Você está na página 1de 20
UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA. TECNOLOGIA EM AUTOMATIZAÇÃO INDUSTRIAL

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA.

TECNOLOGIA EM AUTOMATIZAÇÃO INDUSTRIAL

DICIPLINA: AUTOMATIZAÇÃO V

PROFESSOR: CARLOS ALBERTO COSTA

PROGRAMAÇÃO MANUAL DE MÁQUINA CNC

Integrantes:

André Bridi Tiago Perini Vanderlei Bedin

Caxias do Sul, 17 de junho de 2002

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

Introdução

Este trabalho tem a finalidade de por em prática o aprendizado construído sobre programação em linguagem ISO, bem como adquirir conhecimentos sobre a transmissão de programas para as máquinas CNC, sobre as diferentes ferramentas de corte utilizadas para o processo de usinagem, sobre como determinar as referenciais da peça a ser usinada e ferramentas e, finalmente, como determinar as diferentes maneiras de fixação das peças para os processos de usinagem.

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

1.

Desenvolvimento

1.1. Definição da peça:

A peça que deverá ser usinada terá que apresentar as características abaixo, sendo que

a escolha da geometria da peça foi um comum acordo com os integrantes do grupo:

a) Furos

b) Rampas

c) Raios

d) Contornos Laterais

e) Ângulos

f) No mínimo 02 fixações na morsa para usinagem.

O desenho da peça foi executado no programa SolidWorks, que faz modelagem de

geometria em 3D (3 dimensões) e subseqüentemente o desenho 2D partiu do mesmo

programa, a geometria da peça também foi definida após a verificação das ferramentas de

corte que tínhamos disponível, que nos foram fornecidas através de uma lista com suas

determinadas dimensões e características.

O material que usaríamos como matéria-prima “Nylon”, foi determinado em função de

sua fácil aquisição no mercado, por baixo custo e fácil usinabilidade.

1.2.

Fases de Usinagem da peça:

1.2.1.

Fase 01

O bloco já se encontrava pré-usinado, de acordo com as cotas que constam na Folha de

Matéria Prima, que está em anexo.

A maneira que a peça foi fixada na morsa teve que ser bem determinada pelos motivos

de diferentes usinagens da peça.

Foi então determinado o Ponto Zero da peça, para que a máquina pudesse ter

referencia para a usinagem do bloco. Nesta fase foi usinada o contorno da peça, raios, rampas,

desbastes e acabamento da parte superior, conforme visualizados na Folha de Execução da

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

1.2.2. Fase 02

Após o término da Fase 01 a peça é rotacionada 180° no eixo X e 90° no eixo Y , está

fase apenas é para retirar o excesso de material que restou da Fase 01.

1.2.3. Fase 03

Depois da retirada do excesso de massa que estava atrapalhando o processo de

usinagem a peça é rotacionada 90° no eixo Y para a realização da furação na parte frontal da

peça.

1.3.

Programação Manual A seguir a programação manual realizada pelo grupo para a confecção da peça.

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

FOLHA DE MATÉRIA-PRIMA

Costa (1 o Semestre – 2002) FOLHA DE MATÉRIA-PRIMA GRUPO: 05 PROGRAMADORES: André B. , Tiago

GRUPO: 05

PROGRAMADORES: André B. , Tiago P. e Vanderlei B.

DATA: 05/06/02

Semestre – 2002) FOLHA DE MATÉRIA-PRIMA GRUPO: 05 PROGRAMADORES: André B. , Tiago P. e Vanderlei

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

FOLHA DE FERRAMENTAS GRUPO: 05 PROGRAMADORES: André B. , Tiago P. e Vanderlei B. CORRETORES
FOLHA DE FERRAMENTAS
GRUPO: 05
PROGRAMADORES: André B. , Tiago P. e Vanderlei B.
CORRETORES
T
DESCRIÇÃO DA FERRAMENTA
D
H
02
Fresa de Topo Inteiriça de Aço Rápido ( FTIA 20 )
D2
H2
05
Fresa Esférica Inteiriça de Metal Duro ( FEIM 12 )
D5
H5
06
Broca de Metal Duro com Revestimento ( BRM 08 )
D6
H6
08
Broca de Metal Duro com Revestimento ( BRM 12 )
D8
H8
DATA:
05/06/02
ASSINATURA:

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

FOLHA DE PROCESSOS

 
FOLHA DE PROCESSOS  

GRUPO: 05

PROGRAMADORES: André B., Tiago P. e Vanderlei B.

