A Linha do Tempo da História da Arte- cronológica, geográfica e temática.

O MetropolitanMuseumofArt'scollection e sua equipe de curadores, conservadores e funcionários em educação. Considerada a melhor equipe de especialistas em arte de todo o mundo, referência inestimável e ferramenta de pesquisa para estudantes, educadores, acadêmicos e outros interessados no estudo da História da Arte e assuntos relacionados. As obras de arte no acervo do Metropolitan celebram a criatividade humana ao redor do mundo e de todas as épocas.

A arte rupestre é a primeira demonstração de arte que se tem notícia na história humana. Seus vestígios datam de antes do desenvolvimento das grandes civilizações e tribos, como as do Antigo Egito. Esse tipo de arte era caracterizado por ser feito com materiais como terra vermelha, carvão, e pigmentos amarelos (retirados também da terra). Os desenhos eram realizados em peles de animais, cascas de árvores, e, principalmente, em paredes de cavernas. Retratavam animais, pessoas, e até sinais. Havia cenas de caçadas, de espécies extintas, e em diferentes regiões. Apesar do desenvolvimentos primitivo, podem -se distinguir diferentes estilos, como pontilhado (o contorno das figuras formado por pontos espaçados) ou de contorno contínuo (com uma linha contínua marcando o contorno das figuras). Apesar de serem vistas como mal-feitas e não-civilizadas, as figuras podem ser consideradas um exemplo de sofisticação e inovação para os recursos na época. Não existem muitos exemplos de arte-rupestre preservada, mas com certeza o mais famoso deles é o das cavernas de Lascaux, na França.

Características da arte na pré-história e suas diferenças com a arte na atualidadeAs características da arte na pré-história podem ser inferidas a partir dos povos que vivem atualmente ou viveram até recentemente na pré-historia (por exemplo, os aborígenes, os índios). Na pré-história, a arte não era algo que pudesse ser separada das outras esferas da vida. Ela não se separava dos mitos, da economia, da política, e essas atividades também não eram separadas entre si. Todas essas esferas formavam um todo em que tudo tinha que ser arte, ter uma estética, porque nada era puramente utilitário, como são hoje um abridor de latas ou uma urna eleitoral. Tudo era ao mesmo tempo mítico, político, econômico e estético. E todos participavam nessas coisas.

separada do resto da vida. apenas para que produzissem arte. a arte tenha chegado a ter uma relativa autonomia).A arte c uma palavra que des a uma e era separada de todo o resto s surgiu quando surgiram as castas classes e Estados isto é quando todas aquelas es eras da vida se tornaram especializaç es de determinadas pessoas: o governante com a política. por e emplo). assim como a categoria daqueles que passaram a ser chamados de "artistas". ¦ ¥   ¦ © ¥ § ¤£ ¢ § §  ¡  ¨ . e a palavra que a designa. os mecenas (os Médici. uma arte realmente "pura". Mas antes do renascimento. a palavra "arte" era sinônimo de "técnica". alguns artesãos foram sustentados por nobres. os camponeses com a economia. Então a arte ainda era raramente separável da economia (embora na grécia antiga. os artesãos eram muito ligados à economia. No renascimento. muitos eram mercadores e é daí que vem a palavra "artesanato". ou seja. por isso. Surgiu então a arte como a arte que conhecemos hoje."produzir alguma coisa" num conte to urbano. os sacerdotes com a religião e os artesãos com a arte S aí é que surge a arte "pura".

blogspot.com/2010/12/historia -da-arte-linha-do-tempo.html .REFERÊNCIAS http://blogillustratus.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful