Você está na página 1de 163

Comece a ler

Índice
boletins informativos
Página de direitos autorais

De acordo com a Lei de Direitos Autorais dos Estados


Unidos de 1976, o
digitalizar, carregar e compartilhar
eletronicamente qualquer parte deste livro sem a
permissão do editor é pirataria ilegal e roubo de
propriedade intelectual do autor. Se você quiser
usar o material do livro (exceto para fins de
revisão), uma permissão prévia por escrito deve
ser obtida entrando em contato com o editor em
permissions@hbgusa.com. Obrigado por seu apoio
aos direitos de autor.

Palavras podem envenenar, palavras podem


curar.
Palavras iniciam e lutam em guerras, mas palavras
fazem a paz.
As palavras conduzem os homens aos pináculos
do bem
E as palavras podem mergulhar os homens nas
profundezas do mal.
—Marguerite Schumann

INTRODUÇÃO

A maioria de nós não percebe como as palavras são


poderosas e quão grande impacto elas têm em
nossas vidas. Pense nisso. Até duas sílabas simples -
Da-da - são poderosas o suficiente para fazer um
homem chorar quando pronunciadas pela
primeira vez por seu bebê.
Eu acredito que as palavras contêm um poder
tremendo: pode ser um poder positivo e
construtivo ou um poder negativo e destrutivo.
Em Gênesis, lemos que Deus usou palavras
para criar o mundo em que vivemos. A Bíblia diz
em Provérbios 18:21 que o poder da vida e da
morte estão na língua . Essa é uma declaração
incrível e que devemos considerar seriamente.
Cada vez que falamos palavras, estamos falando
de vida ou morte para aqueles que nos ouvem e
para nós mesmos. Portanto, precisamos ser
cautelosos com as palavras que pronunciamos.
Nossa boca expressa o que queremos,
pensamos e sentimos; portanto, revela muito
sobre quem está falando. Podemos aprender
muito sobre nós mesmos apenas ouvindo o que
dizemos. Mateus 12: 34–35 diz que “a boca fala do
coração. O homem bom de seu tesouro interior
bom arremessa coisas boas, e o homem mau de
seu depósito mau interior arremessa coisas más. ”
Nossas palavras são o resultado de nossos
pensamentos e atitudes íntimos. Pode-se dizer que
nossas palavras são uma tela de cinema que revela
o que pensamos e as atitudes que temos.
Eu acredito que nossas palavras podem aumentar ou
diminuir nosso nível

de prazer. Eles podem afetar as respostas às nossas


orações e ter um efeito positivo ou negativo em
nosso futuro. Devemos prestar muita atenção ao
que a Palavra de Deus tem a nos ensinar sobre o
poder de nossas palavras. Quando uma pessoa não
está satisfeita com a condição de sua vida, convém
fazer um inventário das palavras que ela disse.
Deus tem um bom plano para cada um de nós,
mas isso não acontecerá automaticamente sem
nossa cooperação. Somos parceiros de Deus nesta
vida, e Ele deseja que estejamos de acordo com o
que Ele falou sobre nós em Sua Palavra. Ao ler este
livro, acredito que você obterá uma nova
compreensão do fato de que, ao mudar suas
palavras, você pode mudar sua vida.

PARTE I
CAPÍTULO

O impacto das palavras

Therese era uma trabalhadora, amiga e colega


fabulosa. Todos em seu escritório a amavam
- desde seus chefes até a faxineira. Ela sempre
teve uma palavra gentil para todos. Um de seus
melhores trunfos era sua incrível habilidade de
ajudar as pessoas a se sentirem bem consigo
mesmas. Ela poderia fazer alguém cujos
sentimentos foram feridos se sentir como se fosse
a melhor coisa desde o pão fatiado. Ela poderia
fazer um colega inseguro se sentir um gênio. Seu
senso de humor sempre elevava o humor dos
outros e os fazia rir, mesmo que estivessem
irritados ou infelizes. Não só isso, mas ela era
inteligente - muito inteligente. Em seus cinco anos
de trabalho, ela recebeu três promoções e seu
empregador recentemente lhe disse que ela
estava se preparando para um cargo de gerência.
Se as coisas continuassem como estavam, ela
poderia até esperar uma vice-presidência dentro
de alguns anos.

Uma noite, enquanto trabalhava até tarde em


um projeto, ela descobriu que seu chefe havia feito
um julgamento ruim em um discurso que ele
havia escrito e pediu que ela editasse. Ele incluiu
uma piada tola que alguns poderiam achar
ofensiva. Therese pegou o telefone para deixar
uma mensagem de voz e contar o que pensava. "O
que você estava pensando, chefe?" ela disse. “Você
não sabe que o CEO vai odiar essa piada? E ele não
tem senso de humor. ”

Infelizmente, em vez de enviar a mensagem


de voz para seu chefe, Therese
inadvertidamente pressionou um botão que
enviou o

correio de voz para todos na empresa. Na manhã


seguinte, o caos se instalou. Embora Therese não
tenha sido demitida, ela não conseguiu a próxima
promoção - ou a seguinte. O apertar de um botão
selou seu futuro na empresa.
Esse é um incidente extremo, mas há muitos
outros hoje que têm consequências muito
maiores. As crianças não provocam mais umas às
outras; eles intimidam uns aos outros, e o bullying
não é uma exceção entre os alunos - é a norma.
Isso não acontece apenas na escola ou no lazer;
isso acontece na Internet também. Na verdade,
uma nova palavra entrou em nosso vocabulário:
cyberbullying . O Facebook às vezes é usado como
uma arma.
Nunca na história do mundo as palavras foram
tão baratas, rápidas, irrevogáveis e virais. Por meio
de telefones celulares e da Internet, agora temos
mensagens de texto, e-mail, mensagens
instantâneas, blogs, Facebook, Twitter e YouTube.
Além disso, temos rádio, televisão e mídia
impressa. As palavras voam na atmosfera como
nunca antes. Em junho de 2010, 77,2 por cento de
todos os americanos usam a Internet (267 milhões
de pessoas). Um quarto da população mundial está
online. Quarenta e um por cento de todos os
americanos mantêm ativamente uma página de
perfil no Facebook, que gera um bilhão de peças de
conteúdo todos os dias. O conhecimento dos EUA
sobre o Twitter explodiu de 5% em 2008 para 87%
em 2010, e agora os números são ainda maiores.
Em 2010, mais de 17 milhões de americanos
usaram o Twitter e o número médio de “tweets”
por dia apenas nos Estados Unidos foi de 15,5
milhões.

Obviamente, existem bons usos para todas


essas formas de comunicação; no entanto,
existem muitas consequências perturbadoras,
incluindo bullying online que levou ao suicídio
de adolescentes, roubo de identidade, risco de
segurança infantil, pornografia

vício e carreiras arruinadas. Candidatos a


empregos perdem por causa de contas de mau
comportamento no Facebook; os trabalhadores
enviam e-mails imprudentes antes de pensar.
As pessoas destruíram relacionamentos
digitando seus pensamentos mais secretos por
e-mail e pressionando Enviar antes de perceber
como a mensagem era reveladora. Devido às
informações disponíveis hoje, a privacidade
pessoal praticamente desapareceu. Infelizmente,
qualquer um pode dizer qualquer coisa sobre um
indivíduo - seja verdade ou não - e ele está
flutuando no ciberespaço apenas esperando que
alguém acesse as informações. A reputação das
pessoas foi destruída pelo que outros disseram e,
no entanto, suas palavras não continham nenhuma
verdade. Você pode dizer que temos uma “explosão
de palavras” acontecendo e ainda temos que ver
que dano será causado por ela, a menos que as
pessoas aprendam o poder das palavras e se
comprometam a usá-las de maneira piedosa.

Comemos Nossas Palavras ...

Tenho certeza de que você já ouviu alguém dizer:


“Você vai engolir essas palavras”. Pode soar como
uma mera afirmação para nós, mas na realidade
comemos nossas palavras. O que dizemos não
afeta apenas os outros, mas também a nós.
As palavras são maravilhosas quando
usadas de maneira adequada. Eles podem
encorajar, edificar e dar confiança ao ouvinte.
Uma palavra certa falada na hora certa pode
realmente mudar uma vida.

Um homem tem alegria em dar uma


resposta adequada e uma palavra dita no
momento certo - como é bom! Provérbios
15:23

Podemos literalmente aumentar nossa própria


alegria falando palavras certas. Também podemos
nos aborrecer falando desnecessariamente sobre
nossos problemas ou coisas que nos prejudicaram
nos relacionamentos. Não faz muito tempo, tive
uma situação decepcionante com alguém que
considero um amigo próximo e percebi que, cada
vez que falava sobre isso, teria dificuldade para
tirar isso da cabeça pelo resto do dia. Eu finalmente
percebi que se eu quisesse superar isso, eu teria
que parar de repassar mental e verbalmente de
novo e de novo. As pessoas continuaram me
perguntando sobre a situação por uma
preocupação genuína, mas no final percebi que
tinha que responder: "É melhor para mim se eu
simplesmente não falar sobre isso."

As palavras que saem de nossa boca vão para


nossos próprios ouvidos e também para as de
outras pessoas, e então caem em nossa alma,
onde nos dão alegria ou tristeza, paz ou
aborrecimento, dependendo do tipo de palavras
que falamos . Nossas palavras podem até oprimir
nosso espírito. Deus deseja que nosso espírito seja
leve e livre para que possa funcionar
adequadamente, não pesado e oprimido.

Quando entendemos o poder das palavras e


percebemos que podemos escolher o que
pensamos e falamos, nossas vidas podem ser
transformadas. Nossas palavras não são impostas a
nós; eles formulam em nossos pensamentos e
então os expressamos. Podemos aprender a
escolher nossos pensamentos, a resistir aos
pensamentos errados e pensar nos pensamentos
bons, saudáveis e certos. Aonde a mente vai, o
homem segue. Também poderíamos dizer, para
onde vai a mente, a boca segue!
Você nem mesmo precisa estar falando com
alguém para aumentar sua alegria com suas
palavras. A mera confissão de coisas boas

é o suficiente para animá-lo. Tenho escrito muito


sobre o poder de confessar a Palavra de Deus em
voz alta e continuarei a fazê-lo porque foi uma das
coisas mais úteis que fiz em minha vida.
Quando você se levanta de manhã, se há algo
que você precisa fazer naquele dia e não está
ansioso, você pode dizer: "Eu temo este dia", ou
você pode dizer: "Deus me dará forças hoje para
fazer tudo o que eu preciso fazer e fazer com
alegria. ” Qual dessas duas afirmações você acha
que o prepararia melhor para o dia?
“Uma língua saudável é árvore de vida”, diz
Provérbios 15: 4 (NKJV). De acordo com as
escrituras, Deus deu a Seus filhos uma nova
natureza, e somos ensinados a renovar
diariamente nossa mente e atitude. Ter uma visão
positiva da vida e falar palavras positivas são duas
das coisas mais benéficas que podemos fazer.

Do fruto de suas palavras o homem se


contentará com o bem. Provérbios 12:
14a
Um bom homem come bem do fruto de
sua boca. Provérbios 13: 2a
O eu [moral] do homem se fartará do
fruto de sua boca; e com a conseqüência de
suas palavras ele deve estar satisfeito [seja
bom ou mau]. Provérbios 18:20

Portanto, escolha sua comida com


cuidado
Quem quer ter saúde tem o cuidado de escolher
alimentos de qualidade que proporcionem uma
boa nutrição. Se queremos ser saudáveis

em nossa alma e espírito, devemos também


escolher aceitar palavras que nos edificarão e
aumentarão nossa paz e alegria. Como vimos,
comemos nossas palavras e podemos dizer com
razão que elas são alimento para nossa alma.
O mundo está cheio de más notícias. Ligue
qualquer estação de notícias ou compre qualquer
jornal ou revista de notícias e você o encontrará
repleto de relatórios de assassinato, roubo, guerras,
fome e todos os tipos de eventos terrivelmente
trágicos. E embora essas coisas sejam comuns no
mundo de hoje, desejo de todo o coração ter
algumas estações e jornais de “Boas Novas”. Eu
acredito que há muitas coisas boas acontecendo no
mundo e provavelmente há mais coisas boas do
que ruins, mas o mal é ampliado de uma forma
que muitas vezes parece esmagadora. Embora
possamos querer saber o que está acontecendo no
mundo, não devemos ter uma dieta constante de
“más notícias”, mas devemos escolher ler, assistir e
falar sobre coisas boas.

Felizmente, não temos que esperar que outra


pessoa nos anime! Podemos fazer isso com nossas
próprias palavras, por meio daquilo que
escolhemos falar. Recentemente, entrei em uma
sala e ouvi um grupo de pessoas falando sobre
várias empresas que haviam recentemente
entrado em processo de falência. Em seguida,
mencionaram dois outros que tinham ouvido falar
que iam pedir falência. Senti uma tristeza
pairando na atmosfera, então disse: “Bem, Deus
não está falido e está do nosso lado”.
Imediatamente a atmosfera mudou e todos
concordaram comigo.
Não estou sugerindo de forma alguma que
neguemos a realidade, mas podemos escolher
sobre o que queremos falar. Se não estamos
ajudando a nós mesmos ou a qualquer outra
pessoa, ensaiando todas as coisas ruins que
acontecem no mundo, então por que encher nossa
conversa com isso? Sei que vamos falar sobre as
condições do mundo para um

certo grau. Queremos estar bem informados


sobre o que está acontecendo. Não há sabedoria
em ser ignorante e pego de surpresa, mas falar
sobre isso excessivamente ou sem propósito
apenas cria uma atmosfera sombria que
ninguém vai gostar.

Pensando sobre o que você fala

Falamos muito e muitas vezes não prestamos


atenção ao que dizemos, muito menos pensar
seriamente sobre o impacto de nossas palavras.
Quero encorajá-lo a parar um pouco e pensar
sobre os tipos de coisas sobre as quais costuma
falar. De que tipo de conversa você gosta e
participa? Se formos honestos com nós mesmos,
podemos descobrir que alguns de nosso mau
humor estão diretamente ligados à nossa conversa.
Até mesmo alguns de nossos problemas podem
estar ligados a escolhas erradas que fazemos sobre
o que dizemos. À medida que progredirmos neste
livro, você aprenderá que as palavras têm tanto
poder que podem realmente criar circunstâncias
em nossa vida. Por exemplo, se um homem diz
continuamente: “Não consigo controlar meu
apetite”, ele vai acreditar que não pode e, portanto,
não vai controlá-lo. Se uma mulher disser: “Nunca
terei dinheiro nem possuirei coisas boas”, ela pode
acabar vivendo muito abaixo do nível que Deus
deseja para ela, simplesmente porque ela nem
mesmo tentará fazer melhor. Acreditamos mais no
que dizemos do que no que qualquer outra pessoa
nos diz. Isso é muito importante, por isso quero
repetir: você acredita mais no que diz do que no
que os outros lhe dizem. Pense nisso. Quando
alguém o elogia quando você está usando um
vestido do qual não gosta muito e está tendo um
dia ruim com o cabelo, você acredita nela? Ou você
acredita naquela vozinha interior que diz: “Ela
está apenas sendo legal, porque você não está bem;
você parece

Terrível."
Se dissermos algo com bastante frequência,
silenciosamente em nossos corações ou
verbalmente, acreditaremos, seja ou não verdade.
E a Bíblia nos ensina que recebemos o que
acreditamos. Todas as promessas de Deus são
recebidas por crer nelas. Na verdade, acreditar
significa "receber" e receber significa "acreditar".
Acreditar e receber são como gêmeos siameses.
Os dois não podem ser separados. O que
acreditamos se torna nossa realidade!
Seria um exercício sábio reservar um pouco de
tempo no final de cada dia e pensar sobre o que
conversamos naquele dia. Certamente, sempre que
estivermos nos sentindo um pouco tristes,
devemos nos perguntar imediatamente: "Do que
estou falando?" Nossas palavras não causam todos
os nossos problemas, mas causam muitos deles e
devem ser levadas em consideração quando
procuramos respostas para os problemas que
encontramos na vida. Todos nós temos desafios na
vida, mas podemos torná-los melhores ou piores
pela maneira como falamos sobre eles.
Que tipo de conversa você tem ao redor da
mesa do almoço no trabalho? Enquanto dirigia
para o trabalho no estacionamento? Conversando
com amigos em uma reunião social? Por que não
decidir a cada dia, antes mesmo de sair de casa,
que só vai falar sobre coisas que beneficiam você e
todos que o ouvem? Visto que temos o poder de
tornar nosso dia melhor, seríamos realmente tolos
se não o fizéssemos.
Deixe-me dizer claramente que não acredito
que possamos mudar todas as nossas
circunstâncias em circunstâncias agradáveis
fazendo confissões positivas, mas acredito que
muitas delas mudarão de acordo com a vontade de
Deus. Eu só quero ensinar você a estar de acordo
com Deus e aprender a dizer o que Ele diz. Por
exemplo, Deus nunca diria: "Esta situação ruim é
muito

muito para mim; é muito difícil e eu vou desistir. ”


Você pode estar pensando agora: "Bem, é claro que
Deus não diria isso!" Então por que você quer?
Deus está no controle, não nós; no entanto,
podemos cooperar com Sua vontade ou impedi-la
concordando ou discordando de Sua Palavra. Uma
coisa é certa: falar negativamente pode prejudicá-
lo, mas falar positivamente nunca fará, então por
que não ir com o positivo e ver que tipo de
resultados você obtém?

Sementeira e colheita

Na Bíblia, aprendemos o princípio de semear e


colher. Começando em Gênesis, Deus nos ensina
que, enquanto a terra permanecer, haverá tempo
de semeadura e colheita. Podemos compreender
prontamente como um fazendeiro semeia a
semente e espera pela colheita, mas precisamos
entender melhor o que chamarei de "semente
espiritual". Podemos ver uma semente de tomate
com nossos olhos e entender o processo de plantar
e esperar a colheita do tomate. Não podemos ver
atitudes, pensamentos ou palavras, mas eles
também são sementes que operam no reino
espiritual (invisível) e também produzem uma
colheita baseada no que foi plantado.
Se uma pessoa semeia continuamente
pensamentos, atitudes e palavras negativas, ela
produzirá muitos resultados negativos em sua
vida. Da mesma forma, se ele semear
pensamentos, atitudes e palavras positivas
e cheias de vida , verá resultados bons e positivos.
Jesus disse que Suas palavras eram espírito e vida
(ver João 6:63).
Como já disse, nossas palavras afetam a nós
tanto quanto ao ouvinte. Eles tocam nossa alma e
espírito e podem produzir uma colheita em nosso
corpo físico. Por exemplo, se alguém dissesse algo
muito odioso e maldoso para mim, isso afetaria
meu

emoções e mente, o que poderia causar tristeza em


meu semblante. Da mesma forma, se alguém diz
algo edificante e encorajador para mim, isso afeta
minha mente e emoções de uma forma positiva,
colocando um sorriso no meu rosto, e muitas vezes
posso sentir um fluxo de energia extra
percorrendo meu corpo. Somos energizados por
palavras positivas e enfraquecidos por palavras
negativas. As palavras podem nos deixar com raiva
ou podem nos acalmar; portanto, eles devem ter
poder.
Um palestrante estava falando sobre o
poder do pensamento positivo e o poder das
palavras.
Um dos membros da platéia levantou a mão e
disse: “Não é dizer 'boa sorte, boa sorte, boa sorte'
que me fará sentir melhor. Nem dizer 'azar, azar,
azar' me fará sentir pior. Eles são apenas palavras
e por si só não têm poder. ”
O orador respondeu: “Cale a boca, seu tolo,
você não entende nada sobre isso”. O membro da
audiência ficou pasmo. Seu rosto ficou vermelho e
ele ficou tentado a responder: “Você @ && # !!
&&& # @!” [algo que não posso dizer neste livro].
O orador ergueu a mão. "Por favor, dê-me
licença. Eu não queria te chatear. Por favor, aceite
minhas mais sinceras desculpas. ” O membro da
platéia se acalmou. Algumas pessoas no corredor
murmuraram; outros arrastaram os pés.
O orador retomou. “Essa é a resposta para a
pergunta que você me fez. Algumas palavras o
deixaram muito zangado. As outras palavras o
acalmaram. Agora você entende o poder das
palavras ? ”

Gostaria que você considerasse


seriamente as seguintes escrituras, pois elas
também nos mostram o poder das palavras:

Pois, assim como a chuva e a neve


descem do céu e não voltam para lá, mas
rega a terra, e faze-la produzir e brotar,
para que dê semente ao semeador e pão
ao comedor.
Assim será a palavra que sair da minha
boca: ela não voltará para mim vazia [sem
produzir qualquer efeito, inútil], mas fará o
que me agrada e me proponho, e
prosperará naquilo para que eu enviou.
Isaías 55: 10-11
Na Palavra de Deus, somos ensinados um
princípio muito importante: assim como a
semente natural produz uma colheita, a Palavra
de Deus também. Quando Ele fala, ou falamos
como Seus filhos, veremos um resultado baseado
no tipo de semente que plantamos. Simplificando,
se eu falar sobre carência, doença, coisas pelas
quais estou zangado e problemas na maioria das
vezes, então as “sementes de palavras” que estou
plantando na verdade irão produzir uma colheita
de mais do mesmo. Por outro lado, se eu decidir
falar sobre provisão, saúde, perdão, bondade de
Deus e fidelidade, estou plantando sementes que
produzirão uma boa colheita de acordo com a
semente que estou semeando com minhas
palavras.
Um agricultor não planta uma semente de
tomate e espera obter brócolis, e não devemos
plantar sementes de coisas ruins na esperança
de obter uma boa colheita. Uma vez que
realmente entendamos esse princípio e agimos
de acordo, podemos mudar nossas palavras e,
portanto, podemos mudar nossas vidas.
Nunca subestime o poder de suas palavras.

CAPÍTULO

Domando sua língua

Você ou eu podemos domar nossa própria língua?


De acordo com a Bíblia, é impossível, então por
que tentar? A verdade é que não podemos fazer
isso sem a ajuda de Deus, mas com Deus tudo é
possível, até mesmo o domínio da língua. Eu me
inclino e confio em Deus todos os dias para me
ajudar a controlar minha boca e o que sai dela. O
salmista Davi orou muito sobre suas palavras. Ele
tomou a decisão de não pecar com sua língua, mas
também confiou em Deus para ter força para
seguir adiante. Ele disse: “Proponho que a minha
boca não prevarique” (Salmo 17: 3b). “Sejam
agradáveis as palavras da minha boca e a
meditação do meu coração aos teus olhos, ó
Senhor, minha [firme e impenetrável] Rocha e meu
Redentor” (Salmo 19:14). “Eu disse: Observarei e
guardarei os meus caminhos, para não pecar com
a minha língua; Amordaçarei a minha boca como
com freio, enquanto os ímpios estão diante de mim
”(Salmo 39: 1). “Põe uma guarda, ó Senhor, diante
de minha boca; vigia a porta dos meus lábios
”(Salmo 141: 3). Podemos ver nessas escrituras que
Davi estava exercendo seu livre arbítrio e
determinado a não pecar com sua língua, mas ao
mesmo tempo se apoiou em Deus para que isso
acontecesse.

Podemos ter desejos corretos e, quando o


fazemos, isso agrada a Deus e Ele trabalha em
nosso favor, ajudando-nos a seguir em frente com
as ações corretas. Eu sugiro que você estude a
Palavra de Deus nesta área. Descubra tudo o que
puder sobre o que a Palavra de Deus diz sobre a
boca, a língua e as palavras. Eu também sugiro
que você comece a orar especificamente sobre
esses

áreas, pedindo a Deus diariamente para ajudá-lo.


Quando você reconhecer que pecou com a boca,
leve isso a sério e arrependa-se rapidamente.
Domesticar a língua não é uma tarefa fácil, mas
pode ser feito, embora nunca sem a ajuda de
Deus diariamente.
Quando ouvi pela primeira vez um ensino
sobre os problemas que podem ser causados por
não domar a língua, fui convencido do pecado e
decidido a mudar. Voltei para casa depois do culto
na igreja, onde ouvi o ensinamento e tinha um
plano para manter minha boca fechada e
simplesmente não falar. Concluí que, se não
falasse, não teria problemas com minhas palavras.
Claro, esse plano não funcionou porque era
extremo e não tinha nada a ver com a vontade de
Deus. As pessoas me perguntavam o que havia de
errado comigo e por que eu não estava falando, e
meu pensamento foi: “Você não fica feliz quando
falo porque digo a coisa errada e agora você não
está feliz por eu não estar falando. Não consigo
agradar as pessoas, não importa o que eu faça! ”

Deus quer que falemos, e é por isso que Ele nos


deu uma boca. A comunicação piedosa é uma coisa
linda, e as palavras usadas de maneira adequada
fazem muito bem. O plano de Deus não era que eu
não dissesse nada, mas aprendesse a domesticar
minha língua com Sua ajuda. Eu tinha um plano de
ir para casa e tentar fazer melhor, mas deixei Deus
totalmente fora da equação. Sempre que pensamos
que faremos qualquer coisa à parte Dele, somos
um fracasso esperando para acontecer. Mesmo
quando queremos fazer a vontade de Deus, ainda
não podemos fazer isso sem a ajuda dele.

Precisamos sempre orar primeiro e depois


esperar pelo plano de Deus. Nunca faça seu
próprio plano e espere que Deus o abençoe. Eu
deveria ter deixado o culto da igreja e dito: “Deus,
estou convencido do pecado pela mensagem desta
noite. Eu sei que não refrei minha língua e que
causei muitos problemas por não

fazendo isso. Por favor, perdoe-me, padre, e ajude-


me a mudar. Mostre-me o que fazer e ajude-me a
fazer que minha boca seja uma bênção e não um
problema. Eu peço em nome de Jesus, Amém! ” Se
eu tivesse feito isso, poderia ter me poupado de
muitas tentativas, fracassos e confusos.
Uma das coisas sobre as quais devemos orar
todos os dias é pedir a Deus que nos ajude a falar
coisas certas. Nossas palavras são muito
importantes e devem ser usadas para o propósito
de Deus. Devemos desejar ser um porta-voz de
Deus, falando Sua Palavra fielmente.

Se não formos cuidadosos e fervorosos, podemos


involuntariamente
tornar-se uma voz para Satanás, permitindo que
ele fale coisas através de nós que trazem dano e
mágoa a muitas pessoas. Podemos ser boas pessoas
que nunca fariam tal coisa de propósito, mas pode
acontecer se não entendermos o impacto das
palavras e o quanto precisamos da ajuda de Deus
para domar nossa língua.

Uma pequena faísca pode iniciar um


incêndio violento

Margaret adorava tocar piano e não havia nada


que seu marido, Richard, gostasse mais do que se
acomodar em sua poltrona e ouvir sua esposa
tocar. Uma ou duas vezes por semana depois do
jantar, Margaret se sentava ao piano e tocava.
Sonatas, valsas e as canções favoritas do casal
voavam de seus dedos, e às vezes Richard cantava
junto.
Quando Richard desenvolveu sérios
problemas cardíacos, ele foi forçado a se
aposentar, e Margaret tornou-se o único ganha-
pão da família. Ela trabalhava longas horas,
geralmente voltando para casa às oito da noite
para preparar o jantar, lavar a louça e ir direto
para a cama.

Certa noite, ao jantar, Richard olhou para o


piano e disse a Margaret: “Sinto falta de ouvir
você tocar piano”. Margaret disparou: "E quando
terei tempo para fazer isso ?" Richard não disse
nada. Margaret imediatamente se arrependeu de
sua réplica, mas não se desculpou; ela voltaria a
tocar piano para Richard novamente assim que
pudesse colocar seu trabalho sob controle e
começar a voltar para casa mais cedo.
Margaret nunca teve a chance de fazer isso.
Ela voltou do trabalho algumas semanas depois e
encontrou Richard deitado no chão do porão. Ele
teve um ataque cardíaco e estava morto.
Agora que Richard havia partido,
Margaret não conseguia se obrigar a tocar
piano.
Que história triste e exemplo vívido do
incêndio florestal que apenas algumas palavras
podem acender. Se Margaret pudesse retirar
aquelas poucas palavras sarcásticas que disse em
um momento de aborrecimento, tenho certeza
que ela faria. Mas é tarde de mais. Como ela
gostaria de ter domado sua língua enquanto teve
a chance.
Felizmente, a maioria de nós nunca se
encontrará em uma situação como a de
Margaret.
Na maioria das vezes, as lições aprendidas
não são tão caras quanto as dela. Um grama de
prevenção realmente vale um quilo de cura.
Vamos ver como podemos evitar que nossas
línguas façam fogo.

Nove versículos das escrituras encontrados em


Tiago 3: 2–10 são uma base poderosa para
aprender como domar a língua. Vamos explorá-los
juntos.

Pois todos nós freqüentemente


tropeçamos, caímos e ofendemos em
muitas coisas. E se alguém não ofende na
fala [nunca diz coisas erradas], ele é um
totalmente desenvolvido
caráter e um homem perfeito, capaz de
controlar todo o seu corpo e conter toda a
sua natureza. Tiago 3: 2

Se é preciso uma boca perfeita para fazer um


homem perfeito, tenho certeza de que nenhum de
nós o cumprirá plenamente enquanto estivermos
aqui na terra. É nosso trabalho avançar em
direção à marca da perfeição, mas a Bíblia nos
ensina que não alcançaremos a perfeição até que
Jesus, o Perfeito, venha nos levar para viver com
Ele por toda a eternidade (ver I Coríntios 13: 9–10 )
Podemos crescer, podemos mudar e podemos
fazer cada vez melhor. Mas se obtivéssemos
perfeição em nosso comportamento, não
precisaríamos mais de Jesus - e isso nunca vai
acontecer. Podemos ter um coração perfeito para
com Deus, desejando plenamente Sua vontade e
fazendo tudo o que pudermos para trabalhar com
o Espírito Santo em direção a esse objetivo. Deus
vê nosso coração e creio que Ele nos considera
perfeitos, mesmo enquanto estamos fazendo a
jornada em direção à perfeição. Sou muito grato
por Deus ver nossos corações e não apenas nosso
desempenho.

Se colocarmos bits na boca dos cavalos para


fazê-los nos obedecer, poderemos virar seus
corpos inteiros.
Da mesma forma, olhe para os navios:
embora sejam tão grandes e sejam movidos
por ventos fortes, eles são guiados por um
leme muito pequeno onde quer que o
impulso do timoneiro determine. Tiago
2: 3-4

A broca na boca do cavalo é um minúsculo


pedaço de metal preso ao freio que forçará o
poderoso cavalo a virar em qualquer direção que
o cavaleiro determinar. É uma coisa pequena se
comparada a um cavalo, que pode pesar até 3.830
libras. Está certo! Embora seja incomum, um
cavalo

na verdade, pesava tanto e era controlado por um


minúsculo pedaço de metal. A broca realmente
pressiona a língua do cavalo, o que acho
engraçado, pois Deus a usa como exemplo para
nos ensinar a entender a importância da língua.
O próximo exemplo é um navio poderoso.
Alguns navios são transatlânticos e podem ter
quarteirões de comprimento, mas são guiados por
um leme muito pequeno em comparação com o
enorme navio. A mensagem para nós é que nossas
línguas e as palavras que rolam sobre elas são
poderosas o suficiente para dar direção a toda a
nossa vida. Muito do que aconteceu em nossas
vidas até agora é resultado de nossas palavras no
passado ou palavras que nos foram ditas. É
reconfortante saber que posso mudar a direção de
minha vida mudando minhas palavras, assim
como um cavaleiro pode mudar a direção de seu
cavalo ou o capitão de um navio pode mudar a
direção de seu navio.

Mesmo assim, a língua é um membro


pequeno e pode se gabar de grandes coisas.
Veja quanta madeira ou quão grande é a
floresta uma pequena faísca pode
incendiar!
E a língua é um fogo. [A língua é um]
mundo de maldade posta entre nossos
membros, contaminando e depravando
todo o corpo e incendiando a roda do
nascimento (o ciclo da natureza do
homem), sendo ela própria inflamada pelo
inferno (Gehenna). Tiago 3: 5-6
Algumas palavras faladas podem não parecer
grande coisa, mas a Bíblia as compara a faíscas que
dão início a enormes incêndios florestais. Ouvimos
relatos de milhões de hectares de floresta
destruídos por alguém ter jogado um cigarro aceso
no chão. Uma coisa tão pequena, mas causou uma
destruição terrível. Faça nossas palavras

realmente tem tanto poder? Se vamos crer na


Palavra de Deus, devemos crer que sim.
De acordo com esses versículos, a língua é
muito perversa e depravada se não for controlada
por Deus. É colocado no meio de nossos membros
(nosso corpo) e realmente tem o poder de
contaminar todo o corpo e colocar coisas em
movimento que trazem resultados devastadores.
Pode ser usado pelo próprio Inferno para realizar
coisas que somente Satanás deseja.
Felizmente, há outro lado dessa história. Com a
ajuda de Deus, essa mesma pequena língua pode
ser voltada para Deus e usada para Seus grandes
propósitos na terra. Pode ser usado para pregar o
Evangelho de Jesus Cristo e causar grande dano a
Satanás e ao Reino das Trevas. Ele pode ser usado
para muitas coisas boas, e mesmo as coisas ruins
para as quais foi usado no passado podem ser
revertidas para sempre. Sempre podemos vencer o
mal com o bem (veja Romanos 12:21). Comece a
falar coisas boas imediatamente e você começará a
ver mudanças.

Pois todo tipo de animal e ave, réptil e


animal marinho, pode ser domesticado e
foi domesticado pelo gênio humano
(natureza).
Mas a língua humana não pode ser
domada por nenhum homem. É um mal
inquieto (indisciplinado, irreconciliável),
cheio de veneno mortal.
Com ela bendizemos o Senhor e Pai, e
com ela amaldiçoamos os homens que
foram feitos à semelhança de Deus!
Da mesma boca procede bênção e
maldição. Essas coisas, meus irmãos, não
deveriam ser assim. Tiago 3: 7–10

Tenho visto programas de televisão mostrando


como os homens treinam animais para fazer
coisas incríveis, e eles sempre me intrigam. É
incrível que possamos treinar um animal
selvagem e perigoso para pular através de aros de
fogo, mas não podemos domar uma coisa
minúscula como a língua. No entanto, como eu
disse antes, todas as coisas são possíveis para
Deus, e quando levamos a sério a questão de
domesticar a língua, Deus vai levar a sério a nossa
ajuda.
Vamos nos empenhar em eliminar a mistura
que sai de nossa boca. Podemos ir à igreja e cantar
canções de louvor a Deus e depois ir almoçar e
caluniar as mesmas pessoas com quem nos
sentamos na igreja. Lembro-me de ter feito isso
sozinho e tenho certeza de que não sou o único. Eu
não sabia melhor quando fiz isso porque nunca
tinha tido esse tipo de ensino. Mas agora que eu sei
e você sabe, somos responsáveis por trabalhar com
o Espírito Santo para uma mudança positiva.

Professores, cuidado

Aprendi que ser professor da Palavra de Deus me


dá uma responsabilidade ainda maior na área de
domar minha língua do que outras pessoas. Não
posso deixar que a Palavra de Deus saia da minha
boca e, ao mesmo tempo, permitir que Satanás a
use para seu trabalho sujo também.

Não muitos [de vocês] deveriam se tornar


professores (censores autoconstituídos e
reprovadores de outros), meus irmãos, pois
vocês sabem que nós [professores] seremos
julgados por um padrão mais elevado e com
maior severidade [do que outras pessoas;
assim, assumimos maior responsabilidade e
mais condenação]. Tiago 3: 1

Este versículo precede todos os outros que


discutimos sobre a boca em Tiago 3. Existem
muitos tipos de professores no mundo. Professores
da Bíblia, professores de escola dominical,
professores de gramática e ensino médio,
professores universitários e pais são professores.
Tenho um treinador na academia que me ensina a
fazer exercícios, e não ficaria muito impressionado
ou provavelmente a ouviria se ela mesma não se
exercitasse regularmente. Todos nós esperamos
que aqueles que estão nos ensinando façam a
mesma coisa que eles nos ensinam a fazer.
Deus me ensinou essa lição de maneira muito
forte há vários anos. Cheguei a um ponto em meu
ministério de ensino quando realmente senti que o
poder de Deus (unção) não estava no que eu estava
dizendo, e fiquei muito preocupado com isso.
Finalmente me propus a buscar seriamente a Deus
sobre a situação, mas depois de três dias, ainda
não tinha resposta. Eu estava conversando com
Dave sobre isso, e ele disse que sentiu que Deus
havia mostrado a ele o que estava errado. Bem,
tenho certeza de que você sabe que não fiquei
satisfeito por ele achar que sabia o que havia de
errado comigo, e imediatamente fiquei na
defensiva. Dave não discutiu comigo, mas
simplesmente disse: “Isso é o que eu acredito que
Deus me mostrou, e você pode pegar ou largar”.
Dave me perguntou se eu me lembrava de ter
dito algumas coisas negativas a ele sobre o estilo
de pregação de outro pregador, e eu disse: "Bem,
você concordou comigo!" Eu ainda não estava
pronto para ser responsabilizado. Dave disse:
“Sim, concordo, mas não sou eu que estou
pregando e não estou tendo problemas”. Ai!
Depois de cerca de meio dia sendo teimoso,
finalmente me acalmei, e um dos primeiros
lugares que o Espírito Santo me levou na Palavra
de Deus foi Tiago 3: 1-10, que fala sobre os
professores serem mais responsáveis do que
outros na área de suas palavras. Quando
finalmente percebi o que havia feito, fiquei
extremamente triste e senti que havia aprendido
uma boa lição. Lamento dizer que alguns

anos depois, fiz a mesma coisa novamente e


imediatamente senti a perda do poder de Deus em
minha pregação. Dessa vez não precisei procurar o
motivo porque me lembrei da lição anterior. Eu
imediatamente me arrependi e tenho tentado ser
muito cuidadoso desde então para nunca julgar
criticamente alguém que está pregando a Palavra
de Deus.
Eu não estava apenas fazendo o que estava
ensinando aos outros a não fazerem a respeito de
palavras de crítica, mas também estava falando
contra outra pessoa chamada por Deus para pregar
o Evangelho - e isso tornava tudo ainda pior.
Professores, tomem cuidado! Receba isso como
uma palavra de cautela. Se você pretende ensinar
outras pessoas, deve cumprir um padrão mais
elevado do que aqueles que não são professores.
Seremos julgados por um padrão mais rígido e com
maior severidade. Isso não isenta os outros de suas
responsabilidades, mas coloca uma dupla
responsabilidade sobre aqueles de nós que
ensinam por causa de nossa posição de liderança.

CAPÍTULO

Aprendendo a dizer o que Deus diz

Quando meu neto mais novo tinha nove meses,


comecei a trabalhar com ele diariamente, tentando
fazê-lo dizer “vovó”. Eu disse isso várias vezes e ele
riu. Eu queria que ele me imitasse e, mesmo que
ele não conseguisse perfeitamente, queria ouvi-lo
dizer “vovó”. Eu queria que ele dissesse o que eu
estava dizendo! Depois de vários dias, ele
finalmente disse sua versão de “vovó” e, embora
soasse um pouco como um grrrr com uma mãe no
final, todos ficamos muito animados. Isso me
ajudou a perceber como Deus deve ficar
emocionado quando finalmente começarmos a
dizer o que Ele diz.
O apóstolo Paulo disse aos cristãos coríntios
que eles eram carnais e imaturos e que ainda não
sabiam falar.

No entanto, irmãos, eu não poderia falar


com vocês como [homens] espirituais, mas
como não espirituais [homens da carne, nos
quais a natureza carnal predomina], como
meros bebês [na nova vida] em Cristo
[incapaz de fale ainda!]. 1 Coríntios 3: 1

Sempre achei essa escritura fascinante.


Sabemos que eles podiam falar, então o que
Paulo quis dizer? Ele quis dizer que eles não
falavam direito. A conversa deles não estava de
acordo com a Palavra de Deus.
Se quisermos andar com Deus, devemos
concordar com Deus. Se meu marido e eu
estivermos tentando dar um passeio juntos e eu
estiver puxando em uma direção enquanto ele
puxa em outra, estaremos

frustrado e não faz muito progresso. Da mesma


forma, não podemos ir contra a direção de Deus
e esperar desfrutar a vida.

Andam dois juntos, exceto se


marcarem um encontro e
concordarem? Amós 3: 3

Muitas pessoas caminham juntas todas as


manhãs ou todas as noites em um horário
determinado. Eles marcaram um encontro e
concordaram em caminhar juntos. Por que você
não permite que a leitura deste livro seja o
momento em que concorda em andar plenamente
com Deus, aprendendo a dizer o que Ele diz? Deus
tem um plano muito bom para cada um de nós,
mas nunca iremos apreciá-lo a menos que
aprendamos a dizer o que Ele diz sobre tudo.
Todo aquele que se considera crente em Deus
diria que deseja que as promessas de Deus se
cumpram e sejam uma realidade em sua vida.
Mesmo assim, muitos crentes dizem o oposto
sobre sua vida do que Deus diz em Sua Palavra.
Por exemplo, muitas pessoas dizem que se
sentem culpadas ou não amadas, mas Deus diz que
nos ama para sempre e incondicionalmente.
Muitas vezes falamos sobre como nos sentimos ou
o que pensamos, em vez de falar sobre o que a
Palavra de Deus diz, e se for esse o caso, então
precisamos mudar.
Jesus é o Sumo Sacerdote de nossa confissão
(veja Hebreus 4:14). Ele trabalha para que
possamos cumprir a vontade de Deus, mas só pode
trabalhar na medida em que concordamos com
Deus no que Ele diz. Nossa confissão é apenas o
que dizemos, e Jesus age de acordo com isso. Se eu
dissesse a um de meus filhos que daria a eles uma
festa de aniversário maravilhosa neste ano,
esperaria que eles dissessem a mesma coisa que
eu. Se eles dissessem: "Não, você não é", isso me
faria pensar que eles não

Confie em mim. Se eu os ouvisse continuamente


dizer: “Duvido que mamãe apareça e me dê uma
festa de aniversário”, posso simplesmente decidir
não fazer isso, afinal. O poder do acordo é incrível.
Quando concordamos com outras pessoas, isso
aumenta nosso poder dez vezes, então imagine o
que acontece quando concordamos com Deus.

A Palavra Escrita de Deus

A Bíblia é a Palavra de Deus escrita para nós para


que possamos aprender e meditar nela. Deus quer
que Sua Palavra se torne parte de nós e quer que
guiemos nossas vidas de acordo com ela. Sua
Palavra é a verdade e está repleta de sabedoria.
Está cheio de vida e poder.
O salmista Davi, que por fim se tornou rei,
valorizava muito a Palavra de Deus. Muitos dos
Salmos que ele escreveu falam sobre a
importância da Palavra de Deus, e o Salmo 119 é
um dos melhores. Davi começa este Salmo dizendo
que somos abençoados se ordenarmos nossa
conduta e conversação na lei do Senhor. Ele está
literalmente dizendo que precisamos fazer o que
Deus faz e dizer o que Ele diz.
Dorothy, uma mulher de 89 anos , mora em
uma casa de repouso no interior do estado de
Vermont. O diabetes e a artrite roubaram-lhe a
visão e a capacidade de andar. Quando sua
sobrinha Irene veio visitá-la de fora do estado, ela
esperava encontrar sua tia deprimida e
angustiada.
Mas em vez disso, sua tia Dorothy a
cumprimentou calorosamente e se preparou para
uma visita maravilhosa de sua sobrinha favorita.
Eles passaram horas conversando e rindo e,
finalmente, Irene não conseguiu mais reprimir
sua curiosidade. “Tia Dot, você é cega e aleijada.
Como você mantém uma disposição tão alegre? ”
ela

Perguntou.
“Isso é fácil”, disse a tia. “Passei quarenta anos
aprendendo a Palavra de Deus e cantando Seus
louvores. Na verdade, memorizei muito da Bíblia
simplesmente por meio de anos de estudo. Agora,
sempre que começo a sentir pena de mim mesma,
falo e canto as escrituras e hinos de louvor. Não
tenho certeza de como meu colega de quarto
gosta, mas sempre me anima! ”
Nenhum de nós espera envelhecer e perder
nossas faculdades. Mas, se esse dia chegar, você
não gostaria de estar preparado com um arsenal
de escrituras e canções de louvor ao seu alcance?
Quando obedecemos a Deus e escondemos Sua
Palavra em nosso coração, Ele provê bênçãos de
uma forma que nem imaginamos.

Com os meus lábios declarei e contei


todas as ordenanças da tua boca. Salmo
119: 13

Não podemos dizer o que Deus diz a menos


que saibamos o que Ele disse, e é por isso que
devemos estudar a Palavra de Deus
diligentemente. A fim de conhecer a Deus e o que
esperar Dele, devemos conhecer Sua
Palavra - porque eles são um. Não é possível que
Deus diga uma coisa e faça outra. Ele não pode
mentir e é sempre fiel em cumprir o que
prometeu. Satanás é um mentiroso e procura nos
enganar com suas mentiras. A única maneira de
reconhecer suas mentiras é saber a verdade.
Somente a verdade, que é a Palavra de Deus, nos
tornará livres (ver João 8: 31–32).

Tenho estudado a Palavra de Deus


diligentemente por trinta e cinco anos e minha
vida mudou porque minha mente foi renovada. Eu
aprendi a falar de acordo com Deus, e estou

desfrutando das promessas cumpridas de Deus.


Conheço muitas pessoas que têm o mesmo
testemunho, mas também conheço muitos que,
embora desejem que suas vidas melhorem, não se
disciplinam para estudar e aprender a Palavra ou
para falar a Palavra. É nossa escolha e só nós
podemos fazer isso. É hora de você marcar um
encontro com Deus e começar a concordar com
Ele? Se sim, não demore ... hoje é o dia de começar!

O que Deus diz sobre o seu passado?

Muitas pessoas estão presas em seu passado. Se


eles fizeram algo ruim ou algo ruim lhes
aconteceu, eles acreditam que nunca irão além
disso. Isso é exatamente o que o diabo quer que as
pessoas acreditem, mas de acordo com a Palavra
de Deus, não é verdade. Podemos nos recuperar de
uma coisa ruim em nosso passado, e Deus até fará
o bem com isso. Deus é um Redentor, e isso
significa que Ele compra o pecado e outras coisas
ruins em nossas vidas com o sangue de Cristo e os
transforma em algo lindo.

Assim como muitos de vocês, eu tenho um


passado cheio de pecado e dor por ser abusado e
rejeitado. Eu estava totalmente convencido de que
sempre teria uma vida inferior por causa do meu
passado. Achei que faria o melhor que pudesse,
mas certamente não esperava nada incrivelmente
maravilhoso. Mas eu aprendi com a Palavra de
Deus que eu poderia ser completamente perdoado
por todos os meus pecados e que poderia deixar o
que estava para trás porque Deus estava fazendo
uma coisa nova (ver Hebreus 10: 17–18, Isaías
43:19).
Eu vi essas promessas na Palavra de Deus e
então liberei minha fé nelas dizendo o que Deus
disse. Eu não disse mais: “Não há esperança para
mim. É muito tarde. Eu arruinei minha vida. ” Eu

comecei a dizer: “Estou perdoado, perdôo aqueles


que me machucaram e deixo de lado o que ficou
para trás porque Deus está fazendo uma coisa nova
em minha vida”.
A fé é uma força que reside em nosso espírito
regenerado, mas a fé deve ser liberada para
funcionar. Nós o liberamos realizando ações
inspiradas por Deus , orando ou dizendo o que
Deus diz.

Recentemente, eu estava ensinando em uma


conferência e me senti guiado pelo Espírito Santo a
perguntar quantas pessoas achavam que estavam
presas ao passado. Fiquei surpreso quando cerca
de 75 por cento dos participantes levantaram as
mãos. Compartilhei o que Deus disse sobre nosso
passado e os desafiei a tomar a decisão de
concordar com Deus. O número de pessoas que são
impedidas de progredir porque estão presas em
seu passado é impressionante. A resposta é
claramente encontrada na Palavra de Deus: "Deixe
de lado o que está para trás, pois Deus está fazendo
uma coisa nova." Pode parecer impossível, mas
dizer o que Deus diz sobre nós acabará por
renovar nossa mente e atitude e nos libertar para o
futuro que Deus deseja para nós. Não importa o
que você tenha feito no passado ou o que tenha
sido feito com você, eu o desafio a começar a dizer:
"Estou perdoado, Deus tem um bom plano para
minha vida e nunca olharei para trás." Se
estivéssemos olhando para o lugar de onde viemos,
teríamos olhos na nuca, mas não temos. Nossos
olhos estão à nossa frente, então podemos sempre
olhar para frente.

Não podemos basear nossas crenças em como


nos sentimos ou pensamos, mas devemos basea-
las na Palavra de Deus. Sua Palavra é a maior
autoridade na terra. É uma espada poderosa que
Ele nos deu, mas devemos empunhá-la. Devemos
falar e acreditar, meditar e agir de acordo. Não
gaste sua vida se curvando

até seus próprios pensamentos ou sentimentos


carnais. É hora de viver mais profundamente do
que a alma (mente, vontade e emoções). É hora de
acreditar que somos co-herdeiros com Jesus Cristo
e que podemos reinar como reis em vida por meio
da justiça (ver Romanos 5:17, 8:17).

O tipo de justiça de Deus


Existem dois tipos de justiça. O primeiro tipo é a
retidão por meio do comportamento correto, e é
aquele com o qual estamos mais familiarizados.
Lutamos ao longo da vida tentando fazer o que é
esperado e o que a sociedade nos diz é certo. Se
tivermos alguma fé em Deus, também lutamos
tentando agradá-Lo obedecendo a todos os Seus
mandamentos. A maioria de nós nunca sente que
foi bem-sucedido ou está à altura do padrão que foi
estabelecido. Sentimo-nos como fracassados e, em
geral, nos sentimos “errados” sobre nós mesmos e
sobre a maior parte do que fazemos. Nós nos
comparamos com outras pessoas que nos sentimos
melhores do que nós e tentamos ser como elas, mas
isso também nunca funciona e mais uma vez nos
sentimos totalmente errados. O sentimento de estar
errado leva a sentimentos de culpa e condenação,
os quais nos pressionam na vida e nos fazem viver
muito abaixo de nossos direitos e privilégios como
filhos de Deus.

Passamos nossas vidas tentando obter algo


que, de acordo com a Palavra de Deus, possamos
ter gratuitamente como um dom da graça de Deus
por meio da fé. Eu digo que é como tentar sentar
em uma cadeira em que já estamos sentados.
O segundo tipo de justiça que está disponível
para nós é a justiça de Deus. É o Seu presente para
nós no momento em que recebemos Jesus Cristo
como nosso Salvador. Isso vem pela graça por
meio da fé.

E uma vez que é um presente gratuito, não pode


ser conquistado, merecido ou pago por nós. O dom
da justiça que Deus dá a Seus filhos já foi pago pelo
sofrimento, morte e ressurreição de Jesus.
Deus leva nosso pecado e nos dá Sua própria
justiça, e por um ato de Seu amor e misericórdia,
Ele nos vê como estando em uma posição correta
com Ele por meio de nossa fé.

Por nossa causa, Ele fez Cristo


[virtualmente] pecado que não conheceu
pecado, para que nEle e por meio dele
possamos nos tornar [dotados, vistos como
sendo e exemplos da] justiça de Deus [o que
devemos ser, aprovado e aceitável e em
relacionamento correto com Ele, por Sua
bondade]. 2 Coríntios 5:21

Essa é a grande troca! Deus tira nossos


pecados, coloca-os sobre Jesus e nos dá Sua justiça.
Alguém tinha que pagar pelo pecado e nós não
podíamos. Então Deus enviou Seu único Filho,
Jesus, para fazer o trabalho. Ele se tornou nosso
substituto. Você está disposto a dizer o que Deus
diz? Você vai entrar em acordo com ele? Em vez de
dizer: “Não sou bom. Eu faço tudo errado. Nunca
poderei estar à altura do que preciso ser ”, começa
a dizer:“ Eu sou a justiça de Deus em Cristo. Deus
me vê como certo e eu tenho um relacionamento
correto com Ele por meio de Cristo. ”
O evangelista inglês George Whitefield, que
viveu no século XVIII, aprendeu essa grande
troca quando foi falsamente acusado por seus
inimigos. A certa altura de seu ministério,
Whitefield recebeu uma carta cruel acusando-o
de transgressão.

Sua resposta foi breve e cortês: “Agradeço de


coração sua carta. Quanto ao que você e meus
outros inimigos estão dizendo contra mim, sei
coisas piores sobre mim do que você jamais dirá
sobre mim. Com amor em Cristo, George
Whitefield. ” Ele não tentou se defender. Ele estava
muito mais preocupado em agradar ao Senhor.
Tive um grave caso de culpa causado por
abuso sexual no início da minha vida e
provavelmente tive que dizer: “Eu sou a justiça de
Deus em Cristo”, milhares de vezes antes de
realmente começar a sentir o resultado disso em
minha vida. No entanto, com o tempo, a verdade
engoliu as mentiras de Satanás em que eu
acreditava antes, e não ando mais por aí com a
constante companhia da culpa. O fardo foi retirado
e estou livre!
Você pode perguntar: "Joyce, como posso ser
justo se ainda faço tantas coisas erradas?" A
resposta está em saber que Deus o vê como Seu
filho justo, mas Ele ainda lida com seu mau
comportamento. Ele o faz de uma forma amorosa,
mas firme, que o tirará de seu comportamento
pecaminoso. Ele nunca espera que façamos
qualquer coisa a menos que Ele nos dê a
capacidade de fazer isso primeiro, então Ele nos dá
a justiça. Ele a planta como uma semente em nosso
espírito e então pega o que plantou em nós e opera
através de nós, e eventualmente se torna um
comportamento correto como resultado da justiça
de Deus que recebemos como um presente Dele.
Não podemos ganhar a aprovação e o amor de
Deus por meio de nosso comportamento correto.
Mas, com base no tipo de justiça de Deus, tentamos
fazer o que é certo porque Ele já nos aprovou e nos
ama incondicionalmente. Estamos trabalhando por
Seu amor, ao invés de obter Seu amor.
Continue dizendo o que Deus diz. Mude suas
palavras e você pode mudar sua vida!

Excedentemente, Abundantemente Acima e


Além

O que devemos esperar da vida? Devemos


esperar apenas o suficiente e falta? Ou devemos
esperar que Deus guarde Sua Palavra e supra
todas as nossas necessidades de acordo com Suas
riquezas em Cristo?
O Senhor é meu Pastor (para me
alimentar, guiar e proteger), não me
faltará. Salmo 23: 1

Ousamos acreditar em Sua Palavra e dizer o que Ele


diz?

Deus é capaz de fazer muito,


abundantemente, acima e além de tudo o
que poderíamos ousar esperar, pedir ou
pensar. Efésios 3: 20b
Muitas vezes sentimos um grande medo em
nossa vida, pensando que nossas necessidades
podem não ser atendidas. Mesmo assim, Deus
prometeu prover para nós se simplesmente
trouxermos nossas ofertas a Ele como um ato de fé.
Pegamos parte de nosso dinheiro ou outros
recursos e os damos, e quando o fazemos, Deus os
vê como semente. Se continuarmos regando aquela
semente falando a Palavra de Deus sobre ela,
veremos uma bela colheita no tempo devido.
Em 13 de fevereiro de 2011, escrevi isso em
meu diário e recentemente me deparei com
isso:

Tenho tido a palavra providência em minha


mente recentemente. Refere-se ao cuidado
de Deus por Sua criação. Ele vê
necessidades e desejos com antecedência e
toma providências para supri-los. O poder
de Deus que nos cria, nos mantém! Nunca
há um momento em nossa vida em que
Deus não esteja cuidando de nós.
Deus deseja que confiemos nele para cuidar de
nós a cada momento. Ele está de olho em nós o
tempo todo e nunca nos deixa sozinhos por um
segundo. Ele sabe do que precisamos antes mesmo
de pedirmos.
Considere estes versículos e comece a dizer o que
Deus diz:

Que cada um [dê] conforme decidiu e


propôs em seu coração, não com relutância
ou tristeza ou sob compulsão, pois Deus
ama (Ele tem prazer, valoriza acima de
outras coisas, e não está disposto a
abandonar ou fazer sem) um doador alegre
(alegre, “pronto para fazê-lo”) [cujo coração
está em sua doação].

