreendidas habilidades de Matemática e História. No que diz
respeito a disciplina de História motivamos o/a professor/a a discutir com
os/as estudantes a respeito da presença da matemática e sua construção
dentro das relações históricas e culturais do povo. Dentro da Matemática,
essa sequência irá discutir sobre objetos da geometria, especificamente às
figuras planas e espaciais, suas características, elementos e planificações.
Aula Professor/a, nessa aula iremos começar a explorar as figuras espaciais, suas

01
características e propriedades. Dividimos esse grupo em poliedros e corpos
redondos. As pirâmides são um exemplo bastante conhecido de poliedros.
Além disso, historicamente, para os egípcios, a pirâmide é um símbolo sagrado
onde guardavam as tumbas dos Faraós. Propomos uma discussão com os/as
estudantes a respeito desse tema. Se entendem o que é uma pirâmide egípcia, se
conhecem a importância desse templo para os egípcios, de modo que percebam
a conexão entre as formas piramidais e os poliedros. Sugerimos a exibição do
vídeo Antigo Egito, disponível no youtube cujo link é https://www.youtube.com/
watch?v=qytoTGSy8qI.

Figura 1 – Print do vídeo Antigo Egito

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=qytoTGSy8qI.

Após a exibição do vídeo, converse com os/as estudantes sobre o que eles
acharam do vídeo, sobre o Egito Antigo, as pirâmides, Faraós. Se tinham
curiosidade em visitar as Pirâmides do Egito.
A partir do exemplo da pirâmide comece a introduzir o conceito de sólidos
geométricos, citando elas como um exemplo de poliedro. No entanto, é
importante recordar aos/às estudantes que além dos poliedros temos também os
corpos redondos e que existem algumas características bem importantes que os
diferem.
Lembre que os sólidos geométricos possuem altura, largura e profundidade e
seus elementos principais são as faces, arestas e vértices, onde as faces são os
lados, as arestas os segmentos que unem os lados e os vértices, os pontos que
unem as arestas.
Situação geradora de aprendizagem

01 Observe abaixo os sólidos geométricos.

Figuras 2 – Sólidos geométricos

1 2 3 4

5 6 7 8

Fonte: TODA MATÉRIA. Disponível em https://www.todamateria.com.br/solidos-geometricos/.

a) Identifique os poliedros e os não poliedros (corpos redondos)

Poliedros:

Corpos redondos:

b) Qual a principal diferença entre esses dois tipos de sólidos geométricos?

R:
02 Para cada tipo de figura abaixo, faça um desenho de algum objeto que você
identifique com o mesmo formato.

a) Esfera

R:

b) Cilindro

R:

c) Paralelepípedo

R:

Professor/a, lembre que os prismas e pirâmides são classes de poliedros. Os


prismas possuem duas bases paralelas e as pirâmides uma única base. Para
nomear esses poliedros observamos as suas bases. Por exemplo, um prisma cujas
bases são triângulos é chamado prisma triangular.
03 Para cada prisma e pirâmide abaixo, identifique o se pede:

Quadro 1 – Classificação de prismas e pirâmides

Poliedro Base Nome

Fonte: Elaboração própria


Aula Professor/a, as figuras espaciais possuem uma planificação. Para recordar aos/

02
às estudantes essa ideia de planificar um sólido, peça que eles levem para a sala
de aula (ou em casa) uma caixa de creme dental ou caixa de chocolate. Com essa
caixa em mãos, peça que eles/as, abram a caixa conforme a figura abaixo:

Figura 3 – Planificação de uma caixa de creme dental

Fonte: ESPAÇO EDUCAR. Disponível em https://www.espacoeducar.net/2012/08/50-moldes-de-solidos-geometricos-para.


html?m=1.

Sugerimos também utilizar a Plataforma do Geogebra, que dispõe de muitas


animações explicando como acontece as planificações dos sólidos. Veja a figura
abaixo.

Figura 4 – Print da página do Geogebra

Fonte: GEOGEBRA. Disponível em: https://www.geogebra.org/search/planifica%C3%A7%C3%B5es.


No processo de planificação é importante lembrar que toda planificação de um
sólido nos fornece figuras planas.

Situação geradora de aprendizagem

01 Identifique abaixo quais figuras são planas e quais são espaciais.

Figura 5 – Figuras planas e espaciais

A B C

D E E

Fonte: Elaboração própria

Figuras planas:

Figuras espaciais:
02 Dada as planificações abaixo, identifique a figura espacial correspondente:

Quadro 2 – Planificação de sólidos

Sólidos Nome

Fonte: Elaboração própria


03 Identifique em cada poliedro abaixo o número de vértices, arestas e faces.

Quadro 3 – Elementos do poliedro

POLIEDRO Nº DE VÉRTICES Nº DE FACES Nº DE ARESTAS

CUBO

PRISMA
QUADRANGULAR

PIRÂMIDE
TRIANGULAR

PIRÂMIDE
PENTAGONAL

PRISMA HEXAGONAL

Fonte: Elaboração própria


04 Leia atentamente as dicas e complete a cruzadinha de sólidos geométricos

Figura 6 – Palavras cruzadas

Fonte: Elaboração própria

1 - Sólido com duas faces arredondadas

2 - Não tenho faces planas

3 - Sólido formado por regiões planas

4 - Sólido com duas bases iguais e faces laterais retangulares

5 - Sólido com uma base e um vértice principal

6 - Formato utilizado nos chapéus de aniversário

7 - Ponto de encontro das arestas

8 - Linha de encontro das faces


Aula Professor/a, vamos lembrar a definição de ângulos. Dizemos que ângulos

03
são duas semirretas, que têm a mesma origem, no vértice, e são medidos em
grau. (TODA MATÉRIA, https://www.todamateria.com.br/angulos/). Além disso,
quanto maior a abertura do ângulo, maior a sua medida.

Um ângulo bastante importante é o ângulo reto que mede 90°:

Figura 7 – Ângulo reto

Fonte: Elaboração própria

Situação geradora de aprendizagem

01 Observe as aberturas dos ângulos abaixo e determine:

Figura 8 – Aberturas de ângulos

1 2 3

4 5 6

Fonte: Elaboração própria


a) Qual ângulo de maior medida?

R:

b) Qual ângulo de menor medida?

R:

02 O transferidor é o instrumento usado para medir a abertura de um ângulo.


Observe, por exemplo, a medida de cada ângulo abaixo.

Figura 9 – Transferidor 180 graus Figura 10 – Transferidor 180 graus

35 graus 110 graus


Fonte: Elaboração própria Fonte: Elaboração própria

Agora, com auxílio de um transferidor, encontre as medidas dos ângulos abaixo:

1 2 3

R:
03 Observe o transferidor abaixo:

Figura 11 – Transferidor 360 graus

Fonte: BAZAR HORIZONTE. Disponível em https://www.bazarhorizonte.com.br/


transferidor-acrilico-trident-8312-360/p.

Agora, identifique a medida em graus de uma volta completa, meia volta e um quarto
de uma volta.
R:
04 No movimento de virarmos para direita ou esquerda estamos realizando um
ângulo reto. Sabendo disso, descreva o trajeto do ônibus vermelho usando
apenas ângulos de 90 graus, até o ponto indicado.
Figura 12 – Trajeto de ônibus

Fonte: MEU POSITIVO. Disponível em: https://www.meupositivo.com.br/doseujeito/


dicas/como-ver-o-trajeto-de-onibus-no-google-maps/.

R:

05 Com auxílio de um transferidor, desenhe em seu caderno:

a) Um ângulo reto b) Um ângulo de 30 graus


R: R:
c) Um ângulo de 120 graus
R:
Aula Professor/a, nesta aula sugerimos explorar o conceito de polígonos e suas

04
características através de alguns exercícios. Propomos a utilização do Tangram,
um quebra cabeça Chinês, utilizado em diversas partes do Mundo. Além de
explorar sua contribuição matemática, você poderá também, falar sobre alguma
das várias lendas do tangram, enfatizando a importância histórica-cultural desse
quebra cabeça.

Lembre que um polígono é uma curva fechada formada por segmentos de retas
que não se cruzam. Além disso, dizemos que um polígono é regular quando todos
os seus lados são congruentes e não regular, caso contrário.

Situação geradora de aprendizagem

01 Identifique abaixo as figuras geométricas poligonais e não poligonais.

Quadro 4 – Classificação de figuras planas

Figuras planas Classificação

Fonte: Elaboração própria


02 Todo polígono possui ângulos internos, vértices e lados, como mostra a figura
abaixo:
Figura 13 – Elementos de um polígono

Fonte: Elaboração própria

a) Agora, identifique em cada caso abaixo a quantidade de vértices, lados e ângulos


internos do polígono.
Quadro 5 – Polígonos

Nº ângulos
POLÍGONOS Nº de vértices Nº de lados
internos

Fonte: Elaboração própria


b) É possível observar alguma relação no número de vértices, lados e ângulos
internos? Qual?

R:

03 Identifique abaixo os polígonos regulares e os não regulares.

Quadro 6 – Classificação dos polígonos (regular e não regular)

Polígonos Classificação

Fonte: Elaboração própria


Professor/a, nessa próxima questão sugerimos apresentar o tangram para os/
as estudantes e discutir um pouco a respeito de uma de suas lendas. Sugerimos a
leitura do texto descrito na imagem abaixo.

04 O tangram é um quebra-cabeça chinês, formado por 7 peças (2 triângulos


grandes, 2 triângulos pequenos, 1 triângulo médio, 1 quadrado e 1
paralelogramo). Observe a imagem abaixo.

Figura 14 – Tangram

Fonte: WIKIPÉDIA. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/


wiki/Tangram.

Existem inúmeras lendas que narram o surgimento do Tangram. Abaixo,


apresentamos a lenda do Imperador Tan. Leia com seus colegas e conversem entre si
a respeito do que acharam da lenda.
Figura 15 – Lenda do Tangram

Fonte: Aprendendo a aprender. Disponível em: http://pactoemtutoia.blogspot.com/2014/07/

a) Identifique em cada polígono do Tangram:

• O número de ângulos internos;

• Quantos ângulos são retos;

• Quantos ângulos são maiores;

• Quantos ângulos são menores que um ângulo reto.


Quadro 7 – Elementos do tangram

POLÍGONOS Nº ÂNGULOS ÂNGULOS RETOS MAIORES QUE MENORES QUE


INTERNOS UM ÂNGULO UM ÂNGULO
RETO RETO

TRIÂNGULO
MAIOR
TRIÂNGULO
MÉDIO
TRIÂNGULO
MENOR
QUADRADO

PARALELOGRAMO

Fonte: Elaboração própria

b) Confeccione um Tangram com auxílio de régua e logo após, use sua imaginação
para formar polígonos. Em seguida, apresente na aula para seus colegas e converse
sobre as dificuldades que você encontrou na construção do seu Tangram.
Aula Professor/a, em um breve diálogo converse com os/as estudantes sobre o que

05
foi visto na aula anterior. Lembre a definição de polígonos, seus elementos e
algumas de suas características. Na aula de hoje, sugerimos falar de forma mais
detalhada dos triângulos e quadriláteros.

Os tipos de triângulos quanto aos lados são classificados da seguinte maneira:

Equilátero Isósceles Escaleno


(todos os lados iguais) (dois lados iguais) (todos os lados diferentes)

Além disso, temos o triângulo retângulo, cuja medida de um dos seus ângulos
mede 90 graus. Triângulos isósceles e escalenos também podem ser retângulos.

Por sua vez, os quadriláteros são polígonos que possuem quatro lados. Observe
alguns exemplos abaixo:

Dizemos que duas retas são paralelas quando elas não possuem ponto em
comum, ou seja, não se cruzam. Sendo assim, podemos classificar os quadriláteros
da seguinte maneira: Eles podem ter pelo menos dois lados paralelos, que
chamamos de trapézios. Se os lados opostos forem paralelos estamos com o
grupo dos paralelogramos e caso nenhum lado seja paralelo, os chamamos de
quadriláteros não trapézios.
Situação geradora de aprendizagem

01 Com auxílio de uma régua, desenhe os seguintes triângulos:

a) Isósceles de lados, medindo 3 cm.

b) Equilátero de lados, medindo 4 cm e 2 cm.

c) Escaleno de lados, medindo 3 cm, 4 cm e 5 cm.


d) Qual outra característica é possível observar no triângulo da letra c?

R:

02 Quais os tipos de triângulos que podemos destacar em um Tangram?

Figura 16 – Tangram

Fonte: WIKIPÉDIA. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/


wiki/Tangram.

R:
03 Observe os quadriláteros abaixo e os desenhe nos grupos devidos.

Figura 17 – Tipos de quadriláteros

Fonte: Elaboração própria

a) Quadriláteros que possuem dois lados paralelos.

R:

b) Quadriláteros que possuem um lado paralelo.

R:
c) Quadriláteros diversos.

R:

04 Com auxílio de uma régua desenhe um quadrado de lados 2 cm e um retângulo


de largura 2 cm e comprimento 3 cm e a partir da observação do seu desenho,
responda: Todo quadrado é um retângulo?

R:

05 Observe a imagem abaixo, identifique o nome dos polígonos e a característica


que os diferencia.
Figura 18 - Quadriláteros

Fonte: Elaboração própria

R:
5
5

Matemática,
Geografia e Arte
TEMA
A geometria do plano cartesiano

OBJETIVO GERAL
Descrever em coordenadas cartesianas a localização de objetos dentro do plano.

PROCESSO DE AVALIAÇÃO CONTÍNUA


Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se
o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento das
habilidades ou se é necessário que você proponha novas ações
pedagógicas para ajudá-los na superação das dificuldades
identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

Matemática (EF05MA14) Utilizar e compreender diferentes


Geometria representações para a localização de objetos no
plano, como mapas, células em planilhas eletrônicas
e coordenadas geográficas, a fim de desenvolver as
primeiras noções de coordenadas cartesianas.
(EF05MA15) Interpretar, descrever e representar
a localização ou movimentação de objetos no plano
cartesiano (1º quadrante), utilizando coordenadas
cartesianas, indicando mudanças de direção e de
sentido e giros.

Geografia (EF05GE08) Analisar transformações de paisagens


Formas de representação e nas cidades, comparando sequência de fotografias,
pensamento espacial fotografias aéreas e imagens de satélite de épocas
diferentes.

Arte (EF15AR02) Explorar e reconhecer elementos


Artes visuais constitutivos das artes visuais (ponto, linha, forma,
cor, espaço, movimento etc.).
Desenvolvimento da Sequência Didática

Aulas Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


específicos

Aula 01 Compreender as representações de Matemática


objetos no plano. Plano cartesiano: coordenadas
cartesianas (1º quadrante) e representação
de deslocamentos no plano cartesiano.

Aula 02 Aprender sobre o mapa do Brasil e suas Matemática


regiões. Plano cartesiano: coordenadas
Compreender como localizar lugares cartesianas (1º quadrante) e representação
dentro de um mapa. de deslocamentos no plano cartesiano.
Localizar regiões e lugares dentro de uma
malha quadriculada. Geografia
Mapas e imagens de satélite.

Aula 03 Conhecer as definições de ponto dentro Matemática


do contexto da Arte. Plano cartesiano: coordenadas
Descrever as coordenadas de um ponto cartesianas (1º quadrante) e representação
dentro do plano cartesiano. de deslocamentos no plano cartesiano.

Artes
Elementos da linguagem

Aula 04 Traçar trajetos horizontais e verticais Matemática


dentro do plano cartesiano. Plano cartesiano: coordenadas
cartesianas (1º quadrante) e representação
de deslocamentos no plano cartesiano.
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em quatro aulas. Dentro dessas aulas,


estão compreendidas as habilidades de Matemática, Geografia e Artes. No
que diz respeito a Matemática propomos trabalhar a ideia de localização em
uma malha quadriculada e em seguida inserir o conceito de pares ordenados
dentro do plano cartesiano (primeiro quadrante). Em Geografia sugerimos
trabalhar com imagens de mapas e em Artes, o conceito de ponto.
Aula Professor/a, vamos iniciar a sequência estimulando nos/as estudantes a ideia de

01
localização de objeto e pessoas no espaço. Com o intuito de já ir inserindo a ideia
de coordenadas em um plano cartesiano, motive os/as estudantes a organizarem
as coordenadas, cuja a primeira entrada será a coordenada do eixo horizontal e a
segunda entrada, a coordenada do eixo vertical. De acordo com a imagem abaixo,
nós temos que o avião está nas coordenadas B2 ou (B,2) e o cadeirante está nas
coordenadas C3 ou (C,3).

Situação geradora de aprendizagem

01 Maria e João decidiram jogar uma partida de batalha naval. O objetivo do jogo
é acertar todos os navios do adversário. A figura abaixo representa a posição
dos navios de Maria (à esquerda) e João (à direita).

Figura 1 – Jogo de batalha naval ( Maria x João)

Fonte: Elaboração própria


a) Qual a posição dos navios de Maria?

R:

b) Qual a posição dos navios de João?

R:

c) Qual a posição dos navios que João precisa acertar para ganhar a partida?

R:

02 Observe a imagem de uma praça vista de cima, inscrita em uma malha


quadriculada.
Figura 2 – Praça em malha quadriculada

A B C D E
Fonte: WKOERICHIMOVEIS. Disponível em https://www.wkoerichimoveis.com.br/wlife/projetoboapraca/ (Adaptada).
a) Quais as coordenadas da quadra de futsal?

R:

b) Quais as coordenadas da quadra de basquete?

R:

c) Quais as coordenadas do chafariz?

R:

d) O que podemos encontrar na coordenada D3?

R:

03 Um colégio tem uma de suas salas de aula disposta da seguinte maneira:

Figura 3 – Sala de aula


a) Quais alunos pertencem a última fila?

R:

b) Qual aluno está mais próximo da porta?

R:

c) Qual aluno está mais distante da porta?

R:
Aula Professor/a, sugerimos que continue trabalhando a ideia de localização dentro

02
de uma malha quadriculada. Além disso, propomos nesta aula unir esse conceito
também com o conhecimento de mapas, explorando uma das habilidades de
geografia. Algumas questões sugeridas na sequência trazem mapas dentro de
uma malha quadriculada. Sugerimos aproveitar a oportunidade para comentar
sobre as regiões do mapa do Brasil. Se eles sabem em qual região do Brasil eles
moram, ou quantas regiões e quais são as regiões do Brasil.

A primeira atividade sugere um jogo conhecido como campo minado. Você


pode discutir com os/as estudantes se eles já jogaram ou se conhecem o jogo.
Inclusive, propor que eles joguem, caso tenham acesso ao computador. É um jogo
que estimula o raciocínio lógico e o pensamento rápido do/a estudante.

Situação geradora de aprendizagem

01 Campo minado é um jogo de computador clássico, que consiste em encontrar


todas as casas que não possuem minas explosivas. Observe a figura abaixo:

Figura 4 – Jogo de campo minado

A B C D E F G

Fonte: ERRO INVERTIDO. Disponível em https://erroinvertido.com.br/jogo-campo-minado-completa-30-anos-no-windows/.

a) Se Pedro decidir jogar essa partida, quais são as casas que ele precisa evitar para
não detonar as minas?

R:
b) A bandeira no jogo representa sinal de alerta e ela é usada quando o jogador
suspeita da existência de uma mina naquela casa. Qual a coordenada da bandeira na
partida acima?

R:

02 A figura abaixo representa o mapa do Brasil dividido em suas regiões. Além


disso, ele está inscrito dentro de uma malha quadriculada. Observe a figura
e responda as questões.

Figura 5 – Mapa do Brasil

A B C

Fonte: PORTAL POWER. Disponivel em https://www.portalpower.com.br/mapa-capitais-brasil/.


a) Quais as coordenadas da região Nordeste?

R:

b) Qual a menor região (em termos de área) do Brasil? Quais suas coordenadas?

R:

03 Observe abaixo o mapa de parte da cidade de João Pessoa. Seguindo os pontos


cinzas e vermelhos como localização, encontre as seguintes coordenadas:

Figura 6 – Mapa de parte de João Pessoa

A B C D E F G

Fonte: GOOGLE MAPS. Disponível em https://www.google.com/maps/search/centro+de+joao+pessoa+abre+hoje/@-7.1487196,-


34.8778688,13.75z.

a) Centro Administrativo do Estado da Paraíba?

R:
c) Usando a mesma imagem acima, trace o menor trajeto possível (horizontal e/
ou vertical) para se chegar do Centro Administrativo Estadual da Paraíba até o
Mangabeira Shopping.

Figura 6 – Mapa de parte de João Pessoa

A B C D E F G

Fonte: GOOGLE MAPS. Disponível em https://www.google.com/maps/search/centro+de+joao+pessoa+abre+hoje/@-7.1487196,-


34.8778688,13.75z.
Aula Professor/a, sugerimos explorar a ideia de coordenadas no plano cartesiano

03
considerando somente o primeiro quadrante. Além disso, também é possível
trabalhar a ideia de pontos explorando uma das habilidades de Artes. Pergunte
se eles sabem como descrever um ponto em uma malha quadriculada. Apresente
aos/às estudantes o conceito de ponto dentro do contexto da disciplina de Artes.
Por exemplo, podemos classificar um ponto como ponto geométrico, ponto
gráfico ou ponto físico, como mostra a figura abaixo:

Figura 7 – Tipos de pontos

Fonte: ARTES ATIVIDADES. Disponível em http://artesatividades.blogspot.com/2017/04/o-ponto.html#:~:text=Ele%20


%C3%A9%20o%20primeiro%20elemento,a%20forma%20e%20a%20cor.&text=Mas%2C%20vamos%20pensar%20no%20
ponto,pintura%2C%20enfim%20uma%20composi%C3%A7%C3%A3o%20art%C3%ADstica.

Situação geradora de aprendizagem

01 Observe abaixo a malha quadriculada numerada tanto na linha vertical


quanto na horizontal. As coordenadas do ponto A são dadas pelo par ordenado
(2,2). Seguindo o mesmo raciocínio, encontre as coordenadas dos pontos B,C
e D.
Figura 7 – Plano cartesiano (1º quadrante)

0 1 2 3 4 5
Fonte: GEOGEBRA. Elaboração Própria
R:

02 A ilustração da casa abaixo está inserida em uma malha quadriculada.


Observe onde se encontra cada ponto e responda o que se pede:
Figura 8 – Casa no plano cartesiano

E F
6

G
4
D

I J L O
3

M N
2

A H K B
1

0 1 2 3 4 5 6 7 8

Fonte: GEOGEBRA. Elaboração Própria


a) Quais pontos formam o telhado da casa?
R:

b) Quais pontos formam a porta da casa?


R:

c) Desenhe na casa da figura abaixo, uma chaminé com pontos formados pelas
coordenadas (4,6), (4,7), (5,6) e (5,7).

Figura 9 – Casa no plano cartesiano

E F
6

G
4
D

I J L O
3

M N
2

A H K B
1

0 1 2 3 4 5 6 7 8

Fonte: GEOGEBRA. Elaboração Própria


03 Marque os pontos descritos abaixo na malha quadriculada. Depois observe o
desenho que se forma ao serem ligados.

A(6,7), B(5,5), C(3,5), D(5,4), E(4,2), F(6,3), G(8,2), H(7,4), I(7,5), J(9,5)

Figura 10 – Plano cartesiano ( 1º quadrante)

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Fonte: GEOGEBRA. Elaboração Própria


Aula Professor/a, nessa aula propomos trabalhar com a noção de trajetos horizontais

04
e verticais dentro de uma malha quadriculada.

Situação geradora de aprendizagem

01 Tiago está a caminho de casa em seu carro. A figura abaixo mostra sua
distância até o destino final. Ele começou o seu trajeto avançando duas casas
para a direita. Continue descrevendo o menor trajeto em caminhos verticais
e horizontais.

Figura 11 – Trajeto de casa

Fonte: Elaboração Própria

R:
02 Um gatinho fez o trajeto do ponto A ao ponto H passando por todos os pontos
em ordem alfabética. Descreva todos os pontos pelos quais o gatinho passou.

Figura 12 – Trajeto do gatinho

0 1 2 3 4 5 6

Fonte: Elaboração Própria

R:
03 Em um jogo de xadrez, o cavalo sempre anda em L. Observe a figura abaixo e
responda o que se pede:

Figura 13 – Tabuleiro de xadrez

Fonte: PORTAL DO PROFESSOR. Disponível em http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=18973.

a) Qual a posição inicial do cavalo branco?


R:

b) Qual a posição inicial do cavalo preto?


R:

c) Supondo que o cavalo branco moveu para a bolinha bege, qual sua posição atual?
R:

d) Supondo que o cavalo preto moveu para a bolinha azul, qual sua posição atual?
R:
5º ANO

ESPELHO DE EXPECTATIVA DE RESPOSTAS DAS SEQUÊNCIAS


DIDÁTICAS VOLUME I
SD 1

MATEMÁTICA E CIÊNCIAS

1-

2-
a) 3 = classe dos milhares e ordem das dezenas; 2 = classe das unidades simples
eordem das centenas.
b) 4 = classe dos milhares e ordem das unidades; 5 = classe das unidades simples
eordem das unidades.
c) 5 = classe dos milhares e ordem das dezenas; 9 = classe das unidades simples
eordem dezenas.
3-

4-
NÚMERO POR EXTENSO

880.000 OITOCENTOS E OITENTA MIL

253 DUZENTOS E CINQUENTA E TRÊS

27.010 VINTE E SETE MIL E DEZ

139 CENTRO E TRINTA E NOVE

1-

2- Seiscentos e noventa e um mil e duzentos.


3-
4-
ALIMENTO GASTO (KG/LITRO)

Manteiga 18000

Carne de boi 17100

Queijo 5280

Carne de frango 3700

Arroz 2500

Leite 712,5

Banana 499

Batata 132,5

Cerveja 5,5

5-

6-
1-

2-

3-

a) Pano (de 6 meses a um ano); Filtro de cigarro (5 anos); Linha de pesca (além de 600anos); Lixo
radioativo (uns 250 000 anos); Pneu (não se sabe ao certo).
b) 250.000 = 200.000 + 50.000;
2 = classe dos milhares, ordem centena de milhar
5 = classe dos milhares, ordem dezena de milhar
4-
1-

a) 19,1; 255,84; 19,188; 3,08; 875,55; 0,90; 0,08; 0,10


b) 0,10, pois a sua parte decimal (1) é maior que a parte decimal de 0,08 (0)
c) Espera-se que o estudante marque na reta numérica os valores citados. Os valores0,10 e 0,90
estão compreendidos antes do 1 e o valor 3,08 está entre o 3 e 3,1.
2-

3-

a) <
b) >
c) <
d) >

5º ANO

ESPELHO DE EXPECTATIVA DE RESPOSTAS SEQUÊNCIAS


DIDÁTICAS VOLUME I
SD 2

MATEMÁTICA E CIÊNCIAS

1- 810 porções.
2-
a) Construtores = 150 porções; Energéticos = 720 porções
b) 1350 porções
3- 2600 gramas.

4-

a) 190.336
b) 30.390
c) 316.815

1-
a) Maria deve aumentar pelo menos 2 unidades em seu IMC
b) Pedro teria que aumentar pelo menos 3 unidades em seu IMC
c) 16; O João está abaixo do peso e o Tiago tem obesidade grau I
2- Ela precisa comprar 750 gramas de farinha de trigo.

3- Seriam necessários 1300 gramas.

4- Francisco deverá colher 3650kg.

5- Precisa consumir ainda 1130 calorias.

1-

a) 51,4 %
b) 43,8 %
c) 78,7 %
d) 67,2 %
2-
a) 72,8 %
b) 8,7 %

3-

a) R$ 7,08
b) R$ 4,50
1-
a) 30,7
b) 2,5

2-
a) R$ 11,91
b) R$ 6,92

3-
a) 14,6 %
b) Resposta pessoal

1- Nas letras a e b, espera-se que o estudante seja capaz de criar e resolver um problema envolvendo
adição e subtração com números racionais.

2-
a) 2200 calorias
b) 2450 calorias
c) Resposta pessoal

5º ANO

ESPELHO DE EXPECTATIVA DE RESPOSTAS SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS VOLUME I


SD3
MATEMÁTICA E GEOGRAFIA

1-
a) 1.855.700
b) 7.341.636

2-
a) 100 X 20 = 2000
b) 200 X 6 = 1200
c) 100 X 90 = 9000
3-
a) 2058
b) 1182
c) 8976

4- 510 pessoas

5- 2970

1-
a) 241,4 milhões
b) 1980 = 724,2 milhões; 2000 = 1.048,8 milhões; 2010 = 1.174,2 milhões

2-

a) R$ 17,13
b) R$ 7,47

3- R$ 2.199,00

4-

a) 13,5 metros
b) R$ 67,50

1- Resposta pessoal.

2- Resposta pessoal.

3- Resposta pessoal.

4-

a) O número que Pedro pensou foi 5.


b) O número que Maria pensou foi 5.
5º ANO

ESPELHO DE EXPECTATIVA DE RESPOSTAS SEQUÊNCIAS


DIDÁTICAS VOLUME I
SD 4

MATEMÁTICA E HISTÓRIA

1-
a) Poliedros: 3,4,6,7,8; Corpos redondos: 1,2,5
b) Os poliedros possuem todas as faces planas e os não poliedros possuem pelo menosuma
superfície curva.
2-
a) Espera-se que o estudante desenhe uma laranja, uma bola, dentre outros.
b) Espera-se que o estudante desenhe um canudo, lata de refrigerante, dentre outros.
c) Espera-se que o estudante desenhe uma caixa de sapato, caixa de bombom, dentreoutros.
3-
1- Figuras planas: C, D e F; Figuras espaciais: A, B e E.

2- Cone;
Prisma pentagonal;
Prisma triangular;
Pirâmide quadrangular.

3-

POLIEDRO Nº DE Nº DE Nº DE
VÉRTICES FACES ARESTAS
CUBO 8 6 12

PRISMA 8 6 12
QUADRANGULAR

PIRÂMIDE 4 4 6
TRIANGULAR

PIRÂMIDE 6 6 10
PENTAGONAL
4-
1- Cilindro
2- Esfera
3- Poliedro
4- Prisma
5- Pirâmide
6- Cone
7- Vértice
8- Arestas

1-
a) Figura 6
b) Figura 1
2- Com um transferidor, o estudante deverá colocar a primeira semirreta sobre a medida dezero
graus como feito na figura 9 e 10.

3- Uma volta = 360 graus; meia volta = 180 graus; um quarto de uma volta = 90 graus

4- Segue em frente; gira 90 graus para a esquerda; segue em frente; gira 90 graus para a
esquerda; segue em frente.

5- Resposta pessoal. Espera-se que o estudante consiga utilizar um transferidor e identificaros


graus.

1-

2-

a)
b) Sim, eles são iguais.

3- Não regular;

Não regular;

Regular;

Regular.

4-

a)

b) Resposta pessoal.

1-
a) Equilátero de lados medindo 3cm

b) Isósceles de lados medindo 4cm, 4cm e 2 cm


c) Escaleno de lados medindo 3cm, 4cm e 5cm

d) Ele também é um triângulo retângulo.

2- Isósceles e escaleno.

3-
a) Espera-se que os estudantes desenhem os quadriláteros A, C e F
b) Espera-se que os estudantes desenhem o quadrilátero E
c) Espera-se que os estudantes desenhem os quadriláteros B e D
4- Espera-se que o estudante através da observação responda que sim, todo quadrado é um
retângulo.
Os quadriláteros que possuem todos os ângulos retos são chamados de retângulos. Dessa forma,
todo quadrado é também um retângulo, mas nem todo retângulo é um quadrado, pois, todo
quadrado possui todos os ângulos retos, mas nem todo retângulo possui os quatro lados
congruentes.
5- Trapézio e paralelogramo. No primeiro, temos apenas um par de lados paralelos, enquantono
segundo temos dois pares de lados paralelos.

5º ANO

ESPELHO DE EXPECTATIVA DE RESPOSTAS SEQUÊNCIAS

DIDÁTICAS VOLUME I
SD 5
MATEMÁTICA, GEOGRAFIA E ARTE
1-
a) Posições dos navios de Maria: B10, D5, F3 e H8.
b) Posições dos navios de João: B1, E6, H4 e I8.
c) Ele precisa acertar as posições dos navios de Maria: B10, D5, F3 e H8.

2-
a) B3.
b) B2.
c) C3.
d) O estacionamento.

3-
a) Luiz, Paulo e Bianca.
b) Pedro.
c) Luiz.

1-
a) Ele precisa evitar as casas: A4, B2, E2 e G5.
b) E5.

2-

a) C2.
b) Região sul. Sua coordenada é B3.

3-
a) B1.

c)
1- B(4,1), C(1,4) e D(1,1).
2-
a) D(2,4), G(7,4), F(6,6) e E(3,6).
b) H(3,1), I(3,3), J(4,3) e K(4,1).
c)

3-
1- Depois ele avançou mais quatro casas no mesmo sentido. Em seguida, avançou quatro casas para
cima e chegou ao destino.

2- A(2,1), B(2,2), C(2,3), D(2,4), E(3,4), F(4,4), G(4,5) e H(5,5).

3-

a) b1 e g1.

b) c8 e g8.

c) f3.

d) b6.
M
M
aa
t
te
em
m
áá
t
ti
ic
ca
ANO
ANO a

SEQUÊNCIAS
SEQUÊNCIAS

DIDÁTICAS
DIDÁTICAS

Volume
Volume 2
2
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD1
SD1 -
- Matemática
Matemática e
e Arte
Arte
A magia das dobraduras no ensino de frações

Compreender as frações em suas formas fracionárias e


decimais através do uso de dobraduras.

Professor/a, durante a aplicação das atividades,


observe se o/a estudante avançou no processo de
desenvolvimento das habilidades ou se é necessário
que você proponha novas ações pedagógicas para
ajudá-los na superação das dificuldades identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

(EF05MA03) Identificar e representar frações (menores e


maiores que a unidade), associando-as ao resultado de uma
Números divisão ou à ideia de parte de um todo, utilizando a reta
numérica como recurso.

(EF15AR04) Experimentar diferentes formas de expressão


artística (desenho, pintura, colagem, quadrinhos, dobradura,
Artes Visuais escultura, modelagem, instalação, vídeo, fotografia etc.),
fazendo uso sustentável de materiais, instrumentos, recursos e
técnicas convencionais e não convencionais.
Desenvolvimento da Sequência Didática

Quantidade de Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


Aulas específicos

AULA 01 Confeccionar origamis; Artes: Materialidades.


Aprender a representar frações por Matemática: Representação
meio de dobraduras. fracionária dos números racionais:
reconhecimento, significados, leitura
e representação na reta numérica.

AULA 02 Utilizar o material dourado na Matemática: Representação


compreensão do significado dos fracionária dos números racionais:
números fracionários e sua escrita reconhecimento, significados, leitura
por extenso. e representação na reta numérica.

Matemática: Representação
AULA 03 Identificar os números maiores e fracionária dos números racionais:
menores que a unidade nas suas reconhecimento, significados, leitura
representações fracionárias e representação na reta numérica.

AULA 04 Localizar na reta numérica as frações Matemática: Representação


menores e maiores que a unidade. fracionária dos números racionais:
reconhecimento, significados, leitura
e representação na reta numérica.
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em 4 (quatro aulas) em cujas aulas estão


compreendidas as habilidades de Matemática e Arte. Dentro da componente de Artes são
trabalhadas as dobraduras como meio de expressão artística, apresentando para os/as
estudantes a definição de origami e mosaico. Essa sequência didática vem por meio do uso de
dobraduras e recortes, motivar a compreensão do conteúdo de frações, como a representação
de parte de um todo.
(EF15AR04) Experimentar diferentes formas de expressão artística (desenho, pintura, colagem,
quadrinhos, dobradura, escultura, modelagem, instalação, vídeo, fotografia etc.), fazendo uso
sustentável de materiais, instrumentos, recursos e técnicas convencionais e não
convencionais.
(EF05MA03) Identificar e representar frações (menores e maiores que a unidade), associando-
as ao resultado de uma divisão ou à ideia de parte de um todo, utilizando a reta numérica
como recurso.

Professor, iniciamos essa sequência didática localizando e descrevendo os pontos


cardeais, objeto de conhecimento de Geografia, relacionando-os aos conteúdos de
Matemática. Sugerimos, caso possível, passar o vídeo “As direções cardeais e os instrumentos
de localização”, disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=AyNXk8OG-7g&t=77s>.
Após a apresentação do vídeo, conduza questionamentos acerca do deslocamento e
localização. Interrogue aos estudantes sobre localização e deslocamento de pessoas e objetos
no espaço, com o intuito de diferenciá-los.

Situação geradora de aprendizagem

1. Hoje vamos brincar com dobraduras de papel!

Figura 1: Criança realizando dobraduras

Fonte: MARISTALAB. Disponível em : https://maristalab.com.br/infancia/origami-uma-arte-milenar-automatico/


 Você poderia dizer alguma figura que podemos formar dobrando os papéis?
 Você já fez alguma vez algum barquinho, avião ou chapéu usando papel?
 Que tal fazermos um avião de papel?

Com uma folha A4 em mãos, observe o passo a passo abaixo e confeccione o seu
próprio avião de papel.

Figura 2 - Avião em dobradura de papel

Fonte: WIKIPEDIA. Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Avi%C3%A3o_de_papel.


2. Além das figuras conhecidas como o barquinho e avião de papel, temos também os
origamis. Comente com seus colegas se vocês já ouviram falar em origami e se sabem como
eles surgiram. Em seguida, escolha um dos origamis abaixo para você confeccionar.

Figura 2 - Origami

Fonte: NO MUNDO DA MATERNIDADE. Disponível em http://nomundodamaternidade.com.br/2017/06/origami-


aviao-de-papel-e-dobraduras-faceis-para-criancas.html.

Professor/a, após a confecção dos origamis, chegou a hora de introduzirmos a ideia de


frações utilizando dobraduras de papel, de modo que os/as estudantes percebam partes iguais
de figuras geométricas dentro da figura maior inicial. Abaixo vamos dar uma ideia de qual seria
o objetivo da atividade.
Considere o quadrado e divida-o em duas partes iguais, dobrando ao meio:
Dobrando novamente, nós teremos:

A ideia será apresentar ao/à estudante o conceito de fração como parte de um todo.

3. Agora, vamos brincar com dobraduras e recortes de papel de algumas figuras


geométricas. Tenha em suas mãos uma folha de papel A4 e uma tesoura sem ponta. Você
sabia que podemos retirar um quadrado da folha A4 de maneira prática e sem régua? Observe
abaixo o passo a passo para se obter um quadrado da folha A4:
Figura 3 – Dobradura de um retângulo

Fonte: BLOG DA PROFESSORA ED EV. Disponível em: https://blogdaprofessoradeev.home.blog/2019/04/11/como-


fazer-um-envelope-em-origami-processo-simples/.

 Com a folha em formato de quadrado em mãos, dobre ao meio e em seguida dobre


novamente, seguindo o processo abaixo:
Após esse processo, retorne a folha para o seu tamanho original. Você verá um
quadrado dividido em quatro partes iguais. Vamos colorir um desses quadrados de amarelo.

a. Quantos quadradinhos amarelos cabem no quadrado azul maior? _______________

b. Recorte um dos quatro quadrados formados e repita o processo, obtendo novamente


mais quatro quadrados menores de tamanhos iguais, como mostra a figura:

Quantos quadradinhos verdes cabem no quadrado amarelo maior?


_______________
c. E com relação ao quadrado azul inicial, quantos quadradinhos verdes cabem nesse
quadrado azul maior? ___________________

Professor/a, após essa atividade de recortes, você pode introduzir o conceito de


frações. Converse com os/as estudantes para saber se eles já ouviram falar sobre frações,
mencionando por exemplo, que o quadrado amarelo representa 1/4 do quadrado azul maior e
que o quadrado verde também representa 1/4 do quadrado amarelo. No entanto, esse mesmo
quadrado verde representa 1/16 se observado dentro do quadrado azul.
Além disso, lembre que a fração é representada por um quociente a/b onde a é o
numerador e b o denominador.

4. Agora é a vez de brincarmos com o círculo. Tenha em mãos novamente uma folha A4 e uma
tesoura sem ponta. Caso não possua um compasso, procure na sua casa algum objeto redondo
para ser a sua base de desenho do círculo. Observe a imagem abaixo:

Figura 4 – Desenhando um círculo

Fonte: Elaboração própria

Com auxílio da tesoura, recorte o círculo do papel. Após o recorte, dobre ele ao meio
duas vezes. Como mostra a imagem abaixo:
Figura 5 – Dobradura do círculo

Fonte: Elaboração própria

Retornando o círculo para seu tamanho original teremos um círculo dividido em


quatro partes iguais.

Figura 6 - Círculo

Fonte: Elaboração Própria


a. Quantas figuras iguais à branca cabem dentro do círculo?
_________________________

b. Como podemos representar a parte branca do círculo? ________________________

c. Como podemos representar as partes azuis do círculo? _______________________

5. VAMOS BRINCAR!! Você sabe dizer o que é um mosaico? O mosaico é uma arte antiga que
consiste em formar figuras abstratas ou conhecidas por meio da junção de pequenos pedaços
de rocha, azulejo, concha ou vidro. Veja abaixo um exemplo de mosaico.
Figura 7 - Exemplo de mosaico

Fonte: ARTESANATO PASSO A PASSO JÁ. Disponível em https://www.artesanatopassoapassoja.com.br/wp-


content/uploads/2017/08/mosaico-facil-22.jpg.

 Agora é sua vez!


Recorte as partes do quadrado e círculo que você encontrou e forme figuras geométricas.
Além disso, você pode utilizar outras folhas coloridas para ter várias figuras geométricas e a
partir delas criar mosaicos. Aproveite para comparar com o dos seus colegas.
(EF05MA03) Identificar e representar frações (menores e maiores que a unidade), associando-
as ao resultado de uma divisão ou à ideia de parte de um todo, utilizando a reta numérica
como recurso.

Professor/a, sugerimos o trabalho com o material dourado, despertando nos/as


estudantes um olhar lúdico sobre a representação de frações. Inicialmente, você pode
apresentar o material e pedir que eles/as apontem as relações entre as peças.

Figura 8 - Material dourado

Fonte: BRAINLY. Disponível em https: //brainly.com.br/tarefa/32899108.

Situação geradora de aprendizagem


1. O material dourado é dividido em 4 peças chaves: os cubos pequenos, as barras, as
placas e os cubos grandes. Observe abaixo cada uma dessas peças e responda ao que
se pede:
Figura 5 – Material dourado (2)

Fonte: BRAINLY. Disponível em: https://brainly.com.br/tarefa/32899108.

a. Quantos cubinhos cabem em uma barra? ____________

b. Qual a representação do cubinho, em forma de fração, quando comparado com a


barra? _________________

c. Quantos cubos pequenos cabem em uma placa? Qual sua representação em fração?
_________________

d. Quantas placas cabem em um cubo grande? Qual sua representação em fração?


___________________

2. Lucas estava brincando com seu material dourado e separou o material de várias
maneiras:
3. Observe as peças do material dourado a seguir:

 Qual fração representa dois cubos pequenos em uma barra? Escreva também por
extenso.

b. Qual fração representa sete cubos pequenos em uma placa?


c. Qual a fração representa 4 placas dentro de um cubo grande?

3. Observe as figuras abaixo e escreva a representação das áreas pintadas em fração, depois
escreva como se lê cada uma.

a)
_______________________________________________________________

b)

______________________________________________________________________

c)

___________________________________________________________________________
4. Em cada figura abaixo, pinte a parte que representa 1/4.
(EF05MA03) Identificar e representar frações (menores e maiores que a unidade), associando-
as ao resultado de uma divisão ou à ideia de parte de um todo, utilizando a reta numérica
como recurso.

