CURSO PREPARATÓRIO PEDRO GOMES PROFESSOR JUANIL INTRODUÇÃO À GEOGRAFIA 1- OBJETIVOS ⇒ Compreender a importância do estudo da Geografia; ⇒ Compreender a transformação

do espaço geográfico em que você vive; ⇒ Diferenciar as paisagens naturais das paisagens humanizadas; ⇒ Perceber a importância do desenvolvimento tecnológico no surgimento de novas formas de organização de espaço; ⇒ Compreender a formação do espaço brasileiro e entender que o território e ⇒ fronteiras são limites políticos que as sociedades vão construindo. ⇒ Compreender como a Cartografia auxilia a Geografia. ⇒ Identificar os tipos de mapas. ⇒ Reconhecer e aplicar o uso das escalas cartográficas. ⇒ Compreender a linguagem dos mapas, fazendo sua leitura e interpretação. 2- INTRODUÇÃO Por que você precisa estudar Geografia? Observando o espaço em que você vive, verá que foi produzido pelo homem, através da modificação da natureza, plantando e colhendo, criando animais, erguendo construções. Dessa forma, o planeta deixou de ser apenas uma paisagem natural, para se transformar num espaço geográfico humanizado, construído por meio do trabalho. O espaço produzido pelo homem é bastante dinâmico pois à medida que mudam os instrumentos de trabalho, a sociedade também vai se modificando, surgem novas formas de pensar, morar e de se relacionar. As sociedades desenham os espaços geográficos típicos da sua época e a cada avanço tecnológico, novos espaços vão sendo construídos. Por isso, ao estudar Geografia, você estará refletindo sobre o modo de vida das sociedades que construíram o espaço em que você vive e assim poderá discutir novas formas de organização social, que poderão ser utilizadas em momentos futuros e conseqüentemente estará redesenhando esse espaço. (Adaptação- Igor Moreira) 3- COMO ESTUDAR GEOGRAFIA ⇒ Leia os textos com atenção, observe e analise os gráficos, as tabelas e os mapas; ⇒ Observe o vocabulário, pois contém informações importantes que poderão esclarecer melhor os assuntos estudados; ⇒ Consulte um dicionário quando encontrar uma palavra desconhecida; ⇒ Localize os fatos estudados nos mapas ou jornais e televisão com os conteúdos estudados; ⇒ Resolva os questionamentos e as atividades em seu caderno para assimilar melhor o assunto; ⇒ Sempre que houver dúvidas, procure explicação do professor; ⇒ Anote em seu caderno assunto relevantes, para mais tarde lhes servirem de fonte de pesquisa; ⇒ Freqüente a biblioteca da escola e utilize os recursos que nela estão disponíveis. A Geografia faz parte da sua vida e é importante para reorganizar seu espaço, porque está presente em todos os momentos e em todos os lugares. Você vive num lugar, pertence a uma sociedade, faz parte da natureza e apropria-se dela para a produção e organização do seu espaço. A Geografia é importante porque nos auxilia a ver, analisar, criticar, descobrir, aprender e agir. Portanto, podemos dizer que ela procura esclarecer as formas de apropriação da natureza e as suas conseqüências positivas e negativas. Os processos e as desigualdades na distribuição de riquezas. Enfim, busca explicações para a transformação, produção, organização e reorganização do espaço geográfico. 4- QUAIS OS GRANDES DESAFIOS DO MUNDO NO FINAL DO SÉCULO XXI? COMO VENCÊ-LOS? Hoje, a Geografia pode orientar os caminhos para a tomada de decisões, pois ela não se limita apenas a descrever a superfície da Terra, mas também avaliar as transformações que ocorrem no espaço ao longo do tempo. É importante considerar que a sociedade está em constante processo de construção e que as mudanças estão ocorrendo cada vez mais intensas, rápidas e complexas. Dessa forma, a Geografia é a ciência que oferece a oportunidade de nos atualizar, esclarecendo, analisando e comparando fatos ocorridos em diversos locais e em diferentes épocas. Concluindo, o objetivo da Geografia é estudar o espaço geográfico, sua produção e transformação. Sendo assim podemos afirmar que a Geografia é uma ciência humana. Podemos entender como se organiza o espaço geográfico, ou seja, o espaço onde vive o homem através da interpretação das paisagens geográficas e dos problemas do cotidiano, tais como o desemprego, a violência, a fome, a falta de moradias entre outros.

1

5- O QUE É ESPAÇO GEOGRÁFICO? Espaço geográfico é o espaço do homem, que através do seu trabalho transforma os recursos naturais em coisas úteis, indispensáveis à sua vida, tais como: alimentos, roupas, habitações, energia, etc. Como você observou no esquema , ao lado, nada há entre os produtos que utilizamos que não seja trabalho do homem sobre a natureza. Veja a seguir: As roupas que vestimos são resultados das transformações dos recursos vegetais ou animais: algodão, linho, couro, etc. Nossas casas são construídas a partir de matérias-primas beneficiadas como ex.: madeira, pedra, areia, ferro, etc. Assim sendo, todos os bens industrializados são produzidos a partir de uma ou várias matérias-primas, presentes na natureza. 5.1-COMO O ESPAÇO GEOGRÁFICO SE MODIFICA Ao apropriar da natureza, o homem começou a construir o seu espaço e a modificar o ambiente natural. Atualmente, a natureza está bastante modificada pela ação humana: florestas foram derrubadas, rios tiveram seus cursos modificados, cidades inteiras foram inundadas para construir barragens e até mesmo o ar que respiramos nas grandes cidades foi modificado pela ação de poluentes. A superfície do planeta está cada vez mais povoada por agrupamentos humanos, formando grandes cidades que interligam por imensas estradas asfaltadas e meios de comunicação mais rápido, fazendo com que um fato seja visto por milhares de pessoas num mesmo tempo, em espaços completamente diferentes. Entretanto, o homem não age sozinho, porque seria impotente perante a natureza e por isso, o trabalho é uma atividade que se desenvolve em grupo, ou seja, é social. Para atuar em conjunto, os homens se organizam em sociedade e definem de que modo o trabalho social deve ser realizado. Com isso, estabelecem as relações sociais que norteiam sua vivência em comum, organizam seu espaço de vida, através do trabalho. Esse trabalho é geográfico porque envolve a produção do espaço. Assim, quando entre os povos antigos ou mesmo entre algumas tribos que ainda hoje habitam o planeta, as relações sociais eram e são de igualdade, o espaço produzido era e é comunitário. Nesse tipo de organização social o espaço correspondente não possuía cercas separando terras cultivadas, os animais eram criados em um único cercado e as habitações , todas tinham o mesmo aspecto. Na idade medieval as propriedades feudais eram delimitadas, onde a divisão de trabalho demonstrava a constituição de uma sociedade marcada pela desigualdade, ou seja, formada por senhores feudais e servos. Nas idades moderna e contemporânea, a produção capitalista, ao diferenciar aqueles que detém os meios de produção daqueles que só possuem sua força de trabalho para vender, marcou significativamente o espaço: surgiram as fábricas cercadas por precárias habitações de operários, luxuosos bairros dos donos do capital, ruas mais largas que ampliavam a circulação de um maior número de veículos, etc. Esses espaços foram sendo criados de maneira desorganizada até o século XIX, quando surgiu a prática do urbanismo. O objetivo do urbanismo é estruturar a cidade em zonas residenciais, comerciais, distritos industriais e áreas de lazer. Até hoje essas funções são determinadas pelos planos diretores das prefeituras. Na tentativa de impor uma organização ao espaço, no Brasil foram feitas cidades planejadas: Brasília, Curitiba e Belo Horizonte, com o objetivo de dar ao espaço uma estrutura funcional com base numa lógica racional. Embora as transformações sociais sejam acompanhadas por mudanças na produção do espaço, em quase todos os países as relações sociais predominantes no passado deixaram marcas no espaço, muitas das quais permanecem até hoje, mais ou menos modificados e combinados com as marcas da sociedade atual. No Brasil por exemplo, o latifúndio (grande propriedade rural) é uma herança do período colonial (séculos XVI à XIX), quando predominava no país relações escravistas. Junto à propriedade grande e confortável, freqüentemente encontramos casebres miseráveis, onde moram trabalhadores, em grande parte, negros descendentes dos antigos escravos. As relações sociais mudaram, pois agora não há mais escravos: a propriedade geralmente pertence a uma empresa e os trabalhadores recebem salários. Embora alterados, as diferenças sociais do passado permanecem até o presente. Ao mesmo tempo, o espaço também se modificou: as culturas muitas vezes não são as mesmas de antigamente e o uso da terra foi modernizado com a utilização de novas técnicas e novos instrumentos de trabalho. Apesar dessas modificações, as marcas do passado escravista estão presentes no espaço, integradas a um conjunto de elementos que expressam a sociedade de hoje. Este exemplo serve para mostrar que o espaço produzido é o resultado de um processo histórico, sendo ao mesmo tempo um produto de um produtor da História. OBSERVE O MAPA DO ESTADO DE SÃO PAULO A DISTÂNCIA QUE EXISTE ENTRE A CIDADE DE SANTOS E SÃO PAULO Durante o período colonial no Brasil, uma viagem entre Santos e São Paulo era feita no lombo de animais e durava dias. Atualmente com o uso dos automóveis e das estradas asfaltadas, com pontes e túneis, essa viagem pode ser realizada em menos de uma hora. O espaço geográfico é formado por diversos elementos que se relacionam entre si, formando a paisagem geográfica

2

Elementos Naturais: ⇒ solo, ⇒ clima, ⇒ vegetação, ⇒ hidrografia,

Elementos produzidos pelo homem: ⇒ Materiais: edifícios, pontes, estradas, etc. ⇒ Imateriais: leis, normas de conduta moral, social e econômica.

Observe as figuras a seguir. Podemos afirmar que existem semelhanças e diferenças entre elas, porém cada uma tem suas peculiaridades que identificam os espaços que chamamos de paisagem geográfica. As Paisagens Geográficas Paisagem geográfica é o conjunto dos elementos que o olhar pode alcançar : porções de uma área agrícola, de uma cidade, de um porto, de uma rodovia. É, portanto, a parte visível do espaço, que pode ser descrita através dos elementos ou objetos que a compõem, cada qual com suas formas, cores, sons e funções. As funções são formadas por elementos naturais, isto é, criados pela natureza sem a interferência do homem, e por elementos humanos ou sociais, ou seja, construídos pelos homens trabalhando em sociedade. Hoje, com a complexidade da vida social e a evolução tecnológica atingida pelo homem, a paisagem natural, formada exclusivamente por elementos naturais, praticamente não existe. Desse modo, a paisagem quase sempre é heterogênea, isto é, formada por elementos naturais e culturais: o relevo, o solo, a vegetação, misturados a fábricas, grandes plantações, cidades. Quando mais transformada está a natureza, mais se destacam os elementos culturais da paisagem. Além de heterogênea, a paisagem varia de um lugar para outro , pois, em cada um deles, há uma determinada combinação de elementos, próprios de cada região. A paisagem apresenta testemunhos de distintos momentos históricos, sendo uma realidade estática (parada), como por exemplo, numa fotografia e uma realidade dinâmica (em transformação), como por exemplo, um campo cultivado ou um cidade.

3

ampliando as relações de dependência inter-regionais. As diferenças sociais também se mostram na organização do espaço geográfico. uma rede de integração comercial. quando seu principal produto de exportação alcançou maiores vendas no mercado internacional: a cana-de-açúcar do litoral nordestino nos séculos XVI e XVII. humanas e econômicas das regiões. com uma dinâmica interna que liga as diversas regiões e envolve os vários setores da economia. Sul. Observando o mapa você notará que os limites das regiões brasileiras coincidem com limites dos estados e as características regionais não acompanham necessariamente o traçado dos estados. ♦ Conjuntos habitacionais. mas nos limites de homogeneidade (semelhança) de cada região. no final do século XIX. A construção do Espaço Brasileiro Estruturado a partir do modelo colonial de exploração. para se constituir como um espaço integrado. As estradas geralmente ligavam zonas produtoras aos portos de embarque das mercadorias produzidas. os diferentes tipos de moradia: ♦ Áreas residenciais de alta qualidade. Minas Gerais e Nordeste. somente no final do século passado o espaço brasileiro deixou de apresentar uma economia fragmentada. Por essas razões. ♦ Bairros operários.É importante saber: A paisagem geográfica revela o grau de desenvolvimento das sociedades. nos últimos anos têm surgido várias propostas para a criação de novos estados e territórios. Centro-Oeste e Norte. ♦ Número de indústrias. assim. por exemplo. no século XVIII. ♦ Favelas. Segundo essa classificação. o Brasil é dividido em cinco regiões: Sudeste. nas quais predominavam as paisagens naturais. o Nordeste e a Amazônia. a economia que deu início a integração do território nacional. Além dos territórios ocupados. mas sim do estudo das relações dos homens entre si é que possibilita a compreensão da paisagem geográfica. Uma forma alternativa de classificação regional é aquela que não se baseia nos limites estaduais. sendo o café. e eram poucas as vias de interligação interna no país. Foi criada. É uma divisão políticoadministrativa elaborada pela Fundação Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) com base nas semelhanças físicas. ♦ Cortiços. No decorrer do século XVI até o século XIX. o Brasil divide-se em três grandes espaços regionais: o Centro Sul. Oficialmente . As paisagens permitem perceber a distribuição das riquezas entre as pessoas. não havia um espaço geográfico integrado. o algodão no Maranhão e o ouro de Minas Gerais. Nordeste. ♦ Arquitetura. Não havia uma articulação entre as áreas produtivas. dividida em pequenos círculos exportadores. a borracha da Amazônia no final do século XIX e início do século XX: o café no Vale do Paraíba no final do século XIX e de São Paulo no início do século XX. 4 . O dinamismo dessa atividade e a extrema especialização produtiva fizeram do Sudeste um mercado crescente para produtos do Rio Grande do Sul. havia enormes áreas praticamente despovoadas no interior do Brasil. quase todas as áreas produtivas do Brasil tiveram um período de destaque. A compreensão da paisagem não se dá através de uma simples descrição do que vemos. ♦ Estabelecimentos comerciais. Veja no mapa a seguir a divisão do Brasil segundo o IBGE. um verdadeiro espaço nacional. ♦ Meios de transporte.

durante o feudalismo a riqueza era produzida e gerada a partir da exploração da terra e do 5 . política. Mas não só os Estados Unidos e a União Soviética. mas brasileiro e cujos contornos já eram muito semelhantes aos atuais. Então. ou fizeram acordos comercias para adquirirem armas. pois é a partir daí que um Estado politicamente independente passa a administrar um território não mais português. A Guerra Fria foi uma competição econômica. para poder gerar tanta discórdia e disputa no planeta? Claro que sim. tantos socialistas como capitalistas. as guerras mundiais redefiniram as fronteiras dos países.A Nova Ordem Mundial do século XX ( 1945 a 1989) Já no século XX. negociando ou conquistando) ao longo do tempo. As fronteiras no entanto. é necessário conhecer pelos menos as principais características de cada um desses sistemas. Você já ouviu falar em “capitalismo selvagem”. são limites políticos que as sociedades vão construindo (impondo. só podemos pensar no Brasil como país a partir desse período. Depois da Segunda Guerra Mundial. que faziam parte da Guerra Fria. apontar o que é brasileiro também não apresenta maiores dificuldades. ♦ O nordeste pela letra A. liderado pela União Soviética. como os Estados Unidos começaram a investir uma boa parcela do seu PIB (Produto Interno Bruto) na fabricação de armas. há uma nova ordem Geopolítica Mundial e o mundo passou a ser dividido em dois blocos: Um capitalista. ambos os sistemas poli-econômico que visa alcançar lucros. saúde. Portanto têm um caráter sempre provisório. que tudo tem um preço. A disputa pela hegemonia (domínio) mundial das duas potências passou a ser conhecida por Guerra Fria. devido às ideologias diferentes.GEOPOLITICA 6. Mas. uma guerra não declarada entre os Estados Unidos e a União Soviética. Surgiu entre os séculos XII e XV na Europa Ocidental em substituição ao feudalismo.5 milhões de quilômetros quadrados e os contornos de suas fronteiras são bastante visíveis. Como você já viu. aeroespacial e até ecológica na qual cada nação procurou mostrar sua superioridade. Chegando ao absurdo de terem armas suficientes para acabar com a humanidade várias vezes. cultura e lazer. ano em que foi decretada sua independência. emprego. Mas perigo por quê? Durante esse período.1. Também foi um período de grande perigo para a humanidade. tecnológica. liderado pelos EUA (Estados Unidos) e outro socialista. Por exemplo: uma pessoa que há menos de cem anos nascesse no local onde hoje é o Estado do Acre seria boliviana ou peruana. A partir da criação dos blocos militares como a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) que agregava os países capitalistas e o Pacto de Varsóvia que unia os países socialistas. a partir de 1949. CONCLUSÃO O espaço que hoje chamamos de Brasil é um país facilmente identificável e por todos conhecido. Em qualquer mapa-múndi. Da mesma forma que identificar o Brasil. economia de mercado.Veja no mapa ao lado como é a divisão geoeconômica do Brasil. veja a seguir um pouco mais sobre capitalismo e socialismo. Vários países embarcaram nessa idéia armamentista e gastaram muito mais com armas que com educação. e só seria brasileira a partir de 1903. tanto a União Soviética. ♦ O mapa da Amazônia representada pela letra C. isto acabou gerando um gigantesco sacrifício para a população da maioria dos países ou nações. os seus mais de 8. na tentativa de conseguir mais aliado. isto é. Já no socialismo temos uma organização social que procura atender às necessidades básicas da população. Por exemplo: Veja que absurdos alguns países chegaram a recorrer aos empréstimos internacionais. moradia etc. educação. ♦ O Centro-Sul pela letra B. Na verdade. Para você compreender o mundo de hoje. As pessoas são brasileiras desde que nasçam dentro das fronteiras do país. Então o que vem a ser capitalismo? O capitalismo é sistema econômico e político bastante antigo. etc. quando o território que o Brasil apresenta hoje consolida uma identidade política que o país passou a ter desde 1822. saúde. existe diferença entre o socialismo e o capitalismo. 6. cada vez mais sofisticadas. Foram momentos de desestabilização entre as nações poderosas e acirradas disputas entre as grandes potenciais.

