Você está na página 1de 6

Coloque verdadeiro ou falso: 1) [ ] O Tribunal de Justiça é presidido por um dos seus membros e terá três Vice-Presidentes, além

do Corregedor-Geral da Justiça. Vagando, no curso do biênio, qualquer dos cargos referidos neste artigo, assim como os de membros eleitos do Conselho da Magistratura, proceder-seá, dentro de cinco dias, à eleição do sucessor, para o tempo restante, salvo se este for inferior a três meses, caso em que será convocado o desembargador mais antigo O Tribunal de Justiça é presidido por um dos seus membros e terá três Vice-Presidentes, além do Corregedor-Geral da Justiça . Vagando, no curso do biênio, qualquer dos cargos referidos neste artigo, assim como os de membros eleitos do Conselho da Magistratura, proceder-seá, dentro de dez dias, à eleição do sucessor, para o tempo restante, salvo se este for inferior a três meses, caso em que será convocado o desembargador mais antigo Ao Presidente do Tribunal de Justiça, que é o chefe do Poder Judiciário, compete comunicar ao Governador do Estado, com quinze dias pelo menos de antecedência, a data em que o magistrado atingirá a idade legal para aposentadoria compulsória Ao Presidente do Tribunal de Justiça, que é o chefe do Poder Judiciário compete comunicar ao Governador do Estado, com trinta dias pelo menos de antecedência, a data em que o magistrado atingirá a idade legal para aposentadoria compulsória. Ao Presidente do Tribunal de Justiça, que é o chefe do Poder Judiciário compete: conceder licença aos funcionários do quadro do Tribunal de Justiça, até sessenta dias Ao Presidente do Tribunal de Justiça, que é o chefe do Poder Judiciário compete: conceder licença aos funcionários do quadro do Tribunal de Justiça, quando por prazo superior a sessenta dias As sessões do Conselho, conforme a natureza da matéria, serão públicas, secretas ou sigilosas. Quando a decisão não for unânime, caberá, no prazo de cinco dias, a contar de sua publicação, no órgão oficial, pedido de reconsideração, a ser distribuído a outro relator. As sessões do Conselho, conforme a natureza da matéria, serão públicas, secretas ou sigilosas. Quando a decisão não for unânime, caberá, no prazo de dez dias, a contar de sua publicação, no órgão oficial, pedido de reconsideração, a ser distribuído a outro relator. As sessões do Conselho, conforme a natureza da matéria, serão públicas, secretas ou sigilosas. Quando a decisão não for unânime, caberá, no prazo de quinze dias, a contar de sua publicação, no órgão oficial, pedido de reconsideração, a ser distribuído a outro relator As férias e licenças por motivo de saúde até trinta dias, serão concedidas pelos juízes de direito das comarcas do interior. As férias e licenças por motivo de saúde até sessenta dias, serão concedidas pelos juízes de direito das comarcas do interior. As férias e licenças por motivo de saúde até noventa dias, serão concedidas pelos juízes de direito das comarcas do interior. Compete ao Corregedor Geral de Justiça, expedir, mediante portaria, as instruções necessárias ao relacionamento das Varas da Infância, da Juventude e do Idoso da Capital e das comarcas com órgãos e entidades ligadas aos problemas da infância, da juventude e do idoso;

2) [

]

3) [

]

4) [

]

5) [ 6) [ 7) [

] ] ]

8) [

]

9) [

]

10) [ 11) [ 12) [ 13) [

] ] ] ]

