Você está na página 1de 6

Semana: 12/06 a 18/06

BARREIRAS
DA
ADORAÇÃO
Nadabe e Abiú, lhos de Arão, pegaram cada um o seu
incensário, nos quais acenderam fogo, acrescentaram incenso,
e trouxeram fogo profano perante o Senhor, sem que
tivessem sido autorizados. Então saiu fogo da presença do
Senhor e os consumiu. Morreram perante o Senhor.

LEVÍTICOS 10:1
fi

INTRODUÇÃO 1. EGOÍSMO

A Palavra nos conta a história de Nadabe e “Nadabe e Abiú, lhos de Arão, pegaram ca-
Abiú, lhos de Arão, o sacerdote. Os dois da um o seu incensário, nos quais acenderam
foram imprudentes em sua adoração a fogo, acrescentaram incenso, e trouxeram fo-
Deus e, por isso, acabaram morrendo no go profano perante o Senhor, sem que tives-
santuário. Sabemos que, desde os tempos sem sido autorizados” (Levíticos 10:1). Deus
antigos até os dias de hoje, o Senhor exige havia determinado instruções claras para
de nós santidade, pois nenhuma adoração o mantimento do tabernáculo em Israel, e
deve ser feita irresponsavelmente. Sendo os sacerdotes do templo sabiam disso. Não
assim, podemos aprender lições valiosas foi o su ciente, no entanto, para manter
com o ocorrido em Israel. Nadabe e Abiú na linha. Os dois preferiram
agir segundo seus próprios desejos, e esta
No mês de Junho, o Senhor tem nos convo-
é a raiz do egoísmo. A Palavra nos ensina a
cado como igreja a aprofundar nossa ado-
andar pelo caminho oposto, pensando nos
ração. Isso signi ca que, assim como Nada-
outros antes de nossos interesses: “[…] Há
be e Abiú, devemos enfrentar as barreiras
maior felicidade em dar do que em receber”
que nos impedem de andar em santidade.
(Atos 20:35). Este é o caminho do altruís-
Hoje, vamos falar sobre cinco destas bar-
mo. Todo pecado possui uma raiz egoísta, e
reiras, começando com o Egoísmo.
o altruísmo nos ajuda a vencê-lo.
fi
fi
fi
fi

2. MUNDANISMO 3. AMARGURA

“Pois Demas, amando este mundo, abando- Este é outro grande problema que tem
nou-me e foi para Tessalônica. Crescente foi afetado a adoração de muitos cristãos. A
para a Galácia, e Tito, para a Dalmácia” (2 Ti- Bíblia diz: “Quem não ama não conhece a
móteo 4:10). Uma das maneiras que o ini- Deus, porque Deus é amor” (1 João 4:8) e “Se
migo mais usa para roubar a adoração do alguém a rmar: ‘Eu amo a Deus’, mas odiar
homem é através do mundanismo, isto é, seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama
amor ao mundo. O pecado traz prazer à seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus,
carne, mas devemos fazer o exercício de a quem não vê” (1 João 4:20). Não existe
diariamente lembrar-nos a nós mesmos adoração sem perdão. A nal, a única razão
que a alegria é momentânea, e nada de de podermos adorar o Senhor hoje é por-
bom vem daquilo que é profano. “[A Graça] que, um dia, fomos perdoados por Ele. Não
nos ensina a renunciar à impiedade e às pai- temos o direito de não perdoar nossos ir-
xões mundanas e a viver de maneira sensata, mãos. Aquele que decide guardar mágoas
justa e piedosa nesta era presente” (Tito 2: acaba apodrecendo no interior. A amargura
12). A verdadeira adoração só acontece é um veneno para a alma que destrói a
quando passamos a amar Jesus e seu Rei- pureza que Deus entregou. Após perdoar,
no mais do que o pecado e as distrações você será a pessoa mais bene ciada, pois
do mundo. poderá adorar o Senhor em liberdade.
fi
fi
fi
4. IMPACIÊNCIA 5. FORMALISMO

“Alegrem-se na esperança, sejam pacientes Por m, não devemos nos apegar ao for-
na tribulação, perseverem na oração” (Roma- malismo. Algumas pessoas deixam de se
nos 12:12). Para adorar, devemos aguardar comportar de maneira natural com Deus
o tempo do Senhor. Alguns se tornam im- para seguir certos aspectos exteriores de
pacientes e decidem agir com pressa. En- culto, liturgia e atos religiosos. Isso não é
tramos no quarto e dizemos “Aqui estou, adoração. “Saiba disto: nos últimos dias so-
Senhor, apressa-te, porque tenho coisas brevirão tempos terríveis. Os homens serão
pra fazer”. Mas Jesus nos ensina a aguardar […] mais amantes dos prazeres do que ami-
com mansidão pelo tempo da colheita. Se gos de Deus, tendo aparência de piedade,
Caim tivesse sido paciente, seu irmão per- mas negando o seu poder. Afaste-se também
maneceria vivo. Se Abraão tivesse sido pa- destes” (2 Timóteo 3:1, 4-5). De nada adian-
ciente, não se deitaria com Hagar. Se o ta seguir uma religião se não temos a ver-
povo no deserto fosse paciente, entrariam dadeira intimidade com Deus. É verdade
na Terra Prometida. O desejo de se apres- que devemos ter ordem em nossos cultos,
sar nos leva ao pecado, e devemos vencê- mas não podemos cair numa formalidade
lo aprendendo a con ar no Senhor. Não humana exagerada que impede a opera-
seja ansioso na presença de Deus. Tome o ção do Espírito Santo. A formalidade faz da
tempo para adorá-lo em entrega e paz. adoração uma produção do homem.
fi
fi
CONCLUSÃO APLICAÇÃO
Se os sobrinhos de Moisés, que haviam vis-
1. Separe um momento para analisar sua
to o poder de Deus se manifestar no Egito
vida em relação a cada barreira que foi
e passaram pelo mar aberto, caíram na ar-
apresentada aqui. Você tem vivido de for-
madilha, nós também devemos ter cuidado
ma irrepreensível, ou tem permitido que o
para não entregar ao Senhor uma adora-
pecado roube sua adoração?
ção imprudente. Existem muitas outras
barreiras que nos impedem de adorar o 2. Ore por perdão e peça ajuda do Espírito
Senhor. Devemos romper com cada muro Santo para vencer cada barreira. Lembre-
para nos aproximar de Deus e viver em se que o Senhor é aquele que nos faz ven-
uma verdadeira santidade. cer em cada batalha.

3. Decida remover a religiosidade incorre-


ta da sua vida e experimentar a verdadeira
intimidade com Deus. Você pode começar
hoje aceitando Jesus em seu coração como
único Senhor e Salvador.
DECLARE
Fui criado para adorar, e assim farei com
santidade e pureza de coração.

Você também pode gostar