Você está na página 1de 4

2015

mv1total.com
HISTÓRIA
8º ano / Ensino Fundamental II
2º Bimestre – Fl 01

01. A Revolução Francesa representou um marco da história ocidental pelo caráter de ruptura em relação ao
Antigo Regime. Dentre as características da crise do Antigo Regime, na França, está:
a) a crescente mobilização do Terceiro Estado, liderado pela burguesia contra os privilégios do clero e da
nobreza.
b) o desequilíbrio econômico da França, decorrente da Revolução Industrial.
c) a retomada da expansão comercial francesa, liderada por Colbert.
d) o apoio da monarquia às sucessivas rebeliões camponesas contrárias à nobreza.
e) o fortalecimento da monarquia dos Bourbons, após a participação vitoriosa na guerra de independência
dos E.U.A.

02. A "Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão", da Revolução Francesa, traz o seguinte princípio:
"Os homens nascem e se conservam livres e iguais em direitos. As distinções sociais só podem ter por
fundamento o proveito comum".
Tal princípio é decorrente:
a) da incorporação das reivindicações da classe média por maior participação na vida política.
b) do reconhecimento da necessidade de assegurar os direitos dos vencidos, sem distinção de classes.
c) da incorporação dos camponeses à comunidade dos cidadãos com direitos sociais e políticos reconhecidos
na lei.
d) da crença popular na perspectiva liberal burguesa de que a Revolução fora feita por todos e em benefício
de todos.
e) da determinação burguesa de levar avante um processo revolucionário de distribuição da propriedade
privada.

03. Com relação à França pré-revolucionária:


I. O primeiro estado era constituído por camponeses, artesãos, lojistas e o restante da alta nobreza,
perfazendo um total de 1 milhão e 200 mil membros.
II. Em 1789, a população francesa era de aproximadamente 25 milhões de habitantes, sendo que mais de 20
milhões viviam na zona rural.
III. O clero (cerca de 120 mil pessoas) e a nobreza (350 mil membros) constituíam, respectivamente, o
primeiro e o segundo estados.
IV.A Assembléia Nacional monopolizava as concessões públicas, delegando ao rei e ao coletivo ministerial a
administração das províncias do país.
V. O ônus dos impostos a das contribuições para o rei, para o clero e para a nobreza recaía igualmente sobre
os três estados.
VI.A sociedade do Antigo Regime se caracterizava pela desigualdade de direitos entre os homens, de acordo
com sua origem, dividindo-se em três ordens: os que rezam, os que combatem, os que trabalham.
A única alternativa que contém as asserções corretas é:
a) I, II, III. c) II, IV, V. e) III, IV, V.
b) I, V, VI. d) II, III, VI.

04. Na Revolução Francesa, foi uma das principais reivindicações do Terceiro Estado: a) a manutenção da
divisão da sociedade em classes rigidamente definidas.
b) a concessão de poderes políticos para a nobreza, preservando a riqueza dessa classe social.
c) a abolição dos privilégios da nobreza e instauração da igualdade civil.
d) a união de poderes entre Igreja e Estado, com fortalecimento do clero.
2015
e) o impedimento do acesso dos burgueses às funções políticas do Estado.

05. No contexto da Revolução Francesa, a organização do Governo Revolucionário significou uma forte
centralização do poder: o Comitê de Salvação Pública, eleito pela Convenção, passou a ser o efetivo órgão do
Governo. Havia ainda o Comitê de Segurança Geral, que dirigia a polícia e a justiça, sendo que estava
subordinado ao Tribunal Revolucionário que tinha competência para punir, até a morte todos os suspeitos
de oposição ao regime.
O conjunto de medidas de exceção adotadas pelo Governo revolucionário deram margem a que essa fase da
Revolução viesse a ser conhecida como:
a) os Massacres de Setembro. d) O Período do Termidor.
b) o Período do Terror. e) o Golpe do 18 de Brumário.
c) o Grande Medo.

