Você está na página 1de 6

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE

LINS

CURSO DE ENFERMAGEM

EVERTON MATHEUS DA SILVA

INGRID ARIEL PINHEIRO DA SILVA

MARIA EDUARDA CORREA LOPES

WILLIAM FERNANDO PACHECO

EMPREENDEDORISMO: CARRETA COM


PRESTAÇÃO DE SERVIÇO Á GESTANTES

LINS
2022
EVERTON MATHEUS DA SILVA NASCIMENTO

INGRID ARIEL PINHEIRO DA SILVA

MARIA EDUARDA CORREA LOPES

WILLIAM FERNANDO PACHECO

EMPREENDEDORISMO: CARRETA COM PRESTAÇÃO DE


SERVIÇO Á GESTANTES

Artigo apresentado como requisito


parcialpara conclusão da matéria “Projeto
Interdisciplinar IV”, ofertado no curso de
Enfermagem.

Orientador(a):Dra. Sabrina Zanchettin

Lins

2022
1

EMPREENDEDORISMO: CARRETA COM PRESTAÇÃO DE


SERVIÇO Á GESTANTES

Resumo: No atual trabalho, apresentaremos como um novo empreendimento uma


carreta de saúde, voltada para prestação de serviços para mulheres gestantes, com realização
de Ultrassons, consultas de enfermagem, infromativas sobre o parto, a amamentação e o
puerpério, como também solicitação de exames laboratoriais e acompanhamento neo-natal.
Projetamos esta carreta para atender a necessidade em uma unidade móvel, atendendo a
necessidade especifíca de cada cliente, permitindo um atendimento qualificado e fornecendo
qualidade de vida para a população local baseada na tríade do tratamento, prevenção e
educação. O atendimento é por livre demanda, ou seja: chegou, é atendido. Sem necessidade
de agendamento. A unidade também conta com prontuário eletrônico, o que confere mais
agilidade aos procedimentos.
Palavras-chave: Empreendedorismo, Carreta de Saúde, Gestantes
.
2
1 INTRODUÇÃO
O empreendedorismo possui um papel de extrema importância para o
desenvolvimento sócio-econômico, visto que sua importância vem atribuida a
novas oportunidades de trabalho, catalisador e incubador do progresso
tecnológico e de inovações de produto e de mercado (Canever, Mario Duarte et
al, 2013).
Desta forma, para criação de novas empresas, estas contam com apoio
do governo, como a implantação do Microempreendedor Individual (MEI) em
2009, a criação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas em 2006, e a
ampliação dos limites de faturamento do Simples Nacional em 2012, para
assim promover o crescimento econômico e a ampliação de riqueza (SEBRAE,
2013).
Entretanto, mesmo com apoio governamental, ainda é visto um alto
índice de 24,4% de desistência empreendedora após dois anos de abertura do
empreendimento, o que significa uma taxa alta de mortalidade (SEBRAE,
2013).
De acordo com uma pesquisa realizada pelo SBA (Small Business
Administratrion), pode-se analisar que a principal causa de mortalidade das
novas empresas é a falta de planejamento, sugerindo assim a importância de
um planejamento eficaz para que a nova empresa passe pelo seu período de
amadurecimento e consiga sobreviver (Dornelas, 2012).
Quando falamos em “empreender na área da saúde”, refere-se a um
conjunto de práticas e ideias que levam à inovação no desenvolvimento ou
melhoria de produtos e serviços. Ou seja, o objetivo é projetar, gerenciar e
fazer negócios, produtos e serviços que colaborem de maneira inovadora para
o setor (Erdmann et al, 2009).
O empreendedorismo social da enfermagem deve ser caracterizado,
com novas abordagens de intervenção, pela atitude de promover a saúde e o
viver saudável das pessoas, famílias e comunidades por meio de processos
interativos e associativos (Erdmann et al, 2009).
É preciso avaliar as necessidades do mercado, pensando nisso, o atual
estudo apresenta as “Carretas de Saúde” voltadas a atendimento à mulheres
grávidas, com intuito de tratar, prevenir e educar gestantes sobre o atual
momento que estão passando.
3
2 OBJETIVO GERAL
Este projeto tem como objetivo empreender na área da saúde, através
de uma carreta de unidade móvel, para a prestação de serviço voltada para o
público feminino, sendo mulheres na fase de gestação, com realização de
consultas e exames de forma qualificada, com o uso de tecnologia e
atendimento de qualidade.

3 JUSTIFICATIVA
Evidências recentes demonstram a importância no investimento para os
programas de empreendedorismo voltado para a área da saúde no qual irá
fornecer o suporte necessário para os empresários e consequentemente gerará
um adequado serviço para a população. Em relação ao contexto em estudo
referente as carretas com prestações de serviços ás gestantes, tema este de
suma relevância que permitirá um auxilia as gestantes que em muitos
momentos se sentem em dúvidas com relação a este novo progresso de suas
vidas. Esta carreta apresenta a oportunidade de um projeto que motiva o
cuidado ao paciente, oferecendo a realização de exames pré-natais, puerpério
e fornece informações em relação a cada estágio que a gestante irá passar,
sendo um projeto e empreendimento que almeja estar presente e auxiliar na
saúde e bem-estar das gestantes.

4 METODOLOGIA
Para a realização da presente pesquisa em um plano de negócio
compacto, objetivo e que alcance suas metas, alguns processos metodológicos
serão necessários para esse determinado fim. De inicio será realizada uma
revisão bibliográfica através de artigos e livros da internet. Em seguida será
feito um levantamento dos dados de estratégias em marketing, análise dos
potencias clientes, estrutura necessária, custos e despesas a fim de
reconhecer e delimitar as ações para implementação. Os dados em questão
serão tabulados no Excel e analisados por meios de estatística descritiva.

4 ANÁLISE DE RESULTADOS
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS
4

6 REFERÊNCIAS
CANEVER, Mario Duarte et al . Empreendedorismo: por que alguns estudantes
e não outros escolhem ser empreendedores?. Estud. pesqui. psicol.,  Rio de
Janeiro ,  v. 13, n. 1, p. 101-124, abr.  2013 .   Disponível em
<http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-
42812013000100007&lng=pt&nrm=iso>. acessos em  24  ago.  2022.

SEBRAE. Unidade de Gestão Estratégica. Sobrevivência das empresas no


Brasil - Coleção estudos e pesquisas. Brasília, DF, 2013.

DORNELAS, José. Empreendedorismo: Transformando ideias em negócios. 4.


ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

Erdmann AL, Andrade SR, Santos JLG, Oliveira RJT. The profile of nursing
management graduates from the Nursing Programs in Southern Brazil. Rev Esc
Enferm USP [Internet]. 2011 [cited 2017 Jun 27];45(Esp.):1551-7. Available
from: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v45nspe/ en_v45nspea03.pdf doi:
http://dx.doi.org/10.1590/0104-1169.3144.2394

Você também pode gostar