da Juventude e do Idoso da Capital e das comarcas com órgãos e entidades ligadas aos problemas da infância. anualmente. necessariamente. com indicação do critério a ser observado. contados da publicação no órgão oficial ] Os pedidos de permuta entre os Juízes de Direito da mesma entrância e os de remoção. pelo Conselho da Magistratura. contados da publicação do edital que noticiar a vacância serão. anualmente. será imediatamente expedido edital. à vista de impedimento legítimo do nomeado. mediante provimento. pelo Órgão Especial. falecidos e os que hajam perdido o cargo. falecidos e os que hajam perdido o cargo. para efeito de inscrição. contados da publicação no órgão oficial ] Ocorrendo vaga a ser preenchida por promoção. necessariamente. Os que se julgarem prejudicados poderão formular reclamação ao Conselho da Magistratura. submetidos à prévia apreciação do Conselho da Magistratura antes da votação pelo Órgão Especial ] Os pedidos de permuta entre os Juízes de Direito da mesma entrância e os de remoção. estes formulados no prazo de dez dias. pelo prazo de trinta dias. incluídos os novos juízes e desembargadores e excluídos os aposentados. devidamente comprovado. para efeito de inscrição. no prazo de quinze dias. mediante requerimento escrito ao Presidente do Tribunal. contados da publicação no órgão oficial ] Ocorrendo vaga a ser preenchida por promoção. contados da publicação da lista no órgão oficial ] A lista de antigüidade será revista. com indicação do critério a ser observado. instruído com a prova documental dos requisitos exigidos: ] Ocorrendo vaga a ser preenchida por promoção. será imediatamente expedido edital. abrir-se-á a inscrição. no prazo de quinze dias. incluídos os novos juízes e desembargadores e excluídos os aposentados. ] A lista de antigüidade será revista. as instruções necessárias ao relacionamento das Varas da Infância. no prazo de cinco dias. da juventude e do idoso. salvo prorrogação por igual prazo. incluídos os novos juízes e desembargadores e excluídos os aposentados. no prazo de quinze dias. pelo Órgão Especial. será imediatamente expedido edital. contados da publicação do edital que noticiar a vacância serão.14) [ 15) [ 16) [ 17) [ 18) [ 19) [ 20) [ 21) [ 22) [ 23) [ 24) [ 25) [ ] Compete ao Corregedor Geral de Justiça. ] Para composição de lista tríplice de advogados. submetidos à prévia apreciação do Conselho da Magistratura antes da votação pelo Órgão Especial ] Os magistrados tomarão posse dentro em trinta dias da publicação do ato no órgão oficial. falecidos e os que hajam perdido o cargo. com indicação do critério a ser observado. para efeito de inscrição. concedida pelo Presidente do Tribunal. no prazo de dez dias. anualmente. com prorrogação por igual prazo. contados da publicação da lista no órgão oficial ] A lista de antigüidade será revista. à vista de impedimento legítimo do nomeado. Os que se julgarem prejudicados poderão formular reclamação ao Conselho da . expedir. estes formulados no prazo de cinco dias. Os que se julgarem prejudicados poderão formular reclamação ao Conselho da Magistratura. devidamente comprovado ] Os magistrados tomarão posse dentro em trinta dias da publicação do ato no órgão oficial. concedida pelo Presidente do Tribunal.

do exercício do cargo. nos quinze dias seguintes à publicação do ato respectivo. da Juventude e do Idoso Sempre que houver desdobramento ou criação de varas. com a observância dos seguintes requisitos. nos quinze dias seguintes à publicação do ato de sua promoção. devendo ficar concluído o processo no prazo de sessenta dias A aposentadoria por invalidez será concedida ou decretada compulsoriamente. nos cinco dias seguintes à publicação do ato de sua promoção. terá direito a optar pela que for da sua preferência. entender-se-á que preferiu a vara de numeração ordinária mais baixa resultante da alteração havida. mediante procedimento estabelecido no Regimento Interno do Tribunal de Justiça. através de simples manifestação de vontade O juiz que. quando se tratar de Vara de Família. nos cinco dias seguintes à publicação do ato respectivo. se não o fizer nesse prazo. a titularidade da vara que possuía no momento da elevação. entender-se-á que preferiu a vara de numeração ordinária mais baixa resultante da alteração havida. terá direito a optar pela que for da sua preferência. contados da publicação da lista no órgão oficial A aposentadoria por invalidez será concedida ou decretada compulsoriamente. também superior a trinta dias. dependem de inspeção por junta médica A licença para tratamento de saúde por prazo superior a noventa dias. da Infância. do exercício do cargo. permanecer ocupando vara de comarca elevada à entrância especial terá o direito de automaticamente retomar. desde logo. através de simples manifestação de vontade A licença para tratamento de saúde por prazo superior a trinta dias. até final decisão. devendo ficar concluído o processo no prazo de trinta dias Sempre que houver desdobramento ou criação de varas. bem como as prorrogações que importem em licença por período ininterrupto. ou a de família. se não o fizer nesse prazo. O paciente deverá ser afastado.26) [ ] 27) [ ] 28) [ ] 29) [ ] 30) [ ] 31) [ ] 32) [ ] 33) [ ] 34) [ ] 35) [ ] Magistratura. também superior a noventa dias. quando se tratar de Vara de Família. o juiz ocupante da vara desdobrada ou da vara de que saíram as atribuições da nova. e. até final decisão. mediante procedimento estabelecido no Regimento Interno do Tribunal de Justiça. o juiz ocupante da vara desdobrada ou da vara de que saíram as atribuições da nova. no prazo de dez dias. permanecer ocupando vara de comarca elevada à entrância especial terá o direito de automaticamente retomar. a titularidade da vara que possuía no momento da elevação. bem como as prorrogações que importem em licença por período ininterrupto. da Juventude e do Idoso O juiz que. de acordo com a tabela anual organizada pelo órgão especial. por força da inamovibilidade constitucional. e. desde logo. por força da inamovibilidade constitucional. dependem de inspeção por junta médica A licença para tratamento de saúde por prazo superior a noventa dias. dependem de inspeção por junta médica Os juízes de direito gozarão férias individuais de sessenta dias. com a observância dos seguintes requisitos. ou a de família. também superior a trinta dias. antes do início de cada ano . da Infância. O paciente deverá ser afastado. bem como as prorrogações que importem em licença por período ininterrupto.