06. Podemos apontar como uma das principais causas da Revolução Francesa:
a) As guerras de conquistas promovidas e comandadas por Napoleão Bonaparte.
b) A grande influência da burguesia e dos trabalhadores urbanos no sistema político da França.
c) As fraudes eleitorais que existiam na França durante as eleições para monarca e ministros.
d) A revolta de grande parte da população francesa (burguesia, camponeses e trabalhadores urbanos) gerada
pelas injustiças sociais promovidas pela monarquia absolutista.

07. Sobre o contexto histórico da França pré-revolução, é verdadeiro afirmar que:


a) O clero e a nobreza possuíam muitos privilégios, entre eles a isenção tributária (não pagavam impostos).
b) A estrutura social da população francesa não era estratificada.
c) Havia igualdade de direitos, sendo que não havia camadas sociais privilegiadas.
d) Não havia pobreza, nem miséria, pois existia uma justa distribuição de renda.

08. Um dos fatos históricos mais importantes da Revolução Francesa foi:


a) A decretação de leis que garantiam igualdade de direitos na França em 1789.
b) A união do clero e da burguesia em prol da derrubada da monarquia e implantação da República.
c) A Queda da Bastilha (principal prisão política da monarquia francesa) em 14 de julho de 1789.
d) O apoio de Napoleão Bonaparte ao governo do monarca Luís XVI.

09. A ascensão de Napoleão Bonaparte ao poder na França representou:


a) a adoção de uma política de reconciliação, assegurando a paz interna e canalizando o furor revolucionário
para as campanhas externas.
b) o estabelecimento de um governo popular, garantindo a efetiva participação das massas na condução das
coisas públicas.
c) a busca de um equilíbrio de poder no continente europeu, através da celebração de uma série de alianças
com as principais potências.
d) o fim da política isolacionista até então mantida pelo governo francês, que possa a interferir diretamente
nas questões europeias.
e) a reação da sociedade francesa ao avanço das forças capitalistas de produção e a valorização das
estruturas produtivas tradicionais.

10. O Congresso de Viena, de 1815, reuniu representantes dos países europeus com o objetivo de:
a) apoiar a Doutrina Monroe para impedir a recolonização da América.
b) organizar uma aliança militar para conter a expansão napoleônica no continente.
c) combater as ideias socialistas difundidas pelos operários nas indústrias.
d) reorganizar o mapa político europeu e promover a paz entre os países beligerantes.
2015

11. Assinale com (V) as afirmações verdadeiras e com (F) as falsas:


Sobre o Código Civil elaborado no período napoleônico, podemos afirmar:
( ) Na elaboração houve a atuação direta de Napoleão, embora houvesse uma comissão de quatro membros
para elaborá-la.
( ) Traduziu concretamente os princípios da Declaração dos Direitos do Homem: liberdade individual, de
trabalho, de consciência; Estado leigo; igualdade perante a Lei. ( ) Proibia a fortuna herdada, a fortuna
adquirida e a propriedade privada.
( ) Destacava e protegia o trabalho assalariado e estimulava as coalizões operárias.
( ) Subordinava a mulher ao homem, mantinha o divórcio e restabelecia a escravidão nas colônias.

a) F, V, V, F, F c) F, V, F, V, V e) V, F, V, V, F
b) V, F, F, V, F d) V, V, F, F, V

12. A Revolução Industrial teve início na Inglaterra em meados do século XVIII. Qual das alternativas abaixo
explica o pioneirismo inglês na Revolução Industrial?
a) Presença de petróleo no território; mão-de-obra em abundância; capital da nobreza para investimentos;
presença de grande quantidade de máquinas importadas da França.
b) Economia baseada no feudalismo, grande quantidade de artesãos; boas reservas de carvão mineral;
contatos comerciais com a Índia.
c) Presença de grandes reservas de carvão mineral e minério de ferro em seu território; mão-de-obra em
abundância; capital da burguesia para investimentos em indústrias; mercado consumidor.
d) Grandes investimentos em transporte marítimo; grandes reservas de petróleo; mão-de-obra estrangeira
em abundância; relações comerciais com o Brasil.

