Você está na página 1de 39

Dedicatória

A minha Linda, sempre presente,


sempre paciente, sempre meu amor!

A meus filhos, Rodrigo e Amanda.


Muitas artes e muita inspiração.
Agradecimentos

Escrever um livro requer muita paciência e dedicação além de muita ajuda de pessoas
verdadeiramente amigas. Escrevendo 3 livros simultaneamente, estou colocando à prova muitas
amizades.

Durante o projeto não foram poucas as vezes em que o cansaço e o desânimo " dominaram a
situação". Felizmente, nestas horas, algumas pessoas foram muito preciosas para realização deste
projeto e dedico a estas pessoas minha mais sincera gratidão.

Agradeço à minha grande amiga Jo-Ann, por seus conselhos e paciência, muitas vezes o mais
importante é apenas "ser ouvido". Obrigado!

Agradeço ao meu amigo Paulo Braune! É sempre bom ter uma visão amadurecida sobre o futuro!
Obrigado!

Agradeço ao meu companheiro Larry! Sua experiência de vida é muito especial. Obrigado!

Agradeço mais uma vez aos amigos da Editora Érica, Paulo, Marcos e Rosana, sempre prontos a
acreditar em meus projetos. Obrigado!

Sidnei Oliveira
Funcionário
Como irritar seu Chefe
A Revanche
Introdução
- Porque Irritar seu Chefe?
Ficha técnica
1• Como é o seu Chefe?
2• Como utilizar a Ficha Técnica
0 Motivações para trabalhar
1 Pontos Fracos
2 Principais Armas, Defesas ou Desculpas
3 Atitudes comuns
3• O Carrasco
4• O Paternalista
5• O Professor
6• O Puxa-saco
7• O Vaidoso
8• O Covarde
9• O Militar
10• O Inseguro
11• O Ousado
12• O Desmotivado
13• O Apático
14• O Piadista
15• O Mulherengo
16• O Burro
17• O Onipotente

As atitudes de um Chefe
1• No escritório
2• Nas reuniões
3• No telefone
4• No banheiro
5• No churrasco
6• Na festa de Natal
7• No Dia-a-Dia

Conclusão
"As idéias não permanecem. Alguma coisa deve ser feita
com elas"

Alfred North Whitehead


1 - Introdução

Porque Irritar seu Chefe?

Após milhares de anos de total submissão do Funcionário, chegou a hora de "virar o jogo".

Vivemos num mundo moderno e esclarecido, onde cada um deve conquistar seu espaço.
Portanto é necessário acabar com a "tirania" imposta pelos Chefes de todo o mundo.

Saia desta postura tímida! Procure lembrar de todas as vezes que você foi humilhado,
agredido e ofendido pelos Chefes que o destino colocou em seu caminho.

Eu sei que nem sempre foi assim.

Certamente, algumas raras vezes, você teve Chefes compreensivos, pacientes e até
prestativos, que te ajudaram a entender melhor o mundo a sua volta. Contudo, acho
importante esclarecer, de uma vez por todas, que a relação Chefe & Funcionário, nunca foi
vantajosa para o lado mais "fraco" - o Funcionário.

Vamos recordar...

Assim que voce nasce, já se vê subordinado à seus pais, mas este é um relacionamento
baseado em sentimentos ( bons e ruins) e que dura por toda a vida ( deles ), portanto acho
que não devo abordar este "Chefes", e para ser bem sincero, as livrarias já estão repletas de
livros sobre este assunto, por isso, irei me deter em outros tipos de relacionamento
coloquiais,(..coloquiais??? ).

Nem bem você começa a andar e já descobre diversos outros Chefes invadindo sua "vida
privada".

Alguns têm o privilégio de serem matriculados em "maternais" ou "escolinhas", outros que


nascem em "berço de ouro", conhecem a figura da "babá". A grande maioria, entretanto,
descobre a figura de seu primeiro "Chefe" na pessoa do irmão ( ou irmã ) mais velho. Nesta
situação os primogênitos são sortudos.

Mas veja! Mesmo sendo o irmão mais velho, babá, pajem, "tia" ou qualquer outro tipo de
"chefe", o mais importante é que estas pessoas acabam representado alguma autoridade
sobre sua vida e este período você jamais irá esquecer.

Aos 7 anos voce é " colocado" na escola para aprender a "respeitar" os Chefes. E é lá que
voce conhece as primeiras autoridades externas que definitivamente estão dispostas a
acabar com sua tranquilidade.

É assim que você começa a conhecer os princípios deste relacionamento injusto e


complicado que é a submissão aos Chefes.

Seja sincero consigo mesmo! Você sempre teve vontade de "irritar" o seu Chefe, mas só
algumas vezes e em algumas circunstâncias muito favoráveis é que teve sucesso total.

Não entenda que a culpa seja sua. Não é!

Você foi "doutrinado" desde criança a não criar qualquer situação contra os Chefes, por
isso que poucas vezes é bem sucedido.

Mas, não desanime! Você pode e deve aprender a "irritar" o seu Chefe com classe, basta
prestar atenção em suas atitudes, seus costume, suas manias e tudo que diz respeito a ele.
Se você observar bem, notará pontos fracos que permitirão "ataques" muito eficientes e
bem discretos, afinal, é seu Chefe que lhe avalia e não queremos ninguém perdendo o
emprego por causa de um "ataque baixo".

Esteja atento, ao menor sinal de fraqueza não vacile, ataque rápido!

Você deve estar um tanto quanto assustado com tudo que leu até agora...

Ataques rápidos??? Prestar atenção em atitudes??? Pontos Fracos???


Claro, tudo isso é muito interessante, para não dizer surpreendente!

Mas como é que um alguém escreve um livro se propondo a promover uma "Revanche"
dos funcionários contra os Chefes e apenas pede para "prestar a atenção nas atitudes
dele"????

Certo! Você está absolutamente certo!

O que você provavelmente não sabe é que depois de realizar diversas entrevistas, debates e
conversas com Chefes experientes, pude catalogar uma grande quantidade de informações
sobre seus costumes, atitudes e outras características.

Como eu consegui? Fácil! Disse que estava escrevendo um livro entitulado "Chefe, como
irritar seu funcionário".

Voces não imaginam como os Chefes colaboraram com informações sobre suas táticas e
estratégias para lidar com subordinados.

Depois de compilar todas estas informações, pude criar uma Ficha Técnica com as
principais características dos Chefes, que passarei descrever a partir do próximo capítulo.

"O fato de as pessoas estarem ocupadas não prova que há


algo útil para elas fazerem".

Parkinson
2 - Ficha Técnica

Como é o seu Chefe?

Não pense em "Irritar seu Chefe" apenas por prazer. Faça-o por um objetivo mais nobre.
Desmascará-lo.

Lembre-se... a menos que seu Chefe seja o Dono da empresa onde trabalha, ele também
será um funcionário subordinado, por isso sempre estará com "medo" de alguém.

Este fato explica 90% das atitudes de um Chefe. Ele recebe muita pressão "de cima" e por
isso acha que deve descontar "para baixo", mantendo com esta atitude o "fluxo natural" da
hierarquia.

Você deve reverter este "fluxo", fazendo uso das informações contidas nas Fichas Técnicas
a seguir.

Ah! Não pense em me recriminar por haver "rotulado" os Chefes, afinal fui eu quem
levantou as informações, por isso mereço este previlégio.

Contudo você terá o prazer de praticar com seu respectivo Chefe.


Como utilizar a Ficha Técnica
A Ficha Técnica contém informações devidamente organizadas para que você possa
identificar perfeitamente seu Chefe e assim ser bem sucedido na "arte de irritá-lo".

Elas estão classificadas nos seguintes tipos de Chefes:

O Carrasco
O Paternalista
O Professor
O Puxa-saco
O Vaidoso
O Covarde
O Militar
O Inseguro
O Ousado
O Desmotivado
O Apático
O Piadista
O Mulherengo
O Burro
O Onipotente

Motivação para trabalhar

Se você tem prestado atenção em seu Chefe, sabe que ele tem diversos motivos para estar
trabalhando. Estes motivos vão desde o sustento de sua Família ( motivo oficial ), até o
puro prazer de ter o poder de manipular um grupo de pessoas como voce.
Na grande maioria das vezes a carreira que possui, também representa um grande motivo
para seu Chefe ser tão exigente.

Os motivos são muitos e podem deixar seu Chefe vulnerável por algum tempo.

Pontos Fracos

Você, mais do que ninguém, sabe identificar os pontos fracos de seu Chefe.

Para falar a verdade, estes são os pontos que a maioria dos funcionários mais utilizam para
atacar seus Chefes.

Você contudo é diferente. Você é esclarecido e fará um uso requintado destes dados, certo?

Principais Armas e Defesas

Cada tipo de Chefe possui estratégias para se defender dos ataques de seus Funcionários.

O que mais impressiona é a capacidade que alguns Chefes tem de "adivinhar" quando
algum funcionário está preparando um "ataque".

Você deve estar muito atento a este tópico, pois o que pode parecer uma "defesa", acaba
virando uma arma mortífera, aí só resta preparar um novo "curriculum vitae" e ir a luta,
companheiro...

Atitudes mais comuns


Para facilitar a correta identificação dos tipos de Chefe, cada Ficha Técnica possui a
descrição de várias atitudes, que podem e devem ser ampliadas de acordo com suas
experiências pessoais.

Lembre-se é importante manter-se sempre bem informado sobre o Chefe, pois sua missão é
irritá-lo ao máximo até desmascará-lo.

Vamos às fichas...

O Carrasco

Atitudes Mais Comuns

1• Ser "carrasco" já diz tudo. Adora ver seus funcionários sofrendo. Não dá um
minuto de trégua. Com ele é "guerra" declarada.

• Vigia constantemente o relógio de ponto, lembrando todos os seus minutos de


atraso, contudo raramente é visto observando o horário de sua saída,
principalmente se horas-extras estiverem em questão.

