Você está na página 1de 5

Finalmente puta safada.

Tenho 44 anos e minha mulher 40, muito gostosa, tudo em cima. Estamos
casados a 18 anos e sempre tivemos uma vida sexual ativa, sem querer me gabar
atualmente na semana fazemos sexo pelo menos 5 vezes e bem feitos chegando
a três quatros vezes em cada transa, só tirando aqueles períodos. De um tempo
pra cá quando transamos comecei a instigá-la a convidar mais uma pessoa nas
nossas transas, pra torná-las mais ardentes, fugir da rotina, mas ela sempre
evitava o assunto, e dizia que não queria, mas de tanto insistir ela acabou
cedendo e acabou concordando, mas teria que ser algo muito discreto, disse a ela
que sim, que seria muito discreto e que tinha certeza que ela adoraria, pois afinal
de contas depois de 18 anos ela não tinha experimentado outro cacete que não
fosse o meu. Então começamos a pensar em quem poderia compartilhar esse
transa com nós, teria que ser alguém que conhecêssemos principalmente para
saber com quem estávamos lhe dando, (eu já desconfia de quem ela iria querer
pra isso, mas deixei ela escolher) após vários nomes quando falei Beto (fictício
claro) ela aceitou na hora, disse que o achava bonito e ficou mais maluca ainda
quando disse que já tinha visto o nosso amigo nu e que ele tinha uma rola
enorme, algo entorno de uns 25 cm e grossa tb.. Bia (fictício tb) ficou louca, me
disse Nossa ele tem um pau assim tão grande?? O que confirmei deixando ela
totalmente excitada, começamos a imaginar a situação e acabamos metendo de
um jeito que não metíamos a muito tempo só de imaginar nosso amigo entre nós.
Bem tratei meio de convidar meu amigo pra um chope, e quando estávamos lá
depois de alguns chopinhos perguntei Beto meu amigo, o que vc acha de eu vc
comermos uma mulher juntos, pegar ela de jeito.. socar rola até mandar parar,
dupla penetração e tudo que temos direito. Ele me olhou e falou. Claro meu, ainda
pergunta? Quem é a puta que a gente vai comer? Respondi - A Bia minha mulher
Ele deu uma risada e disse - Ta louco meu ?? eu e vc comendo a Bia? Vc ta
falando sério??? Quando percebeu que era sério ele me olhou e disse Poxa cara
com o maior prazer, já bati varias punhetas pra ela, agora vc me convida pra fuder
ela?? Quando, onde??? Marcamos pro outro dia (era um sábado) de tarde,
combinei com ele para estar em minha casa por volta das 13 horas. Ele ficou todo
eufórico e me disse não ver a hora de fuder a buceta da minha esposa. Contei a
minha esposa que ficou toda excitada e louca pela experiência, no sábado
levantou cedo pegou o carro e foi direto pra salão se cuidou toda, perto de 12.30
ela voltou toda linda e deliciosa, cheirosa, tinha tomando banhos de espumas sei
lá, estava estonteante num vestidinho desses bem leve solto pelo corpo, de salto,
ficamos ali tomando um whisky esperando Beto, que não demorou muito a chegar,
convidei ele a entrar.. e quando chegou na sala e viu a Bia linda daquele jeito, ele
sorriu cumprimentou-a e sentamos, ele pegou um whisky e ficamos conversando
... papo vai papo vem a Bia sentou-se ao lado dele e ficaram conversando e eu
fiquei só observando, então Beto não agüentou mais e colocou as mãos nas
pernas da Bia que não se fez de rogada deslizou as pernas e as abriu.. ele enfiou
as mãos por dentro do vestido dela e já tocou na buceta dela e disse Nossa vc já
ta molhada e começaram a se beijar, um beijo ardente, quente molhado...ela
começou a passar as mãos pelo peito dele,, abriu a camisa foi descendo as mãos
e começou a massagear o cacete de Beto por cima da calça que já estava duro e
mostrava o tamanho do cacete dele devido ao volume que fazia sobre a calça, ela
abriu as pernas, não paravam de se beijar, ele enfiou a mão por dentro da calcinha
dela e meteu um dedo na buceta dela que já soltou um gemido daqueles., foi
abrindo o cinto, o zíper... e colocou o cacete do Beto pra fora, o pau do cara
realmente é enorme, ela segurou, parou de beijá-lo.. olhou pra baixo e disse Uau...
