Você está na página 1de 2

Tens

Dor Sistema Segmentar - Substância gelatinosa


Experiência sensorial e emocional desagradável, associada a dano presente Proposta por Melzack & Wall em 1965
ou potencial Hiper-estimulação das fibras Aβ

Classificação das fibras nervosas


Sensoriais
Motoras
Sistema Autônomo
Teoria dos opioides endógenos
Sistema inibitório descendente
Classificação das fibras nervosas sensoriais Produzido pelas glândulas pituitárias
Tipo A A TENS estimula a produção de opióides (substâncias semelhantes ao
Alfa ópio) naturais do próprio organismo (endógenos).
Beta
Estímulos de alta intensidade e baixa frequência (TENS acupuntura e
Gama
Burst) causam liberação de peptídios opióides endógenos que se ligam aos
Delta
respectivos receptores e inibem a nocicepção.
Tipo C

Tens Modo Convencional


Frequência de pulso: ALTA (50 a 100 Hz)

Vias de Nocicepção Duração do pulso: 20 a 80 µs (estreito)


Intensidade: Confortável
Trato espinotalâmico lateral Duração do alívio: 20’ á 2 hs (curto)
Fibras A- delta (aguda)
Utilizado em dores agudas
Sensação: Ligeiro formigamento ou parestesia sem contração muscular
Sistema ascendente multissinático Início do alívio: 20’
Fibras tipo C (dor imprecisa) Mínimo 40’ a 50

Tens Acupuntura
Classificação da dor Frequência de pulso: BAIXA (1 a 4 Hz)

Mínimo 45’
Quanto à duração: rápida ou lenta Intensidade: Moderada ou forte
Quanto à origem: cutânea, visceral, referida Início do alívio: 20’ à 30’ até 1 hora
Duração do alívio: 2 a 6 hs
Utilizado em dores crônicas
Duração do pulso: 150 a 230 µs (largo)
Teoria das comportas Sensação: Contrações musculares rítmicas (visíveis)
Estímulos de baixa intensidade e alta frequência (TENS convencional)
estimulam as fibras grossas mielínicas A- beta, fechando a comporta Tens Breve-intenso
para a transmissão dos impulsos nociceptivos. Intensidade: “Forte”
Frequência de pulso: ALTA (100 a 150 Hz)
Mínimo 15’ a 20’
Duração do pulso: 150 a 250 µs (largo)
Duração do alívio: Pequena, apenas durante a estimulação
Início do alívio: 10’ á 15’
Sensação: Fasciculações musculares não rítmicas, ou contrações tetânicas
Utilizada para alívio imediato (antes de procedimentos dolorosos como
mobilizações articulares, massagem transversa profunda, etc)

Tens Burst
Frequência de pulso:ALTA (100 Hz)
Frequência de modulação - 1 a 4 Hz - (Frequência dos trens de pulso)
Duração do pulso: 200 µs (largo)
Intensidade: Variável de forte a fraco
Mínimo 40’
Início do alívio: 10’a 30’
Duração do alívio: 20’à 6 hs
Sensação: Contrações musculares rítmicas, acompanhadas de parestesias
Utilizada em casos subagudos e crônicos, ou para estimulação muscular

Efeitos analgesicos da tens


Alívio da dor aguda Alívio da dor crônica
Dor pós-operatória Lombar
• Dor obstétrica • Artrite
• Dismenorréia • Coto e dor fantasma
• Dor musculoesquelética • Neuralgia pós-herpética
• Fraturas ósseas Neuralgia trigeminal
• Procedimentos dentários • Lesão de nervos periféricos
• Angina pectoris
• Dor facial
• Dor óssea metastática

Tens: contraindicações
Tecidos lesionados
Eventos neurológicos agudos
Marcapasso
Região anterior do pescoço
Boca e genitálias
Gravidez
Estruturas com sinais de má circulação

Técnicas de aplicação
Bilateral (2 lados da área a ser tratada);
Proximal (acima do nível da lesão);
Distal (Pelo menos um na periferia da dor);
Linear (distal e proximal);
Alternado ;
Cruzado ;
Miótomo

Você também pode gostar