Você está na página 1de 12
Nº 114 Quem leva a Prefeitura? Dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três ... Começa a contagem
Nº 114
Quem leva a Prefeitura?
Dou-lhe uma, dou-lhe duas,
dou-lhe três ...
Começa a contagem
regressiva:
Faltam 10 dias
Fechamento da Edição:
23/09/2008
Estância Turística
de
Salesópolis-SP
Benedito Rafael,
Adilson Bolinha e
Jacaré chegam à reta
final disputando “pau-
a-pau” a preferência
do eleitorado de
Salesópolis.
Adilson e Dr. Gilberto
Jacaré
Rafael
e
Todos - candidatos a prefeito e
vices -, têm qualidades e defeitos;
Todos possuem capacidade para
gerenciar, todos são dotados de
boa-vontade, todos são humanos,
todos têm carisma.
Com a última palavra, as urnas!
e
Marcelo
do
Nêgo
Quico
Leia nesta edição
Os colunistas:
Promotora conclui que Júlio
Simões trata muito bem o
salesopolense e manda arquivar
reclamação contra a empresa
Rubens L. Silva
Dr. Epaminondas
Ciro do Valle
João Boani
Menestrel
Telefones úteis
Pág. 2
Nas páginas centrais (6 e 7)
Obras
Cidade começa a mudar
com ruas sendo asfaltadas
Lei Geral do Turismo
Relatório da Câmara Municipal
Transporte
Comunicados diversos
Vans iniciam o
transporte de passageiros
para Mogi das Cruzes
Pág.8
Pág.4
Aniversariantes
Anunciantes
Humor
Cruzadas
Pág.11
Pág.9
Esclarecimento sobre o Voucher
Vereador consegue verba
para o Fartura
Polícia
Leia e Assine
A Notícia
Eventos
Plantão de Farmácia
Horário de ônibus
Pág.5
Pág.10
Última página
Diretor/Editor: Nelson dos Santos
Nº 114 Quem leva a Prefeitura? Dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três ... Começa a contagem

A Notícia Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2

Cadê a bufunfa?

RADAR

O rei continua nu!

Promotora arquiva reclamação contra Júlio Simões

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2 Cadê a bufunfa? RADAR O rei continua

É sabido que o transporte coletivo sempre foi um dos problemas mal resolvidos

para a população salesopolitana. É notório, também, que as empresas que exploram o serviço de transporte em Sale- sópolis, sempre o transformaram num filão de lucro. A linha Mogi-Salesópolis sempre apre- sentou superávit de vulto para as empresas ditas concessionárias. A Santa Maria Viação (Scavone) tirou, e a Júlio Simões tira dessa mina de ouro (hoje chamada Linha 311-TRO) o fundo mantenedor de muitos outros trajetos. Em comum, todas as empresas têm o serviço ruim e deficitário prestado, bem como o descrédito às reclamações postas pelos usuários. Usuários que não possuem outra saída que não viajar nessas autênticas latas de sardinhas, em demanda ao trabalho e escolas. Sim, pois ninguém (tirante alguns idosos desocupados) se daria ao suplício de perder três horas, numa lotação de 90 quilômetros; só masoquista. Em 2007, o vereador Jair Venâncio apre- sentou reclamação ao Ministério Público de Salesópolis, visando a apurar falta de qualidade e segurança dos serviços prestados no transporte coletivo efetuado pela Júlio Simões: des- cumprimento de horários, quebras e avarias de veículos e, principalmente, a superlotação. A Promotoria, então, expediu ofício à Júlio pedindo explicações. E a Júlio escreveu, em

resposta, que a quantidade de ônibus, linhas tabela de horário e itinerários são definidos pela EMTU ; que os pedidos solicitados pelos poderes públicos são repassados para a referida EMTU para análise; e que todas as alterações, quando ocorrem, são previamente e ofi- cialmente comunicadas à população através de cartazes e panfletos. Escreve, ainda, que a sua frota é nova e cada três meses passa por rígida vistoria pela EMTU, a qual lhe deu nota de avaliação 8,2 (O ideal não seria 100?). A Promotoria mandou a réplica da con- cessionária para análise da Câmara, porém os senhores vereadores deixaram correr solto ...

Na seqüência, o MP oficiou à ARTESP - Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de SP- e à Polícia Rodoviária Estadual para que fossem realizadas vistorias nos veículos da empresa investigada. Em resposta, a Promotoria foi informada que a competência de tudo aquilo era. mais uma vez, da EMTU ... Visto que toda a fiscalização e ordenamento do que acontece nas linhas concedidas cabe à famigerada EMTU, foi emitido ofício a ela pedindo contas das reiteradas reivindicações dos usuários. E a EMTU informou, laconi- camente, que todos os pleitos (superlotação nos ônibus, descumprimento de horários, má conservação dos veículos e seccionamento de passagem) foram atendidos. Explicou que a Júlio Simões foi multada uma única vez, e por falta de cadastramento de veículo (fato burocrático). E vai além a tal EMTU, afirmando categoricamente que durante as fiscalizações não foi detectada nenhuma irregularidade de superlotação.

De novo, a Júlio Simões esclarece a

Promotoria dizendo que toda segunda-feira um representante da empresa participa das sessões da Câmara Municipal a fim de dirimir qualquer dúvida dos representantes do povo. Depois de tudo, a Promotora de Justiça Substituta bate o martelo: da análise dos autos, observa-se que as irregularidades (contra a empresa Júlio Simões) noticiadas pela Câmara Municipal de Salesópolis foram devidamente

sanadas

e promovo o arquivamento do

... presente inquérito civil.

Como se pôde ver do resumo exposto, toda caca é de responsabilidade única e exclusiva da EMTU. Que é este mostro de sete cabeças que engole os direitos dos usuários de transporte público? Ora! É uma empresa - Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos. Ora!, mais uma vez, presume-se que toda empresa tem por dever estatutário gerar dividendo aos seus acionistas. Sendo uma empresa que gerencia prati- camente todos os assuntos de outras empresas, é lógico inferir que estão todas no mesmo grupo, ou como se diz no popular, na mesma panela? Seria bom aprofundar o tema e descobrir quem foi o maluco que delegou tantos poderes a uma entidade draconiana cuja meta é, e sempre, gerar lucro. Fiscalizações? Quando são e como são feitas é piada, e de muito mau gosto. Porque, sra Promotora Substituta, beira ao escárnio as respostas aos ofícios juntadas ao processo; Porque V.Exa, como substituta, não tem como saber da cruel realidade diuturna dos usuários de ônibus de Salesópolis, pois os problemas aludidos continuam afrontando o bom-senso e a paciência de quantos se utilizam dos ônibus no trajeto Mogi-Salesópolis e vice- versa; mas tem auxiliares para orientá-la; Porque, quando o MP, sendo a última fron- teira das reivindicações populares, manda arquivar um processo tão relevante para a po- pulação, saltam as perguntas que não querem calar:

“A quem mais recorrer?” “Estará tudo perdido?” “Restará tudo dominado?”

(Os grifos são meus)

Nelson dos Santos

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2 Cadê a bufunfa? RADAR O rei continua

Os representados pela UDSMEP - Unidos para o Desenvolvimento Sustentável dos Moradores do Entorno do Paraitinga - querem saber onde o prefeito usou os R$ 108.000 que o Estado enviou para obras de benefícios daqueles moradores. Acham que a verba foi desviada para outros bairros.

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2 Cadê a bufunfa? RADAR O rei continua

Ei, você aí, que viaja nos ônibus da Júlio Simões! Você sabe quais vereadores andam de braços dados com a empresa. Então, no dia das eleições, dê uma banana pra eles.

Cala-te boca ...

Já que a Júlio Simões não dá conta do recado, ao invés de medidas drásticas contra a concessionária, O MP manda reclamações pra lixeira e a Prefeitura prefere lançar mão de vans meia-boca ...

Rua tem “embigo”?

Embigo não se sabe, mas de umbigo a 15 de Novembro está cheio. Devido ao recapeamento de asfalto feito às pressas naquela importante rua, o nível do asfalto ficou mais elevado que os inúmeros PVs da Sabesp. O resultado é que muitas suspensões de veículos e motos poderão ser dani- ficadas e ocorrer desequilíbrio de cargas. Por isso, motorista, é bom evitar o umbigo do Rafael ...

Geladinha e peruas

Para o encontro em gabi- nete entre o prefeito e o dono da coope- rativa de vans não foi convi- dado ne- nhum ve- reador. Contudo, lá apareceram os edis Vanderlon e Jair Venâncio. Foram ignorados pelo alcaide. Geladeira total dispensada à dupla. E tratava-se do Presi- dente da Câmara! A nós, Jair disse que grosseria é comum no prefeito Rafael e que o assunto com as peruas não passa de ôba-ôba eleitoreiro, pois enrolou quatro anos o povo sofrendo com a Júlio Simões.

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2 Cadê a bufunfa? RADAR O rei continua

Jacaré ou cuca?

Os militantes do candidato Roberto Pereira da Silva aparecem nas ruas vestindo fantasia verde de Jacaré. Acontece que a criançada anda perdendo o sono, assustada com o bicho focinhudo ...

Muito sortudo

Um governante para ser bem-sucedido na sua gestão precisa mais do que de um Legislativo dócil. É-lhe essen- cial a sorte. Acho que a frase pinta o retrato ou cinze o busto do prefeito Rafael da Silva. A sorte o tem protegido a valer. Na profissão, o título de engenheiro civil, longe de firmá- lo em obras, abriu-lhe as portas de cargos de mando no DAEE e, daí, por falta do que mais fazer de útil, tentou a política e virou prefeito de Salesópolis onde teve apoio fácil dos vereadores. A sorte o tem favorecido; se vai continuar ajudando sabe- remos na tarde do dia 5 de

Bolsa-voto

Principal programa social do país, o Bolsa Família tem sido utilizado nesta campanha municipal como uma nova modalidade de cabresto eleitoral.Candidatos a prefeito e a vereador usam o programa federal, controlada pelos municípios, para agradar ao eleitor, oferecendo-lhe um cartão de beneficiário em troca do voto, ou para ameaçá-lo, condicionando sua permanência no programa à vitória de um dado político.As eleições deste ano são, na prática, a primeira grande experiência municipal do uso do Bolsa Família para arregimentar votos. E não? ...

Atentado contra a Maçonaria

O prédio de uma Loja Maçônica na cidade boliviana de Tarija foi praticamente destruído pela explosão de uma bomba plástica de alta potência. O artefato foi colocado cuidadosamente para produzir danos interiores, no estilo praticado pelo grupo terrorista irlandês IRA.

O curioso é que na Bolívia o partido oficial MAS, de Evo Moralles, sustenta um acordo político com a Loja Maçônica Tradição Andina Universal (TAU).

Ô, redator ...

acorda! Estamos em Salé, não na Bolívia!

Radar, de trás para frente também é radar

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2 Cadê a bufunfa? RADAR O rei continua

Palindromo é a figura de lingüística do Português, em que as palavra podem ser lidas no sentido contrário (da direita para a esquerda) e ter o mesmo ou outro significado. Exemplos:

anilina, arara, sós, matam, solos, radar ... Aliás, (aliás é palíndromo = sai lá), radar me lembrou do

velho caça-níqueis da Avenida Adhemar Bolina. Aquele que se prometeu tirar e até agora está lá, como uma arapuca arrecadadora, escondido entre os arbustos para flagrar incautos turistas que passam por ali e depois não querem voltar mais,dizendo “Visitei Salesópolis e ganhei uma multa!”

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2 Cadê a bufunfa? RADAR O rei continua
Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2 Cadê a bufunfa? RADAR O rei continua

Se quebrar vai ter ...

A empreiteira que vem quebrando as cal- çadas da Victor Wuo

tiveram de parar em frente ao nº 255 . Ali existe uma loja cujo prédio o proprietário deu acabamento há pouquíssimo tempo. A calçada está um brinco e, para quebrar o que está feito, só se for para melhor. Principalmente quando existem lugares que nem calçada têm. Como canta a musiquinha: “Seô prefeito, me des- curpe mas ãs- sim não

dá ” ...

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 2 Cadê a bufunfa? RADAR O rei continua

outubro.

A Notícia

Fundado em fevereiro de 1997

Av. Victor Wuo, 1050, Bº dos Mirandas - Cep: 08970-000 - Salesópolis, SP

Tel: (11) 4696-1832 - Skype: nelson.a.noticia E-mail: salejornal@ibest.com.br Editor responsável: Nelson dos Santos, RG. 10.608.568 Impressão: Gazeta de São Paulo - Tel. (11) 6954-6218/6994

Os artigos assinados são da responsabilidade dos subscritores, e podem não refletir a opinião d’A Notícia.