E Deus é capaz de fazer com que toda


graça (todos os favores e bênçãos
terrenas) cheguem a você em abundância,
para que você possa sempre e sob todas as
circunstâncias e qualquer que seja a
necessidade ser auto-suficiente [possuindo
o suficiente para não precisar de ajuda ou
apoio e fornecido em abundância para
todo bom trabalho e doação de caridade].
2 Coríntios 9: 7-8

Não acredito que possamos ler rapidamente


esses versículos e entender a promessa incrível
que eles oferecem. Leia-os repetidamente até que
você tenha espremido cada gota de revelação que
eles oferecem. Deus suprirá abundantemente
todas as nossas necessidades se simplesmente
dermos a Ele como um ato de fé. Lembre-se, a fé
deve ser liberada!
Deus não precisa do nosso dinheiro, mas o
pede como uma forma de testar e aumentar nossa
confiança Nele. Se uma pessoa é tão pobre que
não tem absolutamente nenhum dinheiro para
dar, ela pode dar

seu desejo de dar, ou ela pode dar tempo ou orar


pelos outros. Sempre podemos encontrar uma
maneira de dar se tivermos um coração generoso.
Quando damos, sempre obtemos resultados
imediatos? Quando um fazendeiro planta sua
semente no solo, ele imediatamente faz a colheita
ou tem que regar sua semente e esperar? Sabemos
que ele espera e também teremos de esperar. O
tempo de espera é o tempo de teste e crescimento.
Nossa fé é testada quando fazemos o que Deus nos
pede e ainda não vemos o resultado de nossa
obediência. Mas se não nos cansarmos de fazer o
bem, colheremos (ver Gálatas 6: 9).
Sei que Deus deseja que cada um de nós
confie Nele para a provisão. Ele não quer que
nos preocupemos ou tenhamos medo. A Palavra
de Deus está literalmente cheia de Suas
promessas de provisão.

Há aqueles que espalham [generosamente]


e ainda aumentam mais; há aqueles que
retêm mais do que é apropriado ou o que é
justo, mas isso resulta apenas em carência.
O liberal será enriquecido, e aquele que
regar, será regado. Provérbios 11: 24-25
Quem se compadece do pobre empresta
ao Senhor, e o que deu, Ele retribuirá.
Provérbios 19:17
Mas busque (almeje e se esforce depois)
primeiro de todo Seu reino e Sua justiça
(Sua maneira de fazer e ser certo), e então
todas essas coisas juntas serão dadas a você
além disso. Mateus 6:33
Deus promete atender a todas as nossas
necessidades. Ele pode não nos dar tudo que
queremos quando queremos, mas Ele será fiel

fornecer. Deus sempre faz a sua parte, se


quisermos, e fazer a nossa parte inclui dizer o que
Deus diz. Deus nunca faz o suficiente; Ele sempre
faz mais do que o suficiente. Ele colocou uma
abundância de peixes no mar quando o criou. Ele
fez com que o povo de Israel aumentasse
abundantemente em número enquanto eram
mantidos em cativeiro no Egito. Deus é abundante
em misericórdia. Ele é capaz de fazer muito,
abundantemente acima e além de tudo o que
sempre ousamos esperar, pedir ou pensar. Nós O
tornamos muito pequeno aos nossos olhos e
esperamos muito menos do que Ele deseja dar.
Dê como Deus pediu, e então regue sua
semente dizendo o que Ele diz sobre sua
provisão. Marque sua consulta e concorde com
Deus, e sua vida melhorará dramaticamente.

CAPÍTULO

As características de um cristão maduro

A Bíblia fala de três tipos de pessoas. Primeiro,


existe a pessoa não regenerada, o indivíduo
natural, não espiritual, que não aceitou ou deu as
boas-vindas às coisas de Deus em seu (ou dela)
coração. Ele não recebeu Jesus como seu
Salvador e anda de acordo com sua própria
vontade. Seu espírito está cheio de trevas.
Segundo, existe a pessoa que foi regenerada
pelo Espírito Santo por meio da fé em Jesus Cristo,
mas permanece carnal (carnal).
Terceiro, existe o crente maduro, uma pessoa
que aprende a fazer a vontade de Deus não
importa como seja ou quão difícil seja. Ele
trabalha com o Espírito Santo continuamente para
ser transformado à imagem de Jesus Cristo. Ele
aprende a dizer o que Deus diz e vive uma vida
dedicada a Deus e aos Seus propósitos.
Eu gostaria que fôssemos todos cristãos
maduros, mas infelizmente não é o caso. Na
maioria das vezes, uma vez que uma pessoa tenha
recebido a Cristo como seu Salvador, ela
permanece no estado imaturo ou carnal. Isso
significa que ele nunca cresce e amadurece de
forma e princípios piedosos. A igreja está cheia de
cristãos carnais. Eles receberam a Cristo e se
importam com as coisas de Deus, mas ainda agem,
pensam e falam como crianças. Um cristão imaturo
é egoísta, egocêntrico e acha difícil ser feliz a
menos que consiga o que deseja na vida.
Quando eu era criança, falava como uma
criança, pensava como uma criança,
raciocinava como uma criança; agora que
me tornei um

cara, eu cansei dos modos infantis e os


coloquei de lado. 1 Coríntios 13:11

Se não tomarmos a decisão de deixar de lado


os hábitos infantis, continuaremos sendo cristãos
bebês e nunca teremos muito valor para a obra
que Deus deseja realizar na terra. Devemos fazer
uma dedicação decisiva de nossos corpos e
apresentar todos nós mesmos a Deus para Seu uso
(veja Romanos 12: 1). Devemos tomar essa decisão
de propósito, porque não acontecerá
automaticamente.
Os coríntios nasceram de novo, foram
batizados no Espírito Santo, operando nos dons do
Espírito; e ainda assim Paulo disse que eles eram
carnais. Eles eram controlados por impulsos
comuns. Eles eram governados por suas emoções.
Eles eram invejosos, ciumentos e havia muita
divisão e contenda entre eles. Todo esse tipo de
comportamento tem suas raízes na insegurança.
Eles não sabiam quem eram em Cristo e qual era a
sua herança. Eles não conheciam a esperança de
sua vocação.
Paulo disse que eles não conseguiam falar
direito. Apenas por ouvi-los, ele podia discernir
onde estavam no processo de crescimento
espiritual. Se fôssemos julgados por nossa
conversa, onde estaríamos no gráfico de
crescimento? O cristão carnal é imaturo em seu
pensamento e fala.

Irmãos, não sejam crianças [imaturas] em


seus pensamentos; continuem sendo bebês
em [questões de] mal, mas em suas mentes
sejam [homens] maduros. 1 Coríntios 14:20

Falar demais e falar precipitadamente


também são sinais de imaturidade e causam
muitos problemas. Muitos

as pessoas dizem coisas sem pensar e ferem os


outros. Eles podem até mesmo abrir uma porta
para que Satanás trabalhe em suas próprias
vidas. Devemos lembrar que, embora possamos
lamentar por algo que dissemos, uma vez que as
palavras são ditas, elas ficam na atmosfera para
sempre. Felizmente, podemos nos arrepender e
pedir a Deus que limpe nossos lábios como Isaías
fez, mas as palavras são poderosas e não devem
ser faladas levianamente.
O objetivo de Deus para nós é que
amadureçamos espiritualmente e não sejamos
mais controlados por nossos próprios
pensamentos, emoções e desejos. Ele deseja que
aprendamos Sua Palavra e direcionemos nossas
vidas de acordo com isso, e que estejamos prontos
em todos os momentos para ser Seu representante
na terra.

Meus anos como cristão imaturo

Perdi muitos anos de minha vida como um cristão


imaturo. Eu acreditei em Jesus e tive a certeza da
salvação por meio Dele. Freqüentei a igreja e
participei de várias atividades da igreja. Eu estava
até mesmo na equipe de evangelismo da igreja e
saía para os bairros vizinhos semanalmente com
um grupo de pessoas, batendo em portas e falando
às pessoas sobre Jesus. Eu podia falar às pessoas
sobre Jesus, mas não agia como ele. Meu
comportamento era frequentemente muito
“ímpio”.
Eu era egoísta e egocêntrico, e muito do que fiz
na vida foi feito para me beneficiar. Eu falava
muito de mim mesmo e, quando falava dos outros,
geralmente não era gentil ou amoroso. Meus
defeitos eram muitos para listar aqui, mas
certamente não estava vivendo para Deus. Eu
acreditava em Deus e queria que Ele me ajudasse
em minha vida, mas nunca fiz a transição de
querer que Ele fizesse coisas para mim, para
querer fazer coisas para Ele. Minhas

comportamento não foi guiado por Sua Palavra.


Lamento agora ter perdido tantos anos da
minha vida neste estágio imaturo. Não apenas meu
comportamento não agradava a Deus, mas também
me sentia infeliz. Não tive paz, nem alegria, e sofri
terrivelmente de insegurança, culpa e vergonha.
Tentei encontrar valor e valor no que fazia, e
minha vida foi cheia de lutas e frustrações.

Enfrentando a verdade

Ao orar e buscar a Deus por respostas para meu


problema, Ele me ajudou a começar a encarar a
verdade sobre mim mesma. Foi doloroso, mas
também mudou minha vida. Enquanto estivermos
enganados, nada muda. Portanto, uma das coisas
mais importantes que todos precisamos fazer é
clamar a Deus pela verdade. Sua Palavra é a
verdade, e se guiarmos nossa vida e
comportamento pela Palavra de Deus,
desfrutaremos a vida e daremos bons frutos para
Deus.
Uma das verdades que tive de enfrentar foi
que minha boca causou muitos problemas em
minha vida e relacionamentos. Aprender o poder
das palavras literalmente mudou minha vida, e oro
para ser capaz de transmitir a você a importância
do poder das palavras. Como você fala É hora de
enfrentar a verdade. Os crentes imaturos falam
muitas coisas negativas. Murmurar e reclamar são
normais para bebês cristãos. Eles gostam de
fofocar e são muito obstinados e intrometidos. Eles
facilmente se tornam vítimas de atitudes de
julgamento, embora a Palavra de Deus dê um aviso
estrito contra isso
Muitos dos problemas dos crentes carnais
estão enraizados no orgulho. Eles pensam mais de
si mesmos do que deveriam e não valorizam as
outras pessoas como Deus deseja que façam.
Carnal

os crentes muitas vezes estão cheios de


comparação, competição, ciúme e inveja. Essas
coisas os deixam tristes, frustrados, vazios e
miseráveis. Jesus veio para que possamos ter e
desfrutar a vida, mas não podemos fazer isso a
menos que amadureçamos espiritualmente.

Não importa em que nível estejamos,


devemos querer crescer, mas se descobrirmos
que ainda estamos no estágio de bebê do
Cristianismo, certamente devemos nos
comprometer com Deus para começar a
trabalhar com Seu Espírito Santo em direção à
maturidade.
Se formos cristãos medíocres e comuns, isso
não agrada a Deus. Não devemos ser mornos,
desejando ser cristãos, mas também amando o
mundo e todos os seus caminhos.
A palavra comum significa "simplesmente
comum - de categoria, qualidade ou habilidade
comum". Deus não nos deu Seu maravilhoso
Espírito Santo para uma vida comum e comum. Um
cristão comum não se distingue por qualquer tipo
de superioridade. Ela começou uma caminhada
com Deus e ela acredita, ela vai à igreja, ela carrega
uma Bíblia, ela pode até fazer algumas boas ações,
mas ela não se destaca por Deus. Ela quer estar
segura e confortável. Ela quer ser aceita e querida
por todos. Seus pensamentos e palavras não são
excelentes como Deus deseja que sejam.

Grandes mentes falam sobre idéias


criativas, mentes médias falam sobre
coisas e pequenas mentes falam sobre
pessoas. Anônimo
A palavra medíocre significa "meio caminho
para o pico", mas a Palavra de Deus diz que Ele
deseja que cada um de nós vá até o fim para
realizar a plena realização das promessas de
Deus

(veja Hebreus 6:11). Imagine como seria triste se


você fosse um pai que tivesse coisas maravilhosas
para dar aos seus filhos e, no entanto, nunca fosse
capaz de fazer isso simplesmente porque eles não
eram maduros o suficiente para lidar com eles.
Deus tem muito a nos dar e a fazer por nosso
intermédio, mas precisamos crescer e ir até o fim
com Deus. Não se contente com a média ou
medíocre. Servimos a um Deus grande e
maravilhoso, e Ele deseja que sejamos
transformados à Sua imagem.

Conformando-se com muito pouco

O cristão imaturo muitas vezes se contenta com


muito menos do que Jesus disponibilizou para ele.
Ele não quer sofrer ou se sentir desconfortável,
então ele não pressiona as coisas difíceis. É
provável que ele desista e fique a meio caminho
entre terrível e ótimo. Um escritor disse: “Eles não
alcançaram as alturas para serem aquecidos pelo
sol e, ainda assim, não estão longe o suficiente no
vale para serem congelados”.
Algumas pessoas se acomodam porque não
têm heróis em suas vidas. Eles não têm ninguém
para ser um exemplo para eles de se recusar a se
contentar com menos do que o melhor de Deus.
Acredito que Deus está procurando pessoas que
serão estrelas e heróis para Ele - pessoas que vão
até o fim e mostram o caminho aos outros. Jesus
fez isso por nós e precisamos fazer isso pelos
outros.

Você não pode ser um bebê para o resto da


vida

A lei do crescimento gradual governa o


universo. Tudo cresce de forma constante e
aos poucos. Se não crescer, então algo está
errado com ele. Um bebê que não cresce tem

o que os médicos chamam de "falta de


crescimento". Um bebê saudável ganha peso,
fica mais alto e aprende coisas o tempo todo.
Ele ou ela aprende a sentar, ficar de pé, andar
e correr, e o cristão bebê deve fazer a mesma
coisa.
À medida que passamos pelas dificuldades da vida,
crescemos. Nosso
dificuldades são testes e, infelizmente, mais
pessoas são reprovadas em seus testes do que
passam. AW Tozer disse em seu livro I Talk Back to
the Devil : “É uma coisa solene e assustadora ...
perceber que cerca de 80 ou 90% das pessoas que
Deus está testando serão reprovadas no teste.”
Deus faz Sua classificação por meio desses testes.
Ele descobre quem permanecerá firme e
progredirá mesmo quando as coisas não forem
fáceis. Ele descobre quem vai pagar o preço da
grandeza. Ele descobre com quem pode trabalhar
e por meio de grandes coisas.

Se formos viciados em comodidade e


conforto, continuaremos sendo bebês por toda a
vida. Muitos cristãos ouvem centenas de sermões
ao longo dos anos sobre a importância do
perdão - mas grande parte da igreja ainda está
zangada, permanecendo como bebês que ouvem
e ouvem, mas nunca aplicam o que ouviram.

Pagamos um grande preço para continuar


sendo bebês. Elaine e Orrin ficaram emocionados
com o nascimento de seu primeiro filho. Um
menino, Marcus era uma braçada de prazer:
alegre, feliz e saudável. Quando o primeiro
aniversário de Marcus se aproximou, seus pais
deram uma festa de aniversário para a família e
amigos. Todos se alegraram com esse bebê de
enormes olhos azuis. Seus adoráveis gorgolejos,
grandes sorrisos e apreciação do bolo de
aniversário selaram o acordo em uma grande
celebração.
Seis meses depois, porém, seus pais
começaram a suspeitar que Marcus não estava
se desenvolvendo como deveria. Na verdade,
seu

tamanho, movimentos e desenvolvimento físico


em geral não eram diferentes do que eram quando
ele tinha vários meses de idade. O pediatra o
examinou e concordou com Elaine e Orrin -
Marcus não estava progredindo normalmente.
Após meses monitorando Marcus, os médicos
o diagnosticaram com progéria, uma síndrome
rara com características marcantes. Bebês com
essa condição não crescem muito em tamanho,
mas seus órgãos envelhecem oito vezes a taxa
normal. Essas crianças muitas vezes permanecem
do tamanho de um bebê ou de uma criança
pequena, apesar de poderem viver até a
adolescência. Sua capacidade cerebral geralmente
não é afetada; na verdade, costumam ser muito
inteligentes e extremamente verbais. Mas eles
estão presos em um corpo minúsculo que
atravessa o processo de envelhecimento. Uma
criança média de dez anos terá a saúde geral de
uma criança de oitenta anos.
Claro, Orrin e Elaine ficaram arrasados.
Aquelas mãos e pés minúsculos que eram tão
bonitos tornaram-se um lembrete diário de que
seu filho nunca se desenvolveria normalmente.
O pequeno Marcus tem pais amorosos que
estão fazendo todo o possível para tornar sua
vida rica e feliz. Sua grande disposição ajuda os
três enquanto navegam a cada ano que Marcus
tem pela frente.
Embora muitos pais digam que desejam que
seus filhos continuem bebês para sempre, Orrin e
Elaine sabem que pesadelo isso seria. O mesmo é
verdade em nossa vida espiritual. O fato é que
permanecer um bebê além do tempo normal para
isso cria uma vida atrofiada que não permite a
satisfação profunda e o progresso do crescimento
normal.
Não sucumba à progéria espiritual! Graças a
Deus você tem as faculdades para crescer em
Cristo e se tornar um cristão maduro e funcional.

Os cristãos atingem diferentes níveis de


maturidade, razão pela qual Cristo disse que
alguns governariam muitas cidades e outros,
poucas; que alguns receberiam trinta vezes mais,
alguns sessenta e alguns cem vezes mais na
semente da Palavra de Deus que havia sido
semeada em suas vidas (ver Marcos 4:20). Deus não
vai nos dar mais do que o nosso nível de
maturidade prova que podemos lidar
adequadamente.

Alguns estão dispostos a ir mais longe do que


outros, são mais maduros do que outros e estão
dispostos a sofrer, se necessário, para andar na
vontade de Deus. Eles não são viciados em seu
conforto e conveniência. Lembro-me vividamente
de um jovem me dizendo: “Acredito que Deus está
me chamando para pregar Sua Palavra, mas sei
que isso significará muito sacrifício e
simplesmente não acho que quero pagar o preço”.
Marcos 4 fornece um exemplo maravilhoso dos
vários tipos de cristãos. Reserve um tempo para ler
esse capítulo; está explodindo com a sabedoria de
Cristo. Deixe-me dar um breve resumo. A primeira
pessoa ouve a Palavra de Deus, mas Satanás vem e
imediatamente tira a mensagem que foi semeada.
Acho que esses cristãos não conseguem se
concentrar; eles são facilmente distraídos e
frequentemente ofendidos por algo, o que os faz
tropeçar e cair. Um bebê cristão pode ouvir um
bom sermão de que ele realmente precisa, mas
devido à imaturidade, ele fica ofendido porque o
pastor não deu atenção especial a ele após o culto.
Ele vai embora e não pensa mais na mensagem
porque está preocupado apenas com seu próprio
orgulho ferido.

Existem aqueles que ouvem a Palavra de Deus


e a recebem com alegria, mas não têm raízes. Eles
não estão profundamente enraizados na Palavra
de Deus. Eles ouvem, mas nunca agem de acordo.
então

embora tenham muito conhecimento intelectual,


nada do que ouvem se tornou uma revelação em
suas vidas. Problemas e perseguições vêm e eles
ficam descontentes, ressentidos e indignados, e
tropeçam e caem.
Existem outros que ouvem a Palavra, mas as
preocupações e ansiedades do mundo, as
distrações e enganos das riquezas e glamour, e o
desejo pelas coisas do mundo os tentam e
sufocam a Palavra. Devemos ser obstinados e
apaixonados pelas coisas de Deus.
Por fim, vemos em Marcos 4 que a semente
lançada em solo bem adaptado é a semente que dá
fruto. Em outras palavras, cristãos maduros são
aqueles que ouvem a Palavra e a recebem e a
aceitam e acolhem e ... dão frutos! Cada um de nós
deve se perguntar se estamos dando frutos. Você
está?
Assim como um pai mede a altura de seu filho
e faz marcas na parede para ver o crescimento ao
longo dos anos, devemos ser capazes de medir
nosso crescimento. Você é cristão há vinte anos e,
no entanto, não é mais alto no espírito do que
quando era um cristão de dois anos ?
Ainda cometo muitos erros com a boca, mas
graças a Deus não cometo tantos como antes.
Recentemente, passei cerca de dois anos
estudando o que a Bíblia diz sobre o poder das
palavras, a língua, a boca e nossa confissão. Fiz
isso em parte como preparação para escrever este
livro, mas, honestamente, a maior parte foi apenas
porque eu mesmo precisava subir mais nesta área.
Deus me desafiou a fazer um jejum. Não um jejum
de comida, mas de palavras. Isso não significa que
eu não fale, mas estou seriamente tentando ouvir e
obedecer ao Espírito Santo com relação às
palavras que falo - e não falar nada que Ele não
aprovaria.

A mente espiritual e a boca espiritual

Uma das coisas que digo com frequência é: "Para


onde vai a mente, o homem segue." Também
podemos dizer: “Para onde vai a mente, a boca
segue.” É impossível falar com maturidade se não
pensarmos com maturidade. Há muito tempo,
quando ouvi meu primeiro sermão sobre o poder
das palavras e tomei a decisão de ficar quieto e
segui em frente e quase não disse nada, no final do
dia me senti deprimido. Perguntei a Deus por que
estava me sentindo deprimido, já que acabara de
passar o dia tentando fazer o que achava que Ele
queria que eu fizesse. Jamais esquecerei o que Ele
colocou em meu coração: “Você está de boca
fechada, mas nada mudou dentro de você. Seus
pensamentos ainda estão ruins e é por isso que
você se sente deprimido. ” Na verdade, quando eu
estava dando vazão a alguns de meus
pensamentos ímpios, acho que aliviou um pouco
da opressão que eles causaram, mas eu estava
mantendo todos eles dentro e me senti péssimo!

Nossos pensamentos e nossas palavras são


poderosos! Você pode pensar como eu uma vez
que simplesmente não pode controlar o que
pensa, mas isso não é verdade. Sua mente é sua e
você pode manter os pensamentos de que gosta e
expulsar os de que não gosta. Deus quer pensar
através de nós, mas Satanás também. Mantenha os
pensamentos piedosos e expulse os maus. Quando
você tiver um pensamento mau, substitua-o
imediatamente por um pensamento piedoso. A
Bíblia diz que temos uma mente carnal e uma
mente espiritual, então podemos ter pensamentos
espirituais ou carnais.
Nossa mente afeta nossa boca, e nossa boca
afeta nossa mente. Se pensarmos algo por tempo
suficiente, o diremos, e se dissermos algo por
tempo suficiente, iremos pensar. É por isso que
ensino as pessoas a pensar e dizer coisas de
propósito. Ter “pensar

sessões ”- ocasiões em que você pensa em coisas de


propósito que estão de acordo com a Palavra de
Deus. Faça “ sessões de confissão ” - ocasiões em
que você confessa a Palavra de Deus em voz alta.
Mesmo que você esteja confessando uma promessa
de Deus que parece maravilhosa demais para ser
uma realidade para você, continue confessando!
Quanto mais você fizer, mais fácil se tornará
acreditar.

CAPÍTULO

O que você deseja no futuro?

Acredito que Deus tem coisas reservadas para


cada um de nós, presentes que talvez nunca
possamos abrir aqui na terra. Deus quer que os
recebamos, usemos e desfrutemos deles, mas às
vezes falhamos em entender como cooperar com
Deus para levar as coisas de Seu reino (o
espiritual) para o nosso (o natural).

Deus ... Que dá vida aos mortos e fala das


coisas inexistentes que [Ele predisse e
prometeu] como se [já] existissem. Romanos
4:17
Um dos grandes privilégios que temos, mas
frequentemente deixamos de fazer uso, é falar de
coisas que ainda não se manifestaram como se já
existissem.
Podemos alcançar com nossa fé o reino
espiritual onde Deus está e falar das coisas que
existem lá como se já fossem uma realidade em
nossa vida. Por exemplo, a Palavra de Deus nos
incentiva a dizer que somos fortes, mesmo se
formos fracos (ver Joel 3:10). Acreditamos que Deus
tem força disponível para nós, então por que
continuar dizendo que somos fracos? Vamos
começar a falar com fé como Deus fala.
Precisamos dizer o que Deus diz e fazer o que
Ele faz se quisermos ser o que Ele deseja que
sejamos e ter o que Ele deseja que tenhamos.
Devemos confessar as promessas de Deus como se
já existissem em nossas vidas. Somos chamados a
andar pela fé e não pela vista. Em outras palavras,
acreditamos no que Deus diz em Sua Palavra,
ainda mais do que acreditamos no que vemos. O
que vemos

são fatos, mas a Palavra de Deus é a verdade, e


a verdade é maior e mais poderosa do que os
fatos que vemos.

Ora, a fé é a certeza (a confirmação, o


título de propriedade) das coisas que
[esperamos], sendo a prova das coisas
[que] não vemos e a convicção da sua
realidade [a fé percebendo como fato real
o que não é revelado a os sentidos].
Hebreus 11: 1

Se eu mostrasse a você o título do meu carro,


você acreditaria totalmente que eu o possuía,
embora não pudesse ver o carro. A Palavra de Deus
é o título de propriedade de todas as coisas de que
precisamos na vida! Só porque ainda não os vemos,
isso não significa que não estejam preparados para
nós no reino espiritual e esperando para serem
entregues a nós.
Você olha para as coisas que são e pensa que
sempre vão continuar assim? Você pensa consigo
mesmo e diz: “Nunca terei dinheiro”. “Nunca vou
conseguir essa promoção no trabalho.” "Tenho medo
de sempre estar sozinho." “Tenho medo de sempre
me sentir cansado e fraco.” Ou você liga para o que
deseja no seu futuro?
O que você quer no futuro? Você está
cooperando com o que diz querer ao falar como se
já fosse seu? Sei que pode parecer um pouco
incomum, mas se Deus pode fazer isso, nós
também podemos fazer. Somos Seus filhos e Ele
deseja que sigamos Seu exemplo.
Devíamos dizer: “Sempre terei dinheiro
suficiente para atender a todas as minhas
necessidades e muito para abençoar outras
pessoas”. “Eu sou a cabeça e não a cauda; Serei
promovido em vida. Deus me dá favor. ” “Tenho
muitos relacionamentos bons e piedosos.” "EU

sou forte no Senhor, Ele é a minha força. ” Nossa


confissão pode trabalhar a nosso favor ou contra
nós, dependendo do que decidirmos dizer. Nossa
confissão é algo que pode ser feito em particular
durante nosso tempo de oração, ou mesmo quando
estamos sozinhos dirigindo o carro ou fazendo
outros projetos simples que não requerem nossa
atenção total. É inteligente dizer o que Deus diz
sobre o seu futuro, mas verbalizar todas as nossas
circunstâncias e sentimentos é imprudente.
Às vezes, parece-me que minha boca tem
vontade própria. Ele quer expor todos os meus
sentimentos e todos os pensamentos negativos que
passam pela minha mente. Como a Bíblia diz, é
realmente como uma fera difícil de domar.
Compreender o poder das palavras nos ajudará a
ser mais cuidadosos com o que dizemos. Se quiser
manter um problema que você tem, continue
falando sobre ele. Mas se você quiser se livrar dela,
fale sobre a resposta como se esperasse que ela se
manifestasse a qualquer momento.

Minha primeira lição sobre o poder das


palavras

Cresci em um ambiente muito negativo e, quando


criança, desenvolvi uma mente, uma atitude e uma
boca negativas. Quando comecei a estudar
seriamente a Palavra de Deus, Ele me convenceu
de minha negatividade e me ensinou que era mau
aos Seus ouvidos. Fiz um esforço diligente para
não dizer coisas negativas, mas depois de vários
meses, ainda não sentia que nenhuma das minhas
circunstâncias tivesse mudado. Fui reclamar de
Deus! “Deus, parei de ser negativo e nada mudou.”
Ouvi muito claramente em meu espírito: "Você
parou de dizer coisas negativas, mas não começou
a dizer nada positivo!"

Naquela época eu não sabia nada sobre os princípios


que sou

compartilhar neste livro, para que eu possa


verdadeiramente dizer que o Espírito Santo me
deu revelação sobre o poder das palavras. Achei
que deveria fazer uma confissão de coisas que
estavam na Palavra de Deus e que gostaria de ver
acontecer em minha vida e começar a confessar
isso em voz alta duas vezes por dia. Fiz isso
diligentemente e, com o passar do tempo, as
mudanças que vi foram dramáticas.

Na época em que fiz a lista, posso dizer com


segurança que nenhuma das coisas que confessei
era um fato em minha vida, mas eram verdades da
Palavra de Deus. Eram coisas que eu queria ver
acontecer, e eram coisas que existiam no reino
espiritual onde Deus habita.

Aqui está a lista original que fiz em 1976:

Sou uma nova criatura em Cristo: as coisas


velhas já passaram; eis que todas as coisas
se tornaram novas. (2 Coríntios 5:17 KJV)
Eu morri e fui ressuscitado com Cristo e
agora estou sentado nos lugares
celestiais. (Ef. 2: 5-6 KJV )
Estou morto para o pecado e vivo para a
justiça. (Rom. 6:11 KJV )
Eu fui libertado. Sou livre para amar,
adorar e confiar, sem medo de rejeição ou
de ser magoado. (João 8:36; Rom. 8: 1)
Eu sou um crente - não um duvidoso! (Marcos 5:36
KJV )
Conheço a voz de Deus e sempre obedeço
ao que Ele me diz. (João 10: 3-5, 14-16, 27;
14:15)
Amo orar, adoro louvar e adorar a Deus.
(1 Tes. 5:17; Sal. 34: 1)
O amor de Deus foi derramado em meu coração
por

o Espírito Santo. (Rom. 5: 5 KJV )


Eu me humilhei; e Deus me exalta. (1 Ped. 5: 6 KJV )
Eu sou criativo porque o Espírito Santo vive
em mim. (João 14:26; 1 Cor. 6:19)
Amo todas as pessoas e sou amado por
todas as pessoas. (1 João 3:14)
Eu opero em todos os dons do Espírito
Santo, que são línguas e interpretação de
línguas, a operação de milagres,
discernimento de espíritos, a palavra da fé,
a palavra do conhecimento, a palavra da
sabedoria, curas e profecia. (1 Cor. 12: 8-10)
Eu tenho um espírito ensinável. (2 Tim. 2:24 KJV )
Vou estudar a Palavra de Deus; Eu vou
rezar. (2 Tim. 2:15; Lucas 18: 1)
Eu nunca fico cansado ou cansado quando
estudo a Palavra, oro, ministro ou busco a
Deus; mas estou alerta e cheio de energia. E
à medida que estudo, fico mais alerta e com
mais energia. (2 Tes. 3:13; Isa. 40:31)
Eu sou um praticante da Palavra. Eu medito
na Palavra o dia todo. (Tiago 1:22; Salmos 1:
2)
Eu sou ungido por Deus para o
ministério. Aleluia! (Lucas 4:18)
Trabalho é bom, gosto de trabalhar. (Ecl. 5:19)
Realizo todo o meu trabalho de forma
excelente e com muita prudência,
aproveitando ao máximo o meu tempo.
(Ecl. 9:10; Prov. 22:29; Ef. 5: 15-16)
Eu sou um professor da Palavra. (Mat. 28:19; Rom.
12: 7)
Amo abençoar as pessoas e espalhar o
Evangelho. (Mat. 28: 19-20)
Tenho compaixão e compreensão por todas as
pessoas.

(Ef 4:32)
Imponho as mãos sobre os enfermos e eles
se recuperam. (Marcos 16:18) Sou uma
pessoa responsável. Eu gosto de
responsabilidades e assumo todas as
responsabilidades em Cristo Jesus. (2
Coríntios 11:28 KJV ; Fil. 4:13)
Eu não julgo meus irmãos e irmãs em Cristo
Jesus segundo a carne. Eu sou uma mulher
espiritual e não sou julgada por ninguém.
(João 8:15 KJV ; Rom. 14:10 KJV ; 1 Cor. 2:15)
Eu não odeio nem ando sem perdão. (1
João 2:11; Efésios 4:32)
Lanço todo o meu cuidado no Senhor,
pois Ele cuida de mim. (1 Ped. 5: 7 KJV )
Não tenho espírito de medo; mas de poder,
amor e de uma mente sã. (2 Tim. 1: 7 KJV )
Não tenho medo dos rostos dos homens. Não
tenho medo da raiva do homem. (Jer. 1: 8
KJV )
Eu não temo. Não me sinto culpado ou
condenado. (1 João 4:18; Rom. 8: 1)
Não sou passivo sobre nada, mas lido com
todas as coisas na minha vida
imediatamente. (Pro. 27:23; Ef. 5: 15,16) Levo
cativo todo pensamento à obediência de
Jesus Cristo, derrubando toda imaginação e
toda coisa elevada e elevada que se exalta
contra o conhecimento de Deus. (2 Cor. 10: 5)
Eu ando no Espírito o tempo todo. (Gal. 5:16)
Eu não dou ao diabo um ponto de apoio na
minha vida. Eu resisto ao diabo, e ele tem
que fugir de mim. (Efé. 4:27; Tiago 4: 7) Eu
pego o diabo em todas as suas mentiras
enganosas. Eu os rejeito e prefiro crer na
Palavra de Deus. (João 8:44, 2 Cor. 2:11, 10: 5
KJV )

Nenhuma arma forjada contra mim


prosperará, mas toda língua que se levantar
contra mim no julgamento, mostrarei que
estou errada. (Isa. 54:17)
Como um homem pensa em seu coração; ele
também. Portanto, todos os meus
pensamentos são positivos. Não permito que
o diabo use meu espírito como depósito de
lixo meditando nas coisas negativas que ele
me oferece. (Prov. 23: 7 KJV )
Não me considero mais altamente do que
deveria na carne. (Rom. 12: 3)
Sou lento para falar, rápido para ouvir e
lento para ficar com raiva. (Tiago 1:19)
Deus abre minha boca e nenhum homem
pode fechá-la. Deus fecha minha boca e
nenhum homem pode abri-la. (Rev. 3: 7)
Eu não falo coisas negativas. (Ef 4:29)
Minha intenção é que minha boca não
transgrida. Eu falarei sobre a justiça e louvor
de Deus o dia todo. (Salmos 17: 3; 35:28)
Eu sou um intercessor. (1 Tim. 2: 1)
A lei da bondade está em minha língua.
Gentileza está em meu toque. Misericórdia
e compaixão estão em meu
comportamento. (Prov. 31:26)
Farei o que digo que farei e chegarei aonde
estou indo a tempo. (Lucas 16:10; 2 Pedro
3:14 KJV )
Eu nunca machuco uma irmã ou irmão
com as palavras da minha boca. (Ef 4:29)
Sempre sou um encorajador positivo. Eu
edifico e construo; Eu nunca derrubo ou
destruo. (Rom. 15: 2)
Eu clamo ao Deus Altíssimo que atua em
meu nome e me recompensa. (2 Crô. 16:
9a)
Eu cuido bem do meu corpo. Eu como bem, eu
pareço bem, eu

sinto-me bem e peso o que Deus quer que


eu pese. (1 Cor. 9:27; 1 Tim. 4: 8 TLB )
Eu expulso demônios e demônios; nada
mortal pode me machucar. (Marcos
16: 17-18 KJV )
A dor não pode vir contra o meu corpo
com sucesso porque Jesus suportou
toda a minha dor. (Isa. 53: 4-5)
Eu não tenho pressa nem pressa. Eu faço
uma coisa de cada vez. (Prov. 19: 2; 21: 5)
Eu uso meu tempo com sabedoria. Todo o
meu tempo de oração e estudo é gasto com
sabedoria. (Ef 5: 15-16)
Sou uma esposa obediente e nenhuma
rebelião opera em mim. (Efésios 5:22, 24
TLB ; I Sam. 15:23 KJV )
Meu marido é sábio. Ele é o rei e sacerdote
de nossa casa. Ele toma decisões piedosas.
(Prov. 31: 10-12; Ap. 1: 6 KJV ; Prov. 21: 1)
Todos os membros da minha casa são
abençoados em seus atos. Somos
abençoados quando entramos e quando
saímos. (Deut. 28: 6 KJV )
Meus filhos adoram orar e estudar a
Palavra. Eles louvam a Deus aberta e
corajosamente. (2 Tim. 2:15)
Meus filhos fazem escolhas certas de acordo
com a Palavra de Deus. (Salmos 119: 130;
Isa. 54:13)
Todos os meus filhos têm muitos amigos
cristãos, e Deus separou uma esposa ou
marido cristão para cada um deles. (1
Coríntios 15:33)
Eu sou um doador. É mais abençoado dar do
que receber. Amo dar! Tenho muito
dinheiro para dar o tempo todo. (Atos 20:35;
2 Cor. 9: 7-8)
Recebo palestras pessoalmente, por
telefone e / ou pelo correio todos os dias.
(Rev. 3: 7-8)
Eu sou muito próspero; Eu prospero em
tudo em que coloco minhas mãos. Tenho
prosperidade em todas as áreas da minha
vida - espiritual, financeira, mental e social.
(Gênesis 39: 3; Josué 1: 8; 3 João 2)
Tudo o que tenho está pago. Não devo nada a
ninguém, exceto amá-lo em Cristo.

Eu não estava falando com uma pessoa


humana quando fiz essas confissões. Em geral,
ficava sozinho em casa e apenas dizia isso para a
atmosfera como um ato de fé. Todas eram
promessas da Palavra de Deus, então eu estava
simplesmente concordando com ele.
Quando comecei a confessar que todos os
meus filhos seriam casados com maridos e esposas
cristãos, os três mais velhos tinham quatorze, doze
e dez anos. O meu caçula ainda nem tinha nascido,
mas hoje a confissão que fiz há trinta e cinco anos
é uma realidade. Nunca me pediram para falar em
lugar nenhum, mas comecei a confessar que
recebia oportunidades todos os dias. Hoje, falo ao
redor do mundo diariamente pela televisão e pelo
rádio, além de viajar com frequência para falar em
eventos. Esses são apenas alguns exemplos, mas
ainda estou surpreso com a condição da minha
vida antes de fazer essas confissões, em
comparação com a forma como está agora.

A Palavra de Deus nos diz repetidamente para


meditar nos preceitos de Deus, ou meditar na Sua
Palavra. Para meditar significa “roll over e mais em
sua mente”, mas também significa “a murmurar,
conversar em voz alta consigo mesmo, ou declarar
alguma coisa.”
Você pode pegar minha lista e adaptá-la à
sua vida e às suas circunstâncias. Então medite
sobre isso, confesse e veja como Deus se move!

Declare o decreto

A palavra escrita de Deus é Seu decreto, e


podemos e devemos declará-lo. Séculos atrás, um
rei escreveria sua vontade para seu reino, ou o
que ele queria que acontecesse, e os homens
cavalgariam por todo o reino declarando o
decreto. Deus é nosso Rei e decretou certas coisas
que deseja para nós. Devemos nos ocupar
declarando o decreto!
O salmista Davi disse: “Eu acreditei (confiei,
confiei e me apeguei ao meu Deus) e por isso falei”
(Salmo 116: 10).
O profeta Isaías, falando em nome de Deus,
disse: “Eis que as coisas anteriores aconteceram,
e novas coisas eu agora anuncio; antes que
surjam, eu vos conto ”(Isaías 42: 9).

Esta passagem por si só deve ser suficiente


para nos provocar a começar imediatamente a
declarar o decreto (falar a Palavra de Deus).
Eu sugiro que, mesmo enquanto você lê a
Palavra de Deus, você tem o hábito de confessar
partes dela em voz alta. Eu particularmente não
gosto de ler em voz alta porque tem a tendência de
me deixar cansado. Mas, frequentemente,
enquanto leio, falarei porções do que li em voz alta.
Eu poderia dizer: “Deus é misericordioso e lento
para se irar”. “Meus pecados estão perdoados e
Deus não se lembra mais deles.” “Deus é meu
Vindicante e Ele lidará com meus inimigos.”
Quando digo essas palavras em voz alta, elas
causam um impacto ainda maior em mim.

Qual foi a primeira coisa que você disse depois de


levantar esta
manhã? Você pode ter dado o tom para o dia
inteiro. Percebi que é muito importante para mim
manter meu pensamento e falar desde o momento
em que me levanto. Eu sou um pensador e eu

Devo ter cuidado para não cair em coisas como


preocupação ou lembrar de algo que alguém disse
que realmente me magoou. Eu acredito que
podemos profetizar (falar) o futuro de nossos dias
pelo que dizemos no início deles.
Se a direção de um cavalo pode ser mudada
por um pouco em sua boca, e a direção de um
navio pode ser mudada por seu pequeno leme,
então eu acredito que a direção de nossas vidas
pode ser mudada pelas palavras que deixamos
rolar sobre nossa língua .

Você pode abençoar ou amaldiçoar seu


futuro

A maioria de nós não usa a boca para o que Deus


nos deu. Há grande poder e autoridade nas
palavras. O tipo de poder que temos depende do
tipo de palavras que falamos. Podemos amaldiçoar
nosso futuro falando mal dele, ou podemos
abençoá-lo falando bem dele.
Você tem algum tipo de sonho ou visão para o
seu futuro? Existem coisas que você adoraria ver
acontecer nos dias, meses e anos que virão? Espero
sinceramente que sim, porque sem metas, ficamos
sem rumo e muito desmotivados. Você pode dizer:
“Sim, tenho um grande sonho”. Minha pergunta é:
suas palavras estão de acordo com o que você diz
que quer? Quando meu marido deixou o emprego
na empresa de engenharia em que trabalhava para
vir para o ministério de tempo integral comigo, um
colega de trabalho disse: “Dave, você percebe que
começou a dizer que um dia sairia daqui e entraria
no ministério de tempo integral cerca de sete anos
atrás? ” Dave disse algo por sete anos que ele
acreditava que Deus queria que acontecesse. Você
tem tanta paciência assim? Você está disposto a
falar sobre seu sonho ou visão mesmo que pareça
impossível, certo

agora?
O profeta Habacuque disse que Deus lhe disse
para escrever sua visão de forma clara para que
todos que passassem por ali pudessem lê-la fácil e
rapidamente (ver Habacuque 2: 2). Ele continuou
dizendo que Deus lhe disse que a hora ainda não
havia chegado, mas no dia marcado, a visão se
realizaria. Deus queria que Seu povo mantivesse a
visão diante de si para que não se tornassem
passivos em sua fé. Talvez você tenha uma visão
para sua vida ou para entes queridos que precise
escrever e ler em voz alta com frequência.

Você está agressivamente animado com o seu


futuro? Ou você tem uma atitude passiva de
veremos ? Não apenas espere para ver o que
acontece em sua vida, mas faça algumas palavras
trabalharem em seu nome. Use palavras
cheias de fé para alcançar o reino espiritual e
entrar em acordo com Deus. Diga a Deus todos os
dias que você espera que algo incrivelmente bom
aconteça com você. Quando você sair pela manhã,
diga: “Hoje Deus me concede um favor aonde quer
que eu vá”.
É fácil falar sobre como você se sente ou como
o mundo é, mas não vai te ajudar. Estou pedindo a
você, pelo seu próprio bem e pelo amor de Deus,
que escolha um caminho mais excelente. Fale de
propósito e faça valer suas palavras. É fácil dizer:
“Sinto que ninguém se importa comigo”, “Temo
que seja um dia horrível”, “Estou cansado e tenho
medo de trabalhar”. Esse tipo de palavra virá
naturalmente, mas você pode viver
sobrenaturalmente. Você pode falar como Deus e
dizer o que Ele diria. Você consegue imaginar
Deus dizendo: “Temo que hoje seja um dia
horrível”? Claro que não! Ele diria algo incrível e
positivo, e podemos fazer a mesma coisa.
Não apenas o seu dia está em jogo, mas toda a sua
vida está. o que

tipo de futuro que você quer para você e seus entes


queridos? O que digo hoje é construir um futuro
para meus filhos e netos. Isso não significa que não
teremos problemas ou decepções na vida, mas
mesmo em meio a eles devemos manter uma boa
confissão se quisermos ter um bom resultado.
Temos que falar algumas coisas por mais tempo do
que outras e temos que falar coisas positivas sobre
algumas pessoas por mais tempo do que sobre
outras. Uma coisa é certa: é melhor dizer algo que
permitirá a Deus fazer coisas boas em nosso favor
do que algo que coopere com o plano do diabo para
a destruição e o mal.

Dando Vida Nova a Coisas Mortas

Às vezes, olhamos para as coisas em nossas vidas e


sentimos que não há esperança de mudança.
Quando Lázaro já estava morto há quatro dias, sua
irmã Marta não acreditava que Jesus fosse capaz
de fazer alguma coisa. A situação estava além da
esperança, no que dizia respeito a ela. Mas Jesus
ressuscitou Lázaro dos mortos (ver João 11: 39–44)
e provou que nada é impossível para Deus.

No relato bíblico, Jesus pediu às pessoas que


estavam ao redor do túmulo de Lázaro que
dessem um passo de fé e rolassem a pedra que
estava diante dela. Acho isso muito interessante,
porque se Ele pôde ressuscitar Lázaro dos mortos,
por que Ele precisava de outra pessoa para rolar a
pedra? Porque seu passo de fé liberou o resto do
milagre que era necessário. Deus nos pede para
fazer o que podemos e então Ele faz o que não
podemos fazer.

Quando estamos desesperados, muitas vezes


deixamos de tomar qualquer ação no

todos. Achamos que nada do que fizermos fará


diferença. Podemos não nos dar ao trabalho de
orar, ou podemos pensar que nossa confissão não
importa mais, então desistimos. Existem coisas em
sua vida que você acha que não têm esperança, ou
das quais desistiu? Nesse caso, estou pedindo a
você que se desperte na fé mais uma vez e comece
a falar de vida às áreas mortas que precisam de
ressurreição.
Em Ezequiel, encontramos um exemplo
perfeito de como falar a Palavra de Deus em
situações aparentemente impossíveis opera
milagres:

A mão do Senhor estava sobre mim, e Ele


me tirou no Espírito do Senhor e me
colocou no meio do vale; e estava cheio de
ossos.
E Ele me fez passar por entre eles, e eis
que havia muitos [ossos humanos] no
vale aberto ou na planície e eis que
estavam muito secos.
E Ele me disse: Filho do homem, podem
viver estes ossos? E eu respondi: Ó Senhor
Deus, Você sabe! (37: 1-3)
Vamos parar um pouco antes de
prosseguirmos e realmente pensar sobre o que
Ezequiel estava olhando e o que ele deve ter
pensado. Para onde quer que olhasse, ele via
morte, e tudo secou, não mostrando nenhum sinal
de vida. Enquanto caminhava entre os ossos,
certamente sentiu que era uma situação
desesperadora.
Quando Deus perguntou se os ossos secos
poderiam viver novamente, pelo menos Ezequiel
não disse: "De jeito nenhum!" Ele deixou a porta
aberta para que Deus operasse, dizendo que só
Deus sabia a resposta, e Deus disse a Ezequiel a
resposta. Ele disse-lhe para profetizar a palavra do
Senhor até os ossos.

Ele me disse novamente: Profetiza a estes


ossos e dize-lhes: Ó ossos secos, ouvi a
palavra do Senhor.
Assim diz o Senhor Deus a estes ossos: Eis
que farei com que o fôlego e o espírito
entrem em ti, e viverás;
E porei tendões sobre ti e farei subir a
carne sobre ti e te cobrirei com pele, e porei
fôlego e espírito em ti, e tu [ossos secos]
viverão; e você saberá, compreenderá e
compreenderá que eu sou o Senhor [o
Soberano Governante, que invoca lealdade
e serviço obediente].
Então eu profetizei como fui ordenado; e
enquanto eu profetizava, houve um
barulho [trovejante] e eis um
estremecimento e estremecimento e um
estrondo e os ossos se juntaram, osso com
osso.
E eu olhei e eis que havia tendões sobre
[os ossos] e carne veio sobre eles e a pele os
cobriu, mas não havia respiração ou
espírito neles. (37: 4-8)

Ezequiel tinha visto coisas maravilhosas


acontecerem como resultado da obediência a Deus.
Eu imagino que ele se sentiu um pouco tolo falando
com ossos. Eu sei que teria. Eu até me senti um tolo
em pé em minha casa falando a Palavra de Deus
em voz alta quando comecei a fazer isso. Exigia fé
para Ezequiel obedecer a Deus. Enquanto ele
falava a Palavra de Deus aos ossos mortos, eles
começaram a se juntar, mas embora algumas
coisas incríveis tivessem acontecido, os ossos ainda
não tinham vida ou espírito neles!
O que Ezequiel faria agora? Ele desistiria ou
seguiria em frente? Ele esperou que Deus falasse
e foi instruído a manter

profetizando, e ele obedeceu.

Profetiza ao fôlego e ao espírito, filho do


homem, e diz ao fôlego e ao espírito: Assim
diz o Senhor Deus: Vem dos quatro ventos, ó
fôlego e espírito, e sopra sobre estes mortos
para que vivam.
Então eu profetizei como Ele me
ordenou, e a respiração e o espírito
entraram [nos ossos], e eles viveram e se
puseram de pé, um exército
extraordinariamente grande. (37: 9–10)

Tenho certeza de que Ezequiel ficou


emocionado por não desistir quando finalmente
viu os ossos ganharem vida e se levantarem.
Imagine essa cena, se puder.
Um casamento morto pode ser revivido? Pode
algo bom vir de um passado cheio de fracasso e
miséria? Alguém que passou a maior parte da vida
doente pode ter e desfrutar de energia e boa
saúde? Alguém afundado em dívidas pode ver o
dia em que terá todas as suas necessidades
satisfeitas e não deve nada a ninguém? A resposta
a todas essas perguntas é sim, sim, sim e sim. Não
vou dizer que apenas profetizar a Palavra sobre
circunstâncias mortas é tudo o que será necessário.
Obedecer a tudo o que Deus o instrui a fazer é
vitalmente necessário, mas manter a boca cheia
com o que você deseja, em vez do que sempre teve,
é um componente importante de sua vitória final.

Você está disposto a lutar?

Você está disposto a lutar pelas áreas


aparentemente mortas de sua vida ou
simplesmente desistirá? Paulo disse a Timóteo
que ele

tem que lutar o bom combate da fé. Sua cura e


restauração podem demorar mais do que você
gostaria. Pode ser mais difícil do que você pode
imaginar e custar mais do que você jamais
imaginou que poderia suportar. Mas com certeza
valerá a pena no final. Imagine como a família e os
amigos de Lázaro se sentiram quando ele saiu
daquele túmulo, ou como Ezequiel se sentiu
quando viu os resultados de sua fé. Imagine a
emoção e a sensação de satisfação que sentirá se
terminar a corrida.

CAPÍTULO

6
Permanecendo forte durante as tempestades
da vida

Quando o mundo diz: "Desista", sussurra Hope,


“Tente mais uma vez.”
-Desconhecido

É muito fácil ser forte na fé e manter uma boa


confissão quando tudo está calmo na vida e não
temos problemas ou desafios. É uma história bem
diferente quando as provações e tribulações vêm.
Essas são as provas da vida, e esses são os
momentos em que é extremamente importante
permanecermos firmes e ser muito cuidadosos
com o que dizemos.
Os problemas nos tentam a dizer e fazer
todos os tipos de coisas que não faríamos nos
bons tempos. Jesus foi tentado em todos os
aspectos, assim como nós, mas nunca pecou.
Suas palavras foram cheias de fé, mesmo
quando Ele enfrentou a morte por crucificação.
Ele escolheu nessas horas não falar muito, e eu
suponha que Ele fez isso para não dizer nada que
desse uma oportunidade a Satanás.

Não vou falar muito mais com você, pois o


príncipe (gênio do mal, governante) do
mundo está chegando. E ele não tem direito
sobre mim. [Ele não tem nada em comum
comigo; não há nada em mim que pertença
a ele, e ele não tem poder sobre mim.] João
14:30

Este versículo é emocionante para mim porque


me ensina a importância absoluta de não falar
precipitadamente sobre nossas emoções em
momentos de estresse e pressão. Jesus estava
dizendo aos Seus discípulos que Ele deixaria o
mundo muito em breve e que havia chegado o
tempo sobre o qual Ele havia falado a eles. Era
hora de Ele fazer o que Seu Pai O havia enviado
para fazer. Era hora de levar os pecados do mundo
sobre Si e morrer em nosso lugar. O sofrimento
que Ele estava prestes a suportar era inimaginável.
Eu me pergunto o que qualquer um de nós teria
dito nessa situação. O que teria saído de nossa
boca - medo, preocupação, pânico, reclamação,
dúvida e descrença?
Jesus estava decidido a não dar lugar a
Satanás por falar palavras que lhe dariam
oportunidade de impedir o plano de Deus. Como
você fala quando os problemas aparecem?
Acredito que perdemos muitas batalhas
estritamente porque usamos palavras erradas.
Não derrotaremos Satanás com reclamações,
autopiedade, medo e preocupação. Devemos
levantar o escudo da fé, usar o capacete da
salvação e empunhar a espada do Espírito, que é a
Palavra de Deus (ver Efésios 6: 16–18).
Antes de entender o poder das palavras, me
perguntei o que a Bíblia queria dizer quando li
que: “Ele foi oprimido, [mas quando] foi afligido,
Ele foi submisso e não abriu a boca; como o
cordeiro que é levado ao matadouro, e como a
ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim
Ele não abriu a boca ”(Isaías 53: 7). Mas agora eu
entendo e estou totalmente convencido de que
precisamos seguir o mesmo exemplo.
Não há nada que exija mais autocontrole do
que não falar negativamente no que
consideraríamos uma situação negativa. A boca
quer dar expressão à alma e jorrar tudo o que
pensa e sente. Mas em tempos
assim, precisamos ir mais fundo do que pensamos
e sentimos, e pensar e falar com nosso espírito
renovado. Estes são momentos importantes para
concordar com Deus e dizer o que Ele diz em Sua
Palavra.

Conversa tola

Que não haja imundície (obscenidade,


indecência), nem conversa tola e
pecaminosa (tola e corrupta), nem piadas
grosseiras, que não são adequadas ou
convenientes, mas, em vez disso, expresse
sua gratidão [a Deus]. Efésios 5: 4

Quando estamos chateados, podemos dizer


algumas coisas realmente tolas. Eu tinha o hábito
de dizer: “Estou farto de problemas” ou “As coisas
boas nunca duram muito na minha vida”. Que
“frases de estimação” você usa quando está
frustrado? Conheço uma pessoa que usa muito a
palavra morte . Ela ama as pessoas até a morte, as
coisas a fazem morrer de cócegas e ela diz: Meus
problemas vão ser a minha morte . Se eu ficar com
ela o dia todo, posso ouvir a palavra morte sair de
sua boca dez vezes. Ela é uma mulher cristã
maravilhosa que ama a Deus, mas tem o mau
hábito de usar uma linguagem que não é sábia e
pode até fazer-lhe mal.
Muitas vezes as pessoas usam a frase eu odeio
. Eles odeiam dirigir para o trabalho, odeiam
limpar a casa, ir ao armazém, cortar grama,
pagar as contas e assim por diante. É apenas uma
frase, mas que carrega poder. Cada vez que
dizemos que odiamos algo, fica mais difícil fazer
isso com alegria da próxima vez. Comece dizendo
que gosta das coisas que são mais difíceis para
você. Comece a dizer isso em obediência a Deus, e
logo você descobrirá que eles são mais
agradáveis. Podemos nos convencer a entrar e
sair delas. Eu posso me falar em

desprezo algo que preciso fazer, ou posso ter uma


boa atitude e falar boas palavras sobre isso e torná-
lo muito mais agradável.
Comece prestando atenção às palavras e
frases tolas que saem da sua boca e peça a Deus
que o ajude a formar novos hábitos. Você pode ter
pensado anteriormente que era apenas algo a
dizer, mas agora que sabe que as palavras têm
poder, você vai querer que todas as suas sejam
valiosas.