além de um salário. A economia de um país socialista é planificada. boa parte da população dos países capitalistas desenvolvidos desfruta de elevado padrão de vida. . mas. hospitais. então o preço do tomate. Porém. água. água. por exemplo. mais clara de como o sistema capitalista acentua as diferenças entre os povos. Lendo o texto a seguir você terá uma idéia.. é maior o preço tende subir. edifícios...Para assegurar a defesa de seus interesses econômicos. como estradas. etc. sobretudo o presidente da República ao controlar o Estado. de acordo com sua produção ou sua capacidade. impedindo que ele venha a ser ocupado pelos trabalhadores.. equipamentos. – pertencem ao Estado. grandes diferenças tanto no que se refere ao regime político quanto no que se refere ao desenvolvimento econômico. Isso significa que o Estado elabora planos que regulam o que produzir e quanto produzir e de que forma distribuir essa produção os lucros de toda produção pertencem ao Estado. O governo investe o dinheiro dos impostos em obras de interesse para toda a população. terras.. econômico e social que surgiu neste século. A palavra capitalismo tem origem em uma outra palavra capital-significa dinheiro investido ou tudo aquilo que pode gerar dinheiro ou lucro (imóveis. meios de comunicações. reforçam o poder de seus partidos políticos. para que eles elejam a maioria dos deputados.. intervir na economia do país ou de uma determinada região. . por um outro lado quando a produção aumenta o preço começa a baixar. sejam eles pobres ou ricos. Graças a esses investimentos feitos pelo governo. Divisão de classes sociais: ♦ Os burgueses ou capitalistas: que são os donos dos meios de produção. Frei Beto.. lojas etc. recursos do subsolo. Na esfera jurídica procuram aprovar leis que defendam os interesses do capital e impeçam que os trabalhadores prejudiquem esses interesses (. 6. a ideologia nos ensina a pensar de acordo com interesses dominantes. os países que não conseguem adequar-se a eles ficam cada vez mais pobres. vai lá em cima. Em troca de seu trabalho ele recebe. tratores. para que seus produtos tenham saída. etc. a jurídica e a ideológica.. fazendas. ♦ A lei da livre concorrência: onde qualquer pessoa ou empresa tem liberdade de oferecer qualquer bem ou serviço. que os aplica em benefícios de toda a nação. dinheiro. ♦ Proletários ou assalariados: que os trabalhadores que vendem sua força de trabalho em troca de um salário. ou cidadão é quase sempre um empregado do Estado.. sempre visam o lucro e procuram: ♦ Aumentar cada vez mais a produção. pensar diferente é sinal de subversão. há grande valorização dos produtos que promovem lucros rápidos. indústrias. sob a forma de impostos: quanto mais lucro. mas seu sucesso vai depender da competição com os demais concorrentes. ♦ Livre iniciativa: nesse sistema todas as pessoas são livres para abrir seus próprios negócios. meios de transporte. e o trabalho assalariado. escolas. É com essas idéias que os países desenvolvidos ou ricos tornam-se cada vez mais poderosos e. Quando a procura. as empresas são obrigadas a aperfeiçoarem constantemente sua produção. Com a livre iniciativa ou a livre concorrência nos trás a idéia que todos podem ter a mesma oportunidade a de ficarem ricos. Esse processo desenvolve a iniciativa particular nos mais variados setores. entre eles. educação e assistência médica e dentária gratuita. etc. colheitadeiras. os donos do capital controlam as outras três esferas da sociedade: a política. que ajudariam a fazer caírem os preços dos alimentos. Nos países socialistas todos os meios de produção e todas as fontes de riqueza – tais como terras. no regime capitalista. mesmo que não sejam fundamentais para a população – como certos eletrodomésticos. Mas havia e continua havendo. fábricas. Esta economia é dirigida por duas leis: ♦ A lei da oferta e procura que funcionam da seguinte maneira: quando a oferta de um produto ou serviço é maior que a procura. eles controlam as Forças Armadas e as polícias estaduais. Para a ideologia dominante. desde que tenham capital.). O Estado capitalista também pode eventualmente. É também o Estado que decide quanto cada trabalhador deve receber. o próprio sistema capitalista não oferece as mesmas condições para todos. o preço tende a baixar. ♦ Incentivar o consumo. o indivíduo. é o que acontece nas entre safras. Já as empresas.trabalho de servos. pois pode vender seus produtos a preços menores ou divulgar melhor seus produtos. Já no capitalismo a riqueza vem do lucro obtido do comércio. Na esfera política controlam o Estado. em contra partida. Geralmente vence aquela que possui mais capital. energia. o que vem a ser o socialismo? O socialismo é um sistema político. vereadores. Os meios de propaganda ajudam a valorizar os produtos supérfluos Uma parte do lucro da empresa capitalista deve ser paga ao estado. esgotos.O SOCIALISMO Mas. Atualmente. Hoje o capitalismo é adotado pela maioria dos países do mundo. etc. na extinta União Soviética.) Enfim.ao invés dos implementos agrícolas. da indústria. máquinas. O capitalismo tem como características principais: ♦ Propriedade privada (particular) dos meios de produção. Nos países capitalistas subdesenvolvidos isso não ocorre. 6 . quando a produção de tomate é pequena. prefeitos. carros de luxo. ♦ Economia de mercado: funcionamento da economia é regulado por todos os que produzem. etc.2. senadores. Fique sabendo que. Para não serem superadas pela concorrência. vendem ou consomem algo. mais pago imposto. governadores e. telefones. conforme seus interesses particulares. que administra todos esses bens em nome do povo.

U. de influência política e econômica do mundo de hoje. Veja o que dizia o artigo 6° da constituição Soviética. tornando-se os principais centros. E as outras nações? Importantes nações como a Itália. entre os setores da economia. os meios de comunicação. por quase meio século (50) anos.Você sabia que. as minas de carvão e de minérios. Para isso. O bloco liderado pelos americanos foi se distanciando cada vez mais do bloco liderado pelos soviéticos. a partir de 1990. as duas potências transformaram-se em superpotências. móveis e outros produtos consumíveis. a unificação da Alemanha a fragmentação da União Soviética.6 bilhão de pessoas. ou pólos. o subsolo. são propriedades do Estado. Com a queda do muro de Berlim. nada melhor do que se juntarem a uma das grandes potências: os países da Europa Oriental ficaram com a ex-União Soviética e os da Europa Ocidental. O mundo deixa de ser dividido em capitalistas e socialistas e passa a ser dividido em países ricos ou pobres. Esse bloco tinha mais de trinta países e cerca de 1. os bancos. Como a economia é planificada. a solução que encontraram para se fortalecer foi formar novos grupos. assim como as empresas de serviços municipais e a parte fundamental das moradias nas cidades e nos centros industriais. cerca de 70 anos. na prática. sapatos. Foram comuns sérios problemas enfrentados no campo da agropecuária. 6. então. E. patrimônio do povo”. que dividiu os países em dois blocos. principalmente no campo do desenvolvimento econômico. o mundo assistiu admirado e apreensivo as mudanças tão rápidas e tão significativas que alteraram profundamente a ordem das nações. Então nem tudo pertence ao Estado.90 e 91 determinara determinaram o fim do mundo bipolar.Nem sempre foi possível uniformizar a distribuição dos bens. Os trabalhadores do campo podem possuir um pequeno pedaço de terra e algumas cabeças de gado. as estradas de ferro. as águas. Entre eles também haviam diferenças. um capitalista. Como resultado. desmorona o sistema socialista na Europa. como os Estados Unidos. uma intensa rivalidade entre as superpotências. Você sabe o que significa isto? Que os anos 89. Surgiu. E.. os bosques. livros. liderado pela União Soviética.3. quer dizer. o governo pode estabelecer um certo equilíbrio entre a produção agrícola e a industrial e um desenvolvimento. os princípios do socialismo tiveram vida curta. também equilibrado. Alemanha. ou seja. 7 .A e um outro bloco socialista. a União Soviética e os Estados Unidos saíram como potências. os transportes por água e por ar. Nos países socialistas. O chamado por muitos como o Mundo Bipolar. Inglaterra. as grandes empresas agropecuárias organizadas pelo Estado. Japão. Saiba mais. apenas os bens de uso pessoal podem ser propriedade particular: casas. liderado pelos E. Os problemas se agravaram nos últimos anos da década de 80.. o que vem a ser esse período de transição? Logo nos primeiros anos da década de 90.. que acabaram se refletindo em outros setores da economia. Concluindo. Essa distância cada vez mais ampla mergulhou o mundo num período de transição.BRASIL: SOMOS POBRES OU RICOS Com o fim da Segunda Guerra Mundial. automóveis.. de um dos dois líderes Estados Unidos ou União Soviética. Veja no mapa a seguir como se determinavam as nações desse período. da vida política e social. roupas. França e outros saíram da Guerra aniquilada e cheia de dívidas. as fábricas. Então. “A terra. Os países que adotaram esse sistema político econômico formaram um conjunto conhecido como bloco socialista ou de economia planificada. os países de menor força passaram a depender em maior ou menor grau. Mas. Nesta competição entre os dois blocos. Norte e Sul. Foi o fim das divergências de idéias e dos desacordos econômicos entre as duas superpotências.

tornam-se componentes do Estado. entre nações pobres e ricas. O seu poder de disseminação dos modos de pensar e enxergar o mundo gerado nos Estados Unidos”. Não se restringem apenas as faces econômicas. era medido pela força e quantidade de suas armas. capitalistas ou socialistas.(não é capaz de caminhar por si). as indústrias e as universidades. Leia e pense. O maior deles sem duvida. mas. etc. as diferenças econômicas aumentavam e aumentam a cada dia. Como você pode notar. O Mundo Bipolar. então. É por isso que existem as elites que nos passam a idéia de que seriam “os donos” do país. Essas tendências integradas e globalizadas da economia colocam novos desafios para os Estados nacionais. à turística. míssil. Estes se posicionaram no interior da economia mundial e escolhe políticas capazes de moldar o próprio processo de globalização. o mundo continuou dividido. mas à cultural. principalmente no industrializado. Os novos produtos são frutos das idéias de modernização econômica. Hoje. mecânica e química fina. 8 . conseqüentemente ocorre um declínio acentuado no número de emprego em todos os setores e em todo mundo. Ficando assim: ⇒ Os países ricos (desenvolvidos): donos de modernas e altas tecnologias.. as parcerias. o da produção e o da circulação. suas riquezas. à esportiva. Nos últimos tempos. Mas nenhuma sociedade pode sobreviver sem a combinação dos três espaços: o das idéias. enquanto as diferenças ideológicas iam enfraquecendo. o seu desenvolvimento tecnológico e o nível de vida da sua população. No mesmo espaço há uma complexa integração entre os laboratórios de pesquisas estatais. passou a ser medido pela sua economia. podendo fazer o que quiserem impunemente. robótica. o que leva à idéia de modernização tecnológica. Os conflitos no governo do território exigem a participação crescente da sociedade civil nas decisões e ações. Com o avanço da tecnologia menos matéria-prima e menos mão-de-obra. biotecnologia. (capaz de caminhar por suas próprias pernas). O poder de uma nação. Os países deixaram de se agrupar de acordo com suas idéias. foi o fim da União Soviética. que se consolida como idioma internacional. aos meios de comunicação. Mas as desigualdades entre as nações continuaram. ”sob o ponto de vista cultural a internet funciona como vanguarda da difusão da língua inglesa. aeroespacial). a relação de poder fundamenta-se na alta tecnologia (informática. ou seja. Porque há tanta gente excluída? Uma das idéias postas em prática é a de que a produção e manutenção de minorias do Sul são a garantia de riquezas dos países do Norte. etc. favorecendo a criação de novos produtos. por exemplo. como: A s grandes corporações (multinacionais) e bancos tomam as decisões de governos e ao mesmo tempo. ⇒ Os países pobres (subdesenvolvidos): enorme e bastante heterogêneo. No mapa a seguir temos o mundo dividido entre Norte e Sul. porque há uma grande e séria diferença formada pelos contrastes econômicos e sociais entre as nações ricas (desenvolvidas) e pobres (subdesenvolvidas). Essa situação é comum nos países subdesenvolvidos. a Guerra Fria e as divergências entre os capitalistas e socialistas terminaram. à ecológica. como as nações não conseguem viver isoladas. Por exemplo.O fim do Mundo Bipolar foi marcado por vários fatos importantes. Certamente as sociedades com uma força de trabalho qualificado (resultado de um ótimo sistema educacional) tecnologia avançada é que terão condições ideais para o desenvolvimento. que passou a ser dividido de acordo com sua economia. um seleto grupo. se reagruparam de acordo com a sua riqueza. aumentado o espaço entre os dois grupos. que até. Como isso.

como a Internet. as privatizações desmedidas. privilegiada por imenso pomar natural. se comunicam. o desemprego estrutural e inevitável. por exemplo. com um monte de cenouras. atravessou para o lado oposto. pronto e arrumado. laranjas.VOCÊ SABE O QUE É GLOBALIZAÇÃO ? Não adianta procurar o termo no Dicionário Aurélio porque você não vai encontrar. por meio de bens e serviços mundiais. utilizando mercadorias produzida pelo capitalismo mundial. dos sistemas de informática.Introdução: Globalização. Nós. Chama-se globalização ou mundialização. Um daqueles menininhos de dois ou três anos.. cultura.” Essa expressão reflete a existência de uma comunidade mundial integrada pela possibilidade de comunicação e informação que resultou dos avanços da mídia eletrônica como o rádio e a televisão e mais recentemente. da mesma forma o comércio com especiarias. Mas. Pense na roupa que você veste – num moletom. às vezes conseguiam chegar a Índia. de um lado. mamão e abacates. desgrudando-se da mãe. Seus limites eram os limites do mundo. o enfraquecimento do Estado e. nesse momento é preservada por uma roupa produzida graças ao trabalho de milhares de pessoas em várias partes do mundo.2. são transportadas. Todos ouvem falar na globalização da economia. encontrou outro menininho da mesma idade. ⇒ Analisar como a Globalização influência no seu cotidiano. Por qualquer ângulo que se olhe. Parece absurdo pensar nisso. a livre competição entre quantidades desiguais.” O mundo se tinha tornado outro. Logo os adultos seguiram as crianças e. elas se ignoravam.. se vestem. Mas . modo de viver e de pensar. Descobriram o caminho das Índias. todos os aspectos da vida das pessoas e das sociedades são influenciados direta ou indiretamente pelo processo de Globalização do capitalismo. globalização”. As pessoas se alimentam. mas a temperatura de seu corpo. um raio derrubou a grossa árvore postada bem na margem onde o rio era mais estreito. não temos a idéia de como era o chefe do laboratório alemão responsável pelo agrotóxico utilizado numa lavoura no Nordeste do Brasil. Não demorou mais de um minuto para que sentados na mesma pedra. as caravelas chegaram ao Extremo Oriente. 7. quando os turcos tomaram Constantinopla. Hoje em dia. para que com o aço fabricado no Brasil. e os europeus não tiveram outro remédio senão lançar-se ao mar. aqueles nossos ancestrais passaram não apenas a comer melhor. sem dúvida. ⇒ Observar como e porque o mundo está se dividindo em Blocos Econômicos.1. Por coincidência. Hoje os netos daquela gente andam festejando outra vez porque a Alemanha fabrica motores. a transformação do assalariado em peça descartável. a divisão das sociedades entre a minoria rica e privilegiada e a maioria pobre submissa. a Argentina bancos de couro. até os camelos. A outra se alimentava de cenouras. apesar de próximas. vivia de mangas. acabava de alterar costumes. também desgarrado. 9 . Levava uma penca de mangas pela mão. globalizado.A GLOBALIZAÇÃO A NOVA ORDEM MUNDIAL Objetivo: ⇒ Entender o processo histórico que levou a Globalização. a Coréia baterias. O das cenouras extasiou-se com as mangas. globalização é uma das palavras mais pronunciadas nos últimos anos. Quem se aventurasse era passado pela espada otomana. nabos. maravilhoso. Certo dia. numa daquelas tempestades terríveis. quem realizou os testes de laboratório necessários para fabricá-los? Vamos. imaginar que o defensivo contra a praga do algodão tenha sido fabricado por uma indústria alemã. milagres dos milagres. Em poucas semanas interrompeu-se o fluxo das bissextas caravanas que saindo da Europa. moram. rabanetes e mandioca. a prevalência do mais forte sobre o mais fraco. Outra vez obriga-se a aceitar como realidade eterna a supremacia do mercado. dividissem a refeição. eram separadas por um rio. Quem produziu a comida que alimentou os agricultores que plantaram e colheram o algodão e os caminhoneiros que o transportaram até a tecelagem? E os defensivos agrícolas utilizados para o combate às pragas do algodão. formando uma ponte natural. mas inventaram a palavra mágica: começaram a gritar “Globalização. os operários mexicanos possam montar automóveis que os japoneses vão copiar e os americanos comprar. Alguns falam em “aldeia global. Até os atos mais simples que as pessoas realizam para sobreviver acabam sendo manifestações deste novo capitalismo. A mesma palavra mágica ecoou nas gargantas dos heróicos navegadores e dos misteriosos potentados de pele escura ou amarela: “Globalização. 7. se divertem. de outro.7. em contrapartida. percebemos que cada indivíduo vive hoje numa sociedade mundial. porque podiam trocar mangas por cenouras. definido. e madeira. ⇒ Compreender o conceito de Globalização . Mongólia e até a China. Quem cultivou o algodão que depois foi transformado em fio e tecido?. Tudo começou com cenouras e mangas Era uma vez duas tribos que. quando surgiu a globalização ? Em 1453. globalização. Uma. e a Malásia pneus. o crescimento da interdependência de todos os povos e países da superfície terrestre. A recíproca foi verdadeira. mas pouca gente sabe o que é essa coisa e como a vida das pessoas é afetada por ela.

a Pemex do México. o sistema permite troca de informações. Sua viabilização foi possível graças aos avanços tecnológicos decorrentes da terceira revolução industrial. etc. entre outras coisas demite trabalhadores. Existe também uma certa uniformização de hábitos: em qualquer região do planeta. ter a permanente sensação de ameaça. que são firmas (indústria. na China ou na Mongólia se pagam contas com cartões de crédito do Ocidente. diminuem as vagas na indústria. Entre as principais conseqüências da globalização estão a intensificação da competitividade das empresas e o desemprego. Os avanços tecnológicos possibilitaram a criação de uma opinião pública mundial. o comércio externo e o turismo crescem a cada ano. refletem os grandes problemas internacionais.). O fenômeno globalização não abrange o mundo inteiro poucos países oferecem condições realmente competitivas que atraiam investimentos de capitais. a globalização se expandiu ainda mais. As novas questões relacionadas com a economia globalizada fazem parte de um contexto mundial. que “encurtaram” as distâncias entre os diferentes pontos do planeta. atualmente. as empresas precisam produzir melhor e mais barato. comprar mercadorias de que necessita em qualquer lugar do mundo onde elas são mais baratas e qualificadas.o momento certo de mudar. A globalização é boa para as classes favorecidas. atualmente. etc. uma greve geral na França ou uma guerra na África. uma pessoa pode acompanhar os acontecimentos de qualquer parte do mundo no exato momento em que ocorrem – seja um campeonato de basquete nos Estados Unidos. determinado pela globalização. Os bancários. É possível conversar por escrito ou de viva voz. Esse aspecto valoriza o papel desempenhado por diplomatas e pelas Organizações Internacionais (ONU). A reciclagem virou obrigação. Isso pode ser destrutivo para o Brasil. Hoje até na Rússia. acaba tendo pouco acesso a capitais. etc. Volkswagem. Renault. Toyota. e inúmeras outras. A Globalização pode ser definida como a atual fase mundial do capitalismo. O Brasil é produto da expansão do capitalismo europeu do final do século XV. Siemens.“A globalização é muito antiga. evitando o naufrágio. bancos. No mundo globalizado quase desaparece as fronteiras nacionais. Estima-se que hoje. Máquinas substituem homens e mulheres. mandar uma foto e até fazer compras em qualquer país conectado. a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Além disso outras conseqüências é o enfraquecimento relativo dos Estados nacionais e o aprofundamento das desigualdades entre os países desenvolvidos e subdesenvolvidos. as pessoas cada vez mais comem nas mesmas cadeias de fast food. sociais ou ambientais. etc. se o país não administrar sua participação no processo. produtos. etc. Ford. e as soluções dependem de medidas que devem ser tomadas por um grande conjunto de países. Ambos devem ficar sempre atentos às funções que desaparecem. Na busca de se tornarem mais competitivas internacionalmente. Exxon. No sistema globalização envolve-se a interdependência. européias ou japonesas (Fiat. Sua dica vale para empresários e trabalhadores. vestem jeans. etc. maior fabricante do mundo de chips para computador – a escrever o livro Só os paranóicos sobrevivem. Isso quer dizer que qualquer produtor pode. Um dos aspectos mais importantes dessa globalização é a expansão das empresas multinacionais. As menos favorecidas ficam sujeitas a perder o emprego” Paulo Nogueira Batista Júnior A Internet é uma rede mundial de comunicação por computador que liga a quase totalidade dos países. Desde a crise socialista na década de 80. acelerada pelo intenso fluxo de capitais. informações e novas tecnologias de outros países. Essas empresas são norte-americanas (GM. sabem quantos empregos custam um caixa automático.). existem produtos eletrônicos japoneses e cadeias de fast food do tipo Mc Donald’s. é preciso ser paranóico. Uma só imagem é transmitida para o mundo todo.Algumas possuem suas sedes em países do sul como por exemplo. mais de 100 milhões de pessoas estejam se comunicando pela Internet. bebem os mesmos refrigerantes. a Petrobrás e a Rede Globo. por exemplo. Com os diferentes sistemas de comunicação. O que está havendo agora é uma aceleração. Para isso aumenta os índices de automação e. Com a abertura desses países socialistas para o capitalismo a globalização atingiu todo o planeta. Os países são dependentes uns dos outros. imagem e texto. O trabalhador deve planejar sua carreira como o empresário planeja seu negócio. batalhões de secretárias perdem diariamente importância porque novas funções acopladas ao telefone executam suas tarefas. empresas de transporte ou de comunicações. como a transferência de arquivos de som. presidente e fundador da Intel. a Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) e as organizações não-governamentais (ONG’s).). hoje . pois os governos nacionais não conseguem resolver individualmente seus principais problemas econômicos. (Gilberto Dimenstein – Aprendiz do futuro) 10 . Mitsubishi. do Brasil. a Dawoo e a Hyundai da Coréia do Sul. informações. British. Atualidades Esse ambiente de feroz competição sem fronteiras. Ao testemunhar a crescente rapidez com que os negócios e empregos surgem e desaparecem. estimulado por novas tecnologias. Nestlé. ele se convenceu de que. encontrar o “ponto de inflexão” . para manter a liderança. uma só visão. Se um país se isola e dita suas próprias leis. Sony. a Samsung. O segredo segundo ele é. inspirou Andrew Grove – professor de administração de empresas em Stanford.

Errou. Atualmente o Mercosul encontra-se no estágio de união aduaneira. EUA. foi o que hoje conhecemos por C. Austrália. você não encontra um par de tênis fabricado nos Estados Unidos. Através do exemplo das “grandes potências”.OS GRANDES MERCADOS REGIONAIS O BLOCOS ECONÔMICOS O termo “Blocos Econômicos” é um titulo para a união econômica entre países vizinhos ou seja. o mundo estava entusiasmado com a energia nuclear e um americano.” Oscar Wilde 7. a 2ª é a mais real. O primeiro “bloco econômico”. Holanda e Bélgica). Tailândia. É no que dá profetizar. não seriam competitivos entre si. Apesar de ser uma empresa norte americana. Criada após a Segunda Guerra Mundial (1945) com sede em São Francisco. ela é composta por diversos órgãos especializados que comandam e interferem na vida sócio-econômica de diversos países. Os 4 países membros são: Brasil. tem como objetivo elevar o nível da saúde de todos os povos. Mas esse processo de união gera duas correntes de interpretação: ♦ A integração dos Mercados Regionais do mundo todo. Paraguai e Uruguai. desencadeou o maior cataclisma bélico experimentado até então. ♦ U. fundada em 1989 é composta por 18 países banhados pelo pacífico são eles: Estados Unidos. Indonésia. a competição entre os pólos econômicos é evidente. membros diferentes. ou seja. tem por objetivo controlar o comércio internacional através de tabelas de preços dos produtos (importação e exportação). E.E. o jornal New York Sun. Taiwan.U. Bélgica. ♦ OMS – (Organização Mundial de Saúde) – sediado em Genebra.sediado em Genebra. traçando campanhas para a melhoria da assistência a saúde. dia seguinte ao atentado que matou o Arquiduque austríaco Francisco Ferdinando. com sede na cidade de Nova York). Sua integração não deve ocorrer a curto prazo. seu objetivo é o incentivo à melhoria nas condições de trabalho e ao progresso social. 11 . tinha como objetivo abaixar os impostos sobre as importações e exportações dos países membros (tarifas alfandegárias). Em 1955. Luxemburgo. seus organismos especializados possuem uma certa “autonomia”. países membros: E. aprovada no início do ano de 1999. possuem sedes próprias. Argentina. Vietnã.3. Dizer que não também é profetizar. Nova Zelândia.P. Portugal. (Impostos únicos para as mercadorias. ou U. São esses organismos que ditam as diversas normas de conduta de muitas nações do Globo. pelos países produtores de carvão e ferro (Luxemburgo. Suécia. Japão. mas não deixam de ser subordinadas pela ONU (hoje.U. especialmente sobre o futuro. “Melhor não profetizar.). Filipinas. Holanda. em grande parte. ou seja os maiores dominando os menores e são concorrentes entre si. Canadá. isto é. lançando índices e estudos sobre a qualidade dos níveis de padrão de saúde (alimentação. Hong Kong.. Canadá e México. Papua-nova-Guine..C. é impossível negar que seu desaparecimento está destinado a diminuir as tensões na Europa. Pergunte-se hoje como será o mundo daqui a dez anos!!! Globalizado? Mas será mesmo? Em 29 de julho de 1924. Lá ficam só os escritórios centrais. A. Podendo no futuro ser criada uma imensa zona de livre comércio internacional. sugerem os “blocos periféricos”.4 -Você sabe como a ONU funciona? Entre as várias associações mundiais. observe abaixo os objetivos dos blocos ou Mercados Regionais. Hoje este Mercado Regional conta com 15 países membros e alcançou seu objetivo. ela é a própria “mundialização”. Grã-Bretanha. pois as disparidades econômicas entre os países membros é muito grande. Grécia. a I Guerra Mundial. indústrias e produtos agrícolas). vigorando desde novembro de 1991.” O atentado de Ferdinando. ♦ Livre circulação de bens .C.” Gilberto Dimenstein. mas sim aliados. Malásia.E. No momento o que se deve fazer é levantar dúvidas e críticas ao processo de globalização em que o mundo atual se vê mergulhado. Alemanha. ♦ Os Mercados Regionais são competitivos. visa a integração econômica dos países membros. Coréia do Sul. os produtos são confeccionados no oriente ou onde houver uma mão-de-obra barata que reduza o preço final do produto. em vigor.Curiosidade “A Reebok é um dos exemplos mais visíveis da globalização econômica. serviços e pessoas. Criada durante a Segunda Guerra Mundial. México. – (União Européia) países membros: Irlanda. Sendo esta. como se sabe. Dinamarca. China. Um outro exemplo . escreveu: “ Embora seja natural que as pessoas se sintam chocadas com o brutal assassinato. podemos notar a manifestação dessa competição através das grandes empresas e do mercado financeiro (Bolsa de Valores). (Comunidade Européia) – União Européia. Espanha. Alex Lewyt. – (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico). Aprendiz do Futuro 7.. Itália. afirmou: “Dentro de dez anos os aspiradores de pó serão movidos a energia nuclear”. foi constituído através do tratado de Assunção. França. ♦ Mercosul – (Mercado comum do sul). pois possuem uma moeda “referencial” o (E. Finlândia e Islândia. previstos no futuro passos para integração chegando ao estágio de mercado comum. Brunei. ♦ OIT – (Organização Internacional do Trabalho). Apesar dessas duas correntes teóricas serem aceitas. Veja a Seguir: ♦ GATT – (Acordo Geral de Tarifas e Comércio) – sediado em Genebra. Então é preciso ter bom senso antes de sair por aí prevendo o que será do mundo amanhã. Mercados Regionais : ♦ NAFTA – (Associação de Livre Comércio da América do Norte).E. Cingapura. ♦ A. doenças endêmicas e epidêmicas). ♦ Abolir as tarifas alfandegárias. isto é. uma forte união.

Bósnia (Ex-Iugoslávia) e Somália. Jerusalém. que saindo grande vencedor da mesma. etc. É mais provável que se façam acordos para reduzílas. os banqueiros europeus decidiram movimentar esses dólares parados. vem sofrendo sucessivas quedas nos últimos anos em relação as economias japonesa Isso vem causando um déficit no balanço comercial norte-americana. saúde. oferecendo capital para os países que necessitassem. que são fixados pela política norte americana. Recentemente alguns países chegaram a declarar que não pagariam essas dívidas. Os EUA após os anos da Segunda Guerra Mundial assumem o papel de “grande líder “ das transações financeiras. onde a Inglaterra (Grã-Bretanha) atacou a Argentina. isto é. mas. bancos. O FMI e o BIRD são “conjugados”. auxilia os projetos de técnicas agrícolas para países em desenvolvimento para a melhoria da alimentação. Golã. causando assim um acúmulo de dólares nos bancos de países europeus (considerados os mais seguros). Além de muitas outras: Como podemos notar a ONU é uma associação “poderosa”. Algumas vultuosas dívidas decorre das altas taxas de juros mesmo que o país não tome mais dinheiro emprestado a dívida está sempre aumentando por causa dos juros. O mundo tem mudado bastante nos últimos anos é preciso fazer uma reestruturação econômica-financeira internacional. nada mais são.UNESCO – (Organização das Nações Unidas para Educação. citaremos o caso dos EUA. pois é um dos indicadores da qualidade de vida das mesmas . ao marco alemão. visando a melhoria da alimentação no meio rural. 179 são membros “ativos” da associação. que a expansão do capitalismo dos países desenvolvidos (em especial dos EUA e da Europa). para a vida comum das populações do Globo. e sociais (educação. a cada dívida os juros aumentam e a cada aumento ou déficit. ♦ As mais recentes intervenções armadas. etc. O por quê dos empréstimos? Alguns países necessitam para sair do “déficit” (o dinheiro das importações é maior que o das exportações). imprimiram grande quantidade de papel moeda e adquiriram inúmeros bens por toda parte do globo. Ciência e Cultura) – Sediado em Paris. Líbano. Outro aspecto importante dessa questão é que o dólar tende a se desvalorizar frente a outras moedas de países ricos como o iene japonês. Para compreender melhor o processo financeiro no mundo é preciso relembrar alguns fatos históricos. “Forças de Paz” comandada pelos EUA. deste século: ♦ A Segunda Guerra Mundial. isso desagrada algumas potências econômicas com o Japão ou a Alemanha. Para melhor entender “a farsa das grandes potências”. programa de incentivo as alianças internacionais voltadas à educação científica e cultural e às comunicações. O BIRD é uma associação com função de ceder empréstimos que são autorizados pelo FMI. com o FMI e o BIRD. pela posse das ilhas localizadas próximas ao litoral argentino. Mas nos dias de hoje são mais divulgadas em todos os meios de comunicação. E é o FMI (instituição controlada por interesse norte americano)que impõe a política econômica. Ela funciona como um “regulador” ou “comandante” da política sócio-econômica do mundo. há um novo empréstimo. possuem um certo “privilégio”. pela ONU e liderada pelas potências foram: a Ex-Iugoslávia (província de Kosovo) e Timor Leste (sudeste asiático) ♦ Os Empréstimos Internacionais A relação entre países. ♦ Também podemos citar a Guerra das Malvinas. outros países requerem empréstimos para a construção de obras sociais ou a modernização industrial ou agropecuária . É ele que propõe as formas de pagamentos e traça uma política recessiva para a economia dos países endividados e que continuam no ciclo vicioso dos empréstimos. Chipre. ou seja. ♦ FAO – (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) – sediado em Roma é o incentivo e desenvolvimento agrícola. é o caso do Brasil e muitos outros países subdesenvolvidos. 12 . para gerar mais lucros. deixando os países a mercê da política econômica dos países desenvolvidos. isto é. pois a maioria desses países controlam o mercado financeiro através da “história” acumulação de bens e capitais. já a Grã-Bretanha faz parte do conselho de segurança ( o efetivo poder de veto). o Fundo Monetário Internacional (FMI) funciona como um fiscalizador dos pagamentos e regulador. ♦ Conflitos étnicos e religiosos – Índia.). El Salvador. ♦ FIDA – (Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola) – sediado em Roma. que em especial. Os países desenvolvidos também recorrem aos empréstimos internacionais. os bancos e instituições financeiras internacionais abriram o mercado dos empréstimos entre as nações (reforço da globalização econômica). nesta disputa de territórios não houve intervenção da ONU. empresas públicas (do Estado) ou particulares. são empréstimos que podem incentivar o comércio internacional (Importações e exportações) e até mesmo modernidade dos equipamentos que ajudam a resolver problemas econômicos (tecnologia industrial.) esses empréstimos. É de extrema importância. Com isso pode ocorrer a diminuição relativa das dívidas. podemos relembrar as notícias dos primeiros anos da década de 90: ♦ Guerra do Golfo Pérsico – intervenção da ONU. são práticas antigas. Os países que tomam dinheiro emprestado dessas instituições contraem a dívida externa. habitação. Apesar do dólar ser uma moeda de poder internacional até a década de 70. a libra esterlina inglesa e outras. de obras. pois dos 200 países existentes no geral. Essa grande quantidade de dólares acumulados “eurodólares” gerou uma especulação financeira. agrícola. infra-estrutura. Croácia. DÍVIDA EXTERNA COMO PAGAR? Dificilmente os países subdesenvolvidos pagarão suas dívidas integralmente.

principalmente quando se trata de um povo sem perspectiva e assustado com o ‘rolo compressor’ da globalização”. Mas existe o seu lado contraditório ou perverso. ♦ Os bascos que querem autonomia de sua região na fronteira entre Espanha e França. Um exemplo de que o mundo global não é igual para todos. ♦ O conflito judeus X palestinos. como podemos citar exemplos: ♦ Os curdos que lutam para criar o Estado do Curdistão. é a interdependência das nações. mas pertencem na maioria.muçulmano. de subordinação política à religião e com grande ressentimento e ódio à civilização ocidental. apresentados. ao mundo que vemos nas telas de televisão. falarem sobre o processo de Globalização pelo qual estamos passando. hoje.8. De mobilizá-la e de interagi-la. A persistência e a reativação do nacionalismo e também. reconhecemos seus rostos. O reaparecimento do nacionalismo envolve necessariamente o reavivamento do conservadorismo. valores. que podemos verificar ao analisar os assuntos seqüentes. ♦ A questão irlandesa. Este último exemplo é um caso especial que merece análise mais detalhada por se tratar de um movimento radical de oposição à modernidade. ♦ A guerrilha na Colômbia. da comunicação e do turismo. e à globalização. é o Islamismo. (GUIBERNAU. junto ao medo de perda da própria identidade nacional. na medida em que amplia seus horizontes e abre novas perspectivas às conseqüências de suas ações. ♦ Os muçulmanos que querem tornar a Caxemira (Cachemira) independente da Índia. regionaliza e até reforça o nacionalismo. é um processo de mundialização que está ocorrendo em quase todos os segmentos expressivos da sociedade atual. Por isso dizemos que a globalização é penetrante e ninguém pode fugir às suas conseqüências. revitalização de algumas religiões manifestam a necessidade dos indivíduos de se sentirem parte de um grupo e encontrarem um grupo de idéias que sejam dignas de lutas e capazes de dar significado a suas vidas. precedidas da necessidade de identidade tanto coletiva como individual. mas com uma nova proposta – um futuro comum em que a nação deve se renovar e regenerar. A globalização e a modernidade criaram condições de possibilidade para uma nova era em que a informação é produzida e transmitida quase que instantaneamente. Hoje é impossível o isolamento da cultura para a preservação da identidade nacional. A comunidade de cultura e a unidade de significado são os principais meios para a criação e a experiência de identidade nacional. Com a globalização todas as nacionalidades parecem próximas.. na era do globalismo. As culturas isoladas enfrentam a ameaça de perder sua autenticidade pela absorção de outras culturas que possuem maiores meios de se reproduzir e expandir. no passado. O nacionalismo. Neste contexto. A globalização originou-se no Ocidente e diz respeito sobretudo à expansão de idéias. diminuindo as desigualdades sociais ou está acentuando a diferença entre os mais pobres e ricos? Lendo e estudando esse módulo você poderá entender melhor essa questão. AS CONTRADIÇÕES DA GLOBALIZAÇÃO Globalização é a união dos povos. nos filmes e jornais e não interagem conosco. os grupos parecem muito familiares. O atual renascimento do nacionalismo fundamenta-se nas transformações locais.as elites pensam em termos globais e o povo em termos nacionais. opõe-se à homogeneização baseando-se no valor das culturas individuais e nos direitos das pessoas decidirem seu destino político. Mas o que realmente é esse processo? Ele beneficia a todos. na era romântica defendeu a diversidade cultural e. pelos excluídos do poder”. funcionou como uma ideologia legitimadora na fundação do estado nacional.As Contradições da Globalização Introdução Você vê e ouve todos os dias. o sucesso do nacionalismo provém de sua capacidade de se valer de uma população social e politicamente diversificada. em especial nos setores econômicos. dos movimentos ecologistas ou feministas. da produção. financeiro. vestimentas ou alimentos e a economia. estilos de vida e tecnologia ocidentais. uma vez que eles lutam pela diferença. E outros. inacessível. A globalização universaliza alguns hábitos. Porque a globalização e a modernidade são as mediadoras dos meios pelos quais os discursos nacionalistas são produzidos e divulgados. 13 . Monserrat) Na realidade. As tensões e os conflitos étnico-nacionais e religiosos são prova de que a globalização não conseguiu unificar os povos. Trata-se do mundo árabe. os líderes são retratados e os acontecimentos.. Ao mesmo tempo ela distancia. ♦ Os hutus que massacram os tutsis em Ruanda. A globalização acrescenta uma nova dimensão significativa à vida dos indivíduos. “A política de identidade envolve um elemento progressista. De certa forma a “homogeneização” cultural ou o que é novo produz um sentimento de insegurança. – está evidente que o mundo global não é um mundo igual. ♦ Movimento islâmico. encaixa-se bem a expressão do ex-presidente da Comunidade Européia (atual União Européia) ao afirmar que “. e os movimentos nacionalistas que a representam estão ao lado da paz.

talvez esteja atraindo pessoas que se sentem perdidas em meio ao excesso de liberalismo da sociedade contemporânea. Síria. “O fundamentalismo islâmico apresenta uma alternativa à cultura da modernidade propagada pelos poderes políticos e econômicos do Ocidente. Cabul pela milícia Talibam – uma força guerrilheira nascida nos seminários islâmicos e que controla dois terços do país – criou uma versão severa. assim mesmo acompanhadas de um parente e cobertas da cabeça aos pés pelo burqa (burçá). No Brasil. exceto parentes próximos. Hoje em dia é a segunda maior religião do mundo e a que mais cresce. (o conjunto de leis e regras de comportamentos prescritos para os muçulmanos. Em julho deste ano fecharam as últimas escolas para meninas. O Islã e. LEITURA DE APOIO O texto a seguir é um exemplo que nos leva a refletir sobre os costumes islâmicos. No ano seguinte foi fundado o Estado de Israel.1. Desde a tomada da capital. ele tira proveito da tecnologia ocidental para reproduzir e expandir mensagens”. protegida por tecido fino. o Afeganistão é um lugar com a peculiaridade de ter dado um salto para trás. Desde a sua fundação. (ISTO É. que significa submeter-se à vontade de Alá. Seu seguidores são chamados de Muslim. e a Cisjordânia da Jordânia. estima-se que vivam em São Paulo 1 milhão de Islâmicos. Os talibans lutam em duas frentes – contra milícias rivais no norte e contra o pecado no restante do país. Patrulhas do Ministério da Propagação da Virtude e de Combate ao Vício (formada pela polícia religiosa) percorrem as ruas. 14 .AS GUERRAS ÁRABE-ISRAELENSES E A QUESTÃO PALESTINA Estas guerras são exemplos de sentimento nacionalista e o desejo de conseguir um território. ao mesmo tempo. De início. São impedidas de trabalhar e estudar. de chicote em punho. aquele que se submete a Alá.. elas não podem falar com homens. televisão. Só as médicas continuam em atividade. A população muçulmana (islâmica) foi aos poucos depositando suas esperanças nas próprias raízes religiosas e culturais. Monteserrat. jogos de cartas. já que a modernidade e a globalização só trouxeram benefícios para uma minoria – a elite econômica. O taliban vê o trabalho feminino como uma arma na conspiração ocidental contra o Islã. A partir da adolescência.70) A globalização tornou possível a imediata resposta unificada dos muçulmanos aos acontecimentos que afetam sua comunidade. do Egito: região da colina de Golã. Em 1947 a ONU elaborou o plano de partilha da Palestina que causou grande insatisfação aos povos árabes. nada é mais sufocante que a situação das mulheres. permite a visão através de uma tela. quando Israel obteve a península do Sinai e a Faixa de Gaza. antenas parabólicas. à altura dos olhos e do nariz. Mas.) Impôs um rígido código de vestuário. Líbano. pois um homem não poderia atender pacientes do sexo oposto” 8. ♦ (Deus em Árabe).Você sabe o que é isto? ♦ Islamismo – Vem da palavra Islã. p... as pessoas procuram uma âncora para melhor manter suas raízes”. resistência à mudança – no mundo globalizado e da Internet. Situação complicada a das mulheres Às vésperas do século XXI e com o mundo todo mergulhado na globalização. em árabe. música. GLOBALIZAÇÃO E FUNDAMENTALISMO ISLÂMICO As condições do ocidente prometidas outrora às antigas colônias jamais se concretizaram. Em 1967 eclodiu a Guerra Dos Seis Dias. criar pássaros e soltar pipa. Só saem à rua por motivo justificado. proibiu raspar barba. Faça uma análise da frase “. Afeganistão um país atrasadíssimo. o manto que envolve o corpo todo – um pequeno círculo. Israel vive em guerra permanente. No final da guerra (1949) Israel conseguiu ampliar 50% do território. GUIBERNAU. 29/04/98. A dependência tornou-se mais aguda após a descolonização. cinema. da Síria. e extremamente radical da sharia. os exércitos dos países vizinhos: Egito... o seu fundamentalismo é uma necessidade de encontrar uma alternativa para um estilo ocidental imposto que se revelou inapto à solução de seus poderes políticos e econômicos. o Islã está cobrando mais dos seguidores e essa cobrança é o que eles buscam.o mundo global não é um mundo igual” “A própria rigidez das leis do islã. Apenas 1% das meninas chegava à universidade em 1979. nunca foi uma sociedade igualitária para os sexos. em especial. Porém. Iraque e Jordânia atacaram o país e travaram uma violenta guerra.

Israel devolveu a península do Sinai ao Egito. Veja no mapa a seguir por que o Oriente Médio é chamado por alguns de “barril de pólvora” As pequenas pátrias A Europa foi o berço do Estado nacional. Em outras parte da Europa. Em 14 de dezembro de 1988. Em 1973. o líder da OLP apresentou um plano de paz na Assembléia Geral da ONU. pois nem Israel nem a OLP abre mão de sua administração. Após cinco anos Yasser Arafat assume e utiliza métodos extremistas (terrorismo) para alcançar seus objetivos. o Egito e a Síria tentaram reaver os territórios perdidos para os israelenses e em sangrenta batalha acabaram derrotados. da Valônia e Macedônia. que deseja manter a subordinação do Ulster a Londres. Apesar do acordo de paz pouca coisa mudou. movimento separatista que alcançou importante respaldo popular. Entre inúmeros exemplos. passando a negociar com os EUA e com Israel. no qual reconhecia o Estado de Israel e conquistou mais espaço no campo diplomático. Através de um acordo intermediado pelos Estados Unidos. 15 . No velho continente. do Ulster. habitam o nordeste da Espanha e o noroeste da França. Os árabes que vivem nos territórios ocupados reivindicam a formação de um Estado Palestino e Israel não consegue eliminar a resistência palestina nem os grupos radicais muçulmanos. Mas o impasse maior. que não aceita sua soberania. A desagregação da Iugoslávia gerou a independência da Macedônia.Em 1964 foi criada a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) com a finalidade de lutar pela criação de um Estado Palestino. outras 456 cidades da Cisjordânia conseguiram autonomia. O terrorismo do IRA e a pressão britânica transformaram o Ulster na principal zona de tensão política do ocidente Europeu. porém o novo Estado é visto com grande hostilidade pela Grécia. Que depois foram se espalhando por todas as partes do planeta. Os Bascos. Em 1995. A formação do Estado nacional dentro da Europa envolveu um longo percurso histórico. Israel assina um acordo de paz com a OLP. Os conflitos entre eles e a maioria protestante. surgiram as nações e o nacionalismo. povo de origem indeterminada. A faixa de Gaza e a cidade de Jericó.aspiram à independência em relação ao Reino Unido e à unificação com a Irlanda. destacam-se os casos do país Basco. na Cisjordânia foram devolvidas e se tornaram regiões autônomas e de administração palestina. onde há conflitos é a cidade de Jerusalém. iniciado no Renascimento e só completado no século XIX. Em 1993. o nacionalismo aparece sob a forma de movimentos pela autonomia ou de conflitos separatistas. da Lapônia. Você já ouviu falar do Ulster? Os católicos que representam 35% da população do Ulster ( a Irlanda do Norte). Atualmente a Europa se vê envolvida em questões nacionalistas. O “país” Basco espanhol foi responsável pelo surgimento do ETA (Pátria Basca e Liberdade). resultaram na constituição do IRA ( Exército Republicano Irlandês).

