1

A VIDA EM UMA ECOVILA
A restauração do mundo e sua população
Morar melhor e melhorar o mundo!

OS 15 ELEMENTOS DA VIDA EM UMA ECOVILA SÓCIO-ECONÔMICOS
Educação e Comunicação Vivência e Aprendizado Estilo de vida saudável Medicina preventiva Medicina complementar Comunidade construtiva Tomada de decisões Resolução de conflitos Modernização do bem-estar Cuidados às crianças e aos idosos Integração dos deficientes Economia localizada Moedas complementares

Conceito: Hildur Jackson e Karen Svensson Os elementos acima constituem uma ampla definição de sustentabilidade, que incluem as dimensões sociais e culturais/espirituais. Uma boa maneira de restaurar a Terra, nós mesmos e outros seres vivos é integrar os princípios da Vida em uma Ecovila no nosso dia -a-dia. INTRODUÇÃO Nas últimas décadas, povos de todo o mundo têm criado experiências alternativas para a sociedade, considerada por eles destrutiva. A visão das ecovilas nasceu de uma dessas experiências, trazendo soluções tanto urbanas quanto rurais; tanto no hemisfério Norte quanto no Sul; e em todos os níveis, do núcleo familiar às comunidades locais e organizações globais. As ecovilas são basicamente um meio de viver na Terra respeitando todos os seres e sistemas naturais. Elas personificam um meio de vida consciente, que pode continuar indefinida mente no futuro. Desta maneira, formam nada menos que uma nova cultura, planejada para restaurar a Terra e sua população. Ainda que as ecovilas sejam construídas a partir de uma visão comum, elas apresentam grandes diferenças entre si, de acordo com o foco escolhido entre as dimensões ecológicas, sociais e/ou culturais-espirituais. Elas são também muito influenciadas pelas diferentes condições climáticas, seu meio ambiente natural e as culturas locais. A visão da ecovila também pode ser aplicada à área política, oferecendo uma alternativa à globalização comercial. Em um recente e revolucionário exemplo, alguns países do hemisfério Sul começam a estudar o conceito das ecovilas como possível base para um novo modelo de desenvolvimento que visa problemas locais reais e não interesses comerciais estrangeiros.

ECOLÓGICOS
Negócios verdes Análises dos ciclos de vida Construções ecológicas Energia renovável Cuidado com as fontes de água locais Permacultura Projeto de ecovila Regiões naturais, Biodiversidade Restauração da Terra Produção, consumo e circulação de comida orgânica local

CULTURAIS E ESPIRITUAIS
Criatividade, Revelações pessoais Espiritualidade Encontro da Divindade em si mesmo União com a Natureza Celebração da vida Respeito às culturas Ciclos naturais Visão de mundo, Ciência e Filosofia de circulação holística Localização, Biorregiões Resistência à globalização

Hildur Jackson e Karen Svensson (Editores)

com outros seres vivos e com a Terra. Prefácio Hildur Jackson Os humanos são uma espécie capaz de resolver problemas. ou como criar uma sociedade integral. capaz de pensar. tornando-se assim um mecanismo para resolver os problemas. O que é uma ecovila? Karen Svensson As ecovilas encarnam um meio de vida. de aprender e de manifestar pensamentos e sonhos. ou pe menos parte lo disto. enquanto novas estruturas sociais. Não conhecemos nenhuma ecovila que tenha anunciado que chegou à perfeição. com belas vizinhanças e com empregos significativos. as leis da Natureza). uma o parte apenas. ele não estaria isento de problemas. E não existe apenas uma. Ecovilas são comunidades de pessoas que se esforçam para levar uma vida sustentável em harmonia com outras. que as pessoas vêm imaginando e com a qual sonham há milhares de anos. Isso seria tedioso demais. vizinhanças sustentáveis. social e cultural-espiritual. um local onde nos sentíssemos felizes para poder criar nossos filhos. alegria e participação. como ser criativo em preservar e desenvolver três milhões de anos de evolução biológica. e que nossos pensamentos e ações têm impacto no meio ambiente em que vivemos. Ecovilas são tentativas emergentes de realizar isto.2 O DIREITO DE REALIZAR UM SONHO Se construirmos este Paraíso para viver. Mas seria um local que refletisse o melhor da nossa sabedoria e nosso discernimento. onde o amor é mais possível. ou como se conectar com os mundos espirituais. muitas pessoas sonham com comunidades. Hoje. como se tornar o amor e vivenciar a união com todos os seres vivos. As ecovilas. Este livro mostra a construção do sonho da ecovila. exibindo constantes melhorias e renovação em sua estrutura física. Um grupo norte-americano manifestou a seguinte visão: queremos criar um lugar onde gostaríamos de reencarnar como crianças em nossas próximas vidas. um lugar maravilhoso para os f ilhos crescerem e um estilo de vida que não os obrigue a deixar as crianças sozinhas o dia todo. Todos esses assentamentos estão em obras. esforços localizados ou práticas transformadoras integrais. Desfrute de uma jornada entre elas. projetos de restauração da Terra ou de povos. Sonhar é um direito que temos desde que nascemos. Sonhos podem ser expressão de amor e de inspiração divina. A idéia de um Paraíso é uma dessas manifestações inspiradas. que pode ser realizado de diversas maneiras através de comunidades sustentáveis intencionais (em escala familiar ou comunitária). Um lugar cheio de vida. cresce e tem a possibilidade de se manifestar no plano físico. Elas são como pinturas sendo feitas no sonhado Paraíso na Terra. o conhecimento e a tecnologia necessários estão disponíveis para ajudar este sonho a se realizar para todos neste planeta. Nós sonhamos e imaginamos como as coisas poderiam melhorar. seja um reflexo holográfico do todo. Elas são fundamentadas na compreensão profunda de que todos os seres e coisas têm ligação entre si. Seu objetivo é combinar um meio ambiente sócio-cultural acolhedor com um estilo de vida de baixo impacto. como se fosse um preço a pagar por serem membros completos da sociedade. Freqüentemente os sonhos são reações a problemas. mas várias versões possíveis: poderia ser um lugar em que se aprendesse como funciona o mundo físico (ou seja. fazendo com que o l cal. Essas pessoas têm um anseio interno por uma vida mais equilibrada e mais espiritual. de uma vida perto da Natureza com plantas e animais ao seu redor. A profunda motivação das ecovilas ou das comunidades intencionais é a necessidade de . Toda a sabedoria. O sonho se expande. ultrapassam a dicotomia dos dias de hoje de assentamentos urbanos versus rurais: representam um modelo de ampla aplicação no planejamento e reorganização dos aglomerados urbanos no século XXI.

de Hildur Jackson.ou seja. Para as crianças. é regenerativo para o indivíduo e para a Natureza. Essas ecovilas permitem uma diversidade. para a produção de comida) e construç es ecológicas. Elas estão fundamentadas na compreensão profunda de que todos os seres e coisas têm ligação entre si. mas agora gradualmente vamos testemunhando o surgimento do ³ideal principal das ecovilas´.  ¨ © § §  m s s c ) ¨©©  ¨¨  © © § ©  A dimensão social de uma ecovila A dimensão social das ecovilas se refere ao desejo das pessoas de passar mais tempo juntas e de criar um ambiente acolhedor onde cada um possa se aprimorar como indivíduo e como parte do grupo. usinas de tratamento de água. a água. Em uma ecovila. as plantas e os animais. como jardinagem e construção. uso de princípios de negócios ecológicos (negócios verdes locais). entre outras coisas. as ecovilas montaram uma grande variedade de combinaç es das três dimens es: Ec óg c C m á ( C . uso de sistemas integrados locais de energia renovável. restauração da Terra. possam crescer como seres humanos equilibrados e saudáveis. vizinhanças ou organizaç es). com moradias que funcionam num sistema misto de aluguel e propriedade privada. Ela se estende da intenção expressa de economizar energia e reciclar lixo até um comprometimento mais amplo com uma vida de baixo impacto. as ecovilas fornecem um ambiente amoroso que as envolve em tarefas diárias.  nossas A dimensão ecológica de uma ecovila A dimensão ecológica das ecovilas revela a conexão das pessoas com a Terra viva: o solo. com diferentes ocupaç es e idades). Marti Mueller e Helena NorbergHodge. que se integram com ênfases diferentes em comunidades diferentes. elas foram algumas vezes vistas como assentamentos marginais ou idealistas demais. na arquitetura. de criar um futuro que. e reflete criatividade e inspiração próprias de seus criadores.3 gradual das estruturas reverter a des tegraç s c -culturais ac lhedoras e o crescente surgimento de práticas destrutivas do meio am i ente em nosso planeta. o vento. enquanto outras estão apenas surgindo. em meio ao ensurdecedor barulho de interesses industriais. Uma das ênfases do conceito das ecovilas é o desejo de assumir responsabilidade pela própria vida. #" ! $ O próximo tópico apresenta uma visão geral das três dimens es das ecovilas. Ecologia. que integra os princípios das ecovilas adaptados a outros modos e expectativas de vida (por exemplo. em famílias. com total abertura. com comodidades privadas e também compartilhadas. preservação da limpeza do solo. a voz de um único indivíduo freqüentemente não é ouvida. Algumas ecovilas existem há mais de 20 anos e começam a apresentar sinais de que completaram suas experiências em matéria de vida sustentável. Baseadas nessa filosofia. e desta forma sustentável indefinidamente no futuro. Essas dimens es também representam as três áreas que podemos escolher para enfocar no estabelecimento de um modo de vida mais sustentável para nós mesmos em   $ Hoje há tantas vers es diferentes de ecovilas quanto ecovilas propriamente ditas. Um futuro que gostaríamos de legar a nossos filhos para que eles. Cada uma alcançou um nível individual de desenvolvimento. com sistemas de integração de energia locais. No mundo ocidental. As ecovilas são pequenas o suficiente para que cada um sinta que tem poderes. comunicaç es em excesso e megaestruturas políticas. As pessoas podem participar na tomada de decis es que afetam suas vidas e as da comunidade de forma transparente . criação de casas vivas feitas com materiais naturais locais e usando tradiç es (arquitetura) locais. cenários mistos. permacultura (por exemplo. Isso as leva a desenvolver grande . inclusive jardins comuns e particulares. As ecovilas encarnam um meio de vida. No passado. da água e do ar através do gerenciamento correto da energia e do lixo. significa*: produção da maior quantidade possível de alimentos orgânicos na biorregião da comunidade. que refletem o ideal principal. e depois os filhos deles. *Trech s do livro ³Wh is na ecovillage?´. a voz soa em alto e bom som. tributação do ciclo de vida dos produtos usados na ecovila a partir de um ponto de vista socialespiritual e ecológico. proteção e apoio à biodiversidade e defesa das áreas nativas. em vez de esgotar energias do mundo mecânico dominado por empresas gigantes.s   © ¨§ ¦ ¦ ¦ £¢ £ ¡   £ ¥   ¤ outros cenários (por exemplo. e que nossos pensamentos e aç es têm impacto no meio ambiente em que vivemos. tanto na composição social quanto no foco individual das pessoas e nos níveis de participação na comunidade.

que soma e inclui. enfatizar práticas de saúde holísticas e preventivas. Em muitos casos. ao apoiar seus criadores durante começos difíceis. que divide e exclui. fornecer trabalho significativo e subsistência para todos os membros. Algumas ecovilas optam por um caminho espiritual bem definido. O indivíduo pode economizar o tempo que estaria em trânsito para o trabalho procurando emprego mais perto de casa. quando há respeito pela Terra e todos os seres vivos. ao mesmo tempo. permitir que crianças. aja localmente. Normalmente as ecovilas são capazes de promover um equilíbrio entre liberdade pessoal e a própria responsabilidade para com os outros. favores entre amigos. As ecovilas encarnam um senso de unidade com o mundo natural. no entanto.4 variedade de habilidades através da experiência prática. sonha) A dimensão cultural-espiritual de uma ecovila Ao integrar os princípios culturais e espirituais em sua estrutura. Quando.Mulher feita de barro sobre a qual cresceram musgos e a cabeleira de capim. atividades locais que geram renda (negócios verdes. consultorias). moeda da ecovila)." Leonardo Boff (a foto é do `The Lost Gardens of Heligan` . aprender a tomar decis es acertadas e a resolver conflitos. Elas adotam o reconhecimento da vida humana e da Terra como parte de um cosmos maior. esse cenário em geral significa a adoção de princípios de simplicidade voluntária. economia informal expandida (refeiç es comunitárias. * pense globalmente. Algumas vezes a comunidade ajuda no lançamento de novos empreendimentos. Aprender a atuar como membros responsáveis de uma comunidade também as ajuda a pensar por si próprias. enquanto. promover a expressão cultural. ainda que isso signifique uma renda menor e uma redução de horas de trabalho. por sua vez. * "A natureza nos ensina o que as ciências da Terra e da vida já há muito nos estão dizendo: a lei básica do universo não é a competição. adormecida. permite que tenha mais tempo para a vida familiar e social e pode abrir caminho para a montagem de um negócio local. Economias alternativas são quase sempre baseadas nos princípios de doação e troca. partilhar recursos em comum e fornecer ajuda mútua. 5 5 Ramificações econômicas O cenário econômico das ecovilas é freqüentemente projetado para acomodar uma vida social e familiar acolhedora ao reduzir as necessidades financeiras e permitir mudanças no 4 nf : Comun reconhecer e se relacionar com os outros. encorajar a união através do respeito pelas diferenças. serviços). se lembram de seu lugar no todo. Os princípios econômicos que mantêm as ecovilas abrangem: moedas complementares (sistemas LETS. desta maneira diretamente ligadas a parâmetros e valores sociais. economia verde. bancos alternativos. Sua posição faz parecer que ela está emergindo da terra com a qual está totalmente integrada e aí. idosos e grupos marginais vivam uma vida plena. Na prática. simplicidade voluntária. mas muitas não dão ênfase a quaisquer práticas espirituais. e se voltam para um estilo de vida em que a harmonia entre todos os seres e a nossa Terra se torna a espinha dorsal do dia-a-dia. criando seres humanos livres e bemintencionados que aprendem a identificar e satisfazer suas necessidades assim como as da sociedade em que vivem. A auto-suficiência parcial em termos de produção local de alimentos e energia ± associada com uma poderosa rede comunitária ± fornece um senso de segurança adicional para indivíduos e grupos para que ousem apoiar mudanças no cenário econômico. se observa os ciclos naturais. meio de vida. Isso. com um aumento progressivo da integração entre trabalho e vida privada e a criação de ocupaç es que forneçam uma renda dentro da própria comunidade. a criação de um sistema econômico alternativo pode dar à ecovila mais independência em relação aos sistemas globais e fortalecer a comunidade. recriar ou ainda encontrar novas express es culturais da conexão humana com a Natureza e o universo. mas a cooperação. promover educaç o inacabável. a tendência é manter. muitas ecovilas intencionais refletem o renascimento de tradiç es culturais de todo o mundo. ' % % 1 0%) (&'&% 3 2 4 .

É cada vez mais comum a utilização de análises de permacultura para estudar o meio ambiente e planejar a futura ecovila. Neste tipo de ecovila. toda vida é baseada na integração social invertida. para alcançar uma forma local de desenvolvimento sustentável que atenda às necessidades básicas da população com recursos locais. E os fazendeiros são cada vez mais forçados a trocar policulturas por monoculturas. a maioria das ecovilas é de natureza intencional. No Sul. As casas típicas não têm mais que um ou dois andares. Freqüentemente as casas são divididas em grupos para que haja mais interação e vida comunitária em cada grupo. As mulheres de Zegg 8 8 8 . é um exemplo de ecovila inspirada na ecologia e baseada na permacultura. sala de refeições). com o respeito à expressão de diferentes culturas. Em Hertha. freqüentemente com a restauração da Terra. cultural e espiritual se mantém intacta. reciclagem de lixo. ao facilitar o aprimoramento pessoal e práticas espirituais integrais. na Dinamarca (inspirada da filosofia de Rudolf Steiner). e cada vez mais governos tentando integrar os princípios das ecovilas às estruturas tradicionais dos vilarejos. no Senegal.5 Cultura e espiritualidade são expressas das seguintes maneiras: com a adoção de um senso de alegria e integração através de rituais e celebraç es segundo ciclos naturais (por exemplo. de alto verão) ao ressaltar a criatividade e as artes enquanto expressão de união e inter-relação com o universo. Foi amplamente projetada para preservar e recuperar o meio ambiente. em que há tentativas de reconstruir comunidades a partir de esboços baseados em um objetivo escolhido (ecológico. Também abriga o escritório da LOS. O mais importante é lembrar que cada projeto tem que definir claramente suas prioridades. ou mesmo gera um cenário econômico que funciona bem para seus moradores. Hertha mantém uma fazenda biodinâmica. Em outras palavras. A localização e a arquitetura das casas são decididas com base nessas observaç es e em outros princípios ecológicos. uma tradição no hemisfério Norte. de 50 a 75% da população ainda vivem em vilas em que a estrutura social. a motivação das pessoas ao construir uma vila vai determinar em grande parte o projeto a ser escolhido: 7 6 Ecovilas orientadas para a ecologia começam a partir da perspectiva do desenvolvimento de um estilo de vida de baixo impacto. exposição ao sol e ao vento. na Alemanha. capacidade para armazenar água. uma padaria. O conceito de ecovila fornece alternativas viáveis para o êxodo populacional e a crescente tendência à monocultura no hemisfério Sul: com redes de vilas (por exemplo. Padrões de projetos de ecovilas Hildur Jackson O foco em uma ou mais das três dimens es resulta em diferentes padrões de projetos de ecovilas. na Austrália. enquanto que. onde as pessoas ³normais´ se integram às vidas dos jovens deficientes mentais. em Burkina Faso e na Índia). um artesanato em prata e um laboratório Steiner de pesquisas mantido pelos jovens e seus professores. social e/ou cultural-espiritual). incluindo outros aspectos. O local é um bom exemplo de como uma estrutura social provoca impacto. Ecovilas de inspiração social são construídas em grande parte a partir dos mesmos princípios. A vila de permacultura de Crystal Waters. Alguns projetos norte-americanos usaram a permacultura como princípio organizacional (veja os recursos à página ). cozinha. A vila com motivação social tem como centro e foco principal uma casa comunitária. etc. Outras ecovilas misturaram projetos de permacultura com elementos sociais ou espirituais (Hertha. de energia. observação e utilização de água da chuva. sala de reuniões. ao expressar uma visão mundial espiritual de conexão global. se adaptam a exigências mais modernas e novas demandas de mercado. Os projetos de permacultura incluem localizaç es de acordo com as quatro direç es. As casas são construídas ao redor das moradias do jovens e das áreas comunitárias (teatro. Da mesma forma. negócios verdes e todo e qualquer processo de construção. os carros são mantidos do lado de fora da entrada. de tratamento de água. a Associação Dinamarquesa das Ecovilas. no Sri Lanka. com o respeito ao fato de que a espiritualidade se manifesta de muitas maneiras. Munksogaard). ao mesmo tempo. Vilas tradicionais No hemisfério Norte. As moradias são construídas perto umas das outras em uma rua ou caminho ou ainda ao redor de áreas comuns (playgrounds ou terraços). enfeitar os mastros no mês de maio. festas de colheitas. O mesmo se aplica na localização de atividades e métodos de produção de alimentos. é famosa por suas experiências sociais. e onde seus habitantes sobrevivem quase todos numa economia de subsistência (amparada por uma produção agrícola auto-suficiente). Zegg.

ou fazem festas (por exemplo. o conceito de ecovila era visto como uma aventura meio marginal de poucos. as diferenças entre idéias e a realidade impõem restrições na hora de realizar os projetos originais. de fácil acesso para todos. em Portugal. o que ajuda a melhorar a comunicação de todo o mundo.´ . O mais importante. As ecovilas com ênfase na dimensão cultural podem optar por ter um teatro no meio da comunidade (Huehuecoyotl. enfatiza a criação de biótopos de cura e processos de paz. a igreja (espiritual). Esta introdução pretende apenas ajudar a esclarecer o que a pessoa acha que tem importância e a manter em mente que é preciso um projeto cuidadoso para um desenvolvimento orgânico sólido a longo prazo. não importa qual a ênfase principal . freqüentemente há um local central para encontros (uma árvore. Uma ecovila irmã de Zegg. Peter Dawkins. construída por artistas) ou alguma outra espécie de salão para celebrações culturais (para dança. festivais das estações). um poço. na Inglaterra. agora começa a ganhar impulso e a ser adotado por um número cada vez maior de pessoas em todo o mundo. uma forma de comunidade sustentável que harmoniza exigências modernas e meios de vida. é fazer com que o processo flua da melhor maneira possível e é neste ponto que podemos aprender com a experiência dos outros. A ecovila também enfatiza a criação de filhos em comunidade. um salão de festas). tempos atrás. Isso acontece em Auroville. Em vilas tradicionais do hemisfério Sul. vizinhança de uma cidade) e condições planejadas. Alguns grupos espirituais (Maharishi) querem construir a vila na forma de uma mandala.Gandhi - . Em muitos casos. que inclui um centro de meditação e salas de reuniões. proximidade de um vilarejo. música. de certa forma. há muito terreno fértil para a expansão de modos de vida sustentáveis. Na hora de começar uma ecovila. O templo subterrâneo de Damanhur fica numa montanha especial onde se cruzam três linhas de energia. que tem como centro o Matrimandir.6 pesquisaram o espírito da feminilidade em comunidade. no México. é importante incorporar os princípios de Vastu Sastra (arquitetura indiana). Estamos aos poucos chegando ao advento da idéia principal de uma ecovila. de Feng Shui e outros sistemas com projetos semelhantes. Tamera. ou contam histórias que são passadas de geração em geração. Assimilar experiências e ouvir conselho dos veteranos pode nos ajudar a acelerar o processo na hora de estabelecer comunidades sustentáveis. ³Seja você a mudança que espera do mundo. o microcosmo da ecovila começa a refletir a necessidade urgente do macrocosmo do mundo em redesenhar nossa realidade mais de acordo com as necessidades humanas básicas e as leis da existência. Muitas ecovilas começam com estruturas já existentes (construções. a hospedaria (social) e o salão de reuniões (cultural) foram construídos perto do poço comunitário.o fato é que nada é certo ou errado. arte e comemorações sazonais). propõe uma linha de análise de energia (templos misturados à paisagem como estruturas de chakras) como padrão para distribuir as diferentes funções na comunidade e uma maneira de construir conforme leis espirituais e naturais. Enquanto. Existe uma expressão do antigo ponto de vista holográfico que diz que cada parte é reflexo do todo (microcosmomacrocosmo): da mesma forma. na Índia. Nos dias de hoje. onde os moradores vão em busca de conselhos dos idosos. Para muitas vilas culturais e espirituais. Nas vilas tradicionais da Escandinávia. ou outros fatores que vão determinar. no entanto. seu padrão de desenvolvimento. As ecovilas orientadas para a espiritualidade podem ser construídas ao redor de um local para meditação. e nos conecta com todo e qualquer tipo de vida.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful