Você está na página 1de 11

FOLHA POPULAR

ANO XII• Nº 544 • TENENTE PORTELA - 10 A 17 DE SETEMBRO DE 2011 • R$ 2,00

TENENTEPORTELATRADIÇÃO

www.fpop.com.br ou www.folhaportela.com.br

2º Acampamento Farroupilha é realizado com êxito

2º Acampamento Farroupilha é realizado com êxito FOTOS DALVANA BERLATTO / FP Confira as galerias de

FOTOS DALVANA BERLATTO / FP

é realizado com êxito FOTOS DALVANA BERLATTO / FP Confira as galerias de fotos no www.folhaportela.com.br

Confira as galerias de fotos no www.folhaportela.com.br

PÁGINAS 2, 3, 6 E 7

FOTO DIVULGAÇÃO FP

PÁGINA 9
PÁGINA 9

TENENTEPORTELAADMINISTRAÇÃO

Prefeito e vice encaminham recursos na Capital Federal

PÁGINA 4

BARRA DO GUARITA ADMINISTRAÇÃO

Município desenvolve Plano de Saneamento

DERRUBADASASSISTÊNCIASOCIAL

PÁGINA 9

Ações de atenção integral às famílias são realizadas

PÁGINA PÁGINA 11 5 PÁGINA 12

famílias são realizadas PÁGINA PÁGINA 11 5 PÁGINA 12 ENCARTE ENTREVISTA Prefeito Marcos Cezar Giacomini fala
famílias são realizadas PÁGINA PÁGINA 11 5 PÁGINA 12 ENCARTE ENTREVISTA Prefeito Marcos Cezar Giacomini fala
ENCARTE
ENCARTE

ENTREVISTA

ENTREVISTA Prefeito Marcos Cezar Giacomini fala sobre os trabalhos realizados no município de Redentora. PÁGINA 10

Prefeito Marcos Cezar Giacomini fala sobre os trabalhos realizados no município de Redentora.

PÁGINA 10

ENTREVISTA Prefeito Marcos Cezar Giacomini fala sobre os trabalhos realizados no município de Redentora. PÁGINA 10

22222 FOLHA POPULAR

Opinião

Tenente Portela - 10 a 17 de setembro de 2011

EDITORIAL O Tradicionalismo Gaúcho

Existem no Esta do mais de 700 Entidades Tradicionalistas, entre CTGs, Piquetes de Laçadores, Grupos e/ou Conjuntos Folclóricos, que são promotores de Rodeios e Semanas Cri- oulas, Festivais da Canção Gauchesca

e outros eventos, alguns de fama naci-

onal e internacional, como o Rodeio de Vacaria, a Semana Crioula de Bagé, a Califórnia da Canção Nativa de Uru- guaiana, a Ciranda Musical Teuto Rio- grandense e compete ao Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), órgão máximo do Tradicionalismo, a coor- denação e a Direção Ge ral do Movi- mento como um todo. Entre integrantes efetivos dessas instituições, familiares e pessoas mo- bilizadas pela atividade e pelas promo- ções tradicionalistas, contam-se nada

me nos de um milhão e meio de Rio-

gr andenses, núme ro considerá ve l e

impressionante e m um Estado, cuja população é de aproximadamente oito milhões de habitantes. Das mais de 700 Entidades Tradi- c ionalista s, muitas são uma verdadei- ra força, reunindo a elite cultural, soci- al e econômica, maximé nos municí- pios de pecuária e agricultura extensi- vas, com sedes próprias e alguns dos quais com recursos apreciáveis. Parece, porém, que apesar dos inú- meros serviços prestados pelo Tradi-

cionalismo ao Estado, como de seu dever, há outros mais a serem de- senvolvidos a curto, médio e longo prazos. O Tradicionalismo não é um movimento elitista, nem está preo-

cupado em preservar as tradições dos estancieiros, o folclore do pa- trão. Para o Tradicionalismo, o pa- trão é tão importante quanto o peão; o piá que declama, como o folcloris- ta que pe squisa; o historiador que profere uma palestra, como a meni- na-moça que se elege primeira pren- da; o rapaz que sapateia a chula e o ginete que enfrenta os corcovos de um aporreado; o colono, como o ga- úcho da campanha, dos centros ur- banos; o letrado e o analfabeto, ou os de menos saber e o rico e o pobre. O Tradicionalismo é a valoriza-

ção da cultura de um povo, é o forta- lecimento dos laços com nosso Es- tado. Em Tenente Portela, esta cul- tura vem sendo fortificada através dos acampamentos que estão sendo desenvolvidos desde 2010. Na 2ª edi- ção, o Acampamento Farroupilha, está montado desde o dia 10 de se- tembro, na Praça Brasília, e tem em sua programação várias apresenta- ções, atividades e demonstrações culturais, desenvolvidas para os pe- ões e prendas do acampamento.

TENENTEPORTELAFEIRA

Semana Farroupilha cultua tradição gaúcha

“A idéia que surgiu em 2010 e foi muito bem aceita pela comuni- dade, ganhou nesta edição mais adeptos e soma quase 30 acampa- mentos desenvolvidos na Praça

Brasília, no c entro de Tenente Por- tela”, diz Régis Carniel, um dos co- ordenadores do evento.

O 2º Ac ampam ento F arroupi-

lha é uma re aliz ação da P refe itu-

ra Municipal e dos CTGs Sentine-

la da Fronteira e Guardiões da F ron- teira, união que proporcionou um grande cr escimento ao evento, tor- nando- o um dos maiores de toda a região noroeste do estado.

A abertura oficial ocorreuna se-

gunda-feira, 12, às 15h, com a che- gada da Cha ma Crioula , por ém, desde a sexta-feira, 9, muitos gal-

pões já estavam montados e os en- contros diários já eram realizados no acampamento.

O primeiro dia de grande mo-

vim enta ção f oi na ter ça-f eira, 13, data destinada às escolas do mu- nicípi o. O s alu nos apreciaram

apresentações artísticas e demons- trações da cultura gaúcha com tra- dicionalistas da cidade. A noite foi marcada por um grande show com Xirú Missioneiro, que contou com a presença de mais de 2 mil pesso- as, que lotaram a Praça Brasília.

F OTO DALV ANA BERLATTO / FP

que lotaram a Praça Brasília. F OTO DALV ANA BERLATTO / FP Na qua rta -feira,

Na qua rta -feira, 14, os shows f i- caram por conta de artistas locais e convidados, distribuídos em diversos acampamentos, animando a todos

que passavam pelo local. Já na quin-

ta, a tarde foi destina da a os gr upos de te rceira idade, que se divertiram

com música ao vivo, pr oporciona da

pela organização do evento. Ainda na quinta feira, às 21h, um jovem tale nto da musica gaúcha, Neto Frei- tas e seu grupo, subiu ao palco e ani- mou o público presente. Na sexta-feira, a consagra da du- pla Oswaldir e Carlos Magrão fez um grande show no Ce ntr o Evangélico

Ma rtin Luther , em be nefício ao Hos- pital Santo Antônio. Hoje irá acontecer o encontro de invernadas artísticas, vindas de diversos municípios da região. No domingo tem mateada e na segun-

19, um dos shows mais

a gua rdados, o de Walthe r Morae s.

da-f eir a,

Após, terá fandango com o grupo Chão Colorado. Na terça -feira, 20 de se te mbro,

o feriado gaúc ho ser á comemorado

c om um desf ile pela s ave nidas da

cidade e posteriormente acontece

o encerramento do 2º Acampamento

F arroupilha de Tenente Portela.

DE OLHO NA IDÉIA TEORIA DA CONSPIRAÇÃO

No aniversário de dez anos da queda das Tor- res Gêmeas de Nova Yorque, ainda pairam algu- mas dúvidas sobre os atentados. Os adeptos das teorias conspiratórias afirmam que algo está es- tranho e muitas perguntas não estão respondidas. Para quem se interessa por essas curiosidades vão as dúvidas:

1- O governo americano já sabia dos ataques, mas não os impediu porque queria beneficiar uma firma de investimento?Para a deputada america- na Cynthia McKinney, do Partido Democrata, o presidente George W. Bush sabia antecipadamente dos ataques e não fez nada. Isso porque lançar o país em uma nova guerra renderia gigantescos lucros para a empresa de investimento Carlyle Group, que teria investido muito dinheiro na in- dústria bélica. 2 – Por que as Torres Gêmeas caíram tão depressa, dentro da própria área que ocupavam, depois de incêndios em poucos andares que dura-

ram apenas um a ou duas horas? Os te ór icos da conspiração respondem: as Torres Gêmeas foram destruídas por explo- sões c ontrolada s. Houve de sm or ona - mento muito rápido

dos prédios (que du- rou cerca de 10 segundos) e incêndios curtos (56 minutos no World Trade Center 2 e 102 minutos noWorld Trade Center 1). Houve relatos de pessoas que ouviram sons de ex- plosões antes da queda e objetos sendo arre- messados violentamente para fora de janelas nos andares inferiores. 3- Como foi que um piloto amador pôde ter feito uma manobra complicada em um avião comercial e lançado o avião sobre o

em um avião comercial e lançado o avião sobre o *Felipe José dos Santos quartel-general das

*Felipe José dos Santos

quartel-general das forças armadas mais pode- rosas do mundo – 78 minutos depois do primeiro

relato de um possível sequestro – e não ter dei- xado nenhum vestígio? Os te ór icos da conspir ação respondem:

não foi um Boeing 757 comercial que atingiu

o edifício, mas sim um míssil, um pequeno caça ou um avião não tripulado. No entanto, depois que evidências

comprovaram que o voo número 77 da American Airlines realmente atingiu o Pentágono, o foco desta teoria mudou para a discussão sobre a dificuldade de execu- tar a manobra de aproximação. O avião esta- va sob o controle do Pentágono, e não da Al- Qaeda. 4- Por que a queda do quarto avião seques-

trado, em Shanksville, na Pensilvânia, foi tão pequena e por que os destroços do avião não foram vistos? Os teóricos da conspiração respondem: o voo 93 da United Airlines foi derrubado por um míssil e se desintegrou em pleno ar, espalhando os destroços so- bre uma área extensa. - Como é possível que um

arranha-céu, que não foi atingi- do por um avião, tenha desmo- ronado tão rápida e simetrica- mente, enquanto nenhum outro prédio revestido de aço caiu em

virtude de incêndios? Os teóricos da conspiração respondem: o Edifício 7 do World Trade Center foi destruído por uma demo- lição controlada usando explosivos e materiais infla- máveis.

“Por que as Torres Gême as c aíram tão depressa, dentro da própria área que oc upavam”.

*Advogado

FOLHA POPULAR

Ojornal quevocê lê!

EmpresaJornalísticaPari Ltda.

CNPJ-MF:05.438.552/0001-08

Alvarán o 1053

Rua

CEP:

Fone: (55)3551.1608

folhaportela@gmail.com

www.fpop.com.br

www.folhaportela.com.br

RS

Arac i,

47 . Ten ente

Portela

-

9 8500-000.

Direção Geral e Edição – Júlio Evaristo dos Santos Reportagem – Dalvana Berlatto Arte Gráfica e Diagramação – Cristofer Silveira.

Colaboradores:

Adriane Lorenzon, Angelita Cristina Schossler, CléberTesche, EversonZimermann,Felipe José dos Santos e JalmirSteffenon.

“As matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e, necessariamente, não refletem a opinião do jornal.”

Assinaturas:

Semestral: R$ 45,00, Anual: R$ 80,00, Correio R$ 170,00 Circulação: Semanal Impressão: Cia da Arte – Ijuí/RS. Fone: (55) 3332.7070

RepresentanteparaoBrasil:

Pereira de Souza & Cia. Ltda. | Fone: (51) 3311.8377 pereriradesouza.poars@terra.com.br

Tenente Portela - 10 a 17 de setembro de 2011 FOLHA POPULAR 3 3 3

Tenente Portela - 10 a 17 de setembro de 2011

FOLHA POPULAR

33333

“Falta muita coisa para fazer. Estamos trabalhando em ritmo acelerado, a fim de que todos os enfeites estejam prontos para serem instalados até a realização da Expotenpo.”

Coordenadora do Centro de Referência da Assistência Social (Cras), Cleonice Maria Splendor, com sua neta Maria Carolina, falando sobre a confecção de enfeites para o Natal Luz/2011.

sobre a confecção de enfeites para o Natal Luz/2011. FOT O DIVULGAÇÃO FP Foi servido na

FOT O DIVULGAÇÃO FP

de enfeites para o Natal Luz/2011. FOT O DIVULGAÇÃO FP Foi servido na CNEC, no dia

Foi servido na CNEC, no dia 13, um carreteiro para alunos, professores e funcionários da instituição, oportunizando um momento de integração cultural commúsicas e danças típicas. Coordenados pela professora Ivone Vendrúsculo,os alunos revitalizaram a cultura gaúcha, destacando a beleza dos trajes típicos e das danças gauchescas.

HUMOR
HUMOR

FOTOS CRISTOF ER SI LVE IRA / FP

danças gauchescas. HUMOR FOTOS CRISTOF ER SI LVE IRA / FP Um caminhão carregado com 14.400

Um caminhão carregado com 14.400 kg de adubo tombou na manhã desta

aproximadamente às7h,

na localidadede Km 12,após a curva da RSC-472,Km 54.

De acordo com o motorista Gilberto Engler de Souza, 37 anos, o caminhão Wokswagen 23250, de placa MHZ0150, de São Miguel do Oeste, teve problemanos freios. Oadubo foi carregado em Itapiranga-SCcom destino aSanta Maria-RS.

sexta-feira, 16, em Tenente Portela. O acidente ocorreu

A Brigada Militar de Tenente Portela orientou o trânsito até a chegada da

PolíciaRodoviária Estadual deSanto Augusto.

FOTO DI VUL GAÇÃO FP

Estadual deSanto Augusto. FOTO DI VUL GAÇÃO FP A Estratégia de Saúde da Família (ESF) 1

A Estratégia de Saúde da Família (ESF) 1 realizou este mês o primeiro

enfermagem da

Universidade Regional Integrada (URI) de Frederico Westphalen e os agentes

Encontro de Mulheres do Grupo, em parceria com o curso de

comunitários desaúde, tendo como colaboradores a equipe da Cooperfamiliar.

O projeto foi desenvolvido para criar vínculos entre os profissionais de

saúde e as mulheres da comunidade.

FRASES

"Possoresumirtudo o que aprendi sobre avida em duaspalavras: ela termina."

RobertFrost

'A palavra é metade de quem a pronuncia, metade de quem a ouve."

MichelMontaigne

CURTAS

Confira o novo site do Folha Popu- lar www.folhaportela.com.br que está com novo endereço, visual e muita in- formação. Foi elaborado para facilitar o acesso às notícias que estão transfor- mando os dias e construindo o futuro. Você também, pode acessar o site pelo endereço www.fpop.com.br

A 1000 dias da copa de 2014 o Bra- sil está com os projetos atrasados. Tan- to estádios qua nto aeroportos são as maiores preocupações dos responsá- veis pelas construções e desenvolvimen- to das obras. Porém o Brasil corre o risco de dar “vexame” no trânsito, que está cada vez pior.

Começ a neste final de se mana o segundo turno da Copa Grande Porte- la. Sábado dia 17, será o 1° jogo, em Barra do Guarita, entre Tigre e Lazer. Já no domingo, os jogos serão em Te- nente Portela, com as equipes de Bra- sil, Dois Pinheiros e ABC. Confira o resultado da última roda- da, do primeiro turno, no site da Liga dos Campeões Municipais.

RSC-472 continua perigosa, no Km 12! Devemos pedir aos motoristas que tenham “um pouco mais de calma” ao trafegar por estradas com curvas acen- tuadas, pois na quinta e na sexta-feira, dois acidente s aconteceram. Por e n- quanto temos apenas danos materiais, mas é melhor prevenirmos, não é?

Tricolor celebra o aniversário de fundação do clube olhando para o futu- ro. Nova casa deve ser inaugurada no ano que vem. O Folha Popular parabe- niza a todos os gremistas pelo aniver- sário de 108 anos do clube.

A Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop) realizou dia 9, no auditório da Universidade Re- gional Integrada (URI) em Frederico Westphalen, audiência pública para tra- tar de assuntos ligados ao transporte coletivo na região, da qual participa- ram o vice-governador do Estado, o diretor do Daer e outras autoridades regionais.

*Sugira, critique, colabore com “O O bservador”. Esta coluna só existe pelo e par a o leitor. Mande cartas, telefone par a a r edação ou envie e-mail para folhaport ela@gmail.com

só existe pelo e par a o leitor. Mande cartas, telefone par a a r edação
só existe pelo e par a o leitor. Mande cartas, telefone par a a r edação

44444 FOLHA POPULAR

Geral

Tenente Portela - 10 a 17 de setembro de 2011

TENENTEPORTELASAÚDE

Prefeitura pede liberação de recursos para o HSA

E stive ra m r eunidos na tar de desta quarta-feira, 14, com o ministro da saúde Alexandre

P adilha, o prefe ito municipal C la ir -

ton Carboni e o vice-prefeito Clau-

denir Scherer, acompanhados do de putado f edera l Ma rcon (PT- RS), solicitando a libe raç ão de R$ 700 mil empenhados em emendas par-

la

me nta re s à Associaç ão Hospita -

la

r Benef ic ente

Santo Antônio.

O montante foi empenhado por

parlamentar es que não f oram ree-

leitos e por isso há dificuldade na l iberação dos recursos. Por isso, Marco n assumiu co mo co mp ro - misso conseguir a liberação des- tes recursos que, segundo a dire-

ção d o ho spit al, são

es senciais

para a manutenção do atendimen-

to em alguns setores. Outros projetos também foram

levados ao conhecimento do minis- tro e visam melhorar as condições de atendimento pela rede pública de saúde. “Nosso município tem

u ma po pulação mu ito caren te e

FOTO DIVULGAÇÃO FP

tem u ma po pulação mu ito caren te e FOTO DIVULGAÇÃO FP Marcon, Padilha, Scherer

Marcon, Padilha, Scherer e Carboni

que de pende m uito do atendimen- to público gra tuito na áre a da saú-

de. Assim pedimos uma atenção

especial do senhor mi nistro para c om os nossos pr ojetos” , dec larou Carboni.

