Você está na página 1de 30

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

EM VIGOR

Nível de Qualificação: 5

Á rea de Educação e
Formação 481 . Ciências Informáticas

Código e Designação 481228 - Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas


do Referencial de
Formação Informáticos

Modalidades de Cursos de Especialização Tecnológica


Educação e Formação

Total de pontos de 104,25


crédito (inclui 15 pontos de crédito da Formação Prática em Contexto de Trabalho)

Publicação e Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial


atualizações do Catálogo Nacional de Q ualificações.

Observações

1 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. Organização do Referencial de Formação

Formação Geral e Científica

Código UFCD Horas

5062 Língua portuguesa 50

5063 Língua inglesa 50

5064 Matemática 50

Total de Pontos de Crédito da Formação Geral e Científica: 15

2 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
Formação Tecnológica

Código 1 Nº UFCD obrigatórias Horas Pontos de


crédito

5097 1 História da informática 25 2,25

5098 2 Arquitetura de hardware 25 2,25

5099 3 Montagem de hardware 25 2,25

5100 4 Deteção de avarias 25 2,25

5101 5 Hardware e redes de computadores 25 2,25

5102 6 Redes de computadores (avançado) 25 2,25

5103 7 Avaliação das necessidades de rede 25 2,25


numa organização

5104 8 Instalação de redes locais 50 4,50

5105 9 Arquitetura cliente - servidor 25 2,25

5106 10 Serviços de rede 25 2,25

5107 11 Servidor de dados 25 2,25

5108 12 Configuração avançada de sistemas 25 2,25


operativos servidores

5109 13 Políticas de segurança 50 4,50

5110 14 Servidor de correio eletrónico 25 2,25

5111 15 Configuração de serviços num servidor 50 4,50


linux

5112 16 Introdução aos sistemas operativos 25 2,25

5113 17 Sistema operativo cliente (plataforma 25 2,25


proprietária)

5114 18 Sistema operativo servidor (plataforma 25 2,25


proprietária)

5115 19 Sistema operativo servidor open source 25 2,25

5116 20 Sistemas operativos open source 25 2,25

Gestão e manipulação avançada de


5080 21 aplicações informáticas de 25 2,25
processamento de texto

3 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
Formação Tecnológica

Código 1 Nº UFCD obrigatórias Horas Pontos de


crédito

Gestão e manipulação avançada de


5081 22 aplicações informáticas de folha de 25 2,25
cálculo

Primeiros conceitos de programação e


5117 23 algoritmia e estruturas de controlo num 25 2,25
programa informático

5091 24 Programação estruturada e tipos de 25 2,25


dados

5118 25 Programação orientada a objetos - 25 2,25


introdução

5119 26 Estrutura de dados estática, composta e 50 4,50


dinâmica

5083 27 Análise de sistemas e estruturação de 25 2,25


bases de dados

5085 28 Criação de estrutura de base de dados 25 2,25


em SQL

5086 29 Programação em SQL 25 2,25

Total da carga horária e de pontos de crédito: 825 74,25

Formação em Contexto de Trabalho Horas Pontos de


crédito

A componente de formação em contexto de trabalho visa, aplicar


conhecimentos e saberes adquiridos às atividades práticas do
respetivo perfil profissional e executar atividades sob orientação,
utilizando as técnicas, os equipamentos e os materiais que se
integram nos processos de produção de bens ou de prestação de 400 15
serviços. Esta formação desenvolve-se em parceria, estabelecida
entre a instituição de formação e empresas, outras entidades
empregadoras, associações empresariais ou socioprofissionais entre
outras, e pode adotar diferentes modalidades, designadamente
estágios.

1O s códigos assinalados a laranja correspondem a UFCD com uns a dois ou m ais referenciais, ou seja, transferíveis
entre referenciais de form ação.

4 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
2. Desenvolvimento das Unidades de Formação de Curta
Duração (UFCD)
2.1. Formação Geral e Científica

5062 Língua portuguesa 50 horas

1. Prom over o desenvolvim ento das com petências oral e escrita, nas suas vertentes de
com preensão, ex pressão e produção em Língua Portuguesa (LP).
2. Aplicar conhecim entos linguísticos anteriorm ente adquiridos.
3. Dar continuidade ao estudo da LP com vista ao aperfeiçoam ento, adaptando-o as
necessidades m odernas, profissionais e pessoais dos form andos.
Objetivos 4. Analisar criticam ente diferentes tipos de enunciados.
5. Adquirir técnicas de planificação e preparação de diversas tipologias tex tuais.
6. Produzir enunciados orais e escritos, adequando-os a situações com unicativas
distintas.
7. Adquirir m étodos e técnicas de pesquisa, registo e tratam ento da inform ação.

Conteúdos
1. Linguagem e com unicação
1.1. Língua e linguagem
1.2. Uso da língua enquanto atividade social
1.2.1. A atividade verbal com o form a de acção
1.2.2. Com petência com unicativa
1.2.3. Princípios que guiam a com unicação verbal: o princípio de cooperação e as m áx im as conversacionais
1.2.4. O dito e o im plícito
1.2.5. Uso da língua e contex to situacional
2. A com unicação oral
2.1. Particularidades da oralidade
2.2. Processos de com unicação oral
2.2.1. Ex posição
2.2.2. Entrevista
2.2.3. Reunião
3. A com unicação escrita
3.1. Tratam ento de problem as de pontuação, acentuação, ortografia e as regras do processam ento de tex to
3.2. Produção escrita
3.2.1. A estrutura da frase
3.2.2. Período
3.2.3. Parágrafo
4. Processos de com unicação escrita
4.1. Tex to académ ico vs. tex to não académ ico

5 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
4.2. Tex to utilitário de natureza adm inistrativa: convocatória; carta; nota de serviço; relatório; m em orando;
acta; curriculum vitae

5063 Língua inglesa 50 horas

1. Prom over o desenvolvim ento das com petências oral e escrita em term os de
interpretação, com preensão, ex pressão e produção em Língua Inglesa, dem onstrando
crescente autonom ia no uso das com petências de com unicação.
2. Mobilizar os conhecim entos linguísticos anteriorm ente adquiridos e aplicá-los em
novas situações de aprendizagem .