que cacetão.. que pauzão lindo grande... bem como meu corninho ali tinha
falado..humm... vai me foder com esse pauzão vai?? E foi descendo e tentou
abocanhar o cacete de Beto, mas não dava.. é grande demais.. então lambia,
passava a língua.. o que dava socava na boca.. massageava as bolas, eu ali, já
totalmente pelado com o pau duro tb... louco pra participar, mas queria deixar ela
se divertir primeiro, só entrar na transa quando ela me chamasse, percebia que
estava adorando, chupava, mamava, lambia.. ajoelhou-se de frente e passou a
saborear o cacete de Beto como se fosse um sorvete, e a medida que ia
chupando ia tirando as roupas dele e eu ajudando a ela a tirar as delas... logo
estávamos os três nus na sala.. e ela chupando sem parar.. punhetava meu amigo
e eu só olhando, até que ela levantou-se e disse vamos pro quarto quero esse
dois cacetes só pra mim, mas primeiro meu corninho ai vai esperar vc. Beto me
comer toda, quero esse cacetão todo só pra mim.. depois quero os dois...Fomos
pro quarto ela deitou-se na cama e Beto começou a chupá-la ela gemia rebolava
gritava NOSSA QUE DELICIA.. CHUPA.. CHUPA.. ME DA SEU PAU. QUERO
SEU CACETÃO então começaram um 69 delicioso... ele chupava a buceta dela e
ela chupava o cacete dele engolia o que dava.. gemia rebolava tirou o pau da
boca e falava AIIIIII QUE DELICIA. CHUPA VOU GOZAR.. VOU GOZAR....e Beto
mandava ver na buceta dela até que ela acabou gozando, ai virou pra ele e disse
vem quero vc fudendo minha buceta, mas não goza quando for gozar me fala que
vou chupar seu pauzão.. quero sua porra na minha boca, quero que vc goze na
minha boca (coisa que nunca quis fazer comigo, sempre que pedia isso pra ela
não deixava, achava nojento, todas as vezes que percebia que estava gozando
tirava da boca, deixava gozar na cara, nos peitos mas nunca engoliu minha porra)
então ela se deitou abriu bem as pernas e Beto colocou a cabeça do cacete na
entrada da buceta dela, ela gemeu baixinho e disse Começa devagar gostoso, seu
cacete e enorme e não estou acostumada.. quero fuder gostoso.. vem devagar
que é pra eu me acostumar com essa delicia.. depois me fode gostoso.. soca com
força. E Beto foi metendo .. enfiando a cada entrada ela gemia.. rebolava ate que
entrou tudo até o talo, ela gemia.. rebolava e gritava.. IIIsssooooooo filho da puta..
METE.. METE.. COME SUA PUTA COME.. FODE MINHA BUCETA.. AIIII.. QUE
PAU DELICIOSO, QUE CARALHO GOSTOSO...SOCA.. SOCA.. REGAÇA MINHA
BUCETA SOCA..SOCA e Beto começou a bombar cada vez mais rápido e mais
forte. Minha mulher gemia rebolava gritava, e pedia.. BOMBA.. BOMBA.. SOCA
NA MINHA BUCETA, e puxava ele contra ela.. rebolava jogava a cintura contra o
cacete de Beto e eu não agüentando mais, louco pra entrar na festa, ficaram
nessa pelo menos uns 10 minutos e Beto socando cacete na buceta da minha
mulher que não parava de gritar e gemer já devia ter gozado pelo menos umas 2
vezes no cacete do meu amigo. Então Beto anunciou, vou gozar vou gozar.. então
ele tirou o cacete, ela deu pulo na cama, agarrou o cacete de Beto e meteu na
boca e começou a mamar e ele logo gozou enchendo a boca dela de porra que
lambia, tudo, passava a língua, não deixou uma gotinha de fora e disse
Hummmm.... .que delicia que pau gostoso, que cacetão gostoso, e lambia o pau
de meu amigo, então ela virou-se pra mim e disse Vem cá corninho vem cá que
agora vou cuidar de vc enquanto nosso amigo se recupera, quero que vc amacie
meu cuzinho pra ele comer depois, se ele meter esse cacetão de uma vez no meu
rabo não vou agüentar, mas vc. vai deixá-lo bem gostoso pro cacetão dele, vem..