TENENTEPORTELA ADMINISTRAÇÃO

Administração busca recursos e liberação de emendas para 2011

O prefeito municipal Clairton

Carboni e o vice-prefeito Claudenir Sc herer, em viagem à Brasília, esti- ver am no dia 14 no Ministério do Desenvolvimento Agrário em con-

tato com o deputado federal Elvino Bohn Gass buscando recursos para a Expotenpo 2011, recursos para a agricultura familiar e a comunidade indígena. Estiveram ainda, segundo

Carboni, solicitando que sejam libe- rados emendas e projetos cadastra- dos na agricultura, sempre com o in- tuito de tr aze r recur sos pa ra nosso município.

FOTO DIVULGAÇÃO FP

aze r recur sos pa ra nosso município. FOTO DIVULGAÇÃO FP Viagem serviu para buscar liberação

Viagem serviu para buscar liberação de verbas

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES TENENTE PORTELA SÍNTESE DA SESSÃOORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 12/09/2011. Reuniram-se os

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES TENENTE PORTELA SÍNTESE DA SESSÃOORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 12/09/2011. Reuniram-se os Vereadores da Câmara Municipal de Vereadores de Tenente Portela, às dezenove horas, em Sessão Ordinária no dia 12 de setembro de 2011, com as seguintes presenças: Vereador Presidente NATANAEL DINIZ DE CAMPOS/PDT, Vereadora Secretária, ELENIR TEREZA DE CARLI/PPe Vereadores ITOMAR ORTOLAN/PMDB, LAUROBRUN/PT, CLAU- DIOCARBONI/PDT,ILDOSCAPINI/PCdoB, MARCIAMULLER/PDT,LUISA SILVA DEJESUS/PSDB e MARICLEIAPUNTEL/PMDB. Havendo numero legal de Vereadores em Plenário, a Presidênciaem nome de Deus abriu os trabalhos, saudouos Vereadores a ao público presente. Em seguida determinou a leitura,dascorrespondênciasrecebidas pelaCasa. Dandoprosseguimento a Sessão deuse início aoespaçodos Requerimentos e Proposi- ções dos Vereadores, que são os seguintes:

 

Da Vereadora Elenir Tereza de Carli:

1 – Solicitou para que seja estudada da possibilidade em ser determinado para a Secre- taria Municipal de Serviços Urbanos o inicio da construção do calçamento no perímetro

urbano do Distrito de Daltro Filho, justificou avereadora que tal solicitação se faz devido que

é

uma reivindicação dos moradores deste Distrito, pois o mesmo já foi contemplado com

uma Unidade de Saúde, um ginásio de esporte e com o calçamento viria proporcionar uma melhor qualidade de vida aos moradores. DoVereadorItomarOrtolan:

1– Solicitoupara que seja determinadopara a Secretaria Municipalde Obras, a recupe- ração da estrada que da acesso a propriedade do Senhor Irineu Weber na Localidade de Lajeado Bonito, justificou o vereador que o mesmo é produtor de leite e depende da estrada para se deslocar coma produção. Esta proposição foi subscrita pela vereadora ElenireLauro. Da Vereadora Marcia Mueller e do Vereador Itomar Ortolan:

1–Solicitou paraqueo PoderExecutivoparaqueo mesmojuntamentecomaSecretaria Municipal deSaúde e Conselho Municipal de Saúde, providencieatravés de linha telefônica os agendamentos de consultas médicas para pessoas acima de 60 anos e pessoas com deficiência.Justificaramosvereadoresproponentesquecomtalprovidenciapoderíamos evitar o deslocamento dospacientese transtornosque, emalgunscasos, aagendados médicos estejam cheias e os mesmos percam a viagem ao deslocarem – se e ainda com este procedimento evitaria inclusive o aglomeração de pessoas junto às unidades de saúde. 1 – solicitou paraque fosse encaminhada correspondência comvotos de pesar ao Senhor Alfredo Ludke e demais familiares, externado o sentimento do Poder Legislativo, pelo falecimento do seu neto Eduardo Ludke de Oliveira, ocorrido no dia 09 de setembro na Cidadede Balneário Camburiú Estado de Santa Catarina.

 

Da Vereadora Maricleia Puntel:

1–Requereu parao Poder ExecutivoenvieaestaCasaLegislativa oquesegue:

a) Cópia dos contratos dealuguel firmados com base na Lei Municipal nº 1.700/2009.

b) valores pagos com recursos públicos com amparo na mesma Lei.

c) as Empresas que foram ou estão sendo beneficiadas pela Lei.

Do Vereador Il do Scapini:

1 – Solicitou para que seja determinado para a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos,

o

agendamento de uma reunião com a Comunidade do Distrito de São Pedro, coma

finalidade dediscutir e resolver o problema dos buracos existentes no calçamento nas ruas do Distrito, pois segundo o vereador vemcausando muitos transtornos, queixas e reclama- ções da Comunidade,deixandouma má imagem e desgaste para a atualadministraçãoe vereadores da situaçãoque tem como lema Portela cada vezmelhor.Esta solicitação foi subscritapelosvereadoresLauroeMarcia. DoVereador Lauro Brun:

1– Solicitoupara que fosse encaminhada correspondência a coordenaçãoda Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Tenente Portela, extensivo aos Padres Guido Taffarel eRodinei Negri pela belíssima programação da tradicional festa do dia 7 de setembro. Projetovotado:

Projeto de Lei nº. 054/2011, Que autoriza o Poder Executivo Municipal a adotar a junta médica oficialcontratada edisponibilizadaaosAssociados pelaAssociaçãodos Municípios da Região Celeiro para fins de avaliação dos direitos aos benefícios de auxílio doença e aposentadoria por invalidez e da outras providências. Este projeto foi aprovado. Por fim, não havendo nada mais a ser tratado na presente Sessão, o Vereador Natanael Diniz de Campos, Presidente da Câmara encerrou os trabalhos às 21h10min. Secretaria da Câmara de Vereadores de Tenente Portela, em 05 de setembro de 2011.

 

Escrito e editado pela Câmara de Veradores

Visita trará novos planos e programas ao município
Visita trará novos planos e programas ao município
de 2011.   Escrito e editado pela Câmara de Veradores Visita trará novos planos e programas
de 2011.   Escrito e editado pela Câmara de Veradores Visita trará novos planos e programas

Tenente Portela - 10 a 17 de setembro de 2011

Especial

FOLHA POPULAR

55555

Comissão da 1ª Expo Redentora visita Governo do Estado

FOTOS DIVULGAÇÃO FP

Redentora visita Governo do Estado FOTOS DIVULGAÇÃO FP Audiência da 1ª Expo Redentora com Governador do

Audiência da 1ª Expo Redentora com Governador do Estado Tarso Genro

Acomissão organizadora da 1ª Expo

R edentor a

nos dias 7 e 8 de julho convidando deputados estaduais, presidência da Assembléia Legislativa, representan- tes da Farsul/Senar e do Governo do

esteve em Porto Ale gr e

Estado, para participarem da feira que será realizada no município. Participaram da comitiva o presi- dente do evento Gelson Bridi e espo- sa, vice-prefeito Nilson Paulo Costa e esposa, presidente do PT Vanderlei da

Rosa, c oor de na dor a da s prince sa s Dieike de Bonna, as princesas Julia- na Costa, Taísa Emílio e Lázari Inês dos Santos, juntamente com o asses- sor do deputado Jeferson Fernandes, Carlos Fussiger Luz, e o lider do PT Juarez Bittencourt. De acordo com Bridi, “a viagem rea liza da teve as dem anda s alcan- çadas e foi extremamente positiva, conseguim os confirm ação da pr e- sença do Governador Tarso Genro, de vários deputados, secretários do gover no e da ca rreta itinera nte do Se na r”. Após a visita a Capital, à comis- são iniciou o roteiro de visitas aos mu- nicípios da região, para convidar as administrações municipais a presti- giar o evento.

Prefeito em exercício recepciona comissão da 1ª Expo Redentora

Na manhã de quinta-feira, 15, uma comitiva formada pelo Prefeito Municipal de Redentora Marcos Cé- sar Gia comini, pelo pr esidente da Expo Redentora Gelson Bridi e pelas princesas da feira Taísa, Julia- na e Lázari, visitou o gabinete doPrefeito Municipal de Tenente Por-

tela. Acomitiva foi recepcionada pelo pre feito em exercício Na tanael Di- niz de Campos. Durante o encontro, o presidente da feira aproveitou para divulgar ao executivo portelense algumas das atra- ções da Expo Redentora, que ocorre de 29 de setembro à 02 de outubro.

Redentora, que ocorre de 29 de setembro à 02 de outubro. Diniz de Campos, princesas, Giacomini

Diniz de Campos, princesas, Giacomini e Bridi

Contato: Fone/Fax: (55) 3556-1376 - exporedentora@yahoo.com.br - Local: Praça Redenção - Redentora/RS

Contato: Fone/Fax: (55) 3556-1376 - exporedentora@yahoo.com.br - Local: Praça Redenção - Redentora/RS

Giacomini e Bridi Contato: Fone/Fax: (55) 3556-1376 - exporedentora@yahoo.com.br - Local: Praça Redenção - Redentora/RS
Giacomini e Bridi Contato: Fone/Fax: (55) 3556-1376 - exporedentora@yahoo.com.br - Local: Praça Redenção - Redentora/RS
Giacomini e Bridi Contato: Fone/Fax: (55) 3556-1376 - exporedentora@yahoo.com.br - Local: Praça Redenção - Redentora/RS
Giacomini e Bridi Contato: Fone/Fax: (55) 3556-1376 - exporedentora@yahoo.com.br - Local: Praça Redenção - Redentora/RS

66666

66666

FOLHAPOPULAR

FOLHAPOPULAR

Especial

Tene nte P ortel a, 10 a 17 d e Sete mb ro de 20 11.

FOLHAPOPULAR

77 77 7

2º Acampamento Farroupliha fortifica tradição e agrega valores

F OTOS DALVANA BE RLATT O E EVER SON ZIM ERM ANN / FP

7 2º Acampamento Farroupliha fortifica tradição e agrega valores F OTOS DALVANA BE RLATT O E

88888 FOLHA POPULAR

Saúde

Tenente Portela - 10 a 17 de setembro de 2011

INDICADOR PROFISSIONAL

Odontologia Intrauterina

Com certeza, não há período da vida mais

sublime, para muitas mulheres, do que a ges- tação. Por isso, as futuras mamães devem realizar o Pré-Natal Odontológico, com vis- tas à promoção da saúde bucal da mamãe e

à prevenção da saúde geral do bebê. Tornou-se cada vez mais comum o tra- balho em conjunto de odontopediatras, obs-

tetras, neonatologistas e pediatras, com o in- tuito de promover a saúde global do binômio mamãe/bebê. Durante a gravidez ocorre uma série de mudanças no organismo da mulher, inclusive na sua cavidade bucal. Nesta fase, a futura mamãe deve ter atenção redobrada em rela- ção à higiene dos seus dentes e principalmente na gengiva. Desta maneira, a freqüência das visitas ao dentista deve aumentar durante a gravidez, pois o risco de inflamação gengival

e de cáries aumenta, devido às alterações na

dieta (maior freqüência alimentar), às mudan- ças na higiene oral (no caso de ânsia) e ainda como conseqüência de uma maior ocorrência de vômitos e refluxos (presença de ácidos do

estômago na boca), tudo isto irá desequilibrar

o meio bucal. Assim se esse desequilí- brio não receber cuidados, a mamãe terá grande descal-

cificação da estrutura dental,

o que levará a cáries. Ges-

tantes com saúde bucal

c ie nte de ve m ser tratadas para não oferecerem riscos ao bebê, pois a cárie é uma doença infecto-transmissível, causada por bactérias exis- tentes na cavidade bucal e gera uma transmissão de mãe para filho. Todos sabem que doenças sistêmicas como diabetes, AIDS e doenças hematológi- cas (leucemia) funcionam como fator de ris-

co para a doença periodontal (doença da gen- giva), existindo ainda fatores de risco locais ou hábitos, como o fumo e o estresse emoci- onal. Ou seja, as doenças da gengiva (que podem ser assintomáticas) podem funcionar como fator de risco para doenças sistêmicas, entre elas, problemas cardiovasculares e pul- monares. Além disso, gestantes com foco de infecção e problemas na gengiva têm maior probabilidade de terem bebês de baixo peso

e partos prematuros (Preterm low-birth-wei-

ght = PBLW). Segundo pesquisas internacionais, grávidas que apresentam problemas de gengiva têm de 3,5 a 7,5 vezes mais probabilidade de terem seus bebês com baixo peso e prematuros, isto pode se sedimentar no fato de mulheres grávidas com problemas de gengi- va apresentam níveis acentuados de prostaglandinas (que é um potente indutor de parto prematuro) no fluido gengival. Gestantes com saúde bucal deficiente é um fator de risco para o bebê. Tratar e evitar estes problemas vai beneficiar a você e seu bebê. Portanto, é importante que a gestante:

Possua uma alimentação adequada; Tenha bons hábitos de higiene bucal; Procure um dentista para receber tratamento den- tário, se necessário, e também toda orientação sobre os primeiros cuidados com a higiene bucal de seu filho; Realize o Pré-Natal Odontológico. Tratamento Dentário: Fa zer ou nã o durante a gravidez? Os tratamentos devem ser evitados apenas nos três primeiros meses de gravidez, podendo ser reali- zados a partir do segundo e terceiro trimestre devido

maior estabilidade da gestação. Porém durante o primeiro trimestre, a visita ao dentista torna-se importantís- sima para a mamãe receber toda a orientação, iniciando- se o pré-natal odontológico. A cárie é uma doença in- fecto-transmissível, e é cau- sada por bactérias existentes na cavidade bucal, onde se alimentam de restos alimen- tares. A placa bacteriana forma- da pela falta de higiene, leva ao aparecimento de cáries e doenças gengivais, as- sim não é a gravidez que irá fazer seus dentes fica- rem “fracos”, nem faz sua gengiva sangrar, o que ocasionará isso é a falta de cuidados com os dentes. Sendo assim, a futura mamãe que não cuidar de sua saúde bucal, irá transmitir a bactéria que provoca

à

a cárie para seu bebê. Cuidados com o seu bebê A formação dentária se inicia na quarta semana de vida intra-uterina. Existe a possibilidade de alguns dentinhos do bebê nascerem ainda durante a vida intra-uterina, ocasionando o que chamamos de dente neonatal (bebês que já nascem com os dentinhos na boca). Tudo bem, isto NÃO é um problema, O DEN- TE NEONATAL NÃO IMPEDE A AMAMENTA-

é um problema, O DEN- TE NEONATAL NÃO IMPEDE A AMAMENTA- defi- Dr. Eléu Dalla Nora,

defi-

problema, O DEN- TE NEONATAL NÃO IMPEDE A AMAMENTA- defi- Dr. Eléu Dalla Nora, Cirurgião Dentista,

Dr. Eléu Dalla Nora, Cirurgião Dentista, especialista em Ortondontia e Implantodontia

ÇÃO NATURAL. Nos primeiros 6 meses de vida AMAMENTAÇÃO MATERNA EXCLUSIVA. Leite materno é a melhor e mais completa fonte de alimento para a criança, além de transmitir o início da imunidade e todo amor materno para o bebê. Além disso, a amamentação proporciona uma correta for- mação nas arcadas dentárias, devido ao estímulo de sucção. Limpar a boca do bebê, sempre que possível com fralda ou gaze umedecida em água filtrada. Dos 6 aos 12 meses de idade Primeiro dentinho pode aparecer. Incentivar hábitos de escovação. É hora de retornar ao odontopediatra para receber orientações e fazer exames preventivos. Hoje existem no mercado lencinhos específicos para higiene dos dentinhos do seu bebê. Após 1 ano A escovação já deve ser rotina da criança. Mesmo que os dentes de leite sejam temporários, eles servem de guia para os dentes permanentes nas- cerem na posição correta. Todo costume iniciado desde cedo, continuará por toda vida. Lembre-se que DENTE DE LEITE ESTRAGA- DO SIGNIFICA DENTE PERMANENTE RUIM. Odontologia Intrauterina é um processo simples que representa mais qualidade de vida para mãe e para o filho, tanto durante a gestação, quanto para a vida toda. É no Pré-Natal Odontológico que você ve- rifica sua saúde bucal e retira todas as suas dúvidas. Lembre-se: somente uma gestante saudável pode transmitir saúde ao seu bebê.

NOTA: O DR. CLAUDIUS FIGUEIREDO, PNEUMOLOGISTA, ESTARÁ ATENDENDO NA IMAGEM COR DIA 27/09/2011

saúde ao seu bebê. NOTA: O DR. CLAUDIUS FIGUEIREDO, PNEUMOLOGISTA, ESTARÁ ATENDENDO NA IMAGEM COR DIA
saúde ao seu bebê. NOTA: O DR. CLAUDIUS FIGUEIREDO, PNEUMOLOGISTA, ESTARÁ ATENDENDO NA IMAGEM COR DIA
saúde ao seu bebê. NOTA: O DR. CLAUDIUS FIGUEIREDO, PNEUMOLOGISTA, ESTARÁ ATENDENDO NA IMAGEM COR DIA
saúde ao seu bebê. NOTA: O DR. CLAUDIUS FIGUEIREDO, PNEUMOLOGISTA, ESTARÁ ATENDENDO NA IMAGEM COR DIA
saúde ao seu bebê. NOTA: O DR. CLAUDIUS FIGUEIREDO, PNEUMOLOGISTA, ESTARÁ ATENDENDO NA IMAGEM COR DIA

Tenente Portela - 10 a 17 de setembro de 2011

Geral

FOLHA POPULAR

99999

No dia 12 do mês de setembro do ano de 2011, as 17:00 horas, reuniram-se
No dia 12 do mês de setembro do ano de 2011, as 17:00 horas, reuniram-se na Câmara
Municipal de Vereadores de Vista Gaúcha sob a Presidência do Vereador Luíz Carlos de
Freitas. A fimderealizaremSessãoOrdinária, a Sessão também contoucom a presença dos
Vereadores: Vilmar Tirloni,AndréDanette,LuízMantelli Junior,IvandroPivatto,NiltonMoraes,
Delma M. Grolli, Gustavo Fonseca e Valéria Gandini.
Aberto os trabalhos o Presidente colocou em discussão e votação a Ata N° 029/2011, onde
a
mesma foi aprovada porunanimidade.
PROJETOS DE LEIS APROVADOS:
Projeto de Lei N° 1947/2011, DE 19 DE AGOSTO DE 2011. QUE DISPÕE SOBRE INCENTIVO A
PRODUTORES RURAIS ATRAVÉS DA REMISSÃO DE CRÉDITOS DO FUINDERUR E DÁ OUTRAS
PROVIDÊNCIAS. ao Projeto de Lei N° 1943/2011, DE 12 DE AGOSTO DE 2011. QUE AUTORIZA
A
ABERTURA DE CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO 2011 E DÁ OUTRAS
PROVIDÊNCIAS. Aprovadoporunanimidade.
Projeto de Lei N° 1951/2011, DE 02 DE SETEMBRO DE 2011. QUE AUTORIZA A ABERTURA DE
CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO 2011 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.
Aprovadopor unanimidade.
Projeto de Lei N° 1952/2011, DE 02 DE SETEMBRO DE 2011. QUE AUTORIZA A ABERTURA DE
CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO 2011 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.
Aprovadopor unanimidade.
Projeto de Lei N° 1953/2011, DE 02 DE SETEMBRO DE 2011. QUE AUTORIZA A CONCESSÃO
DE INCENTIVO INDUSTRIAL A EMPRESA V.F. INDÚSTRIA & COMÉRCIO DE PRODUTOS HIGIÊNI-
COS LTDA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Aprovado porunanimidade.
Projeto de Lei N° 1954/2011, DE 02 DE SETEMBRO DE 2011. QUE AUTORIZA O PODER
EXECUTIVO MUNICIPAL A CONTRATAR OPERAÇÃO DE CRÉDITO COM O BADESUL DESENVOL-
VIMENTO, PARA A PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS E DÁ OUTRAS
PROVIDÊNCIAS. Aprovadoporunanimidade.
Projeto de Lei N° 1955/2011, DE 09 DE SETEMBRO DE 2011. QUE CRIA O CONSELHO MUNI-
CÍPAL DA CIDADE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Aprovado por unanimidade.
PROJETOS DE LEIS BAIXADOS:
Projeto de Lei N° 1956/2011, DE 09 DE SETEMBRO DE 2011. QUE AUTORIZA A ABERTURA DE
CRÉDITO ADICIONAL ESPECIAL NO ORÇAMENTO 2011 E DÁOUTRAS PROVIDÊNCIAS. O mesmo
ficou baixado para a Comissão de Finanças e Orçamentos.
Projeto de Lei N° 1957/2011, DE 09 DE SETEMBRO DE 2011. QUE AUTORIZA A ABERTURA DE
CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO 2011 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O
mesmo ficou baixado para a Comissãode Finanças e Orçamentos.
requerimento da vereadora Delma M. Grolli: a qual requereu a Mesa Diretora dessa Egrégia
Casa, que seja enviado oficioaoSr.PrefeitoMunicipal para que o mesmo juntamente com a
Secretaria de Obras estude possibilidade demelhoramento (patrolamento e cascalhamento)
das estradas de acesso e na propriedade do munícipe Jademir da Silva, na localidade de Bom
Plano. Aprovado porunanimidade.
Escrito e editado pela Câmara de Veradores
No dia doze de setembro de dois mil e onze, às 19 horas, reuniu-se a
No dia doze de setembro de dois mil e onze, às 19 horas, reuniu-se a Câmara
Municipal de Vereadores de Derrubadas, sob a Presidência do Vereador ADEMIR
CEMIN. A sessão também contou com a presença dos Vereadores: ERNO BOMM,
ANGELO CELESTETUZZIN, DARCI MÁRIO RIGO, NELCI LUIS GAVIRAGHI,GILDO MAR-
TENS,ERONI SCHWINGEL,ANTÔNIO BARASUOL e SELFREDO BOMM.
Aberto os trabalhos o Presidente colocou em discussão e votação a ATA Nº 027/
2011, da Sessão Ordinária realizada no dia 29 de agosto de 2011, às 19 horas, a qual
foi aprovada por unanimidade, bem como apresentou cópias xerográficas da ATA Nº
028/2011, da Sessão Ordinária realizada no dia 05 de setembro de 2011, às 19 horas.
Não havendo Vereadores inscritos para apresentação de REQUERIMENTOS de
imediatooPresidente passou ao espaço da ORDEMDO DIA: Haviam neste espaçoas
seguintes matérias para apreciação dos Vereadores:
PROJETO DE LEI Nº 031/2011: que Autoriza o Poder Executivo a firmar convênio
com o GABM (Grupo de Apoiadoresda Brigada Militar) e dá outras providências. Este
ProjetodeLei foi aprovado por unanimidade,com a seguinte emenda proposta pelo
Vereador Gildo Martens, também aprovada por unanimidade: No Artigo 1º passando
a ter a seguinte redação final em seu caput: 1º - “
com
a criação do auxílio moradia
para os policiais residentes e auxílio custeio para policiais não residentes que prestam
serviços neste município.” 2º - O artigo 2º passa a ter a seguinte redação final: “ e
o policial não residentedeverá comprovar o valor das despesas com alimentação e
locomoção, despesas estas realizadas no município.”
PROJETO DE LEI Nº 032/2011: que Autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder
auxílio financeiro a entidade associativa do Município de Derrubadas. Colocado em
discussão o Projeto recebeu uma observação dos Vereadores, de que quando se
concede um auxílio financeiro a uma entidade, a mesma deveria realizar um levanta-
mento de preços junto ao comércio local com a finalidade de beneficiar com recursos
públicos o nosso comércio na aquisição de material de construção. Este Projeto de Lei
foi baixado para a Comissão deJustiça eFinanças,Orçamento eTomadasdeContas.
PROJETO DE LEI Nº 033/2011: que Dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o
exercício financeiro de 2012 e dá outras providências. Este Projeto de Lei foi baixado
para a Comissão de Justiça e Finanças,Orçamento e Tomadas de Contas.
PROJETO DE LEI Nº 034/2011: que Fica criado no âmbitodo Município de Derruba-
das o programa de fomento ao comércio local e combate à sonegação fiscal e dá
outras providências. EsteProjeto de Lei teveseu RegimedeUrgência aprovado por
unanimidade e em seguida foi o mesmo bai xa do para a Comissão de Justiça e
Finanças,Orçamento e Tomadas de Contas.
PROJETO DE LEI Nº 035/2011: que Autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder
auxílio financeiro a entidade associa tiva do Município de Derrubadas e dá outras
providências. Este Projeto de Lei foi ba ixado para a Comissão de Justiça e
Finanças,Orçamento e Tomadas de Contas.
Escrito e editado pela Câmara de Vereadores

BARRA DOGUARITA ADMINISTRAÇÃO

Plano Municipal de Saneamento é desenvolvido

FOTO DIVULGAÇÃO FP

No dia 14, a a dm inistra ção mu- nicipal de Barra do Guarita deu mais um importante passo para a construção do Plano Municipal de Saneamento Básico (Pms b). O

Pm sb tem como obje tivo a unive r- salização do serviço públ ico de saneamento básico, com serviços

e produtos de qualidade abrangen-

do os se rviç os de aba stec im ento de

á gua potáve l, esgotam ento sa nitá- rio, limpeza urbana e manejo de

re síduos sólidos, e a dr enagem e o

ma nejo da s á gua s pluviais. As di-

r etriz es pa ra a elabora çã o do pla- no são pre vistas na Lei Fe de ral Nº

11.445/07.

As di scus sões a respeito do plano já vinham ocorrendo há vári- as semanas e se tornaram uma re-

alida de ne sta qua rta- fe ir a, qua ndo

estiveram presentes no município

qua rta- fe ir a, qua ndo estiveram presentes no município O plano foi debatido e

O plano foi debatido e estudado

assunto Eduardo Vieira Munhoz.

A Corsan se colocou a disposi-

ção para auxiliar o município e pas- sará a dar assessoria na construç ão

desta importa nte ferra menta pa ra o di agnós tico e planejamento das

Reimar Kappes e pela responsá-

ve l téc nica se rvidora m unicipal

bióloga Jaque Sélis Bettio, com a colaboraç ão da s se rvidor as Fra n-

cieli Va rgas, Sorais B. Pa ttat, Ra - quel R. da Silva, Lic he ri Andrioli

e Ângela Nascimento.

e

APEDIDO JúlioCesarPetri, Queremos lhe parabenizar pelo seuaniversário, nasexta-feira, 16, e desejar que sua
APEDIDO
JúlioCesarPetri,
Queremos lhe parabenizar pelo
seuaniversário, nasexta-feira, 16, e
desejar que sua vidasejapontilha-
da de bons e felizes momentos.
São os votos de sua esposa Elisan-
dra,de seu filho Felipe, de seus pais
Ivo e
Terezinha, danona,dos irmãos,
tios, padrinhos, primos e amigos.
Feliz Aniversário!NÓS TEAMAMOS!

o

ge r en te da C or sa n de Te ne nte

ações ligadas ao saneamento bási-

P

or tela Va lter M acha do S oar es, o

co do município.

r epre sentante da Corsa n Regional de Sa nto Ânge lo e e spe cialista no

O plano é coordenado pelo ser-

vidor municipal e gestor ambiental

APEDIDO

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DETENENTE PORTELA REGISTROCIVILDASPESSOASNATURAIS

ReginaMantovaniMatsuiCarnelós, RegistradoraDesignada

Praça Tenente Paiva, 185- Centro -Tenente Portela -RS

Luciane Cristina de Oliveira Escrevente Autoriza da

Anexo: TABELIONATO

EDITAL DE PROCLAMAS Regina Mantovani Matsui Carnelós, Registradora Designada desta Comarca de Tenente Portela - RS, faz saber que pretendem casar- se: ÉDERSON ZERBIELLI e RUTINÉIA TIRLONI. ELE, natural deste Estado, nascidoneste município, em25/02/1981, bancário, solteiro, domiciliadoe residente Rua Paraná,409, neste município,CNH nº 00574051704, DETRAN/RS, filho deARNOZERBIELLIe de BELONI ZERBIELLI. ELA, natural deste Estado, nascida neste município, em25/10/1976, bancária, solteira, domiciliada e residente na Rua Paraná, 409, neste município,CI, nº 6062403743,SSP/RS,filhade SADITIRLONI, jáfalecido e deNADIR TIRLONI. Apresentaramosdocumentosexigidospelo artigo 1.525 incisosI,III eIVdo Código Civil. Ocasamentoserárealizado nodia22/10/2011. Se alguémsouber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. Lavro o presente para ser afixado neste Serviçoe publicado pelaimprensalocal.

TenentePortela, 14 de setembrode 2011.

lei. Lavro o presente para ser afixado neste Serviçoe publicado pelaimprensalocal. TenentePortela, 14 de setembrode 2011.
lei. Lavro o presente para ser afixado neste Serviçoe publicado pelaimprensalocal. TenentePortela, 14 de setembrode 2011.
lei. Lavro o presente para ser afixado neste Serviçoe publicado pelaimprensalocal. TenentePortela, 14 de setembrode 2011.
lei. Lavro o presente para ser afixado neste Serviçoe publicado pelaimprensalocal. TenentePortela, 14 de setembrode 2011.

1011110000 FOLHA POPULAR

Especial

Tenente Portela - 3 a 10 de setembro de 2011

ENTREVISTA COM MARCOS CESAR GIACOMINI PREFEITOMUNICIPAL DE REDENTORA

“Queremos possibilitar emprego e renda aos nossos munícipes”

POR JÚLIO SANTOS

O prefeito de Redentora Marcos Ce-

sarGiacominiconcedeuentrevis-

ta ao Folha Popular, emseu gabi-

nete, na segunda-feira, 12, dizendo que mesmo o município sendo um dos mais pobresdo RioGrande doSul, a adminis- traçãoestáconseguindodesenvolver Re- dentora e atender as necessidades da co- munidade.

FP– Comoo senhor avaliaeste perío- do de gestão administrativa? Giacomini – Em 2009, logo no início da administração, passamos por uma sé- ria crise, que não afetou só o município, mas o país. Tivemos uma estiagem que assolou o Estado e toda a região, dificul- tando o início da nossa gestão. Em 2010, já foi diferente. Segundo os dados do IBGE, aumentamos o índice populacional e pas- samos de 0,6 para 0,8, a faixa do FPM. Isso nos ajudou, para entrarmos 2011 com um novo regime de receita. Conseguimos equilibrar as receitas e despesas do muni- cípio, o que não ocorria nas administra- ções anteriores, que gastavam mais do que recebiam.

FP – Como estão os trabalhos na Se- cretariadeAgriculturae MeioAmbiente? Giacomini – Estamos dando atenção especial à Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. Atendemos nosso pequeno agri- cultor, que tem como uma das principais rendas, a produção leiteira, que é o que dá segurança ao setor agrícola. Trabalhamos em parceria com cooperativas, sindicato e com a Emater. Quando assumimos a ad- ministração nós tínhamos apenas dois téc- nicos. Hoje, temos três técnicos e um en- genheiroagrônomopara prestar atendimen- to ao setor agrícola. Na questão ambiental, estamos agilizando o licenciamento ambi- ental, oque deveráser concluído até ofinal do ano. Também estamos trabalhando para inspecionar produtos oriundos da agricul- tura familiar. Está sendo criada lei para regulamentar a inspeção municipal. Me- lhoramos muito os trabalhos administrati- vos. Possuímos hoje três patrulhas agríco- las que trabalham intensamente no interior do município e na Reserva Indígena. Es- tão equipadas com maquinários e o que for necessário para atender as demandas da comunidade.

FP – Redentora, por possuir muitos moradores indígenas, criou aSecretaria Indígena. Quais trabalhos estão sendo desenvolvidos por ela? Giacomini – ASecretaria do Índio tra- balha especificamente com os indígenas em todas as áreas administrativas. Nós te- mos 10.222 moradores aproximadamen- te, sendo 4.050 indígenas. São muitas rei- vindicações indígenas, principalmente com estradas que dão acesso às suas proprie-

FOTO

VINÍCIOS ÁVILA

PORTELA

dade s. Proc uramos auxílio com o gover- no do Estado, através do Daer, para melho- rar as estradas inter- nas da reserva. Tra- balhamos em parce- ria com a comunida- de indígena, principal- mente com a lideran- ça, com o cacique, que nos possibilita de- senvolver trabalhos em todos os setores. A comunidade indígena se organizou e criou a Cooperativa de Habi- tação Indígena do Sul do Brasil, que é a Co-

ophirs, onde o muni- cípio teve um papel importante na sua ide- alização, através da Secretaria do Índio. A Coophirs está revolucionando, sem dúvida nenhuma, não só a nossa reserva indígena, mas todas as reservas indígenas do Estado e do País. Estão sendo construídas casas pela cooperativa em vários lugares do Brasil.

“Temos a preocupação de construir um Miraguaí melhor, com investimentos e industrialização”.
“Temos a preocupação de construir um Miraguaí
melhor, com investimentos e industrialização”.

“Conseguimos equilibrar as receitas e despesas do município, o que não ocorria nas administrações anteriores, quegastavam mais do que recebiam”

plexa. O município, por tradição, sempre investiu muito em saúde. Estamos conse- guindo manter os trabalhos bons que vi- nham sendo desenvolvidos por administra- ções anteriores. Recebemos da gestão pas- sada um Posto de Saúde novo, o que está nos possibilitando atender as necessidades da comunidade. Buscamos novos profissi- onais, realizamos concurso e qualificamos os trabalhos. Hoje, quase 100% dos funcio- nários da Secretaria da Saúde são concur- sados. A secretaria especial do índio trabalha

com o Sesai, que assumiu na totalidade a saúde indígena. AAdministração sempre auxilia com contrapartida epossibilita oque for necessário, porque sempre os índices de saúde, bons e ruins, vão refletir no muni- cípio. Também destacamos a intervenção que tivemos que fazer no início de 2011, no Hospital Santa Rita de Cássia, com prazo de um ano. A prefeitura está investindo e administrando ohospital juntamente com a

Associação Hospitalar Redentorense, para não fechar. O hospital acolheu o “Samu Salvar”, que foi uma conquista. Atende os municípios de Redentora, Braga e Coronel

Bicaco.

FP –Quais investimentos estão sendo realizados na Secretaria de Esporte, Tu- rismoeLazer? Giacomini – A Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer foi criada em 2010 e tam- bém implantada em 2011. Sempre investi- mos nestas áreas, mas não de maneira es- pecífica como agora. Temos a secretaria que possibilita mais condições de trabalho. Podemos organizar campeonatos e desen- volver projetos para o Turismo, principal- mente atender a Rota do Yucumã. Uma das principais ações que foram feitas pela secretaria foi a criação da escolinha de fu- tebol de campo, que está atendendo alunos de 9 a 15 anos de idade. Temos aproxima- damente 120 alunos matriculados. Já nota-

mos oresultado nas competições que

ocorrem no municí-

pio.Agurizadatajo-

gando muita bola!

Também enfrentamos problemas com saneamento, estamos buscando a aprova- ção do plano de saneamento para benefici- ar as comunidades mais carentes e resol- ver os problemas. Estamos com um proje- to de R$ 200 mil, executado pela Funasa, para 25 módulos sanitários no interior do município, coordenados pela Secretaria de Assistência Social. Desenvolvemos projetos sociais atra- vés do Cras, do Primeira Infância Melhor, do Projovem e do Paif, que é um programa de assistência total à família.

FP– Quais deficiênciassão encontra- das na Secretaria de Obras? Giacomini – A Secretaria de Obras en- frenta muitas dificuldades com as estradas do interior. Desde o início da gestão traba- lhamos com uma deficiência muito gran- de em máquinas. Conseguimos incremen- tar um pouco a secretaria em 2011. Com- pramos um caminhão caçamba novo e colocamos nossas três retroescavadeiras a trabalharem. Este maquinário não é sufici- ente, nossa demanda é grande, mas esta-

mos investindo. Realizamos o processo li- citatório para uma motoniveladora nova, está sendo adquirida, coisa inédita, esta- mos realizando um sonho.

FP – As admi-

nistrações traba-

lham diretamente

com projetos.

Comoestáodepar-

tamento de proje- tos de Redentora? Gacomini –A Secretaria de Pla- nejamento, que

também foi criada no final de 2008, logo após o pleito

eleitoral, é arespon- sável em acompanhar e desenvolver pro- jetos. Ela auxilia as outras secretarias na criação, elaboração e na execução de pro-

jetos.