Professor/a, nesta aula, além de reforçar os conteúdos já vistos nas aulas anteriores,
propomos algumas atividades que envolvem frações menores e maiores que a unidade e sua
representação em forma decimal. Para explicar as frações maiores que as unidades, usaremos
a princípio, figuras geométricas. No exemplo abaixo, a primeira figura representa um inteiro,
ou seja 1=4/4.

As imagens juntas representam 7/4, que equivale a uma quantidade maior que um inteiro.

Situação geradora de aprendizagem


1. Um terreno foi dividido em sete lotes. Quatro desses lotes serão para área de lazer. Com
base nessas informações, responda às seguintes questões.

a) Represente em desenho o terreno dividido em lotes e pinte a parte que representa a área
de lazer.
b) Qual fração representa a área de lazer? ____________________

c) Qual é o numerador e denominador da fração encontrada no item anterior? _____________

d) Se quatro do total de lotes foi destinado para a área de lazer, qual fração representa a parte
restante do terreno? ________________

2. Em cada caso abaixo, represente a imagem pintada na forma fracionária.


3. Observe o quadro a seguir e reescreva as frações que são maiores que um inteiro?

4. Observe o exemplo abaixo e represente por meio de desenho os números abaixo:

5. João ganhou de sua mãe 12 bolinhas de gude.


Figura 9 – Bolinha de gude

Fonte: MAGAZINE LUIZA. Disponível em: https://www.magazineluiza.com.br/bolinha-de-gude-fantasia-pacote-com-


150-unidades-embalados/p/jj91f12f89/af/fsia/

a) Ele organizou as bolinhas em 3 saquinhos com quantidades iguais. Quantas bolinhas ficaram
em cada saquinho? Resolva no espaço abaixo:

b) Cada um dos três sacos corresponde a que fração do total dos sacos? _______________

c) Três bolinhas corresponde a que fração da quantidade total? __________________


(EF05MA03) Identificar e representar frações (menores e maiores que a unidade), associando-
as ao resultado de uma divisão ou à ideia de parte de um todo, utilizando a reta numérica
como recurso.

Situação geradora de aprendizagem

1. Pedro foi à pizzaria com seus amigos. As imagens abaixo representam a quantidade
que cada um deles comeu.

Figura 7 – Pizzas

Fonte: FREEPIK. Disponível em <a href='https://br.freepik.com/vetores/fundo'>Fundo vetor criado por brgfx -


br.freepik.com</a>

- Represente no quadro abaixo utilizando frações e escreva por extenso a quantidade que cada
um deles comeram.

Quadro 1 - Representação de números fracionários


NOME FORMA FRACIONÁRIA POR EXTENSO

JUNIOR

PEDRO

PAULO
2. Em cada reta numérica abaixo, escreva a fração que representa o ponto.

a)

b)

c)

3. Marque na reta numérica as frações a seguir:


a) 5/2

b) 2/4

c) 6/4
d) 11/4
AULA 1

1. Espera-se que o/a estudante construa um avião de papel.


2. Espera-se que o/a estudante converse com seus colegas sobre seu conhecimento do origami
e em seguida construa seu próprio origami.
3. a) 4 quadradinhos
b) 4 quadradinhos
c) 16 quadradinhos
4. a) 4 figuras
b) 1/4
c) 3/4
5. Espera-se que o aluno use a criatividade e livremente construa seu mosaico.

AULA 2

1. a) Dez cubos pequenos. Cada um será representado por 1/10


b) Cem cubos pequenos. Cada um será representado por 1/100
c) Dez placas. Cada uma será representada por 1/10
2. a) 2/10; dois décimos
b) 7/100; sete centésimos
c) 4/10; quatro décimos
3. a) 3/7; três sétimos
b) 7/7; um inteiro
c) 2/10; dois décimos
4. Espera-se que o/a estudante pinte uma única parte de cada figura.
AULA 3

1. a) Espera-se que o/a estudante desenhe um retângulo, o divida em sete partes iguais e pinte
somente quatro partes.
b) 4/7
c) 4 é o numerador e 7 o denominador
d) 3/7
2. a) 6/4
b) 3/6
c) 12/16
d) 7/4
3. 4/3 e 6/3
4. a) Espera-se que o/a estudante desenhe um retângulo, o divida em quatro partes iguais e
pinte somente uma.
b) Espera-se que o/a estudante desenhe um retângulo, o divida em quatro partes iguais e
pinte três partes.
5. a) Quatro bolinhas de gude
b) Um terço ou ⅓
c) 3/12.

AULA 4

1. Junior: 1/4 ; Um quarto


Pedro: 1/2 ; Um meio
Paulo: 3/4; Três quartos
2. a) 2/3
b) 2/6
c) 2/4
3. Espera-se que o/a estudante identifique em cada reta numérica a fração desejada.
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD2
SD2 -
- Matemática,
Matemática,

CiÊncias
CiÊncias e
e Arte
Arte
O uso de frações na organização do nosso cardápio e
sua abordagem no ensino da arte.

Identificar as características das frações semelhantes,


através do uso de situações cotidianas, como cardápios
saudáveis e dobraduras de papel.

Professor/a, durante a aplicação das atividades,


observe se o/a estudante avançou no processo de
desenvolvimento das habilidades ou se é necessário
que você proponha novas ações pedagógicas para
ajudá-los na superação das dificuldades identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

(EF05MA04) Identificar frações equivalentes.


(EF05MA05) Comparar e ordenar números racionais positivos
Números (representações fracionária e decimal), relacionando-os a pontos
na reta numérica.

(EF05CI08) Organizar um cardápio equilibrado com base nas


Vida e evolução características dos grupos alimentares (nutrientes e calorias) e nas
necessidades individuais (atividades realizadas, idade, sexo etc.)
para a manutenção da saúde do organismo.

(EF15AR04) Experimentar diferentes formas de expressão


artística (desenho, pintura, colagem, quadrinhos, dobradura,
Artes visuais escultura, modelagem, instalação, vídeo, fotografia etc.), fazendo
uso sustentável de materiais, instrumentos, recursos e técnicas
convencionais e não convencionais.
Desenvolvimento da Sequência Didática

Quantidade Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


de Aulas específicos

AULA 01 Conscientizar a respeito de uma Ciências: Hábitos alimentares.


alimentação saudável;
Matemática: Comparação e
Identificar frações equivalentes. ordenação de números racionais na
representação decimal e na
fracionária utilizando a noção de
equivalência.

AULA 02 Trabalhar com dobraduras a partir da Artes: Materialidades.


construção do tangram.
Matemática: Comparação e
Encontrar frações equivalentes. ordenação de números racionais na
representação decimal e na
fracionária utilizando a noção de
equivalência.

Comparar e ordenar números na sua Matemática: Comparação e


AULA 03 forma fracionária. ordenação de números racionais na
representação decimal e na
Utilizar a reta numérica para ordenar fracionária utilizando a noção de
frações. equivalência.

AULA 04 Comparar e ordenar números na sua Matemática: Comparação e


forma decimal. ordenação de números racionais na
representação decimal e na
fracionária utilizando a noção de
equivalência.

AULA 05 Conscientizar a respeito de uma Ciências: Hábitos alimentares.


alimentação saudável;
Matemática: Comparação e
Identificar frações equivalentes. ordenação de números racionais na
representação decimal e na
fracionária utilizando a noção de
equivalência.
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em 4 (quatro aulas). Ela propõe o estudo das
relações entre os números fracionários, no que diz respeito à equivalência, comparação e
ordenação. Podemos explorar com esse conteúdo, habilidades de Matemática, Ciências e Arte.
Dentro do componente de Ciências, propomos usar a divisão na montagem de um prato
saudável, reforçando a importância das frações equivalentes. No que diz respeito
à componente de Arte, sugerimos utilizar técnicas de dobraduras para construir o tangram e
dentro dessa construção , identificar as frações equivalentes.

(EF05MA04) Identificar frações equivalentes.


(EF05CI08) Organizar um cardápio equilibrado com base nas características dos grupos
alimentares (nutrientes e calorias) e nas necessidades individuais (atividades realizadas, idade,
sexo etc.) para a manutenção da saúde do organismo.

Professor/a, nesta aula nós propomos trabalhar com as frações equivalentes. Para isso,
vamos começar explorando a habilidade de ciências que trata de uma boa distribuição alimentar
nas nossas refeições. A primeira atividade sugerida traz a montagem de um prato saudável,
segundo um olhar nutricional. A divisão do prato traz uma relação com frações equivalentes e
reforça mais uma vez a ideia de fração como parte de um todo. Dentro da atividade propomos
uma conversa entre os/as estudantes a respeito da alimentação deles, se eles conheciam essa
divisão ou se costumam comer alimentos saudáveis em suas refeições.

Situação geradora de aprendizagem

1. Observe o infográfico abaixo que representa a distribuição alimentar de um prato


saudável.
Figura 1 – Infográfico de um prato saudável

Fonte: FIQUE INFORMA. Disponível em: https://www.fiqueinforma.com/como-montar-um-prato-saudavel/.

Professor/a atente para as observações a seguir com os/as estudantes, explique cada
uma para eles/elas fazendo a leitura e esclarecendo possíveis dúvidas.

Note que um prato saudável é composto por legumes e verduras (beterraba, tomate, cenoura,
pepino, brócolis, entre outros), arroz, pães e massas, grãos (feijão, ervilha, soja, entre outros) e
por último, carnes e ovos.

a) AGORA É A SUA VEZ! Monte seu prato saudável. Na imagem abaixo, desenhe ou cole
imagens dos seus alimentos favoritos de acordo com o que se pede para termos um
prato saudável.
b) Vocês sabiam que dentro da montagem do nosso prato também encontramos a
matemática? Observe a representação de cada parte do nosso prato representada em
frações:

O que poderíamos afirmar sobre a área ocupada pelo arroz, pães e massas e a área
ocupada pelos grãos, carnes e ovos?
2. A questão anterior nos dá alguns exemplos de frações equivalentes. Nós podemos encontrar
frações equivalentes multiplicando o numerador e denominador por um mesmo número. Veja
o exemplo:

Agora, para cada caso abaixo encontre frações equivalentes:


3. Relacione as duas colunas observando as frações equivalentes:

4. Gustavo foi à padaria e no balcão tinham expostas três pizzas com as seguintes divisões de
fatias:

Figura 2 – Divisão de pizza

Fonte: TODA MATÉRIA.. Disponível em https://www.todamateria.com.br/o-que-e-fracao/.


a) Você gosta de pizza? Discuta com seus/suas colegas quais sabores de pizza você mais
gosta e se você acha que pizza é um alimento saudável.

b) Gustavo adora pizza e resolveu levar os três sabores. Sabendo que as partes brancas
representam o que o Gustavo vai levar para casa, escreva a fração correspondente a
cada parte branca das três pizzas.

c) Qual a relação existente entre os números fracionários a seguir?

5. Assinale com sim as imagens abaixo, cuja parte pintada de amarelo representa a fração 1/4?

Assinale e justifique.

a)
b)

c)

d)

4. Observe as frações representadas em tiras. Em seguida, escreva o algarismo que deveria


substituir ∎, para termos duas frações equivalentes.
Fonte: NovaEscola. Disponível em https://novaescola.org.br/plano-de-aula/260/trabalhando-com-tiras-de-
fracao#_=_
(EF05MA04) Identificar frações equivalentes.
(EF15AR04) Experimentar diferentes formas de expressão artística (desenho, pintura, colagem,
quadrinhos, dobradura, escultura, modelagem, instalação, vídeo, fotografia etc.), fazendo uso
sustentável de materiais, instrumentos, recursos e técnicas convencionais e não convencionais.

Professor/a, propomos continuar falando sobre frações equivalentes nessa segunda


aula. Vamos iniciar com a construção de um Tangram e a partir dele, explorar as figuras
geométricas que o compõem e que representam frações equivalentes em termos de áreas.
Nessa atividade inicial é muito importante a mediação do/a professor/a no auxílio do/a
estudante.

Situação geradora de aprendizagem

Na aula de hoje vamos trabalhar com a construção do Tangram. Tenha em mãos uma
folha de papel A4 e uma tesoura e siga os passos exibidos na figura abaixo. Você tem a opção
de, ao final, recortar ou não as figuras geométricas do Tangram.

Figura 3 – Construção do Tangram


- Após o térmico, você também pode colorir da forma que preferir. Teremos então a seguinte
figura:

Figura 4 – Tangram

Fonte: INDAGAÇÃO. Disponível em https://www.indagacao.com.br/2019/04/modelos-de-tangram-para-imprimir-


atividade-e-moldes.html.

Professor/a, na próxima atividade utilizamos a fração 1/16, cuja leitura da fração vem
com o termo “avos”. Seria interessante, a medida que que a explicação da questão seja feita,
lembrar aos/às estudantes de como lemos frações.

1. Conseguimos quadricular o Tangram em 16 quadradinhos. Logo, cada quadrado


representa 1/16 (um dezesseis avos) da área total. Note que tanto a figura 5 quanto a
figura 3 representam 1/16 da área do tangram. Juntas elas correspondem a 2/16 do
todo. Identifique e cole as figuras cuja área são equivalentes a 2/16.
2. VAMOS RECORTAR!
 Com uma folha A4 em mãos, recorte um quadrado e desse quadrado obtido, recorte
quatro quadradinhos do mesmo tamanho. Em seguida cole dois desses quadradinhos
abaixo:

 Novamente, recorte um outro quadrado do tamanho do anterior e depois o recorte ao


meio, obtendo assim, dois retângulos. Em seguida, cole um desses retângulos abaixo:

 O que você pode observar nas suas duas colagens anteriores? Elas representam frações
equivalentes?
3. Para cada fração abaixo, encontre duas outras frações que sejam equivalentes a elas.

4. HORA DO DESAFIO: Encontre uma fração equivalente a 9/21 cujo denominador seja
igual a 7.

Fonte: PNGWING. Disponível em https://www.pngwing.com/pt/free-png-zgrix/download.

5. Para cada figura abaixo, escreva duas frações equivalentes que representam a área
pintada, como no exemplo:
a)

b)
(EF05MA05) Comparar e ordenar números racionais positivos (representações fracionária e
decimal), relacionando-os a pontos na reta numérica.
(EF05CI08) Organizar um cardápio equilibrado com base nas características dos grupos
alimentares (nutrientes e calorias) e nas necessidades individuais (atividades realizadas, idade,
sexo etc.) para a manutenção da saúde do organismo.

Professor/a, trataremos nessas duas aulas seguintes, da relação de comparação e


ordenação entre frações. Lembrando que se o numerador for igual, quanto maior o
denominador, menor será a fração, isso porque o denominador indica a quantidade de partes
que o inteiro foi dividido, então se ele for muito alto significa que o inteiro foi dividido em muitas
partes, consequentemente as partes serão pequenas comparadas a um inteiro que foi dividido
em poucas partes. Por outro lado, se o denominador for igual, quanto maior o numerador,
maior será a fração.

Situação geradora de aprendizagem

Vamos lembrar como comparamos frações de denominadores e numeradores iguais.

 Numeradores iguais: quanto maior o denominador, menor será a fração, veja a figura!
 Denominadores iguais: quanto maior o numerador, maior será a fração.

1. Agora, observe as figuras abaixo, identifique as frações que a representam e coloque o sinal
da desigualdade corretamente.
2. Raquelzinha resolveu preparar uma salada de frutas super saudável. Abaixo segue os
ingredientes que ela utilizou:

a) Pinte a quantidade de banana utilizada.

b) Pinte a quantidade de maçã utilizada.


c) Qual fruta foi mais usada na receita da Maria? Banana ou maçã? ___________________

3. Observe a ilustração em tiras, que divide o inteiro em partes iguais de várias maneiras
diferentes.

a) Quantas tiras rosas são necessárias para formar um inteiro?

_______________________________________________________________________

b) Quantas tiras marrons são necessárias para formar um inteiro?

______________________________________________________________________

c) Das frações 1/6 e 1/8, qual representa maior parte? Explique sua resposta.

_______________________________________________________________________

_______________________________________________________________________

d) Complete com sinal de maior ou menor nas frações abaixo, observando a imagem acima,
onde o inteiro é dividido em várias partes.
4. Maria e Pedro compraram uma pizza que estava dividida em 8 pedaços. Maria comeu 1/4 da
pizza e Pedro 3/8.

a) Desenhe a pizza e pinte as fatias que a Maria comeu.

b) Desenhe a pizza e pinte as fatias que o Pedro comeu.

c) Quem comeu mais fatias? Maria ou Pedro?


d) Quem consumiu mais calorias? Quem está menos saudável?
e) A quantidade de pizza que sobrou é maior ou menor do que a metade?

5. Observe as duas figuras abaixo divididas em 10 partes iguais.

a) Qual fração representa a parte pintada da figura 1? Qual poderia ser uma fração equivalente
a ela?
b) Qual fração representa a parte pintada da figura 2?

c) Use o sinal de < ou > para relacionar as duas frações acima.

6. Luiz, Gustavo e Tiago pintaram uma tela dividida em 8 partes iguais. Aproveite para colorir a
tela com três cores diferentes representando a parte que cada um deles pintou.

Luiz: “Eu pintei um meio da tela”


Gustavo: “Eu pintei 5/8 da tela”
Tiago: “Eu pintei o restante”

a) Quem pintou a maior parte da tela?

b) Quem pintou a menor parte da tela?

c) Organize na reta numérica as três frações pintadas por cada um deles.


(EF05MA05) Comparar e ordenar números racionais positivos (representações fracionária e
decimal), relacionando-os a pontos na reta numérica.

Professor/a, continuaremos explorando as relações de comparação e ordenação de frações, no


entanto iremos abordar os números também em sua forma decimal. Além disso, propomos
abordar alguns probleminhas envolvendo a ideia de comparação.

1. Coloque os sinais de maior (>) ou menor (<) entre as duas frações:

2. Qual relação você percebe nas frações cujo denominador são iguais?

3. Qual relação você percebe nas frações cujo numerador são iguais?
4. Observe as frações abaixo e as localize na reta numérica:

5. Abaixo estão listadas as médias de cinco alunos de uma determinada turma:

- Ordene as médias em ordem crescente

6. Identifique os números na reta numérica.

7. Para fazer uma torta, Clara usa 1/3 de um quilo de farinha de trigo, já sua amiga Joana, usa
2/3 de um quilo de farinha de trigo. Qual das duas usam maior quantidade de farinha?
8. Pedro e Tiago colecionam figurinhas de jogadores de futebol. Pedro já completou 5/7 do seu
álbum e Tiago completou 5/10. Qual dos dois tem mais figurinhas?
AULA 1

1. a) Espera-se que o aluno, de maneira livre, escolha os alimentos dentro da proposta de um


prato saudável.
b) Ocupam o mesmo espaço no prato.

2.
2/8, 4/16, 8/32
3/4, 6/8, 12/16
1/5, 2/10, 4/20
3. c,d,a,b
4. a)
b) Pizza 1: 1/2; Pizza 2: 2/4, Pizza 3: 4/8
c) São equivalentes
5. a) Sim, pois 2/8 é equivalente a 1/4
b) Sim, pois 4/16 é equivalente a 1/4
c) Não.
Sim, 1/4
6. a) 4
b) 3
c) 3
d) 3

AULA 2

1. Figura 4,6,7
2. Espera-se que o/a estudante recorte um quadrado, dobre-o ao meio duas vezes e consiga 4
quadradinhos do mesmo tamanho.
Espera-se que o/a estudante recorte um quadrado do tamanho do anterior, dobre-o ao
meio e recorte dois retângulos.
Sim, representam áreas equivalentes.
3. a) 2/15; 8/60
b) 16/6; 32/12
c) 4/10; 8/20
d) 6/4; 9/6
4. 3/7
5. a) 1/3; 3/9
b) 2/4; 1/2

AULA 3

1. 3/4 > 2/4


3/4 > 3/8
2. a) Espera-se que o/a estudante pinte dois quadradinhos
b) Espera-se que o/a estudante pinte um quadradinho
c) A banana
3. a) 5
b) 8
c) 1/6; Quando o numerador é igual, quanto maior o denominador, menor a fração.
d) > ; < ; > ; <
4. a) Espera-se que o/a estudante desenhe um círculo dividido em 8 partes iguais e pinte 2
partes.
b) Espera-se que o/a estudante desenhe um círculo dividido em 8 partes iguais e pinte 3
partes.
c) Pedro
d) Pedro
e) Menor, pois sobrou apenas 3/8
5. a) 5/10; 1/2
b) 3/10
c) 5/10 > 3/10
6.
a) Gustavo
b) Tiago
c)

AULA 4

1. a) >
b) <
c) >
d) >
e) >
2. Quanto maior o numerador, maior a fração.
3. Quanto maior o denominador, menor a fração

4.

5. 5,6; 5,7; 6,8; 7,8; 8,3


6. 1,5 e 3,5
7. Joana
8. Pedro
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD3
SD3 -
- Matemática
Matemática e
e

Ciências
Ciências
O cálculo de porcentagem na conscientização de um
consumo responsável da água.

Compreender o uso e o cálculo da porcentagem dentro


do contexto da educação financeira e em demais
situações.

Professor/a, durante a aplicação das atividades,


observe se o/a estudante avançou no processo de
desenvolvimento das habilidades ou se é necessário
que você proponha novas ações pedagógicas para
ajudá-los na superação das dificuldades identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

(EF05MA06) Associar as representações 10%, 25%, 50%, 75% e


100% respectivamente à décima parte, quarta parte, metade,
Números três quartos e um inteiro, para calcular porcentagens,
utilizando estratégias pessoais, cálculo mental e calculadora,
em contextos de educação financeira, entre outros.

Matéria e energia (EF05CI04) Identificar os principais usos da água e de outros


materiais nas atividades cotidianas para discutir e propor formas
sustentáveis de utilização desses recursos.
Desenvolvimento da Sequência Didática

Quantidade de Aulas Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


específicos

AULA 01 Compreender a importância do Ciências: Consumo consciente.


consumo consciente de água
Matemática: Cálculo de
Identificar o uso de porcentagem porcentagens e representação
no nosso cotidiano. fracionária.

AULA 02 Compreender a importância do Ciências: Consumo consciente.


consumo consciente de água
Matemática: Cálculo de
Aprender sobre o cálculo de porcentagens e representação
porcentagem por meio de cálculo fracionária.
mental, calculadora e uma
percepção geométrica.

Compreender a importância do Ciências: Consumo consciente.


AULA 03 consumo consciente de água
Matemática: Cálculo de
Desenvolver o cálculo de porcentagens e representação
porcentagem dentro do contexto de fracionária.
educação financeira.

AULA 04 Resolver situações problemas que Matemática: Cálculo de


envolvem porcentagem. porcentagens e representação
fracionária.
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em 4 (quatro) aulas. Em Matemática abordaremos o


conteúdo de porcentagem e as diferentes estratégias utilizadas na resolução de atividades
envolvendo esse tema. Sabemos que o uso da porcentagem é bastante comum dentro de
situações do nosso dia a dia, por isso essa sequência propõe a compreensão de como se dá o
cálculo da porcentagem e sua importância. Além disso, numa interface interdisciplinar com o
componente de Ciências, a sequência também dialoga com os/as estudantes no que diz respeito ao
uso da porcentagem dentro do consumo de água.
(EF05MA06) Associar as representações 10%, 25%, 50%, 75% e 100% respectivamente à décima
parte, quarta parte, metade, três quartos e um inteiro, para calcular porcentagens, utilizando
estratégias pessoais, cálculo mental e calculadora, em contextos de educação financeira, entre
outros.
(EF05CI04) Identificar os principais usos da água e de outros materiais nas atividades cotidianas
para discutir e propor formas sustentáveis de utilização desses recursos.

Professor/a, nesta aula começaremos a introduzir a noção de porcentagem. Começaremos


com uma leitura de um quadrinho da Turma da Mônica que aponta algumas curiosidades sobre o
consumo da água. Leia com calma com os/as estudantes, ou peça para cada um ler um trechinho,
tornando a leitura mais participativa. Em seguida, converse com eles/elas sobre o que entenderam
da leitura e os/as acompanhe nas respostas da primeira questão. Note também que apesar do foco
do quadrinho ser o consumo da água, ele também traz alguns dados matemáticos, inclusive em
porcentagem. Comente com eles/elas sobre a presença da matemática em informações do nosso
dia a dia e sua importância.

Situação geradora de aprendizagem


1. Baseado nas informações do quadrinho, responda as questões:
Figura 1 - Quadrinhos da Turma da Mônica

Fonte: ATIVIDADES PARA PROFESSORES. Disponível em https://atividadesparaprofessores.com.br/atividades-


educativas-sobre-a-agua/.

a. Quais curiosidades a Turma da Mônica nos contou?


b. Você acredita que a água é um dos recursos naturais mais importantes?

c. Como é o consumo de água na sua casa?

d. De que forma a Matemática aparece no texto acima? Escreva um pouco sobre isso.

e. No quadrinho acima aparece o símbolo (%). Você sabe o que significa esse símbolo? Se
não souber, pesquise e escreva no espaço abaixo.
2. Vamos agora recordar como lemos o símbolo (%):

De acordo com a informação no quadro escreva por extenso os seguintes números em


porcentagem:

a) 50%

b) 75%

c) 100%

3. Na casa do Pedro existe um consumo excessivo de água. Somente escovando os dentes, Pedro
gasta 10% da água consumida no mês. O pai do Pedro gasta em média 50% da água quando está
lavando o seu carro. Pedro está precisando de uma boa educação ambiental para evitar tantos
gastos em sua casa.
a) O que você poderia sugerir ao Pedro e sua família para diminuírem o consumo de água?

b. Você sabia que todo número em porcentagem tem uma representação fracionária? Ou
seja, podemos transformar um número em forma de porcentagem numa fração. Observe a
representação mostrada a seguir e faça o mesmo para a porcentagem de água consumida
por Pedro e pelo seu pai, transformando esses valores em frações.

Professor/a, aproveite a aplicação da questão para conversar com os/as estudantes sobre o
consumo de água em suas residências. O tempo que levam no banho, escovando os dentes,
lavando a louça. Gere nesse debate um pensamento consciente e responsável sobre o consumo de
água e de outros recursos naturais.

4. Muitas vezes o desperdício de água acontece sem ao menos percebermos. A imagem abaixo
indica de quanto é o gasto de água a cada descarga no vaso sanitário e durante o banho no
chuveiro.
Figura 2 – Desperdício de água

Fonte: ESCOLA INFANTIL. Disponível em http://portalescolainfantil.blogspot.com/2018/10/dia-da-agua-22-de-marco.html.

a) Quanto tempo você demora em média durante o banho?

b) E escovando os dentes?

c) De acordo com a imagem apresentada na figura 2, quanto ao consumo total de água, escreva
abaixo qual a porcentagem de desperdício ao acionar a descarga do vaso sanitário e do chuveiro.

5. Você sabia que podemos associar cada porcentagem como parte de um inteiro? Observe abaixo:
Agora, para cada área pintada abaixo, dê a representação fracionária e em porcentagem.
6. Procure em jornais, revistas e em outros materiais que tiver disponíveis textos que podem ser
reportagens, notícias, listas etc. que utilizem o símbolo %. Recorte e cole- os nesse espaço:
(EF05MA06) Associar as representações 10%, 25%, 50%, 75% e 100% respectivamente à décima
parte, quarta parte, metade, três quartos e um inteiro, para calcular porcentagens, utilizando
estratégias pessoais, cálculo mental e calculadora, em contextos de educação financeira, entre
outros.
(EF05CI04) Identificar os principais usos da água e de outros materiais nas atividades cotidianas
para discutir e propor formas sustentáveis de utilização desses recursos.

Situação geradora de aprendizagem

Professor/a, propomos iniciar essa aula com a apresentação de uma tirinha que trata do
consumo de água ao lavar o cabelo. Sugerimos algumas perguntas após a leitura da tirinha.
Em seguida, trabalhamos com uma atividade que explora o cálculo de porcentagem com
relação a uma quantidade determinada. Para calcular 10% de 53 reais, por exemplo, nós fazemos o
seguinte cálculo:

1. Observe a tirinha abaixo:

Figura 3 – Tirinha sobre porcentagem

Fonte: BLOG DO ENEM. Disponível em https://blogdoenem.com.br/calculo-porcentagem-matematica-enem/ (adaptada.)

a) Qual tema debatido na tirinha?


b) Numa tirinha, a mensagem sempre traz uma crítica, uma reflexão sobre um assunto social
atual. O que está sendo criticado? Por quê?

c) Por que, no segundo quadrinho temos dentro do balão a palavra em maiúscula e com a
repetição do "A"? qual o efeito de sentido isso causa na mensagem?

2. É HORA DE CALCULAR!!! Você sabe quanto custa 10%de 200 litros? Vamos ver como fazer esse
cálculo. Mas antes disso, lembre que para transformarmos um número fracionário com
denominador igual a 100 em um número decimal, basta que andemos com a vírgula duas casas
para a esquerda.

Agora faça o mesmo para cada caso abaixo:


a) 10% de 45 litros

b) 10% de 277litros

c) 10% de 80L

3. É HORA DE PENSAR UM POUCO!! Temos que 50% representa a metade de determinada


quantidade e 25% é a metade de 50%. Podemos dizer também que 50% representa ½ (um meio) e
25% representa ¼ (um quarto) de uma determinada coisa. Logo, 25% representa a metade da
metade de determinada quantidade. Vamos clarear as ideias com um exemplo:

Agora, usando o cálculo mental, calcule as seguintes porcentagens.


a) Quanto é 50% de 18? E agora, quanto é 25% de 18?

b) Quanto é 50% de 32? E agora, quanto é 25% de 32?

4. O que poderíamos dizer sobre 100% de uma quantidade? Quanto seria 100% de 26?

4. Pinte nas figuras o que se pede:

a)
b)
(EF05MA06)Associar as representações 10%, 25%, 50%, 75% e 100% respectivamente à décima
parte, quarta parte, metade, três quartos e um inteiro, para calcular porcentagens, utilizando
estratégias pessoais, cálculo mental e calculadora, em contextos de educação financeira, entre
outros.
(EF05CI04) Identificar os principais usos da água e de outros materiais nas atividades cotidianas
para discutir e propor formas sustentáveis de utilização desses recursos.

Professor/a, nesta aula trataremos da escrita e leitura de porcentagem e sua aplicação


dentro da matemática financeira.

1. Observe a imagem abaixo:

Figura 4 -Fatura de água

Fonte: Elaboração própria.

a) A imagem acima traz a fatura de uma conta de água com o valor de R$ 88,66. Como costuma ser o
consumo de água na sua casa?
b) Você considera o valor pago no consumo de água na sua casa muito alto? É maior ou menor
que o valor da conta acima?

c) Como você viu, o valor dessa fatura foi de R$88,66. Se o cliente pagar antes do prazo de
vencimento, ele terá um desconto de 10% no valor. De quanto será esse desconto?

d) Qual será o valor pago pelo cliente com desconto?

2. João, Luiz, Pedro e Gustavo são irmãos e conseguiram reduzir o consumo de água no mês em
sua casa, consequentemente a conta de água baixou de valor e eles puderam sair para comer uma pizza
Entre pizza, refrigerante e sobremesa eles gastaram R$120,00.
Figura 5 – Crianças comendo pizza

Fonte: PNG WING. Disponível em https://www.pngwing.com/pt/free-png-zzddr/download.

a) Sabendo que eles precisam pagar os 10% do garçom, quanto eles deverão pagar ao garçom?

b) Qual o valor total da conta mais os 10% do garçom?


c) Cada um deles deverá pagar 25% do valor total da conta. De quanto será esse valor?

3. Observe o exemplo e preencha a tabela abaixo, com a forma fracionária, decimal e por extenso de
cada porcentagem. Lembre que para transformar de porcentagem para a forma decimal efetuamos
o seguinte cálculo: 10%=10/100=1/10=0,1. Note que andamos com a vírgula duas casas para a
esquerda.

PORCENTAGEM FRACIONÁRIA DECIMAL POR EXTENSO

10% 10/100 0,1 Dez por cento

25%

50%

75%

100%

4. Na rua que Maria mora está tendo um vazamento na encanação. O vazamento dura cerca de 3
horas e já foram desperdiçados mais de 36 litros de água. Sabe-se que 25% dessa quantidade escoou
para um pequeno lago na rua de trás. Quantos litros escoaram para o lago?
Figura 6 - Cano com vazamento

Fonte: LEANDROMD. Disponível em: http://leandromd.blogspot.com/2014/09/dica-caca-vazamento.html.


(EF05MA06) Associar as representações 10%, 25%, 50%, 75% e 100% respectivamente à décima
parte, quarta parte, metade, três quartos e um inteiro, para calcular porcentagens, utilizando
estratégias pessoais, cálculo mental e calculadora, em contextos de educação financeira, entre
outros.

Professor/a, nesta aula sugerimos trabalhar com resolução de problemas que envolvam
porcentagem. Além disso, propomos também abordar a transformação de porcentagem em
decimal e vice e versa.

1. Patrícia comprou para suas duas filhas, uma caixa de bombom contendo 30 bombons. Elas só
poderiam comer 10% cada uma da quantidade total.

Figura 7 – Caixa de bombom

Fonte: QUERO IMAGEM. Disponível em http://queroimagem.blogspot.com/2015/02/caixa-de-bombons-coracao-em-


png.html.

a) Quantos bombons cada uma delas comeu?


b) Quantos bombons sobraram?

2. Observe a imagem abaixo e preencha a tabela abaixo.

Figura 8 – Malha quadriculada

Fonte: Elaboração própria

Quantidade total Quantidade de Quantidade de Quantidade de Quantidade de


de quadrados quadrados quadrados amarelos em quadrados amarelos na quadrados amarelos na
amarelos porcentagem forma fracionária forma decimal

3. Isabel separou 8 horas do seu dia para se dedicar aos estudos. 50% será para matemática,
25% para português, 10% para inglês e o restante para revisar.

a) Quanto tempo do seu dia será dedicado à matemática?

b) Quanto tempo do seu dia será dedicado a matemática e português?


c) Quanto tempo do seu dia será dedicado a inglês?

d) Quanto tempo restará para revisão do conteúdo?

4. O pai de Pedro todo mês dava R$160,00 de mesada para ele. Pedro resolveu guardar 25%
desse valor para ajudar seu colega que estava precisando.

a) Quanto Pedro separou?


b) Quanto da mesada sobrou para Pedro?

5. Na saída da escola, Marcos viu no anúncio que sua chuteira dos sonhos estava em promoção. Seu
valor sem desconto é R$250,00. Uma placa anunciava as duas opções de compra:

Figura 9 – Anúncio de desconto

Fonte: Elaboração própria

a) Quanto custará a chuteira se o Marcos escolher a opção 1?


b) Quanto custará a chuteira se o Marcos escolher a opção 2?

c) Qual a melhor opção de compra?


AULA 1

1. a) Resposta livre
b) Resposta livre
c) Resposta livre
d) Espera-se que o/a estudante aponte os dados matemáticos citados no quadrinho.
e) Espera-se que o/a estudante responda que significa porcentagem.
2. a) Cinquenta por cento
b) Setenta e cinco por cento
c) Cem por cento
3. a) Resposta livre
b) 10/100
c) 50/100
4. a) Resposta livre
b) Resposta livre
c) 30% e 50%
5. a) 50%; 50/100 ou 2/4 ou 1/2
b) 25%; 25/100 ou ¼
c) 75%; 75/100 ou ¾
6. Resposta livre
AULA 2

1. a) Consumo de água ao lavar o cabelo


b) O alto consumo de água ao lavar o cabelo
c) Espanto, surpresa, indignação
2. a) 4,5L
b) 27,7L
c) 8L
3. a) 9; 4,5
b) 16; 8
4. Representa um inteiro de toda a quantidade. É a quantidade total em questão. 100 % de 26
é 26.
5. a) Espera-se que o/a estudante pinte 5 quadradinhos
b) Espera- se que o/a estudante pinte 25 quadradinhos

AULA 3

1. a) Resposta livre
b) Resposta livre
c) R$ 8,86
d) R$79,80
2. a) R$12,00
b) R$132,00
c) R$43,00
3. 10% = 10/100 = 0,1 = Dez por cento
25% = 25/100 = 0,25 = Vinte e cinco por cento
50% = 50/100 = 0,5 = Cinquenta por cento
75% = 75/100 = 0,75 = Setenta e cinco por cento
100% = 100/100 = 1 = Cem por cento
4. 9 Litros
AULA 4

1. a) Três bombons
b) 24 bombons
2. 16; 8; 50%; 50/100; 0,5
3. a) 4 horas
b) 6 horas
c) 48 minutinhos
d) 72 minutinhos
4. a) R$40,00
b) R$120,00
5. a) R$225,00
b) R$245,00
c) Opção 1
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD4
SD4 -
- Matemática
Matemática e
e Arte
Arte
A arte de desenhar em malhas quadriculadas.

Ampliando e reduzindo figuras a partir das Obras de


Tarsila do Amaral

Professor/a, durante a aplicação das atividades,


observe se o/a estudante avançou no processo de
desenvolvimento das habilidades ou se é necessário
que você proponha novas ações pedagógicas para
ajudá-los na superação das dificuldades identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

(EF05MA18) Reconhecer a congruência dos ângulos e a


Geometria proporcionalidade entre os lados correspondentes de figuras
poligonais em situações de ampliação e de redução em malhas
quadriculadas e usando tecnologias digitais.

(EF05MA17) Reconhecer, nomear e comparar polígonos,


considerando lados, vértices e ângulos, e desenhá-los, utilizando
material de desenho ou tecnologias digitais.

(EF15AR01) Identificar e apreciar formas distintas das artes visuais


Artes visuais tradicionais e contemporâneas, cultivando a percepção, o
imaginário, a capacidade de simbolizar e o repertório imagético.

(EF15AR02) Explorar e reconhecer elementos constitutivos das


artes visuais (ponto, linha, forma, cor, espaço, movimento etc.)
Desenvolvimento da Sequência Didática

Quantidade Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


de Aulas específicos

Reconhecer os diferentes aspectos Arte


artísticos nas obras de Tarsila do
Amaral. Contextos e práticas; Elementos da
linguagem.
AULA 01 Iniciar a compreensão de ampliar e
reduzir figuras na malha Matemática
quadriculada de maneira livre.
Ampliação e redução de figuras
Começar a ampliar e reduzir algumas poligonais em malhas quadriculadas:
figuras geométricas, de maneira reconhecimento da congruência dos
livre. ângulos e da proporcionalidade dos
lados correspondentes.

Matemática
Compreender o conceito de
semelhança entre figuras Ampliação e redução de figuras
geométricas no processo de poligonais em malhas quadriculadas:
AULA 02 ampliação e redução. reconhecimento da congruência dos
ângulos e da proporcionalidade dos
Revisar a definição de alguns lados correspondentes.
polígonos.
Figuras geométricas planas:
características, representações e
ângulos.

Matemática
Estudar o comportamento dos
ângulos no processo de ampliação e Ampliação e redução de figuras
AULA 03 redução de polígonos. poligonais em malhas quadriculadas:
reconhecimento da congruência dos
ângulos e da proporcionalidade dos
lados correspondentes.

Figuras geométricas planas:


características, representações e
ângulos.

Matemática
Identificar figuras semelhantes.
AULA 04 Ampliação e redução de figuras
poligonais em malhas quadriculadas:
Revisar a classificação de triângulos reconhecimento da congruência dos
no que diz respeito a ângulos e lados. ângulos e da proporcionalidade dos
lados correspondentes

Figuras geométricas planas:


características, representações e
ângulos.

Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em 4 (quatro) aulas. Na primeira aula, unimos as


componentes de Matemática e Arte em uma apreciação das obras da Tarsila do Amaral e a partir
da apresentação dessas obras, iniciamos a explorar de forma ainda livre, a ampliação e redução
de figuras. No que tange às habilidades de Matemática, exploramos o comportamento dos lados
e ângulos das figuras, quando as ampliamos ou reduzimos e ainda a capacidade dos/as
estudantes em ampliar e reduzir essas figuras.
(EF05MA18) Reconhecer a congruência dos ângulos e a proporcionalidade entre os lados
correspondentes de figuras poligonais em situações de ampliação e de redução em malhas
quadriculadas e usando tecnologias digitais.
(EF15AR01) Identificar e apreciar formas distintas das artes visuais tradicionais e
contemporâneas, cultivando a percepção, o imaginário, a capacidade de simbolizar e o
repertório imagético.
(EF15AR02) Explorar e reconhecer elementos constitutivos das artes visuais (ponto, linha,
forma, cor, espaço, movimento etc.)

Professor/a, vamos iniciar a sequência didática explorando a ideia de obras de arte e


destacar duas obras da Tarsila do Amaral, a Abaporu e o ovo de Urutu. Sugerimos em um
primeiro momento explorar a percepção artística que os/as estudantes terão ao observarem as
imagens. Incentive-os a discutirem sobre as características que percebem em cada uma delas,
como as cores, formas, traços e tudo que chamou a atenção deles. Em seguida, propomos que
explore com eles/elas a ampliação e redução dessas obras em malha quadriculada de maneira
livre.

Situação geradora de aprendizagem


Abaixo, nós temos duas obras da Tarsila do Amaral. Observe atentamente:
Figura 1 - Obras da Tarsila do Amaral

1. Observe atentamente cada imagem.


a) Descreva o que você pode observar e coloque os detalhes no quadro abaixo:

Obra Descrição (cor, forma, traços e outras


características que chamaram atenção)

b) Qual das obras mais chamou sua atenção? Por que?

c) Você consegue descrever alguma semelhança entre as imagens?


2. VAMOS DESENHAR!!! Agora é a sua vez de desenhar uma representação do quadro Abaporu.
Com ajuda da malha quadriculada abaixo, amplie a figura tentando manter os mesmos traços
do desenho.

3. VAMOS MODELAR!!! Com auxílio de massinha de modelar faça sua própria obra de arte e
represente O Ovo Urutu, da Tarsila de Amaral. Depois apresente para os seus/suas colegas de
turma.

4. VAMOS DESENHAR!!! Você já ampliou a obra Abaporu em uma malha quadriculada. Chegou
a vez de você reduzir O Ovo Urutu. Observe a figura abaixo e com auxílio da malha quadriculada
reduza a figura de maneira livre, tentando manter os mesmos traços do desenho.
5. VAMOS PRATICAR!!! Com auxílio de uma malha quadriculada faça a ampliação de maneira
livre das figuras abaixo:
6. VAMOS PRATICAR!!! Com auxílio de uma malha quadriculada faça a redução de maneira livre
das figuras abaixo:
(EF05MA18) Reconhecer a congruência dos ângulos e a proporcionalidade entre os lados
correspondentes de figuras poligonais em situações de ampliação e de redução em malhas
quadriculadas e usando tecnologias digitais.
(EF05MA17) Reconhecer, nomear e comparar polígonos, considerando lados, vértices e
ângulos, e desenhá-los, utilizando material de desenho ou tecnologias digitais.

Professor/a, vamos iniciar a aula despertando nos/as estudantes a noção de semelhança


entre figuras geométricas por meio da observação. Lembre-se que duas figuras são semelhantes
quando seus lados são proporcionais e seus ângulos permanecem os mesmos. Vamos recordar
que os ângulos são definidos por duas semirretas com mesma origem. Uma maneira também
coloquial é enxergar os ângulos como sendo a medida da abertura das duas semirretas. Abaixo
segue exemplos de alguns ângulos.
Situação geradora de aprendizagem

1. Observe os triângulos abaixo:

Figura 2 – Triângulos semelhantes

Fonte: Elaboração própria

a) Converse com seus/suas colegas de sala o que os triângulos apresentam em comum.

b) O comprimento dos lados foram preservados? E a medida dos ângulos?

