Você está na página 1de 2
Mensagens para os Grupos Familiares da Igreja Batista Sião de Belém-PA, que se reúnem as
Mensagens para os Grupos Familiares da Igreja Batista Sião de Belém-PA, que se reúnem as
Mensagens para os Grupos Familiares da Igreja Batista
Sião de Belém-PA, que se reúnem as segundas feiras em
diversas casas com a
missão de possibilitar comunhão com
DEUS e
uns com os outros, discipulando e treinando, com
vistas ao crescimento da Igreja de CRISTO.
Nosso
valor
esta
na
fidelidade a Palavra
de DEUS,
conforme nossa comunidade crê, na dependência do SENHOR
ESPÍRITO SANTO, com a
visão de multiplicar para o Reino de
DEUS e provarmos dos benefícios pessoais do Evangelho do
SENHOR JESUS CRISTO.
Obs.: pode ser usada livremente, adaptada da melhor forma que queira,
para usar em “grupos familiares” ou “células” de estudo, porém, sempre
procurando ser fiel a Palavra do SENHOR.
Dúvidas: André Sherring, embaixador de CRISTO,
conforme a inteligência de 2 Co 5:20 e Ef 6:20.
asherring@oi.com.br

Identificar antes de edificar (ministrado 29/11/2010) Sl 139: 23-24

Objetivo: compreender que a identificação do problema ou conflito é a parte mais importante da edificação.

Orientação para o Líder. Faça com o grupo uma leitura conjunta do texto abaixo com as devidas paradas para reflexão:

23 Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me e conhece os meus pensamentos. 24 E vê se em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.

O rei Davi foi um “homem segundo o coração de DEUS” porque reconhecia a importância de honestamente encarar a verdade diante de Deus a respeito de si mesmo. No Antigo Testamento Davi já começava a descobrir uma verdade que se tornaria um princípio espiritual no Novo Testamento. É necessário que Deus identifique os nossos pecados antes que possamos nos relacionar adequadamente com Ele ou sermos usados por Ele.

Você concorda com esse princípio? Se sim ou não, por quê?

Quantas vezes ouvimos alguém dizer no grupo pequeno: “Eu estou com dor de cabeça. Por favor, orem para que DEUS possa curar essa dor”, ou “Estou tendo conflitos no meu trabalho”, ou “Ando deprimido há vários dias”. E aí, o que fazemos? Oramos, e muitas vezes sem resultado permanente. Por quê? Porque as pessoas e nós mesmos não estamos pedindo a DEUS para nos sondar e nos conhecer. Estamos trocando essa sondagem pela cura.

Isso acontece em nosso grupo?

Estamos trocando essa sondagem pela cura?

Nesse processo típico, um passo importante na edificação e na cura está sendo negligenciado: a necessidade de identificação da verdadeira raiz da dor de cabeça, conflito ou depressão. Nós não pagamos médicos para investigarem as causas de nossas dores e sintomas? Os médicos procuram aquilo que está por trás da dor. Eles querem tratar a doença e não apenas o sintoma.

Como podemos identificar a raiz de nossos problemas?

A causa da dor de cabeça, conflito ou depressão deve ser determinada. Talvez seja um conflito mal resolvido, amargura ou pecado. JESUS procurava trabalhar com a raiz e não apenas com o fruto. Vejamos:

Eu te digo, teus pecados foram perdoados, toma teu leito e anda.”

Para a mulher perto do poço (Jo 4) JESUS falou:

Você teve cinco maridos e o homem com quem vive agora não é seu marido.

Identificação significa reconhecimento. Dar uma face e um nome àquilo que Satanás deseja encobrir num amontoado de dor, mágoa, raiva e amargura. Significa dar definição a uma enorme quantidade de problemas que Satanás realiza para causar confusão, assombramento e engano. Significa ser específico em vez de viver, falar e orar por generalidades.

Ir. Paulo Roberto Dias GF de JESUS, novembro de 2010. Dúvidas: irmão Paulo: e-mail: paumaydias@hotmail.com

Interesses relacionados