Objetivos 3. Proporcionar o aperfeiçoam ento da Língua Inglesa, adequando-a ao contex to


socioprofissional dos form andos.
4. Utilizar a Língua Inglesa com o instrum ento de trabalho.
5. Possibilitar um a m anipulação autónom a da Língua Inglesa com o via de acesso à
utilização correta das Tecnologias de Inform ação e Com unicação.
6. Melhorar a interpretação de m atéria científica e tecnológica.

Conteúdos
1. A língua inglesa no quotidiano socioprofissional do técnico de inform ação e com unicação
2. A língua inglesa e as novas tecnologias
3. Com unicação oral e com unicação escrita em língua inglesa
3.1. O s aspetos form ais (fonológicos, sintáticos e léx ico-sem ântico) do sistem a linguístico inglês
3.2. Interpretação e produção de tex to
3.3. Planificação e desenvolvim ento de projetos individuais em Língua Inglesa; apresentação escrita e oral
desses projetos

5064 Matemática 50 horas

1. Ex plicar os conceitos básicos da m atem ática e estatística.


2. Realizar operações algébricas em diferentes bases.
3. Efectuar conversões entre bases.
4. Representar e realizar operações com conjuntos.
5. Definir álgebra de boole e utilizar as suas propriedades.
Objetivos 6. Utilizar tabelas de verdade para identificar o valor lógico de proposições.
7. Realizar operações com m atrizes.
8. Utilizar grafos para m odelar e interpretar problem as.
9. Ex plicar com o as ferram entas m atem áticas introduzidas se aplicam à inform ática.
10. Analisar e identificar situações e m étodos de cálculo a adotar perante problem as
concretos.

Conteúdos

6 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. O perações com bases
1.1. Noção de base de um sistem a de representação
1.2. Representação de um núm ero em diferentes bases
1.3. Conversão entre bases
1.4. Conversões rápidas entre as bases 2, 8 e 16
1.5. Lim itação de representação
1.6. O perações aritm éticas na base 2
1.7. Representação em com plem ento para 2
2. Teoria de conjuntos, lógica e álgebra de boole
2.1. Representação de conjuntos, relação de pertença e inclusão de conjuntos
2.2. O perações sobre conjuntos: reunião, interseção, diferença e com plem entação
2.3. Definição e valor lógico de um a proposição
2.4. Cálculo proposicional: negação, conjunção, disjunção de proposições
2.5. Tabelas de verdade
2.6. Definição de álgebra de boole e ex em plos
2.7. Propriedades de um a álgebra de boole
3. Matrizes e operações com m atrizes
3.1. Matriz de um sistem a linear e dim ensão de um a m atriz
3.2. Matriz linha e m atriz coluna, m atriz quadrada, m atriz diagonal, m atriz identidade e m atriz sim étrica
3.3. O perações com m atrizes: adição de m atrizes, produto de um escalar por um a m atriz, transposição de
m atrizes, m ultiplicação de m atrizes
4. Teoria dos Grafos
4.1. Definição de grafo (não orientado) e sua representação
4.2. Conceitos fundam entais: lacete, grafo sim ples, m ultigrafo, grafo conex o, grafo com pleto e grau de um
vértice Cam inhos de um grafo: cam inho sim ples, cam inho elem entar, circuito e ciclo
4.3. Matriz de adjacência de um grafo
4.4. Potências da m atriz de adjacência e resultados relevantes
5. Noções elem entares de estatística
5.1. De que trata a estatística: a estatística com o m etodologia da investigação científica. Estudos
observacionais e ex perim entais. A recolha, lim peza, resum o e apresentação dos dados. Populações e
am ostras, unidades am ostrais e variáveis. A escala de Stevens. Noções elem entares sobre am ostragem e
planeam ento de ex periências
5.2. Análise inicial de dados: ex ploração de dados univariados. Características am ostrais. Representações
gráficas. Ex ploração de dados bivariados. Noções elem entares sobre regressão
5.3. Probabilidade e probabilidade condicional: noções de probabilidade; a ax iom ática de Kolm ogorov e suas
consequências. Probabilidade condicional. Probabilidade de um a cadeia e regra da m ultiplicação.
Independência. O Teorem a da Probabilidade Total e o Teorem a de Bayes

2.2. Formação Tecnológica

5097 História da informática 25 horas

1. Conhecer as fases da evolução da Inform ática.


Objetivos
2. Identificar as gerações de com putadores.

7 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
Conteúdos
1. Génese da inform ática
1.1. Necessidade da inform ação
1.2. Escrita - os prim eiros registos
2. Evolução da Inform ática
2.1. Iniciativas do Departam ento de Defesa dos Estados Unidos
2.2. ENIAC e os prim eiros com putadores
2.3. Percursores e protótipos
2.4. Gerações de com putadores
2.4.1. Classificação de com putadores em gerações m ediante as suas características

5098 Arquitetura de hardware 25 horas

1. Identificar os vários com ponentes de hardware que integram um com putador.


Objetivos 2. Identificar a funcionalidade de cada com ponente.
3. Identificar m ecanism os de com unicação entre os com ponentes.

Conteúdos
1. Hardware e software
1.1. Conceitos base
1.2. Unidade central de processam ento
1.3. Periféricos
1.3.1. Dispositivos de entrada e saída
1.4. Software base
1.5. Software aplicacional
1.6. Packages
2. Motherboard
2.1. Tipos de motherboard TX, VX, FX, ATX
3. Processadores
3.1. Fam ília de processadores da Intel
3.2. Arquitectura dos processadores (RISC/CISC)
3.3. Co-processadores m atem áticos
3.4. Mem órias cache internas (L1)
3.5. Relógio interno
3.6. Instalação e configuração de um processador
4. Mem órias
4.1. Mem órias RAM, RO M, CACHE
4.2. Núm ero de contactos
4.3. Velocidades
4.4. Instalação de m em órias num com putador

8 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
5. Discos rígidos e CD-RO M
5.1. Norm as EIDE/ATAPI e SCSI
5.2. Instalação e/ou substituição de um disco rígido
5.3. Instalação e/ou substituição de um CD-RO M
6. Barram entos
6.1. Tipos de barram entos
6.1.1. ISA/EISA, VESA, PCI
7. Slot’s de ex pansão
8. Portas de com unicação
8.1. Portas de com unicação - RS232C e Centronix

5099 Montagem de hardware 25 horas

1. Efectuar a instalação de equipam entos inform áticos de diversas arquiteturas.


Objetivos 2. Efectuar a configuração básica de com ponentes: necessária ao arranque do
com putador e configuração de jumpers.