O anunciante responde pelo veiculado na respectiva peça publicitária

As fotos sem citação de crédito são do acervo do Jornal.

A reprodução é livre desde que citada a fonte

Nº 15.555

Nº 15.555

SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA ESSE É DE CONFIANÇA

Novamente, estou concorrendo nas próximas eleições municipais ao cargo de VEREADOR, portanto, preciso do seu apoio e do seu voto para continuar trabalhando por você. Minha vida pública sempre foi pautada no trabalho sério e em favor dos mais necessitados, e é isso que pretendo continuar oferecendo aos salesopolenses. Continuarei lutando pelo social, especialmente, pelo fornecimento de medicamentos de uso continuado aos aposentados que ganham

um salário mínimo mensal, cuja lei vigente é de minha autoria e obriga a Prefeitura a fornecê-los gratuitamente aos necessitados. Buscarei mais investimentos na área da saúde, em especial à Santa Casa, para que todos possam ser atendidos com dignidade, fiscalizando o gerenciamento dos recursos a ela destinados para que sejam bem aplicados como sempre foi, com honestidade. Continuarei lutando junto ao Poder Executivo para que o aposentado, que recebe até um salário mínimo mensal, seja isento do pagamento do IPTU. Continuarei também defendendo o povo e lutando pela extinção da tarifa de iluminação pública cobrada dos moradores da zona rural, por considerá-la injusta visto que a população rural não dispõe desse benefício. Sempre defendi e continuarei defendendo os servidores públicos, lutando por um plano de carreira digno e justo e tudo o que for de melhor aos servidores municipais. Continuarei a defender tudo o que for de bom e melhor aos nossos jovens, me empenhando sempre mais pela melhoria da área de esporte, lazer, segurança e educação. Lutarei pela criação de mais creches em nosso município, onde as mães possam deixar seus filhos para trabalhar com segurança e tranqüilidade.

Enfim, amigo(a) eleitor(a), espero continuar defendendo seus direitos, sendo seus olhos e sua voz no Legislativo Salesopolense, assim como sempre fiz.

CONTO COM VOCÊ!

“O coração do Homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor.” (Provérbio 16 - Versículo 1)

(a)SÉRGIO DOS SANTOS (Serginho da Aurora)

Coligação PMDB/PSB

CNPJ 09.990.901/0001-42

PREZADO ELEITOR

PREZADO ELEITOR É com grande satisfação que me dirijo a você, que recebeu sua aposentadoria rural,

É com grande satisfação que me dirijo a você, que recebeu sua aposentadoria rural, ou aquele que ainda não a recebeu. Pois no inicio fui desacreditado por muitas pessoas, que alegavam que eu não conseguiria tal beneficio devido a minha falta de conhecimento no assunto. Com isso, hoje posso me orgulhar pelas muitas pessoas já beneficiadas pela aposentadoria rural, e outras centenas que estão aguardando sua liberação, pois já estão encaminhadas. Peço licença a você e sua família para humildemente direcionar estas pequenas palavras, pois na realidade fizemos uma parceria onde você acreditou; por isso hoje goza de recursos que sempre foram seus. Amigo, toda a correria que tivemos para alcançar seu benefício foi para

melhorar sua qualidade de vida - não apenas a sua, mas de toda a sua família. Gostaria de lembrar que além de aposentadorias, estive à frente da Diretoria de Esportes, onde com total apoio do Secretário Prof. Padilha, realizamos os seguintes Projetos:

  • - Campeonatos de Férias - Projeto Verão Legal - Projeto Futebol NOTA 10

  • - Prova PACATO de Enduro FIM - Provas de MTB - Futebol na Zona Rural

  • - JOIS - Jogos Intermunicipais a/b 20 - JORI - Jogos Regionais do idoso

  • - Campeonatos de Futsal Feminino -

Corrida de São José - Entre Outros ...

Por isso, conto com seu VOTO, quero continuar apoiando e realizando ações em prol da comunidade, pois sempre estive à frente dessas ações, no que levo a preocupação de sempre estar melhorando a qualidade de vida das pessoas. Destaco o apoio do Candidato a Prefeito Rafael, que, com sua conduta ética, proporcionou ferramentas para a realização dos Projetos acima destacados. Portanto, peço seu voto ao Prefeito Rafael que vem acompanhado de um

excelente companheiro, que vocês conhecem

...

o

NEGO.

Amigo, sei que entendeu meu pedido e desde já agradeço sua confiança e seu VOTO para que possa continuar a trabalhar em prol de nosso município, pois sou Gente da Terra, e sei como é dura a vida no campo, e como Vereador vou trabalhar por melhorias neste setor, e quero do

fundo do meu coração melhorar sua situação.

PENSE E VOTE!!!

Cnpj:10.070.706/0001-83

Nº 15.555 SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA ESSE É DE CONFIANÇA Novamente, estou concorrendo nas próximas eleições
Cnpj:09.938.431/0001-78

Cnpj:09.938.431/0001-78

A Notícia

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 3

CPF:651.087.108-44 Lourenço de Oliveira, candidato a prefeito na eleição 2004, com Elizeu para vice, apóia nesta

CPF:651.087.108-44

Lourenço de Oliveira, candidato a prefeito na eleição 2004, com Elizeu para vice, apóia nesta eleição para vereador: ELIZEU da jardinagem,

Nº 13.640 (PT)

Cnpj:10.065.745/0001-92

Por que do apoio:

Por que do apoio:

Primeiro, porque foi meu companheiro de chapa na eleição anterior, e só não estamos juntos nesta novamente porque estou na África participando da reconstrução de Angola, um País devastado por uma guerra civil que durou quase três décadas; Segundo, porque foi candidato a vice-prefeito por mérito e carisma. É formado no Ensino Médio e em condições, portanto, de ler, interpretar leis e administrá-las. Acompanha a política local há muitos anos, conhece os caminhos da administração municipal e as necessidades do povo - principalmente dos mais humildes. E seu carisma vem naturalmente daí: pelo apoio irrestrito e incondicional que sempre doou a essa parcela menos favorecida da sociedade; Terceiro, Elizeu é uma pessoa humilde, mas com capacidade de assumir papéis de responsabilidade, os quais o faz naturalmente, sem alarde nem propaganda política. É responsável pelo Asilo Vicentino e o administra com empenho, desenvoltura e honestidade.

Sua vida é um livro aberto e todos que o conhecem sabem ser um homem de fé inabalável, conduta impecável e postura discreta e sincera. É de alguém assim que precisamos na nossa Câmara Municipal. Para acompanhar de perto

o que se passa no Legislativo e no Executivo. Para defender oficialmente as necessidades do povo humilde como ninguém jamais fez antes. Para fazer valer, antes de tudo, o direito de todos. Se queremos o coração e a razão do povo salesopolense na Câmara municipal, este é o

momento: nosso voto vai fazer a diferença! Estaremos e seremos bem e dignamente

representados! Agradecidos pelo apoio na eleição de 2004 , contamos com seu voto de confiança também nesta de 2008. Para o bem de todos! Para prefeito estou neutro, que vença a melhor campanha. E que o eleito atenda às

expectativas de seus eleitores e os anseios da comunidade.

(a)Lourenço de Oliveira

Cnpj:10.038.391/0001-97
Cnpj:10.038.391/0001-97
Nº 15.555 SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA ESSE É DE CONFIANÇA Novamente, estou concorrendo nas próximas eleições
Cnpj:10.040.516/0001-13
Cnpj:10.040.516/0001-13
P/VEREADOR BOY DA PADARIA 45645 CNPJ:09.838.380/0001-02
P/VEREADOR
BOY DA PADARIA
45645
CNPJ:09.838.380/0001-02

“O maior compromisso que assumo com Salesópolis é continuar trabalhando de maneira transparente, ho- nesta e fiel aos princípios éticos e morais, na defesa dos interesses públicos, lutando sempre pela qua- lidade de vida de nosso povo e de nosso município.”

P/VEREADOR BOY DA PADARIA 45645 CNPJ:09.838.380/0001-02 “O maior compromisso que assumo com Salesópolis é continuar trabalhando
Nº 15.555 SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA ESSE É DE CONFIANÇA Novamente, estou concorrendo nas próximas eleições

canteiro de obras na

A Notícia Nº 114 * 23309/08 * Salesópolis * 4

Ruas da cidade recebem cobertura asfáltica

Rua 15 de Novembro D epois de concluídas as obras de revitalização
Rua 15 de Novembro
D
epois de concluídas as
obras de revitalização

das calçadas, chegou a vez de pavimentar as ruas respectivas. Os moradores são pegos de

Rua N.Sra de Fátima

Rua José Cursino dos Santos surpresa com os serviços das empreiteiras. Ficam até espan- tados. As
Rua
José
Cursino
dos Santos
surpresa com os serviços das
empreiteiras. Ficam até espan-
tados. As máquinas chegam,
começam a funcionar, os
operários se agitam e, em
poucas horas, o tapete negro é
uma realidade.
Para mais alguns dias
também ficarão pronto as
Rua
Pedro Rodrigues
de Camargo
Trecho da Alf. José Luiz de Carvalho
canteiro de obras na Nº 114 * 23309/08 * Salesópolis * 4 Ruas da cidade recebem

melhorias na Av. Victor Wuo, com a construção de mureta protetora e novas calçadas. Somando-se à dinâmica do cronograma de obras, seguem os trabalhos na antiga rodo- viária e no Jd. São Vicente, com a construção de uma rotatória e fonte luminosa.

Av. Victor Wuo

antiga rodoviária
antiga rodoviária

Vans pretendem desafogar superlotação da Júlio Simões

Rafael da Silva e Luiz Carlos Amorim
Rafael da Silva
e Luiz Carlos
Amorim
  • I mplantou-se, no dia 22 de setembro último, o serviço emergencial de

transporte coletivo para atender aos usuários que viajam a Mogi das Cruzes. Quatro veículos tipo van trabalharão pelo sistema de Reserva Técnica Operacional (RTO), que tem o aval da EMTU; farão o mesmo itinerário da empresa Julio Simões, trans- portando, cada um, 20 passageiros sentados e mais seis em pé, sendo a tarifa igual à cobrada pela Júlio Simões, aceitando-se também o cartão BOM. A grade horária das vans deverá ser intercalada entre os horários normais da atual concessionária. O serviço será gerenciado pela CooperGuaru, Cooperativa dos Transportadores Intermunicipais, com sede em Guarulhos. O grupo é presidido por Luiz Carlos Amorim. Luiz Carlos falou que a reivindicação desse serviço é antiga, e vem sendo ajustado há mais de um ano, denotando a real preocupação do prefeito Benedito Rafael da Silva com a situação da superlotação e demora no atendimento aos passageiros da Júlio Simões. Esse transporte já está em operação nas cidades de Guarulhos, Osasco, Cotia e Itaquaquecetuba. No município de Biritiba Mirim, o RTO foi implantado há cerca de 20

dias. “O objetivo é justamente não deixar as pessoas esperando por muito tempo pelos ônibus”, explicou Amorim. Durante a reunião com o prefeito, Amorim ressaltou que entrará em contato com a EMTU, para que o Sistema Fácil, que transporta os passageiros com necessidades especiais, como os cadeirantes, seja instalado na cidade ainda neste ano. Quando implantado, basta os usuários ligarem a um telefone cujo número será divulgado, para que possam ser beneficiados. A líder comunitária Myrian Barroso, 72 anos, foi uma das incentivadoras para que o serviço pudesse ser implantado em Salesópolis. Também contou com a união de Ivone Jorge Zanellato, de 58 anos.

canteiro de obras na Nº 114 * 23309/08 * Salesópolis * 4 Ruas da cidade recebem

Trio de atletas irá treinar no Desportivo Brasil

O ex-jogador de renomados clubes como o São Paulo, Santos e da Seleção Brasileira, Edvaldo Oliveira Chaves, mais conhecido como Pita, esteve na primeira quinzena de setembro em nossa cidade e selecionou três atletas de Salesópolis para treinar futebol

de campo em São Paulo, no Desportivo Brasil, que é o Clube da Traffic, com representatividade internacional. A informação é do coordenador do Instituto Brasileiro de Futebol (Bfut), professor de educação física e ex-preparador físico do Traffic, Marcelo Sneig. Da Região do Alto Tietê também foi selecionado um atleta de Biritiba Mirim e, do exterior, um nigeriano. Participaram desta peneira, realizada nos dias 12 e 13 de setembro, dez atletas nigerianos, chegados em território salesopolense na noite do dia 11, onde ficaram hospedados na Barragem de Ponte Nova. Pita descobriu os craques Kaká, Júlio Baptista, Fábio Simplício entre outros, e agora encaminhará os garotos do Alto Tietê para serem treinados com profissionais capacitados e poderem mostrar tudo que sabem com a bola nos pés. A Administração Pública de Salesópolis apóia iniciativas que envolvam a melhoria da qualidade de vida, associadas à prática esportiva. De acordo com o secretário de Esporte e Lazer, o professor José Luiz Padilha Aguilar, esse é fruto do trabalho de três anos e meio. “Nossa intenção é fomentar este setor no município e fazer com que o esporte de competitividade possa evoluir”, explicou, contente com a seleção de três atletas que nasceram na Estância Turística. Um deles, o Rafael Campos, já está a caminho de São Paulo, para treinar no Desportivo. Padilha também ressaltou que a Prefeitura Municipal conseguiu trazer o BFut para a cidade e os bons frutos começam a ser colhidos.