no período de férias. devido a remoção. atendendo pessoalmente aos advogados. com certidão extraída do livro de registro dos termos de conclusão. antes do início de cada ano ] Os juízes de direito da 2º entrância gozarão férias individuais de sessenta dias. em substituição de juiz titular. em substituição de juiz titular. por mais de seis meses. o juiz deverá comunicar ao Presidente do Tribunal de Justiça. salvo quando ocupados em diligências judiciais fora do juízo ] Pelas faltas cometidas. ] O magistrado que. visada pelo mesmo. promoção ou exigência de serviço e determinação superior ficar privado das férias no período estabelecido. autos pendentes de decisão. ou enquanto for necessário ao serviço. censura. receberá. por tempo maior que do prazo legal. no período de férias. de acordo com a tabela anual organizada pelo Corregedor Geral de Justiça. salvo quando ocupados em diligências judiciais fora do juízo ] Os juízes devem comparecer diariamente à sede de seus juízos e aí permanecer das treze às dezessete horas. a diferença entre seus vencimentos e os do substituído ] O juiz da região judiciária que se mantiver em exercício pleno. atendendo pessoalmente aos advogados. salvo quando ocupados em diligências judiciais fora do juízo ] Os juízes devem comparecer diariamente à sede de seus juízos e aí permanecer das onze às dezenove horas. ou enquanto for necessário ao serviço. e que não tem na conclusão. antes do início de cada ano ] O juiz da região judiciária que se mantiver em exercício pleno. a diferença entre seus vencimentos e os do substituído ] O juiz que for removido ou promovido em gozo de férias. ] Os juízes devem comparecer diariamente à sede de seus juízos e aí permanecer das treze às dezoito horas. autos pendentes de decisão. terá direito de gozá-las em dobro. ficam os magistrados sujeitos às seguintes sanções disciplinares de advertência. não as interromperá. sem prejuízo da posse imediata ] O juiz que for removido ou promovido em gozo de férias. as interromperá. e que não tem na conclusão. com certidão extraída do livro de registro dos termos de conclusão. atendendo pessoalmente aos advogados. demissão . por seis meses ou mais. de acordo com a tabela anual organizada pelo presidente do Tribunal de Justiça. ] Antes de entrar em férias. em outra época. atendendo pessoalmente aos advogados. ou enquanto for necessário ao serviço. que não depende de julgamento causa cuja instrução tenha dirigido. receberá. o juiz deverá comunicar ao Órgão Especial. antes do início de cada ano ] Os juízes de direito gozarão férias individuais de sessenta dias. de acordo com a tabela anual organizada pelo presidente do Tribunal de Justiça. salvo quando ocupados em diligências judiciais fora do juízo ] Os juízes devem comparecer diariamente à sede de seus juízos e aí permanecer das onze às dezessete horas. ou enquanto for necessário ao serviço.36) [ 37) [ 38) [ 39) [ 40) [ 41) [ 42) [ 43) [ 44) [ 45) [ 46) [ 47) [ 48) [ 49) [ 50) [ ] Os juízes de direito gozarão férias individuais de sessenta dias. que não depende de julgamento causa cuja instrução tenha dirigido. sem prejuízo da posse imediata ] Antes de entrar em férias. visada pelo mesmo. por tempo maior que do prazo legal.

o Diretor do Depósito Público da Comarca da Capital dar-lhe-á o destino adequado. por determinação do tribunal respectivo ] As vendas dos bens entregues à guarda de depósito público não podem ser efetuadas sem prévia autorização judicial. cônjuge ou irmão. a reclamação será processada e julgada. nos casos de faltas que. no prazo de cinco dias. ] Quando o ato reclamado pertencer a processo em que o juiz esteja executando decisão sua.51) [ 52) [ 53) [ 54) [ 55) [ 56) [ 57) [ 58) [ 59) [ 60) [ 61) [ 62) [ 63) [ 64) [ 65) [ 66) [ 67) [ ] Pelas faltas cometidas. ] Das penas impostas caberá recurso voluntário. suspensão ] A pena de advertência aplicada ao magistrado será sempre em caráter reservado. ficam os magistrados sujeitos às seguintes sanções disciplinares de advertência. censura. ] O juiz de direito não poderá afastar-se do exercício do seu cargo. nos casos de faltas que. todavia revelem descumprimento dos deveres do cargo ] A pena de advertência aplicada ao magistrado será sempre em caráter reservado. no prazo de cinco dias. que decidirá pelo voto da maioria de seus membros ] Das penas impostas caberá recurso voluntário. a não ser em caso de falecimento de seu descendente ou ascendente consangüíneo ou afim. não sendo graves. pelo tribunal que houver proferido o acórdão exeqüendo. todavia revelem descumprimento dos deveres do cargo ] A pena de censura será aplicada no caso de falta de cumprimento dos deveres do cargo. ficam os magistrados sujeitos às seguintes sanções disciplinares de advertência. que decidirá pelo voto da maioria absoluta de seus membros ] Quando o ato reclamado pertencer a processo em que o juiz esteja executando decisão sua. repreensão ] Pelas faltas cometidas. mediante autorização do Corregedor da Justiça. Quando se tratar de bem imprestável ou sem valor apreciável. censura. feita a distribuição nos termos da lei. em conformidade com normas que forem por este baixadas em portaria. Quando se tratar de bem imprestável ou sem valor apreciável. cujo relator ou seu substituto será a reclamação distribuída. Quando se tratar de bem . cônjuge ou irmão. exceto quando a serviço eleitoral. para o Órgão Especial do Tribunal de Justiça. com efeito suspensivo. pelo prazo de oito dias ] O juiz de direito poderá afastar-se do exercício do seu cargo. desde que a infração não seja punida com pena mais grave ] O juiz censurado ficará inabilitado para concorrer a promoção por merecimento pelo período de um ano ] O juiz censurado ficará inabilitado para concorrer a promoção por merecimento pelo período de um dois anos. com efeito suspensivo. em conformidade com normas que forem por este baixadas em provimento. o Diretor do Depósito Público da Comarca da Capital dar-lhe-á o destino adequado. ] As vendas dos bens entregues à guarda de depósito público não podem ser efetuadas sem prévia autorização judicial. para o Órgão Especial do Tribunal de Justiça. sendo graves. por câmara isolada. ] As vendas dos bens entregues à guarda de depósito público não podem ser efetuadas sem prévia autorização judicial. mediante autorização do Presidente do Tribunal de Justiça. pelo prazo de sete dias ] O juiz de direito não poderá afastar-se do exercício do seu cargo. a reclamação será processada e julgada. a não ser em caso de falecimento de seu descendente ou ascendente consangüíneo ou afim. de negligência reiterada ou de procedimento incorreto ou indecoroso.

se conveniente à apuração da falta O prazo para o encerramento do processo. sendo as alegações preliminares apresentadas nos 15 (quinze) dias subseqüentes. 60 (sessenta) dias O indiciado será citado. 90 (noventa) dias O procedimento de sindicância deverá encerrar-se em. é de 90 (noventa) dias. é de 60 (sessenta) dias. no máximo. a fim de comparecer a interrogatório. mediante decisão fundamentada O procedimento de sindicância deverá encerrar-se em. multa e repreensão O Corregedor-Geral da Justiça poderá ordenar a suspensão preventiva de servidor até 30 (trinta) dias. se houver O indiciado será citado. O Titular de serventia poderá aplicar as penas de advertência e repreensão O Titular de serventia poderá aplicar as penas de advertência. se houver A licença médica e para acompanhamento de pessoa da família do secretário será concedida pelo juiz a que estiver subordinado até o limite de 30 dias. sendo as alegações preliminares apresentadas nos 10 (dez) dias subseqüentes. com indicação de prova e rol de testemunha. ultrapassado tal limite o secretário será avaliado pelo Departamento de Saúde do Tribunal de Justiça . mediante decisão fundamentada O prazo para o encerramento do processo. em primeiro grau.68) [ 69) [ 70) [ 71) [ 72) [ 73) [ 74) [ 75) [ 76) [ 77) [ 78) [ 79) [ ] ] ] ] ] ] ] ] ] ] ] ] 80) [ ] imprestável ou sem valor apreciável. o Diretor do Depósito Público da Comarca da Capital dar-lhe-á o destino adequado. a fim de comparecer a interrogatório. em conformidade com normas que forem por este baixadas em circular. se conveniente à apuração da falta O Corregedor-Geral da Justiça poderá ordenar a suspensão preventiva de servidor até 60 (sessenta) dias. em primeiro grau. mediante autorização do Corregedor da Justiça. ultrapassado tal limite o secretário será avaliado pelo Departamento de Saúde do Tribunal de Justiça A licença médica e para acompanhamento de pessoa da família do secretário será concedida pelo juiz a que estiver subordinado até o limite de 60 dias. com indicação de prova e rol de testemunha. no máximo. O Titular de serventia poderá aplicar as penas de advertência e suspensão de até 15 dias. prorrogável por mais 30 (trinta). prorrogável por mais 30 (trinta).