Você está na página 1de 4

Projetores portáteis são alternativa a TVs gigantes; veja teste - 26/01/2007 - Guia de Produtos Página 1 de 4

Projetores portáteis são alternativa a TVs


gigantes; veja teste
Marcelo Ayres
Para o UOL Tecnologia

Todo mundo conhece os projetores portáteis da sala de aula, das


apresentações do trabalho ou de treinamentos. Mas há gente
descobrindo que também é possível usá-los para diversão, assistindo
a filmes ou ao jogo do time preferido, ou até como telão para o
videogame. Pela versatilidade e pelo preço, um modelo desses pode
sair bem mais em conta que um telão LCD ou de plasma.

O UOL Tecnologia testou GUIA DE PRODUTOS


dois projetores portáteis: o
Epson Powerlite S4 e o Sony
VPL-EX3. Os dois utilizam o
modelo de projeção 3LCD,
que conta com 3 painéis de
LCD, dentro do sistema RGB
(Red, Blue e Green), o que
proporciona altas taxas de
transmissão de luz e
reprodução de cores mais fiel.
CONFIRA O TESTE COMPLETO
Além disso, o sistema permite
ter graduações suaves nas ENTENDA A PROJEÇÃO DIGITAL
áreas de sombra e contornos TABELA COMPARATIVA
mais definidos nas regiões
ÁLBUM DE FOTOS
mais escuras. Ele também
ajuda a evitar que aconteça a MAIS TESTES
dispersão de cor, comum em
projeções grandes.

Luminosidade
Projetores utilizam uma medida de luminosidade chamada ANSI
lúmen. Lúmen é uma unidade de medida que indica a quantidade de
brilho que sai de uma fonte de luz, definição de "luminous flux", do
latim, energia que existe nas várias freqüências que conseguimos
perceber. Uma vela, por exemplo, consegue gerar 13 lúmens, e uma
lâmpada de 100 watts, 1.200 lúmens.

http://tecnologia.uol.com.br/produtos/ultnot/2007/01/26/ult2880u291.jhtm 27/1/2007
Projetores portáteis são alternativa a TVs gigantes; veja teste - 26/01/2007 - Guia de Produtos Página 2 de 4

Nos projetores esta medida foi padronizada pela ANSI (American


National Standards Institute) e é chamada ANSI lúmens. Ela é uma
taxa obtida por meio de diversas medições através da parte frontal da
fonte de luz. Uma pequena sala normalmente requer um projetor de
200 a 300 ANSI lúmens, enquanto salas maiores necessitam de um
equipamento de entre 400 a 600 ANSI lúmens. Um grande auditório
precisa de 2.000 ANSI lúmens ou mais. O Epson S4 tem 1.800 ANSI
lumens, e o Sony EX3 tem 2.000 ANSI lumens —dá para usá-los em
um salão maior para exibir filmes tranquilamente.

A luminosidade é fundamental para definir o tamanho da ampliação


da imagem que vai ser projetada, pois afeta as outras definições
como cor, contraste, brilho e nitidez.

Resolução
A resolução também é importante para definição da qualidade da
imagem. O Sony EX3 tem resolução XGA, ou seja, 1024 x 768 pixels,
enquanto a do Epson S4 é SVGA, chegando a 800 x 600 pixels.
Durante o teste deu para conferir a diferença —um mesmo filme visto
nos dois projetores ficou com qualidade de imagem um pouco
superior com o aparelho da Sony.

Nos jogos de futebol, a definição não ficou muito boa em nenhum dos
dois, mesmo utilizando o modo especial para esportes. Já para os
videogames a diversão foi total, até porque a definição da placa de
vídeo combina perfeitamente com a resolução dos projetores —
assim, uma partida de Fifa 07 com telão e home theater faz você
praticamente se sentir dentro do jogo.

Nos filmes, o projetor faz você se sentir em uma pequena sala de


cinema, com tela widescreen. Um som surround também ajuda a
compor o clima, se você pretende investir no seu home theater.

Distâncias e ampliações
Os projetores são usados na maioria das vezes para ampliar
imagens. Assim você pode assistir aos filmes em telonas ou
apresentar um projeto para várias pessoas em uma sala. Para isso, é
preciso ter uma distância determinada entre o aparelho e uma
superfície lisa e branca, que pode ser uma parede ou uma tela de
projeção.

Esta distância é que determina o tamanho da imagem projetada. O

http://tecnologia.uol.com.br/produtos/ultnot/2007/01/26/ult2880u291.jhtm 27/1/2007
Projetores portáteis são alternativa a TVs gigantes; veja teste - 26/01/2007 - Guia de Produtos Página 3 de 4

Epson S4 pode projetar estas imagens a partir da distância mínima de


88 cm e na máxima de 12 metros, enquanto o Sony EX3 começa com
1,10 metro e também chega até 12 metros. Na distância menor do
Epson é possível obter uma projeção de 30 polegadas. Já para a do
Sony, a imagem fica com 40 polegadas. Para a mais longa, a
projeção chega a ter 300 polegadas para os dois modelos.

Prontos para TV digital


Você pode ligar aos projetores aparelhos de TV, DVD, videocassetes,
TV a cabo e console de videogame, que possuam saídas RCA ou S-
Video. Além disso, os dois produtos testados podem receber a
conexão de computadores e do sinal HD (High Digital) por meio da
porta D-sub de 15 pinos.

O Epson S4 e o Sony EX3 podem receber vários sinais diferentes e


também estão preparados para a TV digital, já que suas imagens
podem ser exibidas no modo widescreen (16:9).

Eles possuem ajustes pré-configurados de brilho, contraste e cor


especialmente preparados para esportes, filmes, apresentações e
games. O Epson S4 conta ainda com o modo sRGB e Quadro negro,
enquanto o Sony acrescenta o "Dinâmico" e o para "Salas".

Os controles remotos dos aparelhos do teste possuem acesso rápido


a todos os modos e também permitem navegar por todas as funções
do menu. Durante o teste, conferimos que as configurações são muito
fáceis, principalmente porque as alterações de imagem são exibidas
em tempo real.

Não mais a TV da avó


O aquecimento da lâmpada é uma necessidade de todos os
projetores. Nos modelos mais antigos, era preciso esperar um bom
tempo até a lâmpada ficar quente o suficiente para começar a
projeção, como na antiga TV de sua avó. E levava um longo tempo
para resfriar. Nestes aparelhos, um sistema especial já deixa a
lâmpada pronta para uso após 4 segundos. Quando desligada, ela se
apaga imediatamente.

Outro item interessante também presente nos dois modelos é um


código de segurança, como uma senha, que impede o uso indevido.

O Epson Powerlite S4 tem preço sugerido de R$ 5.000, e seu kit de


fábrica vem com cabo VGA e maleta para transporte. Já o Sony VPL-

http://tecnologia.uol.com.br/produtos/ultnot/2007/01/26/ult2880u291.jhtm 27/1/2007
Projetores portáteis são alternativa a TVs gigantes; veja teste - 26/01/2007 - Guia de Produtos Página 4 de 4

EX3 tem preço sugerido de R$ 5.700, e seu kit vem comcabo D-sub
de 15 pinos e também uma maleta de transporte.

http://tecnologia.uol.com.br/produtos/ultnot/2007/01/26/ult2880u291.jhtm 27/1/2007