Você está na página 1de 3

AVALIAÇÃO A DISTÂNCIA 1 – 2022/2

Disciplina: FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO 1

Coordenador: GIOVANE DO NASCIMENTO

Nome: Lucas Campos Barcelos


Polo: São fidélis

Prezado aluno,

A avaliação a distância 1, consiste em 3 etapas:

1. Assistir o filme “A Onda”, através do link disponibilizado na Plataforma.


2. Participar da Palestra “O sentido da educação”, ministrada pelo Coordenador da Disciplina
Giovane do Nascimento, através do link, a ser disponibilizado na Plataforma. (valor 2,0)
3. Redigir uma resenha crítica, relacionando o filme às questões trazidas na palestra. A resenha
deve conter até 2 (duas) laudas. (folha em anexo) (valor 8,0)
AVALIAÇÃO A DISTÂNCIA 1 – RESENHA CRÍTICA
2022/2

Disciplina: FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO 1

Coordenador: GIOVANE DO NASCIMENTO

Nome: Lucas Campos Barcelos

Polo: São fidélis

No filme “A Onda” o professor Rainer Wenger tenta ensinar a seus alunos sobre
autocracia de uma forma dinâmica, usa sua aula como um exemplo de regime
autocrata com normas a serem seguidas e respeitadas nessa aula surgiu um grupo
que se auto denominou como “A Onda” esse grupo criou um tipo de sinal como
cumprimento e começou a usar um uniforme e tinha como líder o professor Wenger,
no qual eles só se referiam como Sr. Wenger. Os alunos envolvem-se de tal maneira
que acabam levando os ensinamentos sobre aquele regime para fora da sala de aula
e adotam como ideais para a vida. Com isso, o movimento acaba tomando grandes
proporções e alguns alunos começam a praticar atos de violência e exclusão. Ao ficar
sabendo sobre o que os alunos têm feito, Rainer toma a decisão de acabar com o
grupo, porém, Tim , um aluno do Sr. Wenger, acaba levando o grupo como “sua vida”
e após ficar sabendo da decisão do professor, fica em pânico e atira em um colega de
classe, ao perceber o que ele fez, acaba se matando. O filme nos faz refletir sobre
aspectos da pedagogia tradicional e da renovada. Para poder fazer a relação entre
elas e o filme, é necessário primeiro conceitua-las. A pedagogia tradicional é a que
sobrepõe a teoria à prática, elas são separadas e a prática é vista como aplicação da
teoria e o ensino como forma de alienação; que coloca o professor como o detentor
do saber e o centro do ensino; o conteúdo é exposto de forma mecânica e é separada
das experiências do cotidiano e não está de acordo com as realidades sociais; além
de ser um conjunto de regras. Já na pedagogia renovada, ou escola nova, o
importante é a aquisição do saber, o que pode desqualificar o saber em si. O
conteúdo é flexível, aberto e espontâneo, parte-se do conhecimento vulgar para
chegar ao conhecimento científico; o papel do professor era de apenas auxiliar e
intervir apenas se fosse necessário ajudar o aluno a reencontrar seu raciocínio. No
filme, quando o professor resolve implementar o regime de autocracia, acaba
utilizando se das duas pedagogias. Isso, porque a ideia dele de partir do
conhecimento já existente dos alunos sobre o conceito de autocracia para depois
explicar o conceito científico é a forma no qual a pedagogia renovada defende como
deve ser apresentado o conteúdo. Apesar do professor ser considerado o detentor de
saber, ele apenas auxilia os alunos no entendimento sobre que aspectos “A Onda”
tem sobre autocracia e só interfere quando percebe que os alunos estão
desviando-se do objetivo principal, que é o que a pedagogia renovada defende como
deve ser o papel do professor. Levando em consideração essa análise, foi possível
perceber que mesmo que a Escola Nova seja considerada ideal para utilizar-se em
sala de aula, a pedagogia tradicional acaba se tornando muito presente até mesmo
atualmente, uma vez que, dá ao professor a capacidade de “controle” total de seus
alunos, além de ele ser o único considerado como detentor do saber. Entretanto,
apesar de alguns professores julgarem isso como uma forma de controlar aqueles
alunos dispersos, não levam em consideração que nem todos os alunos aprendem de
forma igual, existe a questão social, cultural e ideológica que influencia a forma que
ele aprende. Logo, o fato do professor saber o que aluno entende sobre tal assunto
para depois explicar o conhecimento científico sobre o assunto, ajuda o professor a
moldar sua explicação e fazer com que todos os alunos tenham acesso ao
conhecimento. Apesar da Escola Nova ser ideal, ela pode ser contestada, uma vez
que dá ao aluno total liberdade em sala de aula e ele acaba se dispensando. Porém,
é papel do professor fazer com que esse aluno tenha interesse em sua aula, através
de aulas mais dinâmicas e interativas, não fazer com que ele seja obrigado a seguir
um sistema de normas e regras, pois assim, seu aluno se tornará mais
desinteressado e vai acabar não conseguindo ter conhecimento de qualquer maneira.
Portanto, a melhor maneira de fazer o aluno se envolver em sua aprendizagem é
através da pedagogia renovada, tomando o cuidado para que o aluno não se desvie
do objetivo principal do conhecimento.

Você também pode gostar