Você está na página 1de 6

TER FÉ SIM, MAS FÉ EM QUE OU EM QUEM E COMO?

Hoje em dia é comum as pessoas dizerem que possuem fé, mas não sabem no que ou em quem
se deve ter fé.

Por óbvio, o conceito primitivo e original da palavra fé consiste na confiança, credibilidade, crença,
crédito ... na pessoa de Deus e de sua Palavra:

Números 14:11 – “Disse então o Senhor a Moisés: Até quando me desprezará este povo e
até quando não crerá em mim, apesar de todos os sinais que tenho feito no meio dele?”

Hebreus 11:6 - “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele
que se aproxima de Deus creia que ele existe, (...).”

As pessoas pensam que basta crerem que Deus existe, mas até os demônios crêem em Deus,
pois O conhecem face a face, e, por isso, tremem de medo (Tiago 2:19; Jô 1:6; I Reis 22:19-23; II
Crônicas 18:18-23; Mateus 8:28-29; Ezequiel 28:13-14).

Como os demônios, muitos crêem que Deus existe, mas não Lhe obedecem, não Lhe servem, não
fazem o que Lhe agrada, não O buscam, não O amam, não dão ouvidos à sua Palavra, Lhe são
rebeldes, desobedientes, insubmissos ...

Deuteronômio 9:22-25 - “Igualmente em Tabera, e em Massá, e em Quibrote-Hataavá


provocastes à ira o Senhor. Quando também o Senhor vos enviou de Cades-Barnéia, dizendo:
Subi, e possuí a terra que vos dei; vós vos rebelastes contra o mandado do Senhor vosso
Deus, e não o crestes, e não obedecestes à sua voz. Tendes sido rebeldes contra o Senhor
desde o dia em que vos conheci. Assim me prostrei perante o Senhor; quarenta dias e quarenta
noites estive prostrado, porquanto o Senhor ameaçara destruir-vos.”

II Crônicas 20:20 - “(...) Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus
profetas, e sereis bem sucedidos.”

II Samuel 22:2-4 - “O Senhor é o meu rochedo, a minha fortaleza e o meu libertador.


É meu Deus, a minha rocha, nele confiarei; é o meu escudo, e a força da minha salvação, o
meu alto retiro, e o meu refúgio. O meu Salvador; da violência tu me livras.
Ao Senhor invocarei, pois é digno de louvor; assim serei salvo dos meus inimigos.”

I Pedro 2:6-8 - “Por isso, na Escritura se diz: Eis que ponho em Sião uma principal pedra
angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será confundido. E assim para vós, os que
credes, é a preciosidade; mas para os descrentes, a pedra que os edificadores rejeitaram, esta
foi posta como a principal da esquina, e: Como uma pedra de tropeço e rocha de escândalo;
porque tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados.”

Isaías 43:10 – “Vós sois as minhas testemunhas, do Senhor, e o meu servo, a quem escolhi;
para que o saibais, e me creiais e entendais que eu sou o mesmo; antes de mim Deus nenhum
se formou, e depois de mim nenhum haverá.”

Do que adianta crer que Deus existe, mas não acreditar nas Palavras de Deus? Do que
adianta crer em Deus e em sua Palavra, mas não a viver, cumprir, obedecer, observar,
respeitar, por em prática ... ? Quando você diz que acredita/crê numa pessoa, isso, por
acaso, significa simplesmente que você crê que a pessoa exista ou que você confia nas
palavras e atitudes dessa pessoa?

I João 2:3-7 - “E nisto sabemos que o conhecemos; se guardamos os seus mandamentos.


Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não
está a verdade; mas qualquer que guarda a sua palavra, nele realmente se tem aperfeiçoado o
amor de Deus. E nisto sabemos que estamos nele; aquele que diz estar nele, também deve
andar como ele andou.”

João 14:15 – “Se me amardes, guardareis os meus mandamentos.”

João 14:21 - “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e
aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.”

João 14:23-24 - “Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra


(...).Quem não me ama, não guarda as minhas palavras (...).”

João 5:38 – “(...) sua palavra não permanece em vós; porque não credes naquele que ele
enviou”

João 5:47 – “Mas, se não credes nos escritos, como crereis nas minhas palavras?”

João 8:47 - “Quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso vós não as ouvis, porque
não sois de Deus.”

Atos 24:14 – “Mas confesso-te isto: que, seguindo o caminho a que eles chamam seita,
assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na lei e nos profetas,”

Mas, afinal, o que é fé? “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das
coisas que não se vêem..” (Hebreus 11:1).

II Coríntios 5:7 - “(...) andamos por fé, e não por vista.);”

I Coríntios 14:22 – “De modo que as línguas são um sinal, não para os crentes, mas para os
incrédulos; a profecia, porém, não é sinal para os incrédulos, mas para os crentes.”

I Coríntios 1:17-29 - “Porque Cristo não me enviou para batizar, mas para pregar o
evangelho; não em sabedoria de palavras, para não se tornar vã a cruz de Cristo. Porque a
palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o
poder de Deus. porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, e aniquilarei a sabedoria
o entendimento dos entendidos.Onde está o sábio? Onde o escriba? Onde o questionador
deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? Visto como na
sabedoria de Deus o mundo pela sua sabedoria não conheceu a Deus, aprouve a Deus salvar
pela loucura da pregação os que crêem. Pois, enquanto os judeus pedem sinal, e os gregos
buscam sabedoria, nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e
loucura para os gregos, mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, Cristo,
poder de Deus, e sabedoria de Deus.
Porque a loucura de Deus é mais sábia que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte
que os homens.
Ora, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem
muitos os poderosos. nem muitos os nobres que são chamados.
Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios; e Deus
escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas
ignóbeis do mundo, e as desprezadas, e as que não são, para reduzir a nada as que são; para
que nenhum mortal se glorie na presença de Deus.”

I Corintíos 3:19-20 - “Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está
escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia; e outra vez: O Senhor conhece as
cogitações dos sábios, que são vãs.”

Provérbios 3:5 – “Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio
entendimento.”

Jó 5:13 - ‘Ele apanha os sábios na sua própria astúcia, e o conselho dos perversos se
precipita.” (I Coríntios 3:19).

Mateus 11:25 - “Naquele tempo falou Jesus, dizendo: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e
da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos
pequeninos.” (Lucas 10:21).

Assim, fé, em síntese, é a crença religiosa cega (sem fundamentos, evidências, provas ...)
em argumentos racionais ou lógicos.

É claro que se precisa ter fé e que o justo será salvo por causa de sua fé (Habacuque 2:4; Rom
1:17; Gálatas 3:11).

Mas não é por isso que podemos pensar que nada de produtivo teria nas pregações da Palavra de
Deus que ela poria em dúvida a crença dos que crêem ao seu modo, pois o que importaria seria que
tenham fé, sem importar a religião e desde que ela fosse do bem, para o bem e no amor, pois sobre
futebol, política, religião e saldo bancário não se conversa, pergunta, discute ...

Romanos 10:13-14 – “Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como
pois invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram
falar? e como ouvirão, se não há quem pregue?”

Ezequiel 3:18-21 – ‘Filho do homem, eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; quando
ouvires uma palavra da minha boca, avisá-los-ás da minha parte. Quando eu disser ao ímpio:
Certamente morrerás; se não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau
caminho, a fim de salvares a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniqüidade; mas o seu
sangue, da tua mão o requererei: Contudo se tu avisares o ímpio, e ele não se converter da sua
impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniqüidade; mas tu livraste a tua alma.
Semelhantemente, quando o justo se desviar da sua justiça, e praticar a iniqüidade, e eu
puser diante dele um tropeço, ele morrerá; porque não o avisaste, no seu pecado morrerá e
não serão lembradas as suas ações de justiça que tiver praticado; mas o seu sangue, da tua
mão o requererei. Mas se tu avisares o justo, para que o justo não peque, e ele não pecar,
certamente viverá, porque recebeu o aviso; e tu livraste a tua alma.”

Ezequiel 2:7 - “Mas tu lhes dirás as minhas palavras, quer ouçam quer deixem de ouvir, pois
são rebeldes.”

Marcos 16:15 – “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.”

II Timóteo 4:2 - “prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende,
exorta, com toda longanimidade e ensino.”

II Timóteo 3:16-17 - “Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para
repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e
perfeitamente preparado para toda boa obra.”

Romanos 15:4 – “Porquanto, tudo que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para
que, pela constância e pela consolação provenientes das Escrituras, tenhamos esperança.”
Êxodo 24:12 - “Depois disse o Senhor a Moisés: Sobe a mim ao monte, e espera ali; e dar-te-
ei tábuas de pedra, e a lei, e os mandamentos que tenho escrito, para lhos ensinares.”

Mateus 25:14-30 – “Porque é assim como um homem que, ausentando-se do país, chamou
os seus servos e lhes entregou os seus bens: a um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro
um, a cada um segundo a sua capacidade; e seguiu viagem. O que recebera cinco talentos foi
imediatamente negociar com eles, e ganhou outros cinco; da mesma sorte, o que recebera dois
ganhou outros dois; mas o que recebera um foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu
senhor. Ora, depois de muito tempo veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles.
Então chegando o que recebera cinco talentos, apresentou-lhe outros cinco talentos, dizendo:
Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei. Disse-lhe o seu senhor:
Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do
teu senhor. Chegando também o que recebera dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois
talentos; eis aqui outros dois que ganhei. Disse-lhe o seu senhor: Muito bem, servo bom e fiel;
sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Chegando por
fim o que recebera um talento, disse: Senhor, eu te conhecia, que és um homem duro, que
ceifas onde não semeaste, e recolhes onde não joeiraste; e, atemorizado, fui esconder na terra
o teu talento; eis aqui tens o que é teu. Ao que lhe respondeu o seu senhor: Servo mau e
preguiçoso, sabias que ceifo onde não semeei, e recolho onde não joeirei? Devias então
entregar o meu dinheiro aos banqueiros e, vindo eu, tê-lo-ia recebido com juros. Tirai-lhe, pois,
o talento e dai ao que tem os dez talentos. Porque a todo o que tem, dar-se-lhe-á, e terá em
abundância; mas ao que não tem, até aquilo que tem ser-lhe-á tirado. E lançai o servo inútil nas
trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes.”