• Os Chefes Carrascos mais "modernos", não atormentam seus funcionários.


Simplesmente os ignoram como pessoas, afinal consideram que os funcionários
são apenas "M.O." ( mão-de-obra).

• Jamais transmitem uma instrução num tom abaixo dos 100 decibéis, e quando já
estão roucos de tanto gritar, deixam bem claro, que isto é apenas um
contratempo passageiro. Logo estarão gritando as "ordens" novamente.

• Nunca olham nos olhos de seus funcionários. Eles não merecem tal consideração.

• Só atendem com hora marcada e depois de já se haver adiantado o assunto.

• Seu maior prazer é poder mostrar o departamento "funcionando" para seus


superiores.

• Lamenta apenas ser proibido o uso de "chicotes" para conseguir maior


produtividade.
O Paternalista

Atitudes Mais Comuns

1• Raramente é considerado um "inimigo" do funcionário.

• Está sempre pronto a ajudar seus funcionários, considerando-os como filhos.

• Quando "chama à atenção" de alguém, o faz com a maior delicadeza possível, para
não ferir os sentimentos do funcionário.

• Se um funcionário pede algo, ele atende prontamente.As vezes, esta atitude


prejudica outro funcionário, contudo o Chefe Paternalista dá um jeito de
compensar rapidamente com outro "favor".
• É extremamente educado. Sempre pede, nunca ordena.

• Se por algum motivo perde a calma e grita durante o expediente, entra em


profunda depressão que só acaba depois de fazer uma reunião com todos os
envolvidos para pedir desculpas.

• Está sempre dando conselhos as seus subodinados, acreditando e motivando-os a


seguir carreira.

• Não se engane! Este tipo de Chefe é muito raro, e quando se manifesta, dura
pouco tempo, pois seus superiores o eliminam rapidamente. Esta é a maior
vingança que o Chefe Paternalista faz a seus funcionários, pois normalmente é
substituído por um Chefe Carrasco.

O Professor

Atitudes Mais Comuns

1• Apesar de ser parecido com o Chefe Paternalista, é muito mais exigente. Está
sempre te avaliando.

• Seu maior prazer é ensinar novas tarefas a um funcionário. Por isso, adora receber
"turmas de estagiários".

• Se alguém comete um erro, esse tipo de Chefe não hesita em convocar uma
reunião com todos os funcionários para "ensinar" os procedimentos corretos.

• Mesmo que você já saiba a tarefa sem cometer erros, aproveite a oportunidade.
Você vai se impressionar como o dia fica mais curto quando o Chefe está
ensinando.

• Perde a calma quando algo que já ensinou não acontece como previsto.
Normalmente acha que a qualidade dos funcionários de hoje já não é mais a
mesma de seu tempo.

• Está sempre lendo algum livro sobre Administração Moderna, e não perde a
oportunidade de citar trechos quando percebe que conseguiu a atenção de um
"bom número” de ouvintes.
• Tem poucas ambições. Jamais aceita uma promoção para um cargo onde não possa
exercitar seu "dom natural" de ensinar.

O Puxa-saco

Atitudes Mais Comuns

1• Falsidade é sua principal característica. Se você trabalha com um Chefe Puxa-


saco, prepare-se você será envolvido numa "rede de relacionamentos" suja e
antiética.

• Este Chefe não perde a oportunidade de bajular seus superiores, principalmente


com realizações de seu departamento.

• Considera os subordinados meros instrumentos para poder chamar a atenção de


seus Chefes.

• Quando é informado que a Direção da empresa está pensando numa


reestruturação, ele é o primeiro a demitir funcionários.

• Quando lhe solicitam sugestões para reduzir custo, rapidamente se manifesta em


favor de qualquer coisa, inclusive redução de salários. "Tudo pelo bem da
empresa".

• É capaz de "entregar" um colega ou um funcionário só para agradar a Chefia.

• Em muitas empresas é também conhecido como "Amarra cachorro".

• Não conte com este Chefe para nada. Ele não te considera alguém importante e
por isso poderá prejudicar-te. Se isso agradar o Chefe dele, evidentemente.
O Vaidoso

Atitudes Mais Comuns

1• Este é um tipo de Chefe muito perigoso. Não confie nele por nada, pois este será
seu fim.

• Por estar sempre "patrocinando" festas e almoços, é muito "querido" e popular.

• É pouco exigente com as tarefas que não enriquecem sua popularidade, confiando
cegamente em seus funcionários para os assuntos rotineiros e técnicos.

• Apesar de parecer "displicente" com o serviço de seus funcionários, é capaz de


virar um "urso" se alguém cometer algum erro que possa expôr sua imagem.

• Quando um funcionário trabalha no seu estilo, ele é o primeiro a arquitetar


politicamente a promoção deste.

• Se o funcionário é rebelde ou não "abraça" a causa do Chefe com todas as forças,


seu futuro é negro. O Chefe será capaz de manter tal funcionário enquanto for
útil, sugando-lhe todas as energias, descartando-o no primeiro momento que
surgir um candidato mais "afinado" com a sua causa.