Conteúdos
1. Instalação de um com putador
1.1. Montagem de um com putador de raiz
1.2. Instalação da motherBoard
1.3. Instalação e configuração do processador
1.4. Instalação de m em órias
1.5. Instalação de discos rígidos e CD-RO M
1.6. Instalação de com ponentes em slot’s de ex pensão
2. Periféricos
2.1. Instalação e ligação de periféricos ao com putador
3. BIO S
3.1. Configuração da BIO S
3.2. Configuração de jumpers

5100 Deteção de avarias 25 horas

1. Detectar a avaria.
Objetivos 2. Identificar o tipo de avaria.
3. Corrigir a avaria.

Conteúdos

9 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. As avarias m ais com uns
1.1. Problem as no arranque
1.2. Problem as de vídeo
1.3. Problem as com a motherboard
1.4. Problem as com o teclado
1.5. Problem as com a CMO S
1.6. Problem as com a m em ória
1.7. Problem as com o Disco Rígido
1.8. Problem as com a porta de im pressora
2. Técnicas de resolução de avarias
2.1. Código de beeps
2.2. Configuração do setup, o PO ST e o arranque
2.3. Pequenas avarias e substituição de com ponentes – técnicas de deteção de avarias
2.3.1. Avarias com o rato, com o teclado, com as drives de disquetes, com os discos, com drives de CD’s,
fontes de alim entação e outras

5101 Hardware e redes de computadores 25 horas

1. Conhecer os conceitos básicos relacionados com as redes de com putadores,


nom eadam ente o que é e quais as tarefas de um a rede de com putadores.
2. Caracterizar as várias arquiteturas de redes de com putadores.
Objetivos 3. Caracterizar os m odelos O SI e TCP/IP.
4. Caracterizar equipam entos de rede de com putadores.
5. Caracterizar as tecnologias Ethernet, Token Ring, FDDI.

Conteúdos
1. Introdução às redes de com putadores
1.1. Funcionalidades de um a rede de com putadores
1.2. Tarefas de um a rede de com putadores
1.3. Redes de dados e suas im plem entações
1.4. Noção e classificação de redes de com putadores
2. Modelo geral de com unicação
2.1. Abordagem dos m odelos por cam adas
2.2. O rigem , destino e pacotes de dados
3. O m odelo O SI
3.1. O bjectivo do m odelo
3.2. Descrição das sete cam adas do m odelo
3.3. Encapsulam ento de dados
4. O m odelo TCP/IP
4.1. A im portância do m odelo
4.2. Descrição das cam adas do m odelo
4.3. Protocolos TCP/IP

10 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
4.4. Com paração entre o m odelo O SI e o m odelo TCP/IP
5. Redes de com putadores locais (LANs)
5.1. Placas de rede
5.2. Meio físicos de transm issão de dados
5.3. Equipam entos usados em LANs: repetidores, hubs, bridges, switches e routers
5.4. Noção de segm ento num a LAN
6. Topologias de redes
6.1. Bus, ring, dual ring, star, árvore, mesh, células wireless
7. Cablagem de redes
7.1. Cabo STP, UTP, coax ial e fibra óptica
7.2. Com unicações sem fios
7.3. Especificações TIA/EIA
7.4. Term inadores
7.5. Testes de cabos 10/100BaseTX
8. Com ponentes da cam ada 1 do m odelo O SI
8.1. Fichas, tom adas, cabos patch panels, transceivers, repetidores e hubs
9. Colisões e dom ínios de colisões
9.1. Am bientes de partilha de m eio físico
9.2. Sinais num a colisão
9.3. Acessos a m eios partilhados
9.4. Acesso ao m eio com o dom ínios de colisão
10. Cam ada 2 do m odelo O SI
10.1. Endereçam ento MAC
10.2. Constituição das frames
10.3. Controlo de acesso ao m eio
10.4. - Tecnologia Token Ring
10.5. Tecnologia FDDI
10.6. Tecnologias Ethernet e IEEE 802.3
10.7. Funções e operações de cam ada 2 das placas de rede, bridges e switchs
10.8. Segm entação do dom ínio de colisão através de bridges, switchs e routers
10.9. Detecção de avarias
11. Projecto de cablagem estruturada
11.1. Noções sobre planeam ento do projecto
11.2. Instalação da cablagem (UTP)
11.3. Ligação dos cabos no rack: patch panels e patch cables

5102 Redes de computadores (avançado) 25 horas

1. Caracterizar as funções das cam adas superiores do m odelo O SI.


2. Caracterizar e descrever o funcionam ento de Routers.
Objetivos 3. Realizar subnetting de redes.
4. Caracterizar a interligação de redes.
5. Utilizar os utilitários m ais com uns de adm inistração de redes locais.

11 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
Conteúdos
1. A cam ada rede do m odelo O SI
1.1. Routers e portos de interfaces de routers
1.2. Com unicações entre redes
1.3. Conceitos sobre ARP e tabelas de ARP
1.4. Protocolos de routing
2. A cam ada transporte do m odelo O SI
2.1. O bjectivo da cam ada 4
2.2. Protocolos TCP e UDP
2.3. Métodos de conex ão por TCP
3. Routing e endereçam ento
3.1. Determ inação de cam inhos no routing de pacotes
3.2. Classes e endereços IP e endereços reservados
3.3. Network ID e cálculo de hots por classe de IP
3.4. Noção de subnetting
3.5. Criação de subnets
4. Noções sobre as cam adas de sessão e apresentação do m odelo O SI
5. A cam ada de aplicação do m odelo O SI
5.1. O bjectivo da cam ada 7
5.2. Aplicações de rede
5.3. Utilitários de adm inistração de redes

5103 Avaliação das necessidades de rede numa 25 horas


organização

1. Avaliar a necessidade da estrutura de rede.


2. Planear/projetar o layout de um a rede local.
Objetivos
3. Identificar o equipam ento passivo/ativo necessário a um a rede local.
4. Identificar as necessidades de infra-estrutura de rede num a organização.

