"COMO CALCULAR AS MÉDIAS COM A HP 12C

"
Como já foi dito nesse blog a HP 12C facilita cálculos financeiros, ela nos ajudar a calcular de forma simples e rápida as médias (aritmética, geométrica, harmônica e ponderada). A seguir veremos, no passo-a-passo, como calcular essas médias na calculadora HP 12C:

Média aritmética Para calcularmos a média aritmética na HP 12 C temos que adotar os passos seguintes: 1°: devemos introduzir os números que integram a amostra na HP 12C (um de cada vez) seguidos do símbolo do somatório mais, ou seja, tecla-se um número e o somatório mais, outro número e o somatório mais e assim sucessivamente, até todos os números da amostra estarem registrados. 2°: depois de todos os números estarem registrados na calculadora, para obtermos a média aritmética, devemos apertar a tecla g e depois o 0 (zero), logo aparecerá o resultado no visor da HP 12C. Exemplo: 1) Determine a média dos números 3, 4, 10, 12 e 14. RESPOSTA: Para encontrarmos essa média na HP 12C devemos fazer o seguinte: 1° - clicamos no número 3 e logo após no somátorio mais; 2° - clica-se no 4 e logo após no somatório mais; 3° - apertamos o 10 e o somatório mais ; 4° - inserimos o 12 e o somatório mais; 5° - clicamos no 14 e logo após no somatório mais ; 6° - clicamos no g e logo após no zero (0) e obteremos o resultado que será 8,6.

Símbolo do Somatório mais na HP 12C

Simples não é?!

inserir o número de índice da raiz (que é igual ao número de elementos da amostra). 4° .91. . 10}. 2° . Tecla que eleva y a x na HP 12C Exemplo: 1) Calcule a média geométrica da amostra: {2. Após esses passos teremos o resultado exposto no visor da calculadora.39.clicamos no 7 depois no 1/x e depois no + e no sinal de dividir.logo após inserimos o número 5 apertamos no 1/x e clicamos no +.inserimos o 1 e apertamos novamente o ENTER. 3° . apertar o ENTER. 5. 2: Determine a média harmônica entre os números 2.inserimos o 4 e logo após clicamos o ENTER. 6 e 10. 3. PARA CALCULAR NA HP 12C: 3 → ENTER → 2 → 1/x → ENTER → 6 → 1/x → + → 10 → 1/x→ +→ / /: dividir Isso será igual a 3. Ex. O 1/x na HP 12C Média Geométrica Para calcularmos a média geométrica na calculadora HP 12C é só fazer o seguinte: efetuar a multiplicação entre os termos da amostra. 5° . que é igual a 2. Sabemos que a equação ficará da seguinte forma: Xh = 4 1+1/3+1/5+1/7 para inserirmos essa equação na HP 12C devemos seguir os seguintes passos: 1° .Média Harmônica Para encontramos a média harmônica com a HP 12C devemos fazer o seguinte: Ex. 5 e 7. 1: Encontre a média harmônica entre os números 1.apertamos o 3 depois o 1/x (para inverter o número para 1/3) e depois o sinal de mais (+). clicar no 1/x e depois o y elevado a x.