vem corninho mete na sua puta...então ficou de quatro na cama arrebitou a bunda
pra mim.. vim por trás, meti primeira na buceta melada dela, tirei e coloquei na
entrada do cuzinho dela que já tinha comido varias vezes, então comecei a
descer, confesso que as duras penas pois estava louco pra gozar, já quase não
agüentava mais, ela rebolando jogava a bunda contra meu cacete e falava Não
era isso quer vc queria??? Que sua puta desse pra dois não é? pois agora vc vai
amaciar o cuzinho da sua mulherzinha pro seu amigo meter o cacete bem gotoso,
e pediu a Beto que viesse de frente que ia fazer o cacete dele levantar de novo,
ele foi.. sentou-se de frente pra ela..enquanto meu pau descia pra dentro daquele
rabinho quente e gostoso ela começou a mamar o cacete de Beto que já estava
meio bomba, e eu comecei a meter no cuzinho dela, ela gemia.. chupava o cacete
do Beto quando tirava disse Isso isso... mete.. mete no meu cu gostoso mete
amor.. mete.. deixa o rabinho da sua puta bem gostoso pra receber esse cacetão
aqui e voltava a mamar no cacete de Beto que logo começou a ficar duro.. quando
ele cresceu e ficou duro enorme de novo ela tirou da boca e falou.. UUUAUUU
QUE PAU DELICIOSO. METE ELE NO MEU CU.. REGAÇA MEU CU COM ESSA
TORA LINDA.. e me disse vem corninho deixa ele terminar o serviço vem aqui..
que enquanto ele me come o cu vou chupar seu pau e fazer o que vc. sempre
quis, beber sua porra.. vem corninho.. então troquei de posição com Beto que
chegou por trás dela.. atolou o cacete na buceta dela que gemeu.. NOSSA.... QUE
DELICIA.. agora come meu cu bem gostoso.. ela pegou meu pau .. olhou pra trás
pra ver o Beto colocar no cu dela, então ele mirou a cabeça na entrada do cuzinho
dela que já tinha dado uma amaciada, e colocou.. ela gemeu e falou.. AIIIII..
DEVAGAR GOSTOSO.. ESSE CACETE É ENORME... e começou a chupar meu
cacete... e o Beto começou a comer a bunda dela.. quando passou a cabeça ela
gemeu... abocanhou mais meu pau e gemendo rebolando jogando a bunda contra
o cacete de Beto que foi enterrando.. a cada estocada ela soltava um gritinho com
meu pau na boca dela.. até que entrou tudo. Então ela tirou meu pau da boca e
falou... AIII.. QUE DELICIA.. PORRA QUE CARALHO ENORME, VC. RASGOU
MEU CU. AGORA METE.. METE..METE.. SOCA GOSTOSO... ENCHE MEU CU
COM SUA PORRA...confesso nunca tinha visto minha mulher daquele jeito, e
juntou no pau de novo.. eu vendo aquela cena.. minha mulher de quatro, meu
amigo como cacetão enorme dento do cuzinho dela, ela gemendo rebolando..não
agüentei e gozei na boca dela .. enchendo a boca dela porra.. gozei como nunca
tinha gozado naqueles 18 anos .. ela continuou chupando lambendo tudo não
deixando nada escapar tirou o pau da boca e disse Gozou.. esta gostando de ver
sua putinha sendo enrabada por outro macho né.. então agora fica ai.. deixa eu
curtir esse caralho gostoso, e rebolando cada vez pediu pra Beto Bomba gostoso..
mete.. come meu cu seu fpd gostoso.. bomba.. mete tudo quero tudo na minha
bunda... regaça meu cu... e o Beto não se fez de rogado não.. sentou cacete nela,
ela arrebitava cada vez mais a bunda.. e ele socava.. metia.. o suor escorria pelo
corpos dos dois.. ele chegava a tirar tudo pra fora e metia tudo de novo..fiquei
espantando de minha mulher agüentar aquilo tudo e ainda estar adorando...ela
gemia .. rebolava..gritava.. QUE PAU GOSTOSO.. QUE MARAVILHA DE
CARALHO.. COME.. METE... METE .. vou gozar.. e gozou.. gozou.. tudo indica
que teve múltiplos orgasmos...e gemia e me falava.. ERA ISSO CORNUDO QUE
QUERIA.. VER UM MACHO GOSTOSO FUDER SUA MULHER.. ISSO
GOSTOSO..METE.. COME MEU CU.. COME. .METE..METE ENSINA PRO
CORNINHO AI COM SE COME UM CU DE MULHER... e não parava.. rebolava
jogava a bunda contra o cacete de meu amigo.. que não agüentou mais e gozou..
gozou enchendo o cuzinho da minha putinha de porra, caiu de lado exausto,
ambos cansados...ela me chamou me olhou nos olhos me beijou e disse Nossa
que delicia, e vc sempre me pedindo e eu evitando, agora vc se lasgou porque vou
querer sempre repetir a dose. Saímos os três e fomos pro banheiro pra tomar um
banho, chegando lá ela disse Vou dar banho nos meus dois homens, pq. ainda
quero os dois... quero um na buceta e outro no cu, igualzinho a gente vê nos
filmes..vamos fazer um revezamento.. primeiro um na minha buceta enquanto o
outro come meu cu.. depois invertemos.. quero esses dois caralhos deliciosos só
pra mim, ficamos ali fazendo um sanduíche dela relando.. tocando ela.. ela
segurando em nossos paus... descia chupava um.. punhetava o outro.. trocava..
engolia o outro enquanto punhetava o outro.. insaciável.. nos acariciando e
olhando nos nossos olhos, quando nossos paus começaram a se levantar de novo
ela sorriu e disse. Hummm... já estão ficando do jeito que quero.. vem meus
machos, vem fuder sua fêmea gostosa.. e voltamos pra cama...então ela pediu pro
Beto se deitar.. o pau duro.. ela abaixou .. abocanhou o cacete dele
chupava..mamava.. e eu por trás dela chupava a buceta dela.. então ela se
levantou.. colocou o cacete de Beto na entrada da buceta dela e começou a
descer bem devagar, gemendo e falando.. Nossa que pau gostoso. Foi até entrar
tudo, e começou a cavalgar no cacete de Beto, eu ali atrás vendo aquela cena do
pau de Beto todo dentro da buceta da minha mulher, ela subindo descendo
rebolando a cada descida para sentir mais o cacete do meu amigo, então deitou-
se sobre o peito dele.. arrebitou a bunda pra mim e pediu VEM AMOR.. METE NO
MEU CU.. VEM.. QUERO SENTIR ESSE DOIS CACETES.. VEM.. METE.. COME
O CU DA SUA PUTINHA.. então vim por cima dela coloquei o pau na entrada do
cuzinho dela, e confesso que foi fácil, o Beto tinha arrombado o cu dela, já não era
mais um cuzinho era agora um cuzão mesmo, meu pau deslizou como manteiga
pra dentro do cu dela, a pressão e o cacete do Beto na buceta dela, ela gemia e
falava NOSSA.. QUE DELICIA DOIS PAUS DOIS CACETES SÓ PRA MIM..
UUAUUU.. e começou a rebolar mexer o Beto por baixo socava na buceta eu por
cima socava no cu dela, o suor escorria e ficamos ali metendo.. metendo..
metendo..então trocamos.. me deitei.. ela veio por cima e montou no meu cacete..
de novo senti a diferença.. o Beto tinha destruído a buceta da minha putinha.. ia
demorar pra ela voltar ao normal, arrebitou a bunda pra ele e disse Vai gostoso..
METE ESSE CARALHO GOSTO NO MEU CU.. VAI...meu pau dentro da buceta
dela, senti quando o cacete de Beto começou a rasgar de novo o cuzinho dela..
ela gemia.. de frente pra mim me olhou nos olhos sorrindo.. e disse.. Como fui tola
de não ter topado isso antes.. PORRA.. CARALHO QUE DELICIA.. QUE DELICIA
TOMAR DOIS CACETES. .AINDA MAIS UM CACETÃO GOSTOSO DESSE.. VAI..
FODE VCS. DOIS. FODE MEU CU.. FODE MINHA BUCETA.. COMEM VAI .
METE.. METE.... QUERO CACETE. .METE.. METE...e rebolava, gemia.. abaixou
um pouco mais me beijava na boca e falava.. TÁ GOSTANDO CORNO. .TÁ
GOSTANDO DA SUA PUTA TOMANDO NO CU E NA BUCETA.. TÁ.. GOSTANDO
DE VER SUA PUTA TOMANDO NO CU. .GOSTA.. e voltava a me beijar.. e
continuávamos a meter. Meter.. meter..senti que ela gozou,..uma, duas.. três..
quatro vezes..rebolando gemendo.. não agüentei e gozei.. gozei.. e meu amigo
Beto veio logo atrás tb. gozando..ela deitou-se sobre mim exausta.. cansada, me
olhou sorrindo e disse Nossa demais.. adorei, vou querer sempre mais... vc. me
mostrou a puta que eu sou. Bem depois tomamos outro banho, nos vestimos e
fomos comemorar aquele dia em um restaurante, onde marcamos um outro
encontro para breve, agora introduzindo tb. a mulher de Beto que ficou
encarregado de convencê-la a participar dessa deliciosa troca entre nos...