13. Quais os dois tipos de transportes que foram fundamentais para a Revolução Industrial?
a) Transporte marítimo (através dos navios a vapor) e transporte ferroviário (locomotivas a vapor).
b) Transporte aéreo (aviões e helicópteros) e transporte ferroviário (locomotivas a vapor).
c) Transporte marítimo (através dos navios a vapor) e transporte veicular (automóveis e caminhões).
d) Transporte aéreo (aviões e helicópteros) e transporte animal (bois, cavalos, etc).

14. Qual das alternativas abaixo aponta uma das principais invenções que foi fundamental para a Revolução
Industrial?
a) Telefone c) Calculadora manual
b) Telégrafo d) Máquina a vapor

15. Sobre a condição de vida dos operários (trabalhadores das fábricas) na época da Revolução Industrial é
correto afirmar que:
a) Tinham apenas férias remuneradas como direito trabalhista, podiam se organizar livremente em
sindicatos, recebiam salários justos que lhes permitiam viver de forma digna.
b) Eles não tinham direitos trabalhistas, trabalhavam muito e ganhavam pouco, o ambiente de trabalho
apresentava péssimas condições.
c) Trabalhavam apenas 5 dias por semana, recebiam vários benefícios trabalhistas, tinham um ambiente de
trabalho em boas condições.
d) Recebiam salários baixos, enfrentavam duras jornadas de trabalho, não apresentavam problemas de
saúde relacionados ao trabalho.

16. Um dos principais movimentos trabalhistas contra as péssimas condições de trabalho na Revolução
Industrial ficou conhecido como Ludismo. Qual das alternativas abaixo explica melhor este movimento?
2015
a) Os ludistas buscavam negociar melhores condições de trabalho com os donos das indústrias.
b) Os ludistas protestavam através de passeatas e outras manifestações pacíficas contra as condições de
trabalho dos operários.
c) Os ludistas buscavam, através das eleições, eleger representantes do movimento para lutar pelas causas
trabalhistas.
d) Também conhecidos como "quebradores de máquinas", os ludistas invadiam fábricas e quebravam as
máquinas numa forma de protesto e revolta com relação às péssimas condições de trabalho enfrentadas
pelos operários.

17. A enclosure ou cercamento:


a) é o processo de extinção dos campos abertos (open fields), provocando o êxodo rural;
b) provocou a substituição dos grandes domínios rurais pelos pequenos, cuja rentabilidade era maior;
c) implicou uma maior concentração de mão-de-obra agrícola, ao deter a migração para as cidades;
d) foi um fenômeno exclusivo da Inglaterra, não aparecendo em nenhum outro país;
e) ocorreu somente no século XIX, em virtude da estagnação do mercado consumidor.

18. “Para ele, os fatos econômicos e a luta de classes são o motor da História; o triunfo do proletariado e a
implantação de uma sociedade sem classes são o objetivo final. Esse objetivo, contudo, só será alcançado
com a união de todos os proletários.”
O texto acima refere-se ao criador do socialismo científico:
a) Karl Marx d) Pedro Kropotkin
b) Vladimir Lenin e) Adam Smith
c) Saint-Simon

19. Entre os fatores que fizeram da Inglaterra o berço propício à eclosão da Revolução Industrial, podemos
citar os seguintes:
a) As condições sociais e políticas da época eram favoráveis.
b) Com a criação do Banco da Inglaterra, essa nação tornou-se o maior centro capitalista da época.
c) O sistema corporativo não chegara a se enraizar desde a Idade Média.
d) A supremacia naval inglesa assegurava o controle das rotas de distribuição de mercadorias.
e) Todas as anteriores.

20. (PUCCAMP) “O produto da atividade humana é separado de seu produtor e açambarcado por uma
minoria: a substância humana é absorvida pelas coisas produzidas, em lugar de pertencer ao homem.”
A partir do texto, pode-se afirmar que a Revolução Industrial:
a) produziu a hegemonia do capitalista na produção social;
b) tornou a manufatura uma alternativa para o artesanato;
c) introduziu métodos manuais de trabalho na produção;
d) tornou o homem mais importante que a máquina;
e) valorizou o produtor autônomo.

Você também pode gostar