Pressionado. A idéia é a subjugação_ total. em nova capital. ela não reservou para a capital nenhum centavo do orçamento de 500 milhões de dólares. Responsável pela reconstrução da infra-estrutura da Chechênia. crescem as denúncias de assassinatos. Desde a Segunda Guerra Mundial não se vê uma cidade européia aniquilada de forma tão completa. O combate em zona urbana é um pesadelo para todo exército. Valônia e Bruxelas ) Lapônia. os russos estão demolindo e evacuando os prédios parcialmente destruídos. a destruição levou o governo russo a descartar qualquer plano para reerguer a cidade. Ao contrário. Os planos incluem transformar Gudermes. Com a criação de um Estado baseado na autonomia limitada das regiões (Flandres. Observe no mapa da Europa onde estão as pequenas pátrias A seguir você verá mais um exemplo. resultado da conquista da mais importante cidade dos separatista chechenos. de língua francesa. Homens são mantidos em áreas onde os soldados dizem separar inocentes de guerrilheiros. vice primeiro-ministro da Rússia. deve ter o status de uma cidade fechada”. mas essa é uma conta que o controle de informações impede que seja feita. ainda que parte de um etnia minoritária e com um longo histórico de ódio a Moscou. que foi humilhado nas ruas de Grozni na primeira fase do conflito. Mas que ninguém se engane: a prioridade russa continua sendo a eliminação de uma formidável força de 8 000 guerrilheiros. que ainda estão escondidos na montanhas. De tão absoluta.. no início dos anos 90. Como em todo confronto sem regras.Valônia!!! Onde fica isso??? A Valônia fica na região meridional (do lado Sul) da Bélgica. Finlândia e Noruega. região que reivindica a separação e independência da Rússia (Ásia) após o fim da União Soviética. sobretudo o russo. Beneficiando-se da flexibilidade política dos Estados nórdicos. Quando Moscou fala em controlar a situação na república separatista nunca mencionou a possibilidade de acordo. A Chechênia. 16 . A tensão política entre os Valões provoco uma reforma constitucional. a Segunda cidade da república. Surpreende o fato dessa estratégia tão brutal e inclemente ser adotada dentro da própria Rússia. Os edifícios. são campos de execuções. onde emergiu um movimento separatista. mais detalhado. Os povos lapões habitam a região boreal (do lado norte) da península escandinava. contra seus próprios cidadãos. a queda de Grosai veio acompanhada de relatos de cenas de horror contra a população. nem que para isso cidades inteiras desapareçam. Nikolai Koshman. ruas e avenidas compõem hoje uma terra arrasada e silenciosa. mas que segundo familiares. que poderá ser em breve riscada do mapa.. conseguiram um importante estatuto de autonomia com relação a Suécia. de nacionalismo do mundo atual. O total de mortos está na casa dos milhares. casas. Moscou nomeou um oficial para atender os grupos de defesa dos direitos humanos . declarou que “Grozni. Grozni. torturas e estupros realizados por soldados russos. um raciocínio que hoje costuma ser evitado mesmo em conflitos internacionais. Crise na terra do Papai Noel. Grozni era o principal símbolo da rebeldia contra Moscou e pagou caro por isso. em 1993. a capital da Chechênia não existe mais.

no Afeganistão e em alguns países subdesenvolvidos foram ou são empregados em guerras e lutas nacionais. É . No sudeste asiático. um problema geopolítico A distribuição da droga é praticada principalmente por uma minoria étnica.2. é difícil encontrar o caminho de volta. 17 . está participando querendo ou não.. em vez de só perseguir o traficante”. que luta por sua autonomia nacional e por organizações paramilitares de natureza mafiosa. com tantos interesses em jogo. do ponto de vista tanto de quem usa droga. negociaram com narcotraficantes sempre que isso lhes foi conveniente. passa a existir em função dela. comerciam e protegem esse negócio. agências anti-drogas e organizações internacionais de combate às drogas não têm conseguido evitar o poder de corrupção daqueles que financiam. muito grande mas clandestino. “O tráfico é um crime contra o Estado democrático porque corrompe a sociedade em lugares onde a assistência dele é falha. em aberta contradição com a retórica oficial contra drogas. a rede internacional do narcotráfico movimenta anualmente 500 bilhões de dólares. o contrabando de armas e de órgãos humanos.8. por acirrar dependência física e psíquica. além das contradições citadas. etc. As ações repressivas criam uma espécie de economia anti-droga. com o desenvolvimento dos meios de comunicação e de transportes. (. médica. governamental. lucrativo mas perigoso. uma quantia equivalente a quatro vezes a dívida externa brasileira. Para se ter uma idéia. o tráfico de mulheres e crianças. Os dois produtos são prejudiciais à sociedade e ao indivíduo (veremos mais adiante). Q UEM ESTÁ REALMENTE INTERESSADO EM DESARMAR? As armas também fazem parte dos negócios ilegais e que hoje operam em escala mundial.. entre governos e máfias narcotraficantes.. É óbvio que.É o processo pelo qual o dinheiro obtido por meios ilegais passa à condição de legítimo ou tem suas origens ilegais mascaradas. jurídica. A Organização das Nações Unidas (ONU) criada após a Segunda Guerra Mundial. as chamadas máfias ou cartéis que controlam o comércio de drogas. o crime internacional organizado. entre 50% e 70% dos narcodólares são lavados ou branqueados_ e reinvestidos em negócios legais. com o objetivo de promover a paz e a integração entre as nações do mundo. A própria Agência de Informações (CIA) e a Agência de Repressão às Drogas (DEA). hoje é incapaz de garantir sua presença em todas as frentes de conflitos do planeta. Ultrapassando um certo limite. transportam. Ninguém que conviva com esse mundo durante muito tempo sai ileso. Calcula-se que os rendimentos anuais com essas atividades ilegais estejam aumentando cada vez mais e se tornando mais sofisticados.) a melhor forma de combater o tráfico é atacar a economia do crime organizado e impedir a lavagem de dinheiro. de produtos eletrônicos. O narcotráfico é um grande império. etc. Epoca 13/07/98. movimentando bilhões de dólares que poderiam ser melhor aplicados em benefícios sociais. como de quem participa do narcotráfico. As múltiplas redes de governos. Pelo menos 85 bilhões de dólares são reciclados nos Estados Unidos e na Europa. de uma rede complexa e ilegal de jogos econômicos e políticos internacionais.A GLOBALIZAÇÃO E O MUNDO VIOLENTO Com o mundo mais integrado. Segundo um relatório da Organização da Nações Unidas. o mundo da droga é. a prostituição. por isso. É o segundo comércio do mundo só perdendo para o de armas. A “ guerra ao narcotráfico” é uma disputa por territórios. Cada vez que uma pessoa fuma um “baseado” ou cheira uma “carreira de cocaína”. ao mesmo tempo. com capacidade de impor e derrubar governos. no sentido de que toda estrutura policial. com o aumento das migrações internacionais e de fluxos comerciais surgem. de grãos.. ⇒ Lavagem ou branqueamento.

Iraque e Paquistão. como Síria. O apogeu da bipolaridade e da divisão do mundo em socialista (União Soviética) e capitalista (Estados Unidos). habitação e em qualidade de vida do seu povo. o governo indiano fez mais dois testes. Muitos deles continuam produzindo. ignorando os protestos mundiais. Futuramente com toda essa multiplicação de bombas atômicas. a CEI (antigas repúblicas socialistas). Há fortes indícios de que os armamentos nucleares que ficaram ociosos (Rússia. muitas vezes. a China armou os separatistas indianos da região de Caxemira. mesmo sem a participação das grandes potências. foram vendidos ou contrabandeados para os países do Oriente Médio. Como os paquistaneses vivem em permanente estado de beligerância com a vizinha Índia. mesmo as subterrâneas. Num dos recantos da terra onde os ânimos sempre andaram exaltados – desde 1947 a Índia já teve três guerras com o Paquistão e uma com a China.. fala-se muito em desarmamento nuclear após a Guerra Fria. outra nação que se preocupou em estocar bombas nucleares antes de ser capaz de alimentar decentemente todos os seus habitantes.” 18 .. Os Estados Unidos. Outros países vêm realizando grandes esforços nos últimos anos para possuí-las. mas no futuro o que será? Esta é a preocupação de todos. Mas esse tratado não entrou em vigor porque alguns países se recusam a assiná-lo. o primeiro ministro paquistanês anunciou que “empatamos o placar com a Índia. esses países dependem de enormes somas para esse fim ao invés de investir em educação. Muitos países do Sul possuem ou são suspeitos de possuir bombas atômicas: China. anunciou sua entrada no pequeno grupo dos donos de armas nucleares detonando cinco bombas num rincão desértico. Boa parte da produção é destinada aos países subdesenvolvidos e em desenvolvidos através de negócios ilícitos (contrabando) envolvendo. Argélia e Líbia. mas o “clube atômico” (conjunto de países que possuem bombas nucleares) continua se ampliando. Em 1996 a ONU referiu-se ao Tratado Abrangente de Banimento de Testes Nucleares – que proíbe todo tipo de explosão nuclear. Kasaquistão e Bielorússia) depois da Guerra Fria.o Paquistão. o governo paquistanês informou também que já estava colocando ogivas nucleares nos mísseis apontados para o inimigo do outro lado da fronteira.Com as três explosões subterrâneas... em 1962 – o espectro de um confronto nuclear traz preocupações das mais sombrias. que vive às turras com a Índia por questões fronteiriças e suscitou uma provável corrida armamentista na região. Coréia do Norte e outros países do Sul. África do Sul. França. Hoje é apenas um teste. há um risco muito grande para o meio ambiente planetário. Junho de 1998 “Paquistão detona bombas para ‘empatar o placar’ com a Índia e aumenta a insegurança de todo o mundo. Da mesma maneira.. Como não bastasse. um dos países miseráveis do planeta. saúde. Os pobres entram na corrida pelas armas nucleares Maio de 1998 . deixou de cabelos em pé o vizinho Paquistão.. Invocando o nome de Alá. o Todo-Poderoso. o país (Índia) quebrou um jejum de 24 anos em testes nucleares. A cada ano. deflagrando a guerra entre a Índia e o Paquistão.As grandes potências do Norte têm assento garantido e poder de veto no Conselho de Segurança da ONU e atuam mais no sentido de garantir os seus interesses do que na promoção da paz. Alemanha. Índia.)” Para agravar o cenário apocalíptico esboçado no subcontinente indiano. ocorriam as guerras ideológicas. mas os conflitos eram de certa forma evitados para poupar uma crise mundial. (. Coréia do Norte. Os países desenvolvidos abasteceram e ainda abastecem de armas os países do Oriente Médio e da África onde estão em constantes conflitos. Grã-Bretanha e Itália foram grandes produtores de armas. armou-se no sul da Ásia uma situação de confronto como não se via desde os tempos mais perigosos da Guerra Fria.. . governos e organizações criminosas. Outro fato..

Força Armadas Revolucionarias da Colômbia. As pessoas. evitam discutir as suas opiniões sobre crenças religiosas. Em 1985. os seqüestros e as relações com o tráfico de drogas. um mistério a menos. porém. LEITURA SUPLEMENTAR. o estado mais pobre do Brasil) o país consome com gastos militares um terço do orçamento nacional. a ciências teria levado o homem a descobrir que todos os mistérios do conhecimento humano só permanecem sem resposta enquanto não são desvendados cientificamente. teria perdido o sentido. e o ELN – Exército da Libertação Nacional. saqueiam. como a extorsão.” Fonte : Isto é. pelo fato de as ciências terem avançado muito na conquista do universo. Os principais grupos guerrilheiros do país são as FARC. estavam estabelecidos em poucos mais de 170 municípios. a religião não atenderia mais sua necessidade real como na antigüidade.Com uma bomba testada desde 1974. Cada nova explicação cientifica significaria. O que você pensa a respeito de tudo isso? Forme a sua própria opinião. A religião. acompanha e marca a vida do homem e das sociedades humanas desde os tempos mais antigos. Para essas pessoas. 19 . As Guerrilhas Na Colômbia Segundo o governo. o poderio da guerrilha colombiana vem de atividades criminosas. Com uma renda per capita de 470 dólares (menos da metade da de Piauí. Com os vastos conhecimentos que o homem possui a respeito do mundo que o cerca. quando a natureza dominava completamente a vida do homem. etc. Texto de apoio : para ler e pensar. Refletir sobre o papel da religião para o homem e.Beligerância – relativo à guerra. as guerrilhas representam um verdadeiro poder paralelo: fecham estradas. Fez isso porque quer mais prestígio internacional – também por ter um governo ultracionalista. permitindo um maior controle da vida. 03/07/98. “Foi a experiência indiana. recentemente o número saltou para 600 dos 1024 municípios do país. em geral. faturar pontos na política interna. impõem toque de recolher. a religião teria se tornado algo superado. hoje. que acelerou a corrida nuclear dos pobres. Por que tantas pessoas evitam discutir assuntos religiosos? Muita gente acredita que. das leis da natureza e das leis da sociedade. portanto. de quebra. O Paquistão é muito mais dependente de ajuda internacional do que a Índia. a Índia deu um grande passo adiante ao realizar as novas explosões e reivindicar o status de potência nuclear. A religião. Juntamente com os cartéis de drogas. declaradamente disposto a botar lenha na fogueira atômica e. sobre o papel do homem nas instituições religiosas é uma tarefa muito difícil e muito importante em qualquer processo de educação. arrogantemente assumida.

um conjunto de princípios que orientam sua vida prática. ♦ Os grandes domínios naturais do planeta ♦ Regiões tropicais. se torna uma regra de vida. o Islã. ♦ As regiões temperadas ♦ As zonas polares ♦ Os desertos ♦ As altas montanhas. ⇒ Região tropical. hidrografia) ⇒ Localizar os principais domínios naturais do planeta. E o mundo islâmico ou muçulmano. as coalizões contra o terror.. Leitura Suplementar. toda religião destina-se a estabelecer e manter o contato entre o homem e Deus. do qual depende seu destino e ao qual se deve obediência e respeito. Se tivesse um pouco mais de religiosidade em cada um dos governantes de toda sociedade não haveria tanta fome no mundo. hidrografia. contra o Afeganistão que desencadearam a primeira guerra do século XXI. que vêem vantagem em apoiar. como sendo um poder superior a todos os seres humanos e a toda natureza. Do lado ocidental. Em primeiro lugar. ♦ Os elementos das paisagens naturais. o jogo de alianças envolve tanto aliados tradicionais dos Estados Unidos. outro jato comercial era arremessado contra o edifício-sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Essa explicação nos é dada através de diferentes religiões. são as implicações políticas. clima. Para o restante a negação da cidadania é a dura realidade. ⇒ Entender os conceitos ligados ao meio ambiente ( solo. A China enfrenta o mesmo problema com a província islâmica de Xinjiang e espera que os Estados Unidos parem de cobrar o cumprimento dos direitos humanos na repressão aos rebeldes. o pensamento da grande maioria de seus governados. Essa crença desenvolve no homem uma atitude intelectual e moral que. porém. O MAIOR ATENTADO DE TODOS OS TEMPOS 11 de setembro de 2001. de um poder ou de um princípio superior. quanto antigos inimigos como a Rússia e a China. pelo homem. polar. Mais graves. no qual a maioria prega a paz. como o Reino Unido e o Canadá. com passageiros seqüestrados em aeroportos do país. Religião é o reconhecimento. Logo que o terrorismo islâmico tornou-se o principal suspeito dos atentados. se o homem crê em Deus. desérticas e altas montanhas 20 . o Pentágono. A Rússia conta com o silêncio dos norte-americanos a respeito da dura repressão dos rebeldes muçulmanos da Chechênia. relevo. Desde épocas muito antigas. muitas vezes. as expressões usadas para caracterizar o novo conflito em que os Estados Unidos se envolveram.O QUE É RELIGIÃO? A palavra religião vem do latim “ religare” denotando a ação de tornar a ligar (ligar-se a Deus). mas não representam na verdade. que atingiram o centro do poder econômico mundial e a sede do poder militar do país. o inimigo tomou a forma de Osama Bin Laden. Portanto. Da mesma forma. apoiados pelos países da Otan. atingem com intervalo de dezoito minutos. não se pode confundir terrorismo islâmico com o Islã. em Washington. O terrorista Osama Bin Laden assumiu a autoria dos atentados. a fauna e a flora. o milionário saudita que financia e organiza as atividades terroristas islâmicas em vários países. Dois aviões de companhias americanas. econômicos ou religiosos das nações. em Nova York. Os Estados Unidos sofrem uma série de atentados inacreditáveis. sempre visando interesses políticos. temperada. Entretanto a situação não é tão simples. 9. Alguns governos de países muçulmanos estão do lado dos Estados Unidos porque dependem economicamente desse país. ♦ Regiões equatoriais.. solo. relevo. Choque de civilizações e Ocidente versus Islã foram. OBJETIVOS ⇒ Compreender a dinâmica da natureza. “com ressalvas”. Em seu conjunto. o homem vive se questionando: Quem sou eu? O que sou? Qual o sentido da vida? O que são Bem e o Mal? Será que a vida tem realmente uma finalidade? Existe vida depois da morte? Por que temos que ajudar o próximo? Qual a importância da solidariedade e da fraternidade nos dias de hoje? Para esses questionamentos. passou a ser o outro lado da guerra. fraternidade e igualdade que só hoje 20% da população mundial tem esses direitos.A dinâmica da natureza. as duas torres do World Trade Center. onde funcionavam escritórios de bancos e das maiores empresas transnacionais. o mundo globalizado continua a lutar por antigos conflitos e novos surgirão no futuro. ⇒ Ter um noção dos aspectos naturais de cada região no mundo. entre outras. como a retaliação dos Estados Unidos. O número de mortos nessa tragédia passou de 5 mil e o impacto sobre a economia mundial ainda é incalculável. É este pois o verdadeiro dilema posto para a sociedade do Terceiro Milênio. encontrará uma explicação. ♦ Clima.Com certeza haveria uma retomada do processo indicado pela expressão: liberdade.