FERRAMENTA

 

DESCRIÇÃO DO PROCESSO

FASE

 

Fixação da peça na morça conforme Folha de Execução - Fase 1

01

T02- Fresa de Topo 20mm

Usinagem de limpeza da face superior do material

 

01

 

Desbaste de contorno externo com profundidade de 51 mm, na parte frontal com rampas de 45° e raio de 20 mm. Nas faces laterais e traseira da peça apenas limpar e deixar com as medidas finais.

01

 

Desbaste direito do meio superior para alivio de massa com profundidade de 15 mm sendo 3 passos de 5 mm, com sobre metal de 2 mm.

01

 

Desbaste esquerdo do meio superior para alivio de massa com profundidade de 15 mm sendo 3 passos de 5 mm, com sobre metal de 2 mm .

01

 

Desbaste frontal sobre o raio de 20 mm com profundidade de 20 mm, sendo 4 passes de 5 mm de profundidade.

01

T05 – Fresa Esférica 12mm

Acabamento superior , rampas esquerda e direita com 45° e um raio central de 20 mm com subrotina, passes de 0,5 mm.

01

 

Após o término da Fase 01 a peça é rotacionada 180° no eixo X e 90° no eixo Y (ver Folha de Execução - Fase 2).

02

T02- Fresa de Topo 20mm

Usinagem da parte inferior da peça para conclusão da espessura final da peça e retirando o excesso de material.

02

 

Ao término da Fase 02 a peça é rotacionada 90° no eixo Y (ver Folha de Execução - Fase 3)

03

T08 - Broca de Metal de 12mm

Usinar 02 furos frontais, sendo, um a esquerda e outro a direita do centro da peça com uma distancia de 32,5 mm do centro da peça com profundidade com 5 mm de profundidade da face.

03

T06 – Broca de Metal de 8mm

02 Furos frontais, sendo, um a esquerda e outro a direita do centro da peça com uma distancia de 32,5 mm do centro da peça com profundidade com 20 mm de profundidade da face.

03

DATA: 05/06/02

ASSINATURA:

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

FOLHA DE EXECUÇÃO

Costa (1 o Semestre – 2002) FOLHA DE EXECUÇÃO GRUPO : 05 F A S E

GRUPO: 05

FASE: 01

PROGRAMADORES: André Bridi, Vanderlei Bedin e Tiago Perini

DATA: 12/06/02

Fixação para a posição 01

Z

Y
Y

Ponto zero peça

X
X

Fixação máxima de 12 mm na mor a

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

FOLHA DE EXECUÇÃO

Costa (1 o Semestre – 2002) FOLHA DE EXECUÇÃO GRUPO : 05 F A S E

GRUPO: 05

FASE: 02

PROGRAMADORES: André Bridi, Vanderlei Bedin e Tiago Perini

DATA: 12/06/02

Z

Bridi, Vanderlei Bedin e Tiago Perini DATA : 12/06/02 Z Y Ponto zero peça X Fixação

Y

Ponto zero peça

X
X

Fixação máxima de 20 mm na morça

Fixação para a posição 02

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

FOLHA DE EXECUÇÃO

Costa (1 o Semestre – 2002) FOLHA DE EXECUÇÃO GRUPO : 05 F A S E

GRUPO: 05

FASE: 03

PROGRAMADORES: André Bridi, Vanderlei Bedin e Tiago Perini

DATA: 12/06/02

Z Y Ponto zero peça X
Z
Y
Ponto zero peça
X

Fixação de 20 mm na morça

Fixação para a posição 03

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

Conclusão

A programação foi digitada no modo de notas (extenção.txt ), sendo feita logo após uma verificação no Simulador de Usinagem (Vericut®). Com base nisto foram constatados problemas de digitação bem como problemas de programação. É nesta etapa que pode-se visualizar os erros que realizou-se durante a programação.

Embora alguns componentes do grupo possuíam um grande conhecimento no ramo de Programação de máquinas CNC, encontrou-se bastante dificuldade para a realização da usinagem, tais como alteração de rotações e avanços de corte. Um outro imprevisto encontrado foi no material que usinou-se, pois o mesmo possuía “bolhas” em sua estrutura, comprometendo o acabamento da peça.

Pode-se também concluir que apesar de um programa estar devidamente correto, é necessário o acompanhamento de um operador que possa determinar alterações que possam ocorrer e executa-las.

Definir os parâmetros de usinagem, a maneira de fixação, as ferramentas a serem utilizadas e a otimização das rotinas para reduzir tempos de processo e possíveis erros, tornam o trabalho mais simplificado e não passível de novos erros, deixando todo o processo documentado e facilitando usinagens posteriores.

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

Anexo 1

Programação Manual da Peça

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

%

G03 X40. R20.