Conteúdos
1. Planeam ento de redes estruturadas
1.1. Escolha da topologia
1.2. Estruturação da rede (integração de voz e dados)
1.3. Localização de bastidores e pontos de acesso à rede
1.4. Escolha dos cam inhos de cabos
2. Tipos Cabos
2.1. Par trançado: UTP/FTP/STP
2.2. Fibra óptica

12 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
3. Identificação do equipam ento ativo de rede
3.1. Concentradores de rede de dados: hubs, switchs
3.2. Routers (interligação entre diversas redes de dados)
3.3. Bridges
3.4. Pontos de acesso a redes sem fios
3.5. Firewalls
3.6. Gateways de Voip

5104 Instalação de redes locais 50 horas

1. Cravar e testar cabos RJ45 diretos e cruzados.


Objetivos 2. Instalar cabos e equipam entos em bastidores.
3. Instalar equipam entos ativos de rede com e sem fios.

Conteúdos
1. Montagem de cablagem de redes estruturadas
2. Instalação de tom adas
3. Instalação e configuração de equipam ento ativo de rede
3.1. Concentradores de rede de dados: hubs, switchs
3.2. Routers (interligação entre diversas redes de dados)
3.3. Bridges
3.4. Pontos de acesso a redes sem fios
3.5. Firewalls
3.6. Gateways de Voip

5105 Arquitetura cliente - servidor 25 horas

1. Identificar a estrutura do sistem a operativo de rede, a sua arquitetura e filosofia de


trabalho.
2. Conhecer com o a inform ação está organizada, sabendo m anipular e agir sobre o
sistem a de ficheiros.

Objetivos 3. Ex plorar o sistem a nas suas interfaces e aplicativos de base.


4. Program ar tarefas de m odo autom ático através de scripts apropriados ao am biente do
sistem a.
5. Conhecer e m anipular os utilitários e ferram entas de suporte a rede.
6. Ex plorar as tecnologias de im plem entação das funcionalidades desta arquitetura.

Conteúdos
1. Arquitectura do sistem a (visão geral)

13 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1.1. Visão geral: o que é um sistem a operativo de rede; características m ais relevantes
1.2. Filosofia do sistem a quanto à sua utilização
1.3. A organização da inform ação: o sistem a de ficheiros
2. Am biente de utilização do sistem a
2.1. Entrada e autenticação do utilizador
2.2. Espaço de atuação do utilizador
2.3. Scripts (com andos m ais usados) e logon scripts
3. Protocolos e serviços de rede
3.1. O TCP/IP (relação com outros serviços: DNS, ou W INS)
3.2. DHCP: criação de um scope; autorização do servidor DHCP, reservas de endereços
3.3. O utro protocolos
3.4. Serviços

5106 Serviços de rede 25 horas

1. Caracterizar, instalar e configurar o serviço DHCP.


2. Caracterizar, instalar e configurar o serviço DNS.
Objetivos
3. Caracterizar, instalar e configurar serviços de routeam ento de dados.
4. Caracterizar, instalar e configurar servidores de páginas web.

Conteúdos
1. Serviço DHCP
1.1. Funcionam ento do DHCP
1.2. Instalação e configuração do DHCP: Utilização do DHCP Manager e m anipulação de scopes
1.3. Clientes estáticos e reserva de endereços
1.4. Manutenção das configurações: backups e recuperações
2. Serviço DNS
2.1. Funcionam ento do DNS
2.2. Name space e zones
2.3. Tipos de servidores DNS
2.4. Instalação e configuração do DNS: Utilização do DNS Manager, criação de zonas, adição de registos e
3. integração com o W INS
3.1. Configuração de clientes
3.1.1. Serviços de routeam ento
3.1.2. Servidores de páginas web
3.2. Internet Inform ation Server
3.3. Apache

5107 Servidor de dados 25 horas

14 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. Conhecer e definir os princípios da arquitetura cliente/servidor.
2. Estabelecer ligações com servidores rem otos.
3. Identificar e configurar “drivers O DBC” para estabelecer ligações a dados a partir do
cliente.
Objetivos
4. Instalar, configurar e adm inistrar um servidor de bases de dados.
5. Definir e aplicar políticas de segurança.
6. Monitorizar ocorrências no servidor de dados.
7. Definir e aplicar estratégias coerentes de cópias de segurança de dados.

Conteúdos
1. Princípios básicos da arquitetura cliente/servidor
2. Vantagens e desvantagens da arquitetura cliente/servidor
3. Instalação e configuração do servidor. (ex : SQ L Server, MySQ L,etc.)
4. Definição de políticas segurança
5. Adm inistração de servidor de dados
6. Ficheiros de m onitorização (log files)
7. Estratégias de cópias de segurança
8. Ligações a um servidor de dados rem oto
9. Transacções (StartTransaction, Com m it, Rollback )
10. Stored Procedures
11. Drivers O DBC

5108 Configuração avançada de sistemas operativos 25 horas


servidores

1. Configurar serviços de servidor de im pressão.


Objetivos 2. Configurar serviços de acesso rem oto a m áquinas e aplicações.
3. Elaborar scripts avançados de adm inistração e m anutenção de sistem as.

Conteúdos
1. Serviços de ficheiros e de im pressão
2. Serviços de acesso rem oto
3. Desktop rem oto
4. Scripting para adm inistração

5109 Políticas de segurança 50 horas

15 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. Definir e analisar as ex igências de segurança de um sistem a inform ático.
Objetivos
2. Im plem entar um a estratégia de segurança para um a arquitetura cliente/servidor.