já o clima é o que ocorre normalmente. os seres vivos formam a biosfera ou esfera da vida. A superfície terrestre é uma fina camada de nosso planeta com menos de 20 km de espessura. que costuma variar de um momento para outro. os rios . Nela encontramos regiões elevadas. 9. Todavia quando afirmamos que Manaus é quente e úmida. relevo. são produzidos diretamente pela natureza.2. Reunidos nessas três esferas. das geleiras. são interdependente e interessam aos seres humanos. temperatura. A dinâmica das massas de ar é responsável pela maior parte das alterações do tempo de uma lugar ( vinda do frio. A ação humana modifica o meio natural com tamanha intensidade que hoje praticamente não existe natureza “original” pois o homem se apropriou dela para construir seu ambiente de vida. Observamos então que alguns dos elementos formadores do meio ambiente. compõem os ecossistemas Os elementos e fenômenos presentes na superfície terrestre estão em permanente interação . as áreas próprias à sobrevivência.são o vulcanismo. O homem é um ser vivo que não possui um área específica. Por habitat devemos entender o local de moradia. líquidos hidrosfera e gasosos atmosfera . Cada uma das formas do relevo apresenta características próprias. é composta de elementos sólidos litosfera. Por exemplo: dizemos que em Manaus está chovendo neste instante ou que no dia de ontem fez muito calor. estrutura geológica e relevo. Ele pode viver praticamente em qualquer parte da superfície da Terra. A superfície terrestre não é totalmente plana. 21 . Os fatores externos são o intemperismo ou meteorização (ação da temperatura das águas e outros agentes sobre as rochas. etc. Quando alguém diz que o tempo está “bom”. porque ocupar esse espaço significa se relacionar com eles ( clima . por exemplo quando a massa polar desloca. umidade ) em virtude da área onde se localizam . o conjunto das espécies relacionadas com os aspectos físicos do ambiente ( clima.os edifícios. os vários tipo de litoral e outros. as chuvas . à fixação de uma espécie. pressão. O conceito de clima. portanto. as ruas. que varia constantemente. provocando decomposições). terremotos e maremotos e o tectonismo. empurrando a tropical e ocupando-lhe o espaço. dos oceanos e dos seres vivos. Os tipos mais comuns de relevo são as montanhas. rebaixadas e onduladas.A DINÂMICA DA NATUREZA O habitat do homem é a superfície terrestre. as depressões. A diferença é que o tempo de uma área é algo momentâneo. as pontes e barragens etc. hidrografia. umidade . Com freqüência uma acaba empurrando a outra e ocupando seu lugar . O tempo pode mudar em questão de horas.OS ELEMENTOS DA PAISAGEM NATURAL O meio ou paisagem natural de uma área consiste nos elementos da natureza que interagem naquele lugar. as colinas.etc. O CLIMA É o nome que se dá às condições atmosféricas que costumam ocorrer num determinado lugar. Podemos afirmar que o relevo se forma e se altera devido a fatores internos e externos. etc. ao passo que o clima e a sucessão habitual dos tipos de tempo de um determinado local da superfície terrestre. ) o encontro entre duas massas de ar recebe o nome de frente. Uma das maneiras de iniciar o estudo do espaço é percebendo as diferenças do espaço natural e geográfico. reflete um instante precioso um estado atmosférico . A superfície da Terra é irregular e o conjunto dessas diferenças dar-se o nome de relevo. refere-se às características atmosféricas de determinado lugar em um momento específico. O RELEVO Você sabia o que é relevo e quais as suas formas ? Não? O relevo é o conjunto das diferenças de nível da superfície terrestre. vegetação e fauna originais). das torrentes. . Assim existem massas de ar polares ( frias). os vales. Outros são resultados da atividade humana . “chuvoso” ou “nublado”. como a vegetação.9. os terraços. As massas de ar se movimentam constantemente. Os fatores Internos ou geológicos ligados à estrutura geológica da área . que podem ser oceânicas ( mais úmidas) ou continentais ( mais secas ). os abalos sísmicos. Nela . as planícies. O tempo. solo. durante o ano. considerando-se as variações do tempo atmosférico.1. solo e seres vivos ). a agricultura. estamos descrevendo de forma bem simplificada. dias ou semanas. a ação dos ventos. por isso recebem nomes diferentes. o clima dessa cidade e não o tempo. equatoriais e tropicais (quentes ). ocorre uma frente fria. os planaltos. os solos. MASSA DE AR O fator mais importante para as variações atmosféricas são as massas de ar. um tipo de clima ou de relevo que determine sua fixação. estamos nos referindo ao tempo e não ao clima. dos rios das enxurradas. Massas de ar são volumes da atmosfera ( semelhantes a enormes “bolhas” ou “bolsões” ) que possuem propriedades em comum ( pressão temperatura. porém envolve uma escala temporal mais ampla.

argila e outros. Em geral. planícies etc. Existem as planícies costeiras ou litorâneas. ar. isso deve ser visto de maneira relativa. São comuns as expressões “ solos férteis”. onde predomina o processo de acúmulo de materiais. Existem três tipos principais de estrutura geológica : 1. Por isso apresenta uma encosta íngreme de um lado e um declive suave do outro. Por exemplo alguns solos são famosos por sua fertilidade. “bons solos”. chuvas etc. O cascalho é proveniente do desgaste e erosão das regiões mais elevadas. por exemplo o solo dividido em vários perfis. que possuem diferentes resistências ao desgaste (erosão). relativa: quando está acima do nível do mar. etc. Esse tipo de terreno geológico costuma dar origem a relevos planálticos e pode apresentar ferro. que formam crostas ferruginosa devido a intenso processo de lixiviação ( lavagem do solo pela chuva. abaixo dele aparece a rocha matriz ( inalterada). Tipos de Depressões São regiões rebaixadas e podem ser do tipo: absoluta: quando está abaixo do nível do mar. usamos a expressão colina e para as médias elevações. As superfícies são desgastadas pelo vento. a erosão. podemos lembrar o deserto de NEGUEV. o Himalaia. Como as Rochosas . que aparecem num perfil. ÁREAS DE DOBRAMENTOS MODERMOS OU TERCIÁRIOS. Chapada é um planalto de rochas sedimentares que apresenta topo plano e encostas íngremes. Na realidade solo é a camada superficial dos continentes e das ilhas. “solos ruins”. é rico em matéria orgânica (por isso mais escuro). Sua importância para o meio ambiente do homem decorre das riquezas minerais a ela associadas e de seu papel para a formação do relevo. ouro. O relevo e uma região que depende basicamente do clima. onde predomina o processo de desgaste. na qual as rochas originais foram decompostas – atinge espessuras pequenas : normalmente algumas dezenas de centímetros. O horizonte A. ESCUDOS CRISTALINOS ( MACIÇOS ANTIGOS)_ São compostos por rochas ígneas ou magmáticas e metamórficas . Assim. Solo de massapé. Esses materiais são sedimentos compostos por cascalho . denominamos o conjunto de cordilheira ou cadeia montanhosa. o horizonte B apresenta pouca matéria orgânica. que lentamente vão mudando o relevo e do tipo de rocha. no seu modelado parte elevadas e baixas. 2. matéria orgânica (vegetais e microorganismo) e minerais. que levou elementos como o potássio. A ESTRUTURA GEOLÓGICA E O RELEVO O tipo de terreno de um lugar (sua origem e as rochas que o compõem) constituem a estrutura geológica desse lugar . 3. As riquezas minerais que aparecem nessas bacias são o petróleo e o carvão. Planície é uma região mais ou menos plana de origem sedimentar. os Andes. temperatura. O solo é um complexo vivo.. Cuesta é um planalto formado por uma sucessão alternada de camadas rochosas (sedimentares e magmáticas). os Alpes (foto ao lado). O relevo consiste na forma de um terreno. mais superficial. sol. recuperado para a agricultura através da irrigação e de modernas técnicas agrícolas. 22 . solos tropicais. a palavra montanha é utilizada para designar grandes elevações.São regiões que sofreram grandes dobaremos com elevações do terreno. Solo negro ( tchernoziom) Solo de terra roxa . Os solos aparecem divididos em horizontes de camadas. Como exemplo. chuva. e o horizonte C que é essencialmente mineral representa o primeiro estágio da decomposição da rocha. junto ao litoral. Quando encontramos um alinhamento de montanhas. vales e montanhas . deixando o ferro que endurece o solo). Podemos observar nos barrancos da beira da estrada. e as planícies continentais. algumas áreas outrora consideradas inférteis acabam por se tornar produtivas através de técnicas racionais de cultivo. manganês. ou seja. cálcio e outros. Embora existam de fato solos melhores e piores para a agricultura. isto é da estrutura geológica desse lugar. BACIAS OU TERRENOS SEDIMENTARES – Mais recentes que os escudos cristalinos. situadas no interior do continente. químicos e biológicos onde existem água. formado pela decomposição das rochas por processos físicos. possuidora de vida microbiana. péssimos são os que limitam ou tornam inviável e estabelecimento da agricultura no local. Para pequenas elevações do terreno. O SOLO O solo é a camada superficial de terra arável.Vamos conhecer as principais formas do relevo!! Planalto é uma superfície mais ou menos plana e elevada. em Israel. Montanha é uma grande elevação resultante do choque das placas tectônicas que se situam no interior da Terra. em conseqüência de pressões vindas do interior do planeta . Essa adjetivação liga-se a importância dos solos para o homem: bons ou férteis são aqueles que permitem boas colheitas agrícolas. etc. Esses terrenos são constituídos por rochas sedimentares. de idades geológicas bem antigas. alumínio e outras riquezas minerais. periférica: são áreas rebaixadas situadas entre um planalto cristalino de um lado e um planalto sedimentar do outro. etc. areia. Constituem as cadeias montanhosas jovens. Existem outros tipos de solos que são famosos por motivos contrário: é o caso dos desertos em que há falta de água. a palavra morro. originando as planícies e os planaltos sedimentares.

Agora você verá os tipos de clima encontrados nas regiões tropicais e quais as suas características. O clima de uma região é determinado por fatores climáticos e influenciado por elementos climáticos. que podem ser secas ou úmidas. a agricultura tradicional e itnerante em que o agricultor queima a mata e planta de forma extensiva e sem emprego de técnicas para evitar o desgaste (como a rotação de culturas ou estabelecimentos de curvas de nível. Clima Equatorial É o clima existente nas áreas próximas à linha do Equador. ou que uma cidade em geral. o que aumenta sua capacidade como fonte de energia. Regiões Tropicais As regiões tropicais localizam-se principalmente entre os Trópicos de Capricórnio e de Câncer (zona intertropical). a pluviosidade (quantidade de chuvas) é maior e no interior das continentes é menor. é quente e úmida. Essas regiões são: Regiões tropicais. escoamento de resíduos. O resultado da combinação desses fatores é o clima. correntes marítimas. Como exemplo disso. 9. estamos nos referindo ao clima. levando-o para uma região acidentada.). de terraceamento em áreas acidentadas). e a média do mês mais frio não é inferior a 18ºC. Nas regiões tropicais encontramos dois tipos de clima: Equatorial e Tropical. pois da hidrografia depende o suprimento de boa parte das necessidades individuais e sociais: de abastecimento de água para as populações . E também eles podem ser aproveitados para a construção de usinas hidrelétricas. mesmo os rios de planalto podem tornar-se navegáveis com a construção de barragens e eclusas . como pobreza em potássio ou excesso de acidez. De acordo com o relevo. ♦ as áreas litorâneas. O clima Equatorial apresenta as seguintes características: ♦ Temperaturas sempre elevadas (médias anuais de 26ºC a 28ºC) ♦ Chuvas abundantes durante o ano (acima de 2. O resultado da combinação desses elementos é o tempo. Mato Grosso do Sul etc. Nessa zona também aparecem outros domínios naturais muito diferentes da região tropical: desertos. Regiões polares. Os fatores climáticos são: latitude. costuma-se reconhecer dois tipos de rios: de planície. ventos e pressão atmosférica. acaba empobrecendo solos que no passado foram férteis. O tempo é algo momentâneo. que sofre variações constantes. o relevo. ♦ As chuvas são abundantes – (Entre 1. de superfície ( rios e lagos ) ou marítima ( oceanos e mares). Algumas vezes é possível desviar o curso do rio. chuva. e altas montanhas. Uma estação seca (inverno) alterna-se com uma estação chuvosa (verão). umidade do ar. sendo portanto bons para a navegação.2. O Clima nas Regiões Tropicais O clima é muito importante na formação das grandes paisagens naturais. ♦ As frentes frias provocadas pelas massas polares são comuns em algumas áreas. O clima é algo duradouro e permanente. Quando dizemos que o Brasil é um país tropical. e de planalto que correm em áreas acidentadas. Os elementos climáticos são: temperatura. apresentando cachoeiras e corredeiras.O Clima Brasileiro. dependendo da sua origem. Tais condições podem ser alteradas. com o alargamento de certos trechos e a drenagem de outros. Todavia. diminuindo a temperatura por breves períodos de tempo.000mm) ♦ As amplitudes térmicas diárias e anuais são baixas em torno de 6ºC Clima Tropical É o clima existente nas regiões que se afastam do Equador em direção aos trópicos de Câncer ( no hemisfério norte) e de Capricórnio (no hemisfério sul). as características hidrográficas. continentalidade e vegetação. Os Grandes Domínios Naturais do Planeta. Trata-se de um elemento essencial às coletividades humanas . norte da América do Sul. que correm mansamente e não apresentam grandes cachoeiras. solos com certas deficiências. do relevo e do solo. o solo. podem ser corrigidos com o uso adequado de adubos e fertilizantes. parte central da África e sul da Ásia. A HIDROGRAFIA A hidrografia pode ser subterrânea ( lençóis de água do subsolo). Você sabe o que são os grandes domínios naturais? São regiões da Terra onde os diferentes elementos do meio natural. Mesmo os rios de planície necessitam de drenagem em certos locais para serem perfeitamente navegáveis. temos a colagem ( adição de calcário ) no solo brasileiro do cerrado (Goiás. Regiões desérticas e Altas montanhas. como o clima. O clima tropical apresenta as seguintes características: ♦ Temperaturas elevadas – a média anual fica acima de 20ºC.000mm anuais). o contrário pode ocorrer: bons solos podem empobrecer e apresentar menos rendimento agrícola quando forem empregadas técnicas de cultivo inadequados. a hidrografia e a vegetação interagem formando paisagens que apresentam uma certa homogeneidade (aspectos parecidos). 23 . Ele condiciona (determina) o tipo de vegetação. que até os anos 60 eram considerados inférteis pelo excesso de acidez e hoje produzem grandes quantidades de soja e até de trigo. Veja agora quais são os elementos e fatores climáticos e como influenciam o tempo e o clima.Da mesma forma. navegações. irrigação de certos solos e mesmo fornecimento de alimentos ( peixes ) ou oportunidade de lazer.000 e 2. produção de energia elétrica. ♦ As regiões tropicais são influenciadas por massas de ar equatoriais e tropicais: massas quentes. por isso são poucos navegáveis e possuem maior potencial hidráulico que os primeiros. Por exemplo. Regiões temperadas. altitude.