86. que se o valor médio for inserido ao conjunto de números originais.Na HP 12C seguimos os passos: 1° . 1200. para apurarmos o valor médio artimético deste conjunto. a sua posição seria exatamente no meio da sequência. Observe ainda está propriedades das médias. seria o valor médio. 1000 e 1600. 4° . 1600 } Observe que se fossemos inserir o valor médio de 1300 neste conjunto de números ordenados. 3° . 1400. O resultado será igual a 7. simplesmente o totalizamos e dividimos o total obtido pela quantidade de valores do conjunto: Agora preste atenção neste conjunto de números após o colocarmos em ordem crescente: { 1000. Dados os números 1200. ou seja. CLX .inserimos o 10 e apertamos o botão de multiplicação (x) duas vezes. a média ainda continuará a mesma: Digamos que em um concurso você tenha feito três provas e tenha tirado as seguintes notas: 10.apertamos o 5 e o ENTER. 1400.inserimos o índice da equação que nesse caso é o 3 apertamos o 1/x e em seguida o y elevado a x . o mais simples e o mais comum é a média aritmética simples. 2° . OBS: sempre apagar as memórias da calculadora antes de iniciar um novo cálculo apertando o f e o CLX. 9 e 18. 8 e 3. Na HP 12C: 3 → ENTER → 9 → ENTER → 18 → x → x → 3 → 1/x→ y elevado a x.clicamos no 2 e apertamos o ENTER.HP 12C Média Aritmética Simples Dos vários tipos de médias utilizados. 2) Encontre a média geométrica entre os números 3. Qual foi a sua nota média afinal? .

a segunda nota tinha um peso maior.Vejamos: Como a nota mínima para passar no concurso era a nota 7. 7. Some todos os produtos encontrados e divida este total pela soma dos pesos. E agora?!? Nos bastidores você soube que a primeira prova teria peso 3. a segunda peso 5 e a terceira teria peso 2. você se sente feliz e aliviado por ter conseguido alcançá-la. Veja o exemplo abaixo: Você percebe que o primeiro valor tem peso 1.1 não atingiu o valor mínimo de 7. embora este tenha sido cinco vezes maior que o segundo. Por isto os itens com maior peso influenciam mais na média final que os de menor peso. Média Aritmética Ponderada Mas foi aí que lhe veio a surpresa! Na última hora você soube que a nota média seria calculada atribuindo-se um peso diferente a cada prova. Epa! Espere um pouco! Você cometeu um erro! Os pesos não estão na ordem correta! A primeira prova teria peso 3. a média aritmética ponderada possibilita atribuir peso ou importância diferentes a cada valor. a segunda peso 2 e a terceira teria peso 5. Resumindo. para se apurar a média aritmética ponderada. Você fica apreensivo. sete vezes menor que o peso do segundo valor que é igual a 7. Vejamos se houve alguma mudança. 1) Qual é a média aritmética simples dos números 11. primeiramente multiplique cada valor pelo seu respectivo peso. parece-me que você ainda tem chances: Parabéns! Você foi aprovado. Por isto a média final se aproximou muito mais de segundo valor (2). que do primeiro (10). afinal de contas a sua média final até melhorou! Como você pode perceber. 13 e 9? . Provavelmente por ser mais importante no processo de seleção. Vamos aos cálculos: Que pena meu rapaz! Infelizmente a sua média de 6.

a raiz de índice cinco. 16 e 32? Se dispusermos de uma calculadora científica. 8. 3) Qual é a média geométrica dos números 2. que é a quantidade de números: Logo: A média aritmética simples destes números é 10. 3 e 5? Neste outro caso a solução consiste em multiplicarmos cada número pelo seu respectivo peso e somarmos todos estes produtos.Como visto na parte teórica. pois como iríamos extrair tal raiz. a solução deste exercício resume-se em somarmos os números e dividirmos este total por quatro. podemos então escrever: Como dentro do radical temos um produto de potências de mesma base. 2. somando-se os expoentes temos: Finalmente dividindo-se o índice e o expoente por 5 e resolvendo a potência resultante: Então: A média geométrica deste conjunto de números é 8. 14. pois se tratam de cinco números: Se não dispusermos de uma calculadora científica esta solução ficaria meio inviável. 18 e 30 sabendo-se que os seus pesos são respectivamente 1. este exercício pode ser solucionado multiplicando-se todos os números e extraindo-se do produto final. 4. . Este total deve ser então dividido pela soma total dos pesos: Assim sendo: A média aritmética ponderada deste conjunto de números é 22. isto sem contar na dificuldade em realizarmos as multiplicações? Repare que todos os números são potência de 2. 2) Qual é a média aritmética ponderada dos números 10.