FP – Na Secretaria de Administração

e Fazenda oque estásendo realizado? Giacomini – Na administração anteri- or eram secretarias separadas. Unimos na nossa gestão para facilitar os trabalhos. As- sim, ela fica próxima do prefeito e da Se- cretaria de Planejamento. No início da administração estudamos

o programa melhoria de gestão, que foi implantado em 2010. Primeiramente qua- lificamos o nosso servidor para um melhor atendimento à população. Hoje, nós con- tratamos a empresa NH Treinamentos, que realiza eventos a cada 60 dias, atingindo 100% o nosso servidor público. A comuni- dade tem presenciado os avanços que es- tão ocorrendo com a prestação de serviços da empresa. Estamos investindo nas pes- soas, o servidor está sendo valorizado e se qualificando.

al trabalha com famílias carentes. O que

FP – A Secretaria de Educação e Cul- tura aumentou a receita em sua adminis- tração. Ela está cumprindo seu papel no aprendizado? Giaacomini – Conseguimos aumentar

a receita da Secretaria de Educação e Cul-

tura consideravelmente. Assumimos toda educação infantil e iniciamosem2010 cons- truções de escolas e salas de aulas, melho- rando as condições da educação. Investi- mos recursos próprios da administração e verbas oriundas dos governos estadual e

federal para formar e qualificar nossos pro- fessores. Conseguimos, no final de 2010, aprovar o plano de carreira no município, onde temos orgulho emdizerque hoje,nem

o governo do Estado tem um plano de

carreira como o de Redentora. Consegui- mos este plano com muitoesforço e muito

debate com os sindicatos municipais, com

o quadro de professores, quadro da educa-

ção. Discutimos muito, aprovamos o plano em 2010 e implantamos em 2011. Este foi um ponto fundamental para a nossa Secre- taria de Educação dar continuidade àquilo que vínhamos almejando. Ela está cum- prindo bem seu papel. Também destacamos a questão do transporte escolar, sendo aproximadamente 60% do nosso transporte terceirizado, tor- nando-o mais eficiente. Renovamos nossa frota escolar, compramos dois ônibus no- vos, um em 2010 e o outro em 2011. Incre- mentamos a receita também no Fundef e no MDE.

FP– Na área de saúde, o município está conseguindo atender todas as demandas? Giacomini – É uma área muito com-

FP– O município está se preparando pararealizar sua primeirafeira. Comes-

tão os preparativos da Expo Redentora? Giacomini – A Expo Redentora é um projeto desenvolvidocom outras entidades. São parceiros o CTG, o CDL, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e a Apae. De- senvolvemos em 2010 o projeto cultural e marcamos a 1º Expo Redentora, que está mexendo com os setores produtivos e cul- turais do município. O objetivo é fomentar a nossa produção e cultura, valorizando nossos empreendimentos, nosso comércio. Não vamos só mostrar nossos valores, va- mos também possibilitar que novos inves-

FP–ASecretariadaAssistênciaSoci- tidores venham para Redentora. Queremos

possibilitar emprego e renda aos nossos

estásendorealizadoparasuprirasneces- munícipes.

sidades da população? Giacomini – A carência da nossa po- pulação é grande. Nosso município, segun- do o censo do IBGE, é o mais pobre do Rio

Grande do Sul, devido à Reserva Indígena.

A procura pela assistência é grande, pois a

pobreza necessita de atendimento. Nosso interior é pobre, temos carência em habita- ção na zona urbana e rural. Encaminha- mos projetos ao Estado e fomos contem- plados com 45 casas, até o momento. É muito pouco, não conseguimos solucionar as necessidades habitacionais ainda. Uma de nossas metas é adquirir uma área para desenvolver um projeto habitacional que contemple realmente aquelas famílias que necessitam. Mais de 300 famílias necessi- tam de moradia.

FP– Quais suas consideraçõesaoRe- dentorense? Giacomini – Aadministração, desde que iniciou sua gestão, procura adequar a

receita com a despesa, para poder reali- zar investimentos. Eu quero registrar que nós passamos um 2009 péssimo, um 2010 ruim, 2011 bom e 2012, conforme a gente tem planejado, será ótimo. Tudo o que planejamos está dando certo, estamos com os pés no chão. Sabemos que não vamos realizar tudo o que queremos, mas não porque a gente não quer, mas pela falta de recursos financeiros do Estado e da União. Mas mesmo assim, digo aos redentorenses que 2012 será omelhor ano da administração.

Tenente Portela - 3 a 10 de setembro de 2011

Geral

FOLHA POPULAR

1111111111

Crônica de uma dor anunciada

Ninguémesperava,ninguémdesejava,mas aconteceu.Oex-jogador defutebol ecomenta- rista esportivo Sócrates foi parar no hospital. Ao ladodele,médicose aesposadedicadaderam- lhe osuporte necessário. Sobreviveu. Sócrates aprendeu tanta coisanafaculdadedemedicina, deveter visto tanto exemplo nessemundo –do alto dos57 anos de vida – e, mesmo assim, pre- cisou trilhar o caminho dador paraaprender algo queo fizessemodificar hábitos.Logo o “doutor” Sócrates,como échamado. Depois de nove dias internado,concedeu entrevistacoletivaem SãoPaulo, confessando ser

alcoolista. “Quemusa álcool cotidianamente é alcoólatra”, afirma. Em seguida, contou sua história no programa Fantástico da tevê Globo. Umarevelação surpreendente paramuitos. Entretanto, paraquem jáse ligou que a vida é muito mais que umpasseio, levou as declarações do famoso ex-jogador como “naturais” do processo de quembusca ador –conscientemente–como opção de vida.Uma pena,certo? Com um ponto cirrótico emregião hipersensíveldo fígado, precisou se submeter a procedimentos terapêuticos para estancar uma hemorragia digestiva decorrente da

doença.Pode-seafirmar queo fígado adoeceu,emparte,pela própria vontadedo agoraenfermo. Oquê? Sim, observe. Oeterno craque do futebolafirmou ser depen- dente do álcool “quando queria” e, se bebia, constantemente, o fezde modoforçado, obrigado por alguém? Isso lhe é familiar, caro leitor? Desde quando ouvimos falarem livrearbítrio, lei da causa e efeito ou daação e reação, eainda, da importância de responder por nossosatos? Vejabem. Eu sei que estou pegando pesado, como se diz por aí. Porém, uso o exemplo deSócrates–tornado público por ele– para chamar à atenção umassunto gravíssimo que permeianossasociedade e insistimosnão ver. O ídolo observaque não poderá beber nem fumar parapoder auxiliar naeficácia do tratamento. Sem esque- cer-seda dieta rigorosa edos exames frequentes.A “abstinênciavai ser total daqui para frente,para quemeu fígado reúnacondiçõesdeseequilibrar totalmente eque não dê maisproblemas”, comenta. Sócrates temnoção de que renasceu. “Eu não voubeber porque eu quero que meu fígado esteja bom para que eu possa usar bem a nova vida que eu ganhei. Ganhei outra vidae vouter quesaberusar”,sentencia.Bingo! Agentedeveriaentender isso

semprecisar passar pelocaminho da dor –todavia,ela égenerosae nosensina tanto em pouco tempo. Esperançoso ecom vontade de viver, Sócratesfala de sua experiên- cia: “É nessas horas que a gente cresce. Saio muito mais forte, muito maior e commuito maiscompromissose responsabilidades que eu tinhaantes”. Mal comemorou a altahospitalar, o ex-meio-campista das copas de1982 e86 voltouaser internadoparaintervençãomedicamentosa eendoscópicanasegunda hemorragia digestiva–consequênciadanosano organismo dessadoença quemuita gente pensa que é coisa da família do vizinho: a dependência de álcool. E, segundo a mulher dele, Kátia Bagnarelli, a notícia não é boa. Se em seis meses o fígado não responder positivamente, ahipótese da substituição do órgão seráconsiderada. “Hoje

ele não podefazer,masa curaparaa doença(

Começaria, então, uma emocionante fase. Não sem ummisto deesperança e ansiedade. Se tiver de transplantar o fígado, a fila é enorme – são cinco mil pessoas em todo o país aguardando para receber outro órgão.O ex-atletaterá de exercitar a paciência.Segundo o presidente da SociedadeBrasileiradeHepatologia, Raymuno

Paraná, aordem de prioridade é determinadapelagravidade de cadacaso. “O Brasil

tem um dos programas de transplantes do mundomais sérios. Ele énacional, não há prioridades.A prioridadeé ditadapelo quadro clínicodo paciente”,conclui o médico categórico.Alémdo mais,não hácomo furar afila.

É claro: não falta torcida para o ídolo do futebol brasileiro se recuperar logo.

Amigos, tambémex-jogadores, enviaram recados, comoBiro-biro e Zenon. Amensa- gem deWladimir foi amaiscontundente: “Vocêfica negligenciando a suasaúde e esqueceque éreferênciaparamuita genteno país inteiro,no mundo inteiro.Vamos cobrar isso de você, boasorte”! Palavras sábias do ex-lateral esquerdo; talvez, sirvam muitomais a mime a você, doque ao próprio doente. O amigo Casagrande, comple- ta, em tom de brincadeira: “Agora é só aguinha tônica, água sem gás. Nós dois sentadinhos, batendo papo, tomando água”. E eu pergunto: quer coisa melhor?

* Professora, palestrante e jornalista. driloren@gmail.com - http://www.adrianelorenzon.com.br

e jornalista. driloren@gmail.com - http://www.adrianelorenzon.com.br * Adriane Lorenzon )seriao transplante”,afirma.

* Adriane Lorenzon

)seriao

transplante”,afirma.

TENENTEPORTELAEDUCAÇÃO

Administração entrega quadra poliesportiva em Alto Alegre

A conteceu no sábado, 3, na Comunida de de Alto Ale- gre, em Tenente Portela, a

inauguração da quadra poliesportiva coberta de esportes da Escola Mar- cílio Dias, em que foram gastos mais de R$ 155 mil, de recursos oriundos da Administração Municipal. Estiveram presentes, o prefeito municipal Clairton Carboni, o vice- prefeito Claudenir Scherer; a secre- tária municipal de Educação, Cul- tura e Desporto Beloni Zerbieli, se- cretários e vereadores, direção e professores da escola, alunos e co- munidade de Alto Alegre e comuni- dades vizinhas. Carboni destacou a importância de se investir na educação: “A Ad- ministração Municipal sempre es-

teve preocupada em investir nesta área tão importante que é a educa- ção de nossas crianças e jovens. E nós sabemos da importância de in-

TENENTEPORTELAESPORTE

vestir nas comunidades do interior do nosso município, melhorando a quali- dade de vida dos moradores e incenti- vando para que permaneçam no interi- or. Esta inauguração faz parte das mais de vinte obras que estão sendo entre-

gues à comunidade portelense”, ex- plica o prefeito. Professores da escola e alunos ressaltaram a importância de ter uma quadra coberta que possa ser utiliza- da em dias de chuva também.

FOTO DIVULGAÇÃO FP

utiliza- da em dias de chuva também. FOTO DIVULGAÇÃO FP Após a inauguração e discursos foi

Após a inauguração e discursos foi servido almoço aos presentes

Administração municipal incentiva Escola Educar em Artes Marciais

O prefeito municipal Clairton Carboni numa clara demonstração de incentivo ao esporte repassou ao projeto Escola Educar em Artes Marciais, neste mês de agosto, equi- pamentos necessários para um bom

desenvolvimento técnico dos alunos, além de proporcionar aos alunos um seminário no dia 18 de agosto com exa- me de faixa. Hoje a escola possui mais de 40 alu- nos nas aula s de tae wkondoo, está

FOTO DIVULGAÇÃO FP

nos nas aula s de tae wkondoo, está FOTO DIVULGAÇÃO FP Mais de 40 alunos frequentam

Mais de 40 alunos frequentam as aulas de taewkondoo

abrindo turma de kara tê , e com o objetivo de abranger mais atividades no próximo ano. Segundo o prefeito municipal, “é fundamental em uma administração pr eocupada com o futuro o apoio a atividades como as propostas no pro- jeto, já que o esporte é comprovada- mente benéfico para a saúde física e mental dos praticantes. E nosso ob- jetivo com o apoio prestado é garan- tir momentos de alegria e emoçã o que o esporte proporciona, além de divulgar e multiplicar o conhecimento das diversas modalidades existentes do país, oportunizando no município o surgimento de atletas com potenci- al de destaque nos grandes eventos esportivos, principalmente nos espor- tes olímpicos”.

O site do Jornal Folha Popular está agora ainda mais prático com novo endereço eletrônico. Acessem!

www.fpop.com.br

ou

www.folhaportela.com.br

Mande informações e sujestões para o nosso e-mail: folhaportela@gmail.com ou ligue: 3551-1608

www.folhaportela.com.br Mande informações e sujestões para o nosso e-mail: folhaportela@gmail.com ou ligue: 3551-1608
FASES DA LUA - 27/09 12/09 - - 04/09 20/09 - FOLHA POPULAR ANO XII
FASES DA LUA - 27/09 12/09 - - 04/09 20/09 - FOLHA POPULAR ANO XII

FASES DA LUA

FASES DA LUA - 27/09 12/09 - - 04/09 20/09 -
FASES DA LUA - 27/09 12/09 - - 04/09 20/09 -

- 27/09

12/09 -

- 04/09

20/09 -

FASES DA LUA - 27/09 12/09 - - 04/09 20/09 -
FASES DA LUA - 27/09 12/09 - - 04/09 20/09 -
FASES DA LUA - 27/09 12/09 - - 04/09 20/09 - FOLHA POPULAR ANO XII l
FASES DA LUA - 27/09 12/09 - - 04/09 20/09 - FOLHA POPULAR ANO XII l

FOLHA POPULAR

ANO XII l N 0 544 l TENENTE PORTELA - 10 A 17 DE SETEMBRO DE 2011 l R$ 2,00

DERRUBADASASSISTÊNCIASOCIAL

Cras realiza ações de atenção integral às famílias

O Centro de Referência de Assis- tência Social (Cras) de Derru- badas ve m desenvolve ndo

ações concretas e efetivas, que buscam

a atenção integral às famílias. As atividades acontecem diaria- mente, seguindo cronogramas estabe- lecidos pela equipe do Cras em conjunto com o público alvo. Participam crianças, adolescentes, jovens, mulheres, pessoas com defici- ência e idosos, integrantes de projetos Programa de Atenção Integral à Famí- lia (Paif), Programa de Aquisição de Ali- mentos (PAA), Programa Bolsa Famí- lia (PBF), Primeira Infância Melhor

(PIM), Morar Melhor, e munícipes der-

rubadenses interessados.

No mês de agosto iniciou no Centro

de Referência uma oficina de música

destinada a crianças, jovens e adoles- centes, com ênfase em aulas de violão, que até o momento possui 37 inscritos. De acordo com a secretária muni-

cipal de Assistênc ia Social Angelita Bomm dos Santos, as ações do Cras en- volvem um número significativo de famí- lias. “Além de receber cursos, capacita-

ções e os produtos confeccionados nas

oficinas, as atividades contribuem de for- ma significativa na prevenção do isola- mento social, proporcionando um espa- ço de socialização e interação a todos os envolvidos”, diz a secretária.

FOTO DIVULGAÇÃO FP

os envolvidos”, diz a secretária. FOTO DIVULGAÇÃO FP Confira mais fotos no site www.folhaportela.com.br

Confira mais fotos no site www.folhaportela.com.br

TENENTEPORTELAASSISTÊNCIASOCIAL

Confira os cursos e oficinas ofere- cidos aos participantes:

Para mulheres: -Curso de culiná- ria e boas práticas em alimentação; -Curso de noções básicas em corte e costura;-Oficinas de confecção de acolchoados e tapetes; -Oficinas de fuxico. Para crianças de 3 a 6 anos: -Ofici- nas pedagógicas e lúdicas com o acompanhamento da pedagoga do Cras. Parajovens eadolescentes: -Ofi- cinas de enfeites de Páscoa; -Ofici- nas de tricô com confecção de man- tas; -Oficinas de produção e utiliza- ção diversade fuxico; -Palestras in- formativas e preventivas comdiver- sos profissionais (médico, psicólo- ga, assistente social, pedagoga); - Oficinas de música Para os idosos as atividades são

desenvolvidastambémnosencon-

tros grupais: -Palestras; -Mensa- gens dinâmicas e atividades inte- rativas; - Visitas domiciliares.

Cras inicia confecção de enfeites para Natal Luz/2011

O Centro de Referência da Assis- tência Social (Cras) em parceria com

as demais secretarias municipais ini- ciou em agosto as atividades relativas

à decoração do Natal Luz/2011, que

será colocada nas avenidas e praças da cidade. As peças decorativas estão sendo confeccionadas com a utiliza ção de materiais recicláveis, principalmente garrafas pet, que estão sendo trans-

formados em enfeites de natal, por parceiros, voluntárias, funcionários do Cras, alunos do Projovem Adolescen- tes e pessoas que cumprem prestação de serviços comunitários, todos coor- denados pela instrutora em material reciclável Elisabeta Zimmermann. De acordo com a coordenadora do Cr as, Cleonice Maria Splendor,

“falta muita coisa pa ra fa zer. Esta-

mos trabalhando em ritmo acelerado,

a fim de que todos os enfeites estejam

prontos para serem instalados até a re- alização da Expotenpo”. Conforme explica a instrutora Eli- sabeta, estão sendo feitas reformas e

confe cção de novas peças. “Estamos reformando muitos dos enfeites doano passado, mas também estão sendo

c onf ecc iona da s novas peça s, entre

lustres, bolas, guirlandas, estrelas, ve- las e laços, que irão enfeitar as praças

e avenidas”. Este ano, serão desenvolvidos no- vos enfeites, será instalada uma nova árvore de natal em frente ao Centro

Municipal de Cultura e Turismo (Cult),

e uma avenida será decorada com tra-

vessas de luz. Para isso, serão utiliza- das mais de 15 mil garrafas pet. Todas as peças confeccionadas serão instaladas pelas Secretarias de Serviços Urbanos e Obras e irão fazer parte de uma decoração ecologicamen-

te correta.

“Agradecemos a todos por acre- ditarem no Projeto Natal Luz e nos ajudar a desenvolvê-lo ao longo dos anos. É importante que continuemos esse projeto, que dá oportunidade de trabalho, contribui para a preservação

ambiental e principalmente, torna a

nossa cidade mais bonita. Temos cer-

tez a de que, c om a cola boraçã o de

todos, o Natal Luz no município será

tão lindo como o do ano passado”,

conclui Cleonice. FOTO DIVULGAÇÃO FP

c o n c l u i C l e o n i c e .

Natal luz/2011 já está sendo preparado

c o n c l u i C l e o n i c e .