Destacamos o sertão nordestino e o vale médio do rio São Francisco. Já as áreas situadas no interior do continente possuem amplitudes térmicas mais elevadas. tais como: ♦ Temperaturas máximas são as temperaturas mais elevadas de uma região. Essa massa provoca quedas bruscas nas temperaturas das regiões Sul. estamos nos referindo ao tempo. mas em algumas cidades. o restante do país possui chuvas regulares. Sudeste. mas o tempo pode estar quente ou frio. Relação entre a Temperatura e os Fatores Climáticos Como podemos relacionar a temperatura com os fatores climáticos? ♦ Latitude – A temperatura varia na razão inversa da latitude. Cidades situadas na mesma latitude.000mm. Mas em algumas regiões essa média pode ser menor ou maior. podemos dizer que o clima de uma cidade é tropical. Áreas de chuvas abundantes – Com mais de 2. o Brasil apresenta. mensal ou anual. no litoral nordestino e na Amazônia Ocidental. ou que hoje está frio ou quente. A maior parte do Brasil está situada na zona tropical (92%). Áreas de chuvas satisfatórias – Executando-se as regiões já mencionadas. as regiões de baixa latitude (mais próximas a linha do Equador) apresentam temperaturas elevadas. podemos distinguir três áreas principais: áreas de chuvas abundantes. já foram registradas temperaturas inferiores. as temperaturas são menores que nas regiões mais baixas. apresentam amplitudes térmicas diferentes se uma estiver localizada no litoral e outra no interior do continente. Áreas de chuvas escassas – Apresentam os menores índices pluviométricas do país. na maioria do seu território. As médias térmicas anuais mais elevadas são encontradas no sertão do nordeste (28ºC). ♦ Regime Subtropical: Chuvas bem distribuídas pelos meses do ano (região Sul) Quais as massas de ar que atuam no Brasil e quais as suas características? O Brasil sofre influência de cinco massas de ar: ♦ Massa polar atlântica: entra no Brasil pela região Sul. 24 . Quanto a distribuição das chuvas no Brasil. ⇒ Porções centro-ocidental da Amazônia. Essa massa é a que menos atua no Brasil. ♦ Média térmica é obtida pela média aritmética das temperaturas. de chuvas escassas e satisfatórias. ♦ Massa equatorial atlântica: é uma massa quente e úmida que atua no litoral das regiões Norte e Nordeste do país. em geral inferiores a 1. Assim podemos afirmar que as temperaturas elevadas e a grande umidade são as características climáticas mais marcantes do país. ♦ Regime Equatorial: Chuvas abundantes o ano todo (região da Amazônia). Esse é o regime que predomina no país. destacamos as seguintes regiões: ⇒ Serra do mar (SP).000mm anuais. ⇒ Litoral da Bahia. ♦ Altitude – A temperatura também varia na razão inversa da altitude. ♦ Regime Tropical: Chuvas mais concentradas no verão. sendo que apenas o sul do país está abaixo do trópico de capricórnio. ♦ Massa tropical atlântica: é uma massa quente e úmida. no centro-oeste.000mm anuais. ou seja. por isso provoca chuvas quase diárias na região amazônica durante o outono e o verão. que atua desde o litoral do Nordeste até o Sul do país. entre 40º e 44ºC. Pode ser diária. já as mais baixas são encontradas no sul (14ºC). ou em latitudes muito próximas. ⇒ Litoral do Amapá e Ilha de Marajó. no Sudeste e no Sul.Quando dizemos que está chovendo. CHUVAS O Brasil possui médias pluviométricas anuais em torno de 1.Regime pluviométrico é a distribuição das chuvas durante o ano. em geral uma pequena amplitude térmica. A temperatura é um dos elementos climáticos mais importantes e possui várias características. Devido a essa posição geográfica. Regimes pluviométricos do Brasil. e as regiões de alta latitude (mais distantes do Equador) apresentam temperaturas reduzidas. ♦ Massa equatorial continental: é quente e úmida. No Brasil situam-se em geral.000mm anuais. pois nas regiões mais elevadas. sua influência limita-se apenas a alguns estados do Sul e Centro-Oeste. Os índices pluviométricos situam-se entre 1. Enfim. ♦ Temperaturas mínimas são as temperaturas mais baixas de uma região. ♦ Massa tropical continental: é quente e seca. climas quentes e úmidos. Veja no mapa a seguir os tipos de climas encontrados no Brasil e observe a sua relação com a distribuição das chuvas. No Brasil as temperaturas dificilmente são inferiores a 10ºC abaixo de zero.000mm e 2. ♦ Continentalidade – As áreas próximas ao mar apresentam.

♦ Florestas tropicais: apresentam características parecidas com as equatoriais. A maior floresta equatorial do mundo é a Floresta Amazônica. restam hoje apenas alguns trechos espalhados da formação original. o seu aspecto se modifica. estendendo-se desde o sul de São Paulo até norte do Rio Grande do Sul. destaca-se o pinheiro-do-paraná. ela também passou por um processo de intensa devastação. Observe no mapa a seguir os tipos de vegetação encontrados no Brasil. com a expansão dos núcleos habitacionais. Os trechos que sobraram.9. Você sabe o que é uma floresta latifoliada? É a mesma floresta úmida da encosta das serras onde se encontra a Mata Atlântica. Os grandes engenhos de açúcar (época colonial) e suas instalações foram construídos com madeira extraída da Mata Atlântica. A Mata Atlântica apresenta-se muito densa.. A Mata Atlântica começou a ser devastada no século XVI. como se desenvolveu no lado oposto ao mar. porém são mais abertas e o tamanho de suas árvores é menor. tornando-se menos densa (mais espaçada). diminuindo o impacto das chuvas sobre ele. São florestas fechadas e a vegetação rasteira é quase inexistente. ♦ com uma grande variedade de espécies arbóreas. Boa parte dessas florestas já foi destruída pela ação do homem. de difícil acesso) da Serra do Mar. Você sabe quais são as principais características da vegetação das regiões tropicais? ♦ São florestas densas. Essa vegetação é encontrada também nos trechos mais íngremes (inclinados) do relevo como Campos do Jordão (SP). continuam a sofrer ataques de madeireiros e caçadores. a floresta latifoliada tropical não é influenciada diretamente pela umidade marítima trazida pelos ventos.. Assim. Caracteriza-se pela grande umidade. mas. No auge do cultivo da cana-de-açúcar e do gado. mas. Quando essa vegetação desenvolve-se em solo de arenito e calcário. Como essa floresta possui solos férteis para a agricultura. 25 . mas existem também outras espécies conhecidas como a imbuía . Entre as espécies. a floresta foi sendo desmatada para dar lugar à fazendas e sítios. FORMAÇÕES FLORESTAIS DAS REGIÕES TROPICAIS. Mais tarde. a floresta passou a ser derrubada para dar lugar à ocupação humana (cidades). localizada em sua maior parte em terras brasileiras. por elevadas temperaturas e pequena amplitude térmica (pequena variação de temperatura). o cedro e o ipê. possuindo árvores muito altas com troncos grossos. Você sabia que . devido ao calor e à umidade. As copas das árvores impedem a penetração da luz solar. ♦ Florestas equatoriais: apresentam vários andares. embora pareçam estar protegidos pela topografia acidentada (muito inclinada. Veja a diferença da floresta aciculifoliada ! Mais conhecida como Mata das Araucárias. a mata foi sendo ocupada por loteamentos e pela crescente urbanização (crescimento das cidades). fechada e possui grande variedade de espécies vegetais e animais. A floresta amazônica é muito densa (cheia). que era uma madeira de onde se retirava uma tinta vermelha utilizada como corante de tecido. principalmente pela ação do homem. com árvores mais baixas e troncos finos. Hoje 90% da área que era ocupada pela Mata Atlântica apresenta sinais de devastação. protegem o solo. emaranhada e com grande variedade de vegetais higrófitos (adaptados à umidade) e perenes (folhas sempre verdes). por outro lado.VEGETAÇÃO DO BRASIL Devido à sua grande variedade de climas.. O extrativismo do pau-brasil foi tão grande que hoje ele só é encontrado em jardins botânicos. SAIBA COMO ESTÁ A MATA ATLÂNTICA.3. com árvores muito altas. quando começou em nosso país um ciclo econômico baseado na extração do pau-brasil. provocando chuvas constantes na região. para dar lugar a propriedades rurais. Essa vegetação desenvolveu-se em uma extensa cadeia montanhosa que acompanha todo o litoral brasileiro. em geral. onde abaixo delas desenvolvem-se outras de menor tamanho. ela passou por 500 anos de devastação. As principais formações são: ♦ A vegetação nas regiões tropicais: nas regiões tropicais. Essas chuvas garantem a umidade necessária para a formação da floresta tropical Depois do descobrimento do Brasil. Outras madeiras da Mata Atlântica foram utilizadas na fabricação de navios. essa floresta existe em maior quantidade em regiões de clima subtropical e tropical de altitude. o Brasil apresenta uma formação vegetal muito variada. Essa floresta é muito densa. na construção de aldeias e cidades. Como a região possui solos muito férteis para a agricultura. desenvolveram-se exuberantes florestas equatoriais e tropicais. que. se encontravam na faixa litorânea. A evaporação da água do mar e os ventos que sopram em direção ao continente fazem com que a água se resfrie e se condense ao atingir as serras litorâneas.

Sua principal importância é proteger as margens dos rios contra a erosão. Fique sabendo como se divide e quais as características da Formações Complexas. com uma quantidade muito pequena de chuvas. As principais características da Caatinga são: ♦ É constituída por árvores e arbustos que perdem suas folhas na estação seca. é umavegetação de ambiente seco. Santa Catarina. onde o clima é semi-árido. Ocupa regiões dos estados do Maranhão. Em geral. Minas Gerais. o solo é ácido e pouco fértil. Observe o que são Matas Galerias ou Ciliares. São matas que se desenvolvem ao longo das margens dos rios e dependem da sua umidade. e. Campos da Hiléia e Campos Serranos. A savana (ou cerrado) é uma formação arbustiva muito comum na África e no Brasil recebe o nome de cerrado. como nas serras da Bocaina e Itatiaia. como gramíneas e pequenos arbustos. ♦ Campos da Hiléia: são também conhecidos como Campo de Várzea. uma mata que fica em uma região de mudança entre a umidade da Floresta Amazônica e as zonas secas do Nordeste. vegetais de pequeno porte. quanto mais próximas estiverem dos rios. coberturas para habitações. Paraná. chamam-se campos sujos. No mapa ao lado você pode localizar os principais ecossistemas brasileiros. Sua exploração econômica é muito importante. Rio Grande do Sul e MatoGrosso do Sul. Aparecem no Baixo Amazonas e no estado do Pará. Em geral. ou seja.500 m. pois dele se extraem vários produtos como o óleo. a partir da latitude de 20% Sul. isto é. em geral. ♦ Campos Meridionais: são também conhecidos como Campos Limpos e aparecem em manchas (regiões) esparsas (espalhadas). quando são compostas por gramíneas e arbustos. folhas pequenas. No Brasil aparecem na região Centro-Oeste. chamam-se campos limpos e. como a Caatinga. já que são sempre inundados nas épocas de cheias. Piauí e Tocantins. à medida que a umidade diminui. São constituídas por arbustos. palmeiras. Aparecem. com galhos retorcidos. a Caatinga e o Complexo do Pantanal. elas vão cedendo lugar a outros tipos de formação vegetal. em geral. que exigem menor quantidade de água. A falta de água provoca vários tipos de adaptação nos vegetais da Caatinga.. podendo apresentar seringueiras. ♦ Os arbustos são espinhentos. em áreas de topografia (forma de terreno) suave ou plana. ♦ apresenta vegetais de galhos tortuosos. além de outras. Maranhão e Tocantins. entre as quais se destacam o babaçu e a carnaúba. FORMAÇÕES CAMPESTRES Você sabe como se dividem e quais as características das formações campestres? As formações campestres são formadas por vegetais rasteiros. As espécies vegetais mais encontradas são as palmeiras. A carnaúba também é muito importante economicamente. especialmente a oeste da ilha de Marajó. O nome Formações Complexas indica a grande variedade de espécies animais e vegetais que existem nessas regiões.Você conhece a Mata do Cocais? A Mata dos Cocais é uma floresta de transição. o álcool. Essa vegetação é bastante diversificada. As principais formações campestres presentes no Brasil são: Campos Meridionais. 26 . onde a estação seca é mais prolongada. Quando as formações campestres são compostas por gramíneas. em busca de lençóis subterrâneos de água. entre muitos outros produtos. ♦ Campos Serranos: Surgem em pontos mais elevados do território nacional. ♦ é uma vegetação do tipo xerófila. apresenta. glicerinas. mais fechadas e ricas se apresentam. O babaçu desenvolvese rapidamente e pode atingir até 15 metros. Bahia. embora também apareça em São Paulo. Ocorre nas áreas de clima tropical. com raízes longas e numerosas. Aparecem em São Paulo. ♦ Caatinga: é a vegetação que caracteriza o sertão nordestino. onde o relevo ultrapassa a 1. acetatos. que vão desde a perda das folhas na estação seca até o aparecimento de raízes longas. poucas folhas e desenvolvem-se espalhados e isolados por uma vegetação rasteira. As principais Formações Complexas brasileiras são: o Cerrado. pois de suas folhas se extrai cera.

é necessário ocupar cada vez maiores áreas de cultivo. além de evitar a erosão. do Canadá e do Chile. como. nada invejável. ou seja.500. Temperatura média do mês mais frio inferior a 18º C. Os recursos naturais do nosso planeta não são inesgotáveis. Vamos ver como é o clima nas regiões temperadas e o resto do mundo. ♦ preservação das matas ciliares. entre o Trópico de Câncer e o Círculo Polar Ártico (Hemisfério Norte) e entre o Trópico de Capricórnio e o Círculo Polar Antártico (Hemisfério Sul). ♦ Manguezais: é uma vegetação típica dos litorais tropicais e que aparece em locais que estão sujeitos à subida e descida das marés ou são banhados por água salgada.000 km2.Complexo do Pantanal: essa formação ocupa a planície do Pantanal mato-grossense. e a Mata Atlântica estará praticamente extinta. evita que produtos tóxicos contaminem os rios. ♦ reciclagem (reutilização) de matérias-primas como o papel (o que economiza árvores). ♦ Você conhece vegetações litorâneas? As formações vegetais litorâneas aparecem ao longo do litoral brasileiro. econômicos e políticos de nossa civilização contribuem para o uso irracional dos recursos naturais. A DEVASTAÇÃO DAS MATAS E FLORESTAS BRASILEIRAS Você sabia que o Brasil possui o título. ♦ Formações dos Litorais Arenosos: São vegetações herbáceas e arbustivas que vivem junto ao litoral. e possui espécies vegetais dos campos. conhecer como a natureza mantém relações de equilíbrio entre o ambiente. AS REGIÕES TEMPERADAS Você sabe onde se localizam as regiões temperadas? As regiões temperadas localizam-se nas latitudes médias. Os hábitos sociais. Devido à influência dos ventos úmidos de oeste provenientes dos oceanos. Existem muitas técnicas desenvolvidas dessa forma. Para se alimentar um contingente cada vez maior de pessoas. são vegetais de ambiente salino. Chuvas bem distribuídas ao longo do ano. Amplitude térmica pequena. os animais e os vegetais. evitando o uso de substâncias tóxicas que contaminam o ambiente. as maiores quantidades aparecem no litoral norte. acentuando-se no inverno. Nessas regiões existem três tipos climáticos decorrentes das diferenças de latitude e da continentalidade: ♦ Temperado Oceânico: Ocorre na fachada ocidental da Europa. Existem previsões sobre o que poderá acontecer se a devastação continuar como está hoje. que. São vegetais halófilos. devido à maior quantidade de nutrientes e menor presença de cloreto de sódio (sal). 27 . dos cerrados e até da caatinga. 2. também aparecem outros domínios naturais: desertos e altas montanhas. por exemplo: ♦ formas de combate a pragas agrícolas (insetos) utilizando outros insetos predadores. entre muitos outros. Por isso. ou seja. ♦ extinção de várias espécies na Mata Atlântica. ou seja. o crescimento populacional. Essas previsões afirmam que no futuro a área da Floresta Amazônica terá uma devastação de cerca de 1. e procurar desenvolver formas de tecnologia que respeitem essas relações de equilíbrio. de campeão mundial de desmatamentos? Existem milhares de focos de desmatamento por todo o país: ♦ Destruição dos manguezais. 3. O Pantanal é composto por três tipos de áreas: as áreas que estão sempre alagadas. São encontrados em quase todo o litoral. mas nas dunas_ é mais diversificada e contínua. Nas praias essa vegetação é mais pobre. as que estão periodicamente alagadas e as que não sofrem inundação. O Pantanal é uma das regiões mais ricas em espécies vegetais e animais do planeta. apresenta asseguintes características: 1. por exemplo. Podemos distinguir dois tipos de vegetação: as formações dos litorais arenosos e os manguezais . seria necessário procurar equilibrar o desenvolvimento tecnológico e industrial com a preservação do meio ambiente. Possuem raízes aéreas . insetos que conheçam as pragas. ♦ Ocupação irracional da Amazônia. principalmente entre os trópicos e os círculos polares. Nessas áreas. em solo arenoso e salgado. ♦ incêndios criminosos nos Cerrados. A devastação (destruição) do meio ambiente está relacionada com vários fatores. Isto é possível desde que o homem procure conhecer o funcionamento dos ecossistemas. que saem da terra e respiram oxigênio.