Conteúdos
1. Noção de dom ínio
2. Criptografia de chave pública e privada
2.1. Criptografia de chave pública/privada/com binadas
2.2. Chaves criptográficas e certificados
3. Autenticação de utilizadores
3.1. Autenticação de utilizador de com putador local
3.2. Autenticação de utilizador na rede (processos de autenticação)
3.3. Autenticação de certificados
3.4. Configuração e adm inistração da Ative Directory
3.4.1. Criação / m anutenção de unidades organizacionais
4. Controlo de acesso
4.1. Conceito de propriedade (proprietário)
4.2. Contas de utilizadores
4.3. Grupos
4.4. Perm issões
5. Protecção de dados arm azenados
5.1. Criptografia de ficheiros e diretórios (pastas)
5.2. O processo de criptografia / Considerações
5.3. Codificação de diretórios e ficheiros
6. Protecção da transm issão de dados
6.1. Im plem entação de transm issão segura de dados: Internet / LAN
6.2. O processo IPSec, configuração
7. Planificação para a im plem entação da segurança
8. Cópias de segurança
9. Am eaças ex ternas

5110 Servidor de correio eletrónico 25 horas

1. Caracterizar os protocolos associados ao correio eletrónico.


2. Instalar e configurar servidores de correio eletrónico.
Objetivos
3. Criar e gerir listas de distribuição de correio eletrónico.
4. Aplicar políticas de segurança.

Conteúdos

16 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. Protocolos de correio electrónico
1.1. PO P3
1.2. SMTP
1.3. IMAP
1.4. NTP
1.5. SSL
2. Instalação e configuração de servidores de e-mail
3. Criação e gestão de grupos e listas de distribuição
4. Integração do serviço de e-mail com um a firewall
5. Instalação e configuração de aplicações de antivírus, antispam e filtro de conteúdos

5111 Configuração de serviços num servidor linux 50 horas

1. Configurar serviços de rede.


2. Configurar um servidor NIS.
Objetivos
3. Configurar o DHCP.
4. Configurar logs.

Conteúdos
1. Serviços de rede
1.1. /etc/rc.d/init.d/
1.2. Iniciação e paragem dos serviços
1.3. Pasta /etc/services
1.4. Lista de portas e serviços no Linux
1.5. Encerram ento de um serviço ou porta
1.6. XINET.d
1.7. Arquivo /etc/x inetd.conf
1.8. Pasta /etc/x inet.d/
1.9. TCPW rappers
1.10. etc/hosts.allow
1.11. /etc/hosts.deny
2. NIS
2.1. Configuração de um servidor NIS (Network Inform ation Service)
2.2. Criação de um dom ínio NIS
2.3. Arquivo /etc/yp.conf
2.4. Configuração de um Cliente NIS
2.5. Acesso a contas no NIS
3. DHCP
3.1. Conceito
3.2. Revisão de conceitos de subnetting
3.3. Iniciação do servidor DHCP

17 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
3.4. Descrição dos principais param etros - lease time, range, mac address, routers, domain name
3.5. Name servers
3.6. Arquivo /var/lib/dhcp/dhcpd.leases
3.7. Configuração do range de um a rede
3.8. Definição de inform ações para a rede TCP
3.9. Definição de IP e inform ações para um a m áquina específica na rede através de seu endereço físico
3.10. Definição de IPs para todas as m áquinas na rede através de seu endereço físico
3.11. Coex istência de m ais de um servidor DHCP na rede
3.12. Configuração de um cliente para acessão à rede DHCP
3.13. Com ando pump
3.14. DHCP do Linux
4. DNS
4.1. Conceitos
4.2. Zona
4.3. Dom ínios
4.4. Nós
4.5. Servidores m atriz (root servers)
4.6. FAPESP e Internic
4.7. DNS e replicação de zonas
4.8. BIND (named) - Berk eley Internet Nam e Dom ain
4.9. Arquivo /etc/nam ed.conf
4.10. Instruções options e zone
4.11. Arquivo /var/nam ed/nam ed.ca
4.12. Criação e edição de zonas
4.13. Delegação autorização para novas zonas
4.14. Configuração a replicação das zonas
4.15. Configuração de um servidor Master e Slave
4.16. Iniciação do servidor DNS
4.17. Papel do DNS e do hosts
4.18. Configuração de um cliente
4.19. Máquinas a inserir no DNS
5. LO GS
5.1. Arquivos de log do sistem a
5.2. Pasta /var/log
5.3. Arquivo messages
5.4. Syslogd
5.5. Arquivo syslog
5.6. O utros arquivos de log de aplicativos
5.6.1. Apache
5.6.2. Sendm ail

5112 Introdução aos sistemas operativos 25 horas

18 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. Definir e caracterizar sistem a operativo.
2. Enunciar e caracterizar as funções de um sistem a operativo.
3. Descrever a evolução histórica dos sistem as operativos.
Objetivos 4. Definir e caracterizar os diferentes tipos de sistem as operativos.
5. Definir e caracterizar sistem as m ultiprocessador.
6. Definir e caracterizar sincronização e escalonam ento.
7. Definir e caracterizar sistem as distribuídos.

Conteúdos
1. Funções e características de um sistem a operativo
2. Processos concorrentes
3. O núcleo de SO
4. Gestão de m em ória
5. Entrada e saída de dados
6. O sistem a de ficheiros
7. Gestão de recursos
8. Protecção
9. Fiabilidade
10. Tipos de funções dos sistem as operativos
11. O conceito m ultitarefa
12. Partilha de inform ação e com unicação entre com putadores

5113 Sistema operativo cliente (plataforma proprietária) 25 horas

1. Efectuar o levantam ento das necessidades de utilização e selecionar o sistem a


operativo cliente m ais adequado.
2. Instalar e configurar sistem as operativos clientes.
Objetivos 3. Instalar e distinguir device drivers residentes e instaláveis.
4. Configurar o sistem a operativo cliente.
5. Instalar os diversos com ponentes do sistem a operativo.

Conteúdos
1. Instalação e configuração de um sistem a operativo
2. Particionam ento e form atação do disco(s)
3. O pções de instalação
4. O ptim ização de recursos
5. Instalação de dispositivos e device drivers
6. Configuração do sistem a de acordo com o hardware específico
7. Múltiplas configurações do sistem a

19 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
8. Resolução de problem as

5114 Sistema operativo servidor (plataforma proprietária) 25 horas

1. Efectuar o levantam ento das necessidades de utilização e selecionar o sistem a


operativo servidor m ais adequado.