Professor/a, após a atividade, discuta com a turma o que são lados proporcionais e
consequentemente o que são figuras semelhantes; como podemos ampliar ou diminuir figuras
geométricas de maneira que seus lados sejam proporcionais. Vamos lembrar o que são lados
proporcionais. Considere, por exemplo, o triângulo ABC e o triângulo DEF. Dizemos que os lados
dos triângulos são proporcionais se:
Dizemos que a constante k é a constante de proporcionalidade. No exemplo abaixo observe que
AB/DE = BC/EF = 2. Dizemos que 2 é a constante de proporcionalidade.

A
6 6

3 3

C B F E
2 4

2. Pedro está construindo uma horta em sua fazenda, cuja medida do comprimento é o
dobro da medida largura. Seus filhos, Bia e Gustavo, tentaram desenhar em malhas
quadriculadas possíveis tamanhos para essa horta.

Figura 3 – Retângulos semelhantes

Fonte: Elaboração própria


Isaque observou o desenho de Bia e Gustavo e fez a seguinte afirmação:

a) Esboce na malha quadriculada como ficará o desenho da Bia depois de feita as


alterações.
b) Esboce na malha quadriculada como ficará o desenho do Gustavo depois de feita as
alterações.

c) Que tal calcularmos as dimensões da Horta que o Pedro está construindo? Observe
abaixo a figura já inscrita dentro da malha quadriculada e calcule a largura e comprimento
sabendo que cada lado do quadradinho equivale a 10 metros.

Figura 4 - Horta do Pedro

Fonte: VECTEEZY. Disponível em: <a href="https://pt.vecteezy.com/vetor-gratis/natureza">


Natureza Vetores por Vecteezy</a>
d) O que ocorre com a área e perímetro da figura quando ela é aumentada ou diminuída?
Lembre-se que o perímetro de um retângulo é a soma da medida dos lados e a área de um
retângulo é o produto da sua largura pelo seu comprimento.

3. VAMOS RECORDAR! Que tal recordarmos a definição de polígono e paralelogramo


apresentadas no volume 1?

Figura 5 – Polígonos

Fonte: Elaboração própria


a) Qual o nome dos polígonos em questão? Quais deles são paralelogramos?

b) Escolha dois polígonos dos apresentados acima para ampliar na proporção que você
desejar.

c) Escolha dois polígonos para você reduzir na proporção que você desejar.
d) Compare suas figuras com a de seus/suas colegas e comente suas escolhas.
(EF05MA18) Reconhecer a congruência dos ângulos e a proporcionalidade entre os lados
correspondentes de figuras poligonais em situações de ampliação e de redução em malhas
quadriculadas e usando tecnologias digitais.
(EF05MA17) Reconhecer, nomear e comparar polígonos, considerando lados, vértices e
ângulos, e desenhá-los, utilizando material de desenho ou tecnologias digitais.

Professor/a, nessa aula vamos observar a relação entre os ângulos de uma figura e sua
figura amplificada ou reduzida.

Situação geradora de aprendizagem

1. Observe as figuras abaixo e suas respectivas ampliações e reduções:

Figura 6 – Ampliações e reduções

Fonte: Elaboração própria

a) O que você pode afirmar a respeito da medida dos ângulos quando ampliamos e
reduzimos o quadrado 2?
a) Supondo que cada quadrado equivale a 1cm, responda:

● Qual a medida dos lados do quadrado 2?

● Qual a medida dos lados do quadrado 3?

● O que podemos concluir com essas duas medidas?

b) Todos os ângulos internos dos triângulos acima são menores que 90 graus. Ao
ampliarmos e reduzirmos o triângulo 2 o que podemos afirmar a respeito de seus ângulos?

2. A prefeitura de uma cidade do interior está construindo bancos em sua praça no formato
de figuras geométricas. Abaixo estão os modelos desses bancos.

Figura 7 – Polígonos na malha quadriculada

Fonte: Elaboração própria

a) O engenheiro observou o projeto e percebeu que deveria reduzir a figura 1 em duas


vezes e aumentar as figuras 2 e 3 em duas vezes. Faça o desenho de como ficaria as novas figuras
geométricas após os ajustes do engenheiro.
b) Supondo que cada quadrado equivale a 50 cm qual a área do quadrado original e do
quadrado ampliado?

3. Observe o quadro abaixo de classificação dos triângulos com relação aos lados e aos
ângulos:

Figura 8 - Quadro de classificação dos triângulos

Fonte: Elaboração própria


Agora, observe os triângulos abaixo e responda o que se pede:

Figura 9 – Triângulos

Fonte: Elaboração própria

a) Classifique os triângulos de acordo com os seus lados.

b) Classifique os triângulos de acordo com os seus ângulos.

c) Amplie os triângulos acima tornando-os três vezes maior. Identifique a constante de


proporcionalidade.
d) Reduza os triângulos acima tornando-os duas vezes menores. Identifique a constante de
proporcionalidade.
(EF05MA18) Reconhecer a congruência dos ângulos e a proporcionalidade entre os lados
correspondentes de figuras poligonais em situações de ampliação e de redução em malhas
quadriculadas e usando tecnologias digitais.
(EF05MA17) Reconhecer, nomear e comparar polígonos, considerando lados, vértices e
ângulos, e desenhá-los, utilizando material de desenho ou tecnologias digitais.

Professor/a, nessa aula vamos reforçar os conceitos já vistos e além disso, trabalhar com
os/as estudantes a identificação de figuras semelhantes.

Situação geradora de aprendizagem

1. Observe as imagens abaixo:

Figura 10 - Polígonos na malha quadriculada

Fonte: Elaboração própria


O Nelsinho tem uma informação bem importante para nos dizer!

Agora que você já sabe o que são figuras semelhantes, responda o que se pede:

a) Identifique as figuras que são semelhantes. Justifique.

b) Por que as figuras I e III não são semelhantes? Justifique.

c) As figuras I e IV são semelhantes? Se sim, qual a constante de proporcionalidade?


d) Amplie a figura II em três vezes maior.

e) Amplie a figura III em duas vezes maior


2. Gustavo estava fazendo o modelo de uma pipa para que seu pai construísse em sua loja
de marcenaria. Ele desenhou o seguinte modelo:

Figura 11 – Pipa

Fonte: Elaboração própria

a) Amplie a imagem tornando-o duas vezes maior.


b) Reduza a imagem tornando-o duas vezes menor.

c) Qual a constante de proporcionalidade, tanto na ampliação quanto na redução?

________________________________________

d) O que podemos afirmar a respeito dos ângulos internos da pipa no processo de


ampliação e redução?
AULA 1

1. a) Resposta pessoal

b) Resposta pessoal

c) Resposta pessoal

2. Espera-se que o/a estudante amplie a figura tentando ser o mais fiel possível à ideia de
ampliação dentro de uma malha quadriculada.

3. Espera-se que o estudante tenha uma experiência artística com a modelagem fazendo sua
própria releitura da obra.

4. Espera-se que o/a estudante reduza a figura tentando ser o mais fiel possível à ideia de
ampliação dentro de uma malha quadriculada.

5. Espera-se que o/a estudante amplie as duas figuras levando em consideração a malha
quadriculada.

6. Espera-se que o/a estudante reduza as duas figuras levando em consideração a malha
quadriculada
AULA 2

1. a) Espera-se que o/a estudante responda que os ângulos permanecem os mesmos.

b) Sim; Não

2. a) Espera-se que o/a estudante amplie as medidas de Bia em duas vezes.

b) Espera-se que o/a estudante reduza as medidas de Gustavo em duas vezes.

c) Largura = 20 metros; Comprimento = 40 metros.

d) A área e perímetro aumenta e diminui de acordo com a ampliação e redução da imagem.

3. a) Quadrado, triângulo, paralelogramo e losango. Quadrado, paralelogramo e losango.

b) Espera-se que o/a estudante escolha dois polígonos dos listados e amplie.

c) Espera-se que o/a estudante escolha dois polígonos dos listados e reduza

d) Resposta livre

AULA 3

1. a) Permanece a mesma

b) 2cm; 4cm; Espera-se que o/a estudante responda que a medida do quadrado 3 é o dobro
da medida do lado do quadrado 2.

c) Permanecem os mesmos.

2. a) Espera-se que o/a estudante reduza a figura 1 deixando-a com 2 quadrados na base maior
e 1 quadrado na base menor. Espera-se que o/a estudante amplie a figura 2 deixando-a com
6 quadrados na base maior e 4 quadrados na base menor. Espera-se que o/a estudante amplie
a figura 3 deixando-a com 4 quadrados em todos os seus lados.

b) Quadrado original = 10000cm²; Quadrado ampliado = 40000cm²

3. a) Isósceles e escaleno

b) Retângulo e obtusângulo

c) Constante de proporcionalidade = 3

Constante de proporcionalidade = 1/2


AULA 4

1. a) I e IV; Todos os lados são ampliados em 2 vezes da figura I para a figura IV.

b) Porque não existe ampliação nos lados horizontais, superior e inferior.

c) Sim. Constante de proporcionalidade = 2.

d) Espera-se que o/a estudante amplie a figura respeitando a constante de proporcionalidade.

e) Espera-se que o/a estudante amplie a figura respeitando a constante de proporcionalidade.

2. a) Espera-se que o/a estudante amplie a figura respeitando a constante de proporcionalidade.

b) Espera-se que o/a estudante reduza a figura respeitando a constante de proporcionalidade.

c) Ampliação = 2; redução = 1/2

d) Permanecem os mesmos.
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD5
SD5 -
- Matemática
Matemática e
e

CiÊncias
CiÊncias
Analisando Grandezas e Medidas presentes nos
cardápios nutricionais.

Resolver problemas sobre as unidades de medida, no


tocante a problemas do nosso cotidiano.

Professor/a, durante a aplicação das atividades,


observe se o/a estudante avançou no processo de
desenvolvimento das habilidades ou se é necessário
que você proponha novas ações pedagógicas para
ajudá-los na superação das dificuldades identificadas.
Unidades temáticas Habilidades

(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas


Geometria das grandezas comprimento, área, massa, tempo, temperatura e
capacidade, recorrendo a transformações entre as unidades mais
usuais em contextos socioculturais.

(EF05CI09) Discutir a ocorrência de distúrbios nutricionais (como


Vida e evolução obesidade, subnutrição etc.) entre crianças e jovens a partir da
análise de seus hábitos (tipos e quantidade de alimento ingerido,
prática de atividade física, etc).
Desenvolvimento da Sequência Didática

Quantidade Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento


de Aulas específicos

Compreender os instrumentos de Matemática


medida e as unidades de medida
padrão. Medidas de comprimento, área,
AULA 01 massa, tempo, temperatura e
capacidade: utilização de unidades
convencionais e relações entre as
unidades de medida mais usuais.

Discutir os distúrbios alimentares Ciências


Resolver problemas envolvendo as Hábitos alimentares
unidades de medida de comprimento
e tempo. Matemática
AULA 02
Medidas de comprimento, área,
massa, tempo, temperatura e
capacidade: utilização de unidades
convencionais e relações entre as
unidades de medida mais usuais.

Resolver problemas envolvendo as Matemática


unidades de medida de capacidade e
massa. Medidas de comprimento, área,
AULA 03 massa, tempo, temperatura e
capacidade: utilização de unidades
convencionais e relações entre as
unidades de medida mais usuais.

Resolver problemas envolvendo as Matemática


unidades de medida de temperatura
AULA 04 e área. Medidas de comprimento, área,
massa, tempo, temperatura e
capacidade: utilização de unidades
convencionais e relações entre as
unidades de medida mais usuais.
Descrição e contextualização dos Momentos

A sequência didática está organizada em 4 (quatro) aulas. Dentro das atividades,


propomos uma relação com o componente de Ciências, onde propomos trabalhar com as
unidades de medida de massa e de capacidade. Em outras aulas, sugerimos a resolução de
problemas envolvendo as outras unidades de medidas que são consideradas na habilidade em
questão.
(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas das grandezas comprimento,
área, massa, tempo, temperatura e capacidade, recorrendo a transformações entre as unidades
mais usuais em contextos socioculturais.

Professor/a, iniciaremos a sequência didática com uma primeira aula introdutória, onde
propomos conversar com os/as estudantes a respeito das unidades de medida, suas unidades
padrão e instrumentos de medidas utilizados.

Situação geradora de aprendizagem

1. Para cada unidade de medida abaixo, preencha o quadro com a sua unidade padrão:

Quadro 1 – Unidades de medida padrão

MEDIDAS UNIDADE DE MEDIDA PADRÃO


Comprimento

Tempo

Massa

Capacidade

Temperatura

Área

Fonte: Elaboração própria


2. Determine as medidas associadas a cada instrumento abaixo:

Figura 1 – Instrumentos de medida

______________________

_______________________

_______________________

______________________

Fontes: TUDO DE DESENHOS. Disponível em: https://www.tudodesenhos.com/d/balanca-de-banheiro-quadrada;


GALERIA. Disponível em: https://galeria.colorir.com/a-casa/relogio-velho-pintado-por--1499829.html; GARTIC.
Disponível em: https://gartic.com.br/bruhninha/desenho-jogo/1238272408; WIKI CIÊNCIAS. Disponível em:
https://wikiciencias.casadasciencias.org/wiki/index.php/Copo_(Gobel%C3%A9).
3. Agora, faça o inverso, para cada medida listada abaixo, escreva pelo menos o nome de
um instrumento de medida associado:

Quadro 2 – Instrumentos de medida.

MEDIDAS INSTRUMENTO DE MEDIDA


Comprimento

Tempo

Massa

Capacidade

Temperatura

Área

Fonte: Elaboração própria

4. - A balança é um instrumento de medida de massas. Observe abaixo os marcadores das


duas balanças e escreva quanto cada uma está indicando.

Figura 2 – Balanças

Fonte: AQUARELA MATEMÁTICA. Disponível em


http://aquarelamatematica.com.br/DIGITAL_F/MATEMATICA_L2_3B.PDF.

Melancia e melão: ______________

Melão: ____________
(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas das grandezas comprimento,
área, massa, tempo, temperatura e capacidade, recorrendo a transformações entre as unidades
mais usuais em contextos socioculturais.
(EF05CI09) Discutir a ocorrência de distúrbios nutricionais (como obesidade, subnutrição etc.)
entre crianças e jovens a partir da análise de seus hábitos (tipos e quantidade de alimento
ingerido, prática de atividade física etc.)

Professor/a, propomos nessa aula trabalhar com problemas que envolvem as unidades
de medida de massa e capacidade, tentando relacionar alguns desses problemas às questões
nutricionais do ser humano. Inicie a aula a partir de um diálogo coletivo sobre o conceito de
distúrbios alimentares. Leia com os/as estudantes o texto sugerido e abra espaço para que eles
comentem o que acharam do texto. Em seguida, propomos a leitura de um infográfico com
algumas dicas para ajudar no combate à obesidade infantil. Lembre que os distúrbios
alimentares é um problema bastante comum e delicado, e é possível que você tenha em sua
sala de aula estudantes que passam por situações desse tipo. Torne o diálogo o mais acolhedor
e dinâmico possível.

Situação geradora de aprendizagem

1. Leia atentamente o texto e responda às seguintes questões?


a) Do que trata o texto acima?

b) Você gosta do seu corpo?

c) Você conhece algum coleguinha que já tenha passado por algum distúrbio alimentar?

2. Observe a mensagem que o infográfico quer nos passar e responda:

Que tal vermos algumas dicas que auxiliam no


combate a obesidade?

Figura 4 - Infográfico sobre obesidade.

Fonte: SAÚDE BRASIL. Disponível em: <https://saudebrasil.saude.gov.br/eu-quero-me-exercitar-mais/brincadeira-


pode-ajudar-a-combater-obesidade-infantil>.
a) Quais são as dicas que o texto apresenta no combate a obesidade?

b) Você costuma praticar exercícios físicos? Quais?

3. Segundo a OMS, a quantidade mínima de consumo diários de frutas, legumes e


verduras é de 400g. A figura abaixo apresenta uma quantidade razoável a ser consumida.

Figura 5 – Consumo de FLV (frutas, legumes e verduras)

Fonte: SABER HORTIFRUTI. Disponível em: < https://saberhortifruti.com.br/recomendacao-diaria-de-flv/>.

a) Como costuma ser sua alimentação durante o dia?

b) Se você comer todos os alimentos acima, quantas gramas serão consumidas?

c) Quanto seria essa quantidade em quilos?


4. Abaixo segue uma imagem com a quantidade de açúcar contida em algumas porções
de alimentos.

Figura 6 – Quantidade de açúcar

Fonte: GLOBOESPORTE. Disponível em http://globoesporte.globo.com/eu-


atleta/saude/noticia/2013/12/prejudicial-saude-acucar-pode-estar-escondido-em-alimentos-saudaveis.html
a) Note que 200ml de leite de soja contém 9 gramas de açúcar. Quantos gramas de açúcar
contém em 1 litro de leite?

b) Quantas gramas de açúcar contém ½ quilo de chocolate?

c) Quantas ml de refrigerantes são necessárias para conter 60 gramas de açúcar?

5. O nosso corpo é composto por 75% de água e seu consumo diário é extremamente
importante para a manutenção da sua saúde física e mental. Segue abaixo o infográfico que
contém a quantidade de água mínima por peso que devemos consumir diariamente.
Figura 7 – Infográfico do consumo de água

Fonte: GOSTO-DISTO. Disponível em https://www.gosto-disto.com/2017/09/quanta-agua-devemos-beber-por-


dia.html.
a) Você costuma beber bastante água ao longo do dia? Quantos copos de água em média
você consome?

b) Pedro tem 54 kg e já consumiu 1 litro durante o dia. Quantas ml de água ele ainda
precisa consumir para atingir o consumo mínimo diário?

c) Beatriz tem 45 kg. Qual a quantidade mínima de água que ela deve consumir por dia?
Transforme a quantidade encontrada em ml.

6. Seu João foi à feira e comprou 500 gramas de batata, 1200 gramas de tomate, 2 quilos
de cebola e 1,5 quilos de cenoura. Observe abaixo e preencha o quadro fazendo as convenções
necessárias nos espaços em branco.

Quadro 1 - Alimentos, medidas e medidas em gramas

Alimentos Medida em quilos Medida em gramas

Batata 500

Tomate 1200

Cebola 2

Cenoura 1,5

Fonte: Elaboração própria


(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas das grandezas comprimento,
área, massa, tempo, temperatura e capacidade, recorrendo a transformações entre as unidades
mais usuais em contextos socioculturais.

Professor/a, nesta aula propomos resolver problemas que envolvam as unidades de


medida de comprimento e tempo dentro do nosso cotidiano. Também sugerimos trabalhar com
a convenção das unidades de medida.

Situação geradora de aprendizagem


1. Gustavo trabalha no Partage Shopping e mora no Residencial do Bú VI. Todos dias ele vai
de bicicleta para o trabalho, percorrendo sempre o mesmo caminho, que ele considera mais
seguro e mais rápido.

Figura 8 - Percurso do Gustavo

Fonte: GOOGLE MAPS. Disponível em https://www.google.com.br/maps/dir/Partage+Shopping+Campina+Grande.


a) Com base na imagem acima, quantos quilômetros ele percorre na ida até o trabalho?

b) Quantos metros ele percorre no percurso de ida e volta do trabalho?

c) Quantos minutos ele gasta na ida e volta do trabalho?

d) Levando em consideração que ele trabalha cinco dias na semana. Quantas horas ele
gasta na ida e volta do trabalho nesses cinco dias?

e) Qual a distância percorrida em metros nos cinco dias de trabalho?

2. Em um campeonato de corrida, o percurso total era de cinco quilômetros e meio.


Tivemos os seguintes resultados:

Figura 9 – Meninos correndo


Fonte: FREEPIK. Disponível em <a href='https://br.freepik.com/vetores/fundo'>Fundo vetor criado por brgfx -
br.freepik.com</a>.

Quadro 3 – Resultados da corrida

Competidor Distância percorrida

Pedro 5.500 m

Fábio 3,5 km

João 5,5 km

Tiago 4.000 m
Fonte: Elaboração própria

a) Quantos quilômetros Pedro correu?

b) Quais competidores conseguiram completar todo percurso?

c) Quantos metros o Fábio conseguiu correr?

d) Se Pedro completou o percurso em 55min e o João em 1h15min, quem foi o vencedor


da competição?

e) Transforme em minutos o tempo gasto por João.


3. Maria viajou em suas férias para casa dos seus pais. Ao chegar na estação rodoviária ela
viu os seguintes anúncios promocionais.

IDA: Campina Grande – Patos VOLTA: Patos – Campina Grande


Opção 1: 22hrs ____________ 2hrs Opção 1: 6hrs 40min ____________ 11hrs 10min

Opção 2: 19hrs ____________ 23hrs 30 min Opção 2: 9hrs _____________13hrs

a) Maria foi de Campina Grande a Patos pela opção 2, quantos minutos demorou a sua
viagem?

b) Na volta, Maria também escolheu a opção 2. Quanto tempo durou toda a viagem?

c) Transforme em minutos o tempo gasto por Maria para viajar de Patos a Campina
Grande.
(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas das grandezas comprimento,
área, massa, tempo, temperatura e capacidade, recorrendo a transformações entre as unidades
mais usuais em contextos socioculturais.

Professor/a, nesta aula discutiremos as unidades de medida de área e temperatura.


Propomos alguns problemas do nosso cotidiano para a resolução.

Situação geradora de aprendizagem


1. Observe abaixo os termômetros marcando a temperatura em São Paulo em dois dias
diferentes.

Figura 10 – Termômetro 1 (10/09/2019)

Fonte: UOL. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2019/09/10/defesa-civil-


emite-alerta-para-forte-onda-de-calor-que-chega-a-sao-paulo.htm

Figura 11 – Termômetro 2 (28/01/2020)


Fonte: G1.GLOBO. Disponível em https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/01/28/temperatura-media-no-
sudeste-subiu-11oc-em-49-anos-e-principal-motivo-e-efeito-estufa-diz-pesquisa-da-usp.ghtml

1. Qual dos dois dias a temperatura foi mais elevada em São Paulo?

2. João está sentindo o seu corpo cansado e pediu que sua mãe verificasse sua
temperatura. O termômetro abaixo apresenta a temperatura do João.

Figura 12 – Temperatura do João

Fonte: GRATISPNG. Disponível em https://www.gratispng.com/png-podr83/download.html.

a) Qual a temperatura do João?

b) Dizemos que uma pessoa está com febre quando o termômetro marca 38° ou superior
a isto. Quantos graus faltam para ser considerado que o João está com febre?

3. A temperatura máxima no domingo em João Pessoa foi de 31° e no sábado, foi de 29,3°.
Qual a diferença entre as temperaturas?
4. Guto e Bia resolveram medir a área da sala de aula deles. O professor então,
disponibilizou a planta da sala dentro de uma malha quadriculada.

Figura 13 – Malha quadriculada

Fonte: LUCELEBOLZAN. Disponível em


http://lucelebolzan.pbworks.com/w/page/19447296/Minha%20sala%20de%20aula

a) Cada quadradinho tem 1m². Qual a área total da sala de aula?

b) Qual seria a área em cm²?


5. Observe os dois castelinhos abaixo, onde cada quadradinho tem 1cm² de área.

Figura 14 – Castelinhos em malha quadriculada

1 2

Fonte: Elaboração própria

a) Quanto mede a área do castelinho 1?

b) Quanto mede a área do castelinho 2?

c) Qual deles tem maior área?


AULA 1

1 -No sistema Internacional de medidas (SI), o quilograma(Kg) é a unidade-padrão de massa. Mas, na


prática usamos o grama(g) como unidade de referência para essa grandeza. Da mesma forma,
acontece com a unidade de medida do tempo. De acordo com o SI, a unidade padrão de tempo é o
segundo (s), no entanto o mais usual é a hora (h).

2 - Comprimento-Capacidade-Massa- Tempo.

3 - Espera-se que estudantes tragam alguns exemplos semelhantes aos descritos no quadro abaixo.

4- Melancia e melão: 14Kg/Melão: 2kg.


AULA 2

1-

a) Espera-se que o estudante relacione a temas como: “Distúrbios alimentares” ou “Obesidade


infantil”.

b) Resposta pessoal.

c) Resposta pessoal.

2-

a) Primeiro: Brincar/Segundo: Evitar ficar muito tempo na tv/Terceiro: Ajudar nas tarefas domésticas.

b) Resposta pessoal.

c) Resposta pessoal.

3-

a) Resposta pessoal.

b) 405g

c)0,405Kg

4-

a) 45g
b) 240g
c) 600ml

5-

a) Resposta pessoal.
b) 500ml.
c) De acordo com o infográfico, Beatriz deve consumir 5 copos de água por dia totalizando uma
dose diária de 1,25 litros por dia.

1,25l = 1,25. 1000 ml = 1250ml

6-
AULA 3

1.
a) Gustavo percorre 3,6 km
b) Transformando 3,6 km = 3.600m. No percurso de ida e volta do trabalho, Gustavo percorre: 3.600m
+ 3.600m = 7.200m
c) Ele gasta 24 minutos.
d) Nesses 5 dias, ele gasta: 24 x 5 = 120 minutos. Como 1 hora = 60 minutos. Então, Gustavo gasta 2
horas.
e) A distância nos 5 dias será: 7.200 x 5 = 36.000 m.

2.
a) Pedro percorreu 5,5 km
b) Apenas 2 competidores: Pedro e João.
c) Fábio conseguiu correr 3.500m.
d) O vencedor da competição foi Pedro.
e) Transformando 1 h = 60 minutos. O tempo gasto por João foi de 60 minutos + 15 minutos = 75
minutos.

3.

a) A duração da viagem foi de 4 horas e 30 minutos. Transformando: 4 horas = 240 minutos. O tempo
de viagem em minutos foi de: 240 + 30 = 270 minutos.

b) A viagem durou 4 horas.

c) O tempo gasto é de 240 minutos.

AULA 4

.1. a) No dia 10/09/2019

2. a) 36,8ºC
b) Vamos realizar: 38 – 36,8 = 1,2. Ainda faltam 1,2ºC para que João estivesse com febre.

3. Vamos realizar: 31 – 29,3 = 1,7. A diferença entre as temperaturas é de 1,7ºC.

4. a) A área total da sala é de 35m².


b) Considerando que 1m² = 10.000 cm². Então: 35 m² = 350.000 cm². A área da sala é de 350.000
cm².

5. a) O castelinho 1 tem área de 9 cm².


b) O castelinho 2 tem área de 20 cm².
c) O castelinho 2.
M
M
aa
t
te
em
m
áá
t
ti
ic
ca
ANO
ANO a

SEQUÊNCIAS
SEQUÊNCIAS

DIDÁTICAS
DIDÁTICAS

Volume
Volume 3
3
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD1
SD1 -
- Matemática
Matemática e
e

Ciências
Ciências
Discutindo a solução de problemas de divisão no

contexto da reciclagem

Resolver problemas utilizando diferentes estratégias, tais como, o cálculo


mental e algorítmico, envolvendo as operações básicas da matemática, em
especial a operação da divisão, ressaltando a questão da conscientização
ambiental sobre a reciclagem em momentos de interdisciplinaridade.

Números e Matéria e Energia

Ciências

(EF05MA08), (EF05CI05)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe


se o/a estudante avançou no processo de
desenvolvimento das habilidades ou se é necessário que
você proponha novas ações pedagógicas para ajudá-los na
superação das dificuldades identificadas.
Quantidade Objetivos de aprendizagem
de Aulas específicos Objetos do conhecimento

Efetuar a multiplicação e a divisão de um


número decimal por um natural, utilizando Problemas: multiplicação e divisão de
AULA 1 estratégias pessoais e técnicas números racionais cuja representação
convencionais decimal é finita por números naturais.

Perceber situações-problemas que


envolvam a divisão usando diferentes Problemas: divisão de números racionais
significados, como: separar, organizar, cuja representação decimal é finita por
distribuir. números naturais.
AULA 2
Compreender a definição de reciclagem e Reciclagem.
coleta seletiva

Resolver problemas envolvendo a Problemas: divisão de números racionais


multiplicação e a divisão, utilizando cuja representação decimal é finita por
AULA 3 estratégias pessoais e técnicas números naturais.
convencionais.

Utilizar o cálculo mental como Problemas: divisão de números racionais


AULA 4 procedimento para efetuar a divisão com cuja representação decimal é finita por
números naturais e decimais. números naturais.
AULAS Unidades Temáticas Habilidades associadas (habilidade
com a descrição):

(EF05MA08) Resolver e elaborar


problemas de multiplicação e divisão com
números naturais e com números racionais
AULA cuja representação decimal é finita (com
Números
1 multiplicador natural e divisor natural e
diferente de zero), utilizando estratégias
diversas, como cálculo por estimativa,
cálculo mental e algoritmos.

(EF05MA08) Resolver e elaborar


problemas de multiplicação e divisão com
Números números naturais e com números racionais
cuja representação decimal é finita (com
multiplicador natural e divisor natural e
diferente de zero), utilizando estratégias
diversas, como cálculo por estimativa,
AULA cálculo mental e algoritmos.
2 Interface interdisciplinar

Matéria e energia (EF05CI05) Construir propostas coletivas


para um consumo mais consciente e criar
soluções tecnológicas para o descarte
adequado e a reutilização ou reciclagem de
materiais consumidos na escola e/ou na
vida cotidiana.

(EF05MA08) Resolver e elaborar


problemas de multiplicação e divisão com
números naturais e com números racionais
AULA cuja representação decimal é finita (com
Números
3 multiplicador natural e divisor natural e
diferente de zero), utilizando estratégias
diversas, como cálculo por estimativa,
cálculo mental e algoritmos.

(EF05MA08) Resolver e elaborar


AULA
Números problemas de multiplicação e divisão com
4
números naturais e com números racionais
cuja representação decimal é finita (com
multiplicador natural e divisor natural e
diferente de zero), utilizando estratégias
diversas, como cálculo por estimativa,
cálculo mental e algoritmos.

CONTEXTUALIZANDO AS AULAS
A presente sequência didática está organizada em quatro aulas na intenção de levar os
estudantes ao alcance das habilidades abordadas. Dessa forma, trabalharemos com a
elaboração e resolução de problemas envolvendo as ideias da divisão com números naturais.
Além do mais, na interface interdisciplinar abordaremos conceitos relacionados à Matéria e
energia, discutidos no componente curricular de Ciências.

Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s): Números


(EF05MA08) Resolver e elaborar problemas de multiplicação e divisão com números naturais
e com números racionais cuja representação decimal é finita (com multiplicador natural e
divisor natural e diferente de zero), utilizando estratégias diversas, como cálculo por
estimativa, cálculo mental e algoritmos.

Professor, sugerimos iniciar esta aula investigando o conhecimento dos estudantes a


respeito das operações de multiplicação e divisão. Com isso, propomos nesta primeira aula,
algumas atividades que façam um passeio pelo conceito de divisão e multiplicação e suas diversas
estratégias de resolução.
Nessa aula, explore os conhecimentos prévios acerca da operação da divisão, perguntando
aos estudantes:

 Vocês conhecem a operação da divisão?


 Vocês já utilizaram a divisão em situações cotidianas?
 Quais estratégias você utiliza para resolver uma divisão?

Professor, essa proposta de atividades é para um modelo de aula síncrona, para aqueles
estudantes que têm acesso a internet e aparelhos eletrônicos (celular ou computador). Você pode
enviar o documento via grupo do Whatsapp ou preparar uma apresentação em
PowerPoint.Sugerimos a apresentação de um vídeo para recordar o conceito de multiplicação
(Link do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ReL5qnY_dls) e também um jogo para treinar
a operação de divisão (Link do jogo: https://www.coquinhos.com/divisoes-em-moto/). Além disso,
propomos a resolução de dois probleminhas que você poderá discutir oralmente com os
estudantes no momento da aula.

Que tal iniciarmos a aula descobrindo o que sabemos sobre as operações de


multiplicação e divisão? Vamos começar assistindo um vídeo que vai refrescar a nossa
memória sobre a operação de multiplicação. (Link do vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=ReL5qnY_dls)
Figura 1 - Print do vídeo “A multiplicação”

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=ReL5qnY_dls.> Acesso em: 10/09/2021.


Após o momento da exibição do vídeo, o professor deve apresentar algumas situações
problemas que envolvem para os estudantes.
Como a atividade na tela do celular será realizada em aula síncrona, você professor
pode organizar as questões em slides ou em pdf e apresentar via google meet. Você poderá
também, dar um tempo a eles para responderem e realizar a correção online. Estimule a
participação de todos. O material pode ser disponibilizado depois para a turma via whatsapp
ou por outras viáveis.

1 - Agora, discuta com os seus colegas as seguintes perguntas:


a) Vocês lembram da operação de multiplicação?
b) Como vocês fariam a contagem dos hambúrgueres no problema proposto no vídeo?
c) Você poderia dar um exemplo de situação que utiliza a operação de multiplicação?

2 - Maria vai organizar uma festinha para suas quatro amigas em sua residência. Para cada
pessoa é indicado a quantidade de oito salgadinhos diversos.

a) Qual operação você usaria para saber a quantidade mínima de salgados que seria
necessário ela comprar?

____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

b) Quantos salgados Maria deve comprar para sua festinha?

_____________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________

Uma outra operação bastante conhecida é a divisão. Multiplicar e dividir são


operações inversas uma da outra. Que tal jogarmos um joguinho para recordarmos a divisão?
O jogo a seguir consiste em uma corrida de motos, onde a aceleração da moto depende de
acertos nos resultados das continhas de dividir. (Link do jogo:
https://www.coquinhos.com/divisoes-em-moto/)

Figura 2 - Print da tela inicial do jogo corrida de motos

Fonte: COQUINHOS. Disponível em https://www.coquinhos.com/divisoes-em-moto/.Acesso em: 10/09/2021.

3 - Após algumas partidas converse com seus colegas.


a) Vocês conseguiram ganhar alguma partida?
b) Os probleminhas de divisão eram difíceis?
c) Qual foi sua maior dificuldade?

4 - Observe a estratégia de resolução da operação de divisão que Mariazinha fez em uma


situação para encontrar o resultado da divisão de 96 por 6.
Agora, pense em situações que você precisou usar a divisão em seu dia a dia e cite
para nós uma experiência relacionada com a divisão e como fez para resolvê-las.

Vídeos sobre Multiplicação e Divisão


Aprendendo a multiplicar - Multiplicação Divisão (1 algarismo no divisor)
1 - Escreva três exemplos de situações do seu dia a dia onde você precisou utilizar a operação
de multiplicação.
Observe abaixo duas estratégias de resolução da operação de multiplicação.
2 - Agora faça o mesmo! Josué resolveu dar uma mesada de R$35, 00 para cada um dos seus
três sobrinhos. Utilize as duas estratégias de multiplicação apresentadas acima e responda
quanto o Josué irá pagar de mesada.

3 - Maria vai organizar uma festinha para suas quatro amigas em sua residência. Para cada
pessoa é indicado a quantidade de oito salgadinhos diversos.

a) Qual operação você usaria para saber a quantidade mínima de salgados que seria
necessário ela comprar?

b) Quantos salgados Maria deve comprar para sua festinha?

4 - Cite três exemplos de situações do seu dia a dia que você utilizou na operação de dividir.
5 - A turma de amigos do Pedro se reuniu para jogar uma partida de futsal. Tinham ao todo 20
colegas e eles precisavam organizar quatro equipes com número igual de jogadores para cada
equipe.

a) Qual operação você utilizaria para organizar as equipes?

b) Cada equipe ficou com quantos jogadores?


Lá vem Ciências!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Números e Matéria e Energia


(EF05MA08) Resolver e elaborar problemas de multiplicação e divisão com números naturais e
com números racionais cuja representação decimal é finita (com multiplicador natural e divisor
natural e diferente de zero), utilizando estratégias diversas, como cálculo por estimativa,
cálculo mental e algoritmos.

(EF05CI05) Construir propostas coletivas para um consumo mais consciente e criar soluções
tecnológicas para o descarte adequado e a reutilização ou reciclagem de materiais consumidos
na escola e/ou na vida cotidiana.

Professor, o conceito de dividir e multiplicar está ligado também à ideia de organizar.


Dividir em grupos de uma certa quantidade, adicionar grupos de mesma quantidade de um certo
produto. Nesta aula apresentamos o componente de Ciências que trabalha a coleta seletiva, um
modelo de organização e separação. Converse com eles sobre a definição de reciclagem, coleta
seletiva e a importância desse processo na diminuição da poluição do meio onde vivemos.
Algumas questões devem abrir uma discussão sobre a importância da conscientização sobre o
descarte correto do nosso lixo:
 Vocês percebem o quanto nós consumimos diariamente?
 Como nós descartamos o nosso lixo? Será que nós estamos fazendo da forma correta?
 Como poderíamos utilizar a matemática para ajudar-nos a organizar nosso consumo e o
descarte e a separação do lixo?
 Quem de vocês já ouviu falar de coleta seletiva? Fale um pouco sobre o que você sabe
sobre esse assunto.
Professor, para os estudantes que têm acesso à internet, sugerimos a apresentação do
vídeo “Por que a reciclagem é tão importante?” (Link do vídeo
https://www.youtube.com/watch?v=ZcymnW5NRYQ&t=2s). Depois de conversar sobre o
conceito de reciclagem e coleta seletiva é hora de jogar. Propomos um joguinho que explora a
separação dos materiais dentro da coleta seletiva (Link do jogo
https://www.escolagames.com.br/jogos/coletaSeletiva/).
A coleta seletiva pode separar cada produto jogado no lixo de acordo com o seu
material e a partir dessa coleta, os materiais são organizados e reciclados. Vamos assistir um
vídeo que fala da importância da reciclagem.
Figura 3 - Print do vídeo “Por que a reciclagem é importante?”

Fonte: YOUTUBE. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=ZcymnW5NRYQ&t=2s. Acesso em:


28/09/2021.

Após o momento da exibição do vídeo, o professor deve apresentar questionamentos


referentes a componente de ciências e também trazer uma situações problema envolvendo a
divisão para trabalhar a interdisciplinaridade.
Como a atividade na tela do celular será realizada em aula síncrona, você professor pode
organizar as questões em slides ou em pdf e apresentar via google meet. Você poderá também,
dar um tempo a eles para responderem e realizar a correção online. Estimule a participação de
todos. O material pode ser disponibilizado depois para a turma via whatsapp ou por outras viáveis.

1 - Conserve com os seus colegas o que você achou sobre o vídeo.


a) Você sabe o que significa coleta seletiva?
b) Na sua casa você costuma fazer a coleta seletiva?
c) Tem algum objeto reciclado na sua casa?
d) Existe alguma relação entre a coleta seletiva e a operação de dividir?
Queremos saber se você entendeu bem sobre a coleta seletiva. Vamos jogar um
joguinho e explorar essa ideia.
Figura 4 - Print da tela do jogo “Coleta seletiva”

Fonte: ESCOLA GAMES. Disponível em https://www.escolagames.com.br/jogos/coletaSeletiva/. Acesso em: 28 set


2021.

2 - Sobre o jogo, responda:

a) O que você achou do joguinho?


b) Você conseguiria dizer o que representa cada cor da coleta seletiva?
c) Você acha importante a coleta seletiva?
3 – Reflita e responda:
4 - Pedro estava juntando latinhas de refrigerante vazias em sua casa. Ele já tem guardado 7
latinhas de fanta uva, 7 de guaraná e 7 de sprite. Quais estratégias diferentes o Pedro pode
utilizar para calcular o número de latinhas de refrigerante que já separou.

Vídeos sobre coleta seletiva


As cores das lixeiras da coleta seletiva para reciclagem na educação ambiental
Coleta Seletiva e Reciclagem - Turminha do Ecossistema - Música: LIXO SE JOGA NO LIXO
1 - Observe a imagem abaixo:
Figura 5 - Reciclagem

Fonte: INFOESCOLA. Disponível em https://www.infoescola.com/ecologia/reciclagem/. Acesso em: 28 set 2021.

a) O que esse símbolo representa?

b) Você sabe o que significa a palavra reciclagem?


c) Você tem algum objeto na sua casa reciclado?

2 - A coleta seletiva é o termo que se usa para o processo de separação do “lixo” que é feito
com o mesmo material. Abaixo segue uma imagem dos coletores que fazem parte da coleta
seletiva:
Figura 6 - Coletores da coleta seletiva

Fonte: ALBEV. Disponível em https://www.albev.com.br/service/view/1. Acesso em: 28 set 2021.

a) Você sabe qual material cada cor representa?

b) Você faz coleta seletiva na sua casa e escola?

c) Qual a importância da coleta seletiva?


3 - Quais estratégias você usaria com os seus colegas para incentivar a utilização da coleta
seletiva na sua residência e escola?

4 - Ana quer coletar a mesma quantidade de plástico e vidro em dois coletores da coleta
seletiva. Para que a quantidade dividida seja exatamente a mesma qual operação ela deverá
usar.
Ampliando saberes!
Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Números


(EF05MA08) Resolver e elaborar problemas de multiplicação e divisão com números naturais e
com números racionais cuja representação decimal é finita (com multiplicador natural e divisor
natural e diferente de zero), utilizando estratégias diversas, como cálculo por estimativa,
cálculo mental e algoritmos.

Professor, para os estudantes que terão acesso à aula síncrona, sugerimos um jogo
interativo que vai fortalecer a fixação da temática sobre divisão com decimais e fazer com que seja
ampliada a concepção dos estudantes a cada resolução dentro do jogo. Antes de dar início ao
jogo, investigue o conhecimento prévio dos estudantes a respeito do conteúdo a ser abordado. Dê
exemplos de divisões nas quais o estudante busque suas próprias estratégias para resolver.
Por exemplo: Se tivermos 9 metros de fios para serem divididos em partes iguais, para a
instalação elétrica de 6 salas de aulas. Tentem me responder: Quantos metros de fio será usado
em cada sala? 9 / 6 = 1,5 metro. Após essa sondagem do conhecimento prévio dos estudantes
inicie a apresentação do jogo:
Será apresentada uma situação problema em que haverá a uma sequência de indagações
para que os participantes encontrem maneiras de resolver a divisão com números decimais. Veja
as imagens do passo-a-passo do jogo.
Figura 1, 2 e 3 - Prints do jogo: Dividindo com decimais.

Fonte: MATIFIC. Disponível em:Matific. Acesso em: 28 set 2021.

Figura 4, 5, 6 e 7 - Print da resolução do jogo: Dividindo com decimais.

Fonte: MATIFIC. Disponível em: Matific e https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-


activities/episode/divis%C3%A3o-de-decimais-no-supermercado-dividindo-com-decimais/>. Acesso 20/09/2021. .
Acesso em: 28 set 2021.
Ao final da partida, abra um diálogo sobre o jogo e questione os estudantes sobre:
 Quais foram as estratégias que eles utilizaram para chegar ao resultado de cada
operação matemática?
 Quais levaram menor tempo para chegar ao resultado? Cálculos mentais?
Comparações? Houve uso de calculadora? Anotações? Quais deram melhores
resultados?

1- Uma família de catadores de materiais reciclados coleta 2.000 garrafas PET de 2 litros em
uma semana. Sabe-se que 20 garrafas PET de 2 litros somam um quilo aproximadamente.

Figura 9: Garrafas PET.

Fonte: https: CENEDCURSOS. Disponíveis em: <//cenedcursos.com.br/meio-ambiente/reciclagem-de-pet-saiba-


como-fazer/>. Acesso em: 09/09/2021.

a) Aproximadamente, quantos quilos de garrafas PET de 2 litros essa família de catadores


consegue coletar na semana?
b) Qual o valor arrecadado por semana com a venda das garrafas PET de 2 litros, sabendo
que o quilo de garrafa custa 1,80.

c) Em um mês, quantos reais a família de catadores ganha com a venda das garrafas PET
de 2 litros?

2 - Em uma das provas de uma gincana, estudantes teriam que reutilizar 2600 tampinhas de
garrafas PET para confecção de um objeto original de artesanato. Para a realização da prova,
as tampinhas devem ser divididas igualmente entre as equipes.