Aprendendo como se comportar na


tempestade

Como eu disse, um dos momentos mais difíceis de


controlar nossos pensamentos, emoções, atitudes e
palavras é durante as tempestades da vida, mas
também é um dos momentos mais importantes
para fazer isso. Jesus se encontrou com os
discípulos na margem do lago, entrou no barco e
disse: “Vamos atravessar para o outro lado”.
Lembre-se de que, quando Jesus diz algo, podemos
ter certeza de que isso acontecerá. Ele não disse a
eles quanto tempo levariam para chegar ao outro
lado do lago, ou como a jornada poderia ser difícil,
e esperava que eles confiariam Nele para esses
detalhes.
Quando Deus colocou em meu coração que eu
ensinaria Sua Palavra ao redor do mundo, eu não
tinha ideia de quantas tempestades enfrentaria
antes de chegar ao meu destino. Deus sabia, e Ele
já tinha um plano para minha libertação de cada
um. Mas Ele precisava me ensinar como confiar
Nele. Até as tempestades em nossa vida têm um
propósito. Deus os usa para expandir nossa fé e
nos ajudar a crescer em caráter piedoso.
Por exemplo, paciência é um fruto do Espírito
de que precisamos desesperadamente em nossa
vida. Herdamos as promessas de Deus por meio da
fé e da paciência, mas a definição de paciência nos
diz que ela só cresce sob as provações. Podemos
orar por paciência, mas

temos uma tempestade. Não gostamos disso, mas


Deus tem algo bom em mente. Ele está realmente
respondendo às nossas orações e nós simplesmente
não percebemos isso. As tempestades da vida serão
muito mais fáceis para nós se aprendermos a dizer
imediatamente: "Algo bom vai sair disso."
Recentemente chegamos ao aeroporto para fazer
uma viagem e descobrimos que algo estava
mecanicamente errado com o avião e talvez não
pudéssemos sair. Foi uma viagem pela qual
estávamos ansiosos e que tínhamos planejado há
muito tempo, então, naturalmente, a primeira
coisa que sentimos foi frustração e decepção. Mas,
felizmente, aprendemos a respirar fundo e pensar
antes de falar. Vários de nós dissemos: "Todas as
coisas dão certo, então, se não pudermos ir, talvez
não devamos ir." Percebi que minha alma começou
a se acalmar imediatamente. Tivemos que esperar
cerca de duas horas e, durante esse tempo,
trabalhamos para manter uma boa atitude e uma
boa confissão. O avião foi consertado e nós
partimos em nossa viagem, mas talvez não o
tivéssemos se todos tivéssemos falado mal durante
as duas horas que esperamos.

Eu me pergunto quantas vezes temos uma


pequena tempestade na vida e a transformamos
em um tornado por falarmos negativamente. Sei
que sempre fico tentado a reclamar quando as
coisas não acontecem do meu jeito, mas aprendi
que na verdade é uma coisa perigosa e pode abrir
a porta para todos os tipos de mal. Deus deseja que
o abençoemos em todos os momentos, não apenas
quando as coisas estão indo do nosso jeito.
Quando os discípulos começaram sua jornada,
surgiu uma tempestade de proporções de furacão.
Jesus estava dormindo no fundo do barco e os
discípulos ficaram terrivelmente assustados. Eles
acordaram Jesus perguntando se Ele não se
importava que eles estivessem morrendo. Jesus se
levantou e repreendeu a tempestade e ela se
acalmou, então repreendeu os discípulos por seu
medo e descrença (ver Marcos 4: 35–41). o

o versículo seguinte diz: “Eles vieram para o outro


lado do mar”. O que sempre se destacou para mim
é que eles chegaram do outro lado exatamente
como Jesus disse que aconteceriam. Eles poderiam
ter estado em paz e gostado da viagem, mas em
vez disso, deixaram a tempestade controlar suas
emoções, atitudes, pensamentos e palavras.

Jesus disse que no mundo teremos tribulação.


Tempestades são uma promessa! Todos nós os
recebemos e é um dos momentos mais
importantes da vida para manter uma boa
confissão.
Quando as tempestades chegarem em sua
vida, lembre-se de que Jesus está em seu barco.
Ele está com você a todo momento e o levará para
o outro lado.

Fé para o Meio

Começar algo geralmente é fácil porque temos


muitas emoções para nos ajudar. Coisas novas são
empolgantes e todos nos torcem. Quando
chegamos ao nosso destino, também ficamos
animados, mas e no meio? Foi no meio da jornada
dos discípulos que eles experimentaram a
tempestade. Eles começaram bem e terminaram
bem, mas eles precisavam de mais fé no meio.
Gosto de dizer que a fé é para o meio de nossas
jornadas na vida.

Nunca sabemos quanto tempo levarão nossas


jornadas na vida, mas a experiência me ensinou
que a maioria delas leva mais tempo do que
pensávamos. Amigos meus começaram
recentemente a construir uma nova casa. Disse-
lhes que deveriam planejar que tudo demorasse
mais e custasse mais do que haviam pensado
originalmente. Eu não estava sendo negativo, mas
estava falando por experiência própria. Por que
isso acontece dessa forma? Sempre têm

coisas que acontecem no meio de cada projeto


que são inesperadas e que causam atrasos.
Podemos evitar decepções adicionando uma
reserva de tempo a cada projeto.
As pessoas se atrasam para os compromissos
porque não planejam coisas inesperadas. Seria
sensato esperar o inesperado. Pode ocorrer um
telefonema inesperado que não podemos ignorar.
Ou se você for como eu, você esquece algo pelo
qual tem que voltar para dentro de casa. Então
você não consegue encontrá-lo e tem que gastar
tempo procurando por ele. Já tive ocasiões em que
entrei no carro e não consegui encontrar meu
celular, então voltei para casa e não consegui
encontrar em lugar nenhum. Finalmente pedi a
outra pessoa da casa que ligasse para o meu
telefone para que eu pudesse seguir o toque e
acabei encontrando no fundo da minha bolsa no
carro. Todo aquele tempo foi perdido, mas se não
deixo tempo para o inesperado, acabo apressado e
frustrado.
Infelizmente, muitas pessoas não sobrevivem
às tempestades da vida. Ou desistem ou começam
a fazer e dizer coisas tolas e abortam totalmente a
viagem. É fácil começar, mas Deus está
procurando pessoas que vão terminar.
O apóstolo Paulo declarou a posição que
tomaria para completar sua jornada:

Mas nenhuma dessas coisas me comove;


nem considero minha vida cara a mim
mesmo, se apenas eu puder terminar minha
carreira com alegria. Atos 20:24
Você está no meio de uma jornada agora e uma
tempestade está se formando? Eu encorajo você a
dizer o que Paulo disse. Declare que nada o deterá
e que você não desistirá. Continue dizendo: “Vou
terminar minha jornada e alcançar meu objetivo”.

Aqui está uma lista de coisas que


podemos dizer quando a tempestade está
forte:

Deus é minha força, e posso fazer tudo o que


preciso na vida por meio de Cristo.
Deus nunca permite que venha sobre nós
mais do que podemos suportar, mas para
cada tentação, Ele sempre fornece a saída.
Todas as coisas resultam para o bem
daqueles que amam a Deus e são
chamados de acordo com o Seu propósito.
Deus é fiel e me ama. Ele nunca me
abandona nem me abandona.
Deus não se surpreende com esta
tempestade, porque Ele conhece todas as
coisas do início ao fim.
Sou mais que vencedor por Cristo, que
me fortalece.
Já derrotei os agentes do Anticristo porque
maior é aquele que está em mim do que
aquele que está no mundo.

Estou crescendo espiritualmente


durante esta tempestade. Não
temerei, pois Deus está comigo.
O tempo de Deus é perfeito e essa
tempestade vai acabar na hora certa.
Ou se você quiser se sentir infeliz e talvez
nunca alcançar seu objetivo, pode dizer coisas
como:

Não entendo por que isso está


acontecendo - onde está Deus?
Eu não agüento mais isso.

Eu odeio isso.
Eu estou desistindo
Isso é muito difícil.
Deus, você não me
ama?
Estou confuso; Tento fazer o que é certo e
vejo a confusão em que estou.
Nada funciona bem para
mim. Estou farto de
problemas.

Qual você vai escolher?


O que dizemos depende de nós, mas devemos
lembrar que nossas palavras têm poder. Eles têm
o poder de vida e morte (ver Provérbios 18:21).
Seremos responsáveis por nossas palavras.
Eu lhe digo, no dia do julgamento os
homens terão que dar conta de cada palavra
ociosa (inoperante, não útil) que falarem.
Mateus 12:36

Quando estou diante de Deus no dia do


julgamento para prestar contas de minha vida,
não quero que Ele me pergunte por que
desperdicei tanto do poder que Ele me ofereceu ao
falar palavras inúteis e vãs. Acredito que não
apenas seremos responsáveis perante Deus, mas
também seremos responsáveis enquanto
estivermos aqui na terra. Colhemos a colheita das
sementes que plantamos. Podemos dizer o que
quisermos, mas a liberdade sempre vem
acompanhada de responsabilidade e prestação de
contas. Deus nos incentiva a fazer as coisas do
jeito dele, mas não nos força. A escolha é nossa.

O que fazer quando você comete erros

Cometeremos erros com nossas bocas e, quando o


fizermos, podemos pedir a Deus que nos perdoe e
seguir em frente. Isaías encontrou-se na presença
de Deus e uma das primeiras coisas que percebeu
foi que era um homem de lábios impuros (ver
Isaías 6: 1–5). Deus enviou um anjo com brasas de
fogo, e com eles limpou os lábios de Isaías e disse:
“A tua iniqüidade e culpa foram tiradas” (Isaías 6:
7). Louvado seja Deus, podemos ser perdoados e
ter um novo começo. Deus nunca fica sem novos
começos, e Sua misericórdia é nova a cada dia.
Aleluia! Quando você começa a limpar sua
confissão, pode se sentir oprimido pelos erros que
comete. Você os tem feito o tempo todo, mas agora
está se tornando consciente deles. Na verdade, essa
é uma boa notícia, porque a verdade o está
libertando. Nunca se sinta desanimado quando o
Espírito Santo o convence do pecado em qualquer
área da vida, mas, em vez disso, alegre-se por
poder reconhecer Sua convicção e se arrepender e
começar de novo.
Satanás quer que nos sintamos inúteis e como
se fôssemos um grande erro esperando para
acontecer. Não acredite nas mentiras dele! Ele é o
Acusador dos Irmãos, mas quando ele acusa você,
apenas responda ao diabo e diga: “Sou filho de
Deus. Ele me ama e estou perdoado. Posso não ser
perfeito, mas estou progredindo e nunca desistirei
de tentar melhorar enquanto viver ”.

CAPÍTULO

Derrotando seus inimigos

Suponho que todos nós pensamos que temos


inimigos. As pessoas podem facilmente passar
para a categoria de “inimigo” se nos causar
problemas. As circunstâncias desagradáveis da
vida também são vistas como inimigas.
Mas a verdade é que temos um inimigo, e esse é
Satanás e seus demônios que cumprem suas
ordens. Nunca podemos derrotar nosso inimigo
até que saibamos quem ele é.
Fui cristão por muitos anos antes mesmo de
perceber que o diabo era real e que ele era a raiz
dos meus problemas na vida. Lutar contra o
inimigo errado e esperar vencer a batalha seria
como ter um problema cardíaco e ser tratado por
uma perna quebrada. Seu coração não melhoraria
e seu tempo e dinheiro seriam desperdiçados. O
apóstolo Paulo disse que nossa guerra não é contra
carne e sangue:
Pois não estamos lutando com carne e
sangue [lutando apenas com oponentes
físicos], mas contra os despotismos,
contra os poderes, contra [os espíritos
mestres que são] os governantes
mundiais desta escuridão presente,
contra as forças espirituais da maldade
no esfera celestial (sobrenatural). Efésios
6:12

Embora Satanás possa operar por meio das


pessoas para nos ferir, e possa usar todos os tipos
de circunstâncias para nos tentar e distrair,
devemos lembrar que ele é o verdadeiro
inimigo - não as pessoas e as circunstâncias que
usa.

Quando Satanás estava tentando usar Pedro


para impedir Jesus de seguir o plano de Deus para
Sua vida, Jesus sabia quem era Seu verdadeiro
inimigo e falou diretamente ao espírito
demoníaco que trabalhava por meio de Pedro.

Mas Jesus se afastou de Pedro e disse-lhe:


Afasta-te de mim, Satanás! Você está no Meu
caminho [uma ofensa e um estorvo e um
laço para Mim], pois você se preocupa com
o que não faz parte da natureza e qualidade
de Deus, mas dos homens. Mateus 16:23

Infelizmente, há momentos em que todos nós


deixamos o diabo nos usar para ferir outras
pessoas. A menos que sejamos muito maduros
espiritualmente, ele pode trabalhar por meio de
nossa carne, e geralmente não temos consciência
de que ele está fazendo isso. Freqüentemente
dizemos ou fazemos coisas que magoam as
pessoas, ou podemos criar circunstâncias
problemáticas por meio de um comportamento
tolo. Satanás opera através de nossas fraquezas,
mas Jesus nos fortalecerá através delas se
aprendermos a reconhecê-las e levá-las a Ele
diariamente.

Por exemplo, nossas bocas geralmente são


uma área fraca para nós. Dizemos coisas que
magoam as pessoas e nos causam problemas.
Continuaremos fazendo isso até percebermos o
dano que a língua pode causar e nos apoiarmos
fortemente em Deus diariamente para nos
ajudar e fortalecer nessa área de fraqueza.
À medida que amadurecemos em Deus,
permitimo-nos ser usados cada vez mais por Deus
e cada vez menos pelo diabo. Podemos nos tornar
uma bênção em todos os lugares que formos, se
trabalharmos com o Espírito Santo e aprendermos
a ouvi-Lo.
Em Lucas 4, vemos que Jesus foi levado ao
deserto pelo Espírito Santo para ser tentado pelo
diabo. Ele permaneceu

lá por quarenta dias, durante os quais Ele jejuou e


resistiu com sucesso a várias mentiras de Satanás.
Jesus lutou com o diabo e venceu! Podemos fazer
a mesma coisa. Somos vencedores, a menos que
nos tornemos chorões! Devemos ter cuidado com
o que dizemos durante a batalha. Durante a
batalha, certifique-se de falar com sabedoria,
dizendo coisas que concordam com a Palavra de
Deus, em vez de coisas cheias de medo,
preocupação e reclamação.

Vista sua armadura e use suas armas

Deus sempre nos dá tudo de que precisamos para


sermos vitoriosos nesta vida, e Ele nos deu o que
precisamos para derrotar Satanás. Em primeiro
lugar, temos o nome de Jesus. Há poder nesse
nome, no céu, na terra e sob a terra, e à menção de
Seu nome, todo joelho deve se dobrar (ver
Filipenses 2: 9–10). Jesus nos deu permissão para
usar Seu nome. Orar em Seu nome é o mesmo que
orar, pois estamos apresentando ao Pai tudo o que
Jesus é. Seu nome representa tudo o que Ele fez e
tudo o que Ele é. Eu recomendo que você leia um
bom livro ocasionalmente sobre o poder que está
no nome de Jesus. Acho que preciso de um novo
lembrete de algumas das coisas mais importantes
que aprendi. Eu preciso ser despertado na fé mais
uma vez. Quando Jesus nos deu Seu nome para
usar aqui na terra, Ele nos deu um presente
incrivelmente poderoso e precisamos usá-lo para a
glória de Deus.

O apóstolo Paulo nos ensinou que as armas de nossa


guerra não é carnal, e que eles não são armas de
carne e sangue; portanto, devem ser armas
espirituais. Deus não nos deixou armas, canhões
e facas para lutarmos contra Satanás, mas Ele nos
deixou armas poderosas.

Ele nos deixou Seu nome, Seu sangue e Sua


Palavra. A Palavra de Deus usada corretamente é
vital para nossa vitória. Podemos cantar a Palavra,
falar a Palavra, pregar a Palavra, ensinar a
Palavra, ouvir a Palavra e ler e estudar a Palavra. A
Palavra de Deus é a verdade e é a única coisa que
derrotará as mentiras e enganos de Satanás.
Quando Satanás disse a Jesus que se Ele o adorasse
apenas uma vez, ele lhe daria todos os reinos do
mundo, Jesus disse: “Para trás de mim, Satanás!
Está escrito que homenagearás e adorarás o
Senhor teu Deus, e só a ele servirás ”(Lucas 4: 8).
Jesus conhecia a Palavra e falou a Palavra. Ele usou
a espada afiada de dois gumes da Palavra de Deus
contra Seu inimigo, Satanás.

Pois as armas de nossa guerra não são


físicas [armas de carne e sangue], mas
são poderosas diante de Deus para
derrubar e destruir fortalezas. 2
Coríntios 10: 4

As fortalezas das quais Paulo fala estão em


nossas mentes. São áreas que Satanás domina por
meio de mentiras nas quais acreditamos. A única
arma poderosa o suficiente para destruir essas
mentiras é a Palavra de Deus. Quando sabemos,
acreditamos, obedecemos e falamos, então
Satanás rapidamente se torna um inimigo
derrotado.
Paulo também ensinou que Deus nos deu seis
peças de armadura e que precisamos colocá-las e
resistir a Satanás. Nenhuma das armaduras
mencionadas em Efésios 6 é uma armadura
natural feita por mãos humanas. É tudo armadura
espiritual fornecida por Deus.
A armadura consiste no seguinte:
Primeiro, recebemos o cinto da verdade, que
é a Palavra de Deus. Dizem que devemos apertar
o cinto na batalha. Em outras palavras,

apegue-se à Palavra mais do que nunca em


tempos de prova ou guerra.
Em segundo lugar, recebemos a couraça da
justiça para usar. Visto que nossos corações estão
cobertos com o conhecimento de que recebemos
a posição correta diante de Deus, Satanás não
pode nos condenar e nos fazer sentir sem valor e
inseguros. A couraça protege nosso coração.
Terceiro, recebemos os sapatos da paz para
usar. Isso simplesmente significa que devemos
andar em paz e permanecer em paz, não importa
que tipo de batalha esteja ocorrendo. Satanás nos
arma para nos aborrecer, mas se nos recusarmos
a ficar aborrecidos, então seu plano será frustrado
e não terá poder.
Quarto, Deus nos deu o escudo da fé e
devemos erguê-lo. Isso significa que devemos
liberar nossa fé em todas as situações
desafiadoras. Uma boa maneira de fazer isso é
dizer: "Sou um filho de Deus e minha confiança
está Nele." Também gosto de dizer: “Acredito que
Deus está trabalhando agora nesta situação”. A
Bíblia diz que com o escudo da fé podemos apagar
todos os dardos inflamados do inimigo.
Quinto, recebemos o capacete da salvação, e
para mim isso significa que preciso pensar como
alguém que foi salvo e liberto do pecado e de seus
efeitos. Durante a batalha devemos lembrar e
dizer que somos filhos amados de Deus, que somos
perdoados e que Deus tem um bom plano para
nossas vidas.
E por último, mas não menos importante,
recebemos a espada que o Espírito empunha, que é
a Palavra de Deus. Também nos é dito para cobrir
tudo com oração. A oração em nome de Jesus, cheia
da Palavra de Deus, sela todas as vitórias e as
garante. Se quisermos vencer nossas batalhas,
devemos vestir esta armadura e usar nossas armas.
Somos soldados no exército de Deus e não devemos

seja preguiçoso e passivo. Devemos estar alertas,


ativos e vigilantes em todos os momentos.
Outra coisa pela qual oro regularmente é o
discernimento. É um dos dons do Espírito de Deus
que nos ajudará a reconhecer quando os espíritos
malignos estão operando e não sermos enganados
por eles. O discernimento espiritual nos permite
saber as coisas pelo espírito. Felizmente, não
precisamos depender apenas de nossas mentes
para saber as coisas.
Lembra-se de Margaret, a mulher que falou
furiosamente com o marido sobre tocar piano? Há
mais em sua história. Dois anos após a morte de
Richard, ela almoçou com um conhecido. Esta
mulher mencionou de passagem que sua irmã
ouviu falar de pessoas mortas. Na verdade, uma
vez ela teve que pedir demissão porque seu
escritório ficava no porão de um hospital perto do
necrotério do hospital, e ela teve que sair porque
não suportava o clamor de todas aquelas vozes!
Margaret é uma cristã madura e não acredita em
falar com os mortos. Ela mudou de assunto e não
pensou mais no assunto até que seu telefone tocou
mais tarde naquela noite. Era a conhecida, que
acabara de falar com a irmã.

“Eu mencionei que seu marido morreu há


alguns anos. Então, por capricho, perguntei se ela
tinha ouvido falar de alguém chamado Richard.
Minha irmã disse que ela ouviu muito de um
Richard ultimamente, mas ela não sabia quem ele
era. ”
Ela continuou dizendo a Margaret que Richard
estava tentando desesperadamente entrar em
contato com ela. Então ela disse a Margaret várias
coisas que não poderiam ter vindo de ninguém,
exceto de Richard. Na verdade, uma das coisas que
ela disse foi que Richard queria saber por que
Margaret não tocava mais piano.
Margaret estava extremamente abalada. No
início ela se perguntou se Deus estava permitindo
que ela aprendesse coisas que ela precisava saber
em

a fim de seguir em frente com sua vida. Ela sabe


que as escrituras dizem para ficar longe de
médiuns, feiticeiros, adivinhos e pessoas com
espíritos familiares (ver Levítico 20: 6, Isaías 8:19),
e ela estava muito preocupada. A primeira coisa
que ela fez foi orar por discernimento. Ela estava
no meio de uma batalha espiritual. Satanás estava
tentando enganá-la!
Ela abriu a Bíblia e orou por cada peça da
armadura: o cinto da verdade, a couraça da
justiça, os sapatos da paz, o escudo da fé, o
capacete da salvação e a espada do espírito. Quase
imediatamente, Margaret percebeu que estava
definitivamente ouvindo de alguém - não de Deus,
mas de Satanás. No minuto em que ela percebeu
isso, sua paz foi restaurada e sua consciência das
habilidades de Satanás intensificada. Margaret
venceu essa batalha com a ajuda de Deus. E ela
começou a tocar piano novamente.

Você não pode derrotar Golias de boca fechada

Na Palavra de Deus, aprendemos sobre um gigante


imenso que veio contra o exército de Israel, e
nenhum dos soldados do rei Saul teve a coragem
de ir contra ele. Havia um jovem rapaz corajoso
que acreditava que, com a ajuda de Deus, poderia
derrotar o gigante. Davi era um menino que
cuidava de ovelhas e escrevia e cantava canções de
louvor e adoração a Deus. Deus estava de olho em
Davi e, de fato, o ungiu para ser o futuro rei. A
história da batalha de Davi com Golias pode ser
encontrada em I Samuel 17: 32-48, mas vou contá-
la com minhas próprias palavras.
David deu um passo à frente e disse que
ninguém deveria temer o gigante porque ele
estava disposto a ir e lutar com ele. Lembre-se de
que David não era um soldado treinado e não
tinha

conhecimento do armamento da época. O rei Saul


disse rapidamente a Davi que ele não era capaz de
lutar com Golias porque ele era apenas um
adolescente, e o gigante tinha sido um guerreiro
por muitos anos.
Davi não desanimou com as palavras
desanimadoras do rei. Você é capaz de ouvir
palavras desanimadoras de outras pessoas e, ainda
assim, não se sentir desencorajado por elas? Isso é
algo que teremos que aprender a fazer se
quisermos vencer nossas batalhas.
David imediatamente começou a se lembrar e
a ensaiar outras vitórias que havia experimentado
e que foram incríveis. Ele disse que enquanto
cuidava das ovelhas de seu pai, veio um leão e
novamente um urso que tirou um cordeiro do
rebanho, e ele o matou e entregou o cordeiro. Na
verdade, ele disse que o pegou pela barba e o
matou, indicando que o fez com as próprias mãos.
Ele passou a dizer que o gigante seria como o leão
e o urso e que ele poderia realmente derrotar
Golias. Davi não gostou que o gigante pudesse
desafiar os exércitos do Deus vivo.

Saul finalmente concordou em deixar Davi


tentar, mas disse a ele para usar sua armadura.
David tentou usar, mas não conseguiu porque não
estava acostumado. David tinha métodos mais
simples. Ele confiou em Deus e usou um estilingue!
Sua verdadeira arma era sua fé em Deus e saber
como usar suas palavras com sabedoria.
Quando o gigante chegou perto de Davi, ele
começou a insultá-lo e zombar dele, mas em vez de
recuar de medo, Davi começou a responder a
Golias. Ele disse:

Você vem a mim com uma espada, uma


lança e um dardo, mas eu vou até você em
nome do Senhor dos Exércitos, o Deus das
tropas de Israel, a quem você desafiou.
Hoje mesmo o Senhor entregará você em
minhas mãos, e eu o ferirei e cortarei sua
cabeça. E darei os cadáveres do exército dos
filisteus hoje às aves do céu e às feras da
terra, para que toda a terra saiba que há um
Deus em Israel.
E toda esta assembléia saberá que o
Senhor não salva com espada e lança; pois
a batalha é do Senhor, e Ele entregará você
em nossas mãos. 1 Samuel 17: 45-47

Uau! Esse tipo de conversa me deixa


animado. Rezo para que você e eu falemos
assim na próxima vez que enfrentarmos um
inimigo.
Golias veio na direção de Davi, e então Davi
correu em direção à linha de batalha e derrotou
Golias exatamente como ele declarou que faria.
Davi não dependia de si mesmo, mas dependia de
Deus. Ele nem estava tentando construir sua
própria reputação, mas estava lutando pela
reputação de Deus. Ele queria que todos soubessem
que havia um Deus em Israel. Estamos prontos
para lutar pela reputação de Deus na terra hoje?
Continuaremos a simplesmente reclamar quando
tivermos uma batalha a travar, ou nos
levantaremos como homens e mulheres de Deus e
declararemos que a vitória pertence a Deus?
Não tente derrotar Golias de boca fechada.
Fale, assim como David fez. Mantenha sua boca
cheia da Palavra de Deus, empunhe a espada do
Espírito com sabedoria e você será um campeão
de Deus como Davi foi.

A batalha pertence ao senhor

David não foi o único a dizer que a batalha pertencia a

o Senhor. Jahaziel, que profetizou aos israelitas no


tempo da batalha, disse-lhes a mesma coisa.
Muitos exércitos estavam vindo contra Josafá
e seu exército, e eles estavam com medo. A vitória
que Deus deu a eles e a maneira como Ele deu a
eles são incríveis. O relato disso é encontrado em 2
Crônicas 20: 1-22. Contarei a história brevemente,
mas sugiro que você também a leia.
Quando Josafá temeu, ele estava determinado a
buscar a Deus como sua necessidade vital. Ele
também proclamou um jejum em todo o Judá e
reuniu o povo para buscar ao Senhor. No momento
em que sentimos medo, devemos seguir seu
exemplo e buscar a Deus. Não corra para o telefone
e peça conselhos a um amigo; corra para o trono de
Deus e pergunte a Ele o que fazer antes de você
fazer qualquer outra coisa.
Vemos nesta história que Josafá foi a Deus
usando palavras certas. A primeira coisa que ele
fez foi declarar o quão grande Deus é e que ele
governa todos os reinos e que ninguém poderia
resistir a Ele. Ele estava louvando a Deus e
declarando Sua grandeza.

A próxima coisa que ele fez foi lembrar a Deus


de como Ele os libertou no passado, e que ele sabia
que os estava ouvindo mesmo agora. Ele lembrou a
Deus que eles haviam construído um santuário
para o Seu nome. Ele não mencionou que eles
tinham inimigos vindo contra eles e precisavam de
ajuda antes de enviar um elogio antes de seu
pedido. Você envia elogios antes da petição? Acho
que todos nós esquecemos a importância de fazer
isso às vezes. Ficamos tão preocupados com nossas
necessidades que esquecemos o poder do elogio.
Judá representava louvor na Bíblia, e Deus sempre
enviava a tribo de Judá primeiro para a batalha.
Devemos enviar elogios primeiro se quisermos
vencer nossas batalhas.
Depois que Josafá disse a Deus sobre a necessidade
deles, ele fez uma

declaração importante:

Oh nosso Deus, você não vai exercer


julgamento sobre eles? Pois não temos força
para resistir a este grande grupo que está
vindo contra nós. Não sabemos o que fazer,
mas nossos olhos estão sobre você. 2
Crônicas 20:12

Essa confissão de total dependência de


Deus foi muito importante. Deus quer que nos
apoiemos nele.
Enquanto eles esperavam em Deus, Ele falou
por meio de Jahaziel, dizendo: “Não tenha medo
nem se assuste com esta grande multidão; pois a
batalha não é sua, mas de Deus. ” Ele disse-lhes que
saíssem no dia seguinte e tomassem suas posições,
mas que não precisariam lutar na batalha.
A posição que tomaram foi de louvor e
adoração. Josafá curvou-se para adorar, outros se
levantaram para louvar a Deus em alta voz e
cantores foram designados para cantar em suas
vestes sacerdotais sagradas. Esta é a música que
eles cantaram (versículo 21):

“Dê graças ao Senhor, pois Sua


misericórdia e amor bondade duram para
sempre!”
Eu imagino que eles cantaram sem parar. Veja
a foto? O rei está adorando, os soldados estão
louvando, os cantores estão cantando, e a próxima
coisa que aconteceu é realmente incrível.

E quando eles começaram a cantar e a


louvar, o Senhor armou emboscadas
contra os homens de Amon, Moabe e
Monte Seir que tinham vindo contra Judá,
e eles foram [auto-] massacrados. 2
Crônicas 20:22

Está certo! O inimigo ficou tão confuso que


eles mataram uns aos outros, e assim como Deus
havia dito, Judá nem mesmo teve que lutar a
batalha.
Esta história me emociona e me ensina uma lição que
é
Maravilhoso. Sempre envie louvor e adoração em
suas batalhas primeiro. Use suas armas espirituais
e nunca se esqueça de quem é o verdadeiro
inimigo.
Lembre-se sempre dessas duas coisas: Nós não
lutamos com carne e sangue, mas com principados
e potestades (ver Efésios 6:12). E as armas da nossa
guerra não são carnais (armas naturais) (veja 2
Coríntios 10: 4). Sua boca cheia da Palavra de Deus
é uma arma que Satanás não pode derrotar.
CAPÍTULO

Quão feliz você quer ser?

A mãe de Jerry L. Haynes estava morrendo de


leucemia. Em dois anos, ela passou de uma forte
matriarca a uma inválida indefesa. Finalmente,
ela ficou deitada no quarto do hospital em um
estado semiconsciente. Às portas da morte, ela
não conseguia mais falar com os lábios secos e
inchados. Sua família dormia no quarto do
hospital, esperando a morte.

Quando Jerry acordou cedo na manhã


seguinte, o sol entrou pela janela.
Sua mãe rolou de lado e olhou para o brilho
do sol recém-nascido. Então, quando o sol fez
brilhos cintilantes em seus olhos, ela lambeu os
lábios ressecados e disse: "Puxa, hoje vai ser um
dia lindo." As circunstâncias dela não eram nada
para se alegrar, mas ela decidiu ser feliz de
qualquer maneira!

Podemos aumentar nossa alegria quando tudo


ao nosso redor está se desintegrando? A Palavra de
Deus diz claramente que podemos
- sejam quais forem as nossas circunstâncias. E
tendo colocado os princípios da Palavra de Deus
em ação em minha própria vida por muitos anos,
concordo de todo o coração que podemos
aumentar nossa alegria. Não somos meramente
vítimas das circunstâncias, soprados pelas
tempestades da vida e sem escolha quanto à forma
como iremos reagir.

Pois quem quer aproveitar a vida e ver dias


bons [bons - aparentes ou não], mantenha
sua língua livre do mal e seus lábios da
astúcia (traição, engano). 1

Pedro 3:10

De acordo com essa escritura, podemos


aproveitar a vida independentemente das
circunstâncias, contanto que saibamos o que fazer
com nossa língua (palavras e conversas) e o que
não fazer com ela. As palavras que escolhemos
falar na vida têm um tremendo impacto em nosso
nível de alegria. Palavras felizes podem aumentar
sua alegria. Preencha seu vocabulário com
palavras como fantástico, lindo, incrível, aprecio,
obrigado, maravilhoso, comemorar, entusiasmado,
energético, incrível, ótimo, enorme, excelente,
esperança, fé e amor . A conhecida líder de louvor e
minha amiga Darlene Zschech usa a palavra bela o
tempo todo em seu discurso diário. Ficava feliz
toda vez que ouvia, então comecei a dizer também.
Meus amigos Chris e Nick Caine da Equip and
Empower Ministries costumam dizer às pessoas
quando estamos fora de casa: “Você é incrível,
cara”. (Eles são australianos.) Podemos passar um
dia com eles e talvez ouvir essa afirmação pelo
menos vinte vezes. Percebi que colocava sorrisos
nos rostos, então incluí isso no meu vocabulário
também. Observe as palavras que o deixam feliz
quando as pessoas falam com você e comece a
falar com outras pessoas. Transforme palavras
alegres e felizes nas conversas em vez de falar
excessivamente sobre problemas e usar palavras
feias como ódio, raiva, amargo, desistir, meu
problema, cansado, esgotado, miserável,
desanimado, deprimido e miserável .

A primeira coisa que a maioria de nós quer


fazer quando temos qualquer problema é falar
sobre isso, falar e falar sobre isso! Acho que devo
resistir agressivamente à tentação de falar sobre
meus problemas, e sua experiência pode ser a
mesma.
Certamente podemos e devemos falar com alguém,
mas o melhor

alguém com quem conversar é Deus e, então,


talvez alguém a quem Ele possa nos conduzir após
consultá-Lo primeiro. Algumas conversas sobre
nossos problemas podem ser muito saudáveis. Se
simplesmente enfiarmos dentro de nossas almas
tudo o que nos machuca e nos incomoda e nos
recusarmos a lidar com nossa dor e decepção, isso
pode ser devastador. Precisamos de uma maneira
de liberar nossa dor, ou como algumas pessoas
dizem: “Há momentos na vida em que precisamos
desabafar”. Costumo encontrar respostas para
meus problemas enquanto verbalizo a situação, e
isso é uma coisa boa, mas ainda preciso ter muito
cuidado com quem falo e como falo com eles sobre
as coisas que me incomodam.
Falar apenas para estar falando com
qualquer um que queira ouvir não é apenas
inútil, mas tolo, e drena nossas forças e rouba
nossa alegria.

Com quem devemos falar?

Em primeiro lugar, devemos orar sobre tudo.


Quando oramos, não estamos apenas pedindo a
Deus que nos ajude, mas estamos pedindo a Ele
que nos aconselhe sobre qualquer ação que
devemos tomar.

Não te preocupes nem te inquietes por


nada, mas em todas as circunstâncias e em
tudo, pela oração e petição (pedidos
definidos), com acção de graças, continuas
a manifestar as tuas necessidades a Deus.
Filipenses 4: 6

Eu o encorajo a criar o hábito de ir a Deus em


oração no momento em que algo o perturba. Uma
das melhores maneiras de permanecer na
presença de Deus ao longo do dia é nos acostumar
a ter uma conversa contínua com
Ele. Quando fazemos isso, estamos orando, pois
orar é simplesmente falar com Deus e ouvir em
nosso coração a Sua resposta. Ele pode trazer à
mente uma escritura que nos dê conforto ou
orientação. Pode ser uma ideia, ou um forte
“saber” que devemos seguir nesta ou naquela
direção. O importante é que honremos a Deus
indo a Ele primeiro. Deus nem sempre nos dá
orientação imediata depois de orar, mas minha
experiência tem sido que Ele realmente dirige
nossos passos.
Uma situação recente que experimentei estava
me incomodando porque era crucial que eu lidasse
com ela de maneira adequada. Eu não podia
simplesmente fazer o que tinha vontade de fazer;
Eu tinha que ter certeza de que estava tomando a
decisão certa porque envolvia a vida de outras
pessoas e não queria que ninguém se machucasse,
nem queria tratar ninguém injustamente. Depois
de orar por alguns dias, senti fortemente que
queria falar com um pastor que conheço e respeito
e pedir seu conselho sobre o que eu pretendia
fazer. Foi uma situação que me despertou
emocionalmente, e sei que as decisões emocionais
costumam ser muito perigosas, então senti a
necessidade de falar com alguém que não estava
diretamente envolvido e poderia dar conselhos
piedosos sem filtrá-los por suas emoções.

Os lábios dos sábios dispersam o


conhecimento [peneirando-o como a
palha do grão]. Provérbios 15: 7

A pessoa sábia pode olhar para todos os


lados, considerar todas as informações e
dispersar o conhecimento de maneira
adequada.
Não receber nenhum conselho é melhor do
que receber um conselho ruim, então a primeira
diretriz sobre como falar com os outros sobre
nossos problemas é que devemos ter certeza de
que é alguém que respeitamos e estamos dispostos
a ouvir de verdade. Caso contrário, estamos
falando apenas para ser

conversando e realmente não quero nenhum


conselho. Fale com alguém que é conhecido por
ser “sábio”, que conhece amplamente a Palavra de
Deus, que é forte na fé e guardará seus segredos.
Quero dizer novamente que se falamos com
alguém e não temos a intenção de considerar
seriamente seu conselho, então estamos falando
apenas para conversar e é quando nossas
palavras estão sendo perdidas, e talvez abrindo
uma porta para o diabo causar ainda mais
problemas do que já temos.
A Palavra de Deus nos ensina claramente a não
buscar ou seguir o conselho dos ímpios (veja Salmo
1: 1). O conselho deve vir de amigos verdadeiros
que não apenas concordarão conosco, mas também
discordarão se souberem que estamos errados.
Enquanto eu tomava todas as decisões que
precisavam ser feitas na situação em que me
encontrava, disse ao meu marido e a dois outros
homens de Deus que respeito que me avisassem se
a qualquer momento sentissem que eu estava
sendo emocional e não tomar boas decisões, ou se
eles perceberam que eu estava sendo injusto em
meus julgamentos.
Também devemos falar apenas com pessoas
em quem podemos confiar, para não falarmos com
outra pessoa sobre o que discutimos com elas.
Somente pessoas com caráter maduro podem ser
confiáveis para guardar segredos. A tentação de
“falar” é tão forte que apenas aqueles com alto
nível de disciplina em suas próprias vidas podem
conversar com segurança, especialmente se o
assunto de que precisamos conversar for
confidencial.
A Palavra de Deus nos ensina a não nos
associar com ninguém que fala muito livremente,
ou é um falador ou revela os segredos de outros
(ver Provérbios 20:19). Lembre-se, se eles lhe
contarem os segredos de outra pessoa, eles
contarão os seus a outra pessoa. Seja muito sábio
com quem você fala. Você já se sentiu
profundamente magoado porque confiou em
alguém e depois descobriu que essa pessoa havia
revelado seus segredos a outras pessoas? eu acho
que nós

todos passaram por essa triste experiência e


devemos aprender com nossos erros. Vamos
aprender a escolher nossas palavras com
sabedoria, escolher cuidadosamente com quem
falar e ter certeza de que tratamos os outros da
maneira como queremos ser tratados. Nunca
conte os segredos de outra pessoa se quiser que o
seu seja privado.
Podemos proteger nossa alegria e felicidade
usando os cuidados que mencionei até agora. Eu
sacrifiquei minha alegria em várias ocasiões
simplesmente conversando com as pessoas
erradas. Há segurança em muitos conselheiros de
acordo com a Palavra de Deus, mas eles devem
ser bons conselheiros; caso contrário, é perigoso.

Aprendendo a ouvir de Deus

Quanto mais crescemos na Palavra de Deus e


quanto mais experiência temos com Seus
caminhos, menos precisaremos pedir conselhos a
outras pessoas. Aprendemos nós mesmos a ouvir
Deus e a ser guiados pelo Espírito Santo. O irmão
Lawrence, um monge que viveu no século XVII e
desenvolveu o hábito sagrado de estar sempre na
presença de Deus, disse que não tinha
oportunidade de consultar ninguém sobre seu
estado. Que quando ele tentava fazer isso, ele
sempre ficava mais perplexo. Ele tinha um
relacionamento íntimo e íntimo com Deus,
conhecia a Palavra de Deus e Seus caminhos e, por
fim, só conseguia consultar a Deus quando estava
com problemas.
Não é errado receber conselho da pessoa ou
pessoas certas, mas também podemos
desenvolver um relacionamento íntimo com Deus
que nos ajudará na maioria das situações a
discernir espiritualmente qual deve ser o nosso
proceder. O irmão Lawrence disse que aprendeu
que a maioria dos conselhos humanos o deixou
ainda mais perplexo,

e acho que todos podemos dizer que muitas


vezes nos sentimos da mesma maneira.
Algumas pessoas adoram dar sua opinião, mas
realmente não vale a pena ouvir sua opinião.
Deus mostrou a Davi como matar Golias. Seu
método de usar uma funda e pedras lisas parecia
ridículo para o rei Saul e os soldados que estavam
por perto. Saul deu a Davi sua armadura, mas não
funcionou para ele. Ele precisava da direção de
Deus para vencer esta batalha. Provavelmente
venceríamos mais batalhas muito mais rápido se
aprendêssemos a ouvir de Deus e não corrêssemos
tão rápido para as pessoas. Mas enquanto estamos
aprendendo a fazer isso, vamos continuar
aprendendo sabedoria sobre com quem falar e
como falar com eles nas ocasiões em que for
necessário.
Como devemos falar com as pessoas com quem
falamos?

Depois de decidir com a ajuda de Deus com


quem falar, como devemos falar com eles? Como
falamos sobre um problema e não o pioramos?

Um homem tem alegria em dar uma resposta


adequada e uma palavra dita no momento
certo - como é bom! Provérbios 15:23

Palavras certas na hora certa para a pessoa


certa podem ser uma grande bênção, mas
devemos aprender a arte de falar sobre uma
situação negativa de maneira positiva. Acho que,
se estou falando apenas para falar, geralmente
falo com base nas minhas emoções e muito do que
digo é inútil. Posso estar dando informações a
outras pessoas, mas não estou ajudando a mim
mesmo, e muitas vezes me sinto pior depois de
falar do que antes.

Satanás certamente nunca vai parar de nos


tentar a usar nossas palavras para prejudicar a
nós mesmos e outras pessoas, mas se
aprendermos a escolher nossas palavras com
sabedoria, podemos nos beneficiar e ser
abençoados por palavras certas faladas no
momento certo.
Sempre que falamos com outra pessoa sobre
nossos problemas, devemos fazê-lo em busca de
uma resposta ou de algum conselho sábio que
possa nos consolar. Quero dizer novamente que,
quando falamos apenas para conversar e não
temos nenhum propósito em mente,
normalmente dizemos coisas que realmente não
precisam ser ditas. Observe que eu disse “nós”
porque ainda preciso crescer muito nessa área.
Na verdade, preciso tanto desse ensino que,
mesmo que ninguém estivesse interessado neste
livro, eu o escreveria só para mim.

Você tem situações ou problemas?

É bom criar o hábito de não usar a palavra


problemas . Acho que apenas ouvir a palavra
diminui nossa alegria e nos dá a sensação de
estarmos sobrecarregados. Jesus passou por
circunstâncias adversas o tempo todo, mas
honestamente não consigo imaginá-lo dizendo:
“Pedro, Tiago e João, tenho um problema real e
preciso conversar sobre ele. Não sei o que vou
fazer e estou preocupada. Eu sei que tenho que
morrer pelos pecados do homem, e Meu Pai
prometeu me ressuscitar dos mortos, mas e se Ele
não sobreviver? ” Tenho certeza de que você está
pensando: Isso é ridículo, Jesus nunca falaria assim.
Você está certo; Ele não iria. Mas nós fazemos.
Ele falou sobre Sua situação, mas nunca de
uma forma negativa. Ele disse a Seus discípulos
que estava indo embora, mas que voltaria e que
eles deveriam ficar felizes por Ele porque era a
vontade de Deus. Ele passou a dizer que não seria

conversando muito mais com eles porque o


malvado estava chegando e não tinha poder sobre
ele. Ele declarou que tinha que fazer o que o Pai
Lhe ordenou (ver João 14: 28–31).
Jesus sabia quando falar, quando não falar e
como falar. Ele obviamente conhecia o poder e o
impacto das palavras. Jesus estava enfrentando
uma situação extremamente desafiadora, para
dizer o mínimo, e acredito que escolher dizer
menos palavras e ter certeza de que as que disse
eram as corretas o ajudaram a cumprir o plano
perfeito de Deus para ele.
Eu me pergunto quantas vezes temos situações
que se transformam em pesadelos para nós
simplesmente por causa da maneira como falamos
sobre elas. Todos os nossos desafios são a
oportunidade de Deus se mostrar forte. A próxima
vez que decidir falar com alguém sobre uma
situação difícil pela qual está passando, tente fazê-
lo da maneira mais positiva possível. Você pode
dizer algo como: “Tenho uma situação que gostaria
de discutir com você”. Então, o mais brevemente
possível, dê os detalhes e diga: "Eu confio em Deus
para providenciar o caminho de escape porque Ele
prometeu fazer isso, e eu queria saber se você tem
alguma palavra de conforto enquanto estou
esperando, ou um conselho que você sente que
Deus pode querer falar através de você. ”
No Evangelho de Marcos, somos instruídos a
falar com nossas montanhas e dizer-lhes que se
mudem (ver 11: 22–23), mas a maioria de nós fala
mais sobre elas do que para elas. Palavras de fé
moverão montanhas, mas palavras de
preocupação, medo e dúvida tornarão as
montanhas de desafios que enfrentamos ainda
maiores.

Anime-se

Vamos voltar à questão original no início deste

capítulo. Quão feliz você quer ser? Acredito que a


resposta está em como estamos dispostos a nos
disciplinar para dizer o que Jesus diria em nossa
mesma situação.
Jesus disse a Seus discípulos e a nós que no
mundo teríamos tribulação, mas que deveríamos
nos alegrar porque Ele havia vencido o mundo e o
privou de poder para nos prejudicar. Manter a
alegria e o ânimo simplesmente não é possível em
meio a conversas negativas e exaustivas . Qualquer
pessoa que fala excessivamente sobre o que
considera seus problemas provavelmente ficará
desanimada e até deprimida. Ela se sentirá
oprimida e, quanto mais falar sobre como se sente,
mais derrotada ficará.
O que estou compartilhando com você não é
difícil de entender. Podemos aumentar ou
diminuir nossa própria alegria pela maneira e
pelo que decidimos falar. Se você não acredita em
mim, teste por uma semana. Comprometa-se a
falar sobre o máximo de coisas boas que puder e,
se tiver que falar sobre uma situação desafiadora,
fale sobre as promessas de Deus e declare que
acredita que Deus está trabalhando e que espera
um avanço a qualquer momento . Se uma semana
for muito longa para você, comece com um dia de
cada vez ou até uma hora de cada vez, se
necessário. Eu realmente acredito que você
encontrará um aumento de alegria em sua vida,
escolhendo cuidadosamente suas palavras.

Como você fala consigo mesmo?

Você nunca será capaz de mudar o que fala se não


mudar seus pensamentos, que na verdade são
conversas internas. Falamos mais com nós
mesmos do que com ninguém. Estamos pensando
na maior parte do tempo, e esses pensamentos
privados são conversas internas. Quão

quando falamos com nós mesmos, determinamos


nosso nível de alegria com a mesma certeza que
nossas palavras. Reserve alguns minutos agora e
faça um inventário do que você tem pensado até
agora. Nossa conversa interna afeta não apenas
nosso nível de alegria, mas também nossa paz e
até mesmo nossa energia física.
Como eu disse antes, recentemente estive
trabalhando em uma “situação” própria. Fui
malhar na academia ontem e fiquei surpresa com o
cansaço que estava sentindo. Comecei a me
perguntar por que estava tão cansado e
rapidamente percebi que as emoções que havia
gasto em minha “situação” haviam drenado minha
energia. E se você está se perguntando, devo
admitir que falei demais sobre isso. Na verdade, foi
um novo lembrete para mim de como as palavras
são poderosas e oro para que Deus nunca pare de
me lembrar, porque parece ser uma lição que a
maioria de nós tem que reaprender
continuamente.

Por acaso, vi uma amiga minha que está


passando por uma “situação” própria com um de
seus filhos e ela mencionou como seu treino tinha
sido difícil naquela manhã. Eu sei com certeza que
ela também tinha falado demais e dito coisas
erradas. As leis do espírito funcionam da mesma
forma para todos, e a lei espiritual de Deus diz: “Se
você quiser aproveitar a vida e ver dias
bons [bons — sejam aparentes ou não], mantenha
sua língua do mal e seus lábios da astúcia (traição,
engano ) ”(1 Pedro 3:10).

Nunca mudaremos sem a ajuda de Deus.


Lembre-se de que nenhum homem pode domar a
língua, mas não podemos desistir de forma
alguma e ceder à tentação que Satanás traz nesta
área.
Continue pedindo a ajuda de Deus para domar sua
língua e você continuará fazendo progresso.
Satanás quer roubar nossa alegria para que possa
roubar nossa força (ver Neemias 8:10). Por que é
tão

difícil não pecar com a boca? É difícil


simplesmente porque Satanás conhece o poder
das palavras certas e ele nos tenta nessa área
implacavelmente. Não se esqueça de que
comemos as palavras que falamos, portanto, pelo
menos sejamos sábios o suficiente para não
continuar comendo veneno e pensando que isso
não nos fará mal.

CAPÍTULO
9

Palavras que entristecem o Espírito Santo

Para lamentar significa que alguém “para vex,


ofenda, ou entristecer” essa pessoa. O luto é uma
emoção forte e muito dolorosa. Sofrer o Espírito
Santo de Deus é algo que devemos nos esforçar
para evitar o tempo todo. Em primeiro lugar,
devemos evitá-lo porque Ele é Deus manifestado na
Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. Seu
ministério para nós é lindo e extremamente
necessário, e devemos honrá-Lo e Sua obra em
nossas vidas o tempo todo. Em segundo lugar, o
Espírito Santo habita em nós como filhos de Deus, e
se Ele se sentir triste, nós também sentiremos essa
tristeza. Grande parte da tristeza do cristão está
diretamente relacionada a ter entristecido o
Espírito Santo e a se perguntar por que perdeu a
alegria.
Algumas das palavras de meus filhos me
abençoam e me fazem sentir orgulhoso deles,
enquanto outras às vezes me entristecem,
especialmente quando estavam no meio de sua
adolescência egocêntrica . Palavras de apreço, por
exemplo, colocam um sorriso no meu rosto e são
uma bênção para mim. Palavras de reclamação e
murmúrios me entristecem. Como a maioria dos
pais faria, faço tudo o que posso para ajudar meus
filhos e aumentar sua alegria de todas as
maneiras possíveis. Faço isso sem nenhum
motivo, exceto amá-los, dar-lhes doações e tornar
suas vidas melhores. Quero que mantenham uma
atitude de apreço e é importante para mim que
não reclamem nas raras ocasiões em que não
posso ou sinto que não devo fazer o que pedem.
Não é difícil para mim entender isso. Deus, nosso
Pai, sente o mesmo.
Aprendemos com a Bíblia que uma atitude de
gratidão não é

apenas importante, mas também poderoso.


Murmurar, resmungar e reclamar são perigosos.
Eles são tão perigosos que um capítulo inteiro
deste livro será dedicado a eles mais tarde.
Vamos dar uma olhada séria no que a Bíblia
diz que entristece o Espírito Santo:
Que nenhuma linguagem suja ou
poluente, nem palavra má, nem conversa
prejudicial ou inútil [jamais] saia de sua
boca, mas apenas aquela [fala] que é boa
e benéfica para o progresso espiritual de
outros, conforme seja adequado à
necessidade e ao ocasião, para que seja
uma bênção e dê graça (o favor de Deus)
a quem a ouve.
E não entristece o Espírito Santo de
Deus [não ofenda, nem irrite ou
entristece]. Efésios 4: 29-30a

Essas escrituras nos ensinam claramente que


algumas palavras entristecem o Espírito Santo e
devem ser evitadas por qualquer pessoa que esteja
falando. Vamos examinar a lista novamente:
Palavras sujas, poluentes, perversas, prejudiciais e
sem valor entristecem o Espírito Santo! Aqui estão
algumas outras palavras que encontrei para definir
as listadas em Efésios 4:29 e aquelas com as quais
podemos estar ainda mais familiarizados: ofensivo
aos sentidos, fedorento, nojento, prejudicial ou
venenoso, profundamente imoral ou associado ao
diabo, não propício à saúde ou bem-estar moral ,
sem valor real ou uso, e merecedor de desprezo .
O apóstolo Paulo continua com sua
mensagem aos cristãos sobre o que entristece o
Espírito Santo:

Que toda amargura e indignação e ira (paixão,

raiva, mau humor) e ressentimento (raiva,


animosidade) e brigas (brigas, clamor,
contenção) e calúnia (falar mal) sejam
banidos de você, com toda a malícia
(rancor, má vontade ou baixeza de
qualquer tipo). Efésios 4:31

Vemos que a raiva e todos os seus parentes e


as palavras que vêm deles também entristecem o
Espírito Santo e devem ser banidos de nós. Se
alguém foi banido dos Estados Unidos porque
estava morando aqui como estrangeiro ilegal, isso
significaria que ele teve que sair e não poderia
retornar. Devemos exilar palavras que
entristecem o Espírito Santo e não as deixam
voltar.

Por que o Espírito Santo está entristecido?

Qualquer coisa que façamos que não seja a


vontade de Deus para nós entristece o Espírito
Santo, porque Seu propósito em nossas vidas é nos
levar à plenitude do que Jesus morreu para nos
dar. Ele trabalha conosco para nos levar à plena
maturidade, ou à plena imagem de Jesus Cristo,
que é a expressa Imagem de Deus Pai. Já vimos que
nossa maturidade pode ser medida com precisão
pelas palavras que saem de nossa boca. Tenho
certeza de que você se lembra que o apóstolo Paulo
disse aos coríntios que eles eram bebês cristãos e
que ele não conseguia dar-lhes um ensino forte, e
eles ainda não conseguiam falar! Eles não falavam
corretamente, e por isso e outras coisas, Paul sabia
que eles eram imaturos.
Outra razão pela qual o Espírito Santo se
entristece com palavras duras e pouco atraentes é
que Ele é gentil como uma pomba. As pombas são
pássaros muito sensíveis e voam para longe ao
menor ruído se estiverem empoleiradas em uma
árvore. Eu ouvi a história de um casal que

tinha muitos pombos empoleirados nos beirais de


seus prédios de apartamentos, e esses pássaros
costumavam sentar-se no parapeito da janela. Para
sua surpresa, uma pomba apareceu um dia e
pousou onde os pombos costumavam sentar. O
casal começou uma discussão, o que não era
incomum para eles, mas notaram que a pomba
voou imediatamente quando o tom de suas vozes
tornou-se amargo e áspero. Os pombos nunca
tinham voado, mas a pomba sim. Deus usou isso
como uma lição para ajudá-los a entender como
suas discussões entristeciam o Espírito Santo e por
que muitas vezes não sentiam Sua presença em
casa.
O Espírito Santo, como a pomba, só habitará
em uma atmosfera pacífica e amorosa. Devemos
nos perguntar se nossas casas são adequadas para
a Pomba, ou apenas para pombos? Quando o
Espírito Santo desceu sobre Jesus em Seu batismo,
a Bíblia diz que Ele veio sobre Ele e permaneceu. O
Espírito Santo desceu sobre você ou sobre sua casa
em algum momento, mas não conseguiu
permanecer por causa de palavras raivosas,
ásperas e amargas que voavam pela atmosfera a
maior parte do tempo? Houve muitos anos em
minha própria vida em que esse teria sido o caso,
mas, felizmente, ao longo dos anos eu aprendi os
perigos da contenda (brigas, discussões,
desentendimentos acalorados e uma tendência
furiosa) e o poder da unidade.

Deus quer que sejamos um como Ele, Jesus e o


Espírito Santo são Um. Jesus orou para que
sejamos um como eles. O Espírito Santo trabalha
com todos nós incansavelmente, esperando nos
ensinar o poder da unidade e da concordância, e
os perigos de sermos rápidos em irar-se e
vagarosos em perdoar.
Uma atitude implacável permite que Satanás
ganhe mais terreno na vida dos crentes do que
qualquer outra coisa. Nosso mundo hoje está cheio
de pessoas iradas, mas não podemos ser uma
delas. Jesus

é o Príncipe da Paz e deseja que vivamos e


mantivemos uma atmosfera pacífica. A raiva quase
sempre se manifesta em palavras amargas e
ásperas e palavras de ódio e ressentimento. Estas
são palavras que entristecem o Espírito Santo de
Deus. Quando nos sentimos tristes, devemos
perguntar a Deus se entristecemos Seu Espírito e,
em caso afirmativo, precisamos nos arrepender e
pedir a Deus que nos ensine novamente o poder
das palavras.

Palavras iradas levam a problemas, por


isso é sábio aprender a controlar nossa raiva.

Compreendam [isso], meus amados irmãos.