2. Instalar sistem a operativo servidor.


3. Instalar e distinguir device drivers residentes e instaláveis.
4. Configurar o sistem a operativo servidor.
Objetivos 5. O ptim izar o sistem a operativo.
6. Efectuar backup e conhecer sistem as de proteção contra falhas.
7. Definir e param etrizar utilizadores.
8. Efectuar a gestão de recursos.
9. Adm inistrar as ferram entas.
10. Instalar e configurar clientes de acordo com a configuração do servidor e da rede.

Conteúdos
1. Instalação do sistem a operativo servidor
2. O ptim ização do sistem a operativo servidor
3. Backup e sistem as de proteção contra falhas
4. Utilizadores – Criação e configuração de contas
5. Gestão de recursos
6. Ferram entas de adm inistração
7. Instalação e configuração de clientes de acordo com a configuração da rede e do servidor

5115 Sistema operativo servidor open source 25 horas

1. Efectuar o levantam ento das necessidades de utilização e selecionar a distribuição do


sistem a operativo servidor open source m ais adequado.
2. Instalar sistem a operativo servidor open source.
3. Instalar e configurar dispositivos e device drivers num sistem a operativo open source.
4. Configurar o sistem a operativo servidor.

Objetivos 5. O ptim izar o sistem a operativo.


6. Efectuar backup e conhecer sistem as de proteção contra falhas.
7. Definir e param etrizar utilizadores.
8. Efectuar a gestão de recursos.
9. Adm inistrar as ferram entas.
10. Instalar e configurar clientes de acordo com a configuração do servidor e da rede.

20 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
Conteúdos
1. Instalação e configuração de um sistem a operativo open source
1.1. Particionam ento
1.2. Form atação
1.3. O pções de instalação
1.4. O ptim ização de recursos
1.5. Instalação de dispositivos e device drivers
1.6. Configuração do sistem a
2. Conceitos
2.1. Kernel, sistem as operativos e distribuições
2.2. Linux x Microsoft
2.3. Software livre dentro de em presa
3. Múltiplas configurações do sistem a
4. Resolução de problem as
5. Instalação de aplicativos

5116 Sistemas operativos open source 25 horas

1. Definir e caracterizar software open source.


2. Definir e caracterizar as partes constituintes de um sistem a operativo open source.
3. Descrever a evolução histórica de um sistem a operativo open source.
Objetivos
4. Distinguir entre versões e distribuições.
5. Instalar e configurar um sistem a operativo open source.
6. Instalar e configurar dispositivos e device drivers num sistem a operativo open source.

Conteúdos
1. Conceitos
1.1. Kernel, sistem as operativos e distribuições
1.2. Linux x Microsoft
1.3. Ex em plos da utilização do Linux
1.4. Software livre, GNU, GPL
1.5. Segurança dentro do software livre
1.6. Software livre dentro de em presa
1.7. Aquisição de software livre
1.8. Linux com o am biente m ultiplataform a, m ulti-utilizador e m ulti-arquitetura – vantagens
2. Versões e distribuições de um sistem a operativo open source
3. Instalação e configuração de um sistem a operativo open source
3.1. Particionam ento
3.2. Form atação
3.3. O pções de instalação

21 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
3.4. O ptim ização de recursos
3.5. Instalação de dispositivos e device drivers
3.6. Configuração do sistem a
3.7. Im pressão no Linux
3.7.1. Instalação de um a im pressora
3.7.2. Configuração e iniciação do servidor de im pressão
3.7.3. Im pressão a partir da linha de com ando
3.7.4. Visualização da fila de im pressão
3.7.5. Troubleshooting - quando o Linux não im prim e
3.7.6. Configuração de um a im pressora rem ota
4. Múltiplas configurações do sistem a
5. Resolução de problem as
6. Instalação de aplicativos

5080 Gestão e manipulação avançada de aplicações 25 horas


informáticas de processamento de texto

1. Utilizar aplicação de processam ento de tex to.


2. Utilizar ferram entas de processador de tex to.
3. Configurar e form atar docum entos com aplicação de processam ento de tex to.
4. Utilizar e configurar estilos e m odelos.
5. Modificar a apresentação da área de trabalho.
6. Configurar e proteger um docum ento.
Objetivos
7. Criar índices autom áticos.
8. Trabalhar com docum entos longos.
9. Aplicar as técnicas de im pressão.
10. Interligar diversas aplicações.
11. Utilizar o processador de tex to para criar páginas de Internet.
12. Autom atizar tarefas repetitivas utilizando m acros.

Conteúdos
1. Ferram entas básicas de processam ento de tex to
1.1. Edição e form atação de tex to, paragrafos, im agens, figuras, m arcas e num eração
2. Inserção cam pos
3. Inserção de cabeçalhos, notas de rodapé, legendas, m arcadores e índices
4. Configuração de estilos e m odelos
4.1. Criação e form atação de estilos de paragrafo e tex to
4.2. Criação de designs para páginas
4.3. Criação de m odelos de docum entos
5. Cartas e mailings, m acro’s
5.1. Autom atização de tarefas repetitivas com a criação de m acros
5.2. Criação de bases de dados para a criação de listas de mailings

22 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
5.3. Criação de hiperligações para navegação no docum ento
6. Protecção de docum entos
7. Form atações avançadas de tex to
7.1. Estilos de form atação
7.2. Índices
8. O rganização de docum entos longos
9. Partilha de inform ação entre aplicações
10. O processador de tex to e a Internet

5081 Gestão e manipulação avançada de aplicações 25 horas


informáticas de folha de cálculo

1. Conhecer a filosofia de trabalho num a folha de cálculo.


2. Efectuar tarefas básicas sobre a folha de cálculo.
3. Form atar células, inserir funções.
4. Elaborar m acros para autom atização de tarefas repetitivas.
Objetivos 5. Criar e form atar gráficos.
6. Criar listas de dados.
7. Inserir e form atar objetos na folha de cálculo.
8. Aplicar as técnicas de im pressão.
9. Aplicar os m ecanism os de proteção do docum ento.

