Você está na página 1de 1

Atenção: este texto é uma tradução livre do original em http://www.sportrider.com/ride/RSS/146_0404_smooth_operator/ e possui os direitos resevados para © 2006 Sport Rider, uma publicação PRIMEDIA. Nosso intuito aqui é de apenas disseminar uma boa leitura para preservação do esporte, da cultura e principalmente dos integrantes envolvidos com o motociclismo. Não temos nenhuma ligação com a fonte escritora original e tampouco a intenção de utilizar os artigos para promoção.

Série Habilidades : Freando suave

Da revista Sport Rider magazine de Abril de 2004

Por Kent Kunitsugu

1-No último exemplar de RSS nós mostramos o quanto baixar as marchas suavemente ajuda

a melhorar o controle da moto. De fato, a suavidade em todos os aspectos da pilotagem, seja freando ,

acelerando ou mesmo nos movimentos de jogo de peso do corpo, podem ter um papel importante seja para

andar nas estradas ou num circuito com confiança ou inversamente

espantado como o quanto é fácil andar rápido quando a tocada é relaxada e atenta e não apressado como um louco. Pilotos profissionais se referem a esse fato como "tocada forçada demais" e sempre acabam fazendo os tempos mais altos nas voltas. Quando suas atitudes nos controles da moto são muito fortes e de certa forma impulsivos, você acaba concentrando mais em corrigir os erros que surgem em decorrência à este estilo áspero de tocar.

com apreensão. Você ficará

2-Usar os freios corretamente é provavelmente um das artes mais difíceis de se aprender, e requer muito mais destreza do que acelerar. Muitos pilotos só usam os freios como um interruptor todo apertado/todo solto. O que eles não entendem é que eles não só se estressam desnecessariamente pelo fato de apertar a manete do freio dianteiro como também não tiram as numerosas vantagens que dosar os freios podem oferecer. Um dos maiores benefícios de frear suave é a transferência de peso. Apertar suavemente e rapidamente os freios dianteiros e não na marra (lembre-se que você ainda quer frear no menor espaço possível) permite que o peso da moto se transfira para a frente e ajuda o pneu a ganhar mais tração. Se você tentar frear ao máximo e muito rápido, você sobrecarrega a tração disponível do pneu por que haverá muito peso aplicado nele (e também , uma menor área de contato) de uma vez só.

3-Outra vantagem relacionada à pressão nos freios é o efeito da transferência de peso na suspensão dianteira. Aplicar muito freio dianteiro transfere abruptamente todo o peso da moto prá frente ocasionando sobrecarga nas bengalas e no amortecimento delas chegando ao ponto de fecharem completamente. Sem a disponibilidade de mais curso na suspensão para absorver as irregularidadees , o chassi da moto fica instável e a traseira da moto tende a pivotar sobre a coluna de direção. Assim a traseira solta e balança de um lado para o outro. Você vê isso ocorrendo com pilotos em corridas que chegam no limite de frenagem (o estilo de frenagem de Ben Bostrom é um exemplo perfeito) e isso sempre resulta em problemas no controle da moto nas entradas de curva para a maioria dos motociclistas. Freando suavemente você permite que o peso do chassi seja totalmente transferido para a frente e ajuda na quantidade de tração do pneu dianteiro antes que você exija repentinamente a performance máxima do pneu e da suspensão.

4-Outro benefício de aprender a frear suave é que a técnica ajuda a ensinar a frenagem

modulada. O freio é como o acelerador; serve para controlar a velocidade. Assim como você aprendeu a utilizar o acelerador criteriosamente em uma saída de curva avaliando a potência e a quantidade de tração disponível, o mesmo se aplica aos freios e às entradas de curvas. Aprender a dosar e controlar a velocidade

à medida que se aproxima do fim da zona de frenagem pode ajudar a ganhar mais velocidade no contorno

da curva que servirá de bônus na sua velocidade de saída da curva e na reta em seguida. Mais importante

ainda é que aprender a modular a frenagem lhe ajuda a salvar sua pele nas ruas. Atingindo a frenagem máxima atingindo o limite de tração do pneu à medida que vai baixando a velocidade vem com a prática contínua e com o tempo vai se tornando um movimento natural para você.