Que todo homem seja rápido para ouvir
[um ouvinte pronto], lento para falar, lento
para se ofender e ficar com raiva. Tiago 1:19
Se não controlarmos nossa raiva, também não
seremos capazes de controlar nossas línguas. A
raiva sai de nós em palavras que descrevem como
nos sentimos e o que pensamos daquele de quem
estamos com raiva. De acordo com Efésios 4:31,
quando a raiva segue seu curso, ela se transforma
em amargura, raiva, mau humor, ressentimento,
briga, calúnia e calúnia. Parece feio quando
olhamos demoradamente para ele e, na verdade, é
feio. Deus nos criou para bênçãos, paz, alegria,
justiça e amor. Ele quer que sejamos um vaso
através do qual Ele trabalhe, e isso exigirá lidar
com a raiva e domesticar a língua.

Fale quando estiver com raiva - e você


fará o melhor discurso do qual se
arrependerá. Laurence J. Peter
Eu já fui uma mulher muito zangada e, claro,
minha boca foi usada pelo diabo para ferir as
pessoas e entristecer o Espírito Santo.

Ao aprender a Palavra de Deus e começar a querer


agradá-Lo com meus caminhos, eu sabia que meu
problema de raiva precisava ser resolvido.
Embora parte da minha raiva provavelmente fosse
justificada, acho que a maioria dos meus
problemas de raiva eram apenas maus hábitos.
Observei meu pai controlar as pessoas com sua
própria raiva e também usei isso como um método
para conseguir o que queria quando outras
pessoas não concordavam comigo. Tive de
enfrentar a verdade de que quase sempre que as
coisas não saíam do meu jeito e, de acordo com
meu plano, fiquei com raiva.

Aprendendo a se adaptar e ajustar

Se não aprendermos a nos adaptar e nos ajustar


às pessoas e coisas, quebraremos sob o estresse
da vida. Isso requer humildade, confiança em
Deus e um forte compromisso de ser um criador e
mantenedor da paz.

Vivam em harmonia uns com os outros;


não sejam arrogantes (esnobes, altivos,
exclusivos), mas prontamente se ajustem a
[pessoas, coisas] e se entreguem a tarefas
humildes. Nunca se superestime ou seja
sábio em seus próprios conceitos. Romanos
12:16

Essa escritura me incomodou e me convenceu


até que finalmente cheguei a um ponto em minha
maturidade espiritual em que estava disposto a
fazer o que ela dizia. Você tem alguma escritura
como essa? Este é um deles? Você está disposto a
se humilhar e a se ajustar às pessoas e às coisas
para viver em harmonia? Ou você só consegue
ficar em paz e ser agradável quando consegue o
que quer? Eu sei que estes são muito diretos

perguntas, mas acredito que são aquelas que o


Espírito Santo deseja que respondamos
honestamente.
Só a verdade nos tornará livres, e como
costumo dizer: “Não é a verdade sobre outra
pessoa que me fará livre, é a verdade sobre mim
que me fará livre”. Deus quer que examinemos
nossas vidas à luz de Sua Palavra e, uma vez que
isso não vai mudar, devemos estar dispostos a isso.
Se não o fizermos, nunca seremos
verdadeiramente felizes e, como já disse,
quebraremos sob a pressão do que a vida nos trata,
se não aprendermos a nos adaptar.
O homem mais velho vivo acabou de morrer
enquanto eu escrevia este livro. Ele tinha cento e
quatorze anos, e uma das dicas que deu para
longevidade foi esta: “Abrace a mudança, mesmo
quando ela te dar um tapa na cara”. Não
convidamos todas as mudanças na vida que
acontecem em nosso caminho, e muitas delas
devemos simplesmente abraçá-las, porque não
abraçá-las não as fará ir embora. Até eu aceitar
totalmente o fato de que meu pai abusava
sexualmente de mim e de que não havia nada que
eu pudesse fazer sobre isso agora, eu estava frágil e
com o espírito quebrado. Quando eu o perdoei e
pedi a Deus que pegasse essa tragédia e fizesse algo
de bom com ela, não apenas comecei a me curar
emocionalmente, mentalmente e espiritualmente,
mas vi Deus fazer coisas incríveis com o que
Satanás pretendia para me destruir .
Abuso não teria sido meu plano para minha
vida, mas foi o que eu ganhei, e quando o abracei,
Deus começou a usá-lo para o meu bem e para o
bem de outras pessoas que também foram feridas.
Jesus não gostou da ideia de morrer na cruz, mas
quando soube que era o que tinha que fazer, Ele
aceitou e confiou em Seu Pai celestial. Ele não
estava na cruz, lutando para sair. Porque Ele a
abraçou, nossos pecados são perdoados e temos
um relacionamento íntimo com ele. Não deixe seu

decepções na vida se tornam um lugar para você


tropeçar e nunca se recuperar. Abrace-os e deixe-
os aproximar você de Deus. Deixe-os torná-lo
melhor, não amargo!

Você pode realmente mudar isso?

Quando você passa por uma circunstância que não


fazia parte do seu plano, ou que você não convidou
para a sua vida, pergunte-se se pode mudá-la. Se
não puder, aceite isso, lide com isso e vá em frente.
Por muitos anos meu pai abusou de mim, muitas
vezes olhei para uma pequena placa pendurada na
cozinha da minha avó. Dizia: “Senhor, ajude-me a
mudar as coisas que posso, aceite as coisas que não
posso mudar e a sabedoria para saber a diferença”.
Eu tirei forças daquela pequena placa por muitos
anos enquanto esperava envelhecer o suficiente
para sair de casa e ficar longe de meu pai. Acho
que o ditado daquela placa é valioso para nós em
muitas situações.

Deixe-me contar uma história de como


aprendi a “acompanhar o fluxo” da vida.
Quando meus filhos eram muito pequenos,
sempre jantávamos juntos todas as noites como
uma família. Eu era uma dona de casa naquela
época e passava horas cozinhando o jantar na
maioria das noites. Eu gostaria de dizer que
aqueles tempos foram adoráveis em família, mas
muitas vezes eles foram arruinados. Qual era o
problema? Bem, naquela época eu teria dito a você
que era “leite derramado”, mas agora eu sei que
era minha raiva e minha incapacidade de me
ajustar e me adaptar a qualquer circunstância
desagradável.
Parecia-me que quase todas as vezes que nos
sentávamos para comer alguém entornava um
copo de alguma coisa, e muitas vezes era leite.
Sempre que isso acontecesse, eu imediatamente
obteria

chateado, e as palavras começaram a sair da minha


boca. “Eu não acredito nisso! Veja o que você fez!
Passei a tarde toda cozinhando esta refeição e tudo
que eu queria fazer era sentar em paz e comê-la,
mas você estragou tudo! ” A essa altura, a pessoa
com quem eu estava gritando estava chorando, o
que pareceu me deixar ainda mais furiosa.
Finalmente percebi que não foi um dos meus filhos
estragando o jantar, e não foi o leite derramado,
mas fui eu e minha atitude que estragou tudo!

Naqueles dias, fazíamos grandes refeições com


muitos pratos e utensílios por toda a mesa.
Quando o leite derramado, ele invariavelmente
começava a escorrer por baixo de todos aqueles
pratos e ia direto para a rachadura na mesa onde
poderíamos expandi-lo. Na verdade, finalmente
decidi que o diabo projetou mesas com rachaduras
apenas para me deixar louco. Agora acho que foi
Deus quem os projetou (pelo menos o meu) com o
propósito expresso de me ajudar a ver como me
comportei tolamente.
Uma das razões pelas quais entrei em tanto
pânico quando o leite foi derramado foi porque eu
sabia que se não o limpasse antes de chegar à
fenda, ele se infiltraria e escorreria pelas pernas
da mesa e obteria no chão. Naquela época,
tínhamos carpete no chão da cozinha, como
muitas outras pessoas, e eu não queria que o leite
entrasse nele e azedasse. Sim, tínhamos carpete no
chão da cozinha! Tenho certeza de que parece
bizarro agora, mas era um tapete feito para
cozinhas.
Se você já teve uma mesa de cozinha com uma
rachadura, sabe que migalhas de comida entram
na rachadura com o tempo. A menos que você abra
a mesa regularmente e os limpe, ela pode ficar
bagunçada. Adicione leite à mistura e você não terá
escolha a não ser desmontar a mesa e iniciar um
trabalho de limpeza importante.
Nas ocasiões em que eu não conseguia limpar o leite
antes

cheguei ao ponto, fiquei ainda mais zangado.


Agora imagine a cena! Estou gritando embaixo
da mesa enquanto tento limpar a bagunça com
um trapo, meus filhos estão chorando, Dave
provavelmente gostaria de ter ficado no trabalho,
e no meio disso Deus fala! De repente, percebi:
“Joyce, não importa o quanto você grite, esse leite
não escorrerá pelas pernas da mesa, pela mesa e
para o copo novamente, então você pode muito
bem aprender a 'seguir o fluxo'. ”
“Vá com o fluxo” se tornou um tema
importante em minha vida. Comecei a aprender
como me adaptar e me ajustar em vez de tentar
forçar tudo e todos a se ajustarem a mim. Tornou-
se o tema principal quando comecei a ensinar a
Palavra de Deus e realmente ajudou milhares de
outras pessoas a ver a importância de não tentar
mudar algo que eles não podiam mudar.

Você pode estar pensando: “Joyce, gostaria


que tudo com que eu estivesse lidando agora
fosse leite derramado”. Eu sei que o exemplo é
simples, mas o princípio é o mesmo, não importa
com o que estamos lidando. Se podemos fazer
algo a respeito, então faça; se não, aceite-o e deixe
Deus se mostrar forte.
Quando coisas decepcionantes acontecem
comigo agora, costumo dizer: “Você perde, Diabo;
Eu estou ficando em paz. ” O diabo nos prepara
para nos aborrecer, mas podemos aprender a
reconhecer quando ele está no trabalho e
permanecer calmos na tempestade. Se não
permitirmos que as coisas nos irritem, não
falaremos aquelas palavras raivosas que
entristecem o Espírito Santo.

CAPÍTULO

10
Jejuando suas palavras

Quando falamos em jejum, geralmente estamos


falando em se abster de alimentos por um período
de tempo para limpar o corpo de toxinas, ou com o
propósito espiritual de oração mais dedicada e
poderosa e de se tornar mais próximo de Deus.
Mas há outras coisas que podemos ser levados a
abster-nos de comer.
Tenho muito mais problemas com o que sai da
minha boca do que com o que entra. Sou muito
disciplinado em meus hábitos alimentares, não
porque seja incrivelmente disciplinado, mas pela
simples razão de que quero que minhas roupas me
sirvam.
Também estou ciente de que, se eu ganhar
peso, cerca de dois terços das pessoas que podem
assistir meu programa de televisão saberão disso!
Eu ainda quero ter uma boa aparência pelo tempo
que puder. Digo a Deus que tudo é para Sua glória
e oro sinceramente para que assim seja.
Deus falou por meio do profeta Isaías e disse-
lhe que enquanto as pessoas jejuavam, elas
estavam em conflito, maltratando os
trabalhadores, não ajudando os pobres e
necessitados, apontando o dedo em desprezo para
outras pessoas e se envolvendo em todas as formas
de falsa e severa , linguagem injusta e perversa
(ver Isaías 58: 1–9).
Isaías 58 teve um efeito profundo em minha
vida. Isso me fez perceber que eu tinha muitas
maneiras que não agradavam a Deus e que havia
muitas coisas que eu precisava “jejuar” (fazer
sem) em minha vida.
Eu havia jejuado e aprendido a faltar a
algumas refeições e descobri que não morreria
de fome, mas ainda tinha coisas na minha vida
que não agradavam a Deus. Eu fui egoísta

e egocêntrico, embora eu estivesse no ministério e


pregando o Evangelho. Eu não estava fazendo
tanto pelos pobres quanto Deus queria que fizesse,
e ainda tínhamos muitas lutas a portas fechadas
em casa. Eu tinha jugos de escravidão em minha
própria vida que precisava ser tratada, mas eu
estava ignorando-os com sucesso ao tentar ajudar
outras pessoas a lidar com seus cativeiros. Você
sabe que podemos nos esconder de Deus nas boas
obras? Podemos ficar tão ocupados indo à igreja,
sacrificando tempo servindo em comitês e fazendo
boas ações que não temos tempo para ouvir o que
Deus está tentando nos dizer pessoalmente. Deus
sempre desejou e sempre desejará obediência em
vez de sacrifício (ver 1 Samuel 15:22).

Com relação ao jejum, acredito que os


momentos em que Deus me levou a jejuar foram
muito importantes para me ajudar a começar a ver
os problemas mais profundos com os quais eu
precisava lidar, e recomendo o jejum por períodos
de tempo conforme Deus lidera e instrui.
Provavelmente precisamos ser capazes de
controlar o que entra em nossa boca antes de
termos esperança de controlar o que sai dela.
As pessoas estavam acostumadas a jejuar
muito nos dias de Jesus. Era parte de seu ritual
religioso, mas Jesus disse a eles o que estava em
seus corações e saiu de sua boca foi muito mais
revelador e importante:

Você não vê e entende que tudo o que vai


para a boca passa para o abdômen e
assim passa para o lugar onde as
secreções são depositadas?
Mas tudo o que sai da boca vem do
coração, e é isso que torna o homem
impuro e o contamina.

Pois do coração vêm os maus


pensamentos (raciocínios, disputas e
desígnios), como assassinato, adultério,
vício sexual, roubo, falso testemunho,
calúnia e linguagem irreverente.
Isso é o que torna o homem impuro e o
contamina. Mateus 15: 17–20a

É como se Jesus dissesse: você come e vai ao


banheiro e tudo se vai, mas as coisas que saem da
boca são coisas que ficam presas no seu coração e
são muito mais importantes do que comer. O que
aconteceria se gastássemos tanto tempo
ponderando e planejando o que sai da boca
(palavras) quanto fazemos com o que sai da boca
(nossa comida)? Eu pessoalmente penso muito
sobre o que vou comer. Em qualquer dia, posso
dizer às 10 horas ou antes o que vou comer
naquele dia e talvez no próximo. O que como é
importante para mim. Eu planejo isso, pago em
dinheiro, faço disso um acontecimento e fico muito
desapontado se recebo uma refeição ruim.

Acho que finalmente estou começando a


passar o mesmo tempo me preparando para o
que sai da minha boca, mas demorou anos para
chegar aqui.
Durante aqueles anos em que eu estava apenas
sendo o que agora chamo de “religioso”, assisti às
reuniões de oração, mas, honestamente, muitas
das minhas orações não estavam sendo
respondidas. Foi culpa do diabo ou minha? Isaías
58 nos ensina que há algumas coisas específicas
que precisamos examinar se nossas orações não
estão sendo respondidas.
Então você chamará, e o Senhor
responderá: Você clamará, e Ele dirá: Aqui
estou. Se você tirar do seu meio jugos de
opressão [onde quer que você

encontre-os], o dedo apontado em


desprezo [para os oprimidos ou os
piedosos], e todas as formas de falar
falso, rude, injusto e perverso. Isaías 58:
9

Esta escritura não precisa de muita teologia profunda


discernimento. Diz o que significa e significa o que
diz. Se quero que minhas orações sejam
respondidas rapidamente, preciso tratar as
pessoas muito bem, nunca julgá-las criticamente e
aprender a falar corretamente removendo o falar
falso, rude, injusto e mau. Ai! Ai! Ai! Alguém mais
além de mim sente que você acabou de ser pego
com a mão no pote de biscoitos e levou uma
bofetada? Você precisa dizer comigo: “Deus, eu sou
culpado, por favor, me perdoe e me ensine a
obedecer a esta escritura”?
A última linha do versículo 13 diz que
devemos parar de falar com nossas próprias
palavras ociosas. Isso significa que precisamos
aprender a jejuar nossas palavras. Não diga
palavras tão rapidamente que as erradas saiam
sem pensar no peso delas, mas aprenda a “jejuar”
as palavras.

“Não diga isso”

Venho tentando há três anos completar com


sucesso um “jejum de palavras”. Para mim,
significa que quando a escritura me instruiu a não
falar de certa maneira, farei o meu melhor para
me abster de fazê-lo e, quando falhar, me
arrependerei imediatamente, pedirei perdão a
Deus e procurarei fazer melhor no futuro. Também
significa que quando estou falando ou pensando
em falar e o Espírito Santo sussurra: “Não diga
isso”, eu paro imediatamente e repenso o que devo
dizer, se for o caso.
Eu adoraria poder dizer que tive ótimas

sucesso, mas a verdade é que não consegui. Eu


melhorei e estou tentando comemorar meus
sucessos desde que escrevi um livro sobre isso
também ( Eat the Cookie, Buy the Shoes ), mas ainda
tenho que ir tão longe que às vezes fico triste.
Lembro-me de que a Bíblia diz que nenhum
homem pode domar a língua, e acredite em mim,
estou fortemente apoiado em Deus. Eu sei que não
posso fazer isso sozinho, mas não posso desistir.
Esta é uma área em que sinto que devo continuar
avançando até obter a vitória. Também estou
ciente de que, como ouso escrever um livro sobre o
poder das palavras, tentando ensinar outras
pessoas a serem cuidadosas com o que dizem,
posso ser tentado pelo inimigo como nunca antes.
Por que você não para agora e ora por você e por
mim, para que ambos possamos resistir à tentação
e dizer apenas o que Deus diria quando
conversamos.

Com o passar dos anos, melhorei


dramaticamente no que digo e no que não digo,
mas para mim, esta é uma área em que “fazer
bem” não é bom o suficiente. Sinto-me compelido
por Deus a fazer essa jornada para a vida toda, se
precisar. Em outras palavras, determinei em meu
coração que, se demorar até eu morrer, quero que
todas as minhas palavras sejam agradáveis a Deus.
Mesmo assim, provavelmente não terei chegado à
perfeição nessa área, mas pelo menos morrerei
tentando!
Às vezes estou tão ocupado conversando que
simplesmente não ouço os sussurros do Espírito
Santo. Mas, outras vezes, ouço e quero dizer o que
estou dizendo com tanta veemência que
simplesmente continuo falando. O castigo de Deus
para mim nesta área está ficando mais forte, e
estou feliz com isso, porque é óbvio para mim que
preciso que Ele continue me mostrando como isso
é sério.
Você está disposto a parar de falar e
reconsiderar o que está dizendo (ou prestes a
dizer) sempre que o Espírito Santo sussurrar:
“Não diga isso”? Eu posso te dizer que fazer isso
não é tão fácil quanto

dizendo que você vai fazer isso. Às vezes me


parece que minha boca é como um animal
selvagem que se solta e começa a correr e a rasgar
coisas, e é difícil impedir. Ou é como um daqueles
brinquedos falantes de corda que, uma vez que
você dá corda, não para até que desapareça. Eles
são muito irritantes e geralmente não posso
esperar até que calem a boca. Isso me faz pensar se
as pessoas às vezes sentem o mesmo por mim.
Oro para que você se comprometa a jejuar
suas palavras, mas quero que saiba que essa pode
ser uma busca para a vida toda. Acredito que Deus
verá nosso coração e talvez isso o faça sorrir só de
saber que nunca queremos pecar com nossas
bocas.

Estude para se manter forte

Tenho uma coleção de livros sobre o poder das


palavras e também destaquei a maioria das
escrituras da Bíblia sobre o assunto. Muitos deles
eu memorizei e outros escrevi em jornais. Eu
nunca poderia esperar ter sucesso em controlar
minha língua se não mantivesse a Palavra de Deus
sobre o assunto antes de tudo o que estudo. Somos
instruídos na Palavra de Deus a estudar para nos
mostrarmos aprovado, um obreiro que não precisa
se envergonhar. Se não estudarmos, podemos até
ser culpados de dizer aos outros o que fazer e não
fazermos nós mesmos. Quantas vezes dissemos a
um de nossos filhos ou a um amigo: “Você não
deveria dizer isso” ou “Você não deveria falar
assim” e, para falar a verdade, dizemos coisas
ainda piores nós mesmos? Podemos ler uma
escritura uma vez e saber o que devemos fazer,
mas devemos estudar diligentemente para que a
informação se torne uma revelação que mude
nosso comportamento.

Milhões de pessoas em todo o mundo vão à igreja


regularmente e ouvem sermões, mas quantos
estudam diligentemente a Palavra de Deus? Eu fui
uma daquelas pessoas que frequentou a Igreja
por cerca de treze anos antes de começar a
estudar diligentemente. Devo acrescentar que,
durante todos os anos em que só frequentei a
igreja, meu comportamento não mudou muito
para melhor. Mas depois que comecei a estudar,
experimentei muitas mudanças boas. O apóstolo
Paulo disse aos coríntios que se eles continuassem
a estudar a Palavra de Deus, seriam
transformados à imagem de Jesus Cristo (ver 2
Coríntios 3:18). Reserve um tempo para refletir
sobre os próximos dois versículos da escritura:

Estude e esteja ansioso e faça o máximo


para se apresentar a Deus aprovado
(testado por provação), um obreiro que não
tem motivo para se envergonhar,
analisando corretamente e dividindo com
precisão [manejando corretamente e
ensinando habilmente] a Palavra da
Verdade.
Mas evite toda conversa vazia (vã,
inútil, ociosa), pois isso levará as pessoas
a cada vez mais impiedade. 2 Timóteo
2: 15-16
É interessante que estudar a Palavra da
Verdade e evitar conversas vãs e inúteis estejam
ligados nesses dois versículos da Escritura.
Quanto mais estudamos, maior é a probabilidade
de fazermos o que Deus nos manda fazer.

Minha boca e meu ministério

O ministério para o qual Deus me chamou é


ensinar e pregar Sua Palavra, então uso minha
boca o tempo todo. eu frequentemente

diga: “Eu sou uma boca no corpo de Cristo”. Se


você é um ajudante, pode dizer que é uma mão no
corpo de Cristo, etc. Não acho que posso esperar
falar palavras de poder no púlpito se vou falar
palavras duras, injustas, ociosas e inúteis o resto
do tempo. Não posso reclamar do meu ministério e
de todo o trabalho que tenho que fazer e espero
que meu ministério seja bem-sucedido e poderoso.
Não posso fofocar, contar os segredos de outras
pessoas e encontrar defeitos em todos e depois
esperar que minhas mensagens sobre amor
tenham um impacto positivo nas pessoas.
Tenho visto alguns pregadores realmente
maldosos que criticam todos que não são
exatamente como eles, e também tenho recebido
alguns dos cristãos mais críticos e mesquinhos que
alguém possa imaginar, e eu não quero ser como
eles. Por outro lado, estive com algumas das
pessoas de espírito mais bonito do
mundo - pessoas que amam genuinamente os
outros e nunca têm uma palavra ruim a dizer
sobre ninguém. Eu quero ser como eles!
Eu o encorajo a passar mais tempo com
pessoas com quem você realmente deseja ser.
Escolha pessoas que farão você querer melhorar,
não aquelas que o tornam mesquinho e tagarela.
Passe algum tempo com pessoas que usam suas
palavras com sabedoria, e isso o incentivará a
fazer o mesmo.
A boca do profeta Isaías teve que ser limpa
antes que ele pudesse ser liberado para o
chamado de Deus em sua vida. Ele estava na
presença de Deus e percebeu que tinha lábios
impuros e habitava no meio de um povo de lábios
impuros. Ele rapidamente pediu a Deus que
limpasse seus lábios e só depois que isso foi feito,
Deus o liberou para ir e profetizar Sua mensagem
a outras pessoas (ver Isaías 6: 1–9). Qualquer
pessoa que quiser ser usada por Deus em
qualquer tipo de ministério precisará aprender a
disciplinar as palavras que ela

fala. Ela precisará aprender a “jejuar suas


palavras”. Jesus disse: “Minhas palavras são
espírito e são vida”. Dele
as palavras eram todo-poderosas. Quando Jesus
falou, as pessoas ficaram surpresas, pois Ele falava
como alguém com autoridade. Ele comandou
demônios e eles tiveram que obedecer; Ele falou de
cura e isso se manifestou. Jesus não falou uma
mistura de bem e mal. Ele foi cuidadoso com Suas
palavras. A Bíblia nos ensina que o Anticristo será
morto com o sopro da boca de Jesus (veja 2
Tessalonicenses 2: 8).

Uma lista de qualificações para líderes


espirituais é encontrada em 1 Timóteo 1: 1–13, e
descobrimos que um líder não deve ser
caluniador ou enganador, mas deve ser sincero
em tudo o que diz. A lista também menciona que
as mulheres não devem ser fofoqueiras, mas
moderadas e autocontroladas. Para estar na
liderança espiritual, precisamos mais do que um
dom; também devemos ter um caráter piedoso
que foi provado e testado. Nosso ministério (e
todos nós temos um ministério se formos crentes)
e eficácia tem muito a ver com nossas bocas, então
vamos começar a levar o que dizemos mais a sério
do que nunca.

Não vá para os extremos

Em minha busca por não falar muito e nunca dizer


coisas erradas, às vezes perdi o equilíbrio. Se
Satanás não pode nos fazer ignorar um
mandamento de Deus, então ele freqüentemente
trabalha para nos levar ao extremo. Por exemplo,
devemos ir à igreja, orar e estudar a Palavra de
Deus, mas conheço mulheres que passam muito
tempo fazendo essas coisas e ignoram suas
famílias. Eles se tornaram tão espirituais que não
eram bons terrenos, e seu excesso fez com que seus
maridos não salvos não quisessem ter nada a ver
com

igreja ou Deus.
Eu sou um falador, e alguns de vocês também.
Nossas personalidades são voltadas para a
verbalização. Meu marido, por outro lado, não fala
muito. Ele fala muito, mas raramente fala demais.
Em meu desejo de “jejuar minhas palavras”, fiquei
excessivamente quieto e isso teve um efeito
adverso em mim emocionalmente. Deus não quer
que não falemos, mas quer que digamos coisas
certas. Ele deseja que nossas palavras sejam
benéficas para Ele, para nós e para outras pessoas.
Jejuar nossas palavras não significa que não
falemos, mas significa que escolhemos com muito
cuidado o que vamos ou não dizer. Jejuar significa
que estamos dispostos a evitar ou desistir de algo
que normalmente faríamos. Por exemplo, estou
tentando evitar interromper outras pessoas
quando estão conversando. Pessoas que falam
muito geralmente estão mais interessadas no que
estão dizendo do que em ouvir o que os outros
estão dizendo, e eu quero ser respeitoso com todas
as pessoas. Portanto, estou interrompendo o jejum!

Existem áreas em que você pode ser capaz de


jejuar e aprender a usar mais
autocontrole? Alguns jejuns duram apenas um
curto período; outros duram mais. Eu jejuei de
várias maneiras por 40 dias, 28 dias, 10 dias, 7
dias, 3 dias, 1 dia e até mesmo uma refeição nos
anos anteriores. Mas acho que jejuar minhas
palavras será um jejum para toda a vida. Se você é
ousado e corajoso, porque não se juntar a mim e
jejuaremos juntos!

CAPÍTULO

11

Não fale mal

Não fale a menos que você possa melhorar o silêncio.


-Espanhol provérbio

É possível nunca dizer nada se não dissermos algo


positivo? É certo que há coisas que devemos
discutir que não se enquadram na categoria de
“positivas”, mas podemos aprender a falar de
maneira positiva sobre as coisas negativas.
Podemos aprender a encontrar o que há de bom
em tudo e em todos. Se nos comprometemos a
buscar o bem, ele está sempre lá em algum lugar.

O amor se sustenta sob tudo e qualquer


coisa que vem, está sempre pronto para
acreditar no melhor de cada pessoa, suas
esperanças são infinitas em todas as
circunstâncias e tudo suporta [sem
enfraquecer]. 1 Coríntios 13: 7

Pessoas positivas que têm pensamentos


positivos e falam palavras positivas têm uma vida
muito mais agradável do que aquelas que não o
fazem. Por que temos tanta tendência a falar sobre
coisas negativas ou sobre o que Deus chama de
“coisas más”? Simplesmente porque os seres
humanos não controlados e guiados pelo Espírito
de Deus sempre irão para o lado negativo do
pensamento. Curiosamente, não temos que tentar
ser negativos ou fazer o que é errado, mas temos
que fazer um esforço para fazer o que é certo.
Especialmente até nós

formar novos hábitos. Não preciso tentar tanto


agora para encontrar o lado bom das coisas como
antes, mas ainda tenho que exercer disciplina
nessa área, especialmente quando acontece algo
que realmente me machuca.
Eu não sabia que era uma pessoa que
pensava e falava negativamente até que Deus me
revelou. Fui criado em uma atmosfera muito
negativa; e, portanto, ser negativo parecia normal
para mim. Na verdade, meu pai me disse muitas
vezes: “Você não pode confiar em ninguém, todo
mundo está atrás de algo”. Cresci desconfiado e
apenas observando o que havia de errado com as
pessoas e com a vida em geral. Devo acrescentar
que fazer isso não aumentou minha alegria.
Quando comecei a estudar a Palavra de Deus,
percebi que algo estava errado. Quase sempre
sentia um sentimento ameaçador ao meu redor,
um sentimento de opressão, sugerindo que algo
ruim estava para acontecer. Eu estava
acostumada a ficar desapontada e a ter coisas
ruins acontecendo, então passei a não esperar
mais nada. Deus não quer que façamos isso, mas
ao invés disso, Ele quer que procuremos
agressivamente e esperemos coisas boas. Seu
plano para nós é um bom plano e devemos
concordar com Ele se quisermos que Sua vontade
se manifeste em nossa vida.
Deus me ensinou por meio de Sua Palavra
que eu tinha o que a Bíblia chama de “maus
pressentimentos”.

Todos os dias do desanimado e do aflito


tornam-se maus [por pensamentos
ansiosos e pressentimentos], mas aquele
que tem um coração alegre tem um
banquete contínuo [independentemente
das circunstâncias]. Provérbios 15:15

Você talvez tenha um caso de "maus


pressentimentos" ou

você conhece alguém que faz? É uma coisa terrível


de suportar porque tudo na vida parece escuro e
sombrio. Uma pessoa com maus presságios sempre
espera o pior. Na noite em que Dave me pediu em
casamento, ele me disse que queria falar comigo
sobre algo sério e eu imediatamente pensei que ele
iria me dizer que não queria mais namorar
comigo. Naquela época, era assim que minha
mente funcionava. Depois de Dave e eu estarmos
casados por cerca de três semanas, ele olhou para
mim um dia e disse: “O que há de errado com
você? Por que você é tão negativo sobre tudo? ” Eu
respondi: “Se você não espera que nada de bom
aconteça, então não ficará desapontado se isso não
acontecer”. Como você pode ver, tive um problema
sério, e o Dave, que era muito otimista em relação
a tudo, acabou sendo um grande exemplo para
mim.

Fiquei emocionado quando percebi que Deus


queria que eu renovasse meu pensamento e
começasse a esperar coisas boas. Certamente todos
nós preferiríamos as coisas boas do que as ruins.
Mesmo que você tenha um passado triste, você
pode ter um futuro brilhante aprendendo a
concordar mental e verbalmente com Deus. A
mudança em mim demorou muito, e muitas vezes
senti como se não estivesse progredindo
absolutamente, mas à medida que continuava
estudando e procurando propositalmente o bem
em tudo e em todos, mudei. Na verdade, não posso
suportar ser negativo ou ficar perto de alguém
negativo por muito tempo. Quero que você tenha
certeza de que pensamentos e palavras negativos
podem ser trocados por positivos. Quanto mais
positivos somos, mais desfrutamos nossas vidas e
as pessoas que vivem nela. As pessoas também
gostam mais de nós quando pensamos e não
falamos mal. Mais coisas boas acontecerão às
pessoas que as esperam do que àquelas que não as
esperam.

Notícia ruim chega rápido

Continua a me surpreender com a velocidade com


que as más notícias viajam. Algo ruim pode
acontecer nos círculos ministeriais do outro lado
do mundo e dentro de vinte e quatro horas todos
ficarão sabendo. Pelo menos eles conhecem
alguma versão disso. Uma das piores coisas sobre
espalhar más notícias é que as pessoas continuam
adicionando e mudando o contexto do que
originalmente aconteceu até que, eventualmente,
as histórias que estão sendo contadas não são mais
verdadeiras. Essa é uma das razões pelas quais
precisamos ter muito cuidado ao acreditar em tudo
que ouvimos. A Palavra de Deus nos ensina a não
acreditar em uma acusação contra ninguém, a
menos que tenhamos a confirmação de várias
pessoas. Somos muito rápidos em dar relatórios
ruins e muitas vezes muito rápidos em acreditar
neles.
Sei que temos muitas situações desagradáveis
em nossa sociedade hoje, mas ainda acredito que
há mais coisas boas do que ruins. O problema é
que não ouvimos falar tanto sobre o bem quanto
sobre o mal. A mídia constantemente relata más
notícias e até as torna sensacionalistas, e parece
pior do que realmente é. Eu sei em primeira mão
porque às vezes fui objeto de reportagens e posso
garantir que o que foi relatado está longe de ser
verdade. O mundo seria um lugar melhor se nossa
primeira resposta a boatos e fofocas infundadas
fosse: “Não acredito nisso”. Às vezes, o que
ouvimos acaba sendo verdade, mas deve ser
provado para nós antes de embarcarmos com
todas as outras pessoas que estão espalhando más
notícias.

Quantas pessoas negativas existem no mundo?

Infelizmente, acho que existem mais pessoas negativas


no mundo do que
aqueles que estão empenhados em encontrar o
bem em tudo e em todos, mas isso pode mudar,
começando por você e por mim. As pessoas que
amam a Deus devem lutar pelo que é certo e bom,
porque se não o fizermos, ninguém mais o fará.
Quando pessoas piedosas não fazem nada, o mal
aumenta. Devemos começar um clube
“acreditando no melhor”. Mesmo se o clube
consistir apenas de membros da sua família mais
próximos, pense na diferença que isso pode fazer
na atitude de todos em casa. Nossa mente e boca
serão tentadas a derivar para o negativo, mas
nosso livre arbítrio é o grande chefe. Quando
começarmos a usar nossa vontade para assumir
autoridade sobre toda negatividade, ela irá
embora!

Não basta apenas “desejar” que alguém se


torne uma pessoa mais positiva. Eu sei, porque
tentei e nada aconteceu. Achei que fosse da minha
natureza ser mais desconfiado, então “desejei” ter
uma natureza diferente. Tive que desistir dessa
desculpa quando aprendi nas escrituras que Deus
nos dá uma nova natureza quando recebemos
Jesus como nosso Salvador (ver 2 Coríntios 5:17).
Eu tinha uma nova natureza e você também tem,
se você é um verdadeiro crente em Jesus Cristo. Eu
gostaria de ter uma personalidade como a de Dave,
mas não fiz um transplante de personalidade. Tive
que trabalhar com o Espírito Santo e permitir que
Ele mudasse os traços negativos em mim. Toda
mudança começa enfrentando a verdade e não
dando desculpas para um comportamento errado.
A verdade crua é que eu tinha uma atitude
negativa e mudar isso foi um trabalho árduo, mas
definitivamente valeu a pena no final.

Eu disse que “derivamos” para o negativo se


não usarmos disciplina e autocontrole. Tudo na
água irá derivar rio abaixo se não houver nada
impulsionando rio acima. Não apenas mergulhe
nas partes negativas da vida, mas, em vez disso,
empurre contra elas e encontre o lado bom de
tudo.

Moisés enviou doze homens para a terra de


Canaã como espiões para ver se era realmente tão
bom quanto Deus havia dito que seria. Quando
eles voltaram da busca pela terra, dez homens
deram um relatório negativo (maldoso). Eles
disseram que a fruta era boa, mas havia gigantes
na terra e eles eram mais poderosos do que os
israelitas. Apenas dois homens, Josué e Calebe,
deram um bom relatório. Eles disseram: “Não
devemos demorar em tomar a terra, pois somos
capazes de fazê-lo”. Os dez homens negativos
viram apenas o que estava errado. É certo que
havia gigantes e eles eram assustadores, mas os
dois homens positivos viam Deus como maior do
que qualquer uma das circunstâncias adversas.
Eles procuraram o que era bom! Eles deram um
bom relatório, embora houvesse coisas ruins que
eles poderiam ter dito. Eles se concentraram no
bem e Deus disse que eles tinham um espírito
diferente do resto do povo (ver Números
13: 27–33). Seu espírito positivo foi aquele que Ele
aprovou, e eles tiveram o privilégio de ir para a
terra que Deus havia prometido.

Muitos dos filhos de Israel não puderam entrar


na boa terra porque se recusaram a ver qualquer
coisa boa. Na verdade, a maioria das pessoas nunca
fez o que Deus preparou para elas. Se olharmos
para esses doze espiões como um exemplo, então
parece que mais pessoas são negativas em vez de
positivas. Mas não importa quantas pessoas
negativas existam ao nosso redor, se persistirmos
em ser positivos, desfrutaremos a boa vida que
Deus deseja que tenhamos. Quando ampliamos
algo, o tornamos maior, então por que não
começar a ampliar as coisas boas da vida e ajudá-
las a se destacarem acima das coisas más. Fale
sobre o que há de bom na vida, dê boas notícias
como a Bíblia nos ensina a fazer, pense em coisas
boas e seja bom para as outras pessoas.

Comece em casa

Comece por você mesmo e faça uma lista de todas


as suas boas qualidades. Eu sei que pode ser difícil
para alguns de vocês, mas você precisa começar a
ver as boas características que possui e não apenas
as ruins. Satanás lembra a todos nós diariamente o
que há de errado conosco, mas podemos lembrá-lo
do que é certo conosco se formos ousados o
suficiente para fazê-lo.

Para que a comunicação da tua fé se


torne eficaz pelo reconhecimento de
todas as coisas boas que existem em
Cristo Jesus. Filemom 1: 6 KJV

De acordo com essa escritura, devemos


reconhecer as coisas boas em nós. Quando o
fizermos, teremos confiança para fazer e ser tudo o
que Deus deseja.
Os pensamentos e atitudes que temos são a
base para tudo o que vem de nós. Se tivermos uma
atitude negativa, geralmente ela está enraizada em
pensamentos negativos sobre nós mesmos. Comece
tendo uma atitude correta e piedosa para consigo
mesmo e trabalhe a partir daí. Deus trabalha de
dentro para fora, não de fora para dentro. Durante
anos, pensei erroneamente que, se minhas
circunstâncias fossem melhores, minha atitude
seria melhor. Achei que o exterior pudesse mudar
o interior, mas Deus trabalha da maneira oposta.
Ele nos dá uma nova natureza e um novo coração,
Ele coloca Seu Espírito em nós e deseja que
trabalhemos com Seu Espírito Santo até que o que
Ele colocou em nós por Sua graça seja trabalhado
em nós e em todas as facetas de nossas vidas .

Trabalhar (cultivar, levar a cabo a meta e


completar totalmente) a sua própria
salvação com reverência e admiração

e tremor (desconfiança de si mesmo,


com séria cautela, ternura de
consciência, vigilância contra a
tentação, recuando timidamente de
tudo que possa ofender a Deus e
desacreditar o nome de Cristo).
[Não em sua própria força], pois é Deus
quem está o tempo todo trabalhando
eficazmente em você. Filipenses 2: 12-13

O Espírito de Deus está em nós, e Seu Espírito é


definitivamente positivo. Devemos deixar Seu
Espírito fazer uma obra completa em nós,
mudando nossos pensamentos e atitudes em
relação a nós mesmos e trabalhando desde esse
fundamento para fora até que possamos ver todas
as coisas e pessoas da maneira que Deus os vê.
Mesmo quando estamos fazendo o nosso pior, Deus
acredita no melhor em relação a nós e trabalha
conosco para tirar o melhor de nós.
Podemos começar pensando e dizendo: “Deus
me ama incondicionalmente. Ele me deu Seu
Espírito e colocou um novo coração e atitude em
mim. Tudo em meu espírito é bom, positivo e
cheio de fé, e não vou permitir que as coisas que
acontecem ao meu redor ditem minha atitude. ”
Sempre que fazemos algo que é pecaminoso,
devemos imediatamente pedir a Deus que nos
perdoe e seguir em uma nova direção. Não
devemos ignorar as coisas erradas que fazemos,
mas devemos ver e celebrar o que fazemos de
certo .

Talvez você tenha ficado magoado ontem, mas


rapidamente tomou a decisão de não ficar ofendido
e desistir. Isso é uma coisa boa! Talvez você tivesse
planos para o seu dia, mas um amigo precisava de
ajuda e você mudou seus planos para ajudar seu
amigo. Isso é uma coisa boa! Se você passou algum
tempo com Deus esta manhã em oração e
comunhão e estudou Sua Palavra,

então isso é uma coisa boa! Tenho certeza de que


há muitas coisas boas em você e você deve
começar a reconhecê-las.
Quanto mais positivo você for sobre si
mesmo, mais positivo será sobre as outras
pessoas e suas circunstâncias. Acredite no
melhor de si mesmo e de todas as pessoas com
quem você lida.

CAPÍTULO

12
Fale de fé, não de medo

Tenha cuidado com seus pensamentos; eles podem se


tornar palavras
a qualquer
momento.
—Ira
Gassen

A Palavra de Deus nos ensina a manter firme


nossa confissão de fé em Jesus Cristo (ver Hebreus
4:14). Isso significa que não importa como seja ou
pareça nossa situação na vida, devemos continuar
a falar de fé, não de medo. Isso não significa que
negamos nossas circunstâncias, mas negamos a
eles o direito de nos governar.

Se acreditarmos que as palavras têm poder,


podemos entender facilmente por que é muito
importante mantermos uma confissão de fé em
Jesus Cristo em todas as circunstâncias. Quando
Jesus parou diante do túmulo de Lázaro, com a
intenção de ressuscitá-lo da morte, Marta falou
sobre seus temores. Ela disse: “Mas Senhor, a esta
altura ele [está se deteriorando e] exala um odor
ofensivo, pois está morto há quatro dias!” (João
11:39). Jesus respondeu dizendo: “Não te disse eu
e te prometi que, se creres e confiar em Mim,
verias a glória de Deus” (João 11:40).
Eu confio nessa escritura quando não entendo
nada do que está acontecendo ao meu redor.
Mesmo quando minhas circunstâncias na vida são
tão dolorosas que parecem insuportáveis, tento
me lembrar de dizer: “Eu acredito e verei a glória
de Deus”.
A palavra glória significa a "manifestação de Deus

excelência." Ver a glória de Deus não significa


necessariamente que obtemos as coisas da
maneira que queremos o tempo todo. Mas significa
que podemos confiar em Deus para o que Ele tem
de melhor em todas as situações. Pode não parecer
melhor para nós no momento, mas devemos
confiar em Deus que Seu plano é melhor do que o
nosso. Gostaríamos de entender tudo o que Deus
faz, mas confiar em Deus significa que sempre
teremos algumas perguntas sem resposta, e
devemos aceitar isso. Não temos que entender
todos os caminhos de Deus para dizer: “Eu creio
em Deus e verei Sua glória”.

O medo vem

O medo atinge todas as pessoas. Parece ser a


primeira emoção que sentimos quando as coisas
em nossas vidas fogem do nosso controle. Quando
os exércitos ao redor vieram contra Josafá, ele
ficou com medo (ver 2 Crônicas 20: 3). Mas então
ele orou. Resista ao diabo no início dele - não
permita que o medo se incremente em seu
pensamento e comece a sair de sua boca.
Josafá sentiu medo, mas falou com fé, e
podemos fazer a mesma coisa. No Jardim do
Getsêmani, Jesus sentiu uma agonia tão intensa
que suou gotas de sangue e pediu que, se possível,
Deus removesse o cálice do sofrimento Dele, e
mesmo assim foi crucificado pelos nossos pecados.
Quando Ele foi pendurado na cruz em agonia
inacreditável, sentindo o peso esmagador dos
pecados do mundo sobre Ele, e sentindo que Seu
Pai O havia abandonado, Ele não disse: “Estou com
tanto medo do que vai acontecer comigo. ” Ele
ainda orou com fé e disse: “Pai, nas tuas mãos
entrego o meu Espírito”. Ele manteve firme Sua
confissão de fé, e podemos fazer a mesma coisa.
Em 1989, fui ao médico para um check-up regular.
Dentro

alguns dias me disseram que eu tinha câncer de


mama do lado direito e a cirurgia radical foi
indicada devido ao tipo de câncer que era. Posso
dizer com certeza que “o medo veio”. O medo foi a
primeira emoção que senti, e às vezes era tão
avassalador que realmente sentia que meus joelhos
se dobrariam debaixo de mim. O Espírito Santo
sussurrou em meu coração que era importante
para mim falar de fé e não de medo. Tive muito
tempo para praticar enquanto esperava a cirurgia
e, em seguida, os relatórios voltando me
informando se o câncer foi erradicado com
sucesso. Satanás tenta tirar proveito de nossos
momentos de espera e bombardeia nossas mentes
com pensamentos de medo. Não tenho nenhum
segredo para lhe contar que impeça os
pensamentos de medo de virem, mas sei que você
não precisa recebê-los como se fossem seus e falá-
los pela sua boca. Sua boca e suas palavras
pertencem a você, e você sempre pode escolher
falar o que agrada a Deus e o beneficia.

O apóstolo Mateus escreveu: “Não se preocupe e seja


ansiosos, dizendo: O que vamos comer? ou, o que
vamos beber? ou, o que vamos ter que vestir? ”
(Mateus 6:31). Observe que a preocupação vem
primeiro e depois o ditado. É o mesmo com o
medo - primeiro os pensamentos e depois as
palavras. Eu gostaria de sugerir algo para você que
tento praticar sozinho. Assim que um pensamento
terrível entra em minha mente, falo em voz alta se
estiver em um lugar apropriado, dizendo: “Não
temerei, confio em Deus”. Ou digo: “Eu acredito em
Deus e verei Sua glória”. Se não posso falar em voz
alta, combato o pensamento mau pensando
pensamentos de fé. Se há algo intenso acontecendo
em minhas circunstâncias, há dias em que parece
que luto o dia todo, mas devemos estar dispostos a
lutar o bom combate da fé.

Tive de me manter firme durante as


semanas em que esperei o retorno de todos os
exames, mas os relatórios eram bons e não
precisei de mais nenhum tratamento. Muitos
anos se passaram desde então, e a cada ano eu
faço o teste e me dizem: "Sem câncer!" Esse
desafio acabou, mas novos surgem
regularmente, assim como para todos.
Enquanto escrevo este livro, há coisas
acontecendo ao meu redor que adorariam me
distrair e assustar, mas ainda estou dizendo: “Eu
acredito em Deus e verei Sua glória”.
Se você está lidando com uma situação
desagradável em sua vida agora, pare de ler e diga
em voz alta cerca de cinco vezes: “Eu creio em
Deus e verei Sua glória”.
Eu mantenho uma placa na minha frente em
uma mesa onde eu oro e estudo que simplesmente
diz em grandes letras brilhantes: ACREDITE. Isso
me lembra de continuar acreditando nas
promessas de Deus sempre que houver dúvida ou
medo. Muitas vezes, verbalizo minha fé e a
declaro em voz alta! Em meu escritório sozinho,
declaro que acredito em Deus!
O salmista Davi disse: “Quando eu tiver medo,
confiarei em Ti, Senhor”. Ele admitiu que sentiu
medo, mas declarou que confiaria em Deus em
meio a tudo isso. Ouvi dizer que há 365 referências
na Palavra de Deus que dizem “não temas”, e isso é
para cada dia do ano. “Não tema” significa resistir
ao medo e não permitir que ele controle suas
ações. Podemos agir com fé enquanto ainda
sentimos medo. A única atitude aceitável que os
filhos de Deus podem ter em relação ao medo é:
"Não terei medo." Se você deixar o medo dominar
sua vida, ele roubará sua paz e alegria e o impedirá
de cumprir seu destino.

O Senhor está do meu lado; Eu não terei medo. O que


pode o homem

fazer para mim? Salmo 118: 6

Se entrarmos no medo e começarmos a falar, é


equivalente a ter fé no que o diabo nos diz ou nos
mostra em nossa imaginação. Podemos resistir a
ele com firmeza, mas devemos conhecer a Palavra
de Deus e formar o hábito de responder
agressivamente ao diabo! Quando ele diz algo para
você, você deve dizer algo para ele. Sempre que
houver dúvida, preocupação ou medo, em vez de
dizer: "Estou com medo" ou "Estou preocupado" ou
"Duvido", diga: "Creio em Deus e verei Sua glória"
ou cite outra escritura que você acha que se
encaixa na situação em que está.
Faça de “Não temerei” uma confissão diária em
sua vida. Não espere sentir medo, mas confesse
diariamente que é ousado e destemido. Esteja
preparado com antecedência e isso o ajudará a ser
mais do que um vencedor quando surgirem
situações adversas. Acredito que somos mais do
que vencedores, como Romanos 8 diz que podemos
ser, quando sabemos que venceremos a batalha
antes mesmo de começar. Você está tão confiante
em Deus? Você acredita agora que não importa o
que venha contra você, você tem certeza da vitória
por meio de Cristo? Recomendo que você crie o
hábito de dizer: “Não temerei”, várias vezes ao dia.
Se o fizer, então será uma das primeiras coisas que
sairão da sua boca quando o medo vier.

Que os redimidos do Senhor digam assim!

O que você diz sobre você e sua vida? Eu ouço


pessoas dizerem coisas que às vezes me dão
vontade de estremecer, mas uma vez falei da
mesma maneira que elas. Eu ouço coisas como:
"Eu sou um fracasso", "Estou realmente preso à
comida", "Eu gostaria de estar livre do medo", "Vou
desistir" ou "Meus problemas são opressores".

Eles estão dizendo o que pensam e como se


sentem, mas não está de acordo com a Palavra
de Deus.

Digam assim os redimidos do Senhor, a


quem Ele livrou das mãos do adversário.
Salmo 107: 2

A Bíblia diz que aqueles que pertencem a Deus


são redimidos e devem dizer isso. Estamos
redimidos! Não estamos esperando ser redimidos
porque Jesus já pagou o preço por nossa redenção.
É nosso e precisamos aprender a concordar com
ele. A pessoa que tem problemas com comida não
deve dizer: "Estou preso à comida", mas deve dizer:
"Tenho disciplina e autocontrole, e como o que é
bom para mim em quantidades adequadas para
mim corpo." Se ele continuar dizendo que está em
cativeiro, continuará acreditando que está, mas se
concordar com Deus e disser que está livre, agirá
de acordo. Nunca se deve dizer: “Eu gostaria de
estar livre do medo”, como se fosse algo flutuando
que poderíamos pegar se quiséssemos o suficiente.
Ela deveria dizer: “Não terei medo, sou ousada e
estou livre do medo”. Ou, em vez de dizer: “Meus
problemas estão me oprimindo”, ela deveria dizer:
“Posso fazer tudo o que preciso na vida, por meio
de Cristo, que é minha força”.

Se realmente vivemos pela fé e cremos nas


promessas de Deus, então nossa confissão deve
mudar. Devemos manter nossa confissão de fé em
Deus, independentemente do que pensamos,
sentimos ou como as coisas parecem. A fé é a
prova das coisas que se esperam, a prova das
coisas que não vemos (ver Hebreus 11: 1). Nós
fazemos uma confissão de fé porque cremos na
Palavra de Deus, não porque vemos ou sentimos
determinada coisa.

O apóstolo Paulo escreveu à Igreja em Roma:


“Como podemos continuar a viver em pecado, já
que estamos mortos para o pecado?” (veja
Romanos 6: 2). Não conheço muitos cristãos que
diriam que estão mortos para o pecado, porque
não é assim que eles se sentem. Paulo queria que
as pessoas vivessem na realidade de sua
redenção, que Jesus realizou na cruz. Ele queria
que eles cressem e dissessem que foram
redimidos de acordo com a Palavra de Deus.
“Que os redimidos do Senhor o digam!”
Comece declarando pela fé: “Fui redimido do
pecado, da culpa e da condenação. Estou redimido
da raiva, amargura, ciúme, medo e sou livre para
amar a Deus, me amar e amar outras pessoas. ”
Devemos colocar essas verdades em nosso espírito
antes que as tenhamos em nossa experiência. A fé
vem primeiro, e então vem a manifestação. No
reino de Deus, primeiro acreditamos e depois
recebemos. Eu disse: “Deus me ama”, milhares de
vezes pela fé, antes mesmo de sentir isso. Podemos
dizer que a confissão é uma grande parte da posse.
Escolhemos acreditar no que Deus diz e dizer a
mesma coisa pela fé. O resultado é que nossa
confissão das promessas de Deus nos leva a possuí-
las experimentalmente.
O princípio da fé de Deus é exatamente o
oposto do que o mundo ensina. Ele diria: “Não
acredite em nada que você não possa ver, cheirar
ou tocar”. Deus diz que andamos pela fé, não pela
vista!
Que os redimidos do Senhor o digam! Quando
tivermos o privilégio de aprender a Palavra de
Deus, devemos falar Sua Palavra fielmente de
acordo com o profeta Jeremias.

O profeta que tem um sonho, conte o


sonho; mas aquele que tem a minha
palavra; deixe-o falar minha palavra
fielmente. Jeremias 23:28

Deus é fiel, e isso significa que podemos


esperar que Ele faça o que diz que fará o tempo
todo. Ele não faz isso parte do tempo, mas o
tempo todo, e sempre. Nunca há um momento em
que Deus não cumpra Suas promessas. Devemos
também ser fiéis em fazer o que sabemos fazer o
tempo todo. Dizer a coisa certa ocasionalmente
não nos dará a vitória. Mas quando somos
implacáveis e falamos a palavra fielmente,
veremos resultados surpreendentes no devido
tempo.
Não faça apenas o que é certo por um curto
período e depois desista se não obtiver um
resultado rápido. Faça o que é certo
repetidamente até quebrar as fortalezas de
Satanás. A Bíblia diz que temos armas que
podemos usar para destruir fortalezas (ver 2
Coríntios 10: 4–5). Eu acredito que o principal é a
Palavra de Deus falada com fé. A Palavra pode ser
ensinada, pregada, lida, cantada ou falada, e é
somente a Palavra de Deus que destruirá as
fortalezas demoníacas que foram erguidas em
nossas mentes por meio do engano. A verdade
destrói as mentiras de Satanás!

Livre-se da mistura

Precisamos ser fiéis aos princípios de Deus. Não


pense que você pode ter um pouco de fé e um
pouco de medo e ainda assim sair vitorioso. Não
podemos falar a Palavra de vez em quando, mas
falar dúvidas e descrença também e esperar um
bom resultado. Se fizermos isso, o ruim cancela o
bom e acabamos de volta "sem energia".
Quando comecei a aprender esses
princípios, me disciplinei para falar
positivamente quando estava com meus amigos
da igreja, mas em casa voltei ao meu velho eu
negativo,

falando palavras de medo, preocupação e dúvida.


Como você pode imaginar, não experimentei
nenhuma mudança em minha alegria ou avanço
em minhas circunstâncias. Eu precisava me livrar
da mistura de palavras positivas e negativas, de
palavras de fé e medo, e me comprometer a fazer
a coisa certa o tempo todo. Eu sabia a coisa certa a
fazer, mas às vezes deixava minhas emoções
dominarem e precisava ser muito mais sério sobre
as palavras que falei.
Ainda cometo erros, mas não tenho mais
uma atitude leviana em relação às palavras
negativas e acho que elas não são grande coisa.
As palavras são muito importantes. Eles são
contêineres de energia, e temos que decidir que
tipo de energia queremos que carregue.
Continue pressionando e pressionando para
melhorar em todas as áreas de sua vida,
especialmente em falar de fé, não de medo, e
manter uma confissão que glorifique a Deus.

O medo não vem de Deus

Timóteo era um jovem que viveu em uma época


em que os cristãos eram perseguidos. Ele era o
filho espiritual do apóstolo Paulo e havia sido
ordenado para o ministério do Evangelho pelos
anciãos, mas o medo o estava atacando. Ele estava
preocupado por ser jovem demais para o
ministério e por ser perseguido por sua fé em
Jesus. Paulo disse a ele para despertar sua fé, para
reavivar a chama e não deixar o fogo que havia
nele se apagar. Quanto mais permitimos
pensamentos de medo, com mais força eles nos
agarram. Se falamos sobre nossos medos,
acendemos a chama do medo. Mas se falarmos
sobre a bondade de Deus, Sua fidelidade para
conosco no passado e o privilégio de viver pela fé,
acendemos a chama da nossa fé e ela permanece
viva e poderosa. Não permanecemos
automaticamente fortes na fé, e há momentos em
que

devemos nos despertar na fé e nos lembrar de


que não precisamos viver com medo.
Tenho certeza de que Timóteo estava tendo
muitos pensamentos negativos e havia esquecido a
rica herança de fé que recebera de sua avó e mãe,
então Paulo o lembrou (ver 2 Timóteo 1: 1–6). Às
vezes, precisamos de alguém para interromper
nossa conversa negativa e nos ajudar a voltar ao
caminho certo, e às vezes precisamos lembrar aos
outros com amor o poder de suas palavras. Não
podemos assumir a responsabilidade de corrigir os
erros dos outros o tempo todo, mas podemos e
devemos ser guiados pelo Espírito Santo a falar
uma palavra no devido tempo para aqueles que
têm um coração aberto, como Paulo fez com
Timóteo.