Y30.

O5

G01 X25.

(grupo 5) (Vanderlei bedin)

X30. Y30.

(Andre bridi )

X-150.

(Tiago e perini )

Z5.

(;SPIANO CONTORNO) G90 G21 G40 G80 G17 G54

X9.9 Z20. (;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

(;DESBASTE 20 mm diam.)

2)

T02 M06 (156 86 60 - 0 86 60)

G90 G00 X0. Y9.9

G43 G00 Z20. H02 M03 S1000 M08

Z20.

G90 X-10.9 Y1. D2

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

G91

Z-10.

G01 X9.9 Z-20. F1000

Y-30.

Z-1.

X30. Y-30.

X152.

X25.

Y-82.

G03 X40. R20.

X-152.

G01 X25.

Y82.

X30. Y30.

Z1.

Y30.

Y9.9 Z19.

Z20.

X-150.

(;SPIANO CONTORNO DENTRO)

Z10.

G90 G00 X-9.9 Y-3.2 D2

X9.9 Z20. (;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

G91 G01 X9.9 Z-20. F1000

3)

Z-1.

G90 G00 X0. Y9.9

X150.

Z20.

Y-10.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

X-150.

Z-15.

Y-10

Y-30.

X150.

X30. Y-30.

Y-10.

X25.

X-150.

G03 X40. R20.

Y-10

G01 X25.

X150.

X30. Y30.

Y-10.

Y30.

X-150.

X-150.

Y-10.

Z15.

X150.

X9.9 Z20.

Z1.

(;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

X9.9 Z20.

4)

(;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

G90 G00 X0. Y9.9

1)

Z20.

G90 G00 X0. Y9.9

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

Z20.

Z-20.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

Y-30.

Z-5.

X30. Y-30.

Y-30.

X25.

X30. Y-30.

G03 X40. R20.

X25.

G01 X25.

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

X30. Y30.

X-150.

Y30.

Z35.

X-150.

X9.9 Z20.

Z20.

(;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

X9.9 Z20.

8)

(;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

G90 G00 X0. Y9.9

5)

Z20.

G90 G00 X0. Y9.9

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

Z20.

Z-40.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

Y-30.

Z-25.

X30. Y-30.

Y-30.

X25.

X30. Y-30.

G03 X40. R20.

Y30.

X25.

G01 X25.

G03 X40. R20. G01 X25.

X30. Y30.

X30. Y30.

X-150.

Y30.

Z40.

X-150.

X9.9 Z20.

Z25.

(;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

X9.9 Z20.

9)

(;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

G90 G00 X0. Y9.9

6)

Z20.

G90 G00 X0. Y9.9

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

Z20.

Z-45.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

Y-30.

Z-30.

X30. Y-30.

Y-30.

X25.

X30. Y-30.

G03 X40. R20.

Y30.

X25.

G01 X25.

G03 X40. R20. G01 X25.

X30. Y30.

X30. Y30.

X-150.

Y30.

Z45.

X-150.

X9.9 Z20.

Z30.

(;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

X9.9 Z20.

10)

(;DESBASTE CONTORNO EXTERNO

G90 G00 X0. Y9.9

7)

Z20.

G90 G00 X0. Y9.9

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

Z20.

Z-51.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20 F1000

Y-30.

Z-35.

X30. Y-30.

Y-30.

X25.

X30. Y-30.

G03 X40. R20.

Y30.

X25.

G01 X25.

G03 X40. R20. G01 X25.

X30. Y30.

X30. Y30.

X-150.

Y30.

Z51.

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

X9.9 Z20.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

(;DESBATSE MEIO ESQUERDO 1.1)

Z-16.

G90 G00 X30. Y9.9

Y-70.

Z20.

Z16.

G91 G41 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Y-9.9 Z20.

Z-5.

(DESBATSE MEIO DIR 1.1)

Y-70.

G90 G00 X100. Y9.9

X20.

Z20.

Y70.

G91 G41 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Z5.

Z-5.

Y-9.9 Z20.

Y-70.

(;DESBATSE MEIO ESQUERDO 1.2)

X20.

G90 G00 X30. Y9.9

Y70.

Z20.

Z5.

G91 G41 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Y-9.9 Z20.

Z-10.

(DESBATSE MEIO DIR 1.2)

Y-70.

G90 G00 X100. Y9.9

X20.

Z20.

Y70

G91 G41 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Z10.

Z-10.

Y-9.9 Z20.

Y-70.

(;DESBATSE MEIO ESQUERDO 1.3)

X20.

G90 G00 X30. Y9.9

Y70.

Z20.

Z10.

G91 G41 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Y-9.9 Z20.

Z-16.

(DESBATSE MEIO DIR 1.3)

Y-70.

G90 G00 X100. Y9.9

X20.

Z20.

Y70.

G91 G41 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Z16.

Z-16.

Y-9.9 Z20.

Y-70.

(;DESBATSE MEIO ESQ 1.1)

X20.

G90 G00 X50. Y9.9

Y70.

Z20.

Z16.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Y-9.9 Z20.

Z-5.

(DESBATSE MEIO DIR 1.1)

Y-70.

G90 G00 X120. Y9.9

Z5.

Z20.

Y-9.9 Z20.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

(;DESBATSE MEIO ESQ 1.2)

Z-5.

G90 G00 X50. Y9.9

Y-60.

Z20.

Z5.

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Y-9.9 Z20.

Z-10.

(DESBATSE MEIO DIR 1.2)

Y-70.

G90 G00 X120. Y9.9

Z10.

Z20.

Y-9.9 Z20.

G91 G42 D2 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

(DESBATSE MEIO ESQ 1.3)

Z-10.

G90 G00 X50. Y9.9

Y-60.

Z20.

Z10.

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

Y-9.9 Z20.

G00 G90 Z30.

(DESBATSE MEIO DIR 1.3)

M09

G90 G00 X120. Y9.9

M05

Z20.

M30

G91 G42 D2 G01 Y-9.9 Z-20. F1000

Z-16.

Y-60.

Z16.

Y-9.9 Z20.

Z20.

%

(DESBATSE FRENTE 1,1)

O51

G90 G00 X150. Y-69.9

G91 Z-25. G01 G42 D5 X11. F1000

G91 G41 G01 Y9.9 Z-20. F1000

G01 X10.

Z-5.

X20. Z-20.

X-150.

X25.

Z5.

G03 X40. R20.

X10.

Y-9.9 Z20. (DESBATSE FRENTE 1,2) G90 G00 X150. Y-69.9

G01 X25. X20. Z20.

Z20.

G00 G40 Z25.

G91 G41 G01 Y9.9 Z-20. F1000

G90 G00 X-11.

Z-10.

G91 Y-0.5

X-150.

M99

Z10.

Y-9.9 Z20. (DESBATSE FRENTE 1,3) G90 G00 X150. Y-69.9

%

Z20.

O53

G91 G41 G01 Y9.9 Z-20. F1000

(;SPIANO CONTORNO)

G91

Z-15.

G90 G21 G40 G80 G17 G54

X-150.

T2 M06

Z15.

(;DESBASTE mm diam.)

Y9.9 Z20. (DESBATSE FRENTE 1,4) G90 G00 X150. Y-69.9

G43 G00 Z20. H02 M03 S1000 M08 G90 X-10.9 Y1. D2

Z20.

G01 X9.9 Z-20. F1000

G91 G41 G01 Y9.9 Z-20. F1000

Z-14.

Z-21.

X82.

X-150.

Y-152

Z21.

X-82.

Y9.9 Z20.

Y152.

(DESBASTE RAMPA CONTORNO

Z14.

INICIO ATRAS 1,1) G90 G00 Z50. T05 M06

Y9.9 Z19. (;SPIANO CONTORNO DENTRO) G90 G00 X-9.9 Y-3.2

(DESB. 14 MM DIAM.)

Z20.

G43 G00 Z20. H05 M03 S1000

G91 G01 X9.9 Z-20. F1000

G90 G00 X-11. Y-0.

Z-14.

G18 Z20.

X82.

M98 P51 L130

Y-10.

Trabalho de Programação Manual e CAD/CAM, Bridi, Tiago e Vanderlei Prof. Carlos Alberto Costa (1 o Semestre – 2002)

X-82.

Y-10

X82.

Y-10.

X-82.

Y-10

X82.

Y-10.

X-82.

Y-10.

X82.

Z14.

X9.9 Z20.

M09

M05

M30

%

O54

(FURO DO BRIDO 8) G90 G21 G40 G80 G17 G55 T6 M06 G43 G00 H06 M03 S1000 M08 G90 G00 Y42.5 X15. Z40.

G91

G99 G81 Z-45. R65. F800 G90 G00 Y107.5 X15.

G91

G99 G81 Z-45. R65. F800

M05

(FURO DO BRIDO 12) G90 G21 G40 G80 G17 G54 T8 M06 G43 G00 Z20. H08 M03 S1000 M08 G90 G00 Y42.5 X15. Z40.

G91

G99 G81 Z-60. R105. F800 G90 G00 Y107.5 X15.

G91

G99 G81 Z-60. R105. F800

M05

M30