A equipe A apresentou à comissão organizadora um grande quadro da bandeira do


Brasil e a equipe B um cesto, como indicado nas imagens a seguir:
Figura: Quadro feito de tampinhas de garrafas PET.

Fonte: COMOFAZERARTESANATO. Disponível em: <https://comofazerartesanatos.com.br/como-fazer-bandeira-


brasil-com-material-reciclavel/como-fazer-bandeira-do-brasil-com-material-reciclavel-31/>. Acesso 28/09/2021.

Figura: Cesto feito de tampinhas de garrafas PET.

Fonte: PINTEREST. Disponível em: <https://br.pinterest.com/pin/299278337740841191/>. Acesso 28/09/2021.

a) Quantas tampinhas de garrafas PET cada equipe recebeu para a confecção do objeto da
prova?
b) A equipe A, reutilizou a quarta parte de suas tampinhas, na confecção do círculo azul da
bandeira. Quantas tampinhas foram utilizadas para confeccionar o círculo azul da bandeira?

c) Sabendo que a equipe B reutilizou 998 tampinhas na construção do cesto, qual das equipes
venceu a prova? Justifique!

MATIFIC - Divida rápido.


<https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/divida-r%C3%A1pido-praticando-o-algoritmo-
de-divis%C3%A3o-longa-dividindo-n%C3%BAmeros-de-3-d%C3%ADgitos-por-de-1-d%C3%ADgito-sem-resto/>

MATIFIC - Divisão de decimais no supermercado.


FONTE: MATIFIC. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-
activities/episode/divis%C3%A3o-de-decimais-no-supermercado-dividindo-com-decimais/>. Acesso 20/09/2021.
Vamos ao desafio!
É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática (s): Números


(EF05MA08) Resolver e elaborar problemas de multiplicação e divisão com números naturais e
com números racionais cuja representação decimal é finita (com multiplicador natural e divisor
natural e diferente de zero), utilizando estratégias diversas, como cálculo por estimativa,
cálculo mental e algoritmos.

Esta aula consiste na apresentação de um desafio envolvendo conhecimentos


matemáticos, apresentaremos desafios tanto para o momento de aula síncrona como para o
portfólio. No desafio os estudantes deverão resolver problemas que envolvem a multiplicação
e a divisão.

Professor, vamos lançar um desafio em forma de jogo, com questões interativas que os
estudantes poderão responder após realizar os cálculos dos problemas a eles lançados. Eles terão
a oportunidade de assimilar os conteúdos matemáticos através do jogo.

No jogo, serão apresentados quatro problemas com opções de A a D. Os participantes


terão um tempo determinado de 5 minutos para responder a questão correta, assim, devem
ficar atentos para não perderem a oportunidade de pontuação. Ganha aquele que tiver maior
número de acertos ao final da partida.

Figura 14 - Print do jogo:Problemas envolvendo multiplicação e divisão.

Fonte: WORLD WALL. Disponível em:https://wordwall.net/pt/resource/21455267/problemas-envolvendo-


multiplica%c3%a7%c3%a3o-e-divis%c3%a3o.. Acesso em: 09 set 2021.

 Vocês acabaram de participar de um jogo que envolveu vários problemas com a


operação de divisão. Agora vou lançar para vocês alguns desafios que vocês poderão me
responder oralmente em 1 minuto. Utilizem as estratégias de cálculos que acharem
necessárias.

1 - Em uma cooperativa de reciclagem foram selecionados os seguintes materiais para serem


distribuídos igualmente entre 6 empresas: plástico, papelão e latinhas de alumínio. Com qual
quantidade de material ficou cada empresa após a divisão?

a) 18 Toneladas de plástico?
b) 30 Kg de papelão?
c) 300 unidades de latinhas de alumínio?

Fonte: COQUINHOS. Desafio da divisão.


Disponível em: <https://www.coquinhos.com/desafio-da-divisao/play/>. Acesso 10/09/2021.
Professor, nesta última aula da SD propomos desafios para os estudantes envolvendo a
temática abordada, mais especificamente sobre a resolução de problemas pensados por
Raquelzinha que envolvem a multiplicação e a divisão. Os estudantes devem utilizar
estratégias pessoais e convencionais para resolver esses problemas e colocar o registro de suas
estratégias de resolução de cálculos no espaço indicado.

DESAFIO

1 - Resolva os problemas que Raquelzinha propõe.

a)
b)
Na tela do celular
Espera-se que os estudantes exponham os seus conhecimentos prévios respondendo
aos questionamentos indicados e assista ao vídeo sobre multiplicação, após isso, é
importante que discutam os questionamentos indicados e resolução de probleminhas
envolvendo a divisão.
1 - Resposta pessoal.
2-
a. Multiplicação
b. 4x8=32
Após o momento dos probleminhas, os estudantes devem participar do jogo e
responder aos questionamentos referentes ao jogo.
3 - Resposta pessoal.
4 - Resposta pessoal.

No portfólio
1. Resposta pessoal
2.

 Por meio da adição 35 + 35 + 35 = 105


 Por meio do algoritmo 3 5
X3
105
3.
a. Espera-se que o estudante inclua a adição ou a multiplicação entre as possíveis
estratégias para resolver o problema.
b. Maria deve comprar para a sua festinha 32 salgados.
4. Resposta pessoal.
5.
a. Resposta pessoal.
Cada equipe ficou com 5 jogadores.
Na tela do celular
1.
a, b e c ( Respostas pessoais)
d. Espera-se que os estudantes respondam que há sim relação entre coleta seletiva e
operação de dividir. Ao selecionar o lixo que será colocado em cada lixeira, já estamos
realizando uma divisão.
2.
a. Resposta pessoal
b. Espera-se que os estudantes respondam:
 Verde: Resíduo de vidro
 Amarela: Resíduo de metal
 Vermelha: Resíduo de plástico
 Azul: Resíduo de papel
 Marrom: Resíduo orgânico
c. Resposta pessoal
4. Espera-se que os estudantes incluam entre suas possíveis estratégias de cálculos, a adição
e a multiplicação.

No portfólio
1.
a. Reciclagem.
b. Resposta pessoal.
c. Resposta pessoal.
2.
a. Espera-se que os estudantes respondam:
 Vermelha: Resíduo de plástico
 Verde: Resíduo de vidro
 Amarela: Resíduo de metal
 Azul: Resíduo de papel
b. Resposta pessoal.
c. Para que seja possível separar cada produto jogado no lixo de acordo com o seu
material e a partir dessa coleta, os materiais serem organizados e reciclados.
3. Resposta pessoal
4. Divisão.
Na tela do celular
Respostas pessoais

No portfólio
1.

a. 20 garrafas aproximadamente 1 quilo


200 garrafas aproximadamente 10 quilos
2000 garrafas aproximadamente 100 quilos

 A família de catadores conseguem coletar na semana aproximadamente “100 quilos”


de garrafas Pet.

b.

1, 8 0
X1 0 0
0, 0 0
+ 0 0, 0
_ 1 8 0_____
1 8 0, 0 0 Por semana arrecadam 180 reais.

c.

180
x 4
7 2 0 Em um mês a família de catadores ganha 720 reais com a venda das garrafas
Pet.

2.
a. 2.600 / 2 = 1.300.
 Cada equipe recebeu 1.300 tampinhas de garrafas Pet para confecção do
objeto da prova.
b. A equipe A utilizou 325 tampinhas para confeccionar o círculo azul da bandeira.
1.300 = 325 + 325 + 325 + 325

1.300 / 4 = 325

c. A equipe A venceu a prova, pois uma das regras da prova da gincana diz que as
equipes deveriam usar todas as tampinhas na construção do objeto e a equipe B
perdeu a prova por não utilizar todas as 1.300 tampinhas disponibilizadas para a
prova.
Na tela do celular
1.
a) 18 / 6 = 3 Cada empresa ficou com 3 Toneladas de plástico.
b) 30 / 6 = 5 Cada empresa ficou com 5 quilos de papelão.
c) 300 / 6 = 50 Cada empresa ficou com 50 unidades de latinhas de alumínio.

No portfólio
a) Pensou no número 5 e o multiplicou por 6 5 X 6 = 30 30 + 120 = 150
b) Pensou no número 50
Triplicou o valor dele 50 X 3 = 150
Dividiu ele por 5 e obteve o valor 30 150 /5 = 30
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD2
SD2 -
- Matemática
Matemática e
e

Geografia
Geografia
Compreendendo a relação de igualdade entre dois membros,
convertendo as situações em sentenças matemáticas com o 5°
auxílio da evolução dos meios de transportes.

Utilizar as informações contidas nas situações problemas para associar a


igualdade entre os membros e determinar valores desconhecidos,
observando como os meios de transportes sofreram evoluções ao longo do
tempo.

Álgebra e Mundo do trabalho

Geografia
a

(EF05MA10), (EF05MA11), (EF05GE06)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe


se o/a estudante avançou no processo de
desenvolvimento das habilidades ou se é necessário que
você proponha novas ações pedagógicas para ajudá-los na
superação das dificuldades identificadas.
Quantidade Objetivos de aprendizagem
de Aulas específicos Objetos do conhecimento

Deduzir que a igualdade matemática não se


altera ao adicionar, subtrair, multiplicar ou
dividir os seus dois membros por um mesmo Propriedades da igualdade e noção de
AULA 1 valor. equivalência.

Determinar os valores dos termos Propriedades da igualdade e noção de


desconhecidos em uma igualdade. equivalência.

AULA 2 Reconhecer a evolução dos meios de Trabalho e inovação tecnológica;


transporte ao longo do tempo. Transformações dos meios de transporte.

Descobrir os valores dos termos


desconhecidos em uma igualdade.
Propriedades da igualdade e noção de
AULA 3 Utilizar as operações inversas na resolução equivalência.
de problemas

Resolver situações problemas com termos


desconhecidos, reconhecendo a Propriedades da igualdade e noção de
AULA 4 equivalência em adição, subtração, equivalência.
multiplicação e divisão.
AULAS Unidades Temáticas Habilidades associadas (habilidade
com a descrição):

(EF05MA10) Concluir, por meio de


investigações, que a relação de igualdade
existente entre dois membros permanece
AULA
Álgebra ao adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir
1
cada um desses membros por um mesmo
número, para construir a noção de
equivalência.

(EF05MA10) Concluir, por meio de


investigações, que a relação de igualdade
existente entre dois membros permanece
ao adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir
Álgebra
cada um desses membros por um mesmo
número, para construir a noção de
AULA
equivalência.
2
Interface interdisciplinar
Mundo do trabalho
(EF05GE06) Identificar e comparar
transformações dos meios de transporte e
de comunicação.

(EF05MA10) Concluir, por meio de


investigações, que a relação de igualdade
existente entre dois membros permanece
ao adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir
cada um desses membros por um mesmo
número, para construir a noção de
AULA
Álgebra equivalência.
3
(EF05MA11) Resolver e elaborar
problemas cuja conversão em sentença
matemática seja uma igualdade com uma
operação em que um dos termos é
desconhecido.

AULA (EF05MA10) Concluir, por meio de


4 Álgebra investigações, que a relação de igualdade
existente entre dois membros permanece
ao adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir
cada um desses membros por um mesmo
número, para construir a noção de
equivalência.

(EF05MA11) Resolver e elaborar


problemas cuja conversão em sentença
matemática seja uma igualdade com uma
operação em que um dos termos é
desconhecido.

CONTEXTUALIZANDO AS AULAS
Na presente sequencia didática trabalharemos com atividades de forma a desenvolver
o pensamento algébrico, auxiliando os estudantes rumo a um pensamento mais investigativo
frente as situações propostas. Dessa forma, os mesmos se sentirão protagonistas do próprio
conhecimento, onde o professor assume uma postura de mediador conduzindo-os a uma
aprendizagem com qualidade dos conceitos envolvidos. No momento interdisciplinar, serão
abordados conceitos relacionados com o componente de Geografia, no sentido de possibilitar
aos estudantes uma discussão sobre os meios de transporte e comunicação.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s):Álgebra
(EF05MA10) Concluir, por meio de investigações, que a relação de igualdade existente entre
dois membros permanece ao adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir cada um desses
membros por um mesmo número, para construir a noção de equivalência.

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes sobre as propriedades
da igualdade e noção de equivalência, a partir dos seguintes questionamentos:

 O que você entende por igualdade e equivalência?


 Qual a diferença entre igualdade e equivalência?

No momento inicial da aula é interessante que o professor instigue a participação de todos os


estudantes, momento importante para averiguação sobre o conhecimento prévio dos estudantes. Se
preferir, organize em Powerpoint ou PDF para enviar ou projetar para os estudantes responderem.

Professor, essa proposta de atividade é para um modelo de aula síncrona, para os estudantes que
tiverem acesso a internet e dispositivos que possam ser usados no momento da aula (celular, tablet..).
O material pode ser encaminhado via grupo de whatsapp ou e-mails.
Vamos iniciar a aula a partir da discussão sobre igualdade e equivalência, observando
o conhecimento prévio dos estudantes acerca da temática. Após a conversa com a
participação de todos, pergunte aos estudantes:

Os pratos das “balanças” apresentam o mesmo peso?


Os pesos da “balança” na imagem abaixo são iguais?

Figura 1 - Igualdade e equivalência

Fonte: AQUARELA MATEMÁTICA. Disponível em:


<http://aquarelamatematica.com.br/DIGITAL_F/MATEMATICA_L5_3B.PDF>.
Acesso em: 09/09/2021.

Com a exibição da imagem, peça para os estudantes responderem:

1 - Quanto vale cada “peso” da primeira balança?


2 - Quanto vale cada “peso” da segunda balança?
3 - Se adicionarmos dois pesos em um dos lados das balanças, continuarão
equilibradas? Porquê?

Peça para os estudantes enviarem as respostas através do meio de comunicação da


turma, por WhatsApp ou por email.
Para finalizar a aula, envie o link ou apresente para os estudantes o jogo “Relações de
igualdade"
(Disponível em: <https://wordwall.net/pt/resource/15697202/rela%C3%A7%C3%B5es-de-
igualdade>). A resposta do jogo deve ser enviada através do print da tela por WhatsApp.
Figura 2 - Print do jogo Relações de Igualdade

Fonte: Wordwall: Disponível em: <https://wordwall.net/pt/resource/15697202/rela%C3%A7%C3%B5es-de-


igualdade>.
Acesso em: 10/09/2021.

Após a exibição do jogo, aproveite o momento para verificar o aprendizado do aluno


propondo a eles uma competição através do jogo. A turma pode ser dividida em 3 grupos para
a participação no jogo. Utilize a tabela de classificação do jogo para saber qual a posição de
cada grupo. Se possível for, faça uma premiação de forma simbólica para todos os grupos para
premiar a participação e incentivar a busca pelo aprendizado.

Equivalência ou igualdade na matemática

Professor, essa é uma atividade que deverá ser encaminhada para os estudantes que
não tem acesso a internet e , portanto, não assistem aula on-line.
Texto 1 - Relação de Igualdade

Relação de igualdade

 Igualdade é uma equivalência de duas expressões ou quantidades. Para obtermos uma igualdade
é necessário o uso do símbolo "=".

Exemplos:

⇒ 15 = 15

⇒7+3=3+7

⇒6−5+9=9+6−5

⇒2×3×4=3×4×2

Observe que ambos os membros da igualdade indicam o mesmo valor, sendo considerados igualdades.

Noção de equivalência

 Em toda igualdade é possível alterar cada um de seus membros, porém é importante que a
mesma operação seja feita em ambos os membros para manter a equivalência.
Exemplos:
⇒ 10 = 10
Ao adicionar 5 no primeiro membro:
10 + 5= 10, porém a igualdade não está equivalente.
Para manter a igualdade é necessário adicionar 5 aos dois membros.

10 + 5 = 10 + 5
Fonte: Khan Academy. Disponível em: <https://pt.khanacademy.org/math/pt-5-ano/algebra-
5ano/relacao-de-igualdade- entre-dois-membros/a/relacao-de-igualdade> Acesso em: 10/09/2021

A partir deste momento iremos responder as questões abaixo:


1 - Observe a balança abaixo:

Figura 3 - Laboratório Sustentável de matemática/Reprodução

Fonte: Laboratório sustentável de matemática. Disponível em:


<https://www.laboratoriosustentaveldematematica.com /2018/03/aprendendo- equacoes-na-balanca-opcoes-
plano-aula-download.html>. Acesso em: 10/09/2021.

A balança está equilibrada. Para manter esse equilíbrio, considerando os pesos


representados à esquerda, devo concluir que o valor representado pelo peso à direita é igual:

a) 60kg
b) 50kg
c) 70kg
d) 80kg

2 - O resultado de:

é igual ao resultado de qual das operações?


3 - Determine o número que falta para que exista igualdade entre ambos.

4 - Encontre o valor representado por cada figura.

a)

Valor de : ______

b)

Valor de :_______

c)

Valor de :_______
Lá vem Geografia!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Álgebra e Mundo do trabalho


(EF05MA10) Concluir, por meio de investigações, que a relação de igualdade existente entre
dois membros permanece ao adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir cada um desses
membros por um mesmo número, para construir a noção de equivalência.
(EF05GE06) Identificar e comparar transformações dos meios de transporte e de comunicação.

Professor inicie a aula perguntando aos estudantes:

Vocês acham que os meios de transporte


são os mesmos desde antigamente?

Para instigar o conhecimento, sugerimos assistir ao vídeo sobre meios de transporte a


seguir:
Figura 4 - Print do vídeo Meios de transporte

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=YtGfoN02y2w>. Acesso em: 10/09/2021.

Após a exibição do vídeo, reflita sobre:

1 - Os meios de transporte evoluíram?


2 - Quais os meios de transporte que evoluíram mais?
3 - O vídeo apresenta a evolução dos meios de transporte aquáticos. Quais as principais
diferenças entre eles?

Professor, nesse momento apresentaremos algumas situações envolvendo a noção de


equivalência abordada na aula anterior.

Para finalizar a aula, sugerimos preparar um material em PDF ou PowerPoint com as


situações problema abaixo, podendo enviar por email ou grupo do WhatsApp. Em conjunto,
envie um áudio ou orientação escrita para que os estudantes acessem o material
disponibilizado. Caso esteja em aula síncrona, você poderá exibir o material para os
estudantes. As respostas podem ser enviadas através do meio de comunicação da turma, por
exemplo email ou WhatsApp.

4 - Nos antigos trens, cada vagão comporta apenas 24 passageiros. Complete com os números que estão
faltando para que a igualdade seja verdadeira:

5 - Os carros são os meios de transporte que evoluem com muita intensidade. Em 1960, a potência do
motor era de 67 CV. Hoje em dia, temos automóveis com potência de 107 CV ou mais. A potência
aumentou em quantos CV de 1960 até os dias atuais?
Meio De Transporte Hoje e Antigamente! EVOLUÇÃO
Texto 2 - Evolução dos meios de transporte

A evolução dos meios de transporte

Os meios de transporte não ficaram estagnados. Conforme o tempo passou e as


necessidades dos homens mudaram, a forma de se transportar também evoluiu. Hoje, pode-se
dizer que a distância foi vencida: a velocidade permitiu ao homem chegar cada vez mais longe
em menos tempo.
Para chegar a esse estágio de tamanha eficiência, os transportes precisaram evoluir de
acordo com os conhecimentos que a humanidade ia adquirindo. O exemplo mais
extraordinário é a Expansão Marítima, no século XV. O conhecimento adquirido para construir
um meio de transporte aquaviário tornou possível a saída dos europeus do seu continente.
Esse fato deu início a descoberta de novas terras como a América.
No século XIX, o trem se tornou popular e após inúmeros tentativas de seu
desenvolvimento, o inglês George Stephenson foi o responsável pela criação da locomotiva a
vapor. No início não era um meio de transporte veloz, viajando aproximadamente 45 km/h.
Isso tornava as viagens inseguras e suscetíveis a roubos. No fim do século e com os avanços
tecnológicos, o trem foi considerado um dos meios mais modernos de transporte. Com a
criação do motor a vapor, houve uma evolução no transporte marítimo com a construção de
barcos movidos a essa tecnologia, em destaque para o engenheiro francês Isambard Kingdom
Brunel.
O primeiro automóvel criado na Alemanha, por Carl Benz, em 1886, foi se
aprimorando e, durante todo século XX, não parou de ser renovado, no design, na tecnologia e
na acessibilidade.
Uma das revoluções do transporte aéreo, foi a criação do avião. O responsável por
esse feito foi Santos Dumont, um brasileiro que em 1906 voou sobre o céu de Paris em seu 14-
bis. A partir dele, novas inovações foram realizadas para a melhoria desse meio de transporte
no mundo.

Fonte: MEIOS DE TRANSPORTE. Disponível em: <https://meios-de-transporte.info/evolucao-dos-transportes.html>.


Acesso em: 09/09/2021.

Figura 5 - Carro de passeio

Fonte: Auto Entusiasta. Disponível em: <https://autoentusiastas.com.br/2014/11/dkw-um-carro-


emblematico/ >.
Acesso em: 09/09/2021.
Figura 6 - Carro de passeio

Fonte:UOL/Inside Evs. Disponível em: <https://insideevs.uol.com.br/news/428606/carros-hibridos-eletricos-2022/>.


Acesso em: 09/09/2021.

Figura 7 - Trem “Maria Fumaça”

Fonte: Sesc Fecomércio Senac. Disponível em: <https://www.sesc-rs.com.br/noticias/passeios-de-maria-


fumaca -entre-ijui-e-catuipe-serao-realizados-em-setembro/>. Acesso em: 09/09/2021.

Figura 8 - Metrô

Fonte: Diário do Rio. Disponível em: <https://diariodorio.com/estacoes-do-metro-do-rio-terao -mais-21-acessos-


secundarios-fechados/>. Acesso em: 09/09/2021.
1 - Observando as figuras acima, responda:
a) Quais dos meios apresentados estão presentes na cidade em que você mora?

b) Quais os meios de transporte mais comuns na sua cidade?

c) Quais das figuras vocês consideram como meios de transporte mais antigos?

2 - Nas imagens abaixo temos exemplos de transportes ferroviários.


Figura 7 - Trem “Maria Fumaça”

Fonte: Sesc Fecomércio Senac. Disponível em: <https://www.sesc-rs.com.br/noticias/passeios-de-maria-


fumaca -entre-ijui-e-catuipe-serao-realizados-em-setembro/>. Acesso em: 09/09/2021.
Figura 8 - Metrô

Fonte: Diário do Rio. Disponível em: <https://diariodorio.com/estacoes-do-metro-do-rio-terao -mais-21-acessos-


secundarios-fechados/>. Acesso em: 09/09/2021.

a) Quais as diferenças entre os “trens” das imagens acima?

b) O vagão de metrô tem capacidade para 150 passageiros sentados. Sabendo que já tem
135 passagens compradas para esse vagão. Quantas passagens ainda restam?

3 - Observe as figuras de meios de transporte.


Na primeira imagem, temos o “Bondinho” utilizado por muitos passageiros até os dias
de hoje.
Figura 9 - Bondinho

Fonte: G1 GLOBO. Disponível em: <https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/10/19/bonde-de-


santa-teresa-passa -a-circular-com-intervalos-reduzidos.ghtml>. Acesso em: 09/09/2021.
Na segunda imagem, temos o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) considerado como
“Bondinho Moderno”. O VLT tem capacidade para transportar até 420 passageiros.

Figura 10 - VLT

Fonte: DIARIO DO TRANSPORTE. Disponível em: <https://diariodotransporte.com.br/2020/08/09/vlt-de-joao-


pessoa
-pb- ganha-mais-seis-viagens-na-segunda-feira-10/>. Acesso em: 09/09/2021.

Os dois meios de transporte juntos possuem capacidade para 452 passageiros. Vamos
descobrir o número de passageiros do “Bondinho”.

a) Complete a sentença matemática que representa a situação.

b) No espaço abaixo, faça os cálculos e descubra quantos passageiros o bondinho pode


transportar?
Ampliando saberes!
Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Álgebra


(EF05MA11) Resolver e elaborar problemas cuja conversão em sentença matemática seja uma
igualdade com uma operação em que um dos termos é desconhecido

Professor, vamos abordar a resolução e elaboração de situações problema com termo


desconhecido. Essa habilidade depende de conhecimentos anteriores desenvolvidos pelos
estudantes, por isso é importante observar as relações empregadas, as possíveis justificativas e
estratégias utilizadas no processo de resolução do problema.

Professor, vamos resolver algumas questões com os estudantes?! Apresente aos


estudantes as figuras 11, 12 e 13. Essas figuras apresentam questões envolvendo a relação de
igualdade, como também a resolução de problemas. Peça para que os estudantes enviem as
respostas através do grupo do WhatsApp.
Figura 11, 12 e 13 - Atividades

Fonte: Elaboração Própria. (Imagens: Biblioteca Online Canva).

Jogo - Propriedades da Igualdade


Disponível em: https://wordwall.net/resource/12048736/propriedades-da-igualdade.
1 - Observe a seguinte situação proposta por Valentina:
Para respondermos vamos utilizar a operação inversa da adição, ou seja, subtração.

Considerando o como o número pensado por Valentina, temos:

Então, o número pensado por Valentina foi 14.

Agora é a sua vez! Encontre os valores desconhecidos:

a)

b)

2 - Vamos pensar um pouco?! Leia atentamente o que Naruto está dizendo.


Agora, responda:
a) Qual foi a operação utilizada por Naruto?

b) Para encontrar o número que Naruto pensou, qual operação devemos utilizar?

c) No espaço abaixo, faça os cálculos e descubra o número pensado por Naruto?


3 - As três cartas juntas tem o valor de 35.
Figura 14 - Cartas

Fonte: Elaboração Própria. (Imagens: Biblioteca Online do Canva).

a) Quais as possíveis operações você pode utilizar para encontrar o valor desconhecido
da carta?

b) Qual o valor desconhecido da carta?

4 - Vamos resolver as situações - problema abaixo:


a) Carol e Carla são irmãs gêmeas. A soma das duas idades é igual a 22. Qual a idade das
irmãs?

b) A idade de Bianca, somada com 5 e multiplicada por 6 é igual a 114. Qual a idade de
Bianca?
Vamos ao desafio!
É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática (s): Álgebra


(EF05MA11) Resolver e elaborar problemas cuja conversão em sentença matemática seja uma
igualdade com uma operação em que um dos termos é desconhecido.

Professor nessa última aula da Sequência Didática sugerimos dois desafios, o primeiro
desafio para a aula síncrona e outro para o portfólio. Vamos apresentar os desafios que instigam os
estudantes a desenvolver o pensamento algébrico, o raciocínio lógico e a resolução de problemas.

Professor, que tal apresentar aos estudantes o desafio abaixo? Esse desafio consiste em
seguir o passo a passo mencionado na figura. Ao realizarem todas as etapas corretamente
peça para que apresentem o resultado obtido nesse desafio o resultado será único, o número
5.
Figura 15 - Desafio

Fonte: Elaboração Própria.

Após a apresentação e discussão da situação problema, os alunos deverão elaborar um


problema com base na situação acima e encaminhar a resolução para o professor via grupo de
whatsapp ou email.

Plataforma Khan Academy:


Disponível em: <https://pt.khanacademy.org/math/pt-5-ano/algebra-5ano/mais-sobre-
multiplicacao-e-divisao-de-um-so-algarismo/v/unknowns-with-multiplication-and-division>.

Vamos descobrir juntos qual a idade da mãe do nosso amiguinho Nelsinho? Temos
algumas informações que estão descritas no problema. Anote todas as informações e calcule o
resultado no espaço abaixo, depois comente com os colegas como fez para encontrar a
solução.
Na tela do celular
1 – Cada “peso” vale 5.
2 – Cada “peso” vale 4.
3 – Não continuarão equilibradas, pois um dos lados ficará mais pesado que o outro.

No portfólio
1 - 50 kg. Alternativa “b”
2-

3 – 24

4 - a) 33
b) 4
c) 3

Na tela do celular
1 – Os meios de transporte no decorrer do tempo evoluíram muito.

2 – Resposta pessoal

3 – Os transportes aquáticos antigamente dependiam da força do vento e da força de


homens para o deslocamento, hoje em dia os meios de transporte aquáticos, a maioria, é
movido a motores.

4 – 10 + 14 = 2 + 11 + 11 = 24

5 – 40 + 67 = 107. Aumentou em 40 CV.

No portfólio
1 – a) Resposta pessoal
b) Resposta pessoal
c) As figuras 5 e 7

2 – a) O primeiro trem era movido a vapor. O segundo é movido a motor elétrico, de alta
velocidade.

b) 15 + 135 = 150. Restam 15 passagens para esse vagão.

3 – a) 420 + 32 = 452.
b) Espaço para os cálculos.
Na tela do celular
 12 – 3 = 5 + 4
 28 + 12 = 13 + 27 = 40

 =6

 = 17

No portfólio
1 – a) 19 + 24 = 43
b) 51 – 14 = 37

2 – a) Multiplicação
b) Devemos utilizar a divisão.
c) 28 ÷ 2 = 14. O número pensado foi 14.

3 – a) Adição e subtração
b) 35 – 13 – 9 = 13

4 – a) Como são irmãs gêmeas Carol e Carla tem a mesma idade.


22 ÷ 2 = 11. A idade das irmãs é de 11 anos.

b) A idade de Bianca é 14 anos. Para descobrir a idade de Bianca vamos fazer:


114 ÷ 6 = 19, com o resultado vamos subtrair 5: 19 – 5 = 14.

Na tela do celular
O resultado do desafio será sempre 5.

No portfólio
Para encontrar a idade da mãe de Nelsinho, vamos fazer:
 Nelsinho: 10 anos
 Irmã: 5 anos
 Pai: 3 x (10 + 5) = 3 x 15 = 45
 Mãe: 45 – 10 = 35
 A idade da mãe de Nelsinho é de 35 anos.
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD3
SD3 -
- Matemática
Matemática e
e

Língua
Língua Portuguesa
Portuguesa
A proporcionalidade no nosso dia a dia 5°

Compreender a ideia de proporcionalidade direta, desenvolvendo o pensamento


algébrico com auxílio do gênero Receita.

Álgebra e Leitura/escuta (compartilhada e autônoma)

Língua Portuguesa

(EF05MA12) (EF05LP09)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se


o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento
das habilidades ou se é necessário que você proponha
novas ações pedagógicas para ajudá-los na superação das
dificuldades identificadas.
Quantidade Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento
de Aulas específicos

Investigar os conhecimentos prévios dos


AULA 1 estudantes em relação a Grandezas diretamente proporcionais
proporcionalidade.

Relacionar a proporcionalidade entre Grandezas diretamente proporcionais


grandezas.
AULA 2
Compreender o gênero receita e sua Compreensão em leitura
estrutura.

Relacionar a proporcionalidade entre


duas grandezas.
AULA 3 Grandezas diretamente proporcionais
Resolver problemas envolvendo
grandezas diretamente proporcionais.

Empregar a ideia de proporcionalidade


AULA 4 direta na resolução de problemas. Grandezas diretamente proporcionais
Unidades Temáticas/ Habilidades associadas
AULAS
(habilidade com a descrição):
Práticas de Linguagem

(EF05MA12) Resolver problemas que


envolvam variação de
proporcionalidade direta entre duas
AULA grandezas, para associar a quantidade
Álgebra
1 de um produto ao valor a pagar,
alterar as quantidades de ingredientes
de receitas, ampliar ou reduzir escala
em mapas, entre outros.

(EF05MA12) Resolver problemas que


envolvam variação de
Álgebra proporcionalidade direta entre duas
grandezas, para associar a quantidade
de um produto ao valor a pagar,
alterar as quantidades de ingredientes
de receitas, ampliar ou reduzir escala
em mapas, entre outros.
AULA
2 Interface interdisciplinar
Leitura/escuta (compartilhada e
autônoma) (EF05LP09) Ler e compreender, com
autonomia, textos instrucionais de
regras de jogo, dentre outros gêneros
do campo da vida cotidiana, de acordo
com as convenções do gênero e
considerando a situação comunicativa
e a finalidade do texto.

(EF05MA12) Resolver problemas que


envolvam variação de
AULA proporcionalidade direta entre duas
Álgebra
3 grandezas, para associar a quantidade
de um produto ao valor a pagar,
alterar as quantidades de ingredientes
de receitas, ampliar ou reduzir escala
em mapas, entre outros.

(EF05MA12) Resolver problemas que


envolvam variação de
proporcionalidade direta entre duas
AULA grandezas, para associar a quantidade
Álgebra
4 de um produto ao valor a pagar,
alterar as quantidades de ingredientes
de receitas, ampliar ou reduzir escala
em mapas, entre outros.

CONTEXTUALIZANDO AS AULAS

Professor, essa sequência didática será desenvolvida em 4 aulas com atividades que
contemplam os componentes de Matemática e Língua Portuguesa, numa abordagem interdisciplinar.
Com relação ao componente de Matemática abordaremos a proporcionalidade direta, conhecendo e
compreendendo as grandezas diretamente proporcionais por intermédio da resolução de problemas.
Já no componente de Língua Portuguesa, iremos abordar o gênero textual Receita apresentando sua
estrutura, complementando a ideia de proporcionalidade trazendo receitas da Tia Nastácia,
personagem do Sítio do Pica Pau Amarelo.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s): Álgebra

(EF05MA12) Resolver problemas que envolvam variação de proporcionalidade direta entre duas
grandezas, para associar a quantidade de um produto ao valor a pagar, alterar as quantidades de
ingredientes de receitas, ampliar ou reduzir escala em mapas, entre outros.

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes acerca da ideia inicial
de proporcionalidade, com os seguintes questionamentos:
● Vocês sabem o que significa a palavra “proporcional”?
● Quando dizemos, por exemplo, “a atitude foi desproporcional ao problema”, o que isso quer
dizer?
A partir das respostas dos estudantes, podemos observar como está o desenvolvimento do
pensamento algébrico em alguns aspectos como: observação de uma relação, identificação de
padrão, generalizações, entre outros.
Professor, que tal assistir com a turma o vídeo “Matemática 5º Ano - Grandezas
Proporcionais”?
Figura 1 - Print da tela do vídeo “matemática 5º ano - Grandezas Proporcionais

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: (Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=Z5aSLaAp5mQ&t=60s>).


Acesso em: 28/09/2021.

Após assistirem ao vídeo, converse sobre os problemas propostos no vídeo, enfatizando as


resoluções de cada item. Podendo ser apresentado outros problemas, para que os estudantes
compreendam da melhor maneira possível.
Para finalizar a aula, apresente as situações problemas, pedindo para os estudantes para
enviarem as respostas através do grupo do WhastApp ou por email.

1 - Três caixas de bombons custam R$27,00. Quanto custa 6 caixas?

2 - Na compra de 4 produtos, o quinto produto é grátis. Comprando 24 produtos, quantos produtos


sairão grátis?
Plataforma Khan Academy.
Disponível em: <https://pt.khanacademy.org/math/pt-5-ano/algebra-5ano>

Olá pessoal! Preciso que


me ajudem a resolver um
probleminha! Vamos lá?

Para comprar duas


pipocas, eu gasto R$ 8,00.
Se forem quatro pipocas,
quanto vou gastar? E se
forem 8 pipocas?

1 - Como você faria para encontrar a solução para o problema de Valentina? Utilize o espaço abaixo,
para escrever sua estratégia.
Complete o quadro com a quantidade e o preço da pipoca:

Quadro 1 - Pipoca e Preço


Quantidade de pipocas Preços

2 R$ 8,00

8
Fonte: Elaboração Própria.

● Qual a relação podemos perceber entre a quantidade e o preço das pipocas?

Professor, os estudantes devem perceber que ao dobrar a quantidade de pipocas, o preço também
dobrou. Nesse caso, temos uma relação de proporcionalidade e que a quantidade de pipocas e o preço
são chamadas de grandezas proporcionais.

2 - O estacionamento “Bom Preço” é exclusivamente para carros. Pela quantidade de rodas, podemos
conhecer a quantidade de carros do estacionamento.

Quadro 2 - Carros e quantidade de rodas

Quantidade de rodas Quantidade de carros

4 1

8 2

12 3

16

20
Fonte: Elaboração Própria.

Completando o quadro a quantidade de carros, podemos concluir que:

A quantidade de carros aumenta se a quantidade A quantidade de carros diminui se a


de rodas aumenta. quantidade de rodas aumenta.
3 - Dois pacotes de ração do cachorro alimenta seus 3 animais de estimação.
a) Se fossem 6 animais quantos pacotes de ração seriam necessários para alimentá-los?

b) Qual a relação existente entre o número de animais e a quantidade de pacotes de ração?


Lá vem Língua Portuguesa!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Álgebra e Leitura/escuta (compartilhada e autônoma)


(EF05MA12) Resolver problemas que envolvam variação de proporcionalidade direta entre duas
grandezas, para associar a quantidade de um produto ao valor a pagar, alterar as quantidades de
ingredientes de receitas, ampliar ou reduzir escala em mapas, entre outros.

(EF05LP09) Ler e compreender, com autonomia, textos instrucionais de regras de jogo, dentre outros
gêneros do campo da vida cotidiana, de acordo com as convenções do gênero e considerando a
situação comunicativa e a finalidade do texto.

Professor, na aula anterior observamos o conhecimento prévio dos estudantes acerca da


proporcionalidade. Na aula de hoje, iremos aprofundar o estudo da proporcionalidade entre
grandezas com o auxílio do gênero textual receita, ao pedirmos para aumentar a quantidade de
ingredientes ou diminuir a quantidade de porções.
Professor, vamos iniciar a aula assistindo o vídeo “O bolo de Tia Nastácia” (Disponível em:
<https://www.youtube.com/watch?v=a5p9XoLWb80>).

Figura 2 - Print da tela do vídeo “O bolo de Tia Nastácia”

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=a5p9XoLWb80>. Acesso em: 19/10/2021.

Ao assistirem o episódio do Sítio do Pica Pau Amarelo, pergunte aos estudantes:

1 - Qual objeto tia Nastácia segue o preparado do bolo?

2 - Por qual motivo o bolo da Emília não dá certo?


Em seguida, apresente aos estudantes a receita do bolo apresentada no vídeo:

Figura 3 - Receita de bolo

Fonte: LOBATO. Disponível em: <https://lobato.com.vc/2019/01/bolo-de-frutas-tia-nastacia/>. Acesso em: 20/10/2021.

Professor, converse com os estudantes que: o gênero receita é um gênero instrucional, conhecido
e possivelmente abordado em aulas anteriores de Língua Portuguesa, é composto por: Ingredientes e
o Modo de Preparo. Na figura acima, trouxemos apenas os ingredientes da receita. Essa receita é para
apenas 1 bolo.

Com relação a receita, apresente as seguintes questões aos estudantes:

3 - Tia Nastácia irá precisar preparar 2 bolos, semelhantes ao da receita.

a) Quantos copos de iogurte sem sabor ela irá precisar?


b) Quantos gramas de morangos para o recheio e cobertura?
c) Quantos potes de geleia artesanal ela utilizará?
4 - Complete o quadro, observando a relação entre os ingredientes da receita:

Quadro 3 - Receita

Ingredientes Quantidades

Açúcar Cristal 750 g

Óleo 240 ml

Amoras

Framboesas

Creme de leite
Fonte: Elaboração Própria

a) O que aconteceu com a quantidade de ingredientes da receita original para a receita do


quadro acima?

b) A quantidade de ingredientes do quadro é suficiente para a preparação de quantos bolos?

Professor, peça para os estudantes enviarem as respostas através do grupo do WhatsApp da turma.

Matific - Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode /uma-


ideia-meio-assada-tabelas-e-gr%C3%A1ficos-de-propor%C3%A7%C3%B5es/>.
Quando temos a relação entre duas Grandezas, como por exemplo, a quantidade de
ingredientes e a quantidade de porções, dizemos que são grandezas diretamente proporcionais. Os
ingredientes e o rendimento de porções das receitas, são exemplos dessa relação de
proporcionalidade. Vamos ver algumas delas?

Vocês conhecem a turma do Sítio do PicaPau Amarelo? Entre os personagens conhecidos


temos Tia Nastácia, uma ótima cozinheira, com receitas deliciosas. Vamos conhecer a famosa receita
do bolinho de chuva?

Bolinho de chuva - (rende 10 bolinhos)


Ingredientes:
3 xícaras de chá de farinha de trigo;
1 colher de sobremesa de fermento em pó;
180 gramas de açúcar;
2 colheres de manteiga e margarina;
2 ovos;
1 pitada de sal;
½ colher de canela em pó;
1 xícara de chá de leite.
Modo de preparo:
Em um recipiente, bata o açúcar e a margarina até que se forme uma pasta, logo após
adicione um ovo de cada vez, sem deixar de bater. Peneire junto desta pasta, a farinha, a canela
e a pitada de sal e misture, alternando com o leite, até que se forme uma massa só.
Jogue a massa com uma colher de sua preferência no óleo quente, de modo que ele
doure completamente dos dois lados dos bolinhos e os deixe escorrer em um recipiente coberto
de guardanapo de papel.
Fonte: LOBATO. Disponível em: <https://lobato.com.vc/2018/11/quitutes-da-tia-nastacia-bolinho-de-chuva/>. Acesso em:
20/10/2021.

O gênero textual receita tem linguagem clara e objetiva, sua estrutura é composta por:
Ingredientes e Modo de Preparo.

1 - A receita está presente no nosso dia a dia. As pessoas sempre tem uma receita favorita, você tem?
No espaço abaixo escreva sua receita favorita.

2 -Tia Nastácia quer preparar 30 bolinhos de chuva. Como ficaria a receita adaptada?
3 - Vamos observar a próxima receita, rende 1 bolo.

Fonte: RECEITAS NASTACIA. Disponível em: <http://receitasnastacia.blogspot.com/2009/02/bolo-festivo-da-


sinha.html>. Acesso em: 21/10/2021.

Em um final de semana, o sítio receberá muitos convidados. E Tia Nastácia irá preparar 5 bolos
festivos. Complete o quadro com a quantidade de ingredientes suficientes para a receita.
Quadro 4 - Ingredientes

Ingredientes Quantidades

Açúcar 15 xícaras de chá

Ovos 20

Fonte: Elaboração Própria


Ampliando saberes!

III - Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Álgebra.


(Habilidade a desenvolver na aula/código alfanumérico e descrição):

(EF05MA12) Resolver problemas que envolvam variação de proporcionalidade direta entre duas
grandezas, para associar a quantidade de um produto ao valor a pagar, alterar as quantidades de
ingredientes de receitas, ampliar ou reduzir escala em mapas, entre outros.

Professor na aula de hoje iremos aprofundar o estudo de proporcionalidade. O desenvolvimento


do pensamento algébrico inicia nas séries dos anos iniciais, por isso é importante estarmos observando
como os estudantes estão estruturando o pensamento no momento da resolução de problemas,
investigando o padrão relacionado, explorando estratégias diversas.
Professor, que tal apresentar aos estudantes o episódio do Matific - “Encontre a quantidade
desconhecida até 100 - Pensamento Proporcional”
Como jogar:
● Acesso o episódio através do link: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-
activities/episode/pensamento-proporcional-encontre-a-quantidade-desconhecida-
at%C3%A9-100/>;
● É um jogo que apresenta problemas em que o participante terá que encontrar e escrever no
espaço indicada a resposta correta;
Figura 3 - Print da tela do episódio

Fonte: MATIFIC. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/ pensamento-


proporcional-encontre-a-quantidade-desconhecida-at%C3%A9-100/#>. Acesso em: 21/10/2021.

● O participante irá responder a 5 questões. O participante só irá para a próxima pergunta


acertando a resposta da questão anterior.
Professor, após o jogo, sugerimos uma conversa sobre o desempenho, os desafios e dúvidas que
surgiram ao tentarem responder às questões propostas.