4. Nas florestas temperadas predominam as árvores caducifólias. só oceânicas. onde as chuvas são menos abundantes. Somente nos climas temperados as quatro estações do ano (verão.Leste da Argentina e na Nova Zelândia. A palavra boreal é sinônimo de norte. no Centro. ♦ ♦ Temperado Continental: Ocorre nas áreas situadas no interior dos continentes até seus limites orientais.Foram as mais destruídas entre as formações florestais do mundo. Nessas regiões podem ser encontradas: ♦ Florestas temperadas.pluviosidade moderada (média anual 600mm). Precipitação nival nos meses de inverno. Apresenta as seguintes características: 1. a circulação atmosférica é intensa devido à latitude. formadas em sua maior parte por pinheiros.verão. ♦ Florestas de coníferas . litoral central do Chile. No Canadá. quando suas folhas caem. abeto. São florestas abertas. desenvolve-se uma formação vegetal de gramíneas. parte do Chile. As chuvas concentram-se nos meses mais frios (média anual de 500mm). Aproximadamente 2/3 da população mundial vive nas regiões temperadas. Semi-úmido . no sudeste do Canadá. em torno do Mar Mediterrâneo. Grande amplitude térmica: a temperatura do mês mais quente é sempre superior a 10ºC e as temperaturas abaixo de 0ºC são freqüentes no mês mais frio. apresentam-se bem definidas e diferenciadas umas das outras.No mapa a seguir você tem a localização dos tipos de climas no mundo. tornando-se amarelas e marrons no outono. sul da África e da Austrália.inverno. Temperado Mediterrâneo: Ocorre nos limites entre os domínios tropicais e temperados. Nas regiões temperadas. Encontram-se principalmente no Hemisfério Norte e são chamadas florestas boreais. 28 . agropecuária e as concentrações industriais) reduziu muito essas florestas. Observe com atenção. São florestas homogêneas (possuem espécies parecidas). 3. que apresentam frutos e copas em forma de cone. primavera e outono). Temperatura média anual entre 8ºC a 13 º C. . São áreas de confronto de massas de ar vindas das áreas polares e das áreas tropicais. Essas florestas possuem muitas espécies arbóreas: carvalho. 2. na maior parte da Europa ocidental. menor do que a existente nas florestas equatoriais e tropicais. o que facilita sua exploração e a penetração dos raios solares no solo. quentes e secos. você sabe quais as suas características e os seus tipos? A grande variação climática provoca nas regiões temperadas uma cobertura vegetal muito diversificada.Localizam-se nas áreas mais frias. grandes extensões de terra são cobertas por essas florestas. 2. inverno. No Hemisfério Sul. sequóias entre outras. Europa e Rússia. castanheira . não existem áreas continentais. parte do Japão. As florestas temperadas desenvolviam-se principalmente no nordeste dos EUA. nogueira. na costa da Califórnia (EUA). sul da Sibéria (Rússia). que se apresentam verdes durante a primavera. as árvores desenvolvem-se distantes umas das outras. continentais e oceânicas. influenciadas pelas massas polares. E vegetação da regiões temperadas. sem dúvida. Mas a biodiversidade vegetal é. nas latitudes onde haveria o clima frio. Os invernos são suaves e os verões. ocorrendo principalmente no verão. Apresenta as seguintes características: 1. A exploração econômica (extrativismo.

sendo localizadas como pasto natural para os enormes rebanhos de bovinos criados na região. sudoeste o Rio Grande do Sul. um patrimônio de toda a humanidade. manganês. Quando aparecem. O continente Antártico É o mais frio que as áreas polares do norte. O solo nos pólos. Uruguai.Os campos limpos localizam-se nas planícies centrais dos EUA. o norte da Sibéria ( parte da Rússia ) e o Alasca. são bastante pobres. frias e normalmente secas. A Antártida é ainda desabitada. A proposta mais defendida é de que a Antártida se torne uma reserva ecológica mundial. Inclusive o Brasil mantém um pequena base na Antártida. o norte da Rússia e dos países da escandinavos (Suécia Finlândia e Noruega) e numerosas ilhas. Na América do Sul. (exceto algumas instalações de natureza científica. tanto ao norte como ao sul do equador). Sabe-se que por baixo dessa grossa camada de gelo a geleira polar antártica existem importantes reservas de Petróleo. no Centro. A Ocupação Humana nos Pólos. Essas áreas possuem elevadas pressões atmosféricas e nelas se localizam as massas de ar polares. onde foram largamente substituídas por áreas agrícolas. Em especial na Antártida. Na América do Norte (EUA e Canadá). Em 1991 os países signatários do Tratado da Antártida deram um posso nessa direção ao prorrogarem por cinqüenta anos esse acordo: até 2041 nenhuma nação terá a propriedade de terras nesse continente. bem como em partes setentrionais da Europa. Algumas áreas da zona polar Ártica são tradicionalmente habitadas pelos lapões. também desenvolvem-se coníferas de grande porte como as sequóias. o norte do Canadá. e no hemisfério norte. aparece nas águas oceânicas vizinhas à Antártida uma rica fauna. Tais áreas incluem. todos os países vêm se respeitando em reuniões que querem fazer a partilha desse continente. Antártida constitui hoje a última grande porção territorial do nosso planeta que ainda não foi incorporada na economia moderna. urânio.Sul do Canadá. inglesas alemãs etc. carvão e alguns outros recursos minerais. principalmente de petróleo. pois têm uma espessura muito pequena e pouca vida microbiana. embora no inverno fiquem recobertas pela neve. no verão há mais ou menos seis meses de sol fraco ( dia polar) A Vegetação nos pólos. a vegetação mais seca e descontínua recebe o nome de estepes. francesas. com a construção de instalações industriais e o desenvolvimento de pequenas cidades. russas. 29 . ♦ Campos Limpos. ferro. chegar a ficar até seis meses sem o sol ( noite polar ). na porção central da Argentina. ou seja. A araucária é o pinheiro brasileiro. Nas últimas décadas. são chamadas de pradarias. Na região Sul do Brasil.Essas formações constituem a maior fonte de madeira mole do mundo. Também existem camadas de gelo. do Alasca e da Groenlândia. o que permite que as árvores se mantenham verdes o ano inteiro. particularmente na Califórnia. não caem e não se renovam freqüentemente. onde a umidade é menor. nos dois pólos a 90° de latitudes. recobrindo parte do Alasca. Nessas áreas predomina o cultivo de cereais. Além disso. ou seja. Não há solos em vastas extensões dessas áreas devido às grossas camadas de gelo. A evaporação nessas áreas é quase inexistente devido à fraca precipitação (pouca chuva) e às baixas temperaturas. da Groenlândia. composta por musgos e liquens. largamente explorada para a fabricação de papel. Curiosidades No clima frio polar há duas estações do ano principais : o inverno. Existem sobre esse continente permanentes camadas de gelo que chegam a atingir espessuras de até 2 km. no hemisfério Sul. Na realidade. embora de menor espessura.. cobre. o Alasca . Apenas nas bordas desses continentes e em grandes trechos da Sibéria. na Europa oriental e na Ásia Central. Em latitudes mais baixas. a Groenlândia. ouro. AS ZONAS POLARES As áreas de clima frio polar são aquelas de altas latitudes ( acima dos 66°33’. herbáceas e gramíneas. durante o qual. porém devido à descoberta de riquezas minerais. de algumas ilhas e até do mar na zona polar Ártica. como no litoral ocidental dos EUA. Na Rússia recebe o nome de Taiga e no Canadá. de Floresta Laurenciana. vegetação rasteira. a Mata de Araucária pertence a esse tipo de formação. que vai desde baleias até inúmeras espécies de crustáceos. vizinhas aos pólos. Suas folhas têm forma de agulhas e são persistentes. é quase inexistente. são conhecidas como pampas platinos. aparece a tundra . pertencentes aos Estados Unidos começam a ser mais intensamente explorado. São formações campestres constituídas por uma vegetação não lenhosa. Portanto não pertencendo a ninguém esse continente até 1991. Na Europa e na Ásia. a Antártida. em especial norte americanas.

A umidade local aumenta.desértico) domina as áreas que envolvem os desertos. Você sabe como são os rios dos desertos ? A rede hidrográfica nas regiões desérticas é extremamente pobre. O RELEVO E SOLO NAS REGIÕES DESÉRTICAS O ambiente seco e a forte ação do vento não permitem a decomposição química das rochas e. Nas regiões desérticas são identificados dois tipos climáticos :árido e o semi-árido. O ciclo vital curto dessa formação coincide com o período da chuvas. Esses rios formam-se durante os breves períodos de chuvas. ♦ os caules são recobertos por uma espécie de cera para evitar a evaporação. Sua existência está relacionada à dinâmica climática da Terra. provocando constantemente a ação de ventos forte secos . O clima semi-árido (semi. Às vezes passam-se anos sem chover. o que caracteriza as regiões desérticas. o Rio Nilo. nas baixas e médias latitudes. onde a pressão atmosférica é alta. Os rios são intermitentes ou temporários (secam durante vários meses) em sua maioria.REGIÕES DESÉRTICAS ♦ Qual a origem dos desertos? ♦ Onde se localizam as regiões desérticas ? As regiões desérticas ou áridas localizam-se no interior dos continentes. a formação do solo. de forma violenta e rápida). ♦ suas raízes são finas e longas (raízes capilares) para buscar água no subsolo. Esses ventos são responsáveis pela diminuição da umidade relativa do ar. por exemplo. dilatam e contraem. sofrendo um processo de desagregação e formando terrenos de superfície pedregosa ou arenosa. não é o calor. O clima nas áreas desérticas. que são áreas onde lençóis de água subterrânea afloram formando lagos. A amplitude térmica é conseqüência da baixa umidade. Os desertos são um fato natural. Contudo pode-se encontrar uma vegetação mais rica nos oásis. ♦ apresentam estruturas adaptadas para o armazenamento de água. que atravessa o deserto do Saara. vegetais xeromorfos . As temperaturas diárias variam intensamente ( amplitude térmica): os dias são quentes e as noites são frias. As rochas. O clima árido possui as seguintes características: O índice pluviométrico é muito baixo. Os desertos de pedras localizados nos planaltos são conhecidos como hamadas. conseqüentemente. ao contrário do que se pensa. Nas áreas áridas (desertos) a vegetação é quase inexistente. são zonas de transição. VEGETAÇÃO NAS REGIÕES DESÉRTICAS A vegetação é extremamente pobre e adaptada às condições climáticas. localizado na África. devido às variações térmicas. Desenvolve-se também uma vegetação rasteira de gramíneas. Nessas áreas destacam-se as cactáceas e as bromeliáceas. que não permite a formação das Nuvens O céu limpo facilita o aquecimento durante o dia. cujas características são: ♦ apresentam espinhos no lugar das folhas para diminuir a transpiração. sendo mais abundante nas áreas semi-áridas. Somente os rios que nascem fora das áreas desérticas são permanentes. Por isso. e sim a escassez ( falta ) de água. 30 . como. E as chuvas são irregularmente distribuídas ao longo do ano ( caem em períodos curtos. possibilitando a formação de solo e o desenvolvimento de vegetais como tamareiras e palmeiras. e a perda de calor durante a noite. São freqüentes nas regiões subtropicais ( latitudes próximas a 30º).

onde existem numerosas cidades localizadas em altitudes superiores a 4000 metros. situa-se a 5 334 metros acima do nível do mar. onde as condições para o povoamento são precárias. há apenas rochas e gelo eterno. roedores e insetos. têm motivado o homem a procurar soluções para conviver com as condições naturais adversas dos desertos. as altas montanhas situadas na zona intertropical apresentam uma paisagem natural peculiar diferente das áreas tropicais. O processo de desertificação Processo de desertificação vem ocorrendo nas áreas vizinhas aos desertos. o Atlas ( na África). ♦ Florestas de folhas caducas: São formadas por plantas que perdem as folhas no inverno. As zonas montanhosas são portanto. diferentes das regiões vizinhas. Em algumas o povoamento chega a ser intenso. pois a queda da neve é superior ao degelo. pinheirais. Assim. a construção de poços artesianos e de canais artificiais de irrigação nas áreas desérticas tem contribuído para uma maior ocupação dessas áreas. Além dos camelos. como. a ação do vento forma as dunas. utilizam-se as montanhas como centros de lazer (alpinismo. São testemunhos de um relevo mais elevado existente no passado. e outras menos conhecidas. ou como caminho. normalmente acima do 4000m. A temperatura do ar diminui à medida que aumenta a altitude. e . os Pireneus e os Cárpatos na Europa. no Peru ou no Chile. no Chile. Porém. mais acima (de 300 a 1000 metros). É comum a existência de neve eterna nas suas partes mais altas. As recentes descobertas de reservas minerais. A vegetação divide-se por “andares”: nas partes mais baixas ( de 0 a 300 metros) podemos encontrar matas e pastos. de cerca de 2400 a 3000 metros. Apesar de em geral não serem densamente povoadas. esqui). por exemplo. As depressões absolutas e relativas também são encontradas nas áreas desérticas. ♦ Vegetação orófila: É a vegetação formada por plantas adaptadas ao ambiente das montanhas.Nas áreas recobertas pelos lençóis de areia ( ergs ). acima dos 3000 metros. Nos últimos anos. Em outros lugares. florestas de folhas caducas. os Apeninos. como no México. A cidade de Aucanquilcha. pois as condições climáticas dificultam a ocupação humana. A desertificação atual é resultante principalmente da ação humana. um tipo de vegetação orófila* . principalmente petróleo. formando assim as geleiras alpinas ou montanhosas.desérticas são comuns os grupos nômades de criadores de gado ovino (ovelhas). que permitem a formação de pastos temporários. Os inselbergs também são característicos das áreas desérticas. Ainda devido às elevadas altitudes. diversas das que teriam por sua posição geográfica. 31 . Incluem-se nessa classificação as seguintes cadeias de montanhas : os Alpes. A ocupação humana nos desertos. área de passagem. Elas aparecem em latitudes baixas e médias. no entanto. Os desertos constituem vazios demográficos. o Himalaia ( na Ásia). Nas áreas semi. Esses grupos deslocam-se com seus rebanhos de um lugar para outro atraídos pelas chuvas. As precipitações (chuvas e geadas) são normalmente abundantes. As altas montanhas As altas montanhas constituem um tipo de relevo jovem (do período Terciário e ainda pouco gasto pela erosão) e de elevadas altitudes. Ocorre quando a água perdida por evaporação ou escoamentos é superior à recebida pelas chuvas. podem ser observados lagartos. cobras. que conseguem evitar a desidratação armazenando grande quantidade de água em seu organismo. Somente nas áreas ao longo dos rios. campos alpinos. de mais ou menos 1000 a 2400 metros. portanto de solo e vegetação. a pressão atmosférica é baixa. as zonas montanhosas são bastante utilizadas pelo homem. São maciços ou elevações antigas de rochas resistentes que sofreram menos ação do vento e da variação térmica. ao redor dos lagos e nas faixas litorâneas encontra-se um maior contigente populacional. E os animais dos desertos? Como são? São poucos os animais adaptados à escassez de água dos desertos. mas as altitudes lhes conferem características climáticas. O mesmo ocorre com as paisagens montanhosas das zonas temperadas. Essas áreas montanhosas possuem feições muito particulares. frias. uma vez que a prática agrícola se torna possível. os períodos prolongados de seca provocam a perda das colheitas e do gado. os Andes e as montanhas Rochosas ( no continente americano ). o desmatamento da vegetação original. cortando-as com extensos túneis e pontes.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful