Você está na página 1de 4

DDiiaacceerreeíínnaa ppooddee sseerr uummaa aalltteerrnnaattiivvaa ppaarraa ppaacciieenntteess ccoomm oosstteeooaarrttrriittee qquuee nnããoo ttoolleerraamm aannttii--iinnffllaammaattóórriiooss nnããoo--eesstteerrooiiddaaiiss

Osteoarthritis Cartilage. 2010 Mar;18(3):289-96. Epub 2009 Oct 14. Bartels EM, Bliddal H, Schøndorff PK, Altman RD, Zhang W, Christensen R. The Parker Institute, Musculoskeletal Statistics Unit, Frederiksberg Hospital, Denmark. PMID:

PMID: 19857509 [PubMed - in process]

02 Eficácia e segurança da diacereína no tratamento da osteoartrite: uma meta-

análise de estudos randomizados e placebo-controlados. (1)

03 Estudo randomizado, duplo-cego e placebo-controlado do uso oral da glucosamina, metilsulfonilmetano e suas associações na osteoartrite. (2)

04

Indicações Terapêuticas Outros Fármacos Disponíveis na Manipulação

04

Referências Bibliográficas

IInnddiiccaaççõõeess TTeerraappêêuuttiiccaass

Diacereína 2 vezes ao dia.

50 mg

Osteoartrite (1)

RReeffeerrêênncciiaa BBiibblliiooggrrááffiiccaa

Osteoarthritis Cartilage. 2010 Mar;18(3):289-96. Epub 2009 Oct 14. (1)

EEffiiccáácciiaa ee sseegguurraannççaa ddaa ddiiaacceerreeíínnaa nnoo ttrraattaammeennttoo ddaa oosstteeooaarrttrriittee::

uummaa mmeettaa--aannáálliissee ddee eessttuuddooss rraannddoommiizzaaddooss ee ppllaacceebboo--ccoonnttrroollaaddooss

Bartels EM, Bliddal H, Schøndorff PK, Altman RD, Zhang W, Christensen R. The Parker Institute, Musculoskeletal Statistics Unit, Frederiksberg Hospital, Denmark.

Objetivo: Estimar a eficácia e a segurança da diacereína como um agente redutor da dor no tratamento da osteoartrite (OA), usando meta-análises de estudos publicados randomizados e placebo-controlados.

Métodos: Foram realizadas pesquisas sistemáticas sobre o uso da diacereína (100 mg ao dia) na OA nos seguintes bancos de dados: Medline, Embase, Cinahl, Chemical Abstracts, Cochrane e Web of Science.

Critério de inclusão: Declaração explícita sobre a aleatorização para diacereína ou placebo e resultados preliminares na redução da dor e na melhora da função. A eficácia dos efeitos adversos foi estimada usando a diferença média padronizada de Hedges. A segurança foi medida através do índice de risco (RR) de pacientes com, pelo menos, um episódio de diarreia ou retirada devido a eventos adversos. Os ensaios foram combinados usando meta-análises de efeitos aleatórios. A consistência foi avaliada através de um índice.

Resultados: Seis estudos (7 subestudos; 1.533 pacientes) contribuíram para a meta-análise, revelando um elevado grau de incompatibilidade entre os

estudos (I (2) = 56%) em relação à redução da dor. A eficácia dos efeitos adversos foi -0,24 [IC 95%: -0,39 a -0,08; P=0,003], favorecendo a diacereína. A melhora estatisticamente significativa na função (P=0,01) foi baseada em uma pequena amostra heterogênica (I(2)=11%), mas apresentou um tamanho de efeito clínico questionável (ES=-0,14). Os ensaios com duração superior a seis meses não favoreceram a diacereína. Houve um aumento do risco de diarreia associado à diacereína (RR=3,51 [2,55-4,83]; P<0,0001), e houve algumas desistências do tratamento devido a estes eventos adversos (RR=1,58 [1,05-2,36]; P=0,03).

Conclusão: A diacereína pode ser uma alternativa terapêutica para a OA em pacientes que não podem fazer uso de paracetamol ou anti- inflamatórios não-esteroidais (AINE) por causa de seus efeitos adversos ou pela falta de benefícios. No entanto, a diacereína é associada a um maior risco de diarreia, e os seus benefícios sintomáticos após 6 meses permanecem desconhecidos.

PMID: 19857509 [PubMed - in process]

IInnddiiccaaççõõeess TTeerraappêêuuttiiccaass

Glucosamina

MSM

500

500

mg

mg

Osteoartrite (2)

3 vezes ao dia.

RReeffeerrêênncciiaa BBiibblliiooggrrááffiiccaa

Clin Drug Investig. 2004;24(6):353-63. (2)

EEssttuuddoo rraannddoommiizzaaddoo,, dduupplloo--cceeggoo ee ppllaacceebboo--ccoonnttrroollaaddoo ddoo uussoo oorraall ddaa gglluuccoossaammiinnaa,, mmeettiillssuullffoonniillmmeettaannoo ee ssuuaass aassssoocciiaaççõõeess nnaa oosstteeooaarrttrriittee

Usha PR, Naidu MU. Department of Clinical Pharmacology and Therapeutics, Nizam's Institute of Medical Sciences, Hyderabad, India.

Objetivo: A glucosamina, classificada como uma droga de ação lenta na osteoartrite é um agente condroprotetor eficaz. O metilsulfonilmetano (MSM), um derivado do dimetil-sulfóxido (DMSO), é considerado um analgésico natural e efetivo, além de ser um agente anti-inflamatório. O objetivo deste estudo foi comparar a eficácia e a segurança da glucosamina oral (Glu), metilsulfonilmetano (MSM), sua combinação e placebo na osteoartrite do joelho.

Pacientes e protocolo: Um total de 118 pacientes, de ambos os sexos, com osteoartrite leve a moderada, foi incluído neste estudo. Eles foram randomizados para receber Glu 500 mg ou MSm 500 mg ou cápsulas de Glu + MSM ou placebo, três vezes ao dia, durante 12 semanas. Os pacientes foram avaliados nas semanas 0 (antes da administração da droga) 2, 4, 8 e 12 após o tratamento, para verificar a eficácia e a segurança. Os parâmetros de eficácia estudados foram os índices de dor, de inchaço, escala analógica visual de intensidade da dor, 15 m de tempo de caminhada, índice Lequesne e consumo de remédios adicionais para dor.

Resultados: Glu, MSM e sua combinação melhoraram significativamente os sinais e sintomas da osteoartrite em comparação com o placebo. Houve um decréscimo estatisticamente significativo na média (+/- DP) do índice de dor de 1,74 +/- 0,47 na linha base para 0,65 +/- 0,71 na semana 12 com Glu (p<0,001). MSM diminuiu significativamente a média do índice de dor de 1,53 +/- 0,51 para 0,74 +/- 0,65, e o tratamento associado resultou em uma queda ainda mais significativa na média do índice de dor (1,7 +/- 0,47 para 0,36 +/- 0,33; p<0,001). Depois de 12 semanas, a média do índice de inchaço caiu significativamente com GLU e MSM, enquanto a queda no índice de inchaço com a terapia combinada foi ainda melhor (1,43 +/- 0,63 para 0,14 +/- 0,35; p<0,05) depois de 12 semanas. A associação produziu uma queda estatisticamente significativa no índice de Lequesne. Todos os tratamentos foram bem tolerados.

Conclusão: Glu, MSM e sua associação produziram um efeito analgésico e anti-inflamatório na osteoartrite. A terapia combinada mostrou melhor eficácia na redução da dor e do inchaço, além de melhorar a habilidade funcional das articulações em relação aos agentes individuais. Todos os tratamentos foram bem tolerados. O início da atividade analgésica e anti- inflamatória foi considerada mais rápida com a combinação em relação à Glu. Pode-se concluir que a combinação de Glu e MSM proporciona uma rápida melhora em pacientes com osteoartrite.

PMID: 17516722 [PubMed - in process]

IInnddiiccaaççõõeess TTeerraappêêuuttiiccaass OOuuttrrooss FFáárrmmaaccooss DDiissppoonníívveeiiss nnaa MMaanniippuullaaççããoo

Aceclofenaco

100

mg

Osteoartrite (3)

 

2

vezes ao dia.

 

+

Paracetamol

500

mg

 

2

vezes ao dia.

Um estudo randomizado, multicêntrico e comparativo avaliou a eficácia e a segurança da combinação paracetamol-aceclofenaco em comparação com a monoterapia com aceclofenaco em 199 pacientes com osteoartrite (OA). A combinação foi superior à monoterapia em termos de diferença na intensidade da dor ( -0,54 vs. -0,23, -1,23 vs. -0,72, -1,73 vs. -1,23 e -1,94 vs. -1,43 nos tempos 0, 5, 1, 2 e 4 horas, respectivamente), escores que medem a dor (-5,46 vs. -3,63) e no pico de dor até 4 horas (-2,08 vs.-1,56 ; p<0,05). (3)

Expert Opin Pharmacother. 2009 Apr;10(5):727-35.

Diclofenaco sódico Solução com DMSO a 45%

1,5

%

Osteoartrite (4)

qsp

Aplicação na região afetada (40 gotas), 4 vezes ao dia.

diclofenaco através da pele. A solução tópica de diclofenaco sódico é aplicada diretamente no joelho no tratamento dos sintomas associados à osteoartrite do joelho. Em um estudo de 4 a 12 semanas de duração, esta solução foi significativamente mais efetiva que o placebo ou o veículo controle (DMSO sem diclofenaco). (4)

Drugs. 2009;69(18):2621-32.

Arnica montana L. (tintura) Gel

50 %

qsp

Aplicação, diária, na região afetada.

Osteoartrite das mãos (5)

O uso de preparações tópicas para o alívio dos sintomas é comum na osteoartite. Os efeitos do ibuprofeno (5%) e arnica (50 g tintura/100 g, DER 1:20) como preparação em gel em pacientes com osteoartrite nas articulações interfalângicas das mãos foram avaliados num estudo randomizado e duplo- cego em 204 pacientes para verificar as diferenças no alívio da dor e na função da mão após 21 dias de tratamento. Os resultados confirmam que esta preparação de arnica não é inferior ao ibuprofeno quando se trata de osteoartrite nas mãos. (5)

Rheumatol Int. 2007 Apr;27(6):585-91. Epub 2007 Feb 22.

Nimesulida

2 vezes ao dia.

100

mg

Osteoartrite (6)

O objetivo deste estudo piloto foi examinar a potência antioxidante do anti- inflamatório não-esteroidal (AINE) nimesulida sobre a glutationa S-transferase (GST), uma enzima varredorade radicais livres. Em adição, os efeitos sobre as metaloproteinases da matriz-3 (MMP-3) e seu antagonista tissular, inibidor das metaloproteinases da matriz-3 (TIMP-1), foram determinados. Durante um período de tratamento de 3 semanas com nimesulida 100 mg, 2 vezes ao dia, o varredorGST e a proporção TIMP-1/MMP-3 aumentou significativamente. Essa mudança foi acompanhada por uma melhora clínica significativa em termos de redução da dor, rigidez e função articular. Esses resultados confirmam a propriedade antioxidante da droga do estudo, indicando que a nimesulida, além da sua conhecida propriedade anti-inflamatória, também mostra evidência de atividade antioxidante no tratamento de pacientes com OA. (6)

Int J Clin Pract. 2007 Aug;61(8):1270-7. Epub 2007 Jun 22.

RReeffeerrêênncciiaass BBiibblliiooggrrááffiiccaass

(3) Pareek A, Chandurkar N, Sharma VD, Desai M, Kini S, Bartakke G. A randomized, multicentric, comparative evaluation of aceclofenac-paracetamol combination with aceclofenac alone in Indian patients with osteoarthritis flare-up. Expert Opin Pharmacother. 2009 Apr;10(5):727-35. (4) Moen MD. Topical diclofenac solution. Drugs. 2009;69(18):2621-32. doi: 10.2165/11202850-

000000000-00000.

(5) Widrig R, Suter A, Saller R, Melzer J. Choosing between NSAID and arnica for topical treatment of hand osteoarthritis in a randomised, double-blind study. Rheumatol Int. 2007 Apr;27(6):585-91. Epub 2007 Feb 22. (6) Bianchi M, Broggini M, Balzarini P, Franchi S, Sacerdote P. Effects of nimesulide on pain and on synovial fluid concentrations of substance P, interleukin-6 and interleukin-8 in patients with knee osteoarthritis: comparison with celecoxibe. Int J Clin Pract. 2007 Aug;61(8):1270-7. Epub 2007 Jun 22.