Paulo finalmente disse a Timóteo:

Deus não nos deu um espírito de timidez


(de covardia, de medo covarde e
humilhante e bajulador), mas [Ele nos deu
um espírito] de poder e de amor e de mente
calma e equilibrada e disciplina e
autocontrole . 2 Timóteo 1: 7

O medo não vem de Deus; portanto, da


próxima vez que sentir medo, abra a boca e diga:
“Este medo não vem de Deus, e eu não acredito e
não vou aceitar”. Em seguida, diga com ousadia:
"Eu acredito em Deus e verei Sua glória." Pode
ajudar a lembrar o que significa FEAR:

F— Falso
E— Provas
A— Aparecendo
R— Real

Satanás tenta nos assustar com suas


mentiras, mas graças a Deus não temos que viver
com medo!

PARTE II

A segunda parte deste livro consiste em capítulos


sobre coisas que é bom dizer e coisas que não
devemos dizer. Quero encorajá-lo a dizer
propositalmente coisas que agradariam a Deus,
embora você possa sentir vontade de dizer algo
que não agradaria a Deus. Também quero
encorajá-lo a não dizer coisas que não agradariam
a Deus. Diga coisas que vão ajudar e beneficiar
você e as pessoas com quem você interage e evite
dizer coisas que não vão ajudar ou trazer
benefícios. Esta é uma diretriz super simples de
como ter uma vida mais poderosa e
cheia de alegria .
Agora que você conhece o poder das palavras,
é mais provável que você se discipline para dizer
coisas certas que agradam a Deus.
Deus nos deu livre arbítrio e, com Sua ajuda,
podemos escolher dizer o que sabemos ser certo
em qualquer situação, mesmo que tenhamos
vontade de dizer algo que seria meramente
emocional e prejudicial para os outros ou para nós
mesmos. Quero discutir alguns dos que chamo de
"palavras pecados" mais comuns. São palavras que
falamos que são inúteis e ou mesmo prejudiciais.
São coisas que não agradam a Deus e, na maioria
das vezes, coisas que Ele nos ordenou em Sua
Palavra não dizer. A maioria das pessoas não
considera pecados desse tipo muito importantes.
Pelo menos não tão importantes quanto os
“pecados maiores”, como adultério, roubo, mentira
ou assassinato, mas são mais importantes do que a
maioria de nós imagina. Podemos classificar o
pecado como grande e pequeno, mas não acho que
Deus o faça. Alguns pecados podem ter um

maior impacto em nossas vidas do que outros, mas


pecado é pecado, e tudo é desobediência a Deus.
Desejemos obedecer a Deus em todas as coisas, o
tempo todo!
Muitas vezes abrimos a porta para grandes
problemas em nossas vidas por meio de coisas que
dizemos, mas quando cooperamos com o plano de
Deus dizendo o que Ele diria em todas as situações,
evitamos muitas armadilhas dolorosas que Satanás
armou para nós.
Como eu disse antes, lembre-se de que é
importante não apenas parar de dizer coisas
erradas, mas começar a dizer coisas certas .
Palavras são recipientes de poder, e podemos
decidir com que tipo de poder queremos
preenchê-los. Podemos reclamar ou ser gratos,
podemos encorajar ou desencorajar outras
pessoas, podemos abençoar ou amaldiçoar nosso
próprio futuro e podemos abrir ou fechar portas
de oportunidades pela maneira como falamos aos
outros. É hora de usar sabedoria com o que
dizemos. Vamos ser capazes de dizer com David:

Vou falar coisas excelentes e


principescas; e a abertura dos meus
lábios será para coisas certas.
Pois minha boca falará a verdade, e a
maldade é detestável e repugnante aos
meus lábios.
Todas as palavras da minha boca são
justas (retas e corretas para com Deus);
não há nada contrário à verdade ou torto
neles. Provérbios 8: 6-8

CAPÍTULO

13
Não reclame

Queixar-se da época em que vivemos,


murmurar os atuais possuidores de poder,
lamentar o passado ... são as disposições
comuns da maior parte da humanidade.
—Edmund Burke, 1770

Você é um pato ou uma águia?

Um motorista de táxi pegou um cliente do


aeroporto na cidade de Nova York e
imediatamente se apresentou como Wally. Ele
ofereceu ao passageiro uma bebida gelada de
um refrigerador no banco da frente, o jornal
daquele dia e sua escolha de música em alguns
CDs bem escolhidos. O cliente ficou surpreso e
perguntou: "Você sempre atendeu seus clientes
assim?"
Wally disse: “Não, nem sempre. Nos primeiros
cinco anos como motorista, passei reclamando
como todo o resto dos taxistas fazem. Então, um
dia, ouvi um palestrante motivacional no rádio. Ele
disse que se você acordar esperando ter um dia
ruim, raramente vai se decepcionar. Então ele
disse: 'Pare de reclamar! Não seja um pato. Seja
uma águia. Os patos grasnam e reclamam. As
águias voam acima da multidão. ' Naquele dia,
decidi parar de grasnar como patos e começar a
voar alto como águias. ”
Eu quero que você faça uma experiência
comigo. Apenas como exercício, tire um ou dois
dias e ouça propositalmente o quanto as pessoas
reclamam, e enquanto você faz isso, não se
esqueça de também

Escute a si mesmo. Acho que passar um dia sem


reclamar de nada seria considerado uma
ocorrência milagrosa.
Como nossa boca expressa o que pensamos e
sentimos, ela revela a atitude de nosso coração em
relação à maioria das coisas. Podemos julgar por
nossas palavras se somos gratos e apreciamos a
bondade de Deus ou se estamos descontentes. Se
estivermos descontentes, acredite ou não, temos
uma atitude subjacente de ganância. Pessoas
gananciosas nunca ficam satisfeitas por muito
tempo, não importa o que tenham ou
experimentem, e a ganância é um pecado.
Murmurar, resmungar e reclamar são tudo o
que chamarei de "palavras pecados". Eles são
pecados que cometemos com as palavras de nossa
boca, mas também revelam um problema mais
profundo, que é um coração que não é grato.
Quando estou ensinando sobre esse assunto,
sempre peço às pessoas que abram a Bíblia em
Filipenses 2:14 e leiam. Nunca demora muito para
ouvir gemidos, gemidos e risadas culpadas por
toda a sala. O versículo diz: “Façam todas as coisas
sem reclamar e sem criticar e reclamar [contra
Deus] e questionar e duvidar [entre vocês].” As
pessoas são imediatamente condenadas por
transgressões quando lêem este versículo, porque
é algo que a maioria de nós faz diariamente, se não
de hora em hora. Você pode pensar: “Não reclamo
de Deus, apenas reclamo”, mas Deus leva isso para
o lado pessoal. Visto que Ele é nosso Pai, nosso
Provedor e Aquele que cuida de nós, quando
reclamamos de qualquer coisa, estamos
basicamente dizendo que não gostamos do que
Deus está fazendo e não confiamos em Sua
liderança em nossas vidas. Mesmo que o que está
acontecendo em nossas circunstâncias não seja
algo que Deus esteja fazendo, é algo que Ele pode
consertar se confiarmos que Ele fará isso. Se
realmente confiarmos em Deus, então não

murmurar e reclamar, mas, em vez disso,


expressaremos nossa gratidão por Ele estar
trabalhando em nossa vida e nos dando força
para fazer tudo o que precisamos enquanto
esperamos.

Você está passando nos testes?

Digamos, por exemplo, que você está orando a


Deus para ajudá-lo a obter um aumento de salário
no trabalho, mas em vez disso você tem que aceitar
um corte de pagamento por causa das condições
econômicas. O que você diria sobre isso? Você
começaria imediatamente a reclamar ou diria:
"Deus, confio em Você para cuidar de mim, e se
meu atual empregador não pode ou não quer me
pagar o que valho e preciso para viver de maneira
adequada, então peço que me leve a outra posição
que o levará. ”

O que você diria se nos próximos dias


descobrisse que nem todo mundo tem que aceitar
um corte de salário e que, de fato, alguns que você
acha que eram menos merecedores até receberam
um pequeno aumento para o custo de vida ? Você
reclamaria mais alto e até mesmo acrescentaria
palavras de crítica a outras pessoas que não
precisaram aceitar um corte de salário? Ou você
continuaria a expressar sua confiança em Deus e
agradecer a Ele por estar trabalhando em sua vida?
Só porque algo não parece justo ou justo, não
significa que temos um passe livre de Deus para
reclamar disso. Há muitas coisas na vida que não
são justas, mas Deus é nosso Vindicador e, no final,
fará justiça se continuarmos a confiar nEle. É
perfeitamente possível que uma situação como a
que descrevi seja um teste de Deus e que Ele tenha
a intenção de abençoar grandemente aquele que
aparentemente está sendo tratado injustamente, se
passar no teste. Devemos louvar e abençoar a Deus
nos vales da vida, bem como no topo das
montanhas.

Deus disse aos israelitas que os guiou pelo


deserto para ver se guardariam Seus
mandamentos ou não (ver Deuteronômio 8). Se
você está em uma situação difícil ou provadora
agora, discipline-se para não reclamar, mas, em
vez disso, dê louvor e glória a Deus.
Como eu disse, Deus às vezes permite que
estejamos em situações menos do que desejáveis
para nos testar. Muitas vezes Ele está planejando
uma promoção para nós na vida se passarmos no
teste que está diante de nós. Não contarei os
detalhes da situação, mas direi que, enquanto
escrevo este capítulo, estou passando por uma
situação em minha própria vida que é bastante
injusta e injusta, da qual sou tentado a reclamar
com frequência. Estou feliz por escrever este
capítulo, se não para mais ninguém, então para
mim mesmo, porque preciso dele. Estou sendo
testado agora. Você está?

Amado, não fique surpreso e desnorteado


com a terrível provação que está ocorrendo
para testar sua qualidade, como se algo
estranho (incomum e estranho para você e
sua posição) estivesse se abatendo sobre
você. 1 Pedro 4:12

Somos como crianças na escola que precisam


passar nos testes para serem promovidas à
próxima série. Você está passando no teste de
confiança ou está apenas murmurando quando as
coisas não vão do seu jeito? Estou perguntando
isso porque Deus já me fez essa mesma pergunta
em minha vida pessoal muitas vezes. Deus tratou
comigo com bastante firmeza a respeito da
reclamação e continua a fazê-lo. Reclamar é
pecado e não devemos encarar isso de outra
forma.

Nossas orações de petição não têm poder


para Deus, a menos que sejam imersas em
orações de agradecimento. Palavra de deus

ensina-nos a não nos preocupar com nada, mas


em todas as circunstâncias, por meio de oração e
súplica, COM AÇÃO DE GRAÇAS (grifo meu),
continue a manifestar suas necessidades a Deus
(ver Filipenses 4: 6).
A sabedoria nos diz que fazer uma oração de
súplica a Deus com reclamação não teria poder.
Essa oração não teria chance de ser atendida. Não
podemos nem mesmo entrar na presença de Deus,
a menos que venhamos com ações de graças.

Entre em Seus portões com ações de graças


e oferta de gratidão e em Seus átrios com
louvor! Agradeça e diga a Ele, bendiga e
louve com carinho o Seu nome! Salmo 100:
4

Muitas orações são palavras perdidas porque são


vindo da boca de uma pessoa que murmura,
reclama e critica muitas coisas. Deus não responde
a orações por esse tipo de pessoa porque ele está
mostrando por sua atitude e palavras que não
confia em Deus e não é grato e agradecido. Não
cometa o erro de pensar que seu caso é especial e,
portanto, sua reclamação é justificada. Todos nós
podemos encontrar muitos motivos para reclamar,
mas eu não encontrei um motivo que seja
aceitável para Deus.
Você pode ser uma pessoa que genuinamente
ama a Deus, mas tem o hábito de reclamar e, até
agora, não percebeu como isso é desrespeitoso
para com Deus. Esse foi o meu caso. Eu tinha o
péssimo hábito de reclamar e um problema de
atitude. Maus hábitos geralmente vêm de más
atitudes, e nunca mudaremos até que recebamos a
verdade e a deixemos nos libertar. Não é fácil
admitir que temos uma atitude ruim, mas é o
caminho para a liberdade e

mudança.
Você está agradecido? Você expressa sua
gratidão a Deus e aos outros? Quanto você
murmura e reclama? Se você está convencido do
pecado nesta área, não há condenação, mas você
deve pedir a Deus que o perdoe e aprender tudo o
que puder sobre o que Deus tem a dizer sobre os
perigos de reclamar.

Reclamar é realmente um pecado?

Os israelitas eram escravos no Egito e clamaram a


Deus por libertação por muitos anos. Deus enviou-
lhes um libertador. Ele enviou Moisés, a quem Ele
equipou para conduzi-los para fora do Egito,
através do deserto, e para a terra que Ele havia
prometido dar a eles, uma terra de abundância
onde eles seriam abençoados de muitas maneiras.

A jornada do Egito para a terra de Canaã que


Deus havia prometido dar a eles foi uma viagem
de onze dias , mas eles vagaram pelo deserto por
quarenta anos. A maioria deles morreu no deserto
e nunca viu a realidade da promessa de Deus.
Como a maioria de nós, eles atribuíam a falta de
progresso a muitas coisas. Foi culpa de Deus,
culpa de Moisés e de todas as nações inimigas que
os cercavam. Curiosamente, eles nunca pensaram
ou mesmo consideraram que era sua própria
culpa. Isso soa familiar?

Eles permaneceram no deserto porque


tiveram uma atitude ruim, e um de seus pecados
foi o pecado de murmurar, criticar e reclamar.
E eles viajaram do Monte Hor pelo
caminho até o Mar Vermelho, para
contornar a terra de Edom, e o

as pessoas ficaram impacientes


(deprimidas, muito desanimadas), por
causa [das provações] do caminho.
Números 21: 4

Como muitos de nós, os israelitas ficavam


satisfeitos, contentes e gratos apenas quando tudo
estava indo bem, mas quando havia provações,
eles reclamavam.
E o povo falou contra Deus e contra Moisés:
Por que você nos tirou do Egito para morrer
no deserto? Pois não há pão, nem água, e
detestamos esse maná leve (desprezível,
insubstancial). Números 21: 5

Você ouve a atitude ruim deles enquanto lê


isso? O desconforto deles é culpa de Deus! É culpa
de Moisés! Eles estão pensando na morte em vez
de progredir! E o pior de tudo, eles estão
reclamando do maná milagroso que Deus envia do
céu diariamente para alimentá-los! Uma das piores
partes de reclamar é que isso nos impede de ver
todas as bênçãos que temos. Os israelitas ficavam
muito entusiasmados com o maná (pão celestial),
mas agora o odeiam. Sua atitude gananciosa exige
cada vez mais. Sua ganância e má atitude os
cegaram para a bondade de Deus. Quando nos
permitimos ser vítimas desse tipo de atitude ruim,
isso nos mantém na mesma circunstância da qual
queremos sair. Certa vez, vi uma definição da
palavra reclamar que significava "permanecer".
Quando reclamo de uma situação, permaneço
nela, mas uma atitude de gratidão e elogio me
levantará dela. Os israelitas não podiam fazer
nada a não ser dar voltas e mais voltas no

mesmas montanhas, vagando no deserto,


mesmo que a fronteira da Terra Prometida
ficasse a poucos dias, simplesmente porque
murmuravam, culpavam e reclamavam.
Você tem uma situação ou circunstância da
qual deseja se livrar? Em caso afirmativo, comece
a encontrar coisas pelas quais agradecer. Não olhe
apenas para as coisas que você não tem, mas olhe
para tudo o que você tem. Seja grato e diga isso!
Suas palavras de gratidão derrotam o diabo e
frustram seus planos para o mal, mas palavras de
reclamação o ajudam a cumprir seu plano
perverso. Os israelitas murmuraram e
reclamaram, e o Senhor enviou serpentes
ardentes para o acampamento.

Então o Senhor enviou serpentes de fogo


(ardentes) entre o povo; e eles morderam o
povo, e muitos israelitas morreram.

E o povo foi a Moisés e disse: Pecamos,


porque falamos contra o Senhor e contra ti;
ore ao Senhor para que tire as serpentes de
nós. Então, Moisés orou pelo povo. Números
21: 6–7

É uma pena que as pessoas tenham que


morrer antes de perceberem que suas más
atitudes e palavras duras eram pecado. Uma
referência é feita a essas escrituras em 1 Coríntios
10: 8, que nos diz que vinte e três mil israelitas
caíram mortos naquele dia. Foi um dia trágico e
poderia ter sido evitado se as pessoas
simplesmente tivessem confiado em Deus e ficado
grato pelo que tinham.
Não estou dizendo que, se reclamarmos,
cairemos mortos, mas acredito que haja uma lição
nessas escrituras que não queremos perder. Sou
grato por vivermos na dispensação de

graça e que Deus é misericordioso, mas isso ainda


não significa que não nos prejudiquemos e
atrapalhemos o plano de Deus para nossas vidas
quando continuamos murmurando e reclamando
mesmo depois de entender que é um pecado.
Peço que você reserve um tempo para ler os
próximos quatro versículos e pondere-os
lentamente. Sei que às vezes somos tentados a
pular as escrituras ao ler livros como este, mas
por favor, não faça isso porque esses versículos
contêm uma advertência solene que devemos
prestar atenção.

Não devemos satisfazer o desejo


maligno e ser indulgente com a
imoralidade como alguns deles - e
vinte e três mil [repentinamente] caíram
mortos em um único dia!
Não devemos tentar o Senhor [testar
Sua paciência, tornar-se uma prova para
Ele, avaliá-Lo criticamente e explorar Sua
bondade] como alguns deles fizeram e
foram mortos por serpentes venenosas;
Nem se queixam descontentes como
alguns deles - e foram colocados totalmente
fora do caminho pelo destruidor (morte).
Ora, essas coisas se abateram sobre eles
por meio de uma figura [como um exemplo
e aviso para nós]; eles foram escritos para
nos admoestar e nos preparar para a ação
correta por meio de boas instruções. 1
Coríntios 10: 8-11
Se você fez o que eu pedi e realmente deu
uma boa olhada nesses versículos, provavelmente
está sentado com a boca aberta de espanto, como
eu fiz na primeira vez em que simplesmente
acreditei no que Deus está dizendo aqui. Para
resumir, Ele está dizendo que os israelitas
murmuraram e reclamaram, e então

de assumir a responsabilidade por sua má atitude,


eles pecaram ainda mais culpando Deus e Moisés
pelos problemas que eles próprios criaram. A
desobediência deles abriu uma porta para que
serpentes venenosas (representando o diabo) os
atacassem, e muitos deles morreram. Os que
morreram foram provavelmente os que mais
reclamaram e envenenaram a atitude das outras
pessoas. Tenho certeza de que eles sabiam melhor
e entendiam o poder do louvor e da ação de graças,
mas não se disciplinaram para honrar a Deus. O
versículo final afirma claramente que isso foi
escrito para nossa instrução e para nos ajudar a
não cometer os mesmos erros que eles cometeram.
Há muitos anos, decidi levar esses versículos
pelo valor de face e comecei naquele momento a
fazer um esforço para parar de reclamar. Não
cheguei à perfeição. Na verdade, recentemente
percebi que reclamo quase diariamente sobre um
trecho de rodovia de cinco quilômetros perto de
minha casa que não tem torre de celular e não
consigo fazer chamadas durante esses cinco
quilômetros. O resto da rodovia está bom, mas eu
reclamo do inconveniente dos cinco quilômetros.
Lembro-me de quando era adolescente e a única
maneira de fazer uma ligação se estivesse
dirigindo era parando em uma área que tinha uma
cabine telefônica externa, encontrar o troco certo e
sair do carro para fazer a ligação. O que temos
disponível hoje é extremamente conveniente, mas
reclamei da curta distância que provavelmente
leva três ou quatro minutos para percorrer. Pedi a
Deus que me perdoasse e me avisasse disso
quando eu reclamasse.

Agora que vejo o que estava fazendo,


parece totalmente ridículo, mas mostra como
caímos na armadilha de reclamar sem
estarmos totalmente cientes disso. Precisamos
da ajuda de Deus!

Espero e oro para que nossos olhos se abram


e façamos um esforço genuíno para não mais
reclamar e, em vez disso, sermos muito gratos
por toda a bondade de Deus em nossas vidas.

Por meio dele, portanto, ofereçamos


constantemente e em todos os momentos a
Deus um sacrifício de louvor, que é o fruto
de lábios que reconhecem, confessam e
glorificam o Seu nome com gratidão.
Hebreus 13:15

CAPÍTULO

14
Palavras de encorajamento

Nada mais pode substituir algumas


palavras de elogio sinceras , oportunas e
bem escolhidas . Eles são totalmente
gratuitos - e valem uma fortuna.
—Sam Walton

Palavras de encorajamento são talvez algumas das


palavras mais valiosas do mundo. O falecido Walt
Disney disse que existem três tipos de pessoas no
mundo. Em primeiro lugar, existem os
“envenenadores da saúde”, que o desencorajam,
pisam na sua criatividade e dizem o que você não
pode fazer. Depois, há os “cortadores de grama”,
pessoas bem-intencionadas, mas
concentradas em si mesmas. Eles cuidam de suas
próprias necessidades, cortam seus próprios
gramados e nunca deixam seus quintais para
ajudar outra pessoa. Finalmente, existem os
“intensificadores de vida”, pessoas que buscam
enriquecer a vida de outras pessoas, para elevá-las
e inspirá-las. Precisamos ser
intensificadores de vida e precisamos nos cercar
de intensificadores de vida.
A palavra encorajar é definida no Dicionário
da Bíblia Vine como “encorajar, persuadir ou
confortar”. Também significa estimular a pessoa
a cumprir os deveres comuns da vida. Todos nós
precisamos de incentivo, porque há momentos na
vida em que ficamos cansados e temos vontade
de desistir. Deixe-me mencionar pelo menos três
vezes na vida em que podemos precisar de
encorajamento.

A primeira é quando enfrentamos grandes


desafios ou dificuldades de algum tipo. Pode ser
um fardo financeiro, doença,

ou cuidar de um pai idoso. Pode ser a perda de um


ente querido, dificuldade conjugal ou um filho que
se perdeu. Durante esses momentos, muitas vezes
pensamos e sentimos que simplesmente não
podemos continuar, mas uma palavra de
encorajamento de alguém que amamos e
respeitamos, ou mesmo de um estranho, pode nos
dar a coragem de que precisamos para prosseguir e
ver a vitória. Uma palavra de encorajamento
durante uma crise vale mais do que uma hora de
elogio após a vitória.

Quando encorajamos os outros,


permitimos que usem nossa coragem. Aqui
está uma história interessante que ouvi:
Stonewall Jackson (que se tornou o famoso
general da Confederação na Guerra Civil) era
aluno da escola militar de West Point. Mesmo
sendo brilhante, ele enfrentou uma temporada
difícil e um dia particularmente ruim em seu
treinamento militar. Ele marcou uma reunião com
seu superior para obter aconselhamento. Na
nomeação, ele confidenciou ao seu idoso superior
que estava desanimado. O oficial se levantou e
declarou: “Entendo que você está desanimado.
Não se preocupe, filho. Hoje você deve pedir
minha coragem! ”
Se ninguém estivesse disposto a encorajar
Jackson neste ponto de sua carreira, é possível
que ele não tivesse continuado a ser o grande
general que foi. Podemos ajudar as pessoas em
seu caminho, encorajando-as.
Uma segunda área em que precisamos de
encorajamento é quando temos uma grande
oportunidade nova diante de nós. Às vezes, o
chamado para fazer algo maior do que jamais
fizemos parece esmagador. Nós nos perguntamos
se estamos preparados ou podemos fazer o que for
necessário. Quando temos a oportunidade de fazer
algo que nunca fizemos antes, podemos começar a
ter medo de falhar. Uma palavra de incentivo pode
fazer

a diferença entre sucesso e fracasso. O simples


fato de alguém dizer: “Eu acredito em você e sei
que você tem o que é preciso” pode dar a força de
que alguém precisa para continuar.
Principalmente as crianças pequenas precisam
saber, sem sombra de dúvida, que seus pais
acreditam nelas. Quem não gostaria de ter
confiança como o menino que disse ao pai:
“Vamos jogar dardos, pai. Vou jogar e você diz:
'Maravilhoso!' ”
Um dia, senti que deveria enviar uma
mensagem de texto a uma musicista muito
conhecida com quem converso ocasionalmente e
simplesmente dizer a ela: "Estou orgulhoso de você
por manter sua fé em uma indústria que sei que
pode ser desafiadora." Normalmente, eu não acho
que ela precisaria que eu a encorajasse porque ela
não é apenas uma estrela da música, ela é uma
megastar, mas sua resposta foi a seguinte: “Você
nunca saberá o quanto seu incentivo significou
para mim. Saber que você está orgulhoso de mim é
maravilhoso. ”
Percebi mais tarde que muitas pessoas não
receberam ou ainda não receberam de seus pais
naturais o incentivo de que precisam, e recebê-lo
de uma mãe ou pai espiritual pode compensar
essa perda em sua vida. Diga a seus filhos, até
mesmo a seus filhos adultos, que você tem
orgulho deles e observe-os se iluminar e se
erguer.
A terceira área em que frequentemente
precisamos de encorajamento é simplesmente
viver a vida cotidiana com entusiasmo. É fácil ficar
entediado com o cumprimento dos deveres da vida
cotidiana. Levantamo-nos e vamos para a cama,
levantamo-nos e vamos para a cama e, no meio
disso, cuidamos de tarefas intermináveis que
parecem se repetir todos os dias. Acho que grande
parte de nossa vida é lidar com esse tipo de coisas.
Nem sempre podemos ter algo novo acontecendo,
ou estar nos preparando para férias emocionantes.
Visto que a maior parte da vida é comum,
precisamos ser capazes de vivê-la com alegria e
apreciação.

Ilumine o dia de alguém

Falar palavras de encorajamento para as pessoas


as ajuda. É como um ponto brilhante em um dia
normal. Acho que elogios encorajam as pessoas.
Ontem eu estava na fila do caixa de uma loja e
uma senhora idosa trabalhava no caixa. Percebi
que, embora sua pele estivesse enrugada com o
tempo, tinha um brilho muito bom e ela tinha
lindas faces rosadas. Sua pele a fazia parecer
macia e gentil, então eu disse a ela. Eu poderia
dizer que meu elogio a surpreendeu, mas ela
gostou. Se eu observar de perto, parece que
quando eu elogio as pessoas, elas parecem estar
um pouco mais altas do que antes, e um pouco de
luz entra em seus olhos, e elas sempre sorriem!
Podemos colocar sorrisos no rosto das pessoas
todos os dias.
Crie o hábito de elogiar as pessoas. Diga algo
gentil e encorajador para todos que encontrar, e as
pessoas sempre ficarão felizes em vê-lo chegando.
Você também será mais feliz, pois quando fazemos
os outros felizes, isso sempre volta para nós.
Quando você ilumina o dia de outra pessoa, você
ilumina o seu também. Lembre-se, na parte
anterior do livro, de que eu disse que comemos
nossas palavras, e essa é outra maneira de ver
esse princípio em ação. Quanto melhor faço os
outros se sentirem, melhor me sinto. Não sinta
vergonha de elogiar pessoas que você não
conhece. Só porque não conhecemos alguém, não
significa que Deus não possa nos usar para
aumentar sua alegria e edificá-la.
Muitas pessoas com quem entramos em
contato enquanto estamos fora de casa em nossa
vida diária estão vivendo na escuridão. Eles não
têm nenhum relacionamento com Jesus, que é a
luz do mundo, ou têm segredos obscuros dos quais
estão fugindo, ou suas circunstâncias são sombrias
e dolorosas. Podemos deixar o Espírito Santo

trabalhe por meio de nós no cumprimento de uma


parte de Seu ministério, que é confortar e
encorajar.
Se mais maridos e esposas se
cumprimentassem e mostrassem apreço, haveria
muito menos divórcios. Quando as pessoas se
divorciam, muitas vezes pensam e alegam que é
devido a algum problema enorme em suas vidas,
mas acho que muitas vezes é porque elas se
esqueceram das simples gentilezas da vida que
deveriam mostrar umas às outras. E mesmo que
houvesse problemas mais sérios, talvez eles nunca
tivessem se desenvolvido se cada um tivesse
encorajado o outro. Dave e eu estamos casados há
quarenta e cinco anos enquanto escrevo este livro
e ainda nos cumprimentamos. É muito comum e
humano desencorajar e criticar, mas ser um
encorajador é uma característica divina.

Mais encorajadores, por favor

Lisonjeie-me, e posso não acreditar em você.


Critique-me e posso não gostar de você. Ignore-
me e talvez não o perdoe.
Incentive-me e não te esquecerei.
—William Arthur Ward

Palavras de incentivo edificam as pessoas e as


fortalecem para serem tudo o que podem ser na
vida. Eles ajudam as pessoas a não desistir de seus
sonhos, mas a prosseguir até a vitória. Sou muito
grato pelas pessoas que me incentivaram na vida,
mas devo dizer que gostaria que houvesse mais
delas.
Jean Nidetch, uma dona de casa desesperada
para perder peso, decidiu que precisava de
algum apoio enquanto tentava perder

mais de cinquenta libras. Ela convidou seis amigos


com excesso de peso para acompanhá-la na dieta e
para se encontrarem em sua casa semanalmente
para conversar sobre como continuar fazendo
dieta. Essas reuniões acabaram se tornando os
Vigilantes do Peso, que Nidetch fundou em 1963.
Hoje, ele tem mais de um milhão de membros que
se reúnem em 24 países. Quando perguntaram a
Nidetch qual era o segredo de seu sucesso em
ajudar as pessoas a perder peso, ela respondeu:
“Quando eu era adolescente, cruzava um parque
onde via mães fofocando enquanto as crianças
ficavam sentadas em seus balanços sem ninguém
para empurrá-las . Eu daria um empurrão neles.
Você sabe o que acontece quando você empurra
uma criança em um balanço? Logo ele está
bombeando, fazendo isso sozinho. Esse é o meu
papel na vida - estou lá para dar um empurrão aos
outros. ”
Todos nós precisamos de encorajamento e
não sou exceção. Quando Deus me
chamou para ensinar Sua Palavra, a
maioria dos
pessoas que eu conhecia eram críticas e muito
desencorajadoras. Eles me disseram o que eu não
podia fazer e por que não podia fazer, e
frequentemente me lembravam de minha falta de
habilidade. Segundo eles, eu não tinha a
personalidade certa, não era o sexo certo, porque
naquela época só os homens eram professores da
Bíblia e eles me lembravam que eu era mulher.
Eles me disseram que eu não tinha as credenciais
certas porque não tinha frequentado o seminário
e não tinha educação suficiente. Posso dizer com
segurança que apenas Dave e alguns amigos me
encorajaram. Pediram-me para deixar minha
igreja e não fui mais bem-vindo nos mesmos
círculos sociais de que antes tínhamos feito parte.
Eu teria adorado estar cercado de pessoas
encorajadoras e tenho certeza de que isso teria
tornado minha jornada muito mais fácil.

Deixe-me dizer que Satanás é o autor do desânimo,

e embora essas pessoas fossem cristãs, eles


ignorantemente permitiram que Satanás os usasse
para tentar impedir um plano que Deus tinha para
minha vida. Suas opiniões pessoais e mentalidades
erradas os impediram de me ajudar a fazer minha
jornada. Devemos ter muito cuidado para não
desencorajar as pessoas só porque querem fazer
algo que não foi feito antes. Thomas Edison ficou
muito desanimado por muitos enquanto
procurava a lâmpada elétrica, mas estou feliz que
ele continuou insistindo. Alexander Graham Bell
era considerado louco por pensar que as vozes das
pessoas poderiam ser transmitidas por ondas
aéreas, mas agora todos nós carregamos telefones
celulares e podemos nos comunicar entre
continentes em meros segundos.
Não é que não possamos sobreviver sem
encorajamento, mas imagine como as coisas
seriam mais fáceis se tivéssemos mais
encorajadores em nossas vidas.
Muitas das grandes invenções do mundo
vieram de pessoas que tiveram que resistir em
acreditar nas palavras desanimadoras faladas a
eles por outros. Felizmente, eles não desistiram,
mas quantos outros desistiram porque não tinham
ninguém para encorajá-los ao longo do caminho?
Quantas coisas grandes perdemos porque não
temos “encorajadores” suficientes no mundo?
Provavelmente mais do que podemos imaginar.
As crianças precisam de incentivo tanto
quanto precisam de comida, roupas e abrigo. Sean
e Leigh Anne Tuohy, o casal da vida real retratado
no filme The Blind Side , compartilham a seguinte
história em seu livro In a Heartbeat : Há um
programa pouco conhecido do congresso que
concede estágios a jovens que saíram da sistema
de adoção temporária. São crianças que nunca
foram adotadas e não são mais elegíveis para
receber apoio do estado.

Um senador empregou um desses homens


como estagiário. Certa manhã, o senador apareceu
para uma reunião e descobriu que seu estagiário já
estava no escritório, reorganizando toda a sala de
correspondência. O senador disse ao estagiário:
“Isso é incrível - a sala de correspondência nunca
pareceu tão limpa. Você fez um ótimo trabalho."
Poucos minutos depois, o senador viu que o
estagiário tinha lágrimas escorrendo pelo rosto.
[Ele] disse: "Filho, você está bem?"
“Sim,” o estagiário respondeu
calmamente. "Eu disse algo
que te ofendeu?" "Não
senhor."
"Bem, o que há de errado?"
O jovem disse: “É a primeira vez na
minha vida que alguém me diz que fiz algo
bom”.
Absolutamente qualquer pessoa pode se
comprometer a encorajar outras pessoas. Tudo o
que temos a fazer é pedir a Deus que nos use e
comece a ver as pessoas como Ele vê. Ele vê o lado
bom das pessoas e as possibilidades que existem, e
podemos nos treinar para fazer a mesma coisa.
Procure o positivo e amplie-o! Peça a Deus para
colocar coisas em seu coração que você possa falar
aos outros que os encorajarão. Por exemplo, se
você olhar para alguém que está vestindo roxo e
pensar: “Você realmente fica ótimo com essa cor”,
por que não abrir a boca e dizer isso? Eles não
podem ler sua mente, mas uma palavra no devido
tempo, ou na hora certa, é maravilhosa.
Às vezes, uma única palavra pode fazer toda a
diferença. Robert Schuller conta a história de um
banqueiro que sempre jogava uma moeda na
xícara de um mendigo sem pernas que estava
sentado na rua em frente ao banco. Mas, ao
contrário da maioria das pessoas, o banqueiro
sempre insistia em pegar um dos lápis que o
homem tinha ao lado. “Você é um comerciante”,
dizia o banqueiro, “e eu

sempre espere receber um bom valor dos


comerciantes com os quais faço negócios. ” Um dia
o homem sem pernas não estava na calçada. O
tempo foi passando e o banqueiro se esqueceu
dele, até que ele entrou em um prédio público e lá
no estande de concessões estava sentado o ex-
mendigo. Ele era obviamente o dono de seu
próprio pequeno negócio agora. “Sempre tive
esperança de que você pudesse aparecer algum
dia”, disse o homem. “Você é amplamente
responsável por eu estar aqui. Você ficava me
dizendo que eu era um 'comerciante'. Comecei a
pensar em mim mesmo assim, em vez de um
mendigo recebendo presentes. Comecei a vender
lápis - muitos deles. Você me deu respeito próprio,
me fez olhar para mim de forma diferente. ”

Um homem tem alegria em dar uma


resposta adequada e uma palavra dita no
momento certo - como é bom! Provérbios
15:23
Algumas pessoas são talentosas como
encorajadoras, e isso parece vir naturalmente para
elas. São pessoas incríveis que fazem com que
todos se sintam bem sempre que estão por perto.
Eu não era naturalmente dotado para isso, mas
treinei-me para ser assim. Tenho que trabalhar um
pouco mais duro e talvez você também, mas
podemos fazê-lo. Podemos não ser todos
encorajadores naturalmente dotados, mas todos
recebemos a ordem de Deus para encorajar os
outros e, se isso não for o suficiente, também
devemos não desencorajá-los por meio de censuras
e críticas.
Podemos ver quanta importância o apóstolo
Paulo deu ao encorajamento mútuo pelo que
escreveu à Igreja de Tessalônica. Ele estava ciente
da dificuldade dos tempos em que viviam e sabia
que muitos desistiriam e não terminariam sua
jornada de fé se não tivessem

encorajamento.
Portanto, encorajem (admoestem,
exortem) uns aos outros e edifiquem
(fortaleçam e eduquem) uns aos outros,
assim como vocês estão fazendo. 1
Tessalonicenses 5:11
Estimule os tímidos e tímidos, ajude e
apoie as almas fracas, [e] seja muito
paciente com todos [sempre controlando a
paciência]. 1 Tessalonicenses 5: 14b
Vamos nos lembrar de seguir seu conselho.

O Espírito Santo é um encorajador

Obviamente, Deus sabe quão importante é o


encorajamento porque Ele nos enviou um
Consolador e Encorajador Divino quando enviou o
Espírito Santo. Ninguém é tão bom em encorajar
quanto Ele, e é somente porque O temos em nossas
vidas que podemos ter sucesso mesmo quando não
temos um agente humano para nos encorajar. O
Espírito Santo é o Parakletos , palavra grega para
aquele que caminha ao nosso lado, ajudando,
encorajando, edificando, edificando e confortando.
Jesus disse que quando Ele fosse embora, Ele
enviaria outro Consolador, e Ele enviou o Espírito
Santo.

De acordo com as escrituras, Deus é a fonte de


todo conforto e encorajamento. Eu acredito que Ele
quer trabalhar por meio de pessoas para prover
este ministério incrível, mas felizmente Ele nos
envia Seu Espírito mesmo quando as pessoas
falham.

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus

Cristo, o Pai da simpatia (piedade e


misericórdia) e o Deus [que é a fonte] de
todo conforto (consolo e encorajamento),
Quem nos conforta (consola e encoraja)
em todos os problemas (calamidades e
aflições), para que possamos também
confortar (consolar e encorajar) aqueles
que se encontram em qualquer tipo de
problema ou angústia, com o conforto
(consolo e encorajamento) com o qual nós
mesmos somos consolados (consolados e
encorajados) por Deus. 2 Coríntios 1: 3-4

Nos primeiros dias deste ministério, embora


não tivesse muito encorajamento das pessoas,
recebi coragem para prosseguir com o Espírito
Santo. Eu experimentei Seu conforto e isso me
ajudou a desenvolver um relacionamento de
intimidade com Ele! Não se desespere se não
conseguir das pessoas o que precisa, mas vá a Deus
e Ele sempre será mais do que suficiente em todas
as situações. Na verdade, acredito que há
momentos em que Deus não permitirá que as
pessoas atendam às nossas necessidades
simplesmente porque Ele mesmo deseja ministrar
a nós.
Deus nos consola em nossos momentos de
necessidade para que possamos consolar outros
nos deles. Deus sempre espera que doemos o que
Ele nos dá. Esta é uma lei espiritual e é a maneira
de manter um fluxo constante de tudo o que
precisamos entrando em nossas vidas. Deus
primeiro nos dá e Sua Palavra diz que devemos
dar e nos será dado em abundância (ver Lucas
6:38). Nunca podemos dar mais do que Deus.
Quanto mais encorajamos os outros, mais
encorajados seremos nós mesmos. Se apenas
recebermos o conforto de Deus em nosso tempo de
necessidade, mas não nos incomodarmos em
encorajar os outros, logo descobriremos que nossa
fonte de
o conforto não flui mais quando precisamos dele.
Uma atitude severa para com outras pessoas fecha
a porta à misericórdia de que precisamos.

Não deixe seus próprios problemas


atrapalharem seu caminho

Pessoas verdadeiramente importantes têm a


capacidade de não permitir que suas próprias
necessidades legítimas as impeçam de ser uma
bênção para os necessitados. Aqui está uma
história que mostra meu ponto:
Dois homens, ambos gravemente enfermos,
ocupavam o mesmo quarto de hospital. Um
homem podia ficar sentado em sua cama por
uma hora todas as tardes para ajudar a drenar o
fluido de seus pulmões. Sua cama ficava ao lado
da única janela do quarto. O outro homem teve
que passar o tempo todo deitado de costas.
Os homens conversaram por horas a fio. Eles
falaram de suas esposas e famílias, suas casas, seus
empregos, seu envolvimento no serviço militar,
onde estiveram de férias. E todas as tardes, quando
o homem na cama perto da janela podia se sentar,
ele passava o tempo descrevendo ao colega de
quarto todas as coisas que ele podia ver fora da
janela.
O homem na outra cama começou a viver por
aqueles períodos de uma hora em que seu mundo
seria ampliado e animado por toda a atividade e
cor do mundo exterior.
A janela dava para um parque com um lindo
lago. Patos e cisnes brincavam na água enquanto
as crianças navegavam em seus modelos de
barcos. Jovens amantes caminhavam de braços
dados em meio a flores de todas as cores do arco-
íris. Grandes árvores antigas enfeitavam a
paisagem e uma bela vista do horizonte da cidade
podia ser vista à distância.
Como o homem na janela descreveu tudo isso de
forma requintada

detalhe, o homem do outro lado da sala fechava os


olhos e imaginava a cena pitoresca. Numa tarde
quente, o homem perto da janela descreveu um
desfile que passava. Embora o outro homem não
pudesse ouvir a banda, ele podia ver em sua mente
enquanto o cavalheiro perto da janela a retratava
com palavras descritivas.

Dias e semanas se passaram. Certa manhã, a


enfermeira diurna chegou para trazer água para
seus banhos e encontrou o corpo sem vida do
homem perto da janela, que morrera
pacificamente durante o sono. Ela ficou triste e
chamou os atendentes do hospital para levarem o
corpo embora. Assim que pareceu apropriado, o
outro homem perguntou se ele poderia ser movido
para perto da janela. A enfermeira ficou feliz em
fazer a troca e, depois de se certificar de que ele
estava confortável, ela o deixou sozinho.
Lentamente, dolorosamente, ele se apoiou em
um cotovelo para dar sua primeira olhada no
mundo lá fora. Finalmente, ele teria a alegria de
ver por si mesmo. Ele se esforçou para se virar
lentamente para olhar pela janela ao lado da
cama. Ele enfrentou uma parede em branco. O
homem perguntou à enfermeira o que poderia ter
motivado seu falecido colega de quarto, que havia
descrito coisas tão maravilhosas fora desta janela.
A enfermeira respondeu que o homem era cego e
não conseguia nem ver a parede. Ela disse: “Talvez
ele só quisesse encorajá-lo”.
O cego definitivamente cumpriu a escritura que diz:

Que cada um de nós tenha por hábito


agradar (alegrar) o próximo para o seu
bem e verdadeiro bem-estar, edificá-lo
[para fortalecê-lo e edificá-lo
espiritualmente]. Romanos 15: 2

Para quem está se perguntando qual é o


propósito de sua vida, não se pergunte mais. Não
podemos encontrar um propósito maior do que
nos unir ao Espírito Santo em Seu ministério de
conforto e encorajamento.

CAPÍTULO

15

O amor escuta e fala

Podemos e devemos formar o hábito de amar as


pessoas com nossas palavras, mas antes que
possamos fazer isso de maneira adequada,
precisamos aprender a ouvi-las verdadeiramente.
Ouvir não é o mesmo que ouvir, ou pelo menos
podemos dizer que ouvir de verdade é um nível
mais profundo de ouvir. Parte da definição de
ouvir no Dicionário da Bíblia Vine é “ouvir e estar
ouvindo ou ouvir completamente”. Podemos ver a
partir disso que só porque ouvimos a voz de
alguém, e mesmo se entendemos as palavras que
são faladas, isso não significa que estamos
realmente ouvindo com um ouvido atento.
Devo admitir agora que essa é uma área que
preciso melhorar. Provavelmente ainda gosto mais
de falar do que de ouvir, mas estou crescendo!
Acho que fico impaciente com pessoas que me dão
muitos detalhes quando me contam coisas. Eu só
quero o resultado final, mas ainda preciso ouvir os
outros com respeito, porque todos nos
comunicamos com base em nossas próprias
personalidades. Precisamos de pessoas com
personalidades detalhadas, porque perderíamos
muito na vida e cometeríamos muitos erros se
essas pessoas maravilhosas não existissem. Deus
coloca diferentes dons e habilidades em cada um
de nós, e devemos aprender a valorizar cada
pessoa e sua singularidade.
Dave é mais detalhado do que eu, então,
quando ele me conta histórias sobre coisas que
viu ou ouviu, ele leva mais tempo do que eu
levaria para contá-las. Alguns dos detalhes que
ele gosta de compartilhar podem não parecer
importantes para mim, mas eles são obviamente
importantes para ele, e parte do amor é ouvir

respeitosamente. Portanto, agora que confessei


minha fraqueza, prosseguirei e veremos juntos o
que podemos aprender.

Escuta activa

Jesus disse que se o amarmos, iremos obedecê-lo.


Mas não podemos obedecê-Lo se não ouvirmos o
que Ele quer nos dizer. O modo como ouvimos o
ensino da Bíblia determina o que obtemos com ele.
A Bíblia diz que a medida de pensamento e
estudo que damos à verdade que ouvimos é a
medida de virtude e conhecimento que dela
receberemos (ver Marcos 4:24).
Podemos ouvir o que está sendo dito sem
realmente ouvir o que está sendo dito. A maioria
das pessoas não consegue dizer o que ouviu na
igreja quatro horas depois de lá estarem. Eles
pensaram que ouviram, mas era apenas uma
escuta superficial. É bom tomar notas quando
estiver ouvindo algo que não quer esquecer. Pense
no que você ouviu; pondere. Quanto mais você faz,
mais você colhe. Por exemplo, posso ouvir um
sermão sobre o amor sacrificial e como é
importante sacrificar meus próprios desejos para
ajudar os outros, mas o que isso realmente
significa? Se eu não pensar sobre isso, posso
entendê-lo mal ou não entender o suficiente para
me fazer tomar qualquer medida. Sentei-me no
prédio, ouvi as palavras, mas realmente não ouvi a
mensagem se ela não me move à ação.

Se eu passar um tempo pensando nisso,


perceberei que sacrificar não significa que seja
errado fazer as coisas por mim mesmo, ou as
coisas que eu gosto. Significa que não posso viver
exclusivamente para mim e esperar sempre
conseguir o que quero. Sacrificar pelos outros
significa que haverá momentos em que o Espírito
Santo

incita-me a usar meu tempo e dinheiro que


planejei e usá-los em benefício de alguém
necessitado. Em nossa sociedade cristã, muitas
vezes somos educados muito além do nosso nível
de obediência, e acho que é porque não ouvimos
profundamente o que ouvimos. Ouvimos a
superfície do que está sendo dito, mas não a
profundidade. Portanto, embora possamos ouvir a
mesma coisa continuamente, isso nunca muda
nosso comportamento.
Acho que também ouvimos as pessoas assim
quando falam conosco, e é por isso que muitas
vezes não percebemos que estamos na presença
de uma pessoa sofrendo e muito necessitada.
Infelizmente, ouvimos o som de suas palavras,
mas realmente não ouvimos.
Quantas vezes um homem ou uma mulher
tentou dizer a seu cônjuge que eles estão
insatisfeitos, solitários e infelizes apenas para
serem ignorados ou ouvirem que a maneira como
se sentem é boba? Com muita frequência, a
situação piora e o parceiro infeliz fica tentado a
obter de outra pessoa o que deveria receber no
casamento. No final das contas, o casal se divorcia
e muitas pessoas se machucam. O parceiro que não
ouviu balança a cabeça em descrença, dizendo:
“Não sei o que aconteceu”. Mas o que aconteceu
pode ser que eles não conseguiram ouvir. Se eles
tivessem ouvido, poderiam ter dito: “Fale mais,
porque quero saber como você se sente e quero
atender às suas necessidades legítimas”.

Ou talvez um empregador tenha dito a um


empregado que ela não está satisfeita com seu
desempenho no trabalho, ou que seu atraso não
será tolerado por longo prazo, mas o empregado
realmente não escuta. A funcionária ouviu a
chefe, mas não levou a sério o que ela disse. Então
ele fica chocado quando perde o emprego.
Lembro-me de um homem que perdeu sua posição
em nosso ministério e disse: "Se você não estava
satisfeito com o meu desempenho, por que não

Avise-se me? Eu deveria ter sido avisado que


corria o risco de perder meu emprego. ” Mas
tínhamos conversado com ele várias vezes, e isso
estava até documentado em seu arquivo do
trabalho. Ele ouviu, mas realmente não ouviu.
Devemos criar o hábito de ouvir
verdadeiramente. Em primeiro lugar, devemos
ouvir a Deus. Se o fizermos, isso nos poupará
muitos problemas e constrangimentos na vida.
Lembro-me de nosso filho David dizendo há
alguns anos: “Mamãe e papai, posso dizer
honestamente que toda vez que você tem que me
corrigir sobre algo no trabalho ou uma atitude
ruim que estou tendo, Deus já tentou me dizer
várias vezes o que você acabou de me dizer.
Ficarei feliz quando aprender a ouvi-Lo, para não
ter que continuar passando pela dor e vergonha de
ser corrigido por você. ” Tenho certeza de que
todos podemos nos identificar com isso, porque a
mesma coisa já aconteceu conosco. Se ouvirmos a
Deus, Ele sempre nos guiará no caminho que
devemos seguir. A Bíblia diz que a sabedoria
clama nas ruas, mas ninguém escuta.

Podemos amar a Deus dizendo: “Sim,


Senhor”, a todas as Suas instruções, mas
primeiro devemos realmente ouvir.

Escute a si mesmo

Ouvir a nós mesmos pode ser uma grande


educação. A Bíblia nos ensina que o que dizemos
vem de nosso coração; portanto, podemos
aprender muito sobre as coisas mais profundas
em nós ouvindo. Se aprendermos mais sobre nós
mesmos e estivermos dispostos a enfrentar a
verdade, poderemos nos amar o suficiente para
mudar. Se você está disposto a disciplinar-se para
mudar, está demonstrando amor a si mesmo, a
Deus e às outras pessoas. Disciplinar-se para ser o
melhor que pode ser é demonstrar amor

atitude em relação a si mesmo e isso é uma coisa


boa. Deus deseja que amemos a nós mesmos de
maneira adequada porque somos Sua criação.
AB Simpson disse em seu livro O Amor Gentil
do Espírito Santo : “A temperança é o verdadeiro
amor-próprio e a consideração adequada por
nossos próprios interesses reais, que é tanto o
dever do amor quanto o respeito pelos interesses
dos outros”. Quero ter certeza de que você não
perderá esse belo ponto. Disciplinar-se para ser
tudo o que você pode ser é mostrar amor genuíno
por si mesmo e é tão importante quanto mostrar
amor pelas outras pessoas.
Se você se ouve dizendo o tempo todo que está
cansado, talvez deva se ouvir e descansar um
pouco. Se você frequentemente se ouve dizer que
está estressado porque sua agenda está muito
ocupada, talvez deva fazer mudanças saudáveis
em sua agenda. Se sabemos o que está errado em
nossas vidas e continuamos a ignorá-lo, então não
estamos demonstrando o amor adequado por nós
mesmos. Serei ousado e direi que se não nos
amamos de maneira equilibrada, então realmente
não amamos a Deus tão completamente como
deveríamos, porque Ele ordena. Devemos amá-Lo
primeiro e depois amar nosso próximo como
amamos a nós mesmos. Um bom relacionamento
com Deus, conosco e com o próximo é necessário
para estarmos em plena obediência a Deus.

Devemos também criar o hábito de ouvir o que


dizemos sobre nós mesmos. Não faça comentários
depreciativos sobre você. Não diga coisas como
"Eu sou estúpido" ou "Eu nunca faço nada certo"
ou "Eu sou um fracasso". Estive recentemente com
alguém que perdeu a carteira e ele deve ter dito
dez vezes: "Sou tão estúpido!" Continuei dizendo:
"Não, você não é estúpido, você apenas cometeu
um erro." Lembro-me de estar no campo de golfe
com Dave e ouvir um homem em seu grupo se
chamar de "idiota" a cada

vez que ele deu um tiro que não gostou. Pensei:


“Gostaria que este homem soubesse o dano que
está causando à sua autoimagem com suas
próprias palavras”.
Somos ensinados na Palavra de Deus a não ter
uma opinião mais elevada de nós mesmos do que
devíamos e a não pensar que somos melhores do
que as outras pessoas, mas também não somos
ensinados a ter uma opinião negativa de nós
mesmos. Mais uma vez, deixe-me dizer que
devemos nos valorizar porque fomos criados à
imagem de Deus. O que você diz sobre você é uma
das questões mais importantes da sua vida. Acho
que mencionei anteriormente que está
cientificamente comprovado que acreditamos
mais no que nos ouvimos dizer do que no que
qualquer outra pessoa nos diz, portanto, tome
cuidado com o que você diz a si mesmo, a seu
respeito!

O que as pessoas realmente dizem quando falam?

Tenho certeza que você já ouviu a declaração


“Tentei ler nas entrelinhas”. As pessoas dizem isso
quando estão conversando com alguém que
sentem que está tentando lhes dizer algo
secretamente. Em outras palavras, a pessoa não
está sendo direta, mas espera que a ouçamos de
qualquer maneira.
A maioria de nós costuma perguntar aos
outros: "Como você está hoje?" Às vezes é apenas
um hábito educado, e realmente nem nos
importamos como a pessoa é. Mas, se nos
importamos, devemos aprender a ler nas
entrelinhas. Se eu pergunto a alguém como ela está
e ela responde com uma voz fraca: "Tudo bem", ela
está realmente me dizendo que algo está errado.
Ela está tendo um dia difícil, um ano difícil ou uma
vida difícil, e é uma oportunidade para eu amá-la
com minhas palavras. Porque eu realmente ouvi,
posso perceber que essa pessoa está sofrendo de
alguma forma, e posso me perguntar: “Como posso

Eu a encorajo? ”
Se eu fizer isso, não demorará muito para que
Deus coloque algo em meu coração para
perguntar ou dizer que mostra que me importo
com ela. Como eu disse antes, nem precisamos
conhecer bem as pessoas para fazer isso. Posso
dizer a um balconista ou funcionário: “Sei que
você trabalha aqui há muito tempo e quero que
saiba que percebi que você faz um trabalho
muito bom” ou “Obrigado por me ajudar”. Isso
pode fazer uma grande diferença para a pessoa
que está cansada e cansada.
Às vezes, perguntamos às pessoas como elas
são e elas são honestas e nos dizem, mas não
queremos perder tempo para realmente ouvir sua
triste história, então dizemos algo que não significa
nada para elas, e então corremos para o nosso
próximo encontro em vida. Você já disse a alguém
como você realmente estava quando ele perguntou
e o viu se encolher - ou dizer: “Que pena” e mudar
de assunto o mais rápido possível? Você já foi a
pessoa do outro lado dessa troca?

Uma mulher de negócios de sucesso


compartilhou recentemente a história da lição
mais importante que ela aprendeu na escola.
Durante uma aula de economia, seu professor
disse a seus alunos para guardarem seus cadernos;
ele estava dando a eles um "teste surpresa". Ela era
uma boa aluna e havia passado rapidamente pelas
perguntas até ler a última: “Qual é o primeiro
nome da mulher que limpa a escola?” Certamente
isso era algum tipo de piada, ela pensou.

Ela tinha visto a faxineira várias vezes. Ela era


alta, tinha cabelos escuros e estava na casa dos
cinquenta anos. Mas como a aluna saberia seu
nome? Ela entregou seu papel, deixando a última
pergunta em branco. Pouco antes de a aula
terminar, um aluno perguntou se a última
pergunta contaria para a nota do questionário.

