Você está na página 1de 13

1

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA/CEFET/RN


Av. Senador Salgado Filho, 1559 - Tirol - Natal/RN.
Cep. 59015-000 - Fone (0XX84) 4005-26l0
Fax (0XX84) 4005 -2696
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

EDITAL DA CONCORRÊNCIA Nº 03/2007

O Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do


Norte através da Comissão Permanente de Licitação, e tendo em vista o que
consta no processo N.º 23057.004700/2007-77, nos termos da Lei nº 8.666, de
21 de junho de 1993, e suas alterações e a Instrução Normativa nº 05/95, de
21 de julho de l995, do Ministério da Administração Federal e Reforma do
Estado-MARE, torna público a quem interessar possa, que realizará licitação
na modalidade de CONCORRÊNCIA, tipo MENOR PREÇO POR LOTE, sob a
forma de execução indireta, no regime de empreitada por preço global a se
realizar, no dia 12/12/2007, às 10h(horário de Brasilia) e 09h(horário de
Natal), na Sala de Reuniões do Gabinete da Direção Geral, deste CEFET-
RN, pavimento térreo, onde serão abertos os envelopes que conterão a
documentação e proposta necessária, para a contratação de empresa de
engenharia para execução dos serviços conforme especificado nos Anexos,
Projetos Básicos e Memóriais Descritivos, regendo-se pela legislação acima
citada e demais normas pertinentes e condições estipuladas neste Edital.

1 DO OBJETO DA LICITAÇÃO
1.1 A presente licitação tem como objeto a contratação de empresa de
engenharia devidamente habilitada para a realização dos serviços relacionados
nos anexos, projetos básicos e plantas deste edital.

2 DO REPRESENTANTE LEGAL
2.1 No caso de a firma não ser representada pelo titular, sócio ou representante
legal inscrito no SICAF, é obrigatória a apresentação de Procuração Particular
(original e cópia). Será exigida a Carteira de Identidade (original e cópia), que
permitirá aos Titulares, Sócios ou Representante o exercício de poderes para
intervir nas fases do procedimento licitatório, respondendo assim, para todos os
efeitos, por sua outorgante.
2.2 Nenhuma pessoa física, ainda que credenciada por Procuração Pública,
poderá representar mais de uma licitante.

3 DA DOCUMENTAÇÃO E PROPOSTA
3.1 No dia, hora e local indicados no preâmbulo deste edital, os representantes
das empresas interessadas em participar desta CONCORRÊNCIA deverão
entregar à Comissão Permanente de Licitação a documentação exigida neste
instrumento convocatório em 02 (dois) envelopes lacrados, não transparentes,
contendo, na parte externa e frontal de cada um, além do nome e razão social,
os seguintes dizeres:

Edital material.doc
2

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RN


COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO
CONCORRÊNCIA Nº 03/2007 DIA: 12/12/2007 HORA: 10h(Brasília) e
09h(Natal).
RAZÃO SOCIAL DA EMPRESA
DOCUMENTAÇÃO

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RN


COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO
CONCORRÊNCIA Nº 03/2007 DIA: 12/12/2007 HORA: 10h(Brasília) e
09h(Natal)
RAZÃO SOCIAL DA EMPRESA
PROPOSTA