Matific - Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/


ra%C3%A7as-com-propor%C3%A7%C3%A3o-racioc%C3%ADnio-proporcional-tartaruga/>.

Oi turminha! As grandezas
diretamente proporcionais são
aquelas que quando
aumentamos na primeira, a
segunda aumenta também. Ou
quando diminuímos da
primeira, a segunda também
diminui.

1 - Mariazinha ao comprar um gibi, gastou R$6,00.

a) Ao comprar 3 gibis do mesmo valor, quanto ela irá gastar?


b) Com R $42,00, quantos gibis ela poderá comprar?

2 - Para preparar 1 litro de suco Júlia precisa de 2 polpas de frutas. Com 16 polpas de frutas, ela poderá
preparar quantos litros de suco?

3 - A bula do remédio de Clarinha indica que: A cada 6 kg do paciente deve ser ingerido 3 ml do
medicamento. Se Clarinha “pesa” 18 kg, quantos ml do medicamento devem ser ingeridos por ela?

4 - Uma embalagem com 3 carrinhos custa 18 reais. Maria irá comprar 4 embalagens para distribuir
igualmente entre seus 2 filhos.

a) Qual será o valor pago por Maria?

b) Quantos carrinhos cada filho irá receber?


Vamos ao desafio!

IV - É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática (s): Álgebra.


(Habilidade a desenvolver na aula/código alfanumérico e descrição):

(EF05MA12) Resolver problemas que envolvam variação de proporcionalidade direta entre duas
grandezas, para associar a quantidade de um produto ao valor a pagar, alterar as quantidades de
ingredientes de receitas, ampliar ou reduzir escala em mapas, entre outros.

Nessa última aula da Sequência Didática iremos propor desafios aos estudantes, este é um
momento com o qual podemos averiguar o desenvolvimento do conteúdo abordado, observando as
dificuldades e dúvidas que ainda podem persistir do conteúdo.
Professor, que tal apresentar aos estudantes a figura 3.
Figura 3 - Encarte de promoção

Fonte: PONTO FRIO. Disponível em: <https://www.pontofrio.com.br/pop-it-fidget-toy-bubble-brinquedo- sensorial-amg-


qw/p/1514966845>. Acesso em: 21/10/2021.

Com a apresentação da figura, peça para os estudantes responderem às seguintes questões:


1 - Quantos reais irá pagar levando 2 trios de Pop It?
2 - A promoção é viável? Por quê?
3 - Quantos reais serão economizados comprando os Três pop it em relação ao preço por unidade?
4 - João tem R$ 220,00. É possível comprar 4 trios de Pop It?. Caso não seja possível, quantos trios
João poderá comprar?
Matific –
Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/hist%C3%B3ria-
de-bate-papo-caminhada-problemas-de-tempo-velocidade-e-dist%C3%A2ncia/>.

Vamos ao desafio da aula de hoje?!

Jorginho está preparando um lanche para receber seus amigos. Acompanhe o que ele tem a
dizer sobre a quantidade de salgados que será servido no lanche. E depois, continue a história
utilizando o balão de fala em branco, utilizando a relação entre a quantidade de salgados e o número
de amigos, como também acrescentar outros itens ao lanche, como sucos, refrigerantes, entre outros.
Oi pessoal! No lanche, vou servir
muitos salgados! Eu sei que cada
pratinho com 8 salgados pode
servir 2 amigos.

Agora é sua vez! Elabore uma pergunta sobre o lanche de Jorginho utilizando as informações
apresentadas.
Na tela do celular
1 - Espera-se que os alunos percebam que 6 é o dobro de 3, portanto, se 3 caixas custam R$27,00, 6
caixas custará 2x27 = R$54,00.

2 - Se na compra de 4 produtos o quinto é grátis, comprando 24 produtos, teremos:

5 + 5 + 5 + 5 + 4 = 24.

Portanto, 4 produtos sairão grátis.

No portfólio
1 - Se para comprar duas pipocas o gasto é de R$8,00, se forem 4 pipocas é só duplicar o valor, já
que 4 é o dobro de 2. Logo, 4 pipocas custará R$16,00. Se forem 8 pipocas, é o dobro de 4, então
custará R$32,00.

Quantidade de pipocas Preços

2 R$ 8,00

4 R$ 16,00

8 R$ 32,00

● Qual a relação podemos perceber entre a quantidade e o preço das pipocas?


Os estudantes devem perceber que ao dobrar a quantidade de pipocas, o preço também dobrou.
Nesse caso, temos uma relação de proporcionalidade e que a quantidade de pipocas e o preço são
chamadas de grandezas proporcionais.
2-

Quantidade de rodas Quantidade de carros

4 1

8 2

12 3

16 4

20 5

Completando o quadro a quantidade de carros, podemos concluir que: A quantidade de carros


aumenta se a quantidade de rodas aumenta.

3-

a) Se dois pacotes alimentam 3 animais, 6 animais precisam de 4 pacotes, pois 6 é o dobro de 3.

b) A medida que aumenta o número de animais também aumenta o número de pacotes de ração.

Na tela do celular
1 - O livro de receitas.

2 - Porque ela não sente gosto e não seguiu a receita direito.

3-

a) 2 copos de iogurte sem sabor.

b) 200g de morangos picados.

c) 4 potes de geleia artesanal.


4-

Ingredientes Quantidades

Açúcar Cristal 750 g

Óleo 240 ml

Amoras 450g

Framboesas 300g

Creme de leite 3 caixas

a) Triplicou.

b) 3 bolos.

No portfólio
1 - Resposta pessoal.

2 - Espera-se que o estudante perceba que se a receita rende 10 bolinhos, para 30 bolinhos precisará
triplicar os ingredientes. Logo, ficará da seguinte forma:

Ingredientes:

● 9 xícaras de chá de farinha de trigo;


● 3 colheres de sobremesa de fermento em pó;
● 540 gramas de açúcar;
● 6 colheres de manteiga e margarina;
● 6 ovos;
● 3 pitadas de sal;
● 1 colher e ½ de canela em pó;
● 3 xícaras de chá de leite.

3-

Ingredientes Quantidades

Açúcar 15 xícaras de chá

Ovos 20

Margarina 20 colheres (sopa)

Coco ralado (100g) 5 pacotes

Iogurte natural 10 copos


Fubá 10 xícaras (chá)

Goiaba picada 5 xícaras

Farinha de trigo 5 xícaras (chá)

Fermento em pó 5 colheres (sopa)

Canela em pó 5 colheres (chá)

Na tela do celular
Espera-se que o estudante passe pelas 5 questões sugeridas no jogo. Ele só poderá passar para a
próxima questão se acertar a anterior.

No portfólio
1.

a) Se um gibi custa R$6,00, 3 gibis custará 3x6= R$18,00.

b) Basta dividir 42 por 6, então ela poderá comprar 7 gibis.

2. Se 1 litro precisa de 2 polpas, com 16 polpas ela preparará 8 litros de suco. Basta dividir 16 por 2.

3. Se a cada 6kg deve ser ingerido 3ml, com 18kg precisará ser ingerido 9ml do medicamento, basta
triplicar o valor, já que 18 é o triplo de 6.

4.

a) Uma embalagem com 3 custa 18 reais. Maria irá comprar 4 embalagens, então ela pagará 4x18 =
R$60,00.

b) 4 embalagens com 3 carrinhos cada, terá 12 carrinhos no total. Como Maria irá distribuir entre 2
filhos, cada um receberá 6 carrinhos.
Na tela do celular
1. 2x60 = R$120,00.

2. Sim, pois se for comprar 3 unidades, custará R$69,00 e o trio custa R$60,00.

3. R$9,00.

4.

● 1 trio custa R$60,00


● 2 trios custa R$120,00
● 3 trios custa R$180,00
● 4 trios custa R$240,00

Como João tem R$220,00, não é possível comprar 4 trios de Pop It. Ele poderá comprar apenas 3
trios.

No portfólio
Desafio: Respostas pessoais. Espera-se que o estudante utilize as quantidades nas proporções
corretas de acordo com os conhecimentos adquiridos no decorrer da sequência didática.
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD4
SD4 -
- Matemática
Matemática e
e

Ciências
Ciências
Explorando a probabilidade e conhecendo um pouco sobre astronomia. 5°

Compreender a probabilidade de eventos aleatórios e equiprováveis em situações diversas que


envolvam jogos e conhecimento de astronomia.

Probabilidade e estatística e Terra e universo.

Ciências

(EF05MA23) (EF05CI10)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se


o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento
das habilidades ou se é necessário que você proponha
novas ações pedagógicas para ajudá-los na superação das
dificuldades identificadas.
Quantidade de Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento
Aulas específicos

Analisar as chances de eventos Espaço amostral: análise de chances


aleatórios acontecerem. de eventos aleatórios.

Calcular a probabilidade de eventos Cálculo de probabilidade de eventos


AULA 1 equiprováveis. equiprováveis.

Expressar a probabilidade de um
evento de forma fracionária.

Analisar as chances de eventos


aleatórios acontecerem. Cálculo de probabilidade de eventos
equiprováveis.
Calcular a probabilidade de eventos
AULA 2 equiprováveis.

Conhecer e identificar algumas das Constelações e mapas celestes


diversas constelações.

Apresentar os possíveis resultados de Espaço amostral: análise de chances


um experimento aleatório. de eventos aleatórios.

Cálculo de probabilidade de eventos


AULA 3
Calcular a probabilidade de um evento equiprováveis.
ocorrer e expressar o resultado com
fração.

Determinar os possíveis resultados de Cálculo de probabilidade de eventos


eventos aleatórios. equiprováveis.
AULA 4
AULAS Unidades Temáticas Habilidades associadas

(EF05MA22) Apresentar todos os possíveis


resultados de um experimento aleatório,
Probabilidade e estatística estimando se esses resultados são igualmente
prováveis ou não.
AULA 1
EF05MA23) Determinar a probabilidade de
ocorrência de um resultado em eventos
aleatórios, quando todos os resultados
possíveis têm a mesma chance de ocorrer
(equiprováveis).

(EF05MA23) Determinar a probabilidade de


ocorrência de um resultado em eventos
Probabilidade e estatística aleatórios, quando todos os resultados
possíveis têm a mesma chance de ocorrer
(equiprováveis).
AULA 2
Interface interdisciplinar
Terra e Universo
(EF05CI10) Identificar algumas constelações
no céu, com o apoio de recursos (como mapas
celestes e aplicativos digitais, entre outros), e
os períodos do ano em que elas são visíveis no
início da noite.

(EF05MA22) Apresentar todos os possíveis


resultados de um experimento aleatório,
estimando se esses resultados são igualmente
prováveis ou não.
Probabilidade e estatística
AULA 3
(EF05MA23) Determinar a probabilidade de
ocorrência de um resultado em eventos
aleatórios, quando todos os resultados
possíveis têm a mesma chance de ocorrer
(equiprováveis).
(EF05MA23) Determinar a probabilidade de
ocorrência de um resultado em eventos
AULA 4 Probabilidade e estatística aleatórios, quando todos os resultados
possíveis têm a mesma chance de ocorrer
(equiprováveis).

CONTEXTUALIZANDO AS AULAS
Professor, essa sequência didática será desenvolvida em 4 aulas com atividades que
contemplam os componentes de Matemática e Ciência. Com relação ao componente de
Matemática abordaremos ocorrências de resultados em eventos aleatórios através de questões
que envolvem sorteios e jogos para analisar os possíveis resultados de chances de ocorrência.
Em relação ao componente de Ciências iremos aprender um pouco sobre a astrologia abordando
questões contextualizadas.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s): Probabilidade e estatística

(EF05MA22) Apresentar todos os possíveis resultados de um experimento aleatório, estimando


se esses resultados são igualmente prováveis ou não.

(F05MA23) Determinar a probabilidade de ocorrência de um resultado em eventos aleatórios,


quando todos os resultados possíveis têm a mesma chance de ocorrer (equiprováveis).

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes sobre


probabilidade, explique que a análise das chances de um evento ocorrer nos ajuda a tomar
decisões em situações diversas.

Organize um material para apresentar aos estudantes em aula síncrona para que eles
analisem e respondam oralmente. O documento de apresentação fica a seu critério, no entanto,
sugerimos uma apresentação em slides com as questões indicadas a seguir.

1. Ao lançar um dado, qual é a chance de sair um 7?

Provavelmente
Pouco provável
Certeza
Impossível
2. Tomás retira aleatoriamente um objeto de sua mochila. Se o objeto que ele
retira é um instrumento de medição, quais dos seguintes resultados não podem
acontecer? Indique todas as corretas.

Ele retira uma caneta.


Ele retira uma régua.
Ele retira uma cenoura.
Ele retira um transferidor.

3. Caio lança 3 moedas.

Qual dos seguintes resultados não pode acontecer se 2 moedas


lançadas resultarem em cara? Indique todas as respostas corretas.

Uma moeda cair com lado da coroa para cima.


Duas moedas caírem com lado da coroa para cima.
Todas as 3 moedas darem cara.
Todas as 3 moedas caírem com o lado coroa para cima.

Fonte:MATIFIC. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/probabilidade-


eventos-relacionados-parte-i/>. (adaptado). Acesso 19/10/2021.

O propósito dessas questões iniciais serve como um momento de avaliação prévia sobre
probabilidade, para que você, professor, possa conhecer os conhecimentos prévios adquiridos
pelos estudantes ao longo dos anos anteriores.

Olá, estudantes. Participem do jogo da plataforma Matific, curtindo o episódio chamado


“Eventos relacionados - Probabilidade - parte III".
Instruções para o jogo

● Acesse o episódio “Eventos relacionados - Probabilidade - parte III”. Pelo link:


<https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/probabilidade-
eventos-relacionados-parte-iii>.
● O jogo traz 5 questões de alternativas, podendo haver mais de uma correta.
● Os níveis das questões aumentam à medida que os estudantes passam de uma questão
para outra.
● Só é possível sair de uma questão para outra quando os estudantes respondem
corretamente, isto é, a próxima questão será revelada após o acerto de modo sequencial.

Figura 1: Print da tela do episódio do jogo “Eventos relacionados - Probabilidade - parte III''.

FONTE: MATIFIC. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-


activities/episode/probabilidade-eventos-relacionados-parte-iii/>. Acesso 19/10/2021.

PROBABILIDADE - QUAL SERÁ A CHANCE ?


Olá, pessoal! Tudo bem?
Nessa aula, iremos compreender que é um
espaço amostral e analisar a probabilidade de
ocorrência de um evento em relação a todas as
possibilidades. Vamos lá? é probabilidade?

Mas afinal, o que é probabilidade?

A probabilidade é o estudo das chances de um evento ocorrer.

A professora do 5º ano deseja sortear uma caixa de bombom. Na sala dela, tem os
seguintes estudantes: Kézia, Mariana, José, Pedro, Sara e Miguel. Qual a probabilidade
de Sara ser sorteada?

Em um sorteio, você não consegue prever o resultado antes de acontecer, não é


mesmo? Chamamos esse evento de "evento aleatório".
A questão traz a pergunta “Qual é a probabilidade de Sara ser a sorteada?” é a mesma
coisa de perguntar “qual é a chance de Sara ser sorteada?”
Para isso, eu preciso saber quais são todas as possibilidades desse evento, isto é, o total
de possibilidades.
Nesse sorteio, pode sair: Kézia, Mariana, José, Pedro, Sara e Miguel. Estas são todas as
possibilidades.
Chamamos todas essas possibilidades de “espaço amostral''.
Espaço amostral: Kézia, Mariana, José, Pedro, Sara e Miguel.
Para calcular a "probabilidade" de Sara ser sorteada, isto é, a chance, temos 1
possibilidade de sorteio (Sara) em 6 (Kézia, Mariana, José, Pedro, Sara e Miguel).
Isso significa que a Sara tem 1 chance em 6 de ser sorteada, isso porque não
conseguimos prever o que vai acontecer no sorteio da professora.
● Evento: 1 (caso favorável).
● Espaço amostral: 6 (casos possíveis).
● Probabilidade: 1 em um total de 6.
● Probabilidade: = Casos favoráveis/Casos possíveis
● A probabilidade é representada através de uma fração.
● A fração corresponde a uma parte de um todo, como nesse caso, temos 1 em um total
de 6.
● Probabilidade representação em fração: ⅙

1- Em uma sala com 18 meninas e 12 meninos. Qual é a chance, em um sorteio, de que a


professora tire um menino.

2. Em um pote opaco Joana coloca 12 bolinhas, sendo 4 rosas, 6 azuis e 2 brancas. O pote é
opaco e não se pode ver as bolinhas lá dentro. Dessa forma, responda:

a) Quais são os possíveis resultados, ao retirar uma bolinha de dentro da ponte?


b) Ao retirar uma bolinha, ao acaso, a probabilidade de sair uma bolinha rosa é maior ou menor
que a probabilidade de sair uma bolinha branca?

c) Se Joana apostar com um colega da turma, qual cor da bolinha será retirada ao acaso, qual
cor Joana deve apostar? Por quê?

3. A professora de matemática da turma do 5º ano fez um sorteio de um Kit escolar na sala de


aula utilizando 2 roletas. Na roleta estavam escritos os nomes dos estudantes.

Figura 2: Roletas 1 e 2.

Fonte: Elaboração própria.

Responda:
a) Veja a roleta 1. Qual a chance de sair o nome da Amanda no sorteio?
b) Na roleta 2, qual a chance de sair o nome de Victor?

c) A chance de sair o nome da Aline é a mesma de sair o nome da Luana?

d) Na roleta 2, qual o nome tem a maior chance de sair?

e) Qual é a roleta que podemos escolher para que seja uma menina a ganhar o kit escolar?
Lá vem Ciências!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Probabilidade e estatística

(EF05MA23) Determinar a probabilidade de ocorrência de um resultado em eventos aleatórios,


quando todos os resultados possíveis têm a mesma chance de ocorrer (equiprováveis).

Unidade(s) Temática(s):Terra e Universo

(EF05CI10) Identificar algumas constelações no céu, com o apoio de recursos (como mapas
celestes e aplicativos digitais, entre outros), e os períodos do ano em que elas são visíveis no
início da noite.

Nessa aula, iremos falar sobre as constelações. Para isso, sugerimos a exibição de um
vídeo inicial para explicar o que são os pontinhos brilhantes no céu que despertam fascínio e a
admiração de todos.
A aula começa com a exibição do vídeo "Brincando entre estrelas" disponível em:
<http://www.ebc.com.br/infantil/voce-sabia/2015/09/por-que-vemos-colorido>.

Figura 3: Print da tela do vídeo “Brincando entre estrelas”.

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=XNc7Wv9AjEc>. Acesso 20/10/2021.

Após a apresentação do vídeo faça alguns questionamentos:

• Ao contemplar o céu estrelado você já se perguntou o que seriam aqueles pontinhos


brilhantes?
• Ao olhar para o céu já conseguiu enxergar algum desenho unindo os pontos luminosos
observados no céu?
• Você sabe o que é uma constelação?

Professor, sabia que existe um aplicativo que você pode baixar pelo “Play Story” no celular
para observar as estrelas no céu? Sugira aos estudantes.

Indicamos o aplicativo chamado “Stellarium Mobile", ele é um mapa que serve para
observar as estrelas, planetas e constelações, e é de classificação livre. Com esse aplicativo,
pode-se observar o céu e ver as constelações em tempo real com seus respectivos nomes e
localização.
Figura 4: Tela inicial do “Stellarium Mobile”.

Fonte: Aplicativo “Stellarium Mobile”. Acesso 23/10/2021.

A seguir apresentamos as funções do aplicativo de maneira geral como indicado no Play


Story.

Figura 5: Imagens de algumas funções do aplicativo “Stellarium Mobile”.

Fonte: Aplicativo “Stellarium Mobile”. Acesso 23/10/2021.

Sugestões de questionamentos após o uso do aplicativo:


• Quais as figuras no céu você consegue ver na sua localização? Anote os nomes e
compartilhe.
• Você conseguiu ver mais detalhes do que as simples constatações do dia a dia?
• Em sua opinião, os aplicativos de observação do céu contribuem para o aprendizado
sobre o Universo? Discuta com seus colegas.
• Você sabia que diversos povos antigos viam figuras formadas pelas estrelas: deuses,
animais mitológicos e objetos do cotidiano agrícola e que algumas delas vocês acabaram
de visualizar por meio do aplicativo? o que vocês acharam?

Astrolab | O que são as constelações?

1- Povos antigos viam os pontos luminosos no céu noturno e determinavam o lugar onde
estavam através das posições das estrelas e eles também enxergavam figuras formadas pelas
estrelas. Mas, como isso é possível? O primeiro passo é observar o céu à noite com atenção.
Figura 6: Imagem de uma noite estrelada.
Fonte:AS MARAVILHAS DO CÉU ESTRELADO. Disponível em:
<http://www.asmaravilhasdoceuestrelado.com.br/2015/12/o-ceu-noturno-de-dezembro-de-2015.html>. Acesso
22/10/2021.

a) Além de estrelas, o que é possível observar no céu noturno?

b) Você já observou com atenção o céu à noite? Se possível, observe o céu noturno numa noite
estrelada e descreva o que vê.

c) Você consegue enxergar algum desenho unindo aos pontos luminosos observados no céu?
Compartilhe com seus colegas.

2- Em um sorteio, 5 fichas com figuras de constelações mitológicas indígenas e gregas foram


colocadas viradas sobre a mesa, dentre elas, tinham 2 figuras de constelações indígenas e 3
figuras de constelações gregas.
Quadro 1: Algumas figuras de constelações mitológicas indígenas e gregas.

Nomes das constelações Imagens das constelações mitológicas


indígenas e gregas

Homem Velho (mitologia indígena)

Ema (mitologia indígena)

Leo - Leão (mitologia grega)

Scorpius - Escorpião (mitologia grega)

Pegasus - (grega)

Fonte: Elaboração própria. Imagens disponíveis em: <http://each.uspnet.usp.br/ortiz/classes/oceu.pdf>.


Acesso 23/10/2021.
a) Qual é a probabilidade de retirarmos no sorteio uma figura mitológica da constelação
indígena?

b) Qual é a probabilidade de retirarmos no sorteio uma figura mitológica da constelação grega?

3 - Leia as informações que Valentina nos traz a respeito das constelações do Zodíaco.

Olá, pessoal? Vocês já ouviram falar na série dos


Cavaleiros do Zodíaco? Espero que sim! É uma série
muito legal! A seguir, iremos falar um pouco sobre
as 12 constelações do zodíaco e os cavaleiros.
Vamos lá?!

“Ao todo, são 88 cavaleiros, representantes de cada uma das 88 constelações


oficiais. Seiya, o guerreiro de Pégaso, é o principal dos Cavaleiros do Zodíaco,
protagonista das séries, dos games.”

Fonte: <https://www.omelete.com.br/cavaleiros-do-zodiaco>. Acesso 22/10/2021.

Na série, o cavaleiro de ouro é encarregado de proteger uma casa do


zodíaco*, cada um é representado por uma constelação ao longo da eclíptica*.
Fonte: <https://www.omelete.com.br/cavaleiros-do-zodiaco>. Acesso 22/10/2021.
Zodíaco* é a região do céu por onde transitam o Sol, a Lua e os planetas.

A eclíptica* é uma faixa estreita, ou seja, o caminho que o Sol


percorre durante o ano.

Figura 7: A eclíptica.

Fonte: EACH.Disponível em: <http://each.uspnet.usp.br/ortiz/classes/oceu.pdf>. Acesso


23/10/2021

Figura 8: Os 12 cavaleiros de ouro do zodíaco que representam as 12 constelações da


eclíptica

Fonte: CAVZODIACO. Disponível


em:<https://www.cavzodiaco.com.br/personagens/cavaleiros-de-atena/cavaleiros-de-
ouro/serie-classica>. Acesso 22/10/2021.
Responda:

a) O que representam os 88 cavaleiros da série “Os cavaleiros do Zodíaco”?

b) Qual é o principal personagem da série “Os cavaleiros do Zodíaco''?

c) Qual é a missão dos cavaleiros do zodíaco?

d) O que é o zodíaco?

e) Quais são as doze constelações que representam os dozes cavaleiros de ouro.

4. Pedro tem uma coleção de fichas dos cavaleiros do zodíaco e decidiu usá-la em uma
explicação sobre o assunto de probabilidade ao seu filho. Embaralhou as 88 fichas de sua coleção
e colocou sobre a mesa com a face virada realizando os seguintes questionamentos.
Sabe-se que são no total 88 cavaleiros, sendo 12 de ouro, 24 de prata,
48 de bronze e 4 de aço.
Qual a chance de sair um cavaleiro de ouro?
Qual a chance de sair um cavaleiro de prata?
Qual a chance de sair um cavaleiro de bronze?
Qual a chance de sair um cavaleiro de aço?

Assinale a alternativa correta que corresponde aos questionamentos de Pedro ao filho,


respectivamente.

A) 3/22, 3/11, 6/44 e 1/44


B) 7/22, 3/44, 2/11 e 3/22
C) 3/22, 3/11, 6/11 e 1/22
D) 6/44, 7/11, 3/22 e 3/44
Ampliando saberes!

III - Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Probabilidade e estatística

(EF05MA22) Apresentar todos os possíveis resultados de um experimento aleatório, estimando


se esses resultados são igualmente prováveis ou não.

(EF05MA23) Determinar a probabilidade de ocorrência de um resultado em eventos aleatórios,


quando todos os resultados possíveis têm a mesma chance de ocorrer (equiprováveis).

Olá, tudo bem estudantes? Hoje, teremos mais episódios do jogo da plataforma Matific,
vamos participar?
O episódio do jogo de hoje é chamado “Eventos relacionados - Probabilidade - parte III".
Instruções para o jogo

● Acesse o episódio “Probabilidade com frações - rodas giratórias”. Pelo link:


<https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/rodas-
girat%C3%B3rias-probabilidade-com-fra%C3%A7%C3%B5es/>.
● É um jogo com três rodas giratórias ou roletas onde o participante deve prever a chance
em cada roleta a fração que corresponde a probabilidade de ser sorteado com um presente.
● O participante poderá ganhar três prêmios ao longo do jogo.
● O estudante precisa escolher e girar uma roleta para tentar ganhar o prêmio.

Figura 9: Jogo do Matific “Probabilidade com frações - rodas giratórias”.

Fonte: MATIFIC. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-


activities/episode/rodas-girat%C3%B3rias-probabilidade-com-fra%C3%A7%C3%B5es/>. Acesso
18/10/2021.

● Caso o participante não tenha feito uma boa escolha ele apresenta a frase:”Você está
com sorte! Você ganhou, mas poderia ter feito uma escolha melhor”. Como ilustra a
figura a seguir. Veja que, nesse caso, a melhor escolha seria a primeira roleta, pois tem
mais opções de presentes, ou seja, tem maior probabilidade de sair o presente.
Figura 10: Jogo do Matific “Probabilidade com frações - rodas giratórias”.

Fonte: MATIFIC. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-


activities/episode/rodas-girat%C3%B3rias-probabilidade-com-fra%C3%A7%C3%B5es/>. Acesso
18/10/2021.

● Durante o jogo, o participante também deve representar por meio de fração a


probabilidade de ganhar o presente em cada roleta. Como ilustra a figura a seguir.

Figura 11: Jogo do Matific “Probabilidade com frações - rodas giratórias”.

Fonte: MATIFIC. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-


activities/episode/rodas-girat%C3%B3rias-probabilidade-com-fra%C3%A7%C3%B5es/>. Acesso
18/10/2021.

● Dando continuidade ao jogo, tem um momento onde o participante fará a relação entre as
roletas e as frações correspondentes, além disso fará a escolha da roleta, para tentar
ganhar o prêmio.
Figura 12: Jogo do Matific “Probabilidade com frações - rodas giratórias”.

Fonte: MATIFIC. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/rodas-


girat%C3%B3rias-probabilidade-com-fra%C3%A7%C3%B5es/>. Acesso 18/10/2021.

Após todas as etapas, o estudante irá escolher o prêmio.

Episódio do Matific - Probabilidade com decimais.

Fonte: MATIFIC. Disponível em:<https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-


activities/episode/rodas-girat%C3%B3rias-probabilidade-com-decimais/>. Acesso 19/10/2021.

Fonte: Khan Acadêmico. Disponível em:<https://pt.khanacademy.org/math/pt-5-


ano/probabilidade-e-estatistica-5ano/eventos-aleatorios-5ano/v/exemplo-determinando-os-
possiveis-resultados-de-um-evento-aleatorio?modal=1>.Acesso 19/10/2021.
Olá, estudantes. Nessa aula iremos retomar as ideias centrais de
probabilidade e sua forma de representação fracionária.

A probabilidade de um evento ocorrer é determinada pelo número de casos


favoráveis em relação ao total de eventos possíveis.

Observe as fichas a seguir. O espaço amostral representa o total de fichas que temos.

As fichas estão numeradas de modo que conseguimos determinar a probabilidade de


cada evento a partir do total de casos favoráveis.
Sendo assim temos:
Fichas com números pares

A possibilidade é de 3 fichas entre 9. Logo, a probabilidade é de 3/9 ou 1/3.


Fichas com números ímpares

A possibilidade é de 6 fichas entre 9. Logo, a probabilidade é de 6/9 ou 2/3.

Portanto, comparando cada evento, chegamos a conclusão de que em um sorteio,


por exemplo, com essas fichas, terá maior probabilidade de ocorrer as fichas com números
ímpares.

Vamos praticar?

1 - Em uma sacolinha foram colocadas 12 fichas do mesmo tamanho, numeradas de 1 a 12, mas
a sacolinha é fechada e não podemos ver as fichas lá dentro. Qual a probabilidade de:

a) Retirarmos uma ficha com número par?

b) Retirarmos uma ficha com número ímpar?


c) Retirarmos uma ficha com número maior que 7?

2. Em um lançamento de dois dados, a soma de suas faces deu igual a 4 como indica a Figura 14.
Figura 13: Dados

Fonte: Biblioteca do Paint 3D

a) Quais as outras possibilidades de sair quatro pontos no lançamento de dois dados?

b) Quais as possibilidades da soma resultar em cinco no lançamento de dois dados? Registre no


espaço abaixo:

c) Quais as possibilidades de sair jogadas em que dois dados somem 7?


3 - Em uma turma do 5º ano será realizado um sorteio para saber quem será o representante da
turma para a gincana escolar. Antes de acontecer o sorteio, alguns estudantes se entusiasmam.
Mariana afirma que seria sorteada, mas Isabella responde e diz que não, que ela seria a
sorteada.

a) Que fração representa a probabilidade de Isabella ser sorteada?

b) Que fração representa a probabilidade de Mariana ser sorteada?

c) Quem tem mais chance de ser sorteado, Mariana ou Isabella?

4- Qual é a probabilidade de sair uma ficha verde?

A)1/2
B) 1/8
C) 3/4
D) 4/9
Vamos ao desafio!

IV - É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática(s): Probabilidade e estatística

(EF05MA23) Determinar a probabilidade de ocorrência de um resultado em eventos aleatórios,


quando todos os resultados possíveis têm a mesma chance de ocorrer (equiprováveis).

Para o momento da aula remota, envie para os estudantes o link da plataforma do Khan
Academy.
● Link: <https://pt.khanacademy.org/math/pt-5-ano/probabilidade-e-estatistica-
5ano/eventos-aleatorios-5ano/e/determinar-a-probabilidade?modal=1>.
● O desafio consiste em responder um quiz sobre probabilidade, no qual o estudante
precisa acertar pelo menos 5 questões das 7 apresentadas na plataforma.

Figura 14: Jogo do Khan Acadêmico “Determinar a probabilidade”.

Fonte: KHANACADEMICO. Disponível em:<https://pt.khanacademy.org/math/pt-5-ano/probabilidade-e-estatistica-


5ano/eventos-aleatorios-5ano/e/determinar-a-probabilidade?modal=1>. Acesso 24/10/2021.

Após o jogo, realize uma roda de conversa com os estudantes a partir dos seguintes
questionamentos:
• Quantas questões vocês acertaram?
• Quais foram as dificuldades enfrentadas durante as resoluções de questões?
• Quais foram as questões mais desafiadoras? Compartilhe.

O que é e Como Calcular Probabilidade - Nível 5° / 6° ano


Vamos resolver o desafio?

Na escola onde Joana estuda, estão rifando uma cesta natalina. Nessa rifa há 150 nomes
e somente um será sorteado. Pedro comprou 15 rifas e Ana comprou 6 rifas. Sabendo que todos
os nomes têm a mesma chance de serem sorteados, Ana resolveu calcular a probabilidade dela
e de seu amigo ganharem a cesta natalina. Como ela fez os cálculos!

Figura 15: Cesta natalina.

Fonte: DOCS.GOOGLE.<https://www.muitochique.com/variedades/cesta-de-natal-caseira.html>Acesso 22/10/2021.


Na tela do celular
Respostas pessoais.

Espera-se que os alunos concluam as 5 questões do jogo, em que só poderá avançar se acertar
as questões propostas.

No portfólio
1- 12/30 (Simplificando por 6, ficará 2/5).

2- a) Rosa: 4/12 (Simplificando por 4, ficará 1/3)

Azul: 6/12 (Simplificando por 6, ficará 1/2)

Branca: 2/12 (Simplificando por 2, ficará 1/6)

b) Maior.

c) Ela deve apostar na bolinha de cor azul, porque é a que tem mais quantidade, e,
automaticamente, a que tem mais chances de ser retirada.

3- a) 1/8

b) 1/6

c) Sim.

d) Qualquer nome terá a mesma chance.

e) Roleta 1.
Na tela do celular
Respostas pessoais.

No portfólio
1- a) Resposta pessoal.

b) Resposta pessoal.

c) Resposta pessoal.

2- a) 2/5

b) 3/5

3- a) 88 constelações oficiais.

b) Seiya.

c) Proteger as casas do zodíaco.

d) É a região do céu por onde transitam o Sol, a Lua e os planetas.

e) Capricórnio, Aquário, Peixes, Gêmeos, Libra, Virgem, Escorpião, Leão, Sagitário, Áries,
Câncer e Touro.

4- Letra C.

Na tela do celular
Respostas pessoais.

No portfólio
1- a) Os números pares são: {2,4,6,8,10,12}. Ao todo temos 6 números pares, portanto, ficará
6/12. (Simplificando por 6, ficará 1/2).

b) Os números ímpares são: {1,3,5,7,9,11}. Ao todo temos 6 números ímpares, portanto,


ficará 6/12. (Simplificando por 6, ficará 1/2).

c) Números maiores que 7: {8,9,10,11,12}. Ao todo temos 5 números maiores que 7, portanto,
ficará 5/12.
2- a) Se cair 2 e 2 também resultará em 4.

b) Se cair 1 e 4, 2 e 3.

c) Se cair 1 e 6, 2 e 5 e 3 e 4.

3- a) 1/2

b) 1/2

c) As duas possuem a mesma possibilidade de chances.

4- Letra A.

Na tela do celular
Respostas pessoais.

No portfólio
O espaço amostral será: 150. Se Pedro comprou 15 rifas e Ana comprou 6, a probabilidade de
cada um ganhar a cesta natalina será de:

• Pedro: 15/150 (Simplificando por 5, ficará 3/30. Em seguida, simplificando por 3,


ficará 1/10).
• Ana: 6/150. (Simplificando por 6, ficará 1/25).
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD5
SD5 -
- Matemática
Matemática e
e Arte
Arte
Estabelecendo relações entre área e perímetro investigando situações 5°
concretas e aprendendo sobre a técnica da colagem artística.

Aprender a diferenciar e calcular área e perímetro de uma figura e fazer criações


artísticas através de recortes e colagem.

Grandezas e medidas e Artes visuais

Arte

(EF05MA20) (EF05AR04)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se


o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento
das habilidades ou se é necessário que você proponha
novas ações pedagógicas para ajudá-los na superação das
dificuldades identificadas.
Quantidade de Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento
Aulas específicos

Observar figuras que têm


Áreas e perímetros de figuras
perímetro igual e áreas
AULA 1 poligonais: algumas relações.
diferentes e vice-versa.

Investigar o conceito de áreas


semelhantes através do lúdico. Áreas e perímetros de figuras
poligonais: algumas relações.
Identificar figuras geométricas.
AULA 2
Criar imagens por meio de Materialidades
técnicas de recortes e colagem
artística.

Utilizar estratégias para


calcular a área de quadrados e
retângulos.
Áreas e perímetros de figuras
AULA 3
poligonais: algumas relações.
Calcular área e perímetro de
figuras planas usando a malha
quadriculada.

Resolver situações-problema Áreas e perímetros de figuras


de área e perímetro. poligonais: algumas relações.
AULA 4
AULAS Unidades Temáticas Habilidades associadas

(EF05MA20) Concluir, por meio de


investigações, que figuras de perímetros
iguais podem ter áreas diferentes e que,
AULA 1 Grandezas e medidas
também, figuras que têm a mesma área
podem ter perímetros diferentes.

(EF05MA20) Concluir, por meio de


investigações, que figuras de perímetros
Grandezas e medidas iguais podem ter áreas diferentes e que,
também, figuras que têm a mesma área
podem ter perímetros diferentes.

Interface interdisciplinar

AULA 2
(EF05AR04) Experimentar diferentes
Artes visuais formas de expressão artística (desenho,
pintura, colagem, quadrinhos,
dobradura, escultura, modelagem,
instalação, vídeo, fotografia etc.),
fazendo uso sustentável de materiais,
instrumentos, recursos e técnicas
convencionais e não convencionais

(EF05MA20) Concluir, por meio de


investigações, que figuras de
perímetros iguais podem ter áreas
AULA 3 Grandezas e medidas
diferentes e que, também, figuras que
têm a mesma área podem ter
perímetros diferentes.
(EF05MA20) Concluir, por meio de
investigações, que figuras de
perímetros iguais podem ter áreas
AULA 4 Grandezas e medidas
diferentes e que, também, figuras que
têm a mesma área podem ter
perímetros diferentes.

CONTEXTUALIZANDO AS AULAS

Professor, essa sequência didática será desenvolvida em 4 aulas com atividades que
contemplam os componentes de Matemática e Arte. Com relação ao componente de
Matemática abordaremos o conceito de área e perímetro através da investigação das relações
entre elas, e resolveremos situações-problema a respeito da temática. Em relação ao
componente de Arte iremos aprender um pouco sobre criatividade através da técnica de
recortes e colagem de figuras.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s): Grandezas e medidas

(EF05MA20) Concluir, por meio de investigações, que figuras de perímetros iguais podem ter
áreas diferentes e que, também, figuras que têm a mesma área podem ter perímetros
diferentes.

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes sobre perímetro
e área com os seguintes questionamentos:

❖ O que vocês lembram a respeito de perímetro? E área?


❖ Como podemos encontrar essas medidas?
❖ O que seria algo unidimensional e bidimensional? (Relacionando ao conceito de
perímetro e área).

Lembrando, professor: A reta é uma forma classificada como unidimensional, isto é, possui
apenas uma dimensão. As formas que possuem comprimento e largura são classificadas em
bidimensionais. Você pode utilizar essa relação para introduzir o conceito de perímetro e área.

O propósito dessas questões iniciais é relembrar o conceito de área e perímetro para


que mais adiante o estudante possa ter a capacidade de relacionar essas medidas e investigar
as relações existentes entre elas.
Olá estudantes, vamos relembrar o conceito de Perímetro e Área e fazer um trabalho
de investigação a respeito dessas medidas. Para isso, vamos assistir esse vídeo: CLIQUE AQUI!

Figura 1: Print do vídeo “Investigação de medidas de figuras (área e perímetro)”

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=F5TG6-ENNF0>. Acesso em: 28/10/21.

Professor, após a exibição do vídeo proposto para os estudantes, faça a discussão das
questões propostas a respeito do que foi abordado para que eles possam fixar o conceito
dessas relações em que figuras de perímetros iguais podem ter áreas diferente e vice-versa.

1. Agora discuta com os colegas as seguintes perguntas:


a) Duas figuras podem apresentar perímetros diferentes e áreas iguais?
b) É possível que duas figuras tenham áreas diferentes e perímetros iguais?

2. Escreva um exemplo de duas figuras que apresentem áreas iguais e perímetros diferentes.
RELAÇÃO ENTRE ÁREA E PERÍMETRO DE FIGURAS PLANAS

Olá pessoal, hoje vamos relembrar o que é perímetro e


área de uma superfície:
➢ Perímetro é a medida do comprimento do contorno
de uma figura.
➢ Área é a medida de uma superfície.
Vamos prestar atenção no exemplo a seguir!

Observe um campo de futebol, o perímetro dele é o contorno que está de vermelho, e a área é
a superfície do gramado.

FONTE: Mundo Educação. Disponível em: <https://mundoeducacao.uol.com.br/matematica/area-perimetro.htm>


Acesso em: 28/10/21.
Para fazermos o cálculo do perímetro devemos somar todos os seus lados:
P = 70 + 100 + 70 + 100
P = 340m
Já para calcularmos a medida da superfície do gramado (área), devemos multiplicar a largura
pelo comprimento da figura:
A = 70 x 100
A = 700m²

Espera um pouco, porque será


que o resultado do perímetro foi
em metros e o da área foi em
metros quadrados?

As medidas do perímetro são lineares, por


isso é representada por metro, centímetro
etc. Já as medidas de área são
representadas pela medida ao quadrado.
Exemplo: m², cm².

Agora, responda as seguintes questões:


1. Calcule o perímetro e a área das figuras a seguir:
a)
Perímetro:
4cm

4cm
Área:
b)
Perímetro:
2cm

8cm
Área:

2. Em relação aos resultados obtidos na questão anterior:

a) As medidas dos perímetros foram iguais ou diferentes?

b) As medidas das áreas foram iguais ou diferentes?

c) É possível que duas figuras tenham áreas iguais e perímetros diferentes?

3. Coloque valores nos quadradinhos vermelho abaixo, para que as figuras possuam áreas
diferentes e perímetros iguais:

4. É possível que duas figuras tenham áreas diferentes e perímetros iguais?


Lá vem Arte!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Grandezas e medidas

(EF05MA20) Concluir, por meio de investigações, que figuras de perímetros iguais podem ter
áreas diferentes e que, também, figuras que têm a mesma área podem ter perímetros
diferentes.

Unidade(s) Temática(s): Artes visuais

(EF05AR04) Experimentar diferentes formas de expressão artística (desenho, pintura, colagem,


quadrinhos, dobradura, escultura, modelagem, instalação, vídeo, fotografia etc.), fazendo uso
sustentável de materiais, instrumentos, recursos e técnicas convencionais e não convencionais.

Professor, para introduzir o conteúdo de artes, propomos um vídeo falando sobre a história
do Tangram, em que será explorado técnica de colagem, recortes e pintura. Ao final da
exibição do vídeo terá uma sugestão de jogo para que o estudante possa criar suas próprias
figuras com as peças geométricas do Tangram.
Olá estudantes, nessa aula iremos conhecer o Tangram, onde aprenderemos sobre
colagem, pintura, recortes e muito mais. Assistam o vídeo e divirtam-se: CLIQUE AQUI!

Figura 2: Print do vídeo “Aula de artes: Vivência Tangram”

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=L8FictbgHgo> Acesso em: 29/10/21.

Para exercitar o que acabamos de aprender, vamos jogar online o quebra-cabeça do


Tangram. Seu objetivo é bem simples: formar as figuras pedidas usando todas as sete peças.

Figura 3: Print da primeira página do jogo “Clássicos Tangram”


Fonte: Racha Cuca. Disponível em: <https://rachacuca.com.br/raciocinio/tangram/classicos/> Acesso em: 29/10/21.

Estudantes, terão 72 imagens disponíveis para que vocês possam tentar montá-las.
Vocês deverão escolher pelo menos 5.