A única fé válida, eficaz, eficiente, verdadeira, correta, precisa ... é a fé no Senhor Jesus
Cristo (Atos 16:31, 20:21, 24:24, 26:18; Romanos 3:22,26; Gálatas 3:22,26; Efésios 1:15;
Filipenses 3:9; Colossenses 1:4, 2:5; I Timóteo 3:13; II Timóteo 1:13) e em sua Palavra (Sagradas
Escrituras) (Sl 106:12; Isaías 53:1; Marcos 1:15; Lucas 24:25; João 2:22, 4:50; Atos 4:4), “Pois
Cristo é o fim da lei para justificar a todo aquele que crê.” (Romanos 10:4).

Gálatas 2:15-16 - “Nós, judeus por natureza e não pecadores dentre os gentios, sabendo,
contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, mas sim, pela fé em Cristo Jesus,
temos também crido em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não por
obras da lei; pois por obras da lei nenhuma carne será justificada.”

Apocalipse 14:12 – “Aqui está a perseverança dos santos, daqueles que guardam os
mandamentos de Deus e a fé em Jesus.”

Romanos 10:17 – “Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo.”

I Coríntios 2:4-5 – “A minha linguagem e a minha pregação não consistiram em palavras


persuasivas de sabedoria, mas em demonstração do Espírito de poder; para que a vossa fé
não se apoiasse na sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.”

João 5:39 - “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que
dão testemunho de mim;”

João 8:51 – “Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra,
nunca verá a morte.”

Atos 17:11 - “Ora, estes eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a
palavra com toda avidez, examinando diariamente as Escrituras para ver se estas coisas eram
assim.”
Mateus 4:4 - “Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas
de toda palavra que sai da boca de Deus.”

E, a crença no Senhor Jesus Cristo não vale absolutamente nada se não for conforme
exatamente como consta nas Escrituras:

João 7:38 – “Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água
viva.”

Marcos 8:38 - “Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se
envergonhar de mim e das minhas palavras, também dele se envergonhará o Filho do homem
quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos.” (Lucas 9:26).

João 15:7 – “Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós,
pedi o que quiserdes, e vos será feito.”

Mateus 7:24 – “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será
comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha.”

João 8:31 – “Dizia, pois, Jesus aos judeus que nele creram: Se vós permanecerdes na minha
palavra, verdadeiramente sois meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos
libertará.”

João 12:48 – “Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a
palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia.’

I João 3:22 - “e qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os
seus mandamentos, e fazemos o que é agradável à sua vista.”

As pessoas dizem que cada um deve crer ao seu modo, ao seu jeito, ao seu bel prazer ... Então
para que servem as Escrituras? Não possuem utilidade? Foram escritas à toa? Acaso as Escrituras
só prestam como mero objeto para adorno, enfeite, decoração ... numa sala, quarto, estante .... para
ficar lá parada empoeirando?

Vez que Deus julgará as pessoas, necessita de uma referência (baliza, prumo, juízo, lei, meio,
medida, padrão ...) para isso. Por óbvio Deus não julgará as pessoas conforme suas próprias
definições do que seja justo, bem, bom, certo, mal, mau e errado, pois cada pessoa possui sua
própria definição para esses conceitos. Assim o padrão para Deus definir se uma pessoa foi boa ou
má são as Escrituras (Sua Palavra, seus Mandamentos).

Deuteronômio 13:18 – “se ouvires a voz do Senhor teu Deus, para guardares todos os seus
mandamentos, que eu hoje te ordeno, para fazeres o que é reto aos olhos do Senhor teu
Deus.”

Eclesiastes 12:13-14 - “Este é o fim do discurso; tudo já foi ouvido: Teme a Deus, e guarda
os seus mandamentos; porque isto é todo o dever do homem.
Porque Deus há de trazer a juízo toda obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom,
quer seja mau.”

Josué 1:8 - “Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para
que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás
prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.”

Lucas 1:6 – “Ambos eram justos diante de Deus, andando irrepreensíveis em todos os
mandamentos e preceitos do Senhor.”

II Timóteo 4:3-4 - “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo
grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios
desejos, e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas.”

Colossenses 2:8 – “Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de
filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e
não segundo Cristo;”

Mateus 15:8-9 – “Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus
lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas
que são preceitos dos homens.”

Romanos 1:22-25 - “Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos, e mudaram a glória do Deus


incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e
de répteis. Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia,
para serem os seus corpos desonrados entre si; pois trocaram a verdade de Deus pela mentira,
e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.”