4 DA DOCUMENTAÇÃO
4.1 Apresentar Declaração de Inexistência de Fato Superveniente Impeditivo da
habilitação, na forma do § 2º, Art. 32, da Lei N.º 8.666/93 e suas alterações e
determinação da IN N.º 05/95-MARE, Lote 8, subLote 8.11. (modelo no Manual
do SICAF, página 132), anexo II deste Edital;
4.2 Apresentar declaração de que não emprega menor de dezoito anos em
trabalho noturno, perigoso ou insalubre e não emprega menor de dezesseis
anos, anexo III deste Edital;
4.3 A regularidade do CADASTRAMENTO e da HABILITAÇÃO PARCIAL da
licitante inscrita no SICAF será confirmada por meio de consulta “ON-LINE”, no
ato da abertura da licitação. A referida consulta é parte integrante do processo;
4.4 As empresas não cadastradas no SICAF, só poderão participar, caso
providenciem o mesmo até três dias antes do recebimento das propostas;
4.5 A falta de credenciamento não inabilita a concorrente, todavia, impede o
representante não credenciado de promover qualquer interferência no
procedimento licitatório;
4.6 A licitante deverá vistoriar o local onde serão executados os serviços objeto
desta licitação, por intermédio de representante legal, devidamente qualificado
em engenharia ou arquitetura, acompanhado dos servidores indicados pelo
CEFET-RN. A vistoria deverá ser realizada até o dia 07/12/07, somente nos
dias úteis, no horário de 08h às 11h. O representante da licitante deverá
agendar a vistoria através do telefone (84) 4005-2612 com o profº. Carlos
Guedes Alcoforado.
4.7 Na ocasião em que se der a vistoria o representante tomará conhecimento
de todas as informações e condições locais para o cumprimento das
obrigações, objeto desta licitação, do que será lavrado “TERMO DE
VISTORIA”. O responsável do CEFET-RN, emitirá o referido Termo de Vistoria,
que deverá ser colocado no envelope de habilitação. A não realização da
vistoria, e, consequentemente não apresentação do termo, inabilita a empresa;
4.8 Certidão de registro ou inscrição da empresa licitante e de seu responsável
técnico junto ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do
Rio Grande do Norte ou da sede da concorrente, acompanhado de Acervo
Técnico devidamente registrado no CREA, e compatível com o objeto licitado
ou superior. Tratando-se de empresa com sede em outro Estado, exigir-se-á,
ainda, o visto da Certidão de Registro no Conselho Regional de Engenharia,

Edital material.doc
3

Arquitetura e Agronomia do Rio Grande do Norte, conforme Resolução nº. 413,


de 27 de junho de 1997 – CONFEA.
4.9 Além da obrigação de vistoriar o local dos serviços, os licitantes, antes de
apresentarem suas propostas, deverão analisar os projetos e consultar as
respectivas especificações técnicas, executando todos os levantamentos
necessários ao desenvolvimento de seus trabalhos, de modo a não incorrerem
em omissões que jamais poderão ser alegadas em favor de eventuais
pretensões de acréscimo de preços;
4.10 Em nenhuma hipótese, serão recebidos documentos fora dos prazos
estabelecidos neste Edital;
4.11 Não poderão participar da presente licitação as empresas que tenham,
anteriormente, descumprido compromissos técnicos e/ou financeiros com este
CEFET/RN ou outras entidades da Administração Pública Federal, ou sofrido
sanções previstas nos artigos 81 a 88 da Lei n.º 8.666/93 e suas alterações;
4.12 A simples irregularidade formal, que evidencie lapso isento de má fé e que
não afete o conteúdo e idoneidade do documento, a critério da Comissão
Permanente de Licitação, não será causa de inabilitação;
4.13 É vedada a participação de consórcios ou grupos de empresas;
4.14 Caso todos os licitantes sejam inabilitados ou todas as propostas forem
desclassificadas, será fixado o prazo de 8(oito) dias úteis para a apresentação
de nova documentação ou de outras propostas;
4.15 A empresa inscrita no SICAF tem sua boa situação financeira avaliada
automaticamente pelo sistema. A empresa que apresentar resultado igual ou
menor que 1 (um), em qualquer dos índices do balanço, deverá estar registrada
no SICAF com um Capital Social mínimo de 10% (dez por cento) do valor
total da proposta apresentada, que será confirmado na consulta ON-LINE;
4.16 Indicação das instalações e do aparelhamento e do pessoal técnico
adequados e disponíveis para a realização do objeto da licitação, bem como da
qualificação de cada um dos membros da equipe técnica que se
responsabilizará pelos trabalhos.

5 DA PROPOSTA
5.1 A proposta deverá atender os seguintes requisitos:
5.2 Ser apresentada em papel timbrado da empresa, em duas (02) vias,
redigida em Português, sem emendas rasuras ou entrelinhas, assinada na
última folha e rubricada nas demais, pelo representante legal da empresa;
5.3 A proposta deverá ser emitida por computador ou datilografada em papel
timbrado da licitante, em língua portuguesa, redigida com clareza, sem
alternativas, emendas, rasuras, acréscimos ou entrelinhas, datada, assinada
na última folha e rubricada em todas as páginas pelo representante legal
da licitante ou procurador, nos termos do Estatuto ou contrato Social da
Empresa, ou por instrumento particular de procuração com firma reconhecida,
e deverá conter:
5.3.1) Prazo de validade da proposta não inferior a 60 (sessenta) dias,
contados a partir da data de entrega das propostas e de conclusão dos
serviços de acordo com o indicado em cada lote, contados a partir da
assinatura do contrato.
5.3.2) Declaração de que o preço proposto inclui todas as despesas com
materiais e equipamentos, ferramentas, pró-labore, salários, encargos sociais e
demais benefícios atribuídos aos trabalhadores na forma da lei, transportes,

Edital material.doc
4

carga e descarga, fretes e seguros, lucros, todos os tributos incidentes e


demais encargos, enfim, todos os custos diretos e indiretos necessários à
execução completa da obra discriminada nos projetos.
5.4 Conter preços dos serviços em moeda nacional vigente;
5.5 O não comparecimento de representante da empresa licitante ao ato de
abertura das propostas ou a falta de sua assinatura na respectiva ata implicará
na aceitação das decisões da Comissão Permanente de Licitação, ressalvado
o direito de recursos, de acordo com a Legislação vigente;
5.6 Não será considerada qualquer oferta ou vantagem não prevista neste
Edital.

6 DO VALOR ESTIMADO
6.1 O valor total estimado para a realização dos serviços é de R$
821.654,45(oitocentos e vinte e um mil seiscentos e cinquenta e quatro reais e
quarenta e cinco centavos).

7 DO RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS


7.1 Da reunião para recebimento e abertura da documentação e proposta, será
lavrada Ata circunstanciada, que mencionará todas as licitantes, os
documentos e propostas apresentadas, as reclamações e impugnações feitas,
bem como as demais ocorrências que interessam ao julgamento da licitação. A
Ata será assinada pelo presidente da CPL, pelos membros da CPL e pelos
representantes das licitantes presentes. Não sendo consideradas declarações
feitas posteriormente.

8 DA IMPUGNAÇÃO
8.1 A impugnação deste Edital poderá ser feita até 02 (dois) úteis antes da
realização da licitação.

9 DO JULGAMENTO
9.1 Esta licitação é do tipo MENOR PREÇO POR LOTE, de acordo com o Art.
45, § 1º, Inciso I, da Lei 8.666/93 e suas alterações;
9.2 Depois de examinadas as propostas, serão desclassificadas as que:
9.2.1 Apresentarem preços globais superiores aos valores estimados neste
instrumento ou manifestamente inexeqüíveis, assim considerados aqueles que
sejam inferiores a 70% (setenta por cento) do menor dos seguintes valores:
9.2.1.1 Média aritmética dos valores das propostas superiores a 50%
(cinqüenta por cento) do valor orçado pelo CEFET/RN; ou
9.2.1.2 Valor orçado pelo CEFET-RN.
9.3 O julgamento desta CONCORRÊNCIA obedecerá ao disposto no Art. 45, §
1º, Inciso I da Lei 8.666/93, levando-se em conta os preços vigentes no
mercado.
9.4 Em caso de empate, a classificação se fará, obrigatoriamente, por sorteio,
obedecendo ao disposto no Art. 45, § 2º, da Lei 8.666/93 e suas alterações;
9.5 Não se admitirá proposta que apresente preços unitários simbólicos,
irrisórios ou de valor zero, ainda que o ato convocatório desta licitação não
tenha estabelecido limites mínimos;
9.6 A decisão da Comissão somente será considerada definitiva após
homologação desta licitação pelo Diretor Geral do Centro Federal de Educação
Tecnológica do Rio Grande do Norte.