Figura 4: Print do jogo figura 8 “Clássicos Tangram”

Fonte: Racha Cuca. Disponível em: <https://rachacuca.com.br/raciocinio/tangram/classicos/8/> Acesso em:


29/10/21.

Vocês poderão mexer da maneira que desejarem, só não pode sobrepor uma peça na
outra.

VAMOS
JOGAR!

Clique para jogar:


TANGRAM ONLINE
Professor, ao final do jogo questione os alunos a respeito de:

❖ As figuras formadas possuem a mesma área? Justifique sua resposta.


❖ O perímetro das figuras são os mesmos?

Com isso, deve-se iniciar um debate a respeito de que como foram utilizadas as mesmas peças
a área de todas as figuras formadas com o Tangram são as mesmas, porém possuem
perímetros diferentes.

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE PERÍMETROS E ÁREAS: MATEMÁTICA PASSO A PASSO

Olá, pessoal! Vocês já ouviram falar em


Tangram?
Iremos aprender agora sobre esse tema
e vamos nos divertir muito com a arte
da colagem, recortes e pinturas!
Tangram é um quebra-cabeça chinês formado por 7 peças.

Figura 5: Print da página do Escola Kids “Tangram: Ensino Fundamental I”

Fonte: Escola Kids. Disponível em: <https://escolakids.uol.com.br/matematica/tangram.htm> Acesso em: 29/10/21.

Com essas peças podemos formar várias figuras, utilizando todas elas e sem sobrepô-
las. Segundo a Enciclopédia do Tangram é possível montar mais de 1700 figuras com as 7 peças.

Não se sabe ao certo como surgiu o Tangram, apesar de haverem várias lendas sobre
sua origem. Uma diz que uma pedra preciosa se desfez em sete pedaços, e com elas era possível
formar várias formas, tais como animais , plantas e pessoas. Outra diz que um imperador deixou
um espelho quadrado cair, e este se desfez em 7 pedaços que poderiam ser usados para formar
várias figuras.

Estudante, agora é sua vez!


Siga as instruções e construa seu Tangram para que você possa responder as atividades
propostas.
Utilize o modelo abaixo e reproduza em uma folha a parte, depois pinte cada forma
geométrica de uma cor diferente para que possa destacar cada uma delas. Em seguida, recorte
as 7 peças e seu Tangram estará pronto.

Figura 7: Imagem copiada da página do “Faz fácil”.

FONTE: Faz Fácil. Disponível em: <https://www.fazfacil.com.br/artesanato/jogo-tangram-eva/> Acesso em:


29/10/21.

1. Construa com as peças do Tangram, as seguintes figuras:


2. Quais figuras geométricas você consegue identificar no Tangram?

3. Você consegue observar algum padrão nas áreas das figuras? Qual?

4. Esse padrão é constante para quaisquer figuras construídas com as sete peças do Tangram?
Justifique.
Ampliando saberes!

III - Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Grandezas e medidas

(EF05MA20) Concluir, por meio de investigações, que figuras de perímetros iguais podem ter
áreas diferentes e que, também, figuras que têm a mesma área podem ter perímetros
diferentes.

Olá estudantes, agora vamos aprofundar nossos conhecimentos a respeito de área e


perímetro através de um novo conceito. Vamos conhecer esse calculo por meio da malha
quadriculada.
Assintam o vídeo a seguir: CLIQUE AQUI!
Figura 8: Print do vídeo “Área e Perímetro na Malha Quadriculada – Ensino Fundamental”

Fonte: YouTube. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=kwLC-0lOeoY> Acesso em: 29/10/21.

Agora que aprendemos como calcular


área e perímetro na malha
quadriculada, vamos praticar através de
um jogo muito legal!

Ao abrir o link, você irá clicar na opção “Jogo”.

Figura 9: Print da tela inicial do jogo.


Fonte: Instituto Claro. Disponível em: < https://www.institutoclaro.org.br/educacao/para-ensinar/planos-de-
aula/conceituando-areas-e-perimetros-por-meio-da-malha-quadriculada/> Acesso em: 29/10/21.

Em seguida, vai aparecer a tela com os níveis. Você deverá passar por todos eles.

Figura 10: Print da tela secundária do jogo.

Fonte: Instituto Claro. Disponível em: < https://www.institutoclaro.org.br/educacao/para-ensinar/planos-de-


aula/conceituando-areas-e-perimetros-por-meio-da-malha-quadriculada/> Acesso em: 29/10/21.

VAMOS
JOGAR!

Clique para jogar:


MALHA QUADRICULADA
Professor, ao final do jogo questione os alunos a respeito de:

❖ Quantas estrelas vocês conseguiram fazer em cada nível?


❖ Quais foram suas maiores dificuldades no jogo?
❖ É mais fácil calcular área e perímetro através da malha quadriculada? Justifique.

ÁREA NA MALHA QUADRICULADA

Olá, estudantes!
Vamos conhecer agora a malha quadriculada e como
podemos estabelecer uma relação de cálculo de área e
perímetro a partir dela.

Malha quadriculada é um quadro com linhas e colunas


que formam quadradinhos de mesma medida.
Observe o exemplo a seguir!
e mesma medida.
Como cada quadradinho possui 1cm de lado e 1cm² de área, para saber a área dessa
figura basta contar quantos quadradinhos ela possui. Já para saber o perímetro, é necessário
contar cada unidade do contorno da figura.

Lembre-se: Área é toda superfície pintada, perímetro é apenas o contorno.

Logo, a área dessa figura é 24cm² e o perímetro é 28cm.

Agora é com vocês!

1. Jéssica pintou as seguintes figuras na malha quadriculada:

3
2

4 6

5
a) Todas essas figuras possuem a mesma área? Qual o valor da área de cada uma delas?

b) Compare o perímetro da figura 1 com a figura 4. Os valores são iguais ou diferentes?

c) O perímetro da figura 5 é o mesmo que o da figura 3? Justifique.

2. O retângulo A e B têm o mesmo perímetro. Qual deles têm uma área menor?
3. Observe os retângulos abaixo e responda:

a) Qual deles têm o mesmo perímetro?

b) Qual deles possui a menor área?

4. Esses três retângulos possuem o mesmo perímetro. Quem tem a maior área?
Vamos ao desafio!

IV - É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática(s): Grandezas e medidas

(EF05MA20) Concluir, por meio de investigações, que figuras de perímetros iguais podem ter
áreas diferentes e que, também, figuras que têm a mesma área podem ter perímetros
diferentes.
Olá, estudantes!
O desafio de hoje consiste em
participar de um quiz a respeito do
que aprendemos sobre perímetro
e área.

O desafio possui 12 perguntinhas de verdadeiro ou falso a respeito do que aprendemos


de área e perímetro na malha quadriculada. Basta clicar em começar, que o jogo é iniciado.
Figura 11: Print do jogo.

Fonte: WordWall. Disponível em: < https://wordwall.net/pt/resource/20383882/%C3%A1rea-e-per%C3%ADmetro>


Acesso em: 29/10/21.
VAMOS
JOGAR!

Clique para jogar:


Quiz: Área e Perímetro

Professor, após o jogo realize uma roda de conversa com os estudantes a partir dos seguintes
questionamentos:

❖ Quantas questões vocês acertaram?


❖ Quais foram as dificuldades enfrentadas durante as resoluções de questões?
❖ Quais foram as questões mais desafiadoras? Compartilhe.

QUESTÕES DE ÁREA E PERÍMETRO NA MALHA QUADRICULADA

Vamos resolver o desafio?


Essa é a planta baixa da casa de Roberta. Observe para responder as questões a seguir:

LEGENDA:
1 – Sala
2 – Quarto do irmão
3 – Quarto da Roberta
4 – Corredor
5 – Cozinha
6 – Banheiro
7 – Quarto dos pais

DESAFIO: Calcule a área e o perímetro de todos os cômodos da casa separado e depois calcule
da casa inteira. (Considere cada quadradinho com 1m² de área)
Na tela do celular
1.

a) Sim.

b) Sim.

2. Exemplo: (Lembrando que existem várias possibilidades, essa é apenas uma delas)
16cm
8cm 4cm

8cm

Área do quadrado: 8 x 8 = 64cm²

Perímetro do quadrado: 8 + 8 + 8 + 8 = 32cm

Área do retângulo: 16 x 4 = 64cm²

Perímetro do quadrado: 16 + 4 + 16 + 4 = 40cm

No portfólio
1.

a) Perímetro: 4 + 4 + 4 + 4 = 16cm

Área: 4 x 4 = 16cm²

b) Perímetro: 2 + 8 + 2 + 8 = 20cm
Área: 2 x 8 = 16cm²

2.

a) Diferentes.

b) Iguais.

c) Sim, ocorreu exatamente isso na questão anterior. Os perímetros deram diferentes e a


áreas iguais.

3. Exemplo: (Lembrando que existem várias possibilidades, essa é apenas uma delas)

20m 10m

20m 30m

4. Sim, a exemplo da questão anterior, o perímetro das duas figuras resulta em 80m, porém
a área do quadrado vale 400m² e a do retângulo vale 300m².

Na tela do celular
Espera-se que os estudantes após concluírem o jogo, percebam que como é necessário utilizar
todas as peças do Tangram nas figuras formadas, todas elas vão apresentar a mesma área,
pois a superfície não muda, apenas a posição de cada figura.

No portfólio
1. Resposta pessoal

2. 5 triângulos, 1 quadrado e 1 paralelogramo.


3. Espera-se que os estudantes percebam que como é necessário utilizar todas as peças do
Tangram nas figuras formadas, todas elas vão apresentar a mesma área, pois a superfície não
muda, apenas a posição de cada figura.

4. Sim, pois todas as figuras serão construídas com as mesmas peças.

Na tela do celular
Respostas pessoais.

No portfólio
1.

a) Sim. Todas possuem área igual a 5.

b) O perímetro da figura 1 e 4 são iguais, os dois possuem valor igual a 12.

c) Não. A figura 3 possui perímetro igual a 12, e a figura 5 possui perímetro igual a 10.

2. Área do retângulo A = 3 x 5 = 15cm²

Área do retângulo B = 6 x 2 = 12cm²

Portanto, o retângulo B possui a menor área.

3.

a) Retângulos B e C, possuem perímetro igual a 14.

b) Retângulo D, com área igual a 4.

4. Retângulo A, com área igual a 12.


Na tela do celular
Respostas pessoais.

No portfólio
DESAFIO:

• Área da sala: 10 x 5 = 50m²


• Perímetro da sala: 10 + 5 + 10 + 5 = 30m
• Área do quarto do irmão: 4 x 3 = 12m²
• Perímetro do quarto do irmão: 4 + 3 + 4 + 3 = 14m
• Área do quarto de Roberta: 4 x 5 = 20m²
• Perímetro do quarto de Roberta: 4 + 5 + 4 + 5 = 18m
• Área do corredor: 2 x 5 = 10m²
• Perímetro do corredor: 2 + 5 + 2 + 5 = 14m
• Área da cozinha: 4 x 3 = 12m²
• Perímetro da cozinha: 4 + 3 + 4 + 3 = 14m
• Área do banheiro: 4 x 2 = 8m²
• Perímetro do banheiro: 4 + 2 + 4 + 2 = 12m
• Área do quarto dos pais: 6 x 3 = 18m²
• Perímetro do quarto dos pais: 6 + 3 + 6 + 3 = 18m
• Área total da casa: 10 x 13 = 130m² ou poderia somar o resultado de todas as áreas
dos cômodos da casa: 50 + 12 + 20 + 10 + 12 + 8 + 18 = 130m².
• Perímetro total da casa: 10 + 13 + 10 + 13 = 46m.
M
M
aa
t
te
em
m
áá
t
ti
ic
ca
ANO
ANO a

SEQUÊNCIAS
SEQUÊNCIAS

DIDÁTICAS
DIDÁTICAS

Volume
Volume 4
4
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD1
SD1 -
- Matemática
Matemática e
e

Geografia
Geografia
Explorando a contagem em situações cotidianas por

meio da resolução de problemas ambientais.

Compreender o princípio multiplicativo através de problemas de agrupamentos com


auxílio de tabelas e diagramas, e conscientizar a respeito da poluição.

Números e Natureza, ambientes e qualidade de vida.

Geografia

(EF05MA09) (EF05GE11)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se


o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento
das habilidades ou se é necessário que você proponha
novas ações pedagógicas para ajudá-los na superação das
dificuldades identificadas.
Quantidade Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento
de Aulas específicos

Investigar os conhecimentos prévios dos


Problemas de contagem do tipo: “Se
estudantes em relação à combinação.
cada objeto de uma coleção A for
AULA 1 combinado com todos os elementos de
Resolver problemas de agrupamento
uma coleção B, quantos agrupamentos
através de tabelas e do princípio
desse tipo podem ser formados?”
multiplicativo.

Resolver problemas de contagem pelo Problemas de contagem do tipo: “Se


princípio multiplicativo. cada objeto de uma coleção A for
combinado com todos os elementos de
Conhecer os problemas causados pela uma coleção B, quantos agrupamentos
AULA 2 poluição através de resíduos. desse tipo podem ser formados?”

Refletir sobre o tema e buscar soluções


para a problemática da poluição. Diferentes tipos de poluição.

Conhecer o diagrama de árvore. Problemas de contagem do tipo: “Se


cada objeto de uma coleção A for
AULA 3 Resolver situações-problema a partir do combinado com todos os elementos de
conhecimento adquirido a respeito de uma coleção B, quantos agrupamentos
árvore de possibilidades. desse tipo podem ser formados?”

Problemas de contagem do tipo: “Se


Estabelecer relações entre problemas de cada objeto de uma coleção A for
AULA 4 contagem e combinação na resolução de combinado com todos os elementos de
desafios. uma coleção B, quantos agrupamentos
desse tipo podem ser formados?”
Unidades Temáticas/ Habilidades associadas
AULAS
(habilidade com a descrição):
Práticas de Linguagem

(EF05MA09) Resolver e elaborar


problemas simples de contagem
envolvendo o princípio multiplicativo,
como a determinação do número de
AULA
Números agrupamentos possíveis ao se
1 combinar cada elemento de uma
coleção com todos os elementos de
outra coleção, por meio de diagramas
de árvore ou por tabelas.

(EF05MA09) Resolver e elaborar


problemas simples de contagem
Números envolvendo o princípio multiplicativo,
como a determinação do número de
agrupamentos possíveis ao se
combinar cada elemento de uma
coleção com todos os elementos de
outra coleção, por meio de diagramas
de árvore ou por tabelas.
AULA
2 Interface interdisciplinar

Natureza, ambientes e qualidade de vida (EF05GE11) Identificar e descrever


problemas ambientais que ocorrem
no entorno da escola e da residência
(lixões, indústrias poluentes,
destruição do patrimônio histórico
etc.), propondo soluções (inclusive
tecnológicas) para esses problemas.

(EF05MA09) Resolver e elaborar


AULA problemas simples de contagem
Números
3 envolvendo o princípio multiplicativo,
como a determinação do número de
agrupamentos possíveis ao se
combinar cada elemento de uma
coleção com todos os elementos de
outra coleção, por meio de diagramas
de árvore ou por tabelas.

(EF05MA09) Resolver e elaborar


problemas simples de contagem
envolvendo o princípio multiplicativo,
como a determinação do número de
AULA
Números agrupamentos possíveis ao se
4 combinar cada elemento de uma
coleção com todos os elementos de
outra coleção, por meio de diagramas
de árvore ou por tabelas.

CONTEXTUALIZANDO AS AULAS

Professor, essa sequência didática será desenvolvida em 4 aulas com atividades que
contemplam os componentes de Matemática e Geografia, numa abordagem interdisciplinar. Com
relação ao componente de Matemática abordaremos problemas de contagem utilizando o princípio
multiplicativo com o auxílio de diagramas de árvore e tabelas. Já no componente de Geografia, iremos
abordar os problemas ambientais existentes no cotidiano trazendo resoluções de situações para tais
problemas e conscientização a respeito da temática.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s): Números

(EF05MA09) Resolver e elaborar problemas simples de contagem envolvendo o princípio


multiplicativo, como a determinação do número de agrupamentos possíveis ao se combinar cada
elemento de uma coleção com todos os elementos de outra coleção, por meio de diagramas de
árvore ou por tabelas.

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes acerca da ideia inicial
de combinação e agrupamento, com os seguintes questionamentos:

❖ O que vocês entendem pela palavra combinar?


❖ Como vocês combinariam 4 peças de roupas (calça, short, blusa e camisa) em que precisam-
se escolher uma parte de cima e uma parte de baixo.
Exemplo: Calça e blusa, short e camisa, etc.
Olá, estudantes!
Vamos assistir um vídeo sobre Combinação, e
aprender um pouco a respeito do princípio
multiplicativo e aditivo!

⮚ ACESSE O VÍDEO DISPONÍVEL EM: https://www.youtube.com/watch?v=kQR9U7C29OI


Figura 1: Print do vídeo “Análise Combinatória (simples, para crianças)”

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=kQR9U7C29OI> Acesso em: 19/11/21.

Agora responda:
1 - Quantas combinações poderão ser feitas com as roupas do João?
2 - Qual foi a estratégia que você utilizou para resolver o problema anterior?
3 - Utilizando o princípio multiplicativo, como ficariam os cálculos desse problema?

COMBINAÇÕES, MATEMÁTICA, 5º ANO


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=XEWzIIgOt2s
1 - Preencha a tabela a seguir, com as possibilidades para o lançamento de duas moedas (cara ou
coroa):

POSSIBILIDADE POSSIBILIDADE
LANÇAMENTOS
MOEDA 1 MOEDA 2

RODADA 1

RODADA 2

RODADA 3

RODADA 4

Se liga...
Podemos obter o total de possibilidades fazendo uma multiplicação com base nesse
raciocínio: são duas possibilidades para cada uma das duas moedas. Então:

2 x 2 = 4 possibilidades

2 - Escreva as possibilidades para o lançamento de 3 moedas na tabela abaixo:

POSSIBILIDADE POSSIBILIDADE POSSIBILIDADE


LANÇAMENTOS
MOEDA 1 MOEDA 2 MOEDA 3
RODADA 1

RODADA 2

RODADA 3

RODADA 4

RODADA 5
RODADA 6

RODADA 7

RODADA 8

3 - Quantas são as possibilidades para o lançamento de 3 moedas?

2 X X =

4 - Qual é a chance de cair só coroa nos 3 lançamentos?


Lá vem Geografia!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Números e Natureza, ambientes e qualidade de vida.

(EF05MA09) Resolver e elaborar problemas simples de contagem envolvendo o princípio


multiplicativo, como a determinação do número de agrupamentos possíveis ao se combinar cada
elemento de uma coleção com todos os elementos de outra coleção, por meio de diagramas de
árvore ou por tabelas.
(EF05GE11) Identificar e descrever problemas ambientais que ocorrem no entorno da escola e da
residência (lixões, indústrias poluentes, destruição do patrimônio histórico etc.), propondo soluções
(inclusive tecnológicas) para esses problemas.

Professor, nessa aula iremos abordar alguns problemas ambientais, a exemplo da poluição.
Questione os estudantes da seguinte forma:

❖ Vocês sabem o que é poluição?


❖ Onde podemos encontrar poluição ao nosso redor?

É interessante que nessa roda de conversa seja abordado os diversos tipos de poluição: do ar, da água,
sonora e dos solos.
Olá, estudantes!
Vamos assistir um vídeo e
aprender um pouco mais sobre
meio ambiente e poluição.

⮚ ACESSE O VÍDEO DISPONÍVEL EM: https://www.youtube.com/watch?v=cVnzWellGh0


Figura 2: Print do vídeo “Vamos aprender sobre poluição – Meio ambiente”

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=cVnzWellGh0> Acesso em: 23/11/21.


Agora discuta com os colegas:
1 - No dia a dia, onde vocês mais encontram poluição?

2 - De que maneira podemos conscientizar as pessoas a respeito dessa temática?

3 - Ao redor da escola que Pedro estuda, 3 ruas estão cheias de lixo. Então ele resolveu chamar mais
dois colegas, Ana e Paulo, para ajudar a limpar essas ruas, de maneira que cada um limpe uma rua
diferente. De quantos modos eles poderão se dividir para limpar essas ruas?

GEOGRAFIA – CIDADE E AMBIENTE


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=swoYLxsYGGc

Estudantes, vocês sabiam que o lixo é um


dos principais problemas ambientais da nossa
sociedade? Na maioria das vezes o lixo não é
descartado de maneira correta, resultando em
diversos problemas para o meio ambiente, como a
contaminação da água, do solo e até mesmo do ar.
Você já parou para pensar na
quantidade de lixo que produzimos
desde a hora que acordamos até
quando vamos dormir? Será que tudo
que jogamos fora é lixo?

Texto 1: Recorte do material “Como produzimos o lixo?”

O lixo é um problema gritante que a sociedade vem enfrentando! Cada vez mais, vem
aumentando a quantidade de lixo em todo lugar, e quem paga por isso somos nós, seres humanos.
Atualmente o lixo doméstico é um dos principais responsáveis pela poluição ambiental. As
embalagens são frequentemente encontradas nas ruas, parques, rios e praias, poluindo o ambiente,
entupindo bueiros, provocando enchentes, favorecendo a proliferação de doenças e ameaçando a
vida de pessoas e animais.
E o que faremos para diminuir a produção diária de lixo doméstico?

Fonte: Educa Santos. Disponível em:


<https://www.santos.sp.gov.br/static/files_www/conteudo/SEDUC/EducaSatos/5o_ano_-_sd-_lixo.pdf> Acesso em:
24/11/21.

1 - Com base nas informações do texto e os conhecimentos prévios a respeito da temática, responda:

a) Que tipo de lixo, atualmente, é um dos principais responsáveis pela poluição ambiental?
b) No Brasil, são produzidos diariamente quantos quilos de lixo referente aos dados de 2018?

c) Qual a cidade que mais produz lixo no Brasil?

d) Em sua casa, quantos sacos de lixo são produzidos diariamente?

e) Agora pensando em seu bairro, você percebe que há uma grande quantidade de lixo? De que
maneira esse lixo é descartado?

2 - Observe as imagens a seguir, e responda as questões:

Figura 3: Recorte da notícia “Resíduos comuns e os desperdícios”.

Fonte: Resíduo All. Disponível em: <http://residuoall.com.br/2017/01/18/residuos-comuns-e-os-desperdicios-2/> Acesso


em: 25/11/21.

Figura 4: Lixo nas ruas de Divinópolis.


Fonte: G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/centro-oeste/noticia/2019/06/17/lei-preve-multa-para-quem-jogar-
lixo-nas-ruas-de-divinopolis.ghtml> Acesso em: 25/11/21.

a) Que locais foram fotografados nas duas imagens?

b) Você acha que os resíduos sólidos foram descartados de forma correta nessas imagens?

c) Pensando em fazer um alerta para a sociedade, crie uma legenda para cada uma das imagens,
pensando em algo para chamar atenção das pessoas para o problema da poluição.

3 - Guilherme está participando de um projeto em que ele recolhe os resíduos da escola e leva para
ser reaproveitado em um centro de reciclagem. Para chegar nesse centro, partindo da sua casa existem
3 linhas do metrô que levam à escola e 4 ônibus que se desloca da escola até o centro de reciclagem.
De quantas maneiras Guilherme pode sair de casa e chegar até o centro de reciclagem passando pela
escola?

Figura 5: Esquema de possibilidades


Fonte: Elaboração própria.
Ampliando saberes!

III - Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Números

(EF05MA09) Resolver e elaborar problemas simples de contagem envolvendo o princípio


multiplicativo, como a determinação do número de agrupamentos possíveis ao se combinar cada
elemento de uma coleção com todos os elementos de outra coleção, por meio de diagramas de
árvore ou por tabelas.

Professor, nessa aula iremos nos aprofundar nos problemas de contagem envolvendo, agora, o
digrama de árvore. Seria interessante a construção de um diagrama junto com a turma, com cartolina,
emborrachado, ou qualquer outro recurso, para que os estudantes possam ter uma aprendizagem
significativa a respeito da árvore de possibilidades.

Sugestão de problemática:
❖ Bárbara e Giovana foram a uma lanchonete para uma delas tomar um suco e comer um
sanduíche. Pediram o cardápio e verificaram que podiam escolher entre três tipos de suco
(laranja, melancia e uva) e dois tipos de sanduíche (simples ou completo). De quantas
maneiras diferentes cada uma delas pode escolher um suco e um sanduíche?
Estudantes, que tal assistirmos um vídeo
e aprendermos um pouco mais sobre
combinação?
Agora com um novo conceito, através do
diagrama de árvore!

⮚ ACESSE O VÍDEO DISPONÍVEL EM: https://www.youtube.com/watch?v=fI1WDcNqMFA

Figura 6: Print do vídeo “Árvore de possibilidades – Análise Combinatória”.

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=fI1WDcNqMFA> Acesso em: 25/11/21.


De acordo com o aprendizado adquirido no vídeo anterior, tente criar seu próprio diagrama
de árvore através do aplicativo Jamboard (disponível na Playstore do seu smartphone, ou digitando no
seu navegador: https://jamboard.google.com/u/0/)

Figura 7: Amostra de um diagrama no Jamboard.

Fonte: Elaboração própria.

O Jambord possui diversos recursos como: caixa de texto, nota adesiva, marcadores, formas,
dentre outros. Use sua criatividade e desenvolva seu diagrama e depois compartilhe com os demais
colegas.

PRINCÍPIO MULTIPLICATIVO – ÁRVORE DE POSSIBILIDADES


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=BEAB_bmsGSs
Olá, pessoal!
Vamos ampliar nossos conhecimentos e
conhecer agora uma maneira bem divertida
de resolver problemas de contagem.
Vocês já ouviram falar em diagrama de
árvore ou árvore de possibilidades?

Texto 2: Princípio fundamental da contagem e diagrama de árvore.

Problematizando
O kit de uma lanchonete é formado por suco, sanduíche e sobremesa. As opções de suco são laranja,
morango ou uva; os sanduíches podem ser de frango ou boi e a sobremesa é chocolate ou bala.
Quantos kits diferentes um cliente pode montar?

Para resolver essa questão de forma fácil, vamos utilizar um diagrama de árvore:
Observe que há duas possibilidades de sanduíche, e cada uma delas possui 3 possibilidades de suco.
Por sua vez, cada uma dessas tem sua possibilidade de sobremesa.

Ao todo, enxergamos 12 possibilidades!

● Contudo, nem sempre teremos espaço e tempo para desenhar as possibilidades, então
precisamos entender os cálculos que nos permitem fazer essa análise!

● Por isso existe o Princípio Multiplicativo (que já conhecemos na primeira aula), veja como
seria a resolução utilizando-o:

Foi dito que existem 3 opções de suco, 2 de sanduíche e 2 de sobremesa. Observamos que são 3
etapas independentes entre si e com um número de opções em cada uma. Por tanto, multiplicamos
os seguintes fatores:

Fonte: Beduka. Disponível em: <https://beduka.com/blog/materias/matematica/principio-fundamental-da-contagem/>


Acesso em: 25/11/21.

Então, podemos dizer que o diagrama de árvore é um esboço (esquema) organizado de todas
as situações possíveis de um determinado problema, ao final, basta contar as últimas ramificações e
será exatamente a quantidade de possibilidades possíveis.
Agora é com vocês:

1 - A lanchonete do Zé colocou seus produtos em promoção. A oferta era um combo no qual a pessoa
poderia escolher um sanduíche, uma bebida e um doce de sobremesa, como mostra o diagrama
abaixo:

Figura 8: Diagrama de árvore dos lanches.

Fonte: Planejativo. Disponível em: <https://app.planejativo.com/ver-aula/354/material-de-apoio/resumo/matematica-


3/principio-fundamental-da-contagem-pfc> Acesso em 25/11/21.

a) Quantas opções de sanduíche foram oferecidas?

b) Quantas opções de bebidas foram oferecidas?

c) Quantas opções de doces foram oferecidas?

d) Levando em consideração que um combo é formado por uma bebida, um sanduíche e um doce,
qual é a quantidade de opções de combos oferecida pela lanchonete?
e) Que operação indica o número de possibilidades que a pessoa tem para montar o combo?

2 - Gisele está se organizando para ir a um evento na escola. Ao olhar seu guarda-roupa separou 3
camisetas e duas calças, como mostra a tabela abaixo, pois ainda não sabe qual roupa irá vestir.

CAMISETAS CALÇAS
Uniforme padrão Jeans
Uniforme dos jogos internos Preta
Branca

a) De quantas maneiras diferentes ela poderá se vestir usando uma camiseta e uma calça?

b) Coloque as possibilidades no diagrama de árvore abaixo:

3 - Complete a árvore de possibilidades a seguir e elabore um problema a partir dela:


Vamos ao desafio!

IV - É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática(s): Números

(EF05MA09) Resolver e elaborar problemas simples de contagem envolvendo o princípio


multiplicativo, como a determinação do número de agrupamentos possíveis ao se combinar cada
elemento de uma coleção com todos os elementos de outra coleção, por meio de diagramas de
árvore ou por tabelas.
Pessoal, que tal agora jogarmos um game
que envolve o conceito de combinações
(agrupamentos) e ainda trabalha
fortemente nosso raciocínio lógico?
Vamos lá!

PLAY

ACESSE PARA JOGAR:


https://www.crazygames.com.br/jogos/twelvesmith

TUTORIA
L
⮚ O jogo consiste em fazer combinações entre os números iguais dentro da colmeia. Quando você
arrastar uma peça para um local disponível, será criada uma peça de menor valor.
Por exemplo: arrastando o número 4, pode surgir um 3, 2 ou 1.

⮚ Quando você combina duas peças iguais elas se juntam em uma só e aumenta o valor.
Por exemplo: Juntando 3 + 3, surgirá uma peça com o número 4.

⮚ Quanto mais combinações fizer, mais chances de ganhar.

⮚ Se a colmeia encher, você perde o jogo.


Figura 9: Print do jogo “Twelvesmith Combinação”.

Fonte: Crazy Games. Disponível em: <https://www.crazygames.com.br/jogos/twelvesmith> Acesso em: 25/11/21.

JOGO – TRAIN 2048 (COMBINAÇÃO)


Disponível em: https://www.crazygames.com.br/jogos/train-2048
Olá, estudantes!
Depois de todo esse passeio pelo
universo da contagem, vamos
resolver um desafio?

DESAFIO
Duas pessoas souberam de uma notícia em um dia. No outro dia, cada uma dessas duas
pessoas contou para outras duas pessoas, que contaram para outras duas no outro dia e assim por
diante.

a) Quantas pessoas ficaram sabendo dessa notícia no 4º dia? Organize a resolução desse problema
completando o diagrama e escreva a multiplicação que pode ser usada para calcular esse número de
pessoas.

4º dia
3º dia

2º dia

1º dia
4º dia
3º dia

2º dia

1º dia

b) No total, quantas pessoas ficaram sabendo dessa notícia nesses 4 dias?

c) E se, em vez de duas pessoas contando para outras duas, fossem cinco pessoas contando para outras
cinco a cada dia, quantas pessoas saberiam da notícia no 4º dia? Explique o processo que fez você
chegar no resultado.

d) E juntando todas as pessoas, quantas ficariam sabendo da notícia durante os 4 dias nesse segundo
caso?
Conectando saberes
1 - João tem 4 opções de camisa (branca, rosa, listrada e verde) e 2 de bermuda (amarela e azul).
Portanto, ele possui 8 combinações diferentes de roupas para usar (Bermuda amarela e camisa
branca, bermuda amarela e camisa rosa, bermuda amarela e camisa listrada, bermuda amarela e
camisa verde, bermuda azul e camisa branca, bermuda azul e camisa rosa, bermuda azul e camisa
listrada e bermuda azul e camisa verde).

2 - Resposta pessoal.

3 - Pelo princípio multiplicativo, basta multiplicar a quantidade de camisa pela quantidade de


bermuda: 4 x 2 = 8.

Registrando saberes
1-

POSSIBILIDADE POSSIBILIDADE
LANÇAMENTOS
MOEDA 1 MOEDA 2
cara coroa
RODADA 1
cara cara
RODADA 2
coroa cara
RODADA 3
coroa coroa
RODADA 4

2-
POSSIBILIDADE POSSIBILIDADE POSSIBILIDADE
LANÇAMENTOS
MOEDA 1 MOEDA 2 MOEDA 3
RODADA 1
cara coroa coroa
RODADA 2
cara cara coroa
RODADA 3
cara cara cara
RODADA 4
cara coroa cara
RODADA 5
coroa cara cara
RODADA 6
coroa coroa cara
RODADA 7
coroa coroa coroa
RODADA 8
coroa cara coroa

3-

2 X 2 X 2 = 8

4 - A chance de cair só coroa é 1 dentro 8 rodadas. Ou seja, 1/8.

Conectando saberes
1 - Resposta pessoal.

2 - Resposta pessoal.

3 - Se são 3 ruas e 3 pessoas para limpar, eles poderão se dividir de 9 formas diferentes, utilizando
o princípio multiplicativo, 3 x 3 = 9.

Registrando saberes
1-

a) Atualmente, o lixo doméstico é um dos principais responsáveis pela poluição ambiental.

b) Cerca de 255 mil toneladas.

c) São Paulo.

d) Resposta pessoal.

e) Resposta pessoal.

2-

a) Espera-se que o aluno perceba que a primeira imagem se trata de uma escola e a segunda um
bairro de alguma cidade.

b) Resposta pessoal.

c) Resposta pessoal.

3 - Existem 3 possibilidades para o metrô de casa para a escola, e 4 possibilidades de ônibus da


escola para o centro de reciclagem, portanto, multiplicando 3 x 4, teremos 12 maneiras de
Guilherme sair de casa e chegar ate o centro de reciclagem passando pela escola.

Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
1-

a) 3 opções de sanduiche.

b) 2 opções de bebida.

c) 4 opções de doce.
d) Observando o diagrama da árvore, basta contar as ramificações finais, resultando em 24
possibilidades de combos diferentes.

e) Soma ou multiplicação.

2-

a) De 6 maneiras.

b)

3 - Resposta pessoal.

Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
a)

4º dia
3º dia Pessoa 1.1.1.1

2º dia Pessoa 1.1.1


Pessoa 1.1.1.2
Pessoa 1.1
Pessoa 1.1.2.1
Pessoa 1.1.2
1º dia Pessoa 1.1.2.2

Pessoa 1

Pessoa 1.2.1.1
Pessoa 1.2.1
Pessoa 1.2.1.2
Pessoa 1.2
Pessoa 1.2.2.1
Pessoa 1.2.2
Pessoa 1.2.2.2

Pessoa 2.1.1.1
Pessoa 2.1.1
Pessoa 2.1.1.2
Pessoa 2.1
Pessoa 2.1.2.1
Pessoa 2.1.2
Pessoa 2.1.2.2

Pessoa 2

Pessoa 2.2.1.1
Pessoa 2.2.1
Pessoa 2.2.1.2
Pessoa 2.2
Pessoa 2.2.2.1
Pessoa 2.2.2
Pessoa 2.2.2.2
2 x 2 x 2 x 2 = 16

16 pessoas ficaram sabendo da notícia no 4º dia.


b) 2 + 4 + 8 + 16 = 30 pessoas ficaram sabendo da notícia em 4 dias.

c) Espera-se que o aluno responda que no 4º dia 625 pessoas ficaram sabendo da notícia. 5 x 5 x 5 x
5 = 625.

d) 5 + 25 + 125 + 625 = 780 pessoas.


MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD2
SD2 -
- Matemática
Matemática e
e

Geografia
Geografia
O conceito de volume no cotidiano. 5°

Explorar de maneira prática a ideia de volume dos sólidos geométricos e compreender


o processo de urbanização.

Grandezas e medidas e Conexões e escalas

Geografia

(EF05MA21) (EF05GE03)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se


o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento
das habilidades ou se é necessário que você proponha
novas ações pedagógicas para ajudá-los na superação das
dificuldades identificadas.
Quantidade Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento
de Aulas específicos

Identificar características dos sólidos


geométricos.
AULA 1 Noção de volume.
Aprender a ideia intuitiva e saber
diferenciar capacidade de volume.

Aplicar o conceito de volume em


situações do cotidiano. Noção de volume.

AULA 2 Saber diferenciar zona rural de zona


urbana através de imagens e dados. Território, redes e urbanização.

Entender o processo de urbanização.

Calcular volume através de


AULA 3 Noção de volume.
empilhamento de cubos.

Resolver situações-problema de volume


AULA 4 envolvendo o conceito de empilhamento Noção de volume.
de cubos e o princípio multiplicativo.
Unidades Temáticas/ Habilidades associadas
AULAS
(habilidade com a descrição):
Práticas de Linguagem

(EF05MA21) Reconhecer volume


como grandeza associada a sólidos
AULA geométricos e medir volumes por
Grandezas e medidas
1 meio de empilhamento de cubos,
utilizando, preferencialmente,
objetos concretos.

(EF05MA21) Reconhecer volume


como grandeza associada a sólidos
Grandezas e medidas geométricos e medir volumes por
meio de empilhamento de cubos,
utilizando, preferencialmente,
objetos concretos.
AULA
2 Interface interdisciplinar

(EF05GE03) Identificar formas e


funções das cidades e analisar as
Conexões e escalas mudanças sociais, econômicas e
ambientais provocadas pelo seu
crescimento.

(EF05MA21) Reconhecer volume


como grandeza associada a sólidos
AULA geométricos e medir volumes por
Grandezas e medidas
3 meio de empilhamento de cubos,
utilizando, preferencialmente,
objetos concretos.

(EF05MA21) Reconhecer volume


como grandeza associada a sólidos
AULA geométricos e medir volumes por
Grandezas e medidas
4 meio de empilhamento de cubos,
utilizando, preferencialmente,
objetos concretos.
CONTEXTUALIZANDO AS AULAS
Professor, essa sequência didática será desenvolvida em 4 aulas com atividades que
contemplam os componentes de Matemática e Geografia, numa abordagem interdisciplinar. Com
relação ao componente de Matemática abordaremos a ideia de volume através de recursos lúdicos e
situações cotidianas. Já no componente de Geografia, iremos abordar o processo de urbanização de
uma maneira global e específica do nosso país.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s): Grandezas e medidas

(EF05MA21) Reconhecer volume como grandeza associada a sólidos geométricos e medir volumes
por meio de empilhamento de cubos, utilizando, preferencialmente, objetos concretos.

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes acerca dos sólidos
geométricos com os seguintes questionamentos:
❖ Vocês sabem a diferença de um quadrado para um cubo? (Nesse momento, é interessante que
se explore o conceito de bidimensional e tridimensional, inserindo a ideia de área e volume)

❖ Ao nosso redor, o que podemos identificar como sólidos geométricos?


Estudantes, que tal explorarmos o
conceito de volume através de um
joguinho bem legal?
Acessem o link e sigam as instruções!

Figura 1: Print do jogo “Volume de prisma retangular: contagem de cubos”

Fonte: Matific. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/ohando-


atrav%C3%A9s-de-um-prisma-volume-de-prisma-retangular-contagem-de-cubos-de-unidades-avan%C3%A7ado/#> Acesso
em: 01/12/21.
VAMOS
JOGAR

ACESSE PARA JOGAR:


https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-
activities/episode/ohando-atrav%C3%A9s-de-um-prisma-
volume-de-prisma-retangular-contagem-de-cubos-de-unidades-
avan%C3%A7ado/

MEDIDAS DE VOLUME – MATEMÁTICA (5º ANO)


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=82FMKPw5KiY
Texto 1: Volume e capacidade são a mesma coisa?

Quando falamos de capacidade, geralmente referimo-nos àquilo que o objeto consegue


transportar e normalmente essa noção é usada para líquidos. Tomemos como exemplo uma
garrafa de vidro, que ocupa um determinado volume, (normalmente no cálculo desse volume
despreza-se a grossura do vidro). A quantidade de liquido que a garrafa consegue transportar
é uma indicação da sua capacidade. Assim sendo, a quantidade de líquido é igual ao volume
interno de um recipiente, afinal de contas, quando enchemos esse recipiente, o líquido
assume a forma do mesmo. Resumindo, capacidade é o volume interno de um recipiente.

As unidades de volume mais utilizadas são o metro cúbico (m³), o decímetro cúbico (dm³) e
o centímetro cúbico (cm³). As medidas de capacidade mais utilizadas são o litro (l) e o
mililitro (ml). Estas duas unidades de medida podem ser facilmente relacionadas da seguinte
forma:

● 1 metro cúbico (m³) de volume corresponde à capacidade de 1000 litros.


● 1 decímetro cúbico (dm³) de volume corresponde à capacidade de 1 litro.
● 1 litro corresponde à 1000 mililitros.
Fonte: Matematica.pt. Disponível em: <https://www.matematica.pt/faq/volume-capacidade.php> Acesso em: 02/12/21.

Agora responda:
1- De acordo com o conhecimento adquirido a respeito de sólidos geométricos e volume, preencha as
lacunas corretamente:
a) Um sólido geométrico possui ____ dimensões: largura, _______________, e ________________.
b) Todo sólido apresenta capacidade e ______________.
c) Quando falamos de capacidade, estamos nos referindo àquilo que o objeto pode transportar,
normalmente essa noção é usada para ______________.
d) Capacidade é o _____________ interno de um recipiente.
e) As unidades de volume mais utilizadas são: _____________, _______________ e _______________.
f) As medidas de capacidade mais utilizadas são: ___________ e _____________.

2- Quais figuras abaixo não são classificadas como um sólido geométrico? Justifique sua resposta.

3- Ligue os sólidos geométricos que possuem a mesma forma:


Figura 2: Sólidos geométricos, atividades adaptadas.

Fonte: SCRIBD. Disponível em: <https://pt.scribd.com/document/504262575/Solidos-Geometricos-Atividades-Adaptadas>


Acesso em: 02/12/21.

Com base nas ligações feitas, escreva abaixo mais dois exemplos de objetos do dia a dia que tenham
formato de algum sólido geométrico, relatando o objeto e o sólido associado.

4- Observe a imagem abaixo e depois responda:


Figura 3: Vetores de garrafas de refrigerante.

Fonte: Freepik. Disponível em: <https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/garrafa-de-refrigerante> Acesso em: 02/12/21.

a) Quais dessas embalagens de refrigerante possui o maior volume? Justifique.

b) Qual a capacidade da lata de refrigerante?

c) A garrafa do meio, por ser mais alta que a lata, possui maior capacidade? Justifique sua resposta.
Lá vem Geografia!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Grandezas e medidas e Conexões e escalas

(EF05MA21) Reconhecer volume como grandeza associada a sólidos geométricos e medir volumes
por meio de empilhamento de cubos, utilizando, preferencialmente, objetos concretos.

(EF05GE03) Identificar formas e funções das cidades e analisar as mudanças sociais, econômicas e
ambientais provocadas pelo seu crescimento.

⮚ ACESSE O VÍDEO DISPONÍVEL EM: https://www.youtube.com/watch?v=Zn6Xoa5qAsc


Figura 4: Print do vídeo “O que é urbanização?”
Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=Zn6Xoa5qAsc> Acesso em: 02/12/21.

Agora discuta com os colegas:

1- Com suas palavras, explique o que é o processo da urbanização.

2- O aumento da população urbana pode ocorrer de duas maneiras, quais são elas?

3- Para você, o maior volume populacional, nos dias atuais, encontra-se na zona rural ou na zona
urbana? Justifique.

O QUE É URBANIZAÇÃO? RESUMO E CONCEITOS


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7f8CXiFp6fk
Texto 2: “Geografia do Brasil: Urbanização”.

Urbanização
O processo de urbanização corresponde ao expressivo aumento da população urbana em
relação à população rural, e isso se deve a diversos fatores atrativos e repulsivos.