4) Dado um conjunto de quatro números cuja média aritmética simples é 2. quanto passará a ser a nova média aritmética simples? Na parte teórica vimos que a soma dos elementos de um conjunto de números. obteremos a soma destes quatro números que é igual a 10: Ao incluirmos o número 8 neste conjunto de números.6: Portanto: Ao inserirmos o número 8 neste conjunto de números. a média dos mesmos será 18 dividido por 5 que é igual a 3. Oito destes alunos possuem exatamente 163cm. Se chamarmos de S a soma da altura de todos os alunos desta classe e de n o número total de alunos. Se chamarmos esta soma de S. teremos 148cm como a nova média de altura da turma. resulta na média aritmética simples entre eles. Expressando esta informação em forma de equação temos: Novamente isolemos a variável S: .5 se incluirmos o número 8 neste conjunto. Se estes oito alunos forem retirados desta classe. dividida pela quantidade de elementos deste conjunto. em função do enunciado podemos nos expressar matematicamente assim: Passando o divisor 4 para o segundo membro e o multiplicando pelo termo 2. a nova média aritmética será de 148cm. cuja média aritmética simples é de 150cm. Quantos alunos há nesta sala de aula? Sabemos que a média aritmética simples de um conjunto de números é igual à soma dos mesmos dividida pela quantidade de números deste conjunto.5. 5) Em uma sala de aula os alunos têm altura desde 130cm até 163cm. podemos escrever a seguinte equação: Isolando a variável S temos: O enunciado nos diz que se retirarmos todos os oito alunos que medem 163cm. a soma dos mesmos passará de 10 para 18 e como agora teremos 5 números ao invés de 4.6. a média aritmética simples passará a ser igual a 3.

Para b = 16 temos: . portanto atribuindo a b um de seus possíveis valores. A média aritmética deles pode ser expressa como: Já média geométrica pode ser expressa como: Vamos isolar a na primeira equação: Agora para que possamos solucionar a segunda equação. Vamos conferir. que a seja igual a 25 e quando b for igual a 25. iremos . a média aritmética simples e a média geométrica deles são respectivamente 20 e 20.Como na primeira equação calculamos que por 150n: .5. É de se esperar. Sabemos que encontrar o valor de a. Para conseguirmos isto iremos substituir a por 41 . é necessário que fiquemos com apenas uma variável na mesma. 6) Dados dois números quaisquer. portanto que quando b for igual a 16. que a seja igual a 16. Quais são estes dois números? Chamemos de a e b estes dois números.b: Note que acabamos obtendo uma equação do segundo grau: Solucionando a mesma temos: O número b pode assumir. vamos trocar S na segunda equação Enfim: Nesta sala de aula há 60 alunos. portanto os valores 16 e 25.

realizamos a decomposição dos números 36 e 48 em fatores primos. Respondendo à pergunta: Ao juntarmos o número 48 aos dois números iniciais. Se a eles juntarmos o número 48.80/kg com um produto B que custa R$ 4. Acesse a página decomposição de um número natural em fatores primos para maiores informações sobre este assunto. resulte em R$ 6.00/kg. que custa R$ 6. ou seja. resta-nos multiplicálo por 48 e extraímos a raiz cúbica deste novo produto para encontrarmos a média desejada: Note que para facilitar a extração da raiz cúbica. A representação matemática desta situação pode ser vista abaixo: . 7) A média geométrica entre dois números é igual a 6.Para b = 25 temos: Concluindo: Os dois números são 16 e 25. iremos obter o valor numérico do produto destes dois números: Agora que sabemos que o produto de um número pelo outro é igual 36. a partir do que foi dito no enunciado podemos montar a seguinte equação: Elevando ambos os membros desta equação ao quadrado. entendemos que devemos somar o valor total de dois produtos e depois dividir este total pela soma da quantidade destes dois produtos. a média.00/kg para obter um produto de qualidade intermediária que custe R$ 6. qual será a média geométrica entre estes três números? Se chamarmos de P o produto destes dois números. Quantos quilogramas do produto B serão utilizados nesta mistura? Interpretando o enunciado. de sorte que o resultado. 8) Um comerciante pretende misturar 30 kg de um produto A.00/kg. a média geométrica passará a ser 12.

x3. vamos substituí-lo na equação a fim de podermos encontrar o valor de B: Portanto: 12 kg do produto B serão utilizados nesta mistura para que o quilograma do produto final custe R$ 6. para solucionar o problema vamos montar uma equação onde chamaremos de x a média das notas das meninas: Solucionando a equação temos: Logo: A média das notas das meninas é igual a 8. Se considerarmos apenas as notas dos 15 meninos.. então teríamos a seguinte média aritmética: . ao multiplicarmos o valor da média pela quantidade de elementos. à pontuação total obtida pelos meninos e dividirmos o valor desta soma pelo número de alunos da classe. Definimos a média harmônica entre os números reais e positivos x1... x2. . iremos obter a sua média que é igual a 7. . a nota média é igual a 7. Se somarmos a pontuação total obtida pelas meninas. Em função do explanado acima. obtemos o somatório dos mesmos. Como sabemos. xn é dada por: Só que no caso da Média harmônica estamos falando do inverso destes números.00.. x2.7.7.. x3.Como sabemos que A = 30. Qual a média das notas se considerarmos apenas as meninas? Nesta classe de 50 alunos temos 15 meninos e consequentemente temos 35 meninas. Como sabemos a média aritmética dos números x1. 9) A média das notas dos 50 alunos de uma classe e 7.. xn como sendo o inverso da média aritmética do inverso destes números.

É fácil entender que a média aritmética das velocidades seria de 100 km/h: Porém a pergunta não foi qual a média das velocidades. estamos considerando que os trajetos de ida e volta têm a mesma medida. que conceitualmente são de mais fácil compreensão. na volta a velocidade média desenvolvida foi de 120 km/h. para facilitar a explicação vamos arbitrar que a distância entre as cidades A e B seja de 120 km. como vimos que a Média harmônica é o inverso da média aritmética do inverso dos referidos números. como de costume vamos recorrer a um exemplo: Um veículo realizou o trajeto de ida e volta entre as cidades A e B. A resposta para esta pergunta seria a média harmônica de 96 km/h: Mas por que 96 km/h? Em que se baseia este resultado? Vamos fazer o seguinte. mas sim qual a velocidade média para realizar todo o percurso.Além disto. Na ida ele desenvolveu uma velocidade média de 80 km/h. no entanto apesar de simples o seu cálculo. Um exemplo clássico é aquele onde estamos trabalhando com velocidade e tempo. então finalmente temos: Quando utilizamos a Média Harmônica A média harmônica é utilizada quando estamos trabalhando com grandezas inversamente proporcionais. pois ao aumentarmos a velocidade diminuímos o tempo necessário para percorrer um determinado trajeto e vice-versa. a média harmônica é um conceito um pouco mais difícil de se entender. já que independentemente da distância entre as cidades as velocidades médias foram de 80 km/h na ida e de 100 km/h na volta. Para uma maior facilidade de assimilação do conceito. Compreendendo o Conceito de Média Harmônica Já estudamos a média aritmética e a média geométrica. . Qual a velocidade média para realizar todo o percurso de ida e volta? Embora não tenha sido dito no enunciado.

donde concluímos que a velocidade média foi de 96 km/h: Para ficar mais claro que os 96 km/h se referem à média harmônica. .5 h. vamos incluir um passo a mais no cálculo realizado acima para apurá-la: Percebeu? Portanto: A velocidade média para se percorrer todo o percurso de ida e volta seria de 96 km/h. que é a distância entre as cidades dividida pela velocidade média da ida: Analogamente na volta o tempo gasto seria de uma hora: Então para realizar o percurso total de 240 km/h se gastaria 2.Como base nestas informações podemos concluir que o tempo gasto na ida seria de uma hora e meia.

Símbolo do Somatório mais na HP 12C Simples não é?! . devemos apertar a tecla g e depois o 0 (zero).clicamos no g e logo após no zero (0) e obteremos o resultado que será 8. no passo-a-passo. ou seja. outro número e o somatório mais e assim sucessivamente. 2°: depois de todos os números estarem registrados na calculadora. A seguir veremos. Exemplo: 1) Determine a média dos números 3.inserimos o 12 e o somatório mais.clica-se no 4 e logo após no somatório mais. harmônica e ponderada). 4° . 5° . 12 e 14. até todos os números da amostra estarem registrados.clicamos no 14 e logo após no somatório mais . tecla-se um número e o somatório mais.clicamos no número 3 e logo após no somátorio mais. 6° . geométrica. ela nos ajudar a calcular de forma simples e rápida as médias (aritmética. para obtermos a média aritmética. logo aparecerá o resultado no visor da HP 12C. 2° . como calcular essas médias na calculadora HP 12C: Média aritmética Para calcularmos a média aritmética na HP 12 C temos que adotar os passos seguintes: 1°: devemos introduzir os números que integram a amostra na HP 12C (um de cada vez) seguidos do símbolo do somatório mais.apertamos o 10 e o somatório mais . 4. 10."COMO CALCULAR AS MÉDIAS COM A HP 12C" Como já foi dito nesse blog a HP 12C facilita cálculos financeiros. 3° .6. RESPOSTA: Para encontrarmos essa média na HP 12C devemos fazer o seguinte: 1° .

5° . PARA CALCULAR NA HP 12C: 3 → ENTER → 2 → 1/x → ENTER → 6 → 1/x → + → 10 → 1/x→ +→ / /: dividir Isso será igual a 3. que é igual a 2.91. 2° . .logo após inserimos o número 5 apertamos no 1/x e clicamos no +. 5 e 7.clicamos no 7 depois no 1/x e depois no + e no sinal de dividir. Após esses passos teremos o resultado exposto no visor da calculadora.apertamos o 3 depois o 1/x (para inverter o número para 1/3) e depois o sinal de mais (+). Sabemos que a equação ficará da seguinte forma: Xh = 4 1+1/3+1/5+1/7 para inserirmos essa equação na HP 12C devemos seguir os seguintes passos: 1° . 1: Encontre a média harmônica entre os números 1. Ex. O 1/x na HP 12C Média Geométrica Para calcularmos a média geométrica na calculadora HP 12C é só fazer o seguinte: efetuar a multiplicação entre os termos da amostra. 5. apertar o ENTER.39. 10}. 2: Determine a média harmônica entre os números 2. 3° .inserimos o 1 e apertamos novamente o ENTER.Média Harmônica Para encontramos a média harmônica com a HP 12C devemos fazer o seguinte: Ex. clicar no 1/x e depois o y elevado a x. 3. Tecla que eleva y a x na HP 12C Exemplo: 1) Calcule a média geométrica da amostra: {2.inserimos o 4 e logo após clicamos o ENTER. inserir o número de índice da raiz (que é igual ao número de elementos da amostra). 6 e 10. 4° .

O resultado será igual a 7.86. 3° . 4° . OBS: sempre apagar as memórias da calculadora antes de iniciar um novo cálculo apertando o f e o CLX. 2° .clicamos no 2 e apertamos o ENTER.HP 12C . Na HP 12C: 3 → ENTER → 9 → ENTER → 18 → x → x → 3 → 1/x→ y elevado a x. 2) Encontre a média geométrica entre os números 3.apertamos o 5 e o ENTER. CLX .inserimos o índice da equação que nesse caso é o 3 apertamos o 1/x e em seguida o y elevado a x . 9 e 18.inserimos o 10 e apertamos o botão de multiplicação (x) duas vezes.Na HP 12C seguimos os passos: 1° .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful