Você está na página 1de 12

WALQUIRIA BACELAR DOS SANTOS NETA

“A EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES”

SÃO PAULO
2023
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO………………………………………………………………………………………………….
2. A EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES……………………………………………………………………
2.1 PRIMEIRA GERAÇÃO DOS COMPUTADORES………………………………………………………….
2.2 SEGUNDA GERAÇÃO DOS COMPUTADORES…………………………………………………………
2.3 TERCEIRA GERAÇÃO DOS COMPUTADORES…………………………………………………………
2.4 QUARTA GERAÇÃO DOS COMPUTADORES……………………………………………………………
2.5 QUINTA GERAÇÃO DOS COMPUTADORES…………………………………………………………….
3. CONCLUSÃO……………………………………………………………………………………………………
4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS………………………………………………………………………….
Introdução:

A evolução dos computadores desde o primeiro computador até os smartphones e os supercomputadores


de hoje em dia se deu em etapas chamadas de gerações.
Existem cinco gerações de computadores, elas são definidas a partir da tecnologia e componentes
empregados: válvulas, transistores, circuitos integrados, microprocessadores e inteligência artificial,
respectivamente.
Cada geração de computadores refere-se a um período em que uma tecnologia com capacidades e
características semelhantes é lançada no mercado e produzida em larga escala.

1
Primeira Geração (1951-1959):

Os primeiros computadores, como o ENIAC e o UNIVAC eram destinados apenas a funções de cálculos,
sendo utilizados para resolução de problemas específicos.
Os computadores da primeira geração não contavam com uma linguagem padronizada de programação. Ou
seja, cada máquina possuía seu próprio código e, para novas funções, era necessário reprogramar
completamente o computador.
Alguns Destaques da 1ª Geração
• Mark I
• Eniac
• Valvulas
• Programação através de fios
• Utilização de linguagem de máquina

Os computadores de primeira geração conseguiam realizar milhares de cálculos por segundo, mas só podiam
realizar uma operação por vez e consumiam muita energia elétrica.
Eles foram programados em linguagem de máquina, uma linguagem de programação de baixo nível, e a
entrada e saída dos dados era feita a partir de cartões perfurados.

2.1
1959/1965 - Computadores de segunda geração:

Início do uso comercial


Tamanho gigantesco
Capacidade de processamento muito pequena
Uso de transistores em substituição às válvulas

A válvula foi substituída pelo transistor. Seu tamanho era 100 vezes menor que o da válvula, não
precisava de tempo para aquecimento, consumia menos energia, era mais rápido e confiável. Os
computadores desta geração já calculavam em microssegundos (milionésimos) e eram programados
em linguagem montadora.

Os computadores de segunda geração não são diferenciado apenas pela tecnologia ou pelo
menor tamanho, mas pela mudança na linguagem de programação, que passou para a
linguagem assembly.
Essa linguagem não poderia ser usada em outro computador, por ela ser básica e não portátil , mas
consome menos recursos que sua antecessora

Inserir um pouquinho de texto


Inserir um pouquinho de texto

Inserir um pouquinho de texto

2.2

2.2
2.2
2.2
Terceira geração( 1964-1971):

Os computadores da terceira geração funcionavam por circuitos integrados que


substituíram os transistores .
Foi nesse período que os chip feito de silício foram criados ,eles possui diferentes
componentes que formam uma espécie de circuito em miniatura.
A entrada e saída nesse tipo de computador eram gerenciados por dispositivos periféricos
como impressora ,teclado ou monitor .

2.3
Quarta geração:

A quarta geração dos computadores começou em 1975 e vai até à atualidade.


Mas precisamente a partir da década de 90, há uma grande expansão dos computadores pessoais.
Os computadores e seus componentes ficaram ainda menores, com o surgimento dos
microcomputadores, microprocessadores e microchips. Na quarta geração também surge
Apple e Microsoft , os gigantes da informática

Além disso, surgem os softwares integrados e a partir da virada do milênio, começam a surgir os
computadores de mão. Ou seja, os smartphones, iPod, iPad e tablets, que incluem conexão móvel
com navegação na web.

Segundo a classificação acima, nós pertencemos à quarta geração dos computadores, o que revela
uma evolução incrível nos sistemas de informação.
A quarta geração de computadores foi caracterizada também por incluir dois tipos de memória:

Memória RAM : armazena os dados do programa temporariamente, enquanto o equipamento está ligado
Memória ROM : armazena os dados do programa permanentemente.

2.4
Quinta geração:

A quinta geração de computadores, conhecida como a geração da “inteligência artificial”,


é composta por máquinas onde a capacidade de processamento de dados, taxas de transferência e
armazenamento foram consideravelmente aumentadas. Desde o início desta geração e até hoje,
ocorrem diversos processos de diminuição do espaço físico.
A incorporação da tecnologia quântica permitiria aos computadores trabalhar com enormes
quantidades de dados que ainda não são possíveis de processar.

A quinta geração de computadores é portátil e se caracteriza pelo fato de que a entrada e saída
de dados podem ser feitas a partir do hardware, mas também a partir do reconhecimento facial
ou de voz.

Um exemplo de computadores de quinta geração são os smartphones, que possuem maior


capacidade de armazenamento e velocidade do que um computador de quarta geração. Além disso,
eles são pequenos, têm ligação à Internet e reconhecem a linguagem natural e as expressões
faciais.
2.5
CONCLUSÃO

Concluímos que a geração dos computadores está ligada a marcos tecnologicos que permitem
mudanças significativas na tecnologia de computaçã. No entanto é importante notar que a
evolução tecnologia é continua e que novos avanços sempre estão em desenvolviment.

3
REFERENCIA BIBLIOGRÁFICA

Https://swww.diferenca.com/evolucao-dos-computadores/

4
EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES

A evolução dos computadores tem sido uma história fascinante desde a década de 1940, quando os
primeiros computadores foram desenvolvidos para fins militares e científicos. Desde então, a
tecnologia dos computadores tem progredido rapidamente, tornando-se menor, mais poderosa e
mais acessível a cada geração.

2.0

Você também pode gostar