AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANO

1. "Como não há poder político sem a vontade de Deus, todo governo, seja qual for sua origem, justo injusto, pacífico ou violento, é legítimo; todo depositário da autoridade, seja qual for, é sagrado; revoltar-se contra ele é cometer sacrilégio." (Jacques Bossuet). A citação acima demonstra que: a) o governo, através de seu representante, deve atender aos anseios da comunidade; b) a escolha do governante deve obedecer à vontade de Deus; c) o povo é livre para escolher o chefe da nação; d) o poder do governante está baseado na Teoria do Direito Divino; e) o governo deve ser constitucional, para ser considerado legítimo. 2. O absolutismo monárquico manifestou-se de formas variadas, entre os séculos XVI e XVIII na Europa, através de um conjunto de práticas e doutrinas políticoeconômicas que fundamentavam a atuação do Estado Nacional Absoluto. Dentre essas práticas e doutrinas identificamos corretamente a: a) condenação da doutrina política medieval que justificava a autoridade monárquica absoluta através do Direito Divino dos Reis. b) concentração dos poderes de governo e da autoridade política na pessoa do rei identificado com o Estado. c) promoção política das burguesias nacionais, principais empreendedores mercantis da expansão econômica e geográfica do Estado Moderno absoluto. d) adoção de prática capitalistas e liberais como fundamento da organização econômica dos Impérios coloniais controlados pelas monarquias europeias. e) rejeição dos princípios mercantilistas: controle econômico e protecionismo alfandegário.

tarifas protecionistas. b) fomento às indústrias. fomento às indústrias.3. metalismo. 5. livre cambismo. b) unificação de diversas atribuições de Estado e de governo na figura do monarca. Entretanto. c) livre cambismo. o príncipe. . pacto colonial. com os quais dividiria o poder. Maquiavel defendia o absolutismo como forma de consolidar e fortalecer o Estado. O trecho acima se refere ao absolutismo monárquico. e) o princípio da constante mudança das instituições. Na obra “O Príncipe”. O Mercantilismo tinha por princípios: a) livre cambismo.. intervencionismo estatal.. que trabalha para o seu Estado.. Apresentou variáveis locais conforme se expandia na Europa. entre as quais destacamos corretamente a: a) implementação de práticas econômicas liberais como forma de consolidar a aliança política e econômica dos reis absolutos com as burguesias nacionais. d) monopólio. que se constituiu no próprio modelo dos regimes políticos dos estados europeus do Antigo Regime. leis de mercado. deve acreditar-se que ele vê melhor. Entre seus argumentos destaca-se: a) a necessidade de o governante cercar-se de bons conselheiros. metalismo. tais como a prerrogativa de legislar e administração da justiça real.”. 4. tarifas protecionistas.. e) balança comercial intervencionismo estatal. Política tirada das Sagradas Escrituras). para que elas se adequassem sempre às novas situações. c) a constante utilização da guerra como meio de demonstrar a força do Estado. “. metalismo. favorável. O rei vê de mais longe e de mais alto. (Jacques Bossuet.. tarifas protecionistas. O Mercantilismo serviu de base para a exploração econômica das colônias e a expansão da dominação europeia. d) o reconhecimento de que todos os meios utilizados para defender os interesses do governante e do Estado seriam justificados. b) a ideia de que somente a lei moral e religiosa limitaria os poderes do rei. trabalha para os seus filhos.. e o amor que tem pelo seu reino. tornase-lhe natural. entre os séculos XVI e XVIII. confundido com o que tem pela sua família. balança comercial favorável. podemos identificar no absolutismo características comuns que o distinguiam.