Conteúdos
1. Configuração de folha de cálculo
1.1. Noção de folha de cálculo, livro e folha
1.2. Manipulação/form atação células
1.3. Inserção de inform ação nas células
1.4. Preparação da folha para im pressão, pré-visualização da im pressão
1.4.1. Form atação de cabeçalho e rodapé
2. Autom atização da folha de cálculo
2.1. Inserção de funções nas células
2.1.1. Fórm ulas sim ples
2.1.2. Fórm ulas com plex as
3. Utilizar referências
3.1. Referências relativas, absolutas e m istas
4. Utilização do Ex cel com o base de dados
4.1. Criação listas de dados
4.2. Construção de tabelas dinâm icas
5. Apresentação de dados
5.1. Construção e form atação de gráficos
6. Protecção de dados
6.1. Folha

23 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
6.2. Célula
6.3. Livro

5117 Primeiros conceitos de programação e algoritmia e 25 horas


estruturas de controlo num programa informático

1. Apreender conceitos sobre a lógica de program ação.


2. Aplicar instruções e sequências lógicas na resolução de problem as.
3. Utilizar as regras e as diferentes fazes na elaboração de um algoritm o.
4. Desenhar flux ogram as.
5. Identificar os diferentes tipos de dados.
6. Identificar variáveis e constantes.
7. Enum erar e identificar os operadores aritm éticos, relacionais e lógicos.

Objetivos 8. Utilizar operadores e funções pré-definidas.


9. Conhecer vários tipos de variáveis.
10. Com preender a estrutura de um program a.
11. Conhecer estruturas de seleção e repetição.
12. Utilizar e identificar instruções com postas.
13. Desenvolver program as que utilizem com binações entre estruturas de repetição e de
seleção.
14. Com preender e aplicar saltos incondicionais.
15. Realizar testes e correção de erros (ex ecutar o Play Com puter).

Conteúdos
1. Introdução à lógica de program ação
1.1. Lógica
1.2. Sequência lógica
1.3. Instruções
1.4. Algoritm os
2. Desenvolvim ento de algoritm os
3. Pseudocódigo
3.1. Regras e fases de construção de um algoritm o
3.2. Flux ogram as
3.2.1. Introdução ao flux ogram a
3.2.2. Sim bologia
4. Constantes, variáveis e tipo de dados
4.1. Constantes
4.2. Variáveis
4.3. Tipos de dados
5. O peradores e funções pré-definidas
5.1. O peradores aritm éticos
5.2. O peradores relacionais

24 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
5.3. O peradores lógicos
5.4. Funções pré-definidas
6. Instruções com postas
7. Estruturas de decisão
7.1. Selecção sim ples
7.2. Selecção com posta
7.3. Escolha m últipla
7.4. Selecção encadeada
8. Estruturas de repetição
8.1. Condicionais
8.2. Incondicionais
9. Salto incondicional
10. Testes e correção de erros

5091 Programação estruturada e tipos de dados 25 horas

1. Adquirir a noção de subprogram a.


2. Conhecer as regras de declaração de subprogram as.
3. Conhecer as regras de ex ecução de subprogram as.
4. Utilizar corretam ente param etros.
Objetivos
5. Distinguir os diferentes tipos de subprogram as.
6. Elaborar program as com recurso a subprogram as.
7. Conhecer as regras para a criação de bibliotecas de subprogram as.
8. Conhecer os m ecanism os de utilização de bibliotecas de subprogram as.

Conteúdos
1. Conceitos básicos
1.1. Variáveis
1.1.1. Globais e locais
1.1.2. Passagem por parâm etros
2. Subprogram as
2.1. Estrutura do subprogram a
2.1.1. Procedim entos
2.1.2. Funções
2.2. Recursividade
3. Construção de bibliotecas

5118 Programação orientada a objetos - introdução 25 horas

25 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. Identificar as diferenças entre um a linguagem estruturada e um a linguagem orientada
por objetos.
2. Adquirir a noção de objetos e sua classificação.
3. Adquirir as noções de classe, tipo, m étodos, com portam entos e instâncias.
4. Representar esquem aticam ente um a classe.
Objetivos
5. Com preender o conceito de encapsulam ento de dados.
6. Definir relações entre objetos.
7. Conhecer o conceito de herança e de polim orfism o.
8. Representar esquem aticam ente diagram as de classes.

Conteúdos
1. Características da program ação orientada por objectos
2. Conceito de classe, atributos, m étodos e eventos
3. Conceito de objecto
4. Conceito de encapsulam ento
5. Conceito de visibilidade de classes, m étodos e atributos
6. Diagram as de classe
7. Herança e polim orfism o
8. Redefinição de m étodos, redefinição de com portam ento
9. Diagram as de classe
10. Problem as de com plex idade crescente, que justifiquem claram ente a necessidade da utilização de
m ecanism os herança, polim orfism o e ex cepções

5119 Estrutura de dados estática, composta e dinâmica 50 horas

26 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
1. Conhecer um a estrutura de dados estática:
1.1. Distinguir entre um a variável sim ples e um a variável estruturada;
1.2. Identificar um a string;
1.3. Manipular um a string;
1.4. Diferenciar índice e valor index ado num array;
1.5. Dom inar os algoritm os de m anipulação de array.
2. Conhecer um a estrutura de dados com posta:
2.1. Definir e m anipular tipos de dados com postos;
2.2. Modularizar um problem a usando a estrutura de dados apropriada.
Objetivos
3. Conhecer um a estrutura de dados dinâm ica:
3.1. Com preender o conceito de apontador;
3.2. Conhecer as regras de declaração de apontadores;
3.3. Identificar as operações para m anipulação de apontadores;
3.4. Utilizar estruturas dinâm icas lineares;
3.5. Distinguir apontador de estrutura dinâm ica;
3.6. Identificar os tipos de estrutura dinâm ica – Pilha e Fila de Espera;
3.7. Adquirir a noção de lista bidireccional;
3.8. Dom inar as operações básicas sobre listas.