O crescimento das grandes cidades é resultado do êxodo rural vivido no mundo todo.
Urbanização é o crescimento das cidades, tanto em população quanto em extensão
territorial. É o processo em que o espaço rural transforma-se em espaço urbano, com a consequente
migração populacional do tipo campo–cidade que, quando ocorre de forma intensa e acelerada, é
chamada de êxodo rural.
Espaço urbano e espaço rural
Em termos de área territorial, no mundo atual, o espaço rural é bem mais amplo do que o
espaço urbano. Isso ocorre porque o primeiro exige um maior espaço para as práticas nele
desenvolvidas, como a agropecuária, o extrativismo mineral e vegetal, além da delimitação de áreas
de preservação ambiental e florestas em geral.
No entanto, em termos populacionais e em atividades produtivas no contexto econômico
e capitalista, a cidade, atualmente, vem sobrepondo-se ao campo.

Urbanização brasileira

São Paulo é a cidade com maior concentração urbana do Brasil.

O processo de industrialização, propiciado pela Revolução Industrial iniciada na Europa, foi


o fator propulsor da urbanização no Brasil, que teve seu início no século XX. A modernização do
campo vivida no período da industrialização provocou um expressivo êxodo rural. Vale ressaltar
que, até por volta de 1950, a população brasileira vivia, em sua maioria, nas zonas rurais.
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), houve um grande aumento
da população urbana brasileira entre os anos de 1940 e 2010. Assim, segundo o órgão, atualmente
mais de 80% da população no país vivem nas áreas urbanas. E desse total populacional, 28%
concentra-se na região Sudeste, mais especificamente em São Paulo (13%), Rio de Janeiro (10%) e
Belo Horizonte (5%). Sendo assim, é possível afirmar que o processo de urbanização ocorre de
maneira desigual no país.

Fonte: Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/urbanizacao.htm> Acesso em: 02/12/21.

1- Com base nas informações do texto e os conhecimentos prévios a respeito da temática, responda:

a) Para você, a urbanização é um processo positivo ou negativo para o desenvolvimento do país?


b) Quais as regiões do Brasil que possuem maior volume populacional na zona urbana?

c) Qual fator impulsionou o processo de urbanização do Brasil?

2- Observe as imagens a seguir, e responda as questões:

Figura 5: Imagens de zonas rurais e urbanas.

Fonte: Pinterest. Disponível em: <https://br.pinterest.com/henrique5600/ro%C3%A7a-rural-brasil/> Acesso em 02/12/21.


a) Qual das imagens representa um espaço rural?

b) Quais elementos se destacam em uma zona urbana?

c) Quais elementos se destacam em uma zona rural?

d) Qual das imagens possui o maior volume de casas?

3- Você mora na zona rural ou urbana? Faça um desenho da região em que você vive, destacando os
principais elementos da sua cidade e utilizando o conceito de sólidos geométricos, desenhando figuras
tridimensionais (com largura, comprimento e altura).
Ampliando saberes!

III - Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Grandezas e medidas

(EF05MA21) Reconhecer volume como grandeza associada a sólidos geométricos e medir volumes
por meio de empilhamento de cubos, utilizando, preferencialmente, objetos concretos.

Professor, nessa aula iremos abordar o conceito de volume através de empilhamento de cubos.
Sugerimos, caso tenha na escola, a utilização do material dourado. Isso fará com que os estudantes
assimilem esse conceito de maneira lúdica e significativa.

Cada cubinho é equivalente a uma unidade de volume. Então, para saber o volume do sólido em
questão, basta contar o número de cubinhos que ele possui.
Estudantes, vamos assistir um vídeo
sobre empilhamento de cubos e aprender
um novo conceito de medir volume?
Vamos lá!

⮚ ACESSE O VÍDEO DISPONÍVEL EM: https://www.youtube.com/watch?v=E9nXvkFWu8k


Figura 6: Print do vídeo “Cálculo de volume”.

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=E9nXvkFWu8k> Acesso em: 03/12/21.


Agora discuta com os demais colegas:
⮚ Quais estratégias você prefere utilizar na hora de medir o volume de um sólido geométrico por
empilhamento de cubos? Justifique.

OLHANDO ATRAVÉS DE UM PRISMA


Disponível em: https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/ohando-
atrav%C3%A9s-de-um-prisma-volume-de-prisma-retangular-contando-cubos-unidades-
m%C3%A9tricas/
Figura 7: Paralelepípedo retangular.

Fonte: Nova escola. Disponível em: <https://planosdeaula.novaescola.org.br/fundamental/5ano/matematica/volume-em-


3-d/956> Acesso em 03/12/21.

Podemos considerar que cada cubo possui 1dm de lado:

Portanto, o volume do cubo de 1dm de lado será:


1dm x 1dm x 1dm = 1dm³
No símbolo dm³ (decímetro cúbico), o 3 significa que foram tomadas as 3 dimensões do cubo:
largura, comprimento e altura. Portanto, sempre que estivermos calculando volume, será
representado pelas 3 dimensões. Exemplo: m³, cm³.
Para calcular o volume total do sólido, basta contar quantos cubinhos ele possui:

8 cubos

8 cubos

8 cubos

Cada camada possui 8 cubos, juntando as 3 camadas temos um total de 24 cubos de 1dm³ de
volume. Ou seja, o volume desse sólido é de 24dm³.
Agora é com vocês!
1- Observe a figura abaixo e indique a quantidade de cubinhos em cada uma das camadas e calcule o
volume total:

1ª camada

2ª camada

3ª camada

1ª camada: 1 fila com ____ cubinho.


2ª camada: ____ fila com ____ cubinhos.
3ª camada: ____ filas com ____ cubinhos cada.
Volume: ____ cubinhos.
2- Observe o exemplo e, para cada caso, calcule o número de cubinhos necessário para compor um
empilhamento, represente as camadas e calcule o volume.
Um cubo com 2 cubinhos de lado.
1ª camada: 4 cubinhos
2º camada: 4 cubinhos
Volume: 8 cubinhos.

a) Um cubo com 3 cubinhos de lado.

b) Um cubo com 4 cubinhos de lado.

c) Um cubo com 6 cubinhos de lado.

3- Observe as imagens e responda:


a) Qual figura possui o maior volume? Justifique.

b) Qual a figura que tem o menor volume?

c) Quantas camadas possui a figura de número 4? Escreva a quantidade de cubinhos de cada uma
delas.

4- Cada unidade de cubinho possui 1m³, calcule o volume dos sólidos abaixo:
a)

b)

c)
Vamos ao desafio!
IV - É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática(s): Grandezas e medidas

(EF05MA21) Reconhecer volume como grandeza associada a sólidos geométricos e medir volumes
por meio de empilhamento de cubos, utilizando, preferencialmente, objetos concretos.

Figura 6: Print do jogo “Adicionando volumes de prismas retangulares”.


Fonte: Matfic. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/encher-o-tanque-
adicionando-volumes-de-prismas-retangulares-combina%C3%A7%C3%A3o/> Acesso em: 03/12/21.

O objetivo do jogo é encher os recipientes de maneira que ele fique cheio e sem transbordar.
Cada recipiente disponível possui as medidas das dimensões de largura, altura e comprimento.
Estão prontos? Vamos lá!

PLAY

ACESSE PARA JOGAR:


https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-
activities/episode/encher-o-tanque-adicionando-
volumes-de-prismas-retangulares-
combina%C3%A7%C3%A3o/

EXPERIMENTOS COM SÓLIDOS GEOMÉTRICOS


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=F7a36Sy2S-c
Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
1-
a) 3, comprimento e altura.
b) Volume.
c) Líquidos.
d) Volume.
e) Metro cúbico (m³), decímetro cúbico (dm³) e centímetro cúbico (cm³).
f) Litro (l) e mililitro (ml).
2- O prisma, cilindro e o cubo são considerados sólidos geométricos por se tratarem de figuras
tridimensionais, ou seja, possuem largura, comprimento e altura. Já o quadrado e o triângulo não
são considerados sólidos, pois se tratam de figuras planas (bidimensionais).

3-

Resposta pessoal.
4-
a) A garrafa de 500ml possui maior volume, por ser a que possui uma capacidade maior dentre as 3
embalagens.
b) 350ml.
c) Não. O que importa não é o tamanho e sim o volume de cada embalagem.

Conectando saberes
1- Resposta pessoal.
2- Êxodo rural e crescimento vegetativo.
3- Espera-se que o estudante indique a zona urbana.

Registrando saberes
1-
a) Resposta pessoal.
b) Na região sudeste, mais especificamente em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.
c) O processo de industrialização, propiciado pela Revolução Industrial iniciada na Europa, foi o fator
propulsor da urbanização no Brasil, que teve seu início no século XX.
2-

a) Imagem 2.
b) Espera-se que o estudante mencione: prédios, rede de iluminação, lazer, calçadas, dentre outros.
c) Espera-se que o estudante mencione: rios, vegetação, animais, pouca concentração de pessoas e
construções, dentre outros.
d) Imagem 1.
3- Resposta pessoal.
Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
1- 1ª camada: 1 fila com 1 cubinho.
2ª camada: 1 fila com 3 cubinhos.
3ª camada: 2 filas com 3 cubinhos.
Volume: 10 cubinhos.
2-
a) 1ª camada: 9 cubinhos
2ª camada: 9 cubinhos
3º camada: 9 cubinhos
Volume: 27 cubinhos.

b) 1ª camada: 16 cubinhos

2ª camada: 16 cubinhos

3ª camada: 16 cubinhos

4ª camada: 16 cubinhos
Volume: 64 cubinhos.

c) 1ª camada: 36 cubinhos
2ª camada: 36 cubinhos

3ª camada: 36 cubinhos

4ª camada: 36 cubinhos

5ª camada: 36 cubinhos

6ª camada: 36 cubinhos
Volume: 216 cubinhos.

3-

a) A figura 1 possui o maior volume, pois ela apresenta a maior quantidade de cubinhos (11).

b) A figura 2 possui o menor volume, pois ela apresenta a menor quantidade de cubinhos (7).

c) A figura 4 possui 3 camadas:

1ª camada: 1 cubinho

2ª camada: 3 cubinhos

3ª camada: 6 cubinhos.

4-
a) 36m³.
b) 64m³.
c) 72m³.

Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
Desafio:
Existem várias configurações de possibilidades para essa caixa de canecas. Uma delas seria esse
modelo:
O volume seria 12 x 2 x 4 = 96dm³.
Ou poderia contar a quantidade de cubos num total de 12, e como cada um deles possui 8dm³ de
volume, basta multiplicar 12 x 8 = 96. Ou seja, em qualquer configuração do modelo de caixa, o
volume não vai mudar.
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD3
SD3 -
- Matemática
Matemática e
e

Geografia
Geografia
Construindo a ideia de plano cartesiano através de situações 5°
cotidianas.

Compreender o que é plano cartesiano e como localizar elementos nele.

Geometria e Formas de representação e pensamento espacial

Geografia

(EF05MA14) (EF05MA15) (EF05GE09)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se


o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento
das habilidades ou se é necessário que você proponha
novas ações pedagógicas para ajudá-los na superação das
dificuldades identificadas.
Quantidade Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento
de Aulas específicos

Explorar o conceito inicial de Plano cartesiano: coordenadas


coordenadas cartesianas por meio de cartesianas (1º quadrante) e
AULA 1 situações cotidianas de localização e representação de deslocamentos no
deslocamento. plano cartesiano.

Localizar pontos no plano através de


mapas temáticos. Plano cartesiano: coordenadas
cartesianas (1º quadrante) e
Movimentar objetos por meio de representação de deslocamentos no
coordenadas de orientação. plano cartesiano.
AULA 2 Compreender o processo de conexão
entre cidades.
Representação das cidades e do
Investigar o processo de deslocamento espaço urbano.
populacional na ideia de trabalhar ou
estudar em outras cidades.

Aprender a definição de plano cartesiano


Plano cartesiano: coordenadas
e par ordenado.
cartesianas (1º quadrante) e
AULA 3 representação de deslocamentos no
Identificar no plano os pares ordenados
plano cartesiano.
em situações do cotidiano.

Plano cartesiano: coordenadas


Resolver situações-problema envolvendo cartesianas (1º quadrante) e
AULA 4 plano cartesiano. representação de deslocamentos no
plano cartesiano.
Unidades Temáticas/ Habilidades associadas
AULAS
(habilidade com a descrição):
Práticas de Linguagem

(EF05MA14) Utilizar e compreender


diferentes representações para a
localização de objetos no plano, como
AULA mapas, células em planilhas
Geometria
1 eletrônicas e coordenadas
geográficas, a fim de desenvolver as
primeiras noções de coordenadas
cartesianas.

(EF05MA14) Utilizar e compreender


diferentes representações para a
Geometria localização de objetos no plano, como
mapas, células em planilhas
eletrônicas e coordenadas
geográficas, a fim de desenvolver as
AULA primeiras noções de coordenadas
2 cartesianas.
Interface interdisciplinar

Formas de representação e pensamento (EF05GE09) Estabelecer conexões e


espacial hierarquias entre diferentes cidades,
utilizando mapas temáticos e
representações gráficas.

(EF05MA14) Utilizar e compreender


diferentes representações para a
localização de objetos no plano, como
mapas, células em planilhas
eletrônicas e coordenadas
geográficas, a fim de desenvolver as
AULA
Geometria primeiras noções de coordenadas
3 cartesianas.

(EF05MA15) Interpretar, descrever e


representar a localização ou
movimentação de objetos no plano
cartesiano (1º quadrante), utilizando
coordenadas cartesianas, indicando
mudanças de direção e de sentido e
giros.

(EF05MA14) Utilizar e compreender


diferentes representações para a
localização de objetos no plano, como
mapas, células em planilhas
eletrônicas e coordenadas
geográficas, a fim de desenvolver as
primeiras noções de coordenadas
AULA cartesianas.
Geometria
4
(EF05MA15) Interpretar, descrever e
representar a localização ou
movimentação de objetos no plano
cartesiano (1º quadrante), utilizando
coordenadas cartesianas, indicando
mudanças de direção e de sentido e
giros.

CONTEXTUALIZANDO AS AULAS

Professor, essa sequência didática será desenvolvida em 4 aulas com atividades que
contemplam os componentes de Matemática e Geografia, numa abordagem interdisciplinar. Com
relação ao componente de Matemática abordaremos o conceito de coordenadas cartesianas, onde
serão exploradas as representações e localizações de objetos no plano, indicando orientações de
direção e sentido. Já no componente de Geografia, iremos identificar conexões entre cidades em
situações de deslocamento da população para trabalhar ou estudar, explorando, também,
representações gráficas desses deslocamentos.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s): Geometria

(EF05MA14) Utilizar e compreender diferentes representações para a localização de objetos no


plano, como mapas, células em planilhas eletrônicas e coordenadas geográficas, a fim de
desenvolver as primeiras noções de coordenadas cartesianas.

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes acerca de localização,
sentido e direção, com os seguintes questionamentos:

❖ Quais as orientações de sentido vocês conhecem?


❖ Vocês sabem identificar esquerda e direita? Horizontal e vertical?
❖ Vocês conhecem a rosa dos ventos?

Apresente a rosa dos ventos aos estudantes e faça um trabalho de orientação fora da sala de aula.
Sugestão: Professor, você pode construir um “caça ao tesouro”, disponibilizando um mapa para que
os estudantes encontrem algo escondido pela escola.
Estudantes, vamos aprofundar os
nossos conhecimentos acerca de
localizar um objeto no plano jogando
batalha naval? Alguns de vocês
devem conhecer esse jogo, vamos
prestar atenção nas instruções!

Figura 1: Print das instruções do jogo batalha naval.

Fonte: Jogos360. Disponível em: <https://www.jogos360.com.br/batalha_naval_classico.html>. Acesso em 22/12/21.


Figura 2: Print do jogo “Batalha Naval Clássico”

Fonte: Jogos360. Disponível em: <https://www.jogos360.com.br/batalha_naval_classico.html>. Acesso em 22/12/21.

VAMOS
JOGAR!

ACESSE O LINK PARA JOGAR:

https://www.jogos360.com.br/batalha_naval
_classico.html

Agora discuta com os colegas:


1- Quais foram as estratégias utilizadas para vencer o jogo?
2- Na figura 2, que mostra o print do jogo, qual a localização do barco de 4 canos do oponente?
3- Na localização G10 do lado direito, tem algum barco?
Professor, é importante reforçar com os estudantes a questão da localização dos barcos no jogo para
construir a ideia inicial de coordenadas cartesianas, estimulando o conceito de par ordenado com o
eixo horizontal (representado pelas letras) e vertical (representado pelos números).

JOGO DO BOB ESPONJA


Disponível em: https://www.jogos360.com.br/ajudar_bob_esponja_a_encontrar_seus_amigos.html

Olá, pessoal!
Vocês já pararam para pensar que
em nosso dia a dia lidamos com
diversas situações de localização de
objetos, pessoas e lugares?
Nessa aula, iremos exercitar o conceito
inicial de coordenadas cartesianas
através de situações cotidianas de
localização e direcionamento.
Vamos lá!

1- Na imagem abaixo temos o quadro de um jogo de campo minado, em que 4 bombas encontram-se
espalhadas por uma malha quadriculada marcada na posição horizontal por números e na posição
vertical por letras.

Figura 3: Campo minado

Fonte: Elaboração própria.

a) Determine a posição da bomba de número 3 indicando a letra e o número que ela se encontra.
b) A coordenada D4 possui bomba? E a A10?

c) Desenhe mais quatro bombas no campo minado enumerando de 5, 6, 7 e 8, e indique aqui as


coordenadas (letra e número) delas no espaço abaixo.

2- Observe o recorte do mapa do bairro do Bancários, em João Pessoa, onde está localizada a casa de
Bruno e a escola em que ele estuda. Em seguida, responda as questões:
Figura 4: Recorte do mapa do bairro dos Bancários.

Fonte: Google Earth. Disponível em: <https://earth.google.com/web/> Acesso em 22/12/21.

a) Quais são as ruas paralelas à rua da casa de Bruno?


b) Quais ruas cruzam a rua da escola?

c) Descreva o caminho que Bruno percorre até a escola.

d) Desenhe um pequeno mapa do quarteirão onde você mora, mostrando sua casa, pontos de
referência e comércio caso tenha nos arredores (não esqueça de escrever os nomes das ruas).
3- Lucas acaba de se mudar para um novo bairro. No mapa abaixo, a casa de Lucas está localizada no
ponto x e ele precisa ir até a farmácia. Existem 5 pontos marcados no mapa onde um deles é a farmácia
em que Lucas deve ir.
Figura 5: Recorte da prova do ENEM 2017

Fonte: Inep. Disponível em:


<https://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/provas/2017/cad_5_prova_amarelo_12112017.pdf> Acesso em:
23/12/21.

a) A mãe de Lucas disse as seguintes orientações: ande na direção leste e vire na primeira rua à direita,
siga em frente e vire à esquerda na próxima rua, a farmácia estará localizada mais à frente. A partir
dessas informações dadas, em que ponto está localizada a farmácia?

b) A padaria encontra-se na mesma rua da farmácia. Qual a rua da padaria?

c) A casa de Guilherme, melhor amigo de Lucas, está marcada no ponto 3. Qual orientação Lucas deve
dar para Guilherme chegar na casa dele? Descreva esse trajeto de maneira detalhada.
Lá vem Geografia!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Geometria e Formas de representação e pensamento espacial.

(EF05MA14) Utilizar e compreender diferentes representações para a localização de objetos no


plano, como mapas, células em planilhas eletrônicas e coordenadas geográficas, a fim de
desenvolver as primeiras noções de coordenadas cartesianas.

(EF05GE09) Estabelecer conexões e hierarquias entre diferentes cidades, utilizando mapas


temáticos e representações gráficas.

Professor, nessa aula iremos abordar a temática de conexões entre as cidades, enfatizando o
deslocamento populacional, explorando os motivos da população sair de sua cidade natal para morar
em outra. Nesse momento inicial seria interessante um trabalho de pesquisa com os estudantes a
respeito da própria cidade onde eles moram, analisando os principais motivos que fazem com que as
pessoas se desloquem para outros lugares. Ao final dessa pesquisa, seria válido fazer um mapeamento
de todos os dados colhidos para que os estudantes possam expor sua pesquisa na escola.
Pessoal, vamos assistir um vídeo sobre a
temática conexão entre as cidades e
entender um pouco de como esse
fenômeno acontece.

➢ ACESSE O LINK PARA ASSISTIR: https://www.youtube.com/watch?v=4wl8EZ1nt9k

Figura 6: Print do vídeo “Conexões entre as cidades”.

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=4wl8EZ1nt9k> Acesso em: 23/12/21.


Agora discuta com os colegas:

1- O que vocês puderam identificar no vídeo a respeito de localização?

2- Quais as diferenças entre metrópoles e megalópoles? Qual das duas é maior?

3- De acordo com o mapa exibido no vídeo, qual estado se localiza entre São Paulo e Rio de Janeiro?

O DESLOCAMENTO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA PARA AS METRÓPOLES


Disponível em: https://www.scielo.br/j/ea/a/ybD6Zn3KWKf3kffYcmSPRMh/?lang=pt

Será que muita gente se desloca da


sua cidade para outra por causa de
trabalho ou estudo?
Vamos acompanhar a notícia a seguir a
respeito da temática e esclarecer essa
dúvida!

Texto 1: Notícia do portal “O Tempo”.

Diariamente, em todo o Brasil, 7,4 milhões de pessoas se deslocam da cidade onde moram para
trabalhar ou estudar em municípios vizinhos. Em São Paulo, este trânsito chega a 1,75 milhão e no
Rio, 1 milhão de pessoas.

A estimativa foi realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que apresentou
um estudo sobre como as cidades do país são afetadas pelo movimento pendular, aquele pelo qual
um morador de um município viaja a outro para trabalhar ou estudar e volta no fim do dia.

Cerca de 107 milhões de pessoas, o que representa 56% da população, moram nesses
conglomerados. O maior deles, o que tem como referência a cidade de São Paulo, tem 19,6 milhões
de habitantes. O segundo, o Rio de Janeiro, tem 11,9 milhões.

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) passou a usar esse critério para definir a
interação entre cidades -se entre duas ou mais delas há intercâmbio significativo de população, elas
passam a formar o que os pesquisadores chamam de arranjo urbano.

O novo conceito usa um mesmo critério para apontar quais são as conglomerações urbanas no país
inteiro, já que as regiões metropolitanas eram definidas por cada Estado. Os dados são do Censo de
2010.
Um arranjo pode ser de duas ou mais cidades, o de São Paulo tem 36 e é o maior. No total, são 294
arranjos populacionais, formados por 938 municípios (são 5.570 no país inteiro). As cidades não
precisam ser grandes para estarem nesse tipo de relacionamento. A maioria (63,6%) dos arranjos é
de populações pequenas, com menos de 100 mil habitantes.

E nem todas as grandes concentrações de população são arranjos, Manaus e Campo Grande, por
exemplo, não recebem uma quantia significativa de estudantes ou trabalhadores de cidades
vizinhas, portanto são considerados municípios isolados.

Fonte: O Tempo. Disponível em: <https://www.otempo.com.br/economia/mais-de-7-milhoes-trabalham-ou-estudam-fora-


da-cidade-onde-moram-1.1014551> Acesso em: 23/12/21.

Agora responda:
1- Segundo as informações dadas no texto, milhares de pessoas se deslocam da cidade onde moram
para trabalhar ou estudar. Você acha que na sua cidade ocorre esse tipo de processo? Justifique.

2- Observe o mapa a seguir:


Figura 7: Mapa do Brasil na malha quadriculada.

Fonte: Brasil Escola. Disponível em: <https://planosdeaula.novaescola.org.br/fundamental/5ano/matematica/encontrar-


pontos-no-plano-cartesiano/1085> Acesso em: 23/12/21.
a) Determine a localização dos pontos destacados com uma cruz preta, vermelha e azul no mapa.

b) De acordo com as informações dadas no texto 1, quais desses pontos são consideradas regiões de
municípios isolados?

c) Quais desses pontos são considerados arranjos populacionais?

3- Abaixo está representado pelas letras A, B, C e D, 4 cidades da região metropolitana de São Paulo.
Observe as orientações e responda:
Figura 8: Malha quadriculada.

Fonte: Matemática na escola. Disponível em: <https://drive.google.com/file/d/1ghirhtgj_iwIwO0HP-


Gt29imsO0MzDpf/view> Acesso em: 23/12/21.

a) Quantos quilômetros uma pessoa terá percorrido se sair da cidade A, seguindo a seta azul, passando
pela cidade B e chegando em C, sabendo que cada quadradinho é equivalente a 10 km?

b) Se uma pessoa sair da cidade A seguindo a seta vermelha, passando por D e chegando em C, terá
percorrido o mesmo trajeto da situação anterior? Justifique.
c) Qual o trajeto mais rápido para chegar na cidade C: partindo do ponto D ou partindo do ponto B? A
diferença é de quantos quilômetros?
Ampliando saberes!

III - Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Geometria

(EF05MA14) Utilizar e compreender diferentes representações para a localização de objetos no


plano, como mapas, células em planilhas eletrônicas e coordenadas geográficas, a fim de
desenvolver as primeiras noções de coordenadas cartesianas.

(EF05MA15) Interpretar, descrever e representar a localização ou movimentação de objetos no


plano cartesiano (1º quadrante), utilizando coordenadas cartesianas, indicando mudanças de
direção e de sentido e giros.

Professor, nessa aula iremos nos aprofundar no conceito de coordenadas cartesiana, apresentado
aos estudantes o plano cartesiano (1º quadrante). Introduziremos a definição de par ordenado, eixo
das ordenadas (y) e eixo das abscissas (x).
É importante enfatizar a questão da representação dos pontos na ordem correta e dentro do
parênteses (x,y).
Estudantes, vamos assistir um vídeo e
compreender a definição de plano
cartesiano, eixo das abscissas e ordenadas,
e aprender como localizar e representar
corretamente as coordenadas no plano.

Figura 9: Print do vídeo “Plano cartesiano - 1º Quadrante”.

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=kUxgvl0_cic> Acesso em: 23/12/2021.

➢ ACESSE O LINK PARA ASSISTIR: https://www.youtube.com/watch?v=kUxgvl0_cic


Agora vamos exercitar o que aprendemos
no aplicativo GeoGebra, colocando os
pontos de maneira correta no plano
cartesiano!

Basta arrastar os pontos com o mouse


que aparecem do lado direito e colocar
no local correto dentro do plano, de
acordo com as coordenadas
estabelecidas no aplicativo.

Figura 10: Print do aplicativo.

Fonte: GeoGebra. Disponível em: <https://www.geogebra.org/m/kvqyyxux> Acesso em: 23/12/21.

➢ ACESSE O APLICATIVO PELO LINK: https://www.geogebra.org/m/kvqyyxux


PLANO CARTESIANO
Disponível em: https://www.geogebra.org/m/n5zuffaf

Olá, pessoal!
Nessa aula iremos nos aprofundar no
conceito de coordenadas cartesianas.

Vejamos a definição de plano


cartesiano a seguir!
Texto 2: Definição de plano cartesiano.

Plano Cartesiano
Plano cartesiano, também chamado de sistema cartesiano ortogonal ou plano coordenado, é um
sistema de coordenadas constituído por dois eixos perpendiculares. Isso significa que, no ponto
onde essas duas retas se cruzam (ponto de intersecção), forma-se um ângulo de 90° (ângulo reto).
O eixo horizontal é chamado de eixo das abscissas (x). Já o vertical recebe o nome de eixo das
ordenadas (y).

Essa ferramenta da matemática tem esse nome porque seu inventor foi o filósofo e matemático
francês René Descartes (1596-1650). Usado para determinar a posição de um ponto no espaço, o
sistema ortogonal é super importante em disciplinas como a geometria e a geografia, além de ter
diversas utilidades na vida diária.

Fonte: Significados. Disponível em: <https://www.significados.com.br/plano-cartesiano/> Acesso em 23/12/21.

Agora que já conhecemos o plano


cartesiano, que tal aprendermos a
localizar pontos dentro dele?
O que são coordenadas do plano
cartesiano?

Coordenadas são os números que,


juntos, dão a exata localização de um
ponto no plano cartesiano.
Lembra do jogo batalha naval? A lógica
é exatamente a mesma. Para efetuar
um disparo nas embarcações inimigas,
você precisa dizer quais são as
coordenadas. Ou seja: quais são os
valores nos eixos vertical e horizontal
que indicam o alvo do seu canhão.

Assim, cada ponto no plano é determinado a partir de um par de informações. Dá-se o nome
de par ordenado a esse conjunto constituído por dois elementos que representam valores nos dois
eixos e nos fornecem a exata localização de um ponto no plano. O primeiro valor do par é a abscissa
(x). O segundo, a ordenada (y).

Figura 11: Representação de par ordenado no plano cartesiano.

Fonte: Elaboração própria.


Agora é com vocês!
1- Gustavo viajou por quase todos os lugares do Brasil, ele resolveu marcar no mapa de vermelho os
pontos que faltam para ele conhecer todo o país.

Figura 12: Mapa do Brasil e seus Estados no plano cartesiano.

Fonte: Matemática na escola. Disponível em: <https://drive.google.com/file/d/1KehigrhSaT-Sl2mcVPQe8fepLVISM-


J0/view> Acesso em 22/12/21.

a) Quais os Estados que Gustavo ainda não conheceu?

b) Identifique as coordenadas de cada Estado que Gustavo ainda não conheceu.


c) Considere cada quadradinho equivalente a 520 km, então a distância entre Minas e Piauí será de
quantos quilômetros? Justifique.

d) Qual a coordenada do Estado da Paraíba nesse mapa?

2- Observe o triângulo apresentado abaixo:


Figura 13: Triângulo no plano cartesiano.

Fonte: Elaboração própria.

Assinale a alternativa que apresenta todos os vértices do triângulo representados em par ordenado:
a) (3,2), (7,2) e (5,6).
b) (2,3), (7,2) e (6,5)
c) (3,2), (2,7) e (5,6)
d) (2,3), (2,7) e (6,5)
3- No plano cartesiano abaixo, pinte o desenho de um quadrado, da maneira que você preferir. Em
seguida, indique as coordenadas dos vértices do quadrado desenhado.

4- Em algumas situações o par ordenado pode indicar um espaço, e não um ponto. Nas planilhas
eletrônicas, por exemplo, ocorre isso.

Essas planilhas são facilitadoras e auxiliam na construção de tabelas e gráficos. Também funciona
como ferramenta para fazer cálculos repetitivos, somatórios, médias, dentre outros.

A imagem a seguir, é uma amostra do layout de uma planilha eletrônica:


Quando selecionamos uma célula na planilha, ela realça suas coordenadas tanto na horizontal como
na vertical. Agora responda:
a) Qual par ordenado da região selecionada na figura?

b) O eixo das abscissas está representado por letras ou números? __________________

c) Localize a célula E7 e marque um X na imagem.

d) Escreva seu nome na célula B2.


Vamos ao desafio!

IV - É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática(s): Geometria

(EF05MA14) Utilizar e compreender diferentes representações para a localização de objetos no


plano, como mapas, células em planilhas eletrônicas e coordenadas geográficas, a fim de
desenvolver as primeiras noções de coordenadas cartesianas.
(EF05MA15) Interpretar, descrever e representar a localização ou movimentação de objetos no
plano cartesiano (1º quadrante), utilizando coordenadas cartesianas, indicando mudanças de
direção e de sentido e giros.
Olá, pessoal!
Que tal jogarmos um quiz a respeito
de tudo que aprendemos sobre
plano cartesiano?

O jogo consiste em marcar as


afirmativas como verdadeiras
ou falsas no menor tempo
possível. Estão prontos?

➢ ACESSE O LINK PARA JOGAR: https://wordwall.net/pt/resource/20694229/plano-cartesiano

Figura 14: Quiz verdadeiro ou falso sobre Plano Cartesiano.

Fonte: Wordwall. Disponível em: <https://wordwall.net/pt/resource/20694229/plano-cartesiano> Acesso em: 23/12/21.

PALAVRAS CRUZADAS SOBRE PLANO CARTESIANO


Disponível em: https://wordwall.net/pt/resource/4181064/plano-cartesiano
Estudantes, chegou a hora do nosso
desafio! Vamos colocar em prática
tudo que aprendemos ao longo dessa
jornada!

DESAFIO Observe o desenho a seguir no plano cartesiano:


a) Quais figuras geométricas você consegue identificar no desenho acima?

b) Se cada quadrinho vale 15dm², qual a área da região azul representada pela porta da casa?

c) Agora use a criatividade e crie seu próprio desenho no plano cartesiano abaixo, colorindo da maneira
que preferir. Em seguida, indique as coordenadas de cada vértice da sua figura.
Conectando saberes
1- Resposta pessoal.

2- F6, G6, H6 e I6

3- Sim, tem um barco de 1 cano.

Registrando saberes
1-

a) Posição D6.

b) A posição D4 não possui nenhuma bomba, já a posição A10 possui a bomba de número 4.

c) Resposta pessoal.

2-

a) Rua Cel. Artur Américo Cantalice e Rua Gen. Alfredo Floro Cantalice.

b) Rua Alcebíades da Cunha, Rua Cel. Artur Américo Cantalice e Rua Gen. Alfredo Floro Cantalice.

c) Espera-se que os estudantes descrevam: desce a Rua Alcebíades da cunha em direção a Rua
Gutemberg Morais Paiva, dobra a esquerda e a escola estará mais a frente.

d) Resposta pessoal.

3-

a) A farmácia está localizada no ponto 5.


b) A rua da padaria é a rua D.
c) Espera-se que os estudantes descrevam: ande na direção oeste e vire a primeira rua à esquerda,
em seguida siga na direção sul e dobre na primeira rua à direita, a casa estará localizada mais a
frente.
Conectando saberes
1- Espera-se que os estudantes respondam o mapa da megalópole brasileira.
2- Metrópoles é a união de diversas cidades grandes que devido a facilidade de integração parecem
formar uma só cidade. Megalópole é a união de duas ou mais metrópoles. Portanto, a megalópole
é maior que as metrópoles.
3- Minas Gerais.

Registrando saberes
1- Resposta pessoal.
2-
a) Cruz preta: C6, cruz vermelha: D4 e cruz azul: G3.
b) A cruz azul e a cruz vermelha.
c) A cruz preta.
3-
a) São 14 quadradinhos, equivalentes a 14 x 10 = 140km.
b) O mesmo trajeto não, pois está indo em direções diferentes, porém, terá a mesma distância de
140km.
c) Partindo do ponto B. A diferença será de 10 - 4 = 6, 6 x 10 = 60km.

Conectando saberes
Registrando saberes
1-
a) Santa Catarina (SC), Minas Gerais (MG), Piauí (PI) e Amazonas (AM).
b) SC (4,1), MG (5,2), PI (5,4) e AM (1,4).
c) Como a distância de Minas até Piauí tem dois quadradinhos de diferença, a distância será 520 x 2
= 1040km.
d) PB (6,4).
2- Letra A.
3- Há inúmeras possibilidades de respostas para essa questão. Abaixo temos o exemplo de uma:
4-

a) (C,5)

b) Letras.

c) e d)
Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
Desafio

a) Espera-se que os estudantes mencionem retângulo, trapézio e círculo.

b) A porta da casa possui 6 quadradinhos, e cada um equivale a 15dm², portanto a área da região da
porta será de 6 x 15 = 90dm².

c) Resposta pessoal.
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD4
SD4 -
- Matemática
Matemática e
e

Ciências
Ciências
Revendo o conceito de divisão e discutindo hábitos saudáveis 5°
aos seres humanos

Compreender o conceito de divisão desigual em partes proporcionais e


conscientizar a respeito de hábitos saudáveis.

Álgebra e Vida e evolução

Ciências

(EF05MA13) (EF05CI09)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se


o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento
das habilidades ou se é necessário que você proponha novas
ações pedagógicas para ajudá-los na superação das
dificuldades identificadas.
Quantidade Objetivos de aprendizagem Objetos do conhecimento
de Aulas específicos

Compreender a ideia inicial de divisão em


partes desiguais com o auxílio de tabelas
e representação gráfica. Problemas envolvendo a partição de
AULA 1 um todo em duas partes proporcionais.
Aprender a dividir em partes
proporcionais.

Saber representar determinadas


situações em forma de razão.
Problemas envolvendo a partição de
Representar graficamente a ideia de um todo em duas partes proporcionais.
AULA 2 partição de um todo em partes
Nutrição do organismo e hábitos
proporcionais.
alimentares.
Conscientizar a respeito de hábitos
saudáveis.

Compreender partilhas desiguais com a


ideia inicial da álgebra.
Problemas envolvendo a partição de
AULA 3 um todo em duas partes proporcionais.
Resolver problemas envolvendo partilhas
desiguais.

Resolver situações-problema envolvendo Problemas envolvendo a partição de


AULA 4 divisão proporcional em partes desiguais. um todo em duas partes proporcionais.
Unidades Temáticas/ Habilidades associadas
AULAS Práticas de Linguagem (habilidade com a descrição):

(EF05MA13) Resolver problemas


envolvendo a partilha de uma
quantidade em duas partes desiguais,
AULA tais como dividir uma quantidade em
Álgebra
1 duas partes, de modo que uma seja o
dobro da outra, com compreensão da
ideia de razão entre as partes e delas
com o todo.

(EF05MA13) Resolver problemas


envolvendo a partilha de uma
quantidade em duas partes desiguais,
tais como dividir uma quantidade em
Álgebra duas partes, de modo que uma seja o
dobro da outra, com compreensão da
ideia de razão entre as partes e delas
com o todo.
AULA
2 Interface interdisciplinar

(EF05CI09) Discutir a ocorrência de


distúrbios nutricionais (como
obesidade, subnutrição etc.) entre
Vida e evolução crianças e jovens a partir da análise de
seus hábitos (tipos e quantidade de
alimento ingerido, prática de
atividade física etc.).

(EF05MA13) Resolver problemas


envolvendo a partilha de uma
quantidade em duas partes desiguais,
AULA tais como dividir uma quantidade em
Álgebra
3 duas partes, de modo que uma seja o
dobro da outra, com compreensão da
ideia de razão entre as partes e delas
com o todo.
(EF05MA13) Resolver problemas
envolvendo a partilha de uma
quantidade em duas partes desiguais,
AULA tais como dividir uma quantidade em
Álgebra
4 duas partes, de modo que uma seja o
dobro da outra, com compreensão da
ideia de razão entre as partes e delas
com o todo.

CONTEXTUALIZANDO AS AULAS

Professor, essa sequência didática será desenvolvida em 4 aulas com atividades que
contemplam os componentes de Matemática e Ciências, numa abordagem interdisciplinar. Com
relação ao componente de Matemática abordaremos o conceito de divisão em partes desiguais de
maneira proporcional na resolução de problemas do dia a dia. Já no componente de Ciências, iremos
trabalhar esse conceito de divisão proporcional na temática de hábitos saudáveis e conscientizar a
respeito dessa questão.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade(s) Temática(s): Álgebra

(EF05MA13) Resolver problemas envolvendo a partilha de uma quantidade em duas partes


desiguais, tais como dividir uma quantidade em duas partes, de modo que uma seja o dobro da
outra, com compreensão da ideia de razão entre as partes e delas com o todo.

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes acerca de divisão com
a seguinte problemática:

❖ Como podemos dividir 12 pirulitos entre 2 pessoas? Quais são as possibilidades para essa
divisão?

Provavelmente os alunos responderão 6 pirulitos para cada pessoa, tendo em vista o conceito de
divisão equitativa. Questione se é possível fazer essa divisão em partes que não sejam iguais e deixem
que eles expressem suas opiniões.
É interessante estimular os estudantes que não foi uma exigência da questão dividir em partes
iguais e que há outras maneiras de dividir em partes não equitativas.
Olá pessoal!
Vamos aprender nessa aula a fazer
divisões em partes desiguais.

Como assim,
Raquelzinha? Eu pensava
que toda divisão era em
partes iguais…

Não, Mariazinha. Quando vamos resolver uma


situação-problema, nem sempre todos os
envolvidos precisam, necessariamente, ficar com a
mesma quantidade.

Por exemplo, vou dividir uma pizza de 6 fatias entre


eu e minha irmã, porém a minha irmã vai comer
apenas 2, e eu vou comer o dobro de fatias que ela.
Então, eu dividi 6 em duas partes desiguais, onde
minha irmã ficou com 2 e eu fiquei com 4 pedaços.
Observe a ilustração a seguir!
Figura 1: Esquema da divisão da pizza de Raquelzinha.

Fonte: Elaboração própria.

Agora eu entendi essa ideia de


divisão em partes desiguais.
Que tal exercitarmos esse conceito?
Vocês já ouviram falar em proporção?
Por exemplo, quando digo que a
quantidade de xícaras de farinha que
preciso colocar numa receita é de 3:1
em relação à quantidade de xícaras de
leite. O que isso significa?

Que a cada 3 xícaras


de farinha acrescenta
1 de leite!

Para fixar melhor essa ideia, que tal


jogarmos um game super divertido?

O jogo se chama “Criando Cores”. O objetivo é misturar as cores na proporção exata para que
se possa pintar o desenho na cor desejada. No painel esquerdo do jogo tem a receita com a proporção
correta para a mistura de cores.
Figura 2: Print do jogo “Criando Cores”.

Fonte: Matific. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/pintando-cores-crie-


n%C3%BAmeros-inteiros-a-partir-de-partes-de-propor%C3%A7%C3%A3o/> Acesso em: 29/12/21.

Na parte inferior da tela do jogo é indicado a quantidade de tinta que a receita precisa. E ai,
estão prontos? Vamos lá!

PLAY
ACESSE O LINK PARA JOGAR:
https://www.matific.com/bra/pt-
br/home/maths-activities/episode/pintando-

JOGO DA PROPORÇÃO
Disponível em: https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/profissional-de-
propor%C3%A7%C3%A3o-use-propor%C3%A7%C3%B5es-para-calcular-as-pe%C3%A7as-dos-totais/
1- A turma de Raquelzinha tem 36 alunos e metade deles vai para a escola com ônibus escolar. Um
quarto desses alunos vai para a escola de carro e o restante vai a pé.

a) Qual meio de locomoção é mais utilizado por essa turma? Justifique.

b) Pinte a figura a seguir para representar o meio de locomoção dos alunos da turma de Raquelzinha,
de acordo com as cores indicadas:
c) Complete a tabela com a quantidade de alunos de acordo com o meio de locomoção utilizado.

2- Carlos tem dois filhos, Guilherme e Murilo. Carlos foi viajar e deixou algumas tarefas domésticas a
serem feitas, que foram: lavar a louça, arrumar a cama, alimentar o cachorro, varrer a casa e regar as
plantas. Então, Carlos disse que quando voltasse daria presentes em uma divisão proporcional à
quantidade de tarefas realizadas.

Veja na tabela como eles resolveram se dividir:

a) Quem fez mais atividades?

b) Quem fez menos atividades?


c) Na sua opinião, quem deveria ganhar mais dinheiro? Justifique sua resposta.

d) Carlos dará R$60,00, quantos reais deverá ser dado a Guilherme e a Murilo?

e) E se Carlos fosse dar R$120,00, quanto cada um receberia?

3 - Marcela e Júlia estão vendendo uma rifa para conseguir dinheiro para um evento da escola em que
elas estudam. Conseguiram arrecadar juntas R$150,00. Júlia vendeu o dobro das rifas vendidas por
Marcela.
a) Marcela acha que deveria ser repartido o dinheiro meio a meio. Seria justo? Por quê?

b) Como elas podem dividir o dinheiro de maneira justa?

c) Quanto cada uma deve receber?


Lá vem Ciências!
II– Interdisciplinando a temática

Unidade(s) Temática(s): Álgebra e Vida e evolução

(EF05MA13) Resolver problemas envolvendo a partilha de uma quantidade em duas partes


desiguais, tais como dividir uma quantidade em duas partes, de modo que uma seja o dobro da
outra, com compreensão da ideia de razão entre as partes e delas com o todo.

