Você está na página 1de 5

 

Ano lectivo 2008/2009

FICHA DE TRABALHO Nº 2

Curso Profissional Animador Sóciocultural Setembro 2008

MATEMÁTICA A3 - ESTATÍSTICA

Nome: _____________________________________________________________ Nº _____  Ano: _____  Turma: _____ 

Tabelas de Frequências

1. Dados não Agrupados

• FREQUÊNCIA ABSOLUTA E RELATIVA

Perguntou-se aos estudantes de uma turma do secundário (noite) as suas idades, tendo-se obtido os seguintes valores:

19 18 17 18 20 21 19 20 18 180
20 21 20 19 19 18 21 20 19 17

A variável estatística em estudo é a ____________ que toma 5 valores diferentes: _____________.


Representando por x i a variável estatística, tem-se para os seus valores:

x1 = 17 ; x 2 = 18 ; x 3 = 19 ; x 4 = 20 ; x 5 = 21

Contando o número de vezes que cada valor aparece, obtêm-se as frequências absolutas dos
diferentes valores, conforme se pode ver na tabela.

A frequência absoluta de um valor da variável é o número de vezes que esse valor foi observado, e
representa-se por f i

Prof. Cláudia Costa Página 1 de 5


Para cada um dos valores da variável, tem-se a frequência absoluta:

x1 = 17 f1 = 2

x 2 = 18 f2 = 4

x 3 = 19 f3 = 5

x 4 = 20 f4 = 6

x 5 = 21 f5 = 3

Efectuando a soma das frequências absolutas, verifica-se que ela é igual ao número total de
dados observados.
f1 + f 2 + f 3 + f 4 + f 5 = 20

A frequência relativa de um valor da variável é o quociente entre a frequência absoluta do valor


da variável e o número de dados observados, e representa-se por fri .

Na tabela ao lado estão calculados as frequências relativas dos valores da variável estatística
idade.
x1 = 17 fr1 = 0 ,10

x 2 = 18 fr2 = 0 ,20

x 3 = 19 fr3 = 0,25

x 4 = 20 fr4 = 0 ,30

x 5 = 21 fr5 = 0,15

Efectuando a soma das frequências relativas, verifica-se que ela é igual a 1. No caso das frequências relativas estarem escritas em
percentagem, essa soma é igual a 100.
fr1 + fr2 + fr3 + fr4 + fr5 = 100

Exercício:
1. Perguntou-se a 18 alunos o número de irmãos, tendo-se obtido os seguintes valores:

1 2 0 2 1 3 3 2 1 1 1 2 3 2 0 2 1 2

1.1. Identifica a variável estatística e indica os seus valores.


1.2. Constrói a tabela de frequências absolutas e relativas.
Prof. Cláudia Costa Página 2 de 5
• FREQUÊNCIAS ABSOLUTA E RELATIVA ACUMULADA

A frequência absoluta acumulada, que se representa por Fi , e a frequência relativa acumulada, que se representa por Fri ,

obtêm-se adicionando as frequências absolutas e relativas, respectivamente, até ao valor considerado da variável estatística.

No caso da variável idade dos estudantes da turma anteriormente estudada, é fácil determinar as frequências absolutas e relativas
acumuladas.

xi f i (freq. absoluta) fri (freq. relativa) Fi (freq. absoluta Fri (freq. relativa

(idade) acumulada) acumulada)


17 2 0,10
18 4 0,20
19 5 0,25
20 6 0,30
21 3 0,15

A partir da informação da tabela, obtém-se resposta a questões do tipo:


Qual é o número de estudantes com idade inferior ou igual a 20 anos?

Qual é a percentagem de estudantes com idade inferior a 19 anos?

Exercício:
1. o número de golos marcados por cada uma das equipas numa jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão foi o

seguinte:

1 0 2 1 1 2 0 1 3
0 2 1 0 3 1 1 4 2

1.1. Constrói a tabela de frequências absolutas, relativas, absolutas acumuladas e relativas acumuladas para a variável
número de golos marcados.
1.2. Quantas equipas marcaram mais do que dois golos?
1.3. Que percentagem de equipas marcaram menos do que três golos?

Prof. Cláudia Costa Página 3 de 5


2. Dados Agrupados

Consideremos o peso, em Kg, de 16 jogadores de futebol.


68,1 71,5 80,4 76,3 78,2 69,5 82,6 78,5
73,7 85,8 75,3 72,4 74,4 81,2 77,2 70,9

O estudo das variáveis contínuas assenta na organização dos dados em classes.


O intervalo [ 79 , 83 [ é um exemplo de classe, também designado por intervalo de classe, em que:

• 79 é o limite inferior da classe;


• 83 é o limite superior da classe;
• 83-79=4 é a amplitude da classe;
79 + 83
• o ponto médio do intervalo, isto é = 81 , é a marca da classe.
2
• o número de dados pertencentes à classe é a frequência da classe. Na determinação da frequência deve atender-se a que
79 pertence à classe e 83 não pertence à classe.

Para este problema consideremos 5 classes. Considerando todas as classes com a mesma amplitude, pode usar-se o
procedimento seguinte:

• calcula-se a amplitude total dos dados, isto é, a diferença entre o maior e o menor dos valores observados;
85,8 – 68,1 = 17,7

• divide-se a amplitude total pelo número considerado de classes; 17,7 : 5 = 3,54

• considerando o valor 4 para a amplitude de cada classe e o valor 67 para limite inferior da primeira classe, têm-se as 5
classes:
[ 67 , 71[ [ 71 , 75 [ [ 75 , 79 [ [ 79 , 83 [ e [ 83 , 87[

Exercícios:
1. As classificações, numa escala de 0 a 100, obtidas pelos alunos de uma turma na disciplina de Português foram as seguintes:

39 85 56 74 70 75 42 32 36 63 50 38
30 45 81 51 58 40 15 53 50 63 90

Constrói a tabela de frequências.


Prof. Cláudia Costa Página 4 de 5
2. O conjunto de dados seguintes refere-se ao número de golos marcados em 30 jogos de hóquei em patins.

1 0 3 4 2 7 5 1 6 3
3 2 4 5 2 3 1 5 8 7
5 6 4 3 6 2 4 4 5 3

2.1. Identifica a variável estatística e classifica-a.


2.2. Quais os valores que a variável toma?
2.3. Constrói a tabela de frequências.

3. A tabela seguinte define a distribuição das frequências relativas em percentagem, em relação ao número de horas que 40
estudantes dormiram no passado domingo.

x i (n.º de horas de sono) 5 7 8 9 10

fri ( em %) 5 25 40 20 10

3.1. Que percentagem de estudantes dormiram mais do que 7 horas?


3.2. Quantos estudantes dormiram menos do que 8 horas?

4. A tabela seguinte define a distribuição de frequências absolutas acumuladas do tempo gasto por 30 pessoas no percurso de

casa para o trabalho.

Classes (tempo em min.) [ 0 , 10 [ [ 10 , 20 [ [ 20 , 30 [ [ 30 , 40 [ [ 30 , 40 [ [ 40 , 50 [


Fi 2 5 14 21 26 30

4.1. Qual é a percentagem de pessoas que demoraram 30 minutos ou mais no percurso de casa para o trabalho?
4.2. Constrói a tabela de frequências relativas.

Prof. Cláudia Costa Página 5 de 5

Você também pode gostar