A Notícia Nº 114 * 21/09/08 * Salesópolis * 5

É necessário construir mais e não destruir o que já existe; nossos empregos não podem acabar apenas por questões pessoais e eleitoreiras

rural, religioso, cultural, etc, porque o que existe hoje é apenas o turismo pedagógico com crianças que têm interesse em estudar a nascente do Tietê e visitar a Usina da Light. Outrossim, é bom que fique bem claro que as pessoas têm o constitucional direito de ir e vir, e que todos, com seus carros, motos, bicicletas, helicópteros, balões, etc, podem visitar Salesópolis, ir onde aprouver, fazer refeição, lanches e comprar onde quiserem. SÓ RECOLHEM O VOUCHER E SEGUEM TRAJETOS DEFINIDOS AS VISITAS ORGANIZADAS; aquelas excursões coletivas e de caráter educacional agendadas com agências. Queremos mais campos de trabalho; precisamos de idéias e projetos sérios e não eleitoreiros. Chega de pirraças de cérebros infantilizados! Nós, que não somos candidatos a cargos políticos, queremos o desenvolvimento de Salesópolis e a manutenção do voucher para garantir nossos empregos.

(a)AGUIATURS- Associação dos Guias de Turismo de Salesópolis

Nº 114 * 21/09/08 * Salesópolis * 5 É necessário construir mais e não destruir

18/9 - Alunos de 7 ônibus trazidos pela Agência Caipora almoçam no Restaurante Sezala. Todos monitorados por Guias e Monitores de Salesópolis

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE O VOUCHER

S em saber o que é nem o que representa, alguns candidatos insistem na tecla de acabar com o Passaporte Ambiental, mais conhecido por voucher.

Como Salesópolis está em área de proteção de mananciais e não pode ter indústrias, emprego é muito difícil; assim o turismo surgiu como fonte de renda para os jovens que trabalham como monitores e guias. Salesópolis possui três agências legalizadas, portanto, não existindo monopólio. Essa agências são: Tietê Turismo & Aventura, cujo proprietário é o Sr. José Roberto, Diretor de Turismo da Prefeitura; Caipora Turismo, sendo dono o Sr. Paulo, Diretor do Abrigo de Menores da Prefeitura; e a Ecotur - Turismo Pedagógico, sendo proprietária Ana Lúcia Wuo (única que não é funcionária da Prefeitura), que criou o turismo pedagógico e está há mais de 15 anos no ramo. Só que nem sempre foi assim. No passado, as agências de fora vinham e não contratavam mão de obra local, usavam da nossa cidade e iam embora só deixando seu lixo; por isso foi criado o voucher - passaporte ambiental - nos moldes do município de Bonito-MT e em outras cidades que querem explorar um turismo que traga benefícios aos seus moradores. Ele foi estudado por muito tempo pela Prefeitura, Câmara, COMTUR e técnicos do SEBRAE e só depois foi aprovado pelos vereadores, sendo criado através da Lei 1.369/2003, quando era Prefeito o Quico e Vice o Rafael, atual Prefeito. O voucher é um sistema de agendamento dos ônibus de excursão que visitam os principais pontos turísticos de Salesópolis - Parque da Nascente e a Barragem de Ponte Nova, mantidos pela ADAEE (Associação dos funcionários do DAEE), e Usina Parque pertencente a uma Fundação. Nenhuma dessas entidades recolhe qualquer imposto para o Município. O voucher garante a contratação de guias e monitores, mão de obra local, e gera recursos para o FUNTUR - FundoMunicipal de Turismo (10% vai para ele), gerenciado pelo COMTUR que só pode aplicá-lo em projetos de interesse turístico. Exemplo: o Projeto Cambuci & Frutas Nativas foi totalmente financiado pelo FUNTUR; o marketing de Salesópolis é pago pelo FUNTUR; para incentivar a capacitação de mão de obra, 50% do curso de Guia de Turismo é subsidiados pelo FUNTUR, tudo com recursos

provenientes dos grupos de excursões pedagógicas que visitam o Município. Salesópolis não perde nada, quem paga é o turista que assim é bem recebido, gerando emprego e renda que é gasta aqui mesmo ou para o nosso benefício, sem gastar dinheiro público. Em 2007 a Prefeitura utilizou cerca de R$ 13.000,00 do Funtur para receber a ministra Marta Suplicy e pagar o show das Irmãs Galvão sem autorização do COMTUR, o que é crime; por isso teve que repor adquirindo os prêmios do Festival Gastronômico do Cambuci, os quais foram entregues às associações participantes, para incentivar a produção de frutas e seu processamento, gerando empregos e renda na zona rural. Quem critica o voucher não sabe da realidade, nem que ele foi criado depois de aprovado pelo Fórum Municipal de Turismo, portanto, foi o povo que decidiu sua criação. Não pode um político, sem conhecimento nenhum, querer tirá-lo só porque tem uma picuinha, por coincidência, com a irmã de um candidato adversário. Uma questão pessoal e eleitoreira não pode tirar o emprego de vários jovens. Não há outra forma de gerar empregos para os jovens se não for através das agências locais que têm interesse em Salesópolis e aqui investem o que ganham, e da manutenção do voucher, meio legal de garantir os empregos. A Prefeitura precisa investir mais na infra-estrutura para aumentar o fluxo turístico, como: estradas (pois empresas de ônibus se negam a fazer viagem para nossa Cidade por causa da condição das estradas rurais); mercadão aberto para produtos locais (reformado várias vezes e até hoje fechado), melhorar e aumentar o número de atrativos turísticos, porque o que se tem é pouco e sem melhorias, e muito mais. Já ocorreram acidentes na estrada da Nascente entre ônibus repleto de crianças com caminhão, resultando em processo no fórum local - caso houvesse morte, a responsabilidade viria sobre as agências e guias locais, e isso repercute muito mal para Salesópolis. O mercado de turismo em Salesópolis sempre esteve aberto para novas iniciativas e novos segmentos turísticos, basta haver interesse político e coragem em investir. Estamos abertos para darmos sugestões e participarmos na criação de novos segmentos de turismo: esportivo, ecológico,

Jair Venâncio consegue verba para asfaltos no Fartura e Estrada da Barra

Ver. Jair
Ver. Jair

A Caixa Econômica Federal comunicou, via ofício nº 514, datado de 07/8/2008, a liberação de R$ 98.200,00 para asfalto da Rua São Sebastião, no Bairro do Fartura. O recurso fora pleiteado pelo vereador Jair dos Santos (Jair Venâncio) junto ao deputado federal Ricardo Izar, recém falecido. A Prefeitura terá de entrar com a contrapartida de 3.770 reais e tem o prazo até início de agosto de 2009 para executar o empreendimento. A CEF informou também (Of. 515/08) a liberação de verba para pavimentação de diversas ruas da cidade, sendo

que incluso no montante do repasse estão R$ 100 mil do Orçamento da União, intermediados para Salesópolis pelo deputado Izar e que se destinam à pavimentação do trecho inicial da Estrada da Barra.

Associações de Bairros: todos querem ser o pai

O s prefeituráveis resolveram buscar o grande tesouro nesta eleição: o trabalho

das associações de bairro no desenvolvimento das políticas municipais. Muitos prometem trabalhar em parceria, outros repassar dinheiro, construir sedes e mais todos os tipos de promessas eleitoreiras. Mas cabem algumas perguntas:

1) Dos grupos políticos que estão aí, qual o que já trabalhou para a formação das atuais as- sociações? 2) Dos que já foram prefeitos, em seu governo quais auxiliaram na formação dessas associações? 3) Quem é o pai ou a mãe da criança? Pois é, aí a coisa muda de figura. A resposta é simples: apenas quem tem uma

formação política de trabalho comunitário tem essa filosofia e implantou essa idéia, tornando-a realidade fora dos discursos e do papel. O sucesso se viu no Festival Gastronômico do Cambuci & Frutas Nativas. Daí, para finalizar, se pergunta: Quem fez um trabalho social para a formação da maioria das associações ativas hoje? Muito a contragosto de alguns candidatos, a resposta é: a Ana Bolinha e seu marido Éden Wuo; para comprovar basta ver quem elaborou os estatutos, quem os assinou como advogado, quem colaborou nas assembléias, atas e registros ... Essa parte da história, as promessas de campanha e ataques pessoais não vão poder mudar.

Jacaré prova que faz!

Cnpj-Colig:10.150.446/0001-56

Cnpj-Colig:10.150.446/0001-56

Roberto Pereira da Silva, o Jacaré, foi prefeito de Biritiba Mirim por dois mandatos consecutivos. A cidade conquistou infinidade de melhorias e mudou de cara para melhor. Melhor na saúde, educação, promoção social, geração de emprego e renda, urbanização e obras nos bairros, saneamento, esporte e lazer e até conseguiu o que muitos achavam impossível: a liberação do processo para construção do novo cemitério de Biritiba. Agora Jacaré é candidato a prefeito de Salesópolis. Em seu Plano de Governo, simples mas funcional, ele contempla mudanças para melhorar a qualidade de vida da população e a continuação do que já está funcionando de acordo. Os adversários andam espalhando inverdades dizendo que Jacaré irá cortar o que vem trazendo benefício para o povo. Mentira! O que funciona bem não deverá ser mudado.Aliás, tudo que Jacaré faz em sua administração, ele tem o costume de ouvir sugestões da comunidade. A voz do povo é que ajuda Jacaré a governar. Jacaré tem visitado, dia a dia, os munícipes de Salesópolis e sabe onde estão as falhas que atrapalham o bem-estar da população, tanto urbana quanto rural.

Diferentemente de prefeitos que deixam para a última hora o carinho com as ruas e estradas, Jacaré já no dia seguinte de seu mandato prioriza a questão de obras e manutenções. Jacaré não deixa a peteca cair! Olhe ao seu redor. Salesópolis está a pedir socorro. Há 16 anos que a cidade desconhece o progresso. Os jovens não têm emprego. A Educação pode ser melhorada. Muito se tem a fazer na Saúde ...

Em 5 de outubro, vote em Jacaré para Prefeito. Digite 14 e aperte a tecla Confirma.

Uma decisão da qual você não terá de se arrepender ...

A Notícia Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis *6

 

...

