Você está na página 1de 2

Vozes do discurso.

Ao lermos um texto, observamos que h um narrador, que quem conta o fato. Esse locutor ounarrador pode introduzir outras vozes no texto para auxiliar a narrativa. Para fazer a introduo dessas outras vozes no texto, a voz principal ou privilegiada, o narrador, usa o que chamamos de discurso. O que vem a ser discurso dentro do texto? Discurso a forma como as falas so inseridas na narrativa. O discurso pode ser classificado em: direto, indireto e indireto livre. Discurso direto: reproduz fiel e literalmente algo dito por algum. Um bom exemplo de discurso direto so as citaes ou transcries exatas da declarao de algum. - Primeira pessoa (eu, ns) o narrador quem fala, usando aspas ou travesses para demarcar que est reproduzindo a fala de outra pessoa. Exemplo de discurso direto: No gosto disso disse a menina em tom zangado. Discurso indireto: o narrador, usando suas prprias palavras, conta o que foi dito por outra pessoa. Temos ento uma mistura de vozes, pois as falas dos personagens passam pela elaborao da fala do narrador. - Terceira pessoa - ele(s), ela(s) O narrador s usa sua prpria voz, o que foi dito pela personagem passa pela elaborao do narrador. No h uma pontuao especfica que marque odiscurso indireto. Exemplo de discurso indireto: A menina disse em tom zangado, que no gostava daquilo. Discurso indireto livre: um discurso misto onde h uma maior liberdade, o narrador insere a fala do personagem de forma sutil, sem fazer uso das marcas do discurso direto. necessrioque se tenha ateno para no confundir a fala do narrador com a fala do personagem, pois esta surge de repente em meio a fala do narrador. Exemplo de discurso indireto livre: A menina perambulava pela sala irritada e zangada. Eu no gosto disso! E parecia que ningum a ouvia. Tempo Verbal: O tempo verbal tambm fator determinante dos discursos. O discurso indireto estar sempre no passado em relao ao discurso direto. Discurso direto - tempos verbais Presente do indicativo: No gosto disso diz a menina em tom zangado. Pretrito perfeito do indicativo: No gostei disso disse a menina em tom zangado. Futuro do indicativo: No gostarei disso disse a menina em tom zangado.

Imperativo: - Vista o agasalho, meu filho. Discurso Indireto tempos verbais Pretrito imperfeito do indicativo: A menina afirmou que estava zangada. Pretrito-mais-que-perfeito do indicativo: A menina afirmou que estivera zangada (composto A menina afirmou que tinha estado zangada) Futuro do pretrito : A menina disse que estaria zangada. Pretrito imperfeito do subjuntivo: A me recomendou-lhe que vestisse o agasalho. Essa a base dos Tipos de Discurso existentes em um texto.

Você também pode gostar