controlados por segmentos burgueses. há pelo menos 6 mil anos. 6. poderia chegar a pertencer às classes mais altas. desenvolveram-se sociedades que deram origem a grandes civilizações. e) definição da autoridade dos monarcas absolutos e seus limites de poder.c) substituição de um tipo de administração baseada na distribuição de privilégios e concessões régias por uma organização burocrática profissional que atuava em atividades desvinculadas do Estado. sua principal cidade. graças a um sistema de divisão das terras cultiváveis em três tipos: terra do Deus Sol (que pertencia ao clero). d) submissão política dos governos reais absolutistas à hierarquia eclesiástica. Na América. A mandioca. que tinha como função principal comandar o exército. desde que tivesse mostrado bravura e valentia numa batalha. 7. qualquer indivíduo. Sobre ela podemos afirmar que: a) os incas eram governados por um rei. b) cultivados inicialmente na África por volta de 3 mil anos atrás e difundidos nos séculos XV e XVI pelos europeus. comandada pelo Halach Uinic. foi construída numa pequena ilha. responsável pela administração e cobrança de impostos. c) alimentos básicos das primeiras comunidades agrícolas que se tornaram sedentárias há 7 mil anos no Oriente Próximo. é o caso da civilização Inca. porque foram: a) cultivados como fontes alimentares das primeiras civilizações agrícolas que se fixaram nos vales dos rios Nilo e Eufrates há 5 mil anos. . através da atuação dos parlamentos nacionais constitucionalistas. daí receber o título de "senhor dos guerreiros". terra do Inca (o Imperador) e a terra dos camponeses. c) Tenochtitlãn. de caráter hereditário. conforme definido pela doutrina do Direito Divino dos Reis. b) entre os incas. d) domesticados por populações que desenvolveram a agricultura na América. a batata-doce. o milho e amendoim são utilizados como alimentos atualmente. d) o predomínio social nessa civilização cabia a uma elite militar e sacerdotal. o feijão. e) os incas criaram um sistema de produção agrícola que garantia a sobrevivência da população. na qual ao invés de estradas usavam-se canais como via de comunicação. por mais humilde que fosse. do lago Texcoco. comprometendo-se a ser responsável com os deuses e seu povo.

(Memórias para a instrução de um Delfim. GABARITO OBJETIVAS: 1. d) a metalurgia para a produção de armas. destacando e explicando qual delas é a mais aceita atualmente entre os pesquisadores. d 2. 10. Luís XIV). dão as indicações de como se concebia a política e poder real nos séculos XVI a XVIII.e) modificados geneticamente por mediterrânea nos últimos 2 mil anos. reservando apenas a si próprio o direito de examinar sua conduta. e 7. atribuído ao rei francês Luís XIV. era atribuído caráter divino. b 3. adornos e ferramentas era a base econômica do Império. A cerimônia de posse. em Machu Picchu. de tal modo que ao seu governante. o lugar mais sagrado da Terra. não sendo considerado pelos incas o centro do mundo. havia uma clara união entre política e religião. d 8. e 4. c) Cuzco. e) ao contrário do tratamento dispensado a outros povos da América. b 6. “Aquele que deu reis aos homens quis que os respeitassem como seus lugares-tenentes. Cite as teorias a respeito da origem dos povos americanos. comunidades agrícolas da Europa 8. era apenas o principal núcleo político do Império fundado em torno do século XII. e esta lei tão expressa e tão universal não foi feita em favor dos príncipes apenas. b) eram monoteístas antes da chegada dos espanhóis à América e chegaram a associá-los ao seu deus Viracocha. Em 2001. o Inca. d 5. A respeito dos incas é correto afirmar que: a) na sociedade incaica. a capital. O texto anterior. 9. Alejandro Toledo tornou-se o primeiro presidente peruano com ascendência indígena a assumir a Presidência da República de seu país (Peru). foi marcada por rituais e símbolos do Império Inca. a . Sua vontade é que qualquer um nascido súdito obedeça sem discernimento. bem como sua frase “O Estado sou eu”. não tiveram suas estruturas político-sociais profundamente alteradas e puderam preservar suas tradições religiosas até os dias de hoje. é salutar ao próprio povo ao qual é imposta”. Defina tal concepção e os elementos em que se baseava.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful