Você está na página 1de 12

PCC Pis, Cofins e Csll

Ambiente: SAP

Foi cadastrado as contribuies nos dados mestres de fornecedor:

Vamos olhar primeiro como est parametrizado essas contribuies no customizing.

PIS
Incide sobre 100% do valor da Nota fiscal.

Clculo: At R$ 5.000,00 ele no aplica a taxa de 0,65%. Acima desse valor, ou seja, R$ 5.000,01 ele aplica a taxa de 0,65%.

Cofins Retm 3% sobre o valor total da fatura.

Clculo: At R$ 5.000,00 ele no aplica a taxa de 0,65%. Acima desse valor, ou seja, R$ 5.000,01 ele aplica a taxa de 0,65%.

CSLL Retm 1% sobre o valor o valor total da fatura.

Clculo: At R$ 5.000,00 ele no aplica a taxa de 0,65%. Acima desse valor, ou seja, R$ 5.000,01 ele aplica a taxa de 0,65%.

Obs 1: Dentro do ambiente SAP temos duas formas de visualizar a reteno do PCC, isto , na entrada da Fatura, ou apenas no pagamento. Na Ultracargo est definido que a contabilizao ser realizada no momento da entrada da fatura. Obs: 2: A diferena entre categoria de IRF e Cdigo de IRF que o primeiro indica apenas um descritivo do imposto (se IRRF, INSS, PIS, ISS etc...) e o segundo indica o imposto faz, qual a taxa, sobre qual valor ele aplicado.

Obs 3: na categoria de IRF que definimos as parametrizaes, se haver acumulao ou no, se tem acumulao por ms ou no, se incide sobre o valor bruto etc. PIS, COFINS e CSLL embora pertenam a categorias de IRF diferentes tem a mesma configurao.

Conforme pode ser visualizado acima, existe acumulao e foi definido que ser por ms. Isso indica que o perodo de acumulao utilizado para clculo do PCC ser de um ms. Ex: 01.02.2011 fatura 12345 valor R$ 2.000,00 (no h reteno)

10.02.2011 fatura 54321 valor R$ 2.000,00 (no h reteno) 25.02.2011 fatura 11111 valor R$ 1.000,01 (Aqui o sistema retm 4,65% referente ao PCC, incide esse valor no sobre 1.000,01 mas sobre 5.000,01 e destaca esse valor na contabilizao desta fatura) 01.03.2011 fatura 2222 3.000,00 (Como mudou o perodo, ms 03, o sistema desconsidera os valores do ms 02 e inicia um novo ciclo)

Obs 4: Para acessar quais as contas contbeis utilizadas na contabilizaes PIS, COFINS e CSLL chame a transao: OBWW.

Simulaes:

Antes de realizar os testes verifiquei se havia partidas em aberto do fornecedor: 1000003393 (apresentado no incio deste documento) para no impactar os lanamentos. (transao FBL1N) Para esse cenrio vamos entrar com 3 faturas e seus respectivos valores conforme abaixo: 1 fatura no valor de R$ 2.000,00 2 fatura no valor de R$ 1.000,00 3 fatura no valor de R$ 2.000,01

1 fatura no valor de R$ 2.000,00 (no reteve)

2 fatura no valor de R$ 1.000,00 (no reteve)

3 fatura no valor de R$ 2.000,01 (reteve)

Podemos observar que foi retido na ltima fatura (R$ 2.000,01) o PCC referente ao montante de R$ 5.000,01.

Caso o pessoal de MM entre com uma fatura no valor de 1.000,00 o sistema calcular o Pis, cofins e Csll normalmente sobre o valor de 1000, pois esse fornecedor acumulou mais de 5000 em faturas dentro do mesmo ms. Veja abaixo o exemplo. 4 fatura no valor de R$ 1.000,00 (reteve)

Por ltimo lanaremos uma fatura para este mesmo fornecedor, com data 03.04.2011. 5 fatura valor de R$ 1.000,00 (no reteve) No houve reteno, pois a fatura foi lanada no perodo 04.

Você também pode gostar