Você está na página 1de 2
ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ REFLEXÂO DE ESTRUTURA e COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL No módulo leccionado pelo Formador

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ

REFLEXÂO DE ESTRUTURA e COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

No módulo leccionado pelo Formador Carlos Pedro Alves Guedes Estrutura e Comunicação

Organizacional (ECO), com a duração de 50 horas, do Curso Técnico de Contabilidade, abordamos

os seguintes temas:

A Organização Empresarial e Não Empresarial.

Como facilmente nos apercebemos, o conceito anteriormente descrito para Organização, pode ser

aplicado a qualquer tipo de Organização seja ela empresarial ou não, a única diferença reside nos

objectivos de base a que cada uma se propõe.

Assim temos na Organização Empresarial o objectivo de maximização do seu valor para os

seus proprietários. Enquanto, que na Organização Não Empresarial, como o próprio nome indica,

não tem qualquer objectivo Financeiro, ou seja, Hospitais, Escolas, Associações Sindicais, etc.

Sendo uma Empresa um agente Económico onde uma das necessidades têm que ser satisfeitas em

obtenção de lucro, que permita o seu desenvolvimento e crescimento. Este novo elemento “Lucro”

distingue uma empresa de uma organização. Esta consiste numa sociedade organizada composta por

meios humanos, técnicos e financeiros, reunidos tendo em vista a produção de bens/ ou serviços

destinados à venda, satisfazendo as necessidades das comunidades onde se encontra inserido.

Quanto aos sectores, existem três: Sector Primário, incluem-se as empresas ou Industrias

Extractivas (Agricultura, Pesca, etc.), Sector Secundário, englobam-se as Industrias

Transformadoras, ou seja, aquelas que transformam matéria-prima em produto final (Industria

Têxtil, Industria Automóvel, etc.), Sector Terciário, reúnem-se o comércio e a prestação de serviços

(Supermercados, etc.).

Qualidade é fundamental para a sobrevivência das empresas!

Esta frase espelha realmente o principal objectivo de uma empresa, sendo os seguintes

também essenciais: satisfazer as necessidades dos clientes; aumentar a produtividade e promover a

realização sócio profissional. Neste contexto não podemos esquecer a boa aparência, a simpatia e

um sorriso perante um cliente.

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ SGQ – Sistema de Gestão da Qualidade, este sistema assegura o

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ

SGQ Sistema de Gestão da Qualidade, este sistema assegura o fornecimento de serviços

que vão de encontro às expectativas dos clientes, que incrementem a sua satisfação e potencie a

melhoria contínua do desempenho da organização.

Dentro deste sistema existe o manual de Qualidade, as Normas 9000 que estabelecem

política e objectivos da Qualidade, sendo os referenciais normativos os seguintes:

ISO 9000: 2005 Apresenta os fundamentos e vocabulário para sistemas de Gestão da

Qualidade

ISO 9001: 2008 Especifica requisitos para sistemas de Gestão de Qualidade

ISO 9004:2009 Dá orientações mais específicas para melhoria de desempenho

Certificação da Qualidade, a empresa cumprir os requisitos todos da Norma ISO 9001, com

a colaboração de todos e ter um bom ambiente de trabalho, necessário para atingir a conformidade

com os requisitos do produto e assim conseguimos a Certificação.

O Ciclo PDCA é uma ferramenta de qualidade indispensável no mundo dos negócios, cujo o

principal objectivo é o manter todas as actividades da empresa sob controlo, tanto as operacionais

como as administrativas, que tem quatro fases: Planear; Executar; Verificar; Actuar.

Os princípios de Gestão de Qualidade na Norma ISO 9000: 2005, identificam-se em 8

princípios: 1º Focalização do Cliente, 2º Liderança, 3ºEnvolvimento das Pessoas, 4ºAbordagem por

processos, 5ºAbordagem da Gestão como um Sistema, 6ºMelhoria Contínua, 7ºAbordagem à

tomada de decisões baseada em factos, 8ºRelações mutuamente benéficas com os Fornecedores.

A nível de Qualidade de Vida, estudamos os 5´S, que têm como objectivo melhorar a

qualidade de vida do ser humano, ou seja, a do trabalhador, para se obter produção de qualidade e

um ambiente digno de trabalho, assim temos o Senso de Utilização (arrumação, etc.), Senso de

Organização (ordem, etc.), Senso de Limpeza (limpar e organizar), Senso Padronização (higiene,

arrumação, etc.) e o Senso de Autodisciplina (manutenção da Ordem, etc.).

Posto isto, penso que tenho o essencial para ajudar a criar a minha empresa, em organizá-la,

gerir com qualidade, melhorando constantemente para satisfazer o Cliente em todos os aspectos.

Formadora: Carlos Pedro Alves Guedes Formando: Paulo Filipe Cabral Correia