• Extremamente falso, defende ou ataca o funcionário de acordo com a


conveniência do momento.
O Covarde

Atitudes Mais Comuns

1• Este tipo de Chefe jamais se expõe a qualquer tipo de risco. Mudanças em seu
departamento? Nunca! Só depois de amplamente experimentadas em outros
departamentos.

• Quando existe algum problema para ser resolvido, envia um funcionário. Quando
este não resolve, envia outro "mais experiente". Se mesmo assim o problema
não se resolver ele remete o caso para ser resolvido ou em outro departamento
ou na "alçada superior".

• Quando está sozinho com seu grupo de subordinados, não se cansa de criticar
descisões tomadas pela "Alta Direção da empresa", dizendo que se fosse ele
faria de outra maneira. Contudo, quando recebe a visita de um superior, as
críticas desaparecem milagrosamente.

• Raramente assina alguma autorização, deixando esta tarefa para seu assistente
imediato, sob a alegação que este precisa ser "treinado" para aprender como
chefiar bem.

• Se é flagrado em alguma atitude covarde, logo responde que só chegou ao cargo


de Chefe obedecendo a filosofia do seguinte ditado:

"Manda quem pode.


Obedece quem tem juízo."

O Militar

Atitudes Mais Comuns

1• Muito parecido com o Chefe Carrasco, este chefe é absolutamente inflexível.


Jamais permite uma inovação no departamento. A menos, é claro, que seja "UM
ORDEM SUPERIOR".

• Jamais admite indisciplina de seus funcionários, e é tão radical nisto que é capaz
de advertir o funcionário que "ousou" dirigir-lhe a palavra sem antes falar com
seu assistente.

• Seus funcionários nunca podem solicitar o auxílio de alguém de outro


departamento sem o pleno consentimento do Chefe.

• Se um funcionário levar um problema para a Diretoria resolver então, pode ser


punido até com "pena de morte profissional".

• Para ele todos os funcionários "não graduados" com alguma "patente"(cargo), são
incompetentes e devem ser submissos.

• Promoção não é algo que se conquista com treinamento e competência, mas sim
com experiência ( tempo de serviço ) ou algum "ato heróico" ( sorte ).

• Jamais contesta "instruções superiores", afinal ordens são para serem cumpridas e
não discutidas.
O Inseguro

Atitudes Mais Comuns

1• É incrível como é que um Chefe deste atinge esta função. Provavelmente foi por
"tempo de serviço" ou porque alguém acima dele não quer que se chefie nada.
( será??)

• Não se pode contar com o Chefe inseguro para nada. Qualquer pessoa pode
decidir por ele, sobre qualquer assunto.

• Ele está sempre pedindo a opinião dos funcionários sobre suas atitudes.

• Se alguém o acusa de inseguro, ele não responde imediatamente. Depois de pensar


um pouco, diz que talvez seja assim porque quer ser "democrático" e não um
ditador.

• Quando acontece algum problema, pede para algum funcionário resolver, não por
covardia, mas por que tem medo de não conseguir sanar a questão.

• Diariamente vai trabalhar acreditando que terá a visita de algum auditor da


empresa, ou Fiscal do Governo, ou talvez alguém da Diretoria ou pior, algum
cliente difícil para atender.

• De todos os Chefes este é o mais fácil de ser "irritado". E pra falar a verdade, não
é o caso nem de irritá-lo e sim conduzi-lo. Você irá tirar maior proveito.
O Ousado

Atitudes Mais Comuns

1• Aceita qualquer tipo de desafio apenas pelo prazer de superar o mesmo.

• Está constantemente reclamando da passividade de seus funcionários.

• Acredita que veio ao mundo para transformá-lo, e portanto deve cumprir sua
"missão" com ou sem a ajuda de outras pessoas.

• Por ter uma excelente Cultura Geral e ser bastante eloqüente, convencem várias
pessoas a participar de seus projetos "inovadores", levando constantemente seus
funcionários ao desespero com os riscos a que se expõe.

• É um otimista nato. Abomina qualquer manifestação de resistência às suas


propostas. ( Pegou a dica??!!)

• Costuma irritar a todos que o cercam por ser arrogante e extremamente


egocêntrico.

• Quando é bem sucedido em algum projeto, espalha o fato rapidamente, para


provar que vale a pena ser ousado. Se um projeto fracassa, explica que foi por
causa da "falta de visão" ou "conservadorismo" de alguém.

O Desmotivado
Atitudes Mais Comuns

1• Não há coisa mais fácil do que irritar este Chefe. Basta manter algum contato
com ele. Seja por telefone, correspondência ou pessoalmente, ele sempre ficará
irritado.

• Se for cumprimentado ao chegar pela manhã o diálogo será mais ou menos o


seguinte:

funcionário :
-Bom dia Chefe!
Chefe:
-Bom dia por quê? O que há de bom num dia que está apenas
começando???

• Quando não está reclamando de alguma coisa do trabalho, certamente está


relembrando "como é um funcionário perseguido" ou como foi prejudicado "na
última promoção".

• Lamenta constantemente haver-se dedicado tanto nos últimos anos e agora não ser
reconhecido.

• Um dos poucos momentos que o vemos “trabalhar com energia é quando são
propostas mudanças no departamento”. Imediatamente ele começa a criar um
clima de resistência, afirmando que as propostas jamais irão funcionar.

• Muito cuidado ao tentar irritar este tipo de Chefe, pois a desmotivação é


contagiosa e é você que pode acabar "Irritado" no final.

O Apático
Atitudes Mais Comuns

1• É o mais monótono dos Chefes, por isso é muito difícil identificar quando fica
irritado com algo, pois nunca reage.

• Raramente está atento a algum fato no departamento. A impressão que se tem, é de


alguém que está em profunda meditação.

• Quando é interrompido em sua "concentração", não manifesta o menor sinal de


incômodo, apenas ouve o que a pessoa tem a dizer, transmite as instruções
objetivamente e retorna a sua meditação.

• Se algum problema grave acontece, ele toma ciência da situação. Se tiver alguma
coisa que possa fazer para sanar problema ele fará, se não, apenas comunicará
que infelizmente o problema não tem solução e dará o caso por encerrado.

• A mesma reação patética ele terá se o departamento for muito bem sucedido em
algum empreendimento e receber elogios da cúpula da empresa.

• Dos Chefes que entrevistei, este foi o de maior desafio, pois não consegui arrumar
um jeito de irritá-lo. Se você tiver alguma sugestão, por favor escreva-me.
O Piadista

Atitudes Mais Comuns

1• Este Chefe está sempre tão "feliz" que é difícil querer irritá-lo.

• Está sempre fazendo piadas das situações ou imitando alguém do departamento.

• É muito vaidoso. Reclama como uma criança se não participa de suas


"brincadeiras".

• Por estar sempre querendo "alegrar o ambiente", raramente se ocupa de tarefas


complicadas, delegando seus funcionários para estas atividades.

• Gosta de ter total controle da alegria de seus funcionários, por isso não admite
concorrentes. Seu humor é capaz de mudar radicalmente se porventura alguém
se atrever a fazer piadas ou gozações em seu departamento sem a sua
participação.

• Torna-se hilariante se estiver bêbado. Neste estado é capaz de fazer revelações


surpreendentes, por isso não perca oportunidades de se divertir.

• Se por acaso for "vítima" da piada de alguém, irá atormentá-la por 6 meses até
sentir que a vingança foi devidamente aplicada.

O Mulherengo

Atitudes Mais Comuns

1• Extremamente "machão", considera todas as mulheres como objeto de uso


pessoal.

• Se a mulher é uma funcionária subordinada, além de ser um objeto, deve


agradecer diariamente esta "honra".

• Quando uma funcionária necessita de alguma autorização especial, como por


exemplo, um pedido de bolsa de estudo, ela deve estar ciente de que o Chefe
atenderá o pedido com prazer, mas só assim... com muito prazer...

• Odiado pelos homens do departamento, e também por algumas mulheres, o Chefe


Mulherengo é extremamente preconceituoso, deixando bem claro quais são as
funcionárias de sua preferência.

• Se a funcionária for bonita, ele será muito amável, cortez, atencioso até ter a
certeza de conquistá-la.

• Quando a "vítima" de suas investidas não dá a mínima atenção, prontamente ele


passa a exigir dela muito mais que exigiria de qualquer outro funcionário.

• A melhor palavra para definir seu comportamento é Assédio Sexual, e já é possível


nos dias de hoje (quem diria!), ver este tipo de comportamento também na
versão Feminina, dizem até que as Chefas são mais cruéis, será que alguém
reclamou???(só em filme...)

O Burro

Atitudes Mais Comuns

1• Jamais admite não ter entendido alguma coisa. Finge ser um "esperto" para não
passar vexame, contudo está sempre "se entregando".

• É um verdadeiro "burro de carga", faz qualquer coisa para ter um trabalho extra.

• Este tipo de Chefe parece ter nascido "invertido", pois um funcionário não
consegue irritá-lo quando não faz sua tarefa. Este é o maior prazer do Chefe
Burro, pois ele adora trabalhar, e quando seu funcionário age assim, ele tem
mais trabalho.
• Adora atividades repetitivas, onde possa mostrar suas capacidades. Quando era
funcionário viviam dizendo dele: "-Como ele é esforçado!!!".

• Trabalha para garantir o sustento seu e de sua família. Nunca discute uma
instrução... não tem capacidade para isso.

• Não aceita mudanças e perde a paciência quando um funcionário defende alguma


idéia nova que ele não entenda. ( olha a dica!!!).

• Se ofende quando lhe sugerem um curso de atualização...

...afinal...

Estão pensando que ele é burro???

O Onipotente

Atitudes Mais Comuns

1• É o mais completo de todos os Chefes. Impõe respeito por sua postura sempre
arrogante.

• Tornou-se "lenda viva" na empresa por diversos serviços realizados de forma


espetacular, conquistando a confiança da Alta direção ( se ainda não faz parte
dela).

• É extremamente competente. Dando ordens precisas, sendo exigente e


conseguindo produtividade alta de seus funcionários.

• Vive debochando de seus funcionários, que o tratam como "deus".

• Acredita saber de todos os detalhes sobre todas as coisas, por isso nunca aceita
opiniões de subordinados. Sua palavra sempre é e deverá ser a última.

• Muito vaidoso, adora as oportunidades em que pode demonstrar seu "poder", o


que normalmente inclui uma pequena humilhação de algum funcionário.

• Irritá-lo é muito fácil, contudo devo alertar que é necessário ser extremamente
cuidadoso, não deixando vestígios em sua ação, pois quando desperta a "sua
ira", não sobra muito do funcionário que se atreveu a desafiá-lo.
"O pensamento é a semente da ação"

Ralph Waldo Emerson

3 - As atitudes de um Funcionário
As atitudes de um funcionário
Agora que você já conheceu vários tipos de Chefes, já está em condições de "ir a campo"
realizar sua tarefa e para que seu "estágio" seja aproveitado ao máximo, relatarei diversas
atitudes que podem ocorrer durante sua rotina de trabalho.

Eu sei que você está ansioso para colocar em prática suas próprias idéias, mas isso não
seria correto neste momento.

Lembre-se, este é apenas o início da arte de "Irritar o Chefe", portanto tem que passar por
todas as etapas do "aprendizado", caso contrário seu risco será muito grande, e você já deve
ter observado que o mercado de trabalho não está muito "amigável". Então pra que
facilitar?

Relaxe! Aguarde o momento de agir. Só assim poderá se usufruir plenamente dos


conhecimentos adquiridos com a leitura deste livro.

Antes de relatar as atitudes que você deve tomar, gostaria de lembrar mais uma vez, que
não se pode querer "irritar o chefe" gratuitamente. É necessário ter um objetivo mais nobre.

Saiba que seu Chefe já foi funcionário um dia, contudo depois de algum tempo exercendo
o "poder", ele se esqueceu dos anseios e necessidades dos subordinados, deixando
prevalecer suas próprias vontades, manias e necessidades.

Não pense que estou defendendo o Chefe, ao contrário, quero que você tenha em mente a
certeza de estar tratando com alguém que talvez precise ser "desmascarado", e isso só será
possível se este Chefe perder aquele "ar de total controle da situação".
Se você acha que seu Chefe é muito "bonzinho" e por isso não merece este tipo de
tratamento, sinto lhe informar que está enganado.

Sua missão como funcionário e também como "amigo" é de ajudá-lo, mesmo que seu Chefe
seja muito orgulhoso.

"Irrite-o" para que ele possa refletir e ter um comportamento mais "profissional".

Você pode querer "irritar seu Chefe" em várias situações, por isso as atitudes estão
divididas por locais mais adequados para se programar "ataques".

Agora vamos às atitutes própriamente ditas. Como irritar seu Chefe...

No escritório

Tenha muitas dúvidas o tempo todo. Seu Chefe vai "adorar" responder
toda as suas questões.
Junte todos os "clipes" que estão em sua mesa, fazendo aquelas incríveis
correntinhas.

Deixe que seu Chefe assuma seu serviço, assim você terá mais tempo para
pensar em outras maneiras de irritá-lo.

No escritório

Sempre que você sentir algum "desconforto", mesmo aqueles bem


pequenos, não tenha receios, vá ao ambulatório rapidamente.

Aproveite todas as ausências do Chefe para colocar em dia as conversas


com os demais colegas, afinal você não está numa prisão, está???.

Peça para fazer cursos de informática todo mês. Será que ele não entende
que o departamento precisa se "modernizar"?

Pergunte as horas várias vezes durante o dia. Isso fará com que ele pense
duas vezes antes de te convocar para fazer hora-extra.

Nunca guarde as fichas em ordem alfabética ou numérica, ao invés disto


prefira a ordem de "soldadinho" ( um atrás do outro ). Você irá se divertir
quando ver seu chefe pegando alguma coisa no arquivo, além disto seu
dia passará mais depressa.

Nas Reuniões
Quando seu chefe lhe pedir para substituí-lo numa reunião, não perca a
oportunidade, aceite em nome de seu Chefe, a coordenação de todos os
projetos chatos.

"Inocentemente", diga aos coordenadores da reunião que seu chefe não


veio, porque acha que as reuniões são apenas para desocupados.

Nas Reuniões
Quando você perceber que estão elogiando seu Chefe sobre os resultados
de algum trabalho, explique ele não fez nada demais, apenas soube
aproveitar bem as "falhas e omissões" nas Normas Internas.

Se alguém ficar assustado com sua afirmação, não tenha receio, diga com
toda energia que seu Chefe é um excelente líder e que o lema no
departamento é: "As normas são para os tolos"

Quando algum diretor estiver visitando seu departamento, ligue para


aqueles clientes que seu chefe vive reclamando e está sempre evitando
atendê-los e diga que vocês estão com alguém da Diretoria. Assim você
ajudará seu Chefe a se livrar destes clientes, afinal nenhum cliente irá
desafiar a autoridade de um Diretor da empresa, irá?

Leve o "cafezinho" nas reuniões e diga que é uma "cortezia"do seu Chefe, mas certifique-se
antes de que ele está amargo e frio.

No Telefone
Ao atender a ligação de um cliente reclamando sobre algo, diga-lhe "umas
verdades", quando ele perguntar quem está falando, dê o nome do seu
Chefe.

Sempre que seu Chefe se ausentar, faça suas ligações particulares.


Quando ele retornar, aproveite para dizer que o Chefe dele ligou mas não
deixou recado. Após algumas vezes você irá perceber o quanto ele
trabalhará ansioso.

Você irá se divertir também, vendo seu Chefe "retornando a ligação"


para os superiores, pois eles sempre irão "aproveitar a ligação" para
cobrar alguma pendência.

Nunca passe uma ligação para seu Chefe imediatamente, afinal ele é muito ocupado e as
pessoas que estão ligando devem compreender.

No Telefone

Quando a esposa de seu Chefe ligar, diga que ele saiu para almoçar mais
uma vez com "aquela cliente gostosa". Não se preocupe, a esposa
conhece a "carreira" do marido e saberá compreender "os sacrifícios da
profissão". Esta atitude é válida para o caso de Chefas, evidentemente.

Sempre que seu Chefe estiver concentrado ou não estiver olhando, ligue
para o telefone na mesa dele, quando for atender, desligue. Não esqueça
de aumentar o volume do aparelho ao máximo.
No Banheiro

Se o seu Chefe tiver um "banheiro particular", observe qual é horário que


ele vai para lá. Depois de algum tempo, você irá perceber que existe uma
regularidade. Assim que você tiver segurança, dê um jeito de sumir com
papel higiênico alguns minutos antes dele usar o banheiro,

Coloque algumas revistas pornográficas no banheiro, quando algum


diretor estiver visitando o departamento.

No Banheiro

Escrever atrás da porta do banheiro, ofensas para seu Chefe ler, já é uma
prática antiga e sem nenhum efeito. Seja mais criativo, escreva o nome
dele em todo o rolo de papel higiênico. Mesmo dando um pouco de
trabalho, a irritação será mais eficiente. Ah! É importante ter vários rolos
de papel higiênico, pois sempre pode acontecer dele ficar com raiva e
jogar todo rolo no lixo.

Se o seu Chefe mantém o controle do banheiro através de chave, faça


cópias e distribua para todos os funcionários.

Troque o creme dental de seu Chefe por creme de barbear. Pelo menos
uma vez você será bem sucedido.

Quando seu Chefe entrar no banheiro, dê um tempo até que ele se


"acomode", em seguida abra a porta, grite com toda a força e suma
rapidamente.
No Churrasco

Deixe o seu Chefe bêbado, se for díficil peça ajuda para suas colegas,
depois filme suas reações. Passado algum tempo, quando voce souber que
vai haver a apresentação de um filme para a Diretoria, troque a fita e
coloque aquela do churrasco.

Se o seu Chefe "assumir" a churrasqueira fique observando aquele pedaço


de carne que ele está dedicando maior "atenção", com certeza está sendo
"guardado" pra ele ou para alguém especial. Tente distraí-lo e coloque
pimenta nesta carne. O resultado é fantástico.

Ainda na churraqueira, deixe próximo do seu Chefe uma garrafa


geladinha de cerveja fechada e um abridor de garrafas. Detalhe: a garrafa
deve ser bem sacudida antes.

Os jogos de futebol são excelentes oportunidades de "descontar" em seu


chefe, as injustiças do dia-a-dia, sem ter que sofrer consequências por
isso. Afinal no jogo, todos acabam ficando nervosos, caneladas fazem
parte da "brincadeira", etc, etc, etc,

No Churrasco
Mesmo que as despesas do churrasco sejam divididas entre todos os
funcionários do departamento, com certeza seu Chefe irá convidar vários
amigos seus para o evento. Então não tenha receio de convidar os seus.
Quanto mais melhor! Se por acaso acabar a cerveja, peça publicamente a
seu Chefe que pague uma nova rodada para os "convidados".

Certifique-se que o local do churrasco possua uma piscina. É sempre agradável "dar um
banho" no Chefe usando a desculpa de estar fazendo uma "brincadeira inocente". Se por
acaso ele ficar bravo, não hesite, peça desculpas na frente de todos os convidados. Suplique
para ele não te demitir, nem te transferir. Faça o maior dramalhão. Depois, quando voltarem
ao trabalho, negue tudo. Diga que não se lembra, que devia estar bêbado.
Na Festa de Natal

Escreva vários bilhetes para os seu Chefe, fazendo-se de "travesti


apaixonado" querendo um encontro. Mesmo que ele perca a calma e tente
acabar com a brincadeira, não o deixe em paz.

Quando ele disser que não vai mais dar atenção aos "bilhetes" escreva
outros bilhetes para os demais funcionários do departamento dizendo que
ele "te defraudou", que "não te ama mais". Peça ajuda aos Chefes de
outras áreas. Peça ajuda ao superior dele.

Se o Chefe for seu amigo secreto dê um disco "do Falcão" para ele. Se
possível aqueles que só se encontra em "saldos de liquidação".

Se você não encontrar o disco dê outro presente "brega", contudo não se esqueça de
entregar o presente dizendo a todos que foi o melhor que você pode comprar, pois neste
mês está apertado, mas que "o Chefe" tem um coração de ouro e saberá que "o que
vale é a intenção"

Na Festa de Natal

Troque discretamente o copo de bebida do seu Chefe por outro com


"laxante". O Efeito da ressaca será devastador.

Se na festa de fim de ano existe o costume de rasgar papéis para jogar


pela janela, arrume um jeito de incluir no meio do lixo de comemoração
"aqueles relatórios" que o seu Chefe gastou as duas últimas semanas para
preparar. Você sabe, neste dia há sempre muita confusão e a falta só será
percebida depois do feriado.

No Dia - a - Dia

Faça tudo que seu Chefe mandar, seguindo as instruções "ao pé da letra".
Ele nunca poderá te responsabilizar por alguma consequência indesejável.

Quando seu Chefe rasgar na sua frente uma carta que você fez, só porque tinha um pequeno
erro, não fique chateado. Faça a carta novamente e coloque documentos importantes no
meio e entregue num momento que ele estiver bastante ocupado. Os resultados podem ser
surpreendentes!

No Dia - a - Dia

Faça apenas seu horário de trabalho. Nunca fique após seu expediente.

Se namoro entre colegas de trabalho for proibido pelo seu Chefe,


aproveite para "ficar", seja criativo. É muito mais interessante namorar
quando é proibido. Você não acha?

Se seu Chefe é um cara metido a conquistador, não se intimide. Use um


mini-gravador na hora em que ele estiver "dando o bote", depois de 2
meses envie uma cópia da fita em envelope sem remetente para a casa
dele. Este tipo de atitude é muito arriscado, portanto recomendo que
registre a cantada dele, desde que não seja mencionado o nome da vítima.
Sempre que seu Chefe for falar com você, olhe-o diretamente nos olhos.
Ele pensará que você está sendo hipnotizado e te deixará em paz por
alguns momentos.

No Dia - a - Dia

Se o seu Chefe tem o costume de sempre dar ordens gritando, combine


com os demais funcionários do departamento para só o atenderem no
terceiro chamado. Cedo ou tarde ele ficará sem voz e a paz voltará a
reinar no departamento.

Caso exista no departamento algum funcionário "puxa-saco" do Chefe,


deixe que ele leve sempre as notícias para o Chefe, principalmente as
ruins.

Ligue para garotos de programa em nome do seu chefe e marque


encontros na empresa no final do expediente. Se por acaso seu Chefe
gostar e for ao encontro, contente-se, afinal não se pode vencer todas.

Procure falar com seu Chefe somente quando ele estiver ocupado. Só
assim você poderá saber qual é o real valor que ele dá ao seu trabalho.
"As pessoas não se deixam transformar por fatos, mas pela
visão que tem deles."

Epicteto - século I d.c.

4 - Conclusão
O que o Futuro reserva ao Funcionário

Estou certo de que você está satisfeito em saber que não é a única pessoa consciente no
mundo.

Toda esta indignação que você sente, ao ver seu Chefe "trabalhando" e recebendo todas as
"glórias" pelo resultado de seu trabalho, deve ser colocada para fora. O mundo está mais
moderno e certamente seu Chefe não quer perceber.

Estamos vivendo em uma época extraordinária onde, cada vez mais pessoas defendem a
participação dos funcionários nos resultados e nas decisões das empresas.

Alguns movimentos de Qualidade Total, Reengenharia, Downsizing e outros mais estão


pegando os Chefes de "calça na mão", pois eles imaginavam que estas teorias serviam
para aumentar a produtividade com a redução do quadro de pessoal, contudo não previam
o "efeito colateral" da redução também dos níveis hierárquicos. Pior para eles, muitos
Chefes já perderam o "posto".

Este é um momento muito delicado, portanto seja ousado. Aproveite os conselhos deste
livro para revelar a verdadeira face de seu Chefe.

Provoque o início da "revolução" no seu departamento.

Se você acha que esta é uma missão muito ousada, não se preocupe, pelo menos se divirta
aprontando com seu Chefe.

Aviso que tanto nas Fichas Técnicas como nas Atitudes, assumi que a figura do Chefe é
masculina, entretanto nada impede a você de fazer uma adaptação quando o caso (ainda
muito menor no Brasil) for de uma Chefe Feminina.

Aconselho você a ler também os livros :

"Chefe - Como irritar seu funcionário"


e
"Chefe x Funcionário - A Batalha Final"

onde registrei outros aspectos a respeito deste relacionamento tão singular e incomum.

Portanto Funcionário, está na hora de unir suas forças e se preparar para enfrentar o Futuro
que está chegando. Mas nunca esquecendo que o mais importante sempre será

Irritar seu Chefe!!!