Edital material.doc
5

10 DOS RECURSOS
10.1 Das decisões da Comissão Permanente de Licitação caberá recurso, por
escrito, ao Diretor Geral do CEFET/RN, no prazo de cinco (05) dias úteis a
contar da intimação do ato ou da lavratura da ata, ficando o resultado da
licitação condicionado ao julgamento do mesmo (Art. 109 da Lei 8.666/93 e
suas alterações);
10.2 Os recursos que, porventura, forem interpostos fora do prazo não serão
levados em consideração;
10.3 Os recursos deverão, obrigatoriamente, serem protocolados no setor de
protocolo deste CEFET-RN, pavimento térreo, no horário de 08h às 17h, e
encaminhados ao Senhor Diretor Geral.

11 DAS PENALIDADES
11.1 As penalidades serão aplicadas, caso sejam necessárias, de acordo com
o previsto nos artigos 86, 87 e 88, da Lei 8.666/93 e suas alterações;
11.2 Será atribuída multa de 0,1% (zero virgula um por cento) sobre o valor da
Nota de Empenho, por dia em que, sem justa causa descumprir as obrigações
assumidas.

12 DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA
12.1 A despesa decorrente para a realização dos serviços de que trata a
presente CONCORRÊNCIA correrá à conta dos recursos consignados no
Orçamento Geral do Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande
do Norte no exercício 2007.

13 DO PAGAMENTO
13.1 O pagamento dos serviços será efetuado em moeda corrente nacional,
através de Ordem Bancária, do sistema de liquidação do Tesouro Nacional,
após medição devidamente realizada pelo fiscal do contrato e aprovado pelo
CEFET/RN, até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente.

14 DA GARANTIA PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS


14.1 Como garantia do integral cumprimento de todas as obrigações
contratuais assumidas a CONTRATADA apresentará garantia, de acordo com o
estabelecido no art. 56 da Lei nº. 8.666/93, no percentual equivalente a 10%
(dez por cento) do valor do contrato, no prazo máximo de 10(dez) dias depois
da assinatura o contrato.
14.2 A garantia será liberada ou restituída após a execução do contrato. No
caso do contrato vir a ser prorrogado, o prazo de validade da garantia deverá
ser prorrogado por igual período.

15 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS


15.1 A licitante vencedora será convocada no prazo máximo de trinta (30) dias,
a contar da data da realização desta licitação, para recebimento da Nota de
Empenho e Assinatura do Contrato. Esse prazo se aplica, caso não exista
recursos pendentes, seja Administrativo ou Judicial;
15.2 As licitantes serão responsáveis pela fidelidade e legitimidade das
informações e dos documentos apresentados em qualquer época ou fase da
licitação;

Edital material.doc
6

15.3 É facultada à Comissão ou autoridade superior, em qualquer fase da


licitação, a promoção de diligências destinadas a esclarecer ou a
complementar a instrução do processo, vedada a inclusão posterior de
documento ou informação que deveria constar originariamente na proposta;
15.4 A participação nesta CONCORRÊNCIA implicará na aceitação integral e
irretratável das normas expressas neste Edital e em seus Anexos, bem como
na observância dos preceitos e regulamentos em vigor;
15.5 Decairá do direito de impugnar os termos deste Edital aquela empresa
que o tendo aceitado sem objeção, venha, após o julgamento desfavorável,
apontar falhas ou irregularidades que o viciariam;
15.6 Quaisquer informações ou esclarecimentos serão prestados pela
Comissão Permanente de Licitação, na sala n. º 11/12 do pavimento térreo
deste CEFET/RN, de segunda à sexta-feira no horário de 08h às 11h e de 14
às 16h, nos dias úteis;
15.7 A documentação constante desta licitação (habilitação, propostas, etc.)
apresentada pelas empresas, não poderão ser encaminhadas via FAX ou E-
MAIL;
15.8 As dúvidas suscitadas serão esclarecidas pela Comissão Permanente de
Licitação, tudo de conformidade com a Lei 8.666/93, e suas alterações, e
demais normas pertinentes aplicáveis, e nos Princípios Gerais do Direito
Administrativo.

Fica eleito o foro da Justiça Federal de Primeira Instância, da


Seção Judiciária do Rio Grande do Norte, para resolução de pendências com
relação a este Convite com expressa renúncia de qualquer outro.

Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Permanente


de Licitação.

Natal (RN), 09 de novembro de 2007.

Júlio César Carneiro Camilo


Presidente da CPL

José Quintino Filho Erivaldo Bezerra de Lima


Membro da CPL Membro da CPL

Edital material.doc
7

ANEXO I – TERMO DE REFERENCIA

LOTE ESPECIFICAÇÃO PRAZO VALOR TOTAL


MÁXIMO DE ESTIMADO R$
EXECUÇÃO
01 Revestimento cerâmico com 30 dias 59.368,00
cerâmica 10x10 em PEI-4,
assentada com argamassa colante
pré-fabricada, AC-II, inclusive
rejunte com argamassa colante
pré-fabricada, AC-III, nos
laboratórios de informática e
eletrônica, biblioteca e corredores
de acesso da Unidade de Ensino
da Zona Norte de Natal.
02 Reforma/adaptação das 90 dias 84.274,16
instalações da Zootecnia na
Unidade de Ensino de Ipanguaçu-
RN.
03 Pintura do centro de Tecnológia do 30 dias 69.372,50
Queijo.
04 Confecção de portões, medindo 30 dias 16.500,00
5,00m x 2,00m (06 unidades) e
4,00m x 2,00m (03 unidades) para
as Unidades de Ensino de Currais
Novos e Ipanguaçu-RN.
05 Construção de 02(dois) 90 dias 232.540,00
laboratórios de informática e
passarela coberta na Unidade de
Ensino de Currais Novos-RN.
06 Construção de 06(seis) salas de 90 dias 231.599,79
aulas na Unidade de Ensino de
Ipanguaçu-RN.
07 Construção de bloco para 180 dias 128.000,00
Educação Física e Artes na
Unidade de Ensino da Zona Norte
Natal-RN.

Edital material.doc
8

ANEXO II
DECLARAÇÃO DE SUPERVENIÊNCIA

RAZÃO SOCIAL DA EMPRESA-------------, CNPJ Nº --------------------,


sediada (endereço completo)------------------------Declara, sob as penas da lei,
que até a presente data inexistem fatos impeditivos para sua habilitação no
presente processo licitatório, ciente da obrigatoriedade de declarar ocorrências
posteriores.

Nome e número da Identidade do Declarante

ANEXO III

DECLARAÇÃO DE QUE NÃO MENOR

......................, Inscrito no CNPJ nº.........., Por intermédio de seu


representante legal o (a) Sr. (a)............, Portador (a) da Carteira de
Identidade nº................. e do CPF nº ....................., DECLARA, para fins do
disposto no Inciso V do Art. 27 da Lei nº 8.666/93, acrescido pela Lei nº
9.854/99, que não emprega menor de dezoito anos em trabalho noturno,
perigoso ou insalubre e não emprega menor de dezesseis anos.

...........................
(data)

............................................
(representante legal)

Edital material.doc
9

MINUTA DE CONTRATO QUE ENTRE SI


CELEBRAM O CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO
TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE E A
EMPRESA ______________.

O CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÀO TECNOLÓGICA


DO RIO GRANDE DO NORTE - CEFET/RN, de um lado instituição federal de
ensino de 2º grau, sediada à Av. Senador Salgado Filho, 1.559, Tirol, nesta
Capital, inscrita no CNPJ sob o nº. 24.370.371/0001-23, doravante denominada
simplesmente CONTRATANTE, neste ato representada por seu Diretor Geral,
FRANCISCO DAS CHAGAS DE MARIZ FERNANDES, brasileiro, casado,
engenheiro, residente e domiciliado nesta Capital, inscrito no CPF/MF sob o nº.
055.886.344-20, residente e domiciliado nesta Capital, e, de outro lado, a
empresa ________, estabelecida (endereço da empresa) inscrita no CNPJ/MF
sob o nº. __________, doravante denominado simplesmente CONTRATADO,
neste ato representado pelo Sr. (represente legal da empresa), brasileiro,
estado civil, profissão, portador do CPF nº. ______, residente e domiciliado
nesta capital, têm entre si como justo e avençado, na melhor forma de direito,
pelo que celebram, por força do presente instrumento, Contrato para
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONFORME ESPECIFICADO NO ANEXO I,
QUADRO ORÇAMENTÁRIO, CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO,
PROJETO EXECUTIVO E MEMORIAL DESCRITIVO DO EDITAL DA
CONCORRÊNCIA Nº. 03/2007, mediante as seguintes Cláusulas e condições:

