Você está na página 1de 66
 
 
Anteprojecto de duas unidades piloto para a produção de catalisadores
Manuel Ângelo de Brito Lopes Sintra Delgado
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em
Engenharia Química
Júri
Presidente: Professor Doutor João Carlos Moura Bordado (DEQB/IST) Orientador: Professor Doutor João Carlos Moura Bordado (DEQB/IST) Co-Orientador: Engenheiro António Gomes Vargas (Joiex) Vogal: Professora Doutora Maria de Fátima Guerreiro Coelho Soares Rosa (DEQB/IST)
Outubro de 2008
 
 
3
Agradecimentos
Em relação à presente Dissertação de Mestrado e após seis meses de trabalho na
 Joiex, Lda.,
 a empresa que me acolheu para a realização deste estágio, cumpre-me agradecer não só o apoio do Sr. Engenheiro António Vargas, sempre presente e disponível para me incentivar a resolver, sem desânimo, todas as dificuldades que iam surgindo, ao longo do desenvolvimento da investigação e anteprojectos efectuados, como também as suas críticas, que muito contribuiram para me ajudar a clarificar e polir alguns pontos mais difíceis. A minha gratidão vai também, para o Sr. Professor Doutor João Carlos Moura Bordado, meu Professor no Instituto Superior Técnico, pelas palavras de incentivo e sua orientação no presente trabalho. Os meus agradecimentos a todos os colegas de laboratório, pelo apoio e disponibilidade no esclarecimento de dúvidas relativas ao funcionamento dos equipamentos e armazenamento de reagentes e produtos. Não posso esquecer o meu grande amigo Pedro Pereira, pelo estímulo dado durante estes longos meses de trabalho. Finalmente, para a minha Avó Regina, meus Pais e para a Ana Maria, o meu reconhecimento pelas palavras, apoio, acompanhamento e dedicação constantes.
 
4
Resumo
Ao longo desta Dissertação de Mestrado foram estudados processos de produção de catalisadores destinados à síntese de polióis, poliuretanos e outros produtos importantes para as indústrias de Construção Civil e Automóvel, entre outras. Destes, os mais pesquisados foram o Octoato de Estanho, o Octoato de Cobalto – organometálicos – e um menos conhecido, o complexo de hexacianocobaltato de zinco – catalisador bimetálico. Foram executados, seguidamente, anteprojectos de duas unidades piloto de investigação e produção dos catalisadores mencionados, com base em duas patentes previamente escolhidas e na tecnologia inovadora do reactor em anel. Estes foram incluídos no formulário de candidatura ao Sistema de Incentivos à I&DT, para empresas em Co-Promoção, no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), com um valor total de investimento de cerca de 1.380.000€. Realizaram-se, finalmente, dois ensaios de síntese do catalisador bimetálico em laboratório. Comparou-se a granulometria destes com a patente escolhida e com uma amostra do mesmo catalisador, proveniente de um fabricante Chinês, através de um aparelho de análise a laser,
Eyetech
. Obtiveram-se diâmetros médios das partículas acima dos valores da patente, mas menores do que a amostra chinesa, demonstrando que o processo escolhido deverá ser o mais correcto. Futuramente, uma análise num equipamento, que permita a diluição prévia destas num solvente adequado, possibilitará uma melhor comparação com os resultados da patente escolhida, facultando a sua melhoria. A instalação das unidades piloto, com a tecnologia inovadora do reactor em anel, permitirá desenvolver os catalisadores investigados, bem como descobrir outros que contribuam para o progresso científico e tecnológico.
Palavras-chave: catalisadores, polióis, poliuretanos, unidades piloto, reactor em anel, granulometria

Recompense a sua curiosidade

Tudo o que você quer ler.
A qualquer hora. Em qualquer lugar. Em qualquer dispositivo.
Cancele quando quiser
576648e32a3d8b82ca71961b7a986505