“Com certeza”, disse o professor. “Em suas


carreiras, você conhecerá muitas pessoas. Todos
são significativos. Eles merecem sua atenção e
cuidado, mesmo que tudo o que você faça seja
sorrir e dizer 'alô'. ”A empresária diz:“ Nunca
esqueci essa lição. Também descobri que o nome
dela era Dorothy. ”
Jesus parou para as pessoas o tempo todo. Ele
tinha uma programação, um plano e um propósito
como nós, mas sempre tinha tempo para as
pessoas, especialmente se estivessem sofrendo. Ele
parou por causa de um cego, um homem aleijado,
a mulher com fluxo de sangue, a mãe cujo filho
havia morrido, um oficial do exército cujo servo
estava doente, o pai cuja filha estava morrendo,
filhos pequenos e qualquer outra pessoa que
tivesse um necessidade. Quando Jesus encontrou o
homem que estava deitado no tanque de Betesda
esperando por um milagre, perguntou-lhe há
quanto tempo ele estava deitado aleijado. Acho que
Ele fez essa pergunta apenas para mostrar cuidado
e compaixão. Ele já sabia que poderia curar o
homem, mas estava interessado o suficiente para
querer saber mais sobre ele.
Você já se pegou sem fazer perguntas às
pessoas porque não quer perder tempo ouvindo
suas respostas? Eu sei que parece terrível, mas se
admitirmos, provavelmente todos nos sentimos
assim às vezes. Ficamos tão envolvidos com o
que fazemos que perdemos oportunidades de
ouvir e amar os outros todos os dias.
Palavras são poderosas. Todos devemos
assumir o compromisso de usar nossas palavras
para amar as pessoas e edificá-las. Mas não se
esqueça de que primeiro devemos aprender a
ouvir verdadeiramente. Todos os dias, quando
saímos de nossas casas, entramos em uma
sociedade que está se afogando em tragédias. Deus
nos deu a capacidade de ajudar outros. Ele nos
deu palavras e, se as usarmos corretamente,
podem mudar nossa vida.

CAPÍTULO

16

Não deixe o diabo falar através de você

Você pode ter ficado tentado a simplesmente


pular este capítulo, pensando: “Certamente não
sou eu. Eu não deixo o diabo falar através de
mim! ” Em caso afirmativo, entendo como você
pode se sentir, mas continue lendo para o caso
de haver algo aqui para você aprender.

Se permitirmos que o diabo fale através de


nós, estaremos de certa forma falando
"trabalhando para ele". Por exemplo, ele é referido
como "o acusador dos irmãos". Isso significa que
ele continuamente traz acusações contra os filhos
de Deus, tentando acusá-los a Deus, para fazê-los
sentir-se culpados e condenados, e até mesmo
fazer com que outros tenham pensamentos
acusadores sobre eles. Se permitirmos que esse
espírito acusador trabalhe através de nós, então
facilmente e rapidamente encontraremos defeitos
em muitas pessoas e coisas. O diabo também nos
acusa a nós mesmos. Ele coloca pensamentos
acusadores em nossas mentes ou traz acusações de
outras pessoas. A Bíblia diz que nós o vencemos
pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do nosso
testemunho (ver Apocalipse 12: 10-11). Se
conhecermos a verdade da Palavra de Deus e
agirmos de acordo com ela, podemos derrotar o
diabo!

O diabo aumenta as falhas - nossas e de outras


pessoas. A menos que realmente ouçamos a Deus,
vamos nos concentrar apenas nas falhas e deixar
de ver o que há de bom em nós mesmos ou nas
outras pessoas. Satanás e qualquer pessoa
influenciada por ele sempre se concentra no que
está errado e o expande fora de proporção, de
modo que parece ainda maior e pior do que
realmente é.

Expulse o localizador de falhas

O diabo é o culpado, e se nos concentrarmos


apenas no que está errado na vida e conosco e com
as outras pessoas, estaremos tirando nossa
natureza dele. Porém, Deus nos deu uma nova
natureza se formos verdadeiramente Seus filhos e
devemos aprender a funcionar com a parte
renovada de nosso ser. A Bíblia diz que devemos
despir o velho homem e colocar o novo homem
que foi recriado em Jesus Cristo (ver Efésios
4: 22–24). Colocar e colocar fora são frases que
exigem que façamos ações que muitas vezes vão
além de como nos sentimos. Se vamos operar na
nova natureza que Deus nos deu, então teremos
que começar fazendo isso de propósito. À medida
que seguimos a liderança de nosso espírito
renovado e do Espírito Santo que habita em nós,
desenvolveremos novos hábitos, mas isso leva
tempo. Deus opera com base no princípio de
“crescimento gradual”, e isso significa que as coisas
mudam pouco a pouco. Para ver a plenitude do
plano de Deus se realizar, devemos ser pacientes e
aprender a celebrar nosso progresso. Precisamos
reconhecer o quão longe chegamos para alcançar
nossos objetivos, e não apenas ver o quão longe
ainda temos que ir.

Admito que por muitos anos de minha vida fui


definitivamente um culpado e, sendo assim, estava
ajudando o inimigo em sua causa, mas não sabia
disso. Mesmo sendo um cristão, estava deixando o
diabo usar minha boca. Eu ignorava muitos dos
princípios de Deus e, especialmente, a importância
de minhas palavras. Não apenas percebi os
defeitos das pessoas, mas contei a elas e a outras
pessoas tudo sobre elas. Fui um crítico, um
fofoqueiro, um caluniador e um acusador, e não
me orgulho disso, mas tive de admitir para me
livrar disso. Eu quero encorajá-lo a ser honesto
consigo mesmo, embora seja

geralmente muito doloroso para nós fazê-lo. Você é


aquele que percebe facilmente o que há de errado
com tudo e com todos? Ou você está mais
inclinado a ver o que há de bom na vida e nas
pessoas? Se você perceber o que está errado, você
é capaz de raciocinar consigo mesmo e dizer: “Eu
também tenho falhas, e Deus não me chamou para
julgar e condenar, mas para orar e amar as
pessoas”? Ou você não apenas vê o que está
errado, mas fala sobre isso para quem quiser
ouvir?
Não apenas tendemos a falar sobre o que há
de errado com as pessoas, mas também tendemos
a falar sobre o que há de errado no mundo, no
governo, em nossos empregos, bairros etc. Posso
dizer honestamente que a maior parte do que
ouço as pessoas falando é algo que está errado em
algum lugar ou com alguém. É verdade que temos
muito mal no mundo hoje, mas Deus ainda está
trabalhando e Ele é maior do que qualquer coisa
ou qualquer pessoa. Vamos falar sobre tudo de
bom que podemos e contar e relembrar todas as
coisas maravilhosas que Deus fez, fez e está
fazendo. Vamos engrandecer a Deus ao invés das
obras de iniqüidade que vemos ao nosso redor.
Conversas negativas são muito pouco
atraentes para Deus e, na verdade, Ele as odeia.
Felizmente, Ele nos ama incondicionalmente, mas
realmente O entristece quando usamos o poder
das palavras de maneira tão negativa. Ele sabe o
dano que eles causam e quer que nós também
saibamos.

Ao falar dos descrentes, o apóstolo Paulo diz


“eles ficaram cheios (…) de toda espécie de
iniqüidade, iniqüidade, ganância e cobiça, e
malícia. [Eles estavam] cheios de inveja e ciúme,
assassinato, contenda, engano e traição, má
vontade e maneiras cruéis. [Eles eram] mafiosos e
fofoqueiros secretos ”(Romanos 1:29). Se essas são
as características dos incrédulos, então aqueles de
nós que se consideram crentes em Deus e em Seus
filhos

certamente não deve exibir essas características.


Também acho interessante que Paul coloque a
fofoca na mesma lista que assassinato e engano.
Acho que isso deve nos despertar e nos ajudar a
perceber a gravidade desses pecados.

Cuidado com as mulheres

Se você não escrever e assinar, não diga.


—Earl Wilson

Algumas vezes a Bíblia destaca as mulheres,


dizendo-lhes para não fofocarem.

[As] mulheres da mesma forma devem ser


dignas de respeito e sérias, não
fofoqueiras, mas temperantes e
autocontroladas, [totalmente] confiáveis
em todas as coisas.
1 Timóteo 3:11

As mulheres não devem apenas evitar a fofoca,


mas também ser confiáveis. E isso significa que
devemos manter os segredos das pessoas. Claro, a
mesma coisa se aplica aos homens, mas esta
escritura destaca as mulheres. As mulheres são
mais propensas a se tornarem vítimas desses tipos
de “pecados das palavras” do que os homens.
Sinceramente, não consigo imaginar Dave saindo
para um dia de golfe e ele e seus amigos
conversando sobre algumas das coisas sobre as
quais ouço as mulheres falarem. No que diz
respeito a guardar segredos, Dave é muito melhor
nisso do que eu. Por exemplo, se planejamos fazer
algo realmente legal para nossos filhos no Natal,
mal posso esperar para contar a eles, mas Dave
diria: “Espere até o Natal”, e não faria diferença
para ele se o Natal ainda faltasse onze meses .

Provérbios nos fala sobre a mulher virtuosa, e diz:


Ela vê bem como vão as coisas em sua casa,
e o pão da preguiça (fofoca,
descontentamento e autocomiseração) ela
não vai comer. Provérbios 31:27
O apóstolo Paulo enviou instruções a Timóteo
sobre como lidar com as viúvas e quem são as
verdadeiras viúvas. Ele disse que as viúvas mais
jovens não deveriam ser incluídas como alguém
que a igreja proveria; do contrário, podem ficar
entediados e vagar de casa em casa como
preguiçosos e intrometidos, dizendo o que não
devem dizer e falando de coisas que não devem
mencionar (ver 1 Timóteo 5: 11–13). Acho
interessante que Paulo ensine a manter as
mulheres mais jovens ocupadas trabalhando ou
criando família para que não fiquem entediadas e
comecem a fofocar. Esperançosamente, as
mulheres mais velhas ganharam sabedoria e
sabem como usar seu tempo com sabedoria para
fazer boas ações para os outros, mas jovens ou
velhas, o traço da fofoca é definitivamente um
sintoma de imaturidade espiritual.

E quanto aos homens?

O apóstolo Paulo também escreve especificamente


aos homens declarando que um líder não deve ser
um novo convertido, para que sua mente não seja
nublada pelo orgulho e ele caia em um estado
mental estúpido pensando mais alto de si mesmo
do que deveria. Paulo também mencionou que o
novo convertido pode se envolver em calúnias e
cair na armadilha do diabo (ver 1 Timóteo
3: 6–7). Vemos que fofoca e calúnia são assunto do
diabo, e quando permitimos que ele use nossa
boca para isso, caímos em sua armadilha. Nós
também vemos que

esse tipo de comportamento não é adequado para


ninguém em posição de liderança de qualquer
tipo.
Homens ou mulheres que falam demais devem
ficar atentos a fofocas, espalhar boatos e não
guardar segredos. Um fofoqueiro é uma pessoa
muito perigosa. Parece que todos gostamos de
contar uma história e geralmente acrescentamos
um pouco a ela. Quando passar por uma dúzia de
pessoas, pode se tornar uma história perversa e
ímpia que é usada para destruir a reputação e a
vida das pessoas.
Recentemente li um item que quero
compartilhar com você. Chama-se “I Am Fossip” e
é um poderoso lembrete das qualidades da
fofoca.

Eu sou fofoca

Meu nome é fofoca.


Não tenho respeito pela justiça.
Eu mutilo sem matar. Eu quebro
corações e arruíno vidas. Eu sou astuto,
malicioso e ganho forças com
era.
Quanto mais sou citado, mais
acredito. Eu floresço em todos os
níveis da sociedade.
Minhas vítimas estão indefesas.
Eles não podem se proteger contra mim
porque não tenho nome nem rosto.
Para me rastrear é impossível. Quanto
mais você tenta, mais esquivo eu me torno.
Eu não sou amiga de ninguém.
Uma vez que manche uma reputação,
ela nunca mais será a mesma. Eu
derrubo governos e destruo
casamentos. Eu estrago
carreiras e causar noites sem dormir, dores de cabeça
e

indigestão.
Eu gero suspeitas e gero pesar.
Eu faço pessoas inocentes chorarem em
seus travesseiros. Até meu nome sibila.
Chamo-me GOSSIP, fofoca de escritório -
fofoca de loja - fofoca de festa -
fofoca de telefone . Eu faço manchetes e
dores de cabeça. LEMBRE-SE, ao repetir
uma história, pergunte-se: É verdade? É
justo? Isso é necessário? Se não, não repita.
FIQUE QUIETO!

Às vezes, o poder de nenhuma palavra é o


maior de todos! Sir Winston Churchill disse: "Ao
engolir palavras malignas não ditas, ninguém
jamais machucou seu estômago."
Todos nós precisamos ser fortes para resistir
às tentações do diabo de dizer coisas que
machucam e são desnecessárias. Ele adora nos
usar para seu trabalho sujo, mas Deus quer nos
usar para Sua glória. Deus quer usar nossas
palavras para encorajar, mas o diabo quer usá-las
para desencorajar, destruir reputações ou
quebrar o espírito de outra pessoa. Muitas pessoas
ficam com o coração partido por causa das
palavras indelicadas e falsas ditas a elas ou a
respeito delas.
Uma palavra especial de advertência aos pais:
Devemos ter cuidado, como pais, para não ser
muito duros com nossos filhos ou podemos
quebrar seu espírito. Isso significa que a criança
simplesmente desistiria e não teria coragem de
tentar fazer o que é certo. Se encontrarmos muitos
defeitos nas pessoas e nunca encorajarmos, elas
logo ficam oprimidas e sentem que não podem nos
agradar, não importa o que façam. Não faça fofoca
sobre as falhas de seus filhos com ninguém e, se
possível, corrija-os em particular para evitar que
outras pessoas formem uma opinião crítica sobre
eles. Se vocês

tenha filhos adultos, não repita a outro de seus


filhos o que um deles fez para desagradá-lo. A
fofoca dentro da família gera contendas, mas o
amor cobre uma infinidade de pecados.
Sempre que preciso corrigir um funcionário,
sempre digo à pessoa o que ela está fazendo e o
que fez certo, antes de dizer o que está fazendo de
errado. Alguns medicamentos líquidos contêm
açúcar, caso contrário, seriam quase impossíveis
de engolir. As pessoas podem receber ou engolir
nossas correções muito melhor se elas forem
cobertas com um pouco de açúcar. Faça o mesmo
com seus filhos quando precisar corrigi-los. Não
diga a eles o que eles estão fazendo de errado sem
dizer o que eles fazem de certo!
A correção é necessária. Deus corrige e castiga
aqueles a quem ama, mas também os elogia,
abençoa, recompensa e honra. Certifique-se de dar
importância a tudo que seus filhos ou qualquer
outra pessoa sob sua autoridade faz bem, e eles o
amarão e confiarão em você o suficiente para
receber a correção divina de sua parte.

O caluniador

Se a serpente morde antes de ser


encantada, então não adianta chamar um
encantador [e o caluniador não é melhor
do que a cobra sem ferimentos].
Eclesiastes 10:11
Uau! Essa é uma escritura forte, e me faz
perceber como é sério caluniar outra pessoa. De
acordo com o Dicionário da Bíblia de Vine , a
palavra caluniador é diabolos na língua grega. Esta
mesma palavra grega é um dos nomes dados ao
diabo e significa "um acusador, um caluniador ou
caluniador". Um caluniador é alguém que é dado a
encontrar

culpa pelo comportamento e conduta dos outros,


e espalhar insinuações e críticas.
Quando dizemos coisas caluniosas a outras
pessoas, literalmente envenenamos seu espírito e
atitude para com elas. A Bíblia diz que fazemos
deles uma vítima.

As palavras de um difamador ou caluniador


são como petiscos delicados ou palavras de
esporte [para alguns, mas para outros são
como feridas mortais]; e eles descem para
as partes mais íntimas do corpo [ou da
natureza da vítima]. Provérbios 26:22

O exame cuidadoso dessa escritura nos ensina


muito. Em primeiro lugar, o que é esporte ou
diversão para uma pessoa pode ser uma ferida
mortal para outra. Podemos gostar de dar nossas
opiniões negativas sobre as pessoas, mas elas vão
até as partes mais íntimas da "vítima". A pessoa
com quem estamos falando acredita no relato ou,
mesmo que opte por não acreditar, ainda precisa
resistir à suspeita que continua a surgir em sua
mente.
Alguns dias atrás, vi alguém que conhecia em
uma reunião e, alguns segundos depois de
perguntar como ele estava, ele me disse algo que
tinha ouvido que era muito crítico sobre alguém
que nós dois conhecíamos. Era um boato, e a
pessoa que me contava não tinha provas nem
motivos para me contar a história. Eu escutei por
um minuto e então disse: “Não vou acreditar nisso,
a menos que tenha certeza disso”. No entanto, eu
ainda tive a calúnia voltando aos meus
pensamentos algumas vezes e me perguntei: "Isso
pode ser verdade?" A pessoa com quem eu estava
falando é cristã há muito tempo e provavelmente
sabia que era errado contar a história, mas o fez
mesmo assim. A fofoca é um tipo de

terrorismo.

Destruir o bom nome de alguém é cometer


uma espécie de homicídio. Rabino Joseph
Telushkin

Quantas vezes dizemos algo a alguém e


saímos andando sem pensar mais nisso, mas
envenenamos seu ser mais íntimo com nossas
palavras venenosas? A calúnia é um problema
sério, e é hora de todos pararmos de deixar o
diabo usar nossa boca para isso. Esta é
definitivamente uma área em que devemos
aplicar o que é comumente chamado de Regra de
Ouro: "Faça aos outros o que você gostaria que
fizessem a você." Se todos nós parássemos e nos
perguntássemos: “Eu gostaria que alguém falasse
isso sobre mim?” antes de caluniar outro,
provavelmente evitaríamos falar mal dos outros.
Por que a pessoa com quem eu estava falando
disse o que disse, embora eu suspeitasse que ele
sabia que era errado? É porque o que o apóstolo
Tiago disse é absolutamente verdadeiro: “E a
língua é um fogo. [A língua é um] mundo de
maldade posta entre nossos membros,
contaminando e depravando todo o corpo e
incendiando a roda do nascimento (o ciclo da
natureza do homem), sendo ela mesma acesa pelo
inferno ”(Tiago 3: 6).
Devemos lembrar que usar nossas palavras de
uma forma que derrube os outros é uma das mais
fortes tentações que enfrentamos, e não podemos
domar nossa língua sem confiar que Deus nos
convencerá do pecado sempre que começarmos a
dizer algo que não agrada a Ele. Deus fará Sua
parte, mas então devemos nos comprometer a
responder com obediência. Eu estava falando ao
telefone com um amigo esta manhã e fui
questionado sobre uma situação preocupante com
a qual estamos lidando. Conversamos por alguns

minutos e comecei a me sentir emocionalmente


chateado, então eu apenas disse a ela: “É melhor eu
não falar sobre isso, porque tudo que isso faz é me
chatear”. Eu lidei com isso corretamente desta vez,
mas muitas vezes no passado eu teria continuado a
falar, embora estivesse recebendo um lembrete
amoroso do Espírito Santo para parar.
Jesus disse que devemos parar de nos
permitir ficar aborrecidos e perturbados e, em
vez disso, devemos desfrutar da paz que Ele nos
deixou (ver João 14:27). Visto que a paz é a Sua
vontade e a Bíblia nos ensina firmemente a seguir
a paz e deixá-la ser o árbitro em nossas vidas,
decidindo com finalidade todas as coisas que
precisam de decisões, não era tão difícil para mim
perceber que, se eu estivesse me sentindo
chateado, Eu precisava parar de falar. Por que
continuar falando até ficar tão chateado que
poderia ter passado o resto do dia miserável?

O que estávamos discutindo não era uma


situação caluniosa, mas estava me fazendo perder
a paz e eu sabia que precisava parar de falar.
Também experimentei ocasiões em que estava
falando sobre alguém e comecei a perder minha
paz e sabia que precisava parar. Uma das
principais maneiras pelas quais Deus fala conosco
é por meio de Sua paz. Se o tivermos, teremos luz
verde e poderemos prosseguir com nossas ações
atuais. Mas se perdemos essa paz maravilhosa, é
uma luz vermelha e significa PARE.

Calúnia, fofoca, calúnia e crítica são pecados e


não devem ser considerados pecados “aceitáveis”,
como costumam ser. Esse tipo de palavras e
conversas não são aceitáveis para Deus e
prejudicam espiritualmente a nós e às pessoas
com quem falamos.

Como lidar com uma calúnia

É importante para nós sabermos como lidar com


alguém em nossa presença que está caluniando
outra. O que você deve fazer se estiver com um
amigo que começa a fofocar sobre alguém?
Acredite ou não, o conselho pode ser diferente
dependendo se você está com um crente ou
descrente.
Se você estiver com um descrente que não tem
conhecimento de que seu comportamento é errado,
você pode ter que apenas esperar até encontrar
uma boa maneira de sair da conversa sem ser
muito óbvio. Certifique-se de não participar de
nenhuma calúnia ou concordar com isso, mas
corrigir a pessoa pode aliená-la e provavelmente
fechar a porta para qualquer oportunidade futura
que você possa ter de compartilhar sua fé em Deus
com ela. Outra coisa que podemos fazer em uma
situação como essa é tentar gentilmente tornar a
conversa mais positiva, inserindo alguns
comentários bons sobre aquele que está sendo
caluniado.
Se você está com um cristão que sabe melhor,
então ficar sentado de braços cruzados e dizer ou
fazer nada é errado. Você pode dizer algo como:
“Eu realmente não quero falar sobre isso”, ou “Não
acho que seja certo falarmos sobre isso” ou “Há
dois lados em cada história e nós não” não sei o
suficiente para formar uma opinião. ” Paulo
ensinou que devemos corrigir os surpreendidos
pelo pecado ou má conduta com cortesia,
mantendo um olhar atento sobre nós mesmos para
que não caiamos também em pecado (ver Gálatas
6: 1). Freqüentemente, ficamos sentados sem fazer
nada, usando a desculpa de que não queremos
ferir os sentimentos de ninguém. Quando fazemos
isso, não estamos ajudando os outros ou a nós
mesmos. Você não ficaria sentado enquanto um
amigo roubava um banco, ficava? Claro que você
não faria isso, então por que você fica sentado
enquanto um amigo calunia ou fofoca? É apenas
porque esses pecados se tornaram aceitáveis na
sociedade, mas isso não os torna corretos.

A Bíblia nos ensina que nos últimos dias, o mal irá


aumentar. Diz que as pessoas serão amantes de si
mesmas e totalmente centradas em si mesmas. Eles
serão orgulhosos, presunçosos, desrespeitosos,
profanos, caluniadores (falsos acusadores) e
criadores de problemas, levianos na moral,
odiadores do que é bom etc. (ver 2 Timóteo 3: 3).
Estamos no mundo e nem sempre podemos
evitar todas as pessoas que se comportam como
mencionamos, mas devemos evitar nos juntar a
elas. Para ser um bom exemplo para os incrédulos
ou até mesmo para os crentes que estão pecando,
devemos ter cuidado para não fazer o que eles
fazem. Não queremos dar a impressão de que
pensamos que somos melhores do que eles, mas
devemos amorosa, humilde e gentilmente recusar-
nos a nos envolver em conversas e outros
comportamentos que sabemos desagradarem a
Deus.

O apóstolo Paulo disse aos coríntios para não


se associarem com um crente que fosse "culpado
de imoralidade ou ganância" ou "idólatra" ou
"pessoa com língua suja [injuriar, abusar,
injuriar, caluniar]" (1 Coríntios 5:11 ) Parece-me,
depois de estudar este versículo da escritura, que
eu poderia me associar mais facilmente (não de
perto) com um incrédulo fazendo essas coisas do
que alguém que leva o nome de cristão.
Creio que somos obrigados por amor a
lembrar gentilmente a outros cristãos que eles não
devem caluniar, e devemos orar por amigos que
também nos responsabilizarão em áreas de nossa
própria conduta. É constrangedor ter alguém
dizendo: “Você não devia estar falando assim”;
entretanto, geralmente acaba com isso e, com
sorte, ensina uma lição.
Nesse mesmo capítulo, Paulo disse aos
coríntios que não se associassem de perto e
habitualmente com pessoas impuras. Ele disse,
porém, que não poderíamos evitá-los
completamente; de outra forma

teríamos que sair do mundo. Mas então ele disse


para não se associar ou mesmo comer uma
refeição com alguém que afirma ser um cristão
que se entrega a esses comportamentos imorais.
Ao mencionar esses versículos, provavelmente
estou abrindo uma lata de minhocas e quase posso
ouvir suas perguntas agora. Por exemplo: “Joyce,
sou casado com um descrente e ele fofoca o tempo
todo sobre todo mundo. Você está me dizendo para
não me associar a ele? " Acho que a resposta a essa
pergunta é usar sabedoria. Você não pode evitar as
pessoas de sua própria família imediata, mas não
precisa escolher ter uma calúnia como amigo. Você
não precisa se sentar à mesa do almoço todos os
dias, onde todas as pessoas estão caluniando o
chefe. Quando um amigo cristão calunia alguém,
você deve dizer a ela que não quer ouvir, ou que
não vai acreditar sem provas. Não comeríamos
veneno se ele fosse oferecido a nós, então por que
deveríamos nos envolver em algo que Deus nos diz
especificamente que envenenará nossas partes
íntimas?

Vamos escolher falar palavras de vida e não de


morte. Nenhum de nós deve ser culpado de
permitir que o diabo use nossa boca para
prejudicar ou destruir a reputação de outrem. Se
depois de ler este capítulo você perceber que
talvez tenha trabalhado para o diabo emprestando-
lhe sua boca, então renuncie hoje e nunca mais
volte a trabalhar para ele.

CAPÍTULO

17

Você realmente precisa dar sua opinião?

No capítulo anterior, descobrimos um problema


com o qual todos lidamos de uma forma ou de
outra. Ou somos culpados de fofoca, crítica,
calúnia e calúnia, ou lidamos com pessoas que o
são. Sabemos que o diabo é a raiz de todos esses
pecados, mas nosso desejo de dar nossa opinião
também está envolvido. Por que é tão importante
dizermos às pessoas o que pensamos?
Dar uma opinião quando ninguém está
pedindo é uma grande fonte de problemas de
relacionamento e também a causa de muitos dos
“pecados das palavras” que temos discutido.
Temos opiniões sobre o que as pessoas devem
vestir, com quem devem e não devem se casar, que
tipo de casa compram, o carro que dirigem, seu
estilo de cabelo e até mesmo como investem seu
dinheiro. Em nosso orgulho, tendemos a pensar
que todos deveriam fazer o que estamos fazendo
ou faríamos e, quando não o fazem, isso nos leva a
julgá-los, ser críticos, fofocar e possivelmente
caluniá-los. Pense bem - todos esses enormes
problemas vieram de um desejo exagerado de dar
nossa opinião.

Não é da tua conta

Faça disso sua ambição e, definitivamente,


se esforce para viver em silêncio e em paz,
cuidar de seus próprios assuntos e
trabalhar com suas mãos, conforme nós o
encarregamos. 1 Tessalonicenses 4:11

Uma consideração sincera desta escritura revela


várias coisas. Primeiro, viver em paz deve ser
nossa ambição, e teremos que trabalhar para isso.
Quando o escritor de Tessalonicenses diz que
devemos “definitivamente nos esforçar” para viver
em paz e tranquilidade, ele está dizendo que essa
deve ser uma meta que perseguimos com zelo.
Devemos também estar dispostos a fazer todas as
mudanças necessárias para atingir esse objetivo.
Em segundo lugar, se quisermos alcançar a meta
da paz, precisaremos aprender a cuidar de nossos
próprios negócios e, em vez disso, nos dedicar ao
trabalho que somos chamados a fazer. Se você é
uma pessoa que expressa opiniões livremente, mas
está pronto para mudar, então o primeiro passo
para mudar é admitir que é um problema em sua
vida e pedir a Deus que o ajude a mudar.
Minha família inteira é obstinada, inclusive eu,
então conheço em primeira mão o desafio de
cuidar da minha própria vida. Com a ajuda de
Deus e muita contemplação, fiz muito progresso,
mas ainda tenho que me disciplinar para ficar
calado sobre minhas próprias opiniões quando sou
tentado a me envolver em uma situação que
realmente não é da minha conta. Todos nós temos
negócios próprios suficientes para cuidar, sem
precisar nos envolver com o que outras pessoas
não convidam. A Palavra de Deus nos diz para
“não descobrir e não revelar o segredo de outrem”
(Provérbios 25: 9). Somos curiosos e muitas vezes
muito intrometidos e somos tentados a entrar no
negócio de outras pessoas. Simplesmente gostamos
de saber, ou pensamos saber, o que está
acontecendo em todos os lugares, e isso acaba
roubando nossa paz. Você já pesquisou e descobriu
algo e depois desejou não ter? Eu certamente sei
que sim. Embora Deus queira que tenhamos
conhecimento, é o tipo certo de conhecimento que
Ele deseja que tenhamos. Quando se trata de
descobrir os segredos dos outros, podemos aplicar
o ditado “O que não sabemos não pode nos ferir”.
Eu vim para

Percebo que posso evitar muitos dramas em


minha vida ficando fora de coisas que não são da
minha conta. Platão disse: “Os homens sábios
falam porque têm algo a dizer; Tolos falam
porque eles precisam dizer alguma coisa."
Gosto de saber o “porquê” das coisas, então
vamos refletir sobre por que somos tão obstinados.
Acho que nos faz sentir superiores ou importantes
dar nossas opiniões sobre as questões, mas se
formos verdadeiros, também admitiremos que
fazer isso é a causa de muitas discussões. Talvez, se
viermos a conhecer nosso valor em Cristo mais
plenamente, não buscaremos nosso senso de
importância de maneiras ímpias. Um homem ou
mulher sábio ouve mais do que fala, como já
disse - Deus nos deu dois ouvidos e uma boca como
um forte indicador de que devemos ouvir mais do
que falar. Quando falamos o tempo todo,
raramente ouvimos o que os outros estão dizendo,
porque enquanto eles estão falando, estamos
ocupados formando em nossas mentes o que
diremos quando eles pararem de falar. O desejo
exagerado de dizer aos outros o que pensamos e
dar nossa opinião é uma maneira segura de
reconhecer a insegurança em nós ou nos outros.

Uma pessoa segura sabe em que acredita, mas


não precisa contar aos outros, a menos que
alguém esteja realmente interessado. Se lhe
pedem uma opinião e ela encontra resistência,
não precisa “convencer” as pessoas de que está
certo.
Em meus anos de juventude, eu era muito
inseguro e me sentia bastante desanimado quando
as pessoas não concordavam comigo. Achei a
comunicação com meu marido quase impossível e
realmente não entendia por quê. Então Deus me
revelou que, se Dave não concordasse comigo, eu
me sentiria rejeitada e precisava perceber que ele
era livre para ter suas próprias opiniões sem ter
que concordar comigo para que eu me sentisse
bem comigo mesma. Quando ele

não concordei, tentei várias vezes convencê-lo de


que minha opinião estava correta e ele acabou se
sentindo manipulado e controlado. Lembro-me de
dizer uma vez: “Precisamos conversar sobre isso”,
e ele disse: “Joyce, não falamos. Você fala e quer
que eu ouça e concordo com tudo o que você diz. ”
O que ele disse doeu, mas era verdade. A verdade
sobre nós geralmente dói, mas enfrentá-la é o
único caminho para a liberdade.
Eu valorizava minha própria opinião mais do
que a de qualquer outra pessoa e não ouvia com a
mente aberta o que os outros tinham a dizer. A
verdade é que eu não sabia absolutamente nada
sobre as coisas que realmente importavam na
vida, porque não era um estudante da Palavra de
Deus. Eu ia à igreja, mas não conhecia Deus ou
Seu caráter intimamente. O primeiro sinal de que
estamos ganhando sabedoria é quando
descobrimos que não sabemos absolutamente
nada e humildemente pedimos a Deus que comece
a nos ensinar.
Quero acrescentar que, durante aqueles anos
em que fui excessivamente opinativo e
profundamente inseguro, não tive paz. Minha vida
parecia uma frustração sem fim! Foi só depois que
comecei a ansiar e buscar a paz que percebi que
uma das causas da minha falta de paz era me
envolver nos negócios de outras pessoas. Faça um
favor a si mesmo e cuide da sua vida, porque isso
aumentará a sua paz, e um aumento da paz
sempre leva a mais alegria. Ter paz deve ser mais
importante para nós do que qualquer outra coisa,
e devemos estar dispostos a fazer tudo o que for
necessário para tê-la, incluindo guardar nossas
opiniões para nós mesmos e cuidar de nossos
próprios negócios!

Deixe seus filhos crescerem


Uma das áreas mais difíceis de cuidar de nossos
próprios negócios é com nossos filhos adultos.
Estamos tão acostumados a dizer a eles o que
fazer enquanto são crianças que moram em casa
que devemos fazer uma transição
conscientemente para deixá-los viver suas
próprias vidas sem interferência nossa. Dave e eu
temos quatro filhos adultos e passamos muito
tempo com eles, então tenho muitas
oportunidades de praticar cuidar da minha
própria vida. Às vezes sou melhor nisso do que
outras, mas felizmente ainda estou aprendendo e
crescendo o tempo todo.
Recentemente, uma de nossas filhas e o marido
dela compraram uma nova casa e nos oferecemos
para ajudá-los com o custo dos móveis de que
precisariam. Amo brincar com decoração e fiquei
animada por estar envolvida no projeto. Presumi
que ela gostaria de decorar sua casa como a minha,
ou algo parecido com isso, mas ela escolheu ser
totalmente moderna. Nesse ponto, minhas opiniões
começaram a sair da minha boca e rapidamente
percebi que elas não iriam promover a paz. Depois
de algumas rodadas tentando fazer com que ela
gostasse do que eu gostava, lembrei-me de que a
forma como ela decorava não era da minha conta.
Como estávamos ajudando financeiramente com o
projeto, tive que me lembrar algumas vezes de
cuidar da minha vida! Eu tive que lembrar que,
quando damos, devemos fazê-lo sem amarras, ou
do contrário não é um verdadeiro presente, mas
um método secreto de controle. Eu sabia dessas
coisas e as ensino a outras pessoas, mas não
importa o quanto tenhamos aprendido, isso será
testado de tempos em tempos.

Ela pediu minha opinião sobre muitas coisas


relacionadas à decoração, mas também perguntou
a algumas outras pessoas da família, e
rapidamente ficou óbvio que meus outros filhos
poderiam ajudá-la mais do que eu. Seus gostos
eram mais semelhantes

para ela, e isso apenas tornou tudo mais fácil para


mim desfrutar de pagar a conta como uma bênção
total, e ainda não precisar dar minha opinião
inutilmente.
Houve várias áreas que ela recebeu bem e
aceitou meu conselho, mas muitas não, e meu
ponto é que ela tinha todo o direito de fazê-lo.
Quando realmente amamos as pessoas, nós as
deixamos livres para serem elas mesmas e até
aprendemos a admirar o que gostam como um
elogio ao seu bom gosto. Ela não decorou como eu
faria, mas fez um excelente trabalho e sua casa é
adorável. Todo mundo ser diferente é o que torna a
vida interessante, então por que lutamos contra
isso tão furiosamente? Só pode ser por orgulho!
Crescemos muito em nossas relações
familiares e chegamos a um acordo que, se
dermos uma opinião e ela for rejeitada, tudo bem.
Todos nós temos o direito de viver nossas próprias
vidas. Também temos limites e isso é muito
importante. Limites significam que algumas áreas
nem mesmo estão abertas às opiniões de outras, e
nós respeitamos os limites uns dos outros. Alguns
de nossos filhos pedem conselhos mais do que
outros e, quando pedem, nós damos e ficamos
animados que eles peçam, mas mesmo assim eles
nem sempre aceitam nossos conselhos e
aprendemos a não tentar "convencê-los" que
estamos certos.

Se você deseja ter relacionamentos saudáveis


com seus filhos adultos, deve aprender a respeitar
o direito deles de administrar suas próprias vidas
e, mesmo que seu desejo sincero seja “ajudá-los”,
você ainda não pode se intrometer em seus
negócios. Esta é uma das principais maneiras de
permitir que nossos filhos cresçam. Eles têm que
fazer suas próprias escolhas, e às vezes isso
significa seus próprios erros. Não existe professor
melhor do que os erros que cometemos e com os
quais temos que conviver por algum tempo.

Ande com sabedoria e dê sua opinião


apenas quando alguém pedir e depois faça-o
com humildade.

Momento Certo

Já houve um momento em que é certo dar a sua


opinião? A resposta é sim." Nossas opiniões são
frequentemente bem-vindas e podem realmente
ajudar outras pessoas, então há momentos em que
você deve dar sua opinião. Como eu disse, dê sua
opinião com humildade e não tente convencer
ninguém de que você está certo. O próximo
momento aceitável para falar é quando você sabe
sinceramente que a pessoa está se encaminhando
para problemas e que seu único desejo é ajudá-la a
evitá-los.

Digamos que notei um empregado do sexo


masculino casado prestando muita atenção em
outra mulher. Eu orei sobre isso e acredito que
Deus quer que eu fale com ele. Devo agir em
atitude de humildade, mantendo um olho atento
em mim também (ver Gálatas 6: 1), e torná-lo
ciente de como suas ações aparecem para os outros
e, se continuarem, causarão problemas para todos
os envolvidos. . Lembro-me de uma época como
essa, quando a pessoa com quem falei ficou muito
grata e não percebeu que estava sendo lentamente
colocada em uma situação que teria terminado
mal. Ele imediatamente fez alterações e ficou grato
pelo conselho. Já estive envolvido em outros casos
semelhantes em que as pessoas confrontadas
deram uma desculpa após a outra, ficaram muito
na defensiva e ofendidas e acabaram destruindo
suas vidas.

Era minha responsabilidade falar com eles


sobre seu comportamento, mas, nesses casos,
eu não estava apenas dando minha opinião,
mas compartilhando sabedoria divina.

Uma palavra falada no devido tempo pode


ser uma das coisas mais valiosas do mundo, mas
fora do tempo, pode ser muito destrutiva.
Quando nossa opinião é meramente “nossa
opinião”, ela não tem muito valor, mas se for
baseada na sabedoria de Deus, torna-se outra
coisa completamente.

Fique dentro da sua esfera de influência

Muitas vezes as pessoas pedem meu conselho por


causa da posição de influência que Deus me deu.
Todos nós temos uma esfera de influência, uma
área sobre a qual Deus nos deu alguma
autoridade. Tenho autoridade sobre coisas
relacionadas aos Ministérios Joyce Meyer, mas
Deus me ensinou que não sou o chefe em casa.
Posso ser procurada para obter conselhos e
frequentemente pedir minha opinião no trabalho,
mas em casa sou a esposa de Dave, e nessa esfera
ele ocupa a posição de autoridade máxima e deve
ser tratado com respeito e admiração. Não preciso
dar a ele minha opinião sobre cada movimento
seu, porque isso o faz sentir que não confio nele e
valorizo sua capacidade de ser o líder em nossa
família.
Mesmo no escritório, há áreas pelas quais sou
responsável e áreas pelas quais Dave é
responsável. Por exemplo, ele sempre cuidou das
finanças do ministério e toma as decisões finais
relativas ao nosso ministério na televisão e no
rádio. Sou responsável por escrever, ensinar,
pregar e certas áreas de liderança no escritório.
Nós dois conhecemos nossa esfera de influência e
mostramos respeito um pelo outro na deles.
Você pode ter uma posição de autoridade no
trabalho, mas não tente levar essa autoridade a
uma esfera onde Deus não lhe deu autoridade.
Devemos saber como assumir autoridade

quando for apropriado e como aceitar a


autoridade de outra pessoa quando for
apropriado. Se uma pessoa só sabe como mandar
nos outros, ela é verdadeiramente imatura e
muito orgulhosa.
Você tem autoridade sobre seus filhos, mas não
tem esfera de influência sobre os filhos de outras
pessoas; portanto, sua opinião sobre como eles
criam os filhos não é necessária, nem geralmente
bem-vinda. Temos autoridade sobre nossas
próprias finanças, mas não precisamos dar nossa
opinião sobre como outras pessoas administram as
deles. As pessoas dão sua opinião sobre as coisas
que os outros compram, muitas vezes afirmando
que pensam que a pessoa não tem o que comprar
ou não precisa de um carro novo, uma casa nova
ou mais roupas. Ao julgarmos como pensamos que
os outros desperdiçam seu dinheiro, muitas vezes
estamos desperdiçando áreas para as quais nosso
orgulho nos cega.
Peça a Deus para ajudá-lo a permanecer
dentro de sua esfera de influência e não ir além
das fronteiras ordenadas por Deus , especialmente
quando você não é convidado.

Aumente sua paz

Cada um de nós pode aumentar a nossa paz


simplesmente cuidando da nossa vida e não
dando a nossa opinião quando não é solicitada.
Não temos capacidade de mudar outras pessoas.
Só Deus pode trabalhar no coração de um
indivíduo e fazer mudanças verdadeiras e
duradouras. A melhor política é orar quando
acharmos que vemos algo em outra pessoa que
precisa mudar, mas devemos orar com toda
humildade, lembrando a Deus que estamos cientes
de que temos muitas áreas em nossa própria vida
que também precisam mudar. É fácil para nós ver
o que há de errado com as outras pessoas, mas
muito difícil enfrentar diretamente o nosso

falhas, panes.
Tentei mudar Dave por muitos anos e não fiz
nenhum progresso. Ele se sentiu pressionado a ser
o que eu pensava que deveria ser, e isso estava
prejudicando nosso relacionamento pessoal. Foi
um grande dia quando Deus quebrou meu orgulho
teimoso e me mostrou que eu tinha áreas mais do
que suficientes em minha própria vida para
trabalhar e não precisava trabalhar em mais
ninguém. Podemos cooperar com o Espírito Santo
e deixar que Ele opere uma mudança maravilhosa
em nós, mas como eu disse, não podemos mudar
outras pessoas, então por que perder nosso tempo
tentando? Isso apenas nos frustra, rouba nossa paz
e faz com que aquele que estamos tentando mudar
se sinta rejeitado e rejeitado. Uma oração sincera e
sincera pode realizar mais do que poderíamos
realizar em uma vida inteira com nossa própria
força.
Toda vez que você começar a dizer “Eu acho”,
pare e pergunte a si mesmo se realmente precisa
dizer o que está prestes a dizer. Eu descobri que se
eu fizer isso, muito do que eu pretendia dizer
nunca é falado.

CAPÍTULO

18

Diga algo bom ou não diga nada

Seria um mundo maravilhoso para se viver se


todos seguíssemos a regra de dizer algo bom ou
não dizer nada. Imagine como seriam agradáveis
nossas casas, escolas, empregos, igreja e sociedade
em geral. Acho que seria equivalente a ter a
atmosfera do céu na terra. Tenho certeza de que
ninguém no céu fala uma palavra indelicada ou
ruim! As palavras são recipientes de poder e
afetam a atmosfera em que vivemos. Se uma casa
está cheia de palavras raivosas, amargas, críticas e
ásperas, a própria atmosfera é pesada e opressiva.
Está sobrecarregado de contendas e todas as obras
más. Se um escritório está cheio de fofocas,
atitudes ingratas e descontentamento, isso pode
ser sentido. As pessoas que não conhecem a
Palavra de Deus podem não saber o que sentem,
mas temem entrar na própria atmosfera do lugar,
porque isso as deprime e desencoraja. Eles podem
até ser parte do problema, mas não conseguem
perceber como suas palavras os afetam e a todos
ao seu redor.

Esta história ajudará a demonstrar meu ponto:

Escravos de nossas palavras


Era uma vez um velho espalhando boatos
de que seu jovem vizinho era um ladrão.
Como resultado, o jovem foi preso. Dias
depois, o jovem foi declarado inocente.
Depois que ele foi libertado, ele processou
o

velho por acusá-lo injustamente. No


tribunal, o velho disse ao juiz: “Foram
apenas comentários; eles não foram feitos
para prejudicar ninguém. ” O juiz, antes de
pronunciar a sentença sobre o caso, disse
ao velho: “Escreva tudo o que você disse
sobre ele em um pedaço de papel. Corte-os
e, no caminho para casa, jogue fora os
pedaços de papel. Amanhã, volte para ouvir
a sentença. ”

No dia seguinte, o juiz disse ao velho:


“Antes de receber a sentença, você terá
que sair e recolher todos os papéis que
jogou fora ontem!”
O velho disse: “Não posso fazer isso! O
vento os espalhou e não saberei onde
encontrá-los. ”
O juiz então respondeu: “Da mesma
forma que comentários simples podem
destruir a honra de um homem a tal ponto
que não é possível consertá-la. Se você não
pode falar bem de alguém, então não diga
nada. ”

Sejamos donos de nossas bocas, para não


sermos escravos de nossas palavras!
Há uma regra simples que podemos seguir
para nos guiar em nossa conversa: se for bom,
edificante, salutar e agradável, diga tudo o que
quiser, mas se for mau, negativo, crítico e
reclamante, então não diz. Peça a Deus para
mudar o seu coração para que não haja nem um
indício de querer dizer isso. O que está em nosso
coração acabará saindo de nossa boca, então não
podemos mudar o que dizemos, a menos que
mudemos o que pensamos.
Se nossas palavras estiverem de acordo com
Deus, teremos o que Deus diz que podemos ter e
nos tornaremos o que Ele diz que podemos ser.

O que você andou dizendo? Você está colhendo a


colheita de suas próprias palavras? Você quer ver
uma mudança positiva em sua vida e nas
circunstâncias? Só uma pessoa tola pensa que
pode continuar fazendo a mesma coisa e obter um
resultado diferente, então se você não gosta da
sua colheita atual, mude sua semente. Semente
ruim (palavras) significa colheita ruim, e semente
boa (palavras) significa boa colheita. Quanto mais
coisas boas você fala, mais coisas boas você
experimentará em sua vida.
A palavra bom significa "ser desejado ou
aprovado, agradável e bem-vindo". O desafio de
nunca falar nada pelo resto da minha vida, exceto
o que é bom, parece um pouco opressor, mas
parece que tenho mais fé se penso em fazê-lo um
dia de cada vez. Você assumirá o compromisso
hoje de não dizer nada a menos que seja algo
bom? Quando você cometer erros, não desista,
mas peça o perdão de Deus e prossiga. Assuma o
mesmo compromisso todos os dias.

Até um tolo, quando se cala, é considerado


sábio; quando fecha os lábios, é
considerado um homem de entendimento.
Provérbios 17:28
Assumir o compromisso de falar apenas coisas
boas não significa que não seremos mais tentados.
Posso assegurar-lhe que Satanás o tentará ainda
mais. Ele conhece o poder das palavras, e a simples
ideia de você melhorar as suas é assustador para
ele. Ele só tem o controle sobre nós que damos a
ele com nossas palavras. Se nos disciplinamos para
parar de falar coisas más e negativas, fechamos a
porta da oportunidade que foi anteriormente
aberta para Satanás. Satanás sempre nos tentará a
fazer e dizer o que está errado, mas podemos
resistir a ele. Fala o que deus

diz, e você descobrirá que nenhuma arma forjada


contra você pode prosperar.

Enfrentando a verdade

Mencionei várias vezes neste livro a importância


de encarar a verdade porque é a única maneira de
fazer progresso. Não quero que ninguém apenas
leia este livro e se divirta, mas quero que traga
benefícios que mudem vidas . Peça a Deus para
ajudá-lo a fazer uma avaliação honesta dos tipos de
palavras que você falou no passado. Examinar
onde estamos nos ajudará a chegar onde queremos
estar. Quando dei uma olhada honesta em como
havia falado no passado, não fiquei nada satisfeito
comigo mesmo. Lamentei pela maneira como
desperdicei minhas palavras e pedi a Deus que me
perdoasse. Eu sabia que Deus me amava
incondicionalmente, mas também acredito que Ele
sofreu com o dano que eu estava causando à
minha própria vida por falar palavras maldosas.
Ao procurar a fonte de nossos problemas, muitas
vezes descobrimos que está bem debaixo do nosso
nariz, na nossa boca. Você pode mudar sua vida
mudando suas palavras.

Quanto mais você fala coisas boas, mais teme


estar com pessoas que raramente têm algo bom a
dizer. Comece a ouvir genuinamente a si mesmo e
a outras pessoas conversando e você rapidamente
perceberá que um dos maiores problemas do
mundo é o uso incorreto das palavras. Mas a boa
notícia é que podemos mudar as coisas para o
bem começando a falar apenas o que é bom.

Um coração feliz é um bom remédio

Um coração feliz é um bom remédio e uma


mente alegre cura, mas um espírito
quebrantado seca os ossos. Provérbios
17:22

Imagine como você poderia ficar mais feliz em


um ambiente onde apenas coisas boas são ditas.
Sem reclamar, mas sim palavras de
agradecimento ditas regularmente, e sem fofocas
vãs, palavras críticas ou críticas faladas. Sem
palavras negativas e sem esperança, mas palavras
de esperança, fé e expectativa positiva. Deus é um
grande fã de "bom". Ele é bom, toda a Sua criação
é declarada boa, Ele promete nos fazer o bem
todos os dias de nossas vidas, Ele trabalha o bem
em todas as situações que entregamos a Ele. Jesus
é chamado de “Bom Pastor”. Certamente Ele quer
que digamos algo bom ou não digamos nada.

Podemos aumentar imediatamente nossa


alegria falando palavras certas. Quanto mais eu
pondero, mais fico surpreso por poder
imediatamente aumentar ou diminuir minha
alegria e a alegria dos outros simplesmente
escolhendo dizer coisas boas. Faça um favor a si
mesmo e diga algo bom!
A alegria é vital! Neemias nos diz que nossa
alegria é nossa força. Não é de se admirar que o
diabo trabalhe horas extras tentando fazer tudo o
que puder para diminuir nossa alegria e nos
deixar tristes, deprimidos, desanimados e cheios
de desespero. Não fique sentado e deixe isso
acontecer com você. Lute o bom combate da fé
com palavras cheias de fé que irão liberar alegria
na própria atmosfera em que você está.
A mensagem do Evangelho é referida na Bíblia
como Boas Novas! Jesus veio trazer Boas Novas e
boas novas de grande alegria. Não há nada de
triste em Jesus. Ele veio para destruir as obras do
maligno, para vencer o mal com

Boa. Se Jesus tivesse vindo à terra e falado apenas


sobre Suas circunstâncias e quão ruins elas eram,
e todas as pessoas iníquas e quão ruins elas eram,
quão ruim era o governo, etc., ainda estaríamos
desesperados e perdidos em nossos pecados. Mas
Jesus veio pregando as Boas Novas, a bondade de
Deus e o fruto da bondade. Ele deseja que
estejamos tão comprometidos em encontrar e
magnificar o que há de bom em tudo quanto ele.

Qualquer coisa boa me deixa feliz

Deus é o autor de todo o bem, e o simples


pensamento de qualquer coisa “boa” aumenta
minha alegria. Amo fazer coisas boas para as
pessoas e gosto quando as pessoas fazem coisas
boas para mim. Adoro ouvir bons relatos e
testemunhos, e adoro quando as pessoas me
contam algo bom que ouviram outra pessoa dizer
sobre mim. Tenho certeza de que isso também te
deixa feliz. Por outro lado, pense em como você se
sente ao ouvir que alguém disse algo ruim sobre
você. Coisas ruins nos fazem sentir mal e coisas
boas nos fazem sentir bem, então por que não se
comprometer a fazer e dizer tudo de bom que você
puder?
Amo cheiros bons, tudo o que é bom e bonito
de se ver, e amo o Bom Pastor! Amo a Boa Nova do
Evangelho! Eu amo o bom tempo, bons dias, boas
festas, bons filmes, e de boa aparência roupas!
Acho que devo admitir que sou simplesmente
viciado no bem!

Veja que nenhum de vocês paga outro com


mal por mal, mas sempre apontar para
mostrar bondade e procurar fazer o bem
uns aos outros e para todos. 1
Tessalonicenses 5:15 (ênfase minha)

Quero enfatizar as palavras visar e buscar ,


para chamar a atenção para o fato de que fazer o
bem só é possível quando o procuramos
ativamente. Faça de fazer o bem, ser bom e falar
coisas boas seus objetivos na vida. Se você fizer
isso, poderá esperar mais alegria do que jamais
experimentou.

Deus é bom

Duvido que tenha que convencê-lo de que Deus é


bom, mas caso você alguma vez se pergunte, dê
uma olhada em apenas uma amostra do que a
Bíblia diz sobre ele.
Provai e vede que o Senhor [nosso Deus]
é bom! Bem-aventurado (feliz,
afortunado, invejado) o homem que
confia e nele se refugia. Salmo 34: 8
Pois Vós, Senhor, sois bons e prontos a
perdoar [nossas ofensas, mandando-as
embora, deixando-as ir completamente e
para sempre]. Salmo 86: 5
Agradeça ao Senhor, pois Ele é bom;
pois Sua misericórdia e benevolência
duram para sempre. Salmo 136: 1

Quão grande é a bondade de Deus e quão


grande é Sua beleza. Zacarias 9:17

Se você sente que não experimentou a


bondade de Deus, não O culpe. Pergunte a si
mesmo se suas palavras foram fortes e duras
contra ele. No livro de Malaquias, Deus disse ao
povo para dar o dízimo e trazer ofertas de todo o
seu lucro e que Ele abriria as janelas do céu e
derramaria bênçãos tão grandes que eles não
poderiam contê-las. Porém, não

apenas as pessoas não escolheram fazer o que Deus


os instruiu a fazer em suas ofertas, mas suas
palavras foram fortes e duras contra ele. Isto é o
que eles disseram:

Suas palavras foram fortes e duras contra


mim, diz o Senhor. No entanto, você diz:
O que falamos contra você?
Você disse: É inútil servir a Deus, e de que
adianta guardarmos Suas ordenanças e
andarmos com tristeza e como se
estivéssemos em luto diante do Senhor dos
Exércitos? Malaquias 3: 13-14
Essas pessoas não obedeceram a Deus e então,
tolamente, O culparam pelo resultado que
obtiveram. Eles disseram que não adianta servir a
Deus. Algumas pessoas ainda dizem esse tipo de
coisa quando não obtêm um resultado imediato de
sua obediência. Fé e paciência devem trabalhar
juntas. Enquanto você espera que sua situação
melhore, as palavras que você pronuncia são de
vital importância. Não deixe suas palavras serem
fortes e duras contra Deus. Mesmo quando você
não vê nenhuma evidência disso, continue
dizendo: "Deus é bom, Ele tem um bom plano para
minha vida e algo de bom vai acontecer comigo
hoje!"

Se você foi convencido de que definitivamente


precisa mudar o que diz, deve esperar que levará
tempo para que as boas palavras produzam uma
boa colheita. Não faça o que é certo apenas para
obter o resultado certo. Faça o que é certo porque
é certo e Deus cuidará da sua colheita no
momento certo.
Lembre-se de que o “Bom Livro” nos
apresenta o “Bom Pastor”, que traz as “Boas
Novas”, e nos apresenta a “Boa Vida” que Ele
predestinou para que vivamos. Ele quer

a gente dizer coisas boas e ser bom com todos!


Este princípio simples, mas profundo, pode e
mudará o mundo.
Se você não pode dizer algo bom, então não
diga nada.
CAPÍTULO

19

Palavras gentis

A bondade constante pode realizar muito. À


medida que o sol derrete o gelo, a gentileza
faz com que o mal-entendido, a
desconfiança e a hostilidade evaporem.
—Albert Schweitzer

Gentileza também é bondade, mansidão e


humildade, e é uma demonstração de amor. O
Espírito Santo se manifestou na forma de uma
pomba, que é um pássaro muito manso. O Espírito
Santo é como nossa terna mãe, sempre gentil e
gentil, mesmo em meio a castigo e correção.
A humildade é considerada a principal virtude
e, provavelmente, a mais difícil de se desenvolver.
Uma pessoa humilde é totalmente dependente de
Deus para todas as coisas, e ela nunca se considera
mais altamente do que deveria. Ela não se
considera superior a nenhuma outra pessoa.
Quando uma pessoa tem um coração e uma
atitude humildes, isso sempre transparece na
maneira como ela fala para e sobre as outras
pessoas. Também fica evidente na forma como ela
fala sobre sua própria sorte na vida.
A humildade nunca tem uma atitude de direito
e considera cada pequena bênção imerecida e um
presente de Deus. Portanto, não reclama e
murmura sobre sua vida. Espera pacientemente
que Deus mude quaisquer circunstâncias que
deseje, e confia que Ele dará a força necessária
para suportar tudo o que deve ser suportado com
bom humor.
A Palavra de Deus afirma que a mulher virtuosa tem
"a lei de

bondade ”em sua língua (Provérbios 31:26). Ela fala


gentilmente com todos, e isso só acontece quando
se é manso e humilde, vendo todos como
igualmente importantes. Devo admitir que por
muitos anos não tive uma atitude humilde e nem
fui gentil no modo como falei e sobre os outros. O
orgulho pode ser ouvido em nossas palavras e até
mesmo em nossos tons de voz. O orgulho tem um
É
tom de crítica em muito do que diz. É humilhante e
depreciativo. O amor verdadeiro é bom e entende o
poder da bondade. Madre Teresa disse: “Palavras
amáveis podem ser curtas e fáceis de falar, mas
seus ecos são infinitos”. Quando falamos palavras
de bondade ou fazemos atos de bondade, eles
sempre voltam para nos abençoar. “O homem
misericordioso, bom e generoso se beneficia
[porque suas ações voltam para abençoá-lo]”, diz
Provérbios 11:17.