(EF05CI09) Discutir a ocorrência de distúrbios nutricionais (como obesidade, subnutrição etc.) entre
crianças e jovens a partir da análise de seus hábitos (tipos e quantidade de alimento ingerido, prática
de atividade física etc.).
Olá pessoal, eu sou o Naruto!
Vejam quantas coisas saudáveis e
gostosas estão na minha mesa!

Vocês costumam comer esse tipo de


alimento? Vejamos agora uma matéria
sobre essa temática e vamos aprender a
imse alimentar de forma saudável, e
saber o motivo de muitos de vocês não
se interessarem por frutas e verduras.

➢ ACESSE O LINK PARA ASSISTIR: https://www.youtube.com/watch?v=qyx8l74bQck

Figura 3: Print do vídeo “Publicidade Infantil Nutrição”.

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=qyx8l74bQck> Acesso em: 30/12/19.

Agora discuta com os colegas:

1- Vocês costumam inserir alimentos saudáveis como frutas, verduras e legumes no dia a dia de vocês?
Com que frequência vocês consomem esses alimentos?
2- Segundo o vídeo, qual a maior influência para o consumo de alimentos que não são saudáveis?
3- Vocês costumam dividir de maneira proporcional os alimentos saudáveis e não saudáveis na rotina
de vocês? Quais os alimentos que vocês mais gostam de comer?

NOSSA ALIMENTAÇÃO | NUTRIENTES


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=esvKd5UZDUM

Raquelzinha, você sabia que esses


alimentos que você está ingerido, não
contribuem com a sua saúde?
Do que você está falando,
Nelsinho? Eu amo comer
hambúrguer com refrigerante!

Você pode até comer de vez em


quando, mas é bom não exagerar e
praticar sempre uma atividade física!

E tem uma curiosidade ainda


maior. Você sabia que a
alimentação está relacionada
a boas noites de sono?
Acompanhe o texto a seguir!

Texto 1: Trecho da matéria “Alimentação está relacionada a boas noites de sono.”

Alimentação está relacionada a boas noites de sono


Estudiosos revelam, ainda, que dormir melhor ajuda a manter a dieta mais
saudável
Comer e beber para dormir melhor significa mais do que apenas evitar a cafeína (Foto: The Conversation / Shutterstock)

O sono tornou- se muito reconhecido por desempenhar um papel realmente importante em para a
nossa saúde e bem-estar geral - juntamente com a realização de uma dieta, controle do estresse e
prática de exercício.

Recentemente, os pesquisadores têm aprendido mais sobre como uma noite mal dormida influencia
nossas escolhas alimentares, bem como a dieta influencia a qualidade do sono. Não dormir por
tempo suficiente ou ter uma noite de má qualidade está associado com o aumento da ingestão de
alimentos, dietas menos saudáveis, além do ganho de peso. A falta de sono também leva ao
aumento de lanches e excessos e isso nos faz querer comer alimentos ricos em gordura e
carboidratos – que possuem uma maior recompensa química para o cérebro quando nos
alimentamos.

Basicamente, o sono precário leva o corpo a procurar por alimentos de alta energia para mantê-lo
acordado, o que dificulta muito resistir à tentação por alimentos não saudáveis. Mas, por outro lado,
quando dormimos bem, nossos hormônios do apetite permanecem em um nível normal. Nós não
ficamos com tanta vontade de ingerir comidas pouco saudáveis – e conseguimos escolher melhor o
que ingerir.

Fonte: Revista Galileu. Disponível em: <https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Saude/noticia/2018/10/alimentacao-esta-


relacionada-boas-noites-de-sono.html> Acesso em: 30/12/21.

Agora responda:
1- Cada pessoa tem necessidades e preferências únicas, e o tempo que você precisa dormir não é
diferente. No entanto, a quantidade que você precisa por noite é determinada pela sua idade.
Acompanhe os dados abaixo referentes às horas de sono por faixa etária:
Idosos (65+): 7 a 8 horas
Adultos (18 a 64 anos): 7 a 9 horas
Adolescentes (14 a 17 anos): 8 a 10
horas
Crianças em idade escolar (6 a 13
anos): 9 a 11 horas
Pré-escolares (3 a 5 anos): 10 a 13
horas
Crianças (1 a 2 anos): 11 a 14 horas
Bebês (4–11 meses): 12–15 horas
Recém-nascidos (0 a 3 meses): 14 a
17 horas

a) Considerando que um dia tem 24 horas, qual é a razão entre o tempo ideal de sono para a sua idade
e o tempo que se fica acordado?

b) Você costuma dormir o tempo correto de sono recomendado para uma vida mais saudável?

2- De acordo com o texto, responda:


a) Manter apenas o sono regular é suficiente para uma vida saudável? Justifique.

b) A dieta influencia a quantidade de sono? Explique.


c) Represente em forma de fração a razão entre a quantidade de alimentos saudáveis pela quantidade
de alimentos não saudáveis que é consumido por um indivíduo segundo a ilustração a seguir:

Figura 4: Esquema de alimentação.

Fonte: Elaboração própria.

d) Você acha que o esquema de alimentação do indivíduo da questão anterior está adequado? Por
quê?

e) Como você distribuiria de maneira equitativa esses alimentos?


3- No esquema abaixo, represente a sua alimentação diária de acordo com as 6 refeições que devemos
fazer durante o dia: Café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

4 - De acordo com o preenchimento do esquema anterior, determine a razão entre a quantidade de


alimentos saudáveis e não saudáveis que você ingere diariamente e retrate se é uma divisão equitativa
ou em partes desiguais.
Ampliando saberes!

III - Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade(s) Temática(s): Álgebra

(EF05MA13) Resolver problemas envolvendo a partilha de uma quantidade em duas partes


desiguais, tais como dividir uma quantidade em duas partes, de modo que uma seja o dobro da
outra, com compreensão da ideia de razão entre as partes e delas com o todo.

Professor, nessa aula iremos nos aprofundar no conteúdo de divisão em duas partes desiguais
inserindo o conceito da álgebra para calcular soluções nas resoluções de situações-problema.
É interessante que utilize figuras ao invés de letras, para que os estudantes assimilem melhor o início
do estudo da álgebra.

Sugestão de problemática:

❖ Rute possui uma certa quantidade de pirulito e Geovana possui o dobro dessa quantidade.

Suponha que a quantidade de pirulitos de Rute esteja representada por 🔺, então, como
Geovana possui o dobro será representada por 2 x 🔺 = 🔺+🔺 = 2🔺.

Ou seja, se Rute possuir 15 pirulitos, 🔺= 15, então 2🔺= 30. Logo, Geovana terá 30 pirulitos.
Olá, estudantes!
Vamos assistir um vídeo em que veremos o
conceito de partilhas desiguais através da
representação algébrica.
Vamos lá!

➢ ACESSE O LINK PARA ASSISTIR: https://www.youtube.com/watch?v=RYB9dsRDRKY


Figura 5: Print do vídeo “Partilhas desiguais”.

Fonte: YouTube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=RYB9dsRDRKY> Acesso em: 30/12/21.


Agora responda:
● Gabriel e a irmã foram passear no fim de semana na casa do tio Gilberto, ele deu R$90,00 para
ser dividido entre os sobrinhos. Mas explicou que a irmã de Gabriel vai receber o dobro do
valor, pois ela é mais velha. Quanto cada um irá receber?

MATEMÁTICA - DIVISÃO EM PARTES DESIGUAIS


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZO4c5h59fWA&t=176s

Nelsinho, será que você poderia me


ajudar a resolver um problema?

Carlos e Lívia são irmãos. Nos finais de


semana eles trabalham vendendo picolé.
Esse final de semana eles venderam juntos
R$75,00. Agora eles precisam dividir o
dinheiro. O problema é que Lívia vendeu o
dobro do que Carlos vendeu. Como
poderíamos fazer a divisão desse dinheiro de
maneira justa? Quanto cada um deve
receber?
Se liga!
Podemos pensar da seguinte maneira:

➔ O dinheiro que que Carlos recebeu pode ser representado por um símbolo, digamos um
quadrado: ⬜.
➔ Como Lívia vendeu o dobro de Carlos, ela deve receber o dobro do que Carlos recebeu,
então podemos representar por: 2⬜ = ⬜+⬜
➔ Para chegarmos a um resultado para o valor do quadrado, vamos usar o seguinte raciocínio:
se o valor total que eles receberam foi R$75,00, então se juntarmos o valor de Carlos
(representado por 1 quadrado) mais o valor de Lívia (representado por 2 quadrados)
obteremos o valor total, ou seja:
⬜+⬜+⬜ = 75 ➡ 3⬜ = 75

➔ Temos que 3 quadrados equivalem a 75 reais, então 3 vezes alguma coisa (que é o valor de
1 quadrado) tem que resultar em 75. Para calcular esse valor, basta utilizar a operação
inversa da multiplicação, e dividir o valor total por 3:
75 ÷ 3 = 25
➔ Logo, ⬜=25. Então podemos concluir que: Carlos irá receber R$25,00 e Lívia receberá
R$50,00.

Muito obrigada, Nelsinho! Já me sinto


preparada para resolver diversos
problemas envolvendo esse conceito.
Agora é com vocês, estudantes!
1-

Vamos dividir os seguintes valores em


duas partes. Mas com a condição de
que uma das partes deve ser o dobro
do valor da outra.

a) 18

b) 54

c) 93

2- Lucas tem 96 figurinhas repetidas e vai reparti-las entre suas irmãs Luciana e Carol. Luciana deve
receber o triplo da quantidade de Carol.
Figura 6: Figurinhas do álbum Maggie e Bianca Fashion Friends.

Fonte: Mercado Livre. Disponível em: <https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1628101935-album-figurinhas-maggie-e-


bianca-fashion-friends-completo-_JM> Acesso em: 30/12/21.

a) Como ele pode realizar essa distribuição?

b) Quantas figurinhas cada uma delas deve receber?

3- A professora de Jorge fez um bolo e dividiu em 20 pedaços, reservou alguns pedaços e levou para
sala dos professores e o triplo dessa quantia deixou para os alunos. Quantos pedaços ficaram para os
alunos?

Figura 7: Bolo sensação.

Fonte: Guia da Cozinha. Disponível em: <https://guiadacozinha.com.br/receitas/bolo-pelado-sensacao/> Acesso em:


30/12/21.
4- Os pais de Lucas trabalham em locais diferentes. O salário do pai dele mês passado veio o dobro do
salário da mãe.

Figura 8: Imagem de salário.

Fonte: Bxblue. Disponível em: <https://bxblue.com.br/aprenda/proposta-do-novo-salario-minimo-2021/> Acesso em:


30/12/21.

a) Se a mãe de Lucas recebeu R$1700,00, qual o salário do pai dele?

b) A conta de energia é paga pelos dois. Sabendo que a conta do mês passado veio R$360,00 e que o
pai de Lucas teria que pagar o dobro do valor pago pela mãe, qual foi o valor que cada um pagou?
Vamos ao desafio!

IV - É hora da resolução de problemas

Unidade(s) Temática(s): Álgebra

(EF05MA13) Resolver problemas envolvendo a partilha de uma quantidade em duas partes


desiguais, tais como dividir uma quantidade em duas partes, de modo que uma seja o dobro da
outra, com compreensão da ideia de razão entre as partes e delas com o todo.
Olá, pessoal!
Vamos agora tentar resolver 5
situações-problema na página do
Matific!

O objetivo é tentar responder no


menor tempo possível perguntas
envolvendo o conceito de
proporção para encontrar a parte
do todo. Estão prontos? Vamos lá!

Figura 9: Print do jogo “Divisão proporcional e compartilhamento desigual”.

Fonte: Matific. Disponível em: <https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/pensamento-


proporcional-solucione-situa%C3%A7%C3%B5es-problema-de-propor%C3%A7%C3%A3o-duas-partes-encontre-a-parte-do-
todo/> Acesso em: 30/12/21.

O problema estará na parte superior da tela, quando souber a resposta correta basta clicar na
interrogação e digitar o resultado.
PLAY

ACESSE O LINK PARA JOGAR:


https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-
activities/episode/pensamento-proporcional-
solucione-situa%C3%A7%C3%B5es-problema-de-

PENSAMENTO PROPORCIONAL
Disponível em:
https://www.matific.com/bra/pt-br/home/maths-activities/episode/pensamento-proporcional-
solucione-situa%C3%A7%C3%B5es-problema-de-propor%C3%A7%C3%A3o-duas-partes-encontre-a-
outra-parte/

Estudantes, que tal um desafio a respeito de


tudo que aprendemos nessa incrível jornada
das divisões em partes desiguais?
Tenho certeza que todos vocês estão prontos
para respondê-lo. Vamos lá?
1-

2-

3-
Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
1-
a) O meio de locomoção mais utilizado é o ônibus escolar, pois é metade do valor total. A outra
metade ainda está dividida em duas partes, um quarto de carro e um quarto a pé.
b)

c)

2-
a) Guilherme.
b) Murilo.
c) Espera-se que o estudante fale Guilherme, pois ele possui mais tarefas que Murilo.
d) Se for dividir o valor da mesada pelo número de tarefas, ficaria 60 : 5 = 12 reais por tarefa. Como
Guilherme fez 3, então 3 x 12 = 36, ou seja, ele deverá receber R$36,00. Murilo realizou 2 tarefas,
então 2 x 12 = 24, logo ele receberá R$24,00.
e) Se fosse R$120,00, dividindo o total pelo número de tarefas 120 : 5 = 24 reais por tarefa. Logo,
Guilherme receberá 24 x 3 = R$72,00, e Murilo receberá 24 x 2 = R$48,00.

3-
a) Não seria justo, pois Júlia vendeu o dobro das rifas e merece receber o dobro do valor arrecadado.
b) Fazendo uma divisão proporcional, em que cada uma receberá de acordo com a quantidade
vendida. Ou seja, Júlia deverá receber o dobro do valor de Marcela.
c) Júlia deve receber R$100 e Marcela R$50,00.

Conectando saberes
1- Resposta pessoal.
2- Segundo o vídeo, as propagandas chamam bastante atenção das crianças por terem atrativos do
interesse delas, como desenhos, cores, brinquedos, dentre outros.
3- Resposta pessoal.

Registrando saberes
1-
a) Tomando como base a faixa etária dos estudantes “Criança em idade escolar (6 a 13 anos): 9 a 11
horas”. A razão entre o tempo ideal de sono e o tempo que fica acordado seria de 11/13.
b) Resposta pessoal.
2-
a) Não, é necessário fazer a junção disso com a realização de uma dieta, controle do estresse e
prática de exercício.
b) Sim, pois não dormir por tempo suficiente está associado com o aumento da ingestão de
alimentos, dietas menos saudáveis, além do ganho de peso. A falta de sono também leva ao
aumento de lanches e excessos, e isso faz com que a gente coma mais alimentos ricos em gorduras
e carboidratos.
c) 2/4, simplificando fica 1/2.
d) Não, pois ele está ingerindo mais alimentos não saudáveis do que saudáveis, e para ter uma
qualidade de vida melhor é necessário ingerir alimentos saudáveis em maior quantidade.
e) Distribuindo de maneira equitativa ficaria 3 alimentos saudáveis e 3 não saudáveis.
3- Resposta pessoal.
4- Resposta pessoal.

Conectando saberes
● Suponha que Gabriel vai receber # reais. Então a irmã dele receberá 2#. Fazendo a junção,
temos: # + 2# = 90, 3# = 90, # = 90 : 3, # = 30. Logo, Gabriel irá receber R$30,00, e sua irmã
receberá R$60,00.

Registrando saberes
1- Para resolver esse tipo de questão, iremos sempre dividir por 3 partes iguais e depois dividir na
proporção 2 para 1.

a) 18 : 3 = 6. Então uma parte é 6 e a outra 2 x 6 = 12.

b) 54 : 3 = 18. Então uma parte é 18 e a outra é 2 x 18 = 36.

c) 93 : 3 = 31. Então uma parte é 31 e a outra é 2 x 31 = 62.

2-

a) Ele pode distribuir de maneira proporcional da seguinte forma: à medida em que Carol recebe
uma figurinha, Luciana recebe três.

b) Suponha que Carol receba @ figurinhas, Luciana receberá 3@. Ou seja, @ + 3@ = 96, então 4@ =
96, @ = 96 : 4, @ = 24. Logo, Carol vai receber 24 figurinhas e Luciana 3 x 24 = 72 figurinhas.
3- A professora reservou uma quantidade $ para os professores, e o triplo dessa quantia 3$ deixou
para os alunos. Então, $ + 3$ = 20, 4$ = 20, $ = 20 : 4, $ = 5. Logo, a professora reservou 5 fatias para
os professores e 3 x 5 = 15 fatias para os alunos.

4-

a) O salário do pai será de 1700 x 2 = 3400 reais.

b) Se a mãe pagou X reais da conta de energia, o pai pagou 2X. Então, X + 2X = 360, 3X = 360, X = 360
: 3, X = 120. Logo, a mãe pagou 120 reais, e o pai pagou 2 x 120 = 240 reais.

Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
1- Sabendo que uma semana tem 7 dias e são 3 refeições por dia, elas farão um total de 7 x 3 = 21
frutas por refeição. Mas, a demanda de Laura é sempre o dobro da de Tales, ela irá comer o dobro
de frutas. Logo, suponhamos que Tales irá comer X frutas, então Laura comerá 2X. Então, X + 2X =
21, 3X = 21, X = 21 : 3, X = 7. Portanto, Tales comerá 7 frutas em uma semana e Laura comerá 2 x 7
= 14 frutas durante a semana.

2- Sabendo que um mês tem 4 semanas, e a prática de exercício é 3 vezes por semana, teremos um
total de 4 x 3 = 12 exercícios físicos por mês. Sabendo da demanda de Laura que é o dobro da de
Tales, se Tales praticar Y atividades, Laura praticará 2Y. Logo, Y + 2Y = 12, 3Y = 12, Y = 12 : 3, Y = 4.
Portanto, Tales fará 4 vezes e Laura fará 4 x 2 = 8 vezes.

3- Tales irá receber Z reais e Laura 2Z. Então, Z + 2Z = 120, 3Z = 120, Z = 120 : 3, Z = 40. Portanto,
Tales receberá 40 reais e Laura receberá 2 x 40 = 80 reais.
MATEMÁTICA
MATEMÁTICA

ANO
ANO

SEQUÊNCIA
SEQUÊNCIA

DIDÁTICA
DIDÁTICA

SD5
SD5 -
- Matemática
Matemática e
e Arte
Arte
O uso da estatística na interpretação de pesquisas e dados

voltados para gêneros e estilos musicais.

Aprender a interpretar gráficos e tabelas e conhecer os principais gêneros


musicais da atualidade.

Probabilidade e estatística e Música.

Arte

(EF05MA24) (EF05MA25) (EF15AR13)

Professor/a, durante a aplicação das atividades, observe se


o/a estudante avançou no processo de desenvolvimento
das habilidades ou se é necessário que você proponha novas
ações pedagógicas para ajudá-los na superação das
dificuldades identificadas.
Quantidade Objetivos de aprendizagem
Objetos do conhecimento
de Aulas específicos

Compreender a função dos gráficos e Leitura, coleta, classificação


tabelas em pesquisas estatísticas. interpretação e representação de
AULA 1 dados em tabelas de dupla entrada,
Aprender a interpretar e representar gráfico de colunas agrupadas, gráficos
gráficos e tabelas. pictóricos e gráfico de linhas.

Interpretar gráficos e tabelas voltadas Leitura, coleta, classificação


para gêneros e estilos musicais. interpretação e representação de
dados em tabelas de dupla entrada,
Trabalhar com gráfico pictórico no estudo gráfico de colunas agrupadas, gráficos
AULA 2 da música. pictóricos e gráfico de linhas.

Explorar os diferentes estilos musicais da Contexto e práticas.


atualidade.

Resolver problemas de coleta de dados


por meio de representação gráfica e Leitura, coleta, classificação
tabela de dupla entrada. interpretação e representação de
AULA 3 dados em tabelas de dupla entrada,
Utilizar gráficos de colunas agrupadas gráfico de colunas agrupadas, gráficos
para representar problemas dessa pictóricos e gráfico de linhas.
natureza.

Leitura, coleta, classificação


Realizar uma pesquisa seguindo as etapas interpretação e representação de
AULA 4 de organização de coleta de dados e dados em tabelas de dupla entrada,
representação gráfica. gráfico de colunas agrupadas, gráficos
pictóricos e gráfico de linhas.
Unidades Temáticas/ Habilidades associadas
AULAS
Práticas de Linguagem (habilidade com a descrição):

(EF05MA24) Interpretar dados


estatísticos apresentados em textos,
tabelas e gráficos (colunas ou linhas),
referentes a outras áreas do
conhecimento ou a outros contextos,
como saúde e trânsito, e produzir
textos com o objetivo de sintetizar
conclusões.
AULA
Probabilidade e estatística
1 (EF05MA25) Realizar pesquisa
envolvendo variáveis categóricas e
numéricas, organizar dados coletados
por meio de tabelas, gráficos de
colunas, pictóricos e de linhas, com e
sem uso de tecnologias digitais, e
apresentar texto escrito sobre a
finalidade da pesquisa e a síntese dos
resultados.

(EF05MA24) Interpretar dados


estatísticos apresentados em textos,
tabelas e gráficos (colunas ou linhas),
referentes a outras áreas do
Probabilidade e estatística conhecimento ou a outros contextos,
como saúde e trânsito, e produzir
textos com o objetivo de sintetizar
AULA conclusões.
2
Interface interdisciplinar

(EF15AR13) Identificar e apreciar


criticamente diversas formas e
gêneros de expressão musical,
Música reconhecendo e analisando os usos e
as funções da música em diversos
contextos de circulação, em especial,
aqueles da vida cotidiana.

(EF05MA24) Interpretar dados


estatísticos apresentados em textos,
tabelas e gráficos (colunas ou linhas),
referentes a outras áreas do
conhecimento ou a outros contextos,
como saúde e trânsito, e produzir
textos com o objetivo de sintetizar
conclusões.
AULA
Probabilidade e estatística
3 (EF05MA25) Realizar pesquisa
envolvendo variáveis categóricas e
numéricas, organizar dados coletados
por meio de tabelas, gráficos de
colunas, pictóricos e de linhas, com e
sem uso de tecnologias digitais, e
apresentar texto escrito sobre a
finalidade da pesquisa e a síntese dos
resultados.

(EF05MA24) Interpretar dados


estatísticos apresentados em textos,
tabelas e gráficos (colunas ou linhas),
referentes a outras áreas do
conhecimento ou a outros contextos,
como saúde e trânsito, e produzir
textos com o objetivo de sintetizar
conclusões.
AULA
Probabilidade e estatística
4 (EF05MA25) Realizar pesquisa
envolvendo variáveis categóricas e
numéricas, organizar dados coletados
por meio de tabelas, gráficos de
colunas, pictóricos e de linhas, com e
sem uso de tecnologias digitais, e
apresentar texto escrito sobre a
finalidade da pesquisa e a síntese dos
resultados.
CONTEXTUALIZANDO AS AULAS

Professor, essa sequência didática será desenvolvida em 4 aulas com atividades que
contemplam os componentes de Matemática e Arte, numa abordagem interdisciplinar. Com relação
ao componente de Matemática abordaremos o conceito de interpretação de dados estatísticos
através de gráficos e tabelas, e faremos um estudo a respeito da realização de pesquisas, coleta de
dados e síntese dos resultados. Já no componente de Arte, iremos realizar um trabalho de
investigação com pesquisas relacionadas a gêneros e estilos musicais na atualidade, trabalhando
também com a interpretação de gráficos e tabelas.
Fala aí!
I – Explorando os conhecimentos prévios

Unidade Temática: Probabilidade e estatística

(EF05MA24) Interpretar dados estatísticos apresentados em textos, tabelas e gráficos (colunas ou


linhas), referentes a outras áreas do conhecimento ou a outros contextos, como saúde e trânsito, e
produzir textos com o objetivo de sintetizar conclusões.

(EF05MA25) Realizar pesquisa envolvendo variáveis categóricas e numéricas, organizar dados


coletados por meio de tabelas, gráficos de colunas, pictóricos e de linhas, com e sem uso de
tecnologias digitais, e apresentar texto escrito sobre a finalidade da pesquisa e a síntese dos
resultados.

Professor, inicie a aula explorando os conhecimentos prévios dos estudantes acerca de gráficos e
tabelas estatísticas. Mostre, por exemplo, uma pesquisa apenas escrita e a mesma pesquisa
organizada em uma tabela ou gráfico, para que os estudantes possam sentir a diferença da
organização e da facilidade que as tabelas e gráficos oferecem para encontrar algum dado ou
levantamento.

❖ Sugestão de problemática: Uma pesquisa foi realizada no prédio em que Joana mora, a
respeito da quantidade de filhos que cada apartamento tinha. Foi descoberto que em 8
apartamentos não tinham filhos, em 7 tinha 1 filho, em 6 tinha 2 filhos e em 2 tinha 3 filhos.
Observe o gráfico em que representa esses dados coletados:
Agora questione os estudantes:

❖ Foi mais fácil compreender a pesquisa através do texto ou da tabela? Justifique.

Estudantes, vamos assistir um vídeo


sobre gráficos e tabelas estatísticas e
aprender a organizar e inserir dados
nelas!
Figura 1: Print do vídeo “Tabelas e gráficos - O que são?”

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=Kwt92IO6DPs> Acesso em: 04/01/22.

➢ ACESSE O LINK PARA ASSISTIR: https://www.youtube.com/watch?v=Kwt92IO6DPs

Agora responda:

1- Porque devemos sintetizar as informações de uma pesquisa?

2- Você conhece mais alguma forma de representação de dados fora as que foram apresentadas no
vídeo?

3- Para você, qual a melhor maneira de agrupar informações? Por quê?

REPRESENTANDO DADOS DE UMA PESQUISA


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=-yxXmoVn7V4
As tabelas e os gráficos estão presentes
em jornais, revistas e outros meios de
comunicação. São utilizados para
representar uma coleta de dados de
maneira eficaz e prática, de fácil
entendimento.

Observe o exemplo a seguir:

Uma loja de artigos esportivos resolveu fazer um levantamento da quantidade de bicicletas vendidas
durante o segundo semestre de 2021.

Observe a tabela simples com os


dados do problema.
Figura 2: Quadro com as quantidades de bicicletas vendidas no semestre.

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO DE GOIÁS. Disponível em: <https://portal.educacao.go.gov.br/wp-


content/uploads/2021/06/Atividade-10-5o-Ano-Matematica-Tema-Tabelas-e-graficos-Professor.pdf> Acesso em: 04/01/22.

Um dos vendedores da loja


apresentou as quantidades de outra
maneira, em um gráfico de colunas.

Os gráficos são úteis para ter uma visão detalhada da


pesquisa em questão, mostrando alterações de
dados durante um período ou para ilustrar uma
comparação entre itens.

Figura 3: Gráfico de colunas com as quantidades de bicicletas vendidas no semestre.

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO DE GOIÁS. Disponível em: <https://portal.educacao.go.gov.br/wp-


content/uploads/2021/06/Atividade-10-5o-Ano-Matematica-Tema-Tabelas-e-graficos-Professor.pdf> Acesso em: 04/01/22.
NOTE QUE… Quando observamos os dados distribuídos na
tabela, não percebemos de imediato a queda
ou aumento mensal nas vendas das bicicletas.
Já através do gráfico, percebemos claramente
as variações ocorridas nas vendas!

1- Lucas resolveu fazer uma pesquisa em sua turma para saber a comida favorita de cada um. Ele
descobriu que 5 alunos gostam de coxinha, 9 gostam de pizza, 3 gostam de cachorro quente, 1 gosta
de salada, 4 gostam de sushi, 7 gostam de hambúrguer e 3 gostam de batata frita. Organize os dados
obtidos na tabela abaixo:

a) Qual comida os alunos mais gostam?


b) Quantos alunos responderam essa pesquisa?

2- Joana e Caio são alunos do 5º ano da Escola Municipal de Campina Grande, e resolveram fazer uma
pesquisa a respeito dos meios de transporte que eles utilizam para irem até a escola, e obtiveram as
seguintes respostas:

Fonte: Elaboração própria

Faça o gráfico de colunas colocando os dados dessa pesquisa:

Fonte: Elaboração própria


3- O gráfico de pizza é outra representação gráfica bastante utilizada na organização de dados de uma
pesquisa. Ele é em formato circular semelhante a uma pizza, onde as fatias representam as categorias
dos dados e são de tamanhos proporcionais às quantidades que cada um representa.

Abaixo temos a representação de uma pesquisa realizada no cinema a respeito das


preferências de filmes das pessoas que estavam circulando pelo shopping:

Figura 4: Gráfico de pizza: Tipos de filmes.

Fonte: Elaboração própria

De acordo com o gráfico acima, responda:


a) Qual a preferência de filme da maioria das pessoas?

b) Qual categoria foi a menos votada?

c) Qual a porcentagem de pessoas que escolheram a categoria ficção?


4- O quadro a seguir mostra o faturamento de uma empresa de telefonia no primeiro semestre do ano
de 2021:

Figura 5: Quadro de faturamento do primeiro semestre de 2021

Fonte: Elaboração própria

a) Em que mês houve o menor faturamento?

b) Qual mês foi o melhor em faturamento para a empresa?

c) Qual a diferença, em vendas, dos meses de Janeiro para Fevereiro?

d) Quanto faturou a empresa nesse semestre?


Lá vem Arte!
II– Interdisciplinando a temática

Unidades Temáticas: Probabilidade e estatística e Música

(EF05MA24) Interpretar dados estatísticos apresentados em textos, tabelas e gráficos (colunas ou


linhas), referentes a outras áreas do conhecimento ou a outros contextos, como saúde e trânsito, e
produzir textos com o objetivo de sintetizar conclusões.

(EF15AR13) Identificar e apreciar criticamente diversas formas e gêneros de expressão musical,


reconhecendo e analisando os usos e as funções da música em diversos contextos de circulação, em
especial, aqueles da vida cotidiana.

Você já imaginou um mundo sem música? Ouvimos


músicas até mesmo antes de nascer, no ventre de
nossas mães. A música está presente nas
brincadeiras de infância, nos rituais religiosos, nos
aniversários, nas festas, dentre outros. Sempre
haverá uma música para recordar um momento de
nossas vidas.
Existem inúmeros gêneros e estilos
musicais no mundo. Vamos
acompanhar um vídeo que mostra
os estilos musicais mais populares
desde 1990 até 2019!

Figura 6: Print do vídeo “Os estilos musicais mais ouvidos do mundo”

Fonte: YOUTUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=BJUoJ8wIyvw> Acesso em: 05/01/22

➢ ACESSE O LINK PARA ASSISTIR: https://www.youtube.com/watch?v=BJUoJ8wIyvw


Agora responda:

1- Os dados coletados no vídeo estão organizados de que maneira?

2- Nos anos 2000, qual o estilo de música mais ouvido?

3- Quanto por cento da população escutava Punk no ano de 2019?

OS GÊNEROS MUSICAIS DO BRASIL


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=xI0ZBn2aAqU

Texto 1: Recorte da notícia “Spotify: lista de mais ouvidos de 2021 é dominada por sertanejos”

Spotify: lista de mais ouvidos de 2021 é dominada por


sertanejos
Donos do clipe mais visto no YouTube, Israel e Rodolffo têm música mais ouvida
no Spotify neste ano. Barões da Pisadinha, Gusttavo Lima e Marília Mendonça
também se destacaram.
Os três estilos musicais mais ouvidos no Spotify em 2021 no Brasil foram Sertanejo Pop, Sertanejo
Universitário e Sertanejo.

Esse dado mostra a força do estilo e está em uma retrospectiva divulgada nesta quarta-feira (1º)
pela plataforma de streaming.

Donos do clipe mais visto no Brasil no YouTube, neste ano, Israel e Rodolffo tiveram a música mais
ouvida no Spotify em 2021. "Batom de cereja" liderou o top 5, seguida por "Facas", de Diego & Victor
Hugo

Veja as listas dos mais ouvidos no Spotify em 2021, no Brasil:

Top 5 artistas mais ouvidos no Spotify


● Os Barões Da Pisadinha
● Gusttavo Lima
● Marília Mendonça
● Jorge & Mateus
● Henrique & Juliano
Fonte: G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/pop-arte/musica/noticia/2021/12/01/sertanejo-domina-lista-de-mais-
ouvidos-do-spotify-em-2021.ghtml> Acesso em: 05/01/22.

1- De acordo com o texto acima e suas preferências musicais, responda:

a) Segundo o Top 5 de artistas mais ouvidos no Spotify, quem ficou em 3º lugar?

b) No texto fala que os três estilos musicais mais ouvidos no Spotify em 2021 no Brasil foram sertanejo
pop, sertanejo universitário e sertanejo. E para você, qual seu estilo de música favorito? Cite pelo
menos 3.

c) Foi realizada uma pesquisa para saber quantas pessoas curtiam a lista do Top 5 dos artistas mais
ouvidos no Spotify, onde cada pessoa só poderia curtir apenas um artista, e obtivemos o seguinte
resultado:
Fonte: Elaboração própria

Construa um gráfico de sua preferência com os dados dessa tabela.

d) De acordo com a tabela anterior, quantas pessoas ao total curtiram os artistas do Top 5?
Olá, estudantes!
Vocês já devem conhecer esse instrumento
que estou segurando. Isso mesmo, é uma
sanfona!
A sanfona é um instrumento essencial do
forró, que é um ritmo muito tocado no
Nordeste brasileiro.

2- Abaixo encontra-se um pictograma construído a partir de uma pesquisa de opinião a respeito dos
melhores sanfoneiros do nordeste. Como você pode perceber, em um pictograma, cada figura
representa uma quantidade.

Fonte: Elaboração própria

De acordo com o gráfico, responda:


a) Quanto vale cada sanfona?

b) Quantas pessoas votaram em Sivuca?

c) Qual o total de pessoas que responderam essa pesquisa?

d) Quantas pessoas não votaram em Luiz Gonzaga?

3- Uma emissora de rádio realizou uma pesquisa de opinião entre os ouvintes para conhecer o gênero
preferido deles. Para isso foram consultadas 1000 pessoas. 115 pessoas responderam Pop, 285
responderam Forró, 100 responderam Brega, 320 responderam Sertanejo, 180 responderam Pagode.

a) Organize os dados na tabela abaixo:

b) Preencha os dados do gráfico com os nomes de cada gênero de acordo com o local correto de cada
um:
Legenda:
1. ____________
2. ____________
3. ____________
4. ____________
5. ____________
Ampliando saberes!

III - Aprofundando os objetos de conhecimento

Unidade Temática: Probabilidade e estatística

(EF05MA24) Interpretar dados estatísticos apresentados em textos, tabelas e gráficos (colunas ou


linhas), referentes a outras áreas do conhecimento ou a outros contextos, como saúde e trânsito, e
produzir textos com o objetivo de sintetizar conclusões.

(EF05MA25) Realizar pesquisa envolvendo variáveis categóricas e numéricas, organizar dados


coletados por meio de tabelas, gráficos de colunas, pictóricos e de linhas, com e sem uso de
tecnologias digitais, e apresentar texto escrito sobre a finalidade da pesquisa e a síntese dos
resultados.

Professor, nessa aula iremos nos aprofundar no conteúdo de estatística incluindo o conceito de
tabelas de dupla entrada, que organizam dados com base em duas variáveis, por exemplo: menino e
menina, matemática e geografia, dentre outros. Na mesma temática, iremos inserir o conceito de
gráficos de colunas agrupadas para representar e interpretar as tabelas de dupla entrada e poder ter
uma melhor visualização da finalidade e síntese da pesquisa em questão.
Olá, pessoal!
Vamos retornar ao problema inicial da aula
1, que falava sobre o levantamento do
número de bicicletas vendidas no segundo
semestre de 2021 de uma loja de artigos
esportivos.

Nesse mesmo contexto, outro gerente


acrescentou mais um artigo na tabela de
vendas, apresentando uma tabela de
dupla entrada.

TABELA DE DUPLA ENTRADA SÃO TABELAS QUE


ORGANIZAM DADOS COM BASE EM DUAS VARIÁVEIS.

Nesse caso as variáveis são: Bicicletas e Patins

Fonte: Elaboração própria


Para facilitar a visualização desses dados, o
gerente também apresentou um gráfico de
colunas agrupadas, que compara valores
entre as categorias em cada período.
Estudantes, que tal aprendermos a
construir gráficos de colunas
agrupadas utilizando o Word no
computador, a partir dos dados de
uma tabela de dupla entrada?
Assistam o passo a passo a seguir!

Figura 7: Print do vídeo “Como fazer gráfico no Word passo a passo”


Fonte: YOUTUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=ZKGNm8PxOfU> Acesso em: 05/01/22.

➢ ACESSE O LINK PARA ASSISTIR: https://www.youtube.com/watch?v=ZKGNm8PxOfU

Agora construa o gráfico utilizando o Word, da seguinte problemática:

Foi realizada uma pesquisa para saber que animal de estimação as pessoas preferem, entre cães e
gatos. E o resultado obtido está exposto na tabela a seguir:

Fonte: Elaboração própria

Após construir o gráfico, faça um breve comentário a respeito dos resultados dessa pesquisa.

EXCEL - GRÁFICO COM COLUNAS AGRUPADAS


Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=DEUZwE9fMUU
1- O dono de uma pizzaria realizou uma pesquisa sobre os sabores favoritos de seus clientes para
identificar qual sabor fará parte de algumas promoções. Ele organizou os votos dos clientes da seguinte
forma:

Fonte: Elaboração própria

a) Quais sabores as mulheres preferem mais que os homens?

b) Qual o sabor preferido dos homens?

c) Qual o sabor preferido das mulheres?


d) Qual a diferença da quantidade de homens que gostam da pizza de charque para a quantidade de
mulheres?

e) Qual o total de pessoas que foram consultadas nessa pesquisa?

2- Construa um gráfico de colunas agrupadas que represente os dados da tabela da questão anterior
e faça um breve comentário a respeito dos resultados obtidos.

3- O gráfico abaixo representa as notas das avaliações de Matemática e Português do 4º bimestre de


Virgínia:
Fonte: Elaboração própria

a) De acordo com os dados apresentados faça uma síntese dos resultados de cada mês, relatando cada
situação apresentada.

Outubro:

Novembro:

Dezembro:

b) Qual foi a maior nota que Virgínia tirou no bimestre? Em que disciplina?

c) De uma maneira geral, ela foi melhor em Matemática ou Português? Justifique.


4- Observe o gráfico de linhas a seguir:

Ao final de um jogo de corrida de carros, foi gerado esse gráfico mostrando o desempenho de cada
jogador durante a corrida. De acordo com o gráfico, preencha a tabela a seguir:
Vamos ao desafio!

IV - É hora da resolução de problemas

Unidade Temática Probabilidade e estatística

(EF05MA24) Interpretar dados estatísticos apresentados em textos, tabelas e gráficos (colunas ou


linhas), referentes a outras áreas do conhecimento ou a outros contextos, como saúde e trânsito, e
produzir textos com o objetivo de sintetizar conclusões.

(EF05MA25) Realizar pesquisa envolvendo variáveis categóricas e numéricas, organizar dados


coletados por meio de tabelas, gráficos de colunas, pictóricos e de linhas, com e sem uso de
tecnologias digitais, e apresentar texto escrito sobre a finalidade da pesquisa e a síntese dos
resultados.
Olá, pessoal! Vamos jogar um
quiz a respeito de tudo que
aprendemos sobre interpretação
de gráficos e tabelas e testar
nossos conhecimentos?

Basta acessar o link, clicar


em avançar e responder as
perguntas. Estão prontos?

Figura: Print do jogo “Gráficos e tabelas”

Fonte: ATIVIDADE DIGITAL. Disponível em: <https://atividade.digital/jogos/matematica/graficos-tabelas/graficos-


tabelas?level=0> Acesso em: 05/01/22.
PLAY
ACESSE O LINK PARA JOGAR:
https://atividade.digital/jogos/matematica/gr
aficos-tabelas/graficos-tabelas?level=0

TABELAS E GRÁFICOS
Disponível em: https://wordwall.net/pt/resource/24517195/tabelas-e-gr%C3%A1ficos
Estudantes, o desafio de hoje consiste em
vocês planejarem e executarem uma
pesquisa estatística, fazendo ao final a
interpretação gráfica e comunicação dos
resultados obtidos na pesquisa.
Se liga nas orientações a seguir!

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE UMA PESQUISA

Uma pesquisa precisa de um bom planejamento, aqui vai algumas etapas importantes para
organização de uma pesquisa eficiente:

1. Escolher um tema;
2. Formular uma pergunta;
3. Elencar os passos para a coleta de
dados;
4. Organizar os dados coletados;
5. Analisar os dados;
6. Elaborar conclusões.

Após esse planejamento e execução, organize os dados coletados em uma tabela. Em seguida,
escolha o melhor tipo de gráfico e apresente por meio de um pequeno texto os resultados obtidos.
Agora é a sua vez!

➢ Siga todos os passos e faça uma pesquisa em sua comunidade, ou com seus familiares, ou
com os colegas de classe, desenvolvendo uma temática a sua escolha e apresente todo o percurso,
tabela, gráfico e os resultados obtidos. Sejam organizados e criativos!

Conectando saberes
1- Espera-se que o estudante responda que é importante sintetizar para que se tenha uma visão
melhor da pesquisa em questão, os gráficos são instrumentos fundamentais para isso.

2- Resposta pessoal.

3- Resposta pessoal.

Registrando saberes
1-
a) Pizza.

b) 32 alunos.

2-

3-

a) Comédia.

b) Drama.

c) 15%.

4-

a) Abril.
b) Fevereiro e Junho.

c) R$15.000,00.

d) R$340.000,00.

Conectando saberes
1- Em gráfico de colunas.

2- O estilo mais ouvido nos anos 2000 era o House.

3- 8,7%.

Registrando saberes
1-

a) Marília Mendonça.

b) Resposta pessoal.

c) Um exemplo de gráfico:

d) 2.925 pessoas.
2-

a) Cada sanfona vale 100 votos.

b) 400 pessoas.

c) 1.300 pessoas.

d) 800 pessoas.

3-

a)

b)

Legenda:

1. Sertanejo 32%
2. Forró 28%
3. Pop 12%
4. Pagode 18%
5. Brega 10%

Conectando saberes
Sugestão de gráfico:

Comentário: Resposta pessoal. Espera-se que os estudantes percebam que a maioria dos homens
preferem cães, já as mulheres preferem gatos. E na opção de não ter animais de estimação, os
homens saíram na frente, ou seja, a maioria das mulheres gostam de ter animais de estimação.

Registrando saberes
1-

a) Portuguesa e frango.

b) Calabresa.

c) Calabresa.

d) 13 homens a mais que as mulheres.

e) 301 pessoas foram consultadas.


2-

3-

a) Outubro: Virgínia neste mês foi melhor na disciplina de Português do que em Matemática. Tirou
8,5 em Português e 7 em Matemática.

Novembro: Virgínia neste mês aumentou sua nota em Matemática e diminuiu em Português,
inclusive ficou abaixo da média 7. Tirou 9 em Matemática e 6 em Português.

Dezembro: Virgínia neste mês diminuiu sua nota em Matemática e ficou abaixo da média 7, e
aumentou sua nota em Português. Tirou 6,5 em Matemática e 7,5 em Português.

b) Nota 9, em Matemática.

c) Foi melhor em Matemática, porque o somatório de todas as notas de Matemática foi maior do
que o somatório das notas de Potuguês.

4-
Conectando saberes
Respostas pessoais.

Registrando saberes
Respostas pessoais.

Você também pode gostar