,

Rubens Lopes

da Silva

Pra não dizer que não falei ou crônica da olimpíada doida

o Lula; S.Exa ficou pasmado e pediu para eu

 

Q uando

que os Jogos

ficaram sabendo

entrar em contato com a Marta Suplicy - como

sexóloga ela poderia me explicar o que estava

Olímpicos futuros iriam se realizar em salesópolis e Biritiba, os nativos ficaram na expec- tativa de

Olímpicos futuros iriam se realizar em salesópolis e Biritiba, os nativos ficaram na expec- tativa de receber a comunicação de Sua Excelência o Presidente Lula da Silva, a fim de providenciar todo o aparato necessário como a construção da Vila Olímpica, como a reforma dos campos de futebol e atletismo se preciso ou construção de outros, se necessário. Como estava meio desocupado, as

 

autoridades me pediram para ir até a China, no território asiático, verificar “in loco” o que deveria ser feito em Salé-Biri para ficar à altura do evento. Abasteci a minha Brasília Bege Manhosa e saímos com destino a Pequim. Lógico que cheguei na frente da comitiva brasileira; aproveitei para dar uma chegada ao Tibet e ver se conseguia acabar com a pendenga entre os monges e o mandatário chinês. Depois de ouvir e anotar as reivindicações dos monges e dar uns conselhos aos mesmos, fui até a Muralha da China (uma das sétimas maravilhas do mundo) fazer turismo, haja vista que eu estava com tempo suficiente, dinheiro do mensalão e verba do cartão corporativo para gastar a vontade. Já na Muralha, minha companheira automotora beje, e mais que nunca manhosa, começou reclamar dos pneus, dizendo que estavam carecas igual a cabeça do patrono da Constituição Brasileira em vigor, o prestigiado Ulisses. Ela estava descontente comigo porque não passamos na Disney para cumprimentar o primo Herbie, aquele fusca falante. Por isso, começando a tossir pelo carburador, me fez descer e seguir a pé, enquanto ela ia volitando por um tempo. Há de se fazer aqui um parêntese: A Brasília Beje Manhosa fizera, num passado próximo, um curso rápido de voar no aeroclube biritibano. Estava, pois habilitada para a façanha. Seguíamos, eu caminhando e a marôta gozando com a minha cara por eu estar com os dedões dos pés de fora, machucado nas pedras soltas, rezando para encontrar um frade franciscano pra me emprestar uma sandália. Com o saco cheio voltei a Pequim a fim de encontrar a delegação brasileira e dar-lhe alguma orientação da arte do futebol e demais esportes, pois até o Pelé andava atrasado. No futebol, notei que tinha caroço no angu:

encontrei no shoping center de Pequim todo o bando desfilando de minissaia, abanando com leques; me assustei. Imediatamente liguei para

acontecendo. Marta, mais que depressa, consultou os pais-de-santo, mas no momento caiu o sistema da internet chinesa (dizem que foi censura), e então ela falou pra eu deitar e relaxar. Caí no sono, quando dei por mim soube que ela fôra ao comício na candidatura de prefeita em São Paulo. Então pensei: caso a seleção caia a jogar com os “ermanos” argentinos, estamos perdidos: vai ser goleada ... Aí recordei-me da Seleção Salesopolense: No gol Sírio Felix, que defendia pênalti de munheca; béques Aranhiço e Zé Baiano; mais na frente, Deusinho e Netinho, Dito Frango, Mané garrincha, Jaizinho, Zagalo, Pelé e Pepe, mais ou menos assim. No banco de reserva Antenorzinho do táxi, Bisca, Pascoal Pagano, João Mitão e Miguel de nhá Porda, Alexandre Pato e Ronaldinho Gaúcho. Caso fosse essa turma, o Brasil traria uma medalha de ouro, fácil, fácil. Entretanto, aquela seleção vergonhosa que jogou, merecia uma medalha de cocô (com licença da palavra), e de uma surra de vara (eis o motivo por que esconderam a famosa vareta daquela atleta). Taí, rebolaram um tango argentinho no melhor

estilo (

Mi

Buenos Aires querida

),

e deu no

... que deu. A tristeza me fez voltar ao assunto da quirela dos monges tibetanos; decidi falar com o mandatário chinês, que nem quis me ouvir. O ditador mandou trancarem-me num container com mercadorias de contrabando com destino à Galeria Pajé, na capital paulista. Sorte que a Manhosa tinha em seu interior algumas iguarias e, só por isso, a viagem foi menos desconfortável. Quando vi estava no Pátio de Descarga do aeroporto de Guarulhos. Escapamos de fininho e sumimos pro Alto Tietê. No caminho, a minha Brasília Beje Manhosa contou que havia tirado do container alguns óculos de sol falsos para bocós, relógios rolex imitação, pilhas e baterias, faroletes, calcinhas íntimas com aberturas facilitadoras, pomadinha chinesa e até cinto de castidade com chaves sobressalentes. Pensei: vou vender estas tranqueiras na Quinta-Feira-de-Mês de Salesópolis e levanto uma grana ... Resumindo, as autoridades estavam todas me aguardando no Restaurante da Fazenda, ali na Capela Nova. Entreguei-lhes o relatório, fiz elogios às belas mulheres e aos atletas que mereceram, e estendi a mão para apertar a do presidente Lula. Neste exato momento precisei me desviar de uma agressão feita pelo lutador de taekwondo cubano. Senti um tranco e acordei. Tinha caído do tatame, digo, da cama ... Foi tudo um sonho meu.

...

Telefones úteis

Cadastro (Prefeitura): 4696-8384 Câmara Municipal: 4696-1333/1716 Cartório: 4696-1543 Centro de Fisioterapia: 4696-3015 CEP (Centro Ens. Profiss.): 4696-7657 Cetesb-Mogi: 4799-1711 Conselho Tutelar: 4696-3009 Cooperativa de Recicláveis: 4696-3273 Correio: 4696-1138/3020 Emef “Maria de Lourdes”: 4696-1358 Emef “Sônia Fonseca”: 4696-1280 Emef “Mestra Henriqueta”: 4696-1863

Emei “Maria Freire”: 4696-3013 Emei Distr.Remédio: 4696-5010 E.E “Olga Chakur”: 4696-1865 E.E. “Profª Rosa Maria”: 4696-1729

E.E“Elisiário”:4696-5155/5297/5013

Fórum: 4696-1166/1248 Fundo Social: 4696-3014 Jari (Multas de trânsito): 4696-3206 Junta Militar: 4696-1365 Paróquia: 4696-1196/1826 Polícia: Delegacia: 4696-1700 Militar (PM): 4696-0190/1714

Emef “Ernesto Ardachnikoff”: 4696-5160 Posto INSS: 4696-1365

Emei “Maria Ap. Biasoli”: 4696-3010

Posto de Saúde: 4696-1861/3017

Posto de Saúde Distrito: 4696-5145

Prefeitura: 4696-3128/3115 Promotoria de Justiça: 4696-1722 Sabesp: 4696-1727 / (1441-Plantão) ou 195 Santa Casa: 4696-1411/1824 ou 192 Secret. Mun. Educacão: 4696-1312 Secretaria Planejamento: 4696-1718 Secretaria de Saúde: 4696-3017 Serviço de Guincho: 4696-1153 Sessão de Obras: 4696-3008/3011 Táxi (Bradesco): 4696-4021 Táxi (Praça do SM Português):

4696-4028/4010

Manutenção de computadores: 4696-3203

 
 

DES_APOSENTADO

E le chegou à praça com uma marreta. Endireitou a

estaca de uma muda de árvore e firmou batendo com a

marreta. Amarrou a muda na estaca e se afastou como

(Domingos Pellegrini)

pra olhar uma obra de arte. Não resisti a puxar conversa:

 
  • - O senhor é da Prefeitura?

  • - Não, sou da Alice, faz quarenta e dois anos. Minha mulher.

  • - Ah

...

O senhor quem plantou essa muda?

  • - Não, foi a prefeitura. Uma árvore velha caiu, plantaram essa nova de qualquer jeito, mas eu

adubei, botei essa estaca aí. Olha que beleza! Já está toda enfolhada; de tardezinha eu venho regar.

 
  • - Então o senhor gosta de plantas ...

  • - De plantas, de bicho, até de gente eu gosto, filho.

  • - Obrigado pela parte que me cabe ...

Ele sorriu, tirou um tesourão da cinta e começou a podar um arbusto.

  • - O senhor é aposentado?

- O senhor é aposentado?
  • - Não, sou desaposentado. Foi podando e explicando:

  • - Quando me aposentei, já tinha visto muito colega aposentar e murchar, que nem árvore que você

poda e rega com ácido de bateria

Sabia que tem comerciante que rega árvore com ácido de bateria

aí fica com a loja torrando no sol!

...

... pra matar, pra árvore não encobrir a fachada da loja? É

... Picotou os galhos podados, formando um tapete de folhas em redor do arbusto:

  • - É bom pra terra

..

tudo que sai da terra deve voltar pra terra

Mas então, eu já tinha visto muito

... colega aposentar e murchar. Botando bermuda e chinelo e ficando em casa diante da televisão. Ou

indo ao boteco beber cerveja, depois dormindo de tarde. Bundando e engordando. Até que acabaram com derrame ou infarto, de não fazer nada e ainda viver falando de doença.

 

Cortou umas flores, fez um ramalhete:

  • - Pra minha menina. A Alice. Ela é um ano mais velha que eu, mas fica uma menina quando levo

flor. Ela também é desaposentada. Ajuda na escola da nossa neta, ensinando a merendeira a fazer doce com pouco açúcar e salgados com os restos dos legumes que antes eram jogados fora. E ajuda na

creche também, no hospital. Ih

... nem tem tempo de pensar em doença.

A Alice vive ajudando todo mundo, por isso não precisa de ajuda,

 

Amarrou o ramalhete com um ramo de grama, depositou com cuidado sobre um banco.

  • - Pra aguar as mudas eu tenho que trazer o balde com água lá de casa. Fui à Prefeitura pedir para

botarem uma torneira aqui. Disseram que não, senão o povo ia beber água e deixar vazando. Falei pra botarem uma torneira com grade e cadeado que eu cuidaria. Falaram que não. Eu teria que ficar com o cadeado e então ia ser uma torneira pública com controle particular, e não pode. Sorriu, olhando a praça. Aí falei: então posso cuidar da praça, mas não posso cuidar de uma torneira? Perguntaram, veja só, perguntaram se tenho autorização pra cuidar da praça! Nem falei mais nada. Vim embora antes que

me proibissem de cuidar da praça

Ou antes que me fizessem preencher formulários em três vias com

Ta vendo aquele pinheiro

... taxa e firma reconhecida, pra fazer o que faço aqui desde que

fêmea ali? A Alice que plantou. Só tinha o pinheiro macho. Agora o macho vai polinizar a fêmea e ela

vai dar pinhões.

 
 
  • - Eu nem sabia que existe pinheiro macho e pinheiro fêmea.

  • - Eu também não sabia, filho. Ih

aprendi tanta coisa cuidando desta praça! Hoje conheço os

... cantos dos passarinhos, as épocas de floração de cada planta, e vejo a passagem das estações como se fosse um filme!

  • - Mas ela vai demorar pra dar pinhões, hein? - falei, olhando a pinheirinha ainda da nossa altura. Ele respondeu que não tinha pressa.

 
  • - Nossa neta é criança e eu já falei pra ela que é ela quem vai colher os pinhões. Sem a prefeitura

saber

e a Alice falou que, de cada pinha que ela colher, deve plantar pelo menos um pinhão em

... algum lugar. Assim, no fim da vida, ela vai ter plantado um pinheiral espalhado por aí. sem a Prefeitura saber, é claro, senão podem criar um imposto pra quem planta árvores ...

 
  • - É admirável ver alguém com tanta idade e tanta esperança!

Ele riu: - Se é admirável eu não sei, filho, sei que é gostoso. E agora, com licença, que eu preciso

pegar a Alice pra gente caminhar. Vida de desaposentado é assim: o dinheiro é curto, mas o dia pode

ser comprido, se a gente não perder tempo!

Colaboração: João Boani

Olha a passarinha!
Olha
a
passarinha!

MENESTREL

D eus tem um plano político para os fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus

(Iurd) e para os evangélicos que sejam seus aliados: governar o Brasil, segundo as palavras do bispo Edir Macedo, fundador e chefe da Igreja Universal, no livro “Plano de poder”, lançado a duas semanas das eleições. A partir de uma leitura política do Antigo Testamento, Macedo incita os evangélicos à mobilização partidária, seguindo o “projeto de nação” que Deus teria sonhado para os hebreus, que ele chama de cristãos. O livro tem co-autoria de Carlos Oliveira, diretor-presidente do jornal Hoje em Dia, de Minas Gerais. “Tudo é uma questão de engajamento, consenso e mobilização dos evangélicos. Nunca, em nenhum tempo da história do evangelho no Brasil, foi tão oportuno como agora chamá-los de forma incisiva a participar da política nacional”, escreve Macedo, estimando em 40 milhões a comunidade de evangélicos do país: “A

Dr.Epaminondas

Nogueira

Dr.Epaminondas Nogueira ARTIGO A MORTE deve ser requerido dentro do prazo de 30 (trinta) dias sob
ARTIGO
ARTIGO

A MORTE

deve ser requerido dentro do prazo de 30 (trinta) dias sob pena de multa sobre o imposto de transmissão dos bens. Muitas das dívidas do morto são originárias de contratos em que estavam contidos contratos de seguro de vida, isso se chama de pacto adjeto, do que resulta que a seguradora é chamada para quitar o saldo devedor, muito comum em financiamentos longos de imóveis e bens duráveis, como automóveis e os respectivos bens liberados para os favorecidos ou herdeiros, conforme, haja ou não estipulação a respeito. SOCIEDADES - Se o morto tiver sido sócio de empresas, conforme o tipo delas e a participação dele, essas terão que inventariar os bens sociais, em alguns casos ocorrerá até a extinção da própria sociedade. EMPREGADO - Se tiver sido empregado, seus dependentes habilitados à pensão terão direito, independentemente, de inventário aos saldos do FGTS, PIS, PASEP, Restituições de IR, seus haveres trabalhistas etc. E o contrato de trabalho está rescindido não precisa ninguém se preocupar com a “baixa na CTPS”, porque morto não trabalha mesmo. A morte é, portanto, assunto muito sério e importante para os que sobrevivem e envolve muitos aspectos e problemas que deverão ser expostos a advogado e com este deverão ser resolvidos. CUIDADOS - Para exemplificar com um problema muito comum, com a morte as procurações dadas pelo falecido cessam incontinenti. Se você for procurador de algum segurado, fique esperto, não receba os benefícios após o óbito.Recebê-los é apropriação indébita contra o INSS, é crime. Se o defunto fosse procurador de alguém, também, teria cessado a procuração e seria necessário constituir outro; idem se fosse curador, caso em que o juízo deveria ser comunicado e feita por ele a nova nomeação. O fato das pessoas confiarem umas nas outras não as autoriza a usar cartões e senhas sem dar satisfações ao INSS ou ao Juízo, conforme a hipótese. Lembre-se sempre, não se esqueça nunca, o princípio de qualquer ação deve ser a INFORMAÇÃO.

(*) Epaminondas Nogueira é advogado especializado em causas trabalhistas e previdenciárias. Mantém escritório em Mogi das Cruzes

H oje vamos falar da Morte. O Dicionário Prático Ilustrado, de LELLO & IRMÃO -

EDITORES, do Porto, Portugal, define a morte como cessação completa da vida. O Novo Código Civil no seu art. 6º declara: “A EXISTÊNCIA DA PESSOA NATURAL TER- MINA COM A MORTE”. Os antigos romanos, nossos mestres, diziam: “MORS OMNIA SOLVIT”, ou a morte tudo resolve, ou dissolve. Assunto desagradável, mas pela sua natureza importantíssimo, já que a personalidade civil

começa com o nascimento com vida e termina com a morte, ou, a cessação da vida. As pessoas vinculadas com o defunto têm que tomar uma série de providências, relativamente aos seus próprios direitos. ESPÓLIO - Assim é que com a morte todos os bens do falecido passam a constituir o ESPÓLIO e esses bens não são apenas casa, terreno, carro. São, também, os direitos que ele tinha a receber e, inclusive, as obrigações que tinha a cumprir. Mudado o titular dos ditos bens que deixa de ser o defunto e passa a ser o espólio, os parentes sobrevivos, herdeiros ou não, não podem dispor das coisas. O espólio é, portanto, o acervo hereditário deixado pelo morto. Muitos direitos da mulher e dos filhos do falecido, ou de pessoas indicadas por ele tem o seu surgimento com o fato da sua morte. INSS - A Pensão por Morte é devida a partir do óbito se requerida até o trigésimo dia da sua ocorrência. Se após só é paga a partir do requerimento. Isso é um abuso de direito porque a lei obriga o Cartório de Registro Civil a notificar o INSS do óbito e quanto aos filhos menores é uma aberração já que não têm responsabilidade e nem culpa pela demora. E a demora não prejudica em nada o INSS devedor da pensão. Ao contrário, se o benefício não for requerido dentro de 05 (cinco) anos as prestações começam a prescrever. Além disso, o INSS não pagaria nada de juros porque a demora, no caso, seria do credor. Portanto, a lei foi feita desta forma para espoliar os beneficiários.

SEGURO DE VIDA OU PREVIDÊNCIA

COMPLEMENTAR - Se o falecido tinha seguro de vida ou previdência complementar os favorecidos, que não precisam ser seus parentes, necessariamente, passam a ter direito às indenizações, nos termos das apólices e dos contratos. E têm que ser rápidos porque os seguros prescrevem, ou caducam, em um ano e são pagos, diretamente, sem entrar em inventário.

INVENTÁRIO - O inventário, por sua vez,

Edir Macedo diz em livro como pretende tomar o poder e chama hebreus do Velho Testamento de “cristãos”

potencialidade numérica dos evangélicos como eleitores pode decidir qualquer pleito eletivo, tanto no Legislativo quanto no Executivo, em qualquer escalão: o municipal, o estadual e o federal” (Por Tatiana Farah, no jornal O Globo). Comentário de Reinaldo Azevedo (ver site www.reinaldoazevedo.com.br):

“Este senhor poderia estar dizendo a maluquice que lhe desse na telha, não tivesse ele emissoras de TV que são concessões públicas, conquistadas em razão de sua proximidade com o poder, qualquer que seja o poder. O partido que ele inventou tem, formalmente ao menos, o vice- presidente da República. Macedo é um espanto. Quando a Bíblia que ele diz seguir ao pé da letra não justifica a sua tese, então ele a reescreve ao seu alvedrio. Inventou, em livro anterior, que o Eclesiastes autoriza o aborto. É mentira! No de agora, segundo a reportagem, chama os judeus do Velho

Testamento de “cristãos”, o que é uma revolução e tanto. Teria, então, o judaísmo sido extinto sem que ninguém fosse nem mesmo alertado? A rigor, parece, nunca existiu. A Lei Mosaica, para o autoproclamado “bispo”, tudo indica, já era cristã. Sempre pensei, ingênuo, que o cristianismo é que guardava a influência da Lei Mosaica. Não, eu não tenho qualquer receio dos delírios de poder de Edir Macedo. A tunda que seu candidato, o tal “bispo” senador Crivella, levará no Rio, mesmo contando com o apoio do presidente da República e do vice, de- monstra que as coisas não são assim tão simples. Meu ponto é outro:

como foi que o Brasil pariu tal gente?”

Dr.Epaminondas Nogueira ARTIGO A MORTE deve ser requerido dentro do prazo de 30 (trinta) dias sob

Pastores e Lobos

Ciro do Valle

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 7

A Notícia

U m homem e seu cajado. Essa é a figura

de suas chagas, que lhes proporcionem alimentos de boa

tradicional do pastor, cuja responsabilidade é zelar pelo seu rebanho. Sua missão é cuidar pela integridade do grupo; salvá-lo dos ataques dos predadores, socorrer as fêmeas nos partos, sanar os feridos, levá-lo ao córrego para saciar a sede, garantir-lhe, enfim, segurança em pastagens abundantes. Mas, para isso, constrói-se cerca de arame farpados para impedir a fuga dos seus protegidos. Vivem presos:

pastores e carneiros em seu aprisco e obrigados a conviver uns com os outros.

qualidade. No entanto, para o cargo de dirigente, deve-se ter sobriedade, ser respeitado por sua conduta, ter bom diálogo e índole incontestável. Deve conhecer as necessidades de seus conduzidos e, juntos, buscarem o bem comum. A realidade, entretanto, mostra-se contraditória. O rebanho humano há muito vive disperso. Isso o tornou precon- ceituoso, marginalizado, ga- nancioso. Por serem mal administrados, os humanos se apegam aos subornos. Ignoram o óbvio e se proclamam auto- suficientes. Na verdade, comem

lã e as crias. Os líderes humanos, com as omissões evi- dentes, permitem que os apriscos

lã e as crias. Os líderes humanos, com as omissões evi- dentes, permitem que os apriscos duelem entre si, criem facções ideoló- gicas, chantagens e latrocínios. Dos que sobrevivem, sangram- lhes os bolsos com pro- pinas, impostos e taxas exorbitantes. Ne-gam- lhes a cultura e os

Tal qual uma manada, os

na mão de falsos condutores e

homens também são obrigados a se inclinarem perante líderes, que se dizem zelosos pela sua felicidade. As necessidades são parecidas. Humanos dependem de espaços, liberdades, apren- dizados; de alguém que cuide

rezam para que amanhã seja um novo dia ... O pastoreiro, se a ovelha é arredia, amarra-lhe as pernas, fere no focinho, mete-lhe canga para que não fuja. Quanto às pacíficas, rouba-lhes o leite, a

mantêm acuados, sem empregos, sem destino e con-finados na vala do subdesen-volvimento ... Típico de todo pastor - cuidar do seu rebanho não lhe visando à felicidade, mas tão somente a tosquia e o abate!

Mal necessário

O bsessão. Esse é o sentimento que to-

teses e enfrentam os olhos descrentes. Irão promover

enchem de medalhas as “Marias Descalças”. Tornam-se

CdV

mou as cidades nos últimos meses. Eis que se aproximam as elei-ções e, aqueles que perante a justiça civil estão aptos a galgarem postos públicos, se alvoroçam. Munidos de sua simpatia, seu interesse pela causa pública, seu altruísmo, vão ao encontro das comuni-dades. De todas as castas se levantam e se enfrentam diante de uma platéia que, estática, vê os absurdos acontecerem. Con- jugam os verbos: progredir, construir, crescer, sustentar, estabilizar. São capazes de milagres à luz do sol; tiram coelhos da cartola para cativar os munícipes descrentes que temem a derrocada completa diante o caos consolidado

peonadas, churrascadas e shows todas as semanas; formarão grupos, picharão muros; com bandei-rolas, businaços e carreatas prometerão o Nirvana a qualquer mortal que os ouça. Serão mais insistentes que alguns evangélicos; mais astutos que hienas; cobrir-se-ão de promessas, pois, aqueles que vivem sobre o cabresto da humildade ainda acreditam na bondade humana. Apegar-se-ão nas inverdades, visto que suas condutas, às vezes, não convencem o próprio vizinho e, mesmo assim, tencionam go- vernar a cidade inteira. Todos dizem ser honestos, capazes, mas usam da difa- mação com os adversários, de maledicência contra os próprios

assuntos prioritários que rodam nas paradas de ônibus, nas pizzarias, nos balneários. Mostram-se solidários com os ribeirinhos, os margina- lizados, os campeiros, porque deles virão o sufrágio que os elevará ao posto maior de onde serão matéria de noticiosos; se deleitarão de comissões e voltarão a ser alvo de debates nos pontos de táxis e nos bares, temas para os desocupados que preenchem suas horas de ócio contando às pessoas que transpõem as ruas. Eleitos, os representantes se acomodam em seus gabinetes. Assim, evidencia que forte é o poder constitucional elaborado pelas leis em vigor; frágeis são os poderosos que o

pelas gestões anteriores.

irmãos. Enaltecem todos os

pratica. Aos sábios e es-

Os candidatos, no entanto, não se abatem. Mesmo cha- mados de corruptos, de ladrões; armam-se de suas

protestos, assinam qualquer reivindicação. Antes, durante e depois das Olimpíadas, coroam de louro os “Zés dos Barracos”,

clarecidos, resta a mordaça imposta pelo sistema.

Aloe Vera

 

Cabeleireira (Vera Querino)

Temos escova progressiva, sem formol

Henriqueta

Mestra

Emef

 

Corte, Escova, Prancha(chapinha),

     

Rua Braz Torraga

Rua XV de Novembro

 

Tratamentos capilares (escova de chocolate, cauterização e hidratação).

Tratamentos capilares (escova de chocolate, cauterização e hidratação). Trav.Braz Torraga Nº164 R. José O. Cáfaro Padaria

Trav.Braz Torraga

Nº164
Nº164

R. José O. Cáfaro

Padaria

Tratamentos capilares (escova de chocolate, cauterização e hidratação). Trav.Braz Torraga Nº164 R. José O. Cáfaro Padaria

Química em geral

Rua Senadoro Pagano

Trav José Otávio Cáfaro, 164 TEL.: 4696-8700 - CEL 8525-5874

 

Salesópolis-SP

Av. Adhemar Bolina

 
 

A Notícia Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 8

CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÃNCIA TURÍSTICA DE SALESÓPOLIS

DEMONSTRATIVO DAS DESPESAS COM PESSOAL

(Artigo 22; Artigo 59, § 1º, Incisos II e IV, e § 2º da Lei Complementar 101/00)

Valores expressos em R$

RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL

Poder Legislativo Municipal- Anexo I - Modelo 10 RGF

2º Quadrimestre de 2008

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 8 CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÃNCIA TURÍSTICA DE SALESÓPOLIS

(Artigos 54 e 55 da LC 101/00) Poder Legislativo Municipal - Modelo 10

2º Quadrimestre de 2008

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 8 CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÃNCIA TURÍSTICA DE SALESÓPOLIS
Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 8 CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÃNCIA TURÍSTICA DE SALESÓPOLIS
Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 8 CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÃNCIA TURÍSTICA DE SALESÓPOLIS

(a)

Ver. Vanderlon de Oliveira Gomes Ver. Presidente da Câmara

(a)

Jaime da Costa Contador, CRC:1SP174658/0-3

(a)

Elisabete Marli de Souza Santos Respons. Controle Interno

INFORMATIVO COMTUR

SALESÓPOLIS

MINISTÉRIO DO TURISMO
MINISTÉRIO
DO TURISMO

Lula sanciona a Lei Geral do Turismo

Texto da Lei representa o marco regulatório do setor e leva a um novo ciclo na história do desenvolvimento do turismo brasileiro

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou na tarde desta

quarta-feira (17/9) a Lei Geral do Turismo (LGT) em cerimônia no Palácio do Planalto. O presidente destacou que a lei é mais um passo para fortalecer o turismo no país. O ministro do Turismo, Luiz Barretto, também ressaltou a importância do ato que “marca o início de um novo ciclo na história do desenvolvimento do setor: a consolidação da estruturação do turismo como política de Estado”. Para o presidente Lula, a lei é importante “mas ainda é preciso muita publicidade, para trazer ao país não apenas o pequeno turista, mas também o grande turista”. E acrescentou que é necessário infra-estrutura e informações para os turistas. “Uma pessoa só sai para visitar um lugar se tiver informações a respeito do lugar, e maneiras de chegar até lá. Mas isso não depende apenas do Ministério do Turismo. Acho que é necessário um movimento de mobilização nacional para a questão do turismo no país”. Em discurso, o ministro Luiz Barretto disse que a lei estabelece o marco regulatório que faltava ao turismo e o proclama como uma atividade econômica e importante vetor no desenvolvimento do país. “Esta lei beneficia os negócios do turismo, beneficia o investidor e beneficia o consumidor. Ela avaliza as relações com os estados e os municípios, o que, aliás, sempre foi uma prioridade do Ministério do Turismo: trabalhar próximo dos governos estaduais e municipais”. O ministro explicou que a lei disciplina a prestação dos serviços turísticos, determina a obrigatoriedade de cadastro, a classificação e a fiscalização dos prestadores desses serviços. “Para se ter uma idéia, com o cadastramento das empresas previsto na lei, vamos formalizar a existência de aproximadamente 100 mil prestadores de serviços turísticos. Formalizar o mercado significa formalizar empregos”, afirmou Barretto. A lei regulamentará o funcionamento e as atividades de prestadores de serviços turísticos (meios de hospedagem, agências de turismo,

transportadoras turísticas, organizadores de eventos, parques temáticos, e outros que exerçam atividades reconhecidas pelo MTur como de interesse para o turismo). Também serão estabelecidas as regras para fiscalização dos

serviços turísticos, definindo infrações e penalidades, bem como programas de qualificação e capacitação da mão-de-obra que envolve o setor. A LGT define ainda as atribuições do governo federal no planejamento, desen-

volvimento e estímulo ao setor e institui o Sistema Nacional de Turismo. O sistema tem como objetivo compatibilizar os esforços e as ações federais com aquelas dos estados e municípios a serem observadas na elaboração e revisão do Plano Nacional de Turismo. O texto propõe a consolidação de um sistema de informações turísticas com possibilidade de MONITORAR os impactos sociais, econômicos e ambientais da

atividade. Prevê também a implantação de um sistema de qualidade para o setor e institui um cadastro obrigatório, de âmbito nacional, com vistas ao controle e classificação das atividades, equipamentos e serviços turísticos. O projeto estabelece também condições operacionais do Fundo Geral de Turismo (Fungetur). O intuito é aumentar a inserção competitiva do produto turístico no mercado nacional e internacional. O ministro agradeceu também os presidentes da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, e do Senado Federal, Garibaldi Alves. Segundo ele, a aprovação da Lei Geral do Turismo nas duas Casas é a prova de que as políticas públicas, que beneficiam o desenvolvimento do país, estão acima de possíveis interesses partidários. Estendeu os agradecimentos também aos relatores da lei, deputados Cadoca (PSC-PE) e Marcelo Teixeira (PR-CE) e senador Adelmir Santana (DEM-DF), e ao deputado Albano Franco (PSDB-SE), presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara, e à senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO), presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado, além dos líderes partidários.

ÚLTIMAS VAGAS

Cursos Gratuitos para adolescentes

de 15 a 17 anos

   

Artes Cênicas(Teatro)

Artes Plásticas

Aprenda reciclar roupas e materiais e a personalizar suas roupas (customização).

Além de confeccionar

Aprenda na prática,

técnicas de interpretação, intercâmbio de idéias, ex- pressão verbal e corporal,

desinibição e apresentação

em peças teatrais. Seja um

Bijouterias, Utensílios e Silk Screen.

artista!

INSCRIÇÕES

Local: Escola Estadual Olga Chakur Farah

Horário: Terças e Quintas das 18:30 às 20 horas

 

com Andrea ou Letícia.

Informações no local, no horário das oficinas.

“Projeto Teen Barulho - ACEP”

Parceria

Realização

VCP-Votorantim Instituto Votorantim

Associação ACEP

Sebrae Comunicado

Outubro é o mês do Empreendedor, e o Sebrae Alto Tietê

através do Posto de Atendimento ao Empreendedor

preparou uma agenda de eventos em homenagem aos empresários. Os eventos acontecerão no Centro Cultural Dita Parente (Mercadão)

-

Palestra Determinação do Capital de Giro - Dia e

horário: 09 de outubro, às 19 horas;

-

Palestra Como evitar reclamações trabalhistas: 15 de

outubro, às 19 horas;

-

Palestra Código de Defesa do Consumidor: 30 de

outubro, às 19 horas;

-

Palestra Marketing de relacionamento, conquista e

manutenção de clientes: 30/10;

IMPORTANTE: Dia 16/10 (das 9 às 17 h) - Cine Sebrae:

Filmes com duração máxima de 30 minutos que abordam vários temas como Clientes, Finanças e Planejamento.

Informações: Tel.:4696-3412

Apoio: Prefeitura da Estância Turística de Salesópolis,

ACETS e CAMAT

Comunicado

Senhores Munícipes:

A Prefeitura Municipal, cumprindo seu dever de

informar o cidadão das ações

efetivas da administração

(Art.27 CF, Par. 1º) PEDE DESCULPAS pelos trans-

tornos devido às obras e

informa que, O Governo do Estado de São Paulo e o Governo Federal autorizaram, a partir de Junho

de 2008, o início de várias

obras que solicitamos ao longo

dos últimos 3 anos, quais sejam:

  • - A reforma da escadaria da

Igreja Matriz; o alargamento

permitindo a mobilidade e acessibilidade dos deficientes, o revestimento com piso novo das calçadas e revestimento

asfáltico das ruas N.Sra de

Fátima, Pedro Rodrigues de

Camargo, XV de Novembro, José Cursino dos Santos, Av.Prof. Adhemar Bolina, Av.

Victor Wuo e outras vias;

  • - A reforma da praça de do prédio da antiga rodoviária, a

pavimentação e recapeamento de diversas ruas;

  • - A reforma da Praça

Justino Cardoso de Siqueira, pavimentação do 1º trecho da Estr. Petrobrás;

  • - A reforma do Portal

Artístico, a construção da

rotatória na Praça dos Expedicionários, etc.

  • - Por tudo isto, desculpem- nos pelo transtorno!

Prefeitura Municipal da

Estância Turística de

Salesópolis

Em certos momentos, é preferível ficar calado, deixar que pensem que você é um idiota do que falar e acabar com a dúvida

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 8 CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÃNCIA TURÍSTICA DE SALESÓPOLIS

Policial que faz greve se alia ao bandido contra a população

Gente armada não faz greve, faz terrorismo

S ou contra greve de funcionários públicos. Em qualquer caso. Quando funcionários de empresa privada param de trabalhar,

há uma boa chance de que atinjam os interesses de seus patrões:

problema com fornecedores, venda, queda dos lucros etc. Quando uma servidor pára, o povo é que serve de massa de manobra do que entendo ser uma chantagem. A greve no serviço público deveria ser simplesmente proibida, sem reservas, com a demissão sumária do grevista — desde que respeitado, é claro, o contrato de trabalho:

10065722/0001-88
10065722/0001-88

pagamento dos salários devidos, dos encargos etc. Reivindicação para aumentar rendimentos não é parte desse acordo. Ninguém é obrigado a ser servidor. É porque quer. Se funcionário público não pode fazer greve, imaginem o funcionário público armado, que é o caso dos policiais. Aí é coisa próxima do banditismo. Em São Paulo, há uma minoria de delegados da Polícia Civil em greve orientado por duas centrais sindicais: a CUT, que todos sabem ser um braço do PT, e a Força Sindical, comandada pelo grande moralista Paulo Pereira da Silva, deputado federal (PDT-SP) e também aliado do PT (É um dos grandes propagandistas da candidatura de Marta Suplicy à Prefeitura). Policial que faz greve, queira ou não, é aliado objetivo de bandido. E só o faz porque, por via das dúvidas, tem o trabuco na mão, à diferença do homem comum. Assim, entre duas categorias armadas - o crime e a polícia -, quem se dana é a população. Tenham vergonha, senhores policiais, e voltem ao trabalho. Ou mudem de profissão.

Do site www.reinaldoazevedo.com.br

45.678
45.678
Desde já quero agradecer a sua confiança e conto com o seu voto no dia 5

Desde já quero agradecer a sua confiança e conto com o seu voto no dia 5 de outubro

23.654
23.654
Policial que faz greve se alia ao bandido contra a população Gente armada não faz greve,

Humor à Mineira

Dois cumpadre tavam sossegadim fumando cigarrim de paia.

Conversa vai, conversa vem, um deles pergunta:

Cumpadre, u quê quiocê acha desse negóço de nudez?

-

Acho bão, sô!

-

O outro ficou pensativo e perguntou de novo:

 

Ocê acha bão purcaus diquê?

-

Uai sô! É mió nudês do que nunosso, he he he he ...

-

Uma mulher esperava o trem, quando sentiu vontade de ir ao banheiro. Foi ... Quando voltou, o trem tinha partido. Ela começou a chorar. Nesse momento, chegou um mineiro e perguntou:

Purcaus diquê a sinhora tá chorano?

-

Fui urinar e o trem partiu ...

-

-

...

Tenho certeza qui a sinhora

Os dois cumpadres pitavam o cigarrim de paia. Um pergunta:

Uai, dona! Caus dissu num chorá não nasceu com esse trem partido ...

Cumé que chama aquela coisa que as muié tem (faz um sinal com as

-

duas mãos), quentim, cabeludim, que a gente gosta, é vermeia e que

come terra?

Vermeia? A gente gosta? Uái sô, só pode ser xoxota.

Quentim

Uai

...

...

-

Mas num sabia que comia terra, sô!!!

Pois come. Só di mim, cumeu treis fazenda.

-

 

Um mineirim tava no Ridijaneiro, bismado cas praia, pé discarço, sem camisa, caquele carção samba canção, sem cueca pur dibacho. Os cariocas zombano. Alheio a tudo, o mineirim olhou pro marzão:

correu e deu um mergúio. Quando saiu, o carção de ticido finim tava transparente. Tudu mundo

tava oiano pro tamanho do ‘amigão’ que o mineirim tinha. O bicho ia

A turma nunca viu coisa igual. As muié cum sorrisão, os

... homi roxo dinveja.

até o juêio

O mineirim intão, ficou envergonhado e gritou:

Qui qui foi, uai? Seus bobaum

...

-

vão dizê qui quando oceis pula na

agua fria, o pintim doceis num incói tamém???

Policial que faz greve se alia ao bandido contra a população Gente armada não faz greve,

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Convocamos todos os associados da Associação Comercial da Estância Turística de Salesópolis -ACETS- a comparecerem no dia 16 de outubro de 2008, quinta-feira, às 20 horas, na Câmara Municipal da Estância Turística de Salesópolis para participarem da 3ª Assembléia Geral, que terá como pauta a prestação de contas biênio 2007/2008 e eleição da nova diretoria para biênio 2009/2010. A presença de todos será de grande importância para o fortalecimento da Associação. Salesópolis, 03 de setembro de 2008. A Comissão Organizadora.

A Raiva mata animais e também pessoas

O controle da Raiva dos herbívoros deve ser feito através de duas ações conjuntas e sistemáticas: vacinação dos rebanhos e controle de população de morcegos hematófagos. A região de Mogi das Cruzes, da qual Salesópolis se inclui, é tida como região onde a raiva é epidêmica. Por isso mesmo, a vacinação é obrigatória, e deve ser feita de 6 em 6 meses. Informe a Defesa Agropecuária quando encontrar morcegos em sua propriedade, e não ingira carne ou leite de animais suspeitos, devido ao risco de contrair a doença. Informe-se a respeito pelo Tel.:4696-1718

A Raiva mata animais e também pessoas O controle da Raiva dos herbívoros deve ser feito
A Raiva mata animais e também pessoas O controle da Raiva dos herbívoros deve ser feito

A Notícia Nº 114 * 23309/08 * Salesópolis * 9

Aniversariantes de Outubro

01-Profª Maria Amélia Ribeiro Onofre; Cristiani S. Lima (M.Cruzes); José Eduardo (Dudu do Bragança) 02-José Francisco Citrângulo (Nêgo); Andressa Daniella Santos; Roseli Cardoso Alves; Lourdes de Souza Silveira; Thiago Tadeu 03-Rodolfo Ramos Moreira Barbosa 04-”Chicão da Prefeitura” 05-Ana Lúcia Ap. Moraes Wuo (Ecotur) 06-Gastão Cursino dos Santos; Ariadne Furlan de Mattos; Vítor de Souza Santos 07-Rita de Cássia de Almeida; Ana Maria Ribeiro 09-Gracinda M. Corrêa; Janaína Ap.Oliveira S.Faria; Ana Rosa 10-Karyme Almada Kharfan; José Benedito de Oliveira; Benedito Moreira Elizeu; Sueli (SMFonseca) 11-Maria das Graças Rodr. Souza; Felipe Mateus Leonardo Campos de

Souza; Conceição Aparecida (R.X SUS)

13-Tereza Lourenço Nogueira

14-Roselene Ap. Santos Macedo

15-Célia Regina Mateus de Camargo

16-Vera Lúcia do Prado

17-João Antonio Alvarenga Miranda 18-José Wuo; Tayná Moraes Wuo; Andreia Carvalho 19-Thiago José Nepomuceno da Silva; Lourdes Sandoval Lourenço 20-Profª Margarida M.S.Fontanelli e Maria José S.Fontanelli; Luciane S.Lima (M.Cruzes)

21-Dna Alaísa Freire de Almeida; Kelly Regina Bento; Gilmar de Amorim

Alves

22-Jorge Jesus Amorim Alves Filho 24-Rosária Bueno de Siqueira Silva; Luzia da Silva; Joana Fátima de Moura

26-Marcos Charlles M.Correa; Maria Ap. Campos

27-Ariane Agatha de Aguiar Duque; João Carlos Citrângulo; Adilson Bolinha (B. Mirim)

28-Gerônimo Amorim Alves; Maria Ap.Morais Ribeiro; Leonardo

Henrique A Campos; Maria de Lourdes de Melo; Antonio Tadeu

29-Takundo Kusakabe; Maiara Ap. Lopes

31-Benedito Roberto de Souza (Dito Gato); Maria Solange; Guilherme Roberto Godói dos Santos

Datas de Casamento

07: Benedito Moreira Elizeu e Anézia Soares 16: José Maria Camargo (Magáu) e Célia Regina 17 : Roberto Miranda Melo e Maria Apª Pereira 31: José Ricardo Miranda e Giovana Cristina Alvarenga

CRUZADAS

Policial que faz greve se alia ao bandido contra a população Gente armada não faz greve,

A Notícia Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 10

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 10 Da Polícia Assaltantes vão para penitenciária L

Da Polícia Assaltantes vão para penitenciária

  • L uciano Pereira dos Santos (32) e Juliano

Aparecido de Melo (26) foram capturados por policiais civis e militares na tarde de 28 de agosto p.p. A cada um pesava a sentença de 8 anos de reclusão em virtude de assalto per- petrado contra os irmãos Benedicto de Lima e José Benedito de Lima. Em novembro de 2005, quatro elementos armados com revólveres e facas, invadiram a residência de Benedicto (78) e José (72), mediante arrom- bamento da porta da sala. Após sofrerem ameaças e espanca- mento, os idosos entregaram R$ 1.800,00 aos ladrões. Apesar de as vítimas não darem dados fisionômicos dos agressores, o delegado Dr. José Carlos Santos Alvarenga dili-

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 10 Da Polícia Assaltantes vão para penitenciária L

Luciano

Juliano
Juliano

genciou em inqué- rito, sendo definido como autores do covarde crime os elementos Luciano e

Furto de fios telefônicos

Atendendo a uma denúncia, na madrugada de 17 de setembro os policiais militares Noel e Do Carmo prenderam Paulo Silva Santos (50), morador na Vila Natal, em Mogi das Cruzes. Silva estava, juntamente com três comparsas (que escaparam), praticando furto de fios de telefone instalados no km 7 da Estrada da Usina. O trabalho policial foi facilitado pelo fato de o veículo utilizado no delito - um VW Gol- estar atolado na estrada rural, impossibilitando a fuga do meliante. Na delegacia, o detido negou sua participação no crime, não declarou o nome do trio fugitivo, sabendo-se apenas que um deles era negro e vestia camisa verde. Foram apreendidos 2 alicates tipo turquesa, 1 saco de nylon, 2 facões, 1 lanterna e cerca de 300 metros de fios usados em telefonia.

minhados à Penitenciária de Itapetininga.

Juliano. Para cumprimento da pena, os sentenciados foram enca-

EVENTOS
EVENTOS

Amigos da Natureza

O dia 14 de setembro foi todo de alegria no Rancho Canarinho, à beira da

Represa do Paraitinga. Aconteceu o 2º Evento Amigos da Natureza - poliesportivo e de educação ambiental. Trazidos por ônibus, os escoteiros do Grupo Tangará e a tropa da Brigada Mirim de Salesópolis participaram ativamente no trabalho de coletar o lixo nos arredores, deixados pelos

maus pescadores que usam a represa. Jovens e adultos presentes no local se integraram no plantio de árvores nativas com mudas cedidas pelas Cia Suzano e VCP, bem como na cerimônia da soltura de peixes ao espelho d’água. Aliado ao lado ambiental houve palestras, jogos interativos e competição de caiaque na represa. De Ilhabela vieram os integrantes da Escola de Navegação à Vela; e na atividade com caiaques participou o Clube de Remo da cidade de Santos. Também trouxe brilho especial à festa as “feras incrementadas” do Jeep Clube. O Rancho Canarinho ofertou o delicioso Boi no Rolete, terminando a confraternização com o show de Mineirinho. Todo o lixo reciclável recolhido foi entregue à Cooperativa de Recicláveis de Salesópolis. Os alimentos não perecíveis cobrados como taxa simbólica de inscrição nas competições foram destinados a entidades assistenciais do município.

O evento foi uma realização da UDSMEP (Unidos para o Desenvolvimento Sustentável dos Moradores do Entorno do Paraitinga), com apoio especial da VCP-Votorantim, Cia Suzano, Rádio DS-Fm, Auto Viação Condor e Sistema Médico São Benedito.

Escoteiros plantam árvores e recolhem lixo na Represa Paraitinga Retirada de entulho reciclável das águas
Escoteiros
plantam
árvores
e
recolhem lixo na Represa Paraitinga
Retirada de
entulho reciclável
das águas
Tenente PM De Paula - também Cmt da Brigada Mirim - soltando filhote de peixe na
Tenente PM De Paula - também
Cmt da Brigada Mirim -
soltando filhote de peixe na
represa Paraitinga sob o olhar
aprovador do “Tonheca”.
Turma do caiaque ajuda a
despoluir a represa
Fotos:
Veleiros
Daneluz Fotografia

PLANO DE GOVERNO E APOIO PARA GOVERNAR

A pós terem apresentado seu Plano de Governo no rádio, agora os candidatos a Prefeito - Adilson Bolinha, e a vice-Prefeito - Dr. Gilberto o estão distribuindo por escrito. Os dois entendem que um bom Governo inicia pela campanha. O trabalho dos próximos quatro anos inicia

pelo planejamento. Não adianta esperar o mês de janeiro para só então começar a pensar o que será feito. No Plano estão contempladas políticas e obras, começando por um trabalho de contenção de despesas supérfluas, passando por políticas sociais de assistência e desenvolvimento, de geração de emprego, e renda e findando com obras, desde construção de uma sede para abrigar a Prefeitura e Câmara até a divisão do Município em setores e equipes para facilitar a conservação das estradas. O trabalho com as associações de bairro é uma constante no Plano, pois Adilson tem uma formação política vinda dos Governos de Franco Montoro e Mário Covas, onde a comunidade sempre era ouvida e respeitada. Por isso apoiou a iniciativa de sua irmã de criar as associações de bairros e desenvolver trabalhos comunitários. Essa idéia está sendo copiada, sem o menor escrúpulo, pelos adversários que jamais colaboraram com a criação das associações. O Plano traz programas e estratégias, idéias simples e eficientes, como a entrega de medicamentos por um motoboy aos que fazem tratamento prolongado. A contratação dos conserveiros rurais, um Projeto de autoria de Adilson quando foi vereador, também é outra idéia que está sendo copiada pelos demais candidatos. A construção de um Pronto Socorro para o atendimento das emergências, com aparelhos apropriados é uma preocupação do Dr, Gilberto, porque o atual, mantido pelo Município, já não suporta a carga diária de pacientes e há uma planta aprovada há mais de quatro anos. O desenvolvimento do agronegócio e do turismo rural é o carro chefe da geração de empregos e rendas, sendo que a criação do Centro de Iniciação Profissional e a parceria com a Associação Comercial local facilitará a sua execução e o progresso geral. O Plano de Governo foi redigido após várias reuniões comunitárias, sendo ouvido o povo, com seus problemas e anseios. Um Plano Participativo, criado pela mão do povo, terá mais possibilidade

de sucesso ao ser implantado porque não mente, não engana, mostra o problema como é, todo o tempo, não apenas na época de eleição. Adilson Bolinha é uma pessoa que já tem experiência na política, onde foi vereador por dois mandatos, e de Administração, como Secretário de Saúde, sabendo resolver os problemas com eficiência. Dr. Gilberto é um cirurgião que sabe que há tratamentos que precisam ser mais longos, mas que há questões que não podem demorar quatro anos para serem solucionadas. Ambos somam eficiência e competência, experiência e dinamismo, sendo indicados e apoiados por várias autoridades estaduais:

o Governador José Serra os apóia e fala sobre a melhoria da SP 88; o Ex-Governador Geraldo Alckmin também hipotecou seu apoio, registrando que foi no Governo dele e do saudoso Mário Covas que foi assinada a Lei que transformou Salesópolis em Estância Turística. O Vice-Governador Alberto Goldman igualmente apóia Adilson Bolinha e Dr. Gilberto, assim como o Deputado Federal Sílvio Torres. Os Deputados Dr. Gondin e João Caramez também garantiram sua colaboração num futuro Governo de Adilson Bolinha e Dr. Gilberto.

Coligação PSDB-PPS-PSB-PMDB Cnpj:09.838.381/0001-57

5º Feirão de Automóveis e Motos Um Sucesso

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 10 Da Polícia Assaltantes vão para penitenciária L
Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 10 Da Polícia Assaltantes vão para penitenciária L

O tradicional Feirão de Automóveis e Motos

de Salesópolis teve a sua quinta edição levada a efeito nos dias 4, 5, 6 e 7 de setembro. O pátio da revendedora Santa Clara Veículos ficou repleta de carros, motos e camionetas em estado de

conservação impecável e preços convidativos. Todas as facilidades eram postas à disposição do comprador, por exemplo, agilização de documentos, aprovação de financiamentos, sem falar do cafezinho e doces para a criançada. Luiz Carlos da Cunha (Sacomani), proprietário da Santa Clara e idealizador do Feirão, diz que o evento

correspondeu plenamente às expectativas; aconteceram muitas vendas e clientes satisfeitos. Sacomani explica que o sucesso do Feirão deve-se

muito à confiança dos sale- sopolenses e aos parceiros comerciais, como o Banco Panamericano, Omni Finan- ceira e as lojas de Mogi: GV Veículos e Triângulo Veículos.

Nº 114 * 23/09/08 * Salesópolis * 10 Da Polícia Assaltantes vão para penitenciária L

Sacomani, Ricardo (GV Veículos) e Luiz (Triângulo Veículos)

COSTA ASSESSORIA CONTÁBIL FISCAL Abertura e encerramento de Empresas, Consultoria Empresarial e Trabalhista, Declaração de Imposto

COSTA

ASSESSORIA CONTÁBIL FISCAL

COSTA ASSESSORIA CONTÁBIL FISCAL Abertura e encerramento de Empresas, Consultoria Empresarial e Trabalhista, Declaração de Imposto

Abertura e encerramento de Empresas, Consultoria Empresarial e Trabalhista, Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física-Jurídica, Contratos, Serviços ao Produtor Rural Imobiliária: Compra, Venda, Aluguel e Permuta de Imóveis

Jaime da Costa

Contador

Rua XV de Novembro, 902 -Centro- Salesópolis-SP

Eduardo de Almeida Prado

Contador-Corretor

Tel/fax.: (11)4696-1140/1623

Apoio cultural

TURISMO ECO-PEDAGÓGICO

“NASCENTE

DO TIETÊ”

TELEFAX

(11) 4696-1363/3244

Rua 15 de Novembro, 569 Centro Salesópolis-SP

Creci: Não perca tempo! Vender ou Comprar? 46.679-7 www.imoveisemsalesopolis.com.br Tel.: 4696-3211 Rua XV de Novembro, 569
Creci:
Não perca tempo!
Vender ou Comprar?
46.679-7
www.imoveisemsalesopolis.com.br
Tel.: 4696-3211
Rua XV de Novembro, 569 - Salesópolis
Apoio cultural
Av. Prof. Adhemr Bolina, 977 Grátis um Capacete
Av. Prof. Adhemr Bolina, 977
Grátis um Capacete

Moto CG 125 FAN “0”km

Apoio cultural

Refinanciamos o seu Caminhão

Tel.: 4696-1615

Venha conhecer nossos serviços!