Palavras de afirmação estão entre as


palavras mais gentis que você pode proferir.
John Trent conta a seguinte história de Mary,
uma menina que era diferente de todas as
outras.
Mary havia crescido sabendo que era
diferente das outras crianças e odiava isso. Ela
nasceu com fenda palatina e teve de suportar as
piadas e os olhares de crianças cruéis que
zombavam dela sem parar por causa de seu lábio
torto, nariz torto e fala distorcida. Com todas as
provocações, Mary cresceu odiando o fato de ser
"diferente". Ela estava convencida de que
ninguém fora de sua família jamais poderia amá
-la - até que ela entrou na classe da Sra. Leonard.
A Sra. Leonard tinha um sorriso caloroso,
rosto redondo e cabelos castanhos brilhantes.
Embora todos em sua classe gostassem dela, Mary
passou a amar a Sra. Leonard. Na década de 1950,
era comum que os professores aplicassem um
teste anual de audição aos filhos. No entanto, no
caso de Maria, além da fenda palatina, ela mal
conseguia

ouvir com um ouvido. Determinada a não deixar


que as outras crianças tivessem outra “diferença”
a apontar, ela colava no teste todos os anos. O
“teste do sussurro” era aplicado quando uma
criança caminhava até a porta da sala de aula,
vira-se de lado, fecha uma orelha com o dedo e
repete algo que o professor sussurra. Mary virou o
ouvido ruim para o professor e fingiu cobrir o
ouvido bom. Ela sabia que os professores
costumavam dizer coisas como "O céu é azul" ou
"De que cor são seus sapatos?" Mas não naquele
dia. Certamente Deus colocou sete palavras na
boca da Sra. Leonard que mudaram a vida de
Maria para sempre. Quando o “teste do sussurro”
veio, Maria ouviu estas palavras: “Eu queria que
você fosse minha garotinha”.

Se alguém lhe pagasse 10 centavos por cada


palavra gentil que você já disse e recebesse 5
centavos de você por cada palavra indelicada,
você seria rico ou pobre?
A bondade paga:
Um dia, Howard Kelly, um menino pobre que
vendia mercadorias de porta em porta para pagar
os estudos, descobriu que só lhe restava um
centavo e estava com fome.
Ele decidiu que pediria uma refeição na
próxima casa. No entanto, ele perdeu a coragem
quando uma adorável jovem abriu a porta. Em
vez de uma refeição, ele pediu um copo d'água.
Ela achou que ele parecia com fome, então
trouxe um copo grande de leite para ele. Ele
bebeu devagar e perguntou: "Quanto eu devo a
você?"
“Você não me deve nada”, respondeu ela.
“Mamãe nos ensinou a nunca aceitar pagamento
por uma gentileza.” Ele disse: "Então, eu
agradeço de coração."
Quando Howard saiu daquela casa, não só se
sentiu mais forte fisicamente, mas também sua fé
em Deus e no homem. Ele
estava pronto para desistir e desistir.
Anos mais tarde, aquela jovem ficou
gravemente doente. Os médicos locais ficaram
perplexos. Eles finalmente a mandaram para a
cidade grande, onde chamaram especialistas para
estudar sua doença rara. O Dr. Howard Kelly foi
chamado para a consulta. Quando ele ouviu o
nome da cidade de onde ela vinha, uma luz
estranha encheu seus olhos.

Imediatamente ele se levantou e desceu o


corredor do hospital até o quarto dela. Ele a
reconheceu imediatamente. Ele voltou para o
consultório determinado a fazer o melhor para
salvar a vida dela. A partir desse dia, ele deu
atenção especial ao caso.
Depois de uma longa luta, a batalha foi
vencida. O Dr. Kelly solicitou ao escritório de
negócios que lhe passasse a conta final para
aprovação. Ele olhou para ela, escreveu algo no
limite e a conta foi enviada para o quarto dela. Ela
estava com medo de abri-lo, pois tinha certeza de
que levaria o resto de sua vida para pagar por
tudo. Finalmente ela olhou, e algo chamou sua
atenção ao ler estas palavras: “Pago integralmente
com um copo de leite”. Assinado: Dr. Howard
Kelly.
Suas palavras gentis, “Você não me deve nada”,
a um jovem necessitado voltaram a ela muitos anos
depois, da mesma maneira. Algumas palavras
amáveis e um ato aleatório de gentileza mudaram
a vida de um jovem, e eles voltaram para salvar
sua vida anos depois e ela não devia nada!

Orgulho é sempre ciumento e fala asperamente

Davi foi ungido pelo profeta Samuel para ser o


futuro rei de Israel, e seus irmãos ficaram com
inveja. O orgulho é sempre ciumento, porque
assume que merece o que

outros sim. Quando o gigante Golias estava


zombando do exército de Israel e nenhum dos
soldados tomou qualquer atitude contra ele, Davi
foi ver a batalha por si mesmo. Ele ficou surpreso
com o fato de que todos ficaram parados
enquanto aquele filisteu incircunciso zombava e
zombava dos exércitos do Deus vivo. Ele
perguntou o que poderia ser feito pelo homem
que derrotou o gigante, e seu irmão Eliabe ficou
furioso.

Ora, Eliabe, seu irmão mais velho, ouviu o


que ele disse aos homens; e a ira de Eliabe
se acendeu contra Davi e ele disse: Por que
você veio aqui? Com quem você deixou
aquelas poucas ovelhas no deserto? Eu
conheço sua presunção e maldade de
coração; pois você desceu para que você
pudesse ver a batalha. 1 Samuel 17:28

A simples visão de Davi irritou Eliabe, e


podemos ouvir claramente seu orgulho em tudo o
que ele diz a Davi. Observe que ele tentou
menosprezar Davi, lembrando-o de que tudo o
que ele fez foi cuidar de algumas ovelhas no
deserto, e quem ele pensava que era para vir entre
os “soldados importantes” e começar a questioná-
los? Então Eliabe acusou Davi dos próprios
pecados que havia em seu coração (presunção e
maldade). O orgulho frequentemente acusa outra
pessoa do que é culpado, mas não consegue ver.
Pessoas orgulhosas estão tão ocupadas julgando e
criticando os outros que são cegadas para sua
própria má conduta por causa de seu orgulho.
Meu pai era um homem duro,
de coração duro e mau. Ele sempre menosprezava
os outros e raramente dizia uma palavra gentil
sobre alguém. Ele nunca foi gentil. Como sempre
fui tratado e falado com severidade, tornei-me
severo em minha própria fala e maneirismos.
Achei essa característica bastante difícil de
superar, mas eu

procurou ardentemente mudá-lo.

Deixe Jesus ser seu exemplo

Tome Meu jugo sobre você e aprenda de


Mim, pois sou gentil (manso) e humilde
(humilde) de coração.
Pois Meu jugo é benéfico (útil,
bom - não duro, duro, afiado ou
pressionando, mas confortável,
gracioso e agradável). Mateus 11: 29-30
Jesus nos convida a ficar perto dele e aprender
como Ele lida com todas as situações da vida. Ele é
gentil, manso e humilde, não rude, duro, afiado ou
exigente. Ele é confortável para se relacionar. Você
está? As pessoas podem ficar à vontade perto de
você ou elas se sentem tensas porque sabem que,
se fizerem qualquer coisa que o desagrade, mesmo
que ligeiramente, elas terão que suportar duras
críticas? Houve um tempo na minha vida em que
criei esse tipo de atmosfera “nervosa” em minha
própria casa. Fui tratado com severidade, e o
próprio tratamento que desprezava era a maneira
como tratava os outros. Estou tão feliz que Deus é
gentil, perdoador, gentil e misericordioso. Sua
gentileza me curou e está disponível para todos
nós.

Está tudo em sua mente

Encarar o orgulho e desenvolver a humildade são


duas das coisas mais importantes em nossa vida,
porque afetam tudo o que fazemos e dizemos. Para
que nossas palavras sejam gentis, precisamos ter
um coração e uma atitude humildes, e isso só vem
de ter uma mente humilde. Podemos
propositalmente pensar em coisas que irão

ajude-nos a nos comportarmos de uma maneira


que agrade a Deus. Eu as chamo de “sessões de
reflexão”. Reserve um tempo para pensar assim:
“Não sou superior a ninguém. Todas as minhas
habilidades são dons de Deus, e nada do que tenho
está separado Dele. Somos todos iguais aos olhos
de Deus e escolho tratar cada pessoa que encontro
com o máximo respeito. Quando falo às pessoas, o
faço com a maior humildade e demonstro
mansidão e gentileza em todos os momentos. A Lei
da Bondade está na minha língua. ”

Pois pela graça (favor imerecido de Deus)


que me foi concedida, advirto a todos entre
vocês a não se estimarem e se considerarem
mais altamente do que deveriam [não para
ter uma opinião exagerada de sua própria
importância], mas para avaliar sua
capacidade como sóbrio julgamento, cada
um de acordo com o grau de fé atribuído
por Deus a ele. Romanos 12: 3

Faça uma reunião consigo mesmo diariamente


e, quanto mais cedo no dia, melhor será. Converse
consigo mesmo, lembrando-se de que você não é
melhor do que ninguém, nem sempre está certo, e
que não tem autoridade para julgar e criticar as
outras pessoas. Só Deus é o juiz de todas as coisas.
Planeje com antecedência para ser gentil com
todas as pessoas que encontrar e ainda mais
quando for uma pessoa ferida que precisa
desesperadamente de bondade e compreensão.

Aprenda a reconhecer o orgulho de si mesmo.


Se você ouvir com atenção, você ouvirá isso sair
em suas palavras quando estiver em seu coração.
Não permita que isso permaneça, mas
propositalmente se mostre humilde e faça o que
você acredita que Jesus faria em cada situação.
A Bíblia diz que devemos nos vestir com

humildade (ver 1 Pedro 5: 5), e creio que isso é algo


que devemos fazer de propósito. Nunca visto
minha roupa de manhã sem pensar no que quero
vestir e como ficará em mim. Então eu o coloquei
de propósito. Vestir-nos de humildade funciona da
mesma maneira. Pense bem e pergunte: Que tipo
de atitude ficará bem em você? Que virtudes
espirituais Deus gostaria de ver você usar hoje? Ele
ficará satisfeito se estivermos revestidos de
orgulho, arrogância, aspereza e dureza? Sabemos
que Ele não faria isso, por isso devemos nos
esforçar, com Sua ajuda, para desenvolver a
virtude da humildade para que nossas palavras
sejam gentis e bondosas.

Seja firme e direto

Quando falo em ser gentil e gentil, isso não nega a


necessidade de firmeza ocasional quando lidamos
com certas pessoas. Há ocasiões em que
precisamos ser firmes com nossos filhos e permitir
que vejam nosso descontentamento com seu
comportamento. Jesus foi certamente franco e
firme quando falou aos fariseus e líderes religiosos
de Sua época sobre suas atitudes críticas e
desamorosas. Ele os chamou de raça de víboras,
tumbas caiadas cheias de ossos de homens mortos
(ver Mateus 3: 7, 23:27). Mal podemos pensar que
Ele fez isso com uma voz doce e suave, mas o
motivo de Seu coração para corrigi-los ainda era
bom e gentil, porque Seu desejo era ajudá-los.
O amor às vezes deve ser duro em suas
escolhas e decisões sobre como lidar com as
pessoas. Por exemplo, muitas vezes é mais difícil
dizer "não" para seus filhos, a quem você ama, do
que seria dizer "sim". No entanto, você sabe que
deve dizer “não” para o bem deles. Se eles
persistirem em seu pedido, você irá

tem que ser firme em sua decisão, e isso


geralmente significa tons de voz firmes. No
entanto, ser firme não significa gritar de raiva,
fazer acusações e relembrar verbalmente tudo o
que eles já fizeram de errado. Seja direto; fique
calmo, firme e decidido, mas tente não deixar que
suas emoções dominem. Quando nos comportamos
emocionalmente, muitas vezes perdemos o
respeito pela pessoa com quem estamos tentando
lidar.

Digo isso por experiência própria porque fiz


tudo errado, principalmente com meu filho mais
velho, e quando ele se tornou adulto, ele me
contou como minhas palavras o faziam sentir e
não era nada de que eu me orgulhava. Gritei e
ameacei com uma punição ultrajante, como “Você
não vai sair desta casa por três meses”, e então
não cumpri. Fiquei emocionado e falei mais com
base nessas emoções do que por sabedoria. Dave,
por outro lado, permaneceu calmo e firme. Ele
explicou o que nosso filho tinha feito de errado,
muitas vezes disse a ele o que a Palavra de Deus
dizia sobre seu comportamento e depois disse a
ele o que aconteceria se ele não mudasse.
Qualquer que seja a punição que Dave tenha
aplicado, era uma promessa, e nosso filho sabia
disso. Comigo, ele sabia que muito do que eu disse
mudaria quando eu me acalmasse, então ele não
prestou atenção em mim.

Ministrar Vida a Outros

Uma língua gentil [com seu poder de cura] é


uma árvore da vida, mas a contrariedade
obstinada quebra o espírito. Provérbios 15: 4
Acho que todos devemos nos perguntar como
as pessoas se sentem depois que deixam nossa
presença. Eles sentem a vida ou a morte? o

o poder de ambos está na língua, e uma língua


gentil é a árvore da vida. Gentileza pode ser
exibida em palavras e tons de voz. Podemos dizer
as palavras certas, mas o fazemos com um tom de
voz que trai nossos verdadeiros sentimentos.
Quando comecei a desejar ser uma pessoa gentil
que caminhasse com humildade e mansidão,
realmente tentei dizer a coisa certa, mas ainda
frequentemente sentia que havia ofendido as
pessoas. Deus teve que me ensinar que embora
minhas palavras tenham melhorado, a atitude de
meu coração não melhorou, e isso foi revelado em
meu tom de voz. Eu poderia dizer a Dave: "Você
poderia, por favor, desligar as luzes quando sair de
uma sala!" Não há nada de errado com as palavras,
mas se eu estiver sendo sarcástico ou crítico, isso
ainda aparecerá no meu tom de voz e até na minha
linguagem corporal.
Gostaria de dizer que fui naturalmente uma
alma gentil, mas não era, e tive que orar muito e
buscar minha alma enquanto fazia progressos
nessa área. Alguns de vocês podem ser
naturalmente doces e gentis e, se forem, talvez não
saibam o quanto são abençoados. Talvez você
tenha mais dificuldade para ser firme e enfrentar
os problemas quando precisa. Mas se você é mais
como eu e tende a ser duro no trato com as
pessoas, recomendo que comece imediatamente a
orar, estudar e trabalhar com o Espírito Santo para
ter uma língua gentil que seja uma árvore de vida.

Quando você pede a alguém de sua família


imediata para fazer algo, tente não soar como se
você estivesse dando uma ordem. Seja gentil ao
fazer suas perguntas e você terá mais chances de
obter uma resposta favorável. Certa vez, um
simples pedido meu para levar o lixo para fora
parecia uma ordem dada por um sargento do
exército. Aprendi que não é assim que Jesus faz
pedidos, e podemos seguir Seu exemplo com Sua
ajuda, se realmente quisermos.
Quero que todos que encontro se sintam melhor do
que antes de eu

os conheci. Quero ministrar a vida e sei que uma


das principais maneiras de fazê-lo é com minhas
palavras. Use as palavras com cuidado porque são
uma das coisas mais poderosas que Deus lhe deu.
E tome cuidado com os tons de voz, pois eles
revelam o seu coração.
CAPÍTULO

20

Mantendo Sua Palavra

Um dos “pecados da boca” de que Deus me


convenceu foi dizer às pessoas que eu faria algo e
depois não o faria. Quando nos falta integridade,
achamos fácil falar, mas se não temos vontade de
seguir em frente, simplesmente não o fazemos.
Deus sempre cumpre Sua Palavra e espera que
cumpramos a nossa. Isso significa que precisamos
ter muito cuidado com o que dizemos às pessoas
que faremos. Sim, esta é outra área em que
precisamos ter cuidado com o que dizemos.
Conte o custo de tudo antes de se
comprometer verbalmente a fazê-lo. Pense no
que vai demorar, em quanto tempo vai demorar,
o que você já está acontecendo na sua vida e se
adicionar outra coisa vai te estressar.

Ela considera um [novo] campo antes de


comprá-lo ou aceitá-lo [expandindo com
prudência e não negligenciando seus
deveres atuais assumindo outros deveres].
Provérbios 31:16

A mulher sábia não quer apenas evitar o


estresse, mas também manter sua integridade,
então ela pensa seriamente nas coisas antes de
dizer que as fará. Nós nos pouparíamos muitos
problemas na vida se fizéssemos isso.
Um dos maiores problemas que encontramos hoje é
lidar com pessoas que não fazem o que dizem que
farão. Quando construímos nossa casa, era
totalmente ridículo a frequência com que
marcávamos um encontro com um reparador ou
empreiteiro e ele não aparecia nem ligava para
dizer que não viria.

Tínhamos trabalhado em nossa programação


em torno desse compromisso e nos certificamos
de que estávamos em casa para isso. Mas ele
ignorou totalmente seu compromisso.
Já é ruim o suficiente para qualquer um se
comportar dessa maneira, mas quando um cristão
faz isso, para mim é duplamente ruim.
Recentemente, fui questionado sobre o que
considero ser a coisa mais desafiadora em fazer
networking com outras pessoas para alcançar
objetivos maiores. Eu rapidamente disse: “Muitas
pessoas simplesmente não fazem o que dizem que
farão”. Não tenho tempo para esse tipo de
comportamento neste momento da minha vida e só
quero trabalhar com pessoas que tenham
integridade e estejam comprometidas em fazer o
que dizem que farão. Haverá momentos em que
descobriremos que não podemos cumprir uma
obrigação, mas pelo menos precisamos entrar em
contato com a pessoa e dizer uma das duas coisas:
Eu nunca deveria ter dito a você que faria isso. Falei
com emoção e agora descubro que não consigo
prosseguir . Ou explique o que aconteceu para
impedi-lo de manter sua palavra neste momento e
peça para ser desobrigado do compromisso.

Uma Consciência Culpada

É minha opinião que sempre que não cumprimos


nossa palavra, isso pesa muito em nossa
consciência. Podemos ter ficado bons em ignorá-lo,
ou talvez haja muitas coisas que nos fazem sentir
culpados e não somos capazes de distinguir
exatamente qual é a fonte do sentimento. Mas uma
consciência culpada nos impede de ter confiança
diante de Deus. O rei Davi era um homem que
parecia ter grande confiança em seu
relacionamento com Deus e sempre falava de sua
integridade. Considere estas duas escrituras:

Ó, guarda-me, Senhor, e livra-me; não me


deixes envergonhar ou desapontar por
minha confiança e meu refúgio estão em
ti.
Que a integridade e a retidão me
preservem, pois espero e espero por Você.
Salmo 25: 20-21
Vindique-me, ó Senhor, porque tenho
andado na minha integridade; Eu [com
expectativa] confiei, apoiei-me e confiei no
Senhor sem vacilar e não devo escorregar.
Salmo 26: 1

Você notará que Davi esperava ousadamente


que Deus o livrasse de seus inimigos, mencionando
que ele andava com integridade e retidão.
Sabemos que não ganhamos a ajuda de Deus por
meio de nossa própria justiça e que Ele
freqüentemente ajuda aqueles que não a
merecem. Mas Davi era um homem que conhecia a
Palavra de Deus e esperava-se que vivesse de
acordo com ela. Acho interessante que ele
mencionou sua integridade a Deus como uma
razão pela qual ele deveria ser preservado e
libertado. Ele esperava a vindicação de Deus. Ele
não poderia ter feito isso se estivesse com a
consciência pesada.
Quando pecamos, podemos admitir e pedir
perdão a Deus, mas quando fazemos coisas que são
erradas e damos desculpas por elas ou as
ignoramos totalmente, elas pesam muito em nossa
consciência.
É importante que cada um de nós faça o
melhor que puder em todas as áreas da vida. Deus
espera que nos esforcemos pela excelência porque
Ele é excelente. Parte de ser uma pessoa excelente
é sempre fazer o que você diz às pessoas que fará.
Mesmo uma declaração como “Eu te ligo amanhã”
deve ser vista como um compromisso que Deus
espera que cumpramos.
Deixe o seu sim ser sim

Deixe seu Sim ser simplesmente Sim, e seu


Não ser simplesmente Não; nada mais do
que isso vem do maligno. Mateus 5:37
Houve um tempo não muito distante no
passado em que a palavra de um homem era sua
obrigação. Isso representava sua honra, e não
cumprir a palavra era impensável. Quando as
pessoas faziam um negócio, não era necessário
um contrato de vinte páginas cobrindo cada
minuto imaginável. Eles simplesmente chegaram
a um acordo e apertaram as mãos. É incrível o
quão longe caímos. Agora temos contratos
elaborados e, mesmo assim, se eles forem
rompidos, muitas vezes descobrimos que não há
nada que possamos fazer a respeito.
Construímos e mudamos para uma nova casa
há cerca de cinco anos. Era para ser uma
comunidade com 165 casas, e muitas promessas
foram feitas a respeito da boa comunidade que
seria. Pouco depois de nos mudarmos para nossa
casa, alguns vizinhos indignados nos informaram
que o tanque de armazenamento de água da
comunidade continha água suficiente para apenas
29 casas, não as 165 que seriam construídas. De
alguma forma, o dono da propriedade não pensou
em irrigação quando mandou construir o tanque.
Deveria ter sido uma solução simples. Ele cometeu
um erro e deveria ter corrigido! Mas ele se
recusou a assumir a responsabilidade, e um
processo judicial foi iniciado contra ele. Afinal, é
preciso água. Gostaríamos de cavar um poço, mas
as regras de subdivisão determinavam que
nenhum poço poderia ser instalado.
Por quatro anos, dezoito dos proprietários de
casas, incluindo nós, pagaram advogados para
lidar com a situação, enquanto o homem
responsável deu uma desculpa após a outra para
garantir

atrasos do nosso sistema judicial. Em minha


opinião, nenhum desses atrasos deveria ter sido
concedido. Ele deveria simplesmente ter sido
instruído a resolver o problema sem demora.
Porém, como é comum hoje em dia as pessoas não
cumprirem sua palavra, isso não aconteceu. Cem
anos atrás, uma situação como essa seria inédita.
Mas hoje literalmente centenas de milhares de
processos são movidos para tentar fazer as
pessoas cumprirem o que prometeram. É
realmente triste.
Dave e eu realmente gostamos de assistir
filmes britânicos da era vitoriana. Todo mundo era
tão correto e educado e, claro, não ser um homem
ou uma mulher de palavra era impensável.
Gostamos de dizer: “Percorremos um longo
caminho, baby”, e assim foi, mas avançamos, como
gostamos de pensar, ou estamos realmente em
uma perigosa descida moral? Temos muitos
problemas em nosso mundo hoje, então você pode
ficar tentado a pensar que uma pequena coisa
como fazer o que você diz que fará é insignificante
em comparação com o resto de nossos problemas.
Eu peço desculpa mas não concordo. Eu acredito
que a integridade diminuída é a fonte de muitos
outros problemas sérios. Integridade é um dos
alicerces para viver da maneira que Deus deseja
que vivamos. Não só isso, mas torna nossas vidas
muito menos complicadas! Basta pensar - chega de
temer ouvir o telefone tocar com alguém
cumprindo um compromisso que você não
cumpriu.

Integridade é ser honesto e fazer a coisa certa


em todas as situações. Não podemos fazer com que
os outros façam o que é certo, mas cada um de nós
é responsável perante Deus e por nós próprios
fazer o que é certo. Nunca devemos ser o tipo de
pessoa que diz: "Todo mundo faz isso, então qual é
o grande problema?" Mesmo que ninguém no
mundo cumpra sua palavra, devemos cumprir a
nossa, simplesmente porque é a coisa certa a
fazer.

Doença da boca solta

Pessoas com o que chamo de “boca solta” são


aquelas que dizem todo tipo de coisas, inclusive
assumir compromissos, sem pensar sinceramente
no que estão dizendo. Eles simplesmente amam
falar e o fazem incessantemente.

Afaste de você o discurso falso e


desonesto, e o discurso obstinado e
contrário seja afastado de você.
Provérbios 4:24

Quando dizemos algo que não queremos


dizer, pode ser insignificante para nós, mas aos
olhos de Deus, não dissemos a verdade.
Sou culpado de ter tido boca solta e de ter sido
corrigido por Deus sobre isso, e foi assim que
aprendi a importância do que estou
compartilhando com você. Lembro-me de uma vez
ter dito vagamente a um casal que nos
conhecemos na Flórida: “Você deveria vir para St.
Louis [onde eu moro] algum dia e ficar alguns dias
conosco. Mostraremos nossa cidade. ” Voltei para
casa e não pensei mais no assunto, mas eles se
lembraram e alguns meses depois ligaram e
perguntaram quando poderiam vir. Meu primeiro
pensamento foi: “Tenho que encontrar uma
maneira de sair dessa, porque a última coisa que
quero fazer agora é ter companhia”. Eu disse que
ligaria de volta para eles e fiquei ocupado
preparando minha lista de desculpas que
pretendia dar a eles quando Deus interrompeu
meu plano. Ele tratou comigo muito seriamente
sobre a necessidade de manter minha palavra, e
de não dizer coisas vagamente nas quais eu nem
sequer havia pensado. Ele me mostrou que eu
precisava que eles viessem e fizessem o que eu
disse que faria para mostrar a cidade. Ele me
mostrou que isso me ensinaria uma lição e eu
pensaria duas vezes

antes de dizer algo assim no futuro.


A família veio e eu aprendi uma lição, mas não
foi a última vez que precisei ser revigorada para
aprender a importância de manter minha palavra.
Tento ser cuidadoso mesmo quando digo algo como
“Vamos almoçar juntos em breve” ou “Ligo para
você na semana que vem e podemos conversar”. A
verdade é que frequentemente dizemos coisas
assim às pessoas para nos livrarmos delas e não
temos intenção de vê-las ou chamá-las para
almoçar. Depois de assumir um compromisso sério
com Deus de sempre fazer o que você diz que fará,
se possível, você será mais cuidadoso com o que
diz.

Um comentário sem sentido que fazemos pode


facilmente ser interpretado como uma promessa
pelo ouvinte. Certa vez, magoei profundamente
um amigo em uma situação como esta. Eu disse a
ela algo que ela considerou um compromisso de
longo prazo e, na época, pensei que seria esse o
caso. Mais tarde, porém, Deus me conduziu em
uma direção diferente, e ela foi ferida. Senti-me
péssimo por não ter agido com mais sabedoria e
aprendi a dizer: “Faremos isso a menos que Deus
nos guie em uma direção diferente”. Isso foi o que
eu quis dizer quando falei com ela, mas na
verdade não disse. Não odeio nada mais do que
machucar as pessoas, e aprendi o que
freqüentemente odeio quando tenho "doença da
boca solta"

Na multidão de palavras não falta


transgressão, mas o que refreia os lábios
é prudente. Provérbios 10:19

Você pode estar pensando em muitas coisas


agora que disse às pessoas que faria e nunca
prosseguiu. Não adianta ser condenado, mas eu
sim

sugira que, se forem coisas que você ainda pode


fazer, seria bom fazê-las. Se não, você pode pelo
menos ligar e pedir perdão! Ai! Tenho certeza de
que não parece muito empolgante, mas é a coisa
certa a fazer.
Se levarmos em conta o que a Palavra de
Deus diz sobre as palavras que falamos, teremos
que levar a sério o assunto de “guardar nossa
palavra”. Podemos nos causar enormes
problemas simplesmente por não sermos fiéis
nesta área.

Quem guarda a boca guarda a vida, mas


quem abre os lábios vai à ruína.
Provérbios 13: 3

Gosto de pensar que sabedoria é fazer agora o


que ficarei satisfeito mais tarde. Isso significa que
não posso tomar decisões emocionais, mas devo
pensar em qualquer ação antes de tomá-la. “A
mente do sábio instrui a sua boca” (Provérbios
16:23). Você está deixando a sabedoria instruir sua
boca, ou está apenas falando e nem mesmo
prestando muita atenção no que está dizendo?
Aqui estão algumas coisas pelas quais fui
condenado pessoalmente ou pedi que alguém
fizesse para mim e aprendi a não repeti-las:

1. Se você disser que comparecerá para um


dia de trabalho voluntário na igreja,
apareça! É fácil se inscrever, mas é
preciso mais do que falar para aparecer.
2. Se você confirmar que estará em uma
recepção de casamento, chá de bebê ou
algum outro tipo de festa, certifique-se de
ir ou ligar e cancelar sua reserva se não
puder ir. As pessoas que dão a festa estão
pedindo comida com base no seu
compromisso, e é

não mostrando integridade para não se


importar se eles desperdiçarem seu
dinheiro.
3. Se você disser a alguém que ligará de volta, faça
isso!
4. Se você disser a alguém que enviará algo
a ela, certifique-se de enviar! Eu encontro
pessoas que têm necessidades e muitas
vezes sinto que devo enviar-lhes um
determinado livro. Assim que eu disser
que vou fazer isso, ligo para o meu
escritório e faço os arranjos para que não
me esqueça. “Esqueci” é uma boa
desculpa, mas devemos tomar cuidado
para não esquecer.
5. Pague suas contas quando disser que vai
pagá-las e, se por algum motivo não puder,
ligue e tome as providências necessárias.
Certa vez, ouvi uma estatística que dizia
que as igrejas são piores do que ninguém
quanto a não pagar suas contas. Que
exemplo terrível para dar ao mundo. Claro,
nem todas as igrejas são assim, mas nem
mesmo uma deveria ser.
6. Se você é um orador público e está
comprometido com um compromisso, não
cancele só porque recebeu uma oferta
melhor. Manter sua palavra deve ser mais
importante do que uma oportunidade
melhor.
7. Se você possui uma empresa, ou tem
autoridade em uma empresa, e diz a um
funcionário que ele receberá um aumento
em um ano, certifique-se de fazer isso
antes do final do ano. Se você deixar isso
passar três meses atrasado, pode não
significar nada para você, mas ele
provavelmente está sentado na beirada da
cadeira esperando por notícias suas. Faça
o que você gostaria que outra pessoa
fizesse por você.
8. Se você se comprometer a ter um projeto
concluído em um determinado momento,
conclua-o. Se por algum motivo for
impossível fazer

então, ligue antes do prazo prometido e


peça uma prorrogação.
9. Nunca diga a seus filhos que você vai
fazer algo e depois não o fará, a menos
que tenha um bom motivo e se explique
completamente. Se não fizermos o que
dissermos a nossos filhos que faremos,
dificilmente poderemos esperar que eles
sejam verdadeiros conosco.

Todas essas coisas são apenas senso comum,


mas acho que o senso comum não é mais muito
comum.
Você já disse a alguém que faria algo e, na
próxima vez em que a visse, se sentiu
desconfortável e deu desculpas? Você pode evitar
esse problema praticando a sabedoria, pensando
antes de falar e guardando a boca.

Aquele que guarda sua boca e sua


língua evita problemas. Provérbios
21:23

Não há problema em dizer “não”

Talvez o medo de dizer “não” às pessoas seja um


dos motivos pelos quais assumimos compromissos
que não cumprimos. É verdade que todos que
fazem um pedido querem ouvir “sim”, mas todos
sabemos que isso simplesmente não é possível. Eu
preferia que alguém ficasse infeliz comigo porque
eu disse “não” do que que ele ficasse infeliz
porque eu disse “sim” e não cumpri minha
palavra.
Um pastor muito conhecido recentemente me
disse que frequentemente faz pessoas de sua
congregação perguntarem se podem almoçar com
ele na próxima semana, e ele diz: “Não”. Ele então
passa para

Explique que não é possível para ele almoçar com


todos os membros de sua congregação e cumprir
seus deveres como pastor, mas ele garante que há
pessoas bem qualificadas que podem atender a
qualquer necessidade que possam ter. Ele me disse
que descobriu que quando as pessoas realmente
querem ajuda, não tem que ser o pastor quem as
ajuda, mas, por outro lado, se elas simplesmente
querem que ele preste atenção nelas, então
frequentemente ficam ofendidas.

Muitas pessoas não têm coragem de dizer


“não”. Eles não querem machucar as pessoas ou
deixá-las com raiva, então dizem “sim”, sem a
intenção de ir até o fim, ou dão desculpas que não
são baseadas na verdade. Devemos seguir a
liderança do Espírito Santo e dizer "não" quando
cremos que é isso que devemos fazer, e dizer "sim"
apenas quando cremos que é isso que devemos
fazer. Temos a responsabilidade de ser obedientes
a Deus, não mantendo todos felizes no mundo,
fazendo tudo o que eles querem que façamos. Esta
foi uma lição difícil de aprender, mas se eu não a
tivesse aprendido, talvez não estivesse no
ministério hoje. Eu teria queimado mentalmente,
emocionalmente e fisicamente tentando fazer
todas as coisas que todo mundo pensava que eu
deveria fazer.

Muitas vezes, quando as pessoas nos pedem


para fazer algo, elas não estão pensando no
impacto que seu pedido tem sobre nós. Eles
simplesmente querem que façamos algo por eles, e
isso é o máximo que pensam. É bom fazer coisas
pelas pessoas e procurar fazê-las felizes, mas se
sentirmos que nunca temos permissão para dizer
“não”, pode ser desastroso.
Estou lhe dando permissão para dizer "não".
Deus já lhe deu permissão, mas caso você tenha
perdido em Sua Palavra, estou confirmando para
você: ESTÁ BEM DIZER “NÃO”!

CAPÍTULO

21

Meça suas palavras

Aprenda isso e você vai se dar bem, não


importa qual seja sua estação: um grama de
manter a boca fechada é melhor do que uma
tonelada de explicação.
-Desconhecido

Existem mais algumas áreas relacionadas a ser


cuidadoso com o que dizemos que vêm ao meu
coração discutir com você. Como já dissemos, as
palavras podem curar, mas também podem ferir.
Eles podem se acumular ou destruir. Eles podem
encorajar ou desencorajar. Eles podem abrir uma
porta de bênção em nossa própria vida ou podem
abrir uma porta de destruição.

Tenho o propósito de que minha boca


não transgrida. Salmo 17: 3b

Brincadeira grosseira

O apóstolo Paulo escreveu uma carta à igreja de


Éfeso, e nela exortou-os a não se envolverem em
conversas tolas e tolas, ou gracejos grosseiros.
Brincadeira é algo feito por diversão, ou algo dito
de forma jocosa. Todos nós gostamos de pessoas
bem-humoradas, mas não gostamos de ser a fonte
de seu humor, especialmente se elas estão
contando uma piada com base em um de nossos
defeitos ou deficiências. Pode até ser engraçado
uma vez, mas se continuar indefinidamente, quase
sempre causa ofensa.

Todos nós já tivemos nossos sentimentos


feridos por alguém que estava simplesmente
tentando ser engraçado, e é mais do que provável
que todos nós tenhamos ferido os sentimentos de
outra pessoa ao tentar ser engraçado. Acho que a
melhor política é ser especialmente cuidadoso ao
provocar as pessoas sobre qualquer erro que
tenham cometido, qualquer característica negativa
que tenham ou qualquer coisa que seja incomum
sobre elas pessoalmente. Nunca provoque pessoas
com sobrepeso por causa de seu peso, homens
carecas por causa de sua calvície ou pessoas
extremamente altas ou baixas por causa de sua
altura. Posso garantir que eles são sensíveis a essas
áreas e, mesmo que riam com você, isso pode
machucá-los profundamente.

Conheço um homem que é naturalmente


muito bem-humorado e, quando estou perto dele,
rio e rio, mas nunca o ouvi ser rude com ninguém
para obter risos. Se temos de zombar de outras
pessoas para sermos engraçados, então não somos
realmente engraçados - apenas rudes. Pessoas
verdadeiramente engraçadas geralmente não
precisam "tentar" ser engraçadas - elas
simplesmente são - e na metade das vezes nem
sabem disso. Como qualquer presente que Deus
nos dá, ele flui naturalmente sem muito esforço.
Eu acredito que algumas pessoas são ungidas ou
dotadas por Deus para trazer risadas para os
outros, mas elas ainda precisam usar a sabedoria.

Uso exemplos em minhas pregações sobre


Dave com frequência e tento ter muito cuidado
para não parecer rude ou desrespeitoso. Mas
algumas vezes eu disse coisas que feriram seus
sentimentos e sempre posso dizer quando o faço.
Peço desculpas rápida e profusamente porque a
última coisa que quero fazer é machucar alguém
enquanto prego a Palavra de Deus.
Nunca tente rir às custas de outra pessoa.
Mesmo as pessoas muito seguras não gostam de
ser provocadas por suas falhas. Minha voz é
estranhamente profunda para uma mulher e eu
realmente

não estou inseguro sobre isso, mas se alguém


continuasse me provocando sobre isso, tenho
certeza que me deixaria desconfortável.
Não faz muito tempo, Dave cometeu um erro
sobre algo (felizmente, não me lembro o que foi), e
eu o provoquei na frente de outras pessoas.
Imediatamente soube que tinha feito a coisa
errada. Eu estava tentando ser engraçado, mas ele
se sentiu envergonhado e menosprezado. A mulher
deve ter mais bom senso do que provocar o marido
sobre um erro que ele cometeu, porque
simplesmente não é sábio! Se dissermos alguma
coisa, deve ser: “Querida, não foi grande coisa. Eu
cometo erros piores do que isso o tempo todo. ”
Assisti a um filme ontem à noite que tinha um
bom exemplo do que estou falando. Robert e
Emma estavam em uma festa e alguém
perguntou a Emma por que ela e Robert não
estavam dançando.
Ela respondeu sem hesitação: “Robert não dança
bem e não fará nada se não puder fazê-lo bem,
porque isso prejudicaria seu orgulho”.
Emma não pensou mais em seu comentário, e
em sua mente ela estava apenas brincando, mas
Robert continuou a pensar sobre isso. No dia
seguinte, ele disse a Emma que ela o envergonhou
na frente de seus amigos e o fez se sentir
menosprezado. Ela disse: “Oh, Robert, eu estava
apenas brincando”. Robert respondeu: "Não, você
não estava brincando, estava deixando eu e nossos
amigos saberem que você acha que estou cheio de
orgulho e isso me magoou." Há momentos em que
usamos “Estou apenas brincando” como desculpa
para dizer às pessoas coisas que sentimos a
respeito delas, mas não temos coragem de discutir
com elas da maneira adequada. Devemos sempre
ser diretos em nossa fala e nunca dizer coisas com
significado oculto.

Não faça piada de algo que Deus não pensa

É engraçado!

Os talk shows são muito populares hoje. O nome é


correto, porque tudo o que fazem é “falar”, mas
raramente dizem algo que realmente valha a
pena ouvir. Na verdade, frequentemente eles
simplesmente zombam das pessoas. Acho que às
vezes somos todos culpados de rir de coisas que
Deus não acha nada engraçadas.
Não acho que os funcionários públicos devam
ser ridicularizados, e isso acontece com frequência
em programas de entrevistas. Mesmo que não
gostemos deles, não devemos zombar deles. Ore
por eles, mas não faça piadas sobre seu
comportamento errado. Os resultados de suas
escolhas erradas não são engraçados para a nação,
e não são algo para se desprezar. Agora você pode
estar pensando: “Ah, vamos, Joyce, relaxe. As
pessoas estão apenas tentando se divertir. ” Mas
tudo o que você precisa fazer é perguntar a si
mesmo como se sentiria se fosse você quem zomba.
Você não gostaria disso, e nem eu. Lembre-se da
Regra de Ouro: "Faça aos outros o que gostaria que
fizessem a você."

Não use o nome do Senhor em vão

Usar o nome de Deus em vão é muito mais do


que anexá-lo a um palavrão como maldição .
Significa usá-lo inutilmente ou frivolamente.

Você não deve usar ou repetir o nome do


Senhor seu Deus em vão [isto é,
levianamente ou levianamente, em
afirmações falsas ou profanamente]; pois o
Senhor não considerará inocente aquele
que toma Seu nome em vão. Êxodo 20: 7
Ouvimos os nomes “Deus” ou “Jesus” usados
freqüentemente e freqüentemente por pessoas que
não têm nenhum relacionamento com Ele.
Declarações como “Oh, meu Deus” são repetidas
com frequência em programas de televisão de
maneiras que não têm absolutamente nenhuma
sinceridade por trás delas. “Por amor de Cristo” é
outra declaração freqüentemente usada, quando o
que está acontecendo não tem nada a ver com
Cristo. Você já se perguntou por que o nome de
Deus é usado com tanta frequência em um mundo
onde muitas pessoas afirmam nem mesmo
acreditar que Ele existe? Sim, e acho que é uma
evidência de que talvez eles acreditem mais do que
gostariam de admitir.
Freqüentemente estou perto de cristãos que
dizem: “Oh, meu Deus”, quando são surpreendidos
por algo, ou mesmo quando olham para fora e há
muita neve no chão. Acho que precisamos ser mais
sinceros na maneira como usamos o nome de Deus.
Honre Seu nome usando-o quando você o invocar
genuinamente em oração, louvor ou adoração, mas
nunca levianamente ou frivolamente.

Falando a verdade

Quando o sistema de tribunal judicial começou a


exigir que as testemunhas colocassem as mãos
sobre a Bíblia e confessassem: “Prometo dizer a
verdade, toda a verdade e nada mais que a
verdade, que Deus me ajude”, as pessoas viveram
em épocas muito diferentes. Eram tempos em que
a verdade era muito importante para a maioria das
pessoas. Os tribunais ainda fazem isso hoje, mas
poucas pessoas percebem ou se importam com o
que estão dizendo, e é triste. Mentir é bastante
comum hoje. Os adultos fazem isso na frente dos
filhos e depois ficam com raiva quando os filhos
mentem para eles.
Você já disse a seu filho para dizer a alguém
ao telefone que você não estava em casa
simplesmente porque não sentia

gosta de falar? Nesse caso, você encorajou seu filho


a mentir. Você já ligou para o seu local de trabalho
e disse que não poderia vir trabalhar porque
estava doente, quando a verdade é que você
simplesmente queria fazer outra coisa naquele
dia? Chegou atrasado a um compromisso e deu a
desculpa de que ficou preso no trânsito, quando a
verdade é que não saiu de casa quando deveria?
As crianças costumam mentir para não se
meterem em problemas, e os adultos costumam
fazer a mesma coisa. Um dos Dez Mandamentos é
"Não dirás falso testemunho". Em outras palavras:
“Não minta”. Portanto, dizer a verdade, mesmo
quando dói, deve ser muito importante para Deus.
Alguém me contou um segredo uma vez e me
pediu para não contar a ninguém. Eu disse que
não, mas fiz. Ela descobriu e perguntou se fui eu
quem contou, e eu rapidamente disse “não”,
porque não queria estragar nossa amizade. Assim
que desliguei o telefone, o Espírito Santo me
convenceu de que eu havia mentido e não desistiu
até que finalmente liguei de volta para a pessoa e
lhe disse a verdade. Esse incidente foi tão
embaraçoso para mim que nunca vou esquecê-lo e
me ensinou uma boa lição. Não podemos mentir e
pensar que está tudo bem. Não existe uma
"mentirinha branca". Mentira é mentira, e Deus
nos ordena que sempre falemos a verdade.
A Bíblia menciona sete coisas que o Senhor
odeia, e uma língua mentirosa é uma delas (ver
Provérbios 6: 16–19).

Pois minha boca falará a verdade, e a


maldade é detestável e repugnante aos
meus lábios.
Todas as palavras da minha boca são
justas (retas e corretas para com Deus);
não há nada contrário à verdade ou torto
neles. Provérbios 8: 7-8

Satanás é conhecido como o Enganador; ele é


um mentiroso e o pai de todas as mentiras, e a
verdade não está nele (ver João 8:44). Deus, por
outro lado, é a verdade. Jesus disse: “Eu sou o
caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai
senão por mim” (João 14: 6). Satanás mente para
todos nós, e a única maneira de reconhecer e
resistir às suas mentiras é conhecendo a Palavra
de Deus, que é a verdade!

Vivendo de verdade

Podemos mentir e nem mesmo abrir a boca -


dizendo que acreditamos em uma coisa e vivendo
de uma maneira totalmente diferente. Quando
fazemos isso, nossas vidas são mentiras. O
apóstolo João disse que, se dissermos que
conhecemos a Deus e não guardamos Seus
mandamentos, somos mentirosos (ver 1 João 2:22).
Ele também disse que se dissermos que amamos a
Deus e odiamos nossos irmãos em Cristo, então
somos mentirosos (veja 1 João 4:20). Nossas vidas
não apenas mentem quando fazemos essas coisas,
mas também mentimos para nós mesmos, e não
há engano pior do que a auto-ilusão. Por muitos
anos, pensei que conhecia e amava a Deus, mas
estava com raiva de alguém por alguma coisa na
maioria das vezes. Fui enganado, e o fruto do
engano ficou evidente em minha vida. Eu não
tinha paz, alegria, sucesso real, necessidade
financeira constante e estava confuso sobre “por
que” eu tinha esses problemas.

Aprendemos a verdade aprendendo a Palavra


de Deus. Vivemos a verdade fazendo todos os
esforços para viver de acordo com a Palavra de
Deus e, quando falhamos, admitimos (dizemos a
verdade) e pedimos a Deus que nos perdoe. E todos
devemos estar totalmente comprometidos em
dizer a verdade em todas as situações, mesmo que
isso nos cause problemas pessoais ou
constrangimento.

Cuidado com o que você odeia

A palavra ódio significa "uma antipatia


apaixonada e fervorosa". É um sentimento tão
forte que muitas vezes leva a pessoa a ações hostis.
Se vamos odiar alguma coisa, devemos ter certeza
de que odiamos o que Deus odeia - e isso é o mal e
toda a maldade. Deus nos ordena que não odiemos
nem mesmo nossos inimigos, mas que amemos e
oremos por eles. Desde o início dos tempos,
começando com Caim e Abel, os homens se
odiaram, e isso só causou matanças, guerras,
violência e maldade de todo tipo.
Com que frequência você diz que odeia
alguma coisa? Não diga coisas como: “Odeio o
clima, odeio meu trabalho, odeio meu cabelo,
odeio minha vizinhança, odeio meu
automóvel” - e, principalmente, nunca diga que
odeia outra pessoa.
Quanto mais falamos alguma coisa da nossa
boca, mais dela temos. Falar sobre ódio só
aumentará os sentimentos de ódio em sua vida.
Algumas pessoas cometem o erro de odiar sua
vida, quando deveriam abraçá-la e fazer o melhor
que puderem. Odiar nossa vida não vai mudar isso,
mas nos muda. Isso nos torna amargos, ressentidos
e ciumentos. Sempre pensamos que queremos o
que outra pessoa tem, mas não percebemos que ela
pode querer o que temos. Muito poucas pessoas
aprendem a lição abençoada de amar a vida que
têm e nunca se comparar ou o que têm com outra
pessoa.
Se você não gosta de algo em sua vida, mude
se puder. Se você não gosta do seu trabalho,
procure outro. Se você não gosta do seu bairro,
mude-se. Se você não gosta do clima, não pode
mudá-lo, então mude sua atitude. Mude o que você
pode e tenha a sabedoria para saber o que você
não pode mudar. Aprenda a amar tudo, exceto o
mal. O mais

você está cheio de pensamentos de amor e


quanto mais falar palavras de amor, mais feliz
será.
Dizer que você odeia as coisas pode ser apenas
um hábito que você formou. É uma forma de
expressar seu descontentamento com alguma
coisa, mas isso te faz bem? Claro que não. Você
pode passar a vida inteira odiando primeiro uma
coisa e depois outra, e isso nunca tornará sua vida
melhor.
Se você odiava sua viagem diária para o
trabalho no trânsito, esteja determinado a
encontrar uma maneira de aproveitá-la. Faça
caronas com alguém de quem você gosta, toque
música, ore ou ouça CDs instrutivos e use esse
tempo para se educar. Eu conheci uma mulher há
alguns dias que mencionou que ela dirige uma
hora e meia para ir ao trabalho. Perguntei se ela
não gostava e ela disse: “A viagem é linda e adoro o
lugar onde trabalho e as pessoas com quem
trabalho”. Ela deu a resposta perfeita e o que ela
disse até me deixou feliz. Muitas pessoas diriam:
“Odeio dirigir, estou tão cansado de fazer isso duas
vezes por dia, o trabalho não vale a pena e as
pessoas me irritam”, mas tudo o que teriam feito
seria se tornar ainda mais infelizes.
Eu o encorajo a começar a verbalizar que você
gosta, gosta e ama as coisas. Quanto mais você
disser, mais sentirá.

Elimine a preocupação com palavras do seu


vocabulário

Eu me pergunto quantas vezes a frase “Estou


preocupado que ...” se espalhe pela atmosfera?
Milhões de pessoas usam essa frase
possivelmente milhões de vezes ao longo de suas
vidas, mas qual é a utilidade dela? É vão,
impotente e inútil, e não nos ajuda de forma
alguma.
Se alguém lhe perguntasse: "Você acha que se
preocupar

mudar sua situação? ” Tenho certeza de que você


diria “não”, então por que continuar fazendo isso?
A preocupação nunca muda nada, exceto nós.
Comece a ouvir a si mesmo e às outras pessoas e,
sempre que ouvir "Estou preocupado", diga a si
mesmo: "Essa é uma afirmação inútil". Se
percebermos completamente a tolice disso, talvez
paremos de dizê-lo.
As pessoas dizem coisas como, estou
preocupado com a aposentadoria, estou preocupado
com meus filhos, estou preocupado em ficar careca
como meu pai fez, estou preocupado com demissões
no trabalho, estou preocupado com a economia
mundial, estou preocupado com ganhando peso,
estou preocupado em envelhecer e todo tipo de
outras afirmações inúteis. Não se preocupe com a
aposentadoria, mas planeje com antecedência e a
aposentadoria pode ser tranquila. Não se preocupe
em ganhar peso, apenas coma direito e faça
exercícios. Não se preocupe com nada, mas em vez
disso ore. Ore imediatamente e não demore!

Mera preocupação nos imobiliza; sentamos,


nos preocupamos e fazemos muito pouco de
qualquer coisa que possa ajudar nossa situação. A
preocupação nos enfraquece! Ele rouba nossa paz
e alegria e nos faz envelhecer mais rápido.
Algumas pessoas sentem que são obrigadas a se
preocupar e dizer coisas bobas como: "Não posso
evitar, sou apenas um preocupado." Claro que
podemos ajudar; caso contrário, Deus não nos
teria dito para não nos preocuparmos.

Em vez de dizer: "Estou preocupado",


substitua essas palavras inúteis negativas por "Eu
confio em Deus". Quando dizemos que confiamos
em Deus, isso libera Seu poder para trabalhar em
nossas vidas. Quando dizemos que estamos
preocupados, isso O atrapalha. Mesmo se você
tende a se preocupar, pare de dizer isso. Estude a
Palavra de Deus, lembre-se de Sua fidelidade a
você em situações passadas e esteja decidido a
não perder tempo se preocupando.

A vontade de Deus é que tenhamos a melhor


vida possível, mas isso é impossível, a menos que
aprendamos o poder das palavras e digamos
coisas que nos beneficiam.

CAPÍTULO

22
Você quer mudar sua vida?

Nossas palavras nos pertencem e devemos ser


responsáveis por como as usamos. Talvez se
vermos as palavras de maneira diferente, então as
usaremos de uma maneira melhor. Eles são
valiosos, são contêineres de poder e podem
produzir vida ou morte para nós e para todos que
os ouvem. Eles são um presente de Deus e, quando
usados corretamente, são um dos nossos maiores
bens. Temos centenas de milhares de palavras
flutuando em nossos corações e mentes o dia todo,
e devemos escolher cuidadosamente quais
falaremos. A maioria de nós provavelmente
passou muitos anos, senão toda a vida,
simplesmente falando, sem nem mesmo pensar.
Algumas pessoas dizem: “Eu sou o tipo de pessoa
que fala o que penso”, mas isso não torna a pessoa
sábia ou agradável de se estar.

Se você usar suas palavras com sabedoria,


então eu o parabenizo, mas se você não usar,
encorajo-o a começar a pedir a Deus para ajudá-lo
e começar a fazer mudanças imediatamente.
Quanto mais você melhorar a maneira de falar,
mais sua vida melhorará.
Visto que as palavras contêm o poder de vida e
morte (ver Provérbios 18:21), quando falamos as
coisas erradas, estamos cometendo suicídio
espiritual. Quando falamos as pessoas certas,
estamos abençoando a nós mesmos e enchendo
nossas vidas e a atmosfera em que estamos, e vida
mais abundante!

Fatos ou verdade?

Uma das melhores maneiras de ter a boca cheia


de sabedoria é sempre falar a verdade, em vez de
apenas falar fatos. A Palavra de Deus é a verdade
e prevalecerá sobre os fatos (circunstâncias) em
nossa vida se a liberarmos por meio do falar.
Quais são alguns dos fatos em sua vida agora
que você realmente deseja ver mudados? Como
você tem falado sobre eles? Você fala como se eles
sempre fossem assim, ou você fala a Palavra de
Deus para as montanhas em sua vida e diz a elas
para se mudarem? Se você disse a coisa certa, com
que frequência o disse? Você é persistente em falar
a Palavra de Deus a respeito de sua vida? A
persistência sempre compensa. Nunca devemos
nos cansar de fazer o que é certo, porque
colheremos no tempo devido.

Já compartilhei a importância de falar a


Palavra de Deus em outras partes deste livro, mas
devo enfatizá-la novamente. Falar sobre o que
pensamos, vemos e sentimos é uma das
armadilhas mais fáceis de cair. As coisas que
vemos e sentimos são tão reais para nós, e as
consideramos a verdade sobre o que está
acontecendo em nossas vidas. Mas eles não são a
verdade; eles são os fatos, e os fatos podem
mudar, mas a verdade nunca muda. Jesus é o
mesmo ontem, hoje e para sempre. Ele não muda,
mas é capaz de mudar qualquer coisa em nossas
vidas que precise ser mudada.
Para ver o poder de Deus manifestado em
nossas vidas de maneiras incríveis, precisamos
entrar em acordo com Ele e dizer o que Ele diz.
Quero que você esteja cheio de esperança de
mudança porque a desesperança é um lugar
miserável para se estar. Tenho feito muitos
tratamentos dentários ultimamente e um dente
está doendo desde o dia em que foi trabalhado, e
isso foi há quase cinco meses. Dois dentistas
diferentes me disseram que não veem nada de
errado com o dente, então continuo todos os dias

para ter esperança de que será melhor naquele dia


e eu digo: “A cada dia meu dente melhora”.
Adivinha! Melhorou e estou fora da cama há
quatro horas hoje e ainda não doeu! Às vezes, as
coisas levam tempo e podemos cooperar com o
processo de cura em qualquer área de nossas
vidas, mantendo-nos positivos e falando palavras
de esperança e fé.
Mesmo que as palavras não mudem suas
circunstâncias imediatamente, elas o
transformarão em uma pessoa mais agradável e
alegre. Falar sobre nossos problemas só aumenta
a ansiedade.