CLÁUSULA PRIMEIRA: DO OBJETO


1.1 O presente contrato tem como objeto a realização dos serviços conforme
mencionado no anexo I do Edital da CONCORRÊNCIA Nº. 03/2007.

CLÁUSULA SEGUNDA – DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA


2.1 Assumir integral responsabilidade por danos causados ao CONTRATANTE
ou terceiros, na prestação dos serviços contratados, inclusive por acidentes,
mortes, perdas ou destruições, isentando a CONTRATANTE de todas e
quaisquer reclamações que possam surgir.
2.2 Manter os empregados, quando em serviços, devidamente uniformizados,
usando crachás de identificação, diligenciando para que os mesmos se
apresentem sempre de maneira condigna.
2.3 Responder por todos os ônus com salários, encargos sociais, uniformes,
taxas, impostos e seguros.
2.4 Responder por danos causados nos equipamentos ou instalações dos
prédios, de maneira culposa ou dolosa.
2.5 Responder por quaisquer acidentes que possam vitimar seus empregados.
2.6 Não transferir a outrem por qualquer forma, no todo ou em parte, o contrato
sem prévia e expressa concordância da CONTRATANTE.
2.7 Substituir sempre que solicitado pela CONTRATANTE e
independentemente do motivo por parte deste, qualquer empregado cuja
atuação, permanência ou comportamento seja julgado prejudicial,
inconveniente ou insatisfatório aos interesses do Serviço Público.
2.8 Manter durante a execução do contrato, em compatibilidade com as
obrigações por ele assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação

Edital material.doc
10

exigidas na licitação.
2.9 A garantia responderá pelo inadimplemento das obrigações contratuais
assumidas pela CONTRATADA, bem como pelas multas que venham a ser-lhe
impostas, e somente será liberada após a assinatura do Termo de
Recebimento da Obra.
2.10 Examinar e conferir todos os detalhes dos projetos fornecidos para
execução dos serviços, devendo comunicar formalmente ao CEFET-RN a
existência de falhas, erros, discrepâncias, omissões ou eventual transgressão a
norma técnica, regulamento ou postura, de forma a evitar empecilhos ao
perfeito desenvolvimento dos serviços.
2.11 Adotar medidas de proteção e conservação dos serviços executados,
inclusive a segurança de pessoas e materiais.
2.12 Acatar as determinações emanadas da Fiscalização do CEFET-RN.
2.13 Submeter à aprovação da Fiscalização do CEFET-RN amostras de todos
os materiais e equipamentos a serem empregados nos serviços, antes de
serem aplicados.
2.14 Corrigir, imediatamente, as deficiências, falhas ou irregularidades
constatadas pela Fiscalização do CEFET-RN durante a execução dos serviços.
2.15 Responsabilizar-se pelas despesas decorrentes da rejeição motivada de
equipamentos, materiais e serviços, considerados impróprios pela Fiscalização
do CEFET-RN, bem assim por eventuais atrasos na execução do cronograma
físico-financeiro decorrentes dessa rejeição.
2.16 Responder pelos danos causados ao CEFET-RN ou a terceiros,
decorrentes de sua culpa ou dolo na execução dos serviços objeto deste
contrato.
2.17 Responder pelos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais,
comerciais e quaisquer outros não previstos neste contrato, resultantes da
execução da obra.
2.18 Aceitar, nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou supressões
que se fizerem na obra objeto deste contrato, conforme o art. 65, § 1º, da Lei
8.666/93.

CLÁUSULA TERCEIRA: DA EXECUÇÃO DA OBRA


3.1 A obra a que se refere a Cláusula Primeira do presente contrato deverá ser
executada de acordo com as especificações detalhadas nos documentos.
3.2 Na execução dos serviços, observar-se-ão ainda as seguintes condições:
3.2.1 A obra deverá ser executada no prazo máximo de 60(sessenta) dias,
sessenta) dias contados da data de assinatura deste instrumento;
3.2.2 Quaisquer serviços a serem realizados aos sábados, domingos, feriados
e durante o horário noturno, deverão ser comunicados com antecedência de
48h, à Fiscalização do CEFET/RN, e não implicarão nenhuma forma de
acréscimo ou majoração dos preços originalmente contratados, razão pela qual
não ensejarão a reivindicação pela adjudicatária de restabelecimento de
equilíbrio econômico-financeiro, bem como acréscimos decorrentes de horas
extras ou adicionais noturnos, uma vez que a licitante vencedora se obrigará a
dimensionar o horário dos trabalhos de acordo com os parâmetros apontados
no edital da CONCORRÊNCIA nº 03/2007 e no presente contrato.
3.2.3 O recebimento do objeto do presente contrato não exime a
CONTRATADA da responsabilidade civil pela segurança dos serviços, nem o

Edital material.doc
11

compromisso ético-profissional pela perfeita execução do contrato, dentro dos


limites estabelecidos pelo edital da CONCORRÊNCIA nº 03/2007 e por este
contrato.
3.2.4 A execução do presente contrato, bem como os casos nele omissos,
regular-se-ão pelas suas cláusulas e pelos preceitos de direito público,
aplicando-se-lhes supletivamente os princípios da teoria geral dos contratos e
as disposições de direito privado, na forma do art. 54, combinado com o inciso
XII do art. 55, ambos da Lei n.º 8.666/93.
3.2.5 Sem prejuízo do disposto no art. 78, da Lei nº 8.666/93, a subcontratação
total ou parcial da execução do contrato, a associação da CONTRATADA com
outrem, a cessão ou transferência no todo ou em parte, bem como a fusão,
cisão ou incorporação da pessoa jurídica CONTRATADA ensejarão a rescisão
do contrato.

CLÁUSULA QUARTA: DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATANTE


4.1 Prestar as informações e os esclarecimentos que venham a ser solicitados
pelos responsáveis técnicos da CONTRATADA.
4.2 Acompanhar e fiscalizar a perfeita execução do contrato decorrente desta
licitação.
4.3 Autorizar quaisquer serviços pertinentes à obra, decorrentes de imprevistos
durante sua execução, mediante a formalização de Termo Aditivo ao contrato.
4.4 Rejeitar quaisquer serviços executados equivocadamente ou em desacordo
com as orientações transmitidas pela Fiscalização do contrato ou com as
especificações dos projetos construtivos e solicitar que sejam refeitos.
4.5 Atestar as faturas dos serviços efetivamente executados nas condições,
preços e prazos pactuados no edital da CONCORRÊNCIA Nº. 03/2007, e na
proposta da CONTRATADA.

CLÁUSULA QUINTA: DA VIGÊNCIA


5.1 O presente Contrato terá a vigência de (CONFORME O LOTE) para a
execução dos serviços, com termo inicial em ___/___/___ e termo final em
___/___/___.

CLÁUSULA SEXTA – DO VALOR


6.1 O valor global deste Contrato é de R$__________,

CLÁUSULA SÉTIMA: DA FISCALIZAÇÃO


7.1 A fiscalização da execução deste Contrato será exercida por um
representante legal da CONTRATANTE - estando neste ato, indicado para tal
fim, o engenheiro Carlos Guedes Alcoforado, na conformidade do disposto no
artigo 67, da Lei nº 8.666/93.

CLÁUSULA OITAVA: DAS PENALIDADES


8.1 O descumprimento parcial ou total das obrigações resultantes do presente
contrato sujeitará a CONTRATADA às penalidades dos artigos 86 ao 88, da Lei
n.º 8.666/93, garantida a prévia defesa, a saber:
a)advertência;

Edital material.doc
12

b)multa de mora diária de 0,1% (zero vírgula um por cento) do valor total do
contrato adjudicado à empresa, nos casos de atraso injustificado na entrega do
objeto, até o máximo de 10% (dez por cento), recolhida no prazo máximo de
15 dias contados a partir da comunicação oficial.
c) multa administrativa, graduável conforme a gravidade da infração, não
excedendo, em seu total, o equivalente a 10 % (dez por cento) do valor do
contrato, cumulável com as demais sanções;
d) suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de
contratar com o CEFET-RN, por prazo não superior a 2 (dois) anos;
e) declaração de inidoneidade para licitar e contratar com a Administração
Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que
seja promovida a reabilitação, na forma da lei, perante a própria autoridade que
aplicou a penalidade.
8.2 - Caso a adjudicatária não efetue o pagamento da multa, aplicada após
regular processo administrativo, seu valor será descontado do pagamento.
8.3 - Decidindo pela aplicação da penalidade de multa o CEFET-RN notificará
a CONTRATADA para, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, efetuar o pagamento
ou apresentar recurso contra a decisão anunciada.

CLÁUSULA NONA - DA RESCISÃO


9.1 Constituem motivo para a rescisão do presente contrato:
9.2 O não cumprimento de cláusulas contratuais, especificações, projetos e
prazos;
9.3 O cumprimento irregular de cláusulas contratuais, especificações, projetos
e prazos;
9.4 A lentidão no cumprimento do contrato, levando o CEFET-RN a comprovar a
impossibilidade da conclusão dos serviços nos prazos estipulados;
9.5 O atraso injustificado do início dos serviços;
9.6 A paralisação dos serviços sem justa causa e prévia comunicação ao
CONTRATANTE;
9.7 O não atendimento às determinações regulares da Fiscalização do
presente contrato, bem como às determinações do próprio CONTRATANTE;
9.8 A decretação de falência;
9.9 Por razões de interesse público, devidamente justificadas;
9.10 A ocorrência de caso fortuito ou de força maior, regularmente
comprovada, impeditiva da execução do contrato.

CLÁUSULA DÉCIMA - DA PUBLICIDADE


10.1 De conformidade com o disposto no parágrafo único do art. 61 da Lei n.º
8.666/93, o presente contrato será publicado na forma de extrato, no Diário
Oficial da União Seção III.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA – DA GARANTIA


11.1 A CONTRATADA prestou garantia no percentual de 10%(dez por cento) do
valor do contrato, correspondente a R$ ____________( ).

Edital material.doc
13

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA – DOCUMENTOS INTEGRANTES


12.1 Integram o presente instrumento, como se nele estivessem transcritos, os
seguintes documentos, cujo teor considera-se conhecido e acatado pelas partes:
12.1.1 Processos Administrativos n.ºs. 23057.004700/2007-77;
23057.004333/2007-48 e 23057.004777/2007-00.
12.1.2 Proposta da CONTRATADA, no que couber;
12.1.3 Normas da Lei n.º 8.666/93 e legislação superveniente;
12.1.4 Edital da CONCORRÊNCIA nº. 03/2007 e seus anexos.

CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA – DO FORO


13.1 Fica eleito o foro da Justiça Federal de Primeira Instância - Seção
Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte- para nele serem dirimidas todas
as dúvidas e controvérsias que não encontrem solução por acordo entre as
partes, sendo este foro irrenunciável pela CONTRATANTE, diante do que
dispõe o art. 109, inciso I, da Constituição Federal.

CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS


14.1 E assim, por se acharem justas e contratadas, firmam as partes o
presente Termo Contratual, em cinco (05) vias de igual teor e forma, que depois
de lido e achado conforme, vai assinado pelas partes contratantes e pelas
testemunhas abaixo.

Natal, _____ /_______/______.

FRANCISCO DAS CHAGAS DE MARIZ FERNANDES


Diretor Geral
(CONTRATANTE)

CONTRATADO
TESTEMUNHAS:
1 - NOME: 2 – NOME:

CPF: CPF:

Edital material.doc