Em 36 x sem entrada

Av. Prof. Adhemr Bolina, 977 Grátis um Capacete Moto CG 125 FAN “0”km Apoio cultural Refinanciamos

Lava-rápido

Pagano Modas

A loja tradicional de Salesópolis

Roupas-feitas, Calçados Tecidos em geral

Tel: 4696-1264

Rua 15 de Novembro, 655

Apoio cultural

Rua 15 de Novembro, 973 - Salesópolis, SP - Apoio cultural
Rua 15 de Novembro, 973 - Salesópolis, SP -
Apoio cultural
Em Salesópolis: Av. Victor Wuo, 291
Em Salesópolis: Av. Victor Wuo, 291

Apoio cultural

AUTO MOTO ESCOLA

Central

Apoio cultural AUTO MOTO ESCOLA Central de Formação de Condutores Tel.: 4696-1605/3005 1ª Habilitação Renovação da

de

Formação

de

Condutores

Tel.: 4696-1605/3005

1ª Habilitação Renovação da CNH

Preços promocionais - Ótimas formas de pagamento

Rua Pedro R. Camargo, 208 - Em frente à Prefeitura Municipal de Salesópolis

COSTA ASSESSORIA CONTÁBIL FISCAL Abertura e encerramento de Empresas, Consultoria Empresarial e Trabalhista, Declaração de Imposto

FARTURA

FERRAGENS

Apoio cultural

Material elétrico Tintas - Hidráulica

Rua 15 de Novembro, 646 -Centro Tel 4696-1188 - Salesópolis - SP

Casa do Fazendeiro

Produtos agropecuários, pesca e camping

Apoio cultural

OS MELHORES PREÇOS DA PRAÇA

Rua 15 de Novembro, 1123 Tel. 4696-1244- Salesópolis-SP

Apoio cultural Rua 15 de Novembro, 709 - Centro - Salesópolis
Apoio cultural
Rua 15 de Novembro, 709 - Centro -
Salesópolis
Apoio cultural
Apoio
cultural

DROGARIA N. S RA APARECIDA

RUY COSTA & FILHO LTDA

Há 58 anos em Salesópolis

Tradição - Saúde Beleza
Tradição - Saúde
Beleza

FONE 4696-1461

Rua Alf. José Luís de Carvalho, 322 - Salesópolis

Drogaria Salesópolis (Joatan) Medicamentos e perfumarias em geral Tel. 4696-1343 Rua N.Sra de Fátima, 191 -
Drogaria
Salesópolis
(Joatan)
Medicamentos e
perfumarias em geral
Tel. 4696-1343
Rua N.Sra de Fátima, 191
- Salesópolis-SP
Apoio cultural

Drogaria

N.Sra dos Remédios

- Medicamentos - - Perfumaria -

Aberta de 2ª a Sábado, das 8:30 às 20:30 horas; Domngos até as 12 h

Pça Antônio Souza Prado, 76 Distr. Remédio - Salesópolis

Tel.: (11)4696-5415

Apoio cultural

Salesópolis

A Notícia Nº 114
A Notícia
Nº 114

VENDEM-SE

Pavões - Faisões - Licores Agende uma visita e passe momentos

Pavões - Faisões - Licores

Agende uma visita e passe momentos

VENDEM-SE Pavões - Faisões - Licores Agende uma visita e passe momentos Ilustração Distrito do Remédio,

Ilustração

Distrito do Remédio, Salesópolis

Telefone: 4696-8319

maravilhosos conhecendo nossas aves ornamentais

MERCADINHO SÃO JOSÉ Apoio Em Salesópolis, Cultural Gêneros alimentícios - bebidas Artigos de higiene Artigos para
MERCADINHO SÃO JOSÉ
Apoio
Em Salesópolis,
Cultural
Gêneros alimentícios - bebidas
Artigos de higiene
Artigos para presente
HELITT
Transportes
Pca Pe. João Menendes, 117
Tel. 4696-1127 - Salesópolis
Sempre melhor, para
melhor atender os nossos
clientes
Tel. (11)9994-2276
Excursões - Fretamento
c/Ronaldo
Apoio cultural
 

EPAMINONDAS

NOGUEIRA

 
 

ADVOGADO

 
 
 

TRABALHISTAS

43

 

PREVIDÊNCIA

ACIDENTES

CÍVEIS

Anos

SEGUROS

de advocacia

Atende também às regiões de Guarulhos e São Paulo (zona leste e capital)

Na frente da Justiça do Trabalho e do INSS, em Mogi das Cruzes

C U A L P T O U IO R A L

Tel.: 4799.1510

Av. Narciso Yague Guimarães, 664

www.epaminondasnogueira.com.br

Comida caseira Fogão à Lenha Aberto à noite, servindo janta e deliciosos caldos`a moda sua opção
Comida caseira
Fogão à Lenha
Aberto à noite, servindo janta
e deliciosos caldos`a moda
sua opção de comer diferente
“Self Service” e “Por Quilo”
RESTAURANTE
Tel: (11) 4696-1353
Apoio
Rua São José nº 479 - Centro - Salesópolis
cultural

FARMATRIZ

Drogaria

Aberta de 2ª a Sábado, das 8:30 às 20:30 horas

Pça Pe. João Menendes, 60 Salesópolis-SP

Tel.: 4696-3272

Foto Faria Benedito de Mello Faria P/ documentos em 5 minutos! Aceitamos cartão VISA Rua 15
Foto Faria
Benedito de Mello Faria
P/ documentos
em 5 minutos!
Aceitamos cartão VISA
Rua 15 de Novembro, 552
Salesópolis, SP
Apoio
Tel. 4696-1162
cultural
Fotografia digital
Reportagens de Festas
Registro de Eventos
Drogaria Cursino & Cia Medicamentos e perfumarias Rua XV de Novembro, 695 Salesópolis-SP Tel. 4696-1560- Apoio
Drogaria
Cursino
& Cia
Medicamentos
e perfumarias
Rua XV de Novembro, 695
Salesópolis-SP
Tel. 4696-1560-
Apoio
cultural

Anuncie

no

A Notícia

Tel.: 4696-1832

Tel.: 4696-1514/3766 Atendemos empresas, igrejas, escolas, eventos em geral e lazer
Tel.: 4696-1514/3766
Atendemos
empresas, igrejas,
escolas, eventos
em geral e lazer

Estr. SP-88, km 90, Bº da Grama - Salesópolis, SP

Ramal do Leme, em frente à represa Paraitinga

A Notícia Salesópolis 12 Dr. Fábio Cerci Pinheiro Tel.: 4696-3591 Rua 15 de Novembro, 950 -
A Notícia
Salesópolis
12
Dr. Fábio Cerci Pinheiro
Tel.: 4696-3591
Rua 15 de Novembro, 950 - Salesópolis
CRM: 76.299

Nº 114 - Fech.: 23/09/2008

09.838.381/0001-57
09.838.381/0001-57
P/ VEREADOR MÁRIO DA PADARIA 10039090/0001-88 15500 10184926/0001-38 PT PMDB Cnpj-cand:10018453/0001-07 Para Prefeito: Salesópolis-Mogi Plantão 03:50-04:40*-05:20-05:40*-05:50-06:05-06:20-06:35*-06:50-
P/ VEREADOR
MÁRIO DA PADARIA
10039090/0001-88
15500
10184926/0001-38
PT
PMDB
Cnpj-cand:10018453/0001-07
Para Prefeito:
Salesópolis-Mogi
Plantão
03:50-04:40*-05:20-05:40*-05:50-06:05-06:20-06:35*-06:50-
07:05-07:30-08:00-08-30-09:00-09:20-09:45-10:00-10:25-11:00-
de
Coligação PTB/PDT
11:35*-12:10-12:50-13:00-13:25-14:05-14:40-15:10-15:50-16:10-
16:25-17:00-17:35-18:10-18:25-18:40-19:00-19:25*-20:10-20:40-
Farmácia
21:15-21:30-22:30-23:20
Sábados:
03:50-04:40*-05:20-06:00*-06:30-07:00-07:40-
JACARÉ
JACARÉ
08:20-09:00-09:40-10:20*-11:00-11:40-12:20-13:00-13:30-14:10-
Outubro
14:45-15:25*-16:05-16:40-17:25-18:15-19:00-19:40-20:30-21:30*-
22:30-23:30 Domingos e feriados: 03:50-04:30*-05:10-05:50-06:35-
27-28(Set.):Cursino & Cia
07:25-08:10-08:50-09:35-10:25*-11:10-11:55-12:40-13:25-14:10-14-
04-05:Drog. Salesópolis
55*-15:45-16:35-17:30-18:20-19:10-20:00-20:50-21:40-22:30*-23:20
11-12:Ruy Costa & Filho
18-19:Cursino & Cia
Mogi-Salesópolis
14
05:00-05:30-06:00-06:40-07:10*-07:30-07:55-08:25*-09:00-
25-26:Drog. Salesópolis
09:30-10:05-10:35-11:05-11:35-12:05-12:35*-13:05-13:45-14:20-
14:45-15:05-15:35-16:10-16:25-16:40-16:55-17:10-17:20-17:40-
Drogaria Farmatriz:
18:05-18:35-19:10-19:40*-20:05-20:35-20:55-21:20-21:50-22:10-
23:05*-23:55-01:50
Sábados: 05:00-05:35-06:10-06:50-07:35*-08:15-08:55-09:35-
Todos os dias, até as 20:30 hs
Fechada aos domingos
10:15-10:55-11:30-12:05-12:40-13:20-14:00-14:40*-15:15-16:00-
Drog. N.S Remédios (Distrito):
16:45-17:25*-18:10-18:55-19:45-20:30-21:20-22:10-23:00-00:00*-
01:50
de 2ª a sábado, até as 8 hs
Domingos e feriados: 05:10-06:00-06:40-07:20*-08:05-08:55-
domingos, até as 12 horas
MARCELO
09:40-10:25-11:10-12:00-12:45-13:30*-14:15-15:05-16:05-16:55*-
17:45-18:30-19:10-20:00-20:50-21:40-22:30-23:20-00:10*-01:50
Drogaria N.Sra Aparecida
“A Experiência faz a Diferença”
do QUICO
(*) Passando pela Vila Bragança
VICE
Ruy Costa & Filho
Rua Alf. José Luiz de Carvalho, 322
Tel. 4696-1461
Drogaria Cursino & Cia
Recanto Terapêutico
de
Parceria com:
Rua 15 de Novembro, 695
Tel. 4696-1560
Drogaria Salesópolis (Joatan)
R. N.Sra de Fátima, 191
Vera Regina
Tel. 4696-1343
Estética Facial e Corporal
Drogaria Farmatriz (Fernando)
Pça Pe. João Menendes, 60
Tel. 4696-3272
Estr. Mogi-Salesópolis, km 84, Bairro do Alegre
Telefone 4696-1556/7282
-Cirurgião Plástico (mensal).
-Cirurgião Vascular (mensal).
-Depilação definitiva a laser (mensal).
-Designer de sobrancelha e maquiagem
definitiva (quinzenalmente, às 2ª feiras).
-Podologia (quinzenalmente, às 2ª feiras).
Limpeza de pele
Rejuvenescimento
Tratamento contra celulite,
manchas, acne
Flacidez - Gorduras localizadas
Depilação
Drenagem linfática - manicure,
pedicure
Drogaria N.Sra dos Remédios
Apoio cultural
Aparelhagem de última geração
Pça Antonio Souza Prado, 76
Distr. Remédios - Tel. 4696-5415
09963343/0001-26
Horário de ônibus
Em todos os horários , os ônibus seguem direto pela rodovia,
não circulando em Biritiba Mirim
Salesópolis -Santa Branca :
06:50-13:20-19:40-20:40
Santa Branca - Salesópolis:
05:20-08:00-11:30-16:30
Salesópolis-Caraguatatuba: 08:35-17:05