Conteúdos
1. Estrutura de dados estática
1.1. Definição de string com o variável capaz de guardar um núm ero finito de valores do tipo CHAR
1.2. Declaração e m anipulação de variáveis do tipo string
1.3. Definição de array com o variável capaz de "agregar" um núm ero finito de valores do m esm o tipo
1.4. Declaração e m anipulação de variáveis do tipo array
1.5. Estudo de algoritm os de m anipulação de arrays
1.5.1. Iniciação
1.5.2. Pesquisa sequencial
1.5.3. Inserção e rem oção de elem entos de um array: no Inicio (à cabeça) ; no fim (à cauda)
1.5.4. O rdenação crescente ou decrescente dos elem entos de um array
1.5.5. Inserção e rem oção de elem entos em arrays ordenados
1.5.6. Array de array (ou array m ulti-dim ensional)
2. Estrutura de dados com posta
2.1. Definição de estrutura de dados com posta com o estrutura que agrega dados de tipos diferentes
2.2. Manipulação de estruturas
2.3. Acesso aos cam pos de um a estrutura
2.4. Afectação dos cam pos de um a estrutura
2.5. Utilização de array de estruturas
2.6. Filosofias de gestão de estruturas de dados, de acordo com o m odo de inserção e rem oção de inform ação
das respetivas estruturas
2.7. Desenho de aplicações que envolvam estruturas de dados de algum a com plex idade
3. Estruturas de dados dinâm ica

27 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
3.1. Introdução
3.1.1. Conceitos de estruturas dinâm icas
3.1.2. Regras de declaração de estruturas dinâm icas
3.2. Técnicas de m anipulação de inform ação em estruturas dinâm icas
3.3. Noções de pilha e fila de espera
3.4. O perações básicas sobre listas unidirecionais e bidireccionais

5083 Análise de sistemas e estruturação de bases de 25 horas


dados

1. Reconhecer a necessidade/funcionalidade das bases de dados.


2. Adquirir o vocabulário relativo às bases de dados.
3. Conhecer conceitos relativam ente às estruturas das bases de dados.
4. Conhecer o ciclo de desenvolvim ento de software.

Objetivos 5. Conhecer as técnicas de análise e desenvolvim ento de software.


6. Utilizar as ferram entas necessárias à abordagem e desenvolvim ento de software.
7. Conhecer sistem as de gestão de bases de dados.
8. Identificar os m odelos utilizados na gestão de bases de dados (relacional, hierárquico,
rede).
9. Conhecer as técnicas de m odelação de dados e respetivos conceitos básicos.

Conteúdos
1. Necessidade das bases de dados
2. Sistem as de gestão de bases de dados
3. O s m odelos com o m étodos de conceção de sistem as
4. Modelos utilizados na gestão de bases de dados (relacional, hierárquico, rede)
5. Análise
5.1. Identificação das necessidades
5.2. Produção das especificações iniciais
5.3. Estudo de viabilidade
6. Análise de requisitos
6.1. Análise dos processos - m odelos dos processos do utilizador
6.2. Modelos dos processos do sistem a (diagram as de flux o de dados, dicionário de dados, m ini -
especificações)
7. Análise dos dados - m odelos dos dados (diagram as de entidade - relacionam ento)
8. Especificação de projecto
8.1. O rientação para processos - diagram as de estrutura de dados
9. Bases de dados relacionais
9.1. Conceito de tabela (linhas representando registos e colunas representando cam pos)
9.2. Conceito de índice. Chaves de index ação sim ples e com postas
9.3. Chaves candidatas. Chaves prim árias. Chaves ex ternas
9.4. Relações entre tabelas. De um para um . De um para m uitos. De m uitos para m uitos

28 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
9.5. O m odelo ER (entidade-relação) para representação gráfica de bases de dados
9.5.1. Entidades
9.5.2. Atributos
9.5.3. Relações
9.6. Integridade e consistência de bases de dados
9.7. O papel da norm alização no desenho da estrutura de dados das bases de dados
9.7.1. Vantagens e desvantagens da norm alização
9.7.2. 1ª, 2ª e 3ª form as de norm alização
9.7.3. “Desnorm alizar” para atingir m elhor perform ance

5085 Criação de estrutura de base de dados em SQL 25 horas

1. Criar, alterar e elim inar tabelas e índices em SQ L.


Objetivos 2. Conhecer e aplicar o conceito de transação.
3. Conhecer e aplicar os privilégios e fazer o controlo de acessos.

Conteúdos
1. Criação, alteração e elim inação de tabelas e índices em SQ L
1.1. Criação de tabelas (com ando CREATE TABLE)
1.2. Alteração de tabelas (com ando ALTER TABLE)
1.3. Criação de índices (com ando CREATE INDEX)
1.4. Elim inação de tabelas e índices (com andos DRO P TABLE e DRO P INDEX);
2. Actualização de dados
2.1. Inserção de linhas (com ando INSERT INTO )
2.2. Alteração de valores nas linhas (com ando UPDATE)
2.3. Elim inação de linhas (com ando DELETE FRO M)
3. Conceito de transação (com andos CO MMIT e RO LLBACK)
4. Privilégios e controlo de acessos (com andos GRANT e REVO KE

5086 Programação em SQL 25 horas

1. Utilizar sem am biguidades a term inologia da linguagem SQ L.


2. Efectuar consultas a um a base de dados através da linguagem SQ L.
3. Efectuar relacionam entos de tabelas através do SQ L.
Objetivos 4. Adicionar, alterar e rem over dados de um a base de dados usando o SQ L.
5. Sum ariar inform ação ex istente num a base de dados através das consultas de
sum ário.
6. Produzir pesquisas com plex as recorrendo aos m ecanism os próprios do SQ L.

29 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022
Conteúdos
1. SQ L com o linguagem “universal” para pesquisas sobre bases de dados
2. Pesquisas (“queries”) sim ples sobre a base de dados (estrutura básica do com ando SELECT)
3. Predicados ALL e DISTINCT
4. Pesquisas com plex as
4.1. Agregação de dados com a instrução SELECT
5. Lógica e funções de grupo
6. JO IN com o form a de ex trair inform ação de tabelas diferentes com base em critérios de com paração de valores
em colunas com uns (INNER JO IN, LEFT JO IN e RIGHT JO IN)
7. Utilização de sub pesquisas (ou pesquisas encadeadas)
8. Uniões

30 / 30
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos - Nível 5 | 13/01/2022

Você também pode gostar