Como responder a palavras negativas de outras


pessoas

Aprender a não sermos negativos nós mesmos e a


sermos cuidadosos com as palavras que falamos
não impede que outras pessoas nos digam coisas
que nos magoam ou tentam impedir nosso
progresso. Podemos ouvi-los e acreditar no que
dizem, ou podemos olhar para a Palavra de Deus
(a verdade) e acreditar no que Ele diz.
A história a seguir é engraçada, mas
também revela uma verdade importante com a
qual todos podemos aprender:
Um grupo de sapos estava viajando pela
floresta e dois deles caíram em um poço fundo.
Todos os outros sapos se reuniram ao redor do
poço. Quando viram a profundidade do poço,
disseram às duas rãs que elas já estavam quase
mortas.
Os dois sapos ignoraram os comentários e
tentaram pular para fora do buraco com toda a
força. Os outros sapos ficavam dizendo para eles
pararem, que eles estavam praticamente mortos.
Por fim, uma das rãs deu ouvidos ao que as outras
rãs estavam dizendo e desistiu. Ele caiu e morreu.
O outro sapo continuou a pular o mais forte
que podia. Mais uma vez, a multidão de sapos
gritou com ele para parar a dor

e simplesmente morrer. Ele saltou ainda mais


forte e finalmente conseguiu sair. Quando ele
saiu, as outras rãs disseram: "Você não nos
ouviu?" A rã explicou a eles que era surdo. Ele
achou que eles estavam encorajando-o o tempo
todo.
Embora nenhum de nós queira ser surdo, há
momentos em que precisamos agir como se
fôssemos. Seria incrível o que as pessoas seriam
capazes de fazer com suas vidas se apenas
acreditassem que podiam. Não devemos permitir
que as palavras negativas dos outros nos afetem,
porque não é a opinião deles que importa no
final. O importante é o que Deus diz sobre nós em
Sua Palavra e o que acreditamos sobre nós
mesmos.
Um chefe da sinagoga chamado Jairo veio a
Jesus e pediu-lhe que viesse e impusesse as mãos
sobre sua filha doente para que ela pudesse ser
curada. Quando Jesus estava indo com ele, outra
mulher que também precisava de cura parou
Jesus, e ele reservou um tempo para ministrar a
ela. Enquanto estavam parados, servos da casa de
Jairo vieram e disseram que sua filha havia
morrido e não havia necessidade de incomodar
mais Jesus. Mas veja a resposta de Jesus a esse
relatório:
Ouvindo por acaso, mas ignorando o que
eles diziam, Jesus disse ao chefe da
sinagoga: Não se assuste nem se assuste;
apenas continue acreditando.
Marcos 5:36
Sempre adorei esse versículo porque me
ajuda a lembrar que há momentos em que
absolutamente não devemos ouvir as coisas
negativas que as pessoas nos contam. O sapo
saiu do buraco porque acreditou que poderia.
Era uma vantagem para ele não poder ouvir as
outras rãs repetidamente

dizendo a ele para parar de tentar e simplesmente


morrer. Sua percepção se tornou sua realidade.
Ele acreditava que poderia sair do buraco e saiu.
Você também pode sair de qualquer buraco em
que se encontrar se apenas ouvir a Palavra de
Deus, e nunca a qualquer pessoa que fale palavras
de derrota e fracasso para você.
Você perdeu oportunidades em sua própria
vida de fazer grandes coisas por ter ouvido
atentamente as palavras de outras pessoas? Se for
assim, ainda não é tarde demais. Você pode
começar neste exato momento apagando as
memórias de palavras negativas faladas a você,
confessando a Palavra de Deus sobre você e seu
futuro em voz alta até que se torne uma realidade
em sua vida.
Você pode derrotar todo pensamento negativo
que vem à sua mente, e toda declaração negativa
feita a você, empunhando a espada do Espírito, que
é a Palavra de Deus. Empunhá-lo significa usá-lo,
falar, meditar, acreditar e deixar que guie todas as
suas ações.

Pois a Palavra que Deus fala é viva e cheia


de poder [tornando-a ativa, operativa,
energizante e eficaz]; é mais afiada do que
qualquer espada de dois gumes ,
penetrando na linha divisória do sopro da
vida (alma) e [o imortal] espírito, e das
juntas e medula [das partes mais
profundas de nossa natureza], expondo,
peneirando e analisando e julgando os
próprios pensamentos e propósitos do
coração. Hebreus 4:12

Digamos, por exemplo, que você está


trabalhando em um projeto com várias outras
pessoas e absolutamente nada saiu da maneira que
você esperava. Todos os dias tem ocorrido algum
tipo de problema que lhe causou mais trabalho do
que originalmente

antecipado. Junto com todo mundo, você está


ficando cansado e cansado. Seu pensamento está
ficando cada vez mais negativo: “Isso nunca vai
funcionar. Simplesmente não consigo terminar
este trabalho; É muito difícil." Então, as pessoas
que trabalham com você começam a dizer que
querem desistir e consideram o projeto uma causa
perdida. No fundo do seu coração, você acredita
que deve terminar a tarefa, mas para que isso
aconteça, você precisará responder aos seus
próprios pensamentos negativos e às palavras
negativas dos outros. Você pode fazer isso
empunhando a espada do Espírito. Ao falar
porções da Palavra de Deus que tratam de sua
situação única, você pode dizer coisas como:

Posso todas as coisas em Cristo, que me


fortalece. (Filipenses 4:13)
Sou forte no Senhor e na força de Seu
poder; Eu tiro minha força Dele. (Efésios
6:10)
Não estou comovido por esses problemas e
vou terminar o que comecei. (Atos 20:24)
Estou enraizado, estabelecido, forte,
inamovível e determinado neste
projeto. (1 Pedro 5: 9)
Essas escrituras e outras como elas irão
capacitá-lo a seguir seu coração em vez de seguir
sua mente e as palavras de outras pessoas. A
Palavra de Deus só tem valor para nós quando
acreditamos nela, a falamos e agimos de acordo.
Eu nunca entendi o poder das palavras até que
experimentei o poder da Palavra de Deus
operando em minha própria vida. Posso dizer
honestamente que aprender, crer e falar a Palavra
de Deus mudou a mim e toda a minha abordagem
da vida. A Palavra de Deus tem poder inerente a
ela e, quando liberada, o poder

explode em incrível capacidade de habilitação.


Pense na Palavra de Deus assim: você tem um
inimigo atacando e em sua mão você segura uma
granada. Tudo que você precisa fazer é puxar o
pino e lançar a granada. Você tem o equipamento
de que precisa para derrotar seus inimigos e
certamente não ficaria ocioso e assistiria sua vida
ser destruída. No entanto, muitos cristãos fazem
exatamente isso. Eles têm a Palavra de Deus, o
equipamento necessário para derrotar seus
inimigos, mas permanecem em silêncio. Silêncio é
acordo, portanto, se nos recusarmos a abrir nossa
boca e falar a Palavra de Deus, estaremos
concordando com nossas circunstâncias e dando a
elas poder contínuo sobre nós.

Se você for como a maioria das pessoas, vai


dizer algo, então pode ser algo que possa ajudá-
lo.
Não podemos impedir as pessoas de dizerem
coisas que muitas vezes preferiríamos não ouvir,
mas podemos decidir por nós mesmos se vamos
ouvi-las e levá-las a sério. Podemos decidir se
vamos acreditar no que as pessoas dizem acima do
que Deus disse sobre nós em Sua Palavra. Ninguém
pode mudar seu destino com palavras se você não
permitir. Meu pai me disse várias vezes quando eu
era uma menina que eu nunca seria nada. Lembro-
me de ficar deitado na cama à noite pensando:
“Algum dia eu vou fazer algo ótimo”. Parecia que
quanto mais ele dizia que eu não conseguiria, mais
determinada eu ficava em provar que ele estava
errado. Talvez eu tenha sido apenas teimosa, mas
se for assim, agradeço, porque me impediu de
concordar com ele. Não concorde com nada
negativo que seja dito a você ou sobre você.

Apenas no caso de você ter dito muitas coisas


desanimadoras e negativas, eu quero reverter o
dano que

foi feito dizendo algumas coisas boas para você:

Você é uma pessoa especial e, sem você, o


mundo estaria perdendo algo
maravilhoso.
Você pode fazer o que quiser, desde que
esteja de acordo com a vontade de Deus.
Você é talentoso, dotado por Deus e é
capaz de realizar grandes coisas em sua
vida.
Você é incrivelmente único e nunca
precisa se comparar a ninguém. Seja a
pessoa incrível que você é.
Deus o ama incondicionalmente e isso
nunca mudará.
Seu futuro é tão promissor que talvez você
precise de óculos escuros para vê-lo!

Um momento decisivo em sua vida

Não importa como sua vida tenha sido até agora,


oro para que você faça da leitura deste livro um
momento decisivo para você. Ao aplicar os
princípios ao longo do livro, você verá mudanças
positivas. Você pode estar pensando: “Eu gostaria
de ter conhecido todos esses princípios há vinte
anos”. Isso provavelmente teria sido bom, mas
você os conhece agora, então não perca mais um
dia. A partir de hoje, deixe suas palavras
trabalharem a seu favor e não contra você. Exigirá
diligência e você não alcançará a perfeição
imediatamente, mas seja grato por saber o
caminho para a vitória agora.

Estou em uma jornada para usar minhas


palavras apenas para coisas que serão benéficas
para mim ou para outras pessoas. Enquanto você
está fazendo

sua jornada pessoal, você pode se lembrar que


estou ali com você, ainda crescendo e
aprendendo.
Reconheço a convicção do Espírito Santo muito
mais rápido agora, quando digo algo que não
deveria dizer, mas não deixo que isso me condene.
Sou grato por ser mais sensível ao poder de
minhas palavras e agradeço toda correção que
Deus me dá. Oro para que você não se sinta
condenado cada vez que cometer um erro, porque
isso apenas o enfraquecerá e fará com que cometa
ainda mais erros. A convicção nunca tem o
objetivo de nos condenar, mas de nos ajudar a
admitir nossos erros - peça e receba o perdão de
Deus e prossiga para o próximo nível de vitória.

Aqui está uma boa confissão para fazer


diariamente sobre suas palavras:

Não permito que nenhuma comunicação


corrupta saia da minha boca, mas só falo o
que é bom, edificante e edificante (ver
Efésios 4:29).
Tenho cuidado com o que digo e não peco
com a minha língua (ver Salmo 39: 1). Eu
protejo minha língua e minha alma de
problemas (ver Provérbios 21:23). Minha
língua é gentil e cheia de poder de cura (ver
Provérbios 15: 4). Falo coisas excelentes e
abro minha boca para as coisas certas.
Sempre falo a verdade e nada perverso sai
de minha boca (ver Provérbios 8: 6–8). Abro
minha boca com sabedoria, e a lei da
bondade está em minha língua (ver
Provérbios 31:26). Minha conversa é cheia
de graça e amor, e sei como responder a
cada pessoa (ver Colossenses 4: 6).

Eu o encorajo a ler o livro de Provérbios e


destacar cada passagem que fala sobre a boca,
nossas palavras ou a língua. Depois de fazer isso,
você pode ler Provérbios e fazer um rápido curso
de atualização sobre o poder das palavras apenas
lendo o que destacou.
Estou muito animado por você, porque sei
como mudar suas palavras mudará sua vida.
Aproveite sua jornada e lembre-se de agradecer a
Deus por cada pequeno progresso que você fizer.
Nenhum homem pode domar a língua, então ore
diariamente e peça a ajuda de Deus para garantir
que as palavras de sua boca e as meditações de
seu coração sejam aceitáveis aos Seus olhos.

SOBRE O AUTOR

JOYCE MEYER é uma das principais professoras


práticas da Bíblia. A # 1 New York Times autor best-
seller, ela escreveu mais de noventa livros de
inspiração, incluindo faça um favor ... Perdoe,
vivendo além de seus sentimentos, todo o campo de
batalha da família Mente de livros, e dois
romances, The Penny e qualquer minuto , assim
como muitos outros. Ela também lançou milhares
de ensinamentos de áudio, bem como uma
videoteca completa. Os programas de rádio e
televisão Enjoying Everyday Life ® de Joyce são
transmitidos ao redor do mundo, e ela viaja muito
conduzindo conferências. Joyce e seu marido,
Dave, são pais de quatro filhos adultos e moram
em St. Louis, Missouri.

APÊNDICE

Um Dicionário da Palavra de Deus


A Palavra de Deus é a coisa mais poderosa da
terra. No início, Ele disse: "Haja luz, e houve."
Exorto você a respeitar e valorizar a Palavra de
Deus como o maior tesouro que você possui.
Deus exaltou Seu nome e Sua Palavra acima
de tudo, e Ele exaltou Sua Palavra acima de tudo
em Seu nome (ver Salmo 138: 2). Conforme você
aprende a Palavra de Deus, creia, medite e fale,
você será transformado.
À medida que continuamos na Palavra de
Deus, somos transformados em Sua imagem em
graus cada vez maiores de glória (veja 2 Coríntios
3:18). A Palavra de Deus nos muda! Devemos
esperar continuar nele. Isso significa que devemos
viver, habitar e permanecer nele. Ler um livro ou
decorar algumas escrituras sobre o poder das
palavras não será suficiente para fazer mudanças
permanentes em sua vida. Você precisará assumir
o compromisso de estudar e viver de acordo com
a Palavra de Deus para toda a vida.
A Palavra de Deus é prática e pode ser
aplicada em sua vida todos os dias. Eu quero
deixar você com um pequeno dicionário da
Palavra de Deus que você pode falar quando
certas situações surgirem em sua vida. Espero
que você aumente e use-a diariamente.

Quando você sente que não tem forças para continuar

Tenho força para todas as coisas em Cristo,


que me fortalece. Estou pronto para tudo e
igual a qualquer coisa

por Aquele que infunde força interior em


mim; Sou autossuficiente na suficiência de
Cristo. (Filipenses 4:13) O Senhor é meu
Pastor [para me alimentar, guiar e
proteger], não terei falta.
Ele me faz deitar em pastos verdes
[frescos e tenros]; Ele me conduz ao
lado das águas calmas e tranquilas.
Ele refresca e restaura minha vida (eu
mesmo); Ele me conduz nas veredas da
justiça [retidão e posição correta com
Ele - não para que eu ganhe, mas] por amor
ao Seu nome.
Sim, embora eu caminhe pelo vale
[profundo e sem sol] da sombra da morte,
não temerei ou temerei o mal, pois Você está
comigo; Sua vara [para proteger] e Seu
cajado [para guiar], eles me confortam. Você
prepara uma mesa diante de mim na
presença de meus inimigos. Você unge minha
cabeça com óleo; meu copo [transbordando]
transborda. Certamente ou somente a
bondade, a misericórdia e o amor infalível
me seguirão todos os dias de minha vida e,
por toda a extensão de meus dias, a casa do
Senhor [e Sua presença] será minha morada.
(Salmo 23)
Portanto, eu lhe digo, pare de ficar
perpetuamente inquieto (ansioso e
preocupado) com sua vida, o que você deve
comer ou beber; ou sobre o seu corpo, o que
você deve vestir. Não é a vida maior [em
qualidade] do que a comida, e o corpo
[muito acima e mais excelente] do que as
roupas?

Olhe para os pássaros do ar; eles não


semeiam, nem colhem, nem juntam em
celeiros, e mesmo assim seu Pai celestial
continua alimentando-os. Você não vale
muito mais do que

eles?
E quem de vocês, por estar preocupado e
ansioso, pode adicionar uma unidade de
medida (côvado) à sua estatura ou ao tempo
de sua vida?
E por que você deveria se preocupar com
roupas? Considere os lírios do campo e
aprenda bem como eles crescem; eles não
trabalham nem fiam.
No entanto, eu digo a você, mesmo Salomão em
toda a sua magnificência
(excelência, dignidade e graça) não foi
vestida como um destes.
Mas se Deus assim veste a grama do
campo, que hoje é viva e verde e amanhã é
lançada na fornalha, Ele não irá vesti-lo com
muito mais certeza, ó homens de pouca fé?
Portanto, não se preocupe e fique ansioso,
dizendo: O que vamos comer? ou, o que
vamos beber? ou, o que vamos ter que
vestir?

Pois os gentios (pagãos) desejam,


anseiam e buscam diligentemente todas
essas coisas, e seu Pai celestial sabe muito
bem que você precisa de todas elas.
Mas busque (almeje e se esforce depois)
primeiro de todo Seu reino e Sua justiça
(Sua maneira de fazer e ser certo), e então
todas essas coisas juntas serão dadas a você
além disso. (Mateus 6: 25–33)

Quando você está com raiva e amargo

Cesse a raiva e abandone a ira; não se


preocupe - isso tende apenas para a
maldade. (Salmo 37: 8)

O Senhor é misericordioso e gracioso, lento


para se irar e abundante em misericórdia e
benevolência. (Salmo 103: 8) Aquele que é
lento para se irar tem grande
entendimento, mas aquele que é
precipitado de espírito expõe e exalta sua
tolice. (Provérbios 14:29)
Uma resposta suave afasta a ira, mas
palavras pesadas despertam a raiva.
(Provérbios 15: 1)
O homem de temperamento quente levanta
contendas, mas aquele que é lento para a
raiva apazigua as contendas. (Provérbios
15:18)
O bom senso faz o homem conter sua raiva e
é sua glória ignorar uma transgressão ou
uma ofensa. (Provérbios 19:11)
Não tenha ânimo rápido para ficar zangado
ou irritado, pois a raiva e a irritação se
alojam no seio dos tolos. (Eclesiastes 7: 9)
Quando estiver com raiva, não peque;
nunca deixe sua ira (sua exasperação, sua
fúria ou indignação) durar até o sol se pôr.
(Efésios 4:26)
Que toda amargura, indignação e ira
(paixão, raiva, mau humor) e ressentimento
(raiva, animosidade) e brigas (brigas,
clamores, contendas) e calúnias ( calúnias ,
linguagem abusiva ou blasfema) sejam
banidos de você, com toda malícia (rancor,
má vontade ou baixeza de qualquer tipo). E
tornem-se úteis e prestativos e gentis uns
com os outros, de coração terno
(compassivos, compreensivos,
de coração amoroso), perdoando uns aos
outros [prontamente e livremente], como
Deus em Cristo os perdoou. (Efésios
4: 31-32)
Mas agora se afastem e se livrem
[completamente] de todas essas coisas: raiva,
raiva, sentimentos ruins em relação aos
outros,

maldições e calúnias, e insultos grosseiros e


declarações vergonhosas de seus lábios!
(Colossenses 3: 8) Entendam [isso], meus
amados irmãos. Que todo homem seja
rápido para ouvir [um ouvinte pronto],
lento para falar, lento para se ofender e
ficar com raiva. Pois a ira do homem não
promove a justiça que Deus [deseja e
requer]. (Tiago 1: 19-20)
Quando você precisa de confiança

Eu não te ordenei? Seja forte, vigoroso e


muito corajoso. Não temas, nem te
espantes, porque o Senhor teu Deus está
contigo por onde quer que andares. (Josué
1: 9)
Pois contigo posso atravessar uma tropa e
com meu Deus posso saltar um muro.
(Salmo 18:29)
Confie (apóie-se, dependa-se e seja
confiante) no Senhor e faça o bem; assim
você deve habitar na terra e certamente se
alimentar de Sua fidelidade, e
verdadeiramente você será alimentado.
(Salmo 37: 3)
Meu coração está firme, ó Deus, meu
coração está firme e confiante! Vou
cantar e fazer melodias. (Salmo 57: 7) Ó
Senhor dos Exércitos, bem-aventurado
(feliz, afortunado, invejado) é o homem
que confia em Ti [apoiando-se e crendo
em Ti, entregando tudo e olhando para Ti
com confiança, e isso sem medo ou
receio] ! (Salmo 84:12)
O medo do homem traz um laço, mas quem
se apoia, confia e põe a sua confiança no
Senhor está seguro e estabelecido nas
alturas. (Provérbios 29:25)

Você irá protegê-lo e mantê-lo em perfeita e


constante paz, cuja mente [tanto sua
inclinação como seu caráter] está firme em
Você, porque ele se compromete com Você,
se apóia em Você e espera com confiança em
Você. (Isaías 26: 3)

Pois assim disse o Senhor Deus, o Santo de


Israel. Retornando [para mim] e
descansando [em mim] você será salvo; na
tranquilidade e na confiança [confiante]
estará a vossa força. (Isaías 30:15)
Mas, quanto a mim, olharei para o Senhor
e, confiante nele, ficarei vigilante;
Esperarei com esperança e expectativa
pelo Deus da minha salvação; meu Deus
vai me ouvir. (Miquéias 7: 7)
E estou convencido e certo disso mesmo, que
Aquele que começou uma boa obra em você
continuará até o dia de Jesus Cristo [até o
tempo de Seu retorno], desenvolvendo
[aquela boa obra] e aperfeiçoando e levando-
a até a conclusão completa em você.
(Filipenses 1: 6) Pois nós [Cristãos] somos a
verdadeira circuncisão, que adoramos a
Deus em espírito e pelo Espírito de Deus e
exultamos e nos glorificamos e nos
orgulhamos em Jesus Cristo, e não colocamos
nenhuma confiança ou dependência [no que
somos] na carne e em privilégios externos e
vantagens físicas e aparências externas.
(Filipenses 3: 3) Aproximemo-nos, então, com
coragem, confiança e ousadia do trono da
graça (o trono do favor imerecido de Deus
para nós, pecadores), para que possamos
receber misericórdia [por nossos fracassos] e
encontrar graça para ajudar no bem tempo
para cada necessidade [ajuda apropriada e
bem-cronometrada ajuda, vindo apenas
quando precisamos dela]. (Hebreus 4:16)

Portanto, não jogue fora sua confiança


destemida, pois ela traz uma grande e
gloriosa recompensa de recompensa.
(Hebreus 10:35)
Quando você está desanimado

Eu vos disse estas coisas, para que em Mim


tenhais paz e confiança [perfeita]. No
mundo você tem tribulação e provações e
angústia e frustração; mas tende bom
ânimo [coragem; esteja confiante, certo,
destemido]! Pois eu venci o mundo. [Eu o
privei do poder de prejudicá-lo e o venci
para você.] (João 16:33)
Temos certeza e sabemos que [Deus sendo
um parceiro em seu trabalho] todas as
coisas trabalham juntas e estão [se
encaixando em um plano] para o bem e
para aqueles que amam a Deus e são
chamados de acordo com [Seu] desígnio e
propósito. (Romanos 8:28)
Estamos cercados (pressionados) de todos os
lados [perturbados e oprimidos em todos os
sentidos], mas não oprimidos ou oprimidos;
sofremos constrangimentos e ficamos
perplexos e incapazes de encontrar uma
saída, mas não levados ao desespero. (2
Coríntios 4: 8)

Portanto, não ficamos desanimados


(totalmente sem espírito, exaustos e
cansados pelo medo). Embora nosso homem
exterior esteja [progressivamente] decaindo
e definhando, nosso eu interior está sendo
[progressivamente] renovado dia após dia.
Pois nossa aflição leve e momentânea (esta
leve angústia da hora que passa) está cada
vez mais e mais abundantemente
preparando e

produzindo e alcançando para nós um peso


eterno de glória [além de todas as medidas,
superando excessivamente todas as
comparações e todos os cálculos, uma glória
vasta e transcendente e uma bem-
aventurança que nunca cessará!]. (2
Coríntios 4: 16-17)
Mas Ele me disse: Minha graça (Meu favor e
amor-bondade e misericórdia) é suficiente
para você [suficiente contra qualquer perigo
e permite que você suporte o problema
virilmente]; pois Minha força e poder são
aperfeiçoados (realizados e completados) e
se mostram mais eficazes em [sua] fraqueza.
Portanto, vou me gloriar ainda mais
alegremente em minhas fraquezas e
enfermidades, para que a força e o poder de
Cristo (o Messias) possam descansar (sim,
pode armar uma tenda e habitar) sobre mim!
(2 Coríntios 12: 9)

Tenho força para todas as coisas em Cristo


que me fortalece [estou pronto para tudo e
igual a qualquer coisa por meio dAquele que
infunde força interior em mim; Eu sou
auto-suficiente na suficiência de Cristo].
(Filipenses 4:13)

Quando você está deprimido

É o Senhor quem vai antes de você; Ele irá


[marchar] com você; Ele não o deixará,
nem o deixará partir, nem o abandonará;
[que não haja covardia ou vacilação, mas]
não tema, nem se torne quebrantado [em
espírito - deprimido, desanimado e
enervado com alarme]. (Deuteronômio 31:
8)
Os olhos do Senhor estão voltados para os
justos [intransigentemente] e Seus ouvidos
estão abertos para
seu grito. A face do Senhor é contra os que
praticam o mal, para cortar da terra a
lembrança deles. Quando os justos clamam
por ajuda, o Senhor ouve e os livra de todas
as suas aflições e problemas. (Salmo
34: 15-17)
Por que você está abatido, ó meu eu interior?
E por que você deveria gemer por mim e
ficar inquieto dentro de mim? Esperar em
Deus e esperar por Ele com expectativa, pois
ainda O louvarei, meu Socorro e meu Deus.
(Salmo 42: 5)
Aquele que habita no lugar secreto do
Altíssimo permanecerá estável e fixo sob a
sombra do Todo-Poderoso [cujo poder
nenhum inimigo pode resistir]. Direi do
Senhor: Ele é meu refúgio e minha
fortaleza, meu Deus; Nele eu me inclino e
confio, e Nele eu [confiantemente] confio!
(Salmo 91: 1-2)

Quando você está com medo

O Senhor é minha luz e minha


salvação - a quem temerei ou temerei? O
Senhor é o refúgio e fortaleza da minha
vida - de quem terei medo? (Salmo 27: 1)
[Então] Ele o cobrirá com Suas penas, e sob
Suas asas você confiará e encontrará
refúgio; Sua verdade e fidelidade são um
escudo e um broquel. Não terás medo do
terror da noite, nem da flecha (as
maquinações e calúnias dos ímpios) que voa
de dia. (Salmo 91: 4-5)
Ele não terá medo de más notícias; seu
coração está firmemente fixo, confiando
(apoiando-se e sendo confiante) no Senhor.
Seu coração está estabelecido e firme, ele
não será

medo enquanto espera para ver seu desejo


estabelecido em seus adversários. (Salmo
112: 7-8)
O medo do homem traz um laço, mas quem
se apoia, confia e põe a sua confiança no
Senhor está seguro e estabelecido nas
alturas. (Provérbios 29:25)
Não temas [não há nada a temer], pois estou
contigo; não olhe ao seu redor aterrorizado e
desanimado, pois eu sou o seu Deus. Vou
fortalecer e endurecer você para as
dificuldades, sim, vou ajudá-lo; sim, vou
sustentá-lo e retê-lo com a minha destra
[vitoriosa] de retidão e justiça. (Isaías 41:10)
Você deve estabelecer-se na justiça (retidão,
em conformidade com a vontade e ordem de
Deus): você deve estar longe até mesmo do
pensamento de opressão ou destruição, pois
você não deve temer, e do terror, porque ele
não chegará perto de você. (Isaías 54:14)
Pois o próprio [Deus] disse: Não te deixarei
de forma alguma, nem te desistirei, nem te
deixarei sem apoio. [Eu] não, [eu] não, [eu
vou] em nenhum grau deixá-lo
desamparado, nem abandonar, nem
decepcionar [você] (relaxe Meu domínio
sobre você)! [Certamente que não!] Assim,
nos confortamos e somos encorajados e
dizemos com confiança e ousadia: O Senhor
é meu Ajudador; Não serei tomado de susto
[não terei medo, nem pavor, nem ficarei
apavorado]. O que o homem pode fazer
comigo? (Hebreus 13: 5-6)

Quando você precisa de cura


Ele cura os corações partidos e fecha suas
feridas [curando suas dores e tristezas].
(Salmo 147: 3)

Então sua luz romperá como a manhã, e sua


cura (sua restauração e o poder de uma
nova vida) brotará rapidamente; sua retidão
(sua retidão, sua justiça e seu
relacionamento correto com Deus) irão
adiante de você [conduzindo-o à paz e
prosperidade], e a glória do Senhor estará
em sua retaguarda. (Isaías 58: 8)
Cura-me, Senhor, e serei curado; salva-me e
serei salvo, pois tu és o meu louvor.
(Jeremias 17:14) Pois eu te restaurarei a
saúde e curarei as tuas feridas, diz o
Senhor, porque te chamaram de rejeitado,
dizendo: Esta é Sião, a quem ninguém
busca e de quem ninguém se importa !
(Jeremias 30:17)
Alguém entre vocês está doente? Ele deve
chamar os anciãos da igreja (os guias
espirituais). E devem orar sobre ele,
ungindo-o com óleo em nome do Senhor. E a
oração [que é] da fé salvará o doente, e o
Senhor o restaurará; e se ele cometeu
pecados, ele será perdoado. (Tiago 5: 14-15)

Quando você foi abandonado

Eu não te ordenei? Seja forte, vigoroso e


muito corajoso. Não temas, nem te
espantes, porque o Senhor teu Deus está
contigo por onde quer que andares. (Josué
1: 9)

Quando você foi rejeitado ou traído

Abençoado é você quando as pessoas o insultam e


perseguem

você e dizer todos os tipos de coisas más


falsamente contra você por Minha conta.
Alegrai-vos e supremamente júbilo, pois a
vossa recompensa no céu é grande (forte e
intensa), pois assim perseguiram os profetas
que existiram antes de vós. (Mateus 5: 11-12)
Eis que estou convosco todos os dias
(perpetuamente, uniformemente e em
todas as ocasiões), até ao [muito] fim e
consumação dos tempos. Amém (que assim
seja). (Mateus 28:20)
Mas sempre que você entrar em uma cidade
e eles não receberem, aceitarem e darem as
boas-vindas, saia em suas ruas e diga: Até a
poeira de sua cidade que gruda em nossos
pés, estamos limpando contra você; mas
saiba e compreenda isto: o reino de Deus
está perto de você. (Lucas 10: 10-11)

O que então devemos dizer a [tudo] isso? Se


Deus é por nós, quem [pode ser] contra nós?
[Quem pode ser nosso inimigo, se Deus está
do nosso lado?] (Romanos 8:31)

Quando você está sozinho

E eis que estou com você e cuidarei de você


(cuidar de você com cuidado, observe) onde
quer que você vá, e eu o trarei de volta a esta
terra; pois não te deixarei até que tenha feito
tudo o que te disse. (Gênesis 28:15)
O Senhor não abandonará Seu povo por
causa de Seu grande nome, pois Lhe
aprouve fazer de você um povo para Si
mesmo. (1 Samuel 12:22)
[Senhor] volte-se para mim e tenha misericórdia de
mim, pois estou sozinho

e aflito. (Salmo 25:16)


Embora meu pai e minha mãe tenham me
abandonado, o Senhor me aceitará [me
adote como Seu filho]. (Salmo 27:10)
Deus é nosso Refúgio e Força [poderoso e
impenetrável à tentação], um socorro bem
presente e comprovado nas dificuldades.
(Salmo 46: 1)
Não os deixarei órfãos [sem conforto,
desolados, enlutados, desamparados,
desamparados]; Eu vou voltar para você.
(João 14:18)

Quando você precisa de ajuda financeira

O Senhor ordenará a bênção sobre você em


seu armazém e em tudo o que você
empreender. E Ele te abençoará na terra que
o Senhor teu Deus te dá ... E o Senhor te fará
ter um excedente de prosperidade, com o
fruto do teu corpo, do teu gado e da tua
terra, na terra que o Senhor jurou a seus pais
dar-lhe. (Deuteronômio 28: 8, 11)

Os jovens leões carecem de comida e


passam fome, mas aos que buscam
(perguntam e requerem) o Senhor [por
direito de sua necessidade e pela
autoridade de Sua Palavra], nenhum deles
terá falta de qualquer coisa benéfica.
(Salmo 34:10)
Traga todos os dízimos (todo o décimo de sua
renda) para a casa do tesouro, para que haja
alimento na Minha casa, e me prove agora
por meio disso, diz o Senhor dos Exércitos, se
eu não abrir as janelas do céu para você e
derrame uma bênção, para que não haja
lugar

o suficiente para recebê-lo. (Malaquias 3:10)


Mantenha-se livre de dívidas e não deva
nada a ninguém, exceto amar uns aos outros;
pois quem ama o próximo [que pratica amar
os outros] cumpriu a Lei [no que diz respeito
ao próximo, cumprindo todas as suas
exigências]. (Romanos 13: 8)

E meu Deus suprirá liberalmente


(preencherá ao máximo) todas as suas
necessidades de acordo com Suas riquezas
na glória em Cristo Jesus. (Filipenses 4:19)
Familiarize-se agora com Ele [concorde com
Deus e mostre-se conforme à Sua vontade] e
fique em paz; assim [você prosperará e
grande] bem virá a você. (Jó 22:21)

Quando você perder sua alegria

Pois no dia da angústia Ele me esconderá


em Seu abrigo; no lugar secreto da sua
tenda Ele me esconderá; Ele vai me colocar
no alto de uma rocha. (Salmo 27: 5)
Minha alma, espere apenas em Deus e
silenciosamente se submeta a Ele; pois
minha esperança e expectativa vêm dEle. Ele
é apenas minha Rocha e minha Salvação; Ele
é minha defesa e minha fortaleza; Eu não
devo ser movido. (Salmo 62: 5-6)
Este é o meu conforto e consolo na minha
aflição: que a tua palavra me reviveu e me
deu vida. (Salmo 119: 50)
Embora eu ande no meio da angústia, Você
me reanimará; Você estenderá a sua mão
contra a ira dos meus inimigos, e a sua
destra me salvará. O Senhor aperfeiçoará o
que me diz respeito; Sua misericórdia

e benevolência, ó Senhor, dura para sempre -


não abandones as obras de tuas próprias
mãos. (Salmo 138: 7-8) Agora que o próprio
nosso Senhor Jesus Cristo e Deus nosso Pai,
que nos amou e nos deu consolo e
encorajamento perpétuos e esperança
fundada por meio da [Sua] graça (favor
imerecido), console e encoraje seus corações
e fortalecê-los [torná-los firmes e
inabaláveis] em toda boa obra e palavra. (2
Tessalonicenses 2: 16-17)

Quando você precisa de paz

Você irá protegê-lo e mantê-lo em perfeita e


constante paz, cuja mente [tanto sua
inclinação como seu caráter] está firme em
Você, porque ele se compromete com Você,
se apóia em Você e espera com confiança em
Você. (Isaías 26: 3)

Pois embora as montanhas se afastem e as


colinas sejam abaladas ou removidas, ainda
assim, Meu amor e bondade não se afastarão
de vocês, nem Meu pacto de paz e plenitude
será removido, diz o Senhor, que tem
compaixão de vocês. (Isaías 54:10)
Deixo com você a paz; Minha [própria] paz
eu agora dou e deixo para você. Não como o
mundo dá, eu dou a você. Não se turbe o seu
coração, nem se atemorize. [Pare de se
permitir ser agitado e perturbado; e não se
permitam ficar com medo e intimidados e
covardes e inquietos.] (João 14:27)

E a paz de Deus [será sua, esse estado tranquilo de

uma alma assegurada de sua salvação por


meio de Cristo, e assim nada temendo de
Deus e estando contente com sua sorte
terrena de qualquer tipo que seja, aquela
paz] que transcende todo o entendimento
guarnecerá e montará guarda sobre seus
corações e mentes em Cristo Jesus.
(Filipenses 4: 7)
Agora, que o próprio Senhor da paz lhe
conceda Sua paz (a paz de Seu reino) em
todos os momentos e de todas as maneiras
[em todas as circunstâncias e condições,
aconteça o que acontecer]. O Senhor esteja
com todos vocês. (2 Tessalonicenses 3:16)

Quando você precisa de perdão

Tem misericórdia de mim, ó Deus, de acordo


com o teu amor constante; de acordo com a
multidão de sua terna misericórdia e
benevolência, apaga minhas transgressões.
Lava-me completamente [e repetidamente]
da minha iniqüidade e culpa e purifica-me e
torna-me totalmente puro do meu pecado!
(Salmo 51: 1-2)
Purifique-me com hissopo, e ficarei limpo
[cerimonialmente]; lava-me e ficarei [na
realidade] mais branco do que a neve. Faça-
me ouvir alegria e alegria e ficar satisfeito;
regozijem-se os ossos que quebraste.
Esconda seu rosto de meus pecados e
apague todas as minhas culpas e
iniqüidades. (Salmo 51: 7-9)
Mas Ele foi ferido por nossas transgressões,
Ele foi moído por nossa culpa e iniqüidades;
o castigo [necessário para obter] paz e
bem-estar para nós estava sobre ele, e com
as pisaduras [que o feriram] nós

são curados e curados. (Isaías 53: 5)

Quando você se sente culpado e condenado

Portanto, [não há] agora nenhuma


condenação (nenhum julgamento de culpa)
para aqueles que estão em Cristo Jesus, que
vivem [e] não andam segundo os ditames da
carne, mas segundo os ditames do Espírito.
Pois a lei do Espírito da vida [que está] em
Cristo Jesus [a lei do nosso novo ser] me
libertou da lei do pecado e da morte.
(Romanos 8: 1-2)

Mas se Cristo vive em você, [então, embora]


seu corpo [natural] esteja morto por causa
do pecado e da culpa, o espírito está vivo por
causa [da] justiça [que Ele imputa a você].
(Romanos 8:10)
Quem intentará acusação contra os eleitos
de Deus [quando é] Deus quem justifica
[isto é, quem nos coloca em correta relação
consigo mesmo? Quem se apresentará e
acusará ou impugnará aqueles a quem
Deus escolheu? Será que Deus, que nos
absolve?] (Romanos 8:33)
Por nossa causa, Ele fez Cristo
[virtualmente] pecado que não conheceu
pecado, para que nEle e por meio dele
possamos nos tornar [dotados, vistos como
sendo e exemplos da] justiça de Deus [o que
devemos ser, aprovado e aceitável e em
relacionamento correto com Ele, por Sua
bondade]. (2 Coríntios 5:21)

Quando você precisa de humildade

Ele conduz o humilde no que é certo, e o humilde


Ele

ensina Seu caminho. (Salmo 25: 9)


O Senhor exalta os humildes e oprimidos;
Ele joga os ímpios no chão. (Salmo 147: 6)
Bem-aventurados (felizes, invejáveis e
espiritualmente prósperos - com
alegria de viver e satisfação no favor e na
salvação de Deus, independentemente de
suas condições externas) são os pobres de
espírito (os humildes, que se consideram
insignificantes) , pois deles é o reino dos
céus! (Mateus 5: 3)

Quando você se sente fraco

Eu vos disse estas coisas, para que em Mim


tenhais paz e confiança [perfeita]. No
mundo você tem tribulação e provações e
angústia e frustração; mas tende bom
ânimo [coragem; esteja confiante, certo,
destemido]! Pois eu venci o mundo. [Eu o
privei do poder de prejudicá-lo e o venci
para você.] (João 16:33)

Quando você precisa de justiça

Retidão e justiça são a base do seu trono;


misericórdia , benevolência e verdade vão
diante de Sua face. (Salmo 89:14)
A vingança é Minha, e a recompensa, na
hora em que seus pés derramarem; pois o
dia de seu desastre está próximo e sua
condenação vem rapidamente
(Deuteronômio 32:35)
Portanto, volte para o seu Deus! Segure-se firme
para amar e

misericórdia, para a retidão e a justiça, e


espera continuamente pelo teu Deus!
(Oséias 12: 6) Não julgue, critique e condene
os outros, para que você não seja julgado,
criticado e condenado. Pois assim como
você julga, critica e condena os outros, você
será julgado, criticado e condenado, e de
acordo com a medida que você [usa para]
lidar com os outros, isso será tratado
novamente com você. (Mateus 7: 1-2)
Vindique-me, ó Senhor, porque tenho
andado na minha integridade; Eu [com
expectativa] confiei, apoiei-me e confiei no
Senhor sem vacilar e não devo escorregar.
(Salmo 26: 1)
Pois o Senhor julgará e vindicará Seu povo,
e Ele demorará Seus julgamentos
[manifestando Sua justiça e misericórdia] e
levará em consideração Seus servos
[aqueles que cumprirem Seus termos de
separação para Ele]. (Salmo 135: 14)

Não se deixe vencer pelo mal, mas vença


(domine) o mal com o bem. (Romanos
12:21)

Quando você precisa de sabedoria

O temor reverente e a adoração ao Senhor


são o início da Sabedoria e da habilidade [o
precedente e o primeiro essencial, o pré-
requisito e o alfabeto]; um bom
entendimento, sabedoria e significado têm
todos aqueles que fazem [a vontade do
Senhor]. Seu louvor a Ele dura para sempre.
(Salmo 111: 10)
Apoie-se, confie e esteja confiante no Senhor com
todos

seu coração e mente e não confie em seu


próprio insight ou compreensão. Em todos
os seus caminhos, conheça, reconheça e
reconheça a Ele, e Ele irá direcionar e
endireitar seus caminhos. Não seja sábio aos
seus próprios olhos; temer e adorar
reverentemente ao Senhor e afastar-te
[inteiramente] do mal. (Provérbios 3: 5-7)
Feliz (bem-aventurado, afortunado,
invejável) é o homem que encontra
Sabedoria habilidosa e piedosa, e o homem
que obtém entendimento [extraindo-o da
Palavra de Deus e das experiências da vida],
pois obtê-lo é melhor do que ganhar prata, e
o lucro disso é melhor do que ouro fino. A
sabedoria hábil e piedosa é mais preciosa do
que rubis; e nada do que você deseja deve
ser comparado a ela. (Provérbios 3: 13-15)
Ouça conselhos, receba instruções e aceite
correção, para que possa ser sábio no
tempo que virá. (Provérbios 19:20)
Se algum de vocês é deficiente em
sabedoria, peça ao Deus generoso [que dá] a
todos liberalmente e sem rancor, sem
censura ou censura, e ser-lhe-á concedido.
(Tiago 1: 5)

Quando você precisa de autocontrole

Pois Deus não nos deu um espírito de


timidez (de covardia, de covardia e medo e
adulador), mas [Ele nos deu um espírito] de
poder e de amor e de mente calma e
equilibrada e disciplina e autocontrole ao
controle. (2 Timóteo 1: 7)
Não seja rápido em espírito para ficar com raiva ou
vexado, por raiva

e a irritação se aloja no seio dos tolos.


(Eclesiastes 7: 9)
Tudo é permitido (permitido e legal) para
mim; mas nem todas as coisas são úteis
(bom para mim fazer, expediente e lucrativo
quando considerado com outras coisas).
Tudo é lícito para mim, mas não me tornarei
escravo de nada, nem serei submetido ao
seu poder. (1 Coríntios 6:12)
O amor dura muito, é paciente e gentil; o
amor nunca é invejoso nem transborda de
ciúme, não é arrogante nem vaidoso, não se
exibe com altivez. Não é vaidoso (arrogante
e inflado de orgulho); não é rude (indelicado)
e não age de forma inadequada. O amor (o
amor de Deus em nós) não insiste em seus
próprios direitos ou em seu próprio
caminho, pois não é egoísta; não é
melindroso ou ressentido; não leva em conta
o mal que lhe foi feito [não dá atenção a um
mal sofrido]. (1 Coríntios 13: 4-5)

Mas o fruto do Espírito [Santo] [a obra que


Sua presença interior realiza] é amor,
alegria (alegria), paz, paciência
(temperamento equilibrado, tolerância),
bondade, bondade (benevolência),
fidelidade, mansidão (mansidão,
humildade), autocontrole (autocontenção,
continência). Contra essas coisas não há lei
[que possa abrir um processo]. (Gálatas
5: 22-23)

Quando você sofreu perda

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor


Jesus Cristo, o Pai da simpatia (piedade e
misericórdia) e o Deus

[Quem é a fonte] de todo conforto (consolo e


encorajamento), Quem nos conforta (consola
e encoraja) em todos os problemas
(calamidade e aflição) para que possamos
também ser capazes de confortar (consolar e
encorajar) aqueles que estão em qualquer
tipo de problema ou angústia, com o
conforto (consolo e encorajamento) com que
nós mesmos somos confortados (consolados
e encorajados) por Deus. (2 Coríntios 1: 3-4)

Bem-aventurados os que choram,


porque serão consolados. (Mateus 5:
4 NIV)
Sim, embora eu caminhe pelo vale
[profundo e sem sol] da sombra da morte,
não temerei ou temerei o mal, pois Você
está comigo; Sua vara [para proteger] e Seu
cajado [para guiar], eles me confortam.
(Salmo 23: 4)
Aqueles que semeiam em lágrimas,
colherão com alegria e cantando. (Salmo
126: 5)
E sua vida será como um jardim regado, e
eles nunca mais se entristecerão ou
definharão. Então as donzelas se alegrarão
com a dança, e os jovens e os velhos juntos.
Pois transformarei seu luto em alegria e os
confortarei e os farei regozijar depois de
sua tristeza. (Jeremias 31: 11-13)
Pois eu conheço os pensamentos e planos
que tenho para vocês, diz o Senhor,
pensamentos e planos para o bem-estar e a
paz e não para o mal, para dar-lhes
esperança no Seu resultado final. (Jeremias
29:11)

Quando você está enfrentando um novo desafio

O Senhor é minha luz e minha


salvação - a quem temerei ou temerei? O
Senhor é o refúgio e fortaleza da minha
vida - de quem terei medo? (Salmo 27: 1)
Seja forte, corajoso e firme; não temas
nem te espantes diante deles, pois é o
Senhor teu Deus Quem vai contigo; Ele
não o deixará ou o abandonará.
(Deuteronômio 31: 6)
Espere e espere e espere no Senhor; seja
valente e de boa coragem e deixe seu
coração ser forte e resistente. Sim, espere e
espere e espere pelo Senhor. (Salmo 27:14)
Tenho força para todas as coisas em Cristo
que me fortalece [estou pronto para tudo e
igual a qualquer coisa por meio dAquele que
infunde força interior em mim; Eu sou
auto-suficiente na suficiência de Cristo].
(Filipenses 4:13) Pois nos tornamos
companheiros de Cristo (o Messias) e
compartilhamos tudo que Ele tem para nós,
se apenas mantivermos nossa primeira
confiança e expectativa original assegurada
[em virtude da qual somos crentes] firme e
inabalável até o fim. (Hebreus 3:14)
[Exortado] pela fé, Abraão, quando foi
chamado, obedeceu e saiu para um lugar
que estava destinado a receber como
herança; e ele foi, embora ele não
soubesse ou preocupasse sua mente
sobre para onde deveria ir. (Hebreus 11:
8)

Quando você está enfrentando a tentação

Deus é nosso refúgio e força [poderoso e


impenetrável à tentação], um bem
presente e bem

provou ajudar em apuros. (Salmo 46: 1)


No dia em que chamei, Você me
respondeu; e Você me fortaleceu com força
(poder e inflexibilidade à tentação) em
meu interior. (Salmo 138: 3)
Ensina-me a fazer a tua vontade, pois tu és
o meu Deus; deixe o seu bom Espírito me
conduzir a um país plano e à terra da
retidão. (Salmo 143: 10)
Meu filho, se os pecadores o
seduzem, não consinta. (Provérbios
1:10)
Meu filho, não ande no caminho com eles;
refreie seu pé do caminho deles, pois seus
pés correm para o mal e eles se apressam
em derramar sangue. (Provérbios 1:16)
Não entre no caminho dos ímpios, e não vá
no caminho dos homens maus. Evite, não vá
em frente; dê as costas e siga em frente.
(Provérbios 4: 14-15)
Fique acordado e vigie e ore
[constantemente], para que não entre em
tentação; o espírito está pronto, mas a carne
é fraca. (Marcos 14:38)
E, chegando ele àquele lugar, disse-lhes:
Orei para que não caias em tentação.
(Lucas 22:40)
Não se deixe vencer pelo mal, mas vença
(domine) o mal com o bem. (Romanos
12:21)
Bem-aventurado (feliz, para ser invejado) o
homem que é paciente sob provação e se
levanta sob a tentação, pois quando tiver
passado no teste e for aprovado, receberá [a]
coroa da vida que Deus prometeu àqueles
que amo ele. (Tiago 1:12)
Portanto, esteja sujeito a Deus. Resista
ao diabo [fique firme contra ele], e ele
fugirá de você. (Tiago 4: 7)

Quando você precisa melhorar seu pensamento

Apoie-se, confie e esteja confiante no Senhor


de todo o coração e mente e não confie em
seu próprio discernimento ou compreensão.
Em todos os seus caminhos, conheça,
reconheça e reconheça a Ele, e Ele irá
direcionar e endireitar seus caminhos.
(Provérbios 3: 5-6) Não se conforme com este
mundo (esta era), [moldado e adaptado aos
seus costumes externos e superficiais], mas
seja transformado (mudado) pela [inteira]
renovação de sua mente [por seus novos
ideais e sua nova atitude], para que vocês
possam provar [por si mesmos] qual é a boa
e agradável e perfeita vontade de Deus,
mesmo o que é bom, aceitável e perfeito [aos
Seus olhos para vocês]. (Romanos 12: 2)
Despojem-se de sua natureza anterior
[deixem e descartem seu antigo eu não
renovado] que caracterizava seu modo de
vida anterior e se corrompe por
concupiscências e desejos que brotam da
ilusão; e ser constantemente renovado no
espírito de sua mente [tendo uma atitude
mental e espiritual renovada], e revestir-se
da nova natureza (o eu regenerado) criada à
imagem de Deus, [semelhante a Deus] em
verdadeira justiça e santidade. (Efésios
4: 22-24)

Quanto ao resto, irmãos, tudo o que é


verdadeiro, tudo o que é digno de
reverência e é honrado e digno, tudo o que é
justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável
e amável, tudo o que é bom e cativante e
gracioso, se houver alguma virtude e
excelência , se houver algo digno de elogio,
pense, pese e pegue

conta dessas coisas [fixe suas mentes


nelas]. (Filipenses 4: 8)
JOYCE MEYER MINISTÉRIO DOS EUA E ESCRITÓRIO
ESTRANGEIRO
ENDEREÇOS

Joyce Meyer Ministries


PO Box 655
Fenton, MO 63026
EUA
(636) 349-0303
www.joycemeyer.org

Joyce Meyer Ministries - Canadá


PO Box 7700
Vancouver, BC V6B 4E2
Canadá
(800) 868-1002

Joyce Meyer Ministries - Austrália


Mala Trancada 77
Mansfield Delivery Center Queensland 4122
Austrália
(07) 3349 1200

Joyce Meyer Ministries - Inglaterra


PO Box 1549
Windsor SL4 1GT

Reino Unido 01753 831102

Joyce Meyer Ministries - África do Sul


PO Box 5
Cidade do Cabo 8000
África do Sul (27) 21-701-1056

OUTROS LIVROS DE JOYCE MEYER

100 maneiras de simplificar sua vida


21 maneiras de encontrar paz e felicidade
Um líder em formação
Qualquer minuto
Dependência de aprovação
Campo de batalha da mente *
Campo de batalha da mente devocional
A batalha pertence ao senhor
Seja curado em nome de Jesus
Ansioso por nada
Ser a pessoa que Deus criou para você ser
Beleza por Cinzas (edição revisada) Celebração de
Simplicidade
Mude suas palavras, mude sua vida
A Mulher Confiante Devocional
Faça um favor a si mesmo ... Perdoe
Faça isso com medo!
Não tema
Coma o biscoito ... Compre os sapatos
Oito maneiras de manter o diabo sob seus pés
Terminando bem o seu dia
Desfrutando de onde você está no caminho para onde
você está

Indo
A Bíblia da Vida Diária
Espere um movimento de Deus em sua vida ... De
repente!
Cheio do Espírito
“Bom dia, este é Deus!”
Deus não está bravo com você
Curando o coração partido
Ouvindo Deus a cada manhã
Como ouvir de Deus
Como ter sucesso em ser você mesmo
Se não fosse pela graça de Deus
Em busca da paz
Jesus - nome acima de todos os nomes
Oração A Alegria de Acreditar
Conhecendo a Deus intimamente
Vida na Palavra Devocional
Vivendo além de seus sentimentos
Tenha uma ótima aparência, sinta-se bem
Ame o devocional em voz alta
Fazendo bons hábitos, quebrando hábitos ruins
Fazendo o casamento funcionar (publicado
anteriormente como Help
Eu - eu sou casado! ) Gerenciando suas emoções
Eu e minha boca grande!
A decisão mais importante que você fará

Nunca perca o coração


Paz
The Penny
Pensamentos poderosos
Devocional de pensamentos de poder
O poder do perdão
O poder de determinação
O poder de ser positivo
O poder da oração simples
Prepare-se para prosperar
Reduza-me ao Amor
A raiz da rejeição
O poder secreto de falar a palavra de Deus
Os segredos do poder
espiritual Os segredos para
uma vida excepcional O
segredo para a verdadeira
felicidade Segredos para
uma vida excepcional Sete
coisas que roubam sua
alegria começando bem o
dia
Comece sua nova vida hoje
Straight Talk Omnibus
Os adolescentes também são pessoas!
Diga-lhes que os amo
Confiando em Deus dia a dia

A Palavra, o Nome, o Sangue


Guerreiros cansados, santos desmaiados
Quando, Deus, quando?
Porquê Deus porquê?
Mulher para Mulher

JOYCE MEYER TÍTULOS EM ESPANHOL

Cambia Tus Palabras, Cambia Tu Vida


Come la Galleta… Compra los Zapatos (Coma o
biscoito… Compre os sapatos) El Campo de
Batalla de la Mente (Campo de batalha da
mente) La Revolución de Amor (A revolução do
amor) Las Siete Cosas Que Te Roban el Gazo
(Sete coisas que Roube a sua alegria)
Pensamientos de Poder (Power Thoughts)
LIVROS DE DAVE MEYER
Linhas de Vida

* Guia de estudo disponível para este título

Obrigado por comprar este e-book, publicado pela


Hachette
Digital.
Para receber ofertas especiais, conteúdo bônus e
notícias sobre nosso
e-books e aplicativos mais recentes, inscreva-se para
receber nossos boletins informativos.

Inscrever-se

Ou visite-nos em
hachettebookgroup.com/newsletters

Para obter mais informações sobre este livro e o autor,


visite Bookish.com.

CONTEÚDO

Cobrir
Folha de rosto
Bem-vinda
Epígrafe
Introdução

PARTE I
Capítulo 1: O impacto das palavras
Capítulo 2: Domando sua língua
Capítulo 3: Aprendendo a dizer o que Deus diz
Capítulo 4: As características de um cristão maduro
Capítulo 5: O que você deseja no futuro?
Capítulo 6: Permanecendo forte durante as tempestades
da vida
Capítulo 7: Derrotando seus inimigos
Capítulo 8: Quão feliz você deseja ser?
Capítulo 9: Palavras que entristecem o Espírito Santo
Capítulo 10: Jejuando Suas Palavras
Capítulo 11: Não fale mal
Capítulo 12: Fale de fé, não de medo

PARTE II
Capítulo 13: Não reclame

Capítulo 14: Palavras de incentivo


Capítulo 15: O amor escuta e fala
Capítulo 16: Não deixe o diabo falar através de você
Capítulo 17: Você realmente precisa dar sua opinião?
Capítulo 18: Diga algo bom ou não diga nada
Capítulo 19: Palavras gentis
Capítulo 20: Mantendo Sua Palavra
Capítulo 21: Cuidado com a boca
Capítulo 22: Você Quer Mudar Sua Vida?

Sobre o autor
Outros livros de Joyce Meyer
Apêndice : Um Dicionário da Palavra de Deus
Joyce Meyer Ministries US & Foreign Office
endereça newsletters
direito autoral

direito autoral

Copyright © 2012 por Joyce Meyer Todos os


direitos reservados. De acordo com a Lei de
Direitos Autorais dos EUA de 1976, a digitalização,
o upload e o compartilhamento eletrônico de
qualquer parte deste livro sem a permissão do
editor é pirataria ilegal e roubo de propriedade
intelectual do autor. Se você quiser usar o
material do livro (exceto para fins de revisão),
uma permissão prévia por escrito deve ser obtida
entrando em contato com o editor em
permissions@hbgusa.com. Obrigado por seu apoio
aos direitos de autor.

FaithWords
Hachette Book Group
237 Park Avenue, Nova York,
NY 10017
hachettebookgroup.com
twitter.com/faithwords

Primeira edição do e-book: setembro de 2012

FaithWords é uma divisão da Hachette Book


Group, Inc. O nome e o logotipo FaithWords são
marcas comerciais da Hachette Book Group,
Inc.

O Hachette Speakers Bureau oferece uma


ampla gama de autores para eventos de
palestra. Para saber mais, vá para
www.hachettespeakersbureau.com ou ligue
para (866) 376-6591.
O editor não é responsável por sites (ou seu
conteúdo) que não sejam de propriedade do
editor.

ISBN 978-